Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Página Inicial do Acordo Coletivo de Trabalho 2015/2016; ATENÇÃO à

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Página Inicial do Acordo Coletivo de Trabalho 2015/2016; ATENÇÃO à"

Transcrição

1 Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Página Inicial do Acordo Coletivo de Trabalho 2015/2016; ATENÇÃO à Cláusula septuagésima quarta que trata do Benefício Social Familiar; 2. Manual de Orientações e Regras do Benefício Social Familiar. (REGISTRADO) 3. Tabela de Benefícios. (REGISTRADA)

2 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO De um lado a ATMOSFERA GESTÃO E HIGIENIZAÇÃO DE TEXTEIS S.A., adiante simplesmente denominada EMPRESA, localizada na Rua Antonieta Piva Barranqueiros, s/nº, Chácara Aeroporto, Jundiaí/SP, CEP: , inscrita no CNPJ sob n / e CNPJ / da matriz, Inscrição Estadual: Isenta, representada por seu Diretor, Sr. OTAVIO BATISTA DE CARVALHO NETO, portador do RG e CPF e, de outro lado o SINDICATO DOS EMPREGADOS E TRABALHADORES EM TURISMO E HOSPITALIDADE DE JUNDIAÍ E REGIÃO, representante da Categoria de Lavanderias e Similares de Jundiaí e Região, adiante simplesmente denominado SINDICATO, localizado na Rua General Osório, 35, Centro, Jundiaí/SP, CEP: , inscrito no CNPJ sob o n.º / e Inscrição Estadual: Isenta, com registro sindical n.º /94, representado pelo seu Presidente, Sr. DIEGO DE ALMEIDA MARCELINO, portador do CPF/MF sob n e do RG sob n tem entre si, justo e acordado, a celebração do presente Acordo Coletivo de Trabalho nos seguintes termos. CLÁUSULA 1ª - VIGÊNCIA E DATA-BASE As partes fixam a vigência do presente Acordo Coletivo de Trabalho no período de 1º de novembro de 2015 a 31 de outubro de 2016 e a data-base da categoria em 1º de novembro. CLÁUSULA 2ª ABRANGÊNCIA O presente Acordo Coletivo de Trabalho abrangerá a categoria profissional e econômica de lavanderias e similares com abrangência territorial na cidade de Jundiaí. CLÁUSULA 3ª ABRANGÊNCIA II O presente Acordo Coletivo de Trabalho abrangerá todas as categorias de empregados da Atmosfera, inclusive as categorias diferenciadas. 1

3 CLÁUSULA 74ª - BENEFÍCIO DA ASSISTENCIA SOCIAL FAMILIAR SINDICAL A entidade Sindical prestará indistintamente a todos os trabalhadores subordinados a este Acordo Coletivo de Trabalho, benefícios sociais em caso de: incapacitação permanente por perda ou redução de sua aptidão física ou falecimento, por meio de organização gestora especializada. Parágrafo Primeiro A prestação dos benefícios sociais iniciará a partir de 10/07/2014, na forma, valores, requisitos, beneficiários e penalidades previstas no Manual de Orientação e Regras, anexo, parte integrante desta cláusula. Parágrafo Segundo - Para efetiva viabilidade financeira deste benefício, nos casos de incapacitação permanente por perda ou redução de sua aptidão física ou falecimento, e com o expresso consentimento da entidade sindical profissional, as empresas, compulsoriamente, a título de contribuição social, recolherão até o dia 10 (dez) de cada mês e a partir de 10/02/2016, o valor de R$ 7,42 (sete reais e quarenta e dois centavos) por trabalhador que possua, exclusivamente, por meio de boleto disponibilizado pela gestora no site Conforme decisão em assembleia dos trabalhadores, os empregadores poderão descontar mensalmente de cada trabalhador, em folha de pagamento, até a importância de R$ 0,50 (cinquenta centavos). Parágrafo Terceiro - Fica garantido o direito de oposição ao desconto, aos empregados não associados, no prazo de 10 (dez) dias que anteceder o primeiro desconto e que deverá ser manifestado pessoalmente pelo trabalhador interessado, em carta de próprio punho, na sede da entidade laboral. Parágrafo Quarto - Em caso de afastamento de empregado, por motivo de doença ou acidente de trabalho, o empregador manterá o recolhimento pelo período de 12 (doze) meses, ficando garantidos ao empregado todos os benefícios previstos nesta cláusula, até seu efetivo retorno ao trabalho. Parágrafo Quinto - O empregador que por ocasião do óbito ou do fato causador da incapacitação, estiver inadimplente por: falta de pagamento, pagamento após o dia do vencimento ou efetuar recolhimento por valor inferior ao devido, responderá perante empregado ou a seus dependentes, a título de multa, o dobro do valor dos benefícios. Parágrafo Sexto - O óbito ou evento que possa provocar a incapacitação permanente para o trabalho, por perda ou redução de sua aptidão física, deverá ser comunicado formalmente à gestora, no prazo máximo e improrrogável de 90 (noventa) dias da ocorrência, pelo site 21

