Planilha de Conceito

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Planilha de Conceito"

Transcrição

1 II Planilha de Conceito Nome do Estagiário QUADRO DA PONTUAÇÃO OBTIDA Pontos do Grupo I (Multiplicado por 2) Matrícula (cartão) AVALIAÇÃO Conceito Pontos do Grupo II (Multiplicado por 2) de 00 a 179 D Avaliação do Tutor (Máximo 100 pontos) de 180 a 200 C Avaliação do Coordenador de 201 a 260 B do Estágio (Máximo 100 pontos) de 261 a 280 A Soma TOTAL (PONTOS) CONCEITO FINAL Considerações do Tutor sobre o Estágio Assinatura do professor Tutor

2 REQUERIMENTO DE MATRÌCULA Ilmo. Sr. Pró-Reitor de Graduação UFRGS NOME LEGÍVEL: _ Residente: n 0 apart: Fone: bairro: cidade: Estado:, aluno REGULARMENTE MATRICULADO neste período letivo no Curso de Engenharia Mecânica, desta Universidade, portador do cartão de identificação vem por meio desta solicitar matrícula na disciplina de Estágio Supervisionado II ENG N. T. P. D. Data: de de ASSINATURA - aluno

3 Formulário para Matrícula Eng03399 Estágio Supervisionado II Inscrição Processo DECORDI / - 1. Dados Pessoais Aluno Nº Matrícula CPF Endereço Telefones Rua Residencial Cidade Celular Código CEP Estado Fax (s) 2. Dados da empresa Empresa Área de atividade: 3. Dados do Estágio Nome Registro CREA Telefone Tutor (Universidade) Número de Créditos Telefone Duração (meses) Data início / / Data Prevista para conclusão / / prof.tutor/demec prof. Coordenador de Estágio/DEMEC Porto Alegre, de de Nota A não entrega do relatório até o término das aulas do período letivo (semestre) seguinte ao da inscrição, implica na atribuição de conceito FF, com o conseqüente encerramento do processo. 1 0 via: DEMEC (professor coordenador)

4 Formulário para Matrícula Eng03399 Estágio Supervisionado II Inscrição Processo DECORDI / - 1. Dados Pessoais Aluno Nº Matrícula CPF Endereço Telefones Rua Residencial Cidade Celular Código CEP Estado Fax (s) 2. Dados da empresa Empresa Área de atividade: 3. Dados do Estágio Nome Registro CREA Telefone Tutor (Universidade) Número de Créditos Telefone Duração (meses) Data início / / Data Prevista para conclusão / / prof.tutor/demec prof. Coordenador de Estágio/DEMEC Porto Alegre, de de Nota A não entrega do relatório até o término das aulas do período letivo (semestre) seguinte ao da inscrição, implica na atribuição de conceito FF, com o conseqüente encerramento do processo. 2 0 via: DECORDI

5 Formulário para Matrícula Eng03399 Estágio Supervisionado II Inscrição Processo DECORDI / - 1. Dados Pessoais Aluno Nº Matrícula CPF Endereço Telefones Rua Residencial Cidade Celular Código CEP Estado Fax (s) 2. Dados da empresa Empresa Área de atividade: 3. Dados do Estágio Nome Registro CREA Telefone Tutor (Universidade) Número de Créditos Telefone Duração (meses) Data início / / Data Prevista para conclusão / / prof.tutor/demec prof. Coordenador de Estágio/DEMEC Porto Alegre, de de Nota A não entrega do relatório até o término das aulas do período letivo (semestre) seguinte ao da inscrição, implica na atribuição de conceito FF, com o conseqüente encerramento do processo. 3 0 via: SUPERVISOR

6 Avaliação do (Empresa) Relatório referente ao período de Nome do Estagiário: Matricula Nome do : Registro CREA.../.../... a.../.../... grupo I CRITÉRIO DE AVALIAÇÃO Conceitos (pontos) 1-QUALIDADE DO TRABALHO- considerar a qualidade do trabalho tendo em vista o que seria desejável.. sofrível regular bom muito bom excelente ENGENHOSIDADE-capacidade de sugerir, projetar ou executar modificações ou inovações. 3-CONHECIMENTOS-conhecimento demonstrado no desenvolvimento das atividades programadas. 4-CUMPRIMENTOS DAS TAREFAS- considerar o volume de atividades cumpridas dentro de um padrão razoável. 5-INICIATIVA-iniciativa para desenvolver suas atividades sem dependências de outros. Sub-totais Total (soma dos sub-totais) grupo II CRITÉRIO DE AVALIAÇÃO Conceitos (pontos) (Aspectos Humanos) sofrível regular bom muito bom excelen te 1-ASSIDUIDADE-cumprimento do horário do estágio e ausência de falhas DISCIPLINA-observância das normas e regulamentos internos da empresa. 3-SOCIABILIDADE-facilidade de se integrar com colegas e ambiente de trabalho. 4-COOPERAÇÃO-disposição para cooperar com colegas e para atender a atividades. 5-SENSO DE RESPONSABILIDADE-zelo pelo material, equipamentos e bens da empresa. Sub-totais Total (soma dos sub-totais) Considerações complementares Data / / Assinatura Carimbo

Planilha de Conceito

Planilha de Conceito Planilha de Conceito Nome do Estagiário QUADRO DA PONTUAÇÃO OBTIDA Matrícula (cartão UFRGS) TABELA DE CONCEITOS Pontos do Grupo I (Multiplicado por 2) Pontos do Grupo II (Multiplicado por 2) de 51 a 179

Leia mais

Informações para professores, alunos e supervisores

Informações para professores, alunos e supervisores Informações para professores, alunos e supervisores 01. OBJETIVO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO O Estágio Supervisionado tem por objetivo a complementação do ensino ministrado na Universidade, constituindo-se

Leia mais

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DO ESTAGIÁRIO Nome: Início do estágio: Término do estágio

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DO ESTAGIÁRIO Nome: Início do estágio: Término do estágio DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DO ESTAGIÁRIO Nome: Início do estágio: Término do estágio DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA Razão Social: Endereço: Área de atuação: DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DO PROFESSOR ORIENTADOR

