Monitorização e promoção da qualidade do ensino no IST

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Monitorização e promoção da qualidade do ensino no IST"

Transcrição

1 Monitorização e promoção da qualidade do ensino no IST Marta Pile, AEP - Área de Estudos e Planeamento Marta Graça, Ana Rita Torres, NEP Núcleo de Estatística e Prospetiva Isabel Gonçalves, GATu Gabinete de Apoio ao Tutorado Seminário Qualidade no Ensino Superior: Sucesso Escolar ISEL Instituto Superior de Engenharia de Lisboa, 10 novembro 2016

2 ORGANIZAÇÃO 1. SIQuIST (Sistema Integrado de Gestão da Qualidade do IST) Marta Pile 2. QUC (Qualidade das Unidades Curriculares) Marta Graça, Ana Rita Torres 3. Projeto PAX IST Shaping the Future Isabel Gonçalves

3 1. SIQuIST Princípios CERTIFICAÇÃO A3ES: Sistema Integrado de Gestão da Qualidade do IST Garantir a melhoria contínua da qualidade da escola, avaliando o grau de cumprimento da sua missão através de critérios e indicadores de desempenho Assenta em duas componentes fundamentais auto avaliação avaliação externa Baseado em processos de melhoria da qualidade Revisão cíclica dos resultados da instituição como um todo Aferição total do cumprimento da missão e objetivos estratégicos do IST 3 ISMU - Institute of Strategic Management of Universities

4 1. SIQuIST Áreas de foco CGQ Conselho para a Gestão da Qualidade CAPE Comissão de Acompanhamento do Plano Estratégico 4 ISMU - Institute of Strategic Management of Universities

5 1. SIQuIST Modelo Recomendações e planos de melhoria, ações corretivas 1. PLAN DEFINIÇÃO DE OBJETIVOS (Re)definição de objetivos e metas Estruturas de coordenação e documentos de orientação estratégica 4. ACT PROMOÇÃO DA QUALIDADE Desenvolvimento de medidas corretivas SIQuIST 2. DO OPERACIONALIZAÇÃO SELF - REGULATION Controlo of objectives, de objetivos, the processos and e the resultados outcomes Instrumentos de avaliação, relatórios de autoavaliação e avaliação externa 3. CHECK AVALIAÇÃO Autoavaliação Avaliação externa Regulamentos, manuais, registos (registos de processos, normas e procedimentos) 5 ISMU - Institute of Strategic Management of Universities

6 1. SIQuIST Instrumentos de monitorização e promoção da Q EDUCAÇÃO SUPERIOR Inquérito QUC Qualidade das Unidades Curriculares Inquérito Dissertações de Mestrado Estudo do Ingresso Inquérito de caracterização da população escolar Inquérito sobre o percurso formativo (finalistas) Programa de TUTORADO Programa BRAC identificação de alunos com Baixo Rendimento Académico Programa DELTA identificação de alunos com queda abrupta de rendimento académico Programa DBE De bom a excelente (identificação de alunos com elevado rendimento académico) Relatório de Atividades do IST (área de Educação superior)... Instrumentos de recolha de dados Documentos integradores R3A Relatório Anual de Autoavaliação R2M2 Relatório de Monitorização das Ações de Melhoria e Recomendações Externas Relatório de Autoavaliação (A3ES) Dossier de candidatura Selo Eurace (OE) Relatórios Coordenadores (QUC) Resultados Auditorias (QUC) Resultados observações de aulas PAX IST Planos Atividade (área de Educação Superior Recomendações CAE (A3ES e OE) Planos de melhoria 6 ISMU - Institute of Strategic Management of Universities

7 2. QUC Mg + art 10 mn QUC Reconhecimetno dos problemas e da excelencia ENFOQUE nos problemas: consequências? AUDITORIAS como? Quando? Follow up? 7 ISMU - Institute of Strategic Management of Universities

8 3. PAX IST IG 10mn PAX AÇÕES PREVENTIVAS POR contraponto ações corretivas (auditorias + observação de aulas) 8 ISMU - Institute of Strategic Management of Universities

9

ASIGQ/12/00021 Relatório final da CAE

ASIGQ/12/00021 Relatório final da CAE ASIGQ/12/00021 Relatório final da CAE 1. Introdução 1. Instituição de ensino superior / Entidade instituidora: Universidade De Lisboa 1.1.a. Identificação da Instituição de ensino superior / Entidade instituidora

Leia mais

E S P E C I F I C A Ç Ã O ESF VALOR 100 - Recursos Ordinários do Tesouro Estadual FIS 166.366.562,00 SEG 0,00 TOTAL GERAL : 166.366.

E S P E C I F I C A Ç Ã O ESF VALOR 100 - Recursos Ordinários do Tesouro Estadual FIS 166.366.562,00 SEG 0,00 TOTAL GERAL : 166.366. Exercício 2010 R$ 1,00 01101 - Assembléia Legislativa REPASSE DE RECURSOS DO TESOURO ESTADUAL E S P E C I F I C A Ç Ã O ESF VALOR 100 - Recursos Ordinários do Tesouro Estadual FIS 166.366.562,00 0,00 TOTAL

Leia mais

ACEF/1112/02397 Relatório preliminar da CAE

ACEF/1112/02397 Relatório preliminar da CAE ACEF/1112/02397 Relatório preliminar da CAE Caracterização do ciclo de estudos Perguntas A.1 a A.10 A.1. Instituição de ensino superior / Entidade instituidora: Universidade Do Minho A.1.a. Identificação

Leia mais

Certificação pela ISO 9001:2000

Certificação pela ISO 9001:2000 Agenda A motivação inicial para o Projecto da Qualidade Os benefícios da implementação de um Sistema de Gestão de Qualidade A extensão do Sistema com a inclusão de mais Processos Francisco Nunes Dias 04-11-2008

Leia mais

ACEF/1112/03877 Relatório preliminar da CAE

ACEF/1112/03877 Relatório preliminar da CAE ACEF/1112/03877 Relatório preliminar da CAE Caracterização do ciclo de estudos Perguntas A.1 a A.10 A.1. Instituição de ensino superior / Entidade instituidora: Universidade Da Beira Interior A.1.a. Identificação

