Instalando e Gerenciando o Active Directory

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Instalando e Gerenciando o Active Directory"

Transcrição

1 Instalando e Gerenciando o Active Directory Introdução Página 2 Requisitos Página 4 Instalação do Active Directory Página 4 Instalando o DNS Página 12 Active Directory Página Usuários Página 21 Configurando os usuários através de comandos Página 25 Final Página 28 1 P á g i n a

2 Introdução O Active Directory é um serviço implantado primeiramente no Windows 2000 Server e tem como finalidade manter e permitir o gerenciamento de dados como contas de usuários, grupos, computadores, impressoras, servidores, etc. Como o AD é composto por objetos, os itens citados anteriormente são tratados como tal. Através do AD trabalhamos com o conceito de Domínio ao invés de Grupo de Trabalho(Workgroup). Trabalhando em domínio, o controle da rede é mais simples e prático do que em um grupo de trabalho. Como já existe MUITO material sobre o AD disponível gratuitamente na internet, farei apenas uma breve explicação antes de começarmos a prática. O conceito básico já foi dito nos parágrafos acima, mas é interessante você visualizar para que entenda melhor o funcionamento e a diferença entre um grupo de trabalho e uma rede com um domínio. O AD segue a seguinte estrutura: Floresta Árvore Domínio Iremos trabalhar apenas com um domínio e por este motivo não será possível na prática entender o funcionamento e relação entre florestas, árvores e domínios distintos. A base do AD é a floresta, ela pode conter um ou mais domínios. Um domínio em uma hierarquia com um ou mais de um domínio faz parte de uma árvore: 2 P á g i n a

3 Como dito anteriormente, em um AD os dados são armazenados em forma de objeto: Para tornar mais prático o gerenciamento destes objetos, os mesmos podem ser armazenados em Unidades Organizacionais conhecidas também como UO ou OU (Organizational Unit): Para que consiga compreender de uma forma mais simples, pense nos objetos como arquivos e as unidades organizacionais como pastas. 3 P á g i n a

4 Requisitos Alguns destes requisitos já foram vistos no documento anterior: Partição NTFS. Placa de rede com um endereço de IP fixo. Conexão de rede ativa. Serviço DNS disponível*. *Caso não exista um serviço de DNS disponível, durante a instalação do AD é possível efetuar a instalação. Instalação do Active Directory Para iniciar a instalação do AD, clique em Iniciar, Executar, digite dcpromo e tecle ENTER: Como criaremos um novo domínio, escolha a primeira opção e avance: 4 P á g i n a

5 Como é o nosso primeiro domínio, consequentemente é a nossa primeira floresta, então selecione a primeira opção. 1ª Opção - Um novo domínio em uma nova floresta. Caso este seja o primeiro domínio da sua organização ou se quer um novo domínio completamente independente de uma floresta que você já tenha atualmente. 2ª Opção - Um novo domínio filho em uma árvore de domínio existente. Caso queira que este domínio seja filho de um domínio existente. Por exemplo, se o domínio pai chama-se wesk.info, o domínio filho chamaria-se filho.wesk.info. 3ª Opção - Uma nova árvore de domínio em uma floresta existente. Caso queira uma nova árvore com um novo domínio independente do que você já tem atualmente. 5 P á g i n a

6 Lembrando: Primeira opção. Na próxima tela você escolherá o FQDN (Fully Qualifield Domain Name) que é uma forma única de identificação de um domínio, um subdomínio ou um computador em um domínio. Exemplo: Se o nome do seu domínio é abc.local qualquer computador que esteja neste domínio se chamará nome.abc.local. Ou em caso de um subdomínio é a mesma coisa, filho.abc.local e um computador neste subdomínio se chamaria nome.filho.abc.local. Escolha o FQDN e avance: 6 P á g i n a

7 Por questões de compatibilidade com versões antigas do Windows, escolha um nome NetBIOS para o domínio: Nesta tela é definido onde ficará armazenado o banco de dados e os logs do AD: 7 P á g i n a

8 Nesta tela é definido onde ficará o SYSVOL(Volume de Sistema) que é uma pasta compartilhada por padrão que armazena algumas informações importantes do AD e GPO. No nosso caso não temos nenhum serviço DNS instalado ainda e por este motivo a tela abaixo é exibida. Mantenha a opção destacada e siga adiante: 8 P á g i n a

9 Não teremos nenhum servidor anterior a versão 2000 e também por questões de segurança, para que nenhum acesso anônimo seja permitido em nosso servidor escolha a opção destacada abaixo e prossiga:. Escolha uma senha para ser utilizada caso seja necessário inicializar o sistema no Modo de Restauração do Serviço de Diretório: Anote esta senha ou escolha uma senha fácil de lembrar. 9 P á g i n a

10 Leia o resumo de todas as configurações efetuadas e caso esteja tudo correto, prossiga: Aguarde até alguns minutos e após o término da instalação do Active Directory, reinicie o computador: 10 P á g i n a

11 11 P á g i n a

12 Agora a instalação finalizou, a tela de logon após ter transformado o computador em um DC(Controlador de domínio) é a seguinte: Instalando o DNS Em nosso exemplo o DNS não estava instalado e foi instalado durante a implantação do AD. Veremos aqui como é feito essa instalação manualmente. Abra o Painel de Controle e em seguida vá em Adicionar e remover programas, clique em Adicionar/remover componentes do Windows, selecione Networking Services e clique em Details : 12 P á g i n a

13 Selecione o serviço DNS, clique em OK e prossiga com a instalação: Ao término da instalação vá em Administrative Tools e em seguida abra o gerenciamento do DNS ou então digite dnsmgmt.msc no Executar e tecle ENTER: Neste caso, não há nenhuma zona criada. Caso deixarmos para instalar o DNS junto com a instalação do AD, a zona direta(forward) é criada, restando criar apenas a zona reversa. Como instalamos o DNS manualmente, vamos criar ambas as zonas de consulta. 13 P á g i n a

14 Para criar a zona direta clique com o botão direito em Forward Lookup Zones e vá em New Zone e siga as instruções: Selecione a primeira opção: Primary Zone. Escolha o nome da zona: wesk.intranet. Mantenha padrão o nome do arquivo. Mude a opção para Allow both nonsecure and secure dynamic updates. Pronto! Para criar a zona reversa clique com o botão direito em Reverse Lookup Zones e vá em New Zone e siga as instruções: Selecione a primeira opção: Primary Zone. Coloque a faixa de IP da sua rede. Mantenha padrão o nome do arquivo. Mude a opção para Allow both nonsecure and secure dynamic updates. Pronto! Agora as zonas de pesquisa estão criadas. Veja se os registros relacionados ao seu servidor estão criados em ambas zonas. No meu caso, o nome do meu servidor é WESK-DC: Zona de pesquisa direta: Zona de pesquisa inversa: 14 P á g i n a

15 Caso estes registros não estejam criados, basta cria-los manualmente clicando com o botão direito em cima da zona criada e em seguida em New Host (A): Digite o nome do computador e o IP para qual deseja associar o registro: É importante marcar a opção destacada acima para que automaticamente seja criado o registro equivalente na zona de pesquisa inversa (Reverse Lookup Zones). Se tudo correr da forma correta você recebera uma mensagem semelhante a esta: O que costumo fazer após finalizar estes passos é verificar o Log de eventos para identificar se tudo está funcionando normalmente. Caso não tenha nenhum erro grotesto com que me deva preocupar, eu limpo o log de eventos e reinicio o computador para depois verificar novamente se todos os serviços iniciaram sem problemas. Para iniciar o Log de eventos (Event View) basta localizá-lo em Administrative Tools ou digitar eventvwr.msc no Executar. Active Directory Para iniciar o AD basta abrir o item Active Directory Users and Computers ou digitar dsa.msc no Executar. Agora veremos pela primeira vez a cara do AD e poderemos visualizar na prática os seus objetos. 15 P á g i n a