Leia mais

NORMAS DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO COLEGIADO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

NORMAS DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO COLEGIADO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO Colegiado de Engenharia de Produção NORMAS DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO COLEGIADO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO CAPÍTULO I Das Disposições Preliminares

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 02, DE 8 DE ABRIL DE 2011

RESOLUÇÃO Nº 02, DE 8 DE ABRIL DE 2011 RESOLUÇÃO Nº 02, DE 8 DE ABRIL DE 2011 Estabelece normas para realização, execução e avaliação do Estágio Supervisionado no Curso de Engenharia Elétrica da Universidade Federal de São João del-rei. O PRESIDENTE

Leia mais

Data: / / Instituição:Início da viagem técnica H Término da viagem técnica: H Responsável (eis) pela recepção na instituição (nome(s) e cargo(s))

Data: / / Instituição:Início da viagem técnica H Término da viagem técnica: H Responsável (eis) pela recepção na instituição (nome(s) e cargo(s)) RELATÓRIO DE VIAGEM TÉCNICA Este relatório deverá ser entregue ao coordenador (a) de estágio até 10 dias após a Visita Técnica. Nome do estagiário (a): Turma: Identificação do(s) professor(es) Nome(s):

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO

REGULAMENTO DE ESTÁGIO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS INSTITUTO DE INFORMÁTICA REGULAMENTO DE ESTÁGIO Regulamenta a realização de estágio no âmbito do curso de Bacharelado em Ciências da Computação do Instituto

Leia mais

Fone: Celular: Endereço residencial na cidade de origem: Rua/Av.

Fone: Celular:   Endereço residencial na cidade de origem: Rua/Av. APÊNDICE I - FICHA DE INSCRIÇÃO DE ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE ODONTOLOGIA IDENTIFICAÇÃO DO ALUNO Endereço residencial em Alfenas: Fone: Celular: e-mail: Endereço residencial na cidade de origem:

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TOCANTINS CAMPUS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TOCANTINS CAMPUS PLANO DE ESTÁGIO Estagiário: Empresa: Supervisor do estágio: Cargo do Supervisor: Período previsto para realização do estágio: Início / /, Término / /. Atividades Previstas Data Técnicas e instrumentos

Leia mais

COORDENAÇÃO DE ESTÁGIO

COORDENAÇÃO DE ESTÁGIO COORDENAÇÃO DE ESTÁGIO KIT ALUNO ESTÁGIO PASSO A PASSO Maceió/2016 1º PASSO: PREENCHIMENTO DO CADASTRO DO ALUNO COORDENAÇÃO DE ESTÁGIOS CADASTRO DO ALUNO Curso: Período que Cursa: Matrícula: Nome Completo:

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS DIRETRIZES PARA A REALIZAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM ENGENHARIA DE ALIMENTOS PORTO ALEGRE 2009 2 ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM ENGENHARIA DE ALIMENTOS O Estágio Curricular Supervisionado é um procedimento

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO MULTIDISCIPLINAR EM SAUDE COLEGIADO DE BIOTECNOLOGIA. Instrução normativa Nº 01/2016

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO MULTIDISCIPLINAR EM SAUDE COLEGIADO DE BIOTECNOLOGIA. Instrução normativa Nº 01/2016 UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO MULTIDISCIPLINAR EM SAUDE COLEGIADO DE BIOTECNOLOGIA Instrução normativa Nº 01/2016 Revoga a IN Nº 02/2013 e estabelece as normas referentes à orientação e à avaliação

Leia mais

FICHAS DE AVALIAÇÃO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM ENGENHARIA QUÍMICA

FICHAS DE AVALIAÇÃO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM ENGENHARIA QUÍMICA FICHAS DE AVALIAÇÃO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM ENGENHARIA QUÍMICA CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA QUÍMICA FICHA N 1 INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO DO ESTÁGIO PARA O ORIENTADOR I DADOS DE IDENTIFICAÇÃO DO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO MULTIDISCIPLINAR EM SAUDE COLEGIADO DE FARMACIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO MULTIDISCIPLINAR EM SAUDE COLEGIADO DE FARMACIA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO MULTIDISCIPLINAR EM SAUDE COLEGIADO DE FARMACIA INSTRUÇÃO NORMATIVA 02/2007 Estabelece as normas complementares para orientação e a avaliação do estágio curricular

Leia mais

Machado, n 189 Centro Ponta Grossa - PR CEP Fone (0**42)

Machado, n 189 Centro Ponta Grossa - PR CEP Fone (0**42) Rua Pinheiro TERMO DE COMPROMISSOO DE ESTAGIÁRIO/ BACHARELADO EM SECRETARIADO EXECUTIVO O ESTAGIÁRIO...... Data de Nascimento.../....../... RA n...... Endereço...... Bairro...... CEP...Cidade... Estado...

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO DE INTERESSE CURRICULAR DO CURSO DE ODONTOLOGIA

REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO DE INTERESSE CURRICULAR DO CURSO DE ODONTOLOGIA REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO DE INTERESSE CURRICULAR DO CURSO DE ODONTOLOGIA Resolução nº 008/2005 do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) CAPÍTULO I DA DEFINIÇÃO Art. 1º - Aquele não previsto na

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE BIOMEDICINA. Resolução Nº 015/2011 da Pró-reitoria de Graduação

REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE BIOMEDICINA. Resolução Nº 015/2011 da Pró-reitoria de Graduação REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE BIOMEDICINA Capítulo I Dos Objetivos Resolução Nº 015/2011 da Pró-reitoria de Graduação Artigo 1 º - Os Estágios Obrigatórios do Curso de Biomedicina tem

Leia mais

TELEFONE: MATRÍCULA: DATA DE NASCIMENTO: ESTADO CIVIL:

TELEFONE:   MATRÍCULA: DATA DE NASCIMENTO: ESTADO CIVIL: FICHA CADASTRAL DO ESTÁGIO Dados do aluno: NOME: ENDEREÇO: BAIRRO: CEP: CIDADE: TELEFONE: E-MAIL: MATRÍCULA: DATA DE NASCIMENTO: RG: ESTADO CIVIL: Dados da organização: ORGANIZAÇÃO: ENDEREÇO: BAIRRO: CEP:

Leia mais

MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO E NÃO OBRIGATÓRIO

MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO E NÃO OBRIGATÓRIO MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO E NÃO OBRIGATÓRIO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL REGULAMENTO PARA ESTAGIOS SUPERVISIONADOS OBRIGATÓRIOS E NÃO OBRIGATÓRIOS DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL 1. INTRODUÇÃO

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO ESPECÍFICA DO ESTÁGIO DE INTERESSE CURRICULAR DO CURSO DE BIOTECNOLOGIA. Resolução Nº 010/2008 da Pró-reitoria de Graduação

REGULAMENTAÇÃO ESPECÍFICA DO ESTÁGIO DE INTERESSE CURRICULAR DO CURSO DE BIOTECNOLOGIA. Resolução Nº 010/2008 da Pró-reitoria de Graduação REGULAMENTAÇÃO ESPECÍFICA DO ESTÁGIO DE INTERESSE CURRICULAR DO CURSO DE BIOTECNOLOGIA Resolução Nº 010/2008 da Pró-reitoria de Graduação Capítulo I - Dos Objetivos Art. 1º- O estágio tem por objetivo

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA ESCOLA AGROTÉCNICA COORDERNAÇÃO GERAL DE ENSINO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA ESCOLA AGROTÉCNICA COORDERNAÇÃO GERAL DE ENSINO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA ESCOLA AGROTÉCNICA COORDERNAÇÃO GERAL DE ENSINO EDITAL Nº 35/2017 CGE/EAGRO/UFRR BOA VISTA RR, 19 de junho de 2017. Seleção de alunos para preenchimento

Leia mais

ENG09046 Terça-feira, das 16h30 às 18h10 Agosto de 2012

ENG09046 Terça-feira, das 16h30 às 18h10 Agosto de 2012 ENG09046 Terça-feira, das 16h30 às 18h10 Agosto de 2012 Objetivo geral da disciplina Preparar o aluno à prática profissional. A disciplina deve ser cursada paralelamente ao estágio supervisionado. Plano

Leia mais

DADOS DO ESTAGIÁRIO. 8 Ramo de Atividade: 9.Endereço comercial: nº Fone: ( ) Responsável pela supervisão do estágio na empresa: Cargo:

DADOS DO ESTAGIÁRIO. 8 Ramo de Atividade: 9.Endereço comercial: nº Fone: ( ) Responsável pela supervisão do estágio na empresa: Cargo: 1 DADOS DO ESTAGIÁRIO 1. Nome do estagiário: 2. Data de Nascimento: / / Local: Estado: Sexo: ( ) masculino ( ) feminino 3. Filiação: Pai Mãe 4. Endereço Residencial: Nº: Apto e/ou compl : Bairro: Cidade:

Leia mais

EDITAL Nº: 01/2016. Programa de Estágio Obrigatório Supervisionado no IFTM Campus Uberlândia

EDITAL Nº: 01/2016. Programa de Estágio Obrigatório Supervisionado no IFTM Campus Uberlândia EDITAL Nº: 01/2016 Programa de Estágio Obrigatório Supervisionado no IFTM Campus Uberlândia O diretor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro Campus Uberlândia, Ednaldo

Leia mais

FACULDADE DE SOROCABA

FACULDADE DE SOROCABA Ilmo. (a) Sr. (a) (Responsável pela empresa) Assunto: Encaminhamento para estágio e sua opção A direção desta Instituição de Ensino solicita autorização de sua parte para que o (a) aluno (a):, RA:, Semestre:

Leia mais

1. Normas para Estágio Supervisionado Obrigatório do Curso de Engenharia de Alimentos diurno

1. Normas para Estágio Supervisionado Obrigatório do Curso de Engenharia de Alimentos diurno 1. Normas para Estágio Supervisionado Obrigatório do Curso de Engenharia de Alimentos diurno Apresentação: o O estágio constitui a oportunidade de complementar a formação profissional do estudante, colocando-o

Leia mais

CENTRO TECNOLÓGICO DE JOINVILLE REGULAMENTO DE ESTÁGIOS DO CURSO DE ENGENHARIA NAVAL

CENTRO TECNOLÓGICO DE JOINVILLE REGULAMENTO DE ESTÁGIOS DO CURSO DE ENGENHARIA NAVAL CENTRO TECNOLÓGICO DE JOINVILLE REGULAMENTO DE ESTÁGIOS DO CURSO DE ENGENHARIA NAVAL Joinville, 13 de julho de 2017. CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES O presente Regulamento de Estágios visa disciplinar

Leia mais

RELATÓRIO DE VISITA TÉCNICA

RELATÓRIO DE VISITA TÉCNICA 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CAMPUS SÃO MATEUS Rodovia BR 101-Norte Km 60 Bairro Litorâneo 29932-540 São Mateus ES 27 3767-7013 RELATÓRIO DE VISITA TÉCNICA Instruções para

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO SOBRE O ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO

MANUAL DE ORIENTAÇÃO SOBRE O ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DO OESTE CEO DEPARTAMENTO DE ENFERMAGEM DENF COORDENAÇÃO SETORIAL DE ESTÁGIO MANUAL DE ORIENTAÇÃO SOBRE O ESTÁGIO CURRICULAR NÃO

Leia mais

EDITAL 18/ 2017 de 09 de outubro de 2017 EDITAL DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENSINO DE FÍSICA

EDITAL 18/ 2017 de 09 de outubro de 2017 EDITAL DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENSINO DE FÍSICA EDITAL 18/ 2017 de 09 de outubro de 2017 EDITAL DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENSINO DE FÍSICA O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí, Campus Picos através

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO DO CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO DE ESTÁGIO DO CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO DE ESTÁGIO DO CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES O presente Regulamento de Estágios visa disciplinar os estágios do curso de Engenharia da Computação,

Leia mais

Universidade de Rio Verde Faculdade de Direito Núcleo de Prática Jurídica NPJ A N E X O I

Universidade de Rio Verde Faculdade de Direito Núcleo de Prática Jurídica NPJ A N E X O I A N E X O I ESTAGIÁRIOS CONVENIADOS EXCETO PARA OS CONVENIADOS EM ESCRITÓRIOS DE ADVOCACIA E DEPARTAMENTO JURÍDICO DE EMPRESAS Avenida Tocantins, quadra 07, sem número, Setor Universitário, Rio Verde GO.

