CATءLOGO.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CATءLOGO. www.vbpbiotecnologia.com.br"

Transcrição

1 CATءLOGO 2015

2 Anti-34BE12 Anti-3-beta-HSD Anti-5-alfa-redutase Anti-AA-NAT Anti-AA-NAT fosforilado (Thr29) Anti-ACC sintase Anti-Acetilserotonina O-metiltransferase Anti-ACTH humano Anti-Adrenalina Anti-Adrenalina Anti-AKT Anti-Alfa Sarcoglicano Anti-Aminopeptidase A Anti-Anidrase Carbônica III Anti-APC Anti-APS Anti-APS Anti-APS (clone 1A5) Anti-Aquaporina 2 Anti-Aquaporina 4 Anti-ARF Anti-AtbZip6 Anti-AtbZip63 Anti-AtbZip63 Anti-AtbZip63 Anti-Atg8 Anti-Atg8 Anti-ATPase Anti-ATPase Anti-b actina Anti-BAT Anti-Bax Anti-Bcl-2 Anti-Ber EP4 Anti-Beta Catenina Anti-Beta Sarcoglicano Anti-BJ46a Anti-Blastocrithidia culicis IM-0599 IM-0651 IM-0650 IM-0450 IM-0451 IM-0073 IM-0441 IM-0510 IM-0647 IM-0652 IM-0051 IM-0610 IM-0360 IM-0134 IM-0499 IM-0596 IM-0548 IM-0549 IM-0423 IM-0424 IM-0543 IM-0318 IM-0302 IM-0531 IM-0555 IM-0413 IM-0594 IM-0136 IM-0327 IM-0075 IM-0493 IM-0017 IM-0015 IM-0581 IM-0021 IM-0612 IM-0657 IM-0372 Zea mays (milho), policlonal humano, policlonal Humano, camundongo e rato, monoclonal Cavalo, policlonal, monoclonal Arabdopsis italiana, monoclonal Arabdosis italiana, policlonal, policlonal Aedes aegypti, policlonal Sacchromyces cerevisiae, policlonal Guinea pig, policlonal Guinea pig e camundongo, policlonal humano, policlonal Blastocrithidia culicis, policlonal coelho camundongo 1

3 Anti-Brucelose Anti-cabra conjugado com Atto 633 Anti-cabra conjugado com Atto 633 Anti-cabra conjugado com biotina Anti-cabra conjugado com biotina Anti-cabra conjugado com Cy3 Anti-cabra conjugado com Cy3 Anti-cabra conjugado com Cy5 Anti-cabra conjugado com Cy5 Anti-cabra conjugado com FITC Anti-cabra conjugado com FITC Anti-cabra conjugado com fosfatase Anti-cabra conjugado com fosfatase Anti-cabra conjugado com peroxidase Anti-cabra conjugado com peroxidase Anti-cabra, molécula inteira Anti-cabra, molécula inteira Anti-Cadeia a-1 (I) do colلgeno (COL 1A1) Anti-Cadeia a-2 (I) do colلgeno (COL 1A2) Anti-Calcineurina 4 Anti-Cلlcio ATPase Anti-camundongo conjugado com Atto 633 Anti-camundongo conjugado com Atto 633 Anti-camundongo conjugado com biotina Anti-camundongo conjugado com biotina Anti-camundongo conjugado com Cy3 Anti-camundongo conjugado com Cy3 Anti-camundongo conjugado com Cy5 Anti-camundongo conjugado com Cy5 Anti-camundongo conjugado com FITC Anti-camundongo conjugado com FITC Anti-camundongo conjugado com fosfatase Anti-camundongo conjugado com fosfatase Anti-camundongo conjugado com peroxidase Anti-camundongo conjugado com peroxidase Anti-camundongo, molécula inteira Anti-camundongo, molécula inteira IM-0500 IC-1G06 IC-1G06 IC-1G02 IC-1G02 IC-1G09 IC-1G09 IC-1G05 IC-1G05 IC-1G04 IC-1G04 IC-1G03 IC-1G03 IC-1G01 IC-1G01 IC-1G00 IC-1G00 IM-0283 IM-0286 IM-0336 IM-0261 IC-1M06 IC-1M06 IC-1M02 IC-1M02 IC-1M09 IC-1M09 IC-1M05 IC-1M05 IC-1M04 IC-1M04 IC-1M03 IC-1M03 IC-1M01 IC-1M01 IC-1M00 IC-1M00 Bacteria, monoclonal Humano e rato, monoclonal, CF, CF, CF, CF, CF, CF, CF, CF, CF, CF, CF, CF 2

4 Anti-Canal de Cلlcio Anti-Canal de S dio Anti-Carboxipeptidase M Anti-Caspase 2 Anti-Caspase 3 Clivada Anti-Caveolin 1 Anti-CCR4 Anti-CD103 Anti-CD105 Anti-CD105 Anti-CD123 Anti-CD13 Anti-CD14 Anti-CD200 Anti-CD24 Anti-CD3 Anti-CD3 Anti-CD34 Anti-CD4 Anti-CD4 Anti-CD4 Anti-CD45 Anti-CD45 Anti-CD45 RA Anti-CD45 RA Anti-CD8 Anti-CD8 Anti-CD8 Anti-C-erB-2/Her-2 Anti-c-Fos Anti-Cinomose Anti-Citoqueratine 20 Anti-Citoqueratine 7 Anti-cJun Anti-CK5/6 Anti-c-kit Anti-Clusterina C terminal KLH Anti-Clusterina Completa IM-0131 IM-0132 IM-0441 IM-0628 IM-0035 IM-0484 IM-0541 IM-0609 IM-0572 IM-0674 IM-0675 IM-0293 IM-0294 IM-0589 IM-0590 IM-0070 IM-0277 IM-0646 IM-0454 IM-0278 IM-0566 IM-0551 IM-0552 IM-0553 IM-0554 IM-0455 IM-0567 IM-0279 IM-0022 IM-0040 IM-0574 IM-0580 IM-0579 IM-0045 IM-0631 IM-0568 IM-0522 IM-0520, policlonal Equino, policlonal Equino, policlonal e rato, monoclonal, monoclonal Canis familiaris, policlonal, monoclonal Canis familiaris, policlonal, monoclonal 3 Rato Rato Rato

5 Anti-Clusterina N terminal Anti-c-Myc Anti-coelho conjugado com Atto 633 Anti-coelho conjugado com Atto 633 Anti-coelho conjugado com biotina Anti-coelho conjugado com biotina Anti-coelho conjugado com Cy3 Anti-coelho conjugado com Cy3 Anti-coelho conjugado com Cy5 Anti-coelho conjugado com Cy5 Anti-coelho conjugado com FITC Anti-coelho conjugado com FITC Anti-coelho conjugado com fosfatase Anti-coelho conjugado com fosfatase Anti-coelho conjugado com peroxidase Anti-coelho conjugado com peroxidase Anti-coelho, molécula inteira Anti-coelho, molécula inteira Anti-Cortisol Anti-CP Anti-CSNV Anti-CTX colلgeno Anti-CWB Anti-D2 40 Anti-Delta Neutrogenica Nuclear Anti-Delta Sarcoglicano Anti-DENV-1 Anti-DENV-3 Anti-DENV-4 Anti-Desmina Anti-Desulfotomaculum nigrificans (Bactéria) Anti-Dihidrina Anti-EAT1 Anti-E-caderina Anti-eCATH 1 Anti-eCATH 2 Anti-eCATH 3 Anti-EGFR IM-0521 IM-0460 IC-3R06 IC-3R06 IC-3R02 IC-3R02 IC-3R09 IC-3R09 IC-3R05 IC-3R05 IC-3R04 IC-3R04 IC-3R03 IC-3R03 IC-3R01 IC-3R01 IC-3R00 IC-3R00 IM-0678 IM-0542 IM-0561 IM-0290 IM-0645 IM-0634 IM-0666 IM-0611 IM-0368 IM-0369 IM-0370 IM-0585 IM-0536 IM-0285 IM-0373 IM-0066 IM-0287 IM-0288 IM-0289 IM-0636 Humano e camundongo, policlonal humano, policlonal Virus, policlonal Rato e camundongo, policlonal Aedes aegypti, policlonal Humano e rato, monoclonal Humano e rato, monoclonal Humano e rato, monoclonal Bacteria, policlonal, policlonal Cavalo, policlonal Cavalo, policlonal Cavalo, policlonal 4, CF, CF, CF, CF, CF, CF

