Professor Fernando Stuchi M ETABOLISMO DE C ONSTRUÇÃO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Professor Fernando Stuchi M ETABOLISMO DE C ONSTRUÇÃO"

Transcrição

1 M ETABOLISMO DE C ONSTRUÇÃO

2 P ROTEÍNAS P ROPRIEDADE BÁSICA São grandes moléculas (macromoléculas) constituídas por aminoácidos, através de ligações peptídicas. É o composto orgânico mais abundante no corpo humano. Existem 20 tipos de aminoácidos, todos eles possuem duas características em comum: Grupo Ácido ( -COOH) e amino (-NH2) Os aminoácidos das proteínas se encontram agregados em longas cadeias por meio de ligações peptídicas. Nessa reação, ocorre a fusão da hidroxila (-OH) do ácido de uma aminoácido com o hidrogênio (-H) do amino de outro aminoácido. A quantidade, ordem e tipo de aminoácidos que se ligam, formam as diversas proteínas (peptídeos) existentes na natureza.

3 A MINOÁCIDOS Dentre os 20 aminoácidos existentes, dividimos em dois tipos: Naturais Podem ser sintetizados pelo organismo; Essenciais Não podem ser sintetizados pelo organismo, devem ser obtidos pela alimentação. Os produtos da digestão e da absorção proteicas no trato gastrointestinal são aminoácidos. Quase imediatamente após o ingresso dos aminoácidos nas células, se combinam uns com os outros por ligações peptídicas para formar proteínas celulares.

4 C ICLO DO N ITROGÊNIO As proteínas são formadas por grande quantidade de nitrogênio, vale ressaltar que somente alguns tipos de bactérias possuem a capacidade de retira-lo da atmosfera. Os animais adquirem o nitrogênio na alimentação.

5 F UNÇÕES Cerca de três quartos dos sólidos são proteínas, incluindo : Proteínas estruturais; Enzimas; Nucleoproteínas; Proteínas transportadoras de oxigênio; Proteínas dos músculos; Anticorpos Outros tipos que desempenham funções intra e extracelular. Proteína digestão Aminoácidos Ribossomos Ação Gênica Proteína Específica

6 C ONFORMAÇÃO DAS PROTEÍNAS A proteína pode ter quatro formatos de estruturas. O seu estado de ativação são nas formas de estrutura terciária e quaternária. Caso ocorra uma desnaturação, voltando as estruturas secundária e primária, cessa sua atividade metabólica. Porem se as condições voltarem a ser ideais, a proteína se natura e retorna suas atividades. Alguns fatores são determinantes na ação proteica Ação de desnaturação: 1. Mudança no gene (DNA código genético), pode modificar sua forma e função; 2. Mudança no PH; 3. Calor pode desnaturar a proteína (inativa) Pontes de H peptídeo Proteína vários peptídeos

7 E XEMPLOS Proteínas Albumina DE P ROTEÍNAS Funções Impede a perda de plasma nos capilares, ou seja, evita perder líquido sanguíneo. Globulinas Funções enzimáticas no plasma e imunidade orgânica natural. Fibrinogênio Coagulação sanguínea. Colágeno Resistência nos ossos, pele, cartilagens, tendões. Queratina Impermeabilização dos vertebrados terrestres. Actina e Miosina Contração muscular Hemoglobina Presente nas hemácias, são responsáveis pelo transporte de gases.

8 E NZIMAS São proteínas que desempenham papel de facilitar as reações químicas (metabolismo), aumentando a velocidade de quebra ou síntese de produtos. Reduzem a energia de ativação para que o reagente sofra as reações químicas, ocorrendo de forma muito mais rápida (processo catalizador). As enzimas são específicas, ou seja, apenas reagem se ocorrer uma ligação com seu substrato (reação chave-fechadura). Reação de quebra Exemplos de Enzimas Enzimas Papel Amilase Catalisa a hidrólise do amido em maltose Pepsina Catalisa a hidrólise das proteínas no estômago Maltase Catalisa a hidrólise da maltose em duas moléculas de glicose Sacarase Catalisa a hidrólise da sacarose em moléculas de glicose e frutose Lactase Catalisa a hidrólise da lactose em moléculas de glicose e galactose Reação de síntese

9 V ELOCIDADE DE R EAÇÃO Alguns fatores influenciam nas reações das enzimas: PH / temperatura e a quantidade de substrato.

10 A NTICORPOS Moléculas de proteínas que surgem após a entrada de um corpo estranho (antígeno), no organismo. Uma vez produzido o anticorpo, o sistema imunitário conserva a memória de imunização (imunização ativa), dessa forma permite que esse anticorpo seja produzido novamente com muita rapidez (processo natural e vacinação) Vacinação Introdução do microrganismo morto ou atenuado, formando os anticorpos no seu organismo (Imunização ativa células de memória) Soro Introdução dos próprios anticorpos, produzidos por outro organismo, para o combate direto da doença (imunização passiva Sem células de memória)

11 ATÉ A PRÓXIMA! DORGAS!!!! Parei, agora sou um aviador!!!

O QUE SÃO SUBSTÂNCIAS INORGÂNICAS? QUAL A FUNÇÃO BIOLÓGICA DE CADA UMA?

