Levantamento do assoalho do seio maxilar assistido Endoscopicamente

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Levantamento do assoalho do seio maxilar assistido Endoscopicamente"

Transcrição

1 OMFS /2015-PT Levantamento do assoalho do seio maxilar assistido Endoscopicamente (EIS Endoscopically Assisted Internal Sinus Lift) Conjunto recomendado pelo Dr. Peter SCHLEIER

2 Levantamento do assoalho do seio maxilar assistido endoscopicamente (EIS Endoscopically Assisted Internal Sinus Lift) Conjunto recomendado pelo Dr. Peter SCHLEIER Na prática odontológica, a implantodontia ganha cada vez mais significado na reabilitação de perdas dentárias. Devido à rápida atrofia da crista alveolar esponjosa e do início da reabsorção óssea no assoalho do seio maxilar imediatamente após a perda do dente, o osso disponível obtido especialmente na região posterior da maxila é insuficiente. A fim de garantir uma estabilidade primária suficiente para um implante, o osso restante na crista alveolar deve apresentar uma largura de pelo menos 5 mm e uma altura de 6 mm. Em casos de altura/largura óssea reduzidas é dado preferência ao enxerto primário e a uma abordagem bilateral. Essa abordagem é particularmente necessária quando a perda óssea na proximidade dos dentes restantes leva a uma diferença na dimensão óssea vertical e transversal. Atualmente existe uma série de métodos cirúrgicos para melhorar o volume do osso disponível na horizontal da área posterior da maxila. Na cirurgia pré-implante, é mais frequentemente realizado o levantamento do assoalho do seio maxilar. As taxas de sucesso da técnica convencional do enxerto do assoalho do seio maxilar são são de 75% a 95%. As vantagens do método convencional de levantamento do assoalho do seio maxilar, que é amplamente difundido, são a alta garantia de sucesso clínico, a viabilidade prática e um bom controle visual da área a ser enxertada. Como possíveis causas de insucesso são apontadas infecções. Essas são causadas pela ruptura artificial da membrana do seio maxilar e pela migração do material de preenchimento de dentro do seio maxilar que pode levar a sinusite maxilar com uma frequência de cerca de 20%. A abordagem convencional inclui uma duração de mais de meio ano para o tratamento e, geralmente, torna necessária a remoção de osso, a qual traz consigo o risco de morbidade do sítio doador. Para excluir patologias não pode ser realizada uma avaliação direta dos seios maxilares no transoperatório. Com uma disponibilidade óssea transversal e vertical de mais de 5 mm é possível aplicar a técnica de levantamento do seio maxilar controlado indiretamente por endoscopia (EIS). Ela oferece vantagens no tratamento do paciente. Inicialmente, o procedimento cirúrgico corresponde ao de um implante padrão: Após a incisão da mucosa e um levantamento moderado da mucosa palatina e vestibular, o leito do implante é preparado até aproximadamente 1 mm abaixo da membrana schneideriana. Uma ótica de 70 é inserida através da fossa canina no seio maxilar.

3 2 3 Sob controle visual endoscópico e transalveolar é então realizado, com cinzéis especiais, o deslocamento do retalho ósseo a partir do recesso alveolar e o levantamento da mucosa do seio maxilar no sentido cranial. Isso permite a inserção de um implante padrão (de 12 mm de comprimento). O controle endoscópico do levantamento e da introdução do implante permite um levantamento do assoalho do seio seguro, objetivado e sob controle visual. Uma identificação segura das perfurações torna possível, dependendo do tipo e do tamanho delas, realizar o tratamento adequado para o seu fechamento. Dr. P. SCHLEIER, Clínica de Cirurgia Oral, Stavanger, Noruega

4 Vantagens do controle endoscópico Primeiramente, o emprego de um endoscópio para inspecionar diretamente o levantamento do assoalho do seio maxilar interno oferece vantagens significativas em relação à abordagem sem intermediação. Pode-se salientar: Um procedimento minimamente invasivo mesmo em caso de uma altura muito reduzida do osso restante Possibilidade de inspeção pré-implantodológica da cavidade do maxilar Controle da integridade da mucosa da cavidade do maxilar Possibilidade de revisão cirúrgica das perfurações e controle visual das mesmas

5 4 5 Ressecção das extremidades da raiz sob controle endoscópico Conjunto recomendado pelo Dr. SCHLEIER Os métodos cirúrgicos de preservação dentária são versáteis e ocupam um espaço importante na prática da cirurgia oral. Já em 1896 PARTSCH descreve o tratamento cirúrgico da periodontite apical crônica através da ressecção das extremidades da raiz. A redução do terço apical da raiz dentária com as suas ramificações e a enucleação do tecido de granulação deveriam eliminar as causas e as alterações ósseas patológicas de uma osteíte periapical crônica. A vedação bacteriana do canal radicular no âmbito da ressecção previne uma nova infecção do osso. O sucesso da ressecção da raiz depende fundamentalmente da identificação e indicação. Por outro lado, através de um controle visual sobre a plenitude da ressecção e sobre a impermeabilização do preenchimento apical da raiz com recursos óticos (microscópio e endoscópio) a taxa de sucesso pode ter aumentos significativos. Além disso, o emprego de um endoscópio permite a documentação de imagem da cirurgia. Com o auxílio do endoscópio é possível realizar uma ressecção econômica e incluir molares distais na mesma terapia com grande sucesso. Dr. P. SCHLEIER, Clínica de Cirurgia Oral, Stavanger, Noruega Imagens endoscópicas de ressecções das extremidades de raízes Fig. 1: Fratura da raiz com preenchimento incompleto no dente 45 como causa de uma osteíte periapical crônica. Fig. 2: Preenchimento denso da raiz em ambos os canais, mas ressecção ainda incompleta da raiz palatina no dente 24 com tecido de granulação. Fig. 3: Preenchimento denso da raiz, ressecção completa da extremidade da raiz e excisão do tecido de granulação no dente 23.

6 Ótica HOPKINS e fonte de luz LED a bateria para endoscópios Conjunto básico para a cirurgia odontológica recomendado pelo Dr. SCHLEIER 7230 CA 7230 CA Ótica de visão lateral panorâmica HOPKINS 70, 4 mm de Ø, 18 cm de comprimento, autoclavável, com condutor de luz de fibra ótica integrado Código de cor: amarelo D DE Fonte de luz LED a bateria para endoscopia, recarregável, com conexão por clique, luminosidade > 110 lm / > 150 klx, temperatura de cor de 5500 K, bateria de íons de lítio, tempo de recarregamento de 60 min., duração de funcionamento de 40 min. a 100% de luminosidade, peso de aprox. 150 g, adequada para a desinfecção manual DF Idem, com rosca de aperto rápido D4 Fonte de luz LED a bateria para endoscopia, com rosca de aperto rápido, luminosidade > 110 lm / > 150 klx, duração de funcionamento > 120 min., peso pronto para usar de aprox. 150 g, adequada para a desinfecção manual, com 2 pilhas P Quadro sinóptico Fonte de energia Conexão com o endoscópio Para os modelos recarregáveis DE DF D4 Recarregável - Funcionamento a bateria - - Conexão por encaixe - - Rosca rápida Carregador para baterias de íons de lítio, para recarregar caixa de bateria e a fonte de luz a bateria DE/DF, para utilização com cabo de rede , tensão de serviço VAC, 50/60 Hz Cabo de rede, para carregador , 150 cm de comprimento

