Concurso da UFBA Noções de Informática para concursos.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Concurso da UFBA Noções de Informática para concursos."

Transcrição

1 Concurso da UFBA Noções de Informática para concursos. Professor Ravel Silva Material elaborado pelo Professor Ravel Silva para apoiar a preparação dos alunos para o Concurso da UFBA - edital 03/2013 cargos de níveis Superior, Médio e Fundamental. Prof. Ravel Silva - versão 1.0 https://www.facebook.com/professorravelsilva 16/10/2013

2 Sumário Aula 01 Conceitos básicos: Hardware... 0 Aula 02 Conceitos básicos: Software, Sistemas Operacionais e Programas Aplicativos Aula 03 Redes de computadores Aula 04 Ambiente MS-Windows Aula 05 MS-WORD Aula 06 MS-EXCEL Aula 07 MS-Internet Explorer e Firefox Aula 08 MS-Outlook Aula 09 Aplicações web para acesso a mensagens Aula 10 Vírus de computador Aula 11 Simulado Final Referências Bibliográficas Mensagem final... 57

3 Primeiramente permita-me fazer alguns comentários sobre o edital: bom, o conteúdo programático está dentro do esperado, pois a UFBA já tem trabalhado com esses temas em editais anteriores. O destaque negativo é o fato de ela deixar margem para a cobrança de versões anteriores de alguns softwares, como por exemplo: o pacote Office 2003 ou o Internet Explorer 6 ou ainda o Windows XP (versões bem antigas!). Isso é muito ruim para quem já vem estudando para concurso, pois os alunos já estão acostumados com as versões mais recentes desses softwares, como Office 2010, Internet Explorer 8 e 9 ou Windows 7, por exemplo. Mas, acredito que a banca traga questões explorando funcionalidades que são inerentes a qualquer uma das versões dos programas. Ou seja, da mesma forma que nos concursos anteriores, a tendência é que a banca continue trazendo questões que não exploram as características de uma versão específica de um software. Dito isto, vamos alinhar as expectativas em relação a esse material: a minha proposta é apresentar aulas focadas no edital baseadas no que vem sendo cobrado em concursos anteriores da UFBA. O material também contém várias questões que já caíram em provas anteriores e também vamos tentar prever possíveis temas que podem ser abordados neste novo concurso. Segue abaixo um resumo do conteúdo programático, divido por tópicos para facilitar o estudo da matéria: Conteúdo Programático do Edital UFBA - 03/2013 (Nível Superior, Médio e Fundamental) Tópico 1. Conceitos básicos: Hardware; Noções Básicas de microcomputador componentes, dispositivos de entrada e saída, periféricos, processadores, tipos de memória, dispositivos externos. Tópico 2. Conceitos básicos: Software; Sistema operacional; programas aplicativos. Tópico 3: Redes de computadores; Internet; ; transferência de arquivos; World Wide Web(WWW); dispositivos móveis; profissões ligadas à informática. Tópico 4: Ambiente MS-Windows Uso do ambiente gráfico; execução de aplicativos e acessórios; manipulação de arquivos e pastas; execução de aplicativos básicos; lixeira; tipos de arquivos; configuração, manutenção, instalação e atualização do MS-Windows. (Obs: MS-Windows: versões XP ou posterior). Tópico 5: MS-WORD Utilização de janelas e menus; barras de ferramentas; operações com arquivos; impressão de documentos e configuração da impressora; edição de textos; formatação no Word; criação e manipulação de tabelas; operações com documentos. (Obs: MS-Word constante dos pacotes Office 2003 ou posterior). 1 Tópico 6: MS-EXCEL Fundamentos da planilha; editando e formatando planilhas; formatando células; alterando opções de impressão; organizando planilhas e exibição de janela; trabalhando com gráficos; executando cálculos; usando funções lógicas e financeiras; usando Excel com a Internet; operações com planilhas. (Obs: MS-Excel constante dos pacotes Office 2003 ou posterior). Tópico 7: Noções de Utilização do MS-Internet Explorer e Firefox Manutenção dos endereços favoritos; utilização de histórico; noções de navegação em hipertexto; baixando arquivos; segurança; configuração e atualização. (Obs: MS-Internet Explorer: versão 6.0 ou posterior e MOZILLA-Firefox: versão 2.0 ou posterior). Tópico 8: Noções de Utilização do MS-Outlook Envio e recebimento de mensagens incluindo a utilização de arquivos anexos; localização de mensagens nas pastas; organização das mensagens em pastas e subpastas; manutenção do catálogo de endereços; configuração e atualização. (Obs: MS-Outlook constante dos pacotes Office 2003 ou posterior). 1 O conteúdo do Tópico 6 não será cobrado para os cargos de níveis médio (Assistente classe D) e fundamental (Auxiliar em Administração classe C). Portanto, somente para cargos de nível superior é que o tópico 6 será relevante.

4 Tópico 9: Noções de utilização e configuração de aplicações web para acesso a mensagens Serviços gratuitos de correio eletrônico, Hotmail e Gmail: Envio e recebimento de mensagens, incluindo a utilização de arquivos anexos. Tópico 10: Vírus de computador Definição e programas antivírus; tipos de vírus. Antes de darmos início ao conteúdo das aulas, deixe-me fazer uma breve apresentação para quem ainda não me conhece. Meu nome é Francisco Ravel, sou Analista Judiciário Especialidade Analista de Sistemas do TRT-Bahia. Sou bacharel em Ciências da Computação pela UESPI (Teresina-PI, com muito orgulho!), tenho especialização em Redes de Computadores e estou concluindo uma nova especialização em Governança de TI. Além disso, possuo algumas Certificações profissionais na área de gerenciamento de serviços de TI (ITIL V3 Foundation, IT Service Management Foundation according to ISO/IEC e COBIT 4.1 Foundation). Da mesma forma que vocês, também sou concurseiro nas horas vagas (pois continuo na luta para conseguir o cargo almejado!!). Sobre a minha trajetória de concurseiro, estou nela desde 2005 e durante essa jornada já obtive várias aprovações e nomeações, dentre as quais destaco as mais importantes: Analista Judiciário Analista de Sistemas / TRT Bahia (nomeado: 1º lugar); Analista de Sistemas / Universidade Estadual do Piauí (nomeado: 1º lugar); Analista Judiciário Analista de Sistemas / TJ Piauí (nomeado: 14º lugar); Analista de Sistemas / INCRA (aprovado: 2º lugar); Analista Judiciário Analista de Sistemas / MPU 2006 (aprovado: 18º lugar) e MPU 2010 (aprovado: 7º lugar); Técnico Judiciário Técnico de Informática / TRE-Pará (nomeado: 9º lugar), TRT-Maranhão (nomeado: 5º lugar), MPU 2006 (aprovado: 18º lugar), TRE-Maranhão (aprovado: 28º lugar), dentre outros que fiquei classificado e não fui nomeado. Vou procurar aproveitar essa minha vivência de concurseiro para agir como um facilitador e espero contribuir com a sua aprovação. E agora que já me apresentei, vamos começar nossas aulas! Nota: Todos os textos contidos neste material são protegidos pelos direitos autorais, não sendo permitidas modificações, reproduções, transmissões, cópias, distribuições ou quaisquer outras formas de utilização para fins comerciais sem o consentimento prévio e formal do autor.