O QUE SÃO SUBSTÂNCIAS INORGÂNICAS? QUAL A FUNÇÃO BIOLÓGICA DE CADA UMA? O QUE SÃO SUBSTÂNCIAS ORGÂNICAS? O QUE SÃO SUBSTÂNCIAS INORGÂNICAS? QUAL A FUNÇÃO BIOLÓGICA DE CADA UMA? SUBSTÂNCIAS ORGÂNICAS: CARBONO, HIDROGÊNIO, OXIGÊNIO E NITROGÊNIO FORMAM CADEIAS LONGAS E COMPLEXAS

Leia mais

Cap. 4: Componentes orgânicos celulares As moléculas multifuncionais. Equipe de Biologia

Cap. 4: Componentes orgânicos celulares As moléculas multifuncionais. Equipe de Biologia ap. 4: omponentes orgânicos celulares As moléculas multifuncionais Equipe de Biologia De que são formados os seres vivos? Substâncias orgânicas arboidratos Lipídios Proteínas Vitaminas Ácidos nucleicos

Leia mais

A base molecular da vida Constituintes da matéria-viva

A base molecular da vida Constituintes da matéria-viva A base molecular da vida Constituintes da matéria-viva Principais elementos químicos dos seres vivos Quando se analisa a matéria-viva que constitui os seres vivos, encontram-se principalmente os seguintes

Leia mais

23/03/2015. Moléculas orgânicas - Carboidratos

23/03/2015. Moléculas orgânicas - Carboidratos Moléculas orgânicas - Carboidratos São formados por C, H, O. São Conhecidos como: Hidratos de Carbono Glucídios Glicídios Açúcares Sacarídeos Funções: Energética (glicose); Glicogênio : reserva energética

Leia mais

95% de água, 3% de substâncias orgânicas e 2% de sais minerais. uma secreção serosa outra secreção mucosa

95% de água, 3% de substâncias orgânicas e 2% de sais minerais. uma secreção serosa outra secreção mucosa SISTEMA DIGESTÓRIO SALIVA A saliva é um líquido claro, viscoso, alcalino (ph entre 6 e 7), que contém em sua composição: 95% de água, 3% de substâncias orgânicas e 2% de sais minerais. Além disso, também

Leia mais

Aula 9 Sistema digestório

Aula 9 Sistema digestório Aula 9 Sistema digestório Os alimentos fornecem nutrientes para construção de estruturas celulares e, ainda, liberação de energia para as atividades celulares. A função da digestão é converter os alimentos

Leia mais

95% de água, 3% de substâncias orgânicas e 2% de sais minerais. uma secreção serosa outra secreção mucosa

95% de água, 3% de substâncias orgânicas e 2% de sais minerais. uma secreção serosa outra secreção mucosa SISTEMA DIGESTÓRIO SALIVA A saliva é um líquido claro, viscoso, alcalino (ph entre 6 e 7), que contém em sua composição: 95% de água, 3% de substâncias orgânicas e 2% de sais minerais. Além disso, também

Leia mais

COLÉGIO MÓDULO DISCIPLINA BIOLOGIA UFBA I UNIDADE PROFESSOR SÉRGIO MAGALHÃES

COLÉGIO MÓDULO DISCIPLINA BIOLOGIA UFBA I UNIDADE PROFESSOR SÉRGIO MAGALHÃES COLÉGIO MÓDULO DISCIPLINA BIOLOGIA UFBA I UNIDADE PROFESSOR SÉRGIO MAGALHÃES 01 V(01) Isótopos radioativos são importantes para elucidação de compostos químicos que são imprescindíveis aos seres vivos.

Leia mais

COMPOSIÇÃO QUÍMICA CELULAR COMPOSTOS INORGÂNICOS: ÁGUA- SAIS MINERAIS COMPOSTOS ORGÂNICOS: CARBOIDRATOS

COMPOSIÇÃO QUÍMICA CELULAR COMPOSTOS INORGÂNICOS: ÁGUA- SAIS MINERAIS COMPOSTOS ORGÂNICOS: CARBOIDRATOS COMPOSIÇÃO QUÍMICA CELULAR COMPOSTOS INORGÂNICOS: ÁGUA- SAIS MINERAIS COMPOSTOS ORGÂNICOS: CARBOIDRATOS COMPOSTOS INORGÂNICOS Não apresentam Carbono em sua estrutura DOIS TIPOS: Água e Sais Minerais ÁGUA:

Leia mais

ESTRUTURA DAS PROTEÍNAS

ESTRUTURA DAS PROTEÍNAS ESTRUTURA DAS PROTEÍNAS Aminoácidos ligam-se por ligações peptídicas = reação de condensação entre: OH do grupo carboxila de um aminoácido H do grupo amina do outro aminoácido ( liberação de uma molécula

Leia mais

Questões complementares

Questões complementares Questões complementares 1. Definir célula e os tipos celulares existentes. Caracterizar as diferenças existentes entre os tipos celulares. 2. Existe diferença na quantidade de organelas membranares entre

Leia mais

SISTEMA DIGESTIVO. Ciências Naturais 9º ano

SISTEMA DIGESTIVO. Ciências Naturais 9º ano SISTEMA DIGESTIVO Ciências Naturais 9º ano Digestão e Sistema Digestivo A digestão é o processo através do qual moléculas complexas dos alimentos são desdobradas, em moléculas mais simples que podem ser

Leia mais

08/10/2012. Citologia. Equipe de Biologia. De que são formados os seres vivos? Substâncias inorgânicas. Água Sais minerais. Substâncias orgânicas

08/10/2012. Citologia. Equipe de Biologia. De que são formados os seres vivos? Substâncias inorgânicas. Água Sais minerais. Substâncias orgânicas Citologia Equipe de Biologia De que são formados os seres vivos? Substâncias inorgânicas Água Sais minerais Substâncias orgânicas Carboidratos Lipídios Proteínas Vitaminas Ácidos nucleicos .

Leia mais

Professor Carlos - Proteinas

Professor Carlos - Proteinas 14085. (Fuvest 2001) Os três compostos abaixo têm uso farmacológico Considere as afirmações: I Nas moléculas dos três compostos, há ligações peptídicas. II A porcentagem em massa de oxigênio na dropropizina

Leia mais

QUÍMICA CELULAR NUTRIÇÃO TIPOS DE NUTRIENTES NUTRIENTES ENERGÉTICOS 4/3/2011 FUNDAMENTOS QUÍMICOS DA VIDA

QUÍMICA CELULAR NUTRIÇÃO TIPOS DE NUTRIENTES NUTRIENTES ENERGÉTICOS 4/3/2011 FUNDAMENTOS QUÍMICOS DA VIDA NUTRIÇÃO QUÍMICA CELULAR PROFESSOR CLERSON CLERSONC@HOTMAIL.COM CIESC MADRE CLÉLIA CONCEITO CONJUNTO DE PROCESSOS INGESTÃO, DIGESTÃO E ABSORÇÃO SUBSTÂNCIAS ÚTEIS AO ORGANISMO ESPÉCIE HUMANA: DIGESTÃO ONÍVORA

Leia mais

METABOLISMO. Nesta 3 a parte da disciplina nosso principal objetivo é compreender os mecanismos pelos quais as células regulam o seu metabolismo

METABOLISMO. Nesta 3 a parte da disciplina nosso principal objetivo é compreender os mecanismos pelos quais as células regulam o seu metabolismo METABOLISMO Nesta 3 a parte da disciplina nosso principal objetivo é compreender os mecanismos pelos quais as células regulam o seu metabolismo Mas o que é metabolismo? Metabolismo é o nome que damos ao

Leia mais

ENZIMAS. Células podem sintetizar enzimas conforme a sua necessidade.

