Massa... 6 x grm Gases principais... N2 (77%), O2 (21%) CO2 (95%), N2 (2.7%)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Massa... 6 x 10 27 grm Gases principais... N2 (77%), O2 (21%) CO2 (95%), N2 (2.7%)"

Transcrição

1 Período de translação dias (um ano) Período de rotação h 56 m 04 s (um dia) Massa... 6 x grm Gases principais... N2 (77%), O2 (21%) 1.88 anos = 687 dias terrestres 24 h 37 m 22.6 s. = dias 0.10 M CO2 (95%), N2 (2.7%)

2 Marte estará a apenas 55,8 milhões de quilômetros da Terra no dia 27 de agosto de 2003, distância só alcançada há 60 mil anos. Além da proximidade, os dois planetas encontram-se em oposição, ou seja, formando uma linha entre Sol, Marte e Terra. Os dois fatos permitem que os terrestres tenham uma visão privilegiada do planeta vermelho, o que só ocorrerá novamente em 2287.

3 Marte visto pelo Laboratório Nacional de Astrofísica - LNA A imagem à direita foi obtida por Rodrigo Campos - LNA, usando o telescópio de 1,60 m. do Observatório do Pico dos Dias. Note a calota polar do hemisfério sul (região branca) no planeta.

4 Marte visto pelo LNA

5 O maior cânion no sistema solar atravessa uma ampla região de Marte. Chamado de Valles Marineris, o grande vale tem cerca de 3000 km de comprimento, 600 km de largura e 8 km de profundidade. Em comparação, o Grand Canyon, em Arizona, USA, tem 800 km de comprimento, 30 km de largura e 1.8 km de profundidade. A origem de Valles Marineris não é conhecida, mas é provável que se trate de uma fratura que aconteceu milhões de anos atrás, quando o planeta se esfriava.

6 Esta foto foi obtida pelo Telescópio Espacial Hubble em 10 de março de 1997, pouco antes de Marte posicionar-se a 100 milhões de quilômetros da Terra. A foto foi tirada no último dia da primavera no hemisfério Norte.

7 Em 26 de junho de 2001, Marte esteve a apenas 68 milhões de quilômetros da Terra. A imagem, captada pelo Telescópio Espacial Hubble, mostra nuvens geladas circundando os pólos, enquanto tempestades de areia pintam a atmosfera de laranja.

8 Primeira imagem do solo marciano Em 20 de julho de 1976, a sonda Viking Lander 1 aterrissou em Marte. A foto, tirada no dia seguinte, mostra a superfície do planeta. O tom avermelhado indicaria a presença de limonita, ou hidróxido de ferro natural.

9 A sonda Mars Global Surveyor, da Nasa, alcançou a órbita de Marte no dia 12 de setembro de 1997, mas começou a mapear o planeta em março de O objetivo da missão é estudar sua superfície e sua atmosfera. A seguir, imagens obtidas pela sonda ao longo dos últimos anos.

10 Atlas Cartográfico de Marte

11 Os vales Marcianos Vista dos três principais vales na planicie de Hellas. De esquerda para direita, "Dao Vallis", "Niger Vallis" e "Harmakhis Vallis". Acredita-se que alguns desses vales foram formados, em parte, por grandes mananciais de água líquida que existiram no passado no planeta.

12 Composição de imagens captadas pela sonda Mars Global Surveyor em março de A parte clara que domina a foto é chamada de Syrtis Major, enquanto a parte escura no canto direito é conhecida como bacia de Hellas.

13 A sonda Mars Global Surveyor captou imagens de canais na superfície marciana, como os encontrados em uma cratera no vale Newton. Suas paredes exibem marcas possivelmente formadas pela ação de água ou gelo.

14 A cratera Galle, com cerca de 215 quilômetros de extensão, é também chamada de "Rosto Feliz", por lembrar o ícone amarelo conhecido em todo o mundo. A foto foi obtida em março de 1999 pela Mars Global Surveyor.

15 Assim como a Terra, Marte também possui vulcões. Um dos mais conhecidos é o Apollinaris Patera, próximo ao Equador marciano. Ele tem cerca de cinco quilômetros de altura e uma cratera semicircular.

16 Amostra das tormentas de areia que pipocam na superfície do solo marciano. Compare as duas fotos e note como, em julho de 2001, praticamente todo o planeta se encontra coberto de areia, com exceção do pólo sul.

17 O estudo da atmosfera marciana é chave no entendimento do clima terrestre. As tormentas de areia, são um exemplo. A imagem superior mostra uma tormenta de areia no polo norte de marte, observada em 29 de agosto de 2002 e que se estende a uma distância de até 900 km da calota polar norte do planeta. A imagem abaixo mostra uma tormenta de areia terrestre no dia 26 de fevereiro de 2000, que se estende até 1800 km da costa norte da África. Ambas as imagens são mostradas na mesma escala.

18 Evidência de água em Marte Os sulcos observados nos precipícios e paredes das crateras marcianas em um pequeno número de imagens de alta resolução obtidas pela sonda Mars Global Surveyor sugerem que a água líquida tem fluido sobre a superfície do planeta em um passado geologicamente recente. Os sulcos são geralmente encontrados em pendentes que estão de costas ao sol depois do meio dia e em latitudes entre 30 e 70 graus em ambos os hemisférios.

19 Evidência de água em Marte A relação entre luz solar e latitude pode indicar que o gelo protege a água líquida da evaporação até que esta é liberada por causa da pressão, ladeira abaixo. A relativa pouca idade desses sulcos pode indicar que alguns deles ainda estão ativos hoje em dia, o que indica que a água líquida pode ainda existir em algumas áreas a profundidades de menos de 500 m. abaixo da superfície de Marte. As imagens seguintes mostram detalhes de alguns desses sulcos.

20 Sulcos na superfície Marciana As duas imagens acima da Mars Global Surveyor mostram sulcos usualmente encontrados nas paredes de crateras, provavelmente formados como resultado de erosão produzida por um fluido, quiçá água.