6 Anti-EGFR Anti-EIE Anti-Enrofloxacina حTEM Anti-Enzima Conversora de Angiotensina 1 (ACE1) Anti-Enzima Conversora de Angiotensina 2 (ACE2) Anti-Fator de von Willebrand Anti-Fc de IgA de rato Anti-Fc de IgG de rato Anti-Florfenicol Amina Anti-Fukitina Anti-GAC Anti-Galectina-1 Anti-GAP43 (imaturas) Anti-GBP 2 Anti-GBP1 Anti-GCDFP 15 Anti-GFAP Anti-GH-RH humano Anti-GIP Anti-Glicogênio Fosforilase Anti-Glicogênio Sintase Anti-Glicogênio Sintase Fosoforilado (Ser641) Anti-Glicose -6Fosfatase (G6Pase) Anti-GLP 2 Anti-GLP1 Anti-GLP1 Anti-GLP1 (Clone A3C6) Anti-GLP2 Anti-GLP2 Anti-Glucagon Anti-Glucagon Anti-Glut-2 Anti-Glut-5 Anti-Glutamina sintetase Anti-HAD Anti-Hexamerina 110 Anti-Hexamerina 70b Anti-Hexamerina 70c CسDIGO IM-0692 IM-0540 IM-0317 IM-0059 IM-0060 IM-0452 IM-0316 IM-0295 IM-0425 IM-0052 IM-0322 IM-0124 IM-0627 IM-0498 IM-0563 IM-0582 IM-0415 IM-0511 IM-0296 IM-0401 IM-0398 IM-0399 IM-0400 IM-0592 IM-0591 IM-0694 IM-0664 IM-0592 IM-0656 IM-0047 IM-0637 IM-0127 IM-0292 IM-0504 IM-0439 IM-0053 IM-0137 IM-0138 REATIVIDADE Enrofloxacina, monoclonal Canis familiaris, policlonal Florfenicol amina, policlonal Humano, Rato e, policlonal Humano, Rato e, policlonal Humano, Rato e, policlonal Humano, Rato e, policlonal e rato, monoclonal Apis mellifera, policlonal Apis mellifera, policlonal Apis mellifera, policlonal PRODUZIDO EM: 5 TةCNICA

7 Anti-Hidrogênio/Potلssio ATPase Anti-HIF-1a Anti-His IBMP Anti-Homeobox Anti-HP1 alfatolc Anti-HSA Anti-HSA Anti-humano conjugado com biotina Anti-humano conjugado com biotina Anti-humano conjugado com FITC Anti-humano conjugado com FITC Anti-humano conjugado com fosfatase Anti-humano conjugado com fosfatase Anti-humano conjugado com peroxidase Anti-humano conjugado com peroxidase Anti-humano conjugado com Peroxidase Anti-humano conjugado com Peroxidase Anti-humano molécula inteira Anti-humano molécula inteira Anti-Iba 1 Anti-IFN Anti-IGF-1 Anti-IGF-1 humano Anti-IgG bovino Anti-IgG bovino Anti-IgG bovino conjugado com fosfatase Anti-IgG bovino conjugado com fosfatase Anti-IgG bovino conjugado com peroxidase Anti-IgG bovino conjugado com peroxidase Anti-IgG canino conjugado com FITC Anti-IgG canino conjugado com FITC Anti-IgG canino conjugado com fosfatase Anti-IgG canino conjugado com fosfatase Anti-IgG canino conjugado com Peroxidase Anti-IgG canino conjugado com Peroxidase Anti-IgG canino, molécula inteira Anti-IgG canino, molécula inteira IM-0262 IM-0374 IM-0392 IM-0667 IM-0456 IM-0620 IM-0621 IC-1H02 IC-1H02 IC-1H04 IC-1H04 IC-1H03 IC-1H03 IC-1H01 IC-1H01 IC-4H01 IC-4H01 IC-4H00 IC-4H00 IM-0565 IM-0265 IM-0243 IM-0512 IC-1B00 IC-1B00 IC-1B03 IC-1B03 IC-1B01 IC-1B01 IC-3D04 IC-3D04 IC-1D03 IC-1D03 IC-1D01 IC-1D01 IC-1D00 IC-1D00 Humano e rato, monoclonal, policlonal Trypanosoma cruzi, policlonal Humano e camundongo, policlonal Humano, camundongo e rato, monoclonal IgG bovino IgG bovino IgG bovino IgG bovino IgG bovino IgG bovino Rato Rato Rato Rato 6

8 Anti-IgG de cabra conjugado com peroxidase Anti-IgG de cabra conjugado com peroxidase Anti-IgG de galinha Anti-IgG de galinha Anti-IgG de ovelha Anti-IgG de ovelha Anti-IgG de ovelha conjugado a peroxidase Anti-IgG de ovelha conjugado a peroxidase Anti-IgG porcino Anti-IgG porcino Anti-IgG porcino conjugado com peroxidase Anti-IgG porcino conjugado com peroxidase Anti-IgG1 humana, Kappa Anti-IgG2 humana, Kappa Anti-IgG3 humana, Kappa Anti-IgG4 humana, Kappa Anti-IgM bovino Anti-IgM bovino conjugado com fosfatase Anti-IgM bovino conjugado com fosfatase Anti-IgM bovino conjugado com peroxidase Anti-IgM bovino conjugado com peroxidase Anti-IgM de cabra conjugado com peroxidase Anti-IgM de cabra conjugado com peroxidase Anti-IgM de cahorro conjugado com FITC Anti-IgM humana Anti-IgM humana Anti-IgM humana conjugada com FITC Anti-IgM humana conjugada com FITC Anti-IgM ovino Anti-IL 6 (Clone 3B1F10) Anti-IL1 beta Anti-IL6 Anti-IL6 Anti-IL6 (Clone 3B1E4) Anti-IL6 (Clone A6F10) Anti-IL6 (Clone B3A12) Anti-IL6 (Clone C6F3) IC-1G01 IC-1G01 IC-1C00 IC-1C00 IC-1S00 IC-1S00 IC-1S01 IC-1S01 IC-1P00 IC-1P00 IC-1P01 IC-1P01 IM-0469 IM-0470 IM-0471 IM-0472 IM-0535 IM-0538 IM-0538 IM-0537 IM-0537 IM-0514 IM-0514 IM-0607 IM-0685 IM-0685 IM-0684 IM-0684 IM-0556 IM-0530 IM-0619 IM-0468 IM-0407 IM-0680 IM-0488 IM-0420 IM-0422 IgG de cabra IgG de cabra IgG de galinha IgG de galinha IgG de ovelha IgG de ovelha IgG de ovelha IgG de ovelha Porco, policlonal Porco, policlonal Porco, policlonal Porco, policlonal IgM bovino, monoclonal Porco, policlonal IgM bovino IgM bovino IgM bovino IgM de cabra IgM de cabra cachorro, monoclonal Ovelha, policlonal Rattus norvegicus, policlonal Rattus norvegicus, monoclonal coelho coelho 7

9 Anti-IL6 (Clone C6H2) Anti-Indoleamina 2, 3-dioxigenase (IDO 1) Anti-INPP5E Anti-INS-R alfa Anti-insulina Anti-insulina Anti-IR Anti-IRS-1 Anti-IRS-2 Anti-IRS-3 Anti-JAK2 Anti-K ras Anti-K39 Anti-Ki 67 Anti-lba 1 Anti-Lectina de Diocleoa violacea Anti-leptina Anti-L-selectina Anti-Luciferase Anti-Marcador atividade inflamat ria elastas Anti-Mast Cell Protease Anti-MEG 12 Anti-Mirosina Anti-MMP-2 Anti-MMP-20 Anti-MYBL1 Anti-MYBL2 Anti-MZF 1 Anti-NFkb 2 Anti-NFkb 50 Anti-NFkb crel Anti-NFkb p65 Anti-NFkb Rel B Anti-NGC Anti-NOD1 Anti-NOD2 Anti-Noradrenalina Anti-Noradrenalina IM-0421 IM-0402 IM-0042 IM-0509 IM-0474 IM-0513 IM-0036 IM-0332 IM-0037 IM-0038 IM-0039 IM-0633 IM-0601 IM-0560 IM-0416 IM-0507 IM-0605 IM-0068 IM-0489 IM-0630 IM-0257 IM-0546 IM-0613 IM-0258 IM-0376 IM-0523 IM-0524 IM-0602 IM-0446 IM-0442 IM-0445 IM-0443 IM-0444 IM-0354 IM-0361 IM-0362 IM-0648 IM-0653 L. donovani, monoclonal Diocleoa violacea, policlonal, monoclonal Rattus norvegicus, policlonal 8

