AstraLX Impressão de Faturas e TISS Guia básico para o processo de impressão de Faturas e geração de arquivos TISS/XML no Programa AstraLX

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "AstraLX Impressão de Faturas e TISS Guia básico para o processo de impressão de Faturas e geração de arquivos TISS/XML no Programa AstraLX"

Transcrição

1 AstraLX Impressão de Faturas e TISS Guia básico para o processo de impressão de Faturas e geração de arquivos TISS/XML no Programa AstraLX 2011 Equipe Documentação Astra AstraLab 31/08/2011 1

2 Sumário Emissão de Faturas... 3 Descrições Gerais... 3 Faturas... 3 Estatísticas... 6 Exporta... 7 Marcadores... 8 Modelos de Faturas... 8 TISS... 9 Configuração do TISS Registro de Convênios Registro de Pacientes Registro de Médicos Requisições Demais parâmetros TISS e Guia SADT Configuração da Guia SADT Manual Técnico criado e desenvolvido no ano de 2011 pela Equipe de Documentação Astra

3 Emissão de Faturas Descrições Gerais Esse manual tem como objetivo explicar como é realizado o processo de Emissão de Faturas. Para acessar a tela do gerador de Faturas o usuário deve acessar o botão Arquivo no menu principal do AstraLX e em seguida escolher a opção Faturas, como destacado na imagem abaixo: Faturas Ao clicar na opção Faturas, o sistema abrirá uma janela que permite a seleção de dados para a impressão, como mostra a figura abaixo: 3

4 Segue abaixo a descrição dos campos disponíveis nesta tela: Data de a: Período de datas que o usuário deseja emitir as faturas. NOTA: As faturas são processadas baseando-se na data de coleta. Enquanto uma requisição está em produção é possível modificar livremente a data de coleta no ThinClient. Depois que a requisição está no arquivo é possível modificar a mesma através da tela Requerimentos Arquivados.(Para mais informações consulte o Manual AstraLX - (500) Requerimentos e Laudos Arquivados). Títulos: Nome e/ou razão social do Laboratório que será impresso no cabeçalho das faturas. Seleção de Procedência: O usuário pode escolher qual filtro primário utilizará para gerar as faturas. Tudo: Seleciona requisições a faturar para um período determinado em Data de... a Convênio: Seleciona requisições a faturar de um determinado convênio. Posto de Coleta: Seleciona requisições a faturar de um posto de coleta. Departamento: Requisições a faturar para um determinado departamento hospitalar. Médico: Seleciona requisições baseando-se no médico selecionado. Ordem de Impressão: O sistema oferece duas ordens de impressão; 4

5 Requisição, Progressivo: As requisições estarão ordenadas por código de requisição e progressivo (ordem de cadastro) das análises. Nome, Requisição, Progressivo: Imprime a fatura em ordem alfabética por nomes de pacientes, codigo de requisição e progressivo de analises. Data, Requisição, Progressivo: Imprime a fatura por ordem de data e, dentro desta, em ordem de requisição e progressivo de cadastro das analises. Observação Importante: Depois que o usuário indicar os filtros que utilizará, ele deve clicar sobre o botão Abrir na barra inferior da tela, feito esse procedimento o programa indica a quantidade de análises que foram realizadas (por Convênio, Posto de Coleta, Departamento, Médico ou Tudo) e localizadas no sistema. No exemplo abaixo foram localizadas 20 análises: Para iniciar uma nova pesquisa o usuário deve pressionar o botão Fechar. Impressos: São os modelos (layout) disponíveis no sistema para impressão de faturas. Filtro personalizado: O usuário poderá usar esse filtro para facilitar a sua pesquisa. Veja detalhes sobre o funcionamento do filtro no manual AstraLX (300) Introdução. O sistema só realiza a pesquisa baseada no filtro indicado quando o usuário clica em Filtros, no Menu, e escolhe a opção Usar filtro personalizado, veja a imagem abaixo: O usuário depois que determinar seu filtro personalizado poderá salvá-lo no sistema, a fim de facilitar em caso de uso constante do mesmo filtro. Esse filtro ficará salvo em Filtros Preferenciais. Para salvar o usuário deve clicar na opção Filtros do Menu e em seguida em Salvar Filtro Personalizado como novo filtro. Após esse procedimento o sistema abrirá uma tela solicitando o código, e em seguida uma descrição para o filtro; como mostram as imagens a seguir: Após realizar essas duas etapas o código e a descrição ficarão salvos em Filtros Preferenciais. Filtro Preferencial: São os filtros salvos anteriormente pelo usuário, como explicado no item anterior. Após indicar um dos filtros preferenciais da listagem o usuário deve clicar sobre o botão Filtros, no Menu, e escolher a opção Usar filtro preferencial, veja a imagem abaixo: 5

6 Executa Impressão: Imprime a Fatura de acordo com os filtros de data e Seleção de Procedência e/ou Filtros preferenciais e personalizados determinados pelo usuário. Segue abaixo um modelo de Fatura, baseando-se no filtro de Convênio Unimed: NOTA: O preço dos exames é calculado deste modo: preço total do exame na tabela de preços * quantidade do exame no cadastro. Estatísticas Clicando sobre a opção Estatísticas do Menu, o sistema vai gerar no quadro verde à direita da tela uma listagem de acordo com a Seleção Procedência indicada anteriormente. No exemplo abaixo selecionamos a opção Convênio e em seguida a função Estatísticas, logo foi gerada pelo sistema uma listagem com todos os convênios utilizados no período de tempo determinado em Data de... a indicando a quantidade de requisições associadas aos respectivos convênios. Veja a tela abaixo: 6

7 No caso do exemplo acima os convênios que tiveram mais requisições associadas foram Particular (59 requisições) e Unimed (28 requisições). Se o usuário realizar o mesmo procedimento mudando a Seleção Procedência para Posto de Coleta, o sistema gera na tela a listagem com os postos de coletas que tem requisições associadas no período de tempo determinado em Seleção Datas e a quantidade de requisições de cada posto. Veja imagem abaixo: Esse procedimento equivale para todas as demais opções de Seleção Procedência. Exporta Clicando sobre a opção Exporta do Menu, o sistema oferece ao usuários 3 opções para exportar o arquivo em formato xml. Segue abaixo a descrição de cada opção: Exporta o dataset de impressão em xml: exporta em formato xml o arquivo que foi gerado para impressão de fatura baseando-se no filtro que o usuário utilizou para a pesquisa. Exporta listas agrupadas em xml: função inutilizada. 7

