PREFEITURA MUNICIPAL DE ANÁPOLIS SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PREFEITURA MUNICIPAL DE ANÁPOLIS SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA"

Transcrição

1 PREFEITURA MUNICIPAL DE ANÁPOLIS SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA REGIMENTO PARA PARTICIPAR DA FEIRA DE CIÊNCIAS N.º 001/2011 PREFEITURA MUNICIPAL DE ANÁPOLIS SECRETARIA MUNICIPAL DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO. A Prefeitura Municipal de Anápolis, através da Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação, no uso de suas atribuições legais, torna público no dia 20 de setembro de 2011 o Regimento para a participação na Feira de Ciências para a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia - SNCT do Município de Anápolis. 1. DO PÚBLICO ALVO Escolas Públicas e Privadas da 2ª fase do Ensino Fundamental, Ensino Médio, Ensino Técnico e Ensino Superior em nível de Graduação, mediante normas e condições contidas neste Regimento. 2. DO TEMA Mudanças climáticas, desastres naturais e prevenção de riscos. 3. DA INSCRIÇÃO DA FEIRA DE CIÊNCIAS Serão aceitas apenas as inscrições realizadas via mediante preenchimento da ficha de inscrição do anexo 1 e enviadas ao seguinte correio eletrônico: Os documentos relacionados à inscrição deverão ser submetidos em formato PDF. 3.1 As inscrições para a Feira de Ciências, acontecerá no período de 20 de setembro de 2011 das 8h até 30 de outubro de 2011 às 23h59 pela internet para o correio eletrônico

2 3.2 Cada Unidade Escolar poderá inscrever 1 (um) projeto: 1(um) para a 2ª fase do Ensino Fundamental e/ou 1(um) para o Ensino Médio e/ou 1(um) para o Ensino Técnico. 3.3 Para o Ensino Superior não há limite de quantidade de projetos a serem inscritos. 3.4 A elaboração e execução do projeto são de inteira responsabilidade da Instituição de Ensino (Ensino Fundamental, Ensino Médio e Ensino Técnico) ou grupo participante (Ensino Superior). 4. COMPOSIÇÃO DOS GRUPOS As equipes deverão ser formadas por alunos de escolas particulares, municipais, estaduais e/ou federais que estejam cursando o Ensino Fundamental, Ensino Médio, Ensino Técnico e graduandos de rede pública e/ou privada. 4.1 Os Alunos deverão trabalhar no projeto em equipes que deverão ter no mínimo 2(dois) e no máximo 4(quatro) componentes e o(a) professor(a) orientador(a). 4.2 As equipes deverão ser compostas por alunos de níveis de ensino iguais Ensino Fundamental (público e privado), Ensino Médio (público e privado), Ensino Técnico (público e privado) e Ensino Superior (graduação). 4.3 Cada Instituição de Ensino (Fundamental, Médio e Técnico) poderá inscrever um único projeto para cada nível. 5. DA SELEÇÃO DOS PROJETOS INSCRITOS Haverá uma comissão julgadora que definirá os 15 melhores trabalhos inscritos de cada nível para exposição na SNCT DA APRESENTAÇÃO E JULGAMENTO DOS TRABALHOS SELECIONADOS

3 6.1 Todos os trabalhos selecionados deverão ser apresentados na SNCT 2011, no dia 22 de novembro de Os grupos selecionados deverão comparecer para credenciamento e montagem do estande com 2 (duas) horas de antecedência nos dias relacionados no item acima. 6.3 A apresentação dos trabalhos à comissão julgadora deverá ser feita pelos alunos, sob a orientação do(a) professor(a). 6.4 Para o Ensino Fundamental, Ensino Médio e Ensino Técnico, a escola será a responsável pela exposição dos trabalhos por todo o período de realização da SNCT Durante a exposição, a comissão julgadora irá classificar os trabalhos, de acordo com os seguintes critérios: 1 Tema 0 Fuga total do tema do edital. F 0,5 Mínima articulação das ideias em relação ao desenvolvimento do projeto. R 1,0 Articulação limitada das ideias em relação ao desenvolvimento do projeto, segundo a proposta. B 1,5 Articulação adequada das ideias em relação ao desenvolvimento do projeto, segundo a proposta. MB 2,0 Excelente articulação das ideias em relação ao desenvolvimento do projeto, segundo a proposta. 2 Criatividade e Inovação 0 Nenhuma criatividade e inovação evidenciadas pela explicitação de uma questão justificada em sua relevância social e aplicação exemplar na comunidade. F 0,5 Mínima criatividade e inovação evidenciadas pela explicitação de uma questão justificada em sua relevância social e aplicação exemplar na comunidade. R 1,0 Criatividade e inovação limitada evidenciadas pela explicitação de uma questão justificada em sua relevância social e aplicação exemplar na comunidade. B 1,5 Criatividade e inovação adequada evidenciadas pela explicitação de uma questão justificada em sua relevância social e aplicação exemplar na comunidade. MB 2,0 Excelente criatividade e inovação evidenciadas pela explicitação de uma questão justificada em sua relevância social e aplicação exemplar na comunidade. 3 - Técnica 0 Nenhuma qualidade técnica científica evidenciada pela explicitação do problema investigado. F 0,5 Mínima qualidade técnica científica evidenciada pela explicitação do problema investigado. R 1,0 Qualidade técnica científica limitada evidenciada pela explicitação do problema investigado.

4 B 1,5 Qualidade técnica científica adequada evidenciada pela explicitação do problema investigado. MB 2,0 Excelente qualidade técnica científica evidenciada pela explicitação do problema investigado. 4 Clareza e Objetividade 0 Nenhuma clareza e objetividade na apresentação do trabalho. F 0,5 Mínima clareza e objetividade na apresentação do trabalho. R 1,0 Clareza e objetividade limitada na apresentação do trabalho. B 1,5 Clareza e objetividade adequada na apresentação do trabalho. MB 2,0 Excelente clareza e objetividade na apresentação do trabalho. 5 Engajamento e Organização 0 Nenhum engajamento e organização da equipe durante o evento. F 0,5 Mínimo engajamento e organização da equipe durante o evento. R 1,0 Limitado engajamento e organização da equipe durante o evento. B 1,5 Adequado engajamento e organização da equipe durante o evento. MB 2,0 Excelente engajamento e organização da equipe durante o evento. F R B MB LEGENDA FRACO REGULAR BOM MUITO BOM 7. DA SELEÇÃO FINAL 7.1 Haverá uma comissão julgadora que definirá a equipe vencedora de cada nível. 7.2 Haverá 3 (três) grupos vencedores para Ensino Fundamental, 3 (três) grupos vencedores para o Ensino Médio e 3 (três) grupos vencedores para o Ensino Superior em nível de Graduação. 7.3 A classificação se dará em primeiro, segundo e terceiro lugar com premiações, conforme o subitem DA PREMIAÇÃO E DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS 8.1 De acordo com os critérios já estabelecidos, a comissão julgadora classificará o melhor trabalho de cada nível de acordo com o especificado nos subitens 7.2 e 7.5 deste edital que serão premiados da seguinte forma: 1º LUGAR ENSINO FUNDAMENTAL Troféu e Kit de ciências

5 2º LUGAR ENSINO FUNDAMENTAL Troféu 3º LUGAR ENSINO FUNDAMENTAL Troféu 1º LUGAR ENSINO MÉDIO Troféu e Kit de ciências 2º LUGAR ENSINO MÉDIO Troféu 3º LUGAR ENSINO MÉDIO Troféu 1º LUGAR ENSINO TÉCNICO Troféu e Kit de ciências 2º LUGAR ENSINO TÉCNICO Troféu 3º LUGAR ENSINO TÉCNICO Troféu 1º LUGAR ENSINO SUPERIOR Troféu e Kit de ciências 2º LUGAR ENSINO SUPERIOR Troféu 3º LUGAR ENSINO SUPERIOR Troféu 8.2 A divulgação dos resultados dos trabalhos de todos os vencedores ocorrerá no dia 22 de novembro. 9. DO CRONOGRAMA Abertura das inscrições dos projetos 20 de setembro de 2011 Prazo final para inscrição dos trabalhos 30 de outubro de 2011 Divulgação do resultado da seleção de trabalhos 11 de novembro de 2011 Apresentação da Feira de Ciências 22 de novembro de 2011, de 14h às 18h Divulgação do Resultado Final e Premiação 22 de outubro de 2011 às 19h 10. DO CONTATO Endereço Secretaria de Ciência Tecnologia e Inovação de Anápolis/GO Rua Roberto Mange, 152, Vila Santana 3º Andar - CEP: Anápolis GO (62) Anápolis, 20 de setembro de 2011.