10 Anti-NOXA-1 Anti-NOXO-1 Anti-NSP4 Anti-OMP (Marcador proteيnas células olfativas maduras) Anti-ovino IgM conjugado a peroxidase Anti-p Caderina Anti-p16 Anti-p16 Anti-p16 Anti-p27 Anti-p34 (cdc2) Anti-p34 (cdc2) fosforilado Anti-p53 Anti-p63 Anti-p75NGFR (marcador de células Basais) Anti-PABPN1 Anti-PCNA Anti-PCV2 (porcine virus 2) Anti-PDGF humano Anti-peptideo C Anti-Peptideo C Anti-Peptيdeo LEKA Anti-PGC1- Anti-PGC1- Anti-PGC-C-terminal Anti-PGC-Intermediلria Anti-PGC-N-terminal Anti-Phakopsora pachirhyzi Anti-Phakopsora pachyrhizi Anti-PI3Kinase Anti-PKA Anti-PKC Anti-PKC Anti-Poly-His Tag Anti-PRM1 bovina Anti-PRM1 ovina Anti-PRM2 bovina IM-0056 IM-0057 IM-0494 IM-0626 IM-0502 IM-0584 IM-0547 IM-0564 IM-0529 IM-0496 IM-0393 IM-0394 IM-0586 IM-0587 IM-0629 IM-0518 IM-0301 IM-0320 IM-0544 IM-0593 IM-0660 IM-0654 IM-0041 IM-0048 IM-0382 IM-0381 IM-0380 IM-0319 IM-0434 IM-0459 IM-0409 IM-0377 IM-0410 IM-0453 IM-0533 IM-0532 IM-0534 IgG ovelha Bovino, policlonal Bovino, policlonal Rattus norvergicus, policlonal Porcine virus, monoclonal Humano, rato e camundongo, policlonal Humano, rato e camundongo, policlonal Humano, rato e camundongo, policlonal Phakopsora pachirhyzi, monoclonal Phakopsora pachyrhizi, policlonal Humano e camundongo, policlonal Rattus norvegicus, policlonal Rattus norvegicus, policlonal His, policlonal Bovino, monoclonal Ovino, monoclonal Bovino, monoclonal coelho 9

11 Anti-Proteيna A de S. aureus Anti-Proteيna AAM39311 Anti-proteيna COMP Anti-Proteيna curtobacterium Anti-Proteيna Fimbrial F10 Anti-Proteيna fimbrial F9 Anti-Proteيna JBP Anti-Proteيna morfogênica ssea-9 (BMP9) Anti-Proteina principal da geléia real 1 (MJRP1) Anti-PSA Anti-PSA Leishmania brasiliensis Anti-PUMP Anti-RaCDK10 Anti-RaHMG-D Anti-RaHMG-D Anti-RAR gama Anti-rato, conjugado com Atto 633 Anti-rato, conjugado com Atto 633 Anti-rato, conjugado com biotina Anti-rato, conjugado com biotina Anti-rato, conjugado com Cy3 Anti-rato, conjugado com Cy3 Anti-rato, conjugado com Cy5 Anti-rato, conjugado com Cy5 Anti-rato, conjugado com FITC Anti-rato, conjugado com FITC Anti-rato, conjugado com fosfatase Anti-rato, conjugado com fosfatase Anti-rato, conjugado com peroxidase Anti-rato, conjugado com peroxidase Anti-rato, molécula inteira Anti-rato, molécula inteira Anti-receptor de androgeno Anti-Receptor de Angiotensina I (AT1) Anti-Receptor de Angiotensina II (AT2) Anti-Receptor de Cinina B1 Anti-Receptor de Estrogênio IM-0350 IM-0508 IM-0583 IM-0598 IM-0503 IM-0486 IM-0525 IM-0046 IM-0291 IM-0463 IM-0550 IM-0284 IM-0063 IM-0485 IM-0487 IM-0065 IC-1r06 IC-1r06 IC-1r02 IC-1r02 IC-1r09 IC-1r09 IC-1r05 IC-1r05 IC-1r04 IC-1r04 IC-1r03 IC-1r03 IC-1r01 IC-1r01 IC-1r00 IC-1r00 IM-0679 IM-0061 IM-0062 IM-0133 IM-0557 S. aureus, policlonal Curtobacterium, policlonal Humano e camundongo, policlonal Leishmania brasiliensis, policlonal Arabidopsis ithaliana, policlonal humano, policlonal Humano, camundongo e coelho, policlonal Humano, camundongo e coelho, policlonal, policlonal, CF, CF, CF, CF, CF, CF 10

12 Anti-Receptor de leptina Anti-Receptor de Progesterona Anti-Receptor LH Anti-Receptor LH Anti-Receptor MT1 Anti-Receptor MT2 Anti-Receptor Muscarيnico Anti-Receptor TNF Anti-Receptor-like proteina kinase (Tomato) Anti-S 100 Anti-S. mutans Anti-Sarcotoxina S. peregrina Anti-Scrt 2 Anti-Scrt 2 Anti-Sinaptofisina Anti-SmCBP Anti-SmGCN5 Anti-SmNR1 Anti-SmRXR1 Anti-SOCS3 Anti-S dio/potلssio ATPase Anti-SOFAT Anti-Staphylococcus aureus Anti-Staphylococcus epidermis Anti-STOML2 Anti-Streptococcus agalactie Anti-TDT Anti-TNF alfa Anti-TNF alfa Anti-TNF Anti-TolC Anti-TrpE/YDR115w Anti-TrpE/YOR022 Anti-TTF1 Anti-VapD Anti-VCAM Anti-VEGF subtipo A IM-0606 IM-0558 IM-0505 IM-0506 IM-0482 IM-0356 IM-0050 IM-0475 IM-0515 IM-0632 IM-0366 IM-0126 IM-0331 IM-0365 IM-0414 IM-0408 IM-0405 IM-0403 IM-0404 IM-0379 IM-0139 IM-0330 IM-0661 IM-0662 IM-0483 IM-0663 IM-0588 IM-0467 IM-0676 IM-0625 IM-0457 IM-0462 IM-0461 IM-0578 IM-0603 IM-0644 IM-0545 Tomate, policlonal S. mutans, policlonal S. peregrina, policlonal Rato, monoclonal Schistossoma mansoni, policlonal Schistossoma mansoni, policlonal Schistossoma mansoni, policlonal Schistossoma mansoni, policlonal Staphylococcus aureus, monoclonal Staphylococcus epidermis, monoclonal Streptococcus agalactie, monoclonal Rattus norvegicus, policlonal Humano e camundongo, policlonal 11

13 Anti-Vimentina Anti-Vimentina Anti-WRKY11 IM-0559 IM-0691 IM-0539 Kit para detecçمo de Panton Valentine de Staphylococcus aureus IM-0324 S. aureus, policlonal 12

14 IV ANTICORPOS SOB ENCOMENDA Serviço Prazo (dias) Peptيdeo sin tético, 20 aa, 5 m g 30 Policlonal (5 ml) 35 Policlonal purificado (2 mg) 42 Monoclonal purificado (2 mg) Teste Western Blot ou Elisa (1 placa ou gel) 7 *No caso do cliente disponi bil izar o antيgeno, deve fornecer, no mي nimo, 2 mg e precisa poss uir PM > 20 kda. Caso o PM seja menor do que 20 k Da, o peptيdeo pode ser entregue conjugado com uma proteيna carr eadora. Se for de interesse, também realiz amos esta conjugaçمo. 13

I ANTICORPOS PRIMÁRIOS POLICLONAIS

I ANTICORPOS PRIMÁRIOS POLICLONAIS CATÁLOGO DE PRODUTOS 1 I ANTICORPOS PRIMÁRIOS POLICLONAIS Concentração: 1 mg/ml Apresentações: 250 µg, 500 µg, 1 mg Anti-Bcl-2 Reatividade: Guinea pig e camundongo, Anti-Bax Reatividade: Guinea pig, Anti-Beta

Leia mais

I ANTICORPOS PRIMÁRIOS POLICLONAIS

I ANTICORPOS PRIMÁRIOS POLICLONAIS CATÁLOGO DE PRODUTOS I ANTICORPOS PRIMÁRIOS POLICLONAIS Concentração: 1 mg/ml 1 Apresentações: 250 µg, 500 µg, 1 mg Anti- Bcl- 2 Reatividade: Guinea pig e camundongo, Anti- Bax Reatividade: Guinea pig,

Leia mais

A Imuny Rheabiotech desenvolve e produz anticorpos para a

A Imuny Rheabiotech desenvolve e produz anticorpos para a A Imuny Rheabiotech desenvolve e produz anticorpos para a comunidade cientifica nacional desde 2004, atendendo rigorosas exigências de qualidade e prazo. Neste fim de ano temos ofertas especiais para atender

Leia mais

IMUNO ENSAIOS USANDO CONJUGADOS

IMUNO ENSAIOS USANDO CONJUGADOS IMUNO ENSAIOS USANDO CONJUGADOS REAÇÕES USANDO REAGENTES MARCADOS Conjugado: molécula constituída por duas substâncias ligadas covalentemente e que mantêm as propriedades funcionais de ambas Ex: globulina

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - UFSM 95591764000105 Termo de Referência. 358 / 2014 Data da Emissão: 13/10/2014

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - UFSM 95591764000105 Termo de Referência. 358 / 2014 Data da Emissão: 13/10/2014 Processo..: 23081.014681/2014-40 Pregão SRP 358 / 2014 Data da Emissão: 13/10/2014 Abertura: Dia: 06/11/2014 Hora: 09:00:00 Objeto Resumido: Modalidade de Julgamento : Menor Preço 1 ANTICORPO MONOCLONAL

Leia mais

Padronização de imunoblot para diagnóstico sorológico da esquistossomose utilizando antígeno de vermes adultos

Padronização de imunoblot para diagnóstico sorológico da esquistossomose utilizando antígeno de vermes adultos Padronização de imunoblot para diagnóstico sorológico da esquistossomose utilizando antígeno de vermes adultos Guedes, PP 1 ; Pinto, PLS 1 e Oliveira, KC 1. 1 Núcleo de Enteroparasitas, Centro de Parasitologia

Leia mais

Imunodiagnóstico. Conceitos. Fatôres que afetam as reações de Ag/Acs. Reatividade Cruzada. Quantificação. da Resposta Imune.