Leia mais

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ILHA SOLTEIRA CNPJ: / FACULDADE DE ILHA SOLTEIRA - FAISA

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ILHA SOLTEIRA CNPJ: / FACULDADE DE ILHA SOLTEIRA - FAISA INSTITUTO DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ILHA SOLTEIRA CNPJ: 03.117.139/0001-08 FACULDADE DE ILHA SOLTEIRA - FAISA ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE PEDAGOGIA EDUCAÇÃO INFANTIL Ilha Solteira SP

Leia mais

Resolução 01/2017-PPGEP Regulamenta o processo de seleção de Alunos Externos

Resolução 01/2017-PPGEP Regulamenta o processo de seleção de Alunos Externos Resolução 01/2017-PPGEP Regulamenta o processo de seleção de Alunos Externos O Colegiado do Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção PPGEP do, no uso das atribuições que lhe são conferidas no

Leia mais

Normas para realização do Estágio Supervisionado do Curso de Graduação em Engenharia de Alimentos

Normas para realização do Estágio Supervisionado do Curso de Graduação em Engenharia de Alimentos UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS CURSO DE ENGENHARIA DE ALIMENTOS Normas para realização do Estágio Supervisionado do Curso de Graduação em Engenharia de Alimentos Lavras 2014 INTRODUÇÃO Art. 1º. O Estágio

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS ESCOLA DE ENGENHARIA ELÉTRICA, MECÂNICA E DE COMPUTAÇÃO RESOLUÇÃO N 02/2012

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS ESCOLA DE ENGENHARIA ELÉTRICA, MECÂNICA E DE COMPUTAÇÃO RESOLUÇÃO N 02/2012 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS ESCOLA DE ENGENHARIA ELÉTRICA, MECÂNICA E DE COMPUTAÇÃO RESOLUÇÃO N 02/2012 Regulamenta as atividades de Estágios Supervisionados Obrigatório e Não

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS CAMPUS ARAPIRACA CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS CAMPUS ARAPIRACA CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES RESOLUÇÃO Nº 04/2011 Dispõe sobre as normas para Estágio Curricular Supervisionado e Extracurricular do curso de graduação em Arquitetura e Urbanismo, da Universidade Federal de Alagoas/Campus Arapiraca.

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO. Curriculum 2003/2008 e Curriculum 2010

REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO. Curriculum 2003/2008 e Curriculum 2010 REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO Curriculum 2003/2008 e Curriculum 2010 Estágio Obrigatório o Para validação apresentar: Relatório de Estágio Documentos comprobatórios: Declaração de

Leia mais

PROJETO. Laboratórios de Informática: Manutenção e Melhoramentos

PROJETO. Laboratórios de Informática: Manutenção e Melhoramentos PROJETO Laboratórios de Informática: Manutenção e Melhoramentos Apresentado por MÁRCIO VALÉRIO DE OLIVEIRA FAVACHO Coordenador dos Cursos Técnicos de Informática ABRIL / 2017 1. INTRODUÇÃO A importância

Leia mais

ROTEIRO DE ORGANIZAÇÃO DO CADERNO DE ESTÁGIO I. Educação Física LICENCIATURA Portaria de Reconhecimento nº. 428 de 28 de julho de 2014

ROTEIRO DE ORGANIZAÇÃO DO CADERNO DE ESTÁGIO I. Educação Física LICENCIATURA Portaria de Reconhecimento nº. 428 de 28 de julho de 2014 ROTEIRO DE ORGANIZAÇÃO DO CADERNO DE ESTÁGIO I Educação Física LICENCIATURA Portaria de Reconhecimento nº. 428 de 28 de julho de 2014 E N V E L O P E Folha de identificação*; Capa; Folha carga horária

Leia mais

E D I T A L. 1º As vagas e suas especificações estão definidas no Anexo I deste Edital.

E D I T A L. 1º As vagas e suas especificações estão definidas no Anexo I deste Edital. EDITAL DC/IT 30/2017 ABRE VAGAS INTERNAS DE ESTÁGIO PARA ALUNOS DE CURSOS DE GRADUAÇÃO DO CAMPUS ITATIBA DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO USF PARA O 2º SEMESTRE DE 2017. O Diretor do Campus Itatiba da Universidade

Leia mais

CARTA DE APRESENTAÇÃO

CARTA DE APRESENTAÇÃO CARTA DE APRESENTAÇÃO Para cumprir as exigências legais e pedagógicas, dispostas na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB 9394/96) e na Resolução do Conselho Nacional de Educação nº 02/02,

Leia mais

1. Súmula. 2. Objetivos. 3. Método

1. Súmula. 2. Objetivos. 3. Método 1. Súmula Realização de estágio curricular supervisionado, atuando na área da Engenharia de Produção. Eperiência prática junto ao meio profissional e entrega de relatório final de estágio. Orientação por

Leia mais

Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Ponta Grossa Diretoria de Pesquisa e Pós-Graduação PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA QUÍMICA

Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Ponta Grossa Diretoria de Pesquisa e Pós-Graduação PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA QUÍMICA Resolução 01/2017PPGEQ Regulamenta o processo de seleção de Alunos Externos O Colegiado do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química PPGEQ do, no uso das atribuições que lhe são conferidas no Regulamento

Leia mais

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 01/2017

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 01/2017 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 01/2017 Inscrições e entrega de currículos: Na página da FUNTEF-PR, www.funtefpr.org.br, preencher o formulário REQUERIMENTO DE INSCRIÇÃO disponível, anexar o currículo

Leia mais

RESOLUÇÃO DO CONSELHO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE DO GAMA. (minuta)

