Acontece entre os dias 21 e 25 de

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Acontece entre os dias 21 e 25 de"

Transcrição

1 I N F O R M E B U T A N T A N São Paulo - julho nº 167 terá presença maciça de pesquisadores do IB Acontece entre os dias 21 e 25 de novembro o XI Congresso Brasileiro da Sociedade Brasileira de Toxinologia, em Araxá, Minas Gerais. O tema do evento será Toxinas Naturais: Conhecimento Atual e Novos Desafios. Cientistas de renome, do Brasil e do exterior participam do evento. Entre as participações internacionais estão confirmados: Cesare Montecucco (University of Padova, Italy), Juan Calvete (Instituto de Biomedicine de Valencia, Spain), P. Billialdi (Muséum National d Histoire Naturelle, Paris, France), P.Gopalakhrisnakone (National University of Singapore and President of IST), Alan Harvey (University of Strathclyde, UK), Silvie Diochot (CNRS, France), Wilson Lourenço (Muséum National d Histoire Naturelle, Paris, France), Valerie Choumet (Unité dês Venins, Institut Pasteur, France) e Violaine Moreau (CNRS, Montpellier, France). Diversos pesquisadores do Instituto Butantan serão conferencistas e palestrantes no evento, entre eles: Francisco O. S. França, Solange M. T. Serrano, André Zelanis, Ana M. Moura da Silva, Denise V. Tambourgy. Também haverá um simpósio satélite coordenado pela pesquisadora do Butantan Yara Cury e Paulo S.L. Beirão (UFMG) intitulado INCTTOX: Avanços da Toxinologia. Até 20 de setembro as inscrições possuem um preço promocional. Os interessados podem se inscrever pelo site: Acontece entre os dias 8 e 12 de novembro o II Congresso Latinoamericano de Etnobiologia (IICLB), VIII Simpósio de Etnobiologia e Etnoecologia (VIIISBEE), III Encontro Pernambucano de Etnobiologia e Etnoecologia (IIIEPEE), no campus da Universidade Federal Rural de Pernambuco. Serão apresentados 3 trabalhos de profissionais do Instituto Butantan ligados ao subprograma do INCTTOX, Cibele Barbarini, Myriam Calleffo e Suzana Fernandes, Fan Hui Wen, e Amanda Costa, a seguir: Per- cepções etnozoológicas da relação do homem e a espécie Eunectes murinus (sucuri) em localidades do interior do Estado de São Paulo, O fornecimento de serpentes para o Instituto Butantan ao longo de gerações um caso de etno-conhecimento em Juquitiba, interior de São Paulo, e Práticas tradicionais de cura e prevenção de acidentes ocasionados por animais venenosos em duas regiões: Belterra, oeste do Estado do Pará e Juquitiba, interior do Estado de São Paulo. 1

2 Anti-CD3 humanizado tem potencial de uso em doenças auto-imunes Laboratório do Butantan gera pela primeira vez no Brasil uma linhagem humanizada com anticorpos recombinantes O Laboratório de Biofármacos em Célula Animal traz na edição deste Informe nº167, a publicação do trabalho de Flávia Serpieri, que defendeu doutorado sobre a geração de linhagem de Anticorpos anti-cd3 humanizados. O programa é antigo na instituição que produz o anti-cd3 murino desde a década de 90, no entanto o produto nunca fora registrado. De uso restrito o anti-cd3 murino é utilizado por breves períodos na reversão à rejeição de transplantes, uma vez que seu uso prolongado causa reações imunogênicas. A vantagem de uma linhagem de anti- CD3 humanizado é que o anticorpo passa despercebido pelo sistema imune humano. Atualmente não existe disponível no mercado internacional nenhum anti- CD3 humanizado para uso clínico. A geração de linhagem humanizada é obtida pela manipulação do gene tornando-o recombinante e a seguir esse gene é transfectado para uma célula de mamífero. A técnica é complexa uma vez que o anticorpo possui duas cadeias, o que dificulta sua expressão de forma proporcional. Ao serem injetadas nas células essas seqüências precisam se integrar no cromossomo de maneira proporcional. De acordo com Ana Maria Moro, diretora do Laboratório de Biofármacos em Célula Animal e orientadora do doutorado de Flávia, já se sabe que as linhagens desenvolvidas são viáveis, falta o desenvolvimento de processos que viabilizem sua produção em maior escala. Também faz parte do programa a obtenção de linhagens mais produtivas. A pesquisa aponta uma afinidade de 60% para o anticorpo humanizado, bem próximo dos 82% do anticorpo murino; comemora Ana. Segundo a pesquisadora, é a primeira vez no Brasil que é gerada uma linhagem humanizada com anticorpo recombinante. O anti-cd3 humanizado poderá ser utilizado em diferentes doenças auto-imunes caso seja aprovado em futuros ensaios clínicos, tais como: diabetes tipo 1, lúpus e artrites, graças a sua ligação com os receptores dos linfócitos T. O próximo desafio do laboratório é adaptar sua produção que até então era feita em células aderentes para o cultivo em suspensão e fazer alterações na célula que permitam sua reprodução em maior escala. De acordo com Ana, o Laboratório poderá produzir no futuro o anti-cd3 humanizado em escala de planta piloto para os ensaios pré-clínicos e clínicos, uma vez que há área classificada por lá o que permite a produção para uso humano. 230 Count Plot5: Not Gated Count CITOMETRIA DE FLUXO - ANTI-CD3 - Humanizado e Murino hu-igg mu-igg Plot5: Not Gated 50 M1 M2 58 M1 M2 10e0 10e1 10e2 10e3 10e4 Green Fluorescence (GRN-HLog) Células positivas: 60,42% 10e0 10e1 10e2 10e3 10e4 Green Fluorescence (GRN-HLog) Células positivas: 82,57% Citometria de fluxo dos anticorpos anti-cd3, murino e humanizado, realizado com células mononucleares do sangue periférico humano, previamente adsorvidas com anticorpo anti-igg humana conjugado PE 2

3 INCTTOX e parceiros lançam livro em outubro O Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Toxinas (INCTTOX) e o Grupo de Estudo e Pesquisa em Educação Não Formal e Divulgação em Ciência da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (GEENF/FEUSP) lançam em outubro, durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnilogia, o livro Olhares sobre os diferentes contextos da biodiversidade: pesquisa, divulgação e educação. A obra coordenada pela educadora Martha Marandino é fruto do envolvimento de diferentes pesquisadores e docentes na Semana da Ciência e Tecnologia de 2008 e é resultado de uma parceria entre universidade, instituições museológicas e de pesquisa que já produziu diversos artigos, apresentações em congressos, oficinas e elaboração de cursos e produção de materiais pedagógicos. Declarado Ano Internacional da Biodiversidade pela Assembléia Geral das Nações Unidas, 2010 é o momento mais adequado para o debate sobre como a biodiversidade se apresenta nas diversas ações de educação desenvolvidas pelos museus. Acontece entre os dias 10 e 13 de outubro o III Encontro Nacional de Ensino de Biologia (ENEBIO), o IV Encontro Regional de Ensino de Biologia- NE e o V Congresso Iberoamericano de Educación em Ciências Experimentales. Realizado na Universidade Federal do Ceará (UFC), contará com a apresentação do seguinte trabalho: Ações de educação e comunicação do Laboratório de Produção e Avaliação de Materiais de Ensino de Ciências e Divulgação Científica INCTTOX, de autoria de Djana Contier, Adriano Dias de Oliveira, Alessandra Bizerra, Carla Wanessa do Amaral Caffagni, Alessandra Schunck, Daniela Scarpa, Marcelo Giordan, Martha Marandino. 3

