Café da Manhã Credit Suisse. 23 de fevereiro de 2010

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Café da Manhã Credit Suisse. 23 de fevereiro de 2010"

Transcrição

1 Café da Manhã Credit Suisse 23 de fevereiro de 2010

2 Seção I Destaques do 3T09 2

3 Positivo Informática registra margem EBITDA de 10,2% no 3T09 Recorde histórico de volume e receita: 528,5 mil PCs e R$ 751,0 milhões de receita bruta Crescimento nas unidades vendidas no 3T09 versus 3T08: o 20,9% no volume total; o 43,9% no mercado de varejo; o 51,0% em notebooks, que representou 40,6% das vendas de PCs no período; o 6,3% em desktops EBITDA¹ de R$ 65,4 milhões, crescimentos de 6,6% e 73,4% em relação ao 3T08 e 2T09, respectivamente, registrando margem EBITDA¹ de 10,2%, 2,9 p.p. acima do 2T09 Lucro líquido¹ de R$ 59,1 milhões, crescimentos de 4,9% e 386,3% sobre o 3T08 e 2T09, respectivamente, representando margem líquida¹ de 9,2% Redução do ciclo de conversão de caixa em 11 dias em relação ao 3T08 Investimentos em ampliação de capacidade: até o final de 2009, incremento de 37,5% da capacidade produtiva das fábricas de PCs e de 35,1% da capacidade de produção de placas mãe de desktops e de notebooks (1) Ajustados Renovação do portfólio de produtos: nova linha de notebooks ultrafinos Positivo Platinum e Positivo Aureum, computadores tudo em um Positivo Union e revitalização da linha de netbooks com Positivo Mobo Black e Positivo Mobo Red 3

4 Seção II O Mercado Positivo Faces 4

5 Esforços da companhia para capturar bom momento do varejo, embasado pela melhora dos indicadores de conjuntura Cenário no 3T09: Índice de Confiança do Consumidor ICC Base 100 = setembro/2005 Mercado de varejo mostrou sinais mais consistentes de recuperação: Confiança do consumidor recuperou os patamares de antes da crise Volume e prazo do crédito à pessoa física em patamares recordes Categoria de informática lidera a intenção de compra no varejo no 3T09, segundo o instituto PROVAR (FIA) Período pode ter representado o fechamento do ciclo adverso de excesso de estoques, escassez de crédito e volatilidade cambial Fonte: FGV Crédito à Pessoa Física - Volume (R$ bilhões) Recuperação do preço de alguns componentes para patamares normalizados, após uma queda pontual durante o auge da crise Grandes fabricantes beneficiados pela prioridade no recebimento dos insumos 250 1T08 2T08 3T08 4T08 1T09 2T09 3T09 Fonte: Bacen 5

6 Mercado de varejo foi o que mais se destacou dentre os canais de venda da companhia Vendas Varejo (mil unidades) Vendas Corporativo (mil unidades) ,4% -9,6% 1.432, , , ,7 39,4% 80-50,0% ,9 430, ,6 16, T08 4T T08 4T Vendas Governo (mil unidades) -21,1% , , ,7% ,1 37, T08 4T Varejo: crescimento expressivo de 39,4% ano-aano apesar da antecipação de parte do volume no 3T09, dos impactos ocasionados pela entrada do SAP e ampliação das fábricas Governo: postergação de entregas da licitação do MEC de 171 mil PCs e 323 mil monitores para o 1S10 Corporativo: mercado mais impactado pela crise devido a postergação de investimentos por parte das empresas. Expectativa de recuperação já em

7 Lançamento da linha 2010 aproveitando o bom momento do varejo e do lançamento mundial do Windows 7 Notebooks ultrafinos Positivo Premium e Premium Série Art Fashion Windows 7 Netbooks A partir de R$ Design Ultrafino 7

8 Linha Positivo 2010 é o maior lançamento no mercado de PCs já feito no Brasil Desktops Linha Windows 7 Computadores Tudo em Um 15,6 A partir de R$ ,4 21,5 dual touch PCTV Digital Edição especial Corinthians Faces Disponível com exclusividade no Magazine Luiza Fortalecimento da marca Positivo com a diversificação do portfólio para atender a todos os públicos 8

9 Seção III Top Line 9

10 Recorde absoluto de 1,8 milhão de unidades vendidas em 2009 Volume PCs (mil unidades) Volume Notebooks (mil unidades) ,9% 50,2% 1.778, , , ,0% ,3% 475, ,6 484, ,6 211, T08 4T T08 4T Evolução do Mix (mil unidades) 410,6 35,0% 65,0% 323,1 33,3% 66,7% 442,5 40,7% 59,3% 528,5 40,6% 59,4% 484,4 43,7% 56,3% 4T08 1T09 2T09 3T09 4T09 Desktops Notebooks Volume Desktops (mil unidades) -5,7% 1.128, ,3 2,2% 267,0 272,9 4T08 4T

11 Preço médio dos PCs ficou praticamente estável em função da maior proporção de notebooks no mix Evolução do Preço Médio Desktops Positivo ,0% ,2% Evolução do Preço Médio PCs Positivo -0,8% ,5% T08 1T09 2T09 3T09 4T09 R$ US$ 4T08 1T09 2T09 3T09 4T09 R$ US$ Evolução do Preço Médio Notebooks Positivo -1,1% ,3% T08 1T09 2T09 3T09 4T09 R$ US$ Preço médio de PCs praticamente estável: Maior participação de notebooks no mix Melhor precificação dos notebooks convencionais devido à configurações maiores Nova linha de produtos Menor preço médio dos desktops em função da menor proporção das vendas para governo e corporativo e da maior participação das marcas de livre preço Preço médio dos portáteis impactado pela maior participação dos netbooks 11

12 Receita bruta recorde de R$ 2,5 bi, 12,8% maior que 2008, mesmo com impacto da crise no 1S09 Receita Bruta (R$ milhões) Breakdown da Receita Bruta Total ,8% 2.513, ,2 20,0% 585,3 702,1 4T08 4T Hw Varejo 69,6% 4T08 T.E. 4,5% Hw Gov. 18,1% Hw Corp. 7,9% -10,0 p.p. Hw Corp. 4,8 % Hw Gov. 13,0% T.E. 2,2% 4T09 Hw Varejo 79,6% HW: Hardware/ Gov.: Governo /Corp.: Corporativo/ T.E.: Tecnologia Educacional Receita Bruta de Hardware por Tipo de Produto Receita Líquida¹ (R$ milhões) Desktops 61,0% NB 38,3% +8,9 p.p. NB 46,9% Desktops 52,1% ,5% 12,5% 2.180, ,4 Outros 4T08 0,7% NB.: Notebook Outros: Impressoras + Set-top boxes + Serviços Outros 1,0% 4T (1) Ajustada 514,4 614,5 4T08 4T