5 Aula 01 Conceitos básicos: Hardware O edital da UFBA trouxe os seguintes conteúdos relacionados a Hardware: Conceitos básicos: Hardware; Noções Básicas de microcomputador componentes, dispositivos de entrada e saída, periféricos, processadores, tipos de memória, dispositivos externos. Então vamos apresentar a teoria relacionada a hardware e algumas questões que já caíram em concursos anteriores elaborados pela banca da UFBA. 1ª Geração: década de 40, os computadores eram constituídos de válvulas. Máquinas grandes, formada por milhares de válvulas. 2ªGeração: as máquinas passaram a ser constituídas de transistores. 3ª Geração: os transistores foram reunidos em pastilhas, denominadas chips. 4ª Geração: considerada a geração atual (apesar de alguns autores defenderem outras gerações após essa), caracterizada pela miniaturização dos chips (VLSI). Grande quantidade de transistores em um chip. 1. Conceitos básicos: os computadores digitais são equipamentos eletrônicos que reconhecem apenas a linguagem binária (0 e 1). Apesar de também funcionar com alimentação elétrica, os equipamentos eletrônicos diferem dos equipamentos elétricos, pois conseguem manipular dados e informações de uma forma mais inteligente. O computador é projetado para manipular diversos tipos de informações, variando de manipulação de textos a edição de imagens e cálculos complexos. Existem diferentes convenções (ou códigos). Um dos mais conhecidos é o código ASCII (American Standard Code for Information Interchange). Este é um padrão americano e é um dos mais utilizados, especialmente na maioria dos computadores. O código ASCII define, com precisão, a correspondência entre símbolos e números até o número 127. Exemplos: 97 representa a letra a. 98 representa a letra b. 63 representa o?. Mas o ASCII era limitado e para resolver isso foi criado o padrão Unicode. O código UNICODE pode representar todos os caracteres específicos de diversos idiomas. Ele utiliza 2 (dois) bytes ou 16 bits, podendo representar caracteres possíveis. O objetivo da tabela Unicode é mapear todos os tipos de símbolos, especialmente aqueles usados nos sistemas de escrita no mundo atualmente. Além deles, também existem símbolos matemáticos, formas geométricas, etc Contextualização histórica: Os computadores vêm evoluindo ao longo do tempo e para marcar cada época foi criada uma classificação por geração, sendo: [Questão de Concurso] [Q.1 UFBA 2006 UFBA / Técnico Administrativo] Os sistemas antigos de representação de dados usam sete ou oito Bits para caracterizar os símbolos, representando, respectivamente, 128 ou 256 símbolos diferentes, enquanto um novo sistema, o Unicode, utiliza dois byte se pode representar 512 símbolos diferentes Componentes básicos de um computador: O computador é formado por uma série de componentes. Dentre os principais podemos citar: processador, memórias, placa-mãe, barramentos e os dispositivos de Entrada e Saída (teclado, mouse, monitor, impressora, placa de som, de vídeo, etc.). Vamos agora comentar cada um deles Principais componentes de um Computador: Figura 1- Componentes básicos de um computador CPU (Unidade Central de Processamento): é o cérebro do computador. A função de CPU é exercida pelo Microprocessador. Para fins de questão de concurso, vamos assumir que o Microprocessador (ou somente, Processador) é a mesma coisa que CPU. O Processador é responsável por executar as instruções dos programas que executam no computador. Para

6 isso, ele é composto de 3 (três) componentes: ULA, UC e Registradores. ULA (é a Unidade Aritmética e Lógica): responsável pelas operações lógicas e matemáticas. Exemplo: somar, multiplicar, comparar. UC (é a Unidade de Controle): responsável por buscar, decodificar e executar as instruções dos programas. Também coordena as ações do processador. Registradores: constituem a memória interna dos registradores. Existem em pequenas quantidades. É o tipo de memória mais rápido de um computador (Alta velocidade!), mas são muito caros! Ainda sobre Processador, vale acrescentar algumas informações importantes. Uma delas é a marca e os modelos dos principais processadores. Os principais fabricantes de processadores para estações de trabalho e servidores de rede ainda são: Intel e AMD. Temos ainda os fabricantes de processadores para dispositivos móveis, onde a empresa Qualcomm é a líder de mercado. Já os modelos de processadores, do lado da Intel temos os: Core i7, i5, i3, Athom (para netbooks), Xeon (para servidores de rede). Pela AMD, tivemos o Semprom, o Athlon e agora a família de processadores Phenom. Outro detalhe importante sobre Processadores é o Clock Interno do mesmo. Meu aluno, fique sabendo que dentro do chip do Processador a velocidade é muito alta! Ou seja, o Clock Interno trabalha em uma alta frequência (geralmente na casa dos Ghz!). E digo mais, essa frequência é bem superior ao clock externo (que é o clock da placa-mãe, definido pela frequência do Chipset). Portanto, quando observar um anúncio como esse: Vendo notebook com Processador Core i5, 2.6 Ghz, saibam que o Core i5 é o modelo e o 2.6 Ghz é o Clock Interno do Processador, blz?! Memória Principal: é onde a CPU armazena os dados e de onde ela lê as instruções e dados dos programas que estão em execução no computador. Podemos ter uma subdivisão da Memória Principal em duas: a Não-Volátil e a Volátil. Não-Volátil: são aquelas em que a informação é preservada mesmo após a perda da alimentação elétrica. Quando a alimentação é restabelecida, os dados podem ser novamente lidos sem nenhuma alteração no seu conteúdo. Representada pela memória ROM. Exemplo: a BIOS, que é o primeiro programa que executa quando um computador é ligado. É um pequeno firmware que já vem na própria placamãe. Volátil: é a memória que é perdida quando o computador é desligado. Também conhecida como memória de trabalho. Representada pela memória RAM. Alguns detalhes adicionais sobre ROM e RAM: A memória ROM é somente de leitura e os seus dados não são perdidos caso não haja alimentação elétrica. As memórias ROM deram origem a criação de outros tipos de memória (PROM, EPROM, EEPROM e Flash EPROM). A mais famosa de todas é a Flash EPROM, que pode ser gravada e regravada diversas vezes de forma bem rápida. Esse tipo de memória é utilizado nos cartões de memórias de máquinas fotográficas, pendrives e memórias dos celulares. Sobre memória RAM, fique sabendo que sempre que um programa é executado, ele é copiado para a memória RAM e por lá permanece até que o programa seja fechado ou o computador desligar (abruptamente ou normalmente). Portanto, quanto mais memória RAM um computador possui, mais programas podem ficar alojados. As memórias RAM subdividem-se em dois tipos: RAM Dinâmica (DRAM) e RAM Estática (SRAM). As memórias do tipo DRAM são mais simples e mais baratas. São as memórias utilizadas como memória RAM dos computadores atuais. O subtipo da memória DRAM mais utilizada é a DRAM Síncrona, ou SDRAM. Esse tipo evoluiu e deu origem às memórias DDR- SDRAM, que por sua vez já evoluiu e já tivemos a DDR-2 a DDR-3 e já temos até a DDR-4

7 Figura 2: Duas memórias do tipo DDR-3 (SDRAM) E por fim, caro aluno, fique sabendo que a Memória RAM é mais lenta que os Registradores e que a Memória Cache (vamos falar dela na sequência, ok!?). Porém, a Memória RAM é mais rápida que as memórias Auxiliares (ou memórias Secundárias ou ainda memórias de Massa). Memória Cache: é uma memória do tipo SRAM (RAM Estática). É uma memória intermediária (trabalha no meio de campo entre a RAM e o Processador). Essa memória armazena uma cópia das informações que o Processador traz da Memória RAM. É uma memória cara! A memória Cache atualmente faz parte do Processador e temos geralmente 3 (três) níveis de Cache: a L1, L2 e L3. A L1 é a menor de todas, porém, a de maior velocidade entre as três, pois está mais perto do coração do processador (o núcleo). Quanto mais cache L1 tiver em um computador melhor será o desempenho do Processador! Memórias Auxiliares: armazenam as informações em caráter permanente. Podem ser chamadas de Memórias Secundárias ou Memória de Massa. Os principais exemplos são os: discos magnéticos (HDs, Disquetes, Fitas), discos ópticos (CD, DVD, Blu-Ray), discos flash (SSD e Pendrives). Alguns detalhes adicionais sobre discos: atualmente alguns micros estão sendo vendidos com uma porção de memória flash (SSD), que é mais veloz e silenciosa. Porém, o custo ainda é alto! Figura 3 - Hierarquia entre as memórias de um computador No topo da pirâmide temos os Registradores, como a memória mais rápida de um computador, porém, de alto custo e com baixa capacidade de armazenamento. A Cache vem em segundo lugar, seguida pelas Memórias Principais. E na base da pirâmide, ocupando o último lugar em termo de velocidades, temos as memórias de massa (os discos nos seus mais variados tipos: HDs, CD, DVD, Blu-Ray, etc!). [QUESTÕES DE CONCURSOS] [Q2 UFBA 2012 UFBA / Assistente de Laboratório] A CPU ou Unidade Central de Processamento é responsável por executar as instruções contidas nos programas. [Q.3 UFBA 2008 UFRB / Técnico Administrativo] O que diferencia uma UCP (Unidade Central de Processamento) de outra é a sua arquitetura interna e, o mais importante, o seu conjunto de instruções, ou seja, um programa executável em uma UCP poderá ser executado em outra, mesmo que essa apresente um conjunto de instruções diferente. [Q.4 UFBA 2011 UFBA / Assistente em Administ.] A expressão Unidade de disco rígido de 750 GB (7200RPM) refere-se a uma unidade de disco com capacidade de armazenamento para 750 Giga Bytes, que possui velocidade de 7200 rotações por minuto Hierarquia entre as memórias: agora que já conhecemos as principais memórias, podemos apresentar uma figura que resume a hierarquia das memórias (em termo de custo, velocidade e capacidade de armazenamento): [Q.5 UFBA 2011 UFBA / Assistente em Administ.] Intel Core i3, Intel Core i5 e Intel Core i7 são os modelos de processadores fornecidos pela Intel.