4 Pesquisa desvenda veneno da jararaca Uma pesquisa realizada pela pósdoutoranda do Laboratório de Imunopatologia do Butantan, Cristini Baldo, e publicada na revista PloS Neglected Tropical Diseases, descreve os mecanismos de ação da jararagina, toxina encontrada no veneno da jararaca, e traz novas perspectivas para o desenvolvimento de futuros medicamentos. O trabalho publicado é resultado de sua tese de doutorado Mecanismos envolvidos na ação hemorrágica de metaloproteinases de venenos de serpentes, sob orientação da pesquisadora, Ana M. Moura da Silva. Segundo o estudo, a jararagina se fixa nas proximidades dos vasos, comprometendo sua integridade e induzindo o sangramento local, que se constitui em um dos principais sintomas do envenenamento. A descoberta permitirá que outros grupos de pesquisa proponham algum tipo de aliado no tratamento das vítimas de envenenamento para reverter os efeitos locais do acidente. O texto completo encontra-se disponível no endereço: journal.pntd Acontece entre os dias 2 e 6 de setembro o XX- XIII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação- Intercom Durante o evento será realizado o IV Colóquio Binacional Brasil-Estados Unidos de Estudos da Comunicação, no qual será apresentado o trabalho Butantan, além das crises de imagem uma crise de conceito, de autoria de Tiago de Paula Oliveira, do Centro de Desenvolvimento Cultural. 4

5 Defendeu tese: Laboratório de Imunopatologia Stella Furlan Caracterização do precursor e da atividade de inibição da agregação plaquetária da BNP1 e de disintegrinas do veneno de Bothrops neuwiedi. Defesa de Mestrado em 24 de Junho de 2010, Instituto de Ciências Biomédicas IV, USP Orientador : Ana Maria Moura da Silva - Agência Financiadora: CNPq Renata Ricardi Estudo dos mecanismos de supressão da resposta imune induzida pela crotoxina do veneno de Crotalus durissus terrificus. Defesa de Mestrado em 18 de Junho de 2010, Instituto de Ciências Biomédicas IV, USP Orientador : Eliana Faquim de Lima Mauro - Agência Financiadora: FAPESP Laboratório Especial de Toxinologia Aplicada Milene Cristina Menezes dos Santos Estudo sobre a função dos domínios não catalíticos do HF3, uma metaloproteinase do veneno da serpente Bothrops jararaca, na sua interação com alvos celulares e plasmáticos. Defesa de Doutorado em 11 de maio de 2010, Progama de Pós-Graduação Interunidades em Biotecnologia USP-IPT-IBu. Orientador: Solange Maria de Toledo Serrano Publicações Laboratório de Biofármacos em Célula Animal Serpieri F, Inocencio A, de Oliveira JM, Pimenta AA Jr, Garbuio A, Kalil J, Brigido MM, Moro AM.Comparison of humanized IgG and FvFc anti-cd3 monoclonal antibodies expressed in CHO cells.mol Biotechnol Jul;45(3): Laboratório de Imunopatologia Baldo C, Jamora C, Yamanouye N, Zorn TM, Moura-da-Silva AM. Mechanisms of vascular damage by hemorrhagic snake venom metalloproteinases: tissue distribution and in situ hydrolysis. PLoS Negl Trop Dis. 29;4(6):e727, 2010 Menezes MA, Rocha LB, Koga PC, Fernandes I, Nara JM, Magalhães CA, Abe CM, Ayala CO, Burgos YK, Elias WP, Castro AF, Piazza RM. Identification of enteropathogenic and enterohaemorrhagic strains by immunoserological detection of intimin. J Appl Microbiol. 108(3):878-87, Tanjoni I, Evangelista K, Della-Casa MS, Butera D, Magalhães GS, Baldo C, Clissa PB, Fernandes I, Eble J, Moura-da-Silva AM. Different regions of the class P-III snake venom metalloproteinase jararhagin are involved in binding to alpha2beta1 integrin and collagen. Toxicon. 1;55(6):1093-9, JULHO/2010- Nº 167 5

6 Laboratório de Imunoquímica Ferreira Junior RS, Anderlini RP, Pimenta DC, Orsi RO, Barraviera B, Sant Ana OA. New nanostructured sílica adjuvant (SBA-15) employed to produce antivenom in young sheep using Crotalus durissus terrificus and Apis mellifera venoms detoxifield by Cobalt-60. J. Toxicol. Environm Health (Part A) 73: , 2010 Condecoração Laboratório Especial de Toxinologia Aplicada O Prof. Hugo Aguirre Armelin, coordenador do CAT/CEPID, recebeu no dia 26/05/2010, em cerimônia em Brasília, o grau Grã-Cruz da Ordem Nacional do Mérito Científico. Auxílio Recebido: Laboratório Farmacologia Auxílio Pesquisa - Regular FAPESP Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo Pesquisador responsável Benedito Carlos Prezoto N Processo 2009/ Título Avaliação da atividade pro-coagulante do ácido ribonucléico (RNA) sobre a via intrínseca da coagulação em mamíferos e aves Início Previsto 01/05/2010 Término Previsto 30/04/2012 Recursos U$ ,00 R$ ,74 São Paulo, 31 Mao 2010 CENTRO DE DESENVOLVIMENTO CULTURAL Av. Vital Brasil, CEP São Paulo-SP Tel: ramais

Título: Ações de educação e comunicação do Laboratório de Produção e Avaliação de Materiais de Ensino de Ciências e Divulgação Científica - INCTTOX.