4 Parágrafo Sétimo - Caso haja, planilhas de custos e editais de licitações, deverão constar a provisão financeira para cumprimento do Benefício Social Familiar, a fim de que seja preservado o patrimônio jurídico dos trabalhadores, em consonância com o artigo 444 da CLT. Parágrafo Oitavo - O presente serviço social não tem natureza salarial, por não se constituir em contraprestação de serviços e ser eminentemente assistencial. Parágrafo Nono- Sempre que necessário à comprovação de cumprimento da Convenção Coletiva de Trabalho e nas homologações trabalhistas deverá ser apresentado o certificado de regularidade desta cláusula, à disposição no site Parágrafo Décimo - O descumprimento da cláusula em decorrência de negligência, imperícia ou imprudência de prestador de serviços (administradores e/ou contabilistas), implicará na responsabilidade civil daquele que der causa ao descumprimento, conforme artigos 186, 927, 932, III e 933, do Código Civil Brasileiro CLÁUSULA 75ª - NORMAS CONSTITUCIONAIS A promulgação da legislação ordinária e/ou complementar, regulamentadora dos preceitos constitucionais, substituirá, onde aplicável, direitos e deveres previstos neste Acordo Coletivo de Trabalho, ressalvando-se sempre as condições mais favoráveis aos empregados, vedada em qualquer hipótese, a acumulação. CLÁUSULA 76ª - MULTA Fica estipulada multa equivalente a 5% (cinco por cento) do salário normativo, por empregado, no caso do descumprimento de quaisquer das cláusulas deste Acordo Coletivo de Trabalho, por evento, revertendo o seu benefício em favor da parte prejudicada. CLÁUSULA 77ª - PRORROGAÇÂO, REVISÃO, DENÚNCIA OU REVOGAÇÃO O processo de prorrogação, revisão, denúncia ou revogação total ou parcial, da presente Convenção Coletiva, ficará subordinado às normas estabelecidas pelo artigo 615 da CLT. Jundiaí, 15 de dezembro de

5 Com a finalidade de resguardar os direitos dos trabalhadores, empresários e sindicatos e evitar questionamentos futuros quanto a forma de prestação e valores dos benefícios sociais disponibilizados pelos sindicatos, o material a seguir é um complemento à cláusula específica do Benefício Social Familiar do Acordo Coletivo de Trabalho acima descrita.

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Página inicial da Convenção Coletiva de Trabalho 2016/2017; 2.

Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Página inicial da Convenção Coletiva de Trabalho 2016/2017; 2. Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Página inicial da Convenção Coletiva de Trabalho 2016/2017; 2. Cláusula específica do Benefício Social Familiar; 3. Manual

Leia mais

Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Página inicial da Convenção Coletiva de Trabalho 2015/2015; 2.

Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Página inicial da Convenção Coletiva de Trabalho 2015/2015; 2. Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Página inicial da Convenção Coletiva de Trabalho 2015/2015; 2. Cláusula específica do Benefício Social Familiar; 3. Manual

Leia mais

Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Página inicial da Convenção Coletiva de Trabalho 2016/

Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Página inicial da Convenção Coletiva de Trabalho 2016/ Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Página inicial da Convenção Coletiva de Trabalho 2016/2016 2. Cláusula específica do Benefício Social Familiar; 3. Manual

Leia mais

Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Página inicial da Convenção Coletiva de Trabalho 2016/2016; 2.

Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Página inicial da Convenção Coletiva de Trabalho 2016/2016; 2. Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Página inicial da Convenção Coletiva de Trabalho 2016/2016; 2. Cláusula específica do Benefício Social Familiar; 3. Manual

Leia mais

Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Página inicial da Convenção Coletiva de Trabalho 2016/2016; 2.

Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Página inicial da Convenção Coletiva de Trabalho 2016/2016; 2. Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Página inicial da Convenção Coletiva de Trabalho 2016/2016; 2. Cláusula específica do Benefício Social Familiar; 3. Manual

Leia mais

Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Convenção Coletiva de Trabalho 2016/2016; 2. Cláusula específica do

Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Convenção Coletiva de Trabalho 2016/2016; 2. Cláusula específica do Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Convenção Coletiva de Trabalho 2016/2016; 2. Cláusula específica do Benefício Social Familiar; 3. Manual de Orientações

Leia mais

Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo:

Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Convenção Coletiva de Trabalho 2015/2016; 2. Cláusula específica do Benefício Social Familiar; 3. Manual de Orientações

Leia mais

Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Convenção Coletiva de Trabalho 2016/2016; 2. Cláusula específica do

Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Convenção Coletiva de Trabalho 2016/2016; 2. Cláusula específica do Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Convenção Coletiva de Trabalho 2016/2016; 2. Cláusula específica do Benefício Social Familiar; 3. Manual de Orientação

Leia mais

Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Página inicial da Convenção Coletiva de Trabalho 2016/2016; 2.

Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Página inicial da Convenção Coletiva de Trabalho 2016/2016; 2. Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Página inicial da Convenção Coletiva de Trabalho 2016/2016; 2. Cláusula específica do Benefício Social Familiar; 3. Manual

Leia mais

Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Página inicial da Convenção Coletiva de Trabalho 2015/2016; 2.

Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Página inicial da Convenção Coletiva de Trabalho 2015/2016; 2. Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Página inicial da Convenção Coletiva de Trabalho 2015/2016; 2. Cláusula específica do Benefício Social Familiar; 3. Manual

Leia mais

Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Página inicial da Convenção Coletiva de Trabalho 2015/2016; 2.

Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Página inicial da Convenção Coletiva de Trabalho 2015/2016; 2. Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Página inicial da Convenção Coletiva de Trabalho 2015/2016; 2. Cláusula específica do Benefício Social Familiar; 3. Manual

Leia mais

Por este instrumento e na melhor forma de direito, de um lado, como representante da

Por este instrumento e na melhor forma de direito, de um lado, como representante da CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2016/2017 Excerto da CCT assinada entre o sindicato profissional e a FECOMERCIO SP, por procuração e nas cláusulas que se aplicam ao SINCOMAVI Por este instrumento e na melhor

Leia mais

Por este instrumento e na melhor forma de direito, de um lado, como representante da categoria

Por este instrumento e na melhor forma de direito, de um lado, como representante da categoria CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016 Excerto da CCT assinada entre o sindicato profissional e a FECOMERCIO SP, por procuração e nas cláusulas que se aplicam ao SINCOMAVI Por este instrumento e na melhor

Leia mais

Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Página inicial da Convenção Coletiva de Trabalho 2017/2018; 2.

Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Página inicial da Convenção Coletiva de Trabalho 2017/2018; 2. Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Página inicial da Convenção Coletiva de Trabalho 2017/2018; 2. Cláusula específica do Benefício Social Familiar; 3. Manual

Leia mais

\ a) 8% (oito por cento) para os trabalhadores que recebem salárío mensal de até R$ 7.000,00 (sete mil reais);

\ a) 8% (oito por cento) para os trabalhadores que recebem salárío mensal de até R$ 7.000,00 (sete mil reais); " CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO Entre as partes de um lado: SINDICATO DOS TÉCNICOS DE SEGURANÇA DO TRABALHO NO ESTADO DE SÃO PAULO, CNPJ no60.266.996/0001-03 e, de outro lado: SINDICATO DA INDÚSTRIA DA

Leia mais

Entre as pedes de um lado. e, de outro lado:

Entre as pedes de um lado. e, de outro lado: CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO Entre as pedes de um lado SINDICATO DOS TÉCNICOS DE SEGURANÇA DO TRABALHO NO ESTADO DE SÃO PAULO, CNPJ i 60.266.996/0001-03 e, de outro lado: SINDICATO DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO

Leia mais

Salários, Reajustes e Pagamento

Salários, Reajustes e Pagamento TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2010/2011 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR065290/2010 NÚMERO DO PROCESSO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: DATA DE REGISTRO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: 46254.003732/2009-17

Leia mais

TERMO ADITIVO A ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2009/2010

TERMO ADITIVO A ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2009/2010 TERMO ADITIVO A ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2009/2010 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MT000124/2009 DATA DE REGISTRO NO MTE: 07/05/2009 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR011080/2009 NÚMERO DO PROCESSO: 46210.001765/2009-39

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016 Excerto da CCT assinada entre o sindicato profissional e a FECOMERCIO SP, por procuração e nas cláusulas que se aplicam ao SINCOMAVI Por este instrumento e na melhor

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2015

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2015 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ000926/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 10/06/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR070301/2014 NÚMERO DO PROCESSO: 46232.001993/2015-07

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013 DATA DE REGISTRO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: 22/12/2011

