Campos eletromagnéticos de estações radiobase de telefonia celular/ Dossiê de Saúde

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Campos eletromagnéticos de estações radiobase de telefonia celular/ Dossiê de Saúde"

Transcrição

1 Campos eletromagnéticos de estações radiobase de telefonia celular/ Dossiê de Saúde

2

3 Conteúdo 1 Introdução 1 2 O que é um sistema celular? 2 3 Como um sistema celular funciona 2 Telefones celulares 2 Sites de estações radiobase 3 4 Direcionamento da antena 4 5 Preocupações com a saúde 4 6 Estudos e orientações de segurança 5 Demonstrando a conformidade com as normas 6 7 Considerações sobre o projeto do site 7 8 Informações sobre o site 8 9 Consulta à comunidade 8 10 Fontes adicionais de informação 9 11 Glossário 9 Definições 9 1 Introdução Houve um crescimento substancial no uso dos serviços de comunicações móveis ao longo dos últimos anos, e esse crescimento deverá continuar no futuro próximo, com a introdução da quarta geração (4G) de tecnologias móveis. Com esse crescimento, vem o inevitável aumento no número de sites de estação radiobase, acompanhado do aumento do interesse público sobre os possíveis impactos desses sistemas de comunicação. Este documento pretende, portanto, abordar essas preocupações, fornecendo informações básicas sobre o funcionamento dos sistemas de comunicações móveis, e também oferecer respostas a algumas das perguntas mais frequentes com relação a saúde e segurança. PÁGINA 1

4 2 O que é um sistema celular? As redes de comunicações móveis são divididas em zonas geográficas denominadas células, cada uma delas atendida por uma estação radiobase (Figura 1). Os telefones celulares são o vínculo do usuário com a rede. O sistema é planejado para garantir que os telefones celulares possam manter o vínculo com a rede à medida que os usuários se movimentam de uma célula para a outra. Figura 1: Modelação teórica de uma rede Para se comunicar uns com os outros, telefones celulares e estações radiobase trocam sinais de rádio. O nível destes sinais é cuidadosamente otimizado para que a rede tenha um desempenho satisfatório. Eles também são rigidamente regulados para evitar a interferência com outros sistemas de rádio utilizados, como, por exemplo, serviços de emergência, táxis, rádio e televisão. Figura 2: Exemplo da área de cobertura de uma estação radiobase 3 Como um sistema celular funciona Telefones celulares Quando um telefone celular é ligado, ele responde a sinais específicos de controle das estações radiobase próximas. Depois de encontrar a estação radiobase mais próxima da rede à qual ele pertence, ele inicia uma conexão. O telefone irá então permanecer dormente, e realizará atualizações ocasionais junto à rede, até que o usuário decida fazer uma chamada ou que uma chamada seja recebida. Os telefones celulares usam controle automático de potência como um meio de reduzir a potência transmitida ao mínimo possível, mantendo a boa qualidade da chamada. Por exemplo, ao se usar um telefone, a média de produção de energia pode variar entre o nível mínimo, de cerca de 0,001 watt, e o nível máximo, que é menor do que um watt. Este recurso foi concebido para prolongar a vida da bateria e o tempo de conversação possível. Figura 3: A intensidade do sinal é influenciada por vários fatores, mas a proximidade de uma estação radiobase é um dos mais importantes. PÁGINA 2

5 Outro aspecto de uma rede móvel é que quando o usuário se movimenta enquanto fala, a rede precisa poder passar a chamada de uma estação radiobase para a outra. Este processo é chamado de 'entrega' literalmente, a rede entrega a chamada de uma estação radiobase para outra e acontece de forma transparente, sem que o usuário se dê conta da mudança. Sites de estações radiobase Os níveis de potência de transmissão das estações radiobase variam consideravelmente, dependendo da área necessária ou "célula" à qual elas estão fornecendo cobertura. Tipicamente, a potência transmitida a partir de uma estação radiobase externa pode variar de alguns watts a cerca de 100 watts, enquanto a potência de estações radiobase internas de saída é ainda menor. Para fins de comparação, 100 watts equivale a uma lâmpada padrão usada nas nossas casas. Uma estação radiobase é composta de vários componentes diferentes - incluindo um abrigo de equipamentos, uma torre ou mastro que proporcione a altura necessária para oferecer melhor cobertura, e os transceptores e antenas localizados no topo da torre ou mastro - ou, em alguns casos, presos ao topo de edifícios, onde o prédio em si fornece altura suficiente. As antenas têm geralmente cerca de cm de largura e até alguns metros de comprimento, dependendo da frequência de operação. Essas antenas emitem energia eletromagnética de radiofrequência (RF), também chamada de ondas de rádio, em feixes que são tipicamente muito estreitos na direção vertical (altura), mas bastante largos no sentido horizontal (largura). Por causa disso, a energia de RF no nível do solo imediatamente abaixo da antena é muito baixa. Para ajudar a garantir que as exposições públicas permaneçam dentro dos limites estabelecidos, as antenas normalmente são elevadas, e onde as cercas necessárias, ou outros meios para restringir o acesso, sejam usados em conjunto com sinalização adequada para garantir que somente pessoas autorizadas possam acessar a área imediatamente em torno de uma estação radiobase. A consequência dessas medidas é que nas áreas em torno das estações de base que são acessíveis ao público, os níveis de RF geralmente estão muitas vezes abaixo dos limites internacionais de segurança. PÁGINA 3

6 4 Direcionamento da antena Isso é particularmente relevante porque há uma falsa concepção de que as emissões são mais fortes diretamente sob as antenas, o que explica parte da preocupação com aquelas colocadas em escolas ou edifícios residenciais. Qualquer que seja o equipamento, a intensidade das ondas de rádio diminui rapidamente à medida que se desloca a partir da antena. No espaço livre, a intensidade cai para um quarto quando a distância dobra. Na realidade, a intensidade diminui muito mais rapidamente do que isso, devido à perda de intensidade do sinal (também conhecida como "atenuação") causada por obstáculos, tais como árvores e edifícios. Algumas pessoas perguntam por que os equipamentos de estação radiobase nem sempre são colocados em áreas industriais ou remotas. Há várias razões: em primeiro lugar, se o equipamento for colocado muito longe dos usuários, não só gera má qualidade de comunicação, mas também faz com que os telefones aumentem a sua potência de saída para manter a conexão, diminuindo assim a vida útil da bateria e o tempo de conversação. Em segundo lugar, existem limitações práticas para a área geográfica que uma estação de base pode efetivamente atender, especialmente onde há um grande número de usuários. Nesse caso, as estações radiobase precisam estar mais próximas umas das outras para oferecer capacidade aumentada, em vez de cobertura, e como resultado dessa proximidade, cada estação radiobase precisa funcionar com níveis de potência muito baixos para evitar a interferência com as outras nas proximidades. Portanto, uma rede corretamente projetada irá otimizar a cobertura e a capacidade e, portanto, operar apenas com os níveis de energia mais baixos necessários para proporcionar uma boa comunicação. 5 Preocupações com a saúde Os campos de RF são não-ionizantes e não perturbam a estrutura molecular do material biológico. A mundialmente reconhecida e independente "Comissão Internacional de Proteção Contra Radiações Não Ionizantes" (ICNIRP) lançou diretrizes que fornecem níveis de exposição RF considerados seguros para todos os membros da comunidade. Todos os efeitos estabelecidos de exposição à RF nas frequências usadas para comunicações móveis estão relacionadas ao aquecimento. Os efeitos 'não-térmicos', como são chamados, têm sido, e continuam a ser, avaliados. Até o momento, o ponto de vista dos especialistas em saúde é que a literatura sobre os efeitos não-térmicos é inconsistente e sua relevância para a saúde humana incerta demais para que este conjunto de informações seja utilizado como base para o estabelecimento de limites à exposição humana a campos de radiofrequência. PÁGINA 4

7 A profundidade a que as ondas de rádio penetram nos tecidos depende da frequência utilizada. Quando a energia da onda de rádio é absorvida pelo corpo, um efeito de aquecimento pode ocorrer, dependendo da intensidade de exposição. O nível de aquecimento que vai ocorrer a partir da exposição a ondas de rádio dentro das diretrizes de exposição é muito baixo, e os processos de termorregulação normais do corpo efetivamente dissipam qualquer calor que possa ser gerado. Nenhum estudo confirmado demonstrou efeitos adversos para a saúde em níveis de exposição abaixo dos níveis das diretrizes da ICNIRP. 6 Estudos e orientações de segurança Os efeitos biológicos dos campos eletromagnéticos de radiofrequência vêm sendo estudados há mais de 50 anos, com mais de 200 milhões gastos em pesquisas na última década. As diretrizes da ICNIRP foram amplamente adotadas internacionalmente e se transformaram em normas nacionais de segurança. As diretrizes aplicam-se aos telefones móveis, bem como aos sites de estação radiobase, e incorporam amplas margens de segurança para proteger contra todos os efeitos estabelecidos da exposição à RF. Não existem efeitos adversos para a saúde em níveis de exposição abaixo dos níveis das diretrizes da ICNIRP. Existem mais de publicações revisadas por pares no banco de dados de pesquisa relativas aos efeitos biológicos dos campos de RF. Incluídos nestes mais de trabalhos estão mais de 690 estudos, avaliações de pares independentes realizadas nas frequências usadas por comunicações móveis. Mais de um terço deles buscaram associações entre o câncer e as ondas de rádio. Informações sobre os vários estudos realizados neste campo estão disponíveis no site da Organização Mundial da Saúde (OMS): Em 2004, a OMS disse: "Na área dos efeitos biológicos e aplicações médicas de radiações não-ionizantes, cerca de 25 mil artigos foram publicados ao longo dos últimos 30 anos. Apesar do sentimento de algumas pessoas de que mais pesquisas precisam ser feitas, o conhecimento científico nesta área é mais extenso do que o existente para a maioria dos produtos químicos. Com base em uma recente revisão aprofundada da literatura científica, a OMS concluiu que a evidência atual não confirma a existência de quaisquer consequências para a saúde da exposição a campos eletromagnéticos de baixo nível." As diretrizes de exposição foram desenvolvidas pela ICNIRP e são baseadas em uma análise cuidadosa da literatura científica (tendo em conta tanto efeitos térmicos quanto não-térmicos) e fornecem proteção contra todos os perigos identificados de exposição à RF com grandes margens de segurança. PÁGINA 5