Título: Ações de educação e comunicação do Laboratório de Produção e Avaliação de Materiais de Ensino de Ciências e Divulgação Científica - INCTTOX. Título: Ações de educação e comunicação do Laboratório de Produção e Avaliação de Materiais de Ensino de Ciências e Divulgação Científica - INCTTOX. Autores: Djana Contier 1, Adriano Dias de Oliveira 1,

Leia mais

Divulgação e Educação

Divulgação e Educação Divulgação e Educação Workshop Políticas de Educação nas ICTs: ferramentas para ciência, tecnologia, inovação e cidadania IVB Niterói RJ Mesa: Instituições de Ciência e Tecnologia e a Educação 18.9.15

Leia mais

Construindo um País mais Saudável 40 anos do Programa Nacional de Imunizações. 4 de Setembro de 2013 Senado Federal Brasília

Construindo um País mais Saudável 40 anos do Programa Nacional de Imunizações. 4 de Setembro de 2013 Senado Federal Brasília Construindo um País mais Saudável 40 anos do Programa Nacional de Imunizações 4 de Setembro de 2013 Senado Federal Brasília BUTANTAN UMA INSTITUIÇÃO PÚBLICA DO GOVERNO DE ESTADO DE SÃO PAULO Em 1901 o

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, CULTURA E ASSUNTOS ESTUDANTIS. 1. Modalidade da Ação. 2. Apresentação do Proponente

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, CULTURA E ASSUNTOS ESTUDANTIS. 1. Modalidade da Ação. 2. Apresentação do Proponente UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, CULTURA E ASSUNTOS ESTUDANTIS 1. Modalidade da Ação Projeto - Ação Processual e contínua de caráter educativo, social, cultural, científico

Leia mais

PERFIL EPIDEMIOLÓGICO COM ACIDENTES OFÍDICOS NA REGIÃO DE ITAPEVA-SP DO ANO DE 2007 A 2012

PERFIL EPIDEMIOLÓGICO COM ACIDENTES OFÍDICOS NA REGIÃO DE ITAPEVA-SP DO ANO DE 2007 A 2012 PERFIL EPIDEMIOLÓGICO COM ACIDENTES OFÍDICOS NA REGIÃO DE ITAPEVA-SP DO ANO DE 2007 A 2012 Suzuki, Cristiane Emiko Discente do curso de Enfermagem da Faculdade de Ciências Sociais e Agrárias de Itapeva

Leia mais

Série Didática Número 5

Série Didática Número 5 Animais Peçonhentos: Serpentes_ Serpentes são animais vertebrados que pertencem ao grupo dos répteis. Seu corpo é coberto de escamas, o que Ihes confere um aspecto às vezes brilhante, às vezes opaco, ou

Leia mais

Biotecnologia e medicina. Denise Machado

Biotecnologia e medicina. Denise Machado Biotecnologia e medicina Denise Machado Biotecnologia 325 milhões de pessoas no mundo fazem uso de 130 drogas ou vacinas produzidas pelas técnicas da biotecnologia. 70% de tais drogas ou vacinas foram

Leia mais

Coffee Break 10:30hs às 11:30hs Biologia Molecular do Processo de Apoptose Prof. Dr. Roberto César Pereira Lima Júnior Departamento de Fisiologia e

Coffee Break 10:30hs às 11:30hs Biologia Molecular do Processo de Apoptose Prof. Dr. Roberto César Pereira Lima Júnior Departamento de Fisiologia e II Curso Avançado em Citogenômica do Câncer - realizado pelo Laboratório de Citogenômica do Câncer da Universidade Federal do Ceará. 20 a 23 de novembro no Seara Praia Hotel em Fortaleza - Ceará. Carga

Leia mais

Conversando sobre Museu. >> Saiba mais e faça sua inscrição

Conversando sobre Museu. >> Saiba mais e faça sua inscrição Conversando sobre Museu Edição Nº 4 Florianópolis, 02 de maio de 2012 O ciclo de discussão Conversando sobre Museu, uma iniciativa do Sistema Estadual de Museus (SEM/SC), da Fundação Catarinense de Cultura

Leia mais

Desafios regulatórios Até onde vai a liberdade do Pesquisador?

Desafios regulatórios Até onde vai a liberdade do Pesquisador? Desafios regulatórios Até onde vai a liberdade do Pesquisador? Equipe de Identificação de pré-candidatos (internos ou externos) Pré-candidatos selecionados? Criação da Equipe do Projeto - Diretoria Diretória

Leia mais

Coordenação Brasília DF 27 de novembro de 2009

Coordenação Brasília DF 27 de novembro de 2009 Coordenação Brasília DF 27 de novembro de 2009 INSTITUIÇÕES DA RMPI INDICADORES DE BIOTECNOLOGIA DE ALGUMAS INSTITUIÇÕES- MEMBRO DA RMPI Números de algumas Instituições Científicas e Tecnológicas do Estado

Leia mais

RECEPTA BIOPHARMA 13

RECEPTA BIOPHARMA 13 RECEPTA BIOPHARMA 13 INOVAR É FAZER. 22 CASOS EMPRESARIAIS DE INOVAÇÃO DE PEQUENAS, MÉDIAS E GRANDES EMPRESAS associação de competências para o desenvolvimento de medicamentos Inovadores para o tratamento

Leia mais

Imunidade Adaptativa Humoral

Imunidade Adaptativa Humoral Imunidade Adaptativa Humoral Daiani Cristina Ciliao Alves Taise Natali Landgraf Imunidade Adaptativa Humoral 1) Anticorpos: Estrutura Localização 2) Maturação de célula B: Interação dependente de célula

Leia mais

Open innovation. A realidade e os desafios do complexo da saúde no Brasil

Open innovation. A realidade e os desafios do complexo da saúde no Brasil Open innovation A realidade e os desafios do complexo da saúde no Brasil São Paulo, 2012 AGENDAGENDA O CENÁRIO INSTITUTO BUTANTAN A REAL INOVAÇÃO EM SAÚDE NO BRASIL Instituto Butantan 1 SISTEMA ÚNICO DE

Leia mais

AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE ANTINOCICEPTIVA DO VENENO DA SERPENTE Caudisona durissa collilineata E IDENTIFICAÇÃO DA FRAÇÃO ATIVA

AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE ANTINOCICEPTIVA DO VENENO DA SERPENTE Caudisona durissa collilineata E IDENTIFICAÇÃO DA FRAÇÃO ATIVA AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE ANTINOCICEPTIVA DO VENENO DA SERPENTE Caudisona durissa collilineata E IDENTIFICAÇÃO DA FRAÇÃO ATIVA Sayonara Ay More de OLIVEIRA 1,2, Elson Alves COSTA 1, Marta Regina MAGALHÃES

Leia mais

Extensão Universitária 2011

Extensão Universitária 2011 Serpentes 14 a 18 de fevereiro, das 9h às 17h (30h) Público: graduados e graduandos do último ano em Biologia, Zootecnia, Medicina Veterinária e Educação. Programa: Identificação; história natural; distribuição

Leia mais

Geração de anticorpos monoclonais para alvos neurológicos

Geração de anticorpos monoclonais para alvos neurológicos Geração de anticorpos monoclonais para alvos neurológicos M. Carolina Tuma, Ph.D. Diretora de Pesquisa e Desenvolvimento Recepta_cartão.jpg Recepta: uma parceria inovadora Brazilian Angel Investors Anticorpos

Leia mais

Centros de Pesquisa, Inovação e difusão (CEPIDs) Ciência de alto impacto

Centros de Pesquisa, Inovação e difusão (CEPIDs) Ciência de alto impacto Centros de Pesquisa, Inovação e difusão (CEPIDs) Ciência de alto impacto FAPESP e instituições paulistas investem R$ 1,4 bilhão em programas de pesquisa, inovação e difusão A Fundação de Amparo à Pesquisa

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO DOUTORADO EM DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA EM