8 Exporta estatísticas em xml: Exporta a listagem das estatísticas em formato xml. Marcadores Clicando sobre a opção Marcadores do Menu, o sistema oferece ao usuários 3 opções para marcar as requisições que foram filtradas pelo usuário. Segue abaixo a descrição de cada opção: Pendentes: marca todos os registros do filtro atual como pendentes (que possuem pendência administrativa tipo falta guia ), sendo o flag=0. A faturar: marca todos os registros do filtro com o flag=1. Já faturados: marca todos os registros do filtro com o flag=2. NOTA: A utilização dos marcadores e filtros permite excluir ou incluir determinadas requisições em faturas para períodos diferentes. Modelos de Faturas zf_extend3 Deriva do zf_extend2 porém apresenta o número de cartão SUS abaixo do nome. zf_extend4 Semelhante ao zf_extend1, com a diferença de conter ao final do relatório um cálculo de percentagem referente ao médico. Percentagem essa que pode ser parametrizada para cada médico em Config. Administrativas > Médicos na aba Outros. zf_basic4.fr3 Deriva da zf_basic4 porém apresenta um cálculo percentual do total da fatura, em base ao campo Percentual do cadastro dos médicos. Ex.: 30 fará um cálculo em base a 30% do total da fatura. zf_basic5 Deriva do zf_basic3 porém não contem o Cód. Sanitário e sim o campo S2 do ThinClient (OH_StenSeco no Banco de Dados). Além disto, apresenta somatória dos exames de cada paciente. zf_basic12.fr3 Deriva da zf_basic10 porém apresenta a Identidade do paciente ao invés do código do convênio. 8

9 TISS O sistema permite gerar Faturas em formato XML no padrão TISS. NOTA: O módulo TISS é fornecido separadamente do sistema e para sua utilização é necessário que o mesmo seja adquirido. Consultar o departamento comercial AstraLab para maiores informações. Para gerar arquivo XML no padrão TISS o usuário deve primeiramente realizar a seleção de dadoss, tal como na emissão de faturas descrita anteriormente, inclusive utilizando fitros, e em seguida selecionar no quadro azul denominado Biblioteca de Exportação, selecionar o item pbetissxxxx.bpl e em seguida clicar sobre a opção Vai a Biblioteca do menu principal da tela. Feito isso o sistema abrirá uma nova janela, veja a imagem abaixo: Em seguida o usuário deve clicar sobre o botão Open na barra inferior. Após pressionar o botão Open aparecerá na barra inferior da tela a quantidade de análises que foi gerada para o filtro determinado anteriormente pelo usuário, e ficará disponível o botão Export. 9

10 Se o usuário clicar sobre a sessão Source Data, poderá visualizar uma listagem com as requisições as quais as análises encontradas estão associadas, juntamente com a data e hora da coleta. Veja a imagem abaixo: Clicando sobre o botão Export, o usuário poderá exportar o arquivo das Faturas do Tiss em formato XML. Se houver alguma notificação sobre o arquivo que foi gerado o usuário poderá visualizar na sessão Log Trace; veja na imagem a seguir: O LogTrace permite evidenciar ao usuário eventuais problemas em requisições. Na barra de status o Warning: allarm generated! indica que uma ou mais requisições geraram alarme. 10

11 Configuração do TISS Registro de Convênios - O NomePlano é a descrição do convênio. - O código RegistroANS de cada convênio. - O CódigoANSPrestador é o código do laboratório no convênio. - Para a versão do TISS.bpl o campo versão do TISS pode ser: V2_01_03 V2_02_01 O padrão será sempre a versão mais recente, mesmo que não for especificada nenhuma versão. Registro de Pacientes O NumeroCarteira é o Código Saúde do registro do paciente. O campo ValidadeCarteira é a data de validade da mesma no convênio. Registro de Médicos O PadrãoMédico_SiglaConselho (CRM) e PadrãoMédico_ufConselho (ES) são definidos no arquivo de inicialização AstraExports.ini e no caso o médico tenha um CRx ou não seja do ES o código do médico deve ser completo no cadastro e separado com " ", exemplo CRM 1234 RJ (mesmo que seja CRM declarar explicitamente tudo). O CBOS do médico solicitante é "specialidade" da tela de médicos, na versão atualizada este campo é chamado CBOS. Requisições O NúmeroGuiaPrincipal deve ser inserido no cadastro no campo EXT1 ou S1 11

12 Demais parâmetros TISS e Guia SADT [TfBETISS] SaveFileInitialDir=C:\ CNPJ= NomeContratado=LABORATORIO DE ANALISES CLINICAS. NomeExecutante=NOME BIOQUIMICO SiglaConselho=CRF NumeroConselho=000 ufconselho=es CodigoCBOS=05230 PadraoMedico_SiglaConselho=CRM PadraoMedico_ufConselho=ES TL=987 Logradouro=Nome rua e numero Municipio=Cidade UFLab=ES CodIBGE=12345 CEP= CNES= CPFExecutante= NOTA: O número de sequência (sequencialtransacao) provém de Configuração Administrativa no botão Razão Social na linha ID=1 tem o campo Sequencia que pode ser alterado. 12

13 Configuração da Guia SADT Seguem informações sobre os dados presentes na guia SADT: Logo da empresa: AstraLX, Convênios, Descrição para o cadastro. Número: ThinClient, Gerenciamento de Guias, Numero da guia. 1 - Registro ANS: ThinClient, Inserimento Registro, Ext Data da Autorização: ThinClient, Gerenciamento de Guias, Data da guia. 5 Senha: ThinClient, Gerenciamento de Guias, Senha da guia. 6 - Data Validade da Senha: ThinClient, Gerenciamento de Guias, Validade da autorização. 7 - Data de Emissão da Guia: idem Número da Carteira: ThinClient, Registro de dados do paciente, Número da carteira do plano de saúde. 9 - Plano: ThinClient, Gerenciamento de Guias, CID 10 - Validade da Carteira: ThinClient, Registro de dados do paciente, Validade da carteira. 11 Nome: ThinClient, Registro de dados do paciente, Nome + Sobrenome. 13

14 13 - Código na Operadora / CNPJ / CPF: ThinClient, Gerenciamento de Guias, Código contratado na operadora Nome do Contratado: ThinClient, Gerenciamento de Guias, Nome contratado Nome do Profissional Solicitante: idem 14. Os próximos três campos provém do arquivo de configuração localizado em \\servidor\astrabpl\astraexports.ini na chave [TfBETISS], e funciona do seguinte modo: 1. Se no CRM do médico não existem os separadores CRM NNNN UF o sistema indicará para o item 17 o parâmetro PadraoMedico_SiglaConselho e para o item 19 o parâmetro PadraoMedico_ufConselho. 2. Caso existam os separadores no campo do CRM do médico serão usados estes invés do padrão Conselho Profissional: ver nota acima Número do Conselho: AstraLX, Médico, CRM. Ver nota acima. 19 UF: ver nota acima Código CBO S: AstraLX, Médico, CBOS Data/Hora da Solicitação: ThinClient, Inserimento Registro, Data da coleta Caráter da Solicitação: ThinClient, Inserimento Registro, Urgente CID 10: ThinClient, Gerenciamento de Guias, CID. O sistema propõe sempre o padrão Z000 porém este valor pode ser modificado pelo usuário. 24 Indicações clinicas: ThinClient, Gerenciamento de Guias, Indicações clinicas. 25 Tabela: AstraLX, Convênios (aba outros), Tipo Tabela Código do Procedimento: AstraLX, Tabela de Preços, Código. 27 Descrição: AstraLX, Análises resultados e referência, Descrição Qt. Solic.: ThinClient, Seleção de exames, Qtd Qt. Autoriz.: idem Código na Operadora / CNPJ / CPF: : AstraLX, Convênios (aba outros), Código do laboratório no convênio Nome do Contratado: AstraExports.ini na chave [TfBETISS] -> NomeContratado 32 - T.L.: : AstraExports.ini na chave [TfBETISS] -> TL 14

