LISBOA CARRIS. CARRIS transporta Federer. Estoril Open. CARRIS IMPLEMENTA 3.ª fase. N.º 64 Série III Ano 15 2.º Trimestre Abr/Mai/Jun 2010

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "LISBOA CARRIS. CARRIS transporta Federer. Estoril Open. CARRIS IMPLEMENTA 3.ª fase. N.º 64 Série III Ano 15 2.º Trimestre Abr/Mai/Jun 2010"

Transcrição

1 LISBOA CARRIS N.º 64 Série III Ano 15 2.º Trimestre Abr/Mai/Jun 2010 Estoril Open CARRIS transporta Federer CARRIS IMPLEMENTA 3.ª fase da renovação da rede

2 Propriedade Director José Maia Director-adjunto Luís Vale EDITORIAL Conselho Redactorial Ana Figueiredo; António Araújo; Francisco Sousa; Maria João Branco; Martins Marques; Norberto Silva; Nuno Correia; Paulo Afonso; Sandra Pereira; Susana Fonseca. Apoio Fotográfico Gabinete de Imagem e Comunicação Editor Edifício Lisboa Oriente, Av. Infante D. Henrique, nº 333 H, 4º Piso Escritório Lisboa Telef Fax Powered by Boston Media Impressão RPO Periodicidade: trimestral Tiragem: exemplares Distribuição gratuita aos colaboradores e reformados da Companhia CARRIS de Ferro de Lisboa Assinatura anual: 8 euros ISSN: X Depósito Legal nº /86 Isento de Registo no ICS ao abrigo do artigo 9º da Lei de Imprensa nº 2/99, de 13 de Janeiro Companhia Carris de Ferro de Lisboa Alameda António Sérgio, Estação de Miraflores Linda-Velha As pessoas são o mais importante Na última edição da Lisboa Carris, discorremos acerca das pessoas a propósito da CARRIS ter sido, de novo, considerada uma das melhores empresas para trabalhar e a melhor do sector público. Não largamos o tema, agora a propósito do Prémio Especial pela Carreira com que foi agraciado o presidente da CARRIS no âmbito do Salão Europeu da Mobilidade. Trata-se de um prémio pessoal, atribuído pela sua carreira no sector dos transportes mas, conforme o próprio reconhece, este não é dissociável do seu trabalho à frente dos destinos da CARRIS nos últimos 7 anos. De facto, e como é publicamente reconhecido, a CARRIS é hoje uma empresa diferente, mais eficiente e com melhor qualidade do serviço prestado aos seus clientes. Este prémio é também um motivo de orgulho para todos nós, colaboradores da CARRIS, que temos participado nesta mudança positiva, pelo que o presidente não se importará que nos apropriemos de uma pequena parcela do seu prémio. Ainda sobre as pessoas uma palavra para Pedro Ramos, o novo director de Gestão de Pessoas e Capital Humano, que, desde o início de Junho, nos acompanha. O entusiasmo, competência e disponibilidade com que agarrou as suas funções são prenúncio de sucesso no seu desempenho. Porque afinal o mais importante são as pessoas. José Maia

3 RENOVAÇÃO DA REDE 3.ª fase da Rede 7 3 No passado 26 de Junho, a CARRIS implementou a 3.ª fase da Rede 7 na sequência do prolongamento da linha vermelha de metropolitano a S. Sebastião. Foram 26 as carreiras que nesta 3.ª fase da Rede 7 foram objecto de alteração. Destas carreiras, sete tiveram modificação do seu percurso, outras seis carreiras sofreram um a alteração da sua frequência, que, em três delas, foi no sentido do seu reforço em períodos de maior procura, e as restantes apenas a alteração do seu número ou cor identificativa. Esta 3.ª fase do projecto de renovação da rede da CARRIS manteve a orientação para o conjunto de objectivos inicialmente definidos, de que se destacam a melhor articulação e menor sobreposição com a rede de metropolitano, com a manutenção das necessárias alternativas de transporte à superfície, o reforço das ligações transversais e circulares na cidade, a manutenção ou melhoria dos níveis de acessibilidade à rede, a reafectação de meios libertos a áreas da cidade ou ligações não servidas pela rede de metropolitano, melhorando a respectiva oferta, e o estabelecimento de maiores frequências na generalidade das carreiras. Foi em Setembro de 2006 que a CARRIS iniciou o seu projecto de renovação da rede que adoptou a designação Rede 7 para reflectir o funcionamento da rede de transporte da CARRIS durante os sete dias da semana, pelas sete colinas de Lisboa, ao serviço da cidade, dos lisboetas e dos que aqui trabalham ou nos visitam. Tal como nas fases anteriores, esta 3.ª fase da Rede 7 implicou o planeamento de um conjunto de tarefas associadas à comunicação, interna e externa, bem como à logística da rede. É certo que o número mais reduzido de alterações e a experiência acumulada das fases anteriores facilitaram os trabalhos, mas tal não significou menor empenho por parte dos vários serviços envolvidos. Foi necessário produzir os novos horários e as escalas do pessoal tripulante para as carreiras com alterações, a nova planta da rede e toda a informação para as paragens, assim como o plano de comunicação e respectivos suportes. Durante a noite anterior, foram substituídas mais de sete centenas de placas de paragens e durante um período mais alargado foi substituída toda a informação colocada nas mais de duas mil paragens da rede. Um folheto explicativo das várias alterações foi distribuído durante vários dias nas carreiras com alterações mais significativas e a linha azul para informação aos clientes esteve activa durante algumas semanas. A realização de uma conferência de imprensa, alguns dias antes da implementação da 3.ª fase da Rede 7, permitiu, também, que a comunicação social divulgasse amplamente estas alterações.

4 INICIATIVAS 4 Menos um Carro nos parques de estacionamento Que ninguém se espante se, ao arrumar o carro num parque de estacionamento em Lisboa, encontrar, ao seu lado, relva e um banco de jardim. Não, não estacionou no local errado, é apenas o marketing do movimento Menos um Carro. A campanha está presente nos parques de estacionamento da Praça do Município, Centro Comercial Vasco da Gama e Centro Comercial Colombo e pretende dar mais visibilidade ao movimento Menos um Carro, lançado pela CARRIS nas redes sociais em Outubro de 2009 com o objectivo de incentivar o uso do transporte público e a mobilidade na cidade de Lisboa, sem esquecer as melhorias ambientais que advêm de um menor número de carros a circular na cidade. A campanha, que se iniciou em Abril passado, com a duração de seis meses, pretende atingir vários públicos: os jovens, profissionais e seniores. O movimento Menos um Carro nasceu na CARRIS e inclui uma sinergia de esforços entre diferentes entidades, no sentido de alertar e sensibilizar os cidadãos para a necessidade de mudança de atitudes e comportamentos no que respeita à realidade do tema. Neste sentido, foi criado um ponto de encontro online, onde é possível aceder a toda a informação no sentido de conhecer as razões da urgência de uma mudança e perceber quais os reais benefícios em optar por uma mobilidade mais sustentável, do ponto de vista ambiental, social e económico. Neste ponto de encontro online, é possível aderir ao movimento e conhecer EMEL e TIS aderiram ao movimento o Índice de Mobilidade Sustentável (IMS), através do preenchimento de um questionário. Este registo, para além da demonstração do empenho individual, permite um acompanhamento personalizado (e anónimo) da progressão de resultados do IMS ao longo do tempo. O movimento Menos um Carro tem ligação às redes sociais - Facebook e Twitter. O movimento Menos um Carro foi lançado em Outubro de 2009, com a parceria da Polícia de Segurança Pública; Direcção Geral de Saúde; Quercus; Agência Portuguesa para o Ambiente; Instituto Português da Juventude; ACAPO; Associação Salvador; Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta e Universidade Católica Portuguesa. O Metropolitano de Lisboa, a EMEL - Empresa Pública de Estacionamento de Lisboa e a TIS - Transportes e Sistemas são os mais recentes aderentes ao movimento Menos um Carro.

5 RESPONSABILIDADE SOCIAL CARRIS promove a leitura A CARRIS, no âmbito da sua responsabilidade social, promove, actualmente, o projecto Ler entre Linhas, iniciativa que, desde Novembro de 2009, visa reduzir o tempo percepcionado de viagem, ao mesmo tempo que procura intensificar os hábitos de leitura dos lisboetas. Este projecto foi lançado em parceria com a Editora Objectiva e traduz-se na distribuição de booklets, postais e outros materiais de incentivo à leitura, a bordo da frota da empresa. Em Abril, o livro em destaque foi A minha dieta de José Maria Tallon. Parceria com o Plano Nacional de Leitura A CARRIS disponibilizou, ainda, quatro autocarros de serviço público, que foram decorados integralmente, com vista à promoção do Plano Nacional de Leitura. Ler é sempre uma viagem. A imaginação faz o caminho. Foi sob este lema que se realizou, na manhã do dia 1 de Junho, uma iniciativa de incentivo à leitura, em parceria com o Plano Nacional de Leitura do Ministério da Educação. No âmbito desta acção, circulam, pelas ruas de Lisboa, os autocarros decorados com figuras humanas, representando passageiros a ler. Com esta representação, a CARRIS pretende incutir nos seus passageiros, sobretudo nas crianças, o gosto pela leitura. No Dia Mundial da Criança, a CARRIS desenvolveu uma actividade especial com promotores a distribuir livros pelos passageiros na carreira 758, que efectuou o percurso entre o Cais do Sodré e as Portas de Benfica, onde esteve presente o Comissário do Plano Nacional de Leitura, o escritor Fernando Pinto do Amaral. 5

6 6 CARRIS dá boleia ao maior evento digital do mundo O maior evento digital do mundo, criado em Nova Iorque há seis anos, foi apresentado a bordo de um eléctrico da CARRIS e contou com a participação de José Manuel Silva Rodrigues, presidente da empresa. RESPONSABILIDADE SOCIAL As carreiras 25 e 28 disponibilizaram, nas duas primeiras semanas de Junho, acesso gratuito à internet, visando estimular o conhecimento do tema Como fazer negócio na era das redes sociais. Pela primeira vez, as novidades e programa relativos ao maior evento digital do mundo Verge foram apresentados à boleia de um eléctrico da CARRIS, por Mish Fletcher, worldwide marketing director da OgilvyOne, uma das pessoas que esteve na origem deste seminário em Nova Iorque, em A apresentação contou com a participação do presidente da CARRIS, José Manuel Silva Rodrigues, do directorgeral da AESE, José Ramalho Fontes, e do director-executivo da OgilvyOne, Eurico Nobre. O eléctrico Verge circulou por Lisboa (linhas 25 e 28), durante as primeiras duas semanas de Junho, disponibilizando acesso gratuito à internet via wi-fi e convidando os lisboetas a conhecer as mais recentes novidades relativamente ao tema como fazer negócio na era das redes sociais. No passado dia 1 de Junho, líderes de algumas das mais inovadoras empresas debateram o tema O CRM na Era Social no Verge. Esta segunda edição contou com a presença especial de Diego Oliva, responsável pelo Facebook para o Sul da Europa, que partilhou o sucesso desta rede social no mercado português e que se juntou a um distinto grupo de oradores nacionais e internacionais. Entre eles encontravamse Rory Sutherland, vice chairman, Ogilvy Group UK, Tony Fish, especialista em mobile marketing, empreendedor e autor dos livros My Digital Footprint e Mobile Web 2.0, Patou Nuyemans, chief digital officer, OgilvyOne EMEA, e Diogo Rezende, CEO da Ford Portugal. Neste encontro, mais do que uma reflexão sobre o fenómeno das redes sociais, o objectivo é reinventar o CRM na era social, dotando os marketeers com as ferramentas e estratégias necessárias para detectar as oportunidades e desafios desta nova era, com base em casos de marcas como Facebook, Ford, Vitamin Water, Sapo, Xbox e de um conjunto de especialistas em CRM, mobile marketing e marketing digital. Sobre o Verge O Verge teve a sua primeira edição em Junho de 2004, em Nova Iorque, e tornou-se rapidamente num seminário de referência, que reúne alguns dos especialistas mais conceituados da indústria e comércio digital - jornalistas, analistas, tecnólogos, profissionais de marketing, editores e criativos, juntamente com líderes da Ogilvy. Organizado em Portugal pela Ogilvy, em parceria com a AESE - Escola de Direcção de Negócios, o seminário realizou-se dia 1 de Junho, subordinado ao tema O CRM na Era Social. Através de múltiplas palestras, um painel de discussões apresentou casos de sucesso e as principais tendências do mundo digital. A primeira edição do Verge Lisboa aconteceu em 2008.