8 Dispositivos de E/S: são dispositivos que possibilitam a entrada, a saída ou podem funcionar ora como de entrada e ora como de saída de dados do processador do computador. Algumas bancas gostam de utilizar o termo Periférico no lugar de Dispositivos. A banca da UFBA geralmente chama de Dispositivos. Placa-Mãe: é uma placa de circuitos onde são encaixados os principais componentes de um computador. É nela onde estão encaixados a CPU, as memórias, os discos, as placas de expansão (placa de rede, de som, de vídeo). Subdividem-se em três: Dispositivos de Entrada, de Saída e Híbridos (Entrada e Saída). de Entrada: permitem a entrada de dados para a CPU, ou seja, a comunicação Usuário CPU. Exemplos: teclado, mouse, scanner, webcam, microfone, trackball, touchpad ou trackpad. de Saída: possibilitam a comunicação CPU Usuário, ou seja, a saída de dados. Exemplos: monitor, impressora, placa de som. Híbridos (ou de Entrada e Saída): possibilitam tanto a entrada quanto a saída de dados. Exemplos: tela sensível ao toque, placa de rede, modem, pendrive, impressora multifuncional. [QUESTÕES DE CONCURSOS] [Q.6 UFBA 2012 UFBA / Assistente de Laboratório] Scanner é um dispositivo de saída, responsável por digitalizar imagens, fotos e textos impressos para o computador. [Q.7 UFBA 2012 UFBA / Técnico Administrativo] O dispositivo Touch Pad é utilizado para conectar dispositivos móveis ao computador. [Q.8 UFBA 2012 UFBA / Assistente de Laboratório] O pendrive serve para controlar as informações acessadas pela internet. [Q.9 UFBA 2012 UFBA / Técnico Administrativo] Uma placa de rede Wi-Fi é um dispositivo de entrada e saída. [Q.10 UFBA 2012 UFBA / Assistente de Laboratório] O Tablet é um dispositivo portátil pessoal, usado para acesso à internet, organização pessoal, visualização de fotos, vídeos e leitura de livros, entre outras funcionalidades. Para receber esses componentes, a Placa-Mãe utiliza seus conectores (que podem ser: os slots, as portas, ou o soquete). Vejam abaixo a imagem de uma Placa- Mãe: Figura 4: Placa-Mãe de um computador Chipset: é o principal componente da Placa-Mãe. Na verdade, o Chipset corresponde a dois chips, chamados de Ponte Norte (ou Northbridge) e a Ponte Sul (Southbridge). Enquanto a CPU é o cérebro do computador, o Chipset é o cérebro da Placa-Mãe. Em provas de Concursos, as bancas podem chamá-lo também de Barramento do Sistema. Tudo que trafega pelos componentes do computador passa pelo Chipset. É ele que dita a velocidade do computador, através da sua frequência (que geralmente é na casa dos MHz). Portanto, a frequência do Chipset é muito menor que a frequência interna de um Processador (que possui alta frequência, geralmente na casa dos GHz!). Ponte Norte: é o maior dos dois chips e o mais importante. É ligada diretamente ao Processador e é responsável pela conexão dos dispositivos mais rápidos (barramentos PCI-Express e o AGP) e nas Placas-mãe de processadores mais antigos, faz também a ligação do Processador com a memória principal.

9 Observação importante: nos processadores mais modernos, não é mais responsabilidade da Ponte Norte a ligação do Processador com a memória principal! Ponte Sul: é o menor dos dois chips. Responsável por controlar os demais barramentos de expansão (os menos velozes!), como por exemplo: o barramento IDE, USB, SATA, PCI, etc. específico, que gerenciam o funcionamento dos Barramentos de Expansão. Principais Barramentos de Expansão: IDE, SATA, PCI, AGP, PCI-E, Serial, PS/2, Paralelo, USB, etc. Vamos falar dos principais: Alguns barramentos já estão em desuso: IDE, ISA, PS/2, Serial e Paralelo. Vejam o esquema da figura abaixo, que demonstra o Chipset e a conexão com os barramentos: Outros estão em processo de substituição: PCI e AGP. Figura 6 - Barramentos de Sistema e de Expansão Os barramentos mais utilizados atualmente são Figura 5: Chipset e suas conexões Barramentos: são os caminhos por onde os dados trafegam entre os componentes do computador. São as pistas, as vias que os dados percorrem. É importante destacar que os barramentos são caminhos compartilhados. O fato de ser compartilhado acaba fazendo com que o barramento se torne um gargalo para o desempenho de um computador, pois os dispositivos acabam competindo pelo uso do barramento. O mundo perfeito (o cenário ideal) seria cada dispositivo possuir uma conexão dedicada (de forma exclusiva) com a CPU. Podemos ter dois tipos de barramentos: o Barramento de Sistema e os Barramentos de Expansão. O Barramento de Sistema é o que interliga o Processador à Memória. Já os Barramentos de Expansão existem para ligar os periféricos ao Barramento de Sistema (ao Chipset). Cada Barramento de Expansão possui um Controlador Barramento SATA: desenvolvido pela Intel. Utilizado para conectar HDs (discos). A conexão é do tipo serial e em cada porta só é possível conectar um único disco. PCIe (PCI-Express): também criado pela Intel. Veio para substituir os barramentos PCI e AGP. Sua comunicação também é serial e vem evoluindo ao longo do tempo (PCI Express 2.0, 3.0 e 4.0). É um tipo de barramento bastante utilizado hoje. Figura 7: Placa-mãe com 6 barramentos PCIe USB: veio para substituir o PS/2, serial e paralelo. É atualmente o barramento mais utilizado. É hot plug-and-play (ou Hot Swap), o que significa que é permitido a conexão e desconexão de dispositivos