Leia mais

REGULAMENTO DO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO DA QUALIDADE DO INSTITUTO SUPERIOR TÉCNICO

REGULAMENTO DO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO DA QUALIDADE DO INSTITUTO SUPERIOR TÉCNICO REGULAMENTO DO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO DA QUALIDADE DO INSTITUTO SUPERIOR TÉCNICO A criação de um sistema integrado de gestão da qualidade para as instituições de ensino superior resulta das melhores

Leia mais

ACEF/1112/20852 Relatório final da CAE

ACEF/1112/20852 Relatório final da CAE ACEF/1112/20852 Relatório final da CAE Caracterização do ciclo de estudos Perguntas A.1 a A.10 A.1. Instituição de ensino superior / Entidade instituidora: Fundação Minerva - Cultura - Ensino E Investigação

Leia mais

Apresentação da Campanha Europeia 2014 / 2015 Gestão do stresse e dos riscos psicossociais no trabalho

Apresentação da Campanha Europeia 2014 / 2015 Gestão do stresse e dos riscos psicossociais no trabalho 2014.05.20 Seminário Prevenção e Segurança no Trabalho Auditório da Incubadora de Empresas da Figueira da Foz Apresentação da Campanha Europeia 2014 / 2015 Gestão do stresse e dos riscos psicossociais

Leia mais

(s15h PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000065 - LETRAS Nivel: Superior

(s15h PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000065 - LETRAS Nivel: Superior (s15h PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000065 - LETRAS Nivel: Superior Area Profissional: 0004 - BIBLIOTECA Area de Atuacao: 0042 - ACERVO/BIBLIOTECA Analisar e processar

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 001844 - TECNOLOGIA EM ANALISE E DESENVOLV.DE SISTEMAS Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 001844 - TECNOLOGIA EM ANALISE E DESENVOLV.DE SISTEMAS Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 001844 - TECNOLOGIA EM ANALISE E DESENVOLV.DE SISTEMAS Nivel: Superior Area Profissional: 0018 - INFORMATICA Area de Atuacao: 0021 - OPERACAO

Leia mais

A PMConsultores, é uma trusted advisor, empenhada em ser um agente de valor acrescentado e elemento diferenciador para a competitividade das PMEs.

A PMConsultores, é uma trusted advisor, empenhada em ser um agente de valor acrescentado e elemento diferenciador para a competitividade das PMEs. Parcerias com valor A PMConsultores, é uma trusted advisor, empenhada em ser um agente de valor acrescentado e elemento diferenciador para a competitividade das PMEs. A nossa equipa de consultores é especialista,

Leia mais

CEF/0910/26931 Relatório final da CAE (Univ) - Ciclo de estudos em funcionamento

CEF/0910/26931 Relatório final da CAE (Univ) - Ciclo de estudos em funcionamento CEF/0910/26931 Relatório final da CAE (Univ) - Ciclo de estudos em funcionamento Caracterização do ciclo de estudos Perguntas A.1 a A.9 A.1. Instituição de ensino superior / Entidade instituidora: Centro

Leia mais

GARANTIAS DA ACREDITAÇÃO DOS CURSOS PARA OS AGENTES ECONÓMICOS Sérgio Machado dos Santos A3ES

GARANTIAS DA ACREDITAÇÃO DOS CURSOS PARA OS AGENTES ECONÓMICOS Sérgio Machado dos Santos A3ES PATROCINADORES OURO Lisboa 28 e 29 Junho 2011 Museu do Oriente GARANTIAS DA ACREDITAÇÃO DOS CURSOS PARA OS AGENTES ECONÓMICOS Sérgio Machado dos Santos A3ES Avaliação e Acreditação: processos em convergência

Leia mais

PÁGINA 241 CRONOLOGIA DO PROGRAMA DE TUTORADO (PT) DO IST

PÁGINA 241 CRONOLOGIA DO PROGRAMA DE TUTORADO (PT) DO IST CRONOLOGIA DO PROGRAMA DE TUTORADO (PT) DO IST PÁGINA 241 XO Ano Lectivo 2002/03 Fórum Insucesso Académico no IST (GEP/NAMP) Participação no Congresso Internacional Desenvolvimento e Aprendizagem: do Ensino

Leia mais

business case financial services seguros

business case financial services seguros business case financial services seguros Empresa Instituição Seguradora Enquadramento O setor segurador em Portugal enfrenta, atualmente, importantes desafios. Estes, colocam estas empresas numa posição

Leia mais

business case construção

business case construção business case construção Empresa Multinacional na Área da Construção Enquadramento O setor da Construção em Portugal enfrenta, atualmente, importantes desafios. Estes colocam as empresas deste setor numa

Leia mais

Julho de 2013. Relatório de Avaliação da Formação O que pode o Coaching fazer por si. Ano Letivo 2012/2013. Gabinete de Apoio ao Tutorado

Julho de 2013. Relatório de Avaliação da Formação O que pode o Coaching fazer por si. Ano Letivo 2012/2013. Gabinete de Apoio ao Tutorado Julho de 2013 Relatório de Avaliação da Formação O que pode o Coaching fazer por si Ano Letivo 2012/2013 Gabinete de Apoio ao Tutorado ÍNDICE 1. Introdução... 3 2. Avaliação da formação O que pode o coaching

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DE SANTARÉM - PLANO DE ATIVIDADES 2015 PLANO DE ATIVIDADES. Janeiro 2015

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DE SANTARÉM - PLANO DE ATIVIDADES 2015 PLANO DE ATIVIDADES. Janeiro 2015 ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DE SANTARÉM - PLANO DE ATIVIDADES PLANO DE ATIVIDADES Aprovado em reunião de Assembleia da Escola de 07 de janeiro de Janeiro 1 ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DE SANTARÉM - PLANO DE

Leia mais

REGULAMENTO DOS DIPLOMAS DE ESPECIALIZAÇÃO

REGULAMENTO DOS DIPLOMAS DE ESPECIALIZAÇÃO REGULAMENTO DOS DIPLOMAS DE ESPECIALIZAÇÃO Aprovado em reunião da Comissão Coordenadora do Conselho Científico em 22/11/2006 Aprovado em reunião de Plenário do Conselho Directivo em 13/12/2006 PREÂMBULO

Leia mais

GESTÃO DE AUTARQUIAS. Direcção e Coordenação Científica: Prof. Doutor Vítor da Conceição Gonçalves PÓS-GRADUAÇÃO/ISEG

GESTÃO DE AUTARQUIAS. Direcção e Coordenação Científica: Prof. Doutor Vítor da Conceição Gonçalves PÓS-GRADUAÇÃO/ISEG GESTÃO DE AUTARQUIAS Direcção e Coordenação Científica: Prof. Doutor Vítor da Conceição Gonçalves PÓS-GRADUAÇÃO/ISEG Pós-Graduação // Gestão de Autarquias PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE AUTARQUIAS NATUREZA

Leia mais

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao.