7 6 7 Conjunto básico para a cirurgia do maxilar Disposição recomendada pelo Dr. SCHLEIER para a dissecção e sutura Cabo de bisturi, 12,5 cm de comprimento, para lâminas , Pinça, anatômica, estreita, 16 cm de comprimento Pinça, cirúrgica, 1 x 2 dentes, estreita, 16 cm de comprimento Tesoura de KELLY, pontiaguda/pontiaguda, curvada, 15,5 cm de comprimento Porta-agulhas de HEGAR, fino, 18 cm de comprimento Tubo de irrigação de v. EICKEN, LUER-Lock, com orifício de interrupção, curvatura longa, 3 mm de Ø externo, 12,5 cm de comprimento Raspador duplo, para levantamento do seio maxilar (sinus lift), extremidade distal reta/curvada 30 para baixo, face interior ligeiramente em forma de colher, 4 cm de comprimento útil Raspador duplo, para levantamento do seio maxilar (sinus lift), extremidade distal curvada 45 /90 para baixo, 4 cm de comprimento útil Raspador duplo de FREER-JOSEPH, fino, semicortante e cortante, 20 cm de comprimento

8 Instrumentos para EIS (Endoscopically Assisted Internal Sinus Lift) Conjunto recomendado pelo Dr. SCHLEIER q w e r t z u i o

9 8 9 Instrumentos para EIS (Endoscopically Assisted Internal Sinus Lift) Conjunto recomendado pelo Dr. SCHLEIER BK Descolador, em forma de baioneta, graduado, extremidade distal côncava, cônico 2/3,3 mm, 2,5 cm de comprimento útil, 18 cm de comprimento total BK Descolador, em forma de baioneta, graduado, extremidade distal côncava, cônico 2,3/4,1 mm, 2,5 cm de comprimento útil, 18 cm de comprimento total BK Descolador, em forma de baioneta, graduado, extremidade distal côncava, cônico 3/4,8 mm, 2,5 cm de comprimento útil, 18 cm de comprimento total BV Descolador, em forma de baioneta, graduado, extremidade distal convexa, cônico 2/3,3 mm, 2,5 cm de comprimento útil 18 cm de comprimento total BV Descolador, em forma de baioneta, graduado, extremidade distal convexa, cônico 2,3/4,1 mm, 2,5 cm de comprimento útil, 18 cm de comprimento total BV Descolador, em forma de baioneta, graduado, extremidade distal convexa, cônico 3/4,8 mm, 2,5 cm de comprimento útil, 18 cm de comprimento total GK Descolador, reto, 2,5 mm de Ø, 2,5 cm de comprimento útil, 18 cm de comprimento total GK Descolador, reto, 3,5 mm de Ø, 2,5 cm de comprimento útil, 18 cm de comprimento total GK Descolador, reto, 4,5 mm de Ø, 2,5 cm de comprimento útil, 18 cm de comprimento total M Cinzel, superfície de corte bilateral, 4,5 mm de largura, 2,5 cm de comprimento útil, 18 cm de comprimento total q HM Goiva, 4,5 mm de largura, 2,5 cm de comprimento útil, 18 cm de comprimento total w O Cinzel, superfície de corte unilateral, 4,5 mm de largura, 2,5 cm de comprimento útil, 18 cm de comprimento total e ZR Sonda odontológica, fina, flexível, 15,5 cm de comprimento r R Cureta odontológica, de HEMINGWAY, dupla, tamanho 1, 18,5 cm de comprimento t R Cureta odontológica, de HEMINGWAY, dupla, tamanho 2, 18,5 cm de comprimento z R Espátula de HEIDEMANN, dupla, 18,5 cm de comprimento u B Trocarte para sinuscopia, extremidade enviesada, 5 mm de Ø externo, camisa de trocarte com 8,5 cm de comprimento, para utilização com óticas HOPKINS de 4 mm de Ø i Compasso para medição da pele de CASTROVIEJO, faixa de medição entre 0 15 mm, 8 cm de comprimento o Martelo de metal, com superfícies de impacto substituíveis em material sintético, pequeno, modelo leve, 18 cm de comprimento

10 Instrumentos para a ressecção das extremidades da raiz Conjunto recomendado pelo Dr. SCHLEIER

11 10 11 Instrumentos para a ressecção das extremidades da raiz Conjunto recomendado pelo Dr. SCHLEIER ZR Sonda odontológica, fina, flexível, 15,5 cm de comprimento R Cureta odontológica de HEMINGWAY, dupla, tamanho 1, 18,5 cm de comprimento R Cureta odontológica de HEMINGWAY, dupla, tamanho 2, 18,5 cm de comprimento M Cinzel, superfície de corte bilateral, 4,5 mm de largura, 2,5 cm de comprimento útil, 18 cm de comprimento total HM Goiva, 4,5 mm de largura, 2,5 cm de comprimento útil, 18 cm de comprimento total O Cinzel, superfície de corte unilateral, 4,5 mm de largura, 2,5 cm de comprimento útil, 18 cm de comprimento total Pinça hemostática de HALSTEAD mosquito, curvada, 12,5 cm de comprimento Tubo de irrigação de v. EICKEN, LUER-Lock, com orifício de interrupção, curvatura longa, 1,5 mm de Ø externo, 12,5 cm de comprimento Martelo de metal, com superfícies de impacto substituíveis em material sintético, pequeno, modelo leve, 18 cm de comprimento

12 Para um armazenamento seguro durante a limpeza e esterilização do conjunto básico para a cirurgia do maxilar S Bandeja de metal, para esterilização e armazenamento de um conjunto básico para cirurgia odontológica, perfurado, tampa com suportes de silicone, dimensões externas (L x P x A): 275 x 178 x 24 mm

13 12 13 Para um armazenamento seguro durante a limpeza e esterilização dos instrumentos para EIS (Endoscopically Assisted Internal Sinus Lift) EIS Bandeja de metal, para esterilização e armazenamento de um conjunto para EIS (Endoscopically Assisted Internal Sinus Lift)

14 Para um armazenamento seguro durante a limpeza e esterilização dos instrumentos para a ressecção das extremidades da raiz WSR Bandeja de metal, para esterilização e armazenamento de um conjunto para a ressecção das extremidades da raiz

15 14 15 Anotações É aconselhável certificar-se da aplicação adequada dos produtos antes de sua utilização em determinada intervenção. Autorização para o recebimento de informações eletrônicas q Sim, concordo em receber futuramente informações por . Meu endereço eletrônico é: Clínica/Consultório Código Postal, Localidade Nome Rua, Número Assinatura Concordo por meio desta que meus dados sejam futuramente salvos pela KARL STORZ para fins de informação. Minha autorização pode ser revogada perante a KARL STORZ a qualquer momento por um para sem que seja necessário indicar razões para tanto. A KARL STORZ assegura que estes dados não serão divulgadas a terceiros.

