Manual do Sistema Integrado de Gestão

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual do Sistema Integrado de Gestão"

Transcrição

1 MA.001-R001 N.º DE PÁGINAS: 1 DE 20

2 Índice Capítulo I Introdução... 3 Promulgação do Manual do Sistema Integrado de Gestão... 3 Organização e Gestão do Manual do Sistema Integrado de Gestão... 4 Objetivos... 4 Campo de Aplicação... 4 Estrutura... 4 Elaboração, Revisão e Aprovação... 4 Divulgação... 4 Capítulo II Apresentação da Talenter... 5 Identificação Sumária das Empresas do Grupo... 5 A Marca Talenter... 7 Historial... 7 Âmbito do Projeto... 8 Visão... 8 Missão... 9 Valores... 9 Responsabilidade Social... 9 Unidades de Negócio Serviços Prestados Organigrama Funcional Descrição de Funções Política do Sistema Integrado de Gestão Capítulo III Apresentação do Sistema Integrado de Gestão Introdução do Sistema Integrado de Gestão Âmbito da Certificação Exclusões Identificação dos Processos Sequência e Interação entre Processos Descrição Genérica dos Processos Requisitos da Documentação do Sistema Integrado de Gestão Anexos Anexo I Organigrama Funcional Anexo II Política do Sistema Integrado de Gestão MA.001-R001 N.º DE PÁGINAS: 2 DE 20

3 Capítulo I Introdução 1. Promulgação do Manual do Sistema Integrado de Gestão Face à crescente exigência do mercado em geral e dos nossos clientes em particular, bem como dos requisitos legais aplicáveis e a qualidade que se pretende para os serviços prestados a parceiros, sentiu a Administração da Talenter a necessidade de regulamentar o funcionamento e as responsabilidades de todos/as aqueles/as que colaboram de forma direta nas atividades da/s empresa/s, bem como assegurar as condições de trabalho necessárias ao bom desempenho dos/as seus/suas colaboradores/as. Para o efeito, foi decidida a implementação do Sistema Integrado de Gestão (Ambiente, Qualidade, Responsabilidade Social e Segurança e Saúde no Trabalho), que tem como principal objetivo estabelecer de forma inequívoca as funções, responsabilidades, autoridades, requisitos e outras atribuições inerentes às atividades desenvolvidas pela Talenter. O Sistema Integrado de Gestão está organizado de modo a cumprir com a regulamentação legal e normativa aplicável, assim como os demais requisitos e exigências dos clientes. Com este manual pretende dar-se uma abordagem global sobre a organização e o funcionamento do sistema implementado. A Representação da Administração para o Sistema Integrado de Gestão está a cargo de Olga Ribeiro, cuja nomeação está devidamente formalizada. Algés, 11 de Junho de 2013 A Administração, MA.001-R001 N.º DE PÁGINAS: 3 DE 20

4 2. Organização e Gestão do Manual do Sistema Integrado de Gestão 2.1. Objetivos Este manual foi desenvolvido, aprovado e publicado pela Administração da Talenter, tendo em vista os seguintes objetivos: Promulgar e descrever o seu Sistema Integrado de Gestão; Apresentar o Sistema Integrado de Gestão para fins externos e internos, tal como para demonstrar a sua conformidade com as normas de referência adotadas e com requisitos de qualidade contratualmente definidos Campo de Aplicação O Manual do Sistema Integrado de Gestão aplica-se a todos os serviços prestados pela Talenter, nomeadamente o Recrutamento & Seleção, Formação Profissional, Cedência Temporária, Outsourcing e Consultoria Estrutura O presente Manual encontra-se organizado do seguinte modo: Capítulo I Introdução Capítulo II Apresentação da Talenter Capítulo III Apresentação do Sistema Integrado de Gestão 2.4. Elaboração, Revisão e Aprovação É da responsabilidade do/a Representante da Gestão a elaboração e atualização do Manual do Sistema Integrado de Gestão, em conjugação com todos os outros departamentos da Talenter, quando necessário. É da responsabilidade da Administração a aprovação do Manual do Sistema Integrado de Gestão. O documento será revisto sempre que se verifique alterações no conteúdo de qualquer um dos seus pontos, sendo as alterações efetuadas, registadas no IM.001 Controlo de Documentos SIG Divulgação O original do Manual do Sistema Integrado de Gestão encontra-se na posse do/a Representante da Gestão e a sua divulgação é efetuada de acordo com o descrito no PR.001 Gestão Documental. MA.001-R001 N.º DE PÁGINAS: 4 DE 20

5 Capítulo II Apresentação da Talenter 1. Identificação Sumária das Empresas do Grupo Designação Social: Lusotemp Empresa de Trabalho Temporário S.A. Morada: Avenida dos Bombeiros Voluntários de Algés, N.º 28 A, Algés Data de Constituição: Forma Jurídica da Sociedade: Sociedade Anónima Capital Social: ,00 Euros N.º de Contribuinte: Atividade de cedência temporária de trabalhadores para utilização de terceiros Objeto Social: utilizadores, recursos humanos, seleção, orientação profissional e formação profissional para desempenho de funções no âmbito de quaisquer atividades. C.A.E: R3 Telefone: Contatos: Fax: E- mail: Site: Administração: César Santos, Olga Ribeiro e Manuel Santos Designação Social: Morada: Talenter Trabalho Temporário, Lda. (ex Movimen - Empresa de Trabalho Temporário, Lda.) Avenida dos Bombeiros Voluntários de Algés, N.º 28 A, Algés Data de Constituição: Forma Jurídica da d Sociedade: Sociedade por Quotas Capital Social: ,00 Euros N.º de Contribuinte: Cedência temporária de trabalhadores para utilização de terceiros utilizadores. Objeto Social: Atividades de seleção, orientação e formação profissional, consultoria e gestão de recursos humanos. C.A.E: R3 Telefone: Contatos: Fax: E- mail: Site: Gerência: César Santos, Olga Ribeiro e Manuel Santos MA.001-R001 N.º DE PÁGINAS: 5 DE 20

