The Challenges of Global Food Supply Chains Os Desafios da Cadeia Global de Alimentos. David Acheson, MD Leavitt Partners LLC

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "The Challenges of Global Food Supply Chains Os Desafios da Cadeia Global de Alimentos. David Acheson, MD Leavitt Partners LLC"

Transcrição

1 The Challenges of Global Food Supply Chains Os Desafios da Cadeia Global de Alimentos David Acheson, MD Leavitt Partners LLC

2 Outline Esboço Factors Driving Changes Fatores que impulsionam as mudanças Challenges of Controlling Supply Chain Risk Riscos do controle da cadeia de fornecimento Impact of new regulations Impactos de novas regulamentações Managing Challenges Gerenciameto de desafios 2

3 Factors Driving Changes Fatores que impulsionam as mundanças Consumer year round demand Demanda de consumidores durante o ano Economy Economia Speed transportation Velocidade de transporte New Threats Novas ameaças New regulations Novas regulamentações 3

4 Expansion of Global Food Trade (UN Data) A expanção do comércio Global de alimentos (UN Data) 4

5 Importation of FDA-regulated products have been growing 13 percent per year. A importação de produtos pela FDA tem crescido 13% ao ano. 5

6 Imported Foods In The U.S. Alimentos importados nos E.U.A Over 250,000 foreign regularized companies Acima de 250,000 empresas estrangeiras regularizadas Over 150 different countries Mais de 150 Países diferentes Importation through over 300 ports É Importado através de mais de 300 portos 80% of Seafood 80% de frutos do mar 50% of fruits and vegetables 50% de frutas e vegetais 6

7 Global Supply Chain Complexities Complexidades da cadeia global de fornecimento Lack of visibility Falta de visibilidade Multiple interconnections Múltiplas interconexões Incomplete records Registros incompletos Difficulties in Tracking Dificuldades em rastreamentos Maintenance of cold chains Manutenções de cadeias de frio 7

8 Supply Chain Risks Riscos do fornecimento em cadeia Who is in your supply chain Quem está na sua cadeia de fornecimento Are there unknown sources Existem fontes desconhecidas How do your suppliers ensure they meet your expectations Como os fornecedores tem a certeza que alcançaram suas expectativas How to control risks Como controlar os riscos Reliance on audits Dependências de auditorias Where are you going and what are you looking for Onde você vai, e oque esta a procura

9 New Regulatory Challenges Novos deasafios de regulatorios Increase of entry products into the country Aumento do nível de entrada de produtos no país Shifting responsibility to importers Levar as responsabilidades para os importadores Creating incentive programs to speed up the entry Criar programa de incentivo para acelerar a entrada 9

10 Focus on Import Foco nas Importaçães Certification for high risk foods Certificação para alimentos de alto risco Foreign supplier verification program Programa de verificação para fornecedores externos Third party certification Certificação de terceira parte Volunteer program for qualified importers Programa voluntário para importadores qualificados Authority to deny entry Altoridade de para negar entrada

11 Controlling Supply Chain Risk Riscos de controle da cadeia de fornecimento Product risk Risco do produto Supplier risk Risco de fornecimento 11

12 Geographical risk Risco geográfico Inherent risk Risco inerente Microbiological Microbiológico Chemical Químico Product history Histórico do produto Mitigations Mitigações Consumer susceptibilities Sustentabilidade de consumo Product Risks Risco do produto 12

13 Determining who is in the supply chain Determinar quem está na cadeia de fornecimento Risks among suppliers Riscos em tornos dos fornecedores Management commitment Compromisso do gerenciamento Food safety culture Cultura de segurança alimentar Regulatory actions Ações regulatórias Supplier Risk Risco do fornecedor Implementation of HACCP and GMPs Implementação do HACCP e GMPs 13

14 Track products to determine who is in the supply chain Usar o rastreamento do produto para determinar quem está na cadeia de fornecimento Audits Auditorias On site audits or using third partners Em sites auditorias ou uso de terceiros Trending data that goes beyond the cross sectional audit Têndencias de dados além da auditoria transversal Testing Teste Strategies Estratégias What/where and how to test O que /onde e como testar 14

15 One step ahead Um passo à frente Put the resources where there s risk Colocar os recursos onde existir riscos Stay current on global supply chain challenges Manter-se atualizado sobre os desafios da cadeia global de fornecimento alimentício Focus on Prevention Foco na prevenção 15

Gerenciando a Cadeia de Suprimentos (Managing the Supply Chain) A Experiência Cargill ( Cargill s Experience)

Gerenciando a Cadeia de Suprimentos (Managing the Supply Chain) A Experiência Cargill ( Cargill s Experience) Gerenciando a Cadeia de Suprimentos (Managing the Supply Chain) A Experiência Cargill ( Cargill s Experience) 1 Jose de Ribamar, Ger Qualidade e Food Safety Cargill Amidos e Adoçantes América do Sul jose_ribamar@cargill.com

Leia mais

ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações

ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações Raquel Silva 02 Outubro 2014 ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 PUBLICAÇÃO DIS: - Draft International Standard

Leia mais

FDLI s Brazil Conference

FDLI s Brazil Conference Programa Alimentos Seguros: uma experiência brasileira Food Safety Program: a Brazilian experience FDLI s Brazil Conference Zeide Lúcia Gusmão, MSc. National Coordinator PAS SENAI Nacional Department São

Leia mais

U.S. Food and Safety Administration: Exportando Alimentos para os Estados Unidos

U.S. Food and Safety Administration: Exportando Alimentos para os Estados Unidos . U.S. Food and Safety Administration: Exportando Alimentos para os Estados Unidos Ana María Osorio, M.D., M.P.H Diretora Adjunta para América Latina U.S. Food and Drug Administration (FDA) Sumário Parte

Leia mais

Third Party Relationships: Auditing and Monitoring

Third Party Relationships: Auditing and Monitoring Third Party Relationships: Auditing and Monitoring October 3, 2012 3 de octubre del 2012 Agenda Speakers On-going monitoring of third party relationship On-site audits/ distributor reviews Questions &