7 Tiago Albuquerque Yara Kono Empresa junta-se às Festas de Lisboa Fado, jazz e teatro a bordo da Carris A CARRIS e a EGEAC assinaram um protocolo para a realização conjunta de actividades de animação cultural na cidade de Lisboa. A parceria permitiu uma maior divulgação das Festas de Lisboa em toda a frota da CARRIS e levou animação e cultura aos clientes destes transportes. Desta forma, as Festas de Lisboa não ficaram restritas às zonas habituais e percorreram um considerável número de ruas da cidade, a bordo dos eléctricos, autocarros e ascensores da cidade. Fado em Movimento Durante o mês de Junho, a CARRIS proporcionou viagens diferentes a quem andou no eléctrico 28. Durante as tardes dos dias 2, 6, 11, 13, 16 e 20 de Junho, o bilhete normal do histórico eléctrico lisboeta deu acesso a uma animada viagem ao som do fado mais tradicional e castiço, num espectáculo para todas as idades e que pôde ser apreciado não só pelos residentes como também pelos muitos visitantes que acorrem a Lisboa e cuja viagem no 28 é obrigatória. Jazz às Onze Entre 30 de Junho e 11 de Julho, os ascensores do Lavra, da Bica e da Glória e o elevador de Santa Justa foram palco de diversos concertos de jazz, uma forma de homenagear este meio de transporte e proporcionar momentos musicais ao longo das suas viagens. A iniciativa Jazz às Onze foi realizada em parceria com o Hot Clube de Portugal e esteve integrada no protocolo de divulgação e dinamização de actividades culturais, assinado com a EGEAC. Vendas teatrais Os autocarros 35, 60, 718, 727 e 758 receberam, no fim de Maio, o projecto OMNIBUS, uma peça de teatro cómico que proporcionou algumas situações únicas e gargalhadas aos passageiros da CARRIS. Ao longo do percurso de cada carreira, entravam no autocarro diferentes vendedores ambulantes que pretendiam vender os seus produtos. De modo a cativar os passageiros e concretizar a venda, ofereciam objectos cada vez mais insólitos, que pareciam ter sido retirados de algum catálogo de inutilidades. No frenesim da venda, a conquista por mais clientes criou situações absurdas e repletas de humor. 7 CARRIS adere ao GRACE A CARRIS tornou-se associada do Grupo de Reflexão e Apoio à Cidadania Empresarial (GRACE), no passado mês de Abril, estando motivada para a promoção de práticas socialmente responsáveis, para a vida associativa e para a partilha de boas práticas e de conhecimento com os outros membros do grupo. A associação GRACE foi formada em Fevereiro de 2000 por um conjunto de empresas, maioritariamente multina- cionais, que tinham como denominador comum o interesse em aprofundar o papel do sector empresarial no desenvolvimento social. O grupo foi pioneiro enquanto primeira associação portuguesa, sem fins lucrativos, dedicada à problemática da responsabilidade social das empresas, tendo como missão a reflexão, promoção e desenvolvimento de iniciativas de responsabilidade social empresarial.

8 COLUNA DO PROVEDOR 8 Em 2006, a obrigatoriedade de disponibilização do Livro de Reclamações foi alargada a um vasto conjunto de prestadores de serviços, entre os quais os transportes, sendo, naturalmente, abrangida a CARRIS. O Livro de Reclamações está disponível no Gabinete de Apoio ao Cliente (em Santo Amaro), nas Relações Públicas e no Provedor do Cliente (em Miraflores), nas estações de Santo Amaro, da Musgueira, da Pontinha e de Miraflores (nas respectivas portarias), bem como nos postos de venda da CARRIS. Durante o ano de 2009 foram recepcionadas pelo Provedor do Cliente 2125 reclamações, 341 das quais efectuadas no Livro de Reclamações, tendo sido apresentadas 244 nas estações e serviços e 97 nos postos de venda e informação ao público. Foram utilizadas 670 folhas do Livro de Reclamações, das quais 515 nas estações e serviços e 155 nos postos de venda e informação ao público, o que corresponde a um consumo de 27 livros. Das 957 queixas de pessoal recebidas em 2009, 130 foram efectuadas no Livro de Reclamações. Destas, 74 por cento dizem respeito a condutores, 17 por cento a bilheteiros e 9 por cento à actividade de fiscalização comercial. Dos 1651 pedidos e sugestões recebidos, 100 foram recebidos via Livro de Reclamações, sendo a sua quase totalidade (98) referente a pedidos de anulação de autuações. O Apoio ao Cliente, em Santo Amaro, foi o local mais utilizado para apresentar as reclamações por esta via, com 185 processos, que representam 54 por cento do total de reclamações recebidas através do Livro de Reclamações. A actividade dos postos de venda foi alvo de 48 por cento das reclamações efectuadas através dos Livros de Reclamações, isto é, 8 por cento das reclamações recebidas em A bilhética foi objecto de 41 por cento das reclamações enviadas, ou seja, 7 por cento das reclamações de Em Setembro de 2009 ocorreu um pico de utilização do Livro de Reclamações (148 folhas), pela capacidade de emissão do cartão Lisboa Viva ter sido ultrapassada pela grande solicitação então verificada, devido à introdução do passe Em 2008 tinha-se verificado uma situação idêntica, mas de menor dimensão (83 folhas de reclamação) aquando da introdução do passe Com a abertura das lojas Mob e a melhoria da informação ao público sobre a bilhética foram superados alguns dos problemas referidos. Nos primeiros quatro meses de 2010 foram recepcionadas 119 comunicações dos clientes através do Livro de Reclamações ou seja 9,5 por cento do total - 66 reclamações de serviço, 25 queixas de pessoal, 25 pedidos e sugestões e 2 elogios. Ascensor da Bica fez 118 anos A CARRIS assinalou, no passado dia 28 de Junho, o 118.º aniversário do Ascensor da Bica. Inaugurado no dia 28 de Junho de 1892, fazia a ligação, como ainda hoje acontece, entre a Rua de S. Paulo e o Largo do Calhariz. Em Janeiro deste ano, a CARRIS lançou o projecto Arte em Movimento, que se enquadra num programa cultural de promoção de arte pública que a empresa tem vindo a desenvolver em alguns veículos da sua frota. O projecto consiste em quatro intervenções e experiências criadas por artistas portuguesas no elevador e ascensores de Lisboa. No caso do Ascensor da Bica, esta intervenção foi realizada na superfície exterior das carruagens tornandoas reflectoras. O autor, Alexandre Farto, designou-a de Espectro. Face ao sucesso desta obra, a mesma estará patente ao público até Setembro de 2010, prorrogando a CARRIS o projecto Arte em Movimento. O ascensor, inicialmente, funcionava através do sistema tramway-cabo e máquinas a vapor, que asseguraram o serviço até ao momento em que foi decidida a electrificação do sistema, em Anos mais tarde, em 1916, durante os trabalhos de assentamento de um dos novos carros sobre os carris, um acidente precipitou-o de encontro à Estação da Rua de S. Paulo, provocando danos avultados. Em consequência, o Ascensor da Bica permaneceu inactivo durante vários anos até que, em 1923, foi decidido retomar o seu funcionamento. Em Junho de 1927 o Ascensor da Bica passa a propriedade da CARRIS. Tal como os seus congéneres das calçadas do Lavra e da Glória, o Ascensor da Bica está classificado, desde Fevereiro de 2002, como monumento nacional. Foi um dos primeiros meios de transporte de Lisboa que permitiu superar com êxito uma das suas encostas mais íngremes. EFEMÉRIDES

9 INOVAÇÃO Ciclo de workshops CARRIS promove inovação 9 Na abertura do ciclo de três workshops promovido pela CARRIS, o ex-ministro da Economia, Daniel Bessa, confessouse surpreendido com a cultura de inovação da empresa e tirou o chapéu a uma realidade de que só recentemente se apercebeu. Sob o tema Cultura de Inovação, este primeiro workshop da CARRIS reuniu representantes de empresas nacionais inovadoras que ali deixaram testemunhos e exemplos de sucesso. Na qualidade de director-geral da CO- TEC Portugal (Associação Empresarial para a Inovação), Daniel Bessa salientou o papel da inovação na criação de valor e desenvolvimento empresarial. Se não for inovador, Portugal corre o risco de desaparecer, alertou. O País tornou-se demasiado caro para atrair investimento com base em ganhos operacionais. Só há, por isso, razão para as empresas internacionais virem para Portugal se for um País inovador. Gonçalo Quadros, um dos fundadores da Critical Software, em 1998, fez uma apresentação da empresa que, conforme disse, encontra no sector militar, o mercado da defesa, o maior cliente impulsionador da investigação que desenvolve. Com sucursais nos EUA, Reino Unido, Roménia e Brasil, a Critical Software exporta cerca de 80 por cento da sua produção. O workshop da CARRIS contou, ainda, com a participação de Rui Miguel Nabeiro, neto do fundador da Delta Cafés, que apresentou alguns dos projectos que exemplificam a preocupação da empresa com a inovação e a forma como, por essa via, a Delta se tem mantido líder de mercado. Pedro Casquinha, director de Marketing da ANF (Associação Nacional das Farmácias), não centrou a sua intervenção no tema das farmácias, conforme fez questão de avisar, optando por dissertar sobre a inovação como palavra de ordem para o sucesso empresarial. A terminar, invocou o exemplo da Nike, como exemplo de uma empresa que se inspira na inovação. O primeiro workshop da CARRIS encerrou com a intervenção de Luís Madureira que, em representação de Alberto da Ponte, CEO da Central de Cervejas, explicou o percurso da empresa na recuperação de mercado face à concorrência directa. Este ciclo de workshops completa-se com mais duas sessões, que terão lugar em Setembro e em Novembro. CARRIS adere à COTEC A adesão da CARRIS à COTEC Portugal foi formalizada a 31 de Maio. A associação, dirigida por Daniel Bessa, agrega 117 empresas portuguesas que se destacam pela inovação. Constituída em Abril de 2003 com a missão de promover o aumento da competitividade das empresas localizadas em Portugal, através do desenvolvimento e difusão de uma cultura e de uma prática de inovação, a COTEC obteve a adesão de um conjunto de empresas cujo valor acrescentado bruto global representava, em 2002, cerca de 14 por cento do PIB nacional. Desde o início da sua actividade, o cargo de presidente da assembleia geral tem sido exercido pelo Presidente da República.

10 PRÉMIOS 10 No Salão Europeu da Mobilidade em Paris Presidente da CARRIS ganha prémio internacional José Manuel Silva Rodrigues foi agraciado com o Prémio Especial pela Carreira no âmbito do evento Transportes Públicos Salão Europeu da Mobilidade. O presidente da CARRIS foi o único português a receber um galardão, atribuído no dia 10 de Junho, em Paris. O objectivo da primeira edição dos prémios foi dar a conhecer os homens e mulheres que contribuem para o progresso dos transportes públicos. Seis personalidades foram distinguidas pelas suas competências, acções e pelo seu compromisso em prol da mobilidade sustentável. Os internautas votaram no site do salão para atribuir o prémio dos internautas entre uma pré-selecção de talentos. Fiquei satisfeito com este prémio, porque mais do que o reconhecimento pessoal do meu trabalho, representa o reconhecimento da evolução positiva que a CARRIS tem sabido concretizar, com reflexos na melhoria da qualidade do serviço e na captação de mais clientes, ao mesmo tempo que aumentou significativamente o seu nível de eficiência, afirmou o presidente da CARRIS. A CARRIS é, hoje, mais do que um operador de transporte, um agente dinamizador de mobilidade sustentável, que os stakeholders têm reconhecido, através de vários prémios que temos recebido, acrescentou. Silva Rodrigues sublinhou que este prémio é, também, por isso, um estímulo para toda a equipa de gestão e para a grande maioria dos colaboradores da CARRIS, que, diariamente, trabalham para a tornarem uma empresa de referência na mobilidade urbana. Restantes premiados Melhor jovem talento Benjamin WEYER Responsável pelas informações aos passageiros, SNCF Proximités França Desenvolveu um sistema de informações eficaz para passageiros com o objectivo de melhorar a qualidade do serviço da RER D, a primeira linha SNCF da Île-de-France. Melhor responsável de projecto (ex-aequo) Fabienne GOUDARD Chefe de projecto Oùra!, Região Reno-Alpes França Lançou o cartão Oùra!, suporte único na região do Reno-Alpes (redes urbanas e regionais), que engloba todas as redes de transportes e uniu utentes e parceiros. Melhor responsável de projecto (ex-aequo) Jon PIKE Director de sinistros e seguros, Garrick House/Transdev Londres Reino Unido Implementou o Drivewell project, uma acção piloto para testar uma nova tecnologia de gestão de frotas. Melhor gestor Jean CAM Responsável pelo pólo social, SNCF Proximités França Criou o primeiro PIMMS (Ponto de informação e mediação multiserviços) na Bretanha para responder a um aumento da insegurança nos transportes. Prémio especial pela carreira Brian SOUTER Director-geral, Stagecoach Group Reino Unido Contribuiu para a transformação de uma pequena empresa de transportes com dois autocarros num grande grupo.