RESOLUÇÃO DO CONSELHO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE DO GAMA. (minuta) RESOLUÇÃO DO CONSELHO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE DO GAMA. (minuta) Estabelece normas para a realização de estágios obrigatórios e não obrigatórios no âmbito dos cursos de graduação da Faculdade

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRÓ-REITORIA DE ENSINO E GRADUAÇÃO CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRÓ-REITORIA DE ENSINO E GRADUAÇÃO CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO 70 UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRÓ-REITORIA DE ENSINO E GRADUAÇÃO CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO Em de de 20. Dados do Aluno (Pode ser preenchido

Leia mais

DECLARAÇÃO DE ORIENTAÇÃO DE ESTÁGIO

DECLARAÇÃO DE ORIENTAÇÃO DE ESTÁGIO DECLARAÇÃO DE ORIENTAÇÃO DE ESTÁGIO Eu, professor(a), declaro ser orientador de estágio do aluno, do curso técnico em Agropecuária Modular. Por ser verdade, firmo a presente declaração. Professor(a) Orientador(a)

Leia mais

CHAMADA INTERNA 002/2017 MONITORIA LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA

CHAMADA INTERNA 002/2017 MONITORIA LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA CHAMADA INTERNA 002/2017 MONITORIA LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA A Coordenação do Curso Superior de Análise e Desenvolvimento de Sistema do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano Campus

Leia mais

ALUNO ESPECIAL. OBSERVAÇÃO 1: Preencher os 02 formulários de inscrição em disciplina (pois são necessárias DUAS VIAS)

ALUNO ESPECIAL. OBSERVAÇÃO 1: Preencher os 02 formulários de inscrição em disciplina (pois são necessárias DUAS VIAS) 1 - CONDIÇÕES PARA INSCRIÇÃO: 1.1 O aluno poderá cursar até 02 (duas) disciplinas; 1.2 Cada turma regular poderá acolher, no máximo, 02 (dois) inscritos de aluno especial. (Resolução n o 01/2009 da Comissão

Leia mais

NORMAS PARA ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO EM JORNALISMO

NORMAS PARA ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO EM JORNALISMO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS DEPARTAMENTO DE LETRAS E COMUNICAÇÃO COLEGIADO DO CURSO JORNALISMO NORMAS PARA ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA PRATICA DE DOCÊNCIA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO (PPGEd) DA UNOESC CAPÍTULO I

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA PRATICA DE DOCÊNCIA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO (PPGEd) DA UNOESC CAPÍTULO I MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA PRATICA DE DOCÊNCIA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO (PPGEd) DA UNOESC CAPÍTULO I DA FINALIDADE E DO OBJETIVO DA PRÁTICA DE DOCÊNCIA Art. 1º A Prática de Docência constitui

Leia mais

1. Inscrições Período

1. Inscrições Período Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Pró-Reitoria de Infraestrutura Coordenadoria de Obras e Manutenção Edital nº 1/2016-PROINFRA O Pró-Reitor de Infraestrutura da Universidade Federal

Leia mais

CHAMADA PARA ALUNO ESPECIAL PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO

CHAMADA PARA ALUNO ESPECIAL PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO CHAMADA PARA ALUNO ESPECIAL PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO 2017.2 Pela presente chamada, a Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis (PPGCC) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

Leia mais

EDITAL 07/2017 de 13 de julho de 2017 EDITAL DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DE MATEMÁTICA

EDITAL 07/2017 de 13 de julho de 2017 EDITAL DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ESPECIALIZAÇÃO EM ENSINO DE MATEMÁTICA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO, PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ CÂMPUS CORRENTE EDITAL 07/2017 de 13 de julho de 2017 EDITAL DE SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE

Leia mais

ROTEIRO DE ORGANIZAÇÃO DO CADERNO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I EDUCAÇÃO INFANTIL

ROTEIRO DE ORGANIZAÇÃO DO CADERNO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I EDUCAÇÃO INFANTIL 0 ROTEIRO DE ORGANIZAÇÃO DO CADERNO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I EDUCAÇÃO INFANTIL Pedagogia LICENCIATURA Versão Novembro de 2016 E N V E L O P E 1 Folha de identificação; Folha carga horária e avaliação

Leia mais

Coeficiente de Rendimento Pontos. 6.0 e

Coeficiente de Rendimento Pontos. 6.0 e Edital nº56 de 20 abril de 2017 O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí IFPI, através da Direção Geral do IFPI- Campus Teresina Central, torna público para conhecimento dos interessados,

Leia mais

Resolução nº 017/2006 do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE)

Resolução nº 017/2006 do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) 1 Resolução nº 017/2006 do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) REGULAMENTAÇÃO ESPECÍFICA DO ESTÁGIO CURRICULAR DO CURSO DE GEOGRAFIA - BACHARELADO Capítulo I - Dos Objetivos Art. 1 º - O Estágio

Leia mais

Perguntas e respostas mais frequentes sobre ESTÁGIOS 1. POR QUAL ÓRGÃO DEVO INICIAR A FORMALIZAÇÃO DE INÍCIO DE ESTÁGIO?

Perguntas e respostas mais frequentes sobre ESTÁGIOS 1. POR QUAL ÓRGÃO DEVO INICIAR A FORMALIZAÇÃO DE INÍCIO DE ESTÁGIO? Perguntas e respostas mais frequentes sobre ESTÁGIOS 1. POR QUAL ÓRGÃO DEVO INICIAR A FORMALIZAÇÃO DE INÍCIO DE ESTÁGIO? O Setor de Estágio (SESTA) da Diretoria de Ensino da Pró -Reitoria de Graduação

Leia mais

Procedimentos para a Regularização e Avaliação de Estágio Obrigatório realizado no BRASIL

Procedimentos para a Regularização e Avaliação de Estágio Obrigatório realizado no BRASIL 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MECÂNICA COORDENADORIA DE ESTÁGIOS DO CURSO DE ENG. MECÂNICA Procedimentos para a Regularização e Avaliação de Estágio Obrigatório realizado