Leia mais

Inovação em Oncologia no Brasil. Jose Fernando Perez Diretor Presidente

Inovação em Oncologia no Brasil. Jose Fernando Perez Diretor Presidente Inovação em Oncologia no Brasil Jose Fernando Perez Diretor Presidente 1 Anticorpos Monoclonais e Peptídeos para Tratamento do Câncer Recepta Biopharma é uma empresa de biotecnologia dedicada a P&D para

Leia mais

Neste volume: Corpo Editorial Denise V. Tambourgi Paulo S. L. Beirão Yara Cury Marcos R. M. Fontes Solange M. T. Serrano

Neste volume: Corpo Editorial Denise V. Tambourgi Paulo S. L. Beirão Yara Cury Marcos R. M. Fontes Solange M. T. Serrano Junho, 2013 n o 05 Corpo Editorial Denise V. Tambourgi Paulo S. L. Beirão Yara Cury Marcos R. M. Fontes Solange M. T. Serrano Criação de arte e diagramação: Centro de Desenv. Cultural - IBu Está é a quinta

Leia mais

A transgenia não é a única estratégia para a transformação genética de plantas

A transgenia não é a única estratégia para a transformação genética de plantas A transgenia não é a única estratégia para a transformação genética de plantas MARIA HELENA BODANESE ZANETTINI - DEPARTAMENTO DE GENÉTICA, INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS, UFRGS maria.zanettini@ufrgs.br A base

Leia mais

PRINCIPAIS COMPOSTOS QUÍMICOS PRESENTE NOS VENENOS DE COBRAS DOS GÊNEROS BOTHROPS E CROTALUS UMA REVISÃO

PRINCIPAIS COMPOSTOS QUÍMICOS PRESENTE NOS VENENOS DE COBRAS DOS GÊNEROS BOTHROPS E CROTALUS UMA REVISÃO PRINCIPAIS COMPOSTOS QUÍMICOS PRESENTE NOS VENENOS DE COBRAS DOS GÊNEROS BOTHROPS E CROTALUS UMA REVISÃO Elaine Moio da Cunha 1* e Otávio Augusto Martins 1,2 1 Departamento de Exatas, Faculdades Integradas

Leia mais

VI Congresso Brasileiro de Biossegurança Simpósio Latino-Americano de Produtos Biotecnológicos

VI Congresso Brasileiro de Biossegurança Simpósio Latino-Americano de Produtos Biotecnológicos VI Congresso Brasileiro de Biossegurança Simpósio Latino-Americano de Produtos Biotecnológicos Rio de Janeiro, 21-25 setembro de 2009 Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ Construções Mais Comuns

Leia mais

17/03/2011. Marcos K. Fleury Laboratório de Hemoglobinas Faculdade de Farmácia - UFRJ mkfleury@ufrj.br

17/03/2011. Marcos K. Fleury Laboratório de Hemoglobinas Faculdade de Farmácia - UFRJ mkfleury@ufrj.br Marcos K. Fleury Laboratório de Hemoglobinas Faculdade de Farmácia - UFRJ mkfleury@ufrj.br São doenças causadas pela proliferação descontrolada de células hematológicas malignas ou incapacidade da medula

Leia mais

Instrução Normativa CTNBio nº 6, de 28.02.97

Instrução Normativa CTNBio nº 6, de 28.02.97 Instrução Normativa CTNBio nº 6, de 28.02.97 Dispõe sobre as normas de classificação dos experimentos com vegetais geneticamente modificados quanto aos níveis de risco e de contenção. A COMISSÃO TÉCNICA

Leia mais

Cadastro de eventos - DTA

Cadastro de eventos - DTA Cadastro de eventos - DTA Campo ID 7846 Informação Ano base * 2015 Tipo de Cadastro * Com solicitação de recursos à Proex? * Câmpus * Unidade * Departamento * Outras Unidades, Instituições envolvidas (naturezada

Leia mais

Subprojeto 18: Identification of anti-cd20 antibodies for the production of human monoclonal antibodies. Investigator: Dimas Covas.

Subprojeto 18: Identification of anti-cd20 antibodies for the production of human monoclonal antibodies. Investigator: Dimas Covas. Subprojeto 18: Identification of anti-cd20 antibodies for the production of human monoclonal antibodies. Investigator: Dimas Covas Abstract Cancer patients may produce antibodies against antigens on the

Leia mais

CARACTERÍSTICAS GERAIS

CARACTERÍSTICAS GERAIS RÉPTEIS CARACTERÍSTICAS GERAIS Répteis do latim REPTARE= RASTEJAR. Têm cerca de 7 mil espécies. Surgiram há cerca de 300 milhões de anos. Vivem em ambientes terrestres (secos) ou alguns são aquáticos.

Leia mais

IV COMANDO AÉREO REGIONAL. QSCon 1ª/2016

IV COMANDO AÉREO REGIONAL. QSCon 1ª/2016 IV COMANDO AÉREO REGIONAL QSCon 1ª/2016 CANDIDATOS EXCLUÍDOS DO PROCESSO SELETIVO, POR OCASIÃO DA ETAPA DE AVALIAÇÃO CURRICULAR PROVISÓRIA DO PROCESSO SELETIVO LOCALIDADE: GUARATINGUETÁ 45506 ANA LETICIA

Leia mais

Bula com informações ao Paciente soro antibotrópico (pentavalente) e antilaquético. solução injetável IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO

Bula com informações ao Paciente soro antibotrópico (pentavalente) e antilaquético. solução injetável IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO soro antibotrópico (pentavalente) e antilaquético solução injetável IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO soro antibotrópico (pentavalente) e antilaquético APRESENTAÇÃO O soro antibotrópico (pentavalente) e antilaquético,

Leia mais

ACIDENTES COM ANIMAIS PEÇONHENTOS NO MUNICÍPIO DE MANGARATIBA, RJ. Palavras-chave: Animais peçonhentos; Acidentes. Mangaratiba. Rio de Janeiro.

ACIDENTES COM ANIMAIS PEÇONHENTOS NO MUNICÍPIO DE MANGARATIBA, RJ. Palavras-chave: Animais peçonhentos; Acidentes. Mangaratiba. Rio de Janeiro. Revista Eletrônica Novo Enfoque, ano 2012, v. 15, edição especial, p. 07 15 ACIDENTES COM ANIMAIS PEÇONHENTOS NO MUNICÍPIO DE MANGARATIBA, RJ CARDOSO, Carlos Ferreira de Lima 1 SOARES, Marcelo de Araújo

Leia mais

Com auxílio da bioinformática, grupo da USP gera catálogo de genes de espécies de Eimeria

Com auxílio da bioinformática, grupo da USP gera catálogo de genes de espécies de Eimeria Com auxílio da bioinformática, grupo da USP gera catálogo de genes de espécies de Eimeria Os pesquisadores Arthur Gruber e Alda Madeira, professores do Instituto de Ciências Biomédicas da USP e seu grupo

Leia mais

Prof. Dr. David L. Lindbo

Prof. Dr. David L. Lindbo Prof. Dr. David L. Lindbo (Department of Soil Science North Carolina State University-USA): Especialista na relação solo-meio ambiente, com programa de pesquisa e extensão voltados para uso do solo não