6 ANEXO 1 Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação / SEMCT&I - Semana Nacional de Ciência e Tecnologia / 2011 Feira de Ciências Formulário de Informações do Projeto - (Leia o Edital antes de enviar o seu projeto) Este formulário deve ser submetido via O projeto será desenvolvido: (Atenção: TODOS os integrantes deverão preencher este formulário com seus dados pessoais) Individualmente (1 estudante): ( ) em Dupla (2 estudantes): ( ) em Trio (3 estudantes): ( ) em Quarteto (4 estudantes): ( ) 1. DADOS DO(S) ESTUDANTE(S) Não é permitido troca nem inclusão de estudantes realizadores do projeto após a sua finalização 1.1 Estudante 1 Nome Completo (como no RG): Data de Nascimento (dd/mm/aaaa): / / Sexo: ( ) Masc ( ) Fem Telefone: ( ) Cursando 2011 em 6º Ano do Ensino Fundamental 7º Ano do Ensino Fundamental 8º Ano do Ensino Fundamental 9º Ano do Ensino Fundamental 1º Ano do Ensino Médio 2º Ano do Ensino Médio 3º Ano do Ensino Médio 1º Ano do Ensino Técnico 2º Ano do Ensino Técnico 3º Ano do Ensino Técnico 1º Ano do Ensino Superior 2º Ano do Ensino Superior 3º Ano do Ensino Superior 4º Ano do Ensino Superior 5º Ano do Ensino Superior Onde estuda: Curso: Tipo de Escola: Pública (Municipal, Estadual ou Federal) Particular Fundação / Centro Educacional (ex: Sesi, Senai) da Instituição de Ensino: 1.2 Estudante 2 Nome Completo (como no RG): Data de Nascimento (dd/mm/aaaa): / / Sexo: ( ) Masc ( ) Fem Telefone: ( )

7 Cursando 2011 em 6º Ano do Ensino Fundamental 7º Ano do Ensino Fundamental 8º Ano do Ensino Fundamental 9º Ano do Ensino Fundamental 1º Ano do Ensino Médio 2º Ano do Ensino Médio 3º Ano do Ensino Médio 1º Ano do Ensino Técnico 2º Ano do Ensino Técnico 3º Ano do Ensino Técnico 1º Ano do Ensino Superior 2º Ano do Ensino Superior 3º Ano do Ensino Superior 4º Ano do Ensino Superior 5º Ano do Ensino Superior Onde estuda: Curso: Tipo de Escola: Pública (Municipal, Estadual ou Federal) Particular Fundação / Centro Educacional (ex: Sesi, Senai) da Instituição de Ensino: 1.3 Estudante 3 Nome Completo (como no RG): Data de Nascimento (dd/mm/aaaa): / / Sexo: ( ) Masc ( ) Fem Telefone: ( ) Cursando em 6º Ano do Ensino Fundamental 2º Ano do Ensino Técnico º Ano do Ensino Fundamental 8º Ano do Ensino Fundamental 9º Ano do Ensino Fundamental 1º Ano do Ensino Médio 2º Ano do Ensino Médio 3º Ano do Ensino Médio 1º Ano do Ensino Técnico 3º Ano do Ensino Técnico 1º Ano do Ensino Superior 2º Ano do Ensino Superior 3º Ano do Ensino Superior 4º Ano do Ensino Superior 5º Ano do Ensino Superior Onde estuda: Curso: Tipo de Escola: Pública (Municipal, Estadual ou Federal) Particular Fundação / Centro Educacional (ex: Sesi, Senai) da Instituição de Ensino: 1.4 Estudante 4 Nome Completo (como no RG): Data de Nascimento (dd/mm/aaaa): / / Sexo: ( ) Masc ( ) Fem Telefone: ( ) Cursando em 6º Ano do Ensino Fundamental 3º Ano do Ensino Técnico º Ano do Ensino Fundamental 8º Ano do Ensino Fundamental 9º Ano do Ensino Fundamental 1º Ano do Ensino Médio 2º Ano do Ensino Médio 1º Ano do Ensino Superior 2º Ano do Ensino Superior 3º Ano do Ensino Superior 4º Ano do Ensino Superior 5º Ano do Ensino Superior 3º Ano do Ensino Médio 1º Ano do Ensino Técnico 2º Ano do Ensino Técnico Onde estuda:

8 Curso: Tipo de Escola: Pública (Municipal, Estadual ou Federal) Particular Fundação / Centro Educacional (ex: Sesi, Senai) da Instituição de Ensino: 2. Dados do(a) Orientador(a) (Não é permitido troca nem inclusão de orientadores após sua finalização). 2.1 Orientador(a) Nome Completo (como no RG): Data de Nascimento (dd/mm/aaaa): / / Sexo: ( ) Masc ( ) Fem Telefone: ( ) Instituição: Cargo: Tipo de Escola: Pública (Municipal, Estadual ou Federal) Particular Fundação / Centro Educacional (ex: Sesi, Senai) 3. Dados do Projeto (O Projeto deve possuir um título que reflita a questão ou problema trabalhado em seu projeto). Titulo: Consulte a tabela de categorias anexa ao formulário e preencha com o Categoria (Letra): CÓDIGO da categoria e da subcategoria, em que melhor se enquadra o projeto. Subcategoria (Número): 3.1 Local de Pesquisa ou Realização do Projeto Escola Instituição de Ensino e Pesquisa, Laboratório de Universidade, Centro Médico e/ou Indústria. Nome da Instituição: Objetivo Geral - Defina, de forma ampla, o que se pretende alcançar com o projeto a ser apresentado. Os objetivos devem iniciar com verbos no modo infinitivo. 3.3 Objetivos Específicos - Visão mais detalhada do projeto a ser inscrito que deverá responder a seguinte questão: - Para que será feito este projeto? 3.4 Justificativa - Trata-se de uma argumentação acerca da importância da pesquisa. O pesquisador tem que justificar a relevância do seu trabalho para a sociedade. Neste item, o proponente deverá elaborar a justificativa visando responder às seguintes questões: -Por que tomou a iniciativa de realizar o projeto? -Como o projeto atende aos critérios de seleção e qualificação estabelecidos pelo edital? -Qual o diferencial do projeto?

