Educação Financeira para o Primeiro Emprego.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Educação Financeira para o Primeiro Emprego."

Transcrição

1 Educação Financeira para o Primeiro Emprego.

2 Inspirada no 7º princípio cooperativista que recomenda o interesse pela comunidade, a Cooperforte criou, em 2003, o Instituto Cooperforte, com a finalidade exclusiva de desenvolver projetos sociais voltados para a capacitação profissional de jovens em situação de vulnerabilidade social e inclusão no mercado de trabalho.

3 14 Anos de História Missão: Transformar realidades socioeconômicas de pessoas e organizações sociais Pessoas atendidas direta e indiretamente!

4 Programas Instituto Cooperforte Jovens de 16 a 24 anos com baixa renda familiar. Pessoas com deficiência e baixa renda familiar. Desenvolvimento de comunidades ou grupos locais. Cooperativas, associações e empreendimentos solidários em formação. Foco: Geração de Trabalho e Renda.

5 Educação Financeira e Educação Cooperativa Como estamos contribuindo para a conscientização financeira em nossa região?

6 Por que falar sobre Educação Financeira em Projetos Sociais? Endividamento atinge população jovem do Brasil - Fonte: Ibracom, em 14/06/2016; Evitar endividamento ao se tornar economicamente ativo; Consciência crítica em relação ao dinheiro; Estimular a cultura da poupança.

7 Educação Financeira e Educação Cooperativa Atual crise econômica; Dificuldade alinhamento teoria X prática; 2012: parceria Instituto Cooperforte e Fundação Banco do Brasil: Educação Financeira não tem Preço! Inserção da oficina nos projetos financiados pelo Instituto Cooperforte.

8 Desempenho Instituto Cooperforte 2016 Educação Financeira nos Projetos em 2016 Região Beneficiados Diretos Beneficiados Indiretos Nordeste Norte 0 0 Centro-Oeste Sudeste Sul TOTAL

9 Case AEHDA Associação de Educação do Homem de Amanhã de Araras Alunos da AEHDA (Associação de Educação do Homem de Amanhã de Araras)

10 Educação Financeira na AEHDA Após o sucesso desta oficina, a AEHDA decidiu incluir na grade curricular de Desenvolvimento Humano o conteúdo de Saúde Financeira, beneficiando assim, todos os usuários da Organização. Segundo a AEHDA, o tema da palestra tem tomado enorme relevância nos espaços educativos, principalmente pela oferta de crédito facilitada, o consumo exacerbado e a falta de cultura de poupança dos brasileiros. Embora o assunto seja corrente nas escolas particulares, somente a partir de 2013 as instituições públicas começaram a incluir aulas de educação financeira no currículo básico. É o começo de um caminho rumo à erradicação do analfabetismo financeiro, de acordo com a Estratégia Nacional de Educação Financeira.

11 Multiplicando... Em Belém (PA) foi realizada oficina de multiplicadores destinada a agentes de microfinanças da OSCIP AmazonCred, instituição ligada ao Banco da Amazônia, que incluiu a metodologia em suas ações, por deter em sua carteira de clientes mais de 24 mil microempreendedores ativos no meio urbano e rural daquela região.

12 Oficina Formação Multiplicadores Belo Horizonte Destaque também para a atuação de um Voluntário em Belo Horizonte-MG, que utilizou a metodologia como estratégia de negócios para a conquista de novos cooperados. Além disso, em conjunto com o Banco do Brasil e a Universidade Federal de Minas Gerais, participou de iniciativa denominada Projeto Incluir que buscou levar a temática para mais próximo de comunidades de baixa renda da capital mineira.

13 Oficina Formação Multiplicadores Brasília 2016 Em Brasília foi realizada uma nova oficina de multiplicadores, com o objetivo de formar educadores para fornecerem instrumentos para a reeducação financeira e ampliar a capacidade de tomada de decisão nos empreendimentos e negociações.

14 Educação Financeira Os depoimentos emocionados tem comprovado o acerto do Instituto Cooperforte que, por meio da educação cooperativa e financeira, contribui decisivamente para o desenvolvimento das regiões brasileiras. Alinhado com o princípio da inter cooperação está sempre disposto a aprender e realizar mais em prol de um Brasil mais justo e consequentemente melhor!

Conheça as capacitações e consultorias do Sebrae para gestão empresarial SALVADOR MERCÊS CAPACITAÇÃO PERÍODO INVESTIMENTO HORÁRIO

Conheça as capacitações e consultorias do Sebrae para gestão empresarial SALVADOR MERCÊS CAPACITAÇÃO PERÍODO INVESTIMENTO HORÁRIO SALVADOR MERCÊS Cursos para Microempresa Gestão Financeira 16/11 a 20/11 200,00 18h às 22h xx Dialogo Empresarial Otimização: Perspectiva Financeira Registro de Marca Protegendo E Valorizando a Sua Como

Leia mais

PLANO DE AÇÃO . TREINAMENTOS . PROGRAMAS . PALESTRAS PARANAÍBA MS

PLANO DE AÇÃO . TREINAMENTOS . PROGRAMAS . PALESTRAS PARANAÍBA MS PLANO DE AÇÃO. TREINAMENTOS. PROGRAMAS. PALESTRAS PARANAÍBA MS 2015 TREINAMENTO - Ciclo de Palestras - Auxiliar o empresário, ou potencial empreendedor, desde a tomada de decisão de abrir um novo negócio

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MULLER OFICINA INFORMÁTICA BÁSICA

ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MULLER OFICINA INFORMÁTICA BÁSICA ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MULLER OFICINA INFORMÁTICA BÁSICA IVINHEMA-MS 2014 ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MULLER OFICINA INFORMÁTICA BÁSICA Oficina a ser desenvolvida no ano letivo de 2014 pela

Leia mais

Pesquisa. PERFIL DAS INSTITUIÇÕES DE MICROFINANÇAS (OSCIP) NO BRASIL Contexto do Atendimento aos Pequenos Negócios

Pesquisa. PERFIL DAS INSTITUIÇÕES DE MICROFINANÇAS (OSCIP) NO BRASIL Contexto do Atendimento aos Pequenos Negócios Pesquisa Perfil das Instituições de Microfinanças (OSCIP) no Brasil Contexto do Atendimento aos Pequenos Negócios 2011 Pesquisa PERFIL DAS INSTITUIÇÕES DE MICROFINANÇAS (OSCIP) NO BRASIL Contexto do Atendimento

Leia mais

Você já pensou em como realizar os seus sonhos?

Você já pensou em como realizar os seus sonhos? Você já pensou em como realizar os seus sonhos? Sua escola adota o Programa DSOP de Educação Financeira nas Escolas Etapas do Programa : Curso de Educação Financeira; Capacitação Pedagógica; Palestra para

Leia mais

Aeconomia brasileira tem passado por constantes

Aeconomia brasileira tem passado por constantes Populaçăo de 10 anos ou mais de idade: taxas e desocupaçăo Aeconomia brasileira tem passado por constantes transformaçőes. Portanto, conhecer e acompanhar os movimentos que orientam estas mudanças é de

Leia mais

PALESTRA: LINHAS DE CRÉDITOS.

PALESTRA: LINHAS DE CRÉDITOS. PALESTRA: LINHAS DE CRÉDITOS. Facilitador: Wolney Luis do Nascimento Sousa. Responsável pelo Evento: 1 LINHAS DE CRÉDITO Motivos Vantagens Desvantagens Aplicação 2 LINHAS DE CRÉDITO Função dos Bancos Para

Leia mais

Inclusão Bancária. e Microcrédito

Inclusão Bancária. e Microcrédito Inclusão Bancária e Microcrédito 3. Inclusão Bancária e Microcrédito 116 INTRODUÇÃO Em 2003, no início do novo governo, a discussão sobre microfinanças e inclusão financeira no Brasil era restrita às operações

Leia mais

ENCONTRO VIRTUAL - VOCÊ RICA

ENCONTRO VIRTUAL - VOCÊ RICA 8 DICAS PARA ORGANIZAR SUAS FINANÇAS PESSOAIS Kalinka Carvalho TÓPICOS 3 QUEM SOU EU? ü Formada em Publicidade Propaganda/ MBA em Marketing; ü Trabalhei 10 anos com eventos e 4 anos na área de comunicaçāo;

Leia mais

TOTAL - FISCAL 48.333.886 TOTAL - SEGURIDADE 21.890.000 TOTAL - GERAL 70.223.886

TOTAL - FISCAL 48.333.886 TOTAL - SEGURIDADE 21.890.000 TOTAL - GERAL 70.223.886 UNIDADE : 26101 - MINISTERIO DA EDUCACAO 0910 OPERACOES ESPECIAIS: GESTAO DA PARTICIPACAO EM ORGANISMOS INTERNACIONAIS 500.000 OPERACOES ESPECIAIS 12 212 0910 00B9 CONTRIBUICAO A ORGANIZACAO DAS NACOES

Leia mais

A MODA É DEIXAR A SUA LOJA MAIS ATRATIVA! Programação maio junho 2015

A MODA É DEIXAR A SUA LOJA MAIS ATRATIVA! Programação maio junho 2015 A MODA É DEIXAR A SUA LOJA MAIS ATRATIVA! Programação maio junho 2015 Marketing Oficina Na Medida: como criar uma página empresarial no facebook 19/05 (terça), das 09h30 às 12h30 Valor: R$ 70,00 Oficina

Leia mais

O cooperativismo de crédito e você

O cooperativismo de crédito e você O cooperativismo de crédito e você A Cooperativa de Crédito é uma instituição financeira sem fins lucrativos de propriedade dos associados, controlada de forma democrática por seus membros, e tem o propósito

Leia mais

O Programa de Educação Financeira do Banco Central

O Programa de Educação Financeira do Banco Central O Programa de Educação Financeira do Banco Central (voto BCB 303, de 6/11/03) 1 Evolução das ações educativas do BCB 1990 Programa de Desenvolvimento e Modernização 2003 Programa de Educação Financeira

Leia mais

Inclusão Financeira no Brasil

Inclusão Financeira no Brasil São Paulo 18 de agosto de 2014 2 Inclusão Financeira no Brasil Parceria Nacional para Inclusão Financeira Elvira Cruvinel Ferreira Departamento de Educação Financeira Missão do BCB Assegurar a estabilidade

Leia mais

Programa Nacional de Apoio a Fundos Solidários

Programa Nacional de Apoio a Fundos Solidários Programa Nacional de Apoio a Fundos Solidários Elementos de uma Proposta REDE? SISTEMA? Beneficiários do Bolsa Família não conseguem financiamento para iniciar atividades produtivas Os Fundos Solidários

Leia mais

desenvolvimento econômico e social e

desenvolvimento econômico e social e A IMportância do microcrédito para o desenvolvimento econômico e social e o Banco do Povo Paulista 1 Carlos Leite e Fernando Antonio Franco Montoro Este tema discorre sobre o crescimento econômico recente

Leia mais

Codigo Especificacao Projetos Atividades Oper. Especiais Total

Codigo Especificacao Projetos Atividades Oper. Especiais Total Estado do Parana Programa de Trabalho Folha: 1 Orgao...: 02 GOVERNO MUNICIPAL Unidade Orcamentaria: 02.01 GABINETE DO PREFEITO 04.000.0000.0.000.000 Administracao 31.191,67 31.191,67 04.122.0000.0.000.000

Leia mais

DEMONSTRATIVO DA DESPESA POR ÓRGÃO E FUNÇÕES Anexo 9 - Lei 4.320/64 TOTAL GERAL: UF: MINAS GERAIS MUNICÍPIO: GUARANESIA FOLHA: 1 ORÇAMENTO 2009

DEMONSTRATIVO DA DESPESA POR ÓRGÃO E FUNÇÕES Anexo 9 - Lei 4.320/64 TOTAL GERAL: UF: MINAS GERAIS MUNICÍPIO: GUARANESIA FOLHA: 1 ORÇAMENTO 2009 FOLHA: 1 CÓDIGO DESCRIÇÃO Legislativa Judiciaria Essencial a Justica 646.000.00 565.180.00 646.000.00 565.180.00 FOLHA: 2 CÓDIGO DESCRIÇÃO Administracao Defesa Nacional Seguranca Publica 1.583.973.00 61.132.00

Leia mais

p Ma ility ab in sta Su

p Ma ility ab in sta Su 1 Visão Itaú Unibanco Ser o banco líder em performance sustentável e em satisfação dos clientes Performance Sustentável É gerar valor compartilhado para colaboradores, clientes, acionistas e sociedade

Leia mais

no Desenvolvimento dos

no Desenvolvimento dos A Importância do Secretaria de Cooperativismo de Crédito no Desenvolvimento dos Territórios rios Rurais do Brasil (Tema X: O Cooperativismo de Crédito Como Agente Transformador) 5º Seminário Banco Central

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA. Frederico H. de Melo CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DO TOCANTINS BRASIL

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA. Frederico H. de Melo CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DO TOCANTINS BRASIL CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA Frederico H. de Melo CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DO TOCANTINS BRASIL CFM (BRASÍLIA, DF BRASIL) O INÍCIO CRIAÇÃ ÇÃO O DO CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA E DOS CONSELHOS

Leia mais

16º ANIVERSÁRIO DO BANCO CENTRAL DE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE. O papel da banca comercial na problemática da crise alimentar mundial

16º ANIVERSÁRIO DO BANCO CENTRAL DE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE. O papel da banca comercial na problemática da crise alimentar mundial 16º ANIVERSÁRIO DO BANCO CENTRAL DE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE São Tomé, 26 de Agosto de 2008 O papel da banca comercial na problemática da crise alimentar mundial Uma abordagem paradoxal num ambiente de risco

Leia mais

Mapa do Mercado de Trabalho no Brasil

Mapa do Mercado de Trabalho no Brasil Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestăo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE Diretoria de Pesquisas Departamento de Emprego e Rendimento Estudos e Pesquisas Informaçăo Demográfica

Leia mais

Educar na diversidade do MEC - Um projeto em dois Municípios do Brasil

Educar na diversidade do MEC - Um projeto em dois Municípios do Brasil Educar na diversidade do MEC - Um projeto em dois Municípios do Brasil Windyz B. Ferreira, Mércia Chavier e Alessandra Mendes Neste artigo apresentam-se experiências desenvolvidas por dois municípios brasileiros

Leia mais

Usiminas. Educação e Qualificação Profissional

Usiminas. Educação e Qualificação Profissional Usiminas Educação e Qualificação Profissional A Usiminas Os 3 eixos de Negócios Mineração e Logística Siderurgia Transformação Mineração Usiminas Usina de Ipatinga Usina de Cubatão Unigal Usiminas Rios

Leia mais

CRÉDITO FOMENTO CRESCIMENTO

CRÉDITO FOMENTO CRESCIMENTO INTRODUÇÃO OBJETIVO PRINCIPAL. Oferecer microcrédito para população de baixa renda, atendendo pessoas que não tem perspectivas e nenhum crédito nas instituições financeiras tradicionais. Acreditamos que,

Leia mais

Experiência da Associação Ateliê de Ideias e do Banco Bem

Experiência da Associação Ateliê de Ideias e do Banco Bem Experiência da Associação Ateliê de Ideias e do Banco Bem São Benedito Bonfim Engenharia TERRITÓRIO DO BEM- 31 mil habitantes Jaburu Bairro da Penha Itararé Floresta Consolação 2003- enfrentamento da falta

Leia mais

PROMOÇÃO, ORGANIZAÇÃO E REALIZAÇÃO Associação Brasileira de Recursos Humanos Seccional Bahia ABRH-BA

PROMOÇÃO, ORGANIZAÇÃO E REALIZAÇÃO Associação Brasileira de Recursos Humanos Seccional Bahia ABRH-BA 13 e 14 de setembro de 2012 DIRETORIA EXECUTIVA Ana Claudia Athayde Presidente Patricia Argôlo Alves Vice-presidente Cezar Menezes Almeida Diretor Financeiro DIRETORIA RESPONSÁVEL Laís Ambrósio de Almeida

Leia mais

Apresentação. - Palestrante Quem é? - Sebrae O que é? - Atendimento à Indústria? - Carteira de Alimentos? Sorvetes?

Apresentação. - Palestrante Quem é? - Sebrae O que é? - Atendimento à Indústria? - Carteira de Alimentos? Sorvetes? Apresentação - Palestrante Quem é? - Sebrae O que é? - Atendimento à Indústria? - Carteira de Alimentos? Sorvetes? 2 Importância dos Pequenos Negócios 52% dos empregos formais 40% da massa salarial 62%

Leia mais

55% da população mundial vive em zonas rurais. 70% da população mundial muito pobre é rural. 1,4 bilhão vive com menos de U$ 1,25/ dia

55% da população mundial vive em zonas rurais. 70% da população mundial muito pobre é rural. 1,4 bilhão vive com menos de U$ 1,25/ dia A pobreza rural 55% da população mundial vive em zonas rurais 70% da população mundial muito pobre é rural 1,4 bilhão vive com menos de U$ 1,25/ dia 1,0 bilhão passa fome 80% dos lugares mais pobres dependem

Leia mais

Atuação das Instituições GTP- APL. Sebrae. Brasília, 04 de dezembro de 2013

Atuação das Instituições GTP- APL. Sebrae. Brasília, 04 de dezembro de 2013 Atuação das Instituições GTP- APL Sebrae Brasília, 04 de dezembro de 2013 Unidade Central 27 Unidades Estaduais 613 Pontos de Atendimento 6.554 Empregados 9.864 Consultores credenciados 2.000 Parcerias

Leia mais

APABB - Relatório de Atividades - 2007

APABB - Relatório de Atividades - 2007 APABB - Relatório de Atividades - 2007 Sumário: Apresentação 02 Programa de Atenção às Famílias e às Pessoas com Deficiência 03 Programa de Capacitação e Qualificação Profissional 12 Programa de Lazer

Leia mais

CRÉDITO IMOBILIÁRIO E POLÍTICA HABITACIONAL

CRÉDITO IMOBILIÁRIO E POLÍTICA HABITACIONAL CRÉDITO IMOBILIÁRIO E POLÍTICA HABITACIONAL. O déficit habitacional brasileiro é da ordem de 7 milhões de unidades. A demanda por crescimento demográfico do número de famílias é da ordem de 700 MIL unidades

Leia mais

Situação de Trabalho. A "situação de trabalho" apresentou os resultados abaixo, considerando-se sempre os mesmos sujeitos, após um ano de formatura:

Situação de Trabalho. A situação de trabalho apresentou os resultados abaixo, considerando-se sempre os mesmos sujeitos, após um ano de formatura: Fatec Situação de Trabalho A "situação de trabalho" apresentou os resultados abaixo, considerando-se sempre os mesmos sujeitos, após um ano de formatura: Gráfico sobre a empregabilidade entre egressos

Leia mais

Simpósio Internacional sobre Interdisciplinaridade no Ensino, na Pesquisa e na Extensão Região Sul

Simpósio Internacional sobre Interdisciplinaridade no Ensino, na Pesquisa e na Extensão Região Sul Interação do Programa de Educação Tutorial (PET)-Produção Leiteira nas atividades de ensino, pesquisa e extensão em prol da melhoria da atividade leiteira da região Sudoeste-PR Viviann Yndiana Einsfeld

Leia mais

PROJETO DE EXTENSÃO TÍTULO DO PROJETO: ORIENTE

PROJETO DE EXTENSÃO TÍTULO DO PROJETO: ORIENTE PROJETO DE ETENSÃO TÍTULO DO PROJETO: ORIENTE - Agência de Orientação Empresarial promovendo a inclusão produtiva NATUREZA: ( ) Pesquisa ( ) Extensão / Local: DOCENTES: Titular: ( ) Doutor ( ) Mestre (

Leia mais

ALCANÇANDO MELHORES RESULTADOS ATRAVÉS DA GESTÃO DE PESSOAS

ALCANÇANDO MELHORES RESULTADOS ATRAVÉS DA GESTÃO DE PESSOAS ALCANÇANDO MELHORES RESULTADOS ATRAVÉS DA GESTÃO DE PESSOAS Download da Apresentação www.gptw.com.br publicações e eventos palestras Great Place to Work - livros e vídeos 3 4 4 Great Place to Work - Missão

Leia mais

Atualidades do Mercado Financeiro

Atualidades do Mercado Financeiro Atualidades do Mercado Financeiro Índice Pg. Sistema Financeiro Nacional... 02 Dinâmica do Mercado... 05 Mercado Bancário... 09 1 Sistema Financeiro Nacional A estrutura funcional do Sistema Financeiro

Leia mais

15 anos. Melhor. Fundada há. Carteira com mais de 60 clientes. Equipe com 40 Profissionais. Prêmio Aberje de. Assessoria de Imprensa

15 anos. Melhor. Fundada há. Carteira com mais de 60 clientes. Equipe com 40 Profissionais. Prêmio Aberje de. Assessoria de Imprensa A Fundada há 15 anos a Link é uma das principais agências de comunicação integrada do País. Carteira com mais de 60 clientes de segmentos diversos: mercado financeiro, de utilities, educação, saúde, serviços,

Leia mais

Sistemas de Informação

Sistemas de Informação Atividades Complementares Sistemas de Informação 1. Introdução Nos cursos de graduação, além das atividades de aprendizagem articuladas pelas disciplinas que compõem a matriz curricular, deverão ser inseridas

Leia mais

Metodologia e Amostra

Metodologia e Amostra Metodologia e Amostra 1. Estimativa de Investidores Pessoas Físicas 1.000 entrevistas telefônicas com população brasileira de 18 anos ou mais das classes ABC Margem de erro amostral máxima estimada para

Leia mais

106 anos. educação de vanguarda. Para ler a realidade e escrever o futuro. A história de uma

106 anos. educação de vanguarda. Para ler a realidade e escrever o futuro. A história de uma 106 anos Publicação da Coordenadoria de Comunicação Social do Instituto Metodista Izabela Hendrix - imprensa@metodistademinas.edu.br Informativo do Colégio Metodista Izabela Hendrix - Outubro 2010 A história

Leia mais

1º Seminário de Educação Empreendedora, Financeira e Cooperativista

1º Seminário de Educação Empreendedora, Financeira e Cooperativista 1º Seminário de Educação Empreendedora, Financeira e Cooperativista Educação como Estratégia de Inclusão Financeira Luiz Edson Feltrim Diretor Prêmio Country Awards 2014 (CYFI) ONU Reconhecimento ao Brasil

Leia mais

Apresentação Do Banco. Setembro de 2010

Apresentação Do Banco. Setembro de 2010 Apresentação Do Banco Setembro de 2010 Conteúdos Onde estamos Missão Valores Accionistas Nosso mercado Responsabilidade social Factos Contactos Onde estamos Onde Estamos O Banco Terra está representado,

Leia mais

Currículos dos Cursos do CCA GESTÃO DO AGRONEGÓCIO. COORDENADOR DO CURSO DE GESTÃO DO AGRONEGÓCIO Aziz Galvão da Silva Júnior aziz@ufv.

Currículos dos Cursos do CCA GESTÃO DO AGRONEGÓCIO. COORDENADOR DO CURSO DE GESTÃO DO AGRONEGÓCIO Aziz Galvão da Silva Júnior aziz@ufv. 48 GESTÃO DO AGRONEGÓCIO COORDENADOR DO CURSO DE GESTÃO DO AGRONEGÓCIO Aziz Galvão da Silva Júnior aziz@ufv.br Catálogo de Graduação 2002 49 CURRÍCULO DO CURSO DE GESTÃO DO AGRONEGÓCIO Bacharelado ATUAÇÃO

Leia mais

Moçambique Apresentação de Resultados

Moçambique Apresentação de Resultados Promoting Transparent Pricing in the Microfinance Industry Moçambique Apresentação de Resultados Organizado por MFTransparency 2 de Fevereiro de 2012 Programa enabling APR & EIR Programa permitir que a

Leia mais

Gtp+ PROGRAMAS E PROJETOS Grupo de Trabalhos em Prevenção Posithivo (GTP+) Fundação em 2000, Recife-PE O Grupo de Trabalhos em Prevenção Posithivo é a única ONG da Região Nordeste do Brasil coordenada

Leia mais

I PESQUISA PARA MONITORAMENTO DE CARREIRAS DOS ALUNOS DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS

I PESQUISA PARA MONITORAMENTO DE CARREIRAS DOS ALUNOS DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS Centro Universitário de Belo Horizonte Uni-BH Curso de Relações Internacionais Laboratório Pedagógico de Relações Internacionais I PESQUISA PARA MONITORAMENTO DE CARREIRAS DOS ALUNOS DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS

Leia mais

Programa de Atividades Complementares (PAC) da UFC

Programa de Atividades Complementares (PAC) da UFC TUTORIAL Atividades voltadas para fomentar a articulação entre TEORIA e PRÁTICA e a COMPLEMENTAÇÃO, por parte do estudante, dos saberes e habilidades necessárias à sua FORMAÇÃO. Programa de Atividades

Leia mais

Desenvolvimento Regional Sustentável - DRS. Crise Mundial e o Desenvolvimento Regional: Desafios e Oportunidades

Desenvolvimento Regional Sustentável - DRS. Crise Mundial e o Desenvolvimento Regional: Desafios e Oportunidades Desenvolvimento Regional Sustentável - DRS Crise Mundial e o Desenvolvimento Regional: Desafios e Oportunidades Grandes números do Banco do Brasil Ativos totais: R$ 598 bilhões Clientes: 48,1 milhões Carteira

Leia mais

CURSO GESTÃO POR COMPETÊNCIAS

CURSO GESTÃO POR COMPETÊNCIAS CURSO GESTÃO POR COMPETÊNCIAS Carga horária total 36 horas Profª. Clarisse Droval Especialista em gestão de pessoas, professora universitária, educadora corporativa e consultora. Coordenação acadêmica

Leia mais

O grupo Guardiões da Esperança é uma ONG formada por pessoas comuns, trabalhadores do bem tentando mudar a humanidade. Sem vínculo religioso ou

O grupo Guardiões da Esperança é uma ONG formada por pessoas comuns, trabalhadores do bem tentando mudar a humanidade. Sem vínculo religioso ou O grupo Guardiões da Esperança é uma ONG formada por pessoas comuns, trabalhadores do bem tentando mudar a humanidade. Sem vínculo religioso ou político. O grupo Guardiões da Esperança é composto por pessoas

Leia mais

ANAIS DA 66ª REUNIÃO ANUAL DA SBPC - RIO BRANCO, AC - JULHO/2014

ANAIS DA 66ª REUNIÃO ANUAL DA SBPC - RIO BRANCO, AC - JULHO/2014 1 ANAIS DA 66ª REUNIÃO ANUAL DA SBPC - RIO BRANCO, AC - JULHO/2014 O Pibid: ações de formação de professores que impactam a escola e a universidade Maurivan Güntzel Ramos mgramos@pucrs.br O presente texto

Leia mais

Manual do agente de crédito Banco Solidario

Manual do agente de crédito Banco Solidario Manual do agente de crédito Banco Solidario Trechos relacionados a evitar o superendividamento dos clientes, traduzidos do espanhol A filosofia Viver Solidário pode ser aplicada a tudo na vida. Em nossa

Leia mais

Microcrédito é a designação para diversos tipos de empréstimos dos quais apontamos as seguintes características:

Microcrédito é a designação para diversos tipos de empréstimos dos quais apontamos as seguintes características: O QUE É MICROCRÉDITO Microcrédito é a designação para diversos tipos de empréstimos dos quais apontamos as seguintes características: Apesar de maiores limites determinados pelo governo, comumente percebemos

Leia mais

PROJETO BAGAGEM DOAÇÕES PESSOA JURÍDICA (ANUAL) www.projetobagagem.org.br

PROJETO BAGAGEM DOAÇÕES PESSOA JURÍDICA (ANUAL) www.projetobagagem.org.br PROJETO BAGAGEM DOAÇÕES PESSOA JURÍDICA (ANUAL) SEJA UM DOADOR SOLIDÁRIO! O Projeto Bagagem é uma organização sem fins lucrativos que visa ao empoderamento e desenvolvimento de comunidades através do turismo

Leia mais

ASSOCIACAO EDUCACIONAL DE ENSINO SUPERIOR UNIAO DAS FACULDADES DOS GRANDES LAGOS RELATÓRIO GERAL DE REPOSTA DE PROFESSORES. 2º SEMESTRE DE 2013

ASSOCIACAO EDUCACIONAL DE ENSINO SUPERIOR UNIAO DAS FACULDADES DOS GRANDES LAGOS RELATÓRIO GERAL DE REPOSTA DE PROFESSORES. 2º SEMESTRE DE 2013 ASSOCIACAO EDUCACIONAL DE ENSINO SUPERIOR UNIAO DAS FACULDADES DOS GRANDES LAGOS RELATÓRIO GERAL DE REPOSTA DE PROFESSORES. 2º SEMESTRE DE 2013 1.1 Organização Institucional Q1 Cumprimento da missão da

Leia mais

EDUCAÇÃO FINANCEIRA PARA CRIANÇAS E JOVENS PROJETO É TEMPO...

EDUCAÇÃO FINANCEIRA PARA CRIANÇAS E JOVENS PROJETO É TEMPO... EDUCAÇÃO FINANCEIRA PARA CRIANÇAS E JOVENS PROJETO É TEMPO... Missão: Educação Financeira uma realidade para todos O que é Educação Financeira? Formação financeira ou educação financeira onde desde cedo

Leia mais

CURSO FERRAMENTAS DE GESTÃO IN COMPANY

CURSO FERRAMENTAS DE GESTÃO IN COMPANY CURSO FERRAMENTAS DE GESTÃO IN COMPANY Instrumental e modular, o Ferramentas de Gestão é uma oportunidade de aperfeiçoamento para quem busca conteúdo de qualidade ao gerenciar ações sociais de empresas

Leia mais

Anexo IV Metas Fiscais IV.11 Renúncias Previdenciárias (Art. 4 o, 2 o, inciso V, da Lei Complementar n o 101, de 4 de maio de 2000)

Anexo IV Metas Fiscais IV.11 Renúncias Previdenciárias (Art. 4 o, 2 o, inciso V, da Lei Complementar n o 101, de 4 de maio de 2000) Anexo IV Metas Fiscais IV.11 Renúncias s QUADRO RESUMO - PROJEÇÃO LDO 2013 A 2015 Em R$ 1,00 Projeção 2013 2014 2015 Simples 16.076.488.870 17.608.690.864 19.489.489.657 Entidades Filantrópicas 9.144.886.229

Leia mais

Médias e Pequenas Empresas: Desafios e Oportunidades para os Bancos de Varejo. Carlos Alberto dos Santos

Médias e Pequenas Empresas: Desafios e Oportunidades para os Bancos de Varejo. Carlos Alberto dos Santos Médias e Pequenas Empresas: Desafios e Oportunidades para os Bancos de Varejo Carlos Alberto dos Santos Agenda 1) Um pouco ( só um pouco) de teoria. 2) Que mercado é este? 3) Desafios e oportunidades

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO Nº 136.008/2015 PROCESSO SELETIVO DE CONTRATAÇÃO DE PESSOAL

EDITAL DE SELEÇÃO Nº 136.008/2015 PROCESSO SELETIVO DE CONTRATAÇÃO DE PESSOAL EDITAL DE SELEÇÃO Nº 136.008/2015 PROCESSO SELETIVO DE CONTRATAÇÃO DE PESSOAL A Fundação Interuniversitária de Estudos e Pesquisa sobre o Trabalho (UNITRABALHO), criada em 1996 com a missão de integrar

Leia mais

Portfólio de Soluções. Unidade de Capacitação Empresarial Sebrae - 2014

Portfólio de Soluções. Unidade de Capacitação Empresarial Sebrae - 2014 Portfólio de Soluções Unidade de Capacitação Empresarial Sebrae - 2014 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 4 PROGRAMA SEBRAE MAIS... 5 PROGRAMA NACIONAL DE EDUCAÇÃO EMPREENDEDORA... 10 PROJETO NA MEDIDA..14 PROJETO

Leia mais

PATROCÍNIO. 21 de setembro de 2015. Hard skills impulsionando seus projetos OPORTUNIDADES EM TEMPOS DE CRISE: OURO MINAS PALACE HOTEL PROPOSTA DE

PATROCÍNIO. 21 de setembro de 2015. Hard skills impulsionando seus projetos OPORTUNIDADES EM TEMPOS DE CRISE: OURO MINAS PALACE HOTEL PROPOSTA DE OPORTUNIDADES EM TEMPOS DE CRISE: Hard skills impulsionando seus projetos PROPOSTA DE PATROCÍNIO 21 de setembro de 2015 OURO MINAS PALACE HOTEL BELO HORIZONTE MG REALIZAÇÃO Rua Tomé de Souza, 67, 3º andar,

Leia mais

Pré- requisitos necessários:

Pré- requisitos necessários: O programa: Intercâmbio de três semanas nos Estados Unidos para estudantes brasileiros de destaque na rede pública que possuem a;tude posi;va, são voluntários em suas comunidades e falam inglês. A viagem

Leia mais

Edital de Seleção de Pessoal 127.006/2011. EDITAL DE SELEÇÃO Consultores - Unitrabalho/MDA

Edital de Seleção de Pessoal 127.006/2011. EDITAL DE SELEÇÃO Consultores - Unitrabalho/MDA Edital de Seleção de Pessoal 127.006/2011 EDITAL DE SELEÇÃO Consultores - Unitrabalho/MDA PROCESSO SELETIVO DE CONTRATAÇÃO DE CONSULTORES POR TEMPO DETERMINADO A Fundação Interuniversitária de Estudos

Leia mais

Projeto de Curso de Pós-Graduação MULTI MBA FAGV TURMA 02. MBA Master in Business Administration Especialização Lato-Sensu E AUDITORIA.

Projeto de Curso de Pós-Graduação MULTI MBA FAGV TURMA 02. MBA Master in Business Administration Especialização Lato-Sensu E AUDITORIA. Projeto de Curso de Pós-Graduação MULTI MBA FAGV TURMA 02. MBA Master in Business Administration Especialização Lato-Sensu GESTÃO ESTRATÉGICA DE NEGÓCIOS E PROJETOS - GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS E LIDERANÇA

Leia mais

PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº, DE 2007 (Da Sra. Luiza Erundina)

PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº, DE 2007 (Da Sra. Luiza Erundina) PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº, DE 2007 (Da Sra. Luiza Erundina) Estabelece a criação do Segmento Nacional de Finanças Populares e Solidárias e dá outras providências. O Congresso Nacional decreta: Art.

Leia mais

Bacharelado em Serviço Social

Bacharelado em Serviço Social Informações gerais: Bacharelado em Serviço Social Duração do curso: 04 anos (08 semestres) Horário: Vespertino e Noturno Número de vagas: 300 vagas anuais Coordenador do Curso: Profª Ms. Eniziê Paiva Weyne

Leia mais

O BOLSA FAMÍLIA E A SUPERAÇÃO DA POBREZA. Experiências do Banco do Nordeste: Programas Crediamigo e Agroamigo

O BOLSA FAMÍLIA E A SUPERAÇÃO DA POBREZA. Experiências do Banco do Nordeste: Programas Crediamigo e Agroamigo O BOLSA FAMÍLIA E A SUPERAÇÃO DA POBREZA Experiências do Banco do Nordeste: Programas Crediamigo e Agroamigo Banco do Nordeste: o Maior Banco de Microfinanças da América do Sul Objetivos de atuação do

Leia mais

Manual Geral de Normas para Atividades Complementares

Manual Geral de Normas para Atividades Complementares CENTRO UNIVERSITÁRIO NEWTON PAIVA PRÓ-REITORIA ACADÊMICA Curso de Administração - EaD Manual Geral de Normas para Atividades Complementares 2012 Núcleo de Educação a Distância Coordenação do Curso de Administração

Leia mais

INSTITUIÇÃO COMUNITÁRIA DE CRÉDITO DE LONDRINA CASA DO EMPREENDEDOR RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO

INSTITUIÇÃO COMUNITÁRIA DE CRÉDITO DE LONDRINA CASA DO EMPREENDEDOR RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO INSTITUIÇÃO COMUNITÁRIA DE CRÉDITO DE LONDRINA CASA DO EMPREENDEDOR RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO SENHORES ASSOCIADOS, CLIENTES E COMUNIDADE: Em cumprimento às disposições legais e estatutárias, submetemos

Leia mais

A RIQUEZA PESSOAL Por Ricardo Pereira e Conrado Navarro

A RIQUEZA PESSOAL Por Ricardo Pereira e Conrado Navarro A RIQUEZA PESSOAL Por Ricardo Pereira e Conrado Navarro A Riqueza Pessoal é possível Introdução Todos têm o sonho de ficar rico, e esse sonho faz com que muitos dediquem tempo em busca de livros, vídeos

Leia mais

COOPERAR E POUPAR TAMBÉM É COISA DE CRIANÇA

COOPERAR E POUPAR TAMBÉM É COISA DE CRIANÇA COOPERAR E POUPAR TAMBÉM É COISA DE CRIANÇA SEU DINHEIROSUA ESCOLHA TM SUA COOPERATIVA DE CRÉDITO Coopera Educação Cooperativista e Financeira Infantil $ COOPERAR E POUPAR TAMBÉM É COISA DE CRIANÇA Atrelado

Leia mais

EDITAL 01/2015 ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

EDITAL 01/2015 ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO EDITAL 01/2015 ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO A Assessoria de Comunicação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais (IF Sudeste MG) Câmpus Rio Pomba, setor da Direção-Geral,

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 2 CONSULTOR TÉCNICO INDIVIDUAL PARA REALIZAÇÃO DE ANÁLISE DE CUSTOS DA COLETA SELETIVA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 2 CONSULTOR TÉCNICO INDIVIDUAL PARA REALIZAÇÃO DE ANÁLISE DE CUSTOS DA COLETA SELETIVA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 2 CONSULTOR TÉCNICO INDIVIDUAL PARA REALIZAÇÃO DE ANÁLISE DE CUSTOS DA COLETA SELETIVA Projeto: Consolidação de sistemas de coleta seletiva com inclusão sócio produtiva de catadores

Leia mais

Lançamento de dados de Moçambique pela MFTransparency. Resumo da informação disponível em Vimeo Versão em Português

Lançamento de dados de Moçambique pela MFTransparency. Resumo da informação disponível em Vimeo Versão em Português Lançamento de dados de Moçambique pela MFTransparency. Resumo da informação disponível em Vimeo Versão em Português LANCASTER, PA, USA 06 de Fevereiro de 2012 Lançamento de dados Moçambique Contextualização

Leia mais

ANO 2015. Atenção: Procedimentos para o envio do seu projeto ao SEBRAE:

ANO 2015. Atenção: Procedimentos para o envio do seu projeto ao SEBRAE: Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas Pág. 1 de 10 ANO 2015 Atenção: Procedimentos para o envio do seu projeto ao SEBRAE: 1. A solicitação de patrocinio ao SEBRAE deve ser realizada

Leia mais

Anexo IV Metas Fiscais IV.11 Renúncias Previdenciárias (Art. 4 o, 2 o, inciso V, da Lei Complementar n o 101, de 4 de maio de 2000)

Anexo IV Metas Fiscais IV.11 Renúncias Previdenciárias (Art. 4 o, 2 o, inciso V, da Lei Complementar n o 101, de 4 de maio de 2000) Anexo IV Metas Fiscais IV.11 Renúncias s QUADRO I - 2014 Projeção 2014 Renúncia Simples Nacional 14.030.854.152 28,98 3,65 0,26 Entidades Filantrópicas 10.116.875.300 20,89 2,63 0,19 Exportação da Produção

Leia mais

REFLETINDO A EAD: ALGUMAS INFORMAÇÕES APRESENTADAS NA WEB E NO COTIDIANO

REFLETINDO A EAD: ALGUMAS INFORMAÇÕES APRESENTADAS NA WEB E NO COTIDIANO REFLETINDO A EAD: ALGUMAS INFORMAÇÕES APRESENTADAS NA WEB E NO COTIDIANO Goiânia-GO, 04-2014 Lorrane de Lima Primo Pontifícia Universidade Católica de Goiás lorraneprimo@gmail.com Márcia Maria de Melo

Leia mais

<use "Editar/Cabeçalho e Rodapé" para alterar> 1

<use Editar/Cabeçalho e Rodapé para alterar> 1 1 Por que é importante você se certificar? Para você que está começando a carreira: quando surgir aquela entrevista de emprego que você sempre sonhou como

Leia mais

Câmara Portuguesa de Comércio no Brasil ǀ Minas Gerais. Há mais de 16 anos estreitando laços entre Minas Gerais e Portugal

Câmara Portuguesa de Comércio no Brasil ǀ Minas Gerais. Há mais de 16 anos estreitando laços entre Minas Gerais e Portugal Câmara Portuguesa de Comércio no Brasil ǀ Minas Gerais Há mais de 16 anos estreitando laços entre Minas Gerais e Portugal A História e o papel da Câmara A Câmara Portuguesa de Comércio no Brasil - Minas

Leia mais

No Brasil, a Shell contratou a ONG Dialog para desenvolver e operar o Programa, que possui três objetivos principais:

No Brasil, a Shell contratou a ONG Dialog para desenvolver e operar o Programa, que possui três objetivos principais: PROJETO DA SHELL BRASIL LTDA: INICIATIVA JOVEM Apresentação O IniciativaJovem é um programa de empreendedorismo que oferece suporte e estrutura para que jovens empreendedores de 18 a 30 anos desenvolvam

Leia mais

Revisto e aprovado por Kâmia Preparado por Glayson Ferrari - Coordenador Executivo do PEA

Revisto e aprovado por Kâmia Preparado por Glayson Ferrari - Coordenador Executivo do PEA PNUD Angola PEA - Programa Empresarial Angolano Marco Lógico do Programa - 2011 Resultado Geral Revisto e aprovado por Kâmia Preparado por Glayson Ferrari - Coordenador Executivo do PEA Carvalho - Coordenadora

Leia mais

Olá, pessoal! Sou o João Catavento e também um associado do Sicredi. Antes de iniciar a leitura deste material, eu quero que você abra o presente que está anexado na página ao lado: um DVD que tem um conteúdo

Leia mais

PROJETO: REDUÇÃO DA INFORMALIDADE DE MICRO, PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS POR MEIO DO DIÁLOGO SOCIAL

PROJETO: REDUÇÃO DA INFORMALIDADE DE MICRO, PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS POR MEIO DO DIÁLOGO SOCIAL PROJETO: REDUÇÃO DA INFORMALIDADE DE MICRO, PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS POR MEIO DO DIÁLOGO SOCIAL RELATÓRIO DA OFICINA INTERNA: AVALIAÇÃO INTERMEDIÁRIA Convênio ATN/ME 11684-BR fevereiro de 2012 1 SUMÁRIO

Leia mais

É o programa do BANCO DO NORDESTE, em parceria com o Governo Federal, que oferece serviços microfinanceiros para os(as) produtores(as) rurais de

É o programa do BANCO DO NORDESTE, em parceria com o Governo Federal, que oferece serviços microfinanceiros para os(as) produtores(as) rurais de É o programa do BANCO DO NORDESTE, em parceria com o Governo Federal, que oferece serviços microfinanceiros para os(as) produtores(as) rurais de pequenos negócios, em especial aos(às) agricultores(as)

Leia mais

DADOS PESSOAIS. n ê i

DADOS PESSOAIS. n ê i Para os Médicos Como não entendo bem a palavra da medicina japonesa. Portanto, através deste livreto vou explicar a minha condição física.por favor me salve. 2 DADOS PESSOAIS n ê i ç ê ç ÍNDICE HISTÓRIA

Leia mais

Já pensou como as experiências de um palestrante podem inspirar e promover mudanças em sua equipe?

Já pensou como as experiências de um palestrante podem inspirar e promover mudanças em sua equipe? Já pensou como as experiências de um palestrante podem inspirar e promover mudanças em sua equipe? CURRíCULO PROFISSIONAL Tony Loureiro é um dos mais requisitados palestrantes do Brasil e autoridade em

Leia mais

Manual Socopa Home Broker v.2.0 2012 Todos os direitos reservados

Manual Socopa Home Broker v.2.0 2012 Todos os direitos reservados ÍNDICE 1. Acesso ao Home Broker 2. Operações 2.1. Compra e Venda 2.2. Cancelamento 3. Consultas 3.1. Ordens 3.2. Carteira 3.3. Posição Financeira 3.4. Extrato 3.5. Notas de Corretagem 1. Acesso ao Home

Leia mais

PLANO PLURIANUAL 2014-2017 MUNICÍPIO DE LAGOA DA PRATA. AGP emitido por Viviani Rocha Fonseca versão 1.152

PLANO PLURIANUAL 2014-2017 MUNICÍPIO DE LAGOA DA PRATA. AGP emitido por Viviani Rocha Fonseca versão 1.152 MUNICÍPIO DE LAGOA DA PRATA LEI LEI DO LEI Nº 2170/2013 DISPÕE SOBRE O PLANO PLURIANUAL PARA O PERÍODO DE 2014-2017. A Câmara Municipal de Lagoa da Prata aprovou e eu sanciono a seguinte lei: Art.1º Esta

Leia mais

MPE TECHSHOW 2015 Soluções Tecnológicas para pequenos negócios físicos e virtuais ESCRITÓRIO REGIONAL CAPITAL CENTRO

MPE TECHSHOW 2015 Soluções Tecnológicas para pequenos negócios físicos e virtuais ESCRITÓRIO REGIONAL CAPITAL CENTRO MPE TECHSHOW 2015 Soluções Tecnológicas para pequenos negócios físicos e virtuais ESCRITÓRIO REGIONAL CAPITAL CENTRO Apresentação O que é o MPE TECHSHOW 2015? Evento temático na área de Tecnologia da Informação

Leia mais

MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS - FACISA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES Belo Horizonte 2011 INFORMAÇÕES E PROCEDIMENTOS ATIVIDADES O QUÊ? As atividades complementares

Leia mais

ATO CONVOCATÓRIO 002 2013. OBJETO: Credenciamento de Consultores

ATO CONVOCATÓRIO 002 2013. OBJETO: Credenciamento de Consultores ATO CONVOCATÓRIO 002 2013 OBJETO: Credenciamento de Consultores O INSTITUTO QUALIDADE MINAS, pessoa jurídica de Direito privado sem fins lucrativos, qualificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse

Leia mais

POF 2014/2015 Metodologia, temas principais e temas secundários

POF 2014/2015 Metodologia, temas principais e temas secundários 2014/2015 Metodologia, temas principais e temas secundários 17 de dezembro de 2013 Identificação dos Objetivos Investigar os Orçamentos Familiares combinados com outras informações sobre as Condições de

Leia mais

Central de Relacionamento Sebrae 0800 570 0800

Central de Relacionamento Sebrae 0800 570 0800 Copyright 2010, Sebrae Bahia - Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas da Bahia Rua Horácio César, 64 Dois de Julho Salvador Bahia CEP 40060-350 www.ba.sebrae.com.br Central de Relacionamento Sebrae

Leia mais

F 3 2 90 0 100 2.036.890 F 4 2 40 0 100 15.000.000 F 4 2 40 0 100 15.000.000 TOTAL - FISCAL 35.430.589 TOTAL - SEGURIDADE 0 TOTAL - GERAL 35.430.

F 3 2 90 0 100 2.036.890 F 4 2 40 0 100 15.000.000 F 4 2 40 0 100 15.000.000 TOTAL - FISCAL 35.430.589 TOTAL - SEGURIDADE 0 TOTAL - GERAL 35.430. ORGAO : 22000 - MINISTERIO DA AGRICULTURA, PECUARIA E ABASTECIMENTO UNIDADE : 22101 - MINISTERIO DA AGRICULTURA, PECUARIA E ABASTECIMENTO 0362 DESENVOLVIMENTO SUSTENTAVEL DAS REGIOES PRODUTORAS DE CACAU

Leia mais

Inclusão Financeira de Empreendedores Individuais, Micro e Pequenas Empresas: a visão dos sistemas organizados

Inclusão Financeira de Empreendedores Individuais, Micro e Pequenas Empresas: a visão dos sistemas organizados Inclusão Financeira de Empreendedores Individuais, Micro e Pequenas Empresas: a visão dos sistemas organizados Sistema Financeiro: Propulsor do microcrédito; Adequação e atualização do sistema normativo

Leia mais

Logística Empresarial

Logística Empresarial Logística Empresarial Aula 06 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos

Leia mais