15 Logradouro - Número Complemento: : AstraExports.ini na chave [TfBETISS] -> Logradouro 36 Município: : AstraExports.ini na chave [TfBETISS] -> Municipio 37 UF: : AstraExports.ini na chave [TfBETISS] -> UFLab 38 - Cód. IBGE: : AstraExports.ini na chave [TfBETISS] -> CodIBGE 39 CEP: AstraExports.ini na chave [TfBETISS] -> CEP 40 - Código CNES: AstraExports.ini na chave [TfBETISS] -> CNES 40a - Código na Operadora / CPF do exec. Complementar: AstraExports.ini na chave [TfBETISS] -> CPFExecutante 41 - Nome do Profissional Executante / Complementar: AstraExports.ini na chave [TfBETISS] - > NomeExecutante 42 - Conselho Profissional: AstraExports.ini na chave [TfBETISS] -> SiglaConselho 43 - Número do Conselho: AstraExports.ini na chave [TfBETISS] -> NumeroConselho 44 UF: AstraExports.ini na chave [TfBETISS] -> ufconselho 45 - Código CBOS: AstraExports.ini na chave [TfBETISS] -> CodigoCBOS 64 Observação: ThinClient, Gerenciamento de Guias, Observação. 15

16 Manual Técnico criado e desenvolvido no ano de 2011 pela Equipe de Documentação Astra 16

Manual de utilização do Módulo Operacional

Manual de utilização do Módulo Operacional Manual de utilização do Módulo Operacional Consultório Online Rev. 00 O melhor plano de saúde é viver. O segundo melhor é Unimed. Índice Passo 1: Visão geral Passo 2: Como acessar o Consultório On-Line?

Leia mais

Unimed Ponte Nova Cooperativa de Trabalho Médico Ltda Rua Hugo Saporetti, 48 Guarapiranga Ponte Nova MG CEP: 35430-202

Unimed Ponte Nova Cooperativa de Trabalho Médico Ltda Rua Hugo Saporetti, 48 Guarapiranga Ponte Nova MG CEP: 35430-202 1 Sumário 1 HILUM... 3 2 Identificação do Beneficiário... 4 3 Help OnLine... 6 4 Consulta... 7 4.1 Execução... 7 5 SADT... 13 5.1 Solicitação... 13 5.2 Solicitação / Execução... 21 5.3 Execução... 30 5.4

Leia mais

Unimed do Brasil Unidade de Serviços às Singulares Página 1 de 119. Unimed HILUM - Versão 3.0.0

Unimed do Brasil Unidade de Serviços às Singulares Página 1 de 119. Unimed HILUM - Versão 3.0.0 Página 1 de 119 Unimed HILUM - Versão 3.0.0 1 HILUM... 4 1.1 Consulta... 6 1.1.1 Execução... 6 1.2 SADT... 11 1.2.1 Solicitação... 11 1.2.2 Execução... 18 1.2.3 Execução On-Line... 26 1.2.4 Outras Despesas...

Leia mais

Módulo Faturamento INDICE

Módulo Faturamento INDICE Módulo Faturamento INDICE Como faturar contas... 3 Editando os dados de uma conta... 5 Como gerar o arquivo TISS... 7 Como cadastrar médicos... 10 Como cadastrar um convênio... 15 Como cadastrar um layout...

Leia mais

Manual de PRODUÇÃO ONLINE. Autorização e Faturamento

Manual de PRODUÇÃO ONLINE. Autorização e Faturamento Manual de PRODUÇÃO ONLINE 2 APRESENTAÇÃO A Unimed-Rio desenvolveu seu sistema de Produção Online, criado para facilitar a rotina de atendimento de seus médicos cooperados. Este sistema é composto por dois

Leia mais

Astra LX Pré-impressão de etiquetas Guia para o processo de pré-impressão de etiquetas no Programa AstraLX.

Astra LX Pré-impressão de etiquetas Guia para o processo de pré-impressão de etiquetas no Programa AstraLX. 2011 www.astralab.com.br Astra LX Pré-impressão de etiquetas Guia para o processo de pré-impressão de etiquetas no Programa AstraLX. Equipe Documentação Astra AstraLab 30/08/2011 1 Sumário Pré-impressão

Leia mais

Astra LX Registro de Pacientes e Médicos Guia para o acesso aos registros de Pacientes e Médicos e eliminação de dados duplicados no AstraLX

Astra LX Registro de Pacientes e Médicos Guia para o acesso aos registros de Pacientes e Médicos e eliminação de dados duplicados no AstraLX Astra LX Registro de Pacientes e Médicos Guia para o acesso aos registros de Pacientes e Médicos e eliminação de dados duplicados no AstraLX 2011 Equipe Documentação Astra AstraLab 27/10/2011 Sumário Registro

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MODULO OPERACIONAL

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MODULO OPERACIONAL MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MODULO OPERACIONAL TISS 3.02.00 Setembro 2015 - Versão 3 Índice Passo 1: Visão Geral... 3 Passo 2: Como acessar o Consultório Online?... 3 Passo 3: Quais são os Recursos Disponíveis...

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES AO CREDENCIADO VOAM

MANUAL DE INSTRUÇÕES AO CREDENCIADO VOAM MANUAL DE INSTRUÇÕES AO CREDENCIADO VOAM Versão 01/2013 Consultório e SADT 11 IDENTIFICAÇÃO VOAM VOLVO ODONTOLOGIA E ASSISTÊNCIA MÉDICA. Razão Social: VOLVO DO BRASIL VEÍCULOS LTDA. CNPJ: 43.999.424/0001-14

Leia mais

PLANO DE SAÚDE SÃO CRISTOVÃO SITE - TISS DIGITAÇÃO E ENTREGA DE FATURAMENTO MANUAL DO USUÁRIO (PRESTADOR)

PLANO DE SAÚDE SÃO CRISTOVÃO SITE - TISS DIGITAÇÃO E ENTREGA DE FATURAMENTO MANUAL DO USUÁRIO (PRESTADOR) PLANO DE SAÚDE SÃO CRISTOVÃO SITE - TISS DIGITAÇÃO E ENTREGA DE FATURAMENTO MANUAL DO USUÁRIO (PRESTADOR) Página 1 de 23 Sumário Tela de Login... 03 Menu Principal... 04 Home...05 Alterar meus dados...06

Leia mais

Manual do Sistema Carteira do Idoso

Manual do Sistema Carteira do Idoso Manual do Sistema Carteira do Idoso SUMÁRIO Manual do Sistema Carteira do Idoso... 3 1. Acessando o Sistema... 3 2. Tela Inicial... 4 2.1. Início... 5 2.2. Pesquisar Idoso... 5 2.2.1. Como pesquisar o

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO. Faturamento. de Convênios

MANUAL DE UTILIZAÇÃO. Faturamento. de Convênios MANUAL DE UTILIZAÇÃO Faturamento de Convênios O Faturamento de Convênios proporciona facilidade e agilidade para cobrança dos procedimentos, taxas, materiais e serviços do centro de nefrologia relacionado

Leia mais

SISTEMA UNIMED HRP: MÓDULO WEBSAÚDE MANUAL DE UTILIZAÇÃO

SISTEMA UNIMED HRP: MÓDULO WEBSAÚDE MANUAL DE UTILIZAÇÃO SISTEMA UNIMED HRP: MÓDULO WEBSAÚDE MANUAL DE UTILIZAÇÃO Departamento de Tecnologia da Informação tecnologia@unimeditabira.com.br 31 3839-771 3839-7713 Revisão 03 Itabira Setembro 2015 Sumário 1. Acessando

Leia mais

PORTAL SPA TISS. Manual do Credenciado. Manual do Credenciado para utilização do Portal SPA TISS do SPA Saúde.