8 Os pontos de vista do setor sobre os efeitos da exposição à RF de telefones celulares e estações radiobase sobre a saúde são baseadas nas conclusões de vários painéis de peritos criados por entidades oficiais nacionais e internacionais. Esses painéis revisaram a literatura científica ao longo dos últimos 10 anos e concluíram de forma consistente que não há nenhuma evidência crível ou convincente de que a exposição à RF dos telefones celulares ou estações radiobase operando dentro dos limites de exposição da ICNIRP provoca quaisquer efeitos adversos para a saúde humana. Demonstrando a conformidade com as normas Embora os telefones móveis de hoje só emitam, em média, um máximo de algumas centenas de miliwatts, eles são mantidos em estreita proximidade com o corpo e, assim, expõem o usuário a níveis locais de exposição aos campos eletromagnéticos que são relativamente mais elevados do que os das estações radiobase. O conceito de Taxa de Absorção Específica (SAR) foi introduzido para quantificar a quantidade de energia absorvida pelo corpo, e para demonstrar a conformidade com as normas de segurança nacionais e internacionais. O SAR de um telefone é determinado pela operação do aparelho perto de um modelo da cabeça ou do corpo. O modelo é preenchido com um líquido, que exibe as propriedades elétricas dos tecidos do corpo. Uma sonda SAR é operada dentro do modelo e uma medição tridimensional é realizada para determinar o maior SAR e verificar se este está abaixo do limite. No que diz respeito aos locais das estações radiobase, o modelo mais simples de propagação RF é o modelo de "espaço livre", no qual a intensidade cai para um quarto quando a distância dobra. No entanto, como mencionado anteriormente, na realidade ela cai muito mais rapidamente do que isso devido à perda de força do sinal provocada pela absorção das árvores, dos edifícios e da terra em si. Para medir os níveis de RF para fins de conformidade, tomase a maior potência transmitida e o foco máximo da antena, e usa-se ambos para calcular os níveis de energia RF a qualquer distância de uma antena. Geralmente, devido à altura dos mastros das antenas, ao foco da antena e a outros fatores, as emissões de RF dos sites de estações radiobase são menores que as diretrizes da ICNIRP. Em áreas acessíveis ao público, medidas e cálculos descobriram que os níveis de exposição estão muito abaixo das diretrizes internacionais, geralmente por um fator de 500 vezes ou mais. PÁGINA 6

9 7 Considerações sobre o projeto do site Durante a última década, o design dos equipamentos móveis de comunicação amadureceu rapidamente, com uma tendência geral em direção a equipamentos de menor porte que oferecem funcionalidade igual ou superior. As antenas de estações radiobase têm, porém, demonstrado tendência a permanecerem visíveis, já que os engenheiros de rádio podem obter desempenho ótimo quando as antenas são montadas em terrenos altos (ou no topo de edifícios) longe de obstruções físicas (outros edifícios, árvores, etc.) Um projeto criativo de antena e torre de mastro é capaz de reduzir significativamente o impacto visual dos equipamentos de infraestrutura de comunicações móveis. Alguns exemplos destas soluções criativas: Estação radiobase integrada à fachada de um edifício Estação radiobase integrada a um edifício histórico Estação radiobase integrada a um poste de luz Estação radiobase integrada à fachada de um edifício PÁGINA 7

10 8 Informações sobre o site A fim de informar adequadamente o público, as operadoras de redes móveis muitas vezes fornecem dados sobre as estações radiobase por meio da Internet. Você pode encontrar alguns exemplos de tais iniciativas no site do MMF, em 9 Consulta à comunidade Apesar da crescente utilização das comunicações móveis, a colocação de equipamentos de infraestrutura de comunicações em meio às comunidades ou na zona rural visível tende a gerar respostas fortes. Predominantemente, as preocupações relacionam-se a interferências na paisagem, valores de propriedades vizinhas sendo afetados negativamente e especulações de que a operação do equipamento possa gerar doenças. Em algumas áreas, os sentimentos públicos foram ainda mais agravados pela falta real ou percebida de consulta e informação factual. Ao considerar a colocação da infraestrutura de comunicações, sugere-se que; Os representantes da comunidade sejam convidados a ver os planos e que recebam informações factuais independentes relacionadas a problemas de saúde. Em áreas de sensibilidade visual, a adoção de soluções visualmente atraentes deve ser considerada. É importante que o público tenha conhecimento de tais instalações, a fim de evitar a preocupação de que o equipamento esteja sendo "escondido". Em regiões onde os códigos de boas práticas estejam em vigor, a aplicação dos requisitos deve ser feita de forma aberta e transparente. Equipamentos projetados de forma sensata, implantados após consulta aberta, têm mais chances de atender às demandas do público, dos operadores e das autoridades locais, e de minimizar atrasos e preocupações desnecessárias. PÁGINA 8

11 10 Fontes adicionais de informação 1 Projeto de Campos Eletromagnéticos da Organização Mundial da Saúde. 2 Diretrizes da ICNIRP sobre limitação da exposição a campos elétricos, magnéticos e eletromagnéticos variáveis no tempo (até 300 GHz). 3 Conselho da Recomendação de 12 de julho de 1999 da União Europeia, relativa à limitação da exposição da população aos campos eletromagnéticos (0 Hz a 300 GHz) (1999/519/CE): 4 DG Ambiente da UE sobre EMF. environmentemf / emf_en.htm 5 Fatos sobre Telefones Celulares - Informações sobre telefones sem fio para consumidores. 6 Agência de Proteção à Saúde do Reino Unido ? P = Telecomunicações móveis e pesquisa em saúde. 8 Relatório do Conselho de Saúde dos Países Baixos. 9 Agência de Proteção Contra Radiação e Segurança Nuclear da Austrália. 10 Centro de Recursos de Informações sobre Wireless (WIRC) do Canadá 11 Glossário Definições Muitas vezes, uma das maiores barreiras para o entendimento é a terminologia utilizada pelos meios de comunicação, cientistas e engenheiros. É útil conhecer os seguintes termos: 2G 3G Aérea; Antena Analógica ANSI 2G, ou Segunda Geração dos sistemas de comunicações móveis, é a tecnologia utilizada atualmente na operação dos telefones celulares. 3G, ou Terceira Geração, é o termo genérico utilizado para a próxima geração de sistemas de comunicação móvel. Os novos sistemas irão reforçar os serviços disponíveis hoje e oferecer multimídia e acesso à internet e a capacidade de visualizar imagens de vídeo. Um dispositivo a partir do qual as ondas de rádio são recebidas. Existem diferentes modelos em operação. Uma haste de metal ou fio para enviar e receber ondas de rádio ou micro-ondas. Primeira tecnologia de telefonia móvel, extinta em favor da tecnologia digital Segunda Geração. Instituto Nacional Americano de Padrões. PÁGINA 9

12 Bluetooth Cabine Célula Eletromagnético Ondas; Campos; Campo Elétrico EMC EMF ETSI Far Field FCC Cabo de alimentação Intensidade Frequência Baseada em um link de rádio de curto alcance de baixo custo, tecnologia essa tecnologia pode conectar vários tipos de dispositivos digitais sem um único cabo em vista, dando mais liberdade de movimento. Estrutura que protege os Transmissores e receptores de danos. Ela pode ter a forma de uma grande Cabine ou de um gabinete menor. A área geográfica de cobertura que as Estações Radiobase cobrem. As ondas eletromagnéticas são emitidas por fontes naturais e feitas pelo homem e desempenham um papel muito importante. As ondas eletromagnéticas são usadas para e receber sinais de telefones celulares e das suas estações radiobase. O tipo de onda que os telefones usam é chamada de onda/campo de radiofrequência (RF). Um campo de força em torno de um corpo carregado ou associado a um campo magnético flutuante, com o qual partículas carregadas interagem. Compatibilidade eletromagnética. Campos eletromagnéticos. Instituto Europeu de Padrões para Telecomunicações. A área que se estende a partir de uma antena onde os campos elétricos e magnéticos estão em fase uns com os outros e estão relacionados pela impedância característica do espaço livre. Comissão Federal de Comunicação (EUA). O cabo coaxial que conecta uma antena a uma estação radiobase transmissora ou receptora. A amplitude dos campos elétricos ou magnéticos. Relacionada à densidade de potência através da do espaço livre. Frequência é o número de vezes por segundo que uma onda eletromagnética oscila. Ela determina as propriedades e o uso da onda. Frequências são medidas em hertz (Hz). 1 Hz é uma oscilação por segundo, 1 khz é mil, 1 MHz é um milhão e 1GHz é mil milhões. Frequências entre 30 khz e 300 GHz são amplamente utilizadas para telecomunicações, transmissão de rádio e televisão, e compreendem a banda de frequência de rádio. Os sistemas de telefonia móvel operam em 900MHz e 1800MHz. PÁGINA 10

13 GSM GSM (Sistema Global para Comunicações Móveis) é um padrão mundial de tecnologia de comunicação digital. HPA Em 1º de abril de 2005, a agência foi estabelecida como um organismo público não-departamental, substituindo o HPA SpHA e o Conselho de Proteção Radiológica Nacional (NRPB) e com a proteção contra as radiações como parte de proteção da saúde incorporada à sua esfera de competências. O papel da Agência de Proteção à Saúde é fornecer uma abordagem integrada para proteger a saúde pública no Reino Unido por meio da prestação de suporte e aconselhamento para o NHS, autoridades locais, serviços de emergência, outros organismos diretamente conectados, o Departamento de Saúde e as Administrações Descentralizadas. IARC Agência Internacional para Pesquisa sobre o Câncer (IARC). ICNIRP IEC A Comissão Internacional de Proteção contra a Radiação Nãoionizante (ICNIRP) é um órgão científico independente que produziu um conjunto internacional de diretrizes para a exposição pública de ondas de radiofrequência. Essas diretrizes foram recomendadas no Relatório Stewart e adotadas pelo Governo do Reino Unido, substituindo as diretrizes do National Radiological Protection Board (NRPB). Comissão Eletrotécnica Internacional. IEEE Instituto dos Engenheiros Elétricos e Eletrônicos. Radiadores Intencionais Radiadores intencionais são projetados para irradiar EMF e os níveis que eles emitem são estritamente controlados por diretrizes da EMC e do EMF. Ionizante Um processo no qual um átomo ou molécula perde ou ganha elétrons, adquirindo uma carga elétrica ou alterando uma carga existente. Macrocélula Uma macrocélula oferece a maior área de cobertura dentro de uma rede móvel. As antenas para macrocélulas podem ser montadas em mastros terrestres, telhados e outras estruturas existentes. Elas devem ser posicionados a uma altura que não seja obstruída pelo terreno ou por edifícios. As macrocélulas proporcionam cobertura de rádio sobre distâncias variáveis, dependendo da frequência utilizada, do número de chamadas feitas e do terreno físico. Estações radiobase de macrocélulas têm uma saída de potência típica de dezenas de watts. PÁGINA 11