21 Sulcos em Marte: evidência de água em um passado recente

22 Sulcos em Marte: evidência de água em um passado recente Imagem da sonda Global Mars Surveyor. Imagem do Vinking

23 Sulcos em Marte: evidência de água em um passado recente

24 Sulcos em Marte: evidência de água em um passado recente

25 Sulcos em Marte: evidência de água em um passado recente

26 Sulcos em Marte: evidência de água em um passado recente

27 Dunas de areia na cratera Kaiser A imagem de alta resolução da sonda Mars Global Surveyor mostra um campo de dunas de areia escura no fundo da cratera Kaiser, localizada no sudeste da Terra Noachis. A imagem cobre uma área de aproximadamente 9 km quadrados.

28 Dunas na cratera Herschel A cratera Herschel é um impacto de meteoro de 300 km de largura localizada no sudeste marciano. O fundo dessa cratera antiga apresenta regiões de material escuro que, quando vistos pela câmera da Mars Global Surveyor, são resolvidos em campos de dunas de areia, aparentemente fixas (não mudam com o tempo).

29 As imagens acima mostram o nível altíssima resolução com o qual Marte tem sido fotografado com o Mars Global Orbiter. À direita, mostra-se, em primeiro plano, a fossa Sirenum. A imagem à esquerda apresenta uma pequena área da fossa (correspondente à região da pequena caixa branca na imagem da direita).

30 As calotas polares de Marte Pólo Sul Pólo Norte

31 Um rosto no solo de Marte Imagem do Viking, 1976 Imagem do MGS, 2001 Imagem de alta resolução do MOC Das centenas de imagens dos acidentes geográficos de marte que as sondas Viking adquiriam em 1976 imagens, uma das que mais chamou a atenção é a que tinha o formato de um rosto humano e que posteriormente foi popularizada como uma "construção alienígena". Em agosto de 2001, a sonda Mars Global Surveyor foi fotografada em alta resolução e revelou o segredo: trata-se de uma colina de 3.6 km de comprimento e ~ 1 km de largura.

32 Marte em 3-D Panorâmica da cratera Gale geradas a partir de câmaras de campo largo e técnicas de altimetria laser.

33 Marte: o encontro mais próximo Imagem do Telescópio Hubble obtida no dia 26 de agosto de 2003, 11 horas antes do instante de máxima aproximação entre a Terra e o planeta vermelho. No momento da foto, os dois planetas se encontram a km de distância.

34 A sonda norte-americana Mars Odissey vai mapear minerais e outros elementos presentes na atmosfera marciana, além de estudar o ambiente radioativo e procurar por água. Ela chegou em 24 de outubro de 2001.

35 Os "robôs geológicos" MER-A e B (sigla em inglês para "jipes de exploração de Marte") vão capturar informações sobre o planeta em 2004, e enviar os dados pelas sondas Mars Global Surveyor e Mars Odissey.

36 A sonda européia Mars Express é formada por um satélite e um módulo de aterrissagem, o Beagle-2, que chegam em janeiro de O objetivo da missão é buscar por sinais de atividade biológica no planeta, tanto no solo quanto em órbita.

Novas Descobertas sobre o Sistema Solar

Novas Descobertas sobre o Sistema Solar FIS 2009 Explorando o Universo: dos Quarks aos Quasares Novas Descobertas sobre o Sistema Solar Jorge Ricardo Ducati Departamento de Astronomia Universidade Federal do Rio Grande do Sul Planeta Terra:

Leia mais

Algumas sondas espaciais que pesquisaram o Sistema Solar com sucesso

Algumas sondas espaciais que pesquisaram o Sistema Solar com sucesso Algumas sondas espaciais que pesquisaram o Sistema Solar com sucesso data de lançamento sonda espacial país feito científico Explorer 1 31 de janeiro de 1958 descobriu a existência de cinturões de radiação

Leia mais

06-01-2012. Sumário. O Sistema Solar. Principais características dos planetas do Sistema Solar 05/01/2012. 23 e 24

06-01-2012. Sumário. O Sistema Solar. Principais características dos planetas do Sistema Solar 05/01/2012. 23 e 24 Sumário Os planetas do Sistema Solar e as suas principais características. (BI dos Planetas do Sistema Solar). Atividade Prática de Sala de Aula Características dos planetas. Preenchimento de tabelas,

Leia mais

Material de estudo ROBÔS NO ESPAÇO. André Luiz Carvalho Ottoni

Material de estudo ROBÔS NO ESPAÇO. André Luiz Carvalho Ottoni Material de estudo ROBÔS NO ESPAÇO 2010 André Luiz Carvalho Ottoni Robôs no Espaço O spacewalker (veste robótica). O spacewalker, que significa andador espacial, é uma veste robótica projetada para os

Leia mais

15 O sistema solar e seus planetas

15 O sistema solar e seus planetas A U A UL LA Atenção O sistema solar e seus planetas Leia com atenção as notícias abaixo, que apareceram em jornais de diferentes épocas. ANO DE 1781 CIENTISTAS DESCOBREM NOVO PLANETA De há quase 2.000

Leia mais

Planetas do Sistema Solar

Planetas do Sistema Solar Planetas do Sistema Solar Paulo Roberto - http://laboratoriodopaulo.blogspot.com A astronomia é uma experiência de humildade e formação de caráter. [Carl Sagan em O pálido ponto azul.] Planetas Internos

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 1ª PROVA PARCIAL DE GEOGRAFIA Aluno(a): Nº Ano: 6º Turma: Data: 26/03/2011 Nota: Professora: Élida Valor da Prova: 50 pontos Assinatura do responsável: Orientações

Leia mais

CAPÍTULO 2 A ATMOSFERA TERRESTRE

CAPÍTULO 2 A ATMOSFERA TERRESTRE CAPÍTULO 2 A ATMOSFERA TERRESTRE 1.0. O Universo O Universo que pode ser observado pelo homem abrange milhões e milhões de quilômetros. Dentro desse Universo existem incontáveis galáxias, destacando-se

Leia mais

Em 50 anos, sondas revelam segredos e imagens deslumbrantes de Marte

Em 50 anos, sondas revelam segredos e imagens deslumbrantes de Marte Uol - SP 28/11/2014-05:31 Em 50 anos, sondas revelam segredos e imagens deslumbrantes de Marte Da Redação Quarto planeta do sistema solar, Marte tem inspirado poetas e cientistas com seu brilho avermelhado