PORTAL SPA TISS. Manual do Credenciado. Manual do Credenciado para utilização do Portal SPA TISS do SPA Saúde. PORTAL SPA TISS Manual do Credenciado Manual do Credenciado para utilização do Portal SPA TISS do SPA Saúde. Equipe de Treinamento de Desenvolvimento TIS SPA Saúde Sumário 1. Introdução... 3 2. Objetivo...

Leia mais

Manual Prescrição Fácil

Manual Prescrição Fácil TH Sistemas Web Manual Prescrição Fácil HTTP:// Sumário Prescrição Fácil... 3 Como cadastrar no sistema?... 3 Tela Inicial... 5 Configuração Parâmetro... 5 Configuração - Alterar Senha... 6 Prescrição

Leia mais

Guia de SP/SADT Instrução de Preenchimento Manual

Guia de SP/SADT Instrução de Preenchimento Manual A Guia de Serviço Profissional/Serviço Auxiliar de Diagnóstico e Terapia SP/SADT deverá ser preenchida pelo profissional ou entidade de saúde que mantém compromisso de credenciamento especial firmado com

Leia mais

GW Unimed Blumenau. Nunca foi tão fácil enviar sua produção eletronicamente para a Unimed Blumenau.

GW Unimed Blumenau. Nunca foi tão fácil enviar sua produção eletronicamente para a Unimed Blumenau. 2010 GW Unimed Blumenau Nunca foi tão fácil enviar sua produção eletronicamente para a Unimed Blumenau. GW uma ferramenta on-line de auditoria ligada diretamente com o próprio sistema da operadora, o que

Leia mais

Manual Laboratório. ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014

Manual Laboratório. ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014 2014 Manual Laboratório ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014 Sumário Acesso ao Sistema... 2 Menu Cadastros... 4 Cadastro de usuários... 4 Inclusão de Novo Usuário... 5 Alteração de usuários...

Leia mais

P&F Manual Guia WEB TISS 3.0

P&F Manual Guia WEB TISS 3.0 A seguir será apresentado os passos para emissão de guia via internet, versão TISS 3.0. Essas guias foram desenvolvidas de acordo com o padrão estabelecido pelo órgão regulador do setor de saúde suplementar

Leia mais

Unimed do Brasil Unidade de Serviços às Singulares Página 1 de 79. Unimed HILUM - Versão 1.7.4.18.1

Unimed do Brasil Unidade de Serviços às Singulares Página 1 de 79. Unimed HILUM - Versão 1.7.4.18.1 Página 1 de 79 1 HILUM... 3 1.1 Consulta... 5 1.1.1 Execução... 5 1.1.2 Tp Saída / CID... 10 1.1.3 Pesquisa CID10... 11 1.2 SP - SADT... 12 1.2.1 Solicitação... 12 1.2.2 Execução... 19 1.2.3 Outras Despesas...

Leia mais

Orientações sobre a Utilização do Saúde Connect

Orientações sobre a Utilização do Saúde Connect Orientações sobre a Utilização do Saúde Connect Objetivo do Módulo Saúde Connect Acesso ao Módulo Saúde Connect Botões de Comando Envio de cobrança para a SPTrans Primeira opção: Digitar Guia Segunda opção:

Leia mais

Smart Laudos 1.9. A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos. Manual do Usuário

Smart Laudos 1.9. A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos. Manual do Usuário Smart Laudos 1.9 A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos Manual do Usuário Conteúdo 1. O que é o Smart Laudos?... 3 2. Características... 3 3. Instalação... 3 4. Menu do Sistema... 4 5. Configurando

Leia mais

Paciente: Pessoa física que venha a utilizar-se dos serviços da clínica quer seja uma consulta, um exame ou um procedimento.

Paciente: Pessoa física que venha a utilizar-se dos serviços da clínica quer seja uma consulta, um exame ou um procedimento. CADASTROS Efetuar Cadastros é a primeira providencia que se deve tomar ao se iniciar a operação com a plataforma clinicaonline, pois é nele que se concentrarão todos os parâmetros e informações sobre:

Leia mais

Manual para configuração e utilização da versão 3.02.00 do TISS no Visual ASA

Manual para configuração e utilização da versão 3.02.00 do TISS no Visual ASA Manual para configuração e utilização da versão 3.02.00 do TISS no Visual ASA 1 INTRODUÇÃO Este manual tem como objetivo apresentar as configurações que devem ser realizadas no Visual ASA e os campos que

Leia mais

Versão 1.15. Portal StarTISS. Portal de Digitação e Envio do Faturamento. Manual de Utilização. Versão 1.15 (Agosto/2014)

Versão 1.15. Portal StarTISS. Portal de Digitação e Envio do Faturamento. Manual de Utilização. Versão 1.15 (Agosto/2014) Versão 1.15 Portal StarTISS Portal de Digitação e Envio do Faturamento Manual de Utilização Versão 1.15 (Agosto/2014) Conteúdo 1. CONTATOS... 1 2. REQUISITOS NECESSÁRIOS... 1 3. ACESSANDO O PORTAL STARTISS...

Leia mais

Manual Ilustrado - Gestão e Manutenção de Boletos

Manual Ilustrado - Gestão e Manutenção de Boletos Manual Ilustrado - Gestão e Manutenção de Boletos Julho - 2014 Índice 1. Gestão de Boletos... 3 1.1. Consultando Geração de Boletos... 3 1.2. Parametrização de Geração de Boletos... 4 1.2.1. Adicionando

Leia mais

VERSÃO 3.3 - PERFIL PRESTADOR. Versão do Manual - 1.00

VERSÃO 3.3 - PERFIL PRESTADOR. Versão do Manual - 1.00 VERSÃO 3.3 - PERFIL PRESTADOR Versão do Manual - 1.00 1 2 Histórico de versões Versão Data 1.00 14/12/07 Atualização Criação do Documento Autor Cayo Prado Créditos Coordenador de Desenvolvimento Marcos

Leia mais

Status das amostras 03 Relatório conferência de cadastro 25 Código de barras 03 Conferência de cadastro 27 Etiqueta de identificação do paciente 04

Status das amostras 03 Relatório conferência de cadastro 25 Código de barras 03 Conferência de cadastro 27 Etiqueta de identificação do paciente 04 1 Página Página Status das amostras 03 Relatório conferência de cadastro 25 Código de barras 03 Conferência de cadastro 27 Etiqueta de identificação do paciente 04 Cadastro de exames faltantes / nova coleta

Leia mais

❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE

❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE ❶ No Sistema Gênesis, na Aba ESTOQUE a) Checagem de Estoque - Verifique o estoque dos produtos desejados. b) Listar produtos com a quantia de estoque mínimo atingido: ESTOQUE / RELATÓRIO / ALERTA DE COMPRA

Leia mais

FORMULÁRIOS TISS SUMÁRIO

FORMULÁRIOS TISS SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Formulários Padrão TISS 2. Preenchimento das Guias Padrão TISS Guia de Consulta Guia de Serviço Profissional/Serviço Auxiliar de Diagnóstico e Terapia SP/SADT Guia de Solicitação de Internação

Leia mais

Sumário I. Acesso ao sistema CRMTEL II. Filtro de Clientes III. Atribuindo a Segmentação Atribuindo o Mailing VI.