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013 DATA DE REGISTRO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: 22/12/2011 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR061899/2012 NÚMERO DO PROCESSO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: 47998.008319/2011-22 DATA DE REGISTRO DA CONVENÇÃO COLETIVA

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2009/2010

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2009/2010 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2009/2010 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ000583/2009 DATA DE REGISTRO NO MTE: 29/05/2009 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR017375/2009 NÚMERO DO PROCESSO: 46666.001300/2009-20 DATA

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013 DATA DE REGISTRO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: 28/12/2011

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013 DATA DE REGISTRO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: 28/12/2011 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR061900/2012 NÚMERO DO PROCESSO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: 46268.004620/2011-49 DATA DE REGISTRO DA CONVENÇÃO COLETIVA

Leia mais

Convenção Coletiva em EMPRESAS DE LAVANDERIAS E SIMILARES

Convenção Coletiva em EMPRESAS DE LAVANDERIAS E SIMILARES Convenção Coletiva em EMPRESAS DE LAVANDERIAS E SIMILARES PRESIDENTE: SERGIO PARANHOS 2015/2016 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016 SIND DOS EMP EM TURISMO E HOSP DE SAO JOSE DO RIO PRETO, CNPJ n.

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço

Confira a autenticidade no endereço ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2017/2018 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RS002117/2017 DATA DE REGISTRO NO MTE: 25/08/2017 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR051464/2017 NÚMERO DO PROCESSO: 46218.012583/2017-23 DATA DO

Leia mais

Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Página inicial da Convenção Coletiva de Trabalho 2017/2018; 2.

Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Página inicial da Convenção Coletiva de Trabalho 2017/2018; 2. Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Página inicial da Convenção Coletiva de Trabalho 2017/2018; 2. Cláusula específica do Benefício Social Familiar; 3. Manual

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO REAJUSTES/CORREÇÕES SALARIAIS

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO REAJUSTES/CORREÇÕES SALARIAIS TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR025062/2015 DATA E HORÁRIO DA TRANSMISSÃO: 08/05/2015 ÀS 15:28 NÚMERO DO PROCESSO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: 46215.022244/2014

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR023543/2011 NÚMERO DO PROCESSO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: DATA DE REGISTRO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: 46255.002257/2010-95

Leia mais

CCT - CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO

CCT - CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO CCT - CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO e FENATRACOOP - FEDERAÇÃO NACIONAL DOS TRABALHADORES CELETISTAS NAS COOPERATIVAS NO BRASIL 01.11.2010 a 31.05.2011 CCT - CONVENÇÃO COLETIVA

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO I 2015

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO I 2015 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO - 2014 I 2015 Pelo presente instrumento particular, de um lado o SEABENS - Sindicato das Empresas Administradoras de Bens e Condomínios de Santos e Região, inscrito ~ no

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO "EMPREGADOS EM EDIFÍCIOS E CONDOMÍNIOS RESIDENCIAIS, COMERCIAIS E MISTOS" PARTES: SINDICATO DOS EMPREGADOS DE EDIFÍCIOS, ZELADORES, PORTEIROS, CABINEIROS, VIGIAS, FAXINEIROS,

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2016/2017 COLÉGIO SANTO INÁCIO RIO DE JANEIRO

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2016/2017 COLÉGIO SANTO INÁCIO RIO DE JANEIRO ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2016/2017 COLÉGIO SANTO INÁCIO RIO DE JANEIRO ACORDO COLETIVO DE TRABALHO, que entre si fazem, SINDICATO DOS AUXILIARES DE ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SP005919/2011 DATA DE REGISTRO NO MTE: 15/06/2011 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR028026/2011 NÚMERO DO PROCESSO: 46261.002658/2011-47

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SP005372/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 23/05/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR023931/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 47998.003161/2013-66

Leia mais

Sindicato dos Comerciários de São Paulo Sindicato dos Lojistas do Comércio de São Paulo 2017/2018

Sindicato dos Comerciários de São Paulo Sindicato dos Lojistas do Comércio de São Paulo 2017/2018 Por este instrumento, o SINDICATO DOS COMERCIÁRIOS DE SÃO PAULO, CNPJ nº 60.989.944/0001-65 e registro sindical nº 4.009/41, com base no município de São Paulo, e sede na Rua Formosa nº 99, nesta Capital,

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço

Confira a autenticidade no endereço CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2016/2017 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ002081/2016 DATA DE REGISTRO NO MTE: 07/10/2016 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR060629/2016 NÚMERO DO PROCESSO: 46215.086832/2016-66 DATA

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR028406/2015 DATA E HORÁRIO DA TRANSMISSÃO: 21/05/2015 ÀS 11:39 NÚMERO DO PROCESSO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: 46473.003191/2014-18