13 Seção IV Resultados Financeiros 3T09 13

14 Aumento de 2,3 p.p. na margem bruta do 3T09 x 2T09 CPV: Insumos e Mão de Obra 1 70,2% 76,1% 77,0% 73,5% 71,2% Insumos: 65,0% 70,4% 70,3% 67,0% 66,1% Melhora de 0,9 p.p. em relação ao 2T09, refletindo a menor taxa de câmbio do período 3,0% 2,7% 3,5% 3,5% 3,2% Redução de 9,7% do dólar de internalização se comparado ao 2T09 3T08 4T08 1T09 2T09 3T09 CPV Insumos Mão de Obra Margem Bruta¹ +2,3 p.p. Mão de Obra: Maior absorção desses custos pela maior receita no período 29,8% 23,9% 23,0% 26,5% 28,8% Aumento do quadro de pessoal em função das novas operações Dissídio coletivo em março/2009, Novas contratações para fazer frente às atuais expectativas de volumes 3T08 4T08 1T09 2T09 3T09 (1) Em % da Receita Líquida 14

15 Menor intensidade de campanhas promocionais e maior diluição das despesas fixas Despesas com Vendas¹ Despesas Gerais e Administrativas¹ 15,8% 16,5% 18,9% 17,1% 16,3% 7,8% 7,8% 2,4% 3,4% 9,7% 8,2% 7,3% 4,4% 3,9% 4,5% 2,9% 3,5% 3,3% 3,6% 3,1% 3,1% 2,7% 3T08 4T08 1T09 2T09 3T09 Marketing Assistência Técnica Vendas Vendas: Marketing: retorno aos patamares percentuais anteriores à crise Assistência Técnica: ajustes nas provisões para adequação ao parque em garantia 3T08 4T08 1T09 2T09 3T09 G&A: Exclui efeito não recorrente Maior estrutura de pessoal devido às novas operações Maior diluição no período pela natureza fixa Excluindo-se as despesas não recorrentes, de R$ 2,8 milhões no 3T09, essa conta representaria 2,7% da receita líquida, voltando aos patamares anteriores à crise (1) Em % da Receita Líquida 15

16 Margem EBITDA atinge níveis normalizados Margem EBITDA¹ 20% 20% Margem Líquida¹ 15% 10% 5% 12,0% 4,8% 2,0% 7,3% 6,3% 10,2% 9,9% 15% 10% 5% 0% -5% 11,1% -4,9% 2,1% 6,2% 2,4% 10,3% 9,2% 0% 3T08 4T08 1T09 2T09 3T09-10% 3T08 4T08 1T09 2T09 3T09 Desconsiderando efeito cambial dos grandes projetos de governo Desconsiderando efeito cambial dos grandes projetos de governo Resultado Financeiro (R$ milhões) (8,1) (29,4) (14,9) (38,9) (19,2) 3T08 4T08 1T09 2T09 3T09 (12,1) (1,3) (35,0) (1) Em % da Receita Líquida Efeito NDF Grandes Projetos Governo Perdas com cobertura cambial dos grandes projetos de governo deverão ser compensadas com ganhos no EBITDA: Estimativa do impacto da variação cambial (1),(2) Resultado NDFs contabilizado (R$ mm) Recuperação estimada no EBITDA (R$ mm) Efeito líquido (R$ mm) 1S09 (36,3) 5,1 (31,2) 3T09 (12,1) 1,7 (10,4) 4T09E - 11,0 11, ,5 30,5 (1) Considerando taxa de câmbio de R$ 1,7781 constante para os períodos futuros (2) Estimativas baseadas conforme o último cronograma de entregas dos equipamentos dos projetos Total (48,4) 48,4-16

17 Respeitando a sazonalidade, a geração operacional de caixa foi negativa no 3T09, pelo maior consumo de capital de giro Fluxo de Caixa 3T09 (R$ milhões) 35,0 (127,9) Geração operacional de caixa 59,1 3,1 (30,7) (7,2) (8,5) (46,4) Lucro Líquido 1 Depreciação Amortização Outros Ativos e Passivos Capital de giro Investimentos Dividendos Aumento da Dívida Líquida Evolução da geração operacional de caixa (R$ milhões) 115,4 121,0 97,5 107,7 7,1 (25,0) (41,9) 17,3 (30,7) 1T08 2T08 3T08 4T08 1T09 2T09 3T09 9M08 9M09 (1) Ajustado 17

18 Maiores compras visando às vendas do 4T09 resultaram no aumento de R$ 127,9 milhões no capital de giro em relação ao 2T09 Evolução do Ciclo de Caixa³ (dias) Caixa (Dívida) Líquido (R$ milhões) Média ,2 5,5 8,0 3T08 4T08 1T09 2T09 3T (38,3) 3T08 4T08 1T09 2T09 3T09 Contas a Receber¹ Estoques² Fornecedores² (80,3) Ciclo de conversão de caixa³ (dias) +11 dias dias +11 dias Caixa (Dívida) Líquido (R$ mm final do período) Saldo de Caixa Disponibilidades Empréstimos Controladores Empréstimos Bancários¹ 2T09 40,7 - - (32,7) 3T09 15,4 - - (53,7) 2T08 3T08 4T08 1T09 2T09 3T09 Total do Caixa (Dívida) Líquido 8,0 (38,3) ¹Em dias da receita líquida ²Em dias do CPV ³Sem efeito dos materiais em trânsito ¹ Inclui R$ 1,7 milhão relativo a um arrendamento mercantil de equipamentos 18

19 Capex totalizou R$ 29,3 milhões nos 9M09, redução de 21,1% em relação aos 9M08 Capex (R$ milhões) -21,1% 37,1 29,3 15,7 3,6 5,7 12,3 15,7 13,4-24,5% 70,6 53,3 36,8 16,5 13,6 16,5 20,2 20,3 Investimentos 9M09: Priorização dos investimentos estratégicos de compliance (P&D) e para captura de eficiência (ERP), que entrou em operação no início do 4T09 Revisão das estimativas: R$ 10,0 milhões adicionais para ampliação de capacidade produtiva: P&D: - PCs: de 240 mil para 330 mil por mês - Placas mãe: de 94 mil para 127 mil por mês 9M08R 9M09R 2008R 2009E P&D Projeto ERP Outros Estimativa de investimentos não foi alterada Tais investimentos correspondem a um percentual do faturamento com as vendas de PCs, de acordo com o PPB e sofrerão variações de acordo com as receitas obtidas 19

20 POSI3 valorizou 230,6% em 2009 Performance das Ações Parâmetros POSI3 Cotação de Fechamento (R$) Cotação Mínima (R$) Cotação Máxima (R$) Variação POSI3 Variação Ibovespa 4T09 22,33 16,70 22,61 33,4% 11,5% ,33 5,11 22,61 230,6% 82,7% Dividendos: Aprovada distribuição de R$ 17,0 mm em dividendos na AGO, referentes ao 2S08: Pagamento da primeira parcela de R$ 8,5 milhões em 31/07/09 Segunda parcela paga em 30/12/2009 Total de R$ 41,1 mm referentes a 2008, representando um yield de 6,9% em relação à cotação de 31/12/2008 Alocação do Free-Float Reconhecimento no Mercado de Capitais Institucional Local 37,5% Tesouraria 7,1% Institucional Estrangeiro 6,4% 31/12/08 Varejo 49,1% Institucional Local 48,0% Tesouraria 7,1% 31/12/09 Varejo 25,0% Institucional Estrangeiro 19,9% 2009: 1º lugar do mundo na categoria Disclosure Financeiro no segmento de tecnologia, pelo IR Global Rankings 2009: Classificado entre os 5 melhores na categoria Melhor Website de Relações com Investidores (empresas mid & small caps), conferida pelo IR Awards 2009: Eleita a 3ª Melhor Companhia para os Acionistas (com valor de mercado até R$ 5 bi), no ranking da revista Capital Aberto 20