Sumário I. Acesso ao sistema CRMTEL II. Filtro de Clientes III. Atribuindo a Segmentação Atribuindo o Mailing VI. Módulo Clientes 2 Sumário I. Acesso ao sistema CRMTEL... 4 II. Filtro de Clientes... 5 III. Atribuindo a Segmentação... 6 V. Atribuindo o Mailing... 10 VI. Encarteirando Clientes... 12 VII. Relatórios...

Leia mais

Legenda da Guia de solicitação e realização de serviço profissional / serviço auxiliar diagnóstico e terapia (SP / SADT)

Legenda da Guia de solicitação e realização de serviço profissional / serviço auxiliar diagnóstico e terapia (SP / SADT) Legenda da Guia de solicitação e realização de serviço profissional / serviço auxiliar diagnóstico e terapia (SP / SADT) Núm. do Nome do campo Descrição Campo Dados da autorização Registro da operadora

Leia mais

Cadastro de Franquias. Cadastro de Tipo. Configuração da Exportação

Cadastro de Franquias. Cadastro de Tipo. Configuração da Exportação Franquias O módulo Franquias permite que o Franqueador envie cadastros de produtos, serviços e preços para seus Franqueados. Sendo possível também, controlar as movimentações de vendas e estoque dos mesmos.

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES AO CREDENCIADO VOAM

MANUAL DE INSTRUÇÕES AO CREDENCIADO VOAM MANUAL DE INSTRUÇÕES AO CREDENCIADO VOAM Versão 01/2013 Terapias 11 IDENTIFICAÇÃO VOAM VOLVO ODONTOLOGIA E ASSISTÊNCIA MÉDICA. Razão Social: VOLVO DO BRASIL VEÍCULOS LTDA. CNPJ: 43.999.424/0001-14 Registro

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES. Sistema Nota Fiscal Eletrônica. Sil Tecnologia LTDA

MANUAL DE INSTRUÇÕES. Sistema Nota Fiscal Eletrônica. Sil Tecnologia LTDA Sistema Nota Fiscal Eletrônica Sil Tecnologia LTDA SUMÁRIO INTRODUÇÃO 4 1. CONHECENDO OS COMANDOS DO SISTEMA 5 1.1 Tela Inicial do Sistema 5 1.2 Navegador de registros 6 1.3 Filtro de Registros 6 2. TELA

Leia mais

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB 0 Sumário Introdução... 2 Funcionalidades... 2 Requisitos Necessários... 2 Faturamento Web... 3 Faturamento Simplificado... 4 Faturamento Detalhado... 9 Faturamento

Leia mais

Passo a passo para utilização. do Padrão TISS

Passo a passo para utilização. do Padrão TISS Passo a passo para utilização do Padrão TISS INDICE Configurações Iniciais Necessárias... 3 Parametrizando o Sistema... 4 Cadastros... 5 Cadastro do Prestador de Saúde... 5 Cadastro do Beneficiário...

Leia mais

MANUAL DE PROCESSO DIGITAÇÃO DE CONTAS MÉDICAS PORTAL WEB. Última atualização: 29/08/2014 1

MANUAL DE PROCESSO DIGITAÇÃO DE CONTAS MÉDICAS PORTAL WEB. Última atualização: 29/08/2014 1 MANUAL DE PROCESSO DIGITAÇÃO DE CONTAS MÉDICAS PORTAL WEB 1 Índice 1. Acesso ao Portal WEB... 2. Digitação de Contas Médicas... 2.1. Criação de Protocolo... 2.1.1. Digitação Contas... 2.1.1.1. Guia Consulta...

Leia mais

Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA

Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA Manual do Usuário SisCommercePDV NFC-e Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA MANUAL DO USUÁRIO SisCommercePDV Emissor de Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e) *Manual em desenvolvimento

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL TISS. Manual. Usuário. Versão 1.3 atualizado em 13/06/2013

MANUAL DO USUÁRIO PORTAL TISS. Manual. Usuário. Versão 1.3 atualizado em 13/06/2013 Manual do Usuário Versão 1.3 atualizado em 13/06/2013 1. CONFIGURAÇÕES E ORIENTAÇÕES PARA ACESSO... 4 2 GUIAS... 11 2.1 DIGITANDO AS GUIAS... 11 2.2 SALVANDO GUIAS... 12 2.3 FINALIZANDO UMA GUIA... 13

Leia mais

MANUAL DO PRESTADOR WEB

MANUAL DO PRESTADOR WEB MANUAL DO PRESTADOR WEB Sumário 1. Guia de Consulta... 3 2. Guia de Procedimentos Ambulatoriais... 6 3. Guia de Solicitação de Internação... 8 4. Prorrogação de internação... 8 5. Confirmação de pedido

Leia mais

MENUS TELA INICIAL. Movimento de Ferramentaria. Alternar entre casas do grupo. Cadastro de Ferramentas. Não Implementado. Cadastro de Funcionários

MENUS TELA INICIAL. Movimento de Ferramentaria. Alternar entre casas do grupo. Cadastro de Ferramentas. Não Implementado. Cadastro de Funcionários FERRAMENTARIA TELA INICIAL Ao autenticar no sistema com usuário e senha cadastrados é apresentada a seguinte tela ao lado esquerdo, sendo essa tela a página inicial do sistema de Ferramentaria. MENUS TELA

Leia mais

Curva ABC. Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar Centro Cascavel PR www.tecinco.com.br

Curva ABC. Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar Centro Cascavel PR www.tecinco.com.br Curva ABC Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar Centro Cascavel PR www.tecinco.com.br Sumário Introdução... 3 Utilização no sistema TCar-Win... 3 Configuração da curva ABC... 4 Configuração

Leia mais

Consultório Online. Manual de Utilização do Módulo Operacional. índice. Guias consulta / SADT (Solicitação, Execução com Guia e Autogerada): 4

Consultório Online. Manual de Utilização do Módulo Operacional. índice. Guias consulta / SADT (Solicitação, Execução com Guia e Autogerada): 4 índice Passo 1: Visão geral 3 Passo 2: Como acessar o Consultório Online? 3 Passo 3: Recursos disponíveis 4 Guias consulta / SADT (Solicitação, Execução com Guia e Autogerada): 4 Pesquisa de histórico

Leia mais

Autorizador Plasc TISS Web. - Manual de Instrução-

Autorizador Plasc TISS Web. - Manual de Instrução- Autorizador Plasc TISS Web - Manual de Instrução- A ANS estabeleceu um padrão de Troca de Informação em Saúde Suplementar - TISS para registro e intercâmbio de dados entre operadoras de planos privados