6 Designação Social: Morada: Talentos Plurais Serviços de Consultoria e Gestão, Lda. (ex LUSO TEMP Serviços de Consultoria e Gestão, Lda.) Avenida da Carapalha, N.º 35, Lote 72 R/C Dt.º, Castelo Branco Data de Constituição: Forma Jurídica da Sociedade: Sociedade por Quotas Capital Social: ,00 N.º de Contribuinte: a) Prestação de serviços a empresas dos setores primário, secundário, terciário e outros; b) Serviços de contabilidade, processamentos de salários e auditoria; c) Comercialização de equipamento informático e aplicações informáticas; d) Serviços de distribuição, reposição, merchandising e organização de eventos; e) Recrutamento e seleção de pessoal; Objeto Social: f) Formação e reciclagem profissional; g) Formação, qualificação e requalificação para Adultos e Jovens; h) Diagnóstico de necessidades, planeamento, conceção, desenvolvimento, organização, acompanhamento e avaliação de cursos de educação; i) Serviço de consultoria de Recursos Humanos e gestão; j) Cedência de equipamentos. C.A.E: RV3 Telefone: Contatos: Fax: E- mail: Site: Gerência: César Santos e Olga Ribeiro Designação Social: LUSO TEMP SGPS S.A. Morada: Avenida dos Bombeiros Voluntários de Algés, N.º 28 A, Algés Data de Constituição: C Forma Jurídica J da d Sociedade: Sociedade Anónima Capital Social: ,00 N.º de Contribuinte: C Objeto Social: Gestão de Participações Sociais C.A.E: RV3 Telefone: Contatos: Fax: E- mail: Site: Administração: César Santos, Manuel Santos e Olga Ribeiro MA.001-R001 N.º DE PÁGINAS: 6 DE 20

7 2. A Marca Talenter A Talenter é uma marca que associa e representa um leque de empresas portuguesas especializadas em serviços de Gestão de Pessoas. A sua filosofia de especialização setorial permite desenhar soluções à medida das necessidades e realidade concreta de cada cliente, apoiando as empresas na gestão integral ou parcial do seu ativo mais importante: as pessoas e o seu talento. Desde 2006 integra o ranking das maiores empresas nacionais e a sua pré-disposição para abraçar novos desafios faz com que seja reconhecida como um dos grupos detentores das melhores práticas de mercado. Gerida por uma equipa jovem e dinâmica, a Talenter tem uma estrutura próxima dos/as 100 colaboradores/as e nos múltiplos serviços que disponibiliza, estão envolvidas cerca de pessoas, diariamente. A Talenter é resultado do empenho e talento de muitas pessoas, de várias nacionalidades e habilitações profissionais. Ao longo de mais de 13 anos de atividade, estiveram ligadas à Talenter pessoas, cerca de 90 nacionalidades, com mais de 400 profissões. 3. Historial Quando idealizaram este projeto, os sócios fundadores acreditaram na oportunidade de constituir uma empresa de gestão de pessoas que dinamizasse o setor privado do emprego, assumindo-se como um projeto de rutura com o modus operandi dominante. Esta visão assentava na perceção da necessidade de humanização das relações laborais, na qualidade do serviço e de uma nova ética empresarial, como fatores que determinariam o seu sucesso. Este projeto teve o seu início com a atribuição do alvará n.º 307/00 à Lusotemp Empresa de Trabalho Temporário, em agosto de Inicialmente a Lusotemp apostou no Trabalho Temporário para o setor da Construção Civil, mas a partir de 2007 teve início uma estratégia de diversificação setorial e de serviços, acentuada com a criação da marca Talenter, apresentada publicamente no dia 13 de Dezembro de Durante estes anos, a Talenter tem assumido um papel ativo na estruturação da sua área de intervenção e na melhoria do nível de serviço, nomeadamente em setores como o da Construção Civil, Hotelaria e Telecomunicações, promovendo a empregabilidade de milhares de candidatos/as e fidelizando parcerias comerciais que se têm revelado duradouras. Ao longo destes quase treze anos de atividade, a Talenter passou por diversas fases determinantes: ( ) O Crescimento Através de uma estratégia assente na especialização, rapidamente a Talenter, inicialmente Lusotemp, assumiu-se como uma referência no setor da Construção Civil em Portugal e atingiu um crescimento exponencial, tendo, em 2004, um volume de negócios que já atingia os 18 milhões de euros. ( ) A Implantação Nacional Em 2005, com a abertura das Delegações de Faro e do Funchal, a Lusotemp iniciou o processo de implementação nacional. Este manteve-se nos anos posteriores, com a abertura das Delegações do Porto e MA.001-R001 N.º DE PÁGINAS: 7 DE 20

8 Entroncamento (2006), de Coimbra (2007), de Beja e Ponta Delgada (2008). Hoje está presente em 14 das principais cidades nacionais. Esta dispersão nacional permitiu-nos sustentar o crescimento que ocorreu na 1ª fase, possibilitando ainda a sua duplicação: em 2008 registámos um volume de negócios de cerca de 37 milhões de euros. Em face das várias empresas já existentes, no final de 2007, foi constituída a Lusotemp SGPS, S.A. ( ) Diversificação Setorial e de Serviços A diversificação setorial teve início em 2007, com a entrada no setor da Hotelaria. Em 2008 começámos a trabalhar com a PT, na área dos Contact Centers e em 2009 na Indústria. Este processo acentuou-se em 2010 e 2011, com a entrada nos setores da Banca, Seguros, Saúde, Distribuição e Retalho. Para esta mudança contribui a aquisição da Movimen, a 1 de Janeiro de 2009; o lançamento da Talenter Academy, no dia 19 de Março de 2010; a compra da carteira de clientes da Themporário (Grupo CRH) em Janeiro de 2011 e o arranque do projeto de Outsourcing de Vendas do MEO (PT), em Outubro de Na mesma data, foi constituída a Talenter Gmbh, em Frankfürt. Neste ano, o grupo atingiu os 41 milhões de euros de volume de negócios. Em Março de 2013, e continuando numa lógica de diversificação de serviços, a Talenter passou a deter duas novas áreas de serviços - o Talenting Field Marketing (Talenting Brand s Emotions, Talenting Events Support e Talenting Field Sales) e as Talenting Facilities, ambas a serem estruturadas em toda a sua extensão. 4. Âmbito do Projeto Desde o início que a Talenter é mais que um projeto empresarial, reflexo da forma como se relaciona com os seus Candidatos/as, Colaboradores/as, Clientes ou com a Sociedade em geral, nomeadamente na sua visão de lucro, que extravasa a perspetiva meramente quantitativa do mesmo. Desta forma, o projeto Talenter manifesta-se em várias dimensões, que com o decorrer do tempo vieram a afirmar-se decisivas para sua a sustentabilidade. Atualmente a Talenter procura afirmar-se nos seguintes planos: Económico Talenting Business Social Talenting Society Cultural Talenting Youniverse Investigação Talenting Research 5. Visão A Talenter acredita que a Gestão de Pessoas é, sobretudo, uma gestão de diferentes tipos de talento, pois todas as áreas profissionais pressupõem o encontro das pessoas com o perfil e qualidades talento mais adequadas para ocupar determinada função. Ou seja, a Talenter assume-se em contraponto a uma visão economicista do trabalho como fator produtivo, para abraçar uma nova visão: a das pessoas e do seu talento enquanto fator competitivo. MA.001-R001 N.º DE PÁGINAS: 8 DE 20