21 Considerações Finais A Positivo Informática retoma a trajetória de crescimento, entregando resultados e antecipando-se aos movimentos do mercado para consolidar uma liderança de 5 anos consecutivos Esforços da companhia e profundo conhecimento da dinâmica do varejo alavancaram o volume de vendas nesse segmento Ampliação de capacidade produtiva para fazer frente às melhores expectativas de volumes Rentabilidade retoma patamares normalizados após 3 trimestres de muitos esforços para compensar os efeitos da crise Antecipação da linha 2010 com um portfólio completo de produtos diferenciados e inovadores, atendendo a todos os públicos => trata-se do maior lançamento já feito no mercado brasileiro de PCs O relacionamento de longo prazo com as redes varejistas, o profundo conhecimento do consumidor brasileiro e a maior estrutura pós-vendas do país, posicionam a Positivo Informática de forma única para capturar as oportunidades da recuperação do mercado 21

22 Considerações Futuras Algumas das afirmações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam ocasionar variações materiais entre os resultados, performance e eventos futuros. Os resultados reais, desempenho e eventos podem diferir significativamente daqueles expressos ou implicados por essas afirmações, como um resultado de diversos fatores, tais como condições gerais e econômicas no Brasil e outros países; níveis de taxa de juros e de câmbio, mudanças em leis e regulamentos e fatores competitivos gerais (em bases global, regional ou nacional). Positivo Informática S.A. Ariel Leonardo Szwarc Vice-Presidente Financeiro e Diretor de Relações com Investidores Silvia Emanoele de Paula Sewaybricker Gerente de Relações com Investidores Fone: (41) /7824/7833/7925 Fax: (41)

Positivo Informática registra volume recorde de 442,5 mil PCs no 2T09

Positivo Informática registra volume recorde de 442,5 mil PCs no 2T09 Positivo Informática registra volume recorde de 442,5 mil PCs no 2T09 Curitiba, 23 de julho de 2009 A Positivo Informática S.A. (Bovespa: POSI3), maior fabricante de computadores do Brasil e líder no segmento

Leia mais

Positivo Informática registra volume de 425,7 mil PCs no 1T10, crescimento de 31,8%

Positivo Informática registra volume de 425,7 mil PCs no 1T10, crescimento de 31,8% Positivo Informática registra volume de 425,7 mil PCs no 1T10, crescimento de 31,8% Curitiba, 22 de abril de 2010 A Positivo Informática S.A. (BM&FBovespa: POSI3), maior fabricante de computadores do Brasil

Leia mais

Positivo Informática. Non Deal Roadshow

Positivo Informática. Non Deal Roadshow Positivo Informática Non Deal Roadshow Setembro de 2009 1 Seção I Visão Geral do Negócio 2 Positivo Informática: Uma História de Sucesso e Crescimento Tecnologi a para as escolas no Brasil Forte posicionamento

Leia mais

Positivo Informática registra EBITDA de R$ 142,0 milhões nos 9M10, crescimento de 27,7%

Positivo Informática registra EBITDA de R$ 142,0 milhões nos 9M10, crescimento de 27,7% Positivo Informática registra EBITDA de R$ 142,0 milhões nos, crescimento de 27,7% Curitiba, 11 de novembro de 2010 A Positivo Informática S.A. (BM&FBovespa: POSI3), maior fabricante de computadores do

Leia mais

Recorde histórico de volume e receita: 528,5 mil PCs e R$ 751,0 milhões de receita bruta

Recorde histórico de volume e receita: 528,5 mil PCs e R$ 751,0 milhões de receita bruta Positivo Informática Resultados 3T09 11 de novembro de 2009 Seção I Destaques do 3T09 2 Positivo Informática registra margem EBITDA de 10,2% no 3T09 Recorde histórico de volume e receita: 528,5 mil PCs

Leia mais

Positivo Informática supera o volume de 1 milhão de PCs vendidos no 1S12

Positivo Informática supera o volume de 1 milhão de PCs vendidos no 1S12 Positivo Informática supera o volume de 1 milhão de PCs vendidos no 1S12 Curitiba, 14 de agosto de 2012 A Positivo Informática S.A. (BM&FBOVESPA: POSI3), maior fabricante de computadores do país e líder

Leia mais

4º Sul em Ações Novembro de 2010

4º Sul em Ações Novembro de 2010 4º Sul em Ações Novembro de 2010 CLIQUE PARA EDITAR O ESTILO DO TÍTULO MESTRE Ariel Leonardo Szwarc Vice-Presidente Financeiro e Diretor de Relações com Investidores 1 SEÇÃO I Visão Geral do Negócio 2

Leia mais

Apresentação Corporativa. Junho 2012

Apresentação Corporativa. Junho 2012 Apresentação Corporativa Junho 2012 Seção I Visão Geral do Negócio Positivo Informática: Uma História de Sucesso e Crescimento Tecnologia para as escolas no Brasil Forte posicionamento no Governo: preço,

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2012 - POSITIVO INFORMATICA SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2012 - POSITIVO INFORMATICA SA Versão : 1. Composição do Capital 1. Balanço Patrimonial Ativo 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

POSITIVO INFORMÁTICA RESULTADOS 2T15. 17 de agosto de 2015

POSITIVO INFORMÁTICA RESULTADOS 2T15. 17 de agosto de 2015 POSITIVO INFORMÁTICA RESULTADOS 2T15 17 de agosto de 2015 Seção I Destaques & Conjuntura Positivo Informática registra crescimento de 3,1% na receita líquida no varejo no 2T15 Mesmo em um trimestre de

Leia mais

Positivo Informática totaliza 1,6 milhão de computadores vendidos em 2008, aumento de 15% em relação a 2007

Positivo Informática totaliza 1,6 milhão de computadores vendidos em 2008, aumento de 15% em relação a 2007 Positivo Informática totaliza 1,6 milhão de computadores vendidos em 2008, aumento de 15% em relação a 2007 Curitiba, 23 de janeiro de 2009 A Positivo Informática S.A. (Bovespa: POSI3), maior fabricante

Leia mais

POSITIVO INFORMÁTICA RESULTADOS 3T14. 11 de novembro de 2014

POSITIVO INFORMÁTICA RESULTADOS 3T14. 11 de novembro de 2014 POSITIVO INFORMÁTICA RESULTADOS 3T14 11 de novembro de 2014 Seção I Destaques 3T14 Positivo Informática registra lucro líquido de R$ 13,5 milhões no 3T14 Retomada dos volumes no varejo e aceleração no