16 Vemos que dentro do domínio temos os seguintes itens: Builtin Grupos padrões (Administradores, Convidados, Operadores de conta, etc). Computers Todos os computadores que são ingressados no domínio. Domain Controllers Todos os controladores de domínio deste domínio. ForeignSecurityPrincipals Armazena informações sobre relações de confiança entre domínios externos. Users Usuários padrões (Administrador, Usuários do domínio, etc). Todos os itens listados acima são chamados de containers, exceto o Domain Controllers que é tratado como uma OU (Unidade Organizacional). Nível funcional do domínio Quando instalamos o AD o mesmo é configurado para que seja compatível com o Windows 2000/NT 4.0 e por este motivo ele trabalha em modo misto, o que consequentemente reduz os recursos devido a incompatibilidade. Para melhor compreensão, recomendo a leitura: Funcionalidade de domínio e de floresta Aumentando os níveis funcionais do domínio e da floresta Já que não temos nenhum computador com o Windows 2000/NT 4.0 instalado, elevaremos o nível funcional do domínio clicando com o botão direito em cima do contêiner raiz e em seguida escolha a opção Raise Domain Functional Level: 16 P á g i n a

17 Marque a opção Windows Server 2003 e clique em Raise: Antes de efetuar essa alteração, saiba que ela é irreversível. Logo em seguida será exibido a mensagem abaixo: Para criarmos OUs e os seus respectivos objetos, vamos simular que temos os seguintes departamentos e usuários: Dep. Pessoal Financeiro Comercial TI Diretoria Pedro Silva Renata Oliveira Flávia Aguiar Ramires Santos Gustavo Peçanha Roberta Simões Jaqueline Souza Juliana Alves Daniel Gomes Júlio César Paula Abreu Samuel Barbosa Camila Soares Felipe Soares Paulo Almeida Rafaela Gonçalves Renato Martins Antes que criar as OUs relacionadas aos departamentos, costumo criar uma OU com o nome da empresa e dentro dela crio as demais. Prefiro desta forma pois axo que fica melhor a visualização. É comum criar também um grupo para cada departamento, em nosso caso um para cada OU. Estes grupos serão utilizados quando for necessário configurar permissões de acesso caso formos compartilhar arquivos através deste servidor. 17 P á g i n a

18 Vamos a prática: Resultado: Para criar os usuários, basta clicar em cima da OU com o botão direito, ir em New e em seguida User e preencha os campos requisitados. Em User logon name é o nome utilizado para o usuáro logar na rede. Não é recomendável o uso de acentuação. Ao utilizar o nome da pessoa é comum colocarmos o nome e o sobrenome para que não haja conflitos caso tenha outra pessoa com o mesmo primeiro nome. Tente criar o usuário com as opções padrão. Provavelmente você recebeu a mensagem abaixo por ter tentando criar o usuário com uma senha considerada simples/insegura: 18 P á g i n a

19 Cancele a criação do usuário e vamos ajustar a política de segurança do domínio para adequar-se ao nosso gosto. Abra Domain Security Policy dentro de Administrative Tools e siga até o item Password Policy: Vamos ver a descrição dos itens(em português): Aplicar histórico de senhas - Essa configuração de segurança determina o número de senhas novas e exclusivas que precisam ser associadas a uma conta de usuário antes que uma senha antiga possa ser reutilizada. O valor deve estar entre 0 e 24 senhas. Duração máxima da senha - Essa configuração de segurança determina o período de tempo (em dias) pelo qual uma senha pode ser utilizada antes de o sistema solicitar ao usuário a sua alteração. É possível configurar senhas para expirar após um intervalo entre 1 e 999 dias, ou especificar que as senhas nunca expirarão definindo o número de dias igual a 0. Se a duração máxima da senha estiver entre 1 e 999 dias, Duração mínima da senha deve ser menor que a duração máxima da senha. Se a duração máxima da senha for igual a 0, sua duração mínima pode ser qualquer valor entre 0 e 998 dias. Duração mínima da senha - Essa configuração de segurança determina o período de tempo (em dias) pelo qual uma senha deve ser utilizada antes que o usuário possa alterá-la. Você pode definir um valor entre 1 e 998 dias, ou pode permitir alterações imediatas definindo o número de dias como 0. A duração mínima da senha deve ser menor que a Duração máxima da senha, a menos que a segunda seja configurada como 0, indicando que as senhas nunca expiram. Se a duração máxima da senha for igual a 0, sua duração mínima pode ser qualquer valor entre 0 e 998. Configure a duração mínima da senha para ser superior a 0 se você desejar que Aplicar histórico de senhas seja efetivo. Sem uma duração mínima da senha, os usuários podem percorrer as senhas repetidas vezes até chegarem a uma antiga de sua preferência. A configuração padrão não segue essa recomendação de modo que um administrador possa especificar uma senha para um usuário e depois exigir que este altere a senha definida pelo administrador quando fizer logon. Se o histórico de senhas for definido como 0, o usuário não precisará escolher uma nova senha. Por esse motivo, Aplicar histórico de senhas é definido por padrão como 1. Comprimento mínimo da senha - Essa configuração de segurança determina o menor número de caracteres que a senha de uma conta de usuário pode conter. Você pode definir um valor entre 1 e 14 caracteres, ou pode estabelecer que não é necessário senha definindo o número de caracteres como 0. A senha deve satisfazer a requisitos de complexidade - Essa configuração de segurança determina se as senhas devem satisfazer a requisitos de complexidade. 19 P á g i n a

20 Se esta diretiva estiver ativada, as senhas precisarão atender aos seguintes requisitos mínimos: Não conter partes significativas do nome da conta do usuário ou o nome todo Ter pelo menos seis caracteres de comprimento Conter caracteres de três das quatro categorias a seguir: Caracteres maiúsculos do inglês (A-Z) Caracteres minúsculos do inglês (a-z) 10 dígitos básicos (0-9) Caracteres não-alfabéticos (por exemplo,!, $, #, %) Os requisitos de complexidade são impostos quando as senhas são criadas ou alteradas. Armazenar senhas usando criptografia reversível - Essa configuração de segurança determina se o sistema operacional armazena senhas usando criptografia reversível. Esta diretiva oferece suporte a aplicativos que usam protocolos que exigem o conhecimento da senha do usuário para fins de autenticação. Armazenar senhas usando criptografia reversível é basicamente o mesmo que armazenar versões das senhas em texto sem formatação. Por esse motivo, a diretiva jamais deve ser ativada, a menos que os requisitos de aplicativo sejam mais importantes que a necessidade de proteger as informações sobre senha. Essa diretiva é necessária no uso da autenticação protocolo de autenticação de handshake de desafio (CHAP) através de acesso remoto ou de serviços de autenticação de Internet (IAS). Ela também é necessária quando a autenticação Digest é usada em IIS (serviços de informações da Internet). Leia mais em Diretivas de Senha. Agora que vimos quais são as opções, eu já escolhi a minha: Aqui estamos fazendo apenas testes e aprendendo a trabalhar com essas políticas, porém é extremamente importante saber que esses pequenos detalhes fazem parte de uma mudança cultural de qualquer empresa e é algo que tem que ser bem transparente e tratado com cuidado. É de responsabilidade do cliente deve decidir quais opções escolher, mas é de nossa responsabilidade explicar estas opções e apontar o melhor caminho de acordo com o que o mesmo deseja. Com a configuração efetuada, normalmente é necessário executar o comando gpupdate /force no Executar e aguardar alguns minutos ou em alguns casos pode ser necessário a reinicialização do servidor. Pronto. Comece a criação dos nossos 17 usuários. 20 P á g i n a

