Versão: 12/08/2013 Atualização: 12/08/2013

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Versão: 12/08/2013 Atualização: 12/08/2013"

Transcrição

1 Versão: 12/08/2013 Atualização: 12/08/2013 Participante 1

2 Índice 1 Introdução Como Acessar o Módulo... 7 Transferência de Arquivo / Opção: Enviar Arquivo... 7 Consultas a Transferência de Arquivo Serviço Terminal Serviço Transferência de Arquivo CETIP21 - Layout de Arquivos Títulos e Valores Mobiliários Registro de CCB, NCE e CCE Registro de CCCBs Aditamento de CCCB Confirmação de Aditamento de CCCB Registro de CDA/WA Registro de Condições do Lastro Domínio do campo Tipo de crédito Domínio do campo Modalidade da Operação (Modalidade + Submodalidade) Domínio do campo Taxa Rentabilidade/Indexador (Domínio + Sub) Registro de CCIs Aditamento de CCI Confirmação de CCI s (Agente de Pagamento) Confirmação Aditamento de CCI Registro de CRIs Registro de CRA Registro de LCIs Registro de LHs Registro de CPR Alteração de registro de CPR Registro de CRP/NCR/CRH/CRPH Alteração de CRP/NCR/CRH/CRPH Exclusão de Registro de CMER/CRP/NCR/CRH/CRPH Registro de LCA / CDCA Registro de CDB/CDBV/DI/DII/ DIM/DIR /DIRG/ DIRP/DIRR/DIRS/DPGE/ LC/LF/LFS/LFV/RDB Registro de LAM Troca de LF/LFS/LFV ou Troca de LF/LFS/LFV com Desdobramento Desdobramento de LF/LFV/LFS Confirmação de Troca de IF e/ou Desdobramento/Confirmação de Cancelamento de Troca de IF e/ou Desdobramento Exclusão de LAM Exclusão de CCBs / NCEs / CCEs Exclusão de CCCBs Exclusão de Registro de CCIs Exclusão de Registro de CRIs Exclusão de Registro de LCIs Exclusão de Registro de LHs Exclusão de Registro de CDB/CDBV/DI/DII/ DIM/DIR /DIRG/ DIRP/DIRR/DIRS/DPGE/LC/LF/LFS/LFV/ RDB Exclusão de Registro LCA e CDCA Vinculação de Lote à LCI/LCIV Lançamento de Operações Compromissadas Posfixadas Lançamento de Operações Lançamento de PU para Lastro LCA Lançamento de PU para Liquidação Antecipada de LCA/CDCA Atualiza Histórico PU curva Atualização de PU de Eventos Preço Unitário da Curva de Ativos Vinculação/Desvinculação de CCI a CRI Confirmação de Solicitação da Desvinculação de CCI de CRI Alteração de Registro de LCA / CDCA Manutenção de Dados_SCR Manutenção de Código ISIN Solicitação de Arquivo de Características de Ativos Confirmação de Pagamento Antecipado de Parcela de CCB Participante 2

3 Solicitação de Pagamento Antecipado de Parcela Recusar Pagamento Antecipado de Parcela de CCB Solicitação de Operação de Amortização Extraordinária Confirmação de Amortização Extraordinária CCI,CRI E CCB Registro de CMER Alteração de Registro de CMER Aditamento de CMER Confirmação de Aditamento de CCCB/CMER Lançamento de Solicitação de Pré-Pagamento Confirmar/Recusar Lançamento de Solicitação de Pré-Pagamento Swap Registro de Contrato com Pagamento Final Registro de Contrato de Fluxo Constante Registro de Contrato Fluxo Não Constante Registro de Fluxo de Contrato Não Constante Registro de Fluxo de Data de Verificação Registro de Antecipação de Contrato Registro de Prêmio Registro de Atualização de PU / Fator Registro de TJMI Registro de Curvas Marcadas a Mercado Registro de Parâmetros para Disparo de Reset Registro de Reset Registro de Reset - Alterações Registro Exercício de Opção Curvas Disponíveis para VCP (Consulta de Tipo Classe) MID - Informação de Derivativos Registro de Informações de Derivativos Registro de Dados Estratégia Manutenção de Agente de Cálculo Confirmação de Cadastro de Agente de Cálculo Cadastro de Responsável por Aceleração de Contratos (Inclusão/Alteração) Confirmação de Cadastro de Responsável por Aceleração de Contratos Cadastro de Responsável por Aceleração de Contratos (Exclusão) Aceleração de Contratos Marcação a Mercado de IF Inclusão de Agenda de Derivativo com Redutor de Risco de Crédito Inclusão de Redutor de Risco de Crédito Extraordinário Alteração de Agenda de Derivativo com Redutor de Risco de Crédito Exclusão de Agenda de Derivativo com Redutor de Risco de Crédito Confirmação de Inclusão/ Alteração/ Exclusão de Agenda de Derivativo com Redutor de Risco de Crédito Cancelamento de Operações Derivativos Realizados no Exterior Registro de Cliente Não Residente Registro Contrato DVE Alteração Contrato DVE Exclusão de DVE Registro Contrato DCE Alteração Contrato DCE Cancelamento de Operação de Inclusão de Contrato Exclusão de DCE Descrição do layout do arquivo de Manutenção de Garantias Registro de Cesta de Garantias Manutenção de Cesta de Garantias Alteração de Cesta de Garantias Finalização de Cesta de Garantias Vinculação de Ativos a Cestas de Garantias Aporte de Garantias Retirada de Garantias Liberação de Garantias Liberação Parcial de Garantias Descrição do layout do arquivo do SDT (CFF/NC/NCA/OBR/LF Cetip21) Operação de Depósito Operação de Compra e Venda Definitiva Participante 3

4 3.6.3 Operação de Retirada de Custódia Cancelamento de Operação (Depósito / Compra e Venda Definitiva / Retirada de Custódia) Pré-Autorização e Alteração Especificação de Comitente Termo de Moedas Registro de Contrato do Participante Taxa de Câmbio para Avaliação Registro de Antecipação de Contrato do Participante Registro de Contrato / Parâmetro / Fluxo Registro de Contrato Registro de Parâmetro / Fluxo Layout de Arquivos dos Demais Ambientes Descrição do layout do arquivo SNA SNA 11 (Registro de Negócio) SNA 12 (Cancelamento de Registro) SNA 21 (Depósitos e Retiradas de Ativos) SNA 27 (Confirmação de Depósito e Retirada de Ativos) SNA 52 (Características da Emissão e para Negociação) SNA 57 (Taxas de Amortização Variável) SNA 59 (Tabela de Condições de Resgate Antecipado) SNA 5F (Dados Complementares do CTRA) SNA 66 (Preço Unitário da Curva de CTRA) Descrição do layout do arquivo SCO SCO 21 (Depósito / Retirada de Contratos de Opção) SCO 22 (Registro de Contratos de Opção) SCO 26 (Especificação de Armazém de Entrega) SCO 27 (Confirmação de Depósito) SCO 51 (Cadastro de Armazém) Descrição do layout do arquivo SF (Módulo de Fundos) Registro de Ativo Depósito sem Financeiro Retirada sem Financeiro Aplicação Especificação de Cotas Aplicação Resgate Especificação de Cotas Resgate Atualização de Valor da Cota Negociação de Compra/Venda Vinculação em Reserva Técnica Antecipação de desvinculação de Reserva Técnica Estorno de Operação Retenção de IR Retirada de Cotas por Retenção de IR Descrição do layout do arquivo MOP MOP 11 (Registro de Negócio) MOP 12 (Cancelamento de Negócio) MOP 14 (Lançamento de Ativos p/liq. Leilão) Descrição do layout do arquivo SND SND 11 (Registro de Negócios do Participante) SND 12 (Cancelamento de Registro) SND 21 (Depósito/ Retirada/ Conversão/ Permuta em Ações) SND 27 (Confirmação de Depósito, Retirada, Conversão em Ações e Permuta) Descrição do layout do arquivo do Termo de Mercadorias Registro de Antecipação de Contrato do Participante Registro de Contrato do Participante Tabela I - Moedas Autorizadas para Registros de Contratos a Termo Descrição do layout do arquivo do Termo de Índice Registro de Contrato do Participante Registro de Antecipação de Contrato do Participante Descrição do layout do arquivo Estratégia de Renda Fixa Registro da Operação de Renda Fixa - Box de 2 Pontas Cancelamento de Operações de Renda Fixa - Box de 2 Pontas Antecipação da Estratégia de Renda Fixa - Box de 2 Pontas Cancelamento da Antecipação da Estratégia de Renda Fixa - Box de 2 Pontas Participante 4

5 4.9 Descrição do layout do arquivo Opção Flexível Registro de Contrato de Opção Flexível Cancelamento de Registro de Contrato de Opção Flexível Antecipação de Contrato de Opção Flexível Cancelamento da Antecipação de Contrato de Opção Flexível Avaliação de Contrato de Opção Flexível Informação de Valor de Rebate Cancelamento de Informação de Valor de Rebate Descrição do layout do arquivo Identificação de Comitentes Cadastro de Comitente Identificação de Operação ou Ajuste de Posição de Custódia Transferência de IF entre comitentes Descrição do layout do arquivo do Módulo Único Atualização do Cadastro ISIN (Registro de Negócio) Descrição do layout do arquivo do SDT Especificação de Comitente Atualizações da Versão Participante 5