Leia mais

Universidade da Madeira. Sistema Solar. Grupo de Astronomia. Laurindo Sobrinho. 7 de dezembro de 2015. Image Credit: NASA/CXC/SAO

Universidade da Madeira. Sistema Solar. Grupo de Astronomia. Laurindo Sobrinho. 7 de dezembro de 2015. Image Credit: NASA/CXC/SAO Sistema Solar Laurindo Sobrinho 7 de dezembro de 2015 Image Credit: NASA/CXC/SAO 1 Planetas principais do Sistema Solar (são 8): Planetas rochosos (planetas interiores): Mercúrio Vénus Terra Marte Planetas

Leia mais

Universidade da Madeira. Sistema Solar. Grupo de Astronomia. Laurindo Sobrinho. 15 de dezembro de 2014. Image Credit: NASA/CXC/SAO

Universidade da Madeira. Sistema Solar. Grupo de Astronomia. Laurindo Sobrinho. 15 de dezembro de 2014. Image Credit: NASA/CXC/SAO Sistema Solar Laurindo Sobrinho 15 de dezembro de 2014 Image Credit: NASA/CXC/SAO 1 Planetas principais do Sistema Solar: Planetas rochosos (planetas interiores): Mercúrio Vénus Terra Marte Planetas gasosos

Leia mais

INSTITUTO BRASIL SOLIDÁRIO INSTITUTO BRASIL SOLIDÁRIO. Programa de Desenvolvimento da Educação - PDE Programa de Desenvolvimento da Educação - PDE

INSTITUTO BRASIL SOLIDÁRIO INSTITUTO BRASIL SOLIDÁRIO. Programa de Desenvolvimento da Educação - PDE Programa de Desenvolvimento da Educação - PDE INSTITUTO BRASIL SOLIDÁRIO Mudanças Climáticas Rodrigo Valle Cezar O que é o Clima O clima compreende os diversos fenômenos que ocorrem na atmosfera da Terra. Atmosfera é a região gasosa que envolve toda

Leia mais

Telecomunicações. Prof. André Y. Kusumoto andre_unip@kusumoto.com.br

Telecomunicações. Prof. André Y. Kusumoto andre_unip@kusumoto.com.br Telecomunicações Prof. André Y. Kusumoto andre_unip@kusumoto.com.br Satélites Satélite é o elemento comum de interligação das estações terrenas, atuando como estação repetidora. Devido a sua altitude,

Leia mais

15- Representação Cartográfica - Estudos Temáticos a partir de imagens de Sensoriamento Remoto

15- Representação Cartográfica - Estudos Temáticos a partir de imagens de Sensoriamento Remoto 15- Representação Cartográfica - Estudos Temáticos a partir de imagens de Sensoriamento Remoto O Sensoriamento Remoto é uma técnica que utiliza sensores, na captação e registro da energia refletida e emitida

Leia mais

Para ajudá-los nos estudos, após resolver o exercício de revisão faça a correção a partir deste documento. Bons Estudos!

Para ajudá-los nos estudos, após resolver o exercício de revisão faça a correção a partir deste documento. Bons Estudos! EXERCÍCIO DE REVISÃO - GEOGRAFIA 6º ano Profª. Ms. Graziella Fernandes de Castro Queridos alunos, Para ajudá-los nos estudos, após resolver o exercício de revisão faça a correção a partir deste documento.

Leia mais

Sistema Solar: Planetas Externos. Emerson Penedo emersonpenedo42@gmail.com

Sistema Solar: Planetas Externos. Emerson Penedo emersonpenedo42@gmail.com Sistema Solar: Planetas Externos Emerson Penedo emersonpenedo42@gmail.com Planetas externos, planetas Jovianos ou ainda gigantes gasosos, são os planetas do Sistema Solar com órbitas mais externas que

Leia mais

A Terra um Planeta muito Especial: Formação do Sistema Solar

A Terra um Planeta muito Especial: Formação do Sistema Solar A Lua (do latim Luna) é o único satélite natural da Terra, situando-se a uma distância de cerca de 384.405 km do nosso planeta. O feixe de luz, representado pela linha amarela, mostra o período que a luz

Leia mais

Introdução À Astronomia e Astrofísica 2010

Introdução À Astronomia e Astrofísica 2010 CAPÍTULO 5 LUA E SUAS FASES. ECLIPSES. Lua. Fases da Lua. Sombra de um Corpo Extenso. Linha dos Nodos. Eclipses do Sol. Eclipses da Lua. Temporada de Eclipses. Saros. Recapitulando a aula anterior: Capítulo

Leia mais

Universidade Federal Fluminense

Universidade Federal Fluminense Universidade Federal Fluminense Curso de Formação continuada em Astronomia Para professores de Educação Básica Prof. Dr. Tibério Borges Vale Projeto de Extensão O uso da Astronomia como elemento didático

Leia mais

A Terra em Realidade Aumentada

A Terra em Realidade Aumentada A Terra em Realidade Aumentada www.constellatius.com Edmilson Souza Barreto Simone de Oliveira Tenório A Terra em Realidade Aumentada Edmilson Souza Barreto Simone de Oliveira Tenório Livro com aplicação

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 1ª PROVA SUBSTITUTIVA DE GEOGRAFIA Aluno(a): Nº Ano: 6º Turma: Data: Nota: Professor(a): Élida Valor da Prova: 65 pontos Orientações gerais: 1) Número de

Leia mais

EXOPLANETAS EIXO PRINCIPAL

EXOPLANETAS EIXO PRINCIPAL EXOPLANETAS Antes mesmo de eles serem detectados, poucos astrônomos duvidavam da existência de outros sistemas planetários além do Solar. Mas como detectar planetas fora do Sistema Solar? Às suas grandes

Leia mais

Sistema Solar: continuação

Sistema Solar: continuação Sistema Solar: continuação Introdução Como o Sol acumula 99,866% da massa do Sistema Solar, é fácil compreender porque ele exerce influência gravitacional tão grande sobre os planetas, asteróides e cometas;

Leia mais

QUAL É A CIDADE MAIS DISTANTE DO MAR?