21 100 usuários Antes de começarmos este tópico, aviso que é necessário um conhecimento mínimo de LDAP e seus atributos e também de Excel para que entendam e saibam como efetuar essa importação. Para aqueles que querem entender um pouco sobre LDAP: Você já imaginou o trabalho que teria caso precisasse criar 100 contas de usuários com os nomes completos, nome de usuário e as respectivas senhas? Existe uma maneira de facilitar este trabalho e irei demonstrar aqui como iremos fazer! Para realizar essa tarefa utilizaremos um programa chamado CSVDE. Ele é um programa nativo no Windows Server 2003 que nos permite importar/exportar objetos do AD para um arquivo em formato de texto. Descrição da sigla: Comma (Vírgula) Delimita os dados com uma vírgula. CSV é um formato ideal para o Excel. Separated (Separado) Divide uma string de dados de modo que cada propriedade se encaixe em uma coluna LDAP. Value (Valor) Focamos nos valores ao invés das propriedades. Data (Dados) Mais uma vez se concentre nas informações e não se preocupe com os objetos. Exchange (Troca) Move os dados da planilha para o AD e vice-versa. A descrição acima foi retirada do site Computer Performance e pode ser lida através deste link: Toda tradução foi feita livremente sem seguir fielmente o que estava escrito. Todo o conteúdo sobre CSVDE foi absolvido do site citado acima com adaptações e modificações minha. Caso você tenha uma boa leitura em inglês, recomendo ler diretamente do site também. Traduzindo a sigla CSVDE, ficaria algo como: Troca de dados através de valores separados por vírgula. Através dos atributos do LDAP iremos determinar quais campos queremos preencher (Primeiro Nome, Segundo Nome, Descrição, etc). Utilizaremos os seguintes atributos: 21 P á g i n a

22 O arquivo CSV terá o seguinte formato: Copie, salve com qualquer nome.csv: objectclass,givenname,cn,description,displayname,samaccountname,dn user,usuário 1,Usuário 1 Sobrenome,Comercial,Usuário 1 Sobrenome,usuario1,"CN=Usuário 1 Sobrenome,OU=Comercial,OU=WESK,DC=WESK,DC=INTRANET" Vamos abrir este arquivo no Excel: Ao abrir a janela, siga os passos: Escolha a opção Delimitado e avance. Deixe apenas as opções Vírgula e Considerar delimitadores consecutivos como um só: " marcadas e conclua. O resultado será esse: Um macete para que você não precise digitar toda vez o atributo DN é o seguinte: Apague a célula G2 onde estará o valor CN=Usuário 1 So... Copie o conteúdo abaixo: = "CN=" & C2 & ",OU=" & D2 & ",OU=WESK,DC=WESK,DC=INTRANET" Na célula G2, pressione F2, cole o conteúdo e pressione ENTER. Lembre-se que DN é a identificação única do objeto. Veja como ficou: CN=Usuário 1 Sobrenome,OU=Comercial,OU=WESK,DC=WESK,DC=INTRANET Nome do objeto + Caminho + Dominio. 22 P á g i n a

23 Com todos os usuários criados (Até o Usuário 100): Vamos salvar o arquivo para importá-lo no servidor. Após salvar o arquivo, perceba que o Excel salva com ; ao invés da vírgula e ele remove as aspas também. Utilizando o próprio Word ou então o Notepad++ como eu costumo fazer, eu simplesmente substituo o ; pela, e adiciono as aspas em seu devido lugar: 23 P á g i n a

24 O resultado será este: Podemos apenas selecionar tudo e copiar o conteúdo e em seguida criar um arquivo já no servidor e colar as informações. Com o arquivo salvo, vamos importá-lo: Lembrem-se que eu já havia criado as OUs: WESK o Comercial o Dep. Pessoal o Diretoria o Financeiro o TI Para criar as OUs através do arquivo CSV, simplesmente crie o arquivo com o conteúdo abaixo e importe-o da mesma forma que fizemos com os usuários: DN,objectClass "OU=WESK,DC=WESK,DC=INTRANET",organizationalUnit "OU=Comercial,OU=WESK,DC=WESK,DC=INTRANET",organizationalUnit "OU=Dep. Pessoal,OU=WESK,DC=WESK,DC=INTRANET",organizationalUnit "OU=Diretoria,OU=WESK,DC=WESK,DC=INTRANET",organizationalUnit "OU=Financeiro,OU=WESK,DC=WESK,DC=INTRANET",organizationalUnit "OU=TI,OU=WESK,DC=WESK,DC=INTRANET",organizationalUnit 24 P á g i n a

25 O resultado da importação dos usuários será este: Configurando os usuários através de comandos Lembre-se que no próprio arquivo eu já havia configurado para onde os usuários iriam. Desta forma ficou dividido entre as OUs criadas anteriormente. Se você observar a imagem, perceberá um X nos usuários. Este X indica que o usuário está desativado. Talvez você esteja se perguntando: Mas peraí... Eu tive esse trabalho para poupar tempo de criar os usuários manualmente, mas pelo visto terei que ativar todos os 100 usuários manualmente?! A resposta é... NÃO! Da mesma forma que temos um jeito mais prático de criar grandes quantidades de usuários, também temos formas mais práticas de ativar os usuários, configurar uma senha para eles, entre outras personalizações. No prompt de comando vamos utilizar dois programas, o DSQuery que é utilizado para efetuar pesquisas no AD de acordo com critérios que especificarmos. Também utilizaremos o DSMod para efetuarmos as devidas configurações nos objetos do AD. Utilizem o comando abaixo: DSQuery user "OU=WESK,DC=WESK,DC=INTRANET" -name * -Limit 0 Entendendo os parâmetros: user Tipo de objeto. "OU=WESK,DC=WESK,DC=INTRANET" Caminho do(s) objeto(s). -name * Retorna o (s)objeto(s) independente do nome. -Limit 0 Retorna o resultado independente da quantidade. 25 P á g i n a

26 O resultado deverá ser este: Agora vamos efetuar a pesquisa novamente e já adicionar o comando DSMod para que o resultado, no caso os usuários, sejam alterados: DSQuery user "OU=WESK,DC=WESK,DC=INTRANET" -name * -Limit 0 DSMod user -disabled no O comando DSMod utilizado, faz com que o parâmetro disabled do objeto seja alterado para no ou seja, o objeto passa a ter o status de ativado: DSMod user disabled no O resultado deverá ser este: 26 P á g i n a

27 Agora, vá no AD, clique em alguma OU e pressione o F5 para ver que os usuários foram ativados com sucesso! Utilize o comando DSMod user /? para ter as mais diversas opções de configuração dos usuários. Como por exemplo: Password never expires / Senha nunca expira: DSQuery user "OU=WESK,DC=WESK,DC=INTRANET" -name * -Limit 0 DSMod user -pwdneverexpires yes A senha dos usuários é configurada para DSQuery user "OU=WESK,DC=WESK,DC=INTRANET" -name * -Limit 0 DSMod user -pwd 27 P á g i n a