Leia mais

Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais

Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais BEM VINDO AO MUNDO RANGEL WELCOME TO RANGEL WORLD Atividade Aduaneira Customs Broker Transporte Marítimo Sea Freight ESPANHA SPAIN Transporte Aéreo Air Freight Expresso Internacional FedEx International

Leia mais

Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais

Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais BEM VINDO AO MUNDO RANGEL WELCOME TO RANGEL WORLD Toda uma organização ao seu serviço! Constituídos em 1980 por Eduardo Rangel, rapidamente marcámos

Leia mais

Lei de Modernização da Segurança Alimentar nos EUA:

Lei de Modernização da Segurança Alimentar nos EUA: Lei de Modernização da Segurança Alimentar nos EUA: Visão Geral e Impacto para os Importadores e Exportadores Agosto de 2012 O presente documento refere-se às atualizações importantes relacionadas à Lei

Leia mais

Challenges and lessons learned from the Surui Forest Carbon Project, Brazilian Amazon. Pedro Soares / IDESAM

Challenges and lessons learned from the Surui Forest Carbon Project, Brazilian Amazon. Pedro Soares / IDESAM Challenges and lessons learned from the Surui Forest Carbon Project, Brazilian Amazon Pedro Soares / IDESAM Project Proponent & Partners Proponent: Support and supervise the project activities and will

Leia mais

SIMCAP Simpósio de Computação Aplicada

SIMCAP Simpósio de Computação Aplicada SIMCAP Simpósio de Computação Aplicada Norma ISO ABNT/IEC 20000 A relação da norma com a implementação das melhores práticas do ITIL v.3 Guarulhos 2012 William Sonego 2009062986 Thiago Souza 2009038228

Leia mais

25/05/2015. Um pouco de história. O Modelo CMMI. Capability Maturity Model Integration (CMMI) Capability Maturity Model (CMM)

25/05/2015. Um pouco de história. O Modelo CMMI. Capability Maturity Model Integration (CMMI) Capability Maturity Model (CMM) DCC / ICEx / UFMG Um pouco de história O Modelo CMMI Na década de 80, o Instituto de Engenharia de Software (SEI) foi criado Eduardo Figueiredo http://www.dcc.ufmg.br/~figueiredo Objetivos Fornecer software

Leia mais

Session 8 The Economy of Information and Information Strategy for e-business

Session 8 The Economy of Information and Information Strategy for e-business Session 8 The Economy of Information and Information Strategy for e-business Information economics Internet strategic positioning Price discrimination Versioning Price matching The future of B2C InformationManagement

Leia mais

IBM BusinessConnect Social & Mobile

IBM BusinessConnect Social & Mobile IBM BusinessConnect Social & Mobile Cadência 28/03 Orquestrando uma cadeia de suprimentos com foco no cliente 2013 IBM Corporation Hoje as Empresas estão sob a direção dos Clientes CEOs compartilham decisões

Leia mais

A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores

A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores Tese de Mestrado em Gestão Integrada de Qualidade, Ambiente e Segurança Carlos Fernando Lopes Gomes INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO E CIÊNCIAS Fevereiro

Leia mais

Gerência de Portfólio de Projetos com IBM Rational Portfolio Manager

Gerência de Portfólio de Projetos com IBM Rational Portfolio Manager Gerência de Portfólio de Projetos com IBM Rational Portfolio Manager Sumário Sumário O problema O desafio IBM Rational Portfolio Manager O problema Cenário atual 84% das organizações ou não montam o business

Leia mais

10 de setembro de 2012 September 10, 2012

10 de setembro de 2012 September 10, 2012 Lei de Modernização da Segurança Alimentar: Alterando as regras para importação de alimentos Food Safety Modernization Act: Changing the Rules for Food Imports 10 de setembro de 2012 September 10, 2012

Leia mais

INTRODUÇÃO ÀS BOAS PRÁTICAS DE ENGENHARIA APLICADAS À GESTÃO DOS SISTEMAS INSTRUMENTADOS DE SEGURANÇA: UMA ABORDAGEM DE SIL

INTRODUÇÃO ÀS BOAS PRÁTICAS DE ENGENHARIA APLICADAS À GESTÃO DOS SISTEMAS INSTRUMENTADOS DE SEGURANÇA: UMA ABORDAGEM DE SIL INTRODUÇÃO ÀS BOAS PRÁTICAS DE ENGENHARIA APLICADAS À GESTÃO DOS SISTEMAS INSTRUMENTADOS DE SEGURANÇA: UMA ABORDAGEM DE SIL Ana Cristina Costa Almeida Risk and Reliability Senior Consultant DNV Energy

Leia mais

Eficiência de Padrões na Cadeia Produtiva do Vinho. Ana Paula Vendramini Maniero

Eficiência de Padrões na Cadeia Produtiva do Vinho. Ana Paula Vendramini Maniero Eficiência de Padrões na Cadeia Produtiva do Vinho Ana Paula Vendramini Maniero A importância de padrões Calçados e tomadas são apenas dois exemplos simples Sem padrões, processos de negócios seriam muito

Leia mais

Projeto de Certificação Ambiental Empresa Amiga do Meio Ambiente

Projeto de Certificação Ambiental Empresa Amiga do Meio Ambiente Projeto de Certificação Ambiental Empresa Amiga do Meio Ambiente BEMVENUTI, Abel; NAIME, Roberto Harb Súmula Considerando algumas premissas clássicas de gestão em meio ambiente, são apresentados alguns

Leia mais

Gerenciamento de Segurança de Processos baseada na Confiança, Descentralização e Delegação Planejada

Gerenciamento de Segurança de Processos baseada na Confiança, Descentralização e Delegação Planejada Gerenciamento de Segurança de Processos baseada na Confiança, Descentralização e Delegação Planejada Américo Diniz Carvalho Neto Braskem S/A americo.neto@braskem.com.br Líder Corporativo de PSM ABSTRACTS