9 3.5 Metodologia - Descrever que formas técnicas foram utilizadas para executar a pesquisa, explicando também a forma como começaram as atividades, como foram coordenadas na execução do projeto. 3.6 Bibliografia: (pelo menos as três referências mais importantes) 4. Resumo (Limite de 2000 caracteres com espaçamento). O Resumo é escrito APÓS o fim da pesquisa, apresentando de forma sintética a descrição da pesquisa / projeto realizado, os resultados obtidos e as conclusões dos estudantes. Palavras-chave: 1: 2: 3:

10 CATEGORIAS E SUB-CATEGORIAS CATEGORIA (CÓDIGO EM NEGRITO) EXA Ciências Exatas e da Terra BIO Ciências Biológicas SAU Ciências da Saúde AGR Ciências Agrárias SOC Ciências Sociais Aplicadas HUM Ciências Humanas ENG Engenharia SUB-CATEGORIA (CÓDIGO EM NEGRITO) 101 Matemática 106 Física 102 Probabilidade 107 Química 103 Estatística 108 Geociência 104 Ciência da Computação 109 Oceanografia 105 Astronomia 201 Biologia Geral 208 Bioquímica 202 Genética 209 Biofísica 203 Botânica 210 Farmacologia 204 Zoologia 211 Imunologia 205 Ecologia 212 Microbiologia 206 Morfologia 213 Parasitologia 207 Fisiologia 301 Medicina 306 Saúde Coletiva 302 Odontologia 307 Fonoaudiologia 303 Farmácia 308 Fisioterapia e Terapia Ocupacional 304 Enfermagem 309 Educação Física 305 Nutrição 401 Agronomia 402 Recursos Florestais e Engenharia Florestal 403 Engenharia Agrícola 404 Zootecnia 405 Medicina Veterinária 406 Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca Ciência e Tecnologia de 407 Alimentos 501 Direito 507 Ciência da Informação 502 Administração 508 Museologia 503 Economia 509 Comunicação 504 Arquitetura e Urbanismo 510 Serviço Social 505 Planejamento Urbano e 511 Economia Doméstica Regional 512 Desenho Industrial 506 Demografia 513 Turismo 601 Filosofia 606 Geografia 602 Sociologia 607 Psicologia 603 Antropologia 608 Educação 604 Arqueologia 609 Ciência Política 605 História 610 Teologia 701 Eletrônica 708 Sanitária 702 Eletrotécnica 709 de Produção 703 Mecânica 710 Nuclear 704 Química 711 de Transportes 705 Civil 712 Design Industrial 706 de Minas 713 Aerospacial de Materiais e 707 Metalúrgica 714 Biomédica

Projetos de Extensão. Prof. Msc. Marcílio Meira <marcilio.meira@ifrn.edu.br> Informátic ca

Projetos de Extensão. Prof. Msc. Marcílio Meira <marcilio.meira@ifrn.edu.br> Informátic ca Extensão Projetos de Extensão Prof. Msc. Marcílio Meira Informátic ca Objetivos da aula a. Compreender o que é um Projeto de Extensão, e seus objetivos; b Aprender como se

Leia mais

1. DADOS DO(S) ESTUDANTE(S)

1. DADOS DO(S) ESTUDANTE(S) Este formulário é válido apenas para projetos submetidos através do correio. Visite o nosso site www.lsi.usp.br/febrace para submeter o projeto eletronicamente. A FEBRACE não recebe projetos submetidos

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO RESUMO A SER PUBLICADO NOS ANAIS DO 22º ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA PUC-SP 2013 MODELO DE RESUMO

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO RESUMO A SER PUBLICADO NOS ANAIS DO 22º ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA PUC-SP 2013 MODELO DE RESUMO MODELO DE RESUMO 8.00.00.00-2 LINGÜÍSTICA, LETRAS E ARTES (grande área) 8.02.00.00-1 LETRAS (área da pesquisa e não curso do aluno) TÍTULO DO PROJETO OU DO PLANO DE TRABALHO DO ALUNO/BOLSISTA NOME... ORIENTADOR(A)

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO RESUMO A SER PUBLICADO NOS ANAIS DO 21º ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA PUC-SP 2012

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO RESUMO A SER PUBLICADO NOS ANAIS DO 21º ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA PUC-SP 2012 O texto deve ser conciso e ocupar no máximo 20 linhas, em um único parágrafo; utilizar linguagem objetiva, evitando frases inteiras do texto original (expressar apenas a idéia principal e não transcrevê-la);

Leia mais

Universidade Federal de Mato Grosso do Sul UFMS Instituto de Química IQ Grupo Arandú de Tecnologia e Ensino de Ciências GATEC

Universidade Federal de Mato Grosso do Sul UFMS Instituto de Química IQ Grupo Arandú de Tecnologia e Ensino de Ciências GATEC V Feira de Tecnologia Engenharia e Ciência de Mato Grosso do Sul [FETECMS] IV Feira de Tecnologia, Ciência e Criatividade do Ensino Fundamental de Mato Grosso do Sul [FETECCMS-JR] II Exposição de Projetos

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA DEPOSITAR O PROJETO DE PESQUISA NO CEP/FATEA

INSTRUÇÕES PARA DEPOSITAR O PROJETO DE PESQUISA NO CEP/FATEA INSTRUÇÕES PARA DEPOSITAR O PROJETO DE PESQUISA NO CEP/FATEA Este texto tem por finalidade orientar a preparação dos Protocolos de Pesquisa que devem ser analisados pelo Comitê de Ética em Pesquisa (CEP)

Leia mais

Anexo C Cursos de capacitação que não sejam de educação formal

Anexo C Cursos de capacitação que não sejam de educação formal Anexo C Cursos de capacitação que não sejam de educação formal Para todos os ambientes organizacionais para todos os servidores, independentemente do ambiente organizacional: Administração pública Estado,

Leia mais

EDITAL Nº 13/2012-PROGRAD

EDITAL Nº 13/2012-PROGRAD 1 EDITAL Nº 13/2012-PROGRAD PUBLICAÇÃO DA RELAÇAO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO CONSIDERADOS COMO CURSOS AFINS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIOESTE - PROVOU. A Pró-reitora de Graduação da Universidade Estadual

Leia mais

Manual Comitê de Ética em Pesquisa Universidade do Sagrado Coração

Manual Comitê de Ética em Pesquisa Universidade do Sagrado Coração Manual Comitê de Ética em Pesquisa Universidade do Sagrado Coração Bauru SP Resolução CNS 196/96:...Assim, também são consideradas pesquisas envolvendo seres humanos as entrevistas, aplicações de questionários,

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS E SUBPROJETOS DE PESQUISA

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS E SUBPROJETOS DE PESQUISA MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS E SUBPROJETOS DE PESQUISA O projeto deve, OBRIGATORIAMENTE, ser elaborado pelo Coordenador do Projeto (titulação mínima Mestre PBIC/UniEVANGÉLICA; titulação mínima Doutor

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL Tabela com as Áreas de Conhecimentos relativas à Educação Formal, com relação DIRETA aos Ambientes Organizacionais (Decreto 5.824/2006 de 29 de Junho de 2006 - ANEXO III) ADMINISTRATIVO INFRA-ESTRUTURA

Leia mais

PORTARIA Nº 9, DE 29 DE JUNHO DE 2006

PORTARIA Nº 9, DE 29 DE JUNHO DE 2006 PORTARIA Nº 9, DE 29 DE JUNHO DE 2006 O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso de sua competência e em conformidade com o estabelecido no 1o- do art 10, da Lei no- 11.091, de 12 de janeiro de 2005, resolve:

Leia mais

XV UFMG Jovem EDITAL DDC nº 03/2014

XV UFMG Jovem EDITAL DDC nº 03/2014 UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO DIRETORIA DE DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA XV UFMG Jovem EDITAL DDC nº 03/2014 A Diretoria de Divulgação Científica, da Pró-Reitoria de Extensão da

Leia mais

DIRETORIA DE CONCURSO VESTIBULAR

DIRETORIA DE CONCURSO VESTIBULAR DIRETORIA DE CONCURSO VESTIBULAR EDITAL Nº 001/2011-DCV PUBLICAÇÃO DA RELAÇÃO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO CONSIDERADOS COMO CURSOS AFINS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIOESTE. O Diretor de Concurso Vestibular

Leia mais

3º Encontro de Iniciação Científica FIMCA

3º Encontro de Iniciação Científica FIMCA EDITAL 07/2009-Coordenação do Centro Integrado de Iniciação Científica e Extensão- CIFICE/FIMCA A Coordenação do CIFICE das Faculdades Integradas Aparício Carvalho FIMCA torna pública a abertura das inscrições

Leia mais

3º Encontro de Iniciação Científica FIMCA

3º Encontro de Iniciação Científica FIMCA EDITAL 07/2009-Coordenação do Centro Integrado de Iniciação Científica e Extensão- CIFICE/FIMCA A Coordenação do CIFICE das Faculdades Integradas Aparício Carvalho FIMCA torna pública a abertura das inscrições