9 Neste sentido, o projeto Talenter está assente na convicção de que a Gestão do Talento é a melhor forma de contribuir para a excelência da performance organizacional, traduzindo-se na criação de valor e em vantagem competitiva para as empresas. É com base nesta talentosofia que propomos uma abordagem inovadora ao setor privado do emprego, assente na importância do talento e na especialização setorial como forma de apresentar as melhores soluções na gestão de pessoas. 6. Missão A missão da Talenter visa desenhar e apresentar um conjunto de serviços e metodologias, ao nível da captação, desenvolvimento e retenção de talentos, como forma a contribuir para uma verdadeira implementação de uma filosofia de Gestão de Talentos. Numa perspetiva mais social, a Talenter pretende investir na valorização das pessoas, promovendo o emprego e contribuindo para uma sociedade mais competitiva e socialmente mais desenvolvida. 7. Valores Os nossos valores revelam aquilo em que acreditamos, traduzem a nossa identidade e refletem a imagem socioeconómica deste projeto. Proofessionalism Profissionalismo e Competência Uma atitude proactiva e competente orientada para um serviço de elevado padrão de qualidade, gerador de sentimentos de confiança e preferência. Occupassion Paixão pelas Pessoas e pelo Mundo do Trabalho A paixão no que se faz é a única forma de promover o desenvolvimento pessoal e profissional das pessoas e criar condições para fomentar a qualidade e a criatividade numa sociedade da inovação. Wemotional Approach Relação Gratificante entre a Empresa, Colaboradores e Clientes A nossa postura assenta numa forte componente relacional como forma de aumentar a perceção da realidade e de confiança das pessoas nas organizações. Sempre que possível, a Talenter deve promover a partilha de experiências positivas e entusiasmantes com os/as seus/suas Candidatos/as, Colaboradores/as e Clientes. 8. Responsabilidade Social A Talenter desde sempre assumiu uma forte preocupação com a humanização das relações pessoais, sendo hoje mais do que um projeto empresarial. Nessa perspetiva, empreendemos, desenvolvemos e coparticipamos num conjunto diverso e gratificante de projetos e parcerias de Responsabilidade Social, dos quais destacamos: MA.001-R001 N.º DE PÁGINAS: 9 DE 20

10 Designação do Projeto / Parceria Global Compact Network Portugal Apresentação do Projeto ou Parceria A 16 de Dezembro de 2010 subscrevemos os dez princípios orientadores da Global Compact Network Portugal, que tem por propósito contribuir para a divulgação, implementação e dinamização do United Nations Global Compact, em Portugal. Esta iniciativa de cidadania empresarial, foi lançada pelas Nações Unidas em 2000 e assenta em dez princípios universais que versam sobre os direitos humanos, laborais, ambientais e de combate à corrupção. Projeto HELPIN (Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados) Ponto Imigrante (Gabinete de Apoio Local) Talenting Club Get2Work Conquiste o seu Emprego! Workshops Gratuitos Santa Casa da Misericórdia da Amadora (SCMA) O ACNUR tem a missão de garantir a proteção internacional e a procura de soluções duráveis para os problemas dos cerca de 45 milhões de refugiados no mundo, assegurando a salvaguarda dos seus direitos e da sua sobrevivência. A 22 de Julho de 2008, a Talenter assinou um protocolo com o ACNUR relativamente a este projeto (HELPIN) para Portugal e, desde então, apoia esta causa urgente, numa parceria assente em donativos financeiros, equipamentos, disponibilização de recursos e no acesso a todos os cursos de formação. Uma contribuição que permite ao ACNUR reunir alguns dos meios fundamentais para continuar a responder às necessidades mais prementes dos refugiados, nomeadamente, a sua integração adequada, eficaz e em tempo útil. É uma iniciativa que nasce da forte preocupação da Talenter na adequada integração, no mercado de trabalho e na sociedade, de cidadãos/ãs provenientes das diversas culturas e nacionalidades. Surge no contexto da parceria Vamos Utopiar, no âmbito da iniciativa comunitária EQUAL (com o ACIDI, AMRT, GRAAL e AGP). Em Novembro de 2006, em parceria direta com o ACIDI Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural, I.P., foi aberto este gabinete, localizado nas instalações da Talenter em Algés, disponibilizando serviços que vão desde a Regularização, Saúde, Formação Profissional, Emprego, Habitação ao Empreendedorismo, entre outras áreas. Trata-se duma iniciativa, criada em 2006, por um grupo informal de colaboradores/as que, organizam atividades que promovem o convívio e a partilha de experiências sociais, culturais e lúdicas, procurando humanizar relações, através da criação de laços de amizade em contextos informais. Criados em 2008, pretendem fazer descobrir aos/às candidatos/as, outros caminhos para a sua empregabilidade, através da experiência e conhecimentos da Talenter sobre a melhor forma de se diferenciarem num processo de seleção, fazendo a interligação com as ofertas formativas e de emprego. É uma das parcerias recentes (de Março de 2013) que se centra na maximização das sinergias entre as duas entidades no âmbito da formação, no que concerne à ampliação dos percursos qualificantes e profissionalizantes de público vulnerável e na aquisição de competências específicas dos/as trabalhadores/as da SCMA. A facilitação da empregabilidade desse público vulnerável que frequente a Formação Profissional é outro aspeto central, comprometendo-se a Talenter a identificar outras oportunidades formativas gratuitas bem como oportunidades de candidaturas conjuntas, disseminando igualmente boas práticas para este público (e.g. Congressos ou Seminários). ISU Instituto de Solidariedade e Cooperação Universitária Com o objetivo de facilitar o processo de integração de cidadãos/ãs desempregados/as acompanhados/as por esta instituição, em 2010, nasce esta parceria que se traduz na inclusão desses/as candidatos/as nos processos de recrutamento, na inscrição em cursos de formação profissional (gratuitos) e na realização de entrevistas (em contexto real) aos/às jovens que procuram um primeiro emprego. MA.001-R001 N.º DE PÁGINAS: 10 DE 20