11 MOBILIDADE SUSTENTÁVEL CARRIS contribui para uma Lisboa ambientalmente mais sustentável Um estudo que compara as emissões ambientais produzidas na Baixa e Avenida da Liberdade em 2003 e actualmente permite concluir que a renovação da frota e a renovação da rede da CARRIS, por si só, conduziram a uma redução substancial das emissões poluentes provocadas pelos autocarros nesta área crítica da cidade de Lisboa. Durante o ano de 2010, e apenas considerando esta área restrita da cidade, os autocarros da CARRIS vão emitir menos 634,5 toneladas de dióxido de carbono, menos 5 toneladas de monóxido de carbono, menos 24 toneladas de óxidos de azoto, menos 4,1 toneladas de hidrocarbonetos não queimados e menos 2,5 toneladas de partículas. Desta redução de emissões poluentes beneficiou toda a cidade, dado que a renovação da frota abrangeu a generalidade das carreiras. Sem dúvida que, do ponto de vista do ambiente, são resultados de extrema importância para Lisboa, que deverão ser reforçados pela melhoria das condições de circulação e do estilo de condução dos nossos motoristas que reduzem o consumo de combustível e, por essa via, as emissões poluentes. Sendo certo que as condições de circulação dependem das entidades externas com responsabilidade na gestão do espaço público e circulação viária, a adopção das técnicas de condução económica está à disposição de cada um dos nossos motoristas. Com este objectivo e dando sequência a várias acções já realizadas, a CARRIS dispõe, em várias dezenas de autocarros, de um sistema que permite detectar os comportamentos de condução inadequados, cuja correcção permitirá uma substancial economia de consumo de combustível. 11 Av. Liberdade Menos 390 toneladas de CO 2 por ano Restauradores e Rossio Menos 245 kg de partículas por ano Rua do Ouro Menos 310 kg de hidrocarbonetos não queimados por ano

12 ENTREVISTA Entrevista com Pedro Ramos, novo director de Gestão de Pessoas e Capital Humano Garantir a confiança dos clientes 12 O que distingue a gestão de recursos humanos numa empresa de transportes públicos de outras áreas de actividades? Na CARRIS, a gestão das pessoas merece-nos toda a atenção também porque é uma empresa que trabalha 365 dias por ano, 24 horas por dia. Por outro lado, o sector de transportes públicos passa hoje por uma profunda mudança de paradigma. Tradicionalmente ligado a áreas de grande monopólio de mercado, onde a lógica que imperava era a de utente, traduzindose numa fraca dinâmica comercial, este sector está hoje fortemente apostado em atrair novos públicos e mercados, o que suscita uma alteração profunda em formas de agir (em vez de reagir). Na organização, desenvolvimento e gestão das pessoas muda tudo: a reactividade natural terá de dar lugar a uma proactividade construtiva, traduzindo-se em dinâmicas positivas. tivos estratégicos. Depois, em segundo lugar, o desafio de promover uma gestão do capital humano, optimizando a utilização das competências chave e críticas da companhia, em função dos novos desafios do mercado. Por último, em terceiro lugar, o desafio de estabelecer uma eficaz comunicação, activa e dinâmica, dentro da empresa, por forma a que cada colaborador compreenda o seu papel na estrutura e se sinta verdadeiramente atraído por esta. Na CARRIS, este trabalho está desde logo facilitado para quem chega hoje à companhia, pelo facto de existir um sentimento de pertença e orgulho à camisola muito fortes, que fazem, hoje, parte dos nossos valores. Na CARRIS a maioria dos seus colaboradores são o rosto da empresa junto dos clientes. Quais as principais preocupações a este nível? Eu diria que a totalidade dos cerca de 2800 colaboradores da CARRIS são o rosto e imagem da companhia junto dos clientes, mas também junto de todos os potenciais clientes, que são no fundo a população de Lisboa. O desafio de atrair um maior número de clientes aos transportes públicos e à CARRIS, em concreto, passa também pela forma como os colaboradores são capazes de vender a imagem de inovação, criatividade e real preocupação em Neste cenário de crise internacional e do consequente aumento do desemprego, quais os principais desafios que se colocam na gestão dos recursos humanos? Em primeiro lugar, o desafio de alinhar o crescimento e desenvolvimento de cada pessoa da empresa com o desenvolvimento da organização, numa lógica integrada e focalizada nos objecatender às necessidades do universo dos clientes. O nosso grande desafio passa por continuar e aprofundar uma atitude de efectiva focalização no cliente, potenciando a necessária proactividade na antecipação das suas necessidades e abandonando de vez a velha lógica de utente dos transportes públicos. Novos segmentos de mercado se abrem, novos clientes exigem da nossa parte novas formas de responder às necessidades e de comunicar os nossos produtos e serviços. Apesar da frota renovada e moderna que a CARRIS possui hoje, da inovação numa série de produtos e formas de comunicar, todos na companhia temos consciência que o papel das pessoas é fundamental para garantir a confiança diária dos nossos clientes. Pedro Ramos, novo director de Gestão de Pessoas e Capital Humano da CARRIS, tem cerca de 15 anos de experiênciana gestão de topo de recursos humanos em diversas empresas, nomeadamente na SKY Aircraft Industries SA, empresa pertencente ao Grupo GECI Internacional, na Ground Force Portugal e na OGMA, onde participou no processo de privatização daquela empresa.

13 TEMA DE CAPA 13 Melhor tenista do mundo andou de autocarro e eléctrico CARRIS leva Federer ao Estoril Open Roger Federer, melhor tenista do mundo, apanhou boleia de um autocarro da CARRIS para chegar ao recinto do Estoril Open, prova que se disputou durante o mês de Maio em Lisboa. Com esta iniciativa conjunta da CAR- RIS e da Lagos Sports, Federer deu um bom exemplo do uso de transportes públicos. O tenista suíço visitou a estação da CARRIS em Santo Amaro, onde teve oportunidade de apreciar alguns eléctricos históricos, tendo mesmo conduzido um eléctrico de serviço. A viagem entre Algés e o recinto do Estoril Open foi feita a bordo de um autocarro verde de dois pisos do Museu da CARRIS, no qual o tenista conviveu com alguns adeptos. A visita de Federer a Santo Amaro e os seus passeios de eléctrico e autocarro foram feitos no âmbito do ATP Stars Program WTA Aces, programa televisivo que mostra a vida dos tenistas fora dos courts.

14 Andamos a pensar em si CARRIS lança campanha de marketing 14 A campanha de marketing foi apresentada em primeira mão aos colaboradores da CARRIS Lisboa está diferente, é uma cidade mais moderna, mais humana, mais responsável. E a CARRIS quer continuar a contribuir para esta mudança, criando mais opções para que se possa viver a cidade, a luz e o rio. A pensar nos colaboradores São estas a linhas da CARRIS: oferecer as melhores soluções de transporte para quem vai trabalhar, estudar ou passear. Para quem nos escolhe todos os dias para sua companhia. Andamos a pensar em si é o é novo posicionamento da CARRIS, que reflecte a preocupação e a atenção para com os seus clientes. Todos os dias. É a pensar neles que a empresa renovou a sua frota. É por eles que criou serviços inovadores, como, por exemplo, o SMS ao minuto. É por eles, também, que criou soluções mais económicas como o passe Pague 10, Passe 12. É por eles que certificou muitas das suas linhas. É a pensar em todos os clientes, mas, também, na cidade, no ambiente, no futuro. Num futuro melhor. Em 2010, a CARRIS continua empenhada em prestar um serviço de qualidade aos seus clientes. Mas, para além de satisfazer, da melhor forma, aqueles que se habituaram a viajar diariamente connosco, a CARRIS tem como ambição conseguir ganhar a confiança dos cidadãos e dos lisboetas que, tendo que circular na cidade, ainda não optaram pelos autocarros, pelos eléctricos, pelos ascensores e pelo elevador da CARRIS. A campanha de marketing que a CARRIS lançou foi apresentada em primeira mão aos colaboradores da empresa, porque a CARRIS entendeu que os colaboradores deveriam ser os primeiros a conhecer a campanha, para que se possam orgulhar da empresa e, principalmente, para que possam ser embaixadores desta nova atitude e desta marca que tem 137 anos de história. Pretende-se com esta acção captar novos clientes, que necessitem de se deslocar em Lisboa, para que estes experimentem os transportes da CARRIS e constatem que, de facto, esta é uma solução de mobilidade mais racional e mais confortável do que outras formas tradicionais de deslocação na cidade. A CARRIS continua empenhada em disponibilizar um serviço de transporte público urbano de elevado nível de qualidade, contribuindo, desta forma, para uma mobilidade mais sustentável em Lisboa. Contamos com todos na concretização deste ambicioso objectivo. Afinal, andamos a pensar em si.

15 em foco TV A televisão mostra uma cidade a acordar para a mobilidade sustentável. Para a nova CARRIS. Trata-se de um filme que transmite emoção, que mostra uma cidade que todos conhecemos mas que, nem sempre, admiramos. Uma cidade com uma luz única, com um rio imponente. Com as suas colinas, com as suas avenidas e com os seus bairros típicos. Uma cidade mais moderna, mais cosmopolita, mais europeia. Uma cidade que podemos contemplar através das janelas da CARRIS. Rádio Estamos a usar a rádio para falar com quem anda de carro. Com quem está parado no trânsito. Para quem desespera nas filas apenas por que ainda não sabe que a CARRIS é a melhor solução para se deslocar na cidade. Imprensa e Outdoor/MUPI Mostramos o que temos de melhor. A inovação, a preocupação com o futuro e com o ambiente. A rapidez e a fluidez numa cidade que muda todos os dias. 15 Web Queremos falar com os mais jovens, que utilizam a CARRIS para ir estudar, para passear e sair com os amigos. Para que estes saibam que podem contar com serviços como o Bike Bus ou o Night Bus. Mas, principalmente, para que continuem a preferir a CARRIS para, assim, melhorar a vida de todos e da cidade. Mostrar o melhor de nós A CARRIS mudou. E se nós já o sabemos, também queremos que os outros saibam. Queremos que descubram a nova frota menos poluente, as carreiras certificadas, os serviços inovadores e as soluções mais eficientes. Para conseguirmos conquistar cada vez mais clientes, para que nos vejam como uma alternativa cada vez mais viável ao automóvel e para que a cidade seja mais sustentável e menos poluída. Foi por isso que a CARRIS lançou, no dia 10 de Junho, uma campanha de comunicação na televisão, na rádio, na imprensa, na rua e na internet, que se estende durante todo o ano de Para que a cidade saiba que se pode orgulhar da CARRIS e das pessoas que nela trabalham. Pessoas que dão tudo pela cidade e pela mobilidade sustentável.