Leia mais

EDITAL DE LEVANTAMENTO DE DEMANDA PARA CURSOS DE MESTRADO E DOUTORADO EM TECNOLOGIA NUCLEAR IPEN/IFRO EDITAL Nº 6/IFRO/2015

EDITAL DE LEVANTAMENTO DE DEMANDA PARA CURSOS DE MESTRADO E DOUTORADO EM TECNOLOGIA NUCLEAR IPEN/IFRO EDITAL Nº 6/IFRO/2015 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, INOVAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU TECNOLOGIA NUCLEAR EDITAL

Leia mais

5º Congresso de Pesquisa e Iniciação Científica. 3º Encontro de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação

5º Congresso de Pesquisa e Iniciação Científica. 3º Encontro de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação 5º Congresso de Pesquisa e Iniciação Científica 3º Encontro de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação Inovação e Tecnologia: Ações para um novo mundo 2ª Circular O Centro Universitário do

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ANÁPOLIS SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA

PREFEITURA MUNICIPAL DE ANÁPOLIS SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA PREFEITURA MUNICIPAL DE ANÁPOLIS SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA REGIMENTO PARA PARTICIPAR DA SELEÇÃO DE DESENHO N.º 003/2011 PREFEITURA MUNICIPAL DE ANÁPOLIS SECRETARIA MUNICIPAL DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA

Leia mais

OFERTA INSTITUICAO CAMPUS CURSO GRAU TURNO

OFERTA INSTITUICAO CAMPUS CURSO GRAU TURNO 106137 UFPE CARUARU MEDICINA Bacharelado Integral (Mat/Vesp) 50 807,69 810,71 810,14 106117 UFPE RECIFE MEDICINA Bacharelado Integral (Mat/Vesp) 87 782,54 786,23 787,68 94728 UNIVASF CENTRO PETROLINA MEDICINA

Leia mais

REGULAMENTO DA 1ª FEIRA DE CIÊNCIAS DO COLÉGIO ESTUAL JARDIM PORTO ALEGRE

REGULAMENTO DA 1ª FEIRA DE CIÊNCIAS DO COLÉGIO ESTUAL JARDIM PORTO ALEGRE Colégio Estadual Jardim Porto Alegre - Ensino Fundamental, Médio e Profissional Rua Paraná, 299,Jardim Porto Alegre - Toledo-PR Telefone: (45) 3278-8292 REGULAMENTO DA 1ª FEIRA DE CIÊNCIAS DO COLÉGIO ESTUAL

Leia mais

PROGRESSÃO POR CAPACITAÇÃO DOS SERVIDORES TÉCNICOS-ADMINISTRATIVOS

PROGRESSÃO POR CAPACITAÇÃO DOS SERVIDORES TÉCNICOS-ADMINISTRATIVOS PROGRESSÃO POR CAPACTAÇÃO DOS SERVDORES TÉCNCOS-ADMNSTRATVOS O que é É a progressão que consiste na mudança de nível de capacitação dos servidores que obtiverem certificados de capacitação profissional

Leia mais

II FÓRUM DE PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA

II FÓRUM DE PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA I. OBJETIVO O Fórum de Pesquisa Científica e Tecnológica destina-se à apresentação dos trabalhos desenvolvidos pelos professores, pesquisadores, alunos de pós-graduação e alunos de graduação que desenvolveram

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 3.046, DE 22 DE MAIO DE 2003.

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 3.046, DE 22 DE MAIO DE 2003. SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 3.046, DE 22 DE MAIO DE 2003. Revoga a Resolução N.º 2.888/CONSEP, estabelece diretrizes e dispõe

Leia mais

I Feira de Ciências e Engenharias da Universidade Federal da Grande Dourados (FECEN/UFGD) Edital FECEN nº 1, 04 de Maio de 2015

I Feira de Ciências e Engenharias da Universidade Federal da Grande Dourados (FECEN/UFGD) Edital FECEN nº 1, 04 de Maio de 2015 I Feira de Ciências e Engenharias da Universidade Federal da Grande Dourados (FECEN/UFGD) Edital FECEN nº 1, 04 de Maio de 2015 A I Feira de Ciências e Engenharias da Universidade Federal da Grande Dourados

Leia mais

Elcival José de Souza Machado Diretor do úcleo de Seleção Universidade Estadual de Goiás

Elcival José de Souza Machado Diretor do úcleo de Seleção Universidade Estadual de Goiás Titulação: Docente - Doutor Anápolis, de março de 00. Região: Centro Goiano Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Bioquímica e Tecnologia de Alimentos 8 8,00 Ciências Agrárias - Engenharia

Leia mais

PROCEDIMENTOS E GRADE CURRICULAR MESTRADO (ACADÊMICO E PROFISSIONAL) E DOUTORADO

PROCEDIMENTOS E GRADE CURRICULAR MESTRADO (ACADÊMICO E PROFISSIONAL) E DOUTORADO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ESCOLA POLITÉCNICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA INDUSTRIAL Rua Professor Aristides Novis, nº 02 Federação EP/UFBA

Leia mais

EDITAL 32 / 2015 12ª SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA LUZ, CIÊNCIA E VIDA 09 A 14 DE NOVEMBRO DE 2015

EDITAL 32 / 2015 12ª SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA LUZ, CIÊNCIA E VIDA 09 A 14 DE NOVEMBRO DE 2015 EDITAL 32 / 2015 12ª SEMANA NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA LUZ, CIÊNCIA E VIDA 09 A 14 DE NOVEMBRO DE 2015 MOSTRA DE TRABALHOS O IF Sudeste MG Campus Barbacena, por meio da Comissão Organizadora da Semana

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS BIOMÉDICAS DE CACOAL DIREÇÃO ACADÊMICA

FACULDADE DE CIÊNCIAS BIOMÉDICAS DE CACOAL DIREÇÃO ACADÊMICA FACULDADE DE CIÊNCIAS BIOMÉDICAS DE CACOAL DIREÇÃO ACADÊMICA REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE PESQUISA CACOAL 2014 Art. 1º - A Faculdade de Ciências Biomédicas de Cacoal Facimed, por compreender que a pesquisa

Leia mais

Tabela de vagas disponíveis para lista de espera/chamada pública do SiSU UFRGS

Tabela de vagas disponíveis para lista de espera/chamada pública do SiSU UFRGS Tabela de vagas disponíveis para lista de espera/chamada pública do SiSU UFRGS Periodo Curso NrVagasUni NrVagasL3 NrVagasL4 2015_1 ADMINISTRAÇÃO - Bacharelado - (Integral) 8 0 0 2015_2 ADMINISTRAÇÃO -

Leia mais

Edital Interno de Seleção do Programa Ciência Sem Fronteiras CAPES/CNPq Graduação Sanduíche na Alemanha, EUA, França, Itália e Reino Unido

Edital Interno de Seleção do Programa Ciência Sem Fronteiras CAPES/CNPq Graduação Sanduíche na Alemanha, EUA, França, Itália e Reino Unido Edital Interno de Seleção do Programa Ciência Sem Fronteiras CAPES/CNPq Graduação Sanduíche na Alemanha, EUA, França, Itália e Reino Unido O Diretor de Relações da Universidade Federal de Minas Gerais

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO Edital Nº 7/205 ANEXO II QUADRO DE VAGAS CAMPUS SIGLA ÁREA PERFIL TOTAL ARRAIAL DO CABO CAC Geografia Licenciatura em Geografia. Análise Instrumental Química Industrial ou Engenharia Química ou Farmácia

Leia mais

Lançamento da Chamada Pública e adesão das escolas 13/03 a 03/06/2015

Lançamento da Chamada Pública e adesão das escolas 13/03 a 03/06/2015 CHAMADA PÚBLICA Nº 02/2015 PARA REALIZAÇÃO DE FEIRAS ESCOLARES DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA, E SUBMISSÃO DE PROJETOS À 5ª FEIRA DE CIÊNCIAS DA BAHIA E 10ª FEIRA BAIANA DE MATEMÁTICA A Secretaria da Educação