Leia mais

FACULDADE MARIO SCHENBERG

FACULDADE MARIO SCHENBERG MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO FACULDADE MARIO SCHENBERG CURSO DE GASTRONOMIA Cotia, 2015 REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO Capítulo I Das Disposições Preliminares Art. 1.º Este instrumento legal

Leia mais

INSTRUÇÃO DE SERVIÇO Nº 001/2015-PROGRAD/UNIOESTE

INSTRUÇÃO DE SERVIÇO Nº 001/2015-PROGRAD/UNIOESTE INSTRUÇÃO DE SERVIÇO Nº 001/2015-PROGRAD/UNIOESTE A Pró-Reitora de Graduação da Universidade Estadual do Oeste do Paraná UNIOESTE, no uso de suas atribuições estatutárias e regimentais, Considerando os

Leia mais

EDITAL Nº 25/2017 PROCESSO SELETIVO DO 1 SEMESTRE 2017 VAGAS PARA REOPÇÃO NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO

EDITAL Nº 25/2017 PROCESSO SELETIVO DO 1 SEMESTRE 2017 VAGAS PARA REOPÇÃO NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO EDITAL Nº 25/2017 PROCESSO SELETIVO DO 1 SEMESTRE 2017 VAGAS PARA REOPÇÃO NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO A (PROEN) do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (IFAM), no uso de suas atribuições

Leia mais

REGULAMENTO DO ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO E EXTRACURRICULAR DO UNIFEB

REGULAMENTO DO ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO E EXTRACURRICULAR DO UNIFEB MANUAL PARA A REALIZAÇÃO DO ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO E EXTRACURRICULAR DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE BARRETOS UNIFEB -- Barretos- - REGULAMENTO DO ESTÁGIO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS RESOLUÇÃO Nº. 219 DE 14 DE DEZEMBRO DE 2011.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS RESOLUÇÃO Nº. 219 DE 14 DE DEZEMBRO DE 2011. RESOLUÇÃO Nº. 219 DE 14 DE DEZEMBRO DE 2011. O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO E CULTURA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS, no uso de suas atribuições legais e considerando o Parecer nº.

Leia mais

RESOLUÇÃO 01/ TGP

RESOLUÇÃO 01/ TGP UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA - SEPT COORDENAÇÃO DO CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO PÚBLICA REGULAMENTO DE ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO - CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO

Leia mais

EDITAL Nº 07/2017, DE 1º DE JUNHO DE 2017.

EDITAL Nº 07/2017, DE 1º DE JUNHO DE 2017. EDITAL Nº 07/2017, DE 1º DE JUNHO DE 2017. O INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ IFPI, através da DO IFPI-CAMPUS PICOS, torna público para conhecimento dos interessados, o regulamento

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO NA UFERSA PARA ESTUDANTES DA UFERSA

ORIENTAÇÕES PARA ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO NA UFERSA PARA ESTUDANTES DA UFERSA UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO UFERSA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS PROGEPE DIVISÃO DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAL DDP SEÇÃO DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO ORIENTAÇÕES PARA ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO

Leia mais

EDITAL Nº 31/2016. Para o segundo semestre letivo de 2016, o Campus Pouso Alegre disponibilizará 126 vagas nos seguintes cursos:

EDITAL Nº 31/2016. Para o segundo semestre letivo de 2016, o Campus Pouso Alegre disponibilizará 126 vagas nos seguintes cursos: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS EDITAL Nº 31/2016 PROCESSO DE TRANSFERÊNCIA PARA PREENCHIMENTO

Leia mais

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA MATRÍCULA NA PÓS-GRADUAÇÃO EM COMPUTAÇÃO APLICADA

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA MATRÍCULA NA PÓS-GRADUAÇÃO EM COMPUTAÇÃO APLICADA DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA MATRÍCULA NA PÓS-GRADUAÇÃO EM COMPUTAÇÃO APLICADA 1 foto 3x4 Formulários de Inscrição/Matrícula (abaixo) Cópia da Certidão de Nascimento/Casamento Cópia do RG Cópia do CPF Cópia

Leia mais

FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA E DESPORTOS PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA

FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA E DESPORTOS PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO FÍSICA Chamada para disciplina isolada 2º semestre de 2016 O Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Educação Física, de acordo com a legislação em vigor, torna público a

Leia mais

Etec de São José do Rio Pardo PLANO DE ESTÁGIO. (documento a ser preenchido de forma conjunta pela concedente de estágio e pela escola)

Etec de São José do Rio Pardo PLANO DE ESTÁGIO. (documento a ser preenchido de forma conjunta pela concedente de estágio e pela escola) PLANO DE ESTÁGIO (documento a ser preenchido de forma conjunta pela concedente de estágio e pela escola) Nome do aluno: Habilitação: Módulo: Ano: ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DE SÃO JOSÉ DO RIO PARDO Av. Brasil,

Leia mais

ESTÁGIO SUPERVISIONADO I - ORIENTAÇÕES ETAPAS

ESTÁGIO SUPERVISIONADO I - ORIENTAÇÕES ETAPAS ESTÁGIO SUPERVISIONADO I - ORIENTAÇÕES 2011.1 ETAPAS 1) Entrega do Plano de Estágio Entregar (impresso) até o dia 30.04.11 o plano de estágio supervisionado em Engenharia Civil, através do preenchimento

Leia mais

ORIENTAÇÃO PARA O ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO (LEI , DE 25 DE SETEMBRO DE 2008)

ORIENTAÇÃO PARA O ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO (LEI , DE 25 DE SETEMBRO DE 2008) SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS Av. Ministro Olavo Drummond, n. 25, bairro Amazonas Araxá-MG CEP: 38180-510 Fone: (34) 3669-4507 -

Leia mais

REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO

REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO Abril de 2014 1 CAPÍTULO I DA NATUREZA E FINALIDADE Art. 1 Este regulamento normatiza as atividades de estágio supervisionado

Leia mais

ANEXO 01 FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO PARA PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS

ANEXO 01 FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO PARA PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS ANEXO 01 FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO PARA PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS AUXÍLIOS SOLICITADOS: ( ) AUXÍLIO-INSCRIÇÃO ( ) AUXÍLIO-TRANSPORTE ( ) AUXÍLIO-DESPESA - Alimentação e Hospedagem OU ( ) AUXÍLIO-DESPESA