16 NA PRIMEIRA PESSOA O motorista veloz 16 António Piedade, motorista da CARRIS há 17 anos, só aumenta a velocidade depois do horário de trabalho. Nas horas livres é um veloz atleta que, em Maio, ficou conhecido dos portugueses como um dos três amigos que correram de Faro a Bragança para apoiar a selecção nacional de futebol. Desde criança que António Piedade tem uma grande paixão pelo desporto. O atletismo é a modalidade de eleição, mas o motorista de 43 anos é cinturão negro em artes marciais e jogou futebol em criança. Hoje em dia, apesar de ser atleta amador, treina como um profissional: corre cerca de cem quilómetros por semana. O gozo de treinar e a necessidade de manter a boa forma fazem com que corra, muitas vezes, madrugada fora. Lembrado do apelo do então seleccionador nacional, Luis Filipe Scolari, em 2004, para que os portugueses apoiassem a equipa de todos nós, colocando bandeiras de Portugal nas janelas, o motorista quis fazer algo fora do normal, que pudesse ser falado e fosse exemplo da dedicação dos portugueses à selecção. António teve a ideia de fazer uma prova de atletismo de Sul a Norte do país. Deu a ideia a dois amigos e colegas do clube onde pratica atletismo, o Núcleo de Oeiras, e ambos aceitaram com entusiasmo. Assim nasceu a iniciativa Correr por Portugal. A 15 de Maio, o trio de atletas saiu de Faro com o objectivo de alcançar, a correr na modalidade de estafeta, a cidade de Bragança, percorrendo mais de mil quilómetros. Com esta iniciativa, o grupo de amigos pretendia mobilizar os portugueses para um apoio forte e visível à selecção nacional de futebol que estava prestes a viajar para a África do Sul, onde se realiza o Mundial de Futebol. Até então António via pouca mobilização dos portugueses para apoiar a selecção e quis espevitar Portugal. De doidos a heróis O motorista da carreira 28 conta que a ideia foi vista com desconfiança, pelos amigos e pela população portuguesa em geral, mas que, com o correr do tempo e de muitos quilómetros, os portugueses foram aderindo à ideia. O motorista corredor resume: à saída de Faro éramos vistos como doidos. Quando chegámos a Bragança já tínhamos a comunicação social a fazer reportagens connosco todos os dias e éramos vistos como heróis. Ao todo, os três corredores do Correr por Portugal percorreram 1077 quilómetros, passando por dez distritos em dez dias. Durante o dia havia sempre um dos membros da equipa na estrada a correr, enquanto os outros dois acompanhavam de perto o colega, a bordo da autocaravana que servia de apoio à corrida. O grupo decidiu que o ritmo seria de cerca de dez quilómetros por cada hora de corrida, de modo a que os populares que se quisessem juntar na corrida pudessem acompanhar. A ideia de António era correr em conjunto com o maior número de pessoas e muitas foram-se juntando a cada etapa percorrida, a correr ou a dar apoio, manifestando a crença de que a iniciativa ia ter um final feliz. Quando o grupo chegou a Bragança tinha o sentimento de dever cumprido, mas a viagem ainda não havia terminado. Como forma de reconhecimento foram convidados para assistir ao jogo particular entre Portugal e Cabo Verde. O motorista veloz afirma que a aventura valeu a pena e que os objectivos foram cumpridos, garantindo ter outras ideias idênticas prontas a ser postas em prática.

17 Visto de fora por Nuno Markl A CARRIS quase faz parte do ADN dos lisboetas 17 Qual a primeira memória que tem da CARRIS? As minhas primeiras memórias da CARRIS envolvem idas ao cinema com as minhas avós. Lembro-me que todos os caminhos iam dar ao Tivoli, para ver os clássicos da Disney, e que o 46 era um veículo mágico que ligava Benfica basicamente, ao resto do mundo. Resto do mundo que, na altura, era o centro da cidade. É, ou foi em algum momento, utilizador regular dos serviços da empresa? Quais? Fui durante muitos anos. Toda a minha vida escolar envolveu diversos autocarros da CARRIS, fosse para ir para escolas que nem sequer ficavam longe da minha casa (como a Secundária de Benfica ou a Pedro de Santarém), fosse para ir para outras mais distantes (como o Liceu D. Pedro V). Sei que, mais do que um mero meio de transporte, havia um sentimento de zona de convívio: afinal era nos autocarros da CARRIS que encontrávamos vários dos nossos amigos, o que tornava mais suportável o caminho doloroso para mais um dia de aulas. Uma recordação bizarra que tenho da CARRIS prende-se com o facto de ter rebentado com um farol a um dos autocarros de dois andares da empresa e espero que este crime já tenha prescrito, se não estou tramado. Foi um acidente devido a distracção, porque nunca tive jeito para vândalo. Mas sei que me sentei numa daquelas grades de separação que há junto de certas paragens e não notei que a mochila que tinha nas costas estava demasiado caída para a estrada. Um autocarro passou no momento em que me sentei, senti o embate e quando me virei estava um farol em pedaços rodopiando no chão. O autocarro não parou, seguiu caminho, mas quem ia lá dentro diz que o condutor me chamou muitos nomes. Quero aqui pedir desculpa! O 46 era um veículo mágico que ligava Benfica, basicamente, ao resto do mundo. Como é que vê a relação dos lisboetas com a CARRIS? É uma relação tão forte, que eu acho que já nem se pode falar de relação: acho que a CARRIS quase faz parte do ADN dos lisboetas, é parte do seu corpo, é quase um órgão! É daquelas coisas que nos estão tão entranhadas na vida que só lhes damos o devido valor quando pensamos a sério nisso, porque já nem pensamos: usamos. Só é pena os obliteradores cor-de-laranja terem desaparecido. Se tiverem alguns a mais, estou interessado em comprar. Acho que ficava giro na sala de estar.

18 DENTRO DE PORTAS Team Up CARRIS Liderança em Movimento 18 No passado dia 18 de Maio as equipas de trabalho das áreas operacionais UNA, UNE, UCOP/FI, UCOP/CT apresentaram as suas propostas de melhoria da eficiência operacional e de partilha e difusão de informação ao Conselho de Administração e aos directores da empresa, em resultado do trabalho desenvolvido neste projecto ao longo dos últimos meses. Foram apresentadas diversas propostas tais como a criação de um Painel de Clientes com o objectivo de avaliar o seu grau de satisfação, a participação da Fiscalização Comercial em acções de formação para tripulantes, sensibilizando-os para a sua actividade, e a actualização do Guia de Boas Práticas e Manual de Procedimentos da CCT, entre outras. Todas as equipas apresentaram na reunião propostas de quick wins - ganhos visíveis a curto prazo - alguns já implementados ou em fase de implementação, como é o caso da melhoria dos contactos pessoais entre os inspectores e os tripulantes ou a participação da Fiscalização Comercial nas acções de formação inicial para tripulantes. Do trabalho desenvolvido durante a 3.ª fase, destaca-se também o plano de formação, elaborado para os colaboradores das áreas operacionais assim como o levantamento de necessidades de tecnologias de informação, tendo-se já iniciado acções para responder às carências encontradas. No âmbito do projecto Team Up foram ministradas acções de formação relativas à avaliação de desempenho, para notadores de 1.º e 2.º nível, com o objectivo de tornar o processo mais profissional, transparente e justo, sendo que 2010 será o primeiro ano em que a entrevista de avaliação passará a ser uma prática comum, permitindo uma melhor percepção das notas atribuídas a cada colaborador. Foi também dada formação nas estações sobre a utilização do e consulta de escalas, uma vez que actualmente todos os nossos colaboradores têm um CARRIS. Os benefícios deste projecto começam a ser evidentes. A partilha de conhecimentos e o espírito de equipa em torno de objectivos comuns, a procura da melhoria da prestação do serviço e a obtenção de resultados favoráveis nos indicadores de gestão, são apenas alguns exemplos. Mas o projecto Team Up CARRIS Liderança em Movimento não termina aqui. Conforme o nome indica, somos uma empresa em movimento e, como tal, ainda há muito por fazer. A 4.ª fase do projecto já teve início e as equipas encontram-se a trabalhar com o objectivo de apresentar propostas de melhoria para que a qualidade do nosso serviço seja progressivamente incrementada e percepcionada pelos nossos clientes. Satisfazer os actuais e aliciar novos clientes a juntarem-se à experiência que a CARRIS proporciona é o objectivo principal e o que nos move para continuarmos cheios de energia e empenho neste projecto. Novo curso de guarda-freios 2/2010 Entrega de certificados em Ana Cristina Almeida Barradas Ana Paula Guerreiro Marques Carlos Eduardo Rosa da Silveira João Filipe Pereira Miranda Tânia dos Santos Pereira Filipe Barbosa Sandro Roberto de Castro

19 Nos passados meses de Maio e Junho, CARRIS todos os colaboradores da CARRIS passaram a ter acesso a uma caixa de correio da empresa e ainda à oportunidade de esclarecerem as suas dúvidas quanto à sua utilização, através de formadores que estiveram em todas as nossas estações. Esta medida, que surge no seguimento do projecto CARRIS 2012, vem contribuir para uma maior facilidade de comunicação entre a empresa e os seus colaboradores que trabalham diariamente fora das nossas instalações, não sendo possível, por vezes, terem acesso a algumas informações importantes para o seu serviço. O uso da caixa de correio da CARRIS tem regras associadas, pelo que consideramos de extrema importância que todos tenham atenção às mesmas e que façam com regularidade uma adequada manutenção da sua caixa de correio, eliminado as mensagens já lidas e enviadas. Sendo a CARRIS uma empresa sustentável, este meio de comunicação servirá também para o envio dos recibos de Newsletter interna A CARRIS lançou recentemente uma newsletter interna. Este projecto surge com o objectivo de estreitar a relação dos colaboradores com a empresa e divulgar iniciativas internas, informação útil sobre o nosso desempenho, medidas importantes da CARRIS, comu- vencimento, terminando a distribuição dos mesmos em papel daqui a dois meses (mantendo-se apenas, para além deste prazo, nos casos de pedido expresso dirigido à DPC nesse sentido). nicados internos de serviço, histórias, enigmas, entrevistas, curiosidades e muito mais. A newsletter interna da CARRIS será distribuída exclusivamente aos colaboradores, através do CARRIS e tem periodicidade bimestral. 19 Evolução do prémio Desempenho + desde 2007 A sessão de entrega dos prémios Desempenho +, referentes ao primeiro quadrimestre de 2010, teve lugar no passado dia 29 de Maio em Santo Amaro. Os tripulantes premiados e os restantes convidados foram os primeiros assistir à apresentação da nova campanha de marketing da empresa, Andamos a pensar em si. Durante este período, foram premiados cento e noventa e sete tripulantes, quarenta e dois guarda-freios e cento e cinquenta e cinco motoristas. Há no entanto uma nota digna de registo, doze dos premiados, um guarda-freio e onze motoristas receberam o prémio pela nona vez consecutiva, ou seja, estes tripulantes têm vindo a ser distinguidos desde o início da criação do prémio, em Setembro de Dos restantes, sete receberam o prémio pela oitava vez, dez pela sétima vez, dezasseis pela sexta vez e vinte e três pela quinta vez consecutiva. Quarenta e um tripulantes receberam este prémio pela primeira vez º Quadrimestre de º Quadrimestre de º Quadrimestre de º Quadrimestre de º Quadrimestre de º Quadrimestre de º Quadrimestre de º Quadrimestre de º Quadrimestre de

20 Museu da CARRIS já faz parte da Rede Portuguesa de Museus 20 O Museu da CARRIS passou integrar a Rede Portuguesa de Museus (RPM), no passado dia 18 de Maio, data em que se comemorou o Dia Internacional dos Museus. José Manuel Silva Rodrigues, presidente da CARRIS, recebeu, no Museu Regional de Beja, o certificado de credenciação das mãos do secretário de Estado da Cultura, Elísio Summavielle. Na cerimónia, foram integrados mais nove museus nesta rede, tendo sido aproveitada a ocasião, também, para apresentar o logótipo RPM. A credenciação de museus consiste na avaliação e no reconhecimento oficial da qualidade técnica dos museus, tendo em vista a promoção do acesso à cultura e o enriquecimento do património cultural. Passeio dos Clássicos O Museu da CARRIS realizou, no passado dia 22 de Maio, o primeiro passeio de autocarros antigos por Lisboa, baptizado de Passeio dos Clássicos. Esta iniciativa, a primeira do museu como parte integrante da Rede Portuguesa de Museus, contou com a presença do presidente da CARRIS. Depois do sucesso dos passeios de eléctricos antigos que decorreram no ano passado, a CARRIS passa a ter passeios nos seus autocarros antigos, proporcionando uma viagem no tempo que parte, uma vez por mês, nas tardes de sábado, da Estação de Santo Amaro, com passagens pela Baixa lisboeta, Entrecampos e Belém, podendo acabar da melhor forma, com uma visita ao museu. A iniciativa vai repetir-se nos terceiros sábados dos próximos meses (com excepção para o mês de Agosto), de modo a permitir ao maior número de passageiros recordar ou conhecer alguns dos veículos que orgulham a empresa e fazem parte da história da CARRIS e da memória dos lisboetas. O Museu da CARRIS, aos onze anos de idade, continua a ter a capacidade de proporcionar novas experiências a todos o que o visitam ou aderem às suas actividades. Centenário da República No passado dia 1 de Julho, realizou-se a apresentação do Autocarro da República, uma iniciativa desenvolvida pela CARRIS em parceria com a Comissão Nacional para as Comemorações do Centenário da República e a Câmara Municipal de Lisboa. A acção teve como objectivo promover o conhecimento da história e do património da I República em Lisboa, através da apresentação de um mapa da rede de transportes da CARRIS, que identifica mais de 150 pontos de interesse localizados em Lisboa e que estão associados à história da I República e do republicanismo. Em Setembro o Museu da CARRIS vai, também, inaugurar uma exposição alusiva ao tema, que integra o roteiro das exposições que visam assinalar as comemorações do Centenário da I República. Estas acções integram-se nas comemorações do Centenário da Implantação da República em Portugal, que decorrem até Enquanto empresa de transportes públicos de passageiros, a operar em Lisboa há 137 anos, a CARRIS foi convidada a associar-se a algumas iniciativas que vão decorrer durante neste período.