Leia mais

ANEXO I CRONOGRAMA. (horário de Cuiabá) 7:30 às 11:30 h. 13:30 às 17:30 h. Período de inscrições

ANEXO I CRONOGRAMA. (horário de Cuiabá) 7:30 às 11:30 h. 13:30 às 17:30 h. Período de inscrições ANEXO I CRONOGRAMA DATA 17 à 21 de outubro de 2011 A partir do dia 07/11/2011 Até dia 17/11/2011 Até dia 17/11/2011 28/11/2011 8:00h às 12:00 h Até 07/12/2011 Até 14/12/2011 A partir de 17/12/2011 HORÁRIO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ GABINETE DA REITORIA EDITAL N 08/2015 CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR EFETIVO - MACAPÁ, SANTANA E MAZAGÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ GABINETE DA REITORIA EDITAL N 08/2015 CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR EFETIVO - MACAPÁ, SANTANA E MAZAGÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ GABINETE DA REITORIA EDITAL N 08/2015 CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR EFETIVO - MACAPÁ, SANTANA E MAZAGÃO ANEXO I - RELAÇÃO DAS VAGAS E REQUISITOS ESPECÍFICOS POR ÁREA DE

Leia mais

Anexo I. Concurso Vestibular 2015 Carreiras e Cursos. Área de Humanidades

Anexo I. Concurso Vestibular 2015 Carreiras e Cursos. Área de Humanidades Carreira 100 Administração - Ribeirão Preto Curso 10: Administração - Diurno - Ribeirão Preto Curso 11: Administração - Noturno - Ribeirão Preto Concurso Vestibular 2015 Carreiras e Cursos Área de Humanidades

Leia mais

SISU/UFMG 2ª EDIÇÃO DE 2015 Máximos e Mínimos por Curso/Modalidade

SISU/UFMG 2ª EDIÇÃO DE 2015 Máximos e Mínimos por Curso/Modalidade UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS Registro Discente Departamento de Registro e Controle Acadêmico SISU/UFMG 2ª EDIÇÃO DE 2015 Máximos e Mínimos por Curso/Modalidade 1ª Chamada Regular Informações geradas

Leia mais

Cadastro de denominações consolidadas para Cursos de Graduação (bacharelado e licenciatura) do Ministério da Educação

Cadastro de denominações consolidadas para Cursos de Graduação (bacharelado e licenciatura) do Ministério da Educação Cadastro de denominações consolidadas para Cursos de Graduação (bacharelado e licenciatura) do Ministério da Educação Justificativa Desde a edição da nova LDB (Lei nº 9.394/1996), promulgada em decorrência

Leia mais

FACULDADE CATÓLICA SALESIANA DO ESPÍRITO SANTO

FACULDADE CATÓLICA SALESIANA DO ESPÍRITO SANTO FACULDADE CATÓLICA SALESIANA DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA /FCSES EDITAL Nº002/2013 EDITAL DE SELEÇÃO DO PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA PARA O 1º SEMESTRE DE 2013 A Secretária Geral da Faculdade Católica

Leia mais

LISTA DOS CURSOS DE MESTRADO AVALIADOS PELA CAPES NO PARANÁ Cursos novos que ainda não possuem nota não constam na lista

LISTA DOS CURSOS DE MESTRADO AVALIADOS PELA CAPES NO PARANÁ Cursos novos que ainda não possuem nota não constam na lista LISTA DOS CURSOS DE MESTRADO AVALIADOS PELA CAPES NO PARANÁ Cursos novos que ainda não possuem nota não constam na lista INSTITUIÇÃO CURSO NOTA DA CAPES CENTRO UNIVERSITÁRIO CAMPOS DE ANDRADE (UNIANDRADE)

Leia mais

VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP

VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ GABINETE DA REITORIA EDITAL Nº 13/2013 CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR EFETIVO ANEXO I VAGAS POR ÁREA DE CONHECIMENTO VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP 135-Área de

Leia mais

UnB Notas de Corte Sisu 2014 na Universidade de Brasília Janeiro 2014 Notas de Câmpus Curso Turno Disputa Corte

UnB Notas de Corte Sisu 2014 na Universidade de Brasília Janeiro 2014 Notas de Câmpus Curso Turno Disputa Corte UnB Notas de Corte Sisu 2014 na Universidade de Janeiro 2014 Notas de Câmpus Curso Turno Disputa Corte Gama Abi Engenharia Int Esc. pública, 1,5 SM 676,6 Gama Abi Engenharia Int Cota Racial UnB 682,72

Leia mais

PAS recebeu inscrições de 64,5 mil estudantes

PAS recebeu inscrições de 64,5 mil estudantes ADMISSÃO PAS recebeu inscrições de 64,5 mil estudantes Os candidatos fizeram provas nos dias 4 e 5 de dezembro de 2010. Aprovados em primeira chamada deverão efetuar registro nos dias 7 e 8 de fevereiro

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO REITORIA COORDENADORIA DE ASSUNTOS INTERNACIONAIS RETIFICAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO REITORIA COORDENADORIA DE ASSUNTOS INTERNACIONAIS RETIFICAÇÃO RETIFICAÇÃO DO EDITAL 09/014/CAINT/UFOP, DE 08 DE SETEMBRO DE 014 PROGRAMA DE MOBILIDADE ACADÊMICA INTERNACIONAL GRADUAÇÃO Onde se lê:. VAGAS País Universidade Áreas abrangidas Vagas* África do Sul Universidade

Leia mais

REQUERIMENTO DE PROGRESSÃO POR CAPACITAÇÃO

REQUERIMENTO DE PROGRESSÃO POR CAPACITAÇÃO P. 1/2 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul 1. DADOS DO SERVIDOR Data do ingresso / / Nome

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO Edital Nº 7/205 ANEXO II QUADRO DE VAGAS (RETIFICADO) CAMPUS SIGLA ÁREA PERFIL TOTAL ARRAIAL DO CABO DUQUE DE CAXIAS CAC Geografia Análise Instrumental Biologia Geral/ Bioquímica / Processos Bioquímicos

Leia mais

Pesos e notas mínimas (ponto de corte) do Enem 2014 para os cursos de graduação inseridos no Sisu

Pesos e notas mínimas (ponto de corte) do Enem 2014 para os cursos de graduação inseridos no Sisu Pesos e notas mínimas (ponto de corte) do Enem 2014 para os cursos de graduação inseridos no Sisu CAMPUS RECIFE CURSO PROVA ENEM PESO ADMINISTRAÇÃO ARQUEOLOGIA ARQUITETURA E URBANISMO ARTES VISUAIS - LICENCIATURA

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - UFSM PROGRAD - COMISSÃO PERMANENTE DO VESTIBULAR CONCURSO VESTIBULAR UFSM 2013

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - UFSM PROGRAD - COMISSÃO PERMANENTE DO VESTIBULAR CONCURSO VESTIBULAR UFSM 2013 - Cota Curso: 3004 - ADMINISTRAÇÃO - Bacharelado - SILVEIRA MARTINS Curso: 501 - ADMINISTRAÇÃO - Diurno Curso: 2004 - ADMINISTRAÇÃO - Diurno - CESNORS - P.M. Curso: 515 - ADMINISTRAÇÃO - Noturno Curso:

Leia mais

EP2A - Ensino Médio em escola pública, autodeclarado preto, pardo e indígena. EP2 - Ensino Médio em escola pública Cota B - Necessidades Especiais

EP2A - Ensino Médio em escola pública, autodeclarado preto, pardo e indígena. EP2 - Ensino Médio em escola pública Cota B - Necessidades Especiais Curso: 3004 - ADMINISTRAÇÃO - Bacharelado - SILVEIRA MARTINS Curso: 501 - ADMINISTRAÇÃO - Diurno 1 4 0,25 10 5 17 31 0,55 12 4 76 5 15,20 12 4 57 4 14,25 211 6,84 Curso: 2004 - ADMINISTRAÇÃO - Diurno -