16 KARL STORZ Marketing América do Sul Ltda. Rua Joaquim Floriano, andar - Itaim Bibi São Paulo-SP, Brasil Tel.: Fax: KARL STORZ GmbH & Co. KG Mittelstraße 8, Tuttlingen, Alemanha Postbox 230, Tuttlingen, Alemanha Telefone: +49 (0) Fax: +49 (0) OMFS /2015/EW-PT

Laringoscópio para operação seg. DEDO ORL 125 2.0 02/2015-PT

Laringoscópio para operação seg. DEDO ORL 125 2.0 02/2015-PT Laringoscópio para operação seg. DEDO ORL 125 2.0 02/2015-PT Laringoscópio para operação seg. DEDO A característica especial do laringoscópio seg. DEDO é o formato da extremidade proximal em forma de uma

Leia mais

A nova alça renal da KARL STORZ

A nova alça renal da KARL STORZ URO 39 4.0 03/2015-PT A nova alça renal da KARL STORZ Um passo decisivo contra a isquemia quente na ressecção laparoscópica parcial do rim A nova alça renal da KARL STORZ - Um passo decisivo contra a isquemia

Leia mais

Ótica nova e aperfeiçoada de aplicação universal para o consultório veterinário de animais de pequeno porte VET 16 7.0 07/2015-PT

Ótica nova e aperfeiçoada de aplicação universal para o consultório veterinário de animais de pequeno porte VET 16 7.0 07/2015-PT Ótica nova e aperfeiçoada de aplicação universal para o consultório veterinário de animais de pequeno porte VET 16 7.0 07/2015-PT Ótica de aplicação universal para o consultório veterinário de animais

Leia mais

MULTISWITCH Distribuição completa de imagem em um aparelho compacto MICRO 12 3.0 06/2015-PT

MULTISWITCH Distribuição completa de imagem em um aparelho compacto MICRO 12 3.0 06/2015-PT MULTISWITCH Distribuição completa de imagem em um aparelho compacto MICRO 12 3.0 06/2015-PT MULTISWITCH Simples Flexível Compacto Através de uma solução compacta é possível distribuir vários sinais de

Leia mais

Laringoscópios Brite Blade AN 12-2 06/2014-PT

Laringoscópios Brite Blade AN 12-2 06/2014-PT Laringoscópios Brite Blade AN 12-2 06/2014-PT Espátulas laringoscópicas com luz fria Vantagens dos laringoscópios KARL STORZ O mais alto padrão de qualidade A utilização de materiais de alta qualidade,

Leia mais

GYN 37-1 08/2012-PT TROPHYSCOPE. de CAMPO

GYN 37-1 08/2012-PT TROPHYSCOPE. de CAMPO GYN 37-1 08/2012-PT TROPHYSCOPE de CAMPO TROPHYSCOPE de CAMPO Prefácio O novo histeroscópio compacto TROPHYSCOPE foi desenvolvido especialmente para histeroscopias no consultório e no ambulatório. Ele

Leia mais

SPS Secure Portal System

SPS Secure Portal System ART 21 10.0 07/2015-PT SPS Secure Portal System Sistema de portais na artroscopia do ombro SPS Secure Portal System O sistema de portal seguro (SPS) simplifica o posicionamento de portais na artroscopia

Leia mais

Endoscopia dos seios maxilares para implantodontistas

Endoscopia dos seios maxilares para implantodontistas OMFS 13 3.0 08/2015-PT Endoscopia dos seios maxilares para implantodontistas Prof. Dr. Hans Behrbohm, Priv.-Doz. Dr. Dr. Steffen Köhler, ZÄ Wibke Behrbohm 1. 1. Introdução do conjunto para acesso pela

Leia mais

Retrator modular iluminado para a cirurgia minimamente invasiva da coluna vertebral CV 14 2.0 04/2015-PT

Retrator modular iluminado para a cirurgia minimamente invasiva da coluna vertebral CV 14 2.0 04/2015-PT Retrator modular iluminado para a cirurgia minimamente invasiva da coluna vertebral CV 14 2.0 04/2015-PT Retrator modular iluminado para a cirurgia minimamente invasiva da coluna vertebral Introdução O

Leia mais

Laparoscopia e toracoscopia no consultório veterinário de equinos VET 22 3.0 06/2015-PT

Laparoscopia e toracoscopia no consultório veterinário de equinos VET 22 3.0 06/2015-PT Laparoscopia e toracoscopia no consultório veterinário de equinos VET 22 3.0 06/2015-PT Laparoscopia e toracoscopia no consultório veterinário de equinos Os métodos minimamente invasivos em equinos, quando

Leia mais

VET 30-5 07/2014-PT. Minilaparoscopia. Para animais com um peso inferior a 10 kg

VET 30-5 07/2014-PT. Minilaparoscopia. Para animais com um peso inferior a 10 kg VET 30-5 07/2014-PT Minilaparoscopia Para animais com um peso inferior a 10 kg Morbilidade e mortalidade reduzidas Recuperação e cicatrização mais rápidas Um conjunto básico de instrumentos para veterinários

Leia mais

ORL 88 8.0 06/2015-PT CLEARVISION II. Para a limpeza intra-operatória da lente frontal

ORL 88 8.0 06/2015-PT CLEARVISION II. Para a limpeza intra-operatória da lente frontal ORL 88 8.0 06/2015-PT CLEARVISION II Para a limpeza intra-operatória da lente frontal Sistema CLEARVISION II: Para a limpeza intra-operatória da lente frontal Realiza o seu diagnóstico ou cirurgia de forma

Leia mais

Videocistoscopia portátil da KARL STORZ

Videocistoscopia portátil da KARL STORZ URO 43 7.0 07/2015-PT Videocistoscopia portátil da KARL STORZ Faça a tecnologia de imagem digital te acompanhar 2 Soluções completas digitais Videocistoscopia portátil da KARL STORZ Com o videocistoscópio

Leia mais

Otoscópio para consultórios veterinários de animais de pequeno porte VET 17 8.0 10/2015-PT

Otoscópio para consultórios veterinários de animais de pequeno porte VET 17 8.0 10/2015-PT Otoscópio para consultórios veterinários de animais de pequeno porte VET 17 8.0 10/2015-PT Otoscópio para consultórios veterinários de animais de pequeno porte A otoscopia diagnóstica é um dos principais

Leia mais

Macro porta-agulhas de KOH LAP 63 3.0 02/2015-PT

Macro porta-agulhas de KOH LAP 63 3.0 02/2015-PT Macro porta-agulhas de KOH LAP 63 3.0 02/2015-PT Qualidade insuperável macro porta-agulhas de KOH Os macro porta-agulhas de KOH, com 5 mm de diâmetro, combinam um excelente rendimento a uma ampla gama

Leia mais

Manipulador uterino seg. TINTARA

Manipulador uterino seg. TINTARA GYN 23 3.0 02/2015-PT Manipulador uterino seg. TINTARA Prof. Hatern Tintara Manipulador uterino seg. TINTARA O manipulador uterino é indispensável para a laparoscopia ginecológica. O manipulador uterino

Leia mais

QUINTUS e QUINTUS ZOOM

QUINTUS e QUINTUS ZOOM EndoWorld MICRO 9 01/2013-PT QUINTUS e QUINTUS ZOOM Adaptador de TV de alto rendimento para microscópios cirúrgicos da Leica Microsystems QUINTUS e QUINTUS ZOOM Adaptador de TV de alto rendimento para