Imunodiagnóstico. Conceitos. Fatôres que afetam as reações de Ag/Acs. Reatividade Cruzada. Quantificação. da Resposta Imune. O QU SÃO TSTS SOROLÓGICOS? Imunodiagnóstico Conceitos Prof: Prof: Teresa Teresa Gomes Gomes de de Oliveira Oliveira São técnicas para a detecção e quantificação de antígenos e anticorpos, ou outras substâncias

Leia mais

Elaborado por: Karina Salvador Revisado por: Hilda Helena Wolff Aprovado por: Andréa Cauduro

Elaborado por: Karina Salvador Revisado por: Hilda Helena Wolff Aprovado por: Andréa Cauduro ANTI- 1 Manual CAMBRIDGE BIOTECH -1 POP: BM 05 Página 1 de 7 1. Sinonímia ANTI, TESTE CONFIRMATÓRIO. 2. Aplicabilidade Aos bioquímicos e técnicos do setor de imunologia. 3. Aplicação clínica Os testes

Leia mais

Métodos Imunológicos Guido Lenz Biofísica, 2004

Métodos Imunológicos Guido Lenz Biofísica, 2004 1. Introdução Métodos Imunológicos Guido Lenz Biofísica, 2004 Ter como função proteger um organismo de qualquer componente externo num mundo de miriades de componentes internos e de uma imensidão de prováveis

Leia mais

Incubação. Incubação. Fase sólida (Poço de uma placa de 96 poços) IgG Anti-HIV Presente na amostra do indivíduo

Incubação. Incubação. Fase sólida (Poço de uma placa de 96 poços) IgG Anti-HIV Presente na amostra do indivíduo Aula 5 Diagnóstico laboratorial da infecção pelo HIV Em 1985, surgiu a primeira geração de ensaios para o diagnóstico da infecção pelo HIV. Esses ensaios empregavam antígenos virais, obtidos a partir da

Leia mais

Questionário - Proficiência Clínica

Questionário - Proficiência Clínica Tema Elaboradora TESTE DE ANTIGLOBULINA E SUA APLICAÇÃO EM LABORATÓRIOS Margarida de Oliveira Pinho, Bióloga, Responsável pelo Setor de Imunohematologia e Coordenação da equipe técnica do Serviço de Hemoterapia

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ-UECE

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ-UECE UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ-UECE LABORATÓRIO DE BIOQUÍMICA HUMANA Maria Izabel Florindo Guedes Grupo de Pesquisa: Grupo de Inovação Biotecnológica em Saúde Maria Izabel Florindo Guedes Desenvolvimento

Leia mais

Hemocentro do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu UNESP. Elenice Deffune www.hemocentro.fmb.unesp.br

Hemocentro do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu UNESP. Elenice Deffune www.hemocentro.fmb.unesp.br Hemocentro do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu UNESP. Elenice Deffune www.hemocentro.fmb.unesp.br ÁREA DE ABRANGÊNCIA Atendimento Direto: 31 municípios; Referência para HIV: CD4/8:

Leia mais

7.012 Conjunto de Problemas 5

7.012 Conjunto de Problemas 5 Nome Seção 7.012 Conjunto de Problemas 5 Pergunta 1 Enquanto estudava um problema de infertilidade, você tentou isolar um gene hipotético de coelho que seria responsável pela prolífica reprodução desses

Leia mais

HEMOCENTRO DE RIBEIRÃO PRETO CONTROLE DE QUALIDADE INTERNO DE REAGENTES VISÃO DO CLIENTE

HEMOCENTRO DE RIBEIRÃO PRETO CONTROLE DE QUALIDADE INTERNO DE REAGENTES VISÃO DO CLIENTE HEMOCENTRO DE RIBEIRÃO PRETO CONTROLE DE QUALIDADE INTERNO DE REAGENTES VISÃO DO CLIENTE Rodrigo Spessotto Morais Toledo Qual a importância do controle da qualidade dos reagentes imunohematológicos? O

Leia mais

EIE ENSAIOS ENSAIOS IMUNOENZIMÁTICOS. ImmunoSorbent Assay ENSAIOS IMUNOENZIMÁTICOS (EIE) Profa MsC. Priscila P. S. dos Santos

EIE ENSAIOS ENSAIOS IMUNOENZIMÁTICOS. ImmunoSorbent Assay ENSAIOS IMUNOENZIMÁTICOS (EIE) Profa MsC. Priscila P. S. dos Santos ENSAIOS IMUNOENZIMÁTICOS (EIE) CURSO DE FARMÁCIA DISCILINA DE IMUNOLOGIA CLÍNICA rofa MsC. riscila. S. dos Santos ENSAIOS IMUNOENZIMÁTICOS EIE HOMOGÊNEOS HETEROGÊNEOS CROMÓGENOS SOLÚVEIS Todo em fase líquida

Leia mais

Complexidade 0202030016 CONTAGEM DE LINFOCITOS B MC 0202030024 CONTAGEM DE LINFOCITOS CD4/CD8 AC 0202030032 CONTAGEM DE LINFOCITOS T TOTAIS

Complexidade 0202030016 CONTAGEM DE LINFOCITOS B MC 0202030024 CONTAGEM DE LINFOCITOS CD4/CD8 AC 0202030032 CONTAGEM DE LINFOCITOS T TOTAIS Ministério da Saúde - MS Secretaria de Atenção à Saúde Tabela de Procedimentos, Medicamentos, Órteses, Próteses e Materiais Especiais do SUS ANEXO I - LOTE 03 Procedimento (Sintético com Valor) Situação

Leia mais

Diagnóstico Laboratorial de Chikungunya

Diagnóstico Laboratorial de Chikungunya Diagnóstico Laboratorial de Chikungunya Fernanda Montenegro de Carvalho Araújo Dezembro/2014 Introdução A febre do CHIKUNGUNYA é uma doença endêmica nos países do Sudeste da Ásia, África e Oceania e emergente

Leia mais

INUMO-HEMATOLOGIA DOADOR E RECEPTOR VITÓRIA 2014

INUMO-HEMATOLOGIA DOADOR E RECEPTOR VITÓRIA 2014 INUMO-HEMATOLOGIA DOADOR E RECEPTOR VITÓRIA 2014 Imuno-Hematologia Conceito: é o estudo relacionado com imunologia de grupos sanguíneos presentes nas hemácias, e imunologia de plaquetas e leucócitos. É

Leia mais

Macromoléculas Biológicas

Macromoléculas Biológicas Macromoléculas Biológicas Objetivos Visualizar a estrutura tridimensional de peptídeos e proteínas, usando-se recursos computacionais. Montar modelos estruturais de proteínas, usando-se kit de plástico.

Leia mais

A agricultura moderna está sendo revolucionada pela introdução de plantas geneticamente modificadas;

A agricultura moderna está sendo revolucionada pela introdução de plantas geneticamente modificadas; EXPRESSÃO DE HORMÔNIO DE CRESCIMENTO HUMANO PROCESSADO EM SEMENTES DE PLANTAS TRANSGÊNICAS DE TABACO ADILSON LEITE, EDSON L. KEMPER, MÁRCIO J. DA SILVA, AUGUSTO D. LUCHESI, RODRIGO M.P. SILOTO, ERIC D.