6 1 Introdução O serviço de Transferência de Arquivo, opção Enviar Arquivos disponibilizada no Cetip NoMe Novo Mercado Cetip é um serviço alternativo oferecido às instituições, com o objetivo de facilitar lançamentos de grandes quantidades de dados aos módulos no qual estão habilitados a operar. O arquivo texto (extensão.txt ) é criado pelo Participante, devendo ser formatado de acordo com o padrão de layout estabelecido para cada produto e transferido a Cetip através desta opção pelo sistema NoMe, informando o nome do arquivo. Exclusivamente pela função de transferência de Arquivos Enviar Arquivos do NoMe poderão ser transferidos arquivos com tamanho máximo de até 7Mb. Para transferência de arquivos via GEN0015 deve ser observado o tamanho máximo de até 2Mb por arquivo. Através do arquivo texto, este serviço distingue o módulo no qual os dados devem ser inseridos. Os produtos acessados pelo serviço Terminal, disponibilizam funções próprias de consulta e de correção dos Registros incorretos transferidos. Para os demais produtos é disponibilizado, neste serviço, o item de menu Erros em arquivos, que permite consultar os Registros enviados com erros. Mais detalhes, acesse a aplicação e clique no item Transferência de Arquivos do Menu Ajuda. São os seguintes produtos que aceitam este tipo de serviço: SCO SNA MOP Termo SND Estratégia de Renda Fixa e Opções Flexíveis sobre Taxa de Câmbio. SF Swap SIC Títulos e Valores Mobiliários MID MMG MDC SDT Produtos Módulo de Contrato de Opções Módulo Nacional de Ativos Módulo de Títulos Securitizados Federais Termo de Moedas/Mercadorias/Índice Módulo Nacional de Debêntures Estratégia de Renda Fixa e Opções Flexíveis sobre Taxa de Câmbio. Módulo de Fundos (módulos: Fundos Abertos e Fundos Fechados) Swap de Fluxo de Caixa. Módulo de Identificação de Comitentes Títulos e Valores Mobiliários Módulo de Informações de Derivativos Módulo de Manutenção de Garantias Módulo de Derivativos de Crédito Módulo de Distribuição Participante 6

7 2 Como Acessar o Módulo Para ter acesso aos Registros dos Instrumentos Financeiros citados neste manual, o Participante deve digitar no campo Endereço do seu browser. Após conexão, é apresentada tela com a relação dos módulos disponíveis aos usuários. Para acessar, basta dar um clique na opção desejada. Transferência de Arquivo / Opção: Enviar Arquivo Número do protocolo. Selecione o arquivo desejado e em seguida clique no botão Transferir. Participante 7

8 Consultas a Transferência de Arquivo Serviço Terminal Relação das funções Transferência de Arquivo Consulta a Transferência Detalhe de uma Transferência Registros Incorretos (exclusiva SCO) Observação: Devem ser adotados os mesmos procedimentos de operacionalização, independente do menu/módulo utilizado. Participante 8

9 Menu de Transferência de Arquivo Menu que relaciona o grupo de funções disponíveis aos Participantes. O módulo atribui automaticamente a cada transferência de arquivo um número, que pode ser visto no ato da Transferência ou na função Consulta às Transferências da opção Terminal. Para acesso a algumas funções de consulta, este número deve ser informado. Digite o número da função desejada e tecle Enter. Participante 9

10 Função Consulta às Transferências Permite a visão geral de todos os arquivos transmitidos, indicando o número da transferência (gerado pelo módulo), data, a hora, a situação em que se encontram (se a transferência foi realizada ou não), totais de Registros lidos e processados e o número do terminal (LSN) pelo qual ocorreu à solicitação da transferência. Número do Protocolo, informado pelo módulo. Situações dos Arquivos Transferidos Descritos Nesta Função Início de processamento, Ocorre temporariamente, quando a consulta é solicitada e a transferência Transferência solicitada, encontra-se em processamento. Transferência iniciada, Transferência concluída. Não transferido, O arquivo não foi transferido devido a algum erro de formatação (arquivo Problemas na transferência. fora do padrão estabelecido). Parcialmente Processado O arquivo foi transferido parcialmente Não Processado. O arquivo foi transferido com sucesso, mas todos os seus Registros Processado, Termino processamento. apresentaram algum tipo de erro. Os Registros foram lidos e os corretos foram transferidos. Observação: Caso seja necessário, o Participante pode paginar a tela apresentada posicionando o cursor em Xmit e transmitindo a tela (ao clicar Enter). Participante 10

11 Função Detalhe de uma Transferência Permite consulta detalhada de cada arquivo transferido. Para acessar esta função o Participante deve informar o número do protocolo. Conforme o módulo utilizado, o Número do Protocolo é solicitado no menu de funções (Exemplo 1) ou então, será enviada uma tela exclusiva (Exemplo 2). Exemplo 1 Exemplo 2 Digite o número do protocolo, atribuído pelo sistema e tecle Enter. Digite o número do protocolo, atribuído pelo sistema e tecle Enter. Após transmissão é apresentada ao Participante, tela resposta, com os detalhes da transferência. Tela exemplo Participante 11

12 2.1.2 Serviço Transferência de Arquivo Item de menu: Erros em Arquivos Permite consultar os erros de lançamentos efetuados por transferência de arquivo. Não permite alteração ou exclusão do lançamento. O Participante deverá retransmitir novo arquivo com os Registros que não foram aceitos, após as devidas correções. Parte 1 Parte 2 Participante 12

13 3 CETIP21 - Layout de Arquivos 3.1Títulos e Valores Mobiliários Títulos e Valores Mobiliários Nome do Arquivo Registro de CCB, NCE e CCE Tamanho do Registro Header 1 Tipo IF X(05) 1 5 CCB Tipo do Instrumento Financeiro 2 Tipo de Registro X(01) Registro Header 3 Ação X(04) 7 10 INCL / ALTR Inclusão (INCL) ou Alteração (ALTR) de Registro de CCB/CCE/NCE 4 Nome Simplificado do Participante 5 Data 9(08) Ano, mês e dia da Data da operação. Formato: AAAAMMDD. X(20) Nome Simplificado do Participante que gerou o arquivo 6 Versão do Layout 9(05) Controle de versão 7 Filler X(960) Espaço em branco. Registro/Emissão de CCB 1 Tipo IF X(05) 1 5 CCB Tipo do Instrumento Financeiro 2 Tipo de Registro X(01) Registro de Dados 3 Ação X(04) 7 10 INCL / ALTR Inclusão (incl) ou Alteração (altr) de Registro de CCB/CCE/NCE 4 Código IF X(14) Código do Instrumento Financeiro Obs.: obrigatório em caso de Alteração de Registro 5 Quantidade de Fluxos de Eventos Variáveis 9(04) Igual ou maior que zeros Quantidade de Eventos que serão informados no Registro tipo 2 (registro de fluxo de eventos) e que vêm imediatamente a seguir no arquivo. Obs.: Preencher com zeros no caso de não vir acompanhando o Registro tipo 2. 6 Conta do Registrador 9(08) Código Cetip do Participante 7 Conta do Agente de Pagamento Registrador da operação 9(08) Código Cetip do Participante que irá atuar como Agente de Pagamento 8 Conta do Custodiante 9(08) Código Cetip do Participante Custodiante da operação 9 Código ISIN X(12) Data de Emissão 9(08) Ano, mês e dia da emissão Formato: AAAAMMDD. 11 Data de Vencimento 9(08) Ano, mês e dia do vencimento Formato: AAAAMMDD. 12 Prazo de Emissão 9(10) Diferença em dias corridos entre a Data Inicio de Rentabilidade e data de Emissão 13 Quantidade Emitida 9(10) (continua) Participante 13

14 14 Valor Unitário de Emissão 9(10),9(08) Quando Forma de Pagamento = Pagamento de Parcelas Fixas 15 Valor Financeiro de Emissão deve ter 2 casas decimais. 9(16),9(02) Resultado da multiplicação da Quantidade Emitida com Valor Unitário de Emissão, truncado na 2ª casa decimal. 16 Valor de (unitário) 9(10),9(08) Data Inicial 9(08) Ano, mês e dia da Data Inicial Formato: AAAAMMDD. 18 Houve Aditamento? X(01) S=SIM N=Não Campo Obrigatório. 19 Código da Origem do Crédito 9(04) Consultar o Arquivo AAAMMDD_Cadast ro_curvas_moedas _Feeder_Dominios.t xt que se encontra no módulo Transf. de Arquivos, em Arquivos Públicos. 20 Meu Número 9(10) Número para Controle do Participante para Operação de Depósito Automático 21 UF de Emissão X(02) Sigla da UF de Emissão 22 Local de Emissão X(40) Nome do Município de Emissão 23 Contrato X(20) Campo opcional 24 Emitente X(40) Nome do Emitente. Campo obrigatório 25 CPF/CNPJ (Emitente) 9(18) Campo obrigatório 26 Natureza (Emitente) X(02) PF / PJ Campo obrigatório 27 Coobrigação X(01) =Sem Coobrigação 2=Integral 3=Parcial 28 % Pagamento Coobrigação Campo obrigatório 9(03),9(02) Só preencher quando Coobrigação for Parcial 29 Garantidor X(40) Nome do Garantidor Opcional para CCB Obrigatório para CCE Não preencher quando for NCE 30 CPF/CNPJ (Garantidor) 9(18) Opcional para CCB Obrigatório para CCE Não preencher quando for NCE 31 Natureza (Garantidor) X(02) PF / PJ Opcional para CCB Obrigatório para CCE Não preencher quando for NCE 32 Tipo de Garantia1 X(01) =Real Hipotecária 2=Real Penhor 3=Real Alienação Fiduciária 4=Fidejussória Aval 5=Fidejussória Fiança 6=Não informado 7=Cessão Fiduciária Opcional para CCB Obrigatório para CCE Não preencher quando for NCE (continua) Participante 14