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao. PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000407 - REDES DE COMPUTADORES Nivel: Superior Area Profissional: 0018 - INFORMATICA Area de Atuacao: 0018 - BANCO DE DADOS/INFORMATICA

Leia mais

1º Ano de Escolaridade Manuais escolares adoptados para o ano lectivo 2010/2011

1º Ano de Escolaridade Manuais escolares adoptados para o ano lectivo 2010/2011 1º Ano de Escolaridade «Pasta Mágica 1» (Bloco Pedagógico) Angelina Rodrigues Cláudia Pereira Isabel Borges Luísa Azevedo Segredos dos Números 1 (Bloco Pedagógico) Marisa Gregório Lisboa Editora Estudo

Leia mais

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao.

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao. PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000184 - SISTEMAS DE INFORMACAO Nivel: Superior Area Profissional: 0018 - INFORMATICA Area de Atuacao: 0018 - BANCO DE DADOS/INFORMATICA

Leia mais

ISEL INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA

ISEL INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA SUPLEMENTO AO DIPLOMA (versão em português) A estrutura do suplemento ao diploma segue o modelo elaborado pela Comissão Europeia, pelo Conselho da Europa e pela UNESCO/CEPES. Tem por objetivo fornecer

Leia mais

Resultados dos Inquéritos de Satisfação aos Utentes das Unidades de Cuidados Continuados Integrados

Resultados dos Inquéritos de Satisfação aos Utentes das Unidades de Cuidados Continuados Integrados 0 Inquérito à Satisfação dos Utentes das Resultados dos Inquéritos de Satisfação aos Utentes das Unidades de Cuidados Continuados Integrados Março de 2008 Enquadramento A Unidade de Missão para os Cuidados

Leia mais

NCE/10/00411 Relatório preliminar da CAE - Novo ciclo de estudos

NCE/10/00411 Relatório preliminar da CAE - Novo ciclo de estudos NCE/10/00411 Relatório preliminar da CAE - Novo ciclo de estudos Caracterização do pedido Perguntas A.1 a A.10 A.1. Instituição de ensino superior / Entidade instituidora: Iade Instituto De Artes Visuais,

Leia mais

A CONTRATUALIZAÇÃO INTERNA FIGUEIRA DA FOZ HOTEL EUROSTARS OASIS PLAZA 19 DE SETEMBRO

A CONTRATUALIZAÇÃO INTERNA FIGUEIRA DA FOZ HOTEL EUROSTARS OASIS PLAZA 19 DE SETEMBRO A CONTRATUALIZAÇÃO INTERNA FIGUEIRA DA FOZ HOTEL EUROSTARS OASIS PLAZA 19 DE SETEMBRO MODERAÇÃO PEDRO BEJA AFONSO Para além de Presidente do Conselho de Administração do Hospital Distrital da Figueira

Leia mais

ALTA PERFORMANCE NAS VENDAS

ALTA PERFORMANCE NAS VENDAS INSTITUTO SUPERIOR DE GESTÃO BANCÁRIA ISGB THE PORTUGUESE SCHOOL OF BANK MANAGEMENT Associação Portuguesa de Bancos Pós-Graduação ALTA PERFORMANCE NAS VENDAS [ Pós-Graduação na Área Comportamental e Inteligência

Leia mais

GT 2: Gestão da Qualidade no Ensino Superior

GT 2: Gestão da Qualidade no Ensino Superior GT 2: Gestão da Qualidade no Ensino Superior ESTRUTURAS & MECANISMOS DE PROMOÇÃO DA EMPREGABILIDADE NAS INSTITUIÇÕES DO GT2 CS/11 Comissão Sectorial para a Educação e Formação Sessão Plenária de 17 de

Leia mais

OFERTA FORMATIVA 2014/2015. Especial Administração Pública. 1ª Empresa Acreditada em Formação Profissional em Cabo Verde

OFERTA FORMATIVA 2014/2015. Especial Administração Pública. 1ª Empresa Acreditada em Formação Profissional em Cabo Verde OFERTA FORMATIVA 2014/2015 Especial Administração Pública 1ª Empresa Acreditada em Formação Profissional em Cabo Verde www. leaderconsulting.info Maputo, Moçambique. Cidade da Praia, Cabo Verde OFERTA

Leia mais

Fevereiro de 2012. Relatório de Avaliação das Sessões de Relaxamento. Ano Letivo 2011/2012. Gabinete de Apoio ao Tutorado

Fevereiro de 2012. Relatório de Avaliação das Sessões de Relaxamento. Ano Letivo 2011/2012. Gabinete de Apoio ao Tutorado Fevereiro de 2012 Relatório de Avaliação das Sessões de Relaxamento Ano Letivo 2011/2012 Gabinete de Apoio ao Tutorado ÍNDICE 1. Introdução & Enquadramento... 3 2. Avaliação 1º semestre de 2011/2012...

Leia mais

CFPIMM CENTRO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL DAS INDÚSTRIAS DA MADEIRA E MOBILIÁRIO MEDIDA VIDA ATIVA

CFPIMM CENTRO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL DAS INDÚSTRIAS DA MADEIRA E MOBILIÁRIO MEDIDA VIDA ATIVA CFPIMM CENTRO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL DAS INDÚSTRIAS DA MADEIRA E MOBILIÁRIO MEDIDA VIDA ATIVA OBJETIVOS A medida VIDA ATIVA consiste numa resposta de qualificação que visa: Proceder ao ajustamento entre

Leia mais

MANUAL DA QUALIDADE. DISTRIBUIÇÃO Controlada Não Controlada REGISTO DE ALTERAÇÕES / ORIGEM 11/11/2008 19/06/2009 29/09/2009 13/03/2010 01/06/2010