CICLO DE CONFERÊNCIAS "25 ANOS DE PORTUGAL NA UE"

CICLO DE CONFERÊNCIAS 25 ANOS DE PORTUGAL NA UE Boletim Informativo n.º 19 Abril 2011 CICLO DE CONFERÊNCIAS "25 ANOS DE PORTUGAL NA UE" A Câmara Municipal de Lamego no âmbito de atuação do Centro de Informação Europe Direct de Lamego está a promover

Leia mais

COMUNICAR A TRANSPORTES METROPOLITANOS DO PORTO

COMUNICAR A TRANSPORTES METROPOLITANOS DO PORTO ENQUADRAMENTO A INTEGRAÇÃO DA METRO DO PORTO E DA STCP E A PERSPECTIVA DE PRIVATIZAÇÃO COMUNICAR A TRANSPORTES METROPOLITANOS DO PORTO ANÁLISE OBJECTIVOS MENSAGENS-CHAVE ACÇÕES A DESENVOLVER ENQUADRAMENTO

Leia mais

GUIA DO VOLUNTÁRIO. Sociedade Central de Cervejas

GUIA DO VOLUNTÁRIO. Sociedade Central de Cervejas GUIA DO VOLUNTÁRIO Sociedade Central de Cervejas ÍNDICE 1. A RESPONSABILIDADE SOCIAL NA SCC: O NOSSO COMPROMISSO... 3 2. O NOSSO COMPROMISSO COM O VOLUNTARIADO... 4 2.1 A ESTRUTURAÇÃO DO VOLUNTARIADO EMPRESARIAL...

Leia mais

3.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA. Das Novas Tecnologias à Eficiência dos Sistemas. 18 de Setembro MUDE Museu do Design e da Moda, Lisboa PARCERIA

3.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA. Das Novas Tecnologias à Eficiência dos Sistemas. 18 de Setembro MUDE Museu do Design e da Moda, Lisboa PARCERIA 3.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA ORGANIZAÇÃO PARCERIA UMA PUBLICAÇÃO Das Novas Tecnologias à Eficiência dos Sistemas 18 de Setembro MUDE Museu do Design e da Moda, Lisboa APRESENTAÇÃO Depois de duas edições,

Leia mais

Ciência na Cidade de Guimarãeswww.ciencianacidade.com

Ciência na Cidade de Guimarãeswww.ciencianacidade.com Ciência na Cidade de Guimarãeswww.ciencianacidade.com Cidade de Guimarães Faixas Etárias do Concelho 65 ou mais 24-64 anos 15-24 anos 0-14 anos 0 20000 40000 60000 80000 100000 População do Concelho 159.576

Leia mais

9.ª EDIÇÃO 24 Fevereiro a 02 Março ORGANIZAÇÃO SINDICATO DOS JOGADORES PROFISSIONAIS DE FUTEBOL PRODUÇÃO RM PREMIUM EVENTS

9.ª EDIÇÃO 24 Fevereiro a 02 Março ORGANIZAÇÃO SINDICATO DOS JOGADORES PROFISSIONAIS DE FUTEBOL PRODUÇÃO RM PREMIUM EVENTS 9.ª EDIÇÃO 24 Fevereiro a 02 Março ORGANIZAÇÃO SINDICATO DOS JOGADORES PROFISSIONAIS DE FUTEBOL PRODUÇÃO RM PREMIUM EVENTS conceito O futebol, fonte de paixão e emoção, continua a potenciar extremismos

Leia mais

PT Wi-Fi: Internet em Movimento

PT Wi-Fi: Internet em Movimento PT Wi-Fi: Internet em Movimento Clipping de Media (05 a 09 de Dezembro de 2003) Meio: Diário Económico Data: 09 de Dezembro de 2003 Pág.: 6 Meio: Jornal de Negócios Data: 09 de Dezembro de 2003 Pág.: 8

Leia mais

Setembro Dia Europeu Sem Carros 22 Semana Europeia da Mobilidade 16 17 18 19 20 21 22

Setembro Dia Europeu Sem Carros 22 Semana Europeia da Mobilidade 16 17 18 19 20 21 22 Câmara Municipal: Cidade SANTARÉM Santarém Setembro Dia Europeu Sem Carros 22 Semana Europeia da Mobilidade 16 17 18 19 20 21 22 Área da cidade 29 Km 2 População total 28 760 hab. Dimensão da ZSTA 650

Leia mais

Senhor Presidente do Instituto da Mobilidade e dos. Senhor Vereador da Câmara Municipal de Lisboa. Senhor Vereador da Câmara Municipal do Porto

Senhor Presidente do Instituto da Mobilidade e dos. Senhor Vereador da Câmara Municipal de Lisboa. Senhor Vereador da Câmara Municipal do Porto Senhor Presidente do Instituto da Mobilidade e dos Transportes Terrestres Senhor Vereador da Câmara Municipal de Lisboa Senhor Vereador da Câmara Municipal do Porto Senhores representantes das associações

Leia mais

::ENQUADRAMENTO ::ENQUADRAMENTO::

::ENQUADRAMENTO ::ENQUADRAMENTO:: ::ENQUADRAMENTO:: :: ENQUADRAMENTO :: O actual ambiente de negócios caracteriza-se por rápidas mudanças que envolvem a esfera politica, económica, social e cultural das sociedades. A capacidade de se adaptar

Leia mais

CLUSTER DE LOGÍSTICA URBANA DE LISBOA E VALE DO TEJO

CLUSTER DE LOGÍSTICA URBANA DE LISBOA E VALE DO TEJO CONVÉNIO CLUSTER DE LOGÍSTICA URBANA DE LISBOA E VALE DO TEJO ÍNDICE FINALIDADE... 2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS... 3 CONSTITUIÇÃO E GOVERNÂNCIA... 4 FINANCIAMENTO... 5 RELATÓRIOS... 5 Ficha de Adesão ao CLUSTER

Leia mais

EMPREENDEDORISMO JOVEM METODOLOGIA DESCRITIVA E ORIENTADORA DE ACÇÕES PARA ENQUADRAMENTO DE INICIATIVAS DE EMPREGO LOCAL PARA JOVENS DESEMPREGADOS/AS

EMPREENDEDORISMO JOVEM METODOLOGIA DESCRITIVA E ORIENTADORA DE ACÇÕES PARA ENQUADRAMENTO DE INICIATIVAS DE EMPREGO LOCAL PARA JOVENS DESEMPREGADOS/AS 1 2 EMPREENDEDORISMO JOVEM METODOLOGIA DESCRITIVA E ORIENTADORA DE ACÇÕES PARA ENQUADRAMENTO DE INICIATIVAS DE EMPREGO LOCAL PARA JOVENS DESEMPREGADOS/AS 3 4 TÍTULO: Empreendedorismo jovem - metodologia

Leia mais

MOVIMENTO MENOS UM CARRO PEDALAR NUMA CIDADE COM SETE COLINAS

MOVIMENTO MENOS UM CARRO PEDALAR NUMA CIDADE COM SETE COLINAS GETTYIMAGES MOVIMENTO MENOS UM CARRO PEDALAR NUMA CIDADE COM SETE COLINAS ENQUADRAMENTO > O transporte público e, em especial, o transporte urbano rodoviário, são pouco valorizados pela população em geral

Leia mais

especiais por ano, garantindo a máxima capacidade de transporte para jogos de futebol, concertos e outras celebrações de massas.

especiais por ano, garantindo a máxima capacidade de transporte para jogos de futebol, concertos e outras celebrações de massas. O Metro do Porto O Metro é um sistema de transportes públicos da Área Metropolitana do Porto e combina uma rede ferroviária subterrânea, no centro da cidade, com linhas à superfície em meio urbano e diversos

Leia mais

Seminário de apresentação da Rede Gestus

Seminário de apresentação da Rede Gestus Seminário de apresentação da Rede Gestus Rede Gestus O LOGOTIPO Rede Gestus Internacionalização Zona 4 Gestus Compras Cartão ECOTUR Portal Gestus Cartão Gestus Contact Center CRM Zona 4 O LOGOTIPO Características:

Leia mais

Jornadas de Educação Pelo Desporto 1

Jornadas de Educação Pelo Desporto 1 Jornadas de Educação Pelo Desporto 1 Jornadas de Educação Pelo Desporto As Jornadas de Educação Pelo Desporto alinham-se com os objetivos gerais do Diálogo Estruturado na área da juventude, uma vez que

Leia mais

Câmara Municipal de Almeirim

Câmara Municipal de Almeirim Câmara Municipal de Almeirim Programa de Adesão SEMANA EUROPEIA DA MOBILIDADE 16 a 22 de Setembro de 2007 P r o g r a m a 1 - Aderindo à ECOTROCA ganhe viagens nos TUA (durante toda a semana): - Aderindo

Leia mais

Ficha de Caracterização de Projecto

Ficha de Caracterização de Projecto Ficha de Caracterização de Projecto Projecto +Skillz E5G Programa Escolhas Promotor: Associação Mais Cidadania 2 A. IDENTIFICAÇÃO GERAL DA ENTIDADE Projecto Projecto +Skillz E5G Promotor: Associação Mais

Leia mais

Relatório de Gestão e Sustentabilidade. Relatório de Gestão e Sustentabilidade 2011 1

Relatório de Gestão e Sustentabilidade. Relatório de Gestão e Sustentabilidade 2011 1 Relatório de Gestão e Sustentabilidade Relatório de Gestão e Sustentabilidade 2011 1 As melhores vistas da cidade Relatório de Gestão e Sustentabilidade Índice 1 MENSAGEM DA PRESIDENTE 7 2 O ANO DE 2011

Leia mais

3.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA. Das Novas Tecnologias à Eficiência dos Sistemas. 18 de Setembro MUDE Museu do Design e da Moda, Lisboa

3.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA. Das Novas Tecnologias à Eficiência dos Sistemas. 18 de Setembro MUDE Museu do Design e da Moda, Lisboa INICIATIVA INSERIDA NA EVENTO 3.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA ORGANIZAÇÃO APOIOS UMA PUBLICAÇÃO ALTO PATROCÍNIO Das Novas Tecnologias à Eficiência dos Sistemas 18 de Setembro MUDE Museu do Design e da

Leia mais

Id Serviços de Apoio

Id Serviços de Apoio Id Serviços de Apoio Cafetaria do Museu Calouste Gulbenkian e seu prolongamento no jardim. Serviços Centrais Valores em euros Encargos com pessoal 6 219 770 Despesas de funcionamento 9 606 628 Investimento

Leia mais

IPAM reforça no Porto. Pdg. 76. Por M." João Vieira Pinto

IPAM reforça no Porto. Pdg. 76. Por M. João Vieira Pinto IPAM reforça no Porto Pdg. 76 Por M." João Vieira Pinto IPAM reforça no Porto Afirma-se como lhe Marketing School e ambiciona ser a referência do ensino nesta área. Por isso, ejá a partir do próximo ano,

Leia mais

APEX- APOIO À PROMOÇÃO DA EXPORTAÇÃO DAS PME 2012

APEX- APOIO À PROMOÇÃO DA EXPORTAÇÃO DAS PME 2012 APEX- APOIO À PROMOÇÃO DA EXPORTAÇÃO DAS PME 2012 A aposta no apoio à internacionalização tem sido um dos propósitos da AIDA que, ao longo dos anos, tem vindo a realizar diversas acções direccionadas para

Leia mais

Rede de Informação do INE em Bibliotecas do Ensino Superior

Rede de Informação do INE em Bibliotecas do Ensino Superior Rede de Informação do INE em Bibliotecas do Ensino Superior Francisco Correia Departamento de Difusão e Promoção Instituto Nacional de Estatística Avenida António José de Almeida 1000-043 Lisboa Tel: 218426143

Leia mais

CURSO GESTÃO DA MOBILIDADE E DESLOCAÇÕES

CURSO GESTÃO DA MOBILIDADE E DESLOCAÇÕES CURSO GESTÃO DA MOBILIDADE E DESLOCAÇÕES NAS EMPRESAS PLANEAR PARA A REDUÇÃO DE CUSTOS E OPTIMIZAÇÃO DE SOLUÇÕES 19 e 20 Fevereiro 2013 Auditório dos CTT- Correios de Portugal Lisboa Horário Laboral: 09h30

Leia mais

Semana Pelo Combate à Pobreza e à Exclusão Social 10 a 19 de outubro de 2015

Semana Pelo Combate à Pobreza e à Exclusão Social 10 a 19 de outubro de 2015 0 a 9 de outubro de 05 Pelo Combate à Pobreza e à Exclusão Social * I Descrição do Projeto O Ano Europeu do Combate à Pobreza e à Exclusão Social (AECPES), celebrado em 00, teve como objetivo reafirmar

Leia mais

ACORDO AIMINHO COM A CP/EMPRESAS. MANUAL de UTILIZAÇÃO

ACORDO AIMINHO COM A CP/EMPRESAS. MANUAL de UTILIZAÇÃO ACORDO AIMINHO COM A CP/EMPRESAS MANUAL de UTILIZAÇÃO Abril de 2009 ACORDO AIMINHO COM A CP/EMPRESAS MANUAL de UTILIZAÇÃO A AIMinho celebrou um Acordo Comercial com a CP Caminhos de Ferro Portugueses que

Leia mais

ANF. Associação Nacional de Farmácias

ANF. Associação Nacional de Farmácias ANF Associação Nacional de Farmácias Breve Apresentação do Negócio DADOS DE CARACTERIZAÇÃO Designação Comercial Associação Nacional de Farmácias N.º Colaboradores 150 N.º de Estabelecimentos 3 Dispersão

Leia mais

ESCOLA DE PROTOCOLO COMUNICAÇÃO E ARTES www.epcamadeira.com geral@epcamadeira.com Tel: 291 098 305 Tm: 966 389 170

ESCOLA DE PROTOCOLO COMUNICAÇÃO E ARTES www.epcamadeira.com geral@epcamadeira.com Tel: 291 098 305 Tm: 966 389 170 ESCOLA DE PROTOCOLO COMUNICAÇÃO E ARTES www.epcamadeira.com geral@epcamadeira.com Tel: 291 098 305 Tm: 966 389 170 A Escola de Protocolo, Comunicação e Artes da Madeira (EPCA) surgiu para ir ao encontro

Leia mais

PROGRAMA DE VOLUNTARIADO SERRALVES EM FESTA 2012

PROGRAMA DE VOLUNTARIADO SERRALVES EM FESTA 2012 PROGRAMA DE VOLUNTARIADO SERRALVES EM FESTA 2012 VOLUNTARIADO SERRALVES EM FESTA 2012 Preparado para mais um Serralves em Festa? É já nos dias 2 e 3 de Junho que se realiza mais uma edição do Serralves

Leia mais

Projectar o Algarve no Futuro

Projectar o Algarve no Futuro Projectar o Algarve no Futuro Os Novos Desafios do Algarve Região Digital paulo.bernardo@globalgarve.pt 25 Maio 2007 Auditório Portimão Arena Um mundo em profunda mudança O Mundo enfrenta hoje um processo

Leia mais

2º CONGRESSO DAS EMPRESAS E DAS ATIVIDADES ECONÓMICAS. Lisboa, 9 e 10 de julho de 2015. Sessão de Abertura. António Saraiva, Presidente da CIP

2º CONGRESSO DAS EMPRESAS E DAS ATIVIDADES ECONÓMICAS. Lisboa, 9 e 10 de julho de 2015. Sessão de Abertura. António Saraiva, Presidente da CIP 2º CONGRESSO DAS EMPRESAS E DAS ATIVIDADES ECONÓMICAS Lisboa, 9 e 10 de julho de 2015 Sessão de Abertura António Saraiva, Presidente da CIP Bom Dia, Senhoras e Senhores Embaixadores, Senhores Representantes

Leia mais

5ª EDIÇÃO MARÇO 2015 NEWSLETTER MCS. Ficha Técnica. Direcção Geral: José Prata Coordenação: Sázia Bachu e Suzete Machel

5ª EDIÇÃO MARÇO 2015 NEWSLETTER MCS. Ficha Técnica. Direcção Geral: José Prata Coordenação: Sázia Bachu e Suzete Machel 5ª EDIÇÃO MARÇO 2015 NEWSLETTER MCS Ficha Técnica Direcção Geral: José Prata Coordenação: Sázia Bachu e Suzete Machel 1 Reunião de Quadros Kruger Park / 2015: Mensagem Dr. Fernando Dias Nogueira Presidente

Leia mais

Diagnóstico de Competências para a Exportação

Diagnóstico de Competências para a Exportação Diagnóstico de Competências para a Exportação em Pequenas e Médias Empresas (PME) Guia de Utilização DIRECÇÃO DE ASSISTÊNCIA EMPRESARIAL Departamento de Promoção de Competências Empresariais Índice ENQUADRAMENTO...

Leia mais

PRÉMIO DE EMPREENDEDORISMO FCSH/NOVA/SANTANDER TOTTA. Melhores Planos de Negócio

PRÉMIO DE EMPREENDEDORISMO FCSH/NOVA/SANTANDER TOTTA. Melhores Planos de Negócio PRÉMIO DE EMPREENDEDORISMO FCSH/NOVA/SANTANDER TOTTA Melhores Planos de Negócio 2014 REGULAMENTO Preâmbulo Consciente dos novos cenários económicos, que se observam à escala global, e atenta ao papel que

Leia mais

Dossier de Apresentação

Dossier de Apresentação www.impactus.org Dossier de Apresentação II Conferência Anual Revista Im))pactus Comunicar a Gestão através dos Relatórios de Contas e de Sustentabilidade Apresentação do estudo O que valorizam os media

Leia mais

Curso Geral de Gestão. Pós Graduação

Curso Geral de Gestão. Pós Graduação Curso Geral de Gestão Pós Graduação Curso Geral de Gestão Pós Graduação Participamos num processo acelerado de transformações sociais, políticas e tecnológicas que alteram radicalmente o contexto e as

Leia mais

Candidatura a Presidente da Escola Superior Náutica Infante D. Henrique. Programa de Acção. Luis Filipe Baptista

Candidatura a Presidente da Escola Superior Náutica Infante D. Henrique. Programa de Acção. Luis Filipe Baptista Candidatura a Presidente da Escola Superior Náutica Infante D. Henrique Programa de Acção Luis Filipe Baptista ENIDH, Setembro de 2013 Motivações para esta candidatura A sociedade actual está a mudar muito

Leia mais

18 a 20 de Novembro de 2011. Estoril. Organização: Auditório do Centro Escolar - ESHTE. www.cim-estoril.com

18 a 20 de Novembro de 2011. Estoril. Organização: Auditório do Centro Escolar - ESHTE. www.cim-estoril.com 18 a 20 de Novembro de 2011 Organização: Estoril Auditório do Centro Escolar - ESHTE www.cim-estoril.com Apresentação Na sequência das três edições realizadas em anos anteriores, a Associação Desportos

Leia mais

ESTUDO DA PEGADA CARBÓNICA NO SECTOR FINANCEIRO EM PORTUGAL

ESTUDO DA PEGADA CARBÓNICA NO SECTOR FINANCEIRO EM PORTUGAL ESTUDO DA PEGADA CARBÓNICA NO SECTOR FINANCEIRO EM PORTUGAL Agosto de 2010 ÍNDICE ÍNDICE... 2 ENQUADRAMENTO... 3 O IMPACTE DO SECTOR FINANCEIRO NAS ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS... 4 PEGADA CARBÓNICA DO SECTOR

Leia mais

INTERVENÇÃO DO SENHOR SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO NO SEMINÁRIO DA APAVT: QUAL O VALOR DA SUA AGÊNCIA DE VIAGENS?

INTERVENÇÃO DO SENHOR SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO NO SEMINÁRIO DA APAVT: QUAL O VALOR DA SUA AGÊNCIA DE VIAGENS? INTERVENÇÃO DO SENHOR SECRETÁRIO DE ESTADO DO TURISMO NO SEMINÁRIO DA APAVT: QUAL O VALOR DA SUA AGÊNCIA DE VIAGENS? HOTEL TIVOLI LISBOA, 18 de Maio de 2005 1 Exmos Senhores ( ) Antes de mais nada gostaria

Leia mais

Museu de Artes Decorativas Portuguesas Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva Lisboa

Museu de Artes Decorativas Portuguesas Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva Lisboa Museu de Artes Decorativas Portuguesas Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva Lisboa 18 Museu de Artes Decorativas Portuguesas Fundação Ricardo do Espírito Santo Silva APRESENTAÇÃO Instalado no Palácio

Leia mais

MAPA DE PESSOAL DA JUNTA DE FREGUESIA DE CARNIDE - Ano 2014 Nos termos da Lei n.º 12-A/2008, de 27 de Fevereiro

MAPA DE PESSOAL DA JUNTA DE FREGUESIA DE CARNIDE - Ano 2014 Nos termos da Lei n.º 12-A/2008, de 27 de Fevereiro MAPA DE PESSOAL DA JUNTA DE FREGUESIA DE CARNIDE - Ano 204 Nos termos da Lei n.º 2-A/2008, de 27 de Fevereiro SECÇÃO DE APOIO E DE COORDENAÇÃO GERAL (Capitulo III do Regulamento da Organização dos Serviços)

Leia mais

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES ANO DE 2004

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES ANO DE 2004 APD- DELEGAÇÃO LOCAL DE MEM MARTINS RELATÓRIO DE ACTIVIDADES ANO DE 2004 INTRODUÇÃO O ano de 2004 ficou marcado por alguns acontecimentos relevantes, sinal de que, apesar do passar dos anos, a Delegação

Leia mais

FICHA TÉCNICA. TÍTULO Instituto Nacional de Aviação Civil, I.P. Relatório de Sustentabilidade 2008

FICHA TÉCNICA. TÍTULO Instituto Nacional de Aviação Civil, I.P. Relatório de Sustentabilidade 2008 FICHA TÉCNICA TÍTULO Instituto Nacional de Aviação Civil, I.P. Relatório de Sustentabilidade 2008 EDITOR INAC Instituto Nacional de Aviação Civil, I.P. Rua B Edifícios 4 e Santa Cruz Aeroporto de Lisboa

Leia mais

Aluguer Operacional e Gestão de Frotas

Aluguer Operacional e Gestão de Frotas the world leading fleet and vehicle management company LeasePlan Portugal Lagoas Park - Edifício 6-2740-244 Porto Salvo Ed. Cristal Douro - R. do Campo Alegre, nº 830 - sala 35-4150-171 Porto Tel.: 707

Leia mais

AGENDA 21 LOCAL CONDEIXA-A-NOVA

AGENDA 21 LOCAL CONDEIXA-A-NOVA AGENDA 21 LOCAL CONDEIXA-A-NOVA PLANO DE COMUNICAÇÃO E DIVULGAÇÃO Deliverable 4 Fase 2 Novembro 2008 1 P á g i n a Índice 1. Objectivos... 3 2. Públicos-alvo... 4 3. Estratégia de Comunicação... 5 3.1

Leia mais

NEWSLETTER ÁGUA DE LUSO LANÇA LUSO DE FRUTA LARANJA

NEWSLETTER ÁGUA DE LUSO LANÇA LUSO DE FRUTA LARANJA 1 ÁGUA DE LUSO LANÇA LUSO DE FRUTA LARANJA A marca Luso de Fruta, da Sociedade da Água de Luso, lança a nova variedade Laranja, que vem juntar-se à gama já existente constituída pelas variedades Limão,

Leia mais

GRANDES OPÇÕES DO PLANO E ORÇAMENTO 2011 DA CIM ALTO MINHO RELATÓRIO DE PROGRESSO 31 MARÇO 2011

GRANDES OPÇÕES DO PLANO E ORÇAMENTO 2011 DA CIM ALTO MINHO RELATÓRIO DE PROGRESSO 31 MARÇO 2011 GRANDES OPÇÕES DO PLANO E ORÇAMENTO 2011 DA CIM ALTO MINHO RELATÓRIO DE PROGRESSO 31 MARÇO 2011 Versão Preliminar Este relatório tem por objectivo da conta do que de mais relevante foi realizado no cumprimento

Leia mais

3. Caracterização e cadastro do Movimento Associativo do concelho

3. Caracterização e cadastro do Movimento Associativo do concelho De : DCED/DICUL Carlos Anjos Proc. Nº Para : ANA JOSÉ CARVALHO, CHEFE DA DICUL Assunto : PROPOSTA DE PLANO DE ACTIVIDADES DO GRUPO DE TRABALHO PARA O MOVIMENTO ASSOCIATIVO - 2011 Para os efeitos tidos

Leia mais

Painel Temático 2: A Educação para o Desenvolvimento Sustentável Sala G4 10H45 12H15 Moderadora: Cristina Gomes Ferreira Relatora: Elizabeth Silva

Painel Temático 2: A Educação para o Desenvolvimento Sustentável Sala G4 10H45 12H15 Moderadora: Cristina Gomes Ferreira Relatora: Elizabeth Silva Painel Temático 2: A Educação para o Desenvolvimento Sustentável Sala G4 10H45 12H15 Moderadora: Cristina Gomes Ferreira Relatora: Elizabeth Silva Apresentação dos seguintes projectos: 1) Câmara de Lobos.

Leia mais

Regulamento de Acesso, Circulação e Permanência nas Instalações da Assembleia da República

Regulamento de Acesso, Circulação e Permanência nas Instalações da Assembleia da República Regulamento de Acesso, Circulação e Permanência nas Instalações da Assembleia da República Despacho n.º 1/93, de 19 de março publicado no Diário da Assembleia da República, II Série C, n.º 22 de 22 de

Leia mais

Sistema de Incentivos à Inovação e I&DT (Sector Automóvel) Quadro de Referência Estratégico Nacional [QREN]

Sistema de Incentivos à Inovação e I&DT (Sector Automóvel) Quadro de Referência Estratégico Nacional [QREN] Sistema de Incentivos à Inovação e I&DT (Sector Automóvel) Quadro de Referência Estratégico Nacional [QREN] Frederico Mendes & Associados Sociedade de Consultores Lda. Frederico Mendes & Associados é uma

Leia mais

ACORDO COMERCIAL CELEBRADO ENTRE A CP CAMINHOS DE FERRO PORTUGUESES, E.P., E A CÂMARA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA LUSO-ALEMÃ

ACORDO COMERCIAL CELEBRADO ENTRE A CP CAMINHOS DE FERRO PORTUGUESES, E.P., E A CÂMARA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA LUSO-ALEMÃ ACORDO COMERCIAL CELEBRADO ENTRE A CP CAMINHOS DE FERRO PORTUGUESES, E.P., E A CÂMARA DE COMÉRCIO E INDÚSTRIA LUSO-ALEMÃ A CP compromete-se a vender títulos de transporte para todos os comboios Alfa Pendular

Leia mais

NOVA IMAGEM. NOVA TECNOLOGIA. NOVOS OBJECTIVOS

NOVA IMAGEM. NOVA TECNOLOGIA. NOVOS OBJECTIVOS NOVA IMAGEM. NOVA TECNOLOGIA. NOVOS OBJECTIVOS O PROJECTO COMO NASCEU O CARTÃO SOLIDÁRIO O projecto Cartão Solidário nasceu da vontade de responder de forma contínua e sustentável às necessidades das Instituições

Leia mais

1º FÓRUM UNIÃO DE EXPORTADORES CPLP 26 E 27 DE JUNHO DE 2015 CENTRO DE CONGRESSOS DE LISBOA. JUNTOS IREMOS LONGE www.uecplp.org

1º FÓRUM UNIÃO DE EXPORTADORES CPLP 26 E 27 DE JUNHO DE 2015 CENTRO DE CONGRESSOS DE LISBOA. JUNTOS IREMOS LONGE www.uecplp.org 1º FÓRUM UNIÃO DE EXPORTADORES CPLP 26 E 27 DE JUNHO DE 2015 CENTRO DE CONGRESSOS DE LISBOA JUNTOS IREMOS LONGE www.uecplp.org CONCEITO Realização do 1º Fórum União de Exportadores CPLP (UE-CPLP) que integra:

Leia mais

IDERANÇA E GESTÃO. Desenvolver competências que permitam acompanhar, motivar, desenvolver e avaliar equipas de trabalho

IDERANÇA E GESTÃO. Desenvolver competências que permitam acompanhar, motivar, desenvolver e avaliar equipas de trabalho L DE PESSOAS IDERANÇA E GESTÃO Desenvolver competências que permitam acompanhar, motivar, desenvolver e avaliar equipas de trabalho Coordenadores e Chefias Intermédias Adquirir técnicas de Liderança, de

Leia mais

>>>>>>>>>>>>>>>> passeio fotográfico. as nossas cidades retratadas por crianças

>>>>>>>>>>>>>>>> passeio fotográfico. as nossas cidades retratadas por crianças >>>>>>>>>>>>>>>> passeio fotográfico as nossas cidades retratadas por crianças ----------------------------------------------------------- departamento de promoção da arquitectura educação pela arquitectura

Leia mais

Discurso de Sua Excelência o Presidente da República

Discurso de Sua Excelência o Presidente da República Continuarei a percorrer o País, de Norte a Sul, a apelar à união de esforços, a levar uma palavra de esperança e a mostrar bons exemplos de resposta à crise. Discurso de Sua Excelência o Presidente da

Leia mais

Memória descritiva do projecto Sanjonet Rede de Inovação e Competitividade

Memória descritiva do projecto Sanjonet Rede de Inovação e Competitividade Memória descritiva do projecto Sanjonet Rede de Inovação e Competitividade Candidatura aprovada ao Programa Política de Cidades - Redes Urbanas para a Competitividade e a Inovação Síntese A cidade de S.

Leia mais

Planificação de uma viagem de negócios

Planificação de uma viagem de negócios Planificação de uma viagem de negócios Página de Rosto Grupo: Joana Fernandes, Nuno Silva, Paulo Martins e Tânia Marlene Silva Ano/Turma: 12º ano do curso profissional de Secretariado Escola: Secundaria/3

Leia mais

O e-gov em Portugal. Fórum Vale do Minho Digital Melgaço 30 de Setembro de 2008

O e-gov em Portugal. Fórum Vale do Minho Digital Melgaço 30 de Setembro de 2008 O e-gov em Portugal Fórum Vale do Minho Digital Melgaço 30 de Setembro de 2008 O Plano Tecnológico é uma estratégia de mudança da base competitiva através do conhecimento, tecnologia e inovação 2 Conhecimento

Leia mais

Marca Pessoal e Carreira Profissional

Marca Pessoal e Carreira Profissional O MERCADO Marca Pessoal e Carreira Profissional Managing Partner da Stanton Chase international Vivemos tempos difíceis! Tempos em que muitos passam por situações de desemprego, alguns têm que aceitar

Leia mais

3.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA. Das Novas Tecnologias à Eficiência dos Sistemas. 18 de Setembro MUDE Museu do Design e da Moda, Lisboa

3.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA. Das Novas Tecnologias à Eficiência dos Sistemas. 18 de Setembro MUDE Museu do Design e da Moda, Lisboa INICIATIVA INSERIDA NA EVENTO 3.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA ORGANIZAÇÃO APOIOS UMA PUBLICAÇÃO ALTO PATROCÍNIO Das Novas Tecnologias à Eficiência dos Sistemas 18 de Setembro MUDE Museu do Design e da

Leia mais

"Relação Umbilical entre o Turismo e a Cultura: Oportunidades e Desafios"

Relação Umbilical entre o Turismo e a Cultura: Oportunidades e Desafios "Relação Umbilical entre o Turismo e a Cultura: Oportunidades e Desafios" Oferecer o que temos, somos e fazemos como produto turístico Vasco Estrela Presidente da Câmara Municipal de Mação Cultura e Turismo

Leia mais

Índice. Pág *09 Como participar. Pág *10 Calendário. Pág *11 Os resultados. Pág *12 Júri. Pág *13 Regulamento

Índice. Pág *09 Como participar. Pág *10 Calendário. Pág *11 Os resultados. Pág *12 Júri. Pág *13 Regulamento Índice Pág *09 Como participar Pág *10 Calendário Pág *11 Os resultados Pág *12 Júri Pág *13 Regulamento Pág *01 Introdução Pág *02 Um programa alargado de intervenção Pág *05 Viver de Consciência Leve

Leia mais

ACE BUSINESS CLASS PLUS SEGURO DE VIAGEM CORPORATE INTERNACIONAL

ACE BUSINESS CLASS PLUS SEGURO DE VIAGEM CORPORATE INTERNACIONAL ACE BUSINESS CLASS PLUS SEGURO DE VIAGEM CORPORATE INTERNACIONAL Apesar das sequelas da crise financeira global e da ressaca de uma recessão em vários países, os analistas esperam que a procura de viagens

Leia mais

ASSISTÊNCIA EMPRESARIAL DO IAPMEI NA ÁREA DA INTERNACIONALIZAÇÃO E DA EXPORTAÇÃO

ASSISTÊNCIA EMPRESARIAL DO IAPMEI NA ÁREA DA INTERNACIONALIZAÇÃO E DA EXPORTAÇÃO ASSISTÊNCIA EMPRESARIAL DO IAPMEI NA ÁREA DA INTERNACIONALIZAÇÃO E DA EXPORTAÇÃO Como fazemos 1. Através do Serviço de Assistência Empresarial (SAE), constituído por visitas técnicas personalizadas às

Leia mais

"É imperiosa a necessidade de inverter a política de transportes"

É imperiosa a necessidade de inverter a política de transportes INTERVENÇÃO DE JERÓNIMO DE SOUSA, SECRETÁRIO-GERAL, LISBOA, REUNIÃO METROPOLITANA SOBRE TRANSPORTES PÚBLICOS E MOBILIDADE 10 Março 2016 "É imperiosa a necessidade de inverter a política de transportes"

Leia mais

Comissão de automóveis antigos e clássicos do Automóvel Club de Portugal

Comissão de automóveis antigos e clássicos do Automóvel Club de Portugal Regulamento ACP-Clássicos Comissão de automóveis antigos e clássicos do Automóvel Club de Portugal REGULAMENTO CAPÍTULO I (Natureza, Duração e Objecto) Artigo 1.º (Natureza) 1. A Comissão de Automóveis

Leia mais

1. Primeiro de Janeiro, 04-05-2010, Capital de risco cresce 14% 1. 2. Diário Económico, 04-05-2010, Actividade de capital de risco cresceu 14% 2

1. Primeiro de Janeiro, 04-05-2010, Capital de risco cresce 14% 1. 2. Diário Económico, 04-05-2010, Actividade de capital de risco cresceu 14% 2 Revista de Imprensa 12-05-2010 1. Primeiro de Janeiro, 04-05-2010, Capital de risco cresce 14% 1 2. Diário Económico, 04-05-2010, Actividade de capital de risco cresceu 14% 2 3. Económico Online, 03-05-2010,

Leia mais

Programa de Promoção Turística e Cultural

Programa de Promoção Turística e Cultural Programa de Promoção Turística e Cultural Sintra encontra-se em 11º lugar no ranking dos 50 melhores lugares a visitar, nas escolhas dos leitores do jornal New York Times? Sintra é uma das 21 finalistas

Leia mais

Ficha de Caracterização de Projecto

Ficha de Caracterização de Projecto Ficha de Caracterização de Projecto Há escolhas no bairro-e5g Programa Escolhas Promotor: Mediar - Associação Nacional de Mediação Sócio-Cultural 2 A. IDENTIFICAÇÃO GERAL DA ENTIDADE Projecto Projecto

Leia mais

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES 2014

RELATÓRIO DE ACTIVIDADES 2014 RELATÓRIO DE ACTIVIDADES 2014 I Apresentação O BANCO ALIMENTAR CONTRA A FOME DE VIANA DO CASTELO, continuou em 2014 a sua política interna para fazer mais, com menos, prestando um serviço público, contratualizado

Leia mais

Desenvolva o potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC

Desenvolva o potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC PHC Mensagens SMS CS DESCRITIVO O módulo PHC Mensagens SMS CS permite o envio de mensagens a múltiplos destinatários em simultâneo, sem ser necessário criar e enviar uma a uma. Comunique com mais sucesso:

Leia mais

INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O MINISTRO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES. Eng. Mário Lino

INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O MINISTRO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES. Eng. Mário Lino INTERVENÇÃO DE SUA EXCELÊNCIA O MINISTRO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES Eng. Mário Lino por ocasião da Cerimónia de Abertura do Diálogo Estratégico sobre as Tecnologias da Informação e

Leia mais

Os Sistemas de Informação Regionais das Cidades e Regiões Digitais na vertente Infraestrutural

Os Sistemas de Informação Regionais das Cidades e Regiões Digitais na vertente Infraestrutural Os Sistemas de Informação Regionais das na vertente Infraestrutural 1, 2 1 Instituto Politécnico de Tomar Tomar, Portugal 2 Centre of Human Language Tecnnology and Bioinformatics Universidade da Beira

Leia mais

2ª Reunião do National Supporting Group (NSG) - Projecto Ele.C.Tra. Lisboa, 13 de Junho de 2015

2ª Reunião do National Supporting Group (NSG) - Projecto Ele.C.Tra. Lisboa, 13 de Junho de 2015 2ª Reunião do National Supporting Group (NSG) - Projecto Ele.C.Tra Lisboa, 13 de Junho de 2015 EMEL EMEL Empresa Municipal de Mobilidade e Estacionamento de Lisboa, E.M. S.A., tem como objecto a gestão

Leia mais

PHC Mensagens SMS CS

PHC Mensagens SMS CS PHC Mensagens SMS CS O potencial das comunicações imediatas com mensagens SMS PHC O envio de mensagens a múltiplos destinatários em simultâneo. Uma comunicação com sucesso: ganhos de tempo e de dinheiro

Leia mais

III Congresso Internacional da Montanha. Desporto e Turismo Activo

III Congresso Internacional da Montanha. Desporto e Turismo Activo II Congresso Internacional da Montanha Desporto e Turismo Activo 23 a 25 de Novembro de 2007 Organização: Estoril Auditório do Centro Escolar - ESHTE www.cim-estoril.com Apresentação Na sequência das duas

Leia mais

Projecto Eco-condução Portugal

Projecto Eco-condução Portugal Projecto Eco-condução Portugal Apresentação e Principais Actividades Hélder Pedro, ACAP 20 de Maio 2009 Introdução O conceito de Eco-condução tem nos últimos anos sido alvo de muito interesse em toda a

Leia mais

Entrevista ao Engº José Carlos Ramos, Director de Franchising da Explicolândia Centros de Estudo

Entrevista ao Engº José Carlos Ramos, Director de Franchising da Explicolândia Centros de Estudo Entrevista ao Engº José Carlos Ramos, Director de Franchising da Explicolândia Centros de Estudo Criada em Setembro de 2005 em Sacavém, a Explicolândia Centros de Estudo tem sido ao longo dos anos, uma

Leia mais

Cerimónia de lançamento do contrato de colaboração entre o Estado Português e o Massachusetts Institute of Technology, MIT

Cerimónia de lançamento do contrato de colaboração entre o Estado Português e o Massachusetts Institute of Technology, MIT Cerimónia de lançamento do contrato de colaboração entre o Estado Português e o Massachusetts Institute of Technology, MIT Centro Cultural de Belém, Lisboa, 11 de Outubro de 2006 Intervenção do Secretário

Leia mais

REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO CONCURSO SARDINHAS FESTAS DE LISBOA'11

REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO CONCURSO SARDINHAS FESTAS DE LISBOA'11 REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO CONCURSO SARDINHAS FESTAS DE LISBOA'11 Artigo 1º (Objecto) 1. O Concurso Sardinhas das Festas de Lisboa'11 é uma iniciativa da EGEAC Empresa de Gestão de Equipamentos e Animação

Leia mais

2.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA

2.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA 2.ª CONFERÊNCIA MOBILIDADE URBANA Gestão Inteligente e Competitividade 15 de Setembro 2011 Museu da Carris Conheça as estratégias nacionais e internacionais para uma gestão eficiente da mobilidade urbana

Leia mais

O SEU STAND. NA INTERNET.

O SEU STAND. NA INTERNET. O SEU STAND. NA INTERNET. Soluções tecnológicas inovadoras para o sector automóvel www.multivector.com CRM Auto Web Sites Dispositivos móveis Redes Sociais Portais de divulgação Evolução 03 A EVOLUÇÃO

Leia mais

NEWSLETTER Nº 9/11. Semana de 18 de Abril a 25 de Abril de 2011

NEWSLETTER Nº 9/11. Semana de 18 de Abril a 25 de Abril de 2011 NEWSLETTER Nº 9/11 PRODUTOS DA QUINTA Apresentamos os "Produtos da Quinta" à venda esta semana. Relembramos que os nossos produtos têm certificação biológica. As encomendas poderão ser feitas na Sede da

Leia mais

Horários: 10h30 12h30 / 15h00 20h00 (com marcação prévia)

Horários: 10h30 12h30 / 15h00 20h00 (com marcação prévia) MUSEU DO CARRO ELÉTRICO Inaugurado em 1992, o Museu do Carro Elétrico nasceu da dedicação e voluntarismo de um pequeno grupo de entusiastas e apaixonados por este meio de transporte coletivo, impulsionados

Leia mais

A SUA IMOBILIÁRIA. NA INTERNET.

A SUA IMOBILIÁRIA. NA INTERNET. A SUA IMOBILIÁRIA. NA INTERNET. Soluções tecnológicas inovadoras para o sector imobiliário www.multivector.com CRM Imo Web Sites Dispositivos Móveis Redes Sociais Divulgação em Portais A EVOLUÇÃO DA INTERNET

Leia mais

IISEMANA 13 DE ABRIL / 15H00 SESSÃO DE ABERTURA DA SEMANA DA REABILITAÇÃO URBANA DE LISBOA

IISEMANA 13 DE ABRIL / 15H00 SESSÃO DE ABERTURA DA SEMANA DA REABILITAÇÃO URBANA DE LISBOA INSTITUTO DA CONSTRUÇÃO E DO IMOBILIÁRIO IISEMANA DARE- ABILITAÇÃO ASSIMFOI URBANA 13 DE ABRIL / 15H00 SESSÃO DE ABERTURA DA SEMANA DA REABILITAÇÃO URBANA DE LISBOA C o n f e r ê n c i a s E x p o s i

Leia mais

1) Breve apresentação do AEV 2011

1) Breve apresentação do AEV 2011 1) Breve apresentação do AEV 2011 O Ano Europeu do Voluntariado 2011 constitui, ao mesmo tempo, uma celebração e um desafio: É uma celebração do compromisso de 94 milhões de voluntários europeus que, nos

Leia mais

CONVOCATÓRIA ASSEMBLEIA-GERAL EXTRAORDINÁRIA ASSEMBLEIA-GERAL EXTRAORDINÁRIA ORDEM DE TRABALHOS

CONVOCATÓRIA ASSEMBLEIA-GERAL EXTRAORDINÁRIA ASSEMBLEIA-GERAL EXTRAORDINÁRIA ORDEM DE TRABALHOS CONVOCATÓRIA ASSEMBLEIA-GERAL EXTRAORDINÁRIA Ao abrigo do n.º 5 e do n.º 2 do artigo 17º, dos artigos 16º, 34º e da alínea a) do n.º 2 do artigo 23º dos Estatutos, convoco os senhores Associados para uma

Leia mais

O controlo de gestão nas unidades de saúde: o Balanced Scorecard

O controlo de gestão nas unidades de saúde: o Balanced Scorecard O controlo de gestão nas unidades de saúde: o Balanced Scorecard P o r C a r l o s M a n u e l S o u s a R i b e i r o O Balanced Scorecard apresenta-se como alternativa viável aos tradicionais sistemas

Leia mais

Gabinete de Comunicação Nota de Imprensa n.º 112, de 13 de outubro de 2014. 1. Projeto Eco-Escolas

Gabinete de Comunicação Nota de Imprensa n.º 112, de 13 de outubro de 2014. 1. Projeto Eco-Escolas Gabinete de Comunicação Nota de Imprensa n.º 112, de 13 de outubro de 2014 1. Projeto Eco-Escolas O início do ano letivo escolar 2014/2015 fica desde já marcado, a nível ambiental, pela atribuição de 19

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO NACIONAL DE IDEIAS CIDADES CRIATIVAS, REFLEXÃO SOBRE O FUTURO DAS CIDADES PORTUGUESAS

REGULAMENTO DO CONCURSO NACIONAL DE IDEIAS CIDADES CRIATIVAS, REFLEXÃO SOBRE O FUTURO DAS CIDADES PORTUGUESAS REGULAMENTO DO CONCURSO NACIONAL DE IDEIAS CIDADES CRIATIVAS, REFLEXÃO SOBRE O FUTURO DAS CIDADES PORTUGUESAS Dirigido aos alunos do 12.º ano da área curricular não disciplinar de Área de Projecto - 1.ª

Leia mais

Serviços. Conquistar. quando identificou a oportunidade de negócio que constituía a Internet enquanto meio para agilizar

Serviços. Conquistar. quando identificou a oportunidade de negócio que constituía a Internet enquanto meio para agilizar Serviços Conquistar um lugar à mesa nas reservas on-line Até há bem pouco tempo Portugal não contava com um serviço especializado para reservar mesas em restaurantes através da Internet. Este ano ganhou

Leia mais

O Voluntariado e a Protecção Civil. 1. O que é a Protecção Civil

O Voluntariado e a Protecção Civil. 1. O que é a Protecção Civil O Voluntariado e a Protecção Civil 1. O que é a Protecção Civil A 03 de Julho de 2006, a Assembleia da Republica publica a Lei de Bases da Protecção Civil, que no seu artigo 1º dá uma definição de Protecção

Leia mais

Resultados do Questionário Dezembro/2014

Resultados do Questionário Dezembro/2014 Resultados do Questionário Dezembro/2014 Questionário Instrumento de recolha, anónimo, online, constituído por três partes (situação actual, sugestões dos sócios e perfil dos respondentes). Mensagem encaminhada

Leia mais

Em defesa do Sector da Hotelaria, Restauração e Bebidas. desde 1896

Em defesa do Sector da Hotelaria, Restauração e Bebidas. desde 1896 Em defesa do Sector da Hotelaria, Restauração e Bebidas desde 1896 Quem Somos? Instituição de Utilidade Pública Restauração Pastelarias e Cafés Mais de um século de existência Empreendimentos Turísticos

Leia mais

19 / 20 MARÇO/ 2011 DE ALMODÔVAR

19 / 20 MARÇO/ 2011 DE ALMODÔVAR 4 VOLTA ª 19 / 20 MARÇO/ 2011 AO CONCELHO DE ALMODÔVAR Henrique Revés Empresário - 41 anos Neste período que atravessamos, só com muito trabalho, dedicação e empenho é que conseguimos manter a dinâmica

Leia mais