Leia mais

ORL 134 3.0 08/2015-PT TELE PACK X LED. Estroboscopia LED em uma nova dimensão

ORL 134 3.0 08/2015-PT TELE PACK X LED. Estroboscopia LED em uma nova dimensão ORL 134 3.0 08/2015-PT TELE PACK X LED Estroboscopia LED em uma nova dimensão O TELE PACK X LED segue a tradição dos sistemas all in one da KARL STORZ. Sua área de atuação vai desde consultórios médicos

Leia mais

MICRO 6 6.0 06/2015-PT H3-M COVIEW. Cabeçote de câmera FULL HD para microscopia

MICRO 6 6.0 06/2015-PT H3-M COVIEW. Cabeçote de câmera FULL HD para microscopia MICRO 6 6.0 06/2015-PT H3-M COVIEW Cabeçote de câmera FULL HD para microscopia H3-M COVIEW SPIES TM : Cabeçote de câmera FULL HD para microscopia Aproveite seu microscópio cirúrgico ao máximo com as soluções

Leia mais

Design compacto e imagens excelentes Os novos monitores da KARL STORZ TP 46 1.0 07/2015-PT

Design compacto e imagens excelentes Os novos monitores da KARL STORZ TP 46 1.0 07/2015-PT Design compacto e imagens excelentes Os novos monitores da KARL STORZ TP 46 1.0 07/2015-PT Uma imagem endoscópica brilhante é resultado de uma sequência de imagens de alta qualidade, perfeitamente sincronizadas

Leia mais

EndoWorld OMFS 8-1-PT/02-2010. Conjunto HANNOVER para o aumento da crista alveolar

EndoWorld OMFS 8-1-PT/02-2010. Conjunto HANNOVER para o aumento da crista alveolar EndoWorld OMFS 8-1-PT/02-2010 Conjunto HANNOVER para o aumento da crista alveolar Novos métodos e técnicas do aumento biologicamente adequado da crista alveolar Transplante ósseo exacto, minimamente invasivo,

Leia mais

BETTOCCHI Integrated Office Hysteroscope (B.I.O.H. )

BETTOCCHI Integrated Office Hysteroscope (B.I.O.H. ) EW GYN 34-6 07-2012-PT BETTOCCHI Integrated Office Hysteroscope (B.I.O.H. ) Para a histeroscopia diagnóstica e cirúrgica 2 3 "Exceda as expectativas" Em 1996 revolucionámos o mundo da histeroscopia, ao

Leia mais

SERVICE 2 3.0 08/2015-PT. MicroStop. Recipientes de esterilização e acessórios

SERVICE 2 3.0 08/2015-PT. MicroStop. Recipientes de esterilização e acessórios SERVICE 2 3.0 08/2015-PT MicroStop Recipientes de esterilização e acessórios Recipientes de esterilização MicroStop A ponte entre a cirurgia, o descarte, a esterilização e a armazenagem para uma rotina

Leia mais

Ressectoscópios bipolares GYN 21 12.0 07/2015-PT

Ressectoscópios bipolares GYN 21 12.0 07/2015-PT Ressectoscópios bipolares GYN 21 12.0 07/2015-PT Ressecção bipolar: Cirurgia intrauterina de alta frequência mais segura e eficaz Os ressectoscópios bipolares são equipados com um eletrodo de trabalho

Leia mais

Instrumentos para a reconstrução do LCP ART 40 7.0 09/2015-PT

Instrumentos para a reconstrução do LCP ART 40 7.0 09/2015-PT Instrumentos para a reconstrução do LCP ART 40 7.0 09/2015-PT Instrumentos para a reconstrução do LCP Para a reconstrução do Ligamento Cruzado Posterior (LCP) é necessário um instrumental especial. Para

Leia mais

O acesso endoscópico de DESTANDAU com tubo cirúrgico ENDOSPINE móvel

O acesso endoscópico de DESTANDAU com tubo cirúrgico ENDOSPINE móvel CV 2 8.1 06/2015-PT O acesso endoscópico de DESTANDAU com tubo cirúrgico ENDOSPINE móvel Em casos de hérnias de disco de medial até lateral profundo e de estenoses espinhais lombares O acesso endoscópico

Leia mais

Rinoplastia em perfeição

Rinoplastia em perfeição ORL 132 3.0 09/2015-PT Rinoplastia em perfeição Conjunto de Rinoplastia do Prof. G. J. Nolst Trenité Rinoplastia em perfeição Conjunto de Rinoplastia do Prof. G. J. Nolst Trenité 2 Para rinoplastia moderna,

Leia mais

ART 42 9.1 07/2014-PT. ARTHROPUMP Power. O sistema inteligente para a gestão de líquidos em Artroscopia

ART 42 9.1 07/2014-PT. ARTHROPUMP Power. O sistema inteligente para a gestão de líquidos em Artroscopia ART 42 9.1 07/2014-PT ARTHROPUMP Power O sistema inteligente para a gestão de líquidos em Artroscopia ARTHROPUMP Power O sistema inteligente para a gestão de líquidos em Artroscopia inovador simples potente

Leia mais

Highlights 2016. Edição do 2 trimestre de 2016. Otorrinolaringologia

Highlights 2016. Edição do 2 trimestre de 2016. Otorrinolaringologia Highlights 2016 Edição do 2 trimestre de 2016 Otorrinolaringologia O novo TIPCAM 1 S 3D ORL Uma dimensão à frente Ótica 3D com 4 mm de diâmetro Através de uma extraordinária exibição em três dimensões

Leia mais

Highlights 2016. Edição do 2. trimestre de 2016. Cirurgia Odontológica e Bucomaxilofacial

Highlights 2016. Edição do 2. trimestre de 2016. Cirurgia Odontológica e Bucomaxilofacial Highlights 2016 Edição do 2. trimestre de 2016 Cirurgia Odontológica e Bucomaxilofacial Sialendoscópio ALL IN ONE Características especiais: Endoscópios em miniatura semiflexíveis para exploração dos ductos

Leia mais

NAV 3 1.0 12/2015-PT KARL STORZ. NAV1 optical

NAV 3 1.0 12/2015-PT KARL STORZ. NAV1 optical NAV 3 1.0 12/2015-PT KARL STORZ NAV1 optical KARL STORZ NAV1 optical Integração com economia de espaço em qualquer sala de cirurgia Com o NAV1 optical, você se beneficia de uma solução de navegação de

Leia mais

ORL 119 11.1 10/2015-PT. Tecnologia CMOS em Otorrinolaringologia. Diagnóstico completo através da compatibilidade máxima

ORL 119 11.1 10/2015-PT. Tecnologia CMOS em Otorrinolaringologia. Diagnóstico completo através da compatibilidade máxima ORL 119 11.1 10/2015-PT Tecnologia CMOS em Otorrinolaringologia Diagnóstico completo através da compatibilidade máxima 2 Videorrinolaringoscópio CMOS O videorrinolaringoscópio CMOS da KARL STORZ é uma