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2013 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - NÃO COTISTA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2013 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - NÃO COTISTA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2013 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - NÃO COTISTA Curso Máxima Mínima Média ADMINISTRACAO - INTEGRAL/BRAGANCA 627.87 532.46 556.73 ADMINISTRACAO

Leia mais

Disciplina. Matemática - 1

Disciplina. Matemática - 1 FACULDADE CATÓLICA SALESIANA DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA /FCSES EDITAL Nº00/204 EDITAL DE SELEÇÃO DO PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA PARA O º SEMESTRE DE 204 A Secretária Geral da Faculdade Católica

Leia mais

6ª BENTOTEC: Feira Cultural e Tecnológica. Etapas. Entrega do regulamento e modelo de projeto para todos os alunos 31 de março

6ª BENTOTEC: Feira Cultural e Tecnológica. Etapas. Entrega do regulamento e modelo de projeto para todos os alunos 31 de março 6ª BENTOTEC: Feira Cultural e Tecnológica Regulamento Etapas Entrega do regulamento e modelo de projeto para todos os alunos 31 de março Entrega dos pré-projetos para avaliação (todas as categorias) -

Leia mais

b) Confirmação da inscrição: Em até 3 dias úteis após seu pagamento, consulte a efetivação da inscrição no Módulo.

b) Confirmação da inscrição: Em até 3 dias úteis após seu pagamento, consulte a efetivação da inscrição no Módulo. Reunião Regional da SBPC em Tabatinga 17 a 20 de março de 2009 UEA Campus Tabatinga - www.sbpcnet.org.br/tabatinga Normas de inscrição e envio de resumo 1. A inscrição dá direito a: a) Material: O livro

Leia mais

Ecologia Vegetal 01 ADJ DE Graduação em Ciências Biológicas. 01 ADJ DE Graduação em Engenharia. Ecologia Animal 01 ADJ DE Graduação em Ciências

Ecologia Vegetal 01 ADJ DE Graduação em Ciências Biológicas. 01 ADJ DE Graduação em Engenharia. Ecologia Animal 01 ADJ DE Graduação em Ciências Centro de Ciências Agrárias, Ambientais e Resumo: 12 vagas para Professor Adjunto e 05 vagas para Professor Assistente Ecologia Vegetal 01 ADJ DE Graduação em Ciências Doutorado em Ecologia, Biologia Vegetal

Leia mais

ANEXO LISTA DOS CURSOS DE GRADUAÇÂO ELEGIVEIS PELO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

ANEXO LISTA DOS CURSOS DE GRADUAÇÂO ELEGIVEIS PELO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS ANEXO LISTA DOS CURSOS DE GRADUAÇÂO ELEGIVEIS PELO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS Agricultura Sustentável Agrimensura Agroecologia Agroindústria Agroindústria - Alimentos Agroindústria - Madeira Agronegócio

Leia mais

EP2A - Ensino Médio em escola pública, autodeclarado preto, pardo e indígena. EP1 - Ensino Médio em escola pública, cota social

EP2A - Ensino Médio em escola pública, autodeclarado preto, pardo e indígena. EP1 - Ensino Médio em escola pública, cota social Curso: 3004 - ADMINISTRAÇÃO - Bacharelado - SILVEIRA MARTINS 3 6 6 7 0,86 1 5 0,20 6 7 0,86 62 2,77 Curso: 501 - ADMINISTRAÇÃO - Diurno 10 6 1,67 48 7 6,86 5 5 54 7 7,71 222 1 Curso: 2004 - ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

SELEÇÃO EXTERNA DE PROJETOS PARA A VI JACITEC. (Realização de 03 a 06 de novembro de 2015)

SELEÇÃO EXTERNA DE PROJETOS PARA A VI JACITEC. (Realização de 03 a 06 de novembro de 2015) SELEÇÃO EXTERNA DE PROJETOS PARA A VI JACITEC (Realização de 03 a 06 de novembro de 2015) Os Coordenadores da Comissão designada pela Portaria nº 244, de 15 de junho de 2015, do Diretor Geral do Instituto

Leia mais

Edital Interno de Seleção do Programa CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS - CAPES/CNPq. Graduação Sanduíche na Áustria, Bélgica, China, Finlândia e Irlanda

Edital Interno de Seleção do Programa CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS - CAPES/CNPq. Graduação Sanduíche na Áustria, Bélgica, China, Finlândia e Irlanda Edital Interno de Seleção do Programa CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS - CAPES/CNPq Graduação Sanduíche na Áustria, Bélgica, China, Finlândia e Irlanda EDITAL DE SELEÇÃO 002 2013 O Diretor de Relações Internacionais

Leia mais

Área - Administração e Negócios. Área - Artes e Design

Área - Administração e Negócios. Área - Artes e Design Área - Administração e Negócios Administração 13.04 (2ª feira) 13h Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Av. Prof. Luciano Gualberto, 908, Cidade 30/mar Ciências Atuárias 13.04 (2ª feira)

Leia mais

Boletim Informativo 0

Boletim Informativo 0 Boletim Informativo 0 ADMISSÃO 2º Vestibular de 2012 teve 21.369 inscritos UnB ofereceu 4.184 vagas em 96 cursos nos quatro campi. Provas foram aplicadas nos dias 2 e 3 de junho de 2012 A Universidade

Leia mais

Programa de Pós-Graduação Virtual. Prof. Luiz Nacamura Júnior Diretor de Pesquisa e Pós-Graduação

Programa de Pós-Graduação Virtual. Prof. Luiz Nacamura Júnior Diretor de Pesquisa e Pós-Graduação Programa de Pós-Graduação Virtual Prof. Luiz Nacamura Júnior Diretor de Pesquisa e Pós-Graduação Contextualização 41 Programas de Pós-Graduação em Funcionamento Praticamente, todos os Câmpus da UTFPR desenvolvem

Leia mais

211A02 Artes Visuais - Bacharelado 212C02 Produção cênica - Tecnológico

211A02 Artes Visuais - Bacharelado 212C02 Produção cênica - Tecnológico Código Área Nome Área 1 Educação 2 Humanidades e Artes TABELA DE CURSO DE FORMAÇÃO SUPERIOR Código OCDE Nome do Curso - Grau Grau 142C01 Ciência da educação - 142P01 Pedagogia - Licenciatura Licenciatura

Leia mais

61ª Reunião Anual da SBPC 12 a 17 de julho de 2009 - UFAM, Manaus/AM - www.sbpcnet.org.br/manaus Jornada Nacional de Iniciação Científica

61ª Reunião Anual da SBPC 12 a 17 de julho de 2009 - UFAM, Manaus/AM - www.sbpcnet.org.br/manaus Jornada Nacional de Iniciação Científica 61ª Reunião Anual da SBPC 12 a 17 de julho de 2009 - UFAM, Manaus/AM - www.sbpcnet.org.br/manaus Jornada Nacional de Iniciação Científica Normas 1) O objetivo da Jornada é permitir uma integração dos jovens

Leia mais

Apresentação!!!!!! A Biblioteca Central da Universidade Paranaense é responsável pela Biblioteca do Campus Tiradentes, Biblioteca do Hospital

Apresentação!!!!!! A Biblioteca Central da Universidade Paranaense é responsável pela Biblioteca do Campus Tiradentes, Biblioteca do Hospital Apresentação!!!!!! A Biblioteca Central da Universidade Paranaense é responsável pela Biblioteca do Campus Tiradentes, Biblioteca do Hospital Veterinário e também dos multicampi nas cidades de Guaíra,

Leia mais

Jornada Nacional de Iniciação Científica - 13 a 18/07/08-60ª Reunião Anual da SBPC - UNICAMP - Campinas/SP

Jornada Nacional de Iniciação Científica - 13 a 18/07/08-60ª Reunião Anual da SBPC - UNICAMP - Campinas/SP Jornada Nacional de Iniciação Científica - 13 a 18/07/08-60ª Reunião Anual da SBPC - UNICAMP - Campinas/SP Normas 1) O objetivo da Jornada é permitir uma integração dos jovens cientistas de todo o Brasil.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - UFSM PROGRAD - COMISSÃO PERMANENTE DO VESTIBULAR CONCURSO VESTIBULAR UFSM 2014