Leia mais

Sustainability issues in the Brazilian automotive industry: electric cars and end-of-life vehicles

Sustainability issues in the Brazilian automotive industry: electric cars and end-of-life vehicles Sustainability issues in the Brazilian automotive industry: electric cars and end-of-life vehicles Adcley Souza (adcley.souza@hotmail.com) Sustainability issues in the Brazilian automotive industry: electric

Leia mais

Processo de exportação de perecíveis aos EUA. (Frederico Tavares - Gerente de Comércio Internacional, UGBP: Union of Growers of Brazilian Papaya)

Processo de exportação de perecíveis aos EUA. (Frederico Tavares - Gerente de Comércio Internacional, UGBP: Union of Growers of Brazilian Papaya) Processo de exportação de perecíveis aos EUA (Frederico Tavares - Gerente de Comércio Internacional, UGBP: Union of Growers of Brazilian Papaya) World Production of Tropical Fruit World production of tropical

Leia mais

HOW DO YOU BECOME A LAWYER IN BRAZIL?

HOW DO YOU BECOME A LAWYER IN BRAZIL? HOW DO YOU BECOME A LAWYER IN BRAZIL? Doing Business in Brazil: Pathways to Success, Innovation and Access under the Legal Framework Keynote Speaker: Mr. José Ricardo de Bastos Martins Partner of Peixoto

Leia mais

O SEU NEGÓCIO ESTÁ NA MODA Your Business is in fashion

O SEU NEGÓCIO ESTÁ NA MODA Your Business is in fashion O SEU NEGÓCIO ESTÁ NA MODA Your Business is in fashion Fazemos parte do processo de retalho de moda com o objetivo de aumentar as suas vendas Desde a fundação em 1980 que somos um operador ativo e inovador,

Leia mais

HKKMS-KMIRC Seminar by Professor Rivadavia C. de Avarenga Neto

HKKMS-KMIRC Seminar by Professor Rivadavia C. de Avarenga Neto MAKING INNOVATION WORK: Knowledge Creation at the intersection of technology and business models Rivadávia C. Drummond de Alvarenga Neto, Dr. HSM Executive Education - Brazil 1 Source: http://www.klatergoud.com/2011/02/the-unbearable-lightness-of-design-thinking/

Leia mais

Mundo das Sombras: O Grande Irmão no Vale da Vigilância

Mundo das Sombras: O Grande Irmão no Vale da Vigilância Mundo das Sombras: O Grande Irmão no Vale da Vigilância gus Campus Party - 2014 Sobre Organizador da CryptoParty Brasil - Edição São Paulo (2013) Actantes - actantes.org.br Cientista Social gus@riseup.net

Leia mais

PRINCE2 FOUNDATION AND PRACTITIONER INNOVATIVE LEARNING SOLUTIONS WWW.PYLCROW.COM PORTUGAL - BRAZIL - MOZAMBIQUE

PRINCE2 FOUNDATION AND PRACTITIONER INNOVATIVE LEARNING SOLUTIONS WWW.PYLCROW.COM PORTUGAL - BRAZIL - MOZAMBIQUE PYLCROW Portugal LISBOA Email: info.pt@pylcrow.com Telefone: +351 21 247 46 00 http://www.pylcrow.com/portugal WWW.PYLCROW.COM PORTUGAL - BRAZIL - MOZAMBIQUE FOUNDATION AND PRACTITIONER INNOVATIVE LEARNING

Leia mais

NeoGrid & Ciclo Desenvolvimento

NeoGrid & Ciclo Desenvolvimento Inteligência e Colaboração na Cadeia de Suprimentos e Demanda NeoGrid & Ciclo Desenvolvimento Paulo Viola paulo.viola@neogrid.com Introdução Tema: Inteligência e Colaboração na Cadeia de Suprimentos e

Leia mais

Programa de Auditoria Única em Produtos para Saúde Medical Device Single Audit Program MDSAP Etapa Piloto Fernanda Maia

Programa de Auditoria Única em Produtos para Saúde Medical Device Single Audit Program MDSAP Etapa Piloto Fernanda Maia Programa de Auditoria Única em Produtos para Saúde Medical Device Single Audit Program MDSAP Etapa Piloto Fernanda Maia São Paulo, 22 de maio de 2014. Fórum Internacional de Reguladores em Produtos para

Leia mais

SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata:

SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata: SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata: Vaga: Estagiário Área Jurídica Área: Legal Department O Departamento Jurídico é uma área dinâmica que possui

Leia mais

Faro. Enriching our city brand

Faro. Enriching our city brand Faro Enriching our city brand 1 2 3 establish a strategy to value our identity1 st Step evaluation supported by studies and similar work / statistical and qualitative analysis / tourists, visitors and

Leia mais

CONSULTORIA E ACOMPANHAMENTO PATRIMÓNIO HISTÓRICO E CONTEMPORÂNEO

CONSULTORIA E ACOMPANHAMENTO PATRIMÓNIO HISTÓRICO E CONTEMPORÂNEO CONSULTORIA E ACOMPANHAMENTO PATRIMÓNIO HISTÓRICO E CONTEMPORÂNEO O QUE OFERECEMOS! COMO FUNCIONA! CONTACTOS CONSULTORIA E ACOMPANHAMENTO PATRIMÓNIO HISTÓRICO E CONTEMPORÂNEO ÍNDICE CONTACTOS O QUE OFERECEMOS!