15 33 Proprietário1 X(01) E=Emitente G=Garantidor Só preencher quando Tipo de Garantia for 1, 2,3,7. Opcional para CCB, Obrigatório para CCE, Não preencher quando for NCE. 34 Descrição1 X(200) Opcional para CCB, Obrigatório para CCE, Não preencher quando for NCE. 35 Tipo de Garantia2 X(01) =Real Hipotecária 2=Real Penhor 3=Real Alienação Fiduciária 4=Fidejussória Aval 5=Fidejussória Fiança 6=Não informado 7=Cessão Fiduciária Opcional para CCB e CCE Não preencher quando for NCE 36 Proprietário2 X(01) E=Emitente G=Garantidor Só preencher quando Tipo de Garantia for 1, 2,3,7 Opcional para CCB e CCE Não preencher quando for NCE 37 Descrição2 X(200) Opcional para CCB e CCE 38 Tipo de Garantia3 X(01) =Real Hipotecária 2=Real Penhor 3=Real Alienação Fiduciária 4=Fidejussória Aval 5=Fidejussória Fiança 6=Não informado 7=Cessão Fiduciária Não preencher quando for NCE Opcional para CCB e CCE Não preencher quando for NCE 39 Proprietário3 X(01) E=Emitente G=Garantidor Só preencher quando Tipo de Garantia for 1, 2,3,7. Opcional para CCB e CCE Não preencher quando for NCE 40 Descrição3 X(200) Opcional para CCB e CCE 41 Tipo de Garantia4 X(01) =Real Hipotecária 2=Real Penhor 3=Real Alienação Fiduciária 4=Fidejussória Aval 5=Fidejussória Fiança 6=Não informado 7=Cessão Fiduciária 42 Proprietário4 X(01) E=Emitente G=Garantidor Não preencher quando for NCE Opcional para CCB e CCE Não preencher quando for NCE Só preencher quando Tipo de Garantia for 1, 2,3,7 Opcional para CCB e CCE Não preencher quando for NCE 43 Descrição4 X(200) Opcional para CCB e CCE Não preencher quando for NCE (continua) Participante 15

16 44 Tipo de Garantia5 X(01) =Real Hipotecária 2=Real Penhor 3=Real Alienação Fiduciária 4=Fidejussória Aval 5=Fidejussória Fiança 6=Não informado 7=Cessão Fiduciária 45 Proprietário5 X(01) E=Emitente G=Garantidor Opcional para CCB e CCE Não preencher quando for NCE Só preencher quando Tipo de Garantia for 1, 2,3,7 Opcional para CCB e CCE Não preencher quando for NCE 46 Descrição5 X(200) Não preencher quando for NCE 47 Descrição Adicional X(450) Campo de preenchimento opcional 48 Forma de Pagamento 9(02) =Pagamento de. Juros e Principal no vencimento 02=Pagamento periódico de juros e principal no vencimento 03=Pagamento de Juros e Amortização Periódicos 04=Pagamento de Amortização Periódica e Juros no Vencimento 05=Tabela Price para CCB prefixada 06=Pagamento de Principal no vencimento sem taxa de juros 07=Pagamento de Amortização sem taxa de juros 08=Pagamento de Rendimento prefixado 09=Pagamento de Rendimento em aberto 10=Pagamento de Parcelas Fixas (continua) Participante 16

17 Forma de Pagamento 49 Rentabilidade/ Indexador/ Taxa 9(04) =VCP 1=SELIC 3=DI 9=IGP-M 10=IGP-DI 15=US$ Com 16=INPC 18=IPCA 99=PREFIXADO 50 Descrição do Índice X(450) Campo obrigatório se Seq 49 for VCP 51 Tipo do Índice VCP 9(04) Consultar o Arquivo AAAMMDD_Cadast ro_curvas_moedas _Feeder_Dominios.t xt que se encontra no módulo Transf. de Arquivos, em Arquivos Públicos. 52 Periodicidade de Correção X(01) M=MENSAL E=ANUAL-Com Base na Data de Emissão 53 Pro-rata de Correção X(01) U=ÚTIL C=CORRIDO 54 Tipo de correção X(01) =Número índice segundo mês anterior VCP Campo obrigatório se Seq 49 for VCP Campo obrigatório quando Seq 49 for Índice de Preços Indicar somente se Indexador for Índice de Preços diferente de IGPM com data de aniversário anterior a dia % da Taxa Flutuante 9(05),9(02) Preencher somente se Seq 49 for DI ou Selic 56 Taxa de Juros/Spread 9(04),9(04) (continua) Participante 17

18 57 Critério de cálculo de juros 9(02) =252 - número dias úteis entre a data de início ou último pagamento e o próximo 02=252 - número meses entre a data de início ou último pagamento e o próximo x 21 03=360 - número Campo de preenchimento obrigatório se Seq 56 estiver preenchida dias corridos entre a data de início ou último pagamento e o próximo 04=360 - número meses entre a data de início ou último pagamento e o próximo x 30 05=365 - número dias corridos entre a data de início ou último pagamento e o próximo 06=365 - número meses entre a data de início ou último pagamento e o próximo x Incorpora Juros? X(01) S=SIM N=Não 59 Data da Incorporação dos Juros 9(08) Formato: AAAAMMDD. Fluxo de Pagamento de Juros Periódicos 60 Periodicidade de Juros X(01) C=CONSTANTE V=VARIÁVEL 61 Juros a cada 9(10) Não preencher se Seq 60 for VARIAVEL 62 Tipo Unidade de Tempo X(01) D=DIA M=MÊS Não preencher se Seq 60 for VARIAVEL 63 Tipo Prazo X(01) U=ÚTIL C=CORRIDO Preencher somente se Tipo Unidade de Tempo for Dia Não preencher se Seq 60 for VARIAVEL 64 Data Inicio do Juros 9(08) Formato: AAAAMMDD. Não preencher se Seq 60 for VARIAVEL Filler X(74) (continua) Participante 18

19 Fluxo de Pagamento de Amortizações Periódicas 60- Filler X(21) Tipo de Amortização X(01) =Percentual fixo, períodos uniformes, sobre valor unitário de emissão 2=Percentual variável, períodos uniformes, sobre valor unitário de emissão 3=Percentual variável, períodos uniformes, sobre valor remanescente 4=Percentual variável, períodos variáveis(datas imputadas), sobre valor unitário de emissão 5=Percentual variável, períodos variáveis(datas imputadas), sobre valor remanescente 66 Amortização a cada 9(10) Não preencher se Seq 65 for conteúdo 4 ou 5 67 Tipo Unidade de Tempo X(01) D=DIA M=MÊS Não preencher se Seq 65 for conteúdo 4 ou 5 68 Tipo Prazo X(01) U=ÚTIL C=CORRIDO Preencher somente se Tipo Unidade de Tempo for Dia Não preencher se Seq 65 for 69 Data Inicio da Amortização Filler X(53) conteúdo 4 ou 5 9(08) Formato: AAAAMMDD Não preencher se Seq 65 for conteúdo 4 ou 5. Fluxo de Pagamento de Juros e Amortizações Periódicos 60 Periodicidade de Juros X(01) C=CONSTANTE V=VARIÁVEL 61 Juros a cada 9(10) Não preencher se Seq 60 for Variável 62 Tipo Unidade de Tempo X(01) D=DIA M=MÊS Não preencher se Seq 60 for Variável 63 Tipo Prazo X(01) U=ÚTIL C=CORRIDO Não preencher se Seq 60 for Variável 64 Data Inicio do Juros 9(08) Formato: AAAAMMDD. Não preencher se Seq 60 for Variável (continua) Participante 19

20 65 Tipo de Amortização X(01) =Percentual fixo, períodos uniformes, sobre valor unitário de emissão 2=Percentual variável, períodos uniformes, sobre valor unitário de emissão 3=Percentual variável, períodos uniformes, sobre valor remanescente 4=Percentual variável, períodos variáveis(datas imputadas), sobre valor unitário de emissão 5=Percentual variável, períodos variáveis(datas imputadas), sobre valor remanescente 66 Amortização a cada 9(10) Não preencher se Seq 65 for conteúdo 4 ou 5 67 Tipo Unidade de X(01) D=DIA Não preencher se Seq 65 for Tempo M=MÊS 68 Tipo Prazo X(01) U=ÚTIL C=CORRIDO 69 Data Inicio da Amortização Filler X(53) conteúdo 4 ou 5 Preencher somente se Tipo Unidade de Tempo for Dia Não preencher se Seq 65 for conteúdo 4 ou 5 9(08) Formato: AAAAMMDD. Não preencher se Seq 65 for conteúdo 4 ou 5 Fluxo da Tabela Price 60- Filler X(42) Parcela a cada 9(10) Tipo Unidade de Tempo X(01) D=DIA M=MÊS 72 Tipo Prazo X(01) U=ÚTIL C=CORRIDO Preencher somente se Tipo Unidade de Tempo for Dia 73 Data Inicio das 9(08) Formato: AAAAMMDD. Parcelas Filler X(33) (continua) Participante 20