Leia mais

Histeroscópios KARL STORZ

Histeroscópios KARL STORZ GYN 47 1.1 03/2015-PT Histeroscópios KARL STORZ Soluções diagnósticas e cirúrgicas para a histeroscopia ambulatorial BETTOCCHI Integrated Office Hysteroscope (B.I.O.H. ) Baseado em uma ótica de lentes

Leia mais

EndoWorld OMFS 9-1-PT/02-2010. Conjunto HANNOVER para a cirurgia orbital reconstrutiva

EndoWorld OMFS 9-1-PT/02-2010. Conjunto HANNOVER para a cirurgia orbital reconstrutiva EndoWorld OMFS 9-1-PT/02-2010 Conjunto HANNOVER para a cirurgia orbital reconstrutiva A cirurgia reconstrutiva da órbita e da área periorbital A cirurgia reconstrutiva da órbita e da área periorbital abrange

Leia mais

Instrumentos KARL STORZ para a ductoscopia. EndoWorld GYN 41-1 06/2014/EW-PT

Instrumentos KARL STORZ para a ductoscopia. EndoWorld GYN 41-1 06/2014/EW-PT Instrumentos KARL STORZ para a ductoscopia EndoWorld GYN 41-1 06/2014/EW-PT Prefácio A secreção dos mamilos é um sintoma frequentemente associado às doenças do peito, cuja frequência é estimada em 1 a

Leia mais

UNITS 10 1.0 02/2015-PT COR. A peça central na sala de cirurgia

UNITS 10 1.0 02/2015-PT COR. A peça central na sala de cirurgia UNITS 10 1.0 02/2015-PT COR A peça central na sala de cirurgia COR A peça central para sua sala de cirurgia! Em qualquer sala de cirurgia na qual são realizadas intervenções, a unidade móvel com todos

Leia mais

Endoscópio veterinário para inseminação artificial e histeroscopia VET 33 7.1 03/2016-PT

Endoscópio veterinário para inseminação artificial e histeroscopia VET 33 7.1 03/2016-PT Endoscópio veterinário para inseminação artificial e histeroscopia VET 33 7.1 03/2016-PT Uma revolução na inseminação artificial A endoscopia é o melhor método para o diagnóstico e tratamento do trato

Leia mais

Vídeo-endoscópios para animais de grande porte VET 28 3.0 08/2015-PT

Vídeo-endoscópios para animais de grande porte VET 28 3.0 08/2015-PT Vídeo-endoscópios para animais de grande porte VET 28 3.0 08/2015-PT Vídeo-endoscópios para a medicina veterinária da KARL STORZ um novo critério para a qualidade da imagem e a versatilidade Com os novos

Leia mais

POINT SETTER * Sistema médico de sustentação universal MICRO 3-3 05/2013-PT

POINT SETTER * Sistema médico de sustentação universal MICRO 3-3 05/2013-PT POINT SETTER * Sistema médico de sustentação universal MICRO 3-3 05/2013-PT POINT SETTER * Preciso, estável, seguro, de fácil manuseio POINT SETTER * 2 3 Sistema médico de sustentação universal O sistema

Leia mais

Endoscopia em animais exóticos de pequeno porte

Endoscopia em animais exóticos de pequeno porte VET 23 7.0 08/2015-PT Endoscopia em animais exóticos de pequeno porte Conjunto para aves, répteis, anfíbios, pequenos animais domésticos e peixes Endoscopia um método indispensável no consultório de espécies

Leia mais

Simulador cirúrgico da KARL STORZ

Simulador cirúrgico da KARL STORZ NEURO 27 4.0 02/2016-PT Simulador cirúrgico da KARL STORZ para o treinamento de técnicas neurocirúrgicas endoscópicas In house Training Solutions da KARL STORZ Treinamento do uso de endoscópios diretamente

Leia mais

Cabo de luz de fibra ótica

Cabo de luz de fibra ótica TP 26 10.0 07/2015-PT Cabo de luz de fibra ótica Tecnologia inovadora da KARL STORZ, iluminando a prática médica há 60 anos 2 Cabo de luz de fibra ótica para fontes de luz fria Atenção: A alta concentração

Leia mais

Highlights 2016. Edição do 1 trimestre de 2016. Otorrinolaringologia

Highlights 2016. Edição do 1 trimestre de 2016. Otorrinolaringologia Highlights 2016 Edição do 1 trimestre de 2016 Otorrinolaringologia Vídeo-otoscópio USB Diagnóstico móvel, fácil de realizar Ideal para otorrinolaringologistas e audiologistas Características Especiais:

Leia mais

Highlights ª Edição de Cirurgia Odontológica e Bucomaxilofacial

Highlights ª Edição de Cirurgia Odontológica e Bucomaxilofacial Highlights 2017 1.ª Edição de 2017 Cirurgia Odontológica e Bucomaxilofacial Sialendoscópios ALL-IN-ONE, modelo ERLANGEN Características especiais: Endoscópios semiflexíveis em miniatura para exploração

Leia mais

QUADRO FINAL DE JULGAMENTO DE PROPOSTAS E LANCES DO PREGÃO N. 021/2009

QUADRO FINAL DE JULGAMENTO DE PROPOSTAS E LANCES DO PREGÃO N. 021/2009 1 4 unidade Abaixador de lingua Bruning R$ 20,00 DIST. ALÉM PARAÍBA ABC R$ 8,09 R$ 32,36 2 4 unidade Abridor de boca anatomico; adulto; formato trapezoidal com ranhuras laterais; em silicone atoxico; esterilizacao

Leia mais

Camisas de artroscópio da KARL STORZ

Camisas de artroscópio da KARL STORZ Camisas de artroscópio da KARL STORZ para um acoplamento mais rápido e estável da ótica na camisa ART 45 6.0 07/2015/EW-PT Camisas de artroscópio da KARL STORZ para um acoplamento mais rápido e estável

Leia mais

Manipulação de Tecido Mole ao Redor de Implantes na Zona Estética

Manipulação de Tecido Mole ao Redor de Implantes na Zona Estética Manipulação de Tecido Mole ao Redor de Implantes na Zona Estética Figura 9 1A Diagrama de secção transversal mostrando um implante no local do incisivo. A forma côncava do rebordo vestibular é evidenciada.

Leia mais

Invólucros estéreis para os rinofaringolaringoscópios flexíveis KARL STORZ ORL 138 2.0 05/2016-PT

Invólucros estéreis para os rinofaringolaringoscópios flexíveis KARL STORZ ORL 138 2.0 05/2016-PT Invólucros estéreis para os rinofaringolaringoscópios flexíveis KARL STORZ ORL 138 2.0 05/2016-PT Os invólucros estéreis podem ser utilizados com o rinofaringolaringoscópio flexível em exames endoscópicos

Leia mais

LASER de hólmio CALCULASE II 20 W

LASER de hólmio CALCULASE II 20 W URO 32-9 07/2014-PT LASER de hólmio CALCULASE II 20 W Aplicações avançadas LASER de hólmio CALCULASE II 20 W Experimente o tratamento a laser exato e rápido, que satisfaz as exigências máximas da litotripsia,

Leia mais

Fazemos de grandes inovações uma realidade

Fazemos de grandes inovações uma realidade URO 44-2 06/2015-PT Fazemos de grandes inovações uma realidade Os novos ureterorrenoscópios da KARL STORZ Novas dimensões na ureterorrenoscopia Atualmente não avançar significa ficar para trás. Por isso,