ENZIMAS. Células podem sintetizar enzimas conforme a sua necessidade. ENZIMAS As enzimas são proteínas, catalisadores (aumenta a velocidade de uma determinada reação química) biológicos (proteínas) de alta especificidade. Praticamente todas as reações que caracterizam o

Leia mais

Escola Secundária Dr. Manuel Gomes de Almeida

Escola Secundária Dr. Manuel Gomes de Almeida Escola Secundária Dr. Manuel Gomes de Almeida Ficha de trabalho de Biologia - 12º Ano Fermentação e actividade enzimática Nome: N º: Turma: Data: 1. A figura 1 representa um tipo de fermentação. Figura

Leia mais

SISTEMA DIGESTÓRIO. Introdução

SISTEMA DIGESTÓRIO. Introdução SISTEMA DIGESTÓRIO Introdução Os animais não encontram no meio, em forma imediatamente utilizável, todos os alimentos ou nutrientes de que necessitam. A absorção direta de nutrientes ocorre, excepcionalmente,

Leia mais

Sistemas do Corpo Humano

Sistemas do Corpo Humano Sistemas do Corpo Humano Sistema Digestório consegue energia e matéria prima. Cada órgão tem uma função específica no processo de transformação dos alimentos O QUE É UM SISTEMA????? Sistema Digestório

Leia mais

www.aliancaprevestibular.com

www.aliancaprevestibular.com Professor Juliana Villa-Verde Disciplina Bio I Lista nº Assuntos Texto I Intodução à Citologia CITOLOGIA É o ramo da biologia que estuda a célula, unidade básica dos seres vivos. Hans e Zacarias Jensen

Leia mais

Níveis de organização do corpo humano - TECIDOS. HISTOLOGIA = estudo dos tecidos

Níveis de organização do corpo humano - TECIDOS. HISTOLOGIA = estudo dos tecidos Níveis de organização do corpo humano - TECIDOS HISTOLOGIA = estudo dos tecidos TECIDOS Grupos de células especializadas, semelhantes ou diferentes entre si, e que desempenham funções específicas. Num

Leia mais

Na aula de hoje, iremos ampliar nossos conhecimentos sobre as funções das proteínas. Acompanhe!

Na aula de hoje, iremos ampliar nossos conhecimentos sobre as funções das proteínas. Acompanhe! Aula: 21 Temática: Funções bioquímicas das proteínas parte III Na aula de hoje, iremos ampliar nossos conhecimentos sobre as funções das proteínas. Acompanhe! 1) Função Estrutural (Arquitetônica): Os materiais

Leia mais

(04) I - C (08) IV - C

(04) I - C (08) IV - C COLÉGIO CEC CENTRO EDUCACIONAL CIANORTE ED. INFANTIL, ENS. FUNDAMENTAL E MÉDIO - SISTEMA ANGLO DE ENSINO. COMPOSIÇÃO QUÍMICA (INORGÂNICA E ORGÂNICA) TERCEIRÃO 2012 (NANNI) 01) Sobre as substâncias que

Leia mais

Prof Weber Ciências 7ºANO

Prof Weber Ciências 7ºANO Prof Weber Ciências 7ºANO O que é a digestão? É a transformação dos alimentos em moléculas menores para que possam ser absorvidos pelo nosso corpo. Acontece em um tubo chamado TUBO DIGESTÓRIO. O tubo digestório

Leia mais

BIOLOGIA - AULA 04: NOÇÕES DE QUÍMICA CELULAR; MEMBRANA PLASMÁTICA E TRANSPORTES.

BIOLOGIA - AULA 04: NOÇÕES DE QUÍMICA CELULAR; MEMBRANA PLASMÁTICA E TRANSPORTES. BIOLOGIA - AULA 04: NOÇÕES DE QUÍMICA CELULAR; MEMBRANA PLASMÁTICA E TRANSPORTES. I. NOÇÕES DE QUÍMICA CELULAR 1. A composição química da célula Certas substâncias são essenciais para a manutenção da vida

Leia mais

Síntese Artificial de Peptídeos

Síntese Artificial de Peptídeos Síntese Artificial de Peptídeos Rebeca Bayeh Seminário apresentado para a disciplina Princípios Físicos Aplicados à Fisiologia (PGF530) Prof. Dr. Adriano Mesquita Alencar Segundo semestre de 2013 Motivação

Leia mais

Profa. Dra. Juliana Garcia de Oliveira Disciplina: Biologia celular e molecular Cursos: Ciências Biológicas, Enfermagem, Nutrição e TO.

Profa. Dra. Juliana Garcia de Oliveira Disciplina: Biologia celular e molecular Cursos: Ciências Biológicas, Enfermagem, Nutrição e TO. Profa. Dra. Juliana Garcia de Oliveira Disciplina: Biologia celular e molecular Cursos: Ciências Biológicas, Enfermagem, Nutrição e TO. Bases Macromoleculares das Células Composição química das células

Leia mais

Processos Fermentativos

Processos Fermentativos CONCEITOS Reações químicas x Reações Bioquímicas Processos químicos: Realizado entre compostos químicos usando-se catalisadores químicos. Processos Enzimáticos: Transformação química realizada por catalisadores

Leia mais

Nestas últimas aulas irei abordar acerca das vitaminas. Acompanhe!