28 Final Encerramos por aqui. No WESK.INFO você encontrará outros textos relacionados ao Windows Server. Espero que tenha conseguido passar um pouco de conhecimento para quem leu! Qualquer comentário sobre este documento pode ser enviado através do ou ou ainda pelo próprio tópico no site. Não pude revisar o documento da forma que queria, então caso encontre algum erro grotesco peço que me informe para tomar as devidas providências. Não posso deixar de recomendar alguns links que me ajudaram e ajudarão vocês nos estudos: Existem dezenas de sites interessantes sobre o assunto, basta dar uma googlada por aí. Abraços. Bruno Carvalho (whit3_sh4rk / wesk) Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. 28 P á g i n a

Instalação e Configuração do AD DS no Windows Server 2012 R2 INSTALAÇÃO DO SERVIÇOS DE DOMÍNIO DO ACTIVE DIRECTORY (AD DS)

Instalação e Configuração do AD DS no Windows Server 2012 R2 INSTALAÇÃO DO SERVIÇOS DE DOMÍNIO DO ACTIVE DIRECTORY (AD DS) Instalação e Configuração do AD DS no Windows Server 2012 R2 Sumário... 2 Criando as Unidades Organizacionais... 16 Criando Grupos... 17 Criação de Usuários.... 20 Habilitando a Lixeira do AD DS.... 24

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS FUNDAMENTOS DE Visão geral sobre o Active Directory Um diretório é uma estrutura hierárquica que armazena informações sobre objetos na rede. Um serviço de diretório,

Leia mais

Tutorial 02 Promovendo o Windows 2000/2003 Server a um Controlador de Domínio

Tutorial 02 Promovendo o Windows 2000/2003 Server a um Controlador de Domínio Tutorial 02 Promovendo o Windows 2000/2003 Server a um Controlador de Domínio Muitos tutoriais iniciam a explicação do processo em uma fase adiantada, ou seja, considerando que o leitor já sabe algumas

Leia mais

INSTALANDO E CONFIGURANDO O ACTIVE DIRECTORY NO WINDOWS SERVER 2008

INSTALANDO E CONFIGURANDO O ACTIVE DIRECTORY NO WINDOWS SERVER 2008 INSTALANDO E CONFIGURANDO O ACTIVE DIRECTORY NO WINDOWS SERVER 2008 Objetivo Esse artigo tem como objetivo demonstrar como instalar e configurar o Active Directory no Windows Server 2008. Será também apresentado

Leia mais

Sophos SafeGuard Enterprise 6.00.1

Sophos SafeGuard Enterprise 6.00.1 Sophos SafeGuard Enterprise 6.00.1 Guia: Manual de instalação do Sophos SafeGuard Enterprise 6.00.1 Data do Documento: novembro de 2012 1 Conteúdo 1. Sobre este manual... 3 2. Requisitos de Sistema...

Leia mais

Como instalar o Active Directory no Windows Server 2003

Como instalar o Active Directory no Windows Server 2003 Como instalar o Active Directory no Windows Server 2003 Po r Artur Higash iyama Primeiro assegure se que o seu servidor e a sua rede estão funcionando conforme o artigo "Requisitos e Recomendações para

Leia mais

Sistemas Operacionais de Rede INTRODUÇÃO AO ACTIVE DIRECTORY

Sistemas Operacionais de Rede INTRODUÇÃO AO ACTIVE DIRECTORY Sistemas Operacionais de Rede INTRODUÇÃO AO ACTIVE DIRECTORY Conteúdo Programático! Introdução ao Active Directory (AD)! Definições! Estrutura Lógica! Estrutura Física! Instalação do Active Directory (AD)!

Leia mais

STK (Start Kit DARUMA) Conectando-se diretamente a sua aplicação via TS com o MT1000 Daruma

STK (Start Kit DARUMA) Conectando-se diretamente a sua aplicação via TS com o MT1000 Daruma STK (Start Kit DARUMA) Conectando-se diretamente a sua aplicação via TS com o MT1000 Daruma Neste STK apresentaremos como configurar seu servidor Windows 2008 R2 para abrir diretamente sua aplicação ao

Leia mais

Técnico em informática ti 54 Configuração de serviços de rede no Windows 2003 server. 2003 Ser ver Enterprise

Técnico em informática ti 54 Configuração de serviços de rede no Windows 2003 server. 2003 Ser ver Enterprise 2003 Ser ver Enterprise Esta matéria está dividida em três tutoriais, que se complementam: Ao término, você será capaz de: 1. Instalar e configurar o DNS Server Eae galera seguinte vamos ao nosso passo

Leia mais

O que um Servidor Samba faz?

O que um Servidor Samba faz? O que é o Samba? O Samba é um "software servidor" para Linux (e outros sistemas baseados em Unix) que permite o gerenciamento e compartilhamento de recursos em redes formadas por computadores com o Windows

Leia mais

Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7

Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7 Guia de Atualização do Windows XP para Windows 7 Conteúdo Etapa 1: Saiba se o computador está pronto para o Windows 7... 3 Baixar e instalar o Windows 7 Upgrade Advisor... 3 Abra e execute o Windows 7

Leia mais

COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) OUTUBRO/2010

COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) OUTUBRO/2010 PROCEDIMENTOS DE CONFIGURAÇÃO DO AD, DNS E DHCP COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) OUTUBRO/2010 Rua do Rouxinol, N 115 / Salvador Bahia CEP: 41.720-052 Telefone: (71) 3186-0001. Email: cotec@ifbaiano.edu.br

Leia mais

Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Sistemas Operacionais de Rede

Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Sistemas Operacionais de Rede Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Sistemas Operacionais de Rede Um serviço de diretório, como o Active Directory, fornece os métodos para armazenar os dados de diretório (informações sobre objetos

Leia mais

Usando o Outlook MP Geral

Usando o Outlook MP Geral Usando o Outlook MP Geral Este guia descreve o uso do Outlook MP. Este guia é baseado no uso do Outlook MP em um PC executando o Windows 7. O Outlook MP pode ser usado em qualquer tipo de computador e

Leia mais

Configurando o IIS no Server 2003

Configurando o IIS no Server 2003 2003 Ser ver Enterprise Objetivo Ao término, você será capaz de: 1. Instalar e configurar um site usando o IIS 6.0 Configurando o IIS no Server 2003 Instalando e configurando o IIS 6.0 O IIS 6 é o aplicativo

Leia mais

3. No painel da direita, dê um clique com o botão direito do mouse em qualquer espaço livre (área em branco).

3. No painel da direita, dê um clique com o botão direito do mouse em qualquer espaço livre (área em branco). Permissões de compartilhamento e NTFS - Parte 2 Criando e compartilhando uma pasta - Prática Autor: Júlio Battisti - Site: www.juliobattisti.com.br Neste tópico vamos criar e compartilhar uma pasta chamada

Leia mais

Manual. Configuração do. Samba. Compartilhamento e Servidor Samba Linux. Produzido por: Sergio Graças Desenvolvedor do Projeto GNU/Linux VRlivre

Manual. Configuração do. Samba. Compartilhamento e Servidor Samba Linux. Produzido por: Sergio Graças Desenvolvedor do Projeto GNU/Linux VRlivre Manual Configuração do Samba Compartilhamento e Servidor Samba Linux Produzido por: Sergio Graças Desenvolvedor do Projeto GNU/Linux VRlivre Manual Configuração do Samba Compartilhamento e Servidor Samba

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SERVIÇOS IMPRESSÃO. Professor Carlos Muniz

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SERVIÇOS IMPRESSÃO. Professor Carlos Muniz ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS OPERACIONAIS SERVIÇOS IMPRESSÃO Serviços de impressão Os serviços de impressão permitem compartilhar impressoras em uma rede, bem como centralizar as tarefas de gerenciamento

Leia mais

Atualizando do Windows XP para o Windows 7

Atualizando do Windows XP para o Windows 7 Atualizando do Windows XP para o Windows 7 Atualizar o seu PC do Windows XP para o Windows 7 requer uma instalação personalizada, que não preserva seus programas, arquivos ou configurações. Às vezes, ela

Leia mais

Instalando e configurando o Active Directory Windows Server 2008 R2 em ambiente virtual (VirtualBox)

Instalando e configurando o Active Directory Windows Server 2008 R2 em ambiente virtual (VirtualBox) Instalando e configurando o Active Directory Windows Server 2008 R2 em ambiente virtual (VirtualBox) Objetivo: Instalar e configurar o serviço de diretório da Microsoft AD DS (Active Directory Domain Services).