Leia mais

TELE PACK X LED KARL STORZ

TELE PACK X LED KARL STORZ TP 45 2.0 07/2015-PT TELE PACK X LED KARL STORZ Sistema compacto all in one com fonte de luz LED O TELE PACK X LED prossegue a tradição dos sistema portáteis all in one da KARL STORZ. Sua área de atuação

Leia mais

LAP 61 4.1 06/2015-PT. Sistema D-LIGHT P. Para a avaliação por perfusão de fluorescência em anastomoses colorretais

LAP 61 4.1 06/2015-PT. Sistema D-LIGHT P. Para a avaliação por perfusão de fluorescência em anastomoses colorretais LAP 61 4.1 06/2015-PT Sistema D-LIGHT P Para a avaliação por perfusão de fluorescência em anastomoses colorretais Introdução Para visualizar alterações no corpo humano que não são perceptíveis através

Leia mais

Novo nefroscópio percutâneo de 18/22 Fr. com canal de trabalho ampliado

Novo nefroscópio percutâneo de 18/22 Fr. com canal de trabalho ampliado URO 23 10.0 08/2015-PT Novo nefroscópio percutâneo de 18/22 Fr. com canal de trabalho ampliado Modelo Slender Nefroscopia percutânea de 18/22 Fr. Modelo Slender para retirada percutânea de cálculos renais

Leia mais

Artroscopia em animais de pequeno porte VET 18 9.0 06/2015-PT

Artroscopia em animais de pequeno porte VET 18 9.0 06/2015-PT Artroscopia em animais de pequeno porte VET 18 9.0 06/2015-PT Artroscopia em cães A artroscopia é o método padrão para realizar a maior parte das cirurgias das articulações tanto em seres humano quanto

Leia mais

BioPlug 5.2 SPS Secure Portal System

BioPlug 5.2 SPS Secure Portal System EW ART 27-9 07/2014-PT BioPlug 5.2 SPS Secure Portal System Para aplicação na cabeça do úmero em cirurgias reconstrutivas do ombro BioPlug 5.2 SPS Secure Portal System Para aplicação na cabeça do úmero

Leia mais

Pinça de coagulação e dissecção CLICKLINE Duo de SHAWKI GYN /2015-PT

Pinça de coagulação e dissecção CLICKLINE Duo de SHAWKI GYN /2015-PT Pinça de coagulação e dissecção CLICKLINE Duo de SHAWKI GYN 50 5.0 06/2015-PT Introdução: Na maioria dos procedimentos de qualquer cirurgia laparoscópica, quando uma dissecção minunciosa tem que ser feita,

Leia mais

Discectomia endoscópica percutânea lombar (DEPL) e outras intervenções na coluna torácica e lombar com o sistema SpineTIP

Discectomia endoscópica percutânea lombar (DEPL) e outras intervenções na coluna torácica e lombar com o sistema SpineTIP CV 17 3.0 10/2015-PT Discectomia endoscópica percutânea lombar (DEPL) e outras intervenções na coluna torácica e lombar com o sistema SpineTIP Dr. med. Thomas Lübbers, Departamento de Neurocirurgia, Centro

Leia mais

Instrumental básico para Artroscopia da Articulação da Mão ART /2016-PT

Instrumental básico para Artroscopia da Articulação da Mão ART /2016-PT Instrumental básico para Artroscopia da Articulação da Mão ART 62 1.0 05/2016-PT Instrumental básico para Artroscopia da Articulação da Mão 2 Estabeleça as bases para uma operação precisa e eficiente na

Leia mais

EndoWorld THOR 7-PT/06-2011. MediaFIT. A nova geração de pinças desmontáveis para a mediastinoscopia

EndoWorld THOR 7-PT/06-2011. MediaFIT. A nova geração de pinças desmontáveis para a mediastinoscopia EndoWorld THOR 7-PT/06-2011 MediaFIT A nova geração de pinças desmontáveis para a mediastinoscopia MediaFIT mais ergonomia e maior facilidade de uso O design ergonômico das novas pinças MediaFIT facilita

Leia mais

Histeroscopia ambulatorial

Histeroscopia ambulatorial Histeroscopia ambulatorial Histeroscópio de BETTOCCHI com instrumentos semirrígidos GYN 24-7 06/2014/EW-PT Histeroscopia ambulatorial Histeroscópio de BETTOCCHI com instrumentos semirrígidos Introdução

Leia mais

Buco Maxilo Facial. Maxilo Facial GII 1.5 / 2.0 / 2.4

Buco Maxilo Facial. Maxilo Facial GII 1.5 / 2.0 / 2.4 Buco Maxilo Facial Maxilo Facial GII 1.5 / 2.0 / 2.4 Maxilo Facial GII 1.5 / 2.0 / 2.4 Sistema de Buco Maxilo Facial Os princípios biomecânicos da osteossíntese com placas aplicável a mandíbula culminou

Leia mais

Instrumentos para reconstrução do Ligamento Cruzado Anterior com Tendões Isquiotibiais ART 39 9.0 06/2015-PT

Instrumentos para reconstrução do Ligamento Cruzado Anterior com Tendões Isquiotibiais ART 39 9.0 06/2015-PT Instrumentos para reconstrução do Ligamento Cruzado Anterior com Tendões Isquiotibiais ART 39 9.0 06/2015-PT Instrumentos para reconstrução do LCA Tendão do Semitendíneo e Grácil A KARL STORZ oferece uma

Leia mais

Tomografia Computorizada Dental

Tomografia Computorizada Dental + Universidade do Minho M. I. Engenharia Biomédica Beatriz Gonçalves Sob orientação de: J. Higino Correia Tomografia Computorizada Dental 2011/2012 + Casos Clínicos n Dentes privados do processo de erupção

Leia mais

Sistema COLOVIEW Mainz

Sistema COLOVIEW Mainz VET 21-5 07/2014-PT Sistema COLOVIEW Mainz Conjunto para colonoscopia e retirada de biópsia em ratos e camundongos Sistema COLOVIEW Mainz Conjunto para colonoscopia e retirada de biópsia em ratos e camundongos

Leia mais

Manuseio simples combinado com a máxima força

Manuseio simples combinado com a máxima força GYN 20-12 08/2013-PT Manuseio simpes combinado com a máxima força ROTOCUT G1 ROTOCUT G1 Com o sistema de morceadores ROTOCUT G1, a KARL STORZ oferece um sistema competo desenvovido para atender as mais

Leia mais

UNIDRIVE S III NEURO. A solução completa para Neurocirurgia e para Cirurgia da Coluna Vertebral NEURO 28 6.0 01/2016-PT

UNIDRIVE S III NEURO. A solução completa para Neurocirurgia e para Cirurgia da Coluna Vertebral NEURO 28 6.0 01/2016-PT UNIDRIVE S III NEURO A solução completa para Neurocirurgia e para Cirurgia da Coluna Vertebral NEURO 28 6.0 01/2016-PT UNIDRIVE S III NEURO A solução completa para Neurocirurgia e para Cirurgia da Coluna

Leia mais

ASPECTOS DE IMAGEM DAS ALTERAÇÕES DA RAIZ DENTAL

ASPECTOS DE IMAGEM DAS ALTERAÇÕES DA RAIZ DENTAL ASPECTOS DE IMAGEM DAS ALTERAÇÕES DA RAIZ DENTAL Vamos descrever a seguir as principais imagens das alterações da raiz dental. As ocorrências, em sua maioria, são provenientes de causas patológicas. FORMA

Leia mais

Instrumental básico para Artroscopia da Articulação da Mão ART /2016-PT

Instrumental básico para Artroscopia da Articulação da Mão ART /2016-PT Instrumental básico para Artroscopia da Articulação da Mão ART 62 1.1 11/2016-PT Instrumental básico para Artroscopia da Articulação da Mão 2 Estabeleça as bases para uma operação precisa e eficiente na

Leia mais

Pedus. Técnica Cirúrgica

Pedus. Técnica Cirúrgica Técnica Cirúrgica com cunha 1. Características do produto Estabilidade angular. Orifícios de combinação. Isto torna possível usar parafusos com e sem estabilidade angular. Parafusos e placas de titânio.