Leia mais

Com louvor. Investir em conhecimento e pesquisa é fundamental

Com louvor. Investir em conhecimento e pesquisa é fundamental capa Em apenas nove anos, Programa de Pós-Graduação em Oncologia do INCA atinge grau de excelência Com louvor Investir em conhecimento e pesquisa é fundamental para transformar a realidade de pacientes

Leia mais

Bula com informações ao Paciente soro anticrotálico

Bula com informações ao Paciente soro anticrotálico soro anticrotálico solução injetável IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO soro anticrotálico APRESENTAÇÃO O soro anticrotálico, heterólogo e hiperimune, é apresentado em ampolas contendo 10 ml de solução injetável

Leia mais

O Sistema do Complemento

O Sistema do Complemento UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto Programa de Pós- Graduação em Imunologia Básica e Aplicada Disciplina- Integração Imunologia Básica- Clínica O Sistema do Complemento Elyara

Leia mais

FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS EM BIOTECNOLOGIA

FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS EM BIOTECNOLOGIA FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS EM BIOTECNOLOGIA J O Ã O M A S S U D F I L H O P R E S I D E N T E, S B M F C O O R D E N A D O R D O C U R S O D E M F / U N I F E S P C E O, T R I A L S C O N S U L T I N

Leia mais

Imunologia dos Tr T ansplantes

Imunologia dos Tr T ansplantes Imunologia dos Transplantes Base genética da rejeição Camundongos isogênicos - todos os animais possuem genes idênticos Transplante de pele entre animais de linhagens diferentes rejeição ou aceitação depende

Leia mais

Questão de Vida ou Morte?

Questão de Vida ou Morte? Célula-Tronco: Questão de Vida ou Morte? III Seminário A Filosofia das Origens Fábio Juliano Pacheco, Ph.D. Laboratório de Biologia Celular, Molecular e Auto-Imunidade Centro Universitário Adventista de

Leia mais

www.copeve.ufal.br copeve@reitoria.ufal.br

www.copeve.ufal.br copeve@reitoria.ufal.br TÉCNICO DE LABORATÓRIO DE QUÍMICA CAMPUS A. C. SIMÕES MACEIÓ CANDIDATO Ativ. 1 Ativ. 2 Ativ. 3 - - Total ANA CLÁUDIA ALVES DE LIRA 10,80 16,00 5,00 - - 31,80 FLÁVIO MARTINS DOS SANTOS 13,00 15,00 00,00

Leia mais

reportagem Como o Brasil avança nos estudos de células-tronco 18 HEMO em revista outubro/novembro/dezembro

reportagem Como o Brasil avança nos estudos de células-tronco 18 HEMO em revista outubro/novembro/dezembro Como o Brasil avança nos estudos de células-tronco 18 HEMO em revista outubro/novembro/dezembro Desde a aprovação da Lei de Biossegurança, em 2005, os estudos com células-tronco têm se intensificado e

Leia mais

Término Previsto: ---/---/-----

Término Previsto: ---/---/----- UNIVERSIDADE CAMILO CASTELO BRANCO CEUA COMISSÃO DE ÉTICA NO USO DE ANIMAIS PROTOCOLO N o. (Para uso exclusivo da CEUA) 1. FORMULÁRIO DE ENCAMINHAMENTO PARA PESQUISA ENVOLVENDO ANIMAIS Curso: Campus: Título

Leia mais

A genética do vírus da gripe

A genética do vírus da gripe A genética do vírus da gripe Para uma melhor compreensão das futuras pandemias é necessário entender sobre as pandemias passadas e os fatores que contribuem para a virulência, bem como estabelecer um compromisso

Leia mais

para o Tratamento do Câncer

para o Tratamento do Câncer Terapias Direcionadas para o Tratamento do Câncer 1 Anticorpos Monoclonais e Peptídeos para Tratamento do Câncer Recepta Biopharma é uma empresa de biotecnologia dedicada a P&D para o desenvolvimento de

Leia mais

BIOLOGIA MOLECULAR APLICADA AO ESTUDO DE DOENÇAS

BIOLOGIA MOLECULAR APLICADA AO ESTUDO DE DOENÇAS ! Universidade Federal de Pernambuco Centro de Ciências da Saúde Departamento de Patologia Laboratório de Imunopatologia Keizo Asami Prof. Dr. Lucas Brandão BIOLOGIA MOLECULAR APLICADA AO ESTUDO DE DOENÇAS

Leia mais

INSTITUTO DE TERAPIA CELULAR DA BAHIA

INSTITUTO DE TERAPIA CELULAR DA BAHIA Uso de Células C Tronco em Doenças Degenerativas Coordenador Ricardo Ribeiro dos Santos FIOCRUZ / BA ricardoribeiro@cpqgm.fiocruz.br HOSPITAL SANTA ISABEL FIOCRUZ HOSPITAL SÃO RAFAEL CEDEBA INSTITUTO INSTITUTO

Leia mais

Biofármacos: desenvolvimento atual

Biofármacos: desenvolvimento atual Biofármacos: desenvolvimento atual Leda R. Castilho Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) COPPE Programa de Engenharia Química Laboratório de Engenharia de Cultivos Celulares (LECC) Produtos biotecnológicos

Leia mais

Complexo principal de histocompatibilidade

Complexo principal de histocompatibilidade Complexo principal de histocompatibilidade Todas as espécies possuem um conjunto de genes denominado MHC, cujos produtos são de importância para o reconhecimento intercelular e a discriminação do que é

Leia mais

Perfil do Aluno de Iniciação Científica no Brasil. Com foco no setor privado

Perfil do Aluno de Iniciação Científica no Brasil. Com foco no setor privado Perfil do Aluno de Iniciação Científica no Brasil Perfil do aluno - pesquisador no Brasil Qual a o verdadeiro papel da iniciação científi ca? Quem são os jovens pesquisadores brasileiros? Quais as áreas

Leia mais

Adendo ao Relatório CEPID/CTC 2007

Adendo ao Relatório CEPID/CTC 2007 Adendo ao Relatório CEPID/CTC 2007 O presente adendo visa fornecer a FAPESP dados objetivos para a avaliação quanto a: (1) Organização e apoio institucional, e (2) Avaliação do impacto do financiamento

Leia mais

Pesquisa deve resultar em inovação tecnológica Projeto desenvolvido em instituição de pesquisa Contrapartida real da empresa parceira: entre 30% e

Pesquisa deve resultar em inovação tecnológica Projeto desenvolvido em instituição de pesquisa Contrapartida real da empresa parceira: entre 30% e ,129$d 2 3$5&(5,$61$ (&2120,$'2 &21+(&,0(172 3DUFHULDSDUD,QRYDomR7HFQROyJLFD 3,7(3DUFHULDSDUD,QRYDomR 7HFQROyJLFD 3,3(,QRYDomR7HFQROyJLFD HP3HTXHQDV(PSUHVDV &(3,'V &(3,'V&HQWURVGH3HVTXLVD,QRYDomRH'LIXVmR