Leia mais

Otimização geral de processos (OEE) Fabian Prehn Campinas Setembro 2014

Otimização geral de processos (OEE) Fabian Prehn Campinas Setembro 2014 Otimização geral de processos (OEE) Fabian Prehn Campinas Setembro 2014 Agenda Agenda Futuro da produção farmacêutica Future of pharmaceutical production Compressão como principal ponto no processo de

Leia mais

Transformação dos negócios de distribuição e os desafios do setor

Transformação dos negócios de distribuição e os desafios do setor Transformação dos negócios de distribuição e os desafios do setor Geraldo Guimarães Jr Diretor para Indústria de Utilities SAP para Utilities Liderança Global no Setor Maior Provedor de Soluções e Aplicações

Leia mais

Riscos e Vantagens na Gestão Global da Cadeia de Suprimentos

Riscos e Vantagens na Gestão Global da Cadeia de Suprimentos Riscos e Vantagens na Gestão Global da Cadeia de Suprimentos Risks and Advantages of Global Supply Chain Management Luiz Evangelista Gerente de Gestão de Ativos Asset Management Manager CHEP do Brasil

Leia mais

Dia Mundial da Acreditação. Acreditação: Facilitando o Comércio Mundial Visão do LRQA Business Assurance. L.C.M.Bueno da Silva

Dia Mundial da Acreditação. Acreditação: Facilitando o Comércio Mundial Visão do LRQA Business Assurance. L.C.M.Bueno da Silva Dia Mundial da Acreditação Acreditação: Facilitando o Comércio Mundial Visão do LRQA Business Assurance L.C.M.Bueno da Silva LRQA Brazil BC 13 de Junho 2013 Agenda Introdução Características do comércio

Leia mais

ESTUDO SOBRE O PLANEJAMENTO DA IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE CONTROLE DE PRODUTOS QUÍMICOS E GERENCIAMENTO DE SUAS OPERAÇÕES EM UMA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA

ESTUDO SOBRE O PLANEJAMENTO DA IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE CONTROLE DE PRODUTOS QUÍMICOS E GERENCIAMENTO DE SUAS OPERAÇÕES EM UMA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA CRISTINA ZAK RIBEIRO ESTUDO SOBRE O PLANEJAMENTO DA IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE CONTROLE DE PRODUTOS QUÍMICOS E GERENCIAMENTO DE SUAS OPERAÇÕES EM UMA INDÚSTRIA AUTOMOTIVA São Paulo 2007 CRISTINA ZAK RIBEIRO

Leia mais

APRESENTAÇÃO WWW.KEYRESEARCH-AO.COM

APRESENTAÇÃO WWW.KEYRESEARCH-AO.COM MONITORIZAÇÃO DE MEDIA APRESENTAÇÃO ÍNDICE 01. 02. 03. 04. APRESENTAÇÃO DA EMPRESA SISTEMA MONITORIZAÇÃO DE CAMPANHA INVESTIMENTO PUBLICITÁRIO 01. APRESENTAÇÃO DA EMPRESA 01. APRESENTAÇÃO DA EMPRESA A

Leia mais

Federal Court of Accounts Brazil (TCU) Auditing Climate Change Policies

Federal Court of Accounts Brazil (TCU) Auditing Climate Change Policies Federal Court of Accounts Brazil (TCU) Auditing Climate Change Policies JUNNIUS MARQUES ARIFA Head of Department of Agriculture and Environmental Audit TCU s mandate and jurisdiction 1. Role of Supreme

Leia mais

WELCOME Entrevista Au Pair In America

WELCOME Entrevista Au Pair In America WELCOME Entrevista Au Pair In America MÓDULO 2. ENTREVISTA ENTREVISTA FÓRMULA PARA O SUCESSO Passo 1 Vai ser uma conversa informal, então relaxe! Parte 2 Algumas perguntas vão ser as mesmas do Skype com

Leia mais

Governança em TI e os objetivos estratégicos da organização

Governança em TI e os objetivos estratégicos da organização Governança em TI e os objetivos estratégicos da organização A otimização dos investimentos em TI, a importância do uso do modelo CobiT, adotado mundialmente em IT Governance Um painel sobre as certificações

Leia mais

JULIANO AUGUSTO DE SOUZA OLIVEIRA

JULIANO AUGUSTO DE SOUZA OLIVEIRA UNIVERSIDADE DE RIBEIRÃO PRETO CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS, NATURAIS E TECNOLÓGICAS PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM BANCO DE DADOS JULIANO AUGUSTO DE SOUZA OLIVEIRA IMPLEMENTAÇÃO DE UM SISTEMA DE CONTROLE DE

Leia mais

SOBRE A FÉRIAS VIVAS MISSÃO. Lutar pela conscientização e proteger vidas no turismo nacional. VISÃO

SOBRE A FÉRIAS VIVAS MISSÃO. Lutar pela conscientização e proteger vidas no turismo nacional. VISÃO SOBRE A FÉRIAS VIVAS A Associação Férias Vivas é a primeira ONG de âmbito nacional voltada para a segurança no turismo e no lazer. A organização foi criada em 2002 a partir da iniciativa de um grupo de

Leia mais

Software Testing with Visual Studio 2013 (20497)

Software Testing with Visual Studio 2013 (20497) Software Testing with Visual Studio 2013 (20497) Formato do curso: Presencial Preço: 800 Nível: Intermédio Duração: 12 horas Este curso, mostra a Programadores e Testers como utilizar as ferramentas do

Leia mais

"Oportunidades e desafios nos serviços de logística no setor de P&G. 22 de Agosto de 2013

Oportunidades e desafios nos serviços de logística no setor de P&G. 22 de Agosto de 2013 "Oportunidades e desafios nos serviços de logística no setor de P&G 22 de Agosto de 2013 SUMÁRIO 1.INTRODUÇÃO 2.RELEVÂNCIA DO SETOR DE P&G NO BRASIL 3.CENÁRIO ATUAL 4.DESAFIOS 5.CONCLUSÃO SUMÁRIO 1.INTRODUÇÃO

Leia mais

LOG & IND - CONSULTORIA E ASSESSORIA APRESENTAÇÃO DE PAULO TALPO

LOG & IND - CONSULTORIA E ASSESSORIA APRESENTAÇÃO DE PAULO TALPO LOG & IND - CONSULTORIA E ASSESSORIA APRESENTAÇÃO DE PAULO TALPO CAPACITAÇÃO... COMEÇOU ATENDENDO NECESSIDADES ESPECIFICAS DA PROPRIA ORGANIZAÇÃO ONDE TRABALHAVA, CONTRIBUINDO COM AS DEMAIS FUNÇÕES, NO