10 sem precisar desligar ou reiniciar o computador. Os computadores atuais possuem várias portas USB, que podem ser utilizadas para conectar: mouse, teclado, impressoras, scanners, etc. Esse barramento vem evoluindo ao longo do tempo (USB 1.0, 2.0 e 3.0). Detalhes sobre essas versões do USB não são tão relevantes para concursos que cobram a disciplina Noções de Informática. Apenas saibam que o USB 3.0 é 10 vezes maior que a velocidade da USB 2.0. [Gabarito] Q1. Certa. Q2. Certa. Q3. Errada. Q4. Certa. Q5. Certa. Q6. Errada. Q7. Errada. Q8. Errada. Q9. Certa. Q10. Certa. Q11. Certa. Q12. Certa. Q13. Errada. Q14. Errada. Q15. Certa. Q16. Certa. [LISTA DE EXERCÍCIOS - Tópico 1 do edital] [Q.11 UFBA 2008 UFRB / Técnico Administrativo] O barramento de endereços é um percurso elétrico que conecta a CPU à memória, sendo que, com um barramento de endereços de 32 bits, pode-se endereçar até, no máximo, 4GB de memória. [Q.12 UFBA 2008 UFRB / Técnico Administrativo] Um driver de impressora é um programa criado para permitir que outros programas funcionem com uma determinada impressora, sem que haja preocupação com detalhes específicos do hardware ou da linguagem interna da impressora. [Q.13 UFBA 2012 UFBA / Técnico Administrativo] USB é o barramento especialmente desenvolvido para placa de vídeo, que faz a comunicação entre a placamãe e a placa de vídeo. [Q.14 UFBA 2012 UFBA / Bibliotecário] S-Vídeo é uma das saídas de vídeo que, nas configurações atuais, geralmente é on-board, sendo usada para fazer cargas de vídeos para a web. [Q.15 UFBA 2012 UFBA / Assist. de Laboratório] Uma das funções de um HD externo é servir como backup de dados, armazenando uma cópia dos dados contidos em um computador. [Q.16 UFBA 2012 UFBA / Técnico Administrativo] Quando se aumenta a quantidade de pixels apresentados em uma tela, diminui-se o tamanho dos objetos da tela (ícones, janelas, menus, entre outros).

MODULO II - HARDWARE

MODULO II - HARDWARE MODULO II - HARDWARE AULA 01 O Bit e o Byte Definições: Bit é a menor unidade de informação que circula dentro do sistema computacional. Byte é a representação de oito bits. Aplicações: Byte 1 0 1 0 0

Leia mais

Hardware 2. O Gabinete. Unidades Derivadas do BYTE. 1 KB = Kilobyte = 1024B = 2 10 B. 1 MB = Megabyte = 1024KB = 2 20 B

Hardware 2. O Gabinete. Unidades Derivadas do BYTE. 1 KB = Kilobyte = 1024B = 2 10 B. 1 MB = Megabyte = 1024KB = 2 20 B 1 2 MODULO II - HARDWARE AULA 01 OBiteoByte Byte 3 Definições: Bit é a menor unidade de informação que circula dentro do sistema computacional. Byte é a representação de oito bits. 4 Aplicações: Byte 1

Leia mais

Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET

Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET Hardware de Computadores Questionário II 1. A principal diferença entre dois processadores, um deles equipado com memória cache o

Leia mais

MOTAGEM E MANUTENÇÃO Hardware. Professor: Renato B. dos Santos

MOTAGEM E MANUTENÇÃO Hardware. Professor: Renato B. dos Santos MOTAGEM E MANUTENÇÃO Hardware Professor: Renato B. dos Santos 1 O computador é composto, basicamente, por duas partes:» Hardware» Parte física do computador» Elementos concretos» Ex.: memória, teclado,

Leia mais

16/09/2012. Agenda. Introdução. Introdução. Introdução. Introdução. Curso Conexão Noções de Informática. Aula 1 Arquitetura de Computadores (Hardware)

16/09/2012. Agenda. Introdução. Introdução. Introdução. Introdução. Curso Conexão Noções de Informática. Aula 1 Arquitetura de Computadores (Hardware) Curso Conexão Noções de Informática Aula 1 Arquitetura de Computadores (Hardware) Agenda ; Arquitetura do Computador; ; ; Dispositivos de Entrada e Saída; Tipos de Barramentos; Unidades de Medidas. Email:

Leia mais

Informática para Banca IADES. Hardware e Software

Informática para Banca IADES. Hardware e Software Informática para Banca IADES Conceitos Básicos e Modos de Utilização de Tecnologias, Ferramentas, Aplicativos e Procedimentos Associados ao Uso de Informática no Ambiente de Escritório. 1 Computador É

Leia mais

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO As respostas das atividades deverão ser mais simples e completas possíveis e baseadas nas aulas (vídeo-aula). Acrescentei mais informações para servirem de material de apoio aos estudos para avaliações

Leia mais

Componentes de um Sistema de Computador

Componentes de um Sistema de Computador Componentes de um Sistema de Computador HARDWARE: unidade responsável pelo processamento dos dados, ou seja, o equipamento (parte física) SOFTWARE: Instruções que dizem o que o computador deve fazer (parte

Leia mais

Curso Técnico de Nível Médio

Curso Técnico de Nível Médio Curso Técnico de Nível Médio Disciplina: Informática Básica 2. Hardware: Componentes Básicos e Funcionamento Prof. Ronaldo Componentes de um Sistema de Computador HARDWARE: unidade

Leia mais

HARDWARE COMPONENTES BÁSICOS E FUNCIONAMENTO. Wagner de Oliveira

HARDWARE COMPONENTES BÁSICOS E FUNCIONAMENTO. Wagner de Oliveira HARDWARE COMPONENTES BÁSICOS E FUNCIONAMENTO Wagner de Oliveira SUMÁRIO Hardware Definição de Computador Computador Digital Componentes Básicos CPU Processador Memória Barramento Unidades de Entrada e

Leia mais

Curso Técnico de Nível Médio

Curso Técnico de Nível Médio Curso Técnico de Nível Médio Disciplina: Informática Básica 2. Hardware: Componentes Básicos e Funcionamento Prof. Ronaldo Componentes de um Sistema de Computador HARDWARE: unidade

Leia mais

Fundamentos em Informática

Fundamentos em Informática Fundamentos em Informática 04 Organização de Computadores nov/2011 Componentes básicos de um computador Memória Processador Periféricos Barramento Processador (ou microprocessador) responsável pelo tratamento

Leia mais

Microinformática Introdução ao hardware. Jeronimo Costa Penha SENAI - CFP/JIP

Microinformática Introdução ao hardware. Jeronimo Costa Penha SENAI - CFP/JIP Microinformática Introdução ao hardware Jeronimo Costa Penha SENAI - CFP/JIP Informática Informática é o termo usado para se descrever o conjunto das ciências da informação, estando incluídas neste grupo:

Leia mais

Introdução à Informática ARQUITETURA DE COMPUTADORES

Introdução à Informática ARQUITETURA DE COMPUTADORES Universidade do Contestado Campus Concórdia Curso de Engenharia Ambiental Prof.: Maico Petry Introdução à Informática ARQUITETURA DE COMPUTADORES DISCIPLINA: Informática Aplicada O Que éinformação? Dados

Leia mais

Informática. Aulas: 01 e 02/12. Prof. Márcio Hollweg. www.conquistadeconcurso.com.br. Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.

Informática. Aulas: 01 e 02/12. Prof. Márcio Hollweg. www.conquistadeconcurso.com.br. Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM. Informática Aulas: 01 e 02/12 Prof. Márcio Hollweg UMA PARCERIA Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.BR Visite a loja virtual www.conquistadeconcurso.com.br MATERIAL DIDÁTICO EXCLUSIVO

Leia mais

GABARITO COMENTADO DE HARDWARE 1) Falsa O texto mostrado, descreve que o Pen Drive possui 8.192MB ou seja, 8 Gigas de Memória. Já a questão menciona que o texto exibido contém uma memória com capacidade

Leia mais

COMPUTADORES PC. Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br 24/11/2009 CRONOGRAMA INFORMÁTICA - BANRISUL EDITAL

COMPUTADORES PC. Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br 24/11/2009 CRONOGRAMA INFORMÁTICA - BANRISUL EDITAL CRONOGRAMA INFORMÁTICA - BANRISUL Prof.: MARCIO HOLLWEG mhollweg@terra.com.br AULAS 1 E 2 CONCEITOS BÁSICOS/HARDWARE AULA 3 SISTEMA OPERACIONAL WINDOWS AULA 4 EXCEL AULA 5 WORD AULA 6 CALC E WRITER AULAS