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - UFSM PROGRAD - COMISSÃO PERMANENTE DO VESTIBULAR CONCURSO VESTIBULAR UFSM 2014 - Cota Curso: 3004 - ADMINISTRAÇÃO - Bacharelado - SILVEIRA MARTINS Curso: 501 - ADMINISTRAÇÃO - Diurno Curso: 2004 - ADMINISTRAÇÃO - Diurno - CESNORS - P.M. Curso: 515 - ADMINISTRAÇÃO - Noturno Curso:

Leia mais

Câmpus Darcy Ribeiro Curso Grau Turno Vagas

Câmpus Darcy Ribeiro Curso Grau Turno Vagas Universidade de Brasília (UnB) Câmpus Darcy Ribeiro BIOLÓGICAS SOCIAIS SOCIAL FILOSOFIA FÍSICA GEOGRAFIA HISTÓRIA LETRAS LÍNGUA PORTUGUESA LETRAS FRANCÊS LETRAS INGLÊS MATEMÁTICA PSICOLOGIA Integral (Mat/Vesp)

Leia mais

Programa para a Inclusão dos Melhores Alunos da Escola Pública na Universidade

Programa para a Inclusão dos Melhores Alunos da Escola Pública na Universidade Programa para a Inclusão dos Melhores Alunos da Escola Pública na Universidade Vestibular 2014 NÚMEROS DA UNESP Cidades: 24 Unidades: 34 Unidades Complementares: 7 Colégios Técnicos: 3 Carreiras: 69 CURSOS

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE SELEÇÃO DA UFG PROCESSO SELETIVO 2013-1

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE SELEÇÃO DA UFG PROCESSO SELETIVO 2013-1 A105 Agronomia (bacharelado) Goiânia 56 8,86 A110 Ciências da Computação (bacharelado) Goiânia 32 5,72 A115 Engenharia de Alimentos (bacharelado) Goiânia 48 3,92 A120 Engenharia Civil (bacharelado) Goiânia

Leia mais

COD Curso Inscritos Vagas Concorrência

COD Curso Inscritos Vagas Concorrência COD Curso Inscritos Vagas Concorrência A105 Agronomia (bacharelado) 496 56 8.8571 A110 Ciências da Computação (bacharelado) 183 32 5.7188 A115 Engenharia de Alimentos (bacharelado) 188 48 3.9167 A120 Engenharia

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE GESTÃO DA INFORMAÇÃO PROJETO AÇÕES EM COMUM NA UFPR: UNINDO TALENTOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE GESTÃO DA INFORMAÇÃO PROJETO AÇÕES EM COMUM NA UFPR: UNINDO TALENTOS UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE GESTÃO DA INFORMAÇÃO PROJETO AÇÕES EM COMUM NA UFPR: UNINDO TALENTOS FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL PROJETO INFORMÁTICA CIDADÃ GRUPO DE PESQUISA INFORMÁTICA

Leia mais

EDITAL 05/COPERVE/2015

EDITAL 05/COPERVE/2015 EDITAL 05/COPERVE/2015 (Retifica o Edital 03/COPERVE/2015) A Universidade Federal de Santa Catarina UFSC, por meio da Comissão Permanente do Vestibular COPERVE, tendo em vista a Resolução Normativa n o

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2014 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - COTA ESCOLA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2014 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - COTA ESCOLA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2014 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - COTA ESCOLA Curso Máxima Mínima Média ADMINISTRACAO - MATUTINO/BELEM 750.38 683.78 703.36 ADMINISTRACAO

Leia mais

CAMPUS A. C. SIMÕES / CURSOS

CAMPUS A. C. SIMÕES / CURSOS CAMPUS A. C. SIMÕES / CURSOS % de Administração Bacharelado - Administração Bacharelado - Agronomia Bacharelado- Bacharelado - Bacharelado - Biblioteconomia Bacharelado - Bacharelado - Bacharelado - Ciências

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2014 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - NÃO COTISTA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2014 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - NÃO COTISTA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PROCESSO SELETIVO 2014 PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA POR CURSO (CLASSIFICADOS) - NÃO COTISTA Curso Máxima Mínima Média ADMINISTRACAO - MATUTINO/BELEM 813.54 703.71 740.51 ADMINISTRACAO

Leia mais

O Enade. é realizado. estudante. Lei nº. 10.861, de. é obrigatório: O Enade. O Enade. Objetivo. nível de. atualização. A prova. será trienal.

O Enade. é realizado. estudante. Lei nº. 10.861, de. é obrigatório: O Enade. O Enade. Objetivo. nível de. atualização. A prova. será trienal. ENADE Exame Nacional de Desempenh ho de Estudantes O Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), que integra o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), tem o objetivo de aferir

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE NITERÓI EDITAL N 005/2015

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE NITERÓI EDITAL N 005/2015 PUBLICADA EM 15/09/2015 SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE NITERÓI EDITAL N 005/2015 O presente Edital torna pública a abertura de inscrições e estabelece as diretrizes gerais para

Leia mais

CAMPUS A. C. SIMÕES ADMINISTRAÇÃO 13203 Matutino Bacharelado Ampla Concorrência 3

CAMPUS A. C. SIMÕES ADMINISTRAÇÃO 13203 Matutino Bacharelado Ampla Concorrência 3 CAMPUS CURSO CÓDIGO IES CURSO TURNO DESCRICAO FORMACAO ACAO AFIRMATIVA VAGAS RESTANTES ADMINISTRAÇÃO 13203 Matutino Bacharelado Ampla Concorrência 3 ADMINISTRAÇÃO 13203 Matutino Bacharelado ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

SISU UFBA 2015.1 Quadro de vagas por categoria de cotas da 2ª chamada

SISU UFBA 2015.1 Quadro de vagas por categoria de cotas da 2ª chamada SISU UFBA 2015.1 Quadro de vagas por categoria de cotas da 2ª chamada LEGENDA: Categoria / Cotas Am: Candidatos pretos/pardos/índios de escola pública e renda familiar igual ou inferior a 1,5 salário mínimo.

Leia mais

Arquitetura e Urbanismo Diurno Salvador E 729.32

Arquitetura e Urbanismo Diurno Salvador E 729.32 UFBA - INGRESSO AOS CURSOS DE GRADUAÇÃO PELO ENEM /SISU 2015.1 LEGENDA: Categoria / Cotas Am: Candidatos pretos/pardos/índios de escola pública e renda familiar igual ou inferior a 1,5 salário mínimo.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA COMISSÃO PERMANENTE DO VESTIBULAR VESTIBULAR 2015

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA COMISSÃO PERMANENTE DO VESTIBULAR VESTIBULAR 2015 CAMPUS FLORIANÓPOLIS ADMINISTRAÇÃO - DIURNO ADMINISTRAÇÃO - NOTURNO AGRONOMIA ANTROPOLOGIA - BEL - DIURNO ARQUITETURA E URBANISMO ARQUIVOLOGIA - BEL - DIURNO ARTES CÊNICAS - BEL - NOTURNO BIBLIOTECONOMIA

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília Edital nº 20/CGPE/PRDI/IFB, de 18 de Dezembro de 2009.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília Edital nº 20/CGPE/PRDI/IFB, de 18 de Dezembro de 2009. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília Edital nº 20/CGPE/PRDI/IFB, de 18 de Dezembro de 2009. PROCESSO DE REMOÇÃO INTERNA DE SERVIDORES DOCENTES. Considerando

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO PRÓ-REITORIA DE ENSINO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO PRÓ-REITORIA DE ENSINO EDITAL 07/2012 - PROEN (Processo Seletivo de Vagas Ociosas para Ingresso nos Cursos de Graduação em 1º/2012) A UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO, por intermédio da Pró- Reitoria de Ensino (PROEN), com base