Leia mais

GUIÃO F. Grupo: Minho. 1º Momento. Intervenientes e Tempos. Descrição das actividades

GUIÃO F. Grupo: Minho. 1º Momento. Intervenientes e Tempos. Descrição das actividades GUIÃO F Prova construída pelos formandos e validada pelo GAVE, 1/7 Grupo: Minho Disciplina: Inglês, Nível de Continuação 11.º ano Domínio de Referência: Um Mundo de Muitas Culturas 1º Momento Intervenientes

Leia mais

FactoryTalk AssetCentre Introdução e Demonstração

FactoryTalk AssetCentre Introdução e Demonstração FactoryTalk AssetCentre Introdução e Demonstração PUBLIC INFORMATION Extending the Integrated Architecture Operator Maintenance Control Engineer Executive Plant Manager Software Product Overview AssetCentre

Leia mais

Competitiveness in the Brazilian economy: challenges & opportunities

Competitiveness in the Brazilian economy: challenges & opportunities Competitiveness in the Brazilian economy: challenges & opportunities Erik Camarano MBC CEO Thursday, June 6th, 2013 Woodrow Wilson International Center for Scholars 6th Floor Auditorium SPONSORS SHORT-TERM

Leia mais

ENCONTRO- PRODUTOS DE CONSTRUÇÃO - Novo Regulamento o que muda?

ENCONTRO- PRODUTOS DE CONSTRUÇÃO - Novo Regulamento o que muda? ENCONTRO- PRODUTOS DE CONSTRUÇÃO - Novo Regulamento o que muda? Perspetiva de um Organismo Notificado. Experiência da BV CERTIFICATION na Marcação CE Ana Marques/Anete de Freitas - Bureau Veritas Certification

Leia mais

Prof. Cláudio ERP/CRM e Supply Chain PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

Prof. Cláudio ERP/CRM e Supply Chain PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Cláudio ERP/CRM e Supply Chain PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Sistemas de ERP Enterprise Resource Planning Pacote de ferramentas que integram toda a empresa, a grande vantagem é que os dados

Leia mais

A Certificação dos Produtos Químicos. Qualidade da Água. Ellen Martha Pritsch

A Certificação dos Produtos Químicos. Qualidade da Água. Ellen Martha Pritsch A Certificação dos Produtos Químicos como fator chave da Qualidade da Água Ellen Martha Pritsch Portaria MS 2.914 / 2011 Dispõe sobre os procedimentos de controle e de vigilância da qualidade da água para

Leia mais

PMBok x PRINCE2. Flávia David de Oliveira Gomes. Prof. Msc. Guilherme A. Barucke Marcondes. Víctor Hugo Rodrigues de Barros

PMBok x PRINCE2. Flávia David de Oliveira Gomes. Prof. Msc. Guilherme A. Barucke Marcondes. Víctor Hugo Rodrigues de Barros PMBok x Flávia David de Oliveira Gomes Instituto Nacional de Telecomunicações - Inatel flavia@cp2ejr.com.br Prof. Msc. Guilherme A. Barucke Marcondes Instituto Nacional de Telecomunicações - Inatel guilherme@inatel.br

Leia mais

Qualidade de Software e Seis Sigma. A Experiência da Motorola. Rodrigo Murta. 08-Nov-2006

Qualidade de Software e Seis Sigma. A Experiência da Motorola. Rodrigo Murta. 08-Nov-2006 Qualidade de Software e Seis Sigma A Experiência da Motorola Rodrigo Murta 08-Nov-2006 Agenda Motorola Breve Histórico Motorola no Brasil Área de P&D Desenvolvimento de Telefones Celulares Qualidade O

Leia mais

GIS technology for distribution networks Tecnologia GIS para redes de distribuição Ricardo Pinheiro

GIS technology for distribution networks Tecnologia GIS para redes de distribuição Ricardo Pinheiro GIS technology for distribution networks Tecnologia GIS para redes de distribuição Ricardo Pinheiro Gerenciamento de dados de rede de distribuição de energia com tecnologia GIS Ricardo Tiago Pinheiro Executivo

Leia mais

As Novas Formas de Financiamento da Economia

As Novas Formas de Financiamento da Economia As Novas Formas de Financiamento da Economia Francisco Fonseca Vice-Presidente ANJE 2º CONGRESSO DAS EMPRESAS E DAS ACTIVIDADES ECONÓMICAS - LISBOA O que são? Formas alternativas de financiamento incluem

Leia mais

Problemas ambientais urbanos

Problemas ambientais urbanos MEC, 4º ano, 2º sem, 2008-09 Desafios Ambientais e de Sustentabilidade em Engenharia Problemas ambientais urbanos 3ª aula Maria do Rosário Partidário CITIES ENVIRONMENT Inputs Outputs Energy Food Water

Leia mais

Tecnologia e Inovação na era da Informação

Tecnologia e Inovação na era da Informação Tecnologia e Inovação na era da Informação Cezar Taurion Executivo de Novas Tecnologias Chief Evangelist ctaurion@br.ibm.com TUDO EM TEMPO REAL TECNOLOGIA PERVASIVA E COMPUTAÇÃO SOCIAL A SOCIEDADE HIPERCONECTADA

Leia mais

Symantec & Jogos Olímpicos Rio 2016. Julho de 2015

Symantec & Jogos Olímpicos Rio 2016. Julho de 2015 Symantec & Jogos Olímpicos Rio 2016 Julho de 2015 JOGOS OLÍMPICOS 5-21 de agosto 10.500 ATLETAS DE PAÍSES 45.000 204 VOLUNTÁRIOS 25.100 PROFISSIONAIS DE MÍDIA CREDENCIADOS 6.700 INTEGRANTES DAS DELEGAÇÕES