11 Designação do Projeto / Parceria Centro da Sagrada Família, em Algés (Fundação da Obra Social das Religiosas Dominicanas Irlandesas) Casa das Culturas (Câmara Municipal de Oeiras) Apresentação do Projeto ou Parceria A parceria surge em 2006 como forma a facilitar processos de integração de candidatos/as a emprego, acompanhados/as por este centro, nos processos de recrutamento em aberto na Talenter. Tem havido uma saudável colaboração em workshops de procura de emprego e no encaminhamento frequente de cidadãos/ãs imigrantes para apoio nos processos de legalização (ou outros) através do Ponto Imigrante, visando a posterior integração no mercado de trabalho. Iniciada em 2010, a parceria com a Casa das Culturas em Paço de Arcos, tenta facilitar o processo de integração dos/as cidadãos/ãs desempregados/as acompanhados/as por esta entidade, quer através da inclusão nos processos de recrutamento para emprego quer através da inscrição em cursos de formação realizados na Talenter. Projeto de Interculturalidade (Câmara Municipal de Oeiras) Em Abril de 2010 e até meados de 2012, a Talenter participou neste projeto que incluiu atividades como os workshops Desperta o Teu Talento, que decorreram nas Escolas Secundárias Luis Freitas Branco, em Oeiras e Aquilino Ribeiro, em Porto Salvo (dirigidas aos/ás alunos/as do 9º e 12º ano); a realização de workshops Valorizar para Integrar que visaram o promover o desenvolvimento de competências técnicas e pessoais dos/as participantes para facilitar a sua inserção no mercado de trabalho e a realização de uma Conferência sobre Empregabilidade, realizada no Centro Comercial Alegro no final de 2011, bem como workshops "Replicar para Integrar" onde se pretendeu pôr a falar empresas com empresas, replicando boas práticas. Comissão Social da Junta de Freguesia de Algés A Talenter está, desde final de 2010, na rede de entidades que constituem a Comissão Social da Junta de Freguesia de Algés, participando ativamente na procura de soluções para os diversos problemas sociais, tendo a sua ação uma especial incidência na redução da problemática do desemprego da freguesia através da divulgação das ofertas de emprego e de cursos de formação junto das entidades parceiras. ACA - Associação Conversa Amiga AMRT - Associação de Melhoramentos e Recreativo do Talude JRS - Serviço Jesuíta aos Refugiados Portugal Em 2012, em parceria com a ACA, a Talenter encetou uma colaboração próxima no seu projeto Um Sem- Abrigo, Um Amigo através da divulgação de ofertas de emprego e apoio específico a alguns/mas cidadãos/ãs como, por exemplo, a elaboração de Curriculum Vitae. Numa perspetiva de facilitar o processo de integração dos cidadãos/ãs desempregados/as acompanhados/as pela AMRT no mercado de trabalho, a Talenter procura igualmente integrar os/as cidadãos/ãs nos processos de recrutamento para vagas de emprego e nos cursos de formação, em aberto. Esta parceria de 2010 tem como objetivo facilitar o processo de integração dos cidadãos desempregados acompanhados pela JRS quer através da inclusão nos processos de recrutamento para vagas de emprego na Talenter quer através da inscrição em cursos de formação. MA.001-R001 N.º DE PÁGINAS: 11 DE 20

12 9. Unidades de Negócio Determinada a oferecer um serviço inovador e ajustado às múltiplas motivações do mercado, a Talenter estrutura a sua atividade em cinco unidades de negócio, às quais correspondem diferentes setores de atividade. Composta por equipas de consultores especializados e qualificados por unidade de negócio, a Talenter promove o talento de acordo com a natureza específica de cada área. A elevada qualidade e especialização do serviço Talenter aplica-se a todas as áreas, o que proporciona às empresas dos vários quadrantes soluções adaptadas à gestão das suas pessoas. Apoiamos as empresas na gestão e valorização do seu talento, através de uma oferta diversificada de serviços especializados, transversais às diferentes unidades de negócio. Talenting Mobility Unidade orientada para as áreas de Transportes, Armazenagem e Embalagem, Distribuição e Logística. Numa economia globalizada, onde as atividades de armazenamento, logística e transportes (terrestres, marítimos, ferroviários e aéreos) são verdadeiros motores de desenvolvimento económico, a Talenter coloca ao seu dispor soluções especializadas de gestão de pessoas. A aposta no recrutamento, seleção e avaliação de desempenho eficazes, que conduzam a um serviço eficiente, rápido e cumpridor de objetivos, constituem as grandes prioridades da Talenter nos sectores que compõem esta unidade de negócio. Talenting Management Unidade dedicada às áreas de TI s e Comunicação, Gestão, Banca e Seguros, Jurídico e Administrativo, Arquitetura e Engenharia, Investigação e Publicidade e Educação e Formação. Em sectores cujo core business é a prestação de serviços, a Talenter coloca à disposição dos seus parceiros, profissionais qualificados e capazes de elevados níveis de desempenho, apoiando na identificação, desenvolvimento e valorização de quadros médios e superiores. Dispomos de soluções no recrutamento e seleção especializados, na avaliação de desempenho e na gestão de carreiras. De forma a garantir a total eficiência dos serviços prestados, a Talenter investe, fortemente, na qualificação técnica dos/as colaboradores/as e na componente tecnológica dos processos. Talenting Welcome Unidade especializada nas áreas de Comércio e Aluguer, Hotelaria e Restauração, Contact Center, Relações Públicas e Turismo, Artes, Espetáculos e Diversão. A importância que um serviço personalizado e especializado assume nesta unidade de negócio, justifica a nossa aposta no recrutamento, formação e avaliação de desempenho de pessoas com especial talento para o atendimento e acolhimento ao cliente. Desenvolvemos formação inicial e contínua, especialmente dedicada a estas áreas, de forma a colaborar sempre com os melhores profissionais. Neste âmbito, dispomos de um menu de formações como MA.001-R001 N.º DE PÁGINAS: 12 DE 20