Leia mais

Reunião Pública INI. Agosto de 2007

Reunião Pública INI. Agosto de 2007 Reunião Pública INI Agosto de 27 1 Seção I A Oportunidade Positivo Liderança Inigualável no Mercado Brasileiro de PCs A Positivo é líder absoluta de mercado há mais de 2 anos Market Share Positivo 1T7

Leia mais

Transcrição da Teleconferência Positivo Informática (POSI3 BZ) Resultados do 3T09 11 de novembro de 2009

Transcrição da Teleconferência Positivo Informática (POSI3 BZ) Resultados do 3T09 11 de novembro de 2009 Operador: Bom dia, e obrigado por aguardarem. Sejam bem vindos à teleconferência da Positivo Informática para a discussão dos resultados referentes ao 3T09. Estão presentes hoje conosco os senhores Hélio

Leia mais

Vendas de celulares atingem 1,2 milhão de unidades em 2015, crescimento de 127%

Vendas de celulares atingem 1,2 milhão de unidades em 2015, crescimento de 127% Vendas de celulares atingem 1,2 milhão de unidades em 2015, crescimento de 127% Curitiba, 23 de março de 2016 A Positivo Informática S.A. (BM&FBOVESPA: POSI3) anuncia hoje seus resultados do 4T15. As informações

Leia mais

Itautec S.A. Grupo Itautec. Guilherme Pereira Diretor Administrativo e Financeiro CFO 07.03.2013

Itautec S.A. Grupo Itautec. Guilherme Pereira Diretor Administrativo e Financeiro CFO 07.03.2013 Itautec S.A. Grupo Itautec Guilherme Pereira Diretor Administrativo e Financeiro CFO 07.03.2013 Sumário Executivo a mudança no cenário macroeconômico do Brasil (desvalorização cambial, redução das taxas

Leia mais

Lucro Líquido de R$ 239 milhões no 1T15, crescimento de 34%; Margem EBITDA de 9,6%, com aumento de 0,7 p.p.

Lucro Líquido de R$ 239 milhões no 1T15, crescimento de 34%; Margem EBITDA de 9,6%, com aumento de 0,7 p.p. Lucro Líquido de R$ 239 milhões no 1T15, crescimento de 34%; Margem EBITDA de 9,6%, com aumento de 0,7 p.p. No 1T15, a receita líquida totalizou R$ 5,388 bilhões, estável em relação ao 1T14 excluindo-se

Leia mais

Teleconferência de Resultados 3T15. 10 de novembro de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 3T15. 10 de novembro de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 3T15 10 de novembro de 2015 Magazine Luiza Destaques do 3T15 Vendas E-commerce Ganho de participação de mercado com aumento da margem bruta Receita bruta consolidada de R$2,4

Leia mais

Apresentação de Resultados 1T11 17 de Maio de 2011

Apresentação de Resultados 1T11 17 de Maio de 2011 Apresentação de Resultados 1T11 17 de Maio de 2011 Relações com Investidores Agenda 1. Destaques 2. Evolução das Receitas e Custos Hardware Software Serviços 3. Despesas e Margens 4. Investimentos e Caixa

Leia mais

DESTAQUES NO PERÍODO. Dados Financeiros (R$ x 1.000)

DESTAQUES NO PERÍODO. Dados Financeiros (R$ x 1.000) Blumenau SC, 27 de julho de 2007 A Cremer S.A. (Bovespa: CREM3), distribuidora de produtos para a saúde e também líder na fabricação de produtos têxteis e adesivos cirúrgicos, anuncia hoje seus resultados

Leia mais

RESULTADOS 3T11. Grupo Pão de Açúcar e Globex Utilidades. 4 de novembro de 2011

RESULTADOS 3T11. Grupo Pão de Açúcar e Globex Utilidades. 4 de novembro de 2011 RESULTADOS 3T11 Grupo Pão de Açúcar e Globex Utilidades 4 de novembro de 2011 ELETRO GPA ALIMENTAR AGENDA RESULTADOS Supermercados Proximidade Atacarejo Postos e Drogarias Hipermercado Lojas Especializadas

Leia mais

RESULTADOS 4T11 E 2011 Grupo Pão de Açúcar e Viavarejo (Globex)

RESULTADOS 4T11 E 2011 Grupo Pão de Açúcar e Viavarejo (Globex) RESULTADOS 4T11 E 2011 Grupo Pão de Açúcar e Viavarejo (Globex) 17 de fevereiro de 2012 GRUPO PÃO DE AÇÚCAR - RESULTADOS 4T11 E 2011 Enéas Pestana, Presidente do Grupo Pão de Açúcar 2 Evolução operacional

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2T15. 31 de julho de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 2T15. 31 de julho de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 2T15 31 de julho de 2015 Magazine Luiza Destaques do 2T15 Vendas E-commerce Ganho consistente de participação de mercado Redução na receita líquida de 10,1% para R$2,1 bilhões

Leia mais

Os resultados do segundo trimestre e primeiro semestre de 2014 consolidam as Empresas BRF S.A.

Os resultados do segundo trimestre e primeiro semestre de 2014 consolidam as Empresas BRF S.A. BRF RESULTADOS 2T14 Os resultados do segundo trimestre e primeiro semestre de 2014 consolidam as Empresas BRF S.A. As declarações contidas neste relatório relativas à perspectiva dos negócios da Empresa,

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T14 8 de maio de 2014

Teleconferência de Resultados 1T14 8 de maio de 2014 Teleconferência de Resultados 8 de maio de 2014 Destaques do Expressivo crescimento em vendas mesmas lojas (25,4%) com rentabilidade Crescimento da receita líquida total: 28,5% versus 1T13 R$2,3 bilhões

Leia mais

Apresentação de Resultados 2T12. 10 de agosto de 2012

Apresentação de Resultados 2T12. 10 de agosto de 2012 Apresentação de Resultados 2T12 10 de agosto de 2012 Aviso Legal Esta apresentação contém certas declarações futuras e informações relacionadas à Companhia que refletem as visões atuais e/ou expectativas

Leia mais

Reestruturação operacional reduz os custos e as despesas operacionais, proporcionando Ebitda de R$ 2,4 milhões.