Nestas últimas aulas irei abordar acerca das vitaminas. Acompanhe! Aula: 31 Temática: Vitaminas parte I Nestas últimas aulas irei abordar acerca das vitaminas. Acompanhe! Introdução O termo vitamina refere-se a um fator dietético essencial requerido por um organismo em

Leia mais

BIOQUÍMICA CELULAR, CITOLOGIA e METABOLISMO CELULAR

BIOQUÍMICA CELULAR, CITOLOGIA e METABOLISMO CELULAR BIOQUÍMICA CELULAR, CITOLOGIA e METABOLISMO CELULAR BIOQUÍMICA CELULAR COMPOSTOS INORGÂNICOS Moléculas simples: ÁGUA; SAIS MINERAIS. COMPOSTOS ORGÂNICOS Moléculas complexas: CARBOIDRATOS; LIPÍDIOS; PROTEÍNAS

Leia mais

Importante reserva energética; são as gorduras.

Importante reserva energética; são as gorduras. Importante reserva energética; são as gorduras. 1g de lipídio libera 9kcal contra 4kcal por 1g de carboidrato. Podem ser armazenados de forma mais concentrada que os carboidratos. O excesso do consumo

Leia mais

Prof. Guilherme. Biologia

Prof. Guilherme. Biologia Prof. Guilherme Biologia Composição química dos seres vivos Compostos Inorgânicos Formados por moléculas pequenas e simples Compostos Orgânicos Moléculas grandes e complexas Não dispostas em longas cadeias

Leia mais

Enzimas. Reações baratas e seguras; São altamente eficientes, acelerando a velocidade das reações (10 8 a 10 11 + rápida);

Enzimas. Reações baratas e seguras; São altamente eficientes, acelerando a velocidade das reações (10 8 a 10 11 + rápida); Enzimas Enzimas Enzimas - são proteínas de alta massa molecular (MM > 15000 Da) produzidas por células vivas e que têm a capacidade de aumentar a velocidade das reações biológicas por ativação específica

Leia mais

Bioquímica ENZIMAS ÁC. NUCLEICOS

Bioquímica ENZIMAS ÁC. NUCLEICOS Bioquímica ENZIMAS ÁC. NUCLEICOS As enzimas são substâncias orgânicas, geralmente proteínas, que catalisam reações biológicas pouco espontâneas e muito lentas. O poder catalítico de uma enzima relaciona

Leia mais

Reações Químicas Reações Químicas DG O QUE É UMA REAÇÃO QUÍMICA? É processo de mudanças químicas, onde ocorre a conversão de uma substância, ou mais, em outras substâncias. A + B REAGENTES C +

Leia mais

Proteínas. Enzima que Colagénio Insulina degrada a insulina (hormona)

Proteínas. Enzima que Colagénio Insulina degrada a insulina (hormona) Proteínas O seu nome deriva da palavra Grega proteios, que significa de principal importância. As proteínas desempenham um papel fundamental nos sistemas biológicos, estando associadas a todas as formas

Leia mais

Proteínas e enzimas. Profs. Lourdes, Guilherme e Lauren

Proteínas e enzimas. Profs. Lourdes, Guilherme e Lauren Proteínas e enzimas Profs. Lourdes, Guilherme e Lauren Definição As proteínas são polipeptídios que resultam na condensação de milhares de moléculas de aminoácidos, ligadas em sequencia como elos em uma

Leia mais

PROTEÍNAS Professores: Manoela e Marco Aurélio 2017

PROTEÍNAS Professores: Manoela e Marco Aurélio 2017 PROTEÍNAS Professores: Manoela e Marco Aurélio 2017 Bioquímica Celular Elementos químicos da matéria viva Principais substâncias presentes na matéria viva Proteínas - Nutriente construtor (função plástica)

Leia mais

Nutrição Normal: Carboidratos. Histórico. Monossacarídeos. Características químicas Estrutura química

Nutrição Normal: Carboidratos. Histórico. Monossacarídeos. Características químicas Estrutura química Universidade de São Paulo Faculdade de Saúde Pública Departamento de Nutrição Nutrição Normal: Carboidratos Daniela Saes Sartorelli Histórico Principal fonte de energia utilizada pelos seres vivos. Seres

Leia mais

Composição química. Profª Maristela. da célula

Composição química. Profª Maristela. da célula Composição química Profª Maristela da célula Compostos inorgânicos Água Sais minerais Compostos orgânicos Carboidratos Lipídios Proteínas Ácidos nucleicos Vitaminas Água Solvente universal Atua no transporte

Leia mais

27/08/2014. Carboidratos. Monossacarídeos. Introdução. Classificação (quanto ao número de monômeros) Carboidratos

27/08/2014. Carboidratos. Monossacarídeos. Introdução. Classificação (quanto ao número de monômeros) Carboidratos Introdução CARBOIDRATOS Outras denominações: - Hidratos de carbono - Glicídios, glícides ou glucídios - Açúcares. Ocorrência e funções gerais: São amplamente distribuídos nas plantas e nos animais, onde

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA CAMPUS LAGES CURSO TÉCNICO EM BIOTECNOLOGIA. Aluno: Módulo I

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA CAMPUS LAGES CURSO TÉCNICO EM BIOTECNOLOGIA. Aluno: Módulo I INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA CAMPUS LAGES CURSO TÉCNICO EM BIOTECNOLOGIA Aluno: Módulo I Professor: Leandro Parussolo Unidade Curricular: Biologia Celular ATIVIDADE

Leia mais

ENZIMAS. Enzimas são proteínas especializadas que funcionam na aceleração de reações químicas. Função: catalisadores biológicos.