Leia mais

w w w. c t c o m e x. c o m. b r

w w w. c t c o m e x. c o m. b r www.ctcomex.com.br A EMPRESA The company Fundada em 2009, pela associação de profissionais com expertise em Logística Internacional, Economia e Marketing. Estamos localizados na cidade de Fortaleza, na

Leia mais

H T A HTA HIGH TECHNOLOGY AERONAUTICS POTENCIAL DE CRESCIMENTO DO SETOR DE AEROPARTES - UMA VISÃO -

H T A HTA HIGH TECHNOLOGY AERONAUTICS POTENCIAL DE CRESCIMENTO DO SETOR DE AEROPARTES - UMA VISÃO - HTA HIGH TECHNOLOGY AERONAUTICS POTENCIAL DE CRESCIMENTO DO SETOR DE AEROPARTES - UMA VISÃO - H T A HTA HIGH TECHNOLOGY AERONAUTICS POTENCIAL DE CRESCIMENTO DO SETOR DE AEROPARTES - UMA VISÃO - O que mais

Leia mais

s o l u t i o n s Gestão de Projetos como uma perspectiva de alavancar negócios SPIN São Paulo 11 de Agosto, 2003

s o l u t i o n s Gestão de Projetos como uma perspectiva de alavancar negócios SPIN São Paulo 11 de Agosto, 2003 Gestão de Projetos como uma perspectiva de alavancar negócios s o l u t i o n s SPIN São Paulo 11 de Agosto, 2003 Julian J. Nakasone julianjn@nec.com.br Agenda 1. Introdução - Uma abordagem conceitual

Leia mais

Segurança dos alimentos Industria de lácteos frescos

Segurança dos alimentos Industria de lácteos frescos Segurança dos alimentos Industria de lácteos frescos Zero moment of truth Momento zero da verdade. ÁREAS DE NEGÓCIOS Lácteos frescos Nutrição Infantil Águas Nutrição Médica DANONE MUNDO Presente em

Leia mais

AUDITORIA DE SEGURANÇA DE ALIMENTOS EM TRÊS GUARNIÇÕES DO EXÉRCITO BRASILEIRO, 2005 A 2014

AUDITORIA DE SEGURANÇA DE ALIMENTOS EM TRÊS GUARNIÇÕES DO EXÉRCITO BRASILEIRO, 2005 A 2014 1 AUDITORIA DE SEGURANÇA DE ALIMENTOS EM TRÊS GUARNIÇÕES DO EXÉRCITO BRASILEIRO, 2005 A 2014 DE ANDRADE LIMA, J.R.P. 1,2 1 Exercito Brasileiro - EsFCEx / 2 University of Florida, EGH Dep. - PHHP College

Leia mais

Mapeamento entre os requisitos da ISO 9001:2008 e da ISO FDIS 9001:2015 Guia de Mapeamento

Mapeamento entre os requisitos da ISO 9001:2008 e da ISO FDIS 9001:2015 Guia de Mapeamento ISO Revisions New and Revised Mapeamento entre os requisitos da ISO 9001:2008 e da ISO FDIS 9001:2015 Guia de Mapeamento Introdução Este documento faz uma comparação entre a ISO 9001:2008 e o ISO 9001:2015

Leia mais

Administração do risco - Definição

Administração do risco - Definição Administração do risco - Definição 4 Administração de risco é o processo de minimizar: - probabilidade de ocorrência de riscos - impacto no negócio se o risco ocorrer Riscos e recompensas 4 A estratégia

Leia mais

Reunião Anual do Colégio de Indústria da Ordem dos Farmacêuticos

Reunião Anual do Colégio de Indústria da Ordem dos Farmacêuticos Generalidades Enquadramento regulamentar Origens das mudanças Tipos de mudanças Processo de controlo de modificações Notificação Avaliação Implementação Clientes, fornecedores e autoridades Mudanças rápidas

Leia mais

Usando o PRINCE2 TM como base para todos os Projetos Dezembro/ 2009

Usando o PRINCE2 TM como base para todos os Projetos Dezembro/ 2009 Usando o PRINCE2 TM como base para todos os Projetos Dezembro/ 2009 Usando o PRINCE2 TM como base para todos os Projetos Diferença entre projetos e operação O que uma organização procura em uma metodologia

Leia mais

sustentável um programa de auditoria única com o foco na supervisão dos fabricantes de produtos para a saúde. Os objetivos do MDSAP são:

sustentável um programa de auditoria única com o foco na supervisão dos fabricantes de produtos para a saúde. Os objetivos do MDSAP são: Fórum Internacional de Reguladores de Produtos para a Saúde Programa de Auditoria Única em Produtos para a Saúde Programa Piloto da Coalizão Internacional Janeiro de 2014 I. Contextualização O Fórum Internacional

Leia mais

O Banco do Futuro. Richard D. Chaves Gerente de Novas Tecnologias - Microsoft rchaves@microsoft.com http://blogs.msdn.com/rchaves

O Banco do Futuro. Richard D. Chaves Gerente de Novas Tecnologias - Microsoft rchaves@microsoft.com http://blogs.msdn.com/rchaves O Banco do Futuro Richard D. Chaves Gerente de Novas Tecnologias - Microsoft rchaves@microsoft.com http://blogs.msdn.com/rchaves Para falar de Futuro Objetivos desta sessão Apresentar a visão da Microsoft

Leia mais

Registration Form - 2013 - ALL - AMÉRICA LATINA LOGISTICA S.A. Version : 3

Registration Form - 2013 - ALL - AMÉRICA LATINA LOGISTICA S.A. Version : 3 Index: Company s Profile ALL AMÉRICA LATINA LOGÍSTICA S.A. Corporate Taxpayers ID (CNPJ/MF) 02.387.241/0001-60 Companies Registry (NIRE) 413 00 019886 Publicly-held Company REGISTRATION FORM General Information