Leia mais

DICAS PARA ELABORAR RESUMOS CIENTÍFICOS. Prof. Fabiola Paes Leme EV-DCCV-UFMG

DICAS PARA ELABORAR RESUMOS CIENTÍFICOS. Prof. Fabiola Paes Leme EV-DCCV-UFMG DICAS PARA ELABORAR RESUMOS CIENTÍFICOS Prof. Fabiola Paes Leme EV-DCCV-UFMG Resumos científicos Importância Divulgação de resultados Contribuição científica Visibilidade Acesso nacional x mundial Traduções

Leia mais

Caracterização de Disciplina

Caracterização de Disciplina Disciplina/Turma: GEV501 Produção de Proteínas Recombinantes 2012/1 de Créditos: 6 30 30 30 90 Professor(a) Responsável: Dra. Andrea Soares da Costa Fuentes : De 23 de julho a 06 de agosto, das 8h às 12

Leia mais

Escola Secundária de Camões

Escola Secundária de Camões Escola Secundária de Camões INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA BIOLOGIA Código 302 Curso Científico-Humanístico de Ciências e Tecnologias- 12ºano Duração da prova escrita: 90 min Duração da

Leia mais

Assimetrias Regionais

Assimetrias Regionais Assimetrias Regionais Um olhar sobre a pós-graduação brasileira Marcelo Viana Ciência, Tecnologia e Inovação Visões da Jovem Academia Concessão de bolsas de pós-graduação no país Distribuição de discentes

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS BIOLOGICAS MODALIDADE MÉDICA MANUAL DO ALUNO. Coordenadora do Curso: Professora Katia Carneiro

CURSO DE CIÊNCIAS BIOLOGICAS MODALIDADE MÉDICA MANUAL DO ALUNO. Coordenadora do Curso: Professora Katia Carneiro CURSO DE CIÊNCIAS BIOLOGICAS MODALIDADE MÉDICA MANUAL DO ALUNO Coordenadora do Curso: Professora Katia Carneiro Inscrição em disciplina e créditos tem que ter no mínimo 6 creditos por período. só pode

Leia mais

Universidade CEUMA REITORIA Gerência de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão Mestrado em Biologia Parasitária

Universidade CEUMA REITORIA Gerência de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão Mestrado em Biologia Parasitária EDITAL No. 012/GPG/2015 Estabelece Normas e Procedimentos de Seleção simplificada para o Programa de Pós- Graduação Stricto Sensu em Biologia Parasitária, nível de mestrado, para ingresso no 2º semestre

Leia mais

DADOS DO INEP Instituto Nacional de estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Ministério da Educação UDESC/ 2005

DADOS DO INEP Instituto Nacional de estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Ministério da Educação UDESC/ 2005 DADOS DO INEP Instituto Nacional de estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Ministério da Educação UDESC/ 2005 Número total de Programas 1 e seus respectivos projetos vinculados, público atendido

Leia mais

Somos uma companhia biofarmacêutica global, voltada à pesquisa e desenvolvimento de medicamentos inovadores

Somos uma companhia biofarmacêutica global, voltada à pesquisa e desenvolvimento de medicamentos inovadores ASTRAZENECA, CNPq e CAPES Unidos pelo desenvolvimento da ciência, tecnologia e inovação ASTRAZENECA Somos uma companhia biofarmacêutica global, voltada à pesquisa e desenvolvimento de medicamentos inovadores

Leia mais

Hepatite B: Vacina R. PARANÁ

Hepatite B: Vacina R. PARANÁ Hepatite B: Vacina R. PARANÁ Universidade Federal da Bahia Faculdade de Medicina Unidade de Gastro-Hepatologia Representação esquemática do VHB Figura 1: Estrutura do Vírus da Hepatite B Core Icosaédrico

Leia mais

Relatório Gerencial TECNOVA

Relatório Gerencial TECNOVA Relatório Gerencial TECNOVA Departamento de Produtos Financeiros Descentralizados - DPDE Área de Apoio à Ciência, Inovação, Infraestrutura e Tecnologia - ACIT Fevereiro de 2015 Marcelo Nicolas Camargo

Leia mais

Rejeição de Transplantes Doenças Auto-Imunes

Rejeição de Transplantes Doenças Auto-Imunes Rejeição de Transplantes Doenças Auto-Imunes Mecanismos da rejeição de transplantes Envolve várias reações de hipersensibilidade, tanto humoral quanto celular Habilidade cirúrgica dominada para vários

Leia mais

ANTICORPOS: ESTRUTURA E FUNÇÃO

ANTICORPOS: ESTRUTURA E FUNÇÃO ANTICORPOS: ESTRUTURA E FUNÇÃO Por definição, anticorpos são moléculas de glicoproteína, também chamadas de imunoglobulinas. São glicoproteínas altamente específicas sintetizadas em resposta a um antígeno,

Leia mais

Todas as edições do NIPEenergia estão disponíveis na íntegra no site do NIPE: www.nipeunicamp.org.br

Todas as edições do NIPEenergia estão disponíveis na íntegra no site do NIPE: www.nipeunicamp.org.br Campinas 08 de Novembro de 2010. (Número 741) Todas as edições do NIPEenergia estão disponíveis na íntegra no site do NIPE: www.nipeunicamp.org.br SIGA O NIPE PELO TWITTER! O NIPE/Unicamp agora está no

Leia mais

UVV POST Nº74 10 a 16/11 de 2014 UVV POST. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional

UVV POST Nº74 10 a 16/11 de 2014 UVV POST. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional UVV POST Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional 15 ANOS DE NACOM Agência experimental da UVV-ES faz aniversário e comemora sua história vitoriosa com

Leia mais

CURSO DE TECNOLOGIA EM BIOTECNOLOGIA

CURSO DE TECNOLOGIA EM BIOTECNOLOGIA CURSO DE TECNOLOGIA EM BIOTECNOLOGIA Departamento de Biotecnologia, Genética e Biologia Celular Centro de Ciências Biológicas Universidade Estadual de Maringá Coordenador: Prof. Dr. João Alencar Pamphile

Leia mais

LEVANTAMENTO DE DADOS E PRODUÇÃO DE VÍDEO SOBRE A MEMÓRIA DOS MATERIAIS DIDÁTICOS NO ENSINO DE CIÊNCIAS FORMAL E NÃO FORMAL

LEVANTAMENTO DE DADOS E PRODUÇÃO DE VÍDEO SOBRE A MEMÓRIA DOS MATERIAIS DIDÁTICOS NO ENSINO DE CIÊNCIAS FORMAL E NÃO FORMAL LEVANTAMENTO DE DADOS E PRODUÇÃO DE VÍDEO SOBRE A MEMÓRIA DOS MATERIAIS DIDÁTICOS NO ENSINO DE CIÊNCIAS FORMAL E NÃO FORMAL Mariângela C. J. Bonetti (Licenciatura em Ciências UNIVESP/USP), Renata M. Garabedian

Leia mais

São Paulo, 17 de junho de 2009

São Paulo, 17 de junho de 2009 São Paulo, 17 de junho de 2009 VIII SEMINÁRIO ORGANIZADO PELO COMITÊ DE SAÚDE Tema: "Ambiente de Inovação em Saúde no Brasil" Nos conhecendo... Davi Sales - Engenheiro Eletrônico experiência em interação

Leia mais

Médico, este é um canal de comunicação dedicado exclusivamente a você!