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO Página 1 de 7 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ000281/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR063713/2012 NÚMERO DO PROCESSO: 46215.034431/2012-05

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO Page 1 of 5 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: GO000211/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR069411/2012 NÚMERO DO PROCESSO: 46290.000413/2013-08 DATA

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013 DATA DE REGISTRO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: 31/01/2012

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013 DATA DE REGISTRO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: 31/01/2012 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR061901/2012 NÚMERO DO PROCESSO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: 46254.000044/2012-09 DATA DE REGISTRO DA CONVENÇÃO COLETIVA

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012 NÚMERO DO PROCESSO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: /

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012 NÚMERO DO PROCESSO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: / TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR028158/2011 NÚMERO DO PROCESSO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL:46254.001823/2010-51 DATA DE REGISTRO DA CONVENÇÃO COLETIVA

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR028158/2011 NÚMERO DO PROCESSO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: DATA DE REGISTRO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: 46254.001823/2010-51

Leia mais

TERMO DE ADITAMENTO À CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2014

TERMO DE ADITAMENTO À CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2014 TERMO DE ADITAMENTO À CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2014 JORNADA NORMAL DE TRABALHO - Atendido ao disposto no artigo 3 da Lei n 12.790/2013, a jornada normal dos empregados comerciários não excederá

Leia mais

Sindicato dos Empregados no Comércio de Guarulhos

Sindicato dos Empregados no Comércio de Guarulhos 1 TERMO DE ADITAMENTO À CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2005/2006 Por este instrumento e na melhor forma de direito, de um lado como representante da categoria profissional o SINDICATO DOS EMPREGADOS NO

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR030102/2015 DATA E HORÁRIO DA TRANSMISSÃO: 02/06/2015 ÀS 13:01 NÚMERO DO PROCESSO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: 46267.001126/2014-85

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2017/2018

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2017/2018 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2017/2018 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR041032/2017 DATA E HORÁRIO DA TRANSMISSÃO: 24/07/2017 ÀS 16:14 NÚMERO DO PROCESSO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: 46473.002520/2016-67

Leia mais

A presente Convenção Coletiva de Trabalho abrangerá a(s) categoria(s) dos técnicos agrícolas, com abrangência territorial em SC.

A presente Convenção Coletiva de Trabalho abrangerá a(s) categoria(s) dos técnicos agrícolas, com abrangência territorial em SC. CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2017/2018 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR031080/2017 SINDICATO DOS TECNICOS AGRICOLAS DE NIVEL MEDIO DE SC, CNPJ n. 80.460.785/0001-14, neste ato representado(a) por seu Presidente,

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: ES000257/2011 DATA DE REGISTRO NO MTE: 28/06/2011 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR031201/2011 NÚMERO DO PROCESSO: 46207.005077/2011-11 DATA

Leia mais

Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Página inicial da Convenção Coletiva de Trabalho 2015; 2.

Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Página inicial da Convenção Coletiva de Trabalho 2015; 2. Para facilitar o entendimento sobre o BENEFÍCIO SOCIAL FAMILIAR, segue abaixo: 1. Página inicial da Convenção Coletiva de Trabalho 2015; 2. Cláusula específica do ; 3. Manual de Orientação e Regras do.

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MT000249/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 11/05/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR022255/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46210.000856/2015-03

Leia mais

Página 2 de 5 DATA DE ADMISSÃO MULTIPLICAR POR Até ,60% De a ,97% De a ,34% De a ,7

Página 2 de 5 DATA DE ADMISSÃO MULTIPLICAR POR Até ,60% De a ,97% De a ,34% De a ,7 Página 1 de 5 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR073569/2013 DATA E HORÁRIO DA TRANSMISSÃO: 04/12/2013 ÀS 16:05 NÚMERO DO PROCESSO: 46257.007757/2013-46 DATA

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR021962/2013 NÚMERO DO PROCESSO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: DATA DE REGISTRO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: 46219.014494/2012-05

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2009/2010

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2009/2010 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2009/2010 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SC002261/2009 DATA DE REGISTRO NO MTE: 07/12/2009 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR053750/2009 NÚMERO DO PROCESSO: 46220.005185/2009-00 DATA DO

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço

Confira a autenticidade no endereço CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MS000493/2014 DATA DE REGISTRO NO MTE: 13/11/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR063815/2014 NÚMERO DO PROCESSO: 46312.006383/2014-11 DATA