QUAL É A CIDADE MAIS DISTANTE DO MAR? SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: 03 / 2 / 203 UNIDADE III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE GEOGRAFIA 6.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

Cap. 2: A evolução dos instrumentos astronômicos. Equipe de Ciências 8º Ano do Ensino Fundamental

Cap. 2: A evolução dos instrumentos astronômicos. Equipe de Ciências 8º Ano do Ensino Fundamental Cap. 2: A evolução dos instrumentos astronômicos Equipe de Ciências 8º Ano do Ensino Fundamental Instrumentos astronômicos antigos Relógio de Sol Instrumentos astronômicos antigos Relógio hidráulico Instrumentos

Leia mais

Mariângela de Oliveira-Abans. MCT/Laboratório Nacional de Astrofísica

Mariângela de Oliveira-Abans. MCT/Laboratório Nacional de Astrofísica Mariângela de Oliveira-Abans MCT/Laboratório Nacional de Astrofísica J unho 2003 Árvores Que Estiveram Lá 31/01/1971: a nave Apollo 14 partiu em direção à Lua Os astronautas Shepard e Mitchell desceram

Leia mais

O Sistema Solar, a Galáxia e o Universo. Prof Miriani G. Pastoriza Dep de Astronomia, IF

O Sistema Solar, a Galáxia e o Universo. Prof Miriani G. Pastoriza Dep de Astronomia, IF O Sistema Solar, a Galáxia e o Universo Prof Miriani G. Pastoriza Dep de Astronomia, IF O Sistema Solar Matéria do Sis. Solar (%) Sol 99.85 Planetas 0.135 Cometas:0.01 Satélites Meteoróides Meio Interplanetario

Leia mais

Prof. Franco Augusto

Prof. Franco Augusto Prof. Franco Augusto Astros São corpos que giram no espaço, classificados de acordo com a luminosidade. Iluminados ou opacos não possuem luz própria, recebendo luz das estrelas. São os planetas, asteroides,

Leia mais

A Oposição de Marte de 1988

A Oposição de Marte de 1988 A Oposição de Marte de 1988 Nelson Falsarella (REA/S.J. Rio Preto) 1. A APROXIMAÇÃO DO PLANETA MARTE EM 1988. Devido a sua semelhança física com a Terra em certos aspectos, o planeta Marte é considerado

Leia mais

INSTITUTO DO EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL, I.P. Centro de Emprego e Formação Profissional da Guarda Curso: Técnico de Informática Sistemas

INSTITUTO DO EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL, I.P. Centro de Emprego e Formação Profissional da Guarda Curso: Técnico de Informática Sistemas INSTITUTO DO EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL, I.P. Centro de Emprego e Formação Profissional da Guarda Curso: Técnico de Informática Sistemas (EFA-S4A)-NS Formando: Igor Daniel Santos Saraiva Covilhã,

Leia mais

LRO - LUNAR RECONNAISSANCE ORBITER / USA

LRO - LUNAR RECONNAISSANCE ORBITER / USA LRO - LUNAR RECONNAISSANCE ORBITER / USA LRO - Lunar Reconnaissance Orbiter Somente após o início da Era Espacial foi possível a primeira visão do lado oculto da Lua, a partir de imagens capturadas pela

Leia mais

Ano: 6º Turma: 6.1 / 6.2

Ano: 6º Turma: 6.1 / 6.2 COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 2ª Etapa 2014 Disciplina: Geografia Professor (a): Fernando Parente Ano: 6º Turma: 6.1 / 6.2 Caro aluno, você está recebendo o conteúdo

Leia mais

Movimento Annual do Sol, Fases da Lua e Eclipses

Movimento Annual do Sol, Fases da Lua e Eclipses Movimento Annual do Sol, Fases da Lua e Eclipses FIS02010 Professora Ana Chies Santos IF/UFRGS https://anachiessantos.wordpress.com/ensino/fis02010/ Facebook #AstroUFRGS Relembrando... Sistemas de Coordenadas

Leia mais

Movimento Anual do Sol, Fases da Lua e Eclipses

Movimento Anual do Sol, Fases da Lua e Eclipses Elementos de Astronomia Movimento Anual do Sol, Fases da Lua e Eclipses Rogemar A. Riffel Sol, Terra e Lua Movimento Diurno do Sol Relembrando a aula passada De leste para oeste; O círculo diurno do Sol

Leia mais

044.ASR.SRE.16 - Princípios Físicos do Sensoriamento Remoto

044.ASR.SRE.16 - Princípios Físicos do Sensoriamento Remoto Texto: PRODUTOS DE SENSORIAMENTO REMOTO Autor: BERNARDO F. T. RUDORFF Divisão de Sensoriamento Remoto - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais São José dos Campos-SP - bernardo@ltid.inpe.br Sensoriamento

Leia mais

6ª série / 7º ano U. E 05

6ª série / 7º ano U. E 05 6ª série / 7º ano U. E 05 O sistema solar Cada um dos planetas do sistema solar é constituído basicamente dos mesmos elementos e substâncias químicas, embora cada planeta tenha características próprias.

Leia mais

4ºano Turma Mista. Autora: Beatriz Rodrigues

4ºano Turma Mista. Autora: Beatriz Rodrigues 4ºano Turma Mista O ESPAÇO Autora: Beatriz Rodrigues O que é e como é o Espaço? Os seres humanos chamam Espaço a tudo o que está fora da superfície e atmosfera terrestre. A maioria dos peritos acredita

Leia mais

A atmosfera terrestre, a precipitação e respectivos factores geográficos

A atmosfera terrestre, a precipitação e respectivos factores geográficos A atmosfera terrestre, a precipitação e respectivos factores geográficos 1. Estrutura da atmosfera 1. Estrutura da atmosfera 2. Composição química Dióxido de carbono D i ó x i d o Árgon Outros gases Oxigénio

Leia mais

GABARITO DA PROVA OLÍMPICA DO NÍVEL II DA II OBA

GABARITO DA PROVA OLÍMPICA DO NÍVEL II DA II OBA 1. A astronomia estuda tudo que está fora da Terra, como por exemplo, os planetas, as estrelas, os cometas, as galáxias, as constelações, os movimentos destes corpos, etc. Para observar estes corpos basta

Leia mais

Observações na antiguidade

Observações na antiguidade Júpiter Tunç Tezel (from The World at Night ) Observações na antiguidade Sendo um dos objectos mais brilhantes no céu à noite, Júpiter tem sido observado desde a antiguidade e esteve ligado às crenças