ENZIMAS. Enzimas são proteínas especializadas que funcionam na aceleração de reações químicas. Função: catalisadores biológicos. ENZIMAS Enzimas são proteínas especializadas que funcionam na aceleração de reações químicas. Função: catalisadores biológicos. exceção: grupo de RNA catalítico (ribozimas) Importância da catálise: Sem

Leia mais

FISIOLOGIA DIGESTIVA

FISIOLOGIA DIGESTIVA EXERCÍCIOS DE APRENDIZAGEM FISIOLOGIA DIGESTIVA 01. Na digestão, a redução dos alimentos a partículas através de processos mecânicos tem por finalidade: a) facilitar a eliminação de substâncias inúteis

Leia mais

Enzimática. Representação termodinâmica da ação catalítica de uma enzima: reação não catalisada. reação enzimaticamente catalisada (+) (o)

Enzimática. Representação termodinâmica da ação catalítica de uma enzima: reação não catalisada. reação enzimaticamente catalisada (+) (o) Cinética Enzimática Representação termodinâmica da ação catalítica de uma enzima: (+) reação não catalisada (o) reação enzimaticamente catalisada 1 Hipótese chave-fechadura Centro ativo complementar em

Leia mais

REGISTRO: Isento de Registro no M.S. conforme Resolução RDC n 27/10. CÓDIGO DE BARRAS N : 7898171287947(Frutas vermelhas) 7898171287954(Abacaxi)

REGISTRO: Isento de Registro no M.S. conforme Resolução RDC n 27/10. CÓDIGO DE BARRAS N : 7898171287947(Frutas vermelhas) 7898171287954(Abacaxi) Ficha técnica CHÁ VERDE COM CÓLAGENO, VITAMINA C E POLIDEXTROSE Pó para Preparo de Bebida a Base de Chá Verde, com Colágeno hidrolisado, vitamina C e polidextrose Sabor Abacaxi e frutas vermelhas REGISTRO:

Leia mais

BIOQUÍMICA CELULAR, METABOLISMO CELULAR

BIOQUÍMICA CELULAR, METABOLISMO CELULAR BIOQUÍMICA CELULAR, CITOLOGIA e METABOLISMO CELULAR BIOQUÍMICA CELULAR COMPOSTOS INORGÂNICOS COMPOSTOS ORGÂNICOS Moléculas simples: ÁGUA; SAIS MINERAIS. Moléculas complexas: CARBOIDRATOS; LIPÍDIOS; PROTEÍNAS

Leia mais

Tipo de itens. O sangue é o principal fluído que circula no organismo humano.

Tipo de itens. O sangue é o principal fluído que circula no organismo humano. Tipo de itens O sangue é o principal fluído que circula no organismo humano. 1. Quais são as suas principais funções? Transporte de nutrientes, defesa, regulação térmica e controlo 2. Quais os seus constituintes?

Leia mais

CONCEITOS FUNDAMENTAIS DE QUÍMICA

CONCEITOS FUNDAMENTAIS DE QUÍMICA Aulão: 16/05/2015 Conteúdo: Bioquímica Celular Básica Profº Davi Vergara Profº Roberto Fonseca Os avanços da Química, nos séculos XIX e XX, foram fundamentais para o desenvolvimento atual da Biologia.

Leia mais

O processo da Expressão Gênica

O processo da Expressão Gênica Coordenadoria de Educação e Difusão de Ciências Rua 9 de Julho, 1205 - São Carlos - São Paulo e-mail: cbme@if.sc.usp.br- Telefone: (16) 3373-9159 http://cbme.ifsc.usp.br http://cbme.usp.br O processo da

Leia mais

ANTICORPOS. CURSO: Farmácia DISCIPLINA: Microbiologia e Imunologia Clínica PROFESSORES: Guilherme Dias Patto Silvia Maria Rodrigues Querido

ANTICORPOS. CURSO: Farmácia DISCIPLINA: Microbiologia e Imunologia Clínica PROFESSORES: Guilherme Dias Patto Silvia Maria Rodrigues Querido CURSO: Farmácia DISCIPLINA: Microbiologia e Imunologia Clínica PROFESSORES: Guilherme Dias Patto Silvia Maria Rodrigues Querido ANTICORPOS Anticorpo é uma globulina sintetizada por linfócitos B e principalmente

Leia mais

ENZIMAS E METABOLISMO

ENZIMAS E METABOLISMO ENZIMAS E METABOLISMO Metabolismo Celular é o conjunto de todas as reacções químicas celulares acompanhadas de transferência de energia. ANABOLISMO conjunto de reacções químicas que conduzem à biossíntese

Leia mais

Bioquímica: Componentes orgânicos e inorgânicos necessários à vida. Leandro Pereira Canuto

Bioquímica: Componentes orgânicos e inorgânicos necessários à vida. Leandro Pereira Canuto Bioquímica: orgânicos e inorgânicos necessários à vida Leandro Pereira Canuto Toda matéria viva: C H O N P S inorgânicos orgânicos Água Sais Minerais inorgânicos orgânicos Carboidratos Proteínas Lipídios

Leia mais

1 Biologia. Professor. Carol L. J. Fávaro Márcio Fraiberg Machado Wellington Romangnoli. aprender! Ensinar é

1 Biologia. Professor. Carol L. J. Fávaro Márcio Fraiberg Machado Wellington Romangnoli. aprender! Ensinar é Pré-vestibular 1 Biologia arol L. J. Fávaro Márcio Fraiberg Machado Wellington omangnoli aprender! Ensinar é Professor Bioquímica 1 Módulo? Toda matéria é formada por átomos. s átomos podem se combinar

Leia mais

Pigmentos respiratórios: capacidade de se ligar reversivelmente ao oxigênio, aumentando muito a capacidade carreadora do sangue

Pigmentos respiratórios: capacidade de se ligar reversivelmente ao oxigênio, aumentando muito a capacidade carreadora do sangue PIGMENTOS RESPIRATÓRIOS RESPIRAÇÃO AULA 5 Pigmentos respiratórios: capacidade de se ligar reversivelmente ao oxigênio, aumentando muito a capacidade carreadora do sangue Ex: hemoglobina Mamíferos apresentam

Leia mais

M E T B O L I S M O CATABOLISMO ANABOLISMO

M E T B O L I S M O CATABOLISMO ANABOLISMO METABOLISMO É o conjunto das reações químicas que ocorrem num organismo vivo com o fim de promover a satisfação de necessidades estruturais e energéticas. ...metabolismo Do ponto de vista físico-químico,

Leia mais

Bioinformática. Conceitos Fundamentais de Biologia Molecular. Paulo Henrique Ribeiro Gabriel phrg@ufu.br