14 Mastro A estrutura terrestre que suporta antenas a uma altura em que eles possam enviar e receber ondas de rádio de forma satisfatória. Um mastro típico tem 15m de altura, e é construído em malha de aço ou aço tubular. Novas versões mais delgadas de mastros já estão disponíveis, e elas podem ser pintadas para combinar com o ambiente, disfarçadas como árvores ou usadas em conjunto com iluminação e câmeras de CFTV. Os mastros em si não desempenham qualquer papel na transmissão das ondas de rádio. Nível de emissão máxima ao solo Microcélula NCRP Near Field NRPB Picocélula Potência Densidade Estação Radiobase O nível de emissão máxima ao solo, ou o feixe de maior intensidade, ocorre geralmente a entre 50m e 200m de uma antena. A emissão do nível do solo dentro desta área é a mais alta circulando uma estação radiobase. No geral ela é milhares de vezes menores do que as diretrizes internacionais de exposição pública. Os níveis de emissão reduzem rapidamente à medida que a distância aumenta a partir da antena. Os níveis mais elevados de emissões estão diretamente em frente à antena. As microcélulas fornecem cobertura e capacidade adicional onde há um elevado número de usuários dentro das macrocélulas urbanas e suburbanas. As antenas de microcélulas são montadas no nível da rua, geralmente nas paredes externas de estruturas existentes, postes de iluminação e outros móveis de rua. As antenas de microcélulas são menores do que as antenas e quando montadas sobre as estruturas existentes podem ser disfarçadas como características de construção. As microcélulas fornecem cobertura ao longo de distâncias, normalmente entre 300m e 1000m, e têm menores potências de saída em comparação com as macrocélulas, geralmente alguns watts. Conselho Nacional de Proteção Contra Radiações e Medições. O campo próximo é a região perto de uma antena, onde os campos elétricos e magnéticos não estão relacionados uns aos outros apenas pela impedância característica do espaço livre. Veja HPA, Agência de Proteção à Saúde. Uma picocélula fornece a cobertura mais localizada do que uma microcélula. Elas são normalmente encontradas no interior de em que a cobertura é fraca ou quando há um número elevado de usuários, tais como terminais de aeroportos, estações de trem ou centros comerciais. A energia que flui de uma antena por meio de uma unidade de área perpendicular à direção de propagação em uma unidade de tempo. Ela é medida em watts por metro quadrado. Uma estação radiobase é um site de macrocélulas, microcélulas e consiste de transmissores ou picocélulas e receptores em uma cabine ou gabinete conectado a antenas por um cabo de alimentação. PÁGINA 12

15 RF Radiofrequência. SAR SAR (Taxa de Absorção Específica) é uma medida da quantidade de energia de RF absorvida em qualquer parte do corpo humano, devido ao uso de equipamentos tais como telefones celulares ou pela exposição à área próxima de outras fontes de transmissão. Segunda Geração Ver 2G. Antena setorizada Mast Stub TETRA Uma antena que transmite ou recebe sinais de níveis mais elevados numa direção horizontal. A estação radiobase é dividida em vários setores (geralmente 3 ou 6) para fornecer uma cobertura de 360 graus. Uma estrutura de mastro montada sobre um telhado que suporta múltiplas antenas a uma altura em que ela possa enviar e receber ondas de rádio de forma satisfatória. Um stub mast geralmente tem de 4m a e construção de treliça de aço. Os stub masts em si não desempenham qualquer papel na transmissão das ondas de rádio. TErrestrial Trunked RAdio, geralmente usado por empresas de serviços públicos de serviços públicos e serviços de emergência. Terceira Geração Ver 3G. Quociente Total Exposição Transmissor UMTS Radiadores Não-intencionais Comprimento de banda WLAN WMAN A soma dos quocientes de exposição a todas as bandas de de frequência em um único local. Equipamento eletrônico que gera frequência de rádio energia eletromagnética e está ligado a uma antena via cabo de alimentação. O Sistema de Telecomunicações Móveis Universal (UMTS) é parte da visão internacional de uma família global de sistemas de comunicação móvel de terceira geração. Alguns países se referem a isso como 3G. Radiadores não-intencionais não são projetados para irradiar campos Qualquer campo eletromagnéticos. emitidos por eles são controlados por diretrizes da EMC. Comprimento de banda é a distância em metros entre pontos "semelhantes" em uma onda de rádio. A esta porção da chamamos um ciclo completo. Quanto menor a frequência de uma onda, maior o comprimento da onda. Rede de área local sem fio (WLAN) é tecnologia de rádio de que proporciona zonas especiais para acessar uma rede de área local durante um curto intervalo, por exemplo, em aeroportos ou hotéis. Uma rede de área metropolitana sem fio (WMAN) fornece conexão sem fio para usuários de banda larga ou multimídia em um intervalo médio, por exemplo, cobrindo pequenas áreas urbanas. PÁGINA 13

16 Diamant Building 80 Boulevard A. Reyers B-1030 Bruxelas, Bélgica Telefone Fax Internet MMF 2008 November 2008

17 Campos eletromagnéticos de estações radiobase de telefonia celular/ Dossiê de Saúde

18

19 Conteúdo 1 Introdução 1 2 O que é um sistema celular? 2 3 Como um sistema celular funciona 2 Telefones celulares 2 Sites de estações radiobase 3 4 Direcionamento da antena 4 5 Preocupações com a saúde 4 6 Estudos e orientações de segurança 5 Demonstrando a conformidade com as normas 6 7 Considerações sobre o projeto do site 7 8 Informações sobre o site 8 9 Consulta à comunidade 8 10 Fontes adicionais de informação 9 11 Glossário 9 Definições 9 1 Introdução Houve um crescimento substancial no uso dos serviços de comunicações móveis ao longo dos últimos anos, e esse crescimento deverá continuar no futuro próximo, com a introdução da quarta geração (4G) de tecnologias móveis. Com esse crescimento, vem o inevitável aumento no número de sites de estação radiobase, acompanhado do aumento do interesse público sobre os possíveis impactos desses sistemas de comunicação. Este documento pretende, portanto, abordar essas preocupações, fornecendo informações básicas sobre o funcionamento dos sistemas de comunicações móveis, e também oferecer respostas a algumas das perguntas mais frequentes com relação a saúde e segurança. PÁGINA 1

20 2 O que é um sistema celular? As redes de comunicações móveis são divididas em zonas geográficas denominadas células, cada uma delas atendida por uma estação radiobase (Figura 1). Os telefones celulares são o vínculo do usuário com a rede. O sistema é planejado para garantir que os telefones celulares possam manter o vínculo com a rede à medida que os usuários se movimentam de uma célula para a outra. Figura 1: Modelação teórica de uma rede Para se comunicar uns com os outros, telefones celulares e estações radiobase trocam sinais de rádio. O nível destes sinais é cuidadosamente otimizado para que a rede tenha um desempenho satisfatório. Eles também são rigidamente regulados para evitar a interferência com outros sistemas de rádio utilizados, como, por exemplo, serviços de emergência, táxis, rádio e televisão. Figura 2: Exemplo da área de cobertura de uma estação radiobase 3 Como um sistema celular funciona Telefones celulares Quando um telefone celular é ligado, ele responde a sinais específicos de controle das estações radiobase próximas. Depois de encontrar a estação radiobase mais próxima da rede à qual ele pertence, ele inicia uma conexão. O telefone irá então permanecer dormente, e realizará atualizações ocasionais junto à rede, até que o usuário decida fazer uma chamada ou que uma chamada seja recebida. Os telefones celulares usam controle automático de potência como um meio de reduzir a potência transmitida ao mínimo possível, mantendo a boa qualidade da chamada. Por exemplo, ao se usar um telefone, a média de produção de energia pode variar entre o nível mínimo, de cerca de 0,001 watt, e o nível máximo, que é menor do que um watt. Este recurso foi concebido para prolongar a vida da bateria e o tempo de conversação possível. Figura 3: A intensidade do sinal é influenciada por vários fatores, mas a proximidade de uma estação radiobase é um dos mais importantes. PÁGINA 2

21 Outro aspecto de uma rede móvel é que quando o usuário se movimenta enquanto fala, a rede precisa poder passar a chamada de uma estação radiobase para a outra. Este processo é chamado de 'entrega' literalmente, a rede entrega a chamada de uma estação radiobase para outra e acontece de forma transparente, sem que o usuário se dê conta da mudança. Sites de estações radiobase Os níveis de potência de transmissão das estações radiobase variam consideravelmente, dependendo da área necessária ou "célula" à qual elas estão fornecendo cobertura. Tipicamente, a potência transmitida a partir de uma estação radiobase externa pode variar de alguns watts a cerca de 100 watts, enquanto a potência de estações radiobase internas de saída é ainda menor. Para fins de comparação, 100 watts equivale a uma lâmpada padrão usada nas nossas casas. Uma estação radiobase é composta de vários componentes diferentes - incluindo um abrigo de equipamentos, uma torre ou mastro que proporcione a altura necessária para oferecer melhor cobertura, e os transceptores e antenas localizados no topo da torre ou mastro - ou, em alguns casos, presos ao topo de edifícios, onde o prédio em si fornece altura suficiente. As antenas têm geralmente cerca de cm de largura e até alguns metros de comprimento, dependendo da frequência de operação. Essas antenas emitem energia eletromagnética de radiofrequência (RF), também chamada de ondas de rádio, em feixes que são tipicamente muito estreitos na direção vertical (altura), mas bastante largos no sentido horizontal (largura). Por causa disso, a energia de RF no nível do solo imediatamente abaixo da antena é muito baixa. Para ajudar a garantir que as exposições públicas permaneçam dentro dos limites estabelecidos, as antenas normalmente são elevadas, e onde as cercas necessárias, ou outros meios para restringir o acesso, sejam usados em conjunto com sinalização adequada para garantir que somente pessoas autorizadas possam acessar a área imediatamente em torno de uma estação radiobase. A consequência dessas medidas é que nas áreas em torno das estações de base que são acessíveis ao público, os níveis de RF geralmente estão muitas vezes abaixo dos limites internacionais de segurança. PÁGINA 3