13 Atendimento Presencial, Restaurante e Banquetes e Técnicas de Vendas, que nos permite responder com um serviço qualificado e ajustado às expectativas dos clientes. Talenting Health Care Unidade vocacionada para a área da Saúde, Serviços Sociais, Desporto, Beleza e Bem-Estar. A importância da relação estabelecida entre os/as profissionais e utentes destes setores caracteriza esta unidade de negócio. Porque os/as utilizadores/as destes serviços são, na sua maioria, pessoas que pretendem promover o seu bem-estar, a Talenter tem como preocupação central conciliar, em cada colaborador/a, o perfeito equilíbrio entre o perfil técnico e o perfil humano, necessários para a prestação de um serviço habilitado e focalizado no bem-estar dos/as utentes. Para o efeito, a Talenter dispõe de baterias de avaliação que permitem aceder a dimensões psicológicas relevantes para o exercício de funções nestas áreas, bem como, de um conjunto de atividades de orientação e ações de formação profissional, destinados a identificar e desenvolver os/as profissionais mais talentosos/as para exercerem funções nestas áreas. Talenting Energy Unidade que atua nas áreas de Agricultura e Pescas, Indústria, Energias e Ambiente, Construção Civil e Obras Públicas, Reparação e Manutenção e Segurança. Tendo iniciado a sua atividade com a colocação de colaboradores/as para a construção civil, sector onde hoje é líder, e, posteriormente, ingressado no setor da indústria, onde detém igual know-how e experiência, a Talenter disponibiliza um leque diversificado de oportunidades e soluções para os diferentes setores da força-energia. Para responder às necessidades específicas dos/as colaboradores/as e clientes que atuam nestas áreas, dispomos de uma equipa especializada no recrutamento e seleção de colaboradores/as e na formação profissional, nomeadamente, em Higiene e Segurança na Construção Civil e Tecnologias e Sistemas Industriais. Dado este universo ser caracterizado pela pluralidade de nacionalidades dos/as colaboradores/as envolvidos, a Talenter proporciona um serviço de apoio totalmente gratuito: o Ponto Imigrante, que tem como objetivo fomentar a adequada integração, no mercado de trabalho e na sociedade, de colaboradores/as das mais diferentes culturas e nacionalidades. 10. Serviços Prestados Recrutamento & Seleção Conforme o perfil solicitado, despoletamos a técnica que melhor responde, recebemos e fazemos a triagem de candidaturas e disponibilizamos ao cliente a short list dos/as candidatos/as considerados mais indicados para ocupação da vaga de emprego. Esta avaliação decorrer de processos assentes nas mais exigentes práticas de mercado, onde a qualidade, experiência e transparência são crivos fundamentais. MA.001-R001 N.º DE PÁGINAS: 13 DE 20

14 Formação Profissional Acreditados pela DGERT desenvolvemos cursos de formação certificados, que conciliam as expectativas das empresas com a necessidade dos/as colaboradores/as em adquirir novas competências. A Talenter Academy assume um papel ativo na formação dos/as profissionais, partilhando com os clientes colaboradores/as qualificados, experientes e em contínua reciclagem de conhecimento. Cedência Temporária O recurso ao trabalho temporário é a resposta mais eficaz para algumas das necessidades sentidas pelas empresas, como a rápida substituição de colaboradores/as, acréscimos pontuais de atividade, eventos e atividades sazonais ou projetos de carácter não duradouro. A nossa implantação a nível nacional permitenos partilhar com os clientes uma base de dados de milhares de candidatos/as, dos mais diversos perfis e sectores de atividade. Outsourcing Sabemos a importância e o impacto que a correta alocação dos diversos recursos internos tem na rentabilidade das organizações. Em consonância com esta realidade, somos fortemente especializados em serviços de Outsourcing que visam apoiar os nossos clientes nalguns dos processos que compõem a sua gestão de pessoas, como as Provas de Grupo, Entrevistas, Avaliação Psicológica, Gestão Contratual, Processamento de Salários, Gestão da Formação Profissional, Avaliação de Desempenho e de Clima Organizacional. No que ao Outsourcing de Serviços respeita, a Talenter disponibiliza as soluções do Talenting Field Marketing (Promoções & Merchandising; Eventos e Equipas Comerciais) e o Talenting Facilities (Limpezas e Manutenção), permitindo, assim, que as empresas se focalizem no que lhes é mais importante: o seu core business, estratégia e principais competências. Consultoria Acreditamos que uma correta e ajustada gestão de pessoas exercem influência direta na produtividade, eficiência e eficácia das organizações, conduzindo a desempenhos de excelência. Diferenciamo-nos pela capacidade de adaptação e pelo acompanhamento personalizado de equipas especializadas por sector de atividade. Desta forma, proporcionamos aos nossos parceiros todo o apoio no diagnóstico de necessidades organizacionais, na identificação e avaliação de talentos, na elaboração, implementação, monitorização e avaliação de ações no âmbito da gestão de talentos. 11. Organigrama Funcional A Talenter está organizada funcionalmente de acordo com o organigrama em anexo ao Manual do Sistema Integrado de Gestão (Anexo I Organigrama Funcional). MA.001-R001 N.º DE PÁGINAS: 14 DE 20

15 12. Descrição de Funções As funções constantes do organigrama anexo encontram-se documentadas no Manual de Funções sob a forma de cartas de função, estando estas disponíveis aos/às colaboradores/as através da sua publicação na rede informática interna da Talenter. 13. Política do Sistema Integrado de Gestão A Política do Sistema Integrado de Gestão encontra-se descrita em documento anexo ao Manual do Sistema Integrado de Gestão (Anexo II Política do sistema Integrado de Gestão). MA.001-R001 N.º DE PÁGINAS: 15 DE 20

16 Capítulo III Apresentação da Talenter 1. Introdução do Sistema Integrado de Gestão Neste capítulo é feita uma apresentação global do Sistema Integrado de Gestão implementado nas empresas utilizadoras da marca Talenter e o seu enquadramento com as normas de referência Âmbito da Certificação O Sistema Integrado de Gestão implementado na Talenter aplica-se às seguintes empresas: Lusotemp - SGPS, S.A. Lusotemp Empresa de Trabalho Temporário S.A. Talenter Trabalho Temporário, Lda. Talentos Plurais Serviços de Consultoria e Gestão, Lda Exclusões No âmbito da sua atividade, a Talenter considera como aplicável a totalidade dos requisitos normativos presentes nas normas NP EN ISO 9001:2008; NP EN ISO 14001:2012; OHSAS 18001/NP 4397 e SA Identificação dos Processos A Talenter identificou, numa fase inicial, todos os seus processos mas, até ao momento, só foi possível implementar os processos principais do seu Sistema Integrado de Gestão, de acordo com os requisitos da Norma NP EN ISO 14001:2012: Planeamento e Gestão do SIG Melhoria do SIG Auditorias Internas Gestão Documental Gestão SHST e Ambiente Comunicação Gestão de Recursos Humanos Internos MA.001-R001 N.º DE PÁGINAS: 16 DE 20