Bioinformática. Conceitos Fundamentais de Biologia Molecular. Paulo Henrique Ribeiro Gabriel phrg@ufu.br Bioinformática Conceitos Fundamentais de Biologia Molecular Paulo Henrique Ribeiro Gabriel phrg@ufu.br Faculdade de Computação Universidade Federal de Uberlândia 24 de agosto de 2015 Paulo H. R. Gabriel

Leia mais

Estrutura tridimensional de proteínas. Prof. Dr. Fernando Berton Zanchi

Estrutura tridimensional de proteínas. Prof. Dr. Fernando Berton Zanchi Estrutura tridimensional de proteínas Prof. Dr. Fernando Berton Zanchi Níveis de Estruturas Protéicas A conformação espacial das proteínas As proteínas não são traços rígidos porque suas ligações químicas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ BIOLOGIA PROVA DE TRANSFERÊNCIA FACULTATIVA E PARA PORTADOR DE DIPLOMA DE CURSO SUPERIOR

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ BIOLOGIA PROVA DE TRANSFERÊNCIA FACULTATIVA E PARA PORTADOR DE DIPLOMA DE CURSO SUPERIOR UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ BIOLOGIA PROVA DE TRANSFERÊNCIA FACULTATIVA E PARA PORTADOR DE DIPLOMA DE CURSO SUPERIOR 02/12/2012 Candidato: GABARITO Curso Pretendido: OBSERVAÇÕES: 01 Prova SEM consulta

Leia mais

Criado e Desenvolvido por: RONNIELLE CABRAL ROLIM Todos os direitos são reservados 2015. www.tioronni.com

Criado e Desenvolvido por: RONNIELLE CABRAL ROLIM Todos os direitos são reservados 2015. www.tioronni.com Criado e Desenvolvido por: RONNIELLE CABRAL ROLIM Todos os direitos são reservados 2015. www.tioronni.com ÁCIDOS NUCLEICOS ÁCIDOS NUCLÉICOS: são substâncias formadoras de genes, constituídas por um grande

Leia mais

Prof. Leonardo F. Stahnke

Prof. Leonardo F. Stahnke Prof. Leonardo F. Stahnke Moléculas orgânicas mais abundantes nos seres vivos, sendo importantes tanto na estrutura como funcionamento das células. São encontrados na carne vermelha, de frango ou peixe,

Leia mais

Nº 1 8º ANO Nº 1. Colégio A. LIESSIN Scholem Aleichem 12 www.liessin.com.br. Colégio A. LIESSIN Scholem Aleichem 1 www.liessin.com.

Nº 1 8º ANO Nº 1. Colégio A. LIESSIN Scholem Aleichem 12 www.liessin.com.br. Colégio A. LIESSIN Scholem Aleichem 1 www.liessin.com. 2015 Nº 1 8º ANO Nº 1 Colégio A. LIESSIN Scholem Aleichem 12 www.liessin.com.br Colégio A. LIESSIN Scholem Aleichem 1 www.liessin.com.br MATEMÁTICA I O pensamento é uma coisa à-toa, mas como é que a gente

Leia mais

Escola Secundária do Monte de Caparica Disciplina de Biologia 10 º Ano

Escola Secundária do Monte de Caparica Disciplina de Biologia 10 º Ano Escola Secundária do Monte de Caparica Disciplina de Biologia 10 º Ano Teste de avaliação Nome ----------------------------------------------------------------------- Numero -------------------------------

Leia mais

BIOQUÍMICA E BIOLOGIA MOLECULAR 1º S_2010_2011_1º Teste 25/10/2010

BIOQUÍMICA E BIOLOGIA MOLECULAR 1º S_2010_2011_1º Teste 25/10/2010 BIOQUÍMICA E BIOLOGIA MOLECULAR 1º S_2010_2011_1º Teste 25/10/2010 (Duração: 1,5 h) Nome do Aluno: Nº: Curso: Cada uma das questões de escolha múltipla (1 à 40) tem a cotação de 0,5 valores. Será descontado

Leia mais

Enzimas. Profª Eleonora Slide de aula

Enzimas. Profª Eleonora Slide de aula Enzimas Profª Eleonora Slide de aula Enzimas São proteínas capazes de promover catálise de reações biológicas. Possuem alta especificidade e grande poder catalítico. Especificidade: o substrato sofre ação

Leia mais

PROVA DE BIOLOGIA 2 o BIMESTRE 2012

PROVA DE BIOLOGIA 2 o BIMESTRE 2012 PROVA DE BIOLOGIA 2 o BIMESTRE 2012 PROFª. VERA NOME N o 1 a SÉRIE A compreensão do enunciado faz parte da questão. Não faça perguntas ao examinador. A prova deve ser feita com caneta azul ou preta. É

Leia mais

Componentes fundamentais de todos os seres vivos, incluindo os vírus. Macromoléculas de elevado peso molecular.

Componentes fundamentais de todos os seres vivos, incluindo os vírus. Macromoléculas de elevado peso molecular. Componentes fundamentais de todos os seres vivos, incluindo os vírus. Macromoléculas de elevado peso molecular. Formadas pela união de dezenas a centenas de aminoácidos. Proteína = polipeptídeo formado

Leia mais

REVISÃO QUÍMICA. Profº JURANDIR QUÍMICA

REVISÃO QUÍMICA. Profº JURANDIR QUÍMICA REVISÃO QUÍMICA Profº JURANDIR QUÍMICA DADOS 01. (ENEM 2004) Em setembro de 1998, cerca de 10.000 toneladas de ácido sulfúrico (H 2 SO 4 ) foram derramadas pelo navio Bahamas no litoral do Rio Grande

Leia mais

Composição Química da Célula

Composição Química da Célula Composição Química da Célula Composição Química da Célula Inorgânicos Orgânicos Água Sais Minerais Proteínas Lipídios Carboidratos Àcidos Nucléicos Composição Química da Célula PROTEÍNAS São constituintes

Leia mais

é a quebra física dos alimentos através da mastigação e dos movimentos peristálticos.