MANUAL DA QUALIDADE. DISTRIBUIÇÃO Controlada Não Controlada REGISTO DE ALTERAÇÕES / ORIGEM 11/11/2008 19/06/2009 29/09/2009 13/03/2010 01/06/2010 DISTRIBUIÇÃO Controlada Não Controlada DATA 11/11/2008 19/06/2009 29/09/2009 13/03/2010 01/06/2010 29/10/2010 30/03/2012 31/08/2012 24/04/2015 REVISÃO 01 01 02 02 03 02 03 04 05 06 07 08 09 REGISTO DE

Leia mais

O seu parceiro na Gestão de Projetos e Manutenção

O seu parceiro na Gestão de Projetos e Manutenção O seu parceiro na Gestão de Projetos e Manutenção Índice 1. Introdução. 3 2. PROM&E GROUP.... 4 3. Building Management Organograma. 6 3.1 Project Management 7 3.2 Gestão Manutenção.. 16 3.3 Otimização

Leia mais

Qpoint Rumo à Excelência Empresarial

Qpoint Rumo à Excelência Empresarial 2 PRIMAVERA BSS Qpoint Rumo à Excelência Empresarial Numa era em que a competitividade entre as organizações é decisiva para o sucesso empresarial, a aposta na qualidade e na melhoria contínua da performance

Leia mais

Políticas Activas para a Inclusão Educativa

Políticas Activas para a Inclusão Educativa Seminário Internacional Educação Inclusiva Impacto das Referências Internacionais nas Políticas, nas Práticas e na Formação Inovação e Justiça: Políticas Activas para a Inclusão Educativa Lisboa, 05 de

Leia mais

Sessão temática: Inovação Tecnológica e Organizacional: Agir na/para a mudança

Sessão temática: Inovação Tecnológica e Organizacional: Agir na/para a mudança Seminário Internacional e Interdisciplinar Emprego e Formação na Administração Local: realidades e prospectiva Universidade do Minho Instituto de Ciências Sociais 3 e 4 de Dezembro, 2010 Sessão temática:

Leia mais

Definir os requisitos da Norma NP EN ISO 9001. Como implementar sistemas da qualidade em empresas. Conhecer as vantagens da certificação.

Definir os requisitos da Norma NP EN ISO 9001. Como implementar sistemas da qualidade em empresas. Conhecer as vantagens da certificação. Objectivos Gerais Definir o que é a Qualidade; Determinar a evolução da qualidade. Definir os requisitos da Norma NP EN ISO 9001. Como implementar sistemas da qualidade em empresas. Conhecer as vantagens

Leia mais

F 3 2 90 0 100 2.036.890 F 4 2 40 0 100 15.000.000 F 4 2 40 0 100 15.000.000 TOTAL - FISCAL 35.430.589 TOTAL - SEGURIDADE 0 TOTAL - GERAL 35.430.

F 3 2 90 0 100 2.036.890 F 4 2 40 0 100 15.000.000 F 4 2 40 0 100 15.000.000 TOTAL - FISCAL 35.430.589 TOTAL - SEGURIDADE 0 TOTAL - GERAL 35.430. ORGAO : 22000 - MINISTERIO DA AGRICULTURA, PECUARIA E ABASTECIMENTO UNIDADE : 22101 - MINISTERIO DA AGRICULTURA, PECUARIA E ABASTECIMENTO 0362 DESENVOLVIMENTO SUSTENTAVEL DAS REGIOES PRODUTORAS DE CACAU

Leia mais

Gabinete de Apoio às Empresas Familiares

Gabinete de Apoio às Empresas Familiares Gabinete de Apoio às Empresas Familiares Maio - 2015 Índice I. Introdução A AIDUST Consultadoria e Apoio à Indústria, S.A. 3 II. Gabinete de Apoio às Empresas Familiares 4 III. GAEF - Serviços Prestados

Leia mais

MANUAL DE Gestão da. Qualidade

MANUAL DE Gestão da. Qualidade MANUAL DE Gestão da Qualidade Resposta Social: Estrutura Residencial para Idosos Prestamos Serviços de Qualidade Aldeia de S. Sebastião ADCS Aldeia de S. Sebastião, Largo da Igreja nº6 6355-041 Aldeia

Leia mais

ÍNDICE... 2 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS... 3 1.1. METODOLOGIA... 3 2. CARACTERIZAÇÃO DAS INSTITUIÇÕES EMPREGADORAS... 4

ÍNDICE... 2 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS... 3 1.1. METODOLOGIA... 3 2. CARACTERIZAÇÃO DAS INSTITUIÇÕES EMPREGADORAS... 4 2 ÍDICE ÍDICE... 2 1. COSIDERAÇÕES IICIAIS... 3 1.1. METODOLOGIA... 3 2. CARACTERIZAÇÃO DAS ISTITUIÇÕES EMPREGADORAS... 4 3. FORMAS HABITUAIS DE RECRUTAMETO... 5 4. PESO DOS DIPLOMADOS DO IST FACE AOS

Leia mais

Os sistemas de informação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia: contributo para uma perspectiva integrada da gestão da informação

Os sistemas de informação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia: contributo para uma perspectiva integrada da gestão da informação Os sistemas de informação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia: contributo para uma perspectiva integrada da gestão da informação Encontro Internacional de Arquivos Universidade de Évora 3-4 de Outubro

Leia mais

O FINANCIAMENTO DO ENSINO SUPERIOR PORTUGUES

O FINANCIAMENTO DO ENSINO SUPERIOR PORTUGUES MARIA LUISA MACHADO CERDEIRA SUB Hamburg A/529934 O FINANCIAMENTO DO ENSINO SUPERIOR PORTUGUES A PARTILHA DE CUSTOS Tese orientada por: PROFESSOR DOUTOR BRUCE JOHNSTONE PROFESSOR DOUTOR ANTONIO SAMPAIO

Leia mais

2015 PLANO DE ATIVIDADES. Instituto Superior Técnico

2015 PLANO DE ATIVIDADES. Instituto Superior Técnico 2015 PLANO DE ATIVIDADES Instituto Superior Técnico dezembro de 2014 Ficha Técnica Plano de Atividades 2015 do Instituto Superior Técnico Edição Conselho de Gestão Área de Estudos e Planeamento Aprovação

Leia mais

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao.