Leia mais

Manual de Instalação: Agente do OCS Inventory NG

Manual de Instalação: Agente do OCS Inventory NG Manual de Instalação: Agente do OCS Inventory NG Abril 2013 Sumário 1. Agente... 1 2. Onde instalar... 1 3. Etapas da Instalação do Agente... 1 a. Etapa de Instalação do Agente... 1 b. Etapa de Inserção

Leia mais

Instalando e Configurando o DNS Server

Instalando e Configurando o DNS Server Instalando e Configurando o DNS Server Seg, 27 de Outubro de 2008 18:02 Escrito por Daniel Donda A instalação do serviço DNS no Windows Server 2008 é bem simples e de extrema importância para uma rede.

Leia mais

Introdução ao Active Directory AD

Introdução ao Active Directory AD Introdução ao Active Directory AD Curso Técnico em Redes de Computadores SENAC - DF Professor Airton Ribeiro O Active Directory, ou simplesmente AD como é usualmente conhecido, é um serviço de diretórios

Leia mais

Conteúdo Programático

Conteúdo Programático Conteúdo Programático Introdução ao Active (AD) Definições Estrutura Lógica Estrutura Física Instalação do Active (AD) Atividade Prática 1 Definições do Active Em uma rede do Microsoft Windows Server 2003,

Leia mais

Sistemas Operacionais. Curso Técnico Integrado Profa: Michelle Nery

Sistemas Operacionais. Curso Técnico Integrado Profa: Michelle Nery Sistemas Operacionais Curso Técnico Integrado Profa: Michelle Nery Conteúdo Programático CONTAS DE E GRUPOS DE O Microsoft Management Console - MMC Permissões de Segurança de um Console Contas de Usuários

Leia mais

Cliente Microsoft Outlook do Avaya Modular Messaging Versão 5.0

Cliente Microsoft Outlook do Avaya Modular Messaging Versão 5.0 Cliente Microsoft Outlook do Avaya Modular Messaging Versão 5.0 Importante: as instruções contidas neste guia só serão aplicáveis se seu armazenamento de mensagens for Avaya Message Storage Server (MSS)

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Se ainda tiver dúvidas entre em contato com a equipe de atendimento: Por telefone: 0800 642 3090 Por e-mail atendimento@oisolucoespraempresas.com.br Introdução... 3 1. O que é o programa Oi Backup Empresarial?...

Leia mais

Manual de baixa do Certificado Digital AR SOLUTI. Versão 2.0 de 22 de Maio de 2014. Classificação: Ostensiva

Manual de baixa do Certificado Digital AR SOLUTI. Versão 2.0 de 22 de Maio de 2014. Classificação: Ostensiva Catalogação do Documento Titulo Classificação Versão 2.0 de 22 de Maio de 2014 Autor Raphael Reis Aprovador Bruno Barros Número de páginas 43 Página 2 de 43 Sumário 1 Sistema operacional compatível para

Leia mais

Informática - Básico. Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp

Informática - Básico. Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp Informática - Básico Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp Índice Apresentação...06 Quais são as características do Windows?...07 Instalando o Windows...08 Aspectos Básicos...09 O que há na tela do Windows...10

Leia mais

AULA 6: SERVIDOR DNS EM WINDOWS SERVER

AULA 6: SERVIDOR DNS EM WINDOWS SERVER AULA 6: SERVIDOR DNS EM WINDOWS SERVER Objetivo: Instalar e detalhar o funcionamento de um Servidor de DNS (Domain Name System) no sistema operacional Microsoft Windows 2003 Server. Ferramentas: - ISO

Leia mais

Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Redes de Computadores II

Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Redes de Computadores II Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Redes de Computadores II Em um computador baseado no Windows, você pode compartilhar arquivos entre usuários remotos (outro computador). Os usuários remotos se conectam

Leia mais

Procedimentos para Reinstalação do Sisloc

Procedimentos para Reinstalação do Sisloc Procedimentos para Reinstalação do Sisloc Sumário: 1. Informações Gerais... 3 2. Criação de backups importantes... 3 3. Reinstalação do Sisloc... 4 Passo a passo... 4 4. Instalação da base de dados Sisloc...

Leia mais

Guia passo a passo de introdução ao Microsoft Windows Server Update Services 3.0

Guia passo a passo de introdução ao Microsoft Windows Server Update Services 3.0 Guia passo a passo de introdução ao Microsoft Windows Server Update Services 3.0 Microsoft Corporation Autor: Susan Norwood Editor: Craig Liebendorfer Resumo Este guia fornece instruções para começar a

Leia mais

Neste tutorial apresentarei o serviço DFS Distributed File System. Veremos quais as vantagens

Neste tutorial apresentarei o serviço DFS Distributed File System. Veremos quais as vantagens Neste tutorial apresentarei o serviço DFS Distributed File System. Veremos quais as vantagens em utilizar este serviço para facilitar a administração de pastas compartilhadas em uma rede de computadores.

Leia mais

Apresentação. Estamos à disposição para quaisquer dúvidas e sugestões! Atenciosamente, Equipe do Portal UNESC

Apresentação. Estamos à disposição para quaisquer dúvidas e sugestões! Atenciosamente, Equipe do Portal UNESC Sumário Apresentação... 1 1. Orientações Iniciais... 2 2. Recursos... 4 2.1 Rótulos... 4 2.2 Página de Texto Simples... 8 2.3 Página de Texto Formatado... 12 2.4 Site... 16 2.5 Arquivo... 21 2.6 Pasta

Leia mais

W-R2000nl Guia de instalação

W-R2000nl Guia de instalação W-R2000nl Guia de instalação Sumário Introdução...3 Instalação...5 Configurando seu computador...6 Acessando a tela de configurações...7 Configuração de Roteamento...8 Trocando senha de sua rede sem fio...13

Leia mais

Data: 22 de junho de 2004. E-mail: ana@lzt.com.br

Data: 22 de junho de 2004. E-mail: ana@lzt.com.br Data: 22 de junho de 2004. E-mail: ana@lzt.com.br Manual do Suporte LZT LZT Soluções em Informática Sumário VPN...3 O que é VPN...3 Configurando a VPN...3 Conectando a VPN... 14 Possíveis erros...16 Desconectando

Leia mais

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Goiânia, 16/09/2013 Aluno: Rafael Vitor Prof. Kelly Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Objetivo Esse tutorial tem como objetivo demonstrar como instalar e configurar o IIS 7.0 no Windows Server

Leia mais

Etapa 1: Limpar o computador e executar o Windows Update

Etapa 1: Limpar o computador e executar o Windows Update Usuários do Windows 7: Tente usar o utilitário de diagnóstico gratuito da HP para ajudá-lo a encontrar o melhor driver! IMPORTANTE: Você deve seguir estas soluções na ordem que são apresentadas para resolver

Leia mais

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Goiânia, 16/09/2013 Aluno: Rafael Vitor Prof. Kelly Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Objetivo Esse tutorial tem como objetivo demonstrar como instalar e configurar o IIS 7.0 no Windows Server

Leia mais

O sistema operacional recomendado deve ser o Windows 2003, Windows 2000 ou Windows XP (nessa ordem de recomendação).