Leia mais

VITOM Um sistema de visualização único para cirurgia aberta da mão ART 54 2.0 02/2015-PT

VITOM Um sistema de visualização único para cirurgia aberta da mão ART 54 2.0 02/2015-PT VITOM Um sistema de visualização único para cirurgia aberta da mão ART 54 2.0 02/2015-PT Prefácio Em intervenções abertas na mão, utilizamos ou óculos com lupa ou trabalhamos a olho nu. Para intervenções

Leia mais

LAP /2015-PT. Minilaparoscopia. Instrumentos unipolares e bipolares para a Minilaparoscopia

LAP /2015-PT. Minilaparoscopia. Instrumentos unipolares e bipolares para a Minilaparoscopia LAP 66 2.0 07/2015-PT Minilaparoscopia Instrumentos unipolares e bipolares para a Minilaparoscopia Cirurgias sem cicatriz visível Minilaparoscopia A minilaparoscopia representa um método cirúrgico requisitado

Leia mais

Artroscopia da articulação temporomandibular

Artroscopia da articulação temporomandibular OMFS 14 1.0 10/2015-PT Artroscopia da articulação temporomandibular Soluções para tratamento minimamente invasivo da articulação da mandíbula Quando a articulação temporomandibular dói A articulação temporomandibular

Leia mais

A solução completa de PDD da KARL STORZ

A solução completa de PDD da KARL STORZ URO 17-3 07/2014-PT A solução completa de PDD da KARL STORZ para diagnóstico, terapia e cuidados pós-operatórios em câncer de bexiga A solução completa de PDD da KARL STORZ para diagnóstico, terapia e

Leia mais

Há mais de 30 anos semeando sorrisos no Brasil e, agora, no mundo todo.

Há mais de 30 anos semeando sorrisos no Brasil e, agora, no mundo todo. Há mais de 30 anos semeando sorrisos no Brasil e, agora, no mundo todo. A Dentoflex vai ainda mais longe A Dentoflex está no mercado odontológico há mais de 30 anos e não para de se reiventar. Para ser

Leia mais

TP 43 4.0 09/2015-PT IMAGE1 SPIES. IMAGE1 CONNECT e H3-LINK Your Link to Perfection

TP 43 4.0 09/2015-PT IMAGE1 SPIES. IMAGE1 CONNECT e H3-LINK Your Link to Perfection TP 43 4.0 09/2015-PT IMAGE1 SPIES IMAGE1 CONNECT e H3-LINK Your Link to Perfection 2 Da tradição KARL STORZ sempre é referência na área de aquisição de imagem endoscópica. Assim, em 2007, ela trouxe ao

Leia mais

Instrumental Cirúrgico Ortopédico

Instrumental Cirúrgico Ortopédico Instrumental Cirúrgico Ortopédico Os médicos e cirurgiões que assistem pessoas visando manter ou restabelecer apropriadamente a estrutura do corpo e suas funções são conhecidos como Ortopedistas. São profissionais

Leia mais

DIAGNÓSTICO COLETA DE DADOS RACIOCÍNIO E DEDICAÇÃO

DIAGNÓSTICO COLETA DE DADOS RACIOCÍNIO E DEDICAÇÃO EXAME CLÍNICO DA DOENÇA PERIODONTAL DIAGNÓSTICO PERIODONTAL CONSISTE O DIAGNÓSTICO NA ANÁLISE DO PERIODONTAL HISTÓRICO DO CASO, NA AVALIAÇÃO DOS SINAIS CLÍNICOS E SINTOMAS, COMO TAMBÉM DOS RESULTADOS DE

Leia mais

Cirurgia endoscópica da coluna vertebral com o sistema EasyGO!

Cirurgia endoscópica da coluna vertebral com o sistema EasyGO! CV 9 9.0 06/2015-PT Cirurgia endoscópica da coluna vertebral com o sistema EasyGO! Prof. Dr. M. R. GAAB Spine Center Hannover, Alemanha Ex-diretor da Neurocirurgia, Hospital Nordstadt de Hannover Prof.

Leia mais

Highlights 2016. Edição do 1 trimestre de 2016 OR1

Highlights 2016. Edição do 1 trimestre de 2016 OR1 Highlights 2016 Edição do 1 trimestre de 2016 OR1 KARL STORZ OR1 FUSION O melhor comando para a sala de cirurgia KARL STORZ OR1 FUSION é uma plataforma que proporciona roteamento de áudio/vídeo, documentação

Leia mais

Instruções de Uso TCP DENTAL HP

Instruções de Uso TCP DENTAL HP Visando a praticidade e facilidade ao acesso às instruções de uso, a Ortech Medical está disponibilizando os documentos para download no site: www.ortechmedical.com.br. IMPORTANTE: Para baixar as instruções

Leia mais

ORL /2017-PT. Fotóforo KS70. Iluminação médica do mais alto nível

ORL /2017-PT. Fotóforo KS70. Iluminação médica do mais alto nível ORL 139 4.0 02/2017-PT Fotóforo KS70 Iluminação médica do mais alto nível Excelentes condições de visualização e de iluminação são pilares essenciais para um trabalho profissional, seguro e ergonômico

Leia mais

ORL /2016-PT. Coagulação bipolar. Pinças de coagulação com ponta de prata

ORL /2016-PT. Coagulação bipolar. Pinças de coagulação com ponta de prata ORL 130 2.0 02/2016-PT Coagulação bipolar Pinças de coagulação com ponta de prata Coagulação bipolar Situação inicial Durante a coagulação de tecidos é importante estancar hemorragias rapidamente e de

Leia mais

Aspectos de interesse à endodontia

Aspectos de interesse à endodontia SISTEMA DE CANAIS RADICULARES Anatomia das cavidades pulpares Aspectos de interesse à endodontia CAVIDADE PULPAR CAVIDADE PULPAR CAVIDADE ANATÔMICA CONTIDA NO INTERIOR DO DENTE, CIRCUNDADA POR DENTINA,

Leia mais

Moderno Gerenciamento das Vias Aéreas

Moderno Gerenciamento das Vias Aéreas AN 14 5.0 09/2015-PT Moderno Gerenciamento das Vias Aéreas com o sistema C-MAC em Bariatria 2 Pacientes obesos representam um problema de peso? Reconhecida pela Organização Mundial de Saúde em 2000 como