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao. PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000654 - TECNOLOGIA EM REDES DE COMPUTADORES Nivel: Superior Area Profissional: 0018 - INFORMATICA Area de Atuacao: 0018 - BANCO DE DADOS/INFORMATICA

Leia mais

WEST AFRICAN HEALTH ORGANISATION OUEST AFRICAINE DE LA SANTE

WEST AFRICAN HEALTH ORGANISATION OUEST AFRICAINE DE LA SANTE WEST AFRICAN HEALTH ORGANISATION ORGANISATION OUEST AFRICAINE DE LA SANTE ORGANIZAÇÂO OESTE AFRICANA DA SAUDE Bobo-Dioulasso, 20 de Julho de 2015 ANUNCIO DE MANIFESTAÇÂO DE INTERESSE ~ Referência: FMffEND/AMl/201S/003

Leia mais

PROGRAMAS DE MOBILIDADE - GUIA DO ALUNO

PROGRAMAS DE MOBILIDADE - GUIA DO ALUNO PROGRAMAS DE MOBILIDADE - GUIA DO ALUNO 1. ENTIDADES COORDENADORAS Coordenador de Mobilidade do Mestrado em: Engenharia Biológica (https://fenix.tecnico.ulisboa.pt/cursos/mebiol/programas-de-mobilidade

Leia mais

RESPONSABILIDADE SOCIAL

RESPONSABILIDADE SOCIAL RESPONSABILIDADE SOCIAL Plano de Ação 2014 Contactos: Av. do Restelo, nº 1 1449-008 Lisboa Tel. 21 361 40 00 1 Índice de Tabelas TABELA 1- AÇÃO Nº 1 : "RECOLHA E RECICLAGEM DE TELEMÓVEIS"... 9 TABELA 2-

Leia mais

:OBJETIVOS INSPIRADORES. LIFE Training Portugal 2014 Todos os direitos reservados

:OBJETIVOS INSPIRADORES. LIFE Training Portugal 2014 Todos os direitos reservados :OBJETIVOS INSPIRADORES LIFE Training Portugal 2014 Todos os direitos reservados INTRODUÇÃO A LIFE Training propõe se a realizar uma sessão de Neuroestratégia com base no Método SPIDER*, em que se procurará

Leia mais

Sessão de Esclarecimento. Curso de Webdesign

Sessão de Esclarecimento. Curso de Webdesign Sessão de Esclarecimento Curso de Webdesign Alguns factos: A industria de serviços de Webdesign representa um mercado de $24B apenas nos EUA. Todos os meses são publicados cerca de 16M novos websites.

Leia mais

WORKSHOP INCLUSÃO E FORMAÇÃO FINANCEIRA PAPEL DO BANCO DE CABO VERDE NA PROMOÇÃO DA INCLUSÃO FINANCEIRA

WORKSHOP INCLUSÃO E FORMAÇÃO FINANCEIRA PAPEL DO BANCO DE CABO VERDE NA PROMOÇÃO DA INCLUSÃO FINANCEIRA WORKSHOP INCLUSÃO E FORMAÇÃO FINANCEIRA PAPEL DO BANCO DE CABO VERDE NA PROMOÇÃO DA INCLUSÃO FINANCEIRA Banco de Portugal, 11 de Julho de 2013 Solange Lisboa Ramos Gabinete de Apoio ao Consumidor do Banco

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000026 - COMUNICACAO SOCIAL - PUBLICIDADE E PROPAGANDA Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000026 - COMUNICACAO SOCIAL - PUBLICIDADE E PROPAGANDA Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000026 - COMUNICACAO SOCIAL - PUBLICIDADE E PROPAGANDA Nivel: Superior Area Profissional: COMUNICACAO Area de Atuacao: EDITORACAO/COMUNICACAO

Leia mais

Manual da Qualidade. Logo da certificação 05-11-2014 MQ-01/09

Manual da Qualidade. Logo da certificação 05-11-2014 MQ-01/09 Logo da certificação 1 Apresentação do Instituto Politécnico de Lisboa Os Serviços da Presidência do Instituto Politécnico Lisboa (IPL) apoiam o Presidente na coordenação das atividades das várias unidades

Leia mais

CTCV. seminário. A Norma ISO 9001:2015 Nova estrutura e alterações previstas

CTCV. seminário. A Norma ISO 9001:2015 Nova estrutura e alterações previstas A Norma ISO 9001:2015 Nova estrutura e alterações previstas Seminário ISO 9001 e ISO 14001 Enquadramento e alterações nos referenciais de 2015 23 10 2014 Marta Ferreira Sistemas de Gestão e Melhoria 21

Leia mais

C U R R I C U L U M V I T A E. J o s é P i o T a m a s s i a S a n t o s, P e r i t o J u d i c i a l, B r a s i l e i r o, C a s a d o, R G.

C U R R I C U L U M V I T A E. J o s é P i o T a m a s s i a S a n t o s, P e r i t o J u d i c i a l, B r a s i l e i r o, C a s a d o, R G. C U R R I C U L U M V I T A E J o s é P i o T a m a s s i a S a n t o s, P e r i t o J u d i c i a l, B r a s i l e i r o, C a s a d o, R G. 6 4 2 4 5 3 6-6 S S P / S P, C P F 6 4 8 2 1 4 2 0 8-7 2, E

Leia mais

APLICAÇÃO DE CRM AO PODER LOCAL

APLICAÇÃO DE CRM AO PODER LOCAL APLICAÇÃO DE CRM AO PODER LOCAL Autor: Pedro Miguel da Silva Fernandes Pág. 1 (de 5) PDF processed with CutePDF evaluation edition www.cutepdf.com APLICAÇÃO DE CRM AO PODER LOCAL Entende-se um sistema

Leia mais

Plataforma de Saídas Profissionais

Plataforma de Saídas Profissionais Plataforma de Saídas Profissionais Âmbito O UP Jobs é uma plataforma informática web que visa promover a saída profissional dos seus estudantes e diplomados fomentando a sua integração no mercado de trabalho.