O sistema operacional recomendado deve ser o Windows 2003, Windows 2000 ou Windows XP (nessa ordem de recomendação). Módulo Nota Fiscal Eletrônica Sispetro Roteiro de Instalação Módulo Autenticador NFE Pré-Requisitos O sistema operacional recomendado deve ser o Windows 2003, Windows 2000 ou Windows XP (nessa ordem de

Leia mais

INICIANDO A INSTALAÇÃO

INICIANDO A INSTALAÇÃO INICIANDO A INSTALAÇÃO Abra o leitor de CD do computador que será dedicado ao ÚnicoNET. Coloque o CD que acabamos de gravar com o NERO EXPRESS e reinicie o HARDWARE (CTRL+ALT+DEL), caso não consiga reiniciar

Leia mais

3.16 MANUAL DE INSTALAÇÃO E SUPORTE

3.16 MANUAL DE INSTALAÇÃO E SUPORTE 3.16 MANUAL DE INSTALAÇÃO E SUPORTE PASSWORD INTERATIVA SISTEMAS LTDA. - www.pwi.com.br - pwi@pwi.com.br R. Prof. Carlos Reis, 39 - São Paulo SP 05424-020 Tel: - 2127-7676 - Fax: 11-3097-0042 1 Índice

Leia mais

Advanced Group Policy Management (AGPM) 2.5

Advanced Group Policy Management (AGPM) 2.5 Advanced Group Policy Management (AGPM) 2.5 Última revisão feita em 02 de Setembro de 2008. Objetivo Neste artigo iremos conhecer um dos cinco componentes do MDOP 2008. Você vai aprender sobre o Advanced

Leia mais

Instruções de uso do TABNET. Linha, Coluna e Conteúdo

Instruções de uso do TABNET. Linha, Coluna e Conteúdo O Tabnet, aplicativo desenvolvido pelo Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DATASUS), permite ao usuário fazer tabulações de bases de dados on-line e foi gentilmente cedido para disponibilização

Leia mais

Obs: É necessário utilizar um computador com sistema operacional Windows 7.

Obs: É necessário utilizar um computador com sistema operacional Windows 7. Instalando os Pré-Requisitos Os arquivos dos 'Pré-Requisitos' estão localizados na pasta Pré-Requisitos do CD HyTracks que você recebeu. Os arquivos também podem ser encontrados no servidor. (www.hytracks.com.br/pre-requisitos.zip).

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES. Professor Carlos Muniz

SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES. Professor Carlos Muniz SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES Professor Carlos Muniz Atualizar um driver de hardware que não está funcionando adequadamente Caso tenha um dispositivo de hardware que não esteja funcionando corretamente

Leia mais

Dicas para usar melhor o Word 2007

Dicas para usar melhor o Word 2007 Dicas para usar melhor o Word 2007 Quem está acostumado (ou não) a trabalhar com o Word, não costuma ter todo o tempo do mundo disponível para descobrir as funcionalidades de versões recentemente lançadas.

Leia mais

Instalando e usando o Document Distributor 1

Instalando e usando o Document Distributor 1 Instalando e usando o 1 O é composto por pacotes de software do servidor e do cliente. O pacote do servidor deve ser instalado em um computador Windows NT, Windows 2000 ou Windows XP. O pacote cliente

Leia mais

Roteiro 5: Responsabilidades do AD / Gerenciamento de usuários

Roteiro 5: Responsabilidades do AD / Gerenciamento de usuários Roteiro 5: Responsabilidades do AD / Gerenciamento de usuários Objetivos: Detalhar e Definir responsabilidades em controladores de domínio; Configurar propriedades de contas de usuários; Gerenciar perfis

Leia mais

Alternate Technologies Fevereiro/2013. FórmulaCerta Procedimentos para Atualização Versão 5.8 (Fevereiro/2013)

Alternate Technologies Fevereiro/2013. FórmulaCerta Procedimentos para Atualização Versão 5.8 (Fevereiro/2013) FórmulaCerta Procedimentos para Atualização Versão 5.8 () 1 Sumário: PROCEDIMENTOS PARA ATUALIZAÇÃO VERSÃO 5.8... 4 ATUALIZAÇÃO DO SISTEMA VIA CD... 6 1º Passo Atualizações e Alterações da Versão 5.8...

Leia mais

Como instalar Windows XP

Como instalar Windows XP Como instalar Windows XP 1 Como instalar Windows XP Existem 2 opções para instalar XP: Opção A: para micro novo sem Sistema Operacional instalado (Exemplo de sistema operacional:windows 98, Windows 2000,

Leia mais

Implementando e Gerenciando Diretivas de Grupo

Implementando e Gerenciando Diretivas de Grupo Implementando e Gerenciando Diretivas de João Medeiros (joao.fatern@gmail.com) 1 / 37 Introdução a diretivas de grupo - GPO Introdução a diretivas de grupo - GPO Introdução a diretivas de grupo Criando

Leia mais

GUIA DE CONFIGURAÇÃO AUTENTICAÇÃO TRANSPARENTE DO PROXY COM O ACTIVE DIRECTORY

GUIA DE CONFIGURAÇÃO AUTENTICAÇÃO TRANSPARENTE DO PROXY COM O ACTIVE DIRECTORY GUIA DE CONFIGURAÇÃO AUTENTICAÇÃO TRANSPARENTE DO PROXY COM O ACTIVE DIRECTORY AUTENTICAÇÃO TRANSPARENTE DO PROXY COM ACTIVE DIRECTORY 1- Preparando o Netdeep Secure O DNS primário do firewall precisa

Leia mais

Active Directory - Criação de seu primeiro domínio Windows 2003

Active Directory - Criação de seu primeiro domínio Windows 2003 Active Directory - Criação de seu primeiro domínio Windows 2003 O Active Directory é o serviço de diretório utilizado em uma rede Windows 2003. O AD, sendo um serviço de diretório, serve à nossa rede como

Leia mais

MANUAL DE FTP. Instalando, Configurando e Utilizando FTP

MANUAL DE FTP. Instalando, Configurando e Utilizando FTP MANUAL DE FTP Instalando, Configurando e Utilizando FTP Este manual destina-se auxiliar os clientes e fornecedores da Log&Print na instalação, configuração e utilização de FTP O que é FTP? E o que é um

Leia mais

Guia passo a passo de introdução ao Microsoft Windows Server Update Services

Guia passo a passo de introdução ao Microsoft Windows Server Update Services Guia passo a passo de introdução ao Microsoft Windows Server Update Services Microsoft Corporation Publicação: 14 de março de 2005 Autor: Tim Elhajj Editor: Sean Bentley Resumo Este documento fornece instruções

Leia mais

INSTALAÇÃO DO MICROSOFT WINDOWS SHAREPOINT SERVICES 2.0

INSTALAÇÃO DO MICROSOFT WINDOWS SHAREPOINT SERVICES 2.0 CAPÍTULO 18 INSTALANDO E CONFIGURANDO O MICROSOFT OFFICE PROJECT SERVER 2003 INSTALAÇÃO DO MICROSOFT WINDOWS SHAREPOINT SERVICES 2.0 Antes de começar a instalação do Microsoft Office Project Server 2003