Leia mais

GRATIFICAÇÕES, ADICIONAIS, AUXÍLIOS E OUTROS AUXÍLIO ALIMENTAÇÃO

GRATIFICAÇÕES, ADICIONAIS, AUXÍLIOS E OUTROS AUXÍLIO ALIMENTAÇÃO ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2014/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SP000926/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 30/01/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR074430/2014 NÚMERO DO PROCESSO: 46435.000893/2014 98 DATA DO

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2009/2010

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2009/2010 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2009/2010 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SE000138/2009 DATA DE REGISTRO NO MTE: 30/10/2009 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR041832/2009 NÚMERO DO PROCESSO: 46221.005949/2009-49 DATA DO

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PE000307/2014 DATA DE REGISTRO NO MTE: 20/03/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR013360/2014 NÚMERO DO PROCESSO: 46213.005531/2014-06

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço

Confira a autenticidade no endereço CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2017/2018 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PR002368/2017 DATA DE REGISTRO NO MTE: 11/07/2017 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR039881/2017 NÚMERO DO PROCESSO: 46212.012988/2017-11 DATA

Leia mais

MINUTA DA CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2016/2017

MINUTA DA CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2016/2017 MINUTA DA CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2016/2017 SINDICATO DOS TÉCNICOS DE SEGURANÇA DO TRABALHO NO ESTADO DE SÃO PAULO - SINTESP, entidade sindical profissional, inscrita no CNPJ/MF sob o no. 60.266.996/0001-03,

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2012/2013

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2012/2013 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2012/2013 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RS001127/2012 DATA DE REGISTRO NO MTE: 29/06/2012 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR035726/2012 NÚMERO DO PROCESSO: 46218.008327/2012-27 DATA DO

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SP001863/2016 DATA DE REGISTRO NO MTE: 22/02/2016 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR078248/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46473.009293/2015

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço

Confira a autenticidade no endereço CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2016/2017 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ002102/2016 DATA DE REGISTRO NO MTE: 11/10/2016 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR061751/2016 NÚMERO DO PROCESSO: 46215.086836/2016-44 DATA

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR034459/2015 DATA E HORÁRIO DA TRANSMISSÃO: 15/06/2015 ÀS 13:21 SINDICATO DOS TECNICOS AGRICOLAS DE NIVEL MEDIO DE SC, CNPJ n. 80.460.785/0001-14,

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2016/2017

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2016/2017 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2016/2017 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR064708/2016 DATA E HORÁRIO DA TRANSMISSÃO: 23/09/2016 ÀS 10:21 NÚMERO DO PROCESSO: 46219.015089/2016-20 DATA DO PROTOCOLO: 13/10/2016 SINDICATO

Leia mais

JORNADA DE TRABALHO DURAÇÃO, DISTRIBUIÇÃO, CONTROLE, FALTAS PRORROGAÇÃO/REDUÇÃO DE JORNADA

JORNADA DE TRABALHO DURAÇÃO, DISTRIBUIÇÃO, CONTROLE, FALTAS PRORROGAÇÃO/REDUÇÃO DE JORNADA Imprimir Salvar CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2016/2017 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ002102/2016 DATA DE REGISTRO NO MTE: 11/10/2016 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR061751/2016 NÚMERO DO PROCESSO: 46215.086836/2016

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR031503/2015 DATA E HORÁRIO DA TRANSMISSÃO: 27/05/2015 ÀS 16:33 NÚMERO DO PROCESSO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: 46215.016006/2014

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR038600/2011 SINDICATO DOS TECNICOS AGRICOLAS DE NIVEL MEDIO DE SC, CNPJ n. 80.460.785/0001-14, neste ato representado(a) por seu Presidente,

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2017/2018

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2017/2018 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2017/2018 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR039537/2017 DATA E HORÁRIO DA TRANSMISSÃO: 07/07/2017 ÀS 18:05 NÚMERO DO PROCESSO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: 46261.002747/2016-06

Leia mais

Aos empregados admitidos após a data base de 01/11/2014 e até 31/10/2015 o reajuste será proporcional obedecendo a seguinte tabela: b) COMPENSAÇÃO DAT

Aos empregados admitidos após a data base de 01/11/2014 e até 31/10/2015 o reajuste será proporcional obedecendo a seguinte tabela: b) COMPENSAÇÃO DAT TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2015/2016 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR078478/2015 DATA E HORÁRIO DA TRANSMISSÃO: 03/12/2015 ÀS 15:38 NÚMERO DO PROCESSO: 46257.006352/2015-52 DATA DO PROTOCOLO:

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MG004077/2011 DATA DE REGISTRO NO MTE: 07/10/2011 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR056169/2011 NÚMERO DO PROCESSO: 46246.002361/2011-70 DATA DO

Leia mais

Parágrafo Único - autorizando a compensação de reajustes espontâneos concedidos no período de 01/05/2015 a 30/04/2016.