21 Fluxo de Pagamento: Pagamento de Parcelas Fixas Filler X(62) Periodicidade da Parcela X(01) C=CONSTANTE V=VARIÁVEL 75 Parcela a Cada 9(10) Não preencher se Seq 74 for Variável 76 Tipo Unidade de Tempo X(01) D=DIA M=MÊS Não preencher se Seq 74 for Variável 77 Tipo Prazo X(01) U=ÚTIL C=CORRIDO Não preencher se Seq 74 for Variável 78 Data Início da Parcela 9(08) Formato: AAAAMMDD. Não preencher se Seq 74 for Variável 79 Valor da Parcela 9(10), 9(02) Liquidação de Eventos 80 Forma de Liquidação 9(01) =Dia útil p/ liquidação do evento 2=Defasagem, em dias úteis, p/ liquidação do evento. 81 Dia(s) Útil (eis) 9(02) Forma=1: {01,02,...,10} Forma=2: {01,02,...,05} Dia útil para liquidação do evento. Forma 1 = Liquidação entre o 1º até 10º dia útil do mês subsequente à data original do evento; Forma 2 = liquidação entre 1 a 5 dias úteis da data original do evento. O evento será gerado conforme programação e liquidado financeiramente nas datas aqui estipuladas. Valor Após Incorporação de juros Inicial 82 Valor após incorporação 9(10), 9(08) (continua) Participante 21

22 Tipo de Cálculo 83 Tipo de Cálculo X(01) L=Linear Informar BRANCO para Juros Exponencial Válido apenas se Seq 49 for conteúdo Chassis X(21) Se informar o Chassi, o campo origem de crédito deve ser = CDC ou Leasing de Veículos ou Financiamento de Veículos. 85 Data Início de Rentabilidade 86 Ativo informado no SCR? 87 Detalhamento do Cliente (Responsável pelo Registro no SCR) 9(08) Ano, mês e dia do Inicio da Rentabilidade: AAAAMMDD. Campo obrigatório Deve ser Igual ou maior que a Data de Emissão e menor que a data de Vencimento X(01) S=SIM N=Não Preenchimento obrigatório. X(14) Se Ativo Informado no SCR = Sim: Preenchimento obrigatório. Se Ativo informado no SCR = Não: Preenchimento não permitido 88 Natureza do Cliente X(02) PF, PJ Se Ativo Informado no SCR = Sim: Preenchimento obrigatório Se Ativo Informado no SCR = Não: Preenchimento não permitido 89 Código do Cliente (CPF/CNPJ do Devedor) X(14) Se Ativo Informado no SCR = Sim: Preenchimento obrigatório Se Ativo Informado no SCR = Não: Preenchimento não permitido 90 Código do Contrato X(40) Se Ativo Informado no SCR = Sim: Preenchimento obrigatório Se Se Ativo Informado no SCR = Não: Preenchimento não permitido (continua) Participante 22

23 91 Modalidade da Operação 9(04) ,0201,0202,0203,0204, 0205,0206,0207,0208,0209, 0210,0211,0212,0250,0290, 0299,0301,0302,0303,0399, 0401,0402,0403,0404,0405, 0406,0450,0490,0499,0501, 0502,0503,0504, , 0601,0690,0701,0702,0790, 0799,0801,0802,0803,0890, 0901,0902,0903,0990,1001, 1101,1190,1201,1202,1203, 1205,1206,1290,1301,1302, 1303,1304,1350,1390,1399, 1401,1501,1502,1503,1504, 1505,1511,1512,1513,1590, 1599,1801,1802,1899,1901, 2001,2002 Se Ativo Informado no SCR = Sim: Preenchimento obrigatório Se Ativo Informado no SCR = Não: Preenchimento não permitido Registro de Fluxo de Eventos 1 Tipo IF X(05) 1 5 CCB Tipo do Instrumento Financeiro 2 Tipo de Registro X(01) Registro de Dados 3 Ação X(04) 7 10 INCL/ALTR Inclusão/Alteração 4 Código IF X(14) Código do Instrumento Financeiro Só preencher se Seq 3 for Alteração 5 Meu Número 9(10) Número para Controle do Participante da Operação de Depósito Automático Obs.: O mesmo número que foi informado no Registro tipo 1 Seq 20 Fluxo Não Constante Posfixado - VCP POSFIXADO, DI e Prefixado com Fluxo Variável 6 Código do Tipo do Evento 9(03) =Pagamento de Juros 011=Amortização 069=Pagamento de Rendimento 099=Vencimento (Resgate) 7 Data Original do 9(08) Formato: AAAAMMDD. Evento 8 Taxa de Amortização 9(03), 9(04) Filler X(54) (continua) Participante 23

Versão: 01/07/2013 Atualizado em: 13/08/2013

Versão: 01/07/2013 Atualizado em: 13/08/2013 Versão: 01/07/2013 Atualizado em: 13/08/2013 i Instrumentos de Crédito Conteúdo Introdução aos Instrumentos de Crédito... 1 Conhecendo o Produto... 2 Ações dos Botões das Telas... 3 Registros... 5 Registro/Emissão...

Leia mais

Manual de Operações. Títulos do Agronegócio Cetip21. (CDA/WA, CDCA, CMER, CPR, CRA, CRH, CRP, CRPH, LCA e NCR) e TDA - Título da Dívida Agrária

Manual de Operações. Títulos do Agronegócio Cetip21. (CDA/WA, CDCA, CMER, CPR, CRA, CRH, CRP, CRPH, LCA e NCR) e TDA - Título da Dívida Agrária Manual de Operações Títulos do Agronegócio Cetip21 (CDA/WA, CDCA, CMER, CPR, CRA, CRH, CRP, CRPH, LCA e NCR) e TDA - Título da Dívida Agrária Versão: 09/09/2013 Atualização: 09/09/2013 i Conteúdo Conteúdo

Leia mais

Versão: 09/09/2013 Atualizado em: 09/09/2013

Versão: 09/09/2013 Atualizado em: 09/09/2013 Versão: 09/09/2013 Atualizado em: 09/09/2013 Conteúdo Introdução aos Ativos Imobiliários... 5 Conhecendo os Produtos... 6 Ações dos botões das telas... 10 Registro... 11 Registro/Emissão... 12 Dados Complementares...

Leia mais

1 Tipo de Produto X(05) 1 5 LCA/CDCA/CRA Tipo do Produto 2 Tipo de Registro X(01) 6 6 0 Registro Header 3 Ação X(04) 7 10 INCL Registro de STA

1 Tipo de Produto X(05) 1 5 LCA/CDCA/CRA Tipo do Produto 2 Tipo de Registro X(01) 6 6 0 Registro Header 3 Ação X(04) 7 10 INCL Registro de STA Versão: 25/10/2010 TÍTULOS DO AGRONEGÓCIO Nome do Arquivo Registro de LCA / CDCA Header Campo Formato Posição Conteúdo Descrição 1 Tipo de Produto X(05) 1 5 LCA/CDCA/CRA Tipo do Produto 2 Tipo de Registro

Leia mais

Manual de Operações. Outros Instrumentos de Captação

Manual de Operações. Outros Instrumentos de Captação Manual de Operações Outros Instrumentos de Captação CDB, CDBS, CDBV, CDEB, DEB, DI, DII, DIM, DIR, DIRG, DIRP, DIRR, DIRS, DPGE, LAM, LC, LF, LFS, LFV e RDB Versão: 12/08/2013 Atualizado em: 28/08/2013

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO - RTA SISTEMA DE REGISTRO DE TÍTULOS DO AGRONEGÓCIO

MANUAL DO USUÁRIO - RTA SISTEMA DE REGISTRO DE TÍTULOS DO AGRONEGÓCIO - RTA SISTEMA DE REGISTRO DE TÍTULOS DO AGRONEGÓCIO VERSÃO: 1.0 ÚLTIMA MODIFICAÇÃO: MARÇO/2014 Índice 1. INTRODUÇÃO... 7 1.1 SISTEMA DE REGISTRO DE TÍTULOS DO AGRONEGÓCIO (RTA)... 7 1.2 PRÉ-REQUISITOS...

Leia mais

As principais funcionalidades do SRTA no arquivo de Direitos Creditórios são:

As principais funcionalidades do SRTA no arquivo de Direitos Creditórios são: Externa 1/23 1 - CONCEITOS BÁSICOS O documento das regras de negócio visa permitir que os usuários do Sistema de Registro de Títulos do Agronegócio tenham um documento padronizado que descreva as regras

Leia mais

Layout arquivo multifuncional - RTA 23/06/2014

Layout arquivo multifuncional - RTA 23/06/2014 Layout - Arquivo para Envio de Títulos Número de identificação da instituição Número Identificação Instituição 5 X(5) na BM&FBovespa Registrador 4 X(4) É o código do registrador no SRCA

Leia mais

Renda Fixa Certificado de Direitos Creditórios do Agronegócio - CDCA. Renda Fixa. Certificado de Direitos Creditórios do Agronegócio - CDCA

Renda Fixa Certificado de Direitos Creditórios do Agronegócio - CDCA. Renda Fixa. Certificado de Direitos Creditórios do Agronegócio - CDCA Renda Fixa Certificado de Direitos Creditórios do Agronegócio - CDCA Certificado de Direitos Creditórios do Agronegócio Viabiliza o financiamento da cadeia do agronegócio com recursos privados O produto

Leia mais

DPGE - COM ALIENAÇÃO FIDUCIÁRIA DE RECEBÍVEIS CRITÉRIOS DE ELEGIBILIDADE

DPGE - COM ALIENAÇÃO FIDUCIÁRIA DE RECEBÍVEIS CRITÉRIOS DE ELEGIBILIDADE DPGE - COM ALIENAÇÃO FIDUCIÁRIA DE RECEBÍVEIS CRITÉRIOS DE ELEGIBILIDADE Regras Gerais São aceitos em alienação recebíveis de operações de Consignado do Setor Público, de Veículos (Leves, Pesados e Motos)

Leia mais

Manual do Usuário Versão 3.0

Manual do Usuário Versão 3.0 Manual do Usuário Versão 3.0 Externa 2 /20 APRESENTAÇÃO 03 19/04/13 Este manual, estruturado em capítulos, visa orientar os Credores na utilização do Serviço de consulta de CCI, uma ferramenta de pesquisa