Leia mais

Gestão de Recursos Humanos na área da Saúde - Perspectivas e desafios

Gestão de Recursos Humanos na área da Saúde - Perspectivas e desafios Gestão de Recursos Humanos na área da Saúde - Perspectivas e desafios II Seminário de Gestão em Saúde Universidade da Beira Interior 2007 18 de Maio O FUTURO É INEVITÁVEL Oscar Wilde Podemos afirmar com

Leia mais

CV RESUMIDO DE LUÍS VALADARES TAVARES

CV RESUMIDO DE LUÍS VALADARES TAVARES CV RESUMIDO DE LUÍS VALADARES TAVARES Professor Catedrático do IST de Investigação Operacional e Engenharia de Sistemas Área Científica: Sistemas e Gestão I Dados Pessoais Nasceu em Lisboa, a 28/03/1946

Leia mais

Ser inteligente é reciclar. Mais além do SMART

Ser inteligente é reciclar. Mais além do SMART Recycla Ser inteligente é reciclar Mais além do SMART Recycla O presente Recycla é um novo conceito de gestão de resíduos urbanos que recorre a novas tecnologias aplicadas aos produtos de recolha, para

Leia mais

INTRA-EMPREENDEDORISMO PROGRAMA AVANÇADO. Think, Create and Share

INTRA-EMPREENDEDORISMO PROGRAMA AVANÇADO. Think, Create and Share PROGRAMA AVANÇADO DESTINATÁRIOS Quadros intermédios e superiores em organizações do setor privado; técnicos e outros profissionais com potencial para assumir posições de liderança, consultores, gestores,

Leia mais

GESTÃO ESTRATÉGICA DE RECURSOS HUMANOS

GESTÃO ESTRATÉGICA DE RECURSOS HUMANOS PROGRAMA DE GESTÃO ESTRATÉGICA DE RECURSOS HUMANOS 2 SEMANAS INTENSIVAS EM LISBOA A única Business School em Portugal no ranking global da Formação de Executivos. Acreditada pelas três instituições de

Leia mais

Regulamento Ser Cientista

Regulamento Ser Cientista 1 Regulamento Ser Cientista 1- Objetivos 1.1 - "Ser Cientista" é um programa que tem por objetivo proporcionar aos alunos do ensino secundário uma aproximação à realidade da investigação científica pela

Leia mais

Primeiros anos do Arquivo do Técnico: memória e gestão da informação. Ana Silva Rigueiro

Primeiros anos do Arquivo do Técnico: memória e gestão da informação. Ana Silva Rigueiro Primeiros anos do Arquivo do Técnico: memória e gestão da informação Ana Silva Rigueiro Índice 1. Missão 2. Factos e números 3. Serviços 4. A história do Arquivo 5. Acervo documental 6. Os projectos de

Leia mais

OBSERVATÓRIO DO PERCURSO PROFISSIONAL DOS DIPLOMADOS DA UTAD

OBSERVATÓRIO DO PERCURSO PROFISSIONAL DOS DIPLOMADOS DA UTAD OBSERVATÓRIO DO PERCURSO PROFISSIONAL DOS DIPLOMADOS DA UTAD UTAD 2011 OBSERVATÓRIO DO PERCURSO PROFISSIONAL DOS DIPLOMADOS DA UTAD (2003-2007) O. Enquadramento As políticas públicas de ensino superior

Leia mais

Escola Superior de Educação João de Deus. Regulamento do Secretariado Gabinete de Comunicação Institucional Gabinete de Audiovisuais e Multimédia

Escola Superior de Educação João de Deus. Regulamento do Secretariado Gabinete de Comunicação Institucional Gabinete de Audiovisuais e Multimédia do Secretariado Gabinete de Comunicação Institucional Gabinete de Audiovisuais e Multimédia 1 Secretariado Capítulo I Funções Gerais Art. 1.º O Secretariado é um serviço da Escola Superior de Educação

Leia mais

Relatório da visita. 1 Introdução. Unidade Orgânica: Escola Superior de Educação de Lisboa (ESELx) Data da visita: 3 de Dezembro de 2010

Relatório da visita. 1 Introdução. Unidade Orgânica: Escola Superior de Educação de Lisboa (ESELx) Data da visita: 3 de Dezembro de 2010 Relatório da visita Unidade Orgânica: Escola Superior de Educação de Lisboa (ESELx) Data da visita: 3 de Dezembro de 2010 Comissão de Avaliação do IPL: - Paulo Morais, pró-reitor do IPL, docente na ESTC,

Leia mais

Tecnologias da Informação e da Comunicação nos estabelecimentos de educação e ensino não superior

Tecnologias da Informação e da Comunicação nos estabelecimentos de educação e ensino não superior Tecnologias da Informação e da Comunicação nos estabelecimentos de educação e ensino não superior Dados disponibilizados pelo GIASE (Resultados Provisórios) NOTA TÉCNICA A presente compilação de dados

Leia mais

COMPETIR CATÁLOGO DE FORMAÇÃO 2010 - PLANO FORMATIVO. www.competiracores.com. Formação e Serviços, S.A. Design www.craveirodesign.

COMPETIR CATÁLOGO DE FORMAÇÃO 2010 - PLANO FORMATIVO. www.competiracores.com. Formação e Serviços, S.A. Design www.craveirodesign. Design www.craveirodesign.com COMPETIR Formação e Serviços, S.A. www.competiracores.com CATÁLOGO DE FORMAÇÃO 2010 - PLANO FORMATIVO Quem Somos A Competir-Açores está integrada no Grupo COMPETIR e estamos

Leia mais

www.pwcacademy.pt Project Management and Business Analysis Certificação Profissional

www.pwcacademy.pt Project Management and Business Analysis Certificação Profissional www.pwcacademy.pt Project Management and Business Analysis Certificação Profissional Project Management and Business Analysis Da valorização de conhecimentos e experiência à certificação Estarei preparada

Leia mais

IV SEMINÁRIO NACIONAL BANDEIRA AZUL 2013-2014

IV SEMINÁRIO NACIONAL BANDEIRA AZUL 2013-2014 IV SEMINÁRIO NACIONAL BANDEIRA AZUL 2013-2014 Atividades de Educação Ambiental: planear, realizar e avaliar Sesimbra, 28/29 de novembro de 2013 Jorge Neves Departamento de Comunicação e Cidadania Ambiental

Leia mais

Protecção de Dados Pessoais na Indústria Seguradora

Protecção de Dados Pessoais na Indústria Seguradora Protecção de Dados Pessoais na Indústria Seguradora Conferência Protecção de Dados Pessoais Ordem dos Advogados Conselho Distrital de Lisboa 27 de Maio de 2014 Teresa Carvalho Jurista Directora do Gabinete

Leia mais

Licenciatura em Ciências da Comunicação, Vertente Jornalismo, pela Universidade Autónoma de Lisboa, completada com média final de 13 valores