é a quebra física dos alimentos através da mastigação e dos movimentos peristálticos. SISTEMA DIGESTIVO Digestão Digestão mecânica: é a quebra física dos alimentos através da mastigação e dos movimentos peristálticos. Digestão química é a transformação das moléculas mais complexas em moléculas

Leia mais

Introdução. Muitas reações ocorrem completamente e de forma irreversível como por exemplo a reação da queima de um papel ou palito de fósforo.

Introdução. Muitas reações ocorrem completamente e de forma irreversível como por exemplo a reação da queima de um papel ou palito de fósforo. Introdução Muitas reações ocorrem completamente e de forma irreversível como por exemplo a reação da queima de um papel ou palito de fósforo. Existem também sistemas, em que as reações direta e inversa

Leia mais

COMPONENTES ORGÂNICOS: CARBOIDRATOS. Glicídios ou Açúcares

COMPONENTES ORGÂNICOS: CARBOIDRATOS. Glicídios ou Açúcares COMPONENTES ORGÂNICOS: CARBOIDRATOS Glicídios ou Açúcares COMPOSIÇÃO DOS CARBOIDRATOS Compostos constituídos principalmente de: Carbono, Hidrogênio Oxigênio Principal fonte de energia para os seres vivos.

Leia mais

Faculdade Anhanguera Curso de Graduação em Educação Física

Faculdade Anhanguera Curso de Graduação em Educação Física Faculdade Anhanguera Curso de Graduação em Educação Física Profa. Dra. Amabile Vessoni Arias E-mail: Amabile.arias@anhanguera.com 2016-2 Mês de agosto Conteúdo 9 Unidade 1 16 Unidade 1 23 Unidade 1 30

Leia mais

BIOLOGIA Composição química dos seres vivos

BIOLOGIA Composição química dos seres vivos Composição química dos seres vivos Módulo 3 Página 29 à 48 INTRODUÇÃO... INTRODUÇÃO... ÁTOMOS MATÉRIA (SERES VIVOS) CHON (Carbono, hidrogênio, oxigênio e nitrogênio) INTRODUÇÃO... ÁTOMOS MATÉRIA (SERES

Leia mais

ANTICORPOS: ESTRUTURA E FUNÇÃO

ANTICORPOS: ESTRUTURA E FUNÇÃO ANTICORPOS: ESTRUTURA E FUNÇÃO Por definição, anticorpos são moléculas de glicoproteína, também chamadas de imunoglobulinas. São glicoproteínas altamente específicas sintetizadas em resposta a um antígeno,

Leia mais

Animais Monogástricos. Digestão Monogástricos. Animais Monogástricos. Digestão Monogástricos 28/08/2012

Animais Monogástricos. Digestão Monogástricos. Animais Monogástricos. Digestão Monogástricos 28/08/2012 Animais Monogástricos Digestão e Absorção de Carboidratos Animais monogástricos e ruminantes Prof. Dr. Bruno Lazzari de Lima Principais fontes de glicídeos: Polissacarídeos. Amido. Glicogênio. Dextrinas.

Leia mais

32. No que se refere aos componentes do citoesqueleto, uma complexa rede de proteínas que compõe o esqueleto celular, assinale a alternativa correta.

32. No que se refere aos componentes do citoesqueleto, uma complexa rede de proteínas que compõe o esqueleto celular, assinale a alternativa correta. BIOLOGIA CORREÇÃO PROVA PAPILO GOIÁS PROF. WAGNER BERTOLINI Prova tipo C. 31. Acerca das características que diferem células eucarióticas de células procarióticas, é correto afirmar que: (A) a compartimentalização

Leia mais

LIGAÇÃO PEPTÍDICA. ligação peptídica DIPEPTÍDEO AMINOÁCIDOS

LIGAÇÃO PEPTÍDICA. ligação peptídica DIPEPTÍDEO AMINOÁCIDOS PROTEÍNAS PROTEÍNAS LIGAÇÃO PEPTÍDICA DIPEPTÍDEO AMINOÁCIDOS ligação peptídica PEPTÍDEO Resíduo N-terminal Resíduo C-terminal OLIGOPEPTÍDEOS: 2 a 10 resíduos de aminoácidos. Exemplos: dipeptídio (2 aminoácidos),

Leia mais

Proteína: digestibilidade e sua importância na produção. Fabrizio Oristanio (Biruleibe)

Proteína: digestibilidade e sua importância na produção. Fabrizio Oristanio (Biruleibe) Proteína: digestibilidade e sua importância na produção Fabrizio Oristanio (Biruleibe) Introdução Evolução das estimativas protéicas a partir da década de 80 Método fatorial Manutenção Produção Sistemas

Leia mais

Níveis de. Organização do. Corpo Humano

Níveis de. Organização do. Corpo Humano Níveis de Organização do Corpo Humano No corpo humano existem vários grupos de células semelhantes entre si. Cada grupo constitui um TECIDO Semelhança de forma: todas destinam-se a uma função específica.

Leia mais

ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL FREDERICO GUILHERME SCHMIDT Escola Técnica Industrial. Disciplina de Biologia Primeiro Ano Curso Técnico de Eletromecânica

ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL FREDERICO GUILHERME SCHMIDT Escola Técnica Industrial. Disciplina de Biologia Primeiro Ano Curso Técnico de Eletromecânica ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL FREDERICO GUILHERME SCHMIDT Escola Técnica Industrial Disciplina de Biologia Primeiro Ano Curso Técnico de Eletromecânica Prof. Diogo Schott diogo.schott@yahoo.com Substâncias orgânicas

Leia mais

SISTEMA DIGESTÓRIO. Boca Glândulas salivares Esófago Fígado Vesícula biliar. Faringe. Estômago Pâncreas Intestino grosso. Intestino delgado.