Reestruturação operacional reduz os custos e as despesas operacionais, proporcionando Ebitda de R$ 2,4 milhões. Última Cotação em 30/09/2013 FBMC4 - R$ 43,90 por ação Total de Ações: 726.514 FBMC3: 265.160 FBMC4: 461.354 Valor de Mercado (30/09/2013): R$ 31.893,9 milhões US$ 14.431,7 milhões São Bernardo do Campo,

Leia mais

Receita bruta de Serviços Logísticos recorde de R$ 3.659,8 (+19,0%) e EBITDA da JSL Consolidada de R$ 713,6 (+16,9%), cumprimento do guidance 2013

Receita bruta de Serviços Logísticos recorde de R$ 3.659,8 (+19,0%) e EBITDA da JSL Consolidada de R$ 713,6 (+16,9%), cumprimento do guidance 2013 Mogi das Cruzes, 25 de fevereiro de 2014 A JSL (BM&FBOVESPA: JSLG3 e ADR Nível 1: JSLGY), empresa com o mais amplo portfólio de serviços logísticos do Brasil e líder em seu segmento em termos de receita

Leia mais

Apresentação de Resultados

Apresentação de Resultados Apresentação 3T08 Apresentação de Resultados José Carlos Aguilera (Diretor Presidente e de RI) Eduardo de Come (Diretor Financeiro) Marcos Leite (Gerente de RI) Destaques do Período Contexto de crise no

Leia mais

TIM Participações S.A. Resultados do 1T06. 5 de Maio de 2006

TIM Participações S.A. Resultados do 1T06. 5 de Maio de 2006 TIM Participações S.A. Resultados do 5 de Maio de 2006 1 Principais realizações Desempenho do Mercado Desempenho Financeiro 2 Status da Reestruturação Corporativa Principais realizações Melhorando a Estrutura

Leia mais

LUCRO DO SUBMARINO SOBE 316% NO TERCEIRO TRIMESTRE 2005

LUCRO DO SUBMARINO SOBE 316% NO TERCEIRO TRIMESTRE 2005 LUCRO DO SUBMARINO SOBE 316% NO TERCEIRO TRIMESTRE 2005 São Paulo, 07 de Novembro de 2005 - O Submarino S.A. (Bovespa: SUBA3), empresa líder dentre aquelas que operam exclusivamente no varejo eletrônico

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14. 27 de fevereiro de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14. 27 de fevereiro de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 2014 e 4T14 27 de fevereiro de 2015 Magazine Luiza Destaques 2014 Vendas E-commerce Despesas Operacionais EBITDA Ajustado Luizacred Lucro Líquido Ajustado Crescimento da receita

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T15. 8 de maio de 2015. Magazine Luiza

Teleconferência de Resultados 1T15. 8 de maio de 2015. Magazine Luiza Teleconferência de Resultados 8 de maio de 2015 Magazine Luiza Destaques do Vendas E-commerce Despesas Operacionais EBITDA Luizacred Lucro Líquido Ganhos de market share, principalmente em tecnologia Receita

Leia mais

Apresentação de Resultados 3T10

Apresentação de Resultados 3T10 Apresentação de Resultados 3T10 09 de Novembro de 2010 Agenda 1. Desempenho do Período 2. Evolução das Receitas e Custos Hardware Software Serviços 3. Despesas e Margens 4. Investimentos e Caixa 5. Estratégia

Leia mais

Divulgação de resultados 3T13

Divulgação de resultados 3T13 Brasil Brokers divulga seus resultados do 3º Trimestre do ano de 2013 Rio de Janeiro, 13 de novembro de 2013. A Brasil Brokers Participações S.A. (BM&FBovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no

Leia mais

RESULTADOS 2T12. 24 de julho de 2012

RESULTADOS 2T12. 24 de julho de 2012 RESULTADOS 2T12 Grupo Pão de Açúcar 24 de julho de 2012 RESULTADO GPA CONSOLIDADO 2T12 Inclui empreendimentos imobiliários Exclui empreendimentos imobiliários Vendas Brutas Cresc. mesmas lojas vs 2T11

Leia mais

Earnings Release 1T15

Earnings Release 1T15 Santo André, 05 de maio de 2015: A CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens S.A. (BM&FBOVESPA: CVCB3), maior operadora de turismo das Américas, informa aos seus acionistas e demais participantes do mercado

Leia mais

Apresentação de Resultados 3T05

Apresentação de Resultados 3T05 Apresentação de Resultados 3T05 Destaques Crescimento do Lucro Líquido foi de 316% no Terceiro Trimestre Crescimento da Receita no 3T05 A receita bruta foi maior em 71% (3T05x3T04) e 63% (9M05x9M04) Base

Leia mais

Divulgação de Resultados 2014

Divulgação de Resultados 2014 São Paulo - SP, 10 de Fevereiro de 2015. A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private-equity

Leia mais

Suzano Papel e Celulose anuncia os resultados consolidados do 2º trimestre de 2006

Suzano Papel e Celulose anuncia os resultados consolidados do 2º trimestre de 2006 Suzano Papel e Celulose anuncia os resultados consolidados do 2º trimestre de 2006 Ebitda consolidado pro-forma com Ripasa atinge US$125 milhões São Paulo, 19 de julho de 2006. Suzano Papel e Celulose

Leia mais

RESULTADOS 2T15 Teleconferência 10 de agosto de 2015

RESULTADOS 2T15 Teleconferência 10 de agosto de 2015 RESULTADOS 2T15 Teleconferência 10 de agosto de 2015 AVISO Nesta apresentação nós fazemos declarações prospectivas que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têm como base crenças e suposições

Leia mais

Desempenho Econômico- Financeiro 1T15

Desempenho Econômico- Financeiro 1T15 Desempenho Econômico- Financeiro 1T15 Mensagem da Administração Senhores (as) Acionistas: Conforme mencionado no final do exercício de 2014, concluímos com pleno sucesso o processo que converteu em capital

Leia mais

Apresentação dos Resultados 2T06

Apresentação dos Resultados 2T06 Apresentação dos Resultados 2T06 Aviso Legal Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas

Leia mais

Destaques do Período. Crescimento de dois dígitos em Reservas Confirmadas e Embarcadas, EBITDA e Lucro Líquido Ajustado no 2T15

Destaques do Período. Crescimento de dois dígitos em Reservas Confirmadas e Embarcadas, EBITDA e Lucro Líquido Ajustado no 2T15 Santo André, 05 de Agosto de 2015: CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens S.A. (BM&FBOVESPA: CVCB3), maior operadora de turismo das Américas, informa aos seus acionistas e demais participantes do mercado

Leia mais

Resultados 1T07 10 de maio de 2007

Resultados 1T07 10 de maio de 2007 PUBLICIDADE CAIXA CRESCEU 102% BASE DE ASSINANTES BANDA LARGA CRESCEU 32% São Paulo, O UOL (BOVESPA: UOLL4) anuncia hoje os resultados do 1T07. As demonstrações financeiras da Companhia são elaboradas

Leia mais

Teleconferência em Português com Tradução Simultânea 07 de maio de 2015 11h30 (Brasília) / 10h30 (US ET)

Teleconferência em Português com Tradução Simultânea 07 de maio de 2015 11h30 (Brasília) / 10h30 (US ET) Release de Resultados do 1T15 São Paulo, 06 de maio de 2015 A Eucatex (BM&FBovespa: EUCA3 e EUCA4), uma das maiores produtoras de painéis de madeira do Brasil, que atua também nos segmentos de tintas e

Leia mais

Banco Santander (Brasil) S.A.