Médico, este é um canal de comunicação dedicado exclusivamente a você! CANAL MÉDICO Médico, este é um canal de comunicação dedicado exclusivamente a você! A equipe do canal médico do laboratório Alvaro, é formada por bioquímicos, biomédicos e médicos com grande experiência

Leia mais

EDITAL RETIFICADO DO 3º CONGRESSO INTERNACIONAL INTERDISCIPLINAR EM SOCIAIS E HUMANIDADES (CONINTER)

EDITAL RETIFICADO DO 3º CONGRESSO INTERNACIONAL INTERDISCIPLINAR EM SOCIAIS E HUMANIDADES (CONINTER) ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO INTERDISCIPLINAR EM SOCIAIS E HUMANIDADES EDITAL RETIFICADO DO 3º CONGRESSO INTERNACIONAL INTERDISCIPLINAR EM SOCIAIS E HUMANIDADES (CONINTER) Em atenção

Leia mais

1. GRADE CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA BIOTECNOLÓGICA

1. GRADE CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA BIOTECNOLÓGICA 1. GRADE CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA BIOTECNOLÓGICA 1 2. CARACTERÍSTICAS GERAIS DO CURSO DE ENGENHARIA BIOTECNOLÓGICA Para melhor entendimento desta proposta de reestruturação curricular apresentamos

Leia mais

Associados Homenageados Concessão Título de Associado Emérito 2013. Celso Rubens Vieira e Silva- BA

Associados Homenageados Concessão Título de Associado Emérito 2013. Celso Rubens Vieira e Silva- BA Associados Homenageados Concessão Título de Associado Emérito 2013 Carlos Alberto Basílio de Oliveira - RJ Celso Rubens Vieira e Silva- BA Margarida Maria Fernandes da Silva Moraes - SP Marialva Tereza

Leia mais

Pesquisa. Ações Nacionais de Pesquisa

Pesquisa. Ações Nacionais de Pesquisa Pesquisa O câncer vem apresentando prevalência crescente na população brasileira. Exige, portanto, ações estratégicas no âmbito da atenção oncológica, que envolvem a busca de incentivo à pesquisa nas áreas

Leia mais

Agência USP de Notícias» Vias neurais e fertilidade» Print http://www.usp.br/agen/?p=210982&print=1 Página 1 de 1 09/06/2015 Vias neurais e fertilidade Publicado por Da Redação em 8 de junho de 2015-16:47

Leia mais

Peço desculpa, mas perdi o documento e apenas o consegui recuperar nesta forma. Para não atrasar mais, envio-o mesmo assim.

Peço desculpa, mas perdi o documento e apenas o consegui recuperar nesta forma. Para não atrasar mais, envio-o mesmo assim. Peço desculpa, mas perdi o documento e apenas o consegui recuperar nesta forma. Para não atrasar mais, envio-o mesmo assim. Assinale com uma cruz no(s) quadrado(s) que antecede(m) a(s)resposta(s) verdadeira(s):

Leia mais

Por outro lado, na avaliação citológica e tecidual, o câncer tem seis fases, conhecidas por fases biológicas do câncer, conforme se segue:

Por outro lado, na avaliação citológica e tecidual, o câncer tem seis fases, conhecidas por fases biológicas do câncer, conforme se segue: 8 - O câncer também tem fases de desenvolvimento? Sim, o câncer tem fases de desenvolvimento que podem ser avaliadas de diferentes formas. Na avaliação clínica feita por médicos é possível identificar

Leia mais

1º Circular. Segunda Semana de Arqueologia da Unicamp: História e Cultura Material: desafios da contemporaneidade

1º Circular. Segunda Semana de Arqueologia da Unicamp: História e Cultura Material: desafios da contemporaneidade 1º Circular Segunda Semana de Arqueologia da Unicamp: História e Cultura Material: desafios da contemporaneidade Núcleo de Estudos e Pesquisas ambientais (NEPAM) Laboratório de Arqueologia Pública (LAP)

Leia mais

O modelo de inovação da Recepta: Terapias Direcionadas para o tratamento do câncer. Jose Fernando Perez Diretor Presidente

O modelo de inovação da Recepta: Terapias Direcionadas para o tratamento do câncer. Jose Fernando Perez Diretor Presidente O modelo de inovação da Recepta: Terapias Direcionadas para o tratamento do câncer Jose Fernando Perez Diretor Presidente 1 Anticorpos Monoclonais e Peptídeos para Tratamento do Câncer Recepta Biopharma

Leia mais

DETERMINAÇÃO DOS GRUPOS SANGÜÍNEOS ABO

DETERMINAÇÃO DOS GRUPOS SANGÜÍNEOS ABO DETERMINAÇÃO DOS GRUPOS SANGÜÍNEOS ABO INTRODUÇÃO Foi no início do século XX que a transfusão de sangue, adquiriu bases mais científicas. Em 1900 foram descritos os grupos sanguíneos A, B e O por Landsteiner

Leia mais

Disfunção plaquetária em situações especiais

Disfunção plaquetária em situações especiais Disfunção plaquetária em situações especiais Fernanda Andrade Orsi Médica Hematologista do Serviço de Hemostasia do Hemocentro de Campinas - UNICAMP Atividade plaquetária Exposição do colágeno subendotelial

Leia mais

Levantamento de Projetos de Pesquisas com Células-Tronco Cadastrados na CONEP-MS

Levantamento de Projetos de Pesquisas com Células-Tronco Cadastrados na CONEP-MS Levantamento de Projetos de Pesquisas com Células-Tronco Cadastrados na CONEP-MS Autores: Ribeiro, TVC Ferreira, LB Comissão Nacional de Ética em Pesquisa CONEP/MS- Brasília-DF Autor (a) Principal: Teresa

Leia mais

Desenvolvimento de novas leveduras para o desafio da fermentação alcoólica

Desenvolvimento de novas leveduras para o desafio da fermentação alcoólica Desenvolvimento de novas leveduras para o desafio da fermentação alcoólica Osmar Vaz de Carvalho Netto osmar@lge.ibi.unicamp.br Laboratório de Genômica e Expressão Instituto de Biologia - UNICAMP V Semana

Leia mais

Palavras-chave: exposição itinerante, educação em museus, comunicação científica, microbiologia

Palavras-chave: exposição itinerante, educação em museus, comunicação científica, microbiologia Divulgação Científica realizada pelo Museu de Microbiologia fora de seu espaço museal Betânia Cássia Henrique, Beatriz Aparecida Imparato, Fábio Fonseca Pereira, Karen Casadei, João Luís de Abreu Vieira,

Leia mais

1. Do objeto: O objeto do concurso é a escolha do logotipo que possa apontar as características acadêmicas do Programa/Departamento.