Leia mais

Guia de administração. BlackBerry Professional Software para Microsoft Exchange. Versão: 4.1 Service pack: 4B

Guia de administração. BlackBerry Professional Software para Microsoft Exchange. Versão: 4.1 Service pack: 4B BlackBerry Professional Software para Microsoft Exchange Versão: 4.1 Service pack: 4B SWD-313211-0911044452-012 Conteúdo 1 Gerenciando contas de usuários... 7 Adicionar uma conta de usuário... 7 Adicionar

Leia mais

Manual do Google agenda. criação e compartilhamento de agendas

Manual do Google agenda. criação e compartilhamento de agendas Manual do Google agenda criação e compartilhamento de agendas 1 O que é o Google Agenda? Google Agenda é um serviço de agenda on line gratuito do Google, onde você pode anotar compromissos e tarefas, organizando

Leia mais

Moodle FTEC Versão 2.0 Manual do Usuário Acesse a área de LOGIN do site da FTEC www.ftec.com.br

Moodle FTEC Versão 2.0 Manual do Usuário Acesse a área de LOGIN do site da FTEC www.ftec.com.br Moodle FTEC Versão 2.0 Manual do Usuário Acesse a área de LOGIN do site da FTEC www.ftec.com.br Índice Como acessar o Moodle Editando seu PERFIL Editando o curso / disciplina no Moodle Incluindo Recursos

Leia mais

Excel 2010 Modulo II

Excel 2010 Modulo II Excel 2010 Modulo II Sumário Nomeando intervalos de células... 1 Classificação e filtro de dados... 3 Subtotais... 6 Validação e auditoria de dados... 8 Validação e auditoria de dados... 9 Cenários...

Leia mais

Mac OS X 10.6 Snow Leopard Guia de instalação e configuração

Mac OS X 10.6 Snow Leopard Guia de instalação e configuração Mac OS X 10.6 Snow Leopard Guia de instalação e configuração Leia este documento antes de instalar o Mac OS X. Ele inclui informações importantes sobre como instalar o Mac OS X. Requisitos do sistema Para

Leia mais

Configuração de DNS em Windows Servidor 2008

Configuração de DNS em Windows Servidor 2008 Reflexão Turma S-12-ano lectivo-2010-1011 Formador-João Afonso Formando-Pedro Gonçalves 14 Unidade: 14 Configuração de DNS em Windows Servidor 2008 Instalar o DNS 1. Abra o Servidor Manager Start\Administrative

Leia mais

Instalando e Configurando o DNS Server

Instalando e Configurando o DNS Server Instalando e Configurando o DNS Server Seg, 27 de Outubro de 2008 18:02 Escrito por Daniel Donda Tw eetar 0 Like 0 A instalação do serviço DNS no Windows Server 2008 é bem simples e de extrema importancia

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração do SQL Express

Manual de Instalação e Configuração do SQL Express Manual de Instalação e Configuração do SQL Express Data alteração: 19/07/11 Pré Requisitos: Acesse o seguinte endereço e faça o download gratuito do SQL SRVER EXPRESS, conforme a sua plataforma x32 ou

Leia mais

Tutorial de Active Directory Parte 3

Tutorial de Active Directory Parte 3 Tutorial de Active Directory Parte 3 Introdução Prezados leitores, esta é a terceira parte de uma série de tutoriais sobre o Active Directory. O Active Directory foi a grande novidade introduzida no Windows

Leia mais

Active Directory Windows 2000 Server

Active Directory Windows 2000 Server 1 Active Directory Windows 2000 Server Essa tela é exibida após a configuração e a ativação, onde é informado o nome do domínio, entre outras configurações não essenciais para nosso presente estudo. 2

Leia mais

Instalação, configuração e manual

Instalação, configuração e manual Cardápio Moura Instalação, configuração e manual Conteúdo Instalação... 4 Requisitos mínimos... 4 Windows 8... 5 Instalação do IIS no Windows 8... 5 Configuração do IIS no WINDOWS 8... 15 Windows 7...

Leia mais

Manual. Pedido Eletrônico

Manual. Pedido Eletrônico Manual Pedido Eletrônico ÍNDICE 1. Download... 3 2. Instalação... 4 3. Sistema de Digitação SantaCruz... 8 3.1. Configuração... 8 4. Utilização do Sistema Digitação SantaCruz... 11 4.1. Atualizar cadastros...11

Leia mais

Manual de baixa do Certificado Digital AR SOLUTI. Versão 2.0 de 7 de Maio de 2014. Classificação: Ostensiva

Manual de baixa do Certificado Digital AR SOLUTI. Versão 2.0 de 7 de Maio de 2014. Classificação: Ostensiva Catalogação do Documento Titulo Classificação Versão 2.0 de 7 de Maio de 2014 Autor Raphael Reis Aprovador Bruno Barros Número de páginas 57 Página 2 de 57 Sumário 1 Sistema operacional compatível para

Leia mais

Tutorial feito por Michell MGS TI Ensinando e Aprendendo (O Dia de amanhã a Deus pertence).

Tutorial feito por Michell MGS TI Ensinando e Aprendendo (O Dia de amanhã a Deus pertence). 1 - Instalando o Windows Server 2003 Enterprise Edition R1 e R2. 2 - Criando um nome para o Servidor. 3 - Adicionando IP fixo ao servidor. 1 - Insira o CD do Windows Server 2003 no drive de CD ROM e siga

Leia mais

STK (Start Kit DARUMA) Instalando a App Windows 8 Daruma e emitindo cupons em uma Impressora Fiscal

STK (Start Kit DARUMA) Instalando a App Windows 8 Daruma e emitindo cupons em uma Impressora Fiscal STK (Start Kit DARUMA) Instalando a App Windows 8 Daruma e emitindo cupons em uma Impressora Fiscal Neste STK apresentaremos como instalar a APP Windows 8 Daruma em um tablet Surface com Windows 8 e como

Leia mais

1. Introdução. 2. Funcionamento básico dos componentes do Neteye

1. Introdução. 2. Funcionamento básico dos componentes do Neteye 1. Introdução Esse guia foi criado com o propósito de ajudar na instalação do Neteye. Para ajuda na utilização do Software, solicitamos que consulte os manuais da Console [http://www.neteye.com.br/help/doku.php?id=ajuda]

Leia mais

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1 MANUAL DO USUÁRIO Índice 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 2.1. Instalação... 4 2.1.1. Servidor - Computador Principal... 4 2.1.2. Estação - Computador na Rede... 6 2.1.3. Estação - Mapeamento

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE ESCOLA AGRÍCOLA DE JUNDIAÍ EAJ - PRONATEC / REDE etec MÓDULO III DESENVOLVIMENTO PROFESSOR ADDSON COSTA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE ESCOLA AGRÍCOLA DE JUNDIAÍ EAJ - PRONATEC / REDE etec MÓDULO III DESENVOLVIMENTO PROFESSOR ADDSON COSTA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE ESCOLA AGRÍCOLA DE JUNDIAÍ EAJ - PRONATEC / REDE etec MÓDULO III DESENVOLVIMENTO PROFESSOR ADDSON COSTA RESUMO DE AULA CRIAÇÃO E MANIPULAÇÃO DO BANCO DE DADOS

Leia mais

Manual de Administração

Manual de Administração Manual de Administração Produto: NDDigital n-access Versão: 4.2 Versão do Doc.: 1.1 Autor: Lucas Santini Data: 27/04/2011 Aplica-se à: NDDigital n-billing Detalhamento de Alteração do Documento Alterado