Leia mais

Informática para concursos

Informática para concursos Informática para concursos Prof.: Fabrício M. Melo www.professorfabricio.com msn:fabcompuway@terra.com.br Hardware Software peopleware Parte física (Tangível). Parte lógica (Intangível). Usuários. Processamento

Leia mais

Estrutura de um Computador. Linguagem de Programação Rone Ilídio UFSJ - CAP

Estrutura de um Computador. Linguagem de Programação Rone Ilídio UFSJ - CAP Estrutura de um Computador Linguagem de Programação Rone Ilídio UFSJ - CAP Hardware e Software HARDWARE: Objetos Físicos que compões o computador Circuitos Integrados, placas, cabos, memórias, dispositivos

Leia mais

Introdução a Informática. Prof.: Roberto Franciscatto

Introdução a Informática. Prof.: Roberto Franciscatto Introdução a Informática Prof.: Roberto Franciscatto 4.1 HARDWARE COMPONENTES BÁSICOS Qualquer PC é composto pelos mesmos componentes básicos: Processador, memória, HD, placa-mãe, placa de vídeo e monitor

Leia mais

25/04/2015 HARDWARE BÁSICO ADRIANO SILVEIRA 1ADR_SILVEIRA@YAHOO.COM.BR

25/04/2015 HARDWARE BÁSICO ADRIANO SILVEIRA 1ADR_SILVEIRA@YAHOO.COM.BR 2 1ADR_SILVEIRA@YAHOO.COM.BR HARDWARE BÁSICO ADRIANO SILVEIRA Hardware x Software Hardware conjunto de elementos físicos que compõem um computador. Pode ser tocado de alguma forma, existe fisicamente.

Leia mais

AULA 1. Informática Básica. Gustavo Leitão. gustavo.leitao@ifrn.edu.br. Disciplina: Professor: Email:

AULA 1. Informática Básica. Gustavo Leitão. gustavo.leitao@ifrn.edu.br. Disciplina: Professor: Email: AULA 1 Disciplina: Informática Básica Professor: Gustavo Leitão Email: gustavo.leitao@ifrn.edu.br Estudo de caso Empresa do ramo de seguros Presidência RH Financeiro Vendas e Marketing TI CRM Riscos Introdução

Leia mais

TI Aplicada. Aula 03 Componentes Básicos Hardware e Rede. Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http://www.edilms.eti.

TI Aplicada. Aula 03 Componentes Básicos Hardware e Rede. Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http://www.edilms.eti. TI Aplicada Aula 03 Componentes Básicos Hardware e Rede Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http://www.edilms.eti.br Principais Componentes Barramentos Placa Mãe Processadores Armazenamento

Leia mais

Hardware e Software Conceitos Básicos. ATES Associação do Trabalho e Economia Solidária

Hardware e Software Conceitos Básicos. ATES Associação do Trabalho e Economia Solidária Hardware e Software Conceitos Básicos ATES Associação do Trabalho e Economia Solidária Conceitos Básicos Hardware É a parte física do computador, ou seja, é o conjunto de componentes eletrônicos, circuitos

Leia mais

Noções básicas sobre sistemas de computação

Noções básicas sobre sistemas de computação Noções básicas sobre sistemas de computação Conceitos e definições Dado: Pode ser qualquer coisa! Não tem sentido nenhum se estiver sozinho; Informação: São dados processados. Um programa determina o que

Leia mais

Conceitos Básicos de Informática. Antônio Maurício Medeiros Alves

Conceitos Básicos de Informática. Antônio Maurício Medeiros Alves Conceitos Básicos de Informática Antônio Maurício Medeiros Alves Objetivo do Material Esse material tem como objetivo apresentar alguns conceitos básicos de informática, para que os alunos possam se familiarizar

Leia mais

Formação Modular Certificada. Arquitetura interna do computador. Hardware e Software UFCD - 0769. Joaquim Frias

Formação Modular Certificada. Arquitetura interna do computador. Hardware e Software UFCD - 0769. Joaquim Frias Formação Modular Certificada Arquitetura interna do computador Hardware e Software UFCD - 0769 Joaquim Frias Computador É um conjunto de dispositivos eletrónicos capaz de aceitar dados e instruções, executa

Leia mais

sobre Hardware Conceitos básicos b Hardware = é o equipamento.

sobre Hardware Conceitos básicos b Hardware = é o equipamento. Conceitos básicos b sobre Hardware O primeiro componente de um sistema de computação é o HARDWARE(Ferragem), que corresponde à parte material, aos componentes físicos do sistema; é o computador propriamente

Leia mais

Estrutura geral de um computador

Estrutura geral de um computador Estrutura geral de um computador Prof. Helio H. L. C. Monte-Alto Cristo padeceu uma vez pelos pecados, o justo pelos injustos, para levar-nos a Deus Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL Entendendo o Computador Componentes do Computador COMPONENTES DO COMPUTADOR Tabela ASCII A sigla ASCII deriva de American Standard Code for Information Interchange, ou seja, Código no Padrão Americano

Leia mais

Utilização do Computador

Utilização do Computador Princípios Básicos de Utilização do Computador Aula 1 Utilização do Computador O que é Informática? INFORmação automática (1962) Uso do computador para automatizar tarefas Tratamento automático das informações

Leia mais

ARQUITETURA DE COMPUTADORES Prof. João Inácio

ARQUITETURA DE COMPUTADORES Prof. João Inácio ARQUITETURA DE COMPUTADORES Prof. João Inácio Memórias Memória: é o componente de um sistema de computação cuja função é armazenar informações que são, foram ou serão manipuladas pelo sistema. Em outras

Leia mais

Entendendo o Computador Resumo. ADS IFBA www.ifba.edu.br/professores/antoniocarlos

Entendendo o Computador Resumo. ADS IFBA www.ifba.edu.br/professores/antoniocarlos Entendendo o Computador Resumo Tipos de Computadores Mainframe computador de grande porte, normalmente utilizado para gerenciar grande quantidade de fluxo de dados (operadoras de cartões de crédito, telefonia).

Leia mais

Noções de Hardware. André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com)

Noções de Hardware. André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Noções de Hardware André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Gerações de hardware Tipos de computadores Partes do Microcomputador Periféricos Armazenamento de

Leia mais

COMEÇAM A SURGIR DÚVIDAS:

COMEÇAM A SURGIR DÚVIDAS: INTRODUÇÃO Olá pessoal, a proposta deste material não é formar técnicos na área de informática, mas sim repassar conceitos, macetes e dicas que auxiliem na preparação para concursos públicos. Peço desculpas

Leia mais

Computação e Processamento de Dados CPD INF400

Computação e Processamento de Dados CPD INF400 Computação e Processamento de Dados CPD INF400 Professor: André Ferreira andre.ferreira@ifba.edu.br Material baseado: Prof.ª Renata Vilas e outros Apresentação Quem vai solicitar aproveitamento de disciplina?

Leia mais

UCP. Memória Periféricos de entrada e saída. Sistema Operacional

UCP. Memória Periféricos de entrada e saída. Sistema Operacional Arquitetura: Conjunto de elementos que perfazem um todo; estrutura, natureza, organização. Houaiss (internet) Bit- Binary Digit - Número que pode representar apenas dois valores: 0 e 1 (desligado e ligado).

Leia mais

Arquitetura Genérica

Arquitetura Genérica Arquitetura Genérica Antes de tudo, vamos revisar o Modelo Simplificado do Funcionamento de um Computador. Modelo Simplificado do Funcionamento de um Computador O funcionamento de um computador pode ser

Leia mais

Componentes de um computador típico

Componentes de um computador típico Componentes de um computador típico Assim como em um videocassete, no qual é necessário ter o aparelho de vídeo e uma fita contendo o filme que será reproduzido, o computador possui a parte física, chamada

Leia mais

Computação I. Profa. Márcia Hellen Santos marciasantos@uepa.br

Computação I. Profa. Márcia Hellen Santos marciasantos@uepa.br Computação I Profa. Márcia Hellen Santos marciasantos@uepa.br MÓDULO I- Introdução à Informática Hardware Hardware? HARDWARE é a parte física do computador. É o conjunto de componentes mecânicos, elétricos

Leia mais

Aplicativos Informatizados da Administração. Hardware A evolução e o impacto dos computadores nas áreas de negócios.