Leia mais

Endoscopia rígida praticada em bovinos VET /2016-PT

Endoscopia rígida praticada em bovinos VET /2016-PT Endoscopia rígida praticada em bovinos VET 24 6.0 07/2016-PT Conjunto de telorressectoscopia de SEEH/HOSPES Desenvolvido na clínica de obstetrícia, ginecologia e andrologia para animais de grande e pequeno

Leia mais

VET /2016-PT VETPUMP 2. Sistema de irrigação e aspiração de precisão

VET /2016-PT VETPUMP 2. Sistema de irrigação e aspiração de precisão VET 26 8.0 07/2016-PT VETPUMP 2 Sistema de e de precisão Lavagem auricular tão fácil como nunca Com a VETPUMP 2 KARL STORZ você obtem um sistema seguro e altamente eficiente e. Potente, com uma regulagem

Leia mais

Laringoscópio cirúrgico expansível de HINNI ORL 135 2.0 06/2015-PT

Laringoscópio cirúrgico expansível de HINNI ORL 135 2.0 06/2015-PT Laringoscópio cirúrgico expansível de HINNI ORL 135 2.0 06/2015-PT Supondo que um novo laringoscópio possibilite uma exposição de 100% do assoalho da língua e da área supraglótica, além de um grande espaço

Leia mais

VET 36 3.0 01/2016-PT TELE PACK VET X LED. Sistema de vídeo completo para documentação endoscópica ambulatorial

VET 36 3.0 01/2016-PT TELE PACK VET X LED. Sistema de vídeo completo para documentação endoscópica ambulatorial VET 36 3.0 01/2016-PT TELE PACK VET X LED Sistema de vídeo completo para documentação endoscópica ambulatorial Cinco aparelhos, um O TELE PACK VET X LED da KARL STORZ é um sistema único, compacto e portátil,

Leia mais

Periodontia Catálogo de Produtos

Periodontia Catálogo de Produtos Catálogo de Produtos Catálogos Acadêmicos & Especialistas Quinelato Um Guia de Bolso para estudantes e profissionais da Odontologia Baseada na experiência de 70 anos no mercado de instrumentos cirúrgicos

Leia mais

A UTILIZAÇÃO DA PROTEÍNA MORFOGENÉTICA RECOMBINANTE SINTÉTICA TIPO 2 PARA RECOSNTRUÇÃO DE MAXILA ATRÓFICA. DESCRIÇÃO DA TÉCNICA E RELATO DE UM CASO

A UTILIZAÇÃO DA PROTEÍNA MORFOGENÉTICA RECOMBINANTE SINTÉTICA TIPO 2 PARA RECOSNTRUÇÃO DE MAXILA ATRÓFICA. DESCRIÇÃO DA TÉCNICA E RELATO DE UM CASO A UTILIZAÇÃO DA PROTEÍNA MORFOGENÉTICA RECOMBINANTE SINTÉTICA TIPO 2 PARA RECOSNTRUÇÃO DE MAXILA ATRÓFICA. DESCRIÇÃO DA TÉCNICA E RELATO DE UM CASO AUTORES: André Zétola Rafaela Larson Introdução A procura

Leia mais

AIDA mini. Grandes resultados em um design compacto. Small, Smart and Simple

AIDA mini. Grandes resultados em um design compacto. Small, Smart and Simple Grandes resultados em um design compacto Small, Smart and Simple AIDA mini é a mais nova solução da KARL STORZ para usuários sem muita experiência no uso de aparelhos de gravação de arquivos de imagem

Leia mais

LISTA DE PREÇO 2014 Código Descrição Preço Venda

LISTA DE PREÇO 2014 Código Descrição Preço Venda LISTA DE PREÇO 2014 Código Descrição Preço Venda 2-10 Afastador Farabeuf Adulto 13x125mm R$ 8.25 2-11 Afastador Farabeuf Baby 7x100mm R$ 9.35 2-12 Afastador Farabeuf Extra 14x150mm R$ 9.35 2-14 Afastador

Leia mais

Preço Unitário: Preço Total: Marca/Modelo:

Preço Unitário: Preço Total: Marca/Modelo: Licitação : PE012/2013 Data e Hora da Entrega das Propostas: 10/10/2013-14:30 Grupo :027-Materiais e Equip. de Uso Hospitalar, Odontológico, Veterinário e de Laboratório Órgão/Entidade : SECRETARIA DA

Leia mais

ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DA RAIZ DENTAL. radiográficas da raiz dental. As ocorrências, em sua maioria, são provenientes de

ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DA RAIZ DENTAL. radiográficas da raiz dental. As ocorrências, em sua maioria, são provenientes de ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DA RAIZ DENTAL Neste tópico vamos descrever as principais alterações das imagens radiográficas da raiz dental. As ocorrências, em sua maioria, são provenientes de causas

Leia mais

Sistema extrator minimamente invasivo para o tendão do quadríceps ART /2015-PT

Sistema extrator minimamente invasivo para o tendão do quadríceps ART /2015-PT Sistema extrator minimamente invasivo para o tendão do quadríceps ART 52 4.0 07/2015-PT Sistema extrator minimamente invasivo para o tendão do quadríceps O tendão do quadríceps é utilizado em cirurgias

Leia mais

Endoscopia na medicina veterinária

Endoscopia na medicina veterinária Highlights 2016 Edição do 3. trimestre de 2016 Endoscopia na medicina veterinária Aves e espécies exóticas Óticas para aplicação universal Dois endoscópios, aplicações infinitas A ótica de aplicação universal

Leia mais

A nova plataforma reutilizável para Cirurgia Transanal Laparoscópica PRO 5 2.0 05/2016-PT

A nova plataforma reutilizável para Cirurgia Transanal Laparoscópica PRO 5 2.0 05/2016-PT A nova plataforma reutilizável para Cirurgia Transanal Laparoscópica PRO 5 2.0 05/2016-PT Cirurgias no reto podem ser executadas através de Laparotomias, Laparoscopias com multitrocarte, Laparoscopias

Leia mais

A série E da KARL STORz:

A série E da KARL STORz: EndoWorld UNITS 3-2-PT/07-2011 A série E da KARL STORz: Ergonómica Elegante Eficiente Carro para monitores TROLL-E O novo carro para monitores da KARL STORz oferece-lhe toda a liberdade para deslocar e

Leia mais

KARL STORZ OR1 TM Streaming Solutions. Estabeleça conexões

KARL STORZ OR1 TM Streaming Solutions. Estabeleça conexões KARL STORZ OR1 TM Streaming Solutions Estabeleça conexões Atualmente, a necessidade de ter acesso à sala de cirurgia e a observação do seu fluxo de trabalho exige soluções adequadas no âmbito das tecnologias

Leia mais

Shaver Intrauterino Bigatti (IBS ) GYN /2016-PT

Shaver Intrauterino Bigatti (IBS ) GYN /2016-PT Shaver Intrauterino Bigatti (IBS ) GYN 48 7.0 01/2016-PT IBS, um método alternativo para cirurgia intrauterina de alta frequência No momento, a ressecção convencional pode ser considerada um procedimento

Leia mais