SISTEMA DIGESTÓRIO. Boca Glândulas salivares Esófago Fígado Vesícula biliar. Faringe. Estômago Pâncreas Intestino grosso. Intestino delgado. SISTEMA DIGESTÓRIO SISTEMA DIGESTÓRIO O sistema digestivo tem a função de realizar a digestão, ou seja, fraccionar os alimentos e transformar as macromoléculas em micromoléculas. SISTEMA DIGESTÓRIO Boca

Leia mais

A química da vida Samuel Rutsatz

A química da vida Samuel Rutsatz A química da vida Samuel Rutsatz Água na célula As substâncias que constituem os corpos dos seres vivos possuem em sua constituição entre 75-85% de água. Ou seja, cerca de 80% do corpo de um ser vivo é

Leia mais

METABOLISMO ENERGÉTICO: RESPIRAÇÃO CELULAR E FERMENTAÇÃO

METABOLISMO ENERGÉTICO: RESPIRAÇÃO CELULAR E FERMENTAÇÃO METABOLISMO ENERGÉTICO: RESPIRAÇÃO CELULAR E FERMENTAÇÃO Mitocôndria - Organela em forma de grão ou bastonete. É formada por duas membranas: a mais interna forma uma série de dobras ou septos chamados

Leia mais

DURAÇÃO DA PROVA: 03 HORAS

DURAÇÃO DA PROVA: 03 HORAS PROCESSO SELETIVO 2008/2 - CPS PROVA DISCURSIVA DE BIOLOGIA INSTRUÇÕES: CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA 1. Só abra a prova quando autorizado. 2. Veja se este caderno contém 10 (dez) questões discursivas.

Leia mais

Histologia animal. Equipe de Biologia

Histologia animal. Equipe de Biologia Histologia animal Equipe de Biologia Tipos de tecidos animais Tecidos epiteliais Tecidos conjuntivos Tecidos musculares http://www.simbiotica.org/tecidosanimal.htm Tecido nervoso Tecidos epiteliais Apresenta

Leia mais

AULÃO BIOS SOLIDÁRIO. Profª. Mary Ann Saraiva

AULÃO BIOS SOLIDÁRIO. Profª. Mary Ann Saraiva AULÃO BIOS SOLIDÁRIO Profª. Mary Ann Saraiva ENERGIA NOS SERES VIVOS TIPOS DE CARBOIDRATOS MONOSSACARÍDEOS CnH2nOn Pentoses: ribose (RNA) desoxirribose (DNA) Hexoses: glicose frutose galactose DISSACARÍDEOS

Leia mais

CARBOIDRATOS. INTRODUÇÃO -Biomoléculas mais abundantes -Base da nutrição animal

CARBOIDRATOS. INTRODUÇÃO -Biomoléculas mais abundantes -Base da nutrição animal INTRODUÇÃO -Biomoléculas mais abundantes -Base da nutrição animal CARBOIDRATOS *Os animais não são capazes de sintetizar carboidratos a partir de substratos simples não energéticos, precisando obtê-los

Leia mais

Fazendo a digestão. A voz do professor. A voz do professor. De onde provém a energia necessária para o movimento dos automóveis?...

Fazendo a digestão. A voz do professor. A voz do professor. De onde provém a energia necessária para o movimento dos automóveis?... A U A UL LA Fazendo a digestão Atenção De onde provém a energia necessária para o movimento dos automóveis? Nosso corpo é semelhante a um carro. Como você acha que conseguimos energia para viver? Um corpo

Leia mais

MACRONUTRIENTES III PROTEÍNAS

MACRONUTRIENTES III PROTEÍNAS MACRONUTRIENTES III PROTEÍNAS 1 PROTEÍNAS As proteínas são compostos orgânicos de estrutura complexa e massa molecular elevada, elas são sintetizadas pelos organismos vivos através da condensação de um

Leia mais

MEIOS DE CULTURA DESENVOLVIMENTO OU PRODUÇÃO DE MEIOS DE CULTURA. Necessidade Bactérias Leveduras

MEIOS DE CULTURA DESENVOLVIMENTO OU PRODUÇÃO DE MEIOS DE CULTURA. Necessidade Bactérias Leveduras MEIOS DE CULTURA Associação equilibrada de agentes químicos (nutrientes, ph, etc.) e físicos (temperatura, viscosidade, atmosfera, etc) que permitem o cultivo de microorganismos fora de seu habitat natural.

Leia mais

1. (MOJI-SP) A membrana plasmática, apesar de invisível ao microscópio óptico, está presente:

1. (MOJI-SP) A membrana plasmática, apesar de invisível ao microscópio óptico, está presente: Exercícios de aprofundamento Biologia Aula 1 1. (MOJI-SP A membrana plasmática, apesar de invisível ao microscópio óptico, está presente: a em todas as células, seja ela procariótica ou eucariótica. b

Leia mais

Hoje estudaremos a bioquímica dos ácidos nucléicos. Acompanhe!

Hoje estudaremos a bioquímica dos ácidos nucléicos. Acompanhe! Aula: 2 Temática: Ácidos Nucléicos Hoje estudaremos a bioquímica dos ácidos nucléicos. Acompanhe! Introdução: Os ácidos nucléicos são as moléculas com a função de armazenamento e expressão da informação

Leia mais

DIGESTÃO HUMANA. Sistema Digestório. Professor: Fernando Stuchi. Enzimas Caminho da digestão Etapas da digestão

DIGESTÃO HUMANA. Sistema Digestório. Professor: Fernando Stuchi. Enzimas Caminho da digestão Etapas da digestão DIGESTÃO HUMANA 1. 2. 3. Enzimas Caminho da digestão Etapas da digestão Sistema Digestório Professor: Fernando Stuchi Dúvidas sobre Digestão Afinal o que é digestão? Conjunto de transformações físico-químicas

Leia mais

Bioquímica: proteínas

Bioquímica: proteínas Bioquímica: proteínas Um dia uma menina de 5 anos me perguntou: Do que nosso copo é formado, senhor?. Aí eu respondi: De células!. A menina então me retrucou: Não, senhor, eu quero saber de que coisa nós

Leia mais

As membranas são os contornos das células, compostos por uma bicamada lipídica

As membranas são os contornos das células, compostos por uma bicamada lipídica Células e Membranas As membranas são os contornos das células, compostos por uma bicamada lipídica Organelas são compartimentos celulares limitados por membranas A membrana plasmática é por si só uma organela.

Leia mais