Leia mais

NADAL Testes Médicos Rápidos

NADAL Testes Médicos Rápidos NADAL Testes Médicos Rápidos Testes Imunológicos de Diagnóstico Imediato (Point-of-Care) Competente Inovador Personalizado 4 Infecciologia / Pediatria / Imunologia Na área das doenças infecciosas temos

Leia mais

O Sistema do Complemento

O Sistema do Complemento UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto Programa de Pós- Graduação em Imunologia Básica e Aplicada Disciplina- Integração Imunologia Básica- Clínica O Sistema do Complemento Elyara

Leia mais

NOÇÕES DE IMUNOGENÉTICA E DA GENÉTICA DOS SISTEMAS SANGUÍNEOS ABO e RH

NOÇÕES DE IMUNOGENÉTICA E DA GENÉTICA DOS SISTEMAS SANGUÍNEOS ABO e RH NOÇÕES DE IMUNOGENÉTICA E DA GENÉTICA DOS SISTEMAS SANGUÍNEOS ABO e RH A RESPOSTA IMUNE 1. O Sistema Imune Inato: É formado pelos FAGÓCITOS, LINFÓCITOS killer e SIST. COMPLEMENTO O Sistema Imune Adaptativo

Leia mais

Investigação sorológica de autoanticorpos frios e quentes. Shirley Castilho Instituto Estadual de Hematologia Arthur Siqueira Cavalcanti HEMORIO

Investigação sorológica de autoanticorpos frios e quentes. Shirley Castilho Instituto Estadual de Hematologia Arthur Siqueira Cavalcanti HEMORIO Investigação sorológica de autoanticorpos frios e quentes Shirley Castilho Instituto Estadual de Hematologia Arthur Siqueira Cavalcanti HEMORIO Definição: Autoanticorpos eritrocitarios São imunoglobulinas

Leia mais

RELAÇÃO DE EXAMES REALIZADOS NO IBEx

RELAÇÃO DE EXAMES REALIZADOS NO IBEx 1 Ácido úrico 2 Albumina 3 Alfa 1 glicoproteína ácida 4 Alfa fetoproteína 5 Amilase 6 Androstenediona 7 Anticorpos Anti-HIV I, Western Blot 8 Anticorpos anti-hiv1 + HIV2 (Determinação Conjunta) ELISA 9

Leia mais

Anticorpos de valor. Eduardo Cesar

Anticorpos de valor. Eduardo Cesar tecnologia Anticorpos de valor Eduardo Cesar Na Rheabiotech, purificação de anticorpos monoclonais [ química ] Empresas e institutos produzem no Brasil insumos essenciais para a pesquisa Yuri Vasconcelos

Leia mais

ANTICORPOS. CURSO: Farmácia DISCIPLINA: Microbiologia e Imunologia Clínica PROFESSORES: Guilherme Dias Patto Silvia Maria Rodrigues Querido

ANTICORPOS. CURSO: Farmácia DISCIPLINA: Microbiologia e Imunologia Clínica PROFESSORES: Guilherme Dias Patto Silvia Maria Rodrigues Querido CURSO: Farmácia DISCIPLINA: Microbiologia e Imunologia Clínica PROFESSORES: Guilherme Dias Patto Silvia Maria Rodrigues Querido ANTICORPOS Anticorpo é uma globulina sintetizada por linfócitos B e principalmente

Leia mais

Órgão/Entidade : SECRETARIA DA SAUDE Unidade Licitação : FUNDO ESTADUAL DE SAUDE - HOSPITAL GERAL DO ESTADO. Preço Total: Preço Total: Preço Total:

Órgão/Entidade : SECRETARIA DA SAUDE Unidade Licitação : FUNDO ESTADUAL DE SAUDE - HOSPITAL GERAL DO ESTADO. Preço Total: Preço Total: Preço Total: Licitação : PP154/2014 Data e Hora da Entrega das Propostas: 03/10/2014-09:00 Grupo :027-Materiais e Equip. de Uso Hospitalar, Odontológico, Veterinário e de Laboratório Órgão/Entidade : SECRETARIA DA

Leia mais

Ciclo Sexual ou Estral dos Animais Domésticos Prof. Dr. Wellerson Rodrigo Scarano Departamento de Morfologia Instituto de Biociências de Botucatu

Ciclo Sexual ou Estral dos Animais Domésticos Prof. Dr. Wellerson Rodrigo Scarano Departamento de Morfologia Instituto de Biociências de Botucatu Controle Hormonal da Gametogênese Feminina Ciclo Sexual ou Estral dos Animais Domésticos Prof. Dr. Wellerson Rodrigo Scarano Departamento de Morfologia Instituto de Biociências de Botucatu Ovários Formato

Leia mais

Métodos para detecção de alérgenos em alimentos. Gerlinde Teixeira Departamento de Imunobiologia Universidade Federal Fluminense

Métodos para detecção de alérgenos em alimentos. Gerlinde Teixeira Departamento de Imunobiologia Universidade Federal Fluminense Métodos para detecção de alérgenos em alimentos Gerlinde Teixeira Departamento de Imunobiologia Universidade Federal Fluminense Antigenos vs Alérgenos Antigeno Imunógeno Qualquer substância capaz de estimular

Leia mais

Produção de Anticorpos Monoclonais contra Listeria monocytogenes para Utilização em Métodos Rápidos de Diagnóstico em Alimentos

Produção de Anticorpos Monoclonais contra Listeria monocytogenes para Utilização em Métodos Rápidos de Diagnóstico em Alimentos Universidade Federal de Pelotas Centro de Desenvolvimento Tecnológico - CDTec Núcleo de Biotecnologia Encontro de Inovação Tecnológica em Defesa Agropecuária Leite Belo Horizonte - 21/03/2013 Produção

Leia mais

PRINCIPAIS COMPLICAÇÕES DE DROGAS IMUNOBIOLÓGICAS EM UTILIZAÇÃO NO BRASIL

PRINCIPAIS COMPLICAÇÕES DE DROGAS IMUNOBIOLÓGICAS EM UTILIZAÇÃO NO BRASIL PRINCIPAIS COMPLICAÇÕES DE DROGAS IMUNOBIOLÓGICAS EM UTILIZAÇÃO NO BRASIL Dra. Ana Cristina de Medeiros Ribeiro Reumatologista do HC FMUSP e CEDMAC Doutoranda pela FMUSP IMUNOBIOLÓGICOS NO BRASIL Anti-TNF

Leia mais

Estabelecendo a linhagem das leucemias agudas. Elizabeth Xisto Souto

Estabelecendo a linhagem das leucemias agudas. Elizabeth Xisto Souto Estabelecendo a linhagem das leucemias agudas Elizabeth Xisto Souto Médica hematologista do Hospital Brigadeiro Responsável médica pelo setor de Citometria de Fluxo São Paulo Laboratório DASA Foco de atuação:

Leia mais

Tabela de Exames Multilab Liquor 2014

Tabela de Exames Multilab Liquor 2014 ADA (Adenosina Deaminase), Dosagem de Colorimétrico 3 dias úteis 0,5 ml refrigerado/ Adenovírus, PCR para Nested PCR 15 dias úteis 2,0 ml até 15 dias Alfa Feto Proteína, Dosagem de Quimioluminescência

Leia mais

A expressão de proteínas pela técnica de imuno-histoquímica em doenças infecciosas

A expressão de proteínas pela técnica de imuno-histoquímica em doenças infecciosas cpagliari@usp.br A expressão de proteínas pela técnica de imuno-histoquímica em doenças infecciosas Carla Pagliari Imuno-histoquímica: etapas Coleta, preservação e fixação Processamento e obtenção dos

Leia mais

Técnicas de biologia molecular. da análise de genes e produtos gênicos únicos a abordagens em larga escala

Técnicas de biologia molecular. da análise de genes e produtos gênicos únicos a abordagens em larga escala Técnicas de biologia molecular da análise de genes e produtos gênicos únicos a abordagens em larga escala os mesmos genes, qual a diferença? Dogma central Localizando alvos Técnicas iniciais para evidenciar

Leia mais

7.012 Conjunto de Problemas 5

7.012 Conjunto de Problemas 5 Nome Seção 7.012 Conjunto de Problemas 5 Pergunta 1 Enquanto estudava um problema de infertilidade, você tentou isolar um gene hipotético de coelho que seria responsável pela prolífica reprodução desses

Leia mais

ÁREA/ESPECIALIDADE: TÉCNICO EM LABORATÓRIO / HEMOTERAPIA

ÁREA/ESPECIALIDADE: TÉCNICO EM LABORATÓRIO / HEMOTERAPIA UFF UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE CCM CENTRO DE CIÊNCIAS MÉDICAS HUAP HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANTONIO PEDRO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO ÁREA/ESPECIALIDADE: TÉCNICO EM LABORATÓRIO / HEMOTERAPIA 258

Leia mais

DATA DE APROVAÇÃO: 22/10/2015

DATA DE APROVAÇÃO: 22/10/2015 1/6 1. INTRODUÇÃO / FINALIDADE DO MÉTODO A gonadotropina coriônica humana (hcg) é uma glicoproteína com duas subunidades não ligadas por covalência. A subunidade alfa é semelhante às do hormônio luteinizante

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Unidade Universitária: CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE Curso: Farmácia Disciplina: Imunologia Clínica Código da Disciplina 06117082 Professor(es): Yoshimi Imoto Yamamoto Etapa 7ªA Carga horária:

Leia mais

Entendendo. a Técnica de Detecção de Cadeias Leves Livres no Soro

Entendendo. a Técnica de Detecção de Cadeias Leves Livres no Soro Entendendo a Técnica de Detecção de Cadeias Leves Livres no Soro International Myeloma Foundation 12650 Riverside Drive, Suite 206 North Hollywood, CA 91607 USA Telephone: 800-452-CURE (2873) (USA & Canada)

Leia mais

Protocolos de Aplicação

Protocolos de Aplicação Protocolos de Aplicação IN VITRO Diagnóstica MEGA Rua Cromita 278 - Distrito Industrial - Itabira - MG Telefax: 31 3834-6400 e.mail: dsa@invitro.com.br ÁCIDO ÚRICO ENZIMÁTICO Cat: 10687 Volume: 100 ml

Leia mais

ANEXO II. 1 HEPATITE B VÍRUS DA HEPATITE B (Hepatitis B Vírus HBV)

ANEXO II. 1 HEPATITE B VÍRUS DA HEPATITE B (Hepatitis B Vírus HBV) ANEXO II ANEXO DA RESOLUÇÃO SESA Nº.../2009 MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA ALTERAÇÃO DA CAUSA DE REJEIÇÃO DO CÓDIGO 57 (INCONCLUSIVO), PELOS SERVIÇOS DE HEMOTERAPIA NO SHTWEB. 1. Segundo a RDC nº 153 de 14

Leia mais

TÂNIA REGINA PENHA. PRODUÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DE ANTICORPOS MONOCLONAIS ANTI FRAGMENTO Fc DE IgG DE BOVINO CURITIBA 2007. viii

TÂNIA REGINA PENHA. PRODUÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DE ANTICORPOS MONOCLONAIS ANTI FRAGMENTO Fc DE IgG DE BOVINO CURITIBA 2007. viii TÂNIA REGINA PENHA PRODUÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DE ANTICORPOS MONOCLONAIS ANTI FRAGMENTO Fc DE IgG DE BOVINO CURITIBA 2007 viii TÂNIA REGINA PENHA PRODUÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DE ANTICORPOS MONOCLONAIS ANTI

Leia mais

Universidade Federal de São Paulo Escola Paulista de Medicina Disciplina de Cardiologia Comentários e texto final do Prof. Dr. Antonio Carlos Carvalho

Universidade Federal de São Paulo Escola Paulista de Medicina Disciplina de Cardiologia Comentários e texto final do Prof. Dr. Antonio Carlos Carvalho Universidade Federal de São Paulo Escola Paulista de Medicina Disciplina de Cardiologia Comentários e texto final do Prof. Dr. Antonio Carlos Carvalho Losartan e a Prevenção de Aneurisma de Aorta Habashi

Leia mais

Imuno-hematologia Exames de qualificação de doadores de sangue

Imuno-hematologia Exames de qualificação de doadores de sangue MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE DEPARTAMENTO DE ATENÇÃO ESPECIALIZADA COORDENAÇÃO GERAL DE SANGUE E HEMODERIVADOS Exames de qualificação de doadores de sangue Ana Paula R. Diniz Zanelli

Leia mais

Anexo Técnico de Acreditação Nº E0009-1 Accreditation Annex nr.

Anexo Técnico de Acreditação Nº E0009-1 Accreditation Annex nr. Tel +351.212 948 21 Fax +351.212 948 22 Anexo Técnico de Acreditação Nº E9-1 A entidade a seguir indicada está acreditada como Laboratório Clínico, segundo a norma NP EN ISO 15189:27 Endereço Address Contacto

Leia mais

Diagnóstico de infecções virais

Diagnóstico de infecções virais Diagnóstico de infecções virais Diagnóstico de infecções virais Duas formas: - buscar o vírus ( ou seus efeitos) ou - buscar a resposta do organismo (especialmente anticorpos) 1- na busca do vírus Diagnóstico

Leia mais

TÍTULO: SCREENING PARA AMILASE SALIVAR EM CÃES DE DIFERENTES RAÇAS CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE

TÍTULO: SCREENING PARA AMILASE SALIVAR EM CÃES DE DIFERENTES RAÇAS CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE TÍTULO: SCREENING PARA AMILASE SALIVAR EM CÃES DE DIFERENTES RAÇAS CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: MEDICINA VETERINÁRIA INSTITUIÇÃO: UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI AUTOR(ES):

Leia mais

O VidimScan irá ler, examinar, arquivar, digitalizar e imprimir imagem a cores

O VidimScan irá ler, examinar, arquivar, digitalizar e imprimir imagem a cores Leitor universal de cartões de identificação de gel VidimScan, com aprovação IVD Características: O VidimScan é universal: processa todos os cartões de identificação de gel no mercado. O VidimScan fornece

Leia mais

Testes pré-transfusionais. Profa. Alessandra Barone Prof. Archangelo Fernandes www.profbio.com.br

Testes pré-transfusionais. Profa. Alessandra Barone Prof. Archangelo Fernandes www.profbio.com.br Testes pré-transfusionais Profa. Alessandra Barone Prof. Archangelo Fernandes www.profbio.com.br Imunohematologia Antígenos eritrocitários Importância do estudo dos antígenos Incompatibilidades transfusionais

Leia mais

ANTI HUMANO. Anti IgG Anti C 3 d Poliespecífico

ANTI HUMANO. Anti IgG Anti C 3 d Poliespecífico ANTI HUMANO Anti IgG Anti C 3 d Poliespecífico PROTHEMO Produtos Hemoterápicos Ltda. PARA TESTES EM LÂMINA OU TUBO SOMENTE PARA USO DIAGNÓSTICO IN VITRO Conservar entre: 2º e 8ºC Não congelar Conservante:

Leia mais

Anti HBc Ref. 414. Controle Negativo

Anti HBc Ref. 414. Controle Negativo Anti HBc Ref. 414 Sistema para a determinação qualitativa de anticorpos totais contra o antígeno core do vírus da hepatite B (anti-hbc) em soro ou plasma. ELISA - Competição PREPARO DA SOLUÇÃO DE LAVAGEM

Leia mais

Entendendo a Eletroforese de Proteínas

Entendendo a Eletroforese de Proteínas Entendendo a Eletroforese de Proteínas International Myeloma Foundation 12650 Riverside Drive, Suite 206 North Hollywood, CA 91607 USA Telephone: 800-452-CURE (2873) (USA & Canada) 818-487-7455 Fax: 818-487-7454

Leia mais

Brucelose. Brucella sp. curtos

Brucelose. Brucella sp. curtos Brucelose Brucella sp. Bacilos Gram curtos negativos, Brucelose Sete espécies (mais 3 novas) B. pinnipedialis e B. ceti: baleias e focas B. microti Hospedeiro preferencial - reservatório Placenta, fluídos

Leia mais

Aulas passadas. Células, tecidos e orgãos Reinos filogenéticos. Compartimentalização em sistemas biológicos - rompimento e fracionamento celular

Aulas passadas. Células, tecidos e orgãos Reinos filogenéticos. Compartimentalização em sistemas biológicos - rompimento e fracionamento celular Aulas passadas Células 1: Procariotos e eucariotos Células, tecidos e orgãos Reinos filogenéticos Compartimentalização em sistemas biológicos - rompimento e fracionamento celular QBQ2451-2013 Célula 2:

Leia mais

Tania C. Araújo-Jorge Solange L. de Castro (Orgs.)

Tania C. Araújo-Jorge Solange L. de Castro (Orgs.) Parte II Protocolos e métodos de trabalho em doença de Chagas experimental 15. Quantificação de marcadores humorais de inflamação, de resposta imune e de lesão tissular nos animais infectados Tania C.

Leia mais

Métodos sorológicos de Diagnóstico e Pesquisa. Reação Ag-Ac in vitro

Métodos sorológicos de Diagnóstico e Pesquisa. Reação Ag-Ac in vitro Métodos sorológicos de Diagnóstico e Pesquisa Reação Ag-Ac in vitro Testes sorológicos Uso de soro ou outros fluidos biológicos de paciente p/ diagnóstico laboratorial Demonstração de anticorpos específicos

Leia mais

Perspectivas do Ensino da Reprodução Animal

Perspectivas do Ensino da Reprodução Animal UBI Portugal Perspectivas do Ensino da Reprodução Animal Prof. Dr. Halim Atique Netto Reprodução Animal e a Medicina Veterinária ria Ciclo Profissionalizante Reprodução Animal e a Medicina Veterinária

Leia mais

COCOS GRAM-POSITIVOS. Alfa Hemolítico. Beta Hemolítico. Gama Hemolítico

COCOS GRAM-POSITIVOS. Alfa Hemolítico. Beta Hemolítico. Gama Hemolítico COCOS GRAM-POSITIVOS Catalase Positiva Catalase Negativa STAPHYLOCOCCUS STREPTOCOCCUS Coagulase (+) S. aureus Coagulase (-) S. epidermidis S. saprophyticus Alfa Hemolítico S. pneumoniae sensível à Optoquina.