22 4 Direcionamento da antena Isso é particularmente relevante porque há uma falsa concepção de que as emissões são mais fortes diretamente sob as antenas, o que explica parte da preocupação com aquelas colocadas em escolas ou edifícios residenciais. Qualquer que seja o equipamento, a intensidade das ondas de rádio diminui rapidamente à medida que se desloca a partir da antena. No espaço livre, a intensidade cai para um quarto quando a distância dobra. Na realidade, a intensidade diminui muito mais rapidamente do que isso, devido à perda de intensidade do sinal (também conhecida como "atenuação") causada por obstáculos, tais como árvores e edifícios. Algumas pessoas perguntam por que os equipamentos de estação radiobase nem sempre são colocados em áreas industriais ou remotas. Há várias razões: em primeiro lugar, se o equipamento for colocado muito longe dos usuários, não só gera má qualidade de comunicação, mas também faz com que os telefones aumentem a sua potência de saída para manter a conexão, diminuindo assim a vida útil da bateria e o tempo de conversação. Em segundo lugar, existem limitações práticas para a área geográfica que uma estação de base pode efetivamente atender, especialmente onde há um grande número de usuários. Nesse caso, as estações radiobase precisam estar mais próximas umas das outras para oferecer capacidade aumentada, em vez de cobertura, e como resultado dessa proximidade, cada estação radiobase precisa funcionar com níveis de potência muito baixos para evitar a interferência com as outras nas proximidades. Portanto, uma rede corretamente projetada irá otimizar a cobertura e a capacidade e, portanto, operar apenas com os níveis de energia mais baixos necessários para proporcionar uma boa comunicação. 5 Preocupações com a saúde Os campos de RF são não-ionizantes e não perturbam a estrutura molecular do material biológico. A mundialmente reconhecida e independente "Comissão Internacional de Proteção Contra Radiações Não Ionizantes" (ICNIRP) lançou diretrizes que fornecem níveis de exposição RF considerados seguros para todos os membros da comunidade. Todos os efeitos estabelecidos de exposição à RF nas frequências usadas para comunicações móveis estão relacionadas ao aquecimento. Os efeitos 'não-térmicos', como são chamados, têm sido, e continuam a ser, avaliados. Até o momento, o ponto de vista dos especialistas em saúde é que a literatura sobre os efeitos não-térmicos é inconsistente e sua relevância para a saúde humana incerta demais para que este conjunto de informações seja utilizado como base para o estabelecimento de limites à exposição humana a campos de radiofrequência. PÁGINA 4

23 A profundidade a que as ondas de rádio penetram nos tecidos depende da frequência utilizada. Quando a energia da onda de rádio é absorvida pelo corpo, um efeito de aquecimento pode ocorrer, dependendo da intensidade de exposição. O nível de aquecimento que vai ocorrer a partir da exposição a ondas de rádio dentro das diretrizes de exposição é muito baixo, e os processos de termorregulação normais do corpo efetivamente dissipam qualquer calor que possa ser gerado. Nenhum estudo confirmado demonstrou efeitos adversos para a saúde em níveis de exposição abaixo dos níveis das diretrizes da ICNIRP. 6 Estudos e orientações de segurança Os efeitos biológicos dos campos eletromagnéticos de radiofrequência vêm sendo estudados há mais de 50 anos, com mais de 200 milhões gastos em pesquisas na última década. As diretrizes da ICNIRP foram amplamente adotadas internacionalmente e se transformaram em normas nacionais de segurança. As diretrizes aplicam-se aos telefones móveis, bem como aos sites de estação radiobase, e incorporam amplas margens de segurança para proteger contra todos os efeitos estabelecidos da exposição à RF. Não existem efeitos adversos para a saúde em níveis de exposição abaixo dos níveis das diretrizes da ICNIRP. Existem mais de publicações revisadas por pares no banco de dados de pesquisa relativas aos efeitos biológicos dos campos de RF. Incluídos nestes mais de trabalhos estão mais de 690 estudos, avaliações de pares independentes realizadas nas frequências usadas por comunicações móveis. Mais de um terço deles buscaram associações entre o câncer e as ondas de rádio. Informações sobre os vários estudos realizados neste campo estão disponíveis no site da Organização Mundial da Saúde (OMS): Em 2004, a OMS disse: "Na área dos efeitos biológicos e aplicações médicas de radiações não-ionizantes, cerca de 25 mil artigos foram publicados ao longo dos últimos 30 anos. Apesar do sentimento de algumas pessoas de que mais pesquisas precisam ser feitas, o conhecimento científico nesta área é mais extenso do que o existente para a maioria dos produtos químicos. Com base em uma recente revisão aprofundada da literatura científica, a OMS concluiu que a evidência atual não confirma a existência de quaisquer consequências para a saúde da exposição a campos eletromagnéticos de baixo nível." As diretrizes de exposição foram desenvolvidas pela ICNIRP e são baseadas em uma análise cuidadosa da literatura científica (tendo em conta tanto efeitos térmicos quanto não-térmicos) e fornecem proteção contra todos os perigos identificados de exposição à RF com grandes margens de segurança. PÁGINA 5

24 Os pontos de vista do setor sobre os efeitos da exposição à RF de telefones celulares e estações radiobase sobre a saúde são baseadas nas conclusões de vários painéis de peritos criados por entidades oficiais nacionais e internacionais. Esses painéis revisaram a literatura científica ao longo dos últimos 10 anos e concluíram de forma consistente que não há nenhuma evidência crível ou convincente de que a exposição à RF dos telefones celulares ou estações radiobase operando dentro dos limites de exposição da ICNIRP provoca quaisquer efeitos adversos para a saúde humana. Demonstrando a conformidade com as normas Embora os telefones móveis de hoje só emitam, em média, um máximo de algumas centenas de miliwatts, eles são mantidos em estreita proximidade com o corpo e, assim, expõem o usuário a níveis locais de exposição aos campos eletromagnéticos que são relativamente mais elevados do que os das estações radiobase. O conceito de Taxa de Absorção Específica (SAR) foi introduzido para quantificar a quantidade de energia absorvida pelo corpo, e para demonstrar a conformidade com as normas de segurança nacionais e internacionais. O SAR de um telefone é determinado pela operação do aparelho perto de um modelo da cabeça ou do corpo. O modelo é preenchido com um líquido, que exibe as propriedades elétricas dos tecidos do corpo. Uma sonda SAR é operada dentro do modelo e uma medição tridimensional é realizada para determinar o maior SAR e verificar se este está abaixo do limite. No que diz respeito aos locais das estações radiobase, o modelo mais simples de propagação RF é o modelo de "espaço livre", no qual a intensidade cai para um quarto quando a distância dobra. No entanto, como mencionado anteriormente, na realidade ela cai muito mais rapidamente do que isso devido à perda de força do sinal provocada pela absorção das árvores, dos edifícios e da terra em si. Para medir os níveis de RF para fins de conformidade, tomase a maior potência transmitida e o foco máximo da antena, e usa-se ambos para calcular os níveis de energia RF a qualquer distância de uma antena. Geralmente, devido à altura dos mastros das antenas, ao foco da antena e a outros fatores, as emissões de RF dos sites de estações radiobase são menores que as diretrizes da ICNIRP. Em áreas acessíveis ao público, medidas e cálculos descobriram que os níveis de exposição estão muito abaixo das diretrizes internacionais, geralmente por um fator de 500 vezes ou mais. PÁGINA 6

25 7 Considerações sobre o projeto do site Durante a última década, o design dos equipamentos móveis de comunicação amadureceu rapidamente, com uma tendência geral em direção a equipamentos de menor porte que oferecem funcionalidade igual ou superior. As antenas de estações radiobase têm, porém, demonstrado tendência a permanecerem visíveis, já que os engenheiros de rádio podem obter desempenho ótimo quando as antenas são montadas em terrenos altos (ou no topo de edifícios) longe de obstruções físicas (outros edifícios, árvores, etc.) Um projeto criativo de antena e torre de mastro é capaz de reduzir significativamente o impacto visual dos equipamentos de infraestrutura de comunicações móveis. Alguns exemplos destas soluções criativas: Estação radiobase integrada à fachada de um edifício Estação radiobase integrada a um edifício histórico Estação radiobase integrada a um poste de luz Estação radiobase integrada à fachada de um edifício PÁGINA 7

26 8 Informações sobre o site A fim de informar adequadamente o público, as operadoras de redes móveis muitas vezes fornecem dados sobre as estações radiobase por meio da Internet. Você pode encontrar alguns exemplos de tais iniciativas no site do MMF, em 9 Consulta à comunidade Apesar da crescente utilização das comunicações móveis, a colocação de equipamentos de infraestrutura de comunicações em meio às comunidades ou na zona rural visível tende a gerar respostas fortes. Predominantemente, as preocupações relacionam-se a interferências na paisagem, valores de propriedades vizinhas sendo afetados negativamente e especulações de que a operação do equipamento possa gerar doenças. Em algumas áreas, os sentimentos públicos foram ainda mais agravados pela falta real ou percebida de consulta e informação factual. Ao considerar a colocação da infraestrutura de comunicações, sugere-se que; Os representantes da comunidade sejam convidados a ver os planos e que recebam informações factuais independentes relacionadas a problemas de saúde. Em áreas de sensibilidade visual, a adoção de soluções visualmente atraentes deve ser considerada. É importante que o público tenha conhecimento de tais instalações, a fim de evitar a preocupação de que o equipamento esteja sendo "escondido". Em regiões onde os códigos de boas práticas estejam em vigor, a aplicação dos requisitos deve ser feita de forma aberta e transparente. Equipamentos projetados de forma sensata, implantados após consulta aberta, têm mais chances de atender às demandas do público, dos operadores e das autoridades locais, e de minimizar atrasos e preocupações desnecessárias. PÁGINA 8

27 10 Fontes adicionais de informação 1 Projeto de Campos Eletromagnéticos da Organização Mundial da Saúde. 2 Diretrizes da ICNIRP sobre limitação da exposição a campos elétricos, magnéticos e eletromagnéticos variáveis no tempo (até 300 GHz). 3 Conselho da Recomendação de 12 de julho de 1999 da União Europeia, relativa à limitação da exposição da população aos campos eletromagnéticos (0 Hz a 300 GHz) (1999/519/CE): 4 DG Ambiente da UE sobre EMF. environmentemf / emf_en.htm 5 Fatos sobre Telefones Celulares - Informações sobre telefones sem fio para consumidores. 6 Agência de Proteção à Saúde do Reino Unido ? P = Telecomunicações móveis e pesquisa em saúde. 8 Relatório do Conselho de Saúde dos Países Baixos. 9 Agência de Proteção Contra Radiação e Segurança Nuclear da Austrália. 10 Centro de Recursos de Informações sobre Wireless (WIRC) do Canadá 11 Glossário Definições Muitas vezes, uma das maiores barreiras para o entendimento é a terminologia utilizada pelos meios de comunicação, cientistas e engenheiros. É útil conhecer os seguintes termos: 2G 3G Aérea; Antena Analógica ANSI 2G, ou Segunda Geração dos sistemas de comunicações móveis, é a tecnologia utilizada atualmente na operação dos telefones celulares. 3G, ou Terceira Geração, é o termo genérico utilizado para a próxima geração de sistemas de comunicação móvel. Os novos sistemas irão reforçar os serviços disponíveis hoje e oferecer multimídia e acesso à internet e a capacidade de visualizar imagens de vídeo. Um dispositivo a partir do qual as ondas de rádio são recebidas. Existem diferentes modelos em operação. Uma haste de metal ou fio para enviar e receber ondas de rádio ou micro-ondas. Primeira tecnologia de telefonia móvel, extinta em favor da tecnologia digital Segunda Geração. Instituto Nacional Americano de Padrões. PÁGINA 9