Leia mais

EDITAL Nº 9/2010 IFRS-BG TRANSFERÊNCIA DE ALUNOS E INGRESSO DE PORTADORES DE DIPLOMA EM CURSOS SUPERIORES

EDITAL Nº 9/2010 IFRS-BG TRANSFERÊNCIA DE ALUNOS E INGRESSO DE PORTADORES DE DIPLOMA EM CURSOS SUPERIORES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL CAMPUS BENTO GONÇALVES EDITAL Nº 9/2010 IFRS-BG TRANSFERÊNCIA

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DIPI N 10/2013

EDITAL DE SELEÇÃO DIPI N 10/2013 EDITAL DE SELEÇÃO DIPI N 10/2013 O Departamento de Intercâmbio e Programas Internacionais (DIPI) da Universidade Federal de Pelotas, no uso de suas atribuições legais, em conformidade com o Edital complementar

Leia mais

14/01 a 29/02 01/03 a 30/04 01/05 a 30/06 e no evento Estudante Universitário ou Professor de Educação Básica ou Técnica

14/01 a 29/02 01/03 a 30/04 01/05 a 30/06 e no evento Estudante Universitário ou Professor de Educação Básica ou Técnica 60ª Reunião Anual da SBPC - 13 a 18 de julho de 2008 - UNICAMP, Campinas/SP - www.sbpcnet.org.br/eventos/60ra Normas de inscrição e submissão de resumo I - Inscrição 1. As inscrições de Graduandos, Pós-graduandos,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO EDITAL Nº 03/2014- ESPECÍFICO DE ABERTURA DE CONCURSO

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO EDITAL Nº 03/2014- ESPECÍFICO DE ABERTURA DE CONCURSO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO EDITAL Nº 03/2014- ESPECÍFICO DE ABERTURA DE CONCURSO A REITORA DA UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO, no uso de suas atribuições regimentais e em conformidade

Leia mais

EDITAL PROPI 07/2012 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU/2013

EDITAL PROPI 07/2012 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU/2013 EDITAL PROPI 07/2012 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU/2013 O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí - IFPI, através da Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação, torna públicas para

Leia mais

EDITAL DE TRANSFERÊNCIAS EXTERNA E INTERNA NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UENF (Aprovado pela Câmara de Graduação em 15 de setembro de 2015)

EDITAL DE TRANSFERÊNCIAS EXTERNA E INTERNA NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UENF (Aprovado pela Câmara de Graduação em 15 de setembro de 2015) EDITAL DE TRANSFERÊNCIAS EXTERNA E INTERNA NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UENF (Aprovado pela Câmara de Graduação em 15 de setembro de 2015) A Pró-Reitoria de Graduação da torna público aos interessados que

Leia mais

ANEXO I DAS ÁREAS, DA QUANTIDADE DE VAGAS, DOS PERFIS PARA INVESTIDURA NO CARGO, DO REGIME DE TRABALHO E DAS LOCALIDADES DAS VAGAS

ANEXO I DAS ÁREAS, DA QUANTIDADE DE VAGAS, DOS PERFIS PARA INVESTIDURA NO CARGO, DO REGIME DE TRABALHO E DAS LOCALIDADES DAS VAGAS ANEXO I DAS ÁREAS, DA QUANTIDADE DE VAGAS, DOS PERFIS PARA INVESTIDURA NO CARGO, DO REGIME DE TRABALHO E DAS LOCALIDADES DAS VAGAS CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE CRUZEIRO DO SUL CENTRO DE EDUCAÇÃO E LETRAS CEL

Leia mais

EDITAL Nº 01/COPERVE/2016

EDITAL Nº 01/COPERVE/2016 EDITAL Nº 01/COPERVE/2016 A Universidade Federal de Santa Catarina UFSC, através da Comissão Permanente do Vestibular COPERVE, considerando o disposto na Portaria Normativa MEC nº 21, de 05 de novembro

Leia mais

a) ÁREA DE CONHECIMENTO BÁSICO: História do Pensamento Econômico/História Econômica.

a) ÁREA DE CONHECIMENTO BÁSICO: História do Pensamento Econômico/História Econômica. Campus Governador Valadares Concurso 106: Departamento de Economia Proc. nº 23071.009825/2013-25 Vaga(s): 01(uma) Classe A: Professor Assistente A a) ÁREA DE CONHECIMENTO BÁSICO: Econometria. DAS PROVAS:

Leia mais

RESUMO DAS VAGAS OFERECIDAS AO SISU PARA INGRESSO NO 1º SEMESTRE DE 2014

RESUMO DAS VAGAS OFERECIDAS AO SISU PARA INGRESSO NO 1º SEMESTRE DE 2014 CAMPO GRANDE/Campo Grande-MS 15830 Administração (Bacharelado) 60 25,0% Integral 315830 Administração (Bacharelado) 60 25,0% Noturno 1128367 Alimentos (Tecnológico) 40 25,0% Noturno 18387 Análise de Sistemas

Leia mais

TOTAL DE CANDIDATOS POR IES/CURSO

TOTAL DE CANDIDATOS POR IES/CURSO TOTAL DE CANDIDATOS POR IES/CURSO UF da IES Nome da IES Nome do Curso Qtd. Inscritos SP FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC Ciência e Tecnologia ** 16.253 BA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Leia mais

Pontos de corte do SiSU 2015 1ª edição Chamada Única

Pontos de corte do SiSU 2015 1ª edição Chamada Única COORDENADORIA DE ASSUNTOS E REGISTROS ACADÊMICOS - CDARA CAMPUS UNIVERSITÁRIO - MARTELOS - JUIZ DE FORA - MG CEP 36036-900 TEL. (32)2102-3733 FAX (32) 2102-3732 e-mail: cdara@ufjf.edu.br Pontos de corte

Leia mais

Universidade Federal de Santa Catarina - Código e-mec: 585. Cursos de Graduação

Universidade Federal de Santa Catarina - Código e-mec: 585. Cursos de Graduação Universidade Federal de Santa Catarina - Código e-mec: 585 Cursos de Graduação Curso Grau Campus Código e-mec Administração Bacharelado Florianópolis 14213 Agronomia Bacharelado Florianópolis 14214 Agronomia

Leia mais

VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP

VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ GABINETE DA REITORIA EDITAL Nº 12/2012 CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR EFETIVO ANEXO I VAGAS POR ÁREA DE CONHECIMENTO VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP 1) Área de Conhecimento:

Leia mais

Centro Universitário do Vale do Ipojuca UNIFAVIP DeVry Pró-reitoria Acadêmica

Centro Universitário do Vale do Ipojuca UNIFAVIP DeVry Pró-reitoria Acadêmica Centro Universitário do Vale do Ipojuca UNIFAVIP DeVry Pró-reitoria Acadêmica PROGRAMA DE MONITORIA 2015.2 EDITAL Nº 06/2015 DE 20 DE JULHO DE 2015 A Pró-reitoria Acadêmica torna público que, no período

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE SELEÇÃO PROCESSO SELETIVO 2014-1 Relação Candidato/Vagas (C/V)

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CENTRO DE SELEÇÃO PROCESSO SELETIVO 2014-1 Relação Candidato/Vagas (C/V) A105 Agronomia (bacharelado) integral Goiânia 35 588 16,8 A110 Ciências da Computação (bacharelado) integral Goiânia 20 210 10,5 A115 Engenharia de Alimentos (bacharelado) integral Goiânia 30 180 6 A120

Leia mais

UFBA INGRESSO AOS CURSOS DE GRADUAÇÃO PELO ENEM /SISU ANO: 2014

UFBA INGRESSO AOS CURSOS DE GRADUAÇÃO PELO ENEM /SISU ANO: 2014 UFBA INGRESSO AOS CURSOS DE GRADUAÇÃO PELO ENEM /SISU ANO: 2014 LEGENDA: Categoria / Cotas Am: Candidatos pretos/pardos/índios de escola pública e renda familiar igual ou inferior a 1,5 salário mínimo.

Leia mais