Leia mais

MATÉRIA 6º 2º Dez/13 NOTA

MATÉRIA 6º 2º Dez/13 NOTA Valores eternos. TD Recuperação MATÉRIA Geografia ANO/TURMA SEMESTRE DATA 6º 2º Dez/13 ALUNO(A) PROFESSOR(A) Tiago Bastos TOTAL DE ESCORES ESCORES OBTIDOS NOTA VISTO DOS PAIS/RESPONSÁVEIS 1. Analise e

Leia mais

P L A N I F I C A Ç Ã O A M É D I O P R A Z O

P L A N I F I C A Ç Ã O A M É D I O P R A Z O DISCIPLINA: Geografia ANO: 7ºano TURMAS: B, C ed ANO LECTIVO: 2011/2012 P L A N I F I C A Ç Ã O A M É D I O P R A Z O UNIDADE DIDÁTICA 1: A Terra: Estudos e Representações (1º Período) AULAS PREVISTAS:

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL CRISTO REI GUARAPUAVA 2012

ESCOLA ESTADUAL CRISTO REI GUARAPUAVA 2012 ESCOLA ESTADUAL CRISTO REI GUARAPUAVA 2012 Olimpíadas Brasileira de Astronomia OBA Palestrante: Lohane Tech A CORRIDA ESPACIAL E A GUERRA FRIA EUA X URSS No ano de 1957, a URSS lança o foguete Sputnik

Leia mais

O Sistema Solar 11/12/2014. Unidade 2 O SISTEMA SOLAR. 1. Astros do Sistema Solar 2. Os planetas do Sistema Solar

O Sistema Solar 11/12/2014. Unidade 2 O SISTEMA SOLAR. 1. Astros do Sistema Solar 2. Os planetas do Sistema Solar Ciências Físico-químicas - 7º ano de escolaridade Unidade 2 O SISTEMA SOLAR O Sistema Solar 1. Astros do Sistema Solar 2. Os planetas do Sistema Solar 2 1 Competências a desenvolver: Caracterização do

Leia mais

ASTROFOTOGRAFIA Concurso Nacional de Astrofotografias Apostila volume I

ASTROFOTOGRAFIA Concurso Nacional de Astrofotografias Apostila volume I ASTROFOTOGRAFIA Concurso Nacional de Astrofotografias Apostila volume I O princípio da astrofotografia O mundo da astrofotografia é muito divulgado e você provavelmente já fez parte dele. Se você já registrou

Leia mais

www.google.com.br/search?q=gabarito

www.google.com.br/search?q=gabarito COLEGIO MÓDULO ALUNO (A) série 6 ano PROFESSOR GABARITO DA REVISÃO DE GEOGRAFIA www.google.com.br/search?q=gabarito QUESTÃO 01. a) Espaço Geográfico RESPOSTA: representa aquele espaço construído ou produzido

Leia mais

ÓRBITA ILUMINADA HU F 152/ NT4091

ÓRBITA ILUMINADA HU F 152/ NT4091 ÓRBITA ILUMINADA HU F 152/ NT4091 INTRODUÇÃO Trata-se de um modelo científico de trabalho, representando o Sol, a Terra e a Lua, e mostrando como estes se relacionam entre si. Foi concebido para mostrar

Leia mais

Aula 1. Atividades. V. A cartografia é a arte que tem o interesse de explicar a origem do planeta Terra. Estão corretas: e) II, IV e V.

Aula 1. Atividades. V. A cartografia é a arte que tem o interesse de explicar a origem do planeta Terra. Estão corretas: e) II, IV e V. Aula 1 1. Atividades A palavra cartografia é relativamente nova, sendo utilizada pela primeira vez em 8 de dezembro de 1839. Seu uso aconteceu na carta escrita em Paris, enviada pelo português Visconde

Leia mais

Mudança do clima e acordos internacionais

Mudança do clima e acordos internacionais Mudança do clima e acordos internacionais FIESC Rodrigo F. Gatti Florianópolis, SC Setembro 2011 Mudanças Climáticas Clima X Tempo Ambos compreendem as varáveis que descrevem o estado da atmosfera: - temperatura;

Leia mais

Profª: Sabrine V. Welzel

Profª: Sabrine V. Welzel Geografia 6 Ano Águas Continentais e Oceânicas 1 - Observe a imagem a seguir e explique com suas palavras sobre o que se trata: 2 Complete os espaços em branco com palavras abaixo destacadas: Solos subterrâneas

Leia mais

Exercícios sobre Espelhos Esféricos

Exercícios sobre Espelhos Esféricos Exercícios sobre Espelhos Esféricos 1-Quando colocamos um pequeno objeto real entre o foco principal e o centro de curvatura de um espelho esférico côncavo de Gauss, sua respectiva imagem conjugada será:

Leia mais

Escola E.B. 2,3 de António Feijó. Ano letivo 2014 2015. Planificação anual. 7º ano de escolaridade

Escola E.B. 2,3 de António Feijó. Ano letivo 2014 2015. Planificação anual. 7º ano de escolaridade Escola E.B.,3 de António Feijó Ano letivo 04 05 Planificação anual 7º ano de escolaridade A Terra. Estudos e representações A representação da superfície terrestre A Geografia e o território Compreender

Leia mais

Criando Mapa de Declividade a partir de dados SRTM

Criando Mapa de Declividade a partir de dados SRTM Criando Mapa de Declividade a partir de dados SRTM SPRING 5.0 1 O objetivo deste tutorial é apresentar de forma simples e prática como construir, no Spring, mapa de declividade a partir de dados do SRTM.