Leia mais

Ohio University - USA

Ohio University - USA Módulo Internacional Negócios MBA Executivo Internacional Transforme seu MBA em um MBA Executivo Internacional CONVENIADA Ohio University - USA Strategic Business Leadership Com mais de 60 anos de excelência,

Leia mais

Gerenciamento de projetos SMART GRID

Gerenciamento de projetos SMART GRID Gerenciamento de projetos SMART GRID OBJETIVO Em razão da (o): Grandiosidade e complexidade dos projetos SMART GRID Contexto econômico local e global vs. QUALIDADE dos serviços públicos. p Exigências de

Leia mais

As Certificações do PMI 2015. Mauro Sotille, PMP

As Certificações do PMI 2015. Mauro Sotille, PMP As Certificações do PMI 2015 Mauro Sotille, PMP Quem somos A PM Tech é uma empresa de consultoria e treinamento que tem por missão prover desenvolvimento técnico e humano para organizações e pessoas por

Leia mais

Preposições em Inglês: www.napontadalingua.hd1.com.br

Preposições em Inglês: www.napontadalingua.hd1.com.br Preposições na língua inglesa geralmente vem antes de substantivos (algumas vezes também na frente de verbos no gerúndio). Algumas vezes é algo difícil de se entender para os alunos de Inglês pois a tradução

Leia mais

ATIVIDADES AVALIATIVAS DE INGLÊS DO PRIMEIRO BIMESTRE ENGLISH ACTIVITIES OF THE FIRST TERM

ATIVIDADES AVALIATIVAS DE INGLÊS DO PRIMEIRO BIMESTRE ENGLISH ACTIVITIES OF THE FIRST TERM GOVERNO DO CEARÁ EEM MENEZES PIMENTEL ENSINO MÉDIO / HIGH SCHOOL SÉRIE/GRADE: TURMA/GROUP: ALUNO 1: ALUNO 2: ATIVIDADES AVALIATIVAS DE INGLÊS DO PRIMEIRO BIMESTRE ENGLISH ACTIVITIES OF THE FIRST TERM PACOTI

Leia mais

KUDELSKI SECURITY DEFENSE. www.kudelskisecurity.com

KUDELSKI SECURITY DEFENSE. www.kudelskisecurity.com KUDELSKI SECURITY DEFENSE Cyber Defense Center connection for remote information exchange with local monitoring consoles Satellite link Secure Data Sharing, a data-centric solution protecting documents

Leia mais

Greenhouse Gas Protocol: Ferramentas para gestão de emissões na cadeia de valor

Greenhouse Gas Protocol: Ferramentas para gestão de emissões na cadeia de valor Greenhouse Gas Protocol: Ferramentas para gestão de emissões na cadeia de valor Rachel Biderman World Resources Institute (WRI BRASIL) rbiderman@wri.org www.wri.org Greenhouse Gas Protocol Lançado em 1998

Leia mais

QUEM SOMOS WHO WE ARE

QUEM SOMOS WHO WE ARE QUEM SOMOS A 5PM Consulting é uma empresa de consultoria que atua nos segmentos industrial, construção civil e obras de infraestrutura, fornecendo planejamento, gerenciamento e Follow Up dos empreendimentos.

Leia mais

TUTORIA INTERCULTURAL NUM CLUBE DE PORTUGUÊS

TUTORIA INTERCULTURAL NUM CLUBE DE PORTUGUÊS UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE PSICOLOGIA E DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO TUTORIA INTERCULTURAL NUM CLUBE DE PORTUGUÊS SANDRA MARIA MORAIS VALENTE DISSERTAÇÃO DE MESTRADO EM CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO Área de

Leia mais

O grande desafio é aumentar os níveis de atividade física na população em ambientes comunitários ", mas, como fazê-lo?

O grande desafio é aumentar os níveis de atividade física na população em ambientes comunitários , mas, como fazê-lo? O grande desafio é aumentar os níveis de atividade física na população em ambientes comunitários ", mas, como fazê-lo? The challenger is Increase levels of physical activity in the population in community

Leia mais

Gestão de Mudanças na BASF. Werner E. Kleiber

Gestão de Mudanças na BASF. Werner E. Kleiber Comissão Segurança de Processo - Abiquim Werner E. Kleiber Por que a Gestão de Mudanças é tão importante? Requerido para todos os sites da BASF pelo Sistema de Gestão Atuação Responsável - RCMS (Responsible

Leia mais

Framework para Rastreabilidade de Grãos com Tecnologia QR Code

Framework para Rastreabilidade de Grãos com Tecnologia QR Code Framework para Rastreabilidade de Grãos com Tecnologia QR Code Monica Cristine Scherer Vaz 1, Paulo Cézar Santana 2, Maria Salete Marcon Gomes Vaz 3 1, 2, 3 Departamento de Informática Universidade Estadual

Leia mais

Governação Novo Código e Exigências da Função Auditoria

Governação Novo Código e Exigências da Função Auditoria Novo Código e Exigências da Função Auditoria Fórum de Auditoria Interna - IPAI 19 de Junho de 2014 Direito societário e auditoria interna fontes legais 1. CSC artigo 420,º, n.º 1, i) - fiscalizar a eficácia

Leia mais

Introdução HACCP em pequenas empresas: benefício ou encargo? HACCP in small companies: benefit or burden? Eunice Taylor, 2000

Introdução HACCP em pequenas empresas: benefício ou encargo? HACCP in small companies: benefit or burden? Eunice Taylor, 2000 Escola Superior Agrária de Coimbra Mestrado Engenharia Alimentar Ano Lectivo 2011/2012 Introdução HACCP em pequenas empresas: benefício ou encargo? HACCP in small companies: benefit or burden? Eunice Taylor,

Leia mais

Produzindo Valor com Gerenciamento do Ciclo de Vida de Aplicativos Delivering Value with Application Lifecycle Management (ALM)