Parágrafo Único - autorizando a compensação de reajustes espontâneos concedidos no período de 01/05/2015 a 30/04/2016. Acordo Coletivo de Trabalho com vigência entre 01/05/2016 A 30/04/2017, que entre si fazem o Sindicato dos Auxiliares de Administração Escolar do Estado do Rio de Janeiro, com sede à Rua dos Andradas,

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO PISO SALARIAL 1 de 5 19/02/2015 14:00 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2014/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ000233/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: 12/02/2015 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR076924/2014 NÚMERO DO PROCESSO: 46215.030044/2014-53

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2015

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2015 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2015 SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE PRODUTOS FARMACÊUTICOS DO ESTADO DE MINAS GERAIS, CNPJ n 17.265.877/0001-07, neste ato representado por seu Presidente, Sr. LÁZARO

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2016/2016

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2016/2016 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2016/2016 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: CE000469/2016 DATA DE REGISTRO NO MTE: 18/04/2016 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR018152/2016 NÚMERO DO PROCESSO: 46205.004307/2016-50 DATA

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2016/2017. Confira a autenticidade no endereço

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2016/2017. Confira a autenticidade no endereço ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2016/2017 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PR004823/2016 DATA DE REGISTRO NO MTE: 16/11/2016 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR077284/2016 NÚMERO DO PROCESSO: 46212.023082/2016-41 DATA DO

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2015

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2015 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: AL000160/2014 DATA DE REGISTRO NO MTE: 10/07/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR030845/2014 NÚMERO DO PROCESSO: 46201.003974/2014-93 DATA

Leia mais

TERMO DE ADITAMENTO À CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO PARA FUNCIONAMENTO DO COMÉRCIO EM DATAS ESPECIAIS E FERIADOS

TERMO DE ADITAMENTO À CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO PARA FUNCIONAMENTO DO COMÉRCIO EM DATAS ESPECIAIS E FERIADOS TERMO DE ADITAMENTO À CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2010-2011 PARA FUNCIONAMENTO DO COMÉRCIO EM DATAS ESPECIAIS E FERIADOS Por este instrumento e na melhor forma de direito, o SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SC001482/2011 DATA DE REGISTRO NO MTE: 15/07/2011 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR039019/2011 NÚMERO DO PROCESSO: 46220.003376/2011-43 DATA

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO REAJUSTES/CORREÇÕES SALARIAIS

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO REAJUSTES/CORREÇÕES SALARIAIS Página 1 de 5 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: GO000473/2015 DATA DE REGISTRO NO MTE: NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR030859/2015 NÚMERO DO PROCESSO: 46208.007344/2015-17 DATA

Leia mais

Minuta Banco de Horas / 2014 MINUTA ACORDO COLETIVO DE TRABALHO (BANCO DE HORAS)

Minuta Banco de Horas / 2014 MINUTA ACORDO COLETIVO DE TRABALHO (BANCO DE HORAS) Minuta Banco de Horas / 2014 MINUTA ACORDO COLETIVO DE TRABALHO (BANCO DE HORAS) Empresa, CNPJ nº xx.xxx.xxx./xxxx-xx, localizado (a) à Rua/Av. n.º, Cidade de, CEP., representado (a), neste ato por seu(s)

Leia mais

JORNADA DE TRABALHO DURAÇÃO, DISTRIBUIÇÃO, CONTROLE, FALTAS

JORNADA DE TRABALHO DURAÇÃO, DISTRIBUIÇÃO, CONTROLE, FALTAS Página 1 de 6 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2012/2013 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SP005006/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: 10/05/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR007577/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46435.000241/2013-72

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2011/2012 SINDTRAN-SIND TRAB TRANSP RODOV PASSAG URB E INT CARGAS SECAS E MOLH. E TRANSP. GERAL BAURU PRES. ALVES E AGUDOS, CNPJ n. 51.510.642/0001-71, neste ato representado(a)

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço

Confira a autenticidade no endereço CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SC001551/2014 DATA DE REGISTRO NO MTE: 14/07/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR038324/2014 NÚMERO DO PROCESSO: 46220.003880/2014-96 DATA

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2016/2017

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2016/2017 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2016/2017 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR060654/2016 DATA E HORÁRIO DA TRANSMISSÃO: 12/09/2016 ÀS 13:08 SINDICATO DOS EMPREGADOS NO COMERCIO DO RIO DE JANEIRO, CNPJ n. 33.644.360/0001-85,

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2010/2011 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: GO000049/2010 DATA DE REGISTRO NO MTE: 05/02/2010 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR004094/2010 NÚMERO DO PROCESSO: 46208.000599/2010-36 DATA DO

Leia mais

O piso salarial da categoria fica estabelecido em R$ 600,00 (seiscentos), a partir de 01 de abril de 2011.