Leia mais

Faturamento Eletrônico Padrão ANS. Sumário

Faturamento Eletrônico Padrão ANS. Sumário Sumário 1. VISÃO GERAL...2 2. CONFIGURAÇÕES...2 2.1 CADASTRAR CONVÊNIOS...3 2.2 CADASTRAR COMPETÊNCIA...4 2.3 CADASTRAR LOTES...4 3. GUIAS DE CONSULTA...5 4. GUIAS DE SP/SADT...5 4. GUIAS DE OUTRAS DESPESAS...6

Leia mais

S C M (Sistema de Controle de Contas de Serviços Médicos/Hospitalares) Manual do Usuário. Data : julho/2002 Versão : 1.2 Telefone : (31)3250-1229

S C M (Sistema de Controle de Contas de Serviços Médicos/Hospitalares) Manual do Usuário. Data : julho/2002 Versão : 1.2 Telefone : (31)3250-1229 S C M () Manual do Usuário Data : julho/2002 Versão : 1.2 Telefone : (31)3250-1229 Utilizando o Sistema : Os procedimentos médicos, exames ou procedimentos Hospitalares são cadastrados na opção de Conta

Leia mais

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA MÉDICOS

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA MÉDICOS HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA MÉDICOS 1 CADASTRANDO CLIENTES 1.1 BUSCANDO CLIENTES 1.1.1 BUSCANDO CLIENTES PELO NOME 1.1.2 BUSCANDO CLIENTES POR OUTRAS BUSCAS 1.2 CAMPO OBSERVAÇÕES 1.3

Leia mais

Sistema de de Bilhetagem Eletrônica MANUAL MÓDULO PDV

Sistema de de Bilhetagem Eletrônica MANUAL MÓDULO PDV Sistema de de Eletrônica SETRANSP DOTFLEX MANUAL MÓDULO PDV REGIÃO MANUAL METROPOLITANA MÓDULO PESSOA Revisão JURÍDICA 02 / Setembro SBE de 2008 - DOTFLEX Revisão 00 / Março de 2009 MANUAL MÓDULO EMPRESA

Leia mais

Atendimento de Urgência

Atendimento de Urgência Sumário Atendimento de Pacientes Urgência/Emergências... 2 Portaria... 2 Triagem... 8 Consultório... 13 1 Atendimento de Pacientes Urgência/Emergências O menu de atendimento de urgência destina-se as unidades

Leia mais

Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE

Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE Sumário PRESTAÇÃO DE CONTAS DE ETIQUETAS DE REPARO...3 Figura 1.0...3 Figura 2.0...4 Figura 3.0...5 Figura 4.0...5 1. Proprietário

Leia mais

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA MÉDICOS

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA MÉDICOS HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA MÉDICOS 1 CADASTRANDO CLIENTES 1.1 BUSCANDO CLIENTES 1.1.1 BUSCANDO CLIENTES PELO NOME 1.1.2 BUSCANDO CLIENTES POR OUTRAS BUSCAS 1.2 CAMPO OBSERVAÇÕES

Leia mais

Manual WSD Unimed Vale do São Francisco Cooperativa de Trabalho Médico LTDA Rua do Coliseu, 123 Centro, Petrolina/PE CEP: 56302.

Manual WSD Unimed Vale do São Francisco Cooperativa de Trabalho Médico LTDA Rua do Coliseu, 123 Centro, Petrolina/PE CEP: 56302. Manual WSD 1 Manual de Acesso e Utilização do WSD-TISS Considerações Iniciais IMPORTANTE!!! Informamos que respeitando a Instrução Normativa nº 28, publicada pela ANS em 11 de janeiro de 2008, a partir

Leia mais

NOVIDADES NOVIDADES DA VERSÃO ACD. Prezado Cliente, Neste documento estão descritas todas as novidades da versão 4.4.0 do Nefrodata-ACD.

NOVIDADES NOVIDADES DA VERSÃO ACD. Prezado Cliente, Neste documento estão descritas todas as novidades da versão 4.4.0 do Nefrodata-ACD. NOVIDADES Prezado Cliente, Neste documento estão descritas todas as novidades da versão 4.4.0 do Nefrodata-ACD. Fique atento às últimas alterações do sistema. Desta forma, você poderá interagir e usufruir

Leia mais

UNICO... 3. Clientes/Fornecedores/Técnicos/Transportadoras/Vendedores... 5. Produtos... 6. Serviços... 6. Outros... 6. Vendas... 7. Notas Fiscais...

UNICO... 3. Clientes/Fornecedores/Técnicos/Transportadoras/Vendedores... 5. Produtos... 6. Serviços... 6. Outros... 6. Vendas... 7. Notas Fiscais... Sumário UNICO...... 3 Cadastros... 4 Clientes/Fornecedores/Técnicos/Transportadoras/Vendedores... 5 Produtos...... 6 Serviços...... 6 Outros...... 6 Vendas... 7 Notas Fiscais... 7 Estoque...8 Financeiro......

Leia mais

Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb

Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb Dezembro/2012 2 Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb Sumário de Informações do Documento Título do Documento: Resumo:

Leia mais

Manual do Módulo SAC

Manual do Módulo SAC 1 Manual do Módulo SAC Índice ÍNDICE 1 OBJETIVO 4 INICIO 4 SAC 7 ASSOCIADO 9 COBRANÇA 10 CUSTO MÉDICO 10 ATENDIMENTOS 11 GUIAS 12 CREDENCIADO 13 LIVRETO 14 BUSCA POR RECURSO 15 CORPO CLÍNICO 16 MENU ARQUIVO

Leia mais

Manual de Instruções Maio 2007

Manual de Instruções Maio 2007 Manual de Instruções Maio 2007 SUMÁRIO 1. Introdução 03 2. Orientações Gerais 04 2.1 Entrega de guias 04 2.2 Numeração de guias 04 2.3 Pacotes Autorização e cobrança 04 3. Identificação do Beneficiário

Leia mais

Conceitos e definições da ANS (Agencia Nacional de Saúde)

Conceitos e definições da ANS (Agencia Nacional de Saúde) Conceitos e definições da ANS (Agencia Nacional de Saúde) Demonstrativo de retorno: modelo formal de representação e descrição documental do padrão TISS sobre o pagamento dos eventos assistenciais realizados

Leia mais

MANUAL DO PRESTADOR UPLOAD DE ARQUIVO TISS

MANUAL DO PRESTADOR UPLOAD DE ARQUIVO TISS MANUAL DO PRESTADOR UPLOAD DE ARQUIVO TISS 1 Sumário Introdução... 3 Funcionalidades... 3 Requisitos Necessários... 3 Acesso ao Upload de Arquivo TISS... 3 Upload de Arquivo TISS... 5 Erros mais frequentes

Leia mais

Manual de Instruções

Manual de Instruções Manual de Instruções Junho/09 SUMÁRIO 1. Introdução 2. Orientações Gerais 2.1 Entrega de guias 2.2 Numeração de guias 2.3 Pacotes - Autorização e cobrança 3. Identificação do Beneficiário 3.1 Modelo do

Leia mais

Tutorial Simplificado E-contábil Módulo Escritório: Após logon com dados do escritório é apresentada a seguinte tela, referindo-se às boas vindas:

Tutorial Simplificado E-contábil Módulo Escritório: Após logon com dados do escritório é apresentada a seguinte tela, referindo-se às boas vindas: Tutorial Simplificado E-contábil Módulo Escritório: Após logon com dados do escritório é apresentada a seguinte tela, referindo-se às boas vindas: Note nesta tela o menu acima, os itens de comunicação

Leia mais

Portal dos Convênios - SICONV. Acompanhamento e Fiscalização Concedente, Instituição Mandatária e Convenente. Manual do Usuário

Portal dos Convênios - SICONV. Acompanhamento e Fiscalização Concedente, Instituição Mandatária e Convenente. Manual do Usuário MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios - SICONV Acompanhamento e Fiscalização

Leia mais

Manual do Sistema "Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro" Editorial Brazil Informatica

Manual do Sistema Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro Editorial Brazil Informatica Manual do Sistema "Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro" Editorial Brazil Informatica I Venda - Gerenciamento de Vendas, Estoque, Clientes e Financeiro Conteúdo Part I Introdução

Leia mais

Astra. Introdução e conceitos básicos do sistema

Astra. Introdução e conceitos básicos do sistema 2011 www.astralab.com.br Astra Introdução e conceitos básicos do sistema Este documento permite entender melhor como funciona o sistema Astra e algumas funções básicas de seus softwares. Equipe de Documentação

Leia mais

Sumário INTRODUÇÃO... 3 O QUE É CNAB?... 3 QUAL O OBJETIVO DO CNAB?... 3 QUAIS BANCOS E CARTEIRAS O EMPRESÁRIO ERP NOS FORNECE?...

Sumário INTRODUÇÃO... 3 O QUE É CNAB?... 3 QUAL O OBJETIVO DO CNAB?... 3 QUAIS BANCOS E CARTEIRAS O EMPRESÁRIO ERP NOS FORNECE?... Sumário INTRODUÇÃO... 3 O QUE É CNAB?... 3 QUAL O OBJETIVO DO CNAB?... 3 QUAIS BANCOS E CARTEIRAS O EMPRESÁRIO ERP NOS FORNECE?... 4 COMO CONFIGURAR O CNAB... 5 CADASTRO DE BANCOS... 5 PARAMETROS DO CNAB...

Leia mais

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Acesso para cadastramento da empresa 2 Caso já tenha se

Leia mais

Manual de digitação de contas Portal AFPERGS

Manual de digitação de contas Portal AFPERGS Manual de digitação de contas Portal AFPERGS 1 Sumário Acesso à função digitação de contas... 3 O que é a Função digitação de contas (DC)... 4 Como proceder na função digitação de conta médica (DC)...

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO DO SISTEMA HOSP7

GUIA DE INSTALAÇÃO DO SISTEMA HOSP7 GUIA DE INSTALAÇÃO DO SISTEMA HOSP7 LEALDATA INFORMÁTICA RECEPÇÃO FATURAMENTO CADASTRANDO E FATURANDO PACIENTES INSTALAÇÃO DO SISTEMA EM OUTROS COMPUTADORES RECEPÇÃO Segue abaixo passo a passo os cadastros

Leia mais

TISS. Manual de Instruções. Manual de Instruções. Troca de Informação em Saúde Suplementar 1/40 ANS 36.825-3

TISS. Manual de Instruções. Manual de Instruções. Troca de Informação em Saúde Suplementar 1/40 ANS 36.825-3 TISS Manual de Instruções Manual de Instruções Troca de Informação em Saúde Suplementar 1/40 1. INTRODUÇÃO 2. ORIENTAÇÕES GERAIS 2.1 Entrega de guias SUMÁRIO......... 2.2 Numeração de guias Pacotes...

Leia mais

MANUAL VERSÃO 2.13 1

MANUAL VERSÃO 2.13 1 1 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 1. O QUE É O EOL?... 3 2. ACESSANDO O EOL... 3 3. TELA INICIAL... 4 4. EXAMES ADMISSIONAIS... 4 5. MUDANÇA DE FUNÇÃO... 6 6. EXAMES DEMISSIONAL E RETORNO AO TRABALHO... 7 7. EXAMES

Leia mais

Índice. Sistema BioMarc IVB - Homologação

Índice. Sistema BioMarc IVB - Homologação Manual de Sistema Índice 1 - Acessando o Sistema... 4 2 Resultados... 5 2.1 Consultar Laudo... 6 2.2 Gerar Pacote... 6 2.3 Limpar... 7 3 Solicitação... 7 3.1 Solicitação de Material... 7 3.2 Solicitação

Leia mais

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da. Secretaria Municipal de Saúde do. Município de São Paulo

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da. Secretaria Municipal de Saúde do. Município de São Paulo Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Manual Cartão SUS Manual de Operação Julho/2011 Conteúdo Sumário...

Leia mais

Manual do Sistema. SMARsa. Módulo WEB

Manual do Sistema. SMARsa. Módulo WEB Manual do Sistema SMARsa Módulo WEB Índice INTRODUÇÃO...1 OBJETIVOS....1 TELA DE LOGIN...2 Como Utilizar?...2 INICIANDO O TRABALHO...3 TELA INICIAL...3 PERDA DE CONEXÃO:...4 1. ADMINISTRAÇÃO...5 1.1. Alterar

Leia mais

SAJPG5. Primeiro Grau. Novidades das Versões 1.3.0-0 a 1.4.1-1

SAJPG5. Primeiro Grau. Novidades das Versões 1.3.0-0 a 1.4.1-1 SAJPG5 Primeiro Grau Novidades das Versões 1.3.0-0 a 1.4.1-1 Novidades da versão 1.3.0-0 a 1.4.1-1 Este documento contém um resumo das alterações e novidades liberadas nas versões 1.3.0-0 a 1.4.1-1 do

Leia mais

MANUAL TISS Versão 3.02.00

MANUAL TISS Versão 3.02.00 MANUAL TISS Versão 3.02.00 1 INTRODUÇÃO Esse manual tem como objetivo oferecer todas as informações na nova ferramenta SAP que será utilizada pelo prestador Mediplan, a mesma será responsável para atender

Leia mais

MANUAL BÁSICO USUARIO PATHOGOLD

MANUAL BÁSICO USUARIO PATHOGOLD MANUAL BÁSICO USUARIO PATHOGOLD PathoGOLD 2014 é um software de gestão de laboratório. Birlamedisoft PathoGold India desenvolve este software para Laboratório. Diafgarma Brasil distribui e comercializa

Leia mais

Sistema de Informação de Nascidos Vivos. Ajuda do sistema Agosto/2009 Versão 2.1

Sistema de Informação de Nascidos Vivos. Ajuda do sistema Agosto/2009 Versão 2.1 Sistema de Informação de Nascidos Vivos Agosto/2009 Versão 2.1 Conteúdo Sistema de Informação de Nascidos Vivos... 1 1 - Acesso ao sistema... 4 2 - Configuração da data do sistema... 5 3 - Barra de ferramentas...