Leia mais

CADERNO DE LEIAUTES - Sistemas de Registro de Balcão da BM&FBOVESPA

CADERNO DE LEIAUTES - Sistemas de Registro de Balcão da BM&FBOVESPA Utilização Página/Folha CATÁLOGO DE INFORMAÇÕES BANCO CENTRAL Interna 1/1 Capítulo Revisão Data 1 Clearing BM&FBOVESPA (MINUTA) 01 04/11/15 CADERNO DE LEIAUTES - Sistemas de Registro de Balcão da BM&FBOVESPA

Leia mais

Versão: 04/02/2013 Atualizado em: 04/02/2013

Versão: 04/02/2013 Atualizado em: 04/02/2013 Versão: 04/02/2013 Atualizado em: 04/02/2013 Conteúdo Introdução às Operações... 3 Conhecendo o Serviço... 4 Ações dos Botões das Telas... 5 Lançamentos... 6 Manutenção de Operações Pendentes... 7 Manutenção

Leia mais

Versão: 09/09/2013 Atualizado em: 09/09/2013

Versão: 09/09/2013 Atualizado em: 09/09/2013 Versão: 09/09/2013 Atualizado em: 09/09/2013 Identificação de Comitentes Conteúdo Introdução à Identificação de Comitentes... 1 Conhecendo o Produto... 2 Ações dos Botões das Telas... 9 Cadastros... 11

Leia mais

Cédula de Crédito. Versão 28.03.2011

Cédula de Crédito. Versão 28.03.2011 Cédula de Crédito Versão 28.03.2011 1 O Sistema Cédula de Crédito é um aplicativo desenvolvido pelo Banco Intermedium, com o objetivo de consolidar os dados cadastrais da empresa e movimentação de títulos

Leia mais

CARTA CIRCULAR N.º 257. Ref.: trata dos procedimentos para abertura de conta individualizada por empresas vinculadas à SUSEP.

CARTA CIRCULAR N.º 257. Ref.: trata dos procedimentos para abertura de conta individualizada por empresas vinculadas à SUSEP. CARTA CIRCULAR N.º 257 Às Sociedades Seguradoras, Sociedades de Capitalização e as Entidades Abertas de Previdência Privada Ref.: trata dos procedimentos para abertura de conta individualizada por empresas

Leia mais

Manual de Layout. DPGE Produto Middle. FGC - 151039 Versão 1.0

Manual de Layout. DPGE Produto Middle. FGC - 151039 Versão 1.0 Manual de Layout DPGE FGC - 151039 Versão 1.0 1 Manual de Layout - Middle Elaborado por: FGC (Fundo Garantidor de Créditos) Este documento contém informações de propriedade do FGC nenhuma parte deste documento

Leia mais

Alterações na Poupança

Alterações na Poupança PRODUTOS E SERVIÇOS FINANCEIROS INVESTIMENTOS POUPANÇA A conta de poupança foi criada para estimular a economia popular e permite a aplicação de pequenos valores que passam a gerar rendimentos mensalmente.

Leia mais

Manual para Registro de Certificado de Recebíveis Imobiliários na ANBIMA

Manual para Registro de Certificado de Recebíveis Imobiliários na ANBIMA Manual para Registro de Certificado de Recebíveis Imobiliários na ANBIMA ANBIMA Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais VERSÃO 1.0 06/10/2014 INTRODUÇÃO O presente Manual

Leia mais

Renda Fixa. Letra de Crédito Imobiliário

Renda Fixa. Letra de Crédito Imobiliário Renda Fixa Letra de Crédito Imobiliário Letra de Crédito Imobiliário Uma alternativa para diversificação de carteira de investimento O produto Letra de Crédito Imobiliário () é um título de crédito, lastreado

Leia mais

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO

CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO CÉDULA DE CRÉDITO BANCÁRIO O Sistema Cédula de Crédito é um aplicativo desenvolvido pelo Banco Intermedium, com o objetivo de consolidar os dados cadastrais da empresa e movimentação de títulos em cobrança.

Leia mais

Separador Ponto e vírgula (;). Código ISIN do Instrumento Financeiro. Separador Ponto e vírgula (;). Código Conta Cetip(Emissor) Código Cetip.

Separador Ponto e vírgula (;). Código ISIN do Instrumento Financeiro. Separador Ponto e vírgula (;). Código Conta Cetip(Emissor) Código Cetip. Versão: 25/11/2011 Título e Valores Mobiliários Nome do Arquivo Direcionado ao: Participante e Cetip DALTERAÇÕES Este arquivo é gerado quando houver alterações no Instrumento Financeiro. Para os tipos

Leia mais

Versão: 01/07/2013 Atualizado em: 06/09/2013

Versão: 01/07/2013 Atualizado em: 06/09/2013 Versão: 01/07/2013 Atualizado em: 06/09/2013 i Conteúdo Conteúdo Introdução ao Swap... 1 Conhecendo o Produto... 2 Ações dos botões das telas... 5 Lançamento... 7 Registro de Contrato - Fluxo Constante...

Leia mais

1 - Estrutura do Sistema Financeiro Nacional: 2 - Sistema de Seguros Privados e Previdência Complementar:

1 - Estrutura do Sistema Financeiro Nacional: 2 - Sistema de Seguros Privados e Previdência Complementar: EDITAL 2012 1 - Estrutura do Sistema Financeiro Nacional: Conselho Monetário Nacional; Banco Central do Brasil; Comissão de Valores Mobiliários; Conselho de Recursos do Sistema Financeiro Nacional; bancos

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SANTO AMARO MERCADO DE CAPITAIS PRINCIPAIS PRODUTOS BANCARIOS Prof. Esp. Tomás de Aquino Salomão e-mail tomassalomao@gmail.

UNIVERSIDADE DE SANTO AMARO MERCADO DE CAPITAIS PRINCIPAIS PRODUTOS BANCARIOS Prof. Esp. Tomás de Aquino Salomão e-mail tomassalomao@gmail. UNIVERSIDADE DE SANTO AMARO MERCADO DE CAPITAIS PRINCIPAIS PRODUTOS BANCARIOS Prof. Esp. Tomás de Aquino Salomão e-mail tomassalomao@gmail.com Caderneta de Poupança A caderneta de poupança foi criada em

Leia mais

guia do investidor títulos de crédito no mercado de finanças estruturadas brasileiro

guia do investidor títulos de crédito no mercado de finanças estruturadas brasileiro títulos de crédito no mercado de finanças estruturadas brasileiro índice PAG. 3 introdução capitulo 1 5 6 8 1 15 16 19 23 27 32 33 35 38 4 42 44 49 57 títulos de crédito gerais Cédula de Crédito Bancário

Leia mais

Sistema de Informações de Crédito SCR

Sistema de Informações de Crédito SCR Sistema de Informações de Crédito SCR Consultas às Informações do Cliente Cidadão Versão 2.0 Este manual descreve a forma como os cidadãos e as pessoas jurídicas não financeiras acessam as informações

Leia mais

S E M I N Á R I O NOVOS INSTRUMENTOS PRIVADOS PARA FINANCIAMENTO DO AGRONEGÓCIO

S E M I N Á R I O NOVOS INSTRUMENTOS PRIVADOS PARA FINANCIAMENTO DO AGRONEGÓCIO S E M I N Á R I O NOVOS INSTRUMENTOS PRIVADOS PARA FINANCIAMENTO DO AGRONEGÓCIO OS NOVOS INSTRUMENTOS C D C A L C A C R A MOTIVOS DA CRIAÇÃO Essencialmente 3: 1º Falta de recursos 2º Insuficiência de credibilidade

Leia mais

Nota para a Imprensa de Política Monetária e Operações de Crédito

Nota para a Imprensa de Política Monetária e Operações de Crédito Nota para a Imprensa de Política Monetária e Operações de Crédito Nova estrutura de dados de crédito Nota Metodológica 1. Introdução Esta Nota tem por objetivo descrever os principais aprimoramentos incorporados

Leia mais

Anexo ao Ato Declaratório Executivo Cofis n o 20/2015 Manual de Orientação do Leiaute da ECF Atualização: Março de 2015

Anexo ao Ato Declaratório Executivo Cofis n o 20/2015 Manual de Orientação do Leiaute da ECF Atualização: Março de 2015 A.1.1.1.2. L100B - Financeiras 1.0.3.9.9.99.99 ATIVO GERAL 01012014 S 1 01 1.1.0.0.0.00.00 ATIVO 01012014 S 1.0.0.0.0.00.00 2 01 1.1.1.0.0.00.00 CIRCULANTE E REALIZÁVEL A LONGO PRAZO 01012014 S 1.1.0.0.0.00.00

Leia mais

Leiaute arquivo multifuncional - RTO

Leiaute arquivo multifuncional - RTO Leiaute - Registro LF Número Identificação Instituição Número de Controle da Remessa 5 X(05) 13 N(13) Número de identificação da instituição no MTA Número de controle do arquivo

Leia mais

Parágrafo 2º As operações de crédito contratadas a taxas prefixadas passam a ser informadas, a partir de 01.07.95

Parágrafo 2º As operações de crédito contratadas a taxas prefixadas passam a ser informadas, a partir de 01.07.95 CIRCULAR Nº 2568/95 Altera a classificação de fatores de risco de operações ativas, bem como os procedimentos para contabilização de operações de cessão de crédito e de receitas e despesas a apropriar.