28 Bluetooth Cabine Célula Eletromagnético Ondas; Campos; Campo Elétrico EMC EMF ETSI Far Field FCC Cabo de alimentação Intensidade Frequência Baseada em um link de rádio de curto alcance de baixo custo, tecnologia essa tecnologia pode conectar vários tipos de dispositivos digitais sem um único cabo em vista, dando mais liberdade de movimento. Estrutura que protege os Transmissores e receptores de danos. Ela pode ter a forma de uma grande Cabine ou de um gabinete menor. A área geográfica de cobertura que as Estações Radiobase cobrem. As ondas eletromagnéticas são emitidas por fontes naturais e feitas pelo homem e desempenham um papel muito importante. As ondas eletromagnéticas são usadas para e receber sinais de telefones celulares e das suas estações radiobase. O tipo de onda que os telefones usam é chamada de onda/campo de radiofrequência (RF). Um campo de força em torno de um corpo carregado ou associado a um campo magnético flutuante, com o qual partículas carregadas interagem. Compatibilidade eletromagnética. Campos eletromagnéticos. Instituto Europeu de Padrões para Telecomunicações. A área que se estende a partir de uma antena onde os campos elétricos e magnéticos estão em fase uns com os outros e estão relacionados pela impedância característica do espaço livre. Comissão Federal de Comunicação (EUA). O cabo coaxial que conecta uma antena a uma estação radiobase transmissora ou receptora. A amplitude dos campos elétricos ou magnéticos. Relacionada à densidade de potência através da do espaço livre. Frequência é o número de vezes por segundo que uma onda eletromagnética oscila. Ela determina as propriedades e o uso da onda. Frequências são medidas em hertz (Hz). 1 Hz é uma oscilação por segundo, 1 khz é mil, 1 MHz é um milhão e 1GHz é mil milhões. Frequências entre 30 khz e 300 GHz são amplamente utilizadas para telecomunicações, transmissão de rádio e televisão, e compreendem a banda de frequência de rádio. Os sistemas de telefonia móvel operam em 900MHz e 1800MHz. PÁGINA 10

29 GSM GSM (Sistema Global para Comunicações Móveis) é um padrão mundial de tecnologia de comunicação digital. HPA Em 1º de abril de 2005, a agência foi estabelecida como um organismo público não-departamental, substituindo o HPA SpHA e o Conselho de Proteção Radiológica Nacional (NRPB) e com a proteção contra as radiações como parte de proteção da saúde incorporada à sua esfera de competências. O papel da Agência de Proteção à Saúde é fornecer uma abordagem integrada para proteger a saúde pública no Reino Unido por meio da prestação de suporte e aconselhamento para o NHS, autoridades locais, serviços de emergência, outros organismos diretamente conectados, o Departamento de Saúde e as Administrações Descentralizadas. IARC Agência Internacional para Pesquisa sobre o Câncer (IARC). ICNIRP IEC A Comissão Internacional de Proteção contra a Radiação Nãoionizante (ICNIRP) é um órgão científico independente que produziu um conjunto internacional de diretrizes para a exposição pública de ondas de radiofrequência. Essas diretrizes foram recomendadas no Relatório Stewart e adotadas pelo Governo do Reino Unido, substituindo as diretrizes do National Radiological Protection Board (NRPB). Comissão Eletrotécnica Internacional. IEEE Instituto dos Engenheiros Elétricos e Eletrônicos. Radiadores Intencionais Radiadores intencionais são projetados para irradiar EMF e os níveis que eles emitem são estritamente controlados por diretrizes da EMC e do EMF. Ionizante Um processo no qual um átomo ou molécula perde ou ganha elétrons, adquirindo uma carga elétrica ou alterando uma carga existente. Macrocélula Uma macrocélula oferece a maior área de cobertura dentro de uma rede móvel. As antenas para macrocélulas podem ser montadas em mastros terrestres, telhados e outras estruturas existentes. Elas devem ser posicionados a uma altura que não seja obstruída pelo terreno ou por edifícios. As macrocélulas proporcionam cobertura de rádio sobre distâncias variáveis, dependendo da frequência utilizada, do número de chamadas feitas e do terreno físico. Estações radiobase de macrocélulas têm uma saída de potência típica de dezenas de watts. PÁGINA 11

30 Mastro A estrutura terrestre que suporta antenas a uma altura em que eles possam enviar e receber ondas de rádio de forma satisfatória. Um mastro típico tem 15m de altura, e é construído em malha de aço ou aço tubular. Novas versões mais delgadas de mastros já estão disponíveis, e elas podem ser pintadas para combinar com o ambiente, disfarçadas como árvores ou usadas em conjunto com iluminação e câmeras de CFTV. Os mastros em si não desempenham qualquer papel na transmissão das ondas de rádio. Nível de emissão máxima ao solo Microcélula NCRP Near Field NRPB Picocélula Potência Densidade Estação Radiobase O nível de emissão máxima ao solo, ou o feixe de maior intensidade, ocorre geralmente a entre 50m e 200m de uma antena. A emissão do nível do solo dentro desta área é a mais alta circulando uma estação radiobase. No geral ela é milhares de vezes menores do que as diretrizes internacionais de exposição pública. Os níveis de emissão reduzem rapidamente à medida que a distância aumenta a partir da antena. Os níveis mais elevados de emissões estão diretamente em frente à antena. As microcélulas fornecem cobertura e capacidade adicional onde há um elevado número de usuários dentro das macrocélulas urbanas e suburbanas. As antenas de microcélulas são montadas no nível da rua, geralmente nas paredes externas de estruturas existentes, postes de iluminação e outros móveis de rua. As antenas de microcélulas são menores do que as antenas e quando montadas sobre as estruturas existentes podem ser disfarçadas como características de construção. As microcélulas fornecem cobertura ao longo de distâncias, normalmente entre 300m e 1000m, e têm menores potências de saída em comparação com as macrocélulas, geralmente alguns watts. Conselho Nacional de Proteção Contra Radiações e Medições. O campo próximo é a região perto de uma antena, onde os campos elétricos e magnéticos não estão relacionados uns aos outros apenas pela impedância característica do espaço livre. Veja HPA, Agência de Proteção à Saúde. Uma picocélula fornece a cobertura mais localizada do que uma microcélula. Elas são normalmente encontradas no interior de em que a cobertura é fraca ou quando há um número elevado de usuários, tais como terminais de aeroportos, estações de trem ou centros comerciais. A energia que flui de uma antena por meio de uma unidade de área perpendicular à direção de propagação em uma unidade de tempo. Ela é medida em watts por metro quadrado. Uma estação radiobase é um site de macrocélulas, microcélulas e consiste de transmissores ou picocélulas e receptores em uma cabine ou gabinete conectado a antenas por um cabo de alimentação. PÁGINA 12

Esta cartilha responde a questões comuns sobre a emissão das ondas eletromagnéticas e sua relação com a saúde humana. Após sua leitura, você

Esta cartilha responde a questões comuns sobre a emissão das ondas eletromagnéticas e sua relação com a saúde humana. Após sua leitura, você Esta cartilha responde a questões comuns sobre a emissão das ondas eletromagnéticas e sua relação com a saúde humana. Após sua leitura, você conhecerá mais sobre a regulamentação que trata da exposição

Leia mais

A Saúde & os Campos Eletromagnéticos de Telefones Celulares

A Saúde & os Campos Eletromagnéticos de Telefones Celulares A Saúde & os Campos Eletromagnéticos de Telefones Celulares INNER FRONT COVER Conteúdo 1 Introdução 1 2 Como funciona a telefonia móvel 1 3 Tecnologias da telefonia móvel 2 4 A segurança dos telefones

Leia mais

Celular e Saúde: Os efeitos das ondas eletromagnéticas na saúde humana

Celular e Saúde: Os efeitos das ondas eletromagnéticas na saúde humana Celular e Saúde: Os efeitos das ondas eletromagnéticas na saúde humana Com o crescimento dos usuários de telefones celulares, é natural que surjam dúvidas sobre saúde e segurança no uso diário de tais

Leia mais

Wi-Fi, Saúde e Segurança

Wi-Fi, Saúde e Segurança Wi-Fi, Saúde e Segurança O Wi-Fi está no centro da experiência conectada de hoje. Utilizado em 25% dos lares em todo o mundo 1, o Wi-Fi continua se expandindo como a tecnologia escolhida para redes tradicionais

Leia mais

ITelefonia celular CONHEÇA BEM ESSA TECNOLOGIA

ITelefonia celular CONHEÇA BEM ESSA TECNOLOGIA I CONHEÇA BEM ESSA TECNOLOGIA e Apresentação O Brasil tem hoje duas vezes mais telefones celulares do que fixos. Essa preferência do consumidor pela telefonia móvel tem boas razões: o preço dos aparelhos,

Leia mais

exposição à radiação electromagnética

exposição à radiação electromagnética exposição à radiação electromagnética 0 Resumo Radiações e Ondas Electromagnéticas Sistemas de Comunicações Móveis Efeitos das Radiações Electromagnéticas Projecto monit 1 Fontes de Radiação [Fonte: TrainsTowers,

Leia mais

Informativo de Segurança e Saúde

Informativo de Segurança e Saúde Informativo de Segurança e Saúde 03/2010 Introdução: O Grupo Técnico de Estudos de Espaços Confinados GTEEC, coordenado pela CPFL Energia e ligado ao Comitê de Segurança e Saúde no Trabalho - CSST da Fundação

Leia mais

O que são sinais de rádio?

O que são sinais de rádio? Os telefones celulares e outras tecnologias wireless entraram para o nosso cotidiano. Mas será que o uso regular desses aparelhos ou residir perto de uma estação radiobase pode acarretar problemas de saúde?