1. Do objeto: O objeto do concurso é a escolha do logotipo que possa apontar as características acadêmicas do Programa/Departamento. CONCURSO PARA ESCOLHA DO LOGOTIPO DO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO E DO DEPARTAMENTO DE FARMACOLOGIA DO INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOMÉDICAS DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO A Comissão Coordenadora do Programa de

Leia mais

Diagnósticos e Prognósticos de Políticas para o Mercado de Trabalho (PROLAM, NESPI e FEA-USP)

Diagnósticos e Prognósticos de Políticas para o Mercado de Trabalho (PROLAM, NESPI e FEA-USP) Professores e pesquisadores do Programa de Integração da América Latina (PROLAM), da Faculdade de Economia e Administração (FEA) e do Núcleo de Estudos e Pesquisas de Política Internacional, Estudos Internacionais

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA DE SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM MEDICINA TROPICAL 2016 DOUTORADO

CHAMADA PÚBLICA DE SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM MEDICINA TROPICAL 2016 DOUTORADO Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Medicina Tropical Av. Brasil, 4365 Pavilhão Arthur Neiva Térreo Rio de Janeiro Cep: 21.040-360 Tel. / Fax: (021) 2562-1490 CHAMADA PÚBLICA DE SELEÇÃO DE CANDIDATOS

Leia mais

InfoBIO. Apoio. Nessa Edição. Conteúdo: Fabiana Vasconcelos. Design e diagramação: Talyta Nogueira

InfoBIO. Apoio. Nessa Edição. Conteúdo: Fabiana Vasconcelos. Design e diagramação: Talyta Nogueira Abr. 2014 InfoBIO InfoBIO Nessa Edição Conteúdo: Fabiana Vasconcelos Design e diagramação: Talyta Nogueira Site e Contato: http://fatea.br/fatea/biologia/ biologia@fatea.br Apoio Índice 3 Dia Mundial do

Leia mais

UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAI CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE MEDICINA - BACHARELADO

UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAI CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE MEDICINA - BACHARELADO UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAI CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE MEDICINA - BACHARELADO EMENTAS DISCIPLINAS MATRIZ 3 1º AO 3º PERÍODO 1 º Período C.H. Teórica: 90 C.H. Prática: 90 C.H. Total: 180 Créditos: 10

Leia mais

Universidade Federal Do Triângulo Mineiro

Universidade Federal Do Triângulo Mineiro Universidade Federal Do Triângulo Mineiro UFTM está entre as dez melhores universidades do País. A UFTM, segundo o Índice Geral de Cursos - IGC, divulgado nesta quinta-feira, 17, pelo Inep - Instituto

Leia mais

RELAÇÃO DOS DIRIGENTES E COORDENADORES DE CURSOS

RELAÇÃO DOS DIRIGENTES E COORDENADORES DE CURSOS RELAÇÃO DOS DIRIGENTES E COORDENADORES DE CURSOS Presidente Fundação Mineira de Educação e Cultura Prof. Mateus José Ferreira Conselho de Curadores Prof. Pedro Arthur Victer - Presidente Prof. Erix Morato

Leia mais

II. Atividades de Extensão

II. Atividades de Extensão REGULAMENTO DO PROGRAMA DE EXTENSÃO I. Objetivos A extensão tem por objetivo geral tornar acessível, à sociedade, o conhecimento de domínio da Faculdade Gama e Souza, seja por sua própria produção, seja

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 206/2004-CEPE/UNICENTRO

RESOLUÇÃO Nº 206/2004-CEPE/UNICENTRO RESOLUÇÃO Nº 206/2004-CEPE/UNICENTRO Convalida a VI Semana de Estudos de Biologia e aprova o relatório final. O REITOR DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO: Faço saber que o Conselho de

Leia mais

Naturais Profa. Dra. Andyara Lena P. de Barros Camargo Resistência e virulência antimicrobiana

Naturais Profa. Dra. Andyara Lena P. de Barros Camargo Resistência e virulência antimicrobiana NÚCLEO DE PESQUISA DE ESCOLA DE CIÊNCIAS DA SAÚDE Núcleo de Pesquisa Centro Integrado de Biologia Molecular CIBmol Composição do Núcleo de Pesquisa em Biologia Molecular CIBmol Coordenador Prof. Dr. Carlos

Leia mais

Museu de Ciências de Aracaju: os desafios da disseminação do conhecimento científico

Museu de Ciências de Aracaju: os desafios da disseminação do conhecimento científico Museu de Ciências de Aracaju: os desafios da disseminação do conhecimento científico CRISTINA DE ALMEIDA VALENÇA CUNHA BARROSO* Os centros de ciências ou museus de ciências são espaços que têm como uma

Leia mais

Matéria: biologia Assunto: hereditariedade e diversidade da vida Prof. enrico blota

Matéria: biologia Assunto: hereditariedade e diversidade da vida Prof. enrico blota Matéria: biologia Assunto: hereditariedade e diversidade da vida Prof. enrico blota Biologia Princípios Básicos de Genética A genética é a parte da biologia que trata do estudo dos genes e de suas manifestações,

Leia mais

Book de Comercialização

Book de Comercialização Book de Comercialização MENSAGEM DO PRESIDENTE DO EVENTO A Sociedade Goiana de Pneumologia e Tisiologia - SGPT, em parceria com a Sociedade Brasiliense de Doenças Torácicas - SBDT, Sociedade de Pneumologia

Leia mais

SIMPÓSIO INTERNACIONAL MUSEUS, BIODIVERSIDADE E SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL

SIMPÓSIO INTERNACIONAL MUSEUS, BIODIVERSIDADE E SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL 1 SIMPÓSIO INTERNACIONAL MUSEUS, BIODIVERSIDADE E SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL Data: 08 a 10 de Junho de 2010 - Local : Museu Histórico Nacional / Rio de Janeiro Dia 11 de Junho: Visitas organizadas ao Museu

Leia mais

Programa Gulbenkian de Estímulo à Investigação 2006. Entrega das distinções, Fundação Calouste Gulbenkian, 19.03.2007.

Programa Gulbenkian de Estímulo à Investigação 2006. Entrega das distinções, Fundação Calouste Gulbenkian, 19.03.2007. Ciência Programa Gulbenkian de Estímulo à Investigação 2006. Entrega das distinções, Fundação Calouste Gulbenkian, 19.03.2007. Serviço de Ciência Valores em euros Encargos com pessoal 403 352 Despesas

Leia mais

Ministério da Saúde FIOCRUZ Fundação Oswaldo Cruz Instituto Carlos Chagas - ICC- Fiocruz - PR

Ministério da Saúde FIOCRUZ Fundação Oswaldo Cruz Instituto Carlos Chagas - ICC- Fiocruz - PR Itamar Crispim Simpósio Temático - 01/07 e 02/07 Local: Auditório do TECPAR das 8:00 às 18:00 horas 01 de Julho Abertura e Apresentação Institucional Dr. Samuel Goldenberg Doença de Chagas: realidade e

Leia mais