Aplicativos Informatizados da Administração. Hardware A evolução e o impacto dos computadores nas áreas de negócios. Aplicativos Informatizados da Administração Hardware A evolução e o impacto dos computadores nas áreas de negócios. Habilidades, Competências e Bases Tecnológicas Bases tecnológicas: Fundamentos de equipamentos

Leia mais

Aula 01 Introdução à Informática. Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br www.profbrunogomes.com.br

Aula 01 Introdução à Informática. Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br www.profbrunogomes.com.br Aula 01 Introdução à Informática Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br www.profbrunogomes.com.br Agenda da Aula Introdução à Informática; Dados x Informação; O Computador (Hardware); Unidades de medida.

Leia mais

Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com. Informática

Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com. Informática Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com Informática Componentes de um SC Hardware X Software Memória do Computador Hardware X Software Toda interação dos usuários de computadores modernos é realizada

Leia mais

2012/2013. Profª Carla Cascais 1

2012/2013. Profª Carla Cascais 1 Tecnologias de Informação e Comunicação 7º e 8º Ano 2012/2013 Profª Carla Cascais 1 Conteúdo Programático Unidade 1 Informação/Internet Unidade 2 Produção e edição de documentos -Word Unidade 3 Produção

Leia mais

INFORMÁTICA PARA CONCURSOS - 2015. Prof. Marco Antônio

INFORMÁTICA PARA CONCURSOS - 2015. Prof. Marco Antônio INFORMÁTICA PARA CONCURSOS - 2015 Prof. Marco Antônio Gestão da Informação e Conhecimento Dados Elemento bruto que não expressa informação Ex.: A, ], % *, & Gestão da Informação e Conhecimento Informação

Leia mais

NOÇÕES DE INFORMÁTICA Agente de Polícia Federal 2012

NOÇÕES DE INFORMÁTICA Agente de Polícia Federal 2012 NOÇÕES DE INFORMÁTICA Agente de Polícia Federal 2012 SUMÁRIO UNIDADE 1 Conceitos básicos e modos de utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos de informática 1.1 Tipos de computadores

Leia mais

Capítulo 3: Noções de Hardware. Prof.: Roberto Franciscatto

Capítulo 3: Noções de Hardware. Prof.: Roberto Franciscatto Capítulo 3: Noções de Hardware Prof.: Roberto Franciscatto HARDWARE COMPONENTES BÁSICOS Qualquer PC é composto pelos mesmos componentes básicos: Processador, memória, HD, placa-mãe, placa de vídeo e monitor

Leia mais

Escola. Europeia de. Ensino. Profissional ARQUITETURA DE COMPUTADORES

Escola. Europeia de. Ensino. Profissional ARQUITETURA DE COMPUTADORES Escola Europeia de t Ensino Profissional ARQUITETURA DE COMPUTADORES TRABALHO REALIZADO: ANDRÉ RIOS DA CRUZ ANO LETIVO: 2012/ 2013 TÉCNICO DE GESTÃO DE EQUIPAMENTOS INFORMÁTICOS 2012 / 2013 3902 Escola

Leia mais

b) Estabilizador de tensão, fonte no-break, Sistema Operacional, memória principal e memória

b) Estabilizador de tensão, fonte no-break, Sistema Operacional, memória principal e memória CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA SISUTEC DISCIPLINA: INTRODUÇÃO A COMPUTAÇÃO PROF.: RAFAEL PINHEIRO DE SOUSA ALUNO: Exercício 1. Assinale a opção que não corresponde a uma atividade realizada em uma Unidade

Leia mais

Arquitetura de Von Neumann e os Computadores Modernos

Arquitetura de Von Neumann e os Computadores Modernos Arquitetura de Von Neumann e os Computadores Modernos Arquitetura de Computadores e Software Básico Aula 5 Flávia Maristela (flaviamsn@ifba.edu.br) Arquitetura de Von Neumann e as máquinas modernas Onde

Leia mais

Conhecer os tipos de Placa Mãe, principais caracteristicas, seus componentes e suas funcionalidades, destacando assim, a importância de uma placa mãe.

Conhecer os tipos de Placa Mãe, principais caracteristicas, seus componentes e suas funcionalidades, destacando assim, a importância de uma placa mãe. PLACA MÃE 1. OBJETIVO Conhecer os tipos de Placa Mãe, principais caracteristicas, seus componentes e suas funcionalidades, destacando assim, a importância de uma placa mãe. 2. COMPONENTES DA PLACA MÃE

Leia mais

Apresentação. Conceitos Iniciais. www.profricardobeck.com.br. contato@profricardobeck.com.br. Apresentação & Introdução.

Apresentação. Conceitos Iniciais. www.profricardobeck.com.br. contato@profricardobeck.com.br. Apresentação & Introdução. Apresentação www.profricardobeck.com.br contato@profricardobeck.com.br Apresentação & Introdução Condicionamento Material Didático Site / E-mail Testes? Edital Conceitos Iniciais 1 Mensurando Dados Sistemas

Leia mais

Apresentação. Conceitos Iniciais. Apresentação & Introdução. www.profricardobeck.com.br. contato@profricardobeck.com.br.

Apresentação. Conceitos Iniciais. Apresentação & Introdução. www.profricardobeck.com.br. contato@profricardobeck.com.br. Apresentação Apresentação & Introdução Condicionamento www.profricardobeck.com.br contato@profricardobeck.com.br Material Didático Site / E-mail Testes? Edital Mensurando Dados Sistemas de numeração Conceitos

Leia mais

Tipos de placas-mãe PLACA MÃE. Placa-mãe com slot ISA (destaque)

Tipos de placas-mãe PLACA MÃE. Placa-mãe com slot ISA (destaque) PLACA MÃE Placa mãe, também denominada mainboard ou motherboard, é uma placa de circuito impresso, que serve como base para a instalação dos demais componentes de um computador, como o processador, memória

Leia mais

Placa - Mãe - Introdução

Placa - Mãe - Introdução Aula de Hardware Placa - Mãe - Introdução Também conhecida como "motherboard" ou "mainboard", a placa-mãe é, basicamente, a responsável pela interconexão de todas as peças que formam o computador. O HD,

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC

FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC DISCIPLINA: ARQUITETURA DE COMPUTADORES Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos carlos@oficinadapesquisa.com.br www.oficinadapesquisa.com.br Objetivos Ao final desta apostila,

Leia mais

SUMÁRIO. 6. FERRAMENTAS E APLICATIVOS ASSOCIADOS À INTERNET: navegação, correio eletrônico, grupos de discussão, busca e pesquisa...