Leia mais

Renda Fixa Privada Certificado de Recebíveis Imobiliários CRI. Certificado de Recebíveis Imobiliários - CRI

Renda Fixa Privada Certificado de Recebíveis Imobiliários CRI. Certificado de Recebíveis Imobiliários - CRI Renda Fixa Privada Certificado de Recebíveis Imobiliários - CRI Certificado de Recebíveis Imobiliários Instrumento de captação de recursos e de investimentos no mercado imobiliário O produto O Certificado

Leia mais

Módulo 11 Corretora de Seguros

Módulo 11 Corretora de Seguros Módulo 11 Corretora de Seguros São pessoas físicas ou jurídicas, que se dedicam a angariar e promover contratos entre as Sociedades Seguradoras e seus clientes. A habilitação e o registro do corretor se

Leia mais

Renda Fixa. Letra de Crédito do Agronegócio

Renda Fixa. Letra de Crédito do Agronegócio Renda Fixa Letra de Crédito do Agronegócio Letra de Crédito do Agronegócio Diversifique sua carteira de investimentos e obtenha mais rentabilidade O produto Letra de Crédito do Agronegócio () é um título

Leia mais

CAPTAÇÃO RECURSOS ART DNF SPT - GCB

CAPTAÇÃO RECURSOS ART DNF SPT - GCB CAPTAÇÃO 1 DE RECURSOS ART Abril/2008 DNF SPT - GCB Captação de Recursos 2 Conceitos, Modalidades e Destinações Conceitos 3 Captar no jargão financeiro significa coletar, arrecadar, granjear recursos;

Leia mais

Cidadão Perguntas e Respostas

Cidadão Perguntas e Respostas Cidadão Perguntas e Respostas 1. INFORMAÇÕES GERAIS... 2 1.1 O QUE É O SCR?... 2 1.2 QUEM PODE CONSULTAR AS INFORMAÇÕES ARMAZENADAS?... 2 1.3 PARA QUE SERVEM OS DADOS?... 2 1.4 OUTROS PAÍSES TÊM SISTEMAS

Leia mais

Atualizações da Versão... 1. Introdução... 2 Conhecendo o Serviço... 3 Ações dos botões das telas... 4

Atualizações da Versão... 1. Introdução... 2 Conhecendo o Serviço... 3 Ações dos botões das telas... 4 Versão: 23/11/2015 Atualizado em: 23/11/2015 i Transferência de Arquivos Conteúdo Atualizações da Versão... 1 Introdução... 2 Conhecendo o Serviço... 3 Ações dos botões das telas... 4 Arquivos... 5 Receber

Leia mais

Introdução às Opções Flexíveis... 5. Registro... 9. Operações... 69. Consultas... 89. Informações Adicionais... 98

Introdução às Opções Flexíveis... 5. Registro... 9. Operações... 69. Consultas... 89. Informações Adicionais... 98 Versão:10/12/2012 Atualizado em: 07/08/2013 i Opções Flexíveis sobre Taxa de Câmbio, Ações ou Índices Conteúdo Introdução às Opções Flexíveis... 5 Conhecendo o produto... 6 Ações dos botões das telas...

Leia mais

Anexo ao Ato Declaratório Executivo Cofis n o 20/2015 Manual de Orientação do Leiaute da ECF Atualização: Março de 2015

Anexo ao Ato Declaratório Executivo Cofis n o 20/2015 Manual de Orientação do Leiaute da ECF Atualização: Março de 2015 2.05.01.01.05 Fundos Especiais de Domiciliados e Residentes no País 01012014 A 2.05.01.01 5 03 2.05.01.02 PATRIMÔNIO SOCIAL REALIZADO - DE RESIDENTE/DOMICILIADO NO EXTERIOR 01012014 S 2.05.01 4 03 2.05.01.02.01

Leia mais

CÓDIGOS TÍTULOS CONTÁBEIS ATRIBUTOS

CÓDIGOS TÍTULOS CONTÁBEIS ATRIBUTOS 1 1.0.0.00.00-7 CIRCULANTE E REALIZÁVEL A LONGO PRAZO UBDKIFJACTSWEROLMNHZ - - - 1.1.0.00.00-6 DISPONIBILIDADES UBDKIFJACTSWEROLMNHZ - - - 1.1.1.00.00-9 Caixa UBDKIFJACTSWER-LMNHZ - - - 1.1.1.10.00-6 CAIXA

Leia mais

Semana Nacional de Educação Financeira Tema. Opções de investimentos em um cenário de juros em elevação

Semana Nacional de Educação Financeira Tema. Opções de investimentos em um cenário de juros em elevação Tema Opções de investimentos em um cenário de juros em elevação Apresentação JOCELI DA SILVA SILVA Analista Administrativo/Gestão Pública Lotado na Assessoria de Coordenação 3ª CCR Especialização UNB Clube

Leia mais

Conhecimentos Bancários. Item 2.1.5- LCI Letra de Crédito Imobiliário

Conhecimentos Bancários. Item 2.1.5- LCI Letra de Crédito Imobiliário Conhecimentos Bancários Item 2.1.5- LCI Letra de Crédito Imobiliário Conhecimentos Bancários Item 2.1.5- LCI Letra de Crédito Imobiliário Letra de Crédito Imobiliário (LCI) é um título de renda fixa emitido

Leia mais

Sumário. Unidade I. cad_00.indd 15 08/12/2011 10:53:48

Sumário. Unidade I. cad_00.indd 15 08/12/2011 10:53:48 Sumário Unidade I O Sistema Financeiro Nacional: Composição, Funcionamento e Regulação Capítulo 1 Sistema Financeiro Nacional...3 1.1. Introdução...3 1.2. A Intermediação Financeira...4 1.3. Estrutura

Leia mais

Cédula de Crédito Imobiliário - CCI

Cédula de Crédito Imobiliário - CCI Títulos Imobiliários Renda Fixa Cédula de Crédito Imobiliário - CCI Títulos Imobiliários Cédula de Crédito Imobiliário Instrumento que facilita a negociabilidade e a portabilidade do crédito imobiliário

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTO - 2015

POLÍTICA DE INVESTIMENTO - 2015 POLÍTICA DE INVESTIMENTO - 2015 A presente Política de Investimento tem como objetivo principal estabelecer condições para que os recursos dos Planos de Benefícios desta Entidade sejam geridos visando

Leia mais

Conselho de Regulação e Melhores Práticas do Mercado de Capitais DELIBERAÇÃO Nº 05

Conselho de Regulação e Melhores Práticas do Mercado de Capitais DELIBERAÇÃO Nº 05 Conselho de Regulação e Melhores Práticas do Mercado de Capitais DELIBERAÇÃO Nº 05 O Conselho de Regulação e Melhores Práticas do Mercado de Capitais, no exercício das atribuições a ele conferidas pelo

Leia mais

Produtos Bancários. Prof. Luiz Antonio de Carvalho

Produtos Bancários. Prof. Luiz Antonio de Carvalho Professor Luiz Antonio de Carvalho Produtos Bancários PRODUTOS E SERVIÇOS BANCÁRIOS A intermediação financeira é o principal produto de um banco, pois capta o dinheiro excedente e empresta a quem precisa.

Leia mais

Renda Fixa Privada Certificado de Recebíveis do Agronegócio CRA. Certificado de Recebíveis do Agronegócio CRA

Renda Fixa Privada Certificado de Recebíveis do Agronegócio CRA. Certificado de Recebíveis do Agronegócio CRA Renda Fixa Privada Certificado de Recebíveis do Agronegócio CRA Certificado de Recebíveis do Agronegócio Instrumento de captação de recursos e de investimento no agronegócio O produto O Certificado de

Leia mais

EMPRÉSTIMOS E FINANCIAMENTOS

EMPRÉSTIMOS E FINANCIAMENTOS EMPRÉSTIMOS E FINANCIAMENTOS Um EMPRÉSTIMO é um contrato entre o cliente e a instituição financeira pelo qual ele recebe uma quantia que deverá ser devolvida ao banco em prazo determinado, acrescida dos

Leia mais

LCI Letra de Crédito Imobiliário. Manual do Produto. Versão 1.2. Fevereiro/2015

LCI Letra de Crédito Imobiliário. Manual do Produto. Versão 1.2. Fevereiro/2015 LCI Letra de Crédito Imobiliário Manual do Produto Versão 1.2 Fevereiro/2015 .2. Histórico de Versões Data Versão Descrição Fevereiro / 2014 1.1 Versão inicial Inclusão do Escalonamento; Inclusão de Eventos;

Leia mais

MANUAL DE ESTATÍSTICAS AGREGADAS DE CRÉDITO E DE ARRENDAMENTO MERCANTIL

MANUAL DE ESTATÍSTICAS AGREGADAS DE CRÉDITO E DE ARRENDAMENTO MERCANTIL MANUAL DE ESTATÍSTICAS AGREGADAS DE CRÉDITO E DE ARRENDAMENTO MERCANTIL Regulamenta os procedimentos a serem adotados pelas instituições financeiras para apuração das informações agregadas sobre operações

Leia mais

Manual do usuário SIACC CAIXA Programado 1

Manual do usuário SIACC CAIXA Programado 1 Manual do usuário SIACC CAIXA Programado 1 Índice ACESSO AO SISTEMA CAIXA PROGRAMADO PELA PRIMEIRA VEZ... 6 CONFIGURAÇÕES NECESSÁRIAS PARA ACESSAR O SISTEMA... 6 TELA DE ACESSO AO SISTEMA CAIXA PROGRAMADO...