Leia mais

Instalação de Antenas da Telefonia Celular

Instalação de Antenas da Telefonia Celular Instalação de Antenas da Telefonia Celular Gláucio Lima Siqueira Professor, PhD CETUC / PUC-Rio AUDIÊNCIA PÚBLICA CÂMARA DOS DEPUTADOS BRASILIA DF - 13/11/2013 Ondas Eletromagnéticas Tranporte de energia

Leia mais

Transmissão das Ondas Eletromagnéticas. Prof. Luiz Claudio

Transmissão das Ondas Eletromagnéticas. Prof. Luiz Claudio Transmissão das Ondas Eletromagnéticas Prof. Luiz Claudio Transmissão/Recebimento das ondas As antenas são dispositivos destinados a transmitir ou receber ondas de rádio. Quando ligadas a um transmissor

Leia mais

Capítulo 2 Sistemas Rádio Móveis

Capítulo 2 Sistemas Rádio Móveis Capítulo 2 Sistemas Rádio Móveis 2.1. Histórico e Evolução dos Sistemas Sem Fio A comunicação rádio móvel teve início no final do século XIX [2], quando o cientista alemão H. G. Hertz demonstrou que as

Leia mais

Comunicação Móvel Celular e Saúde

Comunicação Móvel Celular e Saúde Comunicação Móvel Celular e Saúde Os telefones celulares e outras tecnologias wireless entraram para o nosso cotidiano. Mas será que o uso regular desses aparelhos ou residir perto de uma estação radiobase

Leia mais

Campos electromagnéticos e saúde pública: telefones móveis e estações base

Campos electromagnéticos e saúde pública: telefones móveis e estações base Fact Sheet Nº 193 Revista em Junho de 2000 Campos electromagnéticos e saúde pública: telefones móveis e estações base Os telefones móveis, também chamados de telefones celulares ou telemóveis, são actualmente

Leia mais

www.philips.com/welcome

www.philips.com/welcome Register your product and get support at www.philips.com/welcome SDV1225T/55 PT Manual do Usuário Sumário 1 Importante 4 Segurança 4 Aviso para os EUA 4 Aviso para o Canadá 4 Reciclagem 4 Português 2

Leia mais

Informativo de Segurança e Saúde

Informativo de Segurança e Saúde Introdução: A Fundação COGE está dando início às ações relativas ao planejamento do 7º SENSE - Seminário Nacional de Segurança e saúde no Setor Elétrico Brasileiro. Nesta edição estamos lançando uma pesquisa

Leia mais

Título ONDULATÓRIA Extensivo Aula 29. Professor Edson Osni Ramos (Cebola) Disciplina. Física B

Título ONDULATÓRIA Extensivo Aula 29. Professor Edson Osni Ramos (Cebola) Disciplina. Física B Título ONDULATÓRIA Extensivo Aula 29 Professor Edson Osni Ramos (Cebola) Disciplina Física B RADIAÇÕES ELETROMAGNÉTICAS ONDA ELETROMAGNÉTICA Sempre que uma carga elétrica é acelerada ela emite campos elétricos

Leia mais

Redes de Computadores sem Fio

Redes de Computadores sem Fio Redes de Computadores sem Fio Prof. Marcelo Gonçalves Rubinstein Programa de Pós-Graduação em Engenharia Eletrônica Faculdade de Engenharia Universidade do Estado do Rio de Janeiro Programa Introdução

Leia mais

Telecomunicações. Prof. André Y. Kusumoto andre_unip@kusumoto.com.br

Telecomunicações. Prof. André Y. Kusumoto andre_unip@kusumoto.com.br Telecomunicações Prof. André Y. Kusumoto andre_unip@kusumoto.com.br Rede de Telefonia Fixa Telefonia pode ser considerada a área do conhecimento que trata da transmissão de voz através de uma rede de telecomunicações.

Leia mais

Torres de Telefonia Celular: Minimizando a Exposição Ocupacional a Campos Eletromagnéticos. Alexssandro Ramos da Cruz; Maria Cristina Aguiar Campos

Torres de Telefonia Celular: Minimizando a Exposição Ocupacional a Campos Eletromagnéticos. Alexssandro Ramos da Cruz; Maria Cristina Aguiar Campos Torres de Telefonia Celular: Minimizando a Exposição Ocupacional a Campos Eletromagnéticos Alexssandro Ramos da Cruz; Maria Cristina Aguiar Campos Sistemas de comunicação sem fio telefone celular internet

Leia mais

PARECER CREMEC nº 25/2009 19/09/2009

PARECER CREMEC nº 25/2009 19/09/2009 PARECER CREMEC nº 25/2009 19/09/2009 ASSUNTO: Riscos à saúde pública trazidos pelas emissões radioativas causadas por antena-base-de-celular Protocolo: 2126/09 SOLICITANTE: Promotoria de Justiça de Defesa

Leia mais

MÓDULO 4 Meios físicos de transmissão

MÓDULO 4 Meios físicos de transmissão MÓDULO 4 Meios físicos de transmissão Os meios físicos de transmissão são compostos pelos cabos coaxiais, par trançado, fibra óptica, transmissão a rádio, transmissão via satélite e são divididos em duas

Leia mais

4 Normas e limites de exposição a campos eletromagnéticos

4 Normas e limites de exposição a campos eletromagnéticos 49 4 Normas e limites de a campos eletromagnéticos As normas de internacionais são elaboradas para proteger os vários segmentos da população contra todos os danos identificados causados pela energia de

Leia mais

Antena omni vs. antena direcional

Antena omni vs. antena direcional Antena omni vs. antena direcional Índice Introdução Pré-requisitos Requisitos Componentes Utilizados Convenções Definições básicas e conceitos da antena Efeitos internos Prós e contras da antena Omni Prós

Leia mais

RECOMENDAÇÕES em Relação às Antenas e em Relação ao uso de Aparelhos Celulares

RECOMENDAÇÕES em Relação às Antenas e em Relação ao uso de Aparelhos Celulares PROTEJA-SE RECOMENDAÇÕES em Relação às Antenas e em Relação ao uso de Aparelhos Celulares Autoras: Adilza Condessa Dode e Daiana Condessa Dode Recomendações em relação à instalação de ERB s Estações Radiobase

Leia mais

Camada Física: Meios de transmissão não guiados

Camada Física: Meios de transmissão não guiados Alan Menk Santos alanmenk@hotmail.com www.sistemasul.com.br/menk Camada Física: Meios de transmissão não guiados Transmissão sem Fio Pessoas cada vez mais dependente das redes; Alguns especialistas afirmam

Leia mais

Luiz Bertini. Antenas Parabólicas

Luiz Bertini. Antenas Parabólicas Antenas Parabólicas Possuem uma alta diretividade o que nos leva a perceber que possui um alto ganho. Uma antena receptora de satélites de 3 metros de diâmetro, por exemplo, tem um ganho de 33dB, ou seja,

Leia mais

Comunicação da informação a longas distâncias

Comunicação da informação a longas distâncias Comunicação da informação a longas distâncias População mundial versus sistema de comunicação Comunicação, informação e mensagem Comunicação - é o ato de enviar informação, mensagens, sinais de um local

Leia mais

Primeiro Técnico TIPOS DE CONEXÃO, BANDA ESTREITA E BANDA LARGA

Primeiro Técnico TIPOS DE CONEXÃO, BANDA ESTREITA E BANDA LARGA Primeiro Técnico TIPOS DE CONEXÃO, BANDA ESTREITA E BANDA LARGA 1 Banda Estreita A conexão de banda estreita ou conhecida como linha discada disponibiliza ao usuário acesso a internet a baixas velocidades,

Leia mais

Comunicação de Dados. Aula 9 Meios de Transmissão

Comunicação de Dados. Aula 9 Meios de Transmissão Comunicação de Dados Aula 9 Meios de Transmissão Sumário Meios de Transmissão Transmissão guiada Cabo par trançado Coaxial Fibra ótica Transmissão sem fio Ondas de rádio Micro ondas Infravermelho Exercícios

Leia mais

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TELECOMUNICAÇÕES As telecomunicações referem -se à transmissão eletrônica de sinais para as comunicações, incluindo meios como telefone, rádio e televisão. As telecomunicações

Leia mais

Guia de iniciação rápida do Router CJB25R0PMAJA

Guia de iniciação rápida do Router CJB25R0PMAJA Guia de iniciação rápida do Router 1 CJB25R0PMAJA Segurança e utilização... 3 1. Descrição geral... 4 1.1 Conteúdo da embalagem... 4 1.2 Aplicação... 5 1.3 Apresentação geral do dispositivo... 6 1.4 Ligar

Leia mais

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA LEI Nº 11.934, DE 5 DE MAIO DE 2009. Dispõe sobre limites à exposição humana a campos elétricos, magnéticos e eletromagnéticos; Mensagem de veto altera a Lei n o 4.771, de 15 de setembro de 1965; e dá

Leia mais

Comunicação sem fio (somente para determinados modelos)

Comunicação sem fio (somente para determinados modelos) Comunicação sem fio (somente para determinados modelos) Guia do Usuário Copyright 2006 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Microsoft e Windows são marcas registradas da Microsoft Corporation nos

Leia mais

Visão geral das redes sem fio

Visão geral das redes sem fio Visão geral das redes sem fio 1 - Introdução O termo redes de dados sem fio pode ser utilizado para referenciar desde dispositivos de curto alcance como o Bluetooth à sistemas de altas taxas de transmissão

Leia mais

Comunicação Sem Fio (Somente em Determinados Modelos)

Comunicação Sem Fio (Somente em Determinados Modelos) Comunicação Sem Fio (Somente em Determinados Modelos) Guia do Usuário Copyright 2007 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Microsoft é uma marca registrada da Microsoft Corporation nos Estados Unidos.

Leia mais

Comunicação sem fio - antenas

Comunicação sem fio - antenas Comunicação sem fio - antenas Antena é um condutor elétrico ou um sistema de condutores Necessário para a transmissão e a recepção de sinais através do ar Na transmissão Antena converte energia elétrica

Leia mais

Descobertas do electromagnetismo e a comunicação

Descobertas do electromagnetismo e a comunicação Descobertas do electromagnetismo e a comunicação Porque é importante comunicar? - Desde o «início dos tempos» que o progresso e o bem estar das sociedades depende da sua capacidade de comunicar e aceder

Leia mais

Camada Física. Bruno Silvério Costa

Camada Física. Bruno Silvério Costa Camada Física Bruno Silvério Costa Sinais Limitados por Largura de Banda (a) Um sinal digital e suas principais frequências de harmônicas. (b) (c) Sucessivas aproximações do sinal original. Sinais Limitados

Leia mais

EFEITO FOTOELÉTRICO. J.R. Kaschny

EFEITO FOTOELÉTRICO. J.R. Kaschny EFEITO FOTOELÉTRICO J.R. Kaschny Histórico 1886-1887 Heinrich Hertz realizou experimentos que pela primeira vez confirmaram a existência de ondas eletromagnéticas e a teoria de Maxwell sobre a propagação

Leia mais

Brampton Telecom, PhD em Engenharia de Telecomunicações (Unicamp).

Brampton Telecom, PhD em Engenharia de Telecomunicações (Unicamp). Wireless LAN (WLAN) Este tutorial apresenta alguns aspectos da arquitetura e protocolos de comunicação das Redes Locais sem fio, ou Wireless Local Area Networks (WLAN's), que são baseados no padrão IEEE

Leia mais

Sistemas de redes sem fio são classificadas nas categorias de móveis ou fixas:

Sistemas de redes sem fio são classificadas nas categorias de móveis ou fixas: Redes Sem Fio Sistemas de redes sem fio são classificadas nas categorias de móveis ou fixas: Redes sem fio fixa são extremamente bem adequado para implantar rapidamente uma conexão de banda larga, para

Leia mais

Antenas Parabólicas -- Apostila Básica

Antenas Parabólicas -- Apostila Básica Antenas Parabólicas -- Apostila Básica Antenas parabólicas são usadas em UHF e Microondas. Possuem uma alta diretividade o que nos leva a perceber que possuem um alto ganho. Uma antena receptora de satélites

Leia mais

Ondas Eletromagnéticas Física - Algo Sobre INTRODUÇÃO

Ondas Eletromagnéticas Física - Algo Sobre INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO É importante tomarmos consciência de como estamos imersos em ondas eletromagnéticas. Iniciando pelos Sol, a maior e mais importante fonte para os seres terrestres, cuja vida depende do calor

Leia mais

Formadora: Daniela Azevedo Módulo 11 IGRI13 Rui Bárcia - 15

Formadora: Daniela Azevedo Módulo 11 IGRI13 Rui Bárcia - 15 Formadora: Daniela Azevedo Módulo 11 IGRI13 Rui Bárcia - 15 Introdução, com algumas características Uma rede sem fios ou uma rede Wireless é uma infraestrutura das comunicações sem fio que permite a transmissão

Leia mais

Antena Escrito por André

Antena Escrito por André Antena Escrito por André Antenas A antena é um dispositivo passivo que emite ou recebe energia eletromagnéticas irradiada. Em comunicações radioelétricas é um dispositivo fundamental. Alcance de uma Antena

Leia mais

Atualmente dedica-se à Teleco e à prestação de serviços de consultoria em telecomunicações.