Leia mais

PORTARIA D.FCF/CAr. 13/2014

PORTARIA D.FCF/CAr. 13/2014 PORTARIA D.FCF/CAr. 13/2014 A Diretora da Faculdade de Ciências Farmacêuticas do Câmpus de Araraquara, da UNESP, no uso de suas atribuições e considerando: O Projeto Político Pedagógico que definiu a Estrutura

Leia mais

REGULAMENTO PARA ESTÁGIO OBRIGATÓRIO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO Maio de 2011

REGULAMENTO PARA ESTÁGIO OBRIGATÓRIO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO Maio de 2011 REGULAMENTO PARA ESTÁGIO OBRIGATÓRIO CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO Maio de 2011 Este documento trata das especificidades referentes ao curso de Arquitetura e Urbanismo da da UNESP Presidente Prudente.

Leia mais

EDITAL N 002/2014/PROEC SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS/PROEXT 2013 Convênio 016/2013

EDITAL N 002/2014/PROEC SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS/PROEXT 2013 Convênio 016/2013 EDITAL N 002/2014/PROEC SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS/PROEXT 2013 Convênio 016/2013 A Universidade do Estado de Mato Grosso, por meio da Pró-reitoria de Extensão e Cultura, no uso de suas atribuições, torna público

Leia mais

EDITAL Nº. 004/2010 DE SELEÇÃO PARA BOLSA DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA

EDITAL Nº. 004/2010 DE SELEÇÃO PARA BOLSA DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA EDITAL Nº. 004/2010 DE SELEÇÃO PARA BOLSA DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA A Pró-Reitoria de Extensão - PROEX torna público o Edital para seleção de acadêmicos para bolsas de extensão universitária, mediante

Leia mais

Minuta de Normas de Estágio DCOS

Minuta de Normas de Estágio DCOS Minuta de Normas de Estágio DCOS O Colegiado do Curso de Comunicação Social, no uso de suas atribuições, Considerando a vigência da Lei11.788, de 25/09/2008, que dispõe sobre o estágio de estudantes; Considerando

Leia mais

EDITAL INTERNO Nº 046/2015 PROCESSO DE MATRÍCULA PARA OFERTA DE DISCIPLINA ESPECIAL NA LICENCIATURA EM QUÍMICA /1

EDITAL INTERNO Nº 046/2015 PROCESSO DE MATRÍCULA PARA OFERTA DE DISCIPLINA ESPECIAL NA LICENCIATURA EM QUÍMICA /1 EDITAL INTERNO Nº 046/2015 PROCESSO DE MATRÍCULA PARA OFERTA DE DISCIPLINA ESPECIAL NA LICENCIATURA EM QUÍMICA - 2016/1 A Direção-Geral do IFRO - Câmpus Ji-Paraná, por meio da Direção de Ensino e Coordenação

Leia mais

Regulamento de Estágio Curricular Supervisionado ENGENHARIA ELÉTRICA - TELECOMUNICAÇÕES

Regulamento de Estágio Curricular Supervisionado ENGENHARIA ELÉTRICA - TELECOMUNICAÇÕES Regulamento de Estágio Curricular Supervisionado ENGENHARIA ELÉTRICA - TELECOMUNICAÇÕES CAMPO LIMPO PAULISTA 2014 Regulamento de Estágio Curricular Supervisionado do Curso de Engenharia Elétrica - Telecomunicações

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ UESC

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ UESC EDITAL UESC Nº 142 PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL PET PET CONTROLE E AUTOMAÇÃO O Reitor em exercício da Universidade Estadual de Santa Cruz UESC, no uso de suas atribuições, torna público as inscrições

Leia mais

ROTEIRO DE ORGANIZAÇÃO DO CADERNO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO II EDUCAÇÃO ESPECIAL

ROTEIRO DE ORGANIZAÇÃO DO CADERNO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO II EDUCAÇÃO ESPECIAL 0 ROTEIRO DE ORGANIZAÇÃO DO CADERNO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO II EDUCAÇÃO ESPECIAL Pedagogia LICENCIATURA Versão Novembro 2016 E N V E L O P E 1 Folha de identificação; Folha carga horária e avaliação

Leia mais

EDITAL INTERNO Nº 21/ RETIFICADO SELEÇÃO DE BOLSISTAS PARA O PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL DO PET INTERDISCIPLINAR CRIATIVAÇÃO

EDITAL INTERNO Nº 21/ RETIFICADO SELEÇÃO DE BOLSISTAS PARA O PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL DO PET INTERDISCIPLINAR CRIATIVAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO EDITAL INTERNO Nº 21/2012 - RETIFICADO SELEÇÃO DE BOLSISTAS PARA O PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL DO PET INTERDISCIPLINAR CRIATIVAÇÃO A Pró-Reitora

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CAMPUS FREDERICO WESTPHALEN CURSO DE ENGENHARIA FLORESTAL PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CAMPUS FREDERICO WESTPHALEN CURSO DE ENGENHARIA FLORESTAL PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CAMPUS FREDERICO WESTPHALEN CURSO DE ENGENHARIA FLORESTAL PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL EDITAL DE SELEÇÃO PARA NOVOS MEMBROS DO GRUPO PET ENGENHARIA FLORESTAL-FW O Grupo

Leia mais

ROTEIRO DE ORGANIZAÇÃO DO CADERNO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO II EDUCAÇÃO ESPECIAL

ROTEIRO DE ORGANIZAÇÃO DO CADERNO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO II EDUCAÇÃO ESPECIAL CURSO DE LICENCIATURA EM PEDAGOGIA Portaria de Reconhecimento nº. 286 de 21 de dezembro de 2012 ROTEIRO DE ORGANIZAÇÃO DO CADERNO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO II EDUCAÇÃO ESPECIAL Pedagogia LICENCIATURA CURSO