Leia mais

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo em sua oficina. O sistema foi desenvolvido para ser utilizado

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. Conteúdo 1. Descrição geral 2 2. Resumo das funcionalidades 3 3. Efetuar cadastro no sistema 4 4. Acessar o sistema 6 5. Funcionalidades do menu 7 5.1 Dados cadastrais 7 5.2 Grupos de usuários 7 5.3 Funcionários

Leia mais

Gerencie a sala de espera e garanta a satisfação dos pacientes

Gerencie a sala de espera e garanta a satisfação dos pacientes Centralx Clinic O ciclo de trabalho completo em um só sistema. Para ambientes de alta produtividade, do agendamento à consulta, do faturamento ao rateio entre prestadores de serviço, o Centralx Clinic

Leia mais

Manual de utilização do Sistema. Plano Tiss

Manual de utilização do Sistema. Plano Tiss Manual de utilização do sistema de lançamento de guias Planotiss 1 Manual de utilização do Sistema Plano Tiss Plano Tiss Após a instalação do Sistema Planotiss, será criada um atalho na Área de trabalho,

Leia mais

MANUAL DO ADMINISTRADOR LOCAL. Entidade Municipal

MANUAL DO ADMINISTRADOR LOCAL. Entidade Municipal MANUAL DO ADMINISTRADOR LOCAL Entidade Municipal Abril / 2011 ÍNDICE Objetivos do Sistema de Registro de Integrado - REGIN... 3 Principais Módulos do Sistema... 4 Módulo Controle de Acesso... 5 Módulo

Leia mais

AFPERGS Manual do Portal Web

AFPERGS Manual do Portal Web AFPERGS Manual do Portal Web Portal Web VERSÃO 1.1 DATA DA VERSÃO: 28/10/2010 Índice 1. APRESENTAÇÃO DO PORTAL WEB AFPERGS... 3 2. ACESSO AO PORTAL... 3 2.1. Acessando o Portal Web AFPERGS... 3 2.2. Entrada

Leia mais

Sistema Hospitalar - Módulo Auditoria v.1.0

Sistema Hospitalar - Módulo Auditoria v.1.0 Sistema Hospitalar - Módulo Auditoria v.1.0 Manual do usuário Versão 01.02 [Este template faz parte integrante do Processo de Desenvolvimento de Sistemas da DTI (PDS-DTI) e deve ser usado em conjunto com

Leia mais

Astra LX Parametrização das Amostras e Etiquetas Guia para a Configuração das Amostras e Etiquetas no Programa AstraLX.

Astra LX Parametrização das Amostras e Etiquetas Guia para a Configuração das Amostras e Etiquetas no Programa AstraLX. 2011 www.astralab.com.br Astra LX Parametrização das Amostras e Etiquetas Guia para a Configuração das Amostras e Etiquetas no Programa AstraLX. Equipe Documentação Astra AstraLab 15/08/2011 1 Sumário

Leia mais

Como funciona? SUMÁRIO

Como funciona? SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Introdução... 2 2. Benefícios e Vantagens... 2 3. Como utilizar?... 2 3.1. Criar Chave / Senha de Usuário... 2 3.2. Recursos da Barra Superior... 2 3.2.1. Opções... 3 3.2.1.1. Mover Para...

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Notas Fiscais Sumário 1 CONCEITO... 3 2 REQUISITOS... 3 3 CONFIGURAÇÕES... 3 3.1 Permissões... 3 3.2 Configurar NF-e... 4 3.2.1 Aba Geral... 5 3.2.2 Opções... 6 3.3 Processador

Leia mais

Manual de Instrução Emissor de Nota Fiscal Eletrônica OSEDE

Manual de Instrução Emissor de Nota Fiscal Eletrônica OSEDE Manual de Instrução Emissor de Nota Fiscal Eletrônica OSEDE Fernandópolis SP Emissão de NFe Na aba NF-e clique no botão Gerar XML. Na tela de geração do XML, terá 2 tipos de emissão: Normal e Rápida, onde

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES AO CREDENCIADO VOAM

MANUAL DE INSTRUÇÕES AO CREDENCIADO VOAM MANUAL DE INSTRUÇÕES AO CREDENCIADO VOAM Versão 01/2013 XML 11 IDENTIFICAÇÃO VOAM VOLVO ODONTOLOGIA E ASSISTÊNCIA MÉDICA. Razão Social: VOLVO DO BRASIL VEÍCULOS LTDA. CNPJ: 43.999.424/0001-14 Registro

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA Apresentação Este sistema faz parte do Portal NFS Digital e tem o intuito de ser utilizado por emissores de Nota Fiscal de Serviços

Leia mais

Página: 1. Revisão: 16/12/2008. G:\TI\Negocios\Manuais_WebGuias\WebGuias 1.08.doc

Página: 1. Revisão: 16/12/2008. G:\TI\Negocios\Manuais_WebGuias\WebGuias 1.08.doc Página: 1 Página: 2 INDICE EMISSÃO DE GUIAS VIA INTERNET... 3 WEBGUIAS...4 1. Página Inicial...5 2. Alterando a senha padrão fornecida pela Santa Casa Saúde:...6 3. Mensagens WEB...7 4. Autorização de

Leia mais

MANUAL VERSÃO 2.11 1

MANUAL VERSÃO 2.11 1 1 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 O QUE É O EOL?... 3 3 ACESSO AO CLIENTE... 3 4 ACESSANDO O EOL... 3 5 TELA INICIAL... 4 6 EXAMES ADMISSIONAIS... 5 7 MUDANÇA DE FUNÇÃO... 7 8 EXAMES DEMISSIONAL E RETORNO

Leia mais

Sumário I. Acesso ao sistema CRMTEL II. Como Cadastrar o Cliente III. Cliente já Cadastrado IV. Filtro de Clientes Atribuindo a Segmentação VI.

Sumário I. Acesso ao sistema CRMTEL II. Como Cadastrar o Cliente III. Cliente já Cadastrado IV. Filtro de Clientes Atribuindo a Segmentação VI. Módulo Clientes 2 Sumário I. Acesso ao sistema CRMTEL... 4 II. Como Cadastrar o Cliente... 5 III. Cliente já Cadastrado... 12 IV. Filtro de Clientes... 13 V. Atribuindo a Segmentação... 15 VI. Atribuindo

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR

1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR 1 1 2 1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR Razão Social: FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR CNPJ: 12.838.821/0001-80 Registro ANS: 41828-5 Inscrição Municipal: 130973/001-6 Inscrição Estadual:

Leia mais

WorkFlow WEB Volkswagen v20140826.docx. Manual de Atendimento Volkswagen

WorkFlow WEB Volkswagen v20140826.docx. Manual de Atendimento Volkswagen Manual de Atendimento Volkswagen ÍNDICE CARO CREDENCIADO, LEIA COM ATENÇÃO.... 3 ATENDIMENTO... 3 FATURAMENTO... 3 ACESSANDO O MEDLINK WEB... 4 ADMINISTRAÇÃO DE USUÁRIOS... 5 CRIANDO UM NOVO USUÁRIO...

Leia mais

Manual do Prestador. Versão 1.0 Maio/2014. Manaus - Amazonas ANS Nº 38809-2 1

Manual do Prestador. Versão 1.0 Maio/2014. Manaus - Amazonas ANS Nº 38809-2 1 Manual do Prestador Versão 1.0 Maio/2014 Manaus - Amazonas 1 SUMÁRIO Apresentação... 3 1. Identificação do beneficiário...3 2. Atendimento ao beneficiário... 4 2.1. Requisitos para o atendimento... 4 2.2.

Leia mais