Leia mais

Sistema Solar. A origem A estrutura Planetas Rochosos Interiores Gigantes Gasosos Exteriores

Sistema Solar. A origem A estrutura Planetas Rochosos Interiores Gigantes Gasosos Exteriores Sistema Solar A origem A estrutura Planetas Rochosos Interiores Gigantes Gasosos Exteriores Origem O Sistema solar formou-se há cerca de 4,6 bilhões de anos a partir de uma nuvem de gás e poeira vasta

Leia mais

CIÊNCIAS PROVA 2º BIMESTRE 6º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ

CIÊNCIAS PROVA 2º BIMESTRE 6º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO CIÊNCIAS PROVA 2º BIMESTRE 6º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ Prova elaborada

Leia mais

Astrofísica Geral. Tema 08: O Sistema Solar, parte 2

Astrofísica Geral. Tema 08: O Sistema Solar, parte 2 ma 08: O Sistema Solar, parte 2 Outline 1 Pequenos corpos do Sistema Solar Satélites Aneis Asteroides Meteoros Cometas Frequência de queda 2 Formação do Sistema Solar 3 Bibliografia 2 / 25 Outline 1 Pequenos

Leia mais

Robótica. 6. - Robôs no espaço

Robótica. 6. - Robôs no espaço Robótica J. A. M. Felippe de Souza 6. - Robôs no espaço O space shuttle (vaivém espacial). O spacewalker (veste robótica). Robôs em Marte. Sondas espaciais robôs. Mars rover, um robô que anda na superfície

Leia mais

METEOROLOGIA. Disciplina: Ciências Série: 5ª - 4º BIMESTRE Professor: Ivone Fonseca Assunto: Meteorologia e Astronomia

METEOROLOGIA. Disciplina: Ciências Série: 5ª - 4º BIMESTRE Professor: Ivone Fonseca Assunto: Meteorologia e Astronomia METEOROLOGIA Disciplina: Ciências Série: 5ª - 4º BIMESTRE Professor: Ivone Fonseca Assunto: Meteorologia e Astronomia A meteorologia (do grego meteoros, que significa elevado no ar, e logos, que significa

Leia mais

Movimentos da Terra e suas consequências

Movimentos da Terra e suas consequências Movimentos da Terra e suas consequências Movimentos da Terra A Terra descreve, como todos os outros planetas principais do Sistema Solar: Movimento de rotação movimento em torno de si própria, em volta

Leia mais

MÓDULO 4 Meios físicos de transmissão

MÓDULO 4 Meios físicos de transmissão MÓDULO 4 Meios físicos de transmissão Os meios físicos de transmissão são compostos pelos cabos coaxiais, par trançado, fibra óptica, transmissão a rádio, transmissão via satélite e são divididos em duas

Leia mais

Mudança do clima, Qual a importância? Martin Hedberg meteorologista do Centro Meteorológico Sueco

Mudança do clima, Qual a importância? Martin Hedberg meteorologista do Centro Meteorológico Sueco Mudança do clima, Qual a importância? Martin Hedberg meteorologista do Centro Meteorológico Sueco Tempo (Precipitação, nuvens, ventos, humidade, temperatura ) A forma que a Natureza tem de equilibrar as

Leia mais

Aula 1. O Sistema Solar e o Planeta Terra. Disciplina: Geografia A Profª.: Tamara Régis

Aula 1. O Sistema Solar e o Planeta Terra. Disciplina: Geografia A Profª.: Tamara Régis Aula 1. O Sistema Solar e o Planeta Terra. Disciplina: Geografia A Profª.: Tamara Régis A origem do Universo A teoria do Big Bang foi anunciada em 1948 pelo cientista russo naturalizado estadunidense,

Leia mais

Planetário de pobre. Introdução. Materiais Necessários. Vamos simular e entender o movimento da abóbada celeste com uma montagem simples e barata.

Planetário de pobre. Introdução. Materiais Necessários. Vamos simular e entender o movimento da abóbada celeste com uma montagem simples e barata. dução Vamos simular e entender o movimento da abóbada celeste com uma montagem simples e barata. Retirado de Rodolfo Caniato, O Céu, ed. Ática, 1990. Cadastrada por Lucas Assis Material - onde encontrar

Leia mais

ORIENTAÇÃO E LOCALIZAÇÃO

ORIENTAÇÃO E LOCALIZAÇÃO ORIENTAÇÃO E LOCALIZAÇÃO Para se orientar o homem teve de desenvolver sua capacidade de observação. Observando a natureza o homem percebeu que o Sol aparece todas as manhãs aproximadamente, num mesmo lado

Leia mais

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 C E E A A E C B C C

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 C E E A A E C B C C GABARITO 2ª CHAMADA DISCIPLINA: FÍS./GEO. COLÉGIO MONS. JOVINIANO BARRETO 53 ANOS DE HISTÓRIA ENSINO E DISCIPLINA QUEM NÃO É O MAIOR TEM QUE SER O MELHOR Rua Frei Vidal, 1621 São João do Tauape/Fone/Fax:

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2012 Conteúdos Habilidades Avaliação

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2012 Conteúdos Habilidades Avaliação COLÉGIO LA SALLE Associação Brasileira de Educadores Lassalistas ABEL SGAS Q. 906 Conj. E C.P. 320 Fone: (061) 3443-7878 CEP: 70390-060 - BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL Disciplina: Geografia Trimestre: 1º

Leia mais

07 e 08 06/10/2011 Sumário

07 e 08 06/10/2011 Sumário Sumário Correção do TPC. Conclusões da atividade experimental da lição anterior. Como se tornou possível o conhecimento do Universo? Modelos de organização do Universo: Teoria Geocêntrica e Teoria Heliocêntrica.

Leia mais

TECNOLOGIAS DE MONITORAMENTO DE ASTERÓIDES

TECNOLOGIAS DE MONITORAMENTO DE ASTERÓIDES TECNOLOGIAS DE MONITORAMENTO DE ASTERÓIDES Tina Andreolla 1 Já era de se imaginar que o homem não descansaria. A NASA e a ESA são exemplos de agências espaciais financiadas por seus respectivos Estados

Leia mais

As estações do ano acontecem por causa da inclinação do eixo da Terra em relação ao Sol. O movimento do nosso planeta em torno do Sol, dura um ano.

As estações do ano acontecem por causa da inclinação do eixo da Terra em relação ao Sol. O movimento do nosso planeta em torno do Sol, dura um ano. PROFESSORA NAIANE As estações do ano acontecem por causa da inclinação do eixo da Terra em relação ao Sol. O movimento do nosso planeta em torno do Sol, dura um ano. A este movimento dá-se o nome de movimento

Leia mais

Detecção Precisa de Relâmpagos, Perto e Longe

Detecção Precisa de Relâmpagos, Perto e Longe Detecção Precisa de Relâmpagos, Perto e Longe / A Rede de Detecção de Relâmpagos Total GLD360 da Vaisala detecta atividades meteorológicas no mundo inteiro A rede em que você pode confiar! A Rede de Detecção

Leia mais

José Otávio e Adriano 2º ano A

José Otávio e Adriano 2º ano A José Otávio e Adriano 2º ano A Vênus é um planeta que faz parte do Sistema Solar. Está localizado entre os planetas Mercúrio e Terra. Tem esse nome em homenagem a Vênus (deusa do amor da mitologia romana).