Banco Santander (Brasil) S.A. Banco Santander (Brasil) S.A. Resultados em BR GAAP 4T14 3 de Fevereiro de 2015 INFORMAÇÃO 2 Esta apresentação pode conter certas declarações prospectivas e informações relativas ao Banco Santander (Brasil)

Leia mais

Resultados do 2T10 28 de julho de 2010

Resultados do 2T10 28 de julho de 2010 Resultados do 2T10 28 de julho de 2010 Aviso Os comentários apresentados a seguir sobre o desempenho operacional e financeiro do Grupo Pão de Açúcar (GPA) referem-se aos seguintes números: (i) consolidados

Leia mais

Divulgação de Resultados 1T15

Divulgação de Resultados 1T15 São Paulo - SP, 06 de Maio de 2015. A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private equity

Leia mais

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO QUARTO TRIMESTRE DE 2013 (4T13 ) LOJAS RENNER S.A.

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO QUARTO TRIMESTRE DE 2013 (4T13 ) LOJAS RENNER S.A. LOJAS RENNER S.A. Companhia constituída em 1965 e de capital aberto desde 1967. Capital totalmente pulverizado desde 2005, com 100% de free float, sendo considerada a primeira corporação brasileira. Negociada

Leia mais

ITAUTEC S.A. - GRUPO ITAUTEC RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO 30 DE SETEMBRO DE 2010

ITAUTEC S.A. - GRUPO ITAUTEC RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO 30 DE SETEMBRO DE 2010 ITAUTEC S.A. - GRUPO ITAUTEC RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO 30 DE SETEMBRO DE 2010 CENÁRIO No terceiro trimestre, a economia brasileira continuou em trajetória de crescimento, resultado de fatores como as

Leia mais

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2015 (1T15 ) Resultados 1T15. www.lojasrenner.com.br/ri Página 0 de 9

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2015 (1T15 ) Resultados 1T15. www.lojasrenner.com.br/ri Página 0 de 9 Resultados 1T15 www.lojasrenner.com.br/ri Página 0 de 9 LOJAS RENNER S.A. Companhia constituída em 1965 e de capital aberto desde 1967. Capital totalmente pulverizado desde 2005, com 100% de free float,

Leia mais

Teleconferência de Resultados. Desempenho do 4T 2013 e de 2013. MAHLE Metal Leve S.A. 20 de março de 2014 12h00 (horário de Brasília) 1 MAHLE

Teleconferência de Resultados. Desempenho do 4T 2013 e de 2013. MAHLE Metal Leve S.A. 20 de março de 2014 12h00 (horário de Brasília) 1 MAHLE Teleconferência de Resultados Desempenho do 4T 2013 e de 2013 MAHLE Metal Leve S.A. 20 de março de 2014 12h00 (horário de Brasília) 1 Destaques 2013 Receita Líquida de Vendas de R$ 2.393,8 milhões em 2013,

Leia mais

Earnings Release 4T14

Earnings Release 4T14 Santo André, 05 de fevereiro de 2015: A CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens S.A. (BM&FBOVESPA: CVCB3), maior operadora de turismo da América Latina, informa aos seus acionistas e demais participantes

Leia mais

COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002

COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002 COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002 Desempenho Em ambiente de queda da atividade na indústria automobilística, a Iochpe-Maxion apresentou um crescimento de 8,4% nas vendas no terceiro

Leia mais

Resultados 2T12 FLRY 3. Agosto / 2012

Resultados 2T12 FLRY 3. Agosto / 2012 Resultados 2T12 FLRY 3 Agosto / 2012 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2012 Aviso Legal Esta apresentação pode conter informações sobre eventos futuros. Tais informações não seriam apenas fatos históricos,

Leia mais

Teleconferência Resultados 3T10

Teleconferência Resultados 3T10 Teleconferência Resultados 3T10 Sexta-feira, 5 de Novembro de 2010 Horário: 14:00 (horário de Brasília) 12:00 (horário US EDT) Tel: + 55 (11) 4688-6361 Código: LASA Replay: + 55 (11) 4688-6312 Código:

Leia mais

Teleconferência de Resultados. 4T12 e 2012

Teleconferência de Resultados. 4T12 e 2012 Teleconferência de Resultados e 2012 28 de fevereiro de 2013 Aviso Legal Algumas das informações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam

Leia mais

Teleconferência de Resultados 4T14 e 2014. São Paulo, 12 de fevereiro de 2015

Teleconferência de Resultados 4T14 e 2014. São Paulo, 12 de fevereiro de 2015 Teleconferência de Resultados 4T14 e 2014 São Paulo, 12 de fevereiro de 2015 Ressalva sobre declarações futuras Esta apresentação contém declarações prospectivas. Tais informações não são apenas fatos

Leia mais

Expomoney São Paulo. Setembro de 2012

Expomoney São Paulo. Setembro de 2012 Expomoney São Paulo Setembro de 2012 Contax Visão Geral Contact Center Brasil Resultados Financeiros Contax Visão Geral GRUPO CONTAX Principais serviços: Atendimento, Cobrança, Televendas, Retenção, Trade

Leia mais

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 4 o Trimestre de 2011

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 4 o Trimestre de 2011 Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 4 o Trimestre de 2011 São Paulo, 22 de março de 2012 - Magazine Luiza S.A. (BM&FBOVESPA: MGLU3), uma das maiores redes varejistas com foco em bens duráveis

Leia mais

RESULTADOS DO 1T11. Destaques do Resultado

RESULTADOS DO 1T11. Destaques do Resultado RESULTADOS DO 1T11 CAPTAÇÃO RECORDE com mais de 73 mil novos alunos (24% acima do 1T10) Aumento de 21% no EBITDA, que totalizou R$48 milhões, e ganho de 1,9 p.p. na Margem, que atingiu 17,4% no 1T11 Rio

Leia mais

Press Release 2T15 12/08/2015

Press Release 2T15 12/08/2015 Press Release 2T15 12/08/2015 Sumário 1. Destaques do período... 4 2. Sumário de resultados... 5 3. Receita bruta... 6 3.1 Produtos de bancassurance... 6 3.1.1 Vida... 7 3.1.2 Habitacional... 7 3.1.3 Prestamista...