Leia mais

Imunohistoquímica Sumário

Imunohistoquímica Sumário Imunohistoquímica Sumário Definição... 2 Glossário... 2 Aplicação... 2 reparo do tecido... 3 Fixação... 3 Soluções fixadoras... 3 Desidratação e clareamento.... 3 Inclusão... 3 Métodos Imunohistoquímicos...

Leia mais

Complexo principal de histocompatibilidade

Complexo principal de histocompatibilidade Complexo principal de histocompatibilidade Todas as espécies possuem um conjunto de genes denominado MHC, cujos produtos são de importância para o reconhecimento intercelular e a discriminação do que é

Leia mais

Diagnóstico Imunológico das Hepatites Virais

Diagnóstico Imunológico das Hepatites Virais Diagnóstico Imunológico das Hepatites Virais O Fígado Limpa o sangue Regula os hormônios Ajuda na coagulação sanguínea Produz bile Produz proteínas importantes Mantém o nível de açúcar sanguíneo Etc O

Leia mais

Ata Parcial. Item 0001

Ata Parcial. Item 0001 Ata Parcial Às 09:00 horas do dia 12 de abril de 2012, reuniu-se o Pregoeiro Oficial da Prefeitura Municipal de Santana do Livramento e respectivos membros da Equipe de apoio, designados pela portaria

Leia mais

Aula 6. Introdução a Bioquímica: Biomoléculas. Níveis estruturais das proteínas. Estruturas 3D, domínios motivos 1º 2º 3º 4º

Aula 6. Introdução a Bioquímica: Biomoléculas. Níveis estruturais das proteínas. Estruturas 3D, domínios motivos 1º 2º 3º 4º Introdução a Bioquímica: Biomoléculas Ignez Caracelli BioMat DF UNESP/Bauru Aula 6 Estruturas 3D, domínios motivos Julio Zukerman Schpector Bauru, 24 de setembro de 2007 LaCrEMM DQ UFSCar Níveis estruturais

Leia mais

Sequenciamento de genomas

Sequenciamento de genomas Sequenciamento de genomas 1 o genoma completo vírus OX174 5.000 nt (Sanger et al. 1977) em 1977 1000 pb sequenciados por ano neste ritmo genoma E. coli K-12 4.6-Mbp levaria mais de 1000 anos para ser completo

Leia mais

ANTI D IgM +IgG Monoclonal (Humano)

ANTI D IgM +IgG Monoclonal (Humano) ANTI D IgM +IgG Monoclonal (Humano) PROTHEMO Produtos Hemoterápicos Ltda. Reagente para classificação do fator Rh PARA TESTES EM LÂMINA OU TUBO Somente para Uso Diagnóstico IN VITRO Conservar entre: 2-8

Leia mais

Terapia medicamentosa

Terapia medicamentosa www.printo.it/pediatric-rheumatology/pt/intro Terapia medicamentosa Versão de 2016 13. Medicamentos biológicos Nos últimos anos foram introduzidas novas perspetivas terapêuticas com substâncias conhecidas

Leia mais

DENGUE IgG/IgM. Imuno-Rápido. WAMA Diagnóstica. CÓD. 626025-R: 25 determinações. 40 determinações

DENGUE IgG/IgM. Imuno-Rápido. WAMA Diagnóstica. CÓD. 626025-R: 25 determinações. 40 determinações MS 10310030096 Imuno-Rápido DENGUE IgG/IgM CÓD. 626010-R: 10 determinações CÓD. 626020-R: 20 determinações CÓD. 626025-R: 25 determinações CÓD. 626040-R: 40 determinações WAMA Diagnóstica Rua Aldo Germano

Leia mais

PRODUÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DE UM ANTISSORO POLICLONAL PARA DETECÇÃO DE ds-rna. Relatório Final de Estágio Licenciatura em Engenharia Agrícola

PRODUÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DE UM ANTISSORO POLICLONAL PARA DETECÇÃO DE ds-rna. Relatório Final de Estágio Licenciatura em Engenharia Agrícola PRODUÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DE UM ANTISSORO POLICLONAL PARA DETECÇÃO DE ds-rna Relatório Final de Estágio Licenciatura em Engenharia Agrícola PAULA CRISTINA AZEVEDO RODRIGUES UNIVERSIDADE DE TRÁS-OS-MONTES

Leia mais

Introdução 50.000 novos casos por ano DNA microarray imuno-histoquímica (IHQ) tissue microarray (TMA) técnicas alternativas de construção de TMA

Introdução 50.000 novos casos por ano DNA microarray imuno-histoquímica (IHQ) tissue microarray (TMA) técnicas alternativas de construção de TMA Introdução No Brasil o câncer de mama é a neoplasia maligna mais freqüente, com cerca de 50.000 novos casos por ano. Na última década, avanços na área da patologia molecular permitiram o reconhecimento

Leia mais

Microbiologia Veterinária. Gêneros Streptococcus e Staphylococcus

Microbiologia Veterinária. Gêneros Streptococcus e Staphylococcus Microbiologia Veterinária Gêneros Streptococcus e Staphylococcus Gênero Streptococcus TAXONOMIA A partir da caracterização da amostra como CG+ através da coloração de Gram, a determinação da família é

Leia mais

2 DOE N 2418. Porto Velho, 14.03.2014 SUPEL ADENDO MODIFICADOR Nº 001

2 DOE N 2418. Porto Velho, 14.03.2014 SUPEL ADENDO MODIFICADOR Nº 001 ANO XXIX Nº 2418 PORTO VELHO - RO SEXTA - FEIRA, 14 DE MARÇO DE 2014 www.diof.ro.gov.br SUMÁRIO Atos do Executivo imprensaoficial@diof.ro.gov.br Governadoria...01 Sec. de Estado do PlanejamentoOrçamento

Leia mais

Conforme solicitado, segue em anexo o parecer técnico prévio e fundamentado

Conforme solicitado, segue em anexo o parecer técnico prévio e fundamentado Campinas, 12 de julho de 2008. Dr. Jairon Alcir Santos do Nascimento Coordenador Geral da CTNBio SPO Área 05 Quadra 03 Bloco B Térreo Sala 14 Brasília, DF 70610-200 Estimado Dr. Jairon A.S. Nascimento,

Leia mais

CAPÍTULO 13: PROTEÍNAS PLASMÁTICAS DE INTERESSE CLÍNICO

CAPÍTULO 13: PROTEÍNAS PLASMÁTICAS DE INTERESSE CLÍNICO CAPÍTULO 13: PROTEÍNAS PLASMÁTICAS DE INTERESSE CLÍNICO Autores: Prof. Dr. Paulo Cesar Naoum Biólogo: Paulo Francisco Naoum Introdução Cerca de 100 tipos diferentes de proteínas plasmáticas foram identificadas

Leia mais

Experiência com o SwingTwin Sampler em Rotinas Imunohematológicas

Experiência com o SwingTwin Sampler em Rotinas Imunohematológicas Micr Typing System Experiência cm SwingTwin Sampler em Rtinas Imunhematlógicas Maria Giselda Aravechia HIAE- Sã Paul Participantes : Marcia R. Dezan Vanessa Oliveira Eduard Felix Jean Fukimt Dra Mariza

Leia mais

C.n o. 1. Londrina 14 de Julho de 2008

C.n o. 1. Londrina 14 de Julho de 2008 C.n o. 1 Londrina 14 de Julho de 2008 Ao Sr Coordenador Dr. Jairon Alcir Santos do Nascimento Coordenador Geral da CTNBio Assunto: Parecer Ad Hoc Liberação Comercial -Milho Geneticamente Modificado Resistente

Leia mais

ANTICORPOS: ESTRUTURA E FUNÇÃO

ANTICORPOS: ESTRUTURA E FUNÇÃO ANTICORPOS: ESTRUTURA E FUNÇÃO Por definição, anticorpos são moléculas de glicoproteína, também chamadas de imunoglobulinas. São glicoproteínas altamente específicas sintetizadas em resposta a um antígeno,

Leia mais

macroscopia clivagem processamento inclusão - parafina coloração desparafinização microtomia bloco

macroscopia clivagem processamento inclusão - parafina coloração desparafinização microtomia bloco Patologia Cirúrgica macroscopia clivagem processamento inclusão - parafina coloração desparafinização microtomia bloco Exame Histopatológico Exame anatomopatológico é ATO MÉDICO! lâminas microscopia laudo