Leia mais

Capitais Brasileiros no Exterior - Declaração Anual. Manual do Declarante. Índice. 1. Apresentação. 2. Instruções gerais

Capitais Brasileiros no Exterior - Declaração Anual. Manual do Declarante. Índice. 1. Apresentação. 2. Instruções gerais Capitais Brasileiros no Exterior - Declaração Anual Manual do Declarante Índice 1. Apresentação 2. Instruções gerais 2.1 Retificação da declaração 2.2 Punição 2.3 Atendimento ao declarante 3. Como fazer

Leia mais

Soluções em Recebimentos. Cobrança BB. Manual Técnico

Soluções em Recebimentos. Cobrança BB. Manual Técnico Soluções em Recebimentos Cobrança BB Layout de Arquivo Remessa CNAB400 Manual Técnico Orientações Técnicas CONVÊNIOS COM NÚMERAÇÃO ACIMA DE 1.000.000 Versão Abril 2012 1. Apresentação CONCEITO: Arquivo

Leia mais

INDEXADORES econômicos

INDEXADORES econômicos INDEXADORES econômicos Fontes: Jornal do Commercio Confederação Nacional do Comércio IPC-RJ / FGV IPC NO IGP-M / FGV Jul./08 331,178 0,22 4,20 5,92 Ago. 331,726 0,17 4,37 5,76 Set. 331,010-0,22 4,14 5,04

Leia mais

Letras Financeiras - LF

Letras Financeiras - LF Renda Fixa Privada Letras Financeiras - LF Letra Financeira Captação de recursos de longo prazo com melhor rentabilidade O produto A Letra Financeira (LF) é um título de renda fixa emitido por instituições

Leia mais

Manual para o Preenchimento do Layout de Posição de Fundos e Carteiras

Manual para o Preenchimento do Layout de Posição de Fundos e Carteiras Manual para o Preenchimento do Layout de Posição de Fundos e Carteiras Versão 4.01 Outubro de 2009 13/10/2009 1 ÍNDICE Objetivo do Layout de posição... 03 Regras para o Nome do Arquivo...... 04 Estrutura

Leia mais

PRAZOS E RISCOS DE INVESTIMENTO. Proibida a reprodução.

PRAZOS E RISCOS DE INVESTIMENTO. Proibida a reprodução. Proibida a reprodução. A Planner oferece uma linha completa de produtos financeiros e nossa equipe de profissionais está preparada para explicar tudo o que você precisa saber para tomar suas decisões com

Leia mais

Sumário. www.samisistemas.com.br Porto Alegre 51 3254.5454 Florianópolis 48 3094.1775 São Paulo 11 3076.499 Rio de Janeiro 21 3031.

Sumário. www.samisistemas.com.br Porto Alegre 51 3254.5454 Florianópolis 48 3094.1775 São Paulo 11 3076.499 Rio de Janeiro 21 3031. Sumário Legenda... 3 1. Caixa... 4 1.1. Caixa... 4 1.1.1. Abertura de Caixa... 4 1.1.1.1. Lançamentos de Caixa... 6 1.1.2. Fechamento de Caixa... 38 1.2. Consultas... 39 1.2.1. Fita do Caixa... 39 1.2.2.

Leia mais

Curso CPA-10 Certificação ANBID Módulo 6 Demais Produtos de Investimento

Curso CPA-10 Certificação ANBID Módulo 6 Demais Produtos de Investimento Pág: 1/45 Curso CPA-10 Certificação ANBID Módulo 6 Demais Produtos de Investimento Pág: 2/45 Módulo 6 - Demais Produtos de Investimento Este módulo apresenta as principais características de algumas das

Leia mais

Conhecimentos Bancários. Item 2.1.3- CDB / RDB

Conhecimentos Bancários. Item 2.1.3- CDB / RDB Conhecimentos Bancários Item 2.1.3- CDB / RDB Conhecimentos Bancários Item 2.1.3- CDB / RDB CDB Certificado de Depósito Bancário São títulos nominativos emitidos pelos bancos e vendidos ao público como

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica de Serviços

Nota Fiscal Eletrônica de Serviços Nota Fiscal Eletrônica de Serviços Arquivo de Envio de RPS em Lote - Instruções e Layout - Versão 1.0 Manual de Envio de RPS em Lote Instruções e Layout 1. Recibo Provisório de Serviços RPS O RPS é o documento

Leia mais

Informações ao BACEN sobre operações de Crédito SCR. RB Capital DTVM

Informações ao BACEN sobre operações de Crédito SCR. RB Capital DTVM Informações ao BACEN sobre operações de Crédito SCR RB Capital DTVM Maio 2011 Objetivo Este documento tem como objetivo estabelecer um guia do registro das operações de crédito no Sistema de Informações

Leia mais

Portal de Informações FEBRABAN. Módulo I Crédito

Portal de Informações FEBRABAN. Módulo I Crédito Portal de Informações FEBRABAN Módulo I Crédito Módulo de dados I: Crédito Sumário Este módulo de dados abrange as operações de crédito com recursos livres e direcionados (taxas de juros administradas)

Leia mais

Soluções em Recebimentos. Manual Técnico

Soluções em Recebimentos. Manual Técnico Soluções em Recebimentos CNAB400/CBR641 Manual Técnico Layout de Arquivo Remessa para convênios na faixa numérica entre 000.001 a 999.999 (Convênios de até 6 posições) Orientações Técnicas Versão Set/09

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO, ATUÁRIA E CONTABILIDADE DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO, ATUÁRIA E CONTABILIDADE DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO, ATUÁRIA E CONTABILIDADE DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO Administração e Análise Financeira e Orçamentária 2 Copyright Pereira, F. I. Prof.

Leia mais

CARTA CIRCULAR N.º 211

CARTA CIRCULAR N.º 211 CARTA CIRCULAR N.º 211 Aos Participantes de Todos os Sistemas Com o intuito de adaptar-se à nova realidade econômica do país, a Central de Custódia e de Liquidação Financeira de Títulos CETIP está realizando

Leia mais

Linhas de Crédito. Capital de Giro

Linhas de Crédito. Capital de Giro Linhas de Crédito Capital de Giro Apresentação FIESP Jul/2015 Operações mais utilizadas NOME CONTA GARANTIDA CAIXA CH.EMPRESA CAIXA CREDITO ESPECIAL EMPRESA - PRE/PRICE - GARANTIA FGO GIROCAIXA RECURSOS

Leia mais

RPS Recibo Provisório de Serviços Formato para envio do arquivo com os dados

RPS Recibo Provisório de Serviços Formato para envio do arquivo com os dados Manual de envio das remessas de RPS para UPLOAD, V1.00 P a g e 1 NFWeb RPS Recibo Provisório de Serviços Formato para envio do arquivo com os dados Conteúdo do arquivo com os dados do RPS Um ou mais RPS

Leia mais

Manual de Informações de Negociação de Operações. Documento 3040

Manual de Informações de Negociação de Operações. Documento 3040 Manual de Informações de Negociação de Operações Documento 3040 A. Introdução Objetivos desse documento O objetivo desse documento é instruir a maneira de informar as operações negociadas tanto do ponto

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE OSASCO MANUAL PARA CONVERSÃO DE RECIBOS PROVISÓRIOS DE SERVIÇO EM NF-E

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE OSASCO MANUAL PARA CONVERSÃO DE RECIBOS PROVISÓRIOS DE SERVIÇO EM NF-E PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE OSASCO MANUAL PARA CONVERSÃO DE RECIBOS PROVISÓRIOS DE SERVIÇO EM NF-E (Modelo IV) 1 Introdução Este manual apresenta e detalha os procedimentos para a realização do processo

Leia mais

Unidade 1 O Sistema Financeiro Nacional: Composição, Funcionamento e Regulação

Unidade 1 O Sistema Financeiro Nacional: Composição, Funcionamento e Regulação Sumário Unidade 1 O Sistema Financeiro Nacional: Composição, Funcionamento e Regulação Capítulo 1 Sistema Financeiro Nacional 1.2. A Intermediação Financeira 1.3. Estrutura Atual do Sistema Financeiro

Leia mais

CCS - Cadastro de Clientes do SFN Orientação sobre Produtos - Fase I. Versão 1.0.3

CCS - Cadastro de Clientes do SFN Orientação sobre Produtos - Fase I. Versão 1.0.3 CCS - Cadastro de Clientes do SFN Orientação sobre Produtos - Fase I Versão 1.0.3 Banco Central do Brasil, junho de 2007 1. OBJETIVO Este documento visa orientar as IF envolvidas na Fase I do Cadastro

Leia mais

Nome do perfil: Empresa: Descrição: Empresa DDA U CNPJ: 046.494.291/3915-53. Perfil Master. Perfil para os masteres da empresa

Nome do perfil: Empresa: Descrição: Empresa DDA U CNPJ: 046.494.291/3915-53. Perfil Master. Perfil para os masteres da empresa Empresa: Empresa DDA U CNPJ: 046.494.291/3915-53 Nome do perfil: Perfil Master Descrição: Perfil para os masteres da empresa Permissões de acesso e autorizações por conta: Agência e Conta Carteira 3861

Leia mais

Material Explicativo sobre Certificado de Recebíveis do Agronegócio (CRA)

Material Explicativo sobre Certificado de Recebíveis do Agronegócio (CRA) Material Explicativo sobre (CRA) 1. Definições Gerais Os Certificados de Recebíveis estão vinculados a direitos creditórios originários de negócios realizados, em sua maioria, por produtores rurais ou

Leia mais

CARTA-CIRCULAR Nº 2.999, DE 2 DE ABRIL DE 2002

CARTA-CIRCULAR Nº 2.999, DE 2 DE ABRIL DE 2002 BANCO CENTRAL DO BRASIL Diretoria de Normas e Organização do Sistema Financeiro Departamento de Normas do Sistema Financeiro CARTA-CIRCULAR Nº 2.999, DE 2 DE ABRIL DE 2002 Dispõe sobre os procedimentos

Leia mais

Avenida Paulista, 949 22º andar

Avenida Paulista, 949 22º andar Avenida Paulista, 949 22º andar São Paulo, 30 de novembro de 2012 1 I n t r o d u ç ã o 140 CRÉDITO PRODUÇÃO BRASIL Fase de ouro Fase de crise Fase da agricultura de mercado 133 127 162 120 114 117 105

Leia mais

CDB - Certificado de Depósito Bancário. Manual do Produto. Versão 1.2

CDB - Certificado de Depósito Bancário. Manual do Produto. Versão 1.2 CDB - Certificado de Depósito Bancário Manual do Produto Versão 1.2 Fevereiro/2015 .2. Histórico de Versões Data Versão Descrição Fevereiro / 2014 1.1 Versão inicial Inclusão do Escalonamento; Inclusão

Leia mais

CARTA CIRCULAR N.º 252. Ref.: Trata da implantação do Sistema Integrado de Mercados SIM Módulo STN.