Leia mais

RESULTADO DO 1º TRIMESTRE DE 2013

RESULTADO DO 1º TRIMESTRE DE 2013 RESULTADO DO 1º TRIMESTRE DE 2013 DASA divulga receita bruta de R$ 640,4 milhões e geração de caixa operacional de R$ 43,3 milhões no 1T13 Romeu Cortes Domingues Presidente do Conselho de Administração

Leia mais

Receita Operacional Líquida alcança R$ 20,9 milhões, aumento de 9,7% ante o trimestre anterior

Receita Operacional Líquida alcança R$ 20,9 milhões, aumento de 9,7% ante o trimestre anterior Última Cotação em 30/09/2014 FBMC4 - R$ 20,60 por ação Total de Ações: 726.514 FBMC3: 265.160 FBMC4: 461.354 Valor de Mercado (30/09/2014): R$ 20.269,7 mil US$ 9.234,5 mil São Bernardo do Campo, 12 de

Leia mais

INFORMAÇÕES CONSOLIDADAS 1T14

INFORMAÇÕES CONSOLIDADAS 1T14 Caxias do Sul, 12 de maio de 2014 - A Marcopolo S.A. (BM&FBOVESPA: POMO3; POMO4), divulga os resultados do primeiro trimestre de 2014 (1T14). As demonstrações financeiras são apresentadas de acordo com

Leia mais

Teleconferência em Português com Tradução Simultânea 12 de agosto de 2015 11h30 (Brasília) / 10h30 (US ET)

Teleconferência em Português com Tradução Simultânea 12 de agosto de 2015 11h30 (Brasília) / 10h30 (US ET) Release de Resultados do 2T15 São Paulo, 11 de agosto de 2015 A Eucatex (BM&FBovespa: EUCA3 e EUCA4), uma das maiores produtoras de painéis de madeira do Brasil, que atua também nos segmentos de tintas

Leia mais

1º Trimestre de 2009 Teleconferência de Resultados. 14 de Maio de 2009

1º Trimestre de 2009 Teleconferência de Resultados. 14 de Maio de 2009 1º Trimestre de 2009 Teleconferência de Resultados 14 de Maio de 2009 Aviso Legal Informações e Projeções Algumas das afirmações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração

Leia mais

Romi registra lucro líquido de R$ 83 milhões em 2006, o maior resultado de sua história

Romi registra lucro líquido de R$ 83 milhões em 2006, o maior resultado de sua história Resultados do 4 o Trimestre de 2006 Cotações (28/12/06) ROMI3 - R$ 158,00 ROMI4 - R$ 146,50 Valor de Mercado R$ 999,0 milhões Quantidade de Ações Ordinárias: 3.452.589 Preferenciais.: 3.092.882 Total:

Leia mais

Apresentação de Resultados 4T11. 1º de Março de 2012

Apresentação de Resultados 4T11. 1º de Março de 2012 Apresentação de Resultados 4T11 1º de Março de 2012 Contax Visão Geral GRUPO CONTAX Operação em 4 países: Brasil, Colômbia, Argentina e Peru Líder na América Latina em serviços de relacionamento com consumidores

Leia mais

Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2010

Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2010 Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2010 Rio de Janeiro, 16 de agosto de 2010. A Brasil Brokers Participações S.A. (BM&FBovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no mercado de

Leia mais

CONFERENCE CALL DE APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DO 2T09 - GLOBEX. Rio de Janeiro, 11 de setembro de 2009.

CONFERENCE CALL DE APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DO 2T09 - GLOBEX. Rio de Janeiro, 11 de setembro de 2009. CONFERENCE CALL DE APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DO 2T09 - GLOBEX Rio de Janeiro, 11 de setembro de 2009. 1 DRE PRO-FORMA Com objetivo de haver comparabilidade na análise de resultados, os comentários de

Leia mais

Lucro líquido atinge R$6,4 milhões no 1T15, crescimento de 28,6%

Lucro líquido atinge R$6,4 milhões no 1T15, crescimento de 28,6% Resultados 1T15 Lucro líquido atinge R$6,4 milhões no 1T15, crescimento de 28,6% Belo Horizonte, 6 de maio de 2015 - A Companhia de Locação das Américas (Locamerica) (BM&FBOVESPA: LCAM3) divulga seus resultados

Leia mais

Resultados 2T10. Villa Flora Segmento Econômico

Resultados 2T10. Villa Flora Segmento Econômico Resultados 2T10 Villa Flora Segmento Econômico 1 Resultados 2T10 Aviso Importante Nós fazemos declarações sobre eventos futuros que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têm como base

Leia mais

DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS 2014

DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS 2014 DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS 2014 LUPATECH S.A. CNPJ/MF nº 89.463.822/0001-12 NIRE 43300028534 Companhia Aberta de Capital Autorizado Novo Mercado Relatório da Administração Mensagem da Administração Senhores

Leia mais

Destaques do 3º trimestre de 2015

Destaques do 3º trimestre de 2015 Destaques do 3º trimestre Principais Destaques Manutenção dos níveis de EBITDA consolidado e de margem EBITDA, apesar da sobreoferta de aço mundial e das adversidades econômicas no Brasil. Redução de 5,9%

Leia mais

Divulgação de Resultados 1T14

Divulgação de Resultados 1T14 Divulgação de Resultados 1T14 A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private-equity ( Fundos

Leia mais

AUMENTO DE 17,9% NO VOLUME FINANCEIRO E LUCRO LÍQUIDO DE R$797 MILHÕES NO 2T14

AUMENTO DE 17,9% NO VOLUME FINANCEIRO E LUCRO LÍQUIDO DE R$797 MILHÕES NO 2T14 AUMENTO DE 17,9% NO VOLUME FINANCEIRO E LUCRO LÍQUIDO DE R$797 MILHÕES NO 2T14 Barueri, 29 de Julho de 2014 A Cielo S.A. (BM&FBOVESPA: CIEL3 / OTCQX: CIOXY) anuncia hoje seus resultados do segundo trimestre

Leia mais

EARNINGS RELEASE 2T12 e 1S12

EARNINGS RELEASE 2T12 e 1S12 São Paulo, 15 de agosto de 2012 - A Inbrands S.A. ( Inbrands ou Companhia ), uma empresa de consolidação e gestão de marcas de lifestyle e moda premium do Brasil, anuncia hoje os resultados do segundo

Leia mais

Lucro líquido atinge R$7,0 milhões, crescimento de 41,7% versus o 1T14, com consistente e importante melhora nas margens operacionais

Lucro líquido atinge R$7,0 milhões, crescimento de 41,7% versus o 1T14, com consistente e importante melhora nas margens operacionais Resultados 2T14 e 1S14 Lucro líquido atinge R$7,0 milhões, crescimento de 41,7% versus o 1T14, com consistente e importante melhora nas margens operacionais Belo Horizonte, 5 de agosto de 2014 - A Companhia

Leia mais

RESULTADOS 2T11. Grupo Pão de Açúcar e Globex Utilidades. 26 de julho de 2011

RESULTADOS 2T11. Grupo Pão de Açúcar e Globex Utilidades. 26 de julho de 2011 RESULTADOS 2T11 Grupo Pão de Açúcar e Globex Utilidades 26 de julho de 2011 DESTAQUES DO 2T11 Impacto macroeconômico > IPCA 12 meses: +6,7% > Crescimento real GPA Alimentar: +2,3% > Aumento taxa Selic

Leia mais

Agenda. Visão Geral de 2008. Resultados Financeiros e Operacionais

Agenda. Visão Geral de 2008. Resultados Financeiros e Operacionais Disclaimer Com objetivo de haver comparabilidade na análise de resultados, os comentários de desempenho apresentados não contemplam as modificações contábeis introduzidas pela lei n.º 11.638/07, analisando,

Leia mais

Le Lis Blanc inicia o ano com crescimento de 32% nas receitas brutas, 18,5% nas vendas de lojas comparáveis e 26% em EBITDA ajustado 1

Le Lis Blanc inicia o ano com crescimento de 32% nas receitas brutas, 18,5% nas vendas de lojas comparáveis e 26% em EBITDA ajustado 1 Le Lis Blanc inicia o ano com crescimento de 32% nas receitas brutas, 18,5% nas vendas de lojas comparáveis e 26% em EBITDA ajustado 1 São Paulo, Brasil, 15 de maio de 2008 - A Le Lis Blanc Deux Comércio

Leia mais

Resultados 1T15. 08 de maio de 2015

Resultados 1T15. 08 de maio de 2015 Resultados 1T15 08 de maio de 2015 2 Principais destaques do 1T15 Crescimento da receita líquida de 23%, sendo de 2 dígitos em todas unidades de negócio no comparativo ano vs. ano, favorecidas por 83%

Leia mais

Apresentação a Investidores. 4 de Dezembro de 2009

Apresentação a Investidores. 4 de Dezembro de 2009 Associação com Casa Bahia Apresentação a Investidores 4 de Dezembro de 2009 1 Considerações Iniciais Esta apresentação foi preparada para permitir uma melhor compreensão dos detalhes da operação pelo mercado.