Leia mais

1. DOS FUNDAMENTOS E OBJETIVOS DO ESTÁGIO DE DOCÊNCIA

1. DOS FUNDAMENTOS E OBJETIVOS DO ESTÁGIO DE DOCÊNCIA ESTÁGIO DE DOCÊNCIA DO MESTRADO DA ESCOLA SUPERIOR DOM HELDER CÂMARA 1º SEMESTRE DE 2017 1. DOS FUNDAMENTOS E OBJETIVOS DO ESTÁGIO DE DOCÊNCIA O candidato ao estágio de docência deve ser um aluno regularmente

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE PRÓ-REITORIA DE ENSINO COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CEAD EDITAL Nº 29/2017/PRE/CEAD/UFCG

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE PRÓ-REITORIA DE ENSINO COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CEAD EDITAL Nº 29/2017/PRE/CEAD/UFCG UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE PRÓ-REITORIA DE ENSINO COORDENAÇÃO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA CEAD EDITAL Nº 29/2017/PRE/CEAD/UFCG SELEÇÃO SIMPLIFICADA PARA BOLSISTAS DO PROGRAMA O USO DE TECNOLOGIA

Leia mais

Estágio no Núcleo de Prática Jurídica - Escritório de Assistência Jurídica

Estágio no Núcleo de Prática Jurídica - Escritório de Assistência Jurídica Edital nº 02/2016 ABERTURA DE INSCRIÇÃO PARA ESTÁGIO EXTRACURRICULAR NO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA - ESCRITÓRIO DE ASSISTÊNCIA JURÍDICA E APROVEITAMENTO EM INSTITUIÇÕES CONVENIADAS A professora KARLEN

Leia mais

EDITAL DE MONITORIA nº 31/2014

EDITAL DE MONITORIA nº 31/2014 EDITAL DE MONITORIA nº 31/2014 O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano Campus Senhor do Bonfim torna pública a abertura das inscrições para seleção de bolsas do Programa Institucional

Leia mais

Universidade Federal da Bahia Escola de Administração da UFBA Núcleo de Pós-Graduação em Administração NPGA

Universidade Federal da Bahia Escola de Administração da UFBA Núcleo de Pós-Graduação em Administração NPGA - RETIFICAÇÃO 01 EDITAL Nº 05/2016 PROCESSO SELETIVO PARA ALUNO ESPECIAL/SEMESTRE 2017.1 Errata: correção no dia da disciplina: ADM 645 Gestão de Serviços Públicos - Av. Reitor Miguel Calmon, 3 andar-

Leia mais

Campus Itaqui Curso de Ciência e Tecnologia de Alimentos Normas para o Estágio Supervisionado Obrigatório

Campus Itaqui Curso de Ciência e Tecnologia de Alimentos Normas para o Estágio Supervisionado Obrigatório Campus Itaqui Curso de Ciência e Tecnologia de Alimentos Normas para o Estágio Supervisionado Obrigatório 1. ASPECTOS LEGAIS O Estágio Supervisionado tem caráter curricular obrigatório e é uma exigência

Leia mais

EDITAL DE RETIFICAÇÃO Nº 11/2017

EDITAL DE RETIFICAÇÃO Nº 11/2017 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA DIREÇÃO GERAL DO CAMPUS JOÃO PESSOA COORDENAÇÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO (COPEX) EDITAL DE RETIFICAÇÃO

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 42/2011, DE 26 DE AGOSTO DE 2011

RESOLUÇÃO Nº 42/2011, DE 26 DE AGOSTO DE 2011 RESOLUÇÃO Nº 42/2011, DE 26 DE AGOSTO DE 2011 Aprova o Regulamento de Estágio do Curso de Engenharia de Produção, na forma do Anexo. O Reitor da Fundação Universidade Regional de Blumenau FURB, no uso

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS CÂMPUS DE PALMAS CURSO DE ENGENHARIA CIVIL Avenida NS 15, 109 Norte-Plano Diretor Norte Palmas/TO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS CÂMPUS DE PALMAS CURSO DE ENGENHARIA CIVIL Avenida NS 15, 109 Norte-Plano Diretor Norte Palmas/TO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS CÂMPUS DE PALMAS CURSO DE ENGENHARIA CIVIL Avenida NS 15, 109 Norte-Plano Diretor Norte 77001-090 Palmas/TO (DD) 3232-8219 www.uft.edu.br civil@uft.edu.br EDITAL N 001/2016

Leia mais

NORMAS PARA ESTÁGIO SUPERVISIONADO

NORMAS PARA ESTÁGIO SUPERVISIONADO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CAMPUS DE TUCURUÍ NORMAS PARA ESTÁGIO SUPERVISIONADO Faculdade de Engenharia Elétrica Sumário 1 INTRODUÇÃO...3 2 OBJETIVOS DO ESTÁGIO...4 3 NORMAS PARA REALIZAÇÃO DO ESTÁGIO

Leia mais

FICHA DE INSCRIÇÃO P/ AS INSTITUIÇÕES DE ENSINO DO GRUPO A : I GINCANA ECOLÓGICA LAJINHA LIMPO, NASCENTE PRESERVADA.

FICHA DE INSCRIÇÃO P/ AS INSTITUIÇÕES DE ENSINO DO GRUPO A : I GINCANA ECOLÓGICA LAJINHA LIMPO, NASCENTE PRESERVADA. FICHA DE INSCRIÇÃO P/ AS INSTITUIÇÕES DE ENSINO DO GRUPO A : NOME DA EQUIPE: NOME DA INSTITUIÇÃO DE ENSINO: NOME: RG: CPF:_ ENDEREÇO DO RESPONSÁVEL: E-MAIL: FONE: NOME: RG: CPF:_ ENDEREÇO DO RESPONSÁVEL:

Leia mais

Faculdade Campo Limpo Paulista. Curso de Farmácia. Instruções para o desenvolvimento do estágio

Faculdade Campo Limpo Paulista. Curso de Farmácia. Instruções para o desenvolvimento do estágio Faculdade Campo Limpo Paulista Curso de Farmácia Instruções para o desenvolvimento do estágio Para o desenvolvimento do estágio curricular do curso de farmácia, os seguintes passos deverão ser seguidos:

Leia mais