SUMÁRIO. 6. FERRAMENTAS E APLICATIVOS ASSOCIADOS À INTERNET: navegação, correio eletrônico, grupos de discussão, busca e pesquisa... RAFAEL MACEDO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 162 QUESTÕES DE PROVAS DA BANCA ORGANIZADORA DO CONCURSO SEFAZ/MS E DE OUTRAS INSTITUIÇÕES DE MS GABARITADAS. Seleção das Questões: Prof. Rafael Macedo Coordenação

Leia mais

Informática Aplicada Revisão para a Avaliação

Informática Aplicada Revisão para a Avaliação Informática Aplicada Revisão para a Avaliação 1) Sobre o sistema operacional Windows 7, marque verdadeira ou falsa para cada afirmação: a) Por meio do recurso Windows Update é possível manter o sistema

Leia mais

https://www.facebook.com/professorravelsilva Professor: Ravel Silva

https://www.facebook.com/professorravelsilva Professor: Ravel Silva Olá galera concurseira! https://www.facebook.com/professorravelsilva Dando continuidade ao nosso curso de Questões Comentadas de Informática Básica - Estilo CESPE, vamos comentar a aula 05. A partir desta

Leia mais

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares SENAI São Lourenço do Oeste Introdução à Informática Adinan Southier Soares Informações Gerais Objetivos: Introduzir os conceitos básicos da Informática e instruir os alunos com ferramentas computacionais

Leia mais

Introdução a Informática. Prof.: Roberto Franciscatto

Introdução a Informática. Prof.: Roberto Franciscatto Introdução a Informática Prof.: Roberto Franciscatto 3.1 EXECUÇÃO DAS INSTRUÇÕES A UCP tem duas seções: Unidade de Controle Unidade Lógica e Aritmética Um programa se caracteriza por: uma série de instruções

Leia mais

Processadores clock, bits, memória cachê e múltiplos núcleos

Processadores clock, bits, memória cachê e múltiplos núcleos Processadores clock, bits, memória cachê e múltiplos núcleos Introdução Os processadores (ou CPUs, de Central Processing Unit) são chips responsáveis pela execução de cálculos, decisões lógicas e instruções

Leia mais

Montagem e Manutenção de Computadores Aula1

Montagem e Manutenção de Computadores Aula1 Montagem e Manutenção de Computadores Aula1 Programa Instrutor Universidade Federal do Paraná Departamento de Informática 18 de Maio de 2010 Programa Instrutor (Universidade Federal do Montagem Paraná,

Leia mais

MINI DICIONÁRIO TÉCNICO DE INFORMÁTICA. São apresentados aqui alguns conceitos básicos relativos à Informática.

MINI DICIONÁRIO TÉCNICO DE INFORMÁTICA. São apresentados aqui alguns conceitos básicos relativos à Informática. Tecnologias da Informação e Comunicação MINI DICIONÁRIO TÉCNICO DE INFORMÁTICA São apresentados aqui alguns conceitos básicos relativos à Informática. Informática: Tratamento da informação por meios automáticos.

Leia mais

Conceitos Básicos sobre Sistema de Computação

Conceitos Básicos sobre Sistema de Computação Conceitos Básicos sobre Sistema de Computação INFORMÁTICA -É Ciência que estuda o tratamento automático da informação. COMPUTADOR Equipamento Eletrônico capaz de ordenar, calcular, testar, pesquisar e

Leia mais

INSTITUTO DE EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL, I.P.

INSTITUTO DE EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL, I.P. INSTITUTO DE EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL, I.P. Centro de Emprego e Formação Profissional da Guarda Curso: Técnico de Informática Sistemas (EFA-S4A)-NS Trabalho Realizado Por: Igor_Saraiva nº 7 Com

Leia mais

Prof. Sandrina Correia

Prof. Sandrina Correia Tecnologias de I informação de C omunicação 9º ANO Prof. Sandrina Correia TIC Prof. Sandrina Correia 1 Objectivos Definir os conceitos de Hardware e Software Identificar os elementos que compõem um computador

Leia mais

Prof. Demétrios Coutinho. Informática. Hardware

Prof. Demétrios Coutinho. Informática. Hardware 1 Prof. Demétrios Coutinho Informática Hardware 2 Componentes Básicos e Funcionamento 2 Hardware 3 Conjunto de dispositivos elétricos/eletrônicos que englobam a CPU, a memória e os dispositivos de entrada/saída

Leia mais

Arquitetura e Organização de Computadores Introdução à Organização do Computador

Arquitetura e Organização de Computadores Introdução à Organização do Computador 1 Arquitetura e Organização de Computadores Introdução à Organização do Computador Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Curso: Sistemas de Informação Introdução 2 O Computador é uma ferramenta que

Leia mais

Organização de Computadores

Organização de Computadores Organização de Computadores SUMÁRIO Arquitetura e organização de computadores Hardware Software SUMÁRIO Arquitetura e organização de computadores Terminologia básica Hardware Software Arquitetura e organização

Leia mais

Por razões, é requerido um módulo de E/S, que deve desempenhar duas funções principais:

Por razões, é requerido um módulo de E/S, que deve desempenhar duas funções principais: Entrada e Saída Além do processador e da memória, um terceiro elemento fundamental de um sistema de computação é o conjunto de módulos de E/S. Cada módulo se conecta com o barramento do sistema ou com

Leia mais

Capítulo 1 Os Computadores e a Sua Arquitetura

Capítulo 1 Os Computadores e a Sua Arquitetura Capítulo 1 Os Computadores e a Sua Arquitetura Neste capítulo nós trataremos de alguns conceitos básicos sobre o modelo de arquitetura dos computadores modernos, seus componentes e suas principais funções.

Leia mais

Lista de Exercícios Introdução à Informática

Lista de Exercícios Introdução à Informática Lista de Exercícios Introdução à Informática Histórico e Evolução da Computação 1. Cite alguns problemas que o uso de válvulas provocava nos computadores de 1ª geração. 2. O que diferencia os computadores

Leia mais

CONCEITOS BÁSICOS DE HARDWARE. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA

CONCEITOS BÁSICOS DE HARDWARE. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA CONCEITOS BÁSICOS DE HARDWARE Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA COMPUTADOR QUANTO AO TIPO COMPUTADOR SISTEMAS DE COMPUTAÇÃO o Analógico o Digital o Híbrido o Hardware (parte física)

Leia mais

Universidade Federal do Piauí Centro de Tecnologia Curso de Engenharia Elétrica. Prof. Marcos Zurita zurita@ufpi.edu.br www.ufpi.

Universidade Federal do Piauí Centro de Tecnologia Curso de Engenharia Elétrica. Prof. Marcos Zurita zurita@ufpi.edu.br www.ufpi. Universidade Federal do Piauí Centro de Tecnologia Curso de Engenharia Elétrica Arquiteturas de Computadores Prof. Marcos Zurita zurita@ufpi.edu.br www.ufpi.br/zurita Teresina - 2012 1. Arquiteturas de

Leia mais

Sistemas Operacionais. Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira. Aula 03 Conceitos de Hardware e Software parte 01. Cursos de Computação

Sistemas Operacionais. Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira. Aula 03 Conceitos de Hardware e Software parte 01. Cursos de Computação Cursos de Computação Sistemas Operacionais Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira Aula 03 Conceitos de Hardware e Software parte 01 Referência: MACHADO, F.B. ; MAIA, L.P. Arquitetura de Sistemas Operacionais. 4.ed.

Leia mais

Administração de Sistemas de Informação I

Administração de Sistemas de Informação I Administração de Sistemas de Informação I Prof. Farinha Aula 02 Hardware e Software Sistemas de Informação Baseados no Computador - CBIS PROCEDIMENTOS PESSOAS HARDWARE SOFTWARE BANCO DE DADOS TELECOMUNICAÇÕES

Leia mais

Memória principal; Unidade de Controle U C P. Unidade Lógica e Aritmética

Memória principal; Unidade de Controle U C P. Unidade Lógica e Aritmética Tecnologia da Administração Computador: origem, funcionamento e componentes básicos Parte II Sumário Introdução Origem Funcionamento Componentes Básicos Referências Sistema Binário O computador identifica

Leia mais

Conceitos básicos (Hardware/Software) CESPE

Conceitos básicos (Hardware/Software) CESPE Conceitos básicos (Hardware/Software) CESPE INDEA/MT (Adaptada). Cargo: Área: Técnico Agrícola Aplicação: 3/11/2002 1. Julgue os itens seguintes. 1. A função da placa de fax/modem é a de interligar o computador

Leia mais

Desafio 1 INFORMÁTICA PARA O TRT

Desafio 1 INFORMÁTICA PARA O TRT Desafio 1 INFORMÁTICA PARA O TRT Queridos alunos, vencem o desafio os 3 primeiros alunos a enviar as respostas corretas para o meu e-mail, mas tem que acertar todas... ;-) Vou começar a responder os e-mails