Leia mais

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15 TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15 RESULTADOS FINANCEIROS CONSOLIDADOS RECEITA LÍQUIDA 300,1 361,1 20,3% EBITDA AJUSTADO 56,5 68,7 21,6% MARGEM EBITDA AJUSTADO 1 17,9% 18,4% 0,5 p.p. LUCRO LÍQUIDO AJUSTADO

Leia mais

Relações com Investidores ÁUDIO CONFERÊNCIA 1T13. Abril 2013

Relações com Investidores ÁUDIO CONFERÊNCIA 1T13. Abril 2013 Relações com Investidores ÁUDIO CONFERÊNCIA Abril 2013 1T13 Estratégia RESIDENCIAL Convergência de serviços com crescimento de Banda Larga e TV Paga MOBILIDADE PESSOAL Crescimento do pós e rentabilização

Leia mais

Marisa Lojas S.A. RESULTADOS DO 1º TRIMESTRE DE 2012

Marisa Lojas S.A. RESULTADOS DO 1º TRIMESTRE DE 2012 Dados de Negociação AMAR3 em 31/mar/12: Preço por ação: R$ 24,85 Número de ações: 185.301.230 Valor de mercado: R$4.605 milhões Teleconferência de Resultados do 1T12: Data: 4 de maio de 2012 Horário: 14:00

Leia mais

INDICADORES FINANCEIROS

INDICADORES FINANCEIROS Relatório 2014 Um Olhar para o Futuro DESEMPENHO ECONÔMICO ECONÔMICA www.fibria.com.br/r2014/desempenho-economico/ 126 INDICADORES FINANCEIROS A Fibria encerrou 2014 com lucro líquido de R$ 163 milhões,

Leia mais

Anhanguera reporta crescimento de 139,1% na Receita Líquida e de 103,0% no EBITDA Ajustado no ano de 2008. 03 de abril de 2009 03 de abril de 2009

Anhanguera reporta crescimento de 139,1% na Receita Líquida e de 103,0% no EBITDA Ajustado no ano de 2008. 03 de abril de 2009 03 de abril de 2009 Anhanguera reporta crescimento de 139,1% na Receita Líquida e de 103,0% no EBITDA Ajustado no ano de 2008 www.unianhanguera.edu.br 4T08 Ricardo Scavazza Vice Presidente Operacional e Relações com Investidores

Leia mais

RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2013(1T13)

RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2013(1T13) LOJAS RENNER S.A. Companhia constituída em 1965 e de capital aberto desde 1967. Capital totalmente pulverizado desde 2005, com 100% de free float, sendo considerada a primeira corporação brasileira. Negociada

Leia mais

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 2º Trimestre de 2013

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 2º Trimestre de 2013 . São Paulo, 06 de agosto de 2013 - Magazine Luiza S.A. (BM&FBOVESPA: MGLU3), uma das maiores redes varejistas com foco em bens duráveis e com grande presença nas classes populares do Brasil, divulga seus

Leia mais

Evolução do PIB Brasileiro x PIB da Construção Civil (%)

Evolução do PIB Brasileiro x PIB da Construção Civil (%) o Margem Bruta atinge 42% no 3T07 e distribuição de proventos chega a R$ 40 milhões nos 9M07. 3T07 Cotação (31/10/07) ETER3 R$/ação 8,46 US$/ação 4,83 Base Acionária (31/10/07) Total 72.555.934 Free Float

Leia mais

ITAUTEC S.A. - GRUPO ITAUTEC RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO 31 DE MARÇO DE 2012

ITAUTEC S.A. - GRUPO ITAUTEC RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO 31 DE MARÇO DE 2012 ITAUTEC S.A. - GRUPO ITAUTEC RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO 31 DE MARÇO DE 2012 São Paulo, 24 de abril de 2012: A Itautec S.A., uma das maiores empresas brasileiras de tecnologia em soluções de automação bancária,

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2012 - KLABIN S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2012 - KLABIN S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Resultados 2005 Resultados 2005

Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 1T06 Bovespa: RSID3 NYSE (ADR): RSR2Y Receita Líquida alcança R$ 85,2 milhões VGV totaliza R$ 94,3 milhões Vendas contratadas crescem 63% São Paulo, 11 de maio

Leia mais

Relações com Investidores

Relações com Investidores São Paulo, 14 de novembro de 2011 A Inbrands anuncia hoje os resultados do terceiro trimestre de 2011 (3T11). Bruno Medeiros CEO Relações com Investidores Arnaldo Faissol Mendes CFO e Diretor de RI Clarice

Leia mais

Apresentação de Resultados 2T11 10 de Agosto de 2011

Apresentação de Resultados 2T11 10 de Agosto de 2011 Apresentação de Resultados 2T11 10 de Agosto de 2011 Relações com Investidores Agenda 1. Destaques 2. Evolução das Receitas e Custos Hardware Software Serviços 3. Despesas e Margens 4. Investimentos e

Leia mais

Contexto Operacional. Operação. Receita Líquida. 12,9 bilhões. Composição da Receita Consolidada (%)

Contexto Operacional. Operação. Receita Líquida. 12,9 bilhões. Composição da Receita Consolidada (%) 103 Contexto Operacional A seguir seguem os comentários sobre o desempenho da S.A. referentes ao exercício de 2014. Com intuito de proporcionar a visibilidade anual dos resultados, tais comentários são

Leia mais

A BM&FBOVESPA S.A. anuncia os resultados do primeiro trimestre de 2009. O lucro líquido atingiu R$ 227 milhões com lucro por ação de R$ 0,11.

A BM&FBOVESPA S.A. anuncia os resultados do primeiro trimestre de 2009. O lucro líquido atingiu R$ 227 milhões com lucro por ação de R$ 0,11. A BM&FBOVESPA S.A. anuncia os resultados do primeiro trimestre de 2009. O lucro líquido atingiu R$ 227 milhões com lucro por ação de R$ 0,11. O Lucro Líquido do 1T09 (sem ajustes) apresentou queda de 1,4%

Leia mais