17 1.4. Sequência e Interação entre Processos Seguidamente é apresentada a sequência e interação de todos os processos do Sistema Integrado de Gestão da Talenter : PLANEAMENTO E GESTÃO DO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO Gestão Comercial Recrutamento & Seleção Trabalho Temporário Formação Profissional Outsourcing Consultoria Comunicação Financeiro Infraestruturas Gestão Documental Legal Parcerias Recursos Humanos Internos SHST & Ambiente MELHORIA DO SIG AUDITORIAS INTERNAS Todos os processos são comuns às várias empresas do grupo, acima identificadas. As atividades constituintes de cada processo, bem como as responsabilidades de execução e documentos de suporte a cada atividade, estão definidos nos procedimentos associados a cada processo. A medição e monitorização dos processos do SIG da Talenter é efetuada no IM.004 Mapa de Indicadores. A Talenter, no âmbito da sua atividade, pode recorrer a serviços subcontratados para a execução de trabalhos ao nível da Formação Profissional, Consultoria e Outsourcing. Estes trabalhos subcontratados são controlados: a) Através de contratos estabelecidos com todos os prestadores de serviços, que definem claramente os requisitos a seguir na execução dos trabalhos; b) Pelo desempenho dos prestadores de serviços que é alvo de avaliação segundo critérios pré definidos. MA.001-R001 N.º DE PÁGINAS: 17 DE 20

18 1.5. Descrição Genérica dos Processos Processo Planeamento e Gestão do SIG PR.002 Objetivo Estabelecer a metodologia a seguir no planeamento e revisão periódica do Sistema Integrado de Gestão de forma a contribuir para uma adequada implementação do mesmo, no respeito pela política de gestão e objetivos definidos. Melhoria do SIG PR.011 Definir a metodologia a seguir na análise e tratamento de não conformidades e reclamações, bem como estabelecer a metodologia a seguir na implementação de ações corretivas, preventivas e oportunidades de melhoria. Auditorias Internas PR.010 Estabelecer a metodologia a seguir no planeamento, execução e seguimento das auditorias internas ao Sistema Integrado de Gestão da Talenter. Gestão Documental PR.001 Estabelecer métodos de atuação que garantam que toda a documentação do Sistema Integrado de Gestão se encontra atualizada, aprovada e que está disponível nos locais de utilização, bem como todos os registos associados são alvo de adequada preservação e controlo. Gestão SHST e Ambiente PR.003 PR.004 PR.017 PR.018 Definir a metodologia a seguir a nível do planeamento, implementação, avaliação de todos os aspetos funcionais relacionados com o Ambiente e SHST. Comunicação PR.012 Definir a metodologia de comunicação interna e externa, de forma a garantir que toda a informação pertinente seja comunicada para os distintos stakeholders (partes interessadas) no âmbito do Sistema Integrado de Gestão. Gestão de Recursos Humanos Internos PR.005 Definir a metodologia das atividades inerentes à Gestão de Recursos Humanos Internos e assegurar que estas pessoas têm um bom desempenho e que contribuem para alcançar os objetivos da/s empresa/s Requisitos da Documentação do Sistema Integrado de Gestão O Sistema Integrado de Gestão da Talenter é suportado por um conjunto de documentos, coerentes com a política e objetivos da Talenter e com a/s própria/s norma/s de referência, cuja importância e nível de abrangência se encontra hierarquizado da seguinte forma: MANUAIS PROCEDIMENTOS INSTRUÇÕES DE TRABALHO IMPRESSOS E REGISTOS MA.001-R001 N.º DE PÁGINAS: 18 DE 20

19 Tipo Manuais (MA) Procedimentos (PR) Instruções de Trabalho (IT) Impressos (IM) Descrição Condensam e descrevem de forma global vários processos do Sistema Integrado de Gestão. Exemplo máximo é o Manual do SIG, que apresenta a Talenter e o seu sistema de gestão, descrevendo de uma forma global, os processos existentes. Estabelecem as metodologias utilizadas para o cumprimento de determinados requisitos normativos fundamentais para o funcionamento do SIG. É todo o documento que visa auxiliar a execução de atividades através de uma apresentação visual e de leitura simples e rápida. Podem ser tabelas de processo, instruções de execução, etc. Visam auxiliar os/as colaboradores/as a registar as suas atividades, fornecendo, após preenchimento, evidência (prova ou registo) objetiva de atividades realizadas ou de resultados obtidos. Toda a documentação que faz parte do SIG da Talenter encontra-se referida no IM.001 Controlo de Documentos SIG e todas as alterações efetuadas na documentação do SIG são realizadas de acordo com o definido no procedimento PR.001 Gestão Documental. MA.001-R001 N.º DE PÁGINAS: 19 DE 20

20 MA.001-R001 N.º DE PÁGINAS: 20 DE 20

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL 1. O GRUPO MULTIPESSOAL 1.1. Princípios Éticos 1.2. Missão, Visão e Valores 2. ÁREAS DE NEGÓCIO 2.1. Service m & Sourcing m 2.2. Msearch m 2.3. Upgrade m 2.4. Medical m 2.5.

Leia mais

IDENTIFICAÇÃO. Titulo: Sistema de Gestão da Qualidade CMSeixal MANUAL DE GESTÃO V09. Sistema de Gestão da Qualidade

IDENTIFICAÇÃO. Titulo: Sistema de Gestão da Qualidade CMSeixal MANUAL DE GESTÃO V09. Sistema de Gestão da Qualidade IDENTIFICAÇÃO Titulo: Sistema de Gestão da Qualidade CMSeixal MANUAL DE GESTÃO V09 Código: CMSeixalSGQ_2600204_ManualGestaoV09 Destinatários: Trabalhadores, Munícipes e Utentes da CMSeixal Campo de aplicação:

Leia mais

Capítulo Descrição Página

Capítulo Descrição Página MANUAL DA QUALIIDADE ÍNDICE Capítulo Descrição Página 1 Apresentação da ILC Instrumentos de Laboratório e Científicos, Lda Dados sobre a ILC, sua história, sua organização e modo de funcionamento 2 Política

Leia mais

Melhoria do desempenho ambiental - implementação do Sistema de Gestão Ambiental

Melhoria do desempenho ambiental - implementação do Sistema de Gestão Ambiental Melhoria do desempenho ambiental - implementação do Sistema de Gestão Ambiental 1 Melhoria do desempenho ambiental implementação do Sistema de Gestão Ambiental A Caixa Geral de Depósitos (CGD) tem implementado

Leia mais

Manual do Sistema de Gestão Integrado MSGI-01

Manual do Sistema de Gestão Integrado MSGI-01 Manual de Acolhimento LogicPulse Technologies, Lda. Índice PROMULGAÇÃO... 3 1. INTRODUÇÃO... 4 2. OBJETIVOS DO MANUAL... 4 3. APRESENTAÇÃO DA LOGICPULSE TECHNOLOGIES... 5 4. ORGANOGRAMA ORGANIZACIONAL...