CARTA CIRCULAR N.º 252. Ref.: Trata da implantação do Sistema Integrado de Mercados SIM Módulo STN. CARTA CIRCULAR N.º 252 Aos Participantes de Todos os Sistemas Ref.: Trata da implantação do SIM Módulo STN. A Central de Custódia e de Liquidação Financeira de Títulos - CETIP comunica que, no dia 28/02/2000,

Leia mais

SECURITIZAÇÃO NO AGRONEGÓCIO

SECURITIZAÇÃO NO AGRONEGÓCIO SECURITIZAÇÃO NO AGRONEGÓCIO ÍNDICE I. Agronegócio 1. Definição 2 2. Aspectos Econômicos 3 3. Aspectos Regulatórios 6 II. Securitização 7 1. Aspectos Gerais 2. CRI 11 III. CRA 1. Estoque 13 2. Ciclos Agrícolas

Leia mais

MANUAL DE NORMAS CRI - CERTIFICADO DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS

MANUAL DE NORMAS CRI - CERTIFICADO DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS MANUAL DE NORMAS - CERTIFICADO DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS VERSÃO: 01/7/2008 2 / 11 MANUAL DE NORMAS - CERTIFICADO DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS ÍNDICE CAPÍTULO PRIMEIRO DO OBJETIVO 3 CAPÍTULO SEGUNDO DAS

Leia mais

MANUAL DE NORMAS CCI CÉDULA DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO

MANUAL DE NORMAS CCI CÉDULA DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO MANUAL DE NORMAS CÉDULA DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO VERSÃO: 18/04/2011 2 / 13 MANUAL DE NORMAS CÉDULA DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO ÍNDICE CAPÍTULO PRIMEIRO DO OBJETIVO 3 CAPÍTULO SEGUNDO DAS DEFINIÇÕES 3 CAPÍTULO

Leia mais

Caderno de Metodologia de Cálculo. Versão 1.1

Caderno de Metodologia de Cálculo. Versão 1.1 Caderno de Metodologia de Cálculo Versão 1.1 Fevereiro/2014 Sumário 1. Introdução... 2 2. Remuneração: Taxa DI... 3 2.1 Metodologia de cálculo para atualização de título pós-fixado indexado à Taxa DI...

Leia mais

Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo SUMITOMO MITSUI FIC DE FIM BTG PACTUAL HIGH YIELD CNPJ: 07.442.466/0001-96

Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo SUMITOMO MITSUI FIC DE FIM BTG PACTUAL HIGH YIELD CNPJ: 07.442.466/0001-96 Lâmina de informações essenciais sobre o Fundo SUMITOMO MITSUI FIC DE FIM BTG PACTUAL HIGH YIELD Informações referentes a setembro de 2015 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre

Leia mais

Material Explicativo sobre Certificado de Recebíveis Imobiliários (CRI)

Material Explicativo sobre Certificado de Recebíveis Imobiliários (CRI) Material Explicativo sobre (CRI) 1. Definições Gerais Os Certificados de Recebíveis são títulos lastreados em créditos imobiliários, representativos de parcelas de um direito creditório. O ativo permite

Leia mais

Conhecendo o Produto... 4. Utilização do serviço... 4. Gestão de Colateral... 5. Definições... 5. Definições... 6. Conceitos... 7

Conhecendo o Produto... 4. Utilização do serviço... 4. Gestão de Colateral... 5. Definições... 5. Definições... 6. Conceitos... 7 Versão:18/07/2011 Índice Conhecendo o Produto... 4 Utilização do serviço... 4 Gestão de Colateral... 5 Definições... 5 Definições... 6 Conceitos... 7 Acesso ao Módulo Gestão de Colateral... 10 Solicitação

Leia mais

Manual do Usuário. Pré-Cadastro de Participantes. 08.11.2004 Versão 1.1

Manual do Usuário. Pré-Cadastro de Participantes. 08.11.2004 Versão 1.1 Manual do Usuário Pré-Cadastro de Participantes 08.11.2004 Versão 1.1 Índice 1. Introdução ao Pré-Cadastro...3 1.1. Pré-Cadastro de pessoa Física...3 1.1.1. Termo...3 1.1.2. Dados de identificação...4

Leia mais

e-nota MDF-e Manifesto de Documento Fiscal eletrônico

e-nota MDF-e Manifesto de Documento Fiscal eletrônico Página1 e-nota MDF-e Manifesto de Documento Fiscal eletrônico Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa Página2 Índice 1. O que é MDF-e?... 03 2. Safeweb e-nota MDF-e... 04 3. Acesso e-nota

Leia mais

Cartilha de Poupança

Cartilha de Poupança Cartilha depoupança Poupança O que é?... 2 Segurança... 2 Modalidades de poupança do BB... 3 Reajuste Monetário... 4 Juros... 4 Imposto de renda... 4 Valor mínimo... 5 Abertura... 5 Aniversário da poupança...

Leia mais

COBRANÇA ELETRÔNICA BANRISUL MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO PROGRAMA

COBRANÇA ELETRÔNICA BANRISUL MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO PROGRAMA COBRANÇA ELETRÔNICA BANRISUL MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO PROGRAMA Unidade de Atendimento e Serviços INDICE Requisitos para instalação... 4 Inclusão do Código do Cedente... 5 Inclusão do Sacado... 6 Inclusão

Leia mais

Classificação dos Títulos e Valores Mobiliários em Categorias

Classificação dos Títulos e Valores Mobiliários em Categorias Classificação dos Títulos e Valores Mobiliários em Categorias 1 - Os títulos e valores mobiliários adquiridos por instituições financeiras e demais instituições autorizadas a funcionar pelo Banco Central

Leia mais

a) mercados de derivativos, tais como, exemplificativamente, índices de ações, índices de preços, câmbio (moedas), juros;

a) mercados de derivativos, tais como, exemplificativamente, índices de ações, índices de preços, câmbio (moedas), juros; CREDIT SUISSE HEDGINGGRIFFO 1. Públicoalvo LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS dezembro/2013 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais sobre o CSHG EQUITY HEDGE LEVANTE FUNDO DE INVESTIMENTO

Leia mais

Imposto de Renda 2013 MANUAL DE INFORMAÇÕES

Imposto de Renda 2013 MANUAL DE INFORMAÇÕES Imposto de Renda 2013 MANUAL DE INFORMAÇÕES Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física 2013: consulte as informações em seu Informe de Rendimentos Fator (IRF), Ano Calendário de 2012. Elaboramos este

Leia mais

Atualizações da Versão... 3. Introdução aos Derivativos Realizados no Exterior... 5 Conhecendo o Produto... 6 Ações dos Botões das Telas...

Atualizações da Versão... 3. Introdução aos Derivativos Realizados no Exterior... 5 Conhecendo o Produto... 6 Ações dos Botões das Telas... Versão: 18/08/2014 Atualizado em: 11/05/2016 Derivativos Realizados no Exterior Conteúdo Atualizações da Versão... 3 Introdução aos Derivativos Realizados no Exterior... 5 Conhecendo o Produto... 6 Ações

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.07 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.07 Movimentações... 4 Movimentações de Caixa... 4 Entradas... 6 Recebimento em Dinheiro... 8 Recebimento em Cheque... 8 Troco... 15 Saídas... 17 Movimentações de Banco... 22

Leia mais

Atualizações da Versão... 3. Introdução às Opções Flexíveis... 5 Conhecendo o produto... 6 Ações dos botões das telas... 8. Lançamentos...

Atualizações da Versão... 3. Introdução às Opções Flexíveis... 5 Conhecendo o produto... 6 Ações dos botões das telas... 8. Lançamentos... Conteúdo Atualizações da Versão... 3 Introdução às Opções Flexíveis... 5 Conhecendo o produto... 6 Ações dos botões das telas... 8 Lançamentos... 9 Registro de Contrato... 10 Registro de Mercadoria...

Leia mais

Dúvida sobre o envio do Doc 3050

Dúvida sobre o envio do Doc 3050 www.bcb.gov.brinício Legislação e normas Normas do CMN e do BC Normas com caracteres especiais Circular Circular 3.493 Dúvida sobre o envio do Doc 3050 01. Quem está obrigado a enviar o Doc 3050 ao Banco

Leia mais

RISCOS DE INVESTIMENTO. Proibida a reprodução.

RISCOS DE INVESTIMENTO. Proibida a reprodução. Proibida a reprodução. A Planner oferece uma linha completa de produtos financeiros e nossa equipe de profissionais está preparada para explicar tudo o que você precisa saber para tomar suas decisões com

Leia mais