O piso salarial da categoria fica estabelecido em R$ 600,00 (seiscentos), a partir de 01 de abril de 2011. CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2011/2012 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: GO000221/2011 DATA DE REGISTRO NO MTE: 13/04/2011 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR013684/2011 NÚMERO DO PROCESSO: 46208.002928/2011-64 DATA

Leia mais

Mediador - Extrato Instrumento Coletivo

Mediador - Extrato Instrumento Coletivo Página 1 de 7 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2013/2014 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: MT000290/2013 DATA DE REGISTRO NO MTE: NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR024584/2013 NÚMERO DO PROCESSO: 46210.000871/2013-81

Leia mais

CÂMARA DE VEREADORES DE SÃO MIGUEL DO GUAMÁ/PA CNPJ nº: / LEGISLANDO EM PARCERIA...

CÂMARA DE VEREADORES DE SÃO MIGUEL DO GUAMÁ/PA CNPJ nº: / LEGISLANDO EM PARCERIA... 1 CONTRATO ADMINISTRATIVO CELEBRADO ENTRE A CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO MIGUEL DO GUAMÁ E A EMPRESA VENCEDORA NO PROCESSO DE LICITAÇÃO Nº 01.100.220/2015, NA MODALIDADE CONVITE Nº 01.100.220/2015, PELO CRITÉRIO

Leia mais

Ficam estabelecidos os seguintes pisos salariais para jornadas de 220 horas mensais:

Ficam estabelecidos os seguintes pisos salariais para jornadas de 220 horas mensais: TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2017/2018 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR039541/2017 DATA E HORÁRIO DA TRANSMISSÃO: 27/06/2017 ÀS 17:25 NÚMERO DO PROCESSO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: 46473.002449/2016-12

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013 DATA DE REGISTRO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: 04/01/2012

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013 DATA DE REGISTRO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: 04/01/2012 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR061903/2012 NÚMERO DO PROCESSO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: 46265.003470/2011-86 DATA DE REGISTRO DA CONVENÇÃO COLETIVA

Leia mais

GRATIFICAÇÕES, ADICIONAIS, AUXÍLIOS E OUTROS AUXÍLIO ALIMENTAÇÃO

GRATIFICAÇÕES, ADICIONAIS, AUXÍLIOS E OUTROS AUXÍLIO ALIMENTAÇÃO ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2016/2017 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SP015883/2016 DATA DE REGISTRO NO MTE: 27/12/2016 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR055086/2016 NÚMERO DO PROCESSO: 46435.000929/2016 03 DATA DO

Leia mais

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013 DATA DE REGISTRO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: 08/02/2012

TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013 DATA DE REGISTRO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: 08/02/2012 TERMO ADITIVO A CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2012/2013 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR070368/2012 NÚMERO DO PROCESSO DA CONVENÇÃO COLETIVA PRINCIPAL: 47999.001011/2012-27 DATA DE REGISTRO DA CONVENÇÃO COLETIVA

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO DA PARTICIPAÇÃO NOS RESULTADOS

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO DA PARTICIPAÇÃO NOS RESULTADOS ACORDO COLETIVO DE TRABALHO DA PARTICIPAÇÃO NOS RESULTADOS TERMO DE ACORDO COLETIVO DE TRABALHO, que entre si fazem, de um lado, como Legítima entidade Representativa dos Empregados, a FEDERAÇÃO DOS TRABALHADORES

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço

Confira a autenticidade no endereço CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2016/2017 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RS002799/2016 DATA DE REGISTRO NO MTE: 24/11/2016 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR069776/2016 NÚMERO DO PROCESSO: 46218.018553/2016-40 DATA

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO Page 1 of 7 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2012/2013 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ001488/2012 DATA DE REGISTRO NO MTE: 30/07/2012 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR033182/2012 NÚMERO DO PROCESSO: 46215.020085/2012-70

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO Página 1 de 6 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2009/2010 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: SE000101/2009 DATA DE REGISTRO NO MTE: 11/08/2009 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR030500/2009 NÚMERO DO PROCESSO: 46221.004773/2009-16

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2009/2010

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2009/2010 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2009/2010 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: DF000019/2010 DATA DE REGISTRO NO MTE: 12/01/2010 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR056286/2009 NÚMERO DO PROCESSO: 46206.016881/2009-11 DATA

Leia mais