Leia mais

S L O T HUMAN RESOURCES PRESENTATION

S L O T HUMAN RESOURCES PRESENTATION S L O T HUMAN RESOURCES PRESENTATION A SLOT Constituída em Dezembro de 2005 no âmbito da estratégia do Grupo LAS Louro Aeronaves e Serviços, LAS, Lda., a SLOT Empresa de Trabalho Temporário, Lda., criou

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE CAPITAL HUMANO

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE CAPITAL HUMANO ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE CAPITAL HUMANO ABERTURA A People & Skills foi criada para responder às necessidades de um mercado cada vez mais apostado em desenvolver e consolidar competências que garantem

Leia mais

Manual do Sistema de Gestão da Qualidade

Manual do Sistema de Gestão da Qualidade Formamos Pessoas! Concebemos Soluções! Manual do Sistema de Gestão da Qualidade Elaborado por Revisto por Aprovado por GT-ISO GT-ISO DT 17 de Novembro de 2011 Código do Documento : MP_DG_MSGQ Versão 2.1

Leia mais

Portugal Brasil Moçambique Polónia

Portugal Brasil Moçambique Polónia www.promover.pt www.greatteam.pt Portugal Brasil Moçambique Polónia QUEM SOMOS - Prestamos serviços técnicos de consultoria de gestão e formação nos diversos setores da economia. - Presentes em Lisboa,

Leia mais

PROPOSTA DE CONSULTADORIA MAIS BENEFÍCIOS

PROPOSTA DE CONSULTADORIA MAIS BENEFÍCIOS SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE ALBUFEIRA 2014 PROPOSTA DE CONSULTADORIA MAIS BENEFÍCIOS Uma consultadoria eficaz e rentável vocacionada para fornecer às empresas serviços integrais de formação e recrutamento.

Leia mais

Valorização & Inovação no Comércio Local: Experiências & Instrumentos de Apoio

Valorização & Inovação no Comércio Local: Experiências & Instrumentos de Apoio Valorização & Inovação no Comércio Local: Experiências & Instrumentos de Apoio Iniciativas Inovadoras de Formação e Qualificação Profissional para o Comércio CIM Alto Minho 30 de junho de 2015 Missão Sucesso

Leia mais

SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO

SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO PÓS-GRADUAÇÃO/ESPECIALIZAÇÃO EM SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO QUALIDADE, AMBIENTE, SEGURANÇA E RESPONSABILIDADE SOCIAL FORMAÇÃO SGS ACADEMY PORQUÊ A SGS ACADEMY? Criada, em 2003, como área de negócio da

Leia mais

Projeto de Alteração ao Regulamento do Programa de Apoio ao Investimento Nota Justificativa

Projeto de Alteração ao Regulamento do Programa de Apoio ao Investimento Nota Justificativa Projeto de Alteração ao Regulamento do Programa de Apoio ao Investimento Nota Justificativa O Regulamento do Programa de Apoio ao Investimento entrou em vigor a 15/01/2015, após aprovação pela Câmara Municipal

Leia mais

PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICA

PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DO FUNDÃO + ESCOLA + PESSOA PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICA 2013-2017 Agrupamento de Escolas do Fundão Página 1 Perante o diagnóstico realizado, o Agrupamento assume um conjunto de prioridades

Leia mais

2011/07/07 MQ-01/02 01/02-2011/07/07

2011/07/07 MQ-01/02 01/02-2011/07/07 MQ-01/02 01/02-2011/07/07 2011/07/07 NOTA: No caso de imprimir este documento, o mesmo passa automaticamente a Cópia Não Controlada ; a sua utilização implica a confirmação prévia de que corresponde à

Leia mais

COMMUNICATION ON PROGRESS

COMMUNICATION ON PROGRESS COMMUNICATION ON PROGRESS (COP) 2014 1. Declaração de Compromisso Esta é a primeira comunicação de Progresso (COP) que fazemos abrangendo o período de Dezembro de 2013 a Dezembro de 2014. Quero reforçar

Leia mais

Alimentamos Resultados

Alimentamos Resultados Alimentamos Resultados www..pt Somos uma equipa que defende que cada empresa é única, tem as suas características e necessidades e por isso cada projeto é elaborado especificamente para cada cliente. Feed

Leia mais

GUIA DO VOLUNTÁRIO. Sociedade Central de Cervejas

GUIA DO VOLUNTÁRIO. Sociedade Central de Cervejas GUIA DO VOLUNTÁRIO Sociedade Central de Cervejas ÍNDICE 1. A RESPONSABILIDADE SOCIAL NA SCC: O NOSSO COMPROMISSO... 3 2. O NOSSO COMPROMISSO COM O VOLUNTARIADO... 4 2.1 A ESTRUTURAÇÃO DO VOLUNTARIADO EMPRESARIAL...

Leia mais

em - Corporate Reporting (1.ª Edição) Executive Master

em - Corporate Reporting (1.ª Edição) Executive Master www. indeg. iscte-iul. pt EXPERIÊNCIA DE IMERSÃO AVANÇADA NO STATE OF THE ART E NAS ALTERAÇÕES MAIS RECENTES NAS TEMÁTICAS, NORMATIVAS E MÉTODOS DE REPORTE INTEGRADO DAS ORGANIZAÇÕES VISANDO UM DESEMPENHO

Leia mais

Plano de Atividades e Orçamento 2016 UDIPSS SETÚBAL

Plano de Atividades e Orçamento 2016 UDIPSS SETÚBAL Plano de Atividades e Orçamento 2016 ÍNDICE Plano de Atividades e Orçamento 2016 ÍNDICE... 1 1. MENSAGEM DA DIRECÇÃO... 2 2. VISÃO, MISSÃO E VALORES... 3 3. OBJETIVOS ESTRATÉGICOS (atividades/ações)...