Atualmente dedica-se à Teleco e à prestação de serviços de consultoria em telecomunicações. Roteiro de Estudos Redes PAN II O Portal Teleco apresenta periodicamente Roteiros de Estudo sobre os principais temas das Telecomunicações. Os roteiros apresentam uma sugestão de tutoriais publicados para

Leia mais

REDES SEM FIO. Prof. Msc. Hélio Esperidião

REDES SEM FIO. Prof. Msc. Hélio Esperidião REDES SEM FIO Prof. Msc. Hélio Esperidião WIRELESS O termo wireless, significa sem fio, possui alguns sinônimos tais como: Rede sem fio Comunicação sem fio Computação Móvel Wi-FI? WI-FI? Wi-Fié uma marca

Leia mais

Introdução a Propagação Prof. Nilton Cesar de Oliveira Borges

Introdução a Propagação Prof. Nilton Cesar de Oliveira Borges Introdução a Propagação Prof. Nilton Cesar de Oliveira Borges Como a luz, uma onda de rádio, perderia-se no espaço, fora do nosso planeta, se não houvesse um fenômeno que provocasse sua curvatura para

Leia mais

Local Multipoint Distribuition Service (LMDS)

Local Multipoint Distribuition Service (LMDS) Local Multipoint Distribuition Service (LMDS) Este tutorial apresenta a tecnologia LMDS (Local Multipoint Distribuition Service), acesso em banda larga para última milha por meio de rádios microondas.

Leia mais

Plano Básico Ambiental

Plano Básico Ambiental Estaleiro e Base Naval para a Construção de Submarinos Convencionais e Plano Básico Ambiental SEÇÃO VI - PROGRAMA DE GERENCIAMENTO RÁDIOLÓGICO Projeto 3 Monitoramento Sismológico 0 Emissão inicial 14/06/2010

Leia mais

PRÉ-VESTIBULAR Física

PRÉ-VESTIBULAR Física PRÉ VESTIBULAR Física / / PRÉ-VESTIBULAR Aluno: Nº: Turma: Exercícios Fenômenos Lista de sites com animações (Java, em sua maioria) que auxiliam a visualização de alguns fenômenos: Reflexão e refração:

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO DECRETA:

CÂMARA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO DECRETA: 2001 N Despacho PROJETO DE LEI N 503/2001 DISPÕE SOBRE A INSTALAÇÃO DE ESTAÇÕES RÁDIO BASE (ERBs) E DE EQUIPAMENTOS DE TELEFONIA SEM FIO NO MUNICÍPIO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. Autor: Vereador GUARANÁ A

Leia mais

Guia de Referência Rápida MODEM USB ZTE MF193

Guia de Referência Rápida MODEM USB ZTE MF193 Guia de Referência Rápida MODEM USB ZTE MF193 1 Introdução IMPORTANTE! LEIA ANTES DE FAZER A INSTALAÇÃO DO MODEM MF193 O Modem ZTE MF193 HSUPA é um Modem USB 3G. É compatível com redes HSUPA / HSDPA /

Leia mais

Campos electromagnéticos e saúde pública

Campos electromagnéticos e saúde pública Fact Sheet Nº 226 Junho de 1999 Campos electromagnéticos e saúde pública Radares e a saúde humana Os sistemas de radar detectam a presença, direcção ou alcance de uma aeronave, navio ou outro objecto,

Leia mais

Comissão de Ciência e Tecnologia,

Comissão de Ciência e Tecnologia, Seminário de Rádio R Digital Comissão de Ciência e Tecnologia, Informática e Inovação Brasília 22 de novembro de 2007 Ronald Siqueira Barbosa O O pobre e o emergente de hoje são aqueles que no passado,

Leia mais

Laudo de Viabilidade Técnica e Econômica para Rede Wireless do CDT

Laudo de Viabilidade Técnica e Econômica para Rede Wireless do CDT Laudo de Viabilidade Técnica e Econômica para Rede Wireless do CDT 1. Pré Requisitos Com base no que foi proposta, a rede wireless do Bloco K da Colina deve atender aos seguintes requisitos: Padrão IEEE

Leia mais

COMUNICAÇÕES A LONGAS DISTÂNCIAS

COMUNICAÇÕES A LONGAS DISTÂNCIAS Física 11º Ano COMUNICAÇÕES A LONGAS DISTÂNCIAS MARÍLIA PERES TRANSMISSÃO DE INFORMAÇÃO Produziu p pela p primeira vez ondas eletromagnéticas em laboratório (1887) utilizando um circuito para produzir

Leia mais

Manual de proteção contra raios DPS STAL ENGENHARIA ELÉTRICA. Saiba como proteger você, seus aparelhos eletroeletrônicos e o seu imóvel.

Manual de proteção contra raios DPS STAL ENGENHARIA ELÉTRICA. Saiba como proteger você, seus aparelhos eletroeletrônicos e o seu imóvel. Manual de proteção contra raios DPS Saiba como proteger você, seus aparelhos eletroeletrônicos e o seu imóvel. Nuvens carregadas e muita chuva em todo o pais A posição geográfica situa o Brasil entre os

Leia mais

Climbing and Working at Heights

Climbing and Working at Heights STANDARD LME-12:001900 Upt Rev A Índice 1 Introdução... 3 2 Requisitos... 3 3 Locais e gerenciamento do local... 4 3.1 Edifícios e Telhados... 4 3.2 Estruturas de suporte de antenas... 4 3.3 Zonas de queda...

Leia mais

COMUNICAÇÃO DE INFORMAÇÃO A LONGAS DISTÂNCIAS ONDAS ELETROMAGNÉTICAS E COMUNICAÇÃO

COMUNICAÇÃO DE INFORMAÇÃO A LONGAS DISTÂNCIAS ONDAS ELETROMAGNÉTICAS E COMUNICAÇÃO COMUNICAÇÃO DE INFORMAÇÃO A LONGAS DISTÂNCIAS À medida que uma onda se propaga, por mais intensa que seja a perturbação que lhe dá origem, uma parte da sua energia será absorvida pelo meio de propagação,

Leia mais

FÍSICA - 3 o ANO MÓDULO 31 ONDULATÓRIA

FÍSICA - 3 o ANO MÓDULO 31 ONDULATÓRIA FÍSICA - 3 o ANO MÓDULO 31 ONDULATÓRIA x = Como pode cair no enem (ENEM) Os radares comuns transmitem micro-ondas que refletem na água, gelo e outras partículas na atmosfera. Podem, assim,

Leia mais

Física. Resolução. Q uestão 01 - A

Física. Resolução. Q uestão 01 - A Q uestão 01 - A Uma forma de observarmos a velocidade de um móvel em um gráfico d t é analisarmos a inclinação da curva como no exemplo abaixo: A inclinação do gráfico do móvel A é maior do que a inclinação

Leia mais

GPS (Global Positioning System) Sistema de Posicionamento Global

GPS (Global Positioning System) Sistema de Posicionamento Global GPS (Global Positioning System) Sistema de Posicionamento Global 1 Sistema de Posicionamento Global é um sistema de posicionamento por satélite que permite posicionar um corpo que se encontre à superfície

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Cabeamento Gustavo Reis gustavo.reis@ifsudestemg.edu.br Os cabos são usados como meio de comunicação há mais de 150 anos. A primeira implantação em larga escala de comunicações via

Leia mais

Certificação de redes ópticas de 10GbE

Certificação de redes ópticas de 10GbE CABEAMENTO ESTRUTURADO Certificação de redes ópticas de 10GbE 70 RTI DEZ 2008 JDSU (Brasil) As redes ópticas baseadas em 10GbE exigem um bom processo de certificação. O artigo a seguir detalha os principais

Leia mais

Conteúdo Eletromagnetismo Aplicações das ondas eletromagnéticas

Conteúdo Eletromagnetismo Aplicações das ondas eletromagnéticas AULA 22.2 Conteúdo Eletromagnetismo Aplicações das ondas eletromagnéticas Habilidades: Frente a uma situação ou problema concreto, reconhecer a natureza dos fenômenos envolvidos, situando-os dentro do

Leia mais

Transmissor EXT-240 de áudio e vídeo sem fio

Transmissor EXT-240 de áudio e vídeo sem fio Transmissor de áudio e vídeo sem fio Manual de operação Índice I. Introdução... 1 II. Informações de segurança... 1 III. Especificações... 1 IV. Instruções de instalação... 2 1. Opções de posicionamento...

Leia mais

Telecomunicações, Internet e tecnologia sem fio. slide 1

Telecomunicações, Internet e tecnologia sem fio. slide 1 Telecomunicações, Internet e tecnologia sem fio slide 1 Objetivos de estudo Quais os principais componentes das redes de telecomunicações e quais as principais tecnologias de rede? Quais os principais

Leia mais

AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA

AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA O trabalho se inicia com uma avaliação diagnóstica (aplicação de um questionário) a respeito dos conhecimentos que pretendemos introduzir nas aulas dos estudantes de física do ensino médio (público alvo)

Leia mais

Telefonia Celular. Renato Machado

Telefonia Celular. Renato Machado Renato Machado UFSM - Universidade Federal de Santa Maria DELC - Departamento de Eletrônica e Computação renatomachado@ieee.org renatomachado@ufsm.br 23 de Setembro de 2011 Sumário 1 2 3 Fórmula de Friis

Leia mais

Decisão ECC (09)02. Harmonização das faixas 1610-1626,5 MHz e 2483,5-2500 MHz para utilização por sistemas do Serviço Móvel por Satélite

Decisão ECC (09)02. Harmonização das faixas 1610-1626,5 MHz e 2483,5-2500 MHz para utilização por sistemas do Serviço Móvel por Satélite Decisão ECC (09)02 Harmonização das faixas 1610-1626,5 MHz e 2483,5-2500 MHz para utilização por sistemas do Serviço Móvel por Satélite aprovada em 26 de junho de 2009 alterada em 02 de novembro de 2012

Leia mais

UFSM-CTISM. Comunicação de Dados Meios de transmissão - Exemplos práticos Aula-05. Professor: Andrei Piccinini Legg.