Produzindo Valor com Gerenciamento do Ciclo de Vida de Aplicativos Delivering Value with Application Lifecycle Management (ALM) Produzindo Valor com Gerenciamento do Ciclo de Vida de Aplicativos Delivering Value with Application Lifecycle Management (ALM) Clementino de Mendonça Senior Development Consultant Microsoft Services O

Leia mais

.: Comércio Internacional

.: Comércio Internacional .: Comércio Internacional Alcobaça Formador Margarida C. Ribeiro INDICE COMÉRCIO INTERNACIONAL-desafios da atualidade 1.-Abordagem de mercados não tradicionais Planeamento estratégico 2.-Estudo de mercado

Leia mais

Maria Rosário Bernardo, Doutoranda na Universidade de Lille Gestão de Projetos no Setor Público Desafios e Oportunidades

Maria Rosário Bernardo, Doutoranda na Universidade de Lille Gestão de Projetos no Setor Público Desafios e Oportunidades Agenda 15h00 15h15 15h45 Boas vindas e enquadramento espap A Governação de Projetos no Setor Público Melhor Estado, Maior valor entregue à sociedade Nuno Ponces de Carvalho, Perito Internacional na área

Leia mais

Alberto Fávero Ernst & Young Terco 28/05/2013

Alberto Fávero Ernst & Young Terco 28/05/2013 Alberto Fávero Ernst & Young Terco 28/05/2013 Painel Tendências e Mercado (Tecnologia / Cloud Computing) Alberto Fávero Alberto é Sócio de IT Risk & Assurance da Ernst & Young. Possui mais de 23 anos de

Leia mais

PROGRAMA COMPLIANCE VC

PROGRAMA COMPLIANCE VC Seguir as leis e regulamentos é ótimo para você e para todos. Caro Colega, É com satisfação que compartilho esta cartilha do Programa Compliance VC. Elaborado com base no nosso Código de Conduta, Valores

Leia mais

Gestão de Projetos. Introdução ao PMBOK. Hermano Perrelli de Moura hermano@cin.ufpe.br

Gestão de Projetos. Introdução ao PMBOK. Hermano Perrelli de Moura hermano@cin.ufpe.br Gestão de Projetos Introdução ao PMBOK Hermano Perrelli de Moura hermano@cin.ufpe.br Objetivos Apresentar o modelo de gerência de projetos definido pelo PMBOK. PMBOK 2 Ao final desta aula você será capaz

Leia mais

Suco de Laranja Brasileiro: O Caso Carbendazim

Suco de Laranja Brasileiro: O Caso Carbendazim Suco de Laranja Brasileiro: O Caso Carbendazim Brazilian Orange Juice: The Carbendazim Case Study Estudo de caso sobre a ação regulatória do FDA Case study on the regulatory action of the FDA Christian

Leia mais

MIT Portugal Program Engineering systems in action

MIT Portugal Program Engineering systems in action MIT Portugal Program Engineering systems in action Paulo Ferrão, MPP Director in Portugal Engineering Systems: Achievements and Challenges MIT, June 15-17, 2009 Our knowledge-creation model An Engineering

Leia mais

27/7 ENGLISH COURSE BEGINNER PROGRAMA DO CURSO

27/7 ENGLISH COURSE BEGINNER PROGRAMA DO CURSO 27/7 ENGLISH COURSE BEGINNER PROGRAMA DO CURSO DESCRIÇÃO Área de formação: Línguas Estrangeiras N.º de módulos: 3 níveis 28 módulos 72 aulas Destinatários: Adultos Duração: 12 meses 80 horas por cada nível

Leia mais

O Enfoque Comportamental na Gestão de Riscos

O Enfoque Comportamental na Gestão de Riscos O Enfoque Comportamental na Gestão de Riscos Ricardo Paulo dos Santos Engenharia de Segurança do Trabalho e Meio Ambiente ECOSORB AGENDA Por quê Gerenciar Riscos? Gerenciamento de Risco: Uma visão integrada;

Leia mais

Sistemas Integrados de Gestão Empresarial. Prof. Dr. Adilson de Oliveira Computer Engineering Ph.D Project Management Professional (PMP)

Sistemas Integrados de Gestão Empresarial. Prof. Dr. Adilson de Oliveira Computer Engineering Ph.D Project Management Professional (PMP) Sistemas Integrados de Gestão Empresarial Prof. Dr. Adilson de Oliveira Computer Engineering Ph.D Project Management Professional (PMP) Evolução da TI nas Organizações Estágios de Evolução da TI nas Organizações

Leia mais

TE1. Case de Sucesso: Implementando uma Ferramenta de Self-booking (SBT)

TE1. Case de Sucesso: Implementando uma Ferramenta de Self-booking (SBT) TE1. Case de Sucesso: Implementando uma Ferramenta de Self-booking (SBT) 02 de Fevereiro de 2009 Patrocinado por Integrantes Moderator Annie Morrisey Atlantica Hotels, Brasil Painelistas Patricia Thomas,

Leia mais

Evolução do Conceito de Logística

Evolução do Conceito de Logística CURSO: ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS COM HABILITAÇÃO EM COMÉRCIO EXTERIOR DISCIPLINA: Logística, Transportes e Seguros DOCENTE: Dd. Alberto Possetti A PERÍODO: 2º SEMESTRE/2004 Evolução do Conceito de Logística

Leia mais

Comparação das normas ISO 9001 e ISO 20000

Comparação das normas ISO 9001 e ISO 20000 Comparação das normas ISO 9001 e ISO 20000 1 Whoi am RESUME OF THE PRESENTER Coordenador de processos de Certificação na APCER Auditor ISO 9001 / ISO 27001 / ISO 20000 / SA 8000 Assessor Qweb e IQNET 9004

Leia mais

Guião A. Descrição das actividades

Guião A. Descrição das actividades Proposta de Guião para uma Prova Grupo: Ponto de Encontro Disciplina: Inglês, Nível de Continuação, 11.º ano Domínio de Referência: Um Mundo de Muitas Culturas Duração da prova: 15 a 20 minutos 1.º MOMENTO

Leia mais