Leia mais

Processadores. Prof. Alexandre Beletti Ferreira

Processadores. Prof. Alexandre Beletti Ferreira Processadores Prof. Alexandre Beletti Ferreira Introdução O processador é um circuito integrado de controle das funções de cálculos e tomadas de decisão de um computador. Também é chamado de cérebro do

Leia mais

Memória Informações Adicionais. Memória Informações Adicionais. Memória Informações Adicionais. Memória Informações Adicionais

Memória Informações Adicionais. Memória Informações Adicionais. Memória Informações Adicionais. Memória Informações Adicionais Ciência da Computação Arq. e Org. de Computadores Parte II Prof. Sergio Ribeiro de um computador sistema constituído de vários componentes (vários tipos diferentes de memória) interligados e integrados,

Leia mais

Fundamentos de Hardware. 1. Placa Mãe

Fundamentos de Hardware. 1. Placa Mãe Universidade Federal de Santa Maria - UFSM Departamento de Eletrônica e Computação - DELC Fundamentos de Informática Prof. Cesar Tadeu Pozzer Julho de 2006 Fundamentos de Hardware Os seguintes links representam

Leia mais

Conceitos básicos sobre TIC

Conceitos básicos sobre TIC Conceitos básicos sobre TIC Origem da palavra Informática Informação + Automática Informática Significado: Tratamento ou processamento da informação utilizando meios automáticos, nomeadamente o computador.

Leia mais

AULA 2. Informática Básica. Gustavo Leitão. gustavo.leitao@ifrn.edu.br. Disciplina: Professor: Email:

AULA 2. Informática Básica. Gustavo Leitão. gustavo.leitao@ifrn.edu.br. Disciplina: Professor: Email: AULA 2 Disciplina: Informática Básica Professor: Gustavo Leitão Email: gustavo.leitao@ifrn.edu.br Índice Continuação aula anterior... Memória Barramento Unidades de armazenamento Periféricos Interfaces

Leia mais

CPU Fundamentos de Arquitetura de Computadores. Prof. Pedro Neto

CPU Fundamentos de Arquitetura de Computadores. Prof. Pedro Neto Fundamentos de Arquitetura de Computadores Prof. Pedro Neto Aracaju Sergipe - 2011 Conteúdo 4. i. Introdução ii. O Trabalho de um Processador iii. Barramentos iv. Clock Interno e Externo v. Bits do Processador

Leia mais

MANUTENÇÃO DE MICRO. Mário Gomes de Oliveira

MANUTENÇÃO DE MICRO. Mário Gomes de Oliveira MANUTENÇÃO DE MICRO Mário Gomes de Oliveira 1 IRQ Pedido de atenção e de serviço feito à CPU, para notificar a CPU sobre a necessidade de tempo de processamento. 2 IRQ (Interrupt Request line ou Linha

Leia mais

Visão Geral da Arquitetura de Computadores. Prof. Elthon Scariel Dias

Visão Geral da Arquitetura de Computadores. Prof. Elthon Scariel Dias Visão Geral da Arquitetura de Computadores Prof. Elthon Scariel Dias O que é Arquitetura de Computadores? Há várias definições para o termo arquitetura de computadores : É a estrutura e comportamento de

Leia mais

Informática para Concursos 1 leitejuniorbr@yahoo.com.br

Informática para Concursos 1 leitejuniorbr@yahoo.com.br QUESTÕES TRE / TJ FCC 2007 CARGO: TÉCNICO JUDICIÁRIO ÁREA QUESTÃO 11 -. Com relação a hardware, é correto afirmar que: (A) Computadores com placas-mãe alimentadas por fontes ATX suportam o uso do comando

Leia mais

Sistemas Operacionais e Introdução à Programação. Módulo 1 Sistemas Operacionais

Sistemas Operacionais e Introdução à Programação. Módulo 1 Sistemas Operacionais Sistemas Operacionais e Introdução à Programação Módulo 1 Sistemas Operacionais 1 Sistema computacional Sistemas feitos para resolver problemas Problema: como obter determinado resultado, com base em dados

Leia mais

ARQUITETURA E ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES. Prof. André Dutton

ARQUITETURA E ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES. Prof. André Dutton ARQUITETURA E ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES Prof. André Dutton EMENTA: Conceitos fundamentais e histórico da ciência da computação; Histórico dos computadores, evolução e tendências; Modalidades de computadores

Leia mais

Sumário. Capítulo I Introdução à Informática... 13. Capítulo II Hardware... 23. INFORMATICA 29jun.indd 7 22/07/2014 15:18:01

Sumário. Capítulo I Introdução à Informática... 13. Capítulo II Hardware... 23. INFORMATICA 29jun.indd 7 22/07/2014 15:18:01 Sumário Capítulo I Introdução à Informática... 13 1. Conceitos Básicos... 13 2. Hardware... 15 3. Software... 15 4. Peopleware... 16 5. Os Profissionais de Informática:... 16 6. Linguagem de Computador

Leia mais

ILHA I GERENCIAMENTO DE CONTEÚDO CMS DISCIPLINA: Introdução à Computação MÓDULO II Memórias e Processamento

ILHA I GERENCIAMENTO DE CONTEÚDO CMS DISCIPLINA: Introdução à Computação MÓDULO II Memórias e Processamento MÓDULO II Memórias e Processamento Esse módulo irá relatar sobre as memórias seus tipos e a ligação com os tipos variados de processamento. Leia atentamente todo o conteúdo e participe dos fóruns de discursão,

Leia mais

Introdução à Ciência da Computação

Introdução à Ciência da Computação UESC Introdução à Ciência da Computação Dispositivos de entrada CPU Memória Dispositivos de saída Fluxo de Informações Central Processing Unit - CPU Unidade Central de Processamento - UCP Responsável

Leia mais

DOMÍNIO PRODUTIVO DA INFORMÁTICA - CONCURSO BB 2015 -

DOMÍNIO PRODUTIVO DA INFORMÁTICA - CONCURSO BB 2015 - DOMÍNIO PRODUTIVO DA INFORMÁTICA - CONCURSO - Professor Esp. Wellington de Oliveira Graduação em Ciência da Computação Pós-Graduação em Docência do Ensino Superior Pós-Graduação MBA em Gerenciamento de

Leia mais

CCNA 1 Conceitos Básicos de Redes. Capítulo1 - Introdução à Redes. Associação dos Instrutores NetAcademy - Agosto de 2007 - Página

CCNA 1 Conceitos Básicos de Redes. Capítulo1 - Introdução à Redes. Associação dos Instrutores NetAcademy - Agosto de 2007 - Página CCNA 1 Conceitos Básicos de Redes Capítulo1 - Introdução à Redes 1 Requisitos para Conexão à Internet Para disponibilizar o acesso de um computador à rede, devem ser levados em consideração 03 parâmetros:

Leia mais

Técnicas de Manutenção de Computadores

Técnicas de Manutenção de Computadores Técnicas de Manutenção de Computadores Professor: Luiz Claudio Ferreira de Souza Placa Mãe Dispositivos (Onboard) São aqueles encontrados na própria Placa Mãe. Ex: Rede, Som, Vídeo e etc... Prof. Luiz

Leia mais

Descomplicando_Informatica_cad_00.indd 14 07/08/2015 14:34:44

Descomplicando_Informatica_cad_00.indd 14 07/08/2015 14:34:44 Descomplicando_Informatica_cad_00.indd 14 07/08/2015 14:34:44 Sumário Capítulo 1 Como usar este Livro?... 1 O que este livro não é?...1 O que este livro é?...1 Como estudar os assuntos...2 Acredite, você

Leia mais

APOSTILA CORREIOS VERSÕES AGP TAXA DE TRANSFERÊNCIA

APOSTILA CORREIOS VERSÕES AGP TAXA DE TRANSFERÊNCIA Outro fato ruim é que nem sempre os equipamentos que vêm junto com a placa-mãe têm boa qualidade. Por razões de custo, as fábricas escolhem equipamentos fracos, o que compromete o desempenho final da máquina.

Leia mais