Licenciatura em Ciências da Comunicação, Vertente Jornalismo, pela Universidade Autónoma de Lisboa, completada com média final de 13 valores Informação Pessoal Nome Nuno Miguel Fernandes Aires Data de Nascimento 24 de Julho de 1971 Morada Avenida 5 Outubro, 25 6º andar 8000 Faro Nacionalidade Portuguesa Telemóvel 915 333 112 E-mail naires@msn.com

Leia mais

Secretariado Executivo 2014

Secretariado Executivo 2014 Ciclo de CONFERENCES AT BREAKFAST Secretariado Executivo 2014 01, 02 e 03 de Dezembro. Lisboa Novos Desafios e Estratégias Comunicação Assertiva, PNL, Influência - RP e Branding- Novas Tecnologias- Gestão

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000232 - ADMINISTRACAO Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000232 - ADMINISTRACAO Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000232 - ADMINISTRACAO Nivel: Superior Area Profissional: 0006 - COMUNICACAO Area de Atuacao: 0122 - RELACIONAMENTO CLIENTE/COM. Planejar

Leia mais

DEMONSTRATIVO DA DESPESA POR ÓRGÃO E FUNÇÕES Anexo 9 - Lei 4.320/64 TOTAL GERAL: UF: MINAS GERAIS MUNICÍPIO: GUARANESIA FOLHA: 1 ORÇAMENTO 2009

DEMONSTRATIVO DA DESPESA POR ÓRGÃO E FUNÇÕES Anexo 9 - Lei 4.320/64 TOTAL GERAL: UF: MINAS GERAIS MUNICÍPIO: GUARANESIA FOLHA: 1 ORÇAMENTO 2009 FOLHA: 1 CÓDIGO DESCRIÇÃO Legislativa Judiciaria Essencial a Justica 646.000.00 565.180.00 646.000.00 565.180.00 FOLHA: 2 CÓDIGO DESCRIÇÃO Administracao Defesa Nacional Seguranca Publica 1.583.973.00 61.132.00

Leia mais

Gustavo Ribeiro Alves

Gustavo Ribeiro Alves Formação em Engenharia no Mundo Um olhar sobre a Europa Gustavo Ribeiro Alves Instituto Politécnico do Porto (IPP) Instituto Superior de Engenharia do Porto (ISEP) Centro de Inovação em Engenharia e Tecnologia

Leia mais

CTSP e Pós-Graduações THE MARKETING SCHOOL. porto. aveiro. lisboa

CTSP e Pós-Graduações THE MARKETING SCHOOL. porto. aveiro. lisboa CTSP e Pós-Graduações THE MARKETING SCHOOL porto. aveiro. lisboa LICENCIATURA & MESTRADO THE MARKETING SCHOOL Somos uma escola vocacionada essencialmente para as empresas e mercados. Queremos qualificar

Leia mais

Certificação de Programas Informáticos de Facturação. Alterações:

Certificação de Programas Informáticos de Facturação. Alterações: Certificação de Programas Informáticos de Facturação Alterações: Lei nº 64 B/2011 de 30 de Dezembro (OE 2012) Portaria nº 22-A/2012 de 24 de Janeiro Ofício circulado nº 50.000/2012 de 26 de Janeiro 1 O

Leia mais

ção o de Sistemas de Qualidade no Sector da Cartografia com base nas Normas ISO 9000:2000 Implementaçã

ção o de Sistemas de Qualidade no Sector da Cartografia com base nas Normas ISO 9000:2000 Implementaçã Implementaçã ção o de Sistemas de Qualidade no Sector da Cartografia com base nas Normas ISO 9000:2000 Carlos Antunes Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (http://correio.cc.fc.ul.pt pt/~ /~mcarlos)

Leia mais

O sistema interno de promoção e garantia da qualidade e o sistema de informação integrado da Universidade de Évora

O sistema interno de promoção e garantia da qualidade e o sistema de informação integrado da Universidade de Évora O sistema interno de promoção e garantia da qualidade e o sistema de informação integrado da Universidade de Évora Inês Secca Ruivo, Luís Rato, Paulo Quaresma, Ana Geraldes de Carvalho, Carla Miguéns,

Leia mais

Inquérito de Empregabilidade

Inquérito de Empregabilidade Inquérito de Empregabilidade / Qual a situação face ao emprego dos nossos diplomados do ano letivo 2012/2013? Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias Índice I. O que é o Relatório de Empregabilidade...2

Leia mais

Movimentos Pendulares e Organização do Território Metropolitano: Área Metropolitana de Lisboa e Área Metropolitana do Porto, 1991-2001

Movimentos Pendulares e Organização do Território Metropolitano: Área Metropolitana de Lisboa e Área Metropolitana do Porto, 1991-2001 26 de Setembro de 2003 Movimentos Pendulares e Organização do Território Metropolitano: Área Metropolitana de Lisboa e Área Metropolitana do Porto, 1991-2001 PORTUGAL A análise dos movimentos pendulares

Leia mais

SISTEMA INTEGRADO DE QUALIDADE NOS SERVIÇOS DE APOIO CLÍNICO DO CENTRO HOSPITALAR DO BARLAVENTO ALGARVIO

SISTEMA INTEGRADO DE QUALIDADE NOS SERVIÇOS DE APOIO CLÍNICO DO CENTRO HOSPITALAR DO BARLAVENTO ALGARVIO SERVIÇOS FARMACÊUTICOS SERVIÇO IMUNOHEMOTERAPIA SISTEMA INTEGRADO DE QUALIDADE NOS SERVIÇOS DE APOIO CLÍNICO DO CENTRO HOSPITALAR DO BARLAVENTO ALGARVIO SERVIÇO RADIOLOGIA SERVIÇO CENTRAL ESTERILIZAÇÃO

Leia mais

Estudos sobre Estatísticas Estruturais das Empresas 2008. Micro, Pequenas. e Médias. Empresas. em Portugal

Estudos sobre Estatísticas Estruturais das Empresas 2008. Micro, Pequenas. e Médias. Empresas. em Portugal Estudos sobre Estatísticas Estruturais das Empresas 2008 28 de Junho de 2010 Micro, Pequenas e Médias Empresas em Portugal Em 2008, existiam 349 756 micro, pequenas e médias empresas (PME) em Portugal,