Leia mais

A NORMA PORTUGUESA NP 4427 SISTEMA DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS REQUISITOS M. Teles Fernandes

A NORMA PORTUGUESA NP 4427 SISTEMA DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS REQUISITOS M. Teles Fernandes A NORMA PORTUGUESA NP 4427 SISTEMA DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS REQUISITOS M. Teles Fernandes A satisfação e o desempenho dos recursos humanos em qualquer organização estão directamente relacionados entre

Leia mais

O COMPROMISSO DE UMA INSTITUIÇÃO

O COMPROMISSO DE UMA INSTITUIÇÃO O COMPROMISSO DE UMA INSTITUIÇÃO Bem-vindo aos Programas Executivos do ISAG. A experiência adquirida ao longo dos anos e a atualização de conceitos, permitiu ao ISAG European Business School desenvolver

Leia mais

MANUAL DA QUALIDADE. Pág. 1 de 15. Actuar. Verifica r. Data: 09/05/2011 Edição: 01 Revisão: 00 Entrada em vigor:

MANUAL DA QUALIDADE. Pág. 1 de 15. Actuar. Verifica r. Data: 09/05/2011 Edição: 01 Revisão: 00 Entrada em vigor: MANUAL DA QUALIDADE Pág. 1 de 15 Planear Realizar Actuar Verifica r Rubrica: Rubrica: MANUAL DA QUALIDADE Pág. 2 de 15 INDICE: CAP. 1 - MANUAL DE GESTÃO DA QUALIDADE 1.1. - Objectivo 1.2. - Âmbito e exclusões

Leia mais

4 07-09-2011 Revisão geral acordo ortográfico. 5 04-07-2013 Revisão geral e alteração do mapa de processos

4 07-09-2011 Revisão geral acordo ortográfico. 5 04-07-2013 Revisão geral e alteração do mapa de processos Elaborado por GQ: Aprovado Por: Cópia Controlada Nº Cópia Não Controlada Revisão Data Descrição Alteração 0 2004/11/30 Emissão 1 21-06-2008 Revisão Geral 2 08-01-2009 Revisão Geral 3 13-10-2010 Revisão

Leia mais

Cercipenela Manual de Gestão da Qualidade

Cercipenela Manual de Gestão da Qualidade Cercipenela Manual de Gestão da Qualidade I ÍNDICE I - Índice II - Lista de revisões efectuadas 3 III - Lista de abreviaturas 4 IV - Introdução 1. Confidencialidade 5 2. Referências 5 3. Promulgação 5

Leia mais

O SEU PARCEIRO NA ÁREA DE RECURSOS HUMANOS

O SEU PARCEIRO NA ÁREA DE RECURSOS HUMANOS O SEU PARCEIRO NA ÁREA DE RECURSOS HUMANOS QUEM SOMOS Em Maio de 2013, a PeopleConquest Recursos Humanos, foi criada para desenvolver um projeto inovador, que irá ter como principal atividade a prestação

Leia mais

XLM Innovation & Technology

XLM Innovation & Technology 01. APRESENTAÇÃO DA EMPRESA 2 01. Apresentação da empresa A XLM, sedeada em Aveiro, iniciou a sua atividade em 1995. Nesta data, a sua área de atuação cingia-se à venda, instalação e assistência técnica

Leia mais

Neves & Freitas Consultores, Lda.

Neves & Freitas Consultores, Lda. A gerência: Cristian Paiva Índice 1. Introdução... 3 2. Apresentação... 4 2.2 Missão:... 4 2.3 Segmento Alvo... 4 2.4 Objectivos... 5 2.5 Parceiros... 5 2.6 Organização... 5 3. Organigrama da empresa...

Leia mais

REGULAMENTO DA REDE DE PERCEÇÃO E GESTÃO DE NEGÓCIOS DO PROGRAMA IMPULSO JOVEM. CAPÍTULO I Âmbito de aplicação

REGULAMENTO DA REDE DE PERCEÇÃO E GESTÃO DE NEGÓCIOS DO PROGRAMA IMPULSO JOVEM. CAPÍTULO I Âmbito de aplicação REGULAMENTO DA REDE DE PERCEÇÃO E GESTÃO DE NEGÓCIOS DO PROGRAMA IMPULSO JOVEM CAPÍTULO I Âmbito de aplicação Artigo 1.º Objeto O presente Regulamento define o regime de acesso aos apoios concedidos pelo

Leia mais

www.highskills.pt geral@highskills.pt PT: 00351 217 931 365 AO: 00244 94 112 60 90 MZ: 00258 821 099 522

www.highskills.pt geral@highskills.pt PT: 00351 217 931 365 AO: 00244 94 112 60 90 MZ: 00258 821 099 522 Apresentação... 3 Como Empresa... 3 A nossa Visão... 3 A nossa Missão - A SUA VALORIZAÇÃO, A NOSSA MISSÃO!... 3 Os nossos Valores... 3 Porquê fazer um Curso de Especialização?... 4 Formação Certificada...

Leia mais

XXVIII. Qualidade do Novo Edifício Hospitalar ÍNDICE

XXVIII. Qualidade do Novo Edifício Hospitalar ÍNDICE XXVIII Qualidade do Novo Edifício Hospitalar ÍNDICE 1. Sistema de gestão de qualidade... 2 1.1 Objectivos do sistema... 2 1.2 Estrutura organizativa... 4 1.2.1 Organização interna... 4 1.2.2 Estrutura

Leia mais

Fazer hoje melhor do que ontem. Manual da Qualidade. Versão 19 de 20100122

Fazer hoje melhor do que ontem. Manual da Qualidade. Versão 19 de 20100122 Fazer hoje melhor do que ontem Manual da Qualidade Índice Parte 1 - Estrutura da organização Breve enquadramento histórico Organograma Parte 2 - Personalidade da organização Modelo de enquadramento da

Leia mais

Álvara nº119/93. Trabalho Temporário CCOP Metalomecânica UM PARCEIRO QUE ENTENDE DO SEU NEGÓCIO. www.grupospt.com

Álvara nº119/93. Trabalho Temporário CCOP Metalomecânica UM PARCEIRO QUE ENTENDE DO SEU NEGÓCIO. www.grupospt.com Álvara nº119/93 Trabalho Temporário CCOP Metalomecânica UM PARCEIRO QUE ENTENDE DO SEU NEGÓCIO www.grupospt.com A SPT A SPT é uma empresa certificada pela norma ISO 9001:2008 no âmbito do recrutamento,

Leia mais

Tipologia de Intervenção 6.4

Tipologia de Intervenção 6.4 Documento Enquadrador Tipologia de Intervenção 6.4 Qualidade dos Serviços e Organizações Acções de consultoria inseridas no processo que visa conferir uma certificação de qualidade às organizações que

Leia mais

Associação de Paralisia Cerebral de Guimarães Manual de Gestão da Qualidade

Associação de Paralisia Cerebral de Guimarães Manual de Gestão da Qualidade Associação de Paralisia Cerebral de Guimarães Manual de Gestão da Qualidade I ÍNDICE I - Índice II - Lista de revisões efetuadas III - Lista de abreviaturas IV - Introdução 1. Confidencialidade 2. Referências

Leia mais

O Fórum Económico de Marvila

O Fórum Económico de Marvila Agenda O Fórum Económico de Marvila A iniciativa Cidadania e voluntariado: um desafio para Marvila A Sair da Casca O voluntariado empresarial e as políticas de envolvimento com a comunidade Tipos de voluntariado

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE

MANUAL