UFSM-CTISM. Comunicação de Dados Meios de transmissão - Exemplos práticos Aula-05. Professor: Andrei Piccinini Legg. UFSM-CTISM Comunicação de Dados - Exemplos práticos Aula-05 Professor: Andrei Piccinini Legg Santa Maria, 2012 Meio de é o caminho físico entre o transmissor e o receptor. Como visto numa aula anterior

Leia mais

ENH916-NWY. Manual do Usuário

ENH916-NWY. Manual do Usuário ENH916-NWY Manual do Usuário Aviso da FCC Este equipamento foi testado e se encontra em conformidade com os limites de dispositivo digital de Classe B, de acordo com a Parte 15 das Regras de FCC. Estes

Leia mais

EXERCÍCIOS Introdução

EXERCÍCIOS Introdução FACULDADE PITÁGORAS Curso Superior em Tecnologia: Redes de Computadores REDES SEM FIO Prof. Ulisses Cotta Cavalca EXERCÍCIOS Introdução Belo Horizonte/MG 2015 1. A tecnologia

Leia mais

Processamento de Dados

Processamento de Dados Processamento de Dados Redes de Computadores Uma rede de computadores consiste de 2 ou mais computadores e outros dispositivos conectados entre si de modo a poderem compartilhar seus serviços, que podem

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES REDES DE COMPUTADORES Rede é um conjunto de módulos processadores capazes de trocar informações e compartilhar recursos. O tipo de rede é definido pela sua área de abrangência, podemos classificar as redes

Leia mais

CAROLINE XAVIER FERNANDES RELATÓRIO TÉCNICO DE MEIOS DE TRANSMISSÃO. MEIOS DE TRANSMISSÃO Cabo Coaxial

CAROLINE XAVIER FERNANDES RELATÓRIO TÉCNICO DE MEIOS DE TRANSMISSÃO. MEIOS DE TRANSMISSÃO Cabo Coaxial Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial E.E.P. Senac Pelotas Centro Histórico Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego Curso Técnico em Informática CAROLINE XAVIER FERNANDES RELATÓRIO

Leia mais

DH 406A SISTEMA DE TREINAMENTO EM MICROONDAS. Descrição de componentes

DH 406A SISTEMA DE TREINAMENTO EM MICROONDAS. Descrição de componentes DH 406A SISTEMA DE TREINAMENTO EM MICROONDAS Descrição de componentes 2 1 INTRODUÇÃO O sistema de treinamento em microondas DH-0406A foi desenvolvido para permitir explorar experimentalmente alguns conceitos

Leia mais

2- Conceitos Básicos de Telecomunicações

2- Conceitos Básicos de Telecomunicações Introdução às Telecomunicações 2- Conceitos Básicos de Telecomunicações Elementos de um Sistemas de Telecomunicações Capítulo 2 - Conceitos Básicos de Telecomunicações 2 1 A Fonte Equipamento que origina

Leia mais

Conexão Sem Fio Guia do Usuário

Conexão Sem Fio Guia do Usuário Conexão Sem Fio Guia do Usuário Copyright 2007 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Windows é uma marca registrada da Microsoft Corporation nos Estados Unidos. Bluetooth é marca comercial dos respectivos

Leia mais

3B SCIENTIFIC PHYSICS

3B SCIENTIFIC PHYSICS 3B SCIENTIFIC PHYSICS Conjunto para microondas 9,4 GHz (230 V, 50/60 Hz) Conjunto para microondas 10,5 GHz (115 V, 50/60 Hz) 1009950 (115 V, 50/60 Hz) 1009951 (230 V, 50/60 Hz) Instruções de operação 10/15

Leia mais

1 Problemas de transmissão

1 Problemas de transmissão 1 Problemas de transmissão O sinal recebido pelo receptor pode diferir do sinal transmitido. No caso analógico há degradação da qualidade do sinal. No caso digital ocorrem erros de bit. Essas diferenças

Leia mais

Telefonia Móvel. Leandro H. Shimanuki

Telefonia Móvel. Leandro H. Shimanuki Telefonia Móvel Leandro H. Shimanuki Índice Motivação História Funcionamento Gerações G s Curiosidades Telefonia Móvel 2 Motivação Contato maior com telefonia no Projeto Aplicativo para Mobilidade Urbana;

Leia mais

Distribuição de antenas de telefonia móvel pessoal na cidade do Rio de Janeiro

Distribuição de antenas de telefonia móvel pessoal na cidade do Rio de Janeiro ISSN 1984-7203 C O L E Ç Ã O E S T U D O S C A R I O C A S Distribuição de antenas de telefonia móvel pessoal na cidade do Rio de Janeiro Nº 20091101 Novembro - 2009 Fabiana Mota da Silva, Lúcia Helena

Leia mais

Este guia descreve como instalar a Antena Omnidirecional 10dbi da GTS Network (modelo: 78.0211A).

Este guia descreve como instalar a Antena Omnidirecional 10dbi da GTS Network (modelo: 78.0211A). Este guia descreve como instalar a Antena Omnidirecional 10dbi da GTS Network (modelo: 78.0211A). Apresenta como realizar a instalação, posicionamento correto e utilização com os principais equipamentos

Leia mais

GUIA DO USUÁRIO. Extensor PoE AXIS T8129

GUIA DO USUÁRIO. Extensor PoE AXIS T8129 GUIA DO USUÁRIO Extensor PoE AXIS T8129 PORTUGUÊS INGLÊS Compatibilidade eletromagnética (EMC) Este equipamento gera, usa e pode irradiar energia de radiofrequência e, caso não seja instalado e usado de

Leia mais

AULA 9: REDES SEM FIO

AULA 9: REDES SEM FIO AULA 9: REDES SEM FIO Objetivo: Detalhar conceitos sobre a aplicação, configuração, métodos utilizados para autenticação de usuários e segurança de acesso a redes sem fio. Ferramentas: - Emuladores de

Leia mais

LNet Mobility WIRELESS SOLUTIONS

LNet Mobility WIRELESS SOLUTIONS LNet Mobility WIRELESS SOLUTIONS INTRODUÇÃO: Entende-se por Mobilidade a possibilidade de poder se comunicar em qualquer momento e de qualquer lugar. Ela é possível graças às redes wireless, que podem

Leia mais

Segurança em redes sem fio Freqüências

Segurança em redes sem fio Freqüências Segurança em redes sem fio Freqüências Carlos Lamb Fausto Levandoski Juliano Johann Berlitz Vagner Dias Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS) 16/08/2011 AGENDA INTRODUÇÃO ESPECTRO ELETROMAGNÉTICO

Leia mais

História dos Raios X. 08 de novembro de 1895: Descoberta dos Raios X Pelo Professor de física teórica Wilhelm Conrad Röntgen.

História dos Raios X. 08 de novembro de 1895: Descoberta dos Raios X Pelo Professor de física teórica Wilhelm Conrad Röntgen. História dos Raios X 08 de novembro de 1895: Descoberta dos Raios X Pelo Professor de física teórica Wilhelm Conrad Röntgen. História dos Raios X 22 de dezembro de 1895, Röntgen fez a primeira radiografia

Leia mais

Meios de Transmissão. Conceito. Importância. É a conexão física entre as estações da rede. Influência diretamente no custo das interfaces com a rede.

Meios de Transmissão. Conceito. Importância. É a conexão física entre as estações da rede. Influência diretamente no custo das interfaces com a rede. Meios de Transmissão Conceito Importância É a conexão física entre as estações da rede. Influência diretamente no custo das interfaces com a rede. Meios de Transmissão Qualquer meio físico capaz de transportar

Leia mais

Bibliografia. Forouzan, Behrouz A. Comunicação de Dados e Redes de Computadores. 4. ed. McGraw-Hill, 2008.

Bibliografia. Forouzan, Behrouz A. Comunicação de Dados e Redes de Computadores. 4. ed. McGraw-Hill, 2008. Redes Sem Fio Você vai aprender: Contextualização das redes sem fio; Fundamentos de transmissão de sinais digitais; Fundamentos de radio comunicação; Arquiteturas em redes sem fio; Redes WLAN padrão IEEE

Leia mais

Atualmente dedica-se à Teleco e à prestação de serviços de consultoria em telecomunicações.

Atualmente dedica-se à Teleco e à prestação de serviços de consultoria em telecomunicações. Roteiro de Estudos Redes PAN IV O Portal Teleco apresenta periodicamente Roteiros de Estudo sobre os principais temas das Telecomunicações. Os roteiros apresentam uma sugestão de tutoriais publicados para

Leia mais

Estudo comparativo do comportamento térmico de quatro sistemas de cobertura. Um estudo experimental para a reação frente ao calor.

Estudo comparativo do comportamento térmico de quatro sistemas de cobertura. Um estudo experimental para a reação frente ao calor. Estudo comparativo do comportamento térmico de quatro sistemas de cobertura. Um estudo experimental para a reação frente ao calor. Francisco Vecchia Departamento de Hidráulica e Saneamento Escola de Engenharia

Leia mais

Infra-Estrutura de Redes

Infra-Estrutura de Redes Faculdade Anhanguera de São Caetano do Sul Infra-Estrutura de Redes Curso: Tecnologia em Redes de Computadores Prof:Eduardo M. de Araujo Site-http://www.professoreduardoaraujo.com Objetivos: Camada física

Leia mais

Relatório de Teste de Diferentes Antenas e Equipamentos para o Protocolo NOVUS IEEE 802.15.4

Relatório de Teste de Diferentes Antenas e Equipamentos para o Protocolo NOVUS IEEE 802.15.4 Relatório de Teste de Diferentes Antenas e Equipamentos para o Protocolo NOVUS IEEE 802.15.4 ÍNDICE Índice 1 Introdução 2 Equipamentos Utilizados 3 Modelo de Propagação do Sinal 5 Zona de Fresnel 6 Link

Leia mais

Realizando o ensaio de ultra-som

Realizando o ensaio de ultra-som Realizando o ensaio de ultra-som A UU L AL A Na aula anterior, você ficou sabendo que o ultra-som é uma onda mecânica que se propaga de uma fonte emissora até uma fonte receptora, através de um meio físico.

Leia mais

Mantendo você conectado

Mantendo você conectado Mantendo você conectado Telecomunicações Mantendo você conectado 1 A FG Wilson tem atendido as necessidades do setor de telecomunicações nos últimos 47 anos com nossos grupos geradores a diesel e a gás.

Leia mais

4 Descrição do Sistema e Campanha de Medição

4 Descrição do Sistema e Campanha de Medição 4 Descrição do Sistema e Campanha de Medição Neste capítulo são descritos o sistema de transmissão, recepção e aquisição de dados utilizados no experimento. São descritas, ainda, a metodologia utilizada

Leia mais