Leia mais

PROCESSO N 082.378.89-4

PROCESSO N 082.378.89-4 EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N 3132008 HIAS/SESA PROCESSO N 082.378.89-4 A SECRETARIA DA SAÚDE DO ESTADO DO CEARÁ, com sede na Av. Almirante Barroso, n.º 600 - Praia de Iracema, através dos Pregoeiros e

Leia mais

Ministério da Saúde FIOCRUZ Fundação Oswaldo Cruz Instituto Carlos Chagas - ICC- Fiocruz - PR

Ministério da Saúde FIOCRUZ Fundação Oswaldo Cruz Instituto Carlos Chagas - ICC- Fiocruz - PR Itamar Crispim Simpósio Temático - 01/07 e 02/07 Local: Auditório do TECPAR das 8:00 às 18:00 horas 01 de Julho Abertura e Apresentação Institucional Dr. Samuel Goldenberg Doença de Chagas: realidade e

Leia mais

Géis de Entrada e Separação

Géis de Entrada e Separação (1) Géis de Entrada e Separação ESCOLHA DO GEL Depende do tamanho da proteína que se quer detectar: Tamanho da Proteína Gel 4 40 kda 20% 12 45 kda 15% 10 70 kda 12% 15 100 kda 10% 25 200 kda 8% PREPARO

Leia mais

ANTI IgG (Soro de Coombs)

ANTI IgG (Soro de Coombs) ANTI IgG (Soro de Coombs) Soro Anti Gamaglobulinas Humanas PROTHEMO Produtos Hemoterápicos Ltda. PARA TESTES EM LÂMINA OU TUBO SOMENTE PARA USO DIAGNÓSTICO IN VITRO Conservar entre: 2º e 8ºC Não congelar

Leia mais

IV - IMUNOGLOBULINAS

IV - IMUNOGLOBULINAS Universidade Federal da Bahia Faculdade de Medicina Departamento de Anatomia Patológica e Medicina Legal Disciplina de Imunologia MED 194 IV - IMUNOGLOBULINAS Sumário Monitor: Bruno Bezerril 1. Definição....

Leia mais

"O desenvolvimento de biopesticidas à base de toxinas de Bacillus thuringiensis para a saúde". Bacillus thuringiensis

O desenvolvimento de biopesticidas à base de toxinas de Bacillus thuringiensis para a saúde. Bacillus thuringiensis "O desenvolvimento de biopesticidas à base de toxinas de Bacillus thuringiensis para a saúde". Mario Soberón, e Alejandra Bravo Instituto de Biotecnologia UNAM mario@ibt.unam.mx bravo@ibt.unam.mx Bacillus

Leia mais

Aula 8: Métodos de Purificação de Proteínas Recombinantes

Aula 8: Métodos de Purificação de Proteínas Recombinantes Disciplina de Mét. Purif. e Anál. Proteínas Curso de Ciências Biológicas 1º Semestre de 2015 Aula 8: Métodos de Purificação de Proteínas Recombinantes Prof. Marcos Túlio de Oliveira mtoliveira@fcav.unesp.br

Leia mais

Anexo I Relação de exames laboratoriais Pregão presencial nº 20/2015

Anexo I Relação de exames laboratoriais Pregão presencial nº 20/2015 Anexo I Relação de exames laboratoriais Pregão presencial nº 20/2015 ITEM CÓDIGO DESCRIÇÃO DO PROCEDIMENTO VALOR 01 02.02.05.001-7 ANÁLISE DE CARACTERES FÍSICOS, 3,70 ELEMENTOS E SEDIMENTOS NA URINA (EQU)

Leia mais

IMPORTÂNCIA DO TESTE DE ANTIGLOBULINA DIRECTO NA PRÁTICA TRANSFUSIONAL DE ROTINA

IMPORTÂNCIA DO TESTE DE ANTIGLOBULINA DIRECTO NA PRÁTICA TRANSFUSIONAL DE ROTINA IMPORTÂNCIA DO TESTE DE ANTIGLOBULINA DIRECTO NA PRÁTICA TRANSFUSIONAL DE ROTINA Carmen Lopes José António Duran RESUMO CONTEXTO: O estudo imuno-hematológico efectuado ao receptor, que antecede a terapia

Leia mais

Semente da Fiocruz germina no Paraná

Semente da Fiocruz germina no Paraná P E S Q U I S A Semente da Fiocruz germina no Paraná Fernanda Marques D esenvolver e aprimorar insumos para a saúde humana e animal, além de qualificar recursos humanos e estabelecer parcerias com o setor

Leia mais

Demora aproximadamente 40 semanas e é dividida em trimestres.

Demora aproximadamente 40 semanas e é dividida em trimestres. Demora aproximadamente 40 semanas e é dividida em trimestres. Primeiro trimestre 0 a 13 semanas (começo no primeiro dia do último período). Após o óvulo ter sido fertilizado na trompa de falópio, é transportado

Leia mais

TABELA DE PREÇOS REFERENCIAIS MATERIAIS LABORATORIAIS

TABELA DE PREÇOS REFERENCIAIS MATERIAIS LABORATORIAIS 60300 49247 49248 BOLSA COLETA SANGUE, MODELO: SIMPLES, MATERIAL: PVC ATOXICO E PLASTIFICANTE DI(2-ETILHEXIL)FTALATO (DEHP), CAPACIDADE: 450 ML, ANTICOAGULANTE: CPDA -1, ESTERILIZACAO: ESTERIL, PROPRIEDADES

Leia mais

RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO. Dolorex 10 mg/ml, solução injetável para equinos, caninos e felinos.

RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO. Dolorex 10 mg/ml, solução injetável para equinos, caninos e felinos. RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO 1. NOME DO MEDICAMENTO VETERINÁRIO Dolorex 10 mg/ml, solução injetável para equinos, caninos e felinos. 2. COMPOSIÇÃO QUALITATIVA E QUANTITATIVA Cada ml contém:

Leia mais

INTERFERÊNCIA DE REAÇÕES CRUZADAS NO DIAGNÓSTICO DA TOXOPLASMOSE

INTERFERÊNCIA DE REAÇÕES CRUZADAS NO DIAGNÓSTICO DA TOXOPLASMOSE INTERFERÊNCIA DE REAÇÕES CRUZADAS NO DIAGNÓSTICO DA TOXOPLASMOSE Clarissa Zanoni Kera Arantes RESUMO: O grande número de casos positivos para pesquisa de anticorpos da classe IGM para e mononucleose num

Leia mais

ANÁLISE GENÔMICA, MAPEAMENTO E ANÁLISE DE QTLs

ANÁLISE GENÔMICA, MAPEAMENTO E ANÁLISE DE QTLs ANÁLISE GENÔMICA, MAPEAMENTO E ANÁLISE DE QTLs João Meidanis Scylla Bioinformática e UNICAMP III Congresso Brasileiro de Melhoramento de Plantas Gramado, RS Maio 2005 MINI-CURSO - AGENDA 1. Primeiro Dia

Leia mais

GERAÇÃO. APIROGENICIDADE produto estéril, potencial/ pirogênico ESTERILIDADE

GERAÇÃO. APIROGENICIDADE produto estéril, potencial/ pirogênico ESTERILIDADE FOGO/ T C GERAÇÃO ESTERILIDADE APIROGENICIDADE produto estéril, potencial/ pirogênico ABRANGÊNCIA INJETÁVEIS EM GERAL (uso humano e veterinário) CORRELATOS DE INJETÁVEIS Produtos médico-hospitalares de

Leia mais

ANÁLISE DA POPULAÇÃO DE CÉLULAS T REGULADORAS EM PACIENTES PORTADORES DE TUBERCULOSE PULMONAR

ANÁLISE DA POPULAÇÃO DE CÉLULAS T REGULADORAS EM PACIENTES PORTADORES DE TUBERCULOSE PULMONAR ANÁLISE DA POPULAÇÃO DE CÉLULAS T REGULADORAS EM PACIENTES PORTADORES DE TUBERCULOSE PULMONAR Saara Barros Nascimento (bolsista do PIBIC/CNPQ), Raimundo Nonato da Silva (colaborador, UFPI), Rubens de Sousa

Leia mais

Conceito. Autoimunidade é uma resposta imune específica contra um antígeno ou uma

Conceito. Autoimunidade é uma resposta imune específica contra um antígeno ou uma AUTOIMUNIDADE Conceito Autoimunidade é uma resposta imune específica contra um antígeno ou uma série de antígenos próprios Doença Autoimune é uma síndrome provocada por lesão tissular ou alteração funcional

Leia mais

Diagnóstico Laboratorial das Infecções Virais

Diagnóstico Laboratorial das Infecções Virais Departamento de Microbiologia Instituto de Ciências Biológicas Universidade Federal de Minas Gerais http://www.icb.ufmg.br/mic/diaadia Diagnóstico Laboratorial das Infecções Virais Introdução A análise

Leia mais