Leia mais

Grupo: Irmandade Bruna Hinojosa de Sousa Marina Schiave Rodrigues Raquel Bressanini Thaís Foffano Rocha

Grupo: Irmandade Bruna Hinojosa de Sousa Marina Schiave Rodrigues Raquel Bressanini Thaís Foffano Rocha Projeto de Engenharia Ambiental Sensoriamento remoto e Sistema de Informação Geográfica Grupo: Irmandade Bruna Hinojosa de Sousa Marina Schiave Rodrigues Raquel Bressanini Thaís Foffano Rocha Sensoriamento

Leia mais

A) Ação global. B) Ação Antrópica. C) Ação ambiental. D) Ação tectônic

A) Ação global. B) Ação Antrópica. C) Ação ambiental. D) Ação tectônic Disciplina: Geografia Roteiro de Recuperação Ano / Série: 6º Professor (a): Gabriel Data: / / 2013 Matéria da recuperação. Superficie da Terra. Litosfera, solo e relevo 1- Analise a imagem. www.trabanca.com-acesso:

Leia mais

ANÁLISE PRELIMINAR DO POSSÍVEL METEORITO DE SÃO MAMEDE PB

ANÁLISE PRELIMINAR DO POSSÍVEL METEORITO DE SÃO MAMEDE PB ANÁLISE PRELIMINAR DO POSSÍVEL METEORITO DE SÃO MAMEDE PB HISTÓRICO Por volta de 12h do dia 19 de junho de 2015, o Sr. Jonas Tiburtino Nóbrega, de 32 anos, que trabalha na operação tapaburacos do Departamento

Leia mais

Relações Astronômicas Terra - Sol

Relações Astronômicas Terra - Sol Universidade de São Paulo Departamento de Geografia FLG 0253 - Climatologia I Relações Astronômicas Terra - Sol Prof. Dr. Emerson Galvani Laboratório de Climatologia e Biogeografia LCB Radiação Solar -

Leia mais

OBA Conteúdos das Avaliações Data: 15/5/2015 (6ª feira)

OBA Conteúdos das Avaliações Data: 15/5/2015 (6ª feira) OBA Conteúdos das Avaliações Data: 15/5/2015 (6ª feira) Constituição da Avaliação 5 perguntas de Astronomia; 3 perguntas de Astronáutica; 2 perguntas sobre Energia. Perguntas Práticas e/ou Observacionais

Leia mais

Ciências Naturais 7º ano

Ciências Naturais 7º ano Veículos colocados em órbita da Terra, ou de outros corpos celestes, que permitem a investigação de inúmeros fenómenos no âmbito da Ciência, das telecomunicações, da meteorologia, da luta contra a poluição,

Leia mais

Questão 57. Questão 59. Questão 58. alternativa D. alternativa C

Questão 57. Questão 59. Questão 58. alternativa D. alternativa C OBSERVAÇÃO (para todas as questões de Física): o valor da aceleração da gravidade na superfície da Terra é representada por g. Quando necessário adote: para g, o valor de 10 m/s 2 ; para a massa específica

Leia mais

O UNIVERSO EM SUAS MÃOS

O UNIVERSO EM SUAS MÃOS 2010 2010 O UNIVERSO EM SUAS MÃOS Pesquisa e Texto Jacqueline Barbosa Ferreira Revisão Lucas Forni Miranda Natalia Oliveira da Silva Arte Givanilson L. Góes Projeto Academia de Ciência Escola Estadual

Leia mais

A dinâmica do relevo terrestre e A hidrografia terrestre

A dinâmica do relevo terrestre e A hidrografia terrestre 1 O relevo terrestre é formado e modelado pela ação de diversos agentes internos (movimentos tectônicos, vulcanismo, terremoto) e externos (ação das águas, do vento e do próprio homem). Explique de que

Leia mais

Prof: Franco Augusto

Prof: Franco Augusto Prof: Franco Augusto Efeito de latitude A forma esférica da Terra, faz os raios solares chegarem com intensidades variadas nas diversas porções do planeta. Nas áreas próximas à linha do Equador, com baixas

Leia mais

Introdução ao Sensoriamento Remoto

Introdução ao Sensoriamento Remoto Introdução ao Sensoriamento Remoto Cachoeira Paulista, 24 a 28 novembro de 2008 Bernardo Rudorff Pesquisador da Divisão de Sensoriamento Remoto Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE Sensoriamento

Leia mais

Sistemas Wireless: Comunicação via satélite. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com

Sistemas Wireless: Comunicação via satélite. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com Sistemas Wireless: satélite. Prof. Armando Martins de Souza E-mail: armandomartins.souza@gmail.com Satélite Aspectos Gerais Os satélites de comunicação: Surgiram na década de 60. Contendo características

Leia mais

XI OLIMPÍADA REGIONAL DE CIÊNCIAS-2009 O Sistema Solar

XI OLIMPÍADA REGIONAL DE CIÊNCIAS-2009 O Sistema Solar XI OLIMPÍADA REGIONAL DE CIÊNCIAS-2009 O Sistema Solar Gabarito Primeira Fase Cruzadinha 3 6 1 V Ê N U S E 2 L U A 8 1 S N M 3 E S P E C T R O S C O P I A Q 2 R R U T E 4 É I 4 E C L Í P T I C A 7 N R

Leia mais

Venus Express. 11 de Abril: Inserção em Órbita de Vénus

Venus Express. 11 de Abril: Inserção em Órbita de Vénus Venus Express 11 de Abril: Inserção em Órbita de Vénus 1 O Planeta Vénus Índice O Planeta Vénus...2 Venus Express...3 Dia 11 de Abril...4 Contactos...5 Mais informações...5 Planeta Vénus está coberto por

Leia mais

Leis de Newton e Forças Gravitacionais

Leis de Newton e Forças Gravitacionais Introdução à Astronomia Leis de Newton e Forças Gravitacionais Rogério Riffel Leis de Newton http://www.astro.ufrgs.br/bib/newton.htm Newton era adepto das ideias de Galileo. Galileo: Um corpo que se move,

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2014 Conteúdos Habilidades Avaliação

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2014 Conteúdos Habilidades Avaliação COLÉGIO LA SALLE Associação Brasileira de Educadores Lassalistas ABEL SGAS Q. 906 Conj. E C.P. 320 Fone: (061) 3443-7878 CEP: 70390-060 - BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL Disciplina: Geografia Trimestre: 1º

Leia mais

Leis e Modelos Científicos

Leis e Modelos Científicos Leis e Modelos Científicos Pág 2 Antes de existir meios para desenvolver pesquisas em relação à Ciência, a maior parte dos seres humanos tinham a ideia de que o mundo apareceu devido a uma obra divina.

Leia mais

Considera-se que o Sistema Solar teve origem há cerca de 5 mil milhões de anos.

Considera-se que o Sistema Solar teve origem há cerca de 5 mil milhões de anos. 19 e 20 17/11/2011 Sumário Correção do TPC. Como se formou o Sistema Solar? Constituição do Sistema Solar. Os planetas do Sistema Solar. Principais características dos planetas do Sistema Solar. Outros

Leia mais

INTRODUÇÃO À ASTRONOMIA SANDRO FERNANDES

INTRODUÇÃO À ASTRONOMIA SANDRO FERNANDES INTRODUÇÃO À ASTRONOMIA SANDRO FERNANDES O que é a Astronomia? É a ciência que estuda o universo, numa tentativa de perceber a sua estrutura e evolução. Histórico É a ciência mais antiga. Os registros

Leia mais

Encontrando o seu lugar na Terra

Encontrando o seu lugar na Terra Encontrando o seu lugar na Terra A UU L AL A Nesta aula vamos aprender que a Terra tem a forma de uma esfera, e que é possível indicar e localizar qualquer lugar em sua superfície utilizando suas coordenadas

Leia mais

2.1 Astros do Sistema Solar

2.1 Astros do Sistema Solar 2.1 Astros do Sistema Solar 2.1 Astros do Sistema Solar Constituição do Sistema Solar Sol Planetas (e respetivos satélites) Asteroides Cometas Planetas anões Sol 2.1 Astros do Sistema Solar Constituição

Leia mais

COLÉGIO MARISTA - PATOS DE MINAS 2º ANO DO ENSINO MÉDIO - 2013 Professor : Bruno Matias Telles 1ª RECUPERAÇÃO AUTÔNOMA ROTEIRO DE ESTUDO - QUESTÕES

COLÉGIO MARISTA - PATOS DE MINAS 2º ANO DO ENSINO MÉDIO - 2013 Professor : Bruno Matias Telles 1ª RECUPERAÇÃO AUTÔNOMA ROTEIRO DE ESTUDO - QUESTÕES COLÉGIO MARISTA - PATOS DE MINAS 2º ANO DO ENSINO MÉDIO - 2013 Professor : Bruno Matias Telles 1ª RECUPERAÇÃO AUTÔNOMA ROTEIRO DE ESTUDO - QUESTÕES Estudante: Turma: Data: / / QUESTÃO 1 Analise o mapa

Leia mais

"O que não está sendo divulgado na mídia"

O que não está sendo divulgado na mídia "O que não está sendo divulgado na mídia". Essa nova versão possui mais fotos e foi disponibilizada na internet por: Clélia Dahlem da Silva. Realmente não sabemos nada, ou muito pouco, sobre a transição

Leia mais

RESUMO O trabalho apresenta resultados de um estudo sobre o texto A Geometria do Globo Terrestre

RESUMO O trabalho apresenta resultados de um estudo sobre o texto A Geometria do Globo Terrestre Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente, 22 a 25 de outubro, 2012 43 O ÂNGULO DE ELEVAÇÃO DO SOL E A ENERGIA SOLAR Antonio da Silva Gomes Júnior 1, José Paulo Rodrigues da Silveira,

Leia mais

Astrofotografia do sistema solar

Astrofotografia do sistema solar Astrofotografia do sistema solar Jéssica de SOUZA ALVES 1 ; Mayler MARTINS 2 1 Estudante do curso Técnico em Informática Integrado ao Ensino Médio, Bolsista de Iniciação Científica Júnior (PIBICJr) FAPEMIG.

Leia mais

Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica Corpo de Criação e Desenvolvimento. Processo de Seleção para Olimpíadas Internacionais de 2012

Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica Corpo de Criação e Desenvolvimento. Processo de Seleção para Olimpíadas Internacionais de 2012 Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica Corpo de Criação e Desenvolvimento Processo de Seleção para Olimpíadas Internacionais de 2012 Primeira Prova Nesta prova há 32 questões de diferentes níveis

Leia mais

Centro Educacional Juscelino Kubitschek

Centro Educacional Juscelino Kubitschek Centro Educacional Juscelino Kubitschek ALUNO: N.º: DATA: / /2011 ENSINO FUNDAMENTAL SÉRIE: 5ª SÉRIE / 6º ANO DISCIPLINA: GEOGRAFIA PROFESSOR: Equipe de Geografia CAROS ALUNOS (AS): Roteiro de Estudos

Leia mais

Observar a paisagem. Nesta aula, vamos verificar como a noção de

Observar a paisagem. Nesta aula, vamos verificar como a noção de A U A UL LA Observar a paisagem Nesta aula, vamos verificar como a noção de paisagem está presente na Geografia. Veremos que a observação da paisagem é o ponto de partida para a compreensão do espaço geográfico,

Leia mais

RADIAÇÃO SOLAR E TERRESTRE. Capítulo 3 Meteorologia Básica e Aplicações (Vianello e Alves)

RADIAÇÃO SOLAR E TERRESTRE. Capítulo 3 Meteorologia Básica e Aplicações (Vianello e Alves) RADIAÇÃO SOLAR E TERRESTRE Capítulo 3 Meteorologia Básica e Aplicações (Vianello e Alves) INTRODUÇÃO A Radiação Solar é a maior fonte de energia para a Terra, sendo o principal elemento meteorológico,

Leia mais