Leia mais

O Impacto da Gestão do Risco na Melhoria do Controlo de Gestão e da Performance

O Impacto da Gestão do Risco na Melhoria do Controlo de Gestão e da Performance O Impacto da Gestão do Risco na Melhoria do Controlo de Gestão e da Performance II Forum de Auditoria Interna na Saúde Data: 30 de maio de 2012 Local: Coimbra Índice 1. O ciclo de gestão da performance

Leia mais

AVALIAÇÃO DA SATISFAÇÃO DOS UTILIZADORES 2013 (canal internet)

AVALIAÇÃO DA SATISFAÇÃO DOS UTILIZADORES 2013 (canal internet) AVALIAÇÃO DA SATISFAÇÃO DOS UTILIZADORES 2013 Março 2014 AVALIAÇÃO DA SATISFAÇÃO DOS UTILIZADORES 2013 Autoridade Tributária e Aduaneira Ministério das Finanças Classificação: 010.10.01 Rua da Prata nº

Leia mais

ANÁLISE SWOT DO ENSINO SUPERIOR PORTUGUÊS

ANÁLISE SWOT DO ENSINO SUPERIOR PORTUGUÊS ENCONTRO DA COMISSÃO SECTORIAL PARA A EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO CS/11 ANÁLISE SWOT DO ENSINO SUPERIOR PORTUGUÊS OPORTUNIDADES, DESAFIOS E ESTRATÉGIAS DE QUALIDADE APRESENTAÇÃO DO TRABALHO GT2 - Ensino Superior

Leia mais

A PAISAGEM COMO ELEMENTO DA IDENTIDADE E RECURSO PARA O DESENVOLVIMENTO

A PAISAGEM COMO ELEMENTO DA IDENTIDADE E RECURSO PARA O DESENVOLVIMENTO Évora, 22-24 de Setembro de 2005 A PAISAGEM COMO ELEMENTO DA IDENTIDADE E RECURSO PARA O DESENVOLVIMENTO Zoran Roca e José António Oliveira CEGED Centro de Estudos de Geografia e Desenvolvimento Universidade

Leia mais

Tel.: 220 931 192 www.informar.pt

Tel.: 220 931 192 www.informar.pt Tel.: 2 931 192 Apresentação do Informar.pt O Informar.pt é um portal de formação profissional, que pretende organizar informação sobre entidades formadoras, formadores e público interessado em formação

Leia mais

QUADRO DE AVALIAÇÃO E RESPONSABILIZAÇÃO 2009

QUADRO DE AVALIAÇÃO E RESPONSABILIZAÇÃO 2009 Governo Regional dos Açores Vice Presidência do Governo QUADRO DE AVALIAÇÃO E RESPONSABILIZAÇÃO 2009 Departamento: Vice Presidência do Governo Regional dos Açores Organismo: RIAC Agência para a Modernização

Leia mais

Índice # Orgão Título Data

Índice # Orgão Título Data Índice # Orgão Título Data 1 Diário Online Beja: Dois estudantes do Politécnico vão poder estudar em Macau 01-10-2013 2 Ensino Magazine Queijarias: Beja com patente 01-10-2013 3 acabra.net Judocas portugueses

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000026 - COMUNICACAO SOCIAL - PUBLICIDADE E PROPAGANDA Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000026 - COMUNICACAO SOCIAL - PUBLICIDADE E PROPAGANDA Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000026 - COMUNICACAO SOCIAL - PUBLICIDADE E PROPAGANDA Nivel: Superior Area Profissional: 0006 - COMUNICACAO Area de Atuacao: 0110 - EDITORACAO/COMUNICACAO

Leia mais

CTCV. seminários. Programas de apoio no novo Quadro Portugal 2020. Seminário ISO 9001 e ISO 14001 Enquadramento e alterações nos referenciais de 2015

CTCV. seminários. Programas de apoio no novo Quadro Portugal 2020. Seminário ISO 9001 e ISO 14001 Enquadramento e alterações nos referenciais de 2015 23 10 2014 Programas de apoio no novo Quadro Portugal 2020 Seminário ISO 9001 e ISO 14001 Enquadramento e alterações nos referenciais de 2015 Victor Francisco Gestão e Promoção da Inovação 21 de outubro

Leia mais

FUNDAÇÃO MONTEPIO GERAL LINHAS DE ORIENTAÇÃO ESTRATÉGICA E PLANO DE AÇÃO 2015

FUNDAÇÃO MONTEPIO GERAL LINHAS DE ORIENTAÇÃO ESTRATÉGICA E PLANO DE AÇÃO 2015 LINHAS DE ORIENTAÇÃO ESTRATÉGICA E PLANO DE AÇÃO 2015 Linhas de Orientação Estratégica Sob a égide do Ano Europeu do Desenvolvimento e dando cumprimento às LOE aprovadas em 2013, a Fundação Montepio desenvolverá,

Leia mais

Programa Rede de Bibliotecas Escolares Quadro estratégico 2014-2020

Programa Rede de Bibliotecas Escolares Quadro estratégico 2014-2020 Programa Rede de Bibliotecas Escolares Quadro estratégico 2014-2020 Programa Rede de Bibliotecas Escolares Quadro estratégico 2014-2020 Programa Rede de Bibliotecas Escolares. Quadro estratégico: 2014-2020

Leia mais

em - Corporate Reporting (1.ª Edição) Executive Master

em - Corporate Reporting (1.ª Edição) Executive Master www. indeg. iscte-iul. pt EXPERIÊNCIA DE IMERSÃO AVANÇADA NO STATE OF THE ART E NAS ALTERAÇÕES MAIS RECENTES NAS TEMÁTICAS, NORMATIVAS E MÉTODOS DE REPORTE INTEGRADO DAS ORGANIZAÇÕES VISANDO UM DESEMPENHO

Leia mais

Qpoint Rumo à excelência empresarial

Qpoint Rumo à excelência empresarial Qpoint Rumo à excelência empresarial primavera bss A competitividade é cada vez mais decisiva para o sucesso empresarial. A aposta na qualidade e na melhoria contínua da performance dos processos organizacionais

Leia mais

Sistemas de Gestão na Segurança de Informação

Sistemas de Gestão na Segurança de Informação Public Safety & National Security Day Sistemas de Gestão na Segurança de Informação Paulo Faroleiro Lisboa, 10 de Dezembro 09 A Novabase Web site: www.novabase.pt Fundada em 1989 no seio académico no IST,

Leia mais