Leia mais

10.2.1.7 Lab - Proteção de Contas, Dados e do Computador no Windows 7

10.2.1.7 Lab - Proteção de Contas, Dados e do Computador no Windows 7 IT Essentials 5.0 10.2.1.7 Lab - Proteção de Contas, Dados e do Computador no Windows 7 Imprima e preencha este laboratório. Neste laboratório, você irá aprender a como proteger contas, dados e o computador

Leia mais

Introdução ao Tableau Server 7.0

Introdução ao Tableau Server 7.0 Introdução ao Tableau Server 7.0 Bem-vindo ao Tableau Server; Este guia orientará você pelas etapas básicas de instalação e configuração do Tableau Server. Em seguida, usará alguns dados de exemplo para

Leia mais

G-Bar IGV. Instalação Versão 4.0

G-Bar IGV. Instalação Versão 4.0 G-Bar Software para Gerenciamento de Centrais de Corte e Dobra de Aço IGV Software Interpretador/ Gerenciador/ Visualizador de dados digitais de projetos CAD-TQS Instalação Versão 4.0 Manual do Usuário

Leia mais

SIGEP WEB - Gerenciador de Postagens dos Correios Manual do Usuário

SIGEP WEB - Gerenciador de Postagens dos Correios Manual do Usuário MANUAL DO USUÁRIO 2 ÍNDICE 1. PRÉ REQUISITOS PARA UTILIZAÇÃO DO SIGEP WEB 04 2. PROCEDIMENTOS PARA DOWNLOAD DO SISTEMA 04 3. INSTALANDO O SIGEP WEB 07 4. CONFIGURAÇÕES DO SISTEMA 09 COMPARTILHANDO O BANCO

Leia mais

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial 2 1. O Sistema PrinterTux O Printertux é um sistema para gerenciamento e controle de impressões. O Produto consiste em uma interface web onde o administrador efetua o cadastro

Leia mais

STK (Start Kit DARUMA) Utilizando conversor Serial/Ethernet com Mini-Impressora DR600/DR700.

STK (Start Kit DARUMA) Utilizando conversor Serial/Ethernet com Mini-Impressora DR600/DR700. STK (Start Kit DARUMA) Utilizando conversor Serial/Ethernet com Mini-Impressora DR600/DR700. Neste STK mostraremos como comunicar com o conversor Serial/Ethernet e instalar o driver Genérico Somente Texto

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM HYPER-V

GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM HYPER-V GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM HYPER-V GUIA DE INSTALAÇÃO NETDEEP SECURE COM HYPER-V 1- Visão Geral Neste manual você aprenderá a instalar e fazer a configuração inicial do seu firewall Netdeep

Leia mais

Instruções de operação Guia de segurança

Instruções de operação Guia de segurança Instruções de operação Guia de segurança Para um uso seguro e correto, certifique-se de ler as Informações de segurança em 'Leia isto primeiro' antes de usar o equipamento. CONTEÚDO 1. Instruções iniciais

Leia mais

CSAU 10.0. Guia: Manual do CSAU 10.0 como implementar e utilizar.

CSAU 10.0. Guia: Manual do CSAU 10.0 como implementar e utilizar. CSAU 10.0 Guia: Manual do CSAU 10.0 como implementar e utilizar. Data do Documento: Janeiro de 2012 Sumário 1. Sobre o manual do CSAU... 3 2. Interface do CSAU 10.0... 4 2.1. Início... 4 2.2. Update...

Leia mais

Conceitos de relação de confiança www.jpinheiro.net jeferson@jpinheiro.net

Conceitos de relação de confiança www.jpinheiro.net jeferson@jpinheiro.net Conceitos de relação de confiança www.jpinheiro.net jeferson@jpinheiro.net Procedimento para criar uma árvore O procedimento usado para criar uma árvore com o Assistente para instalação do Active Directory

Leia mais

Manual de Utilização do PLONE (Gerenciador de página pessoal)

Manual de Utilização do PLONE (Gerenciador de página pessoal) Manual de Utilização do PLONE (Gerenciador de página pessoal) Acessando o Sistema Para acessar a interface de colaboração de conteúdo, entre no endereço http://paginapessoal.utfpr.edu.br. No formulário

Leia mais

Manual de Administração

Manual de Administração Manual de Administração Produto: n-mf Xerox Versão do produto: 4.7 Autor: Bárbara Vieira Souza Versão do documento: 1 Versão do template: Data: 04/04/01 Documento destinado a: Parceiros NDDigital, técnicos

Leia mais

UNIDADE CURRICULAR DE SISTEMAS OPERACIONAIS PROPRIETÁRIOS

UNIDADE CURRICULAR DE SISTEMAS OPERACIONAIS PROPRIETÁRIOS UNIDADE CURRICULAR DE SISTEMAS OPERACIONAIS PROPRIETÁRIOS DOCENTE: ANDRÉ LUIZ SILVA DE MORAES Material desenvolvido para a unidade curricular de Sistemas Operacionais Proprietários no curso superior de

Leia mais

Autores: Júlio Battisti e Eduardo Popovici

Autores: Júlio Battisti e Eduardo Popovici Autores: Júlio Battisti e Eduardo Popovici Livro: Windows Server 2012 R2 - Curso Completo Este arquivo contém algumas páginas de demonstração do conteúdo do livro. O livro, com cerca de 2100 páginas, pode

Leia mais

Manual do Usuário Microsoft Apps for Symbian

Manual do Usuário Microsoft Apps for Symbian Manual do Usuário Microsoft Apps for Symbian Edição 1.0 2 Sobre os aplicativos da Microsoft Sobre os aplicativos da Microsoft Os aplicativos Microsoft oferecem aplicativos corporativos Microsoft para o

Leia mais

Guia passo a passo para o Microsoft Windows Server Update Services 3.0 SP2

Guia passo a passo para o Microsoft Windows Server Update Services 3.0 SP2 Guia passo a passo para o Microsoft Windows Server Update Services 3.0 SP2 Microsoft Corporation Autor: Anita Taylor Editor: Theresa Haynie Resumo Este guia fornece instruções detalhadas para instalação

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado

Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 CRIAÇÃO DA MÁQUINA VIRTUAL... 3 Mas o que é virtualização?... 3 Instalando o VirtualBox...

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração do Sistema Cali LAB View

Manual de Instalação e Configuração do Sistema Cali LAB View Manual de Instalação e Configuração do Sistema Cali LAB View www.cali.com.br - Manual de Instalação e Configuração do Sistema Cali LAB View - Página 1 de 29 Índice INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO (FIREBIRD E

Leia mais

Shavlik Protect. Guia de Atualização

Shavlik Protect. Guia de Atualização Shavlik Protect Guia de Atualização Copyright e Marcas comerciais Copyright Copyright 2009 2014 LANDESK Software, Inc. Todos os direitos reservados. Este produto está protegido por copyright e leis de

Leia mais

Simulador ITIL Exame de Certificação da EXIM

Simulador ITIL Exame de Certificação da EXIM Simulador ITIL Exame de Certificação da EXIM WWW.ASASSOFTWARES.COM.BR Índice 1 Informações Básicas... 1 1.1 Sair da aplicação... 1 1.2 Testar aplicação... 1 1.3 Licenciando a aplicação... 1 1.4 Aceitar

Leia mais

Guia de Prática. Windows 7 Ubuntu 12.04

Guia de Prática. Windows 7 Ubuntu 12.04 Guia de Prática Windows 7 Ubuntu 12.04 Virtual Box e suas interfaces de rede Temos 04 interfaces de rede Cada interface pode operar nos modos: NÃO CONECTADO, que representa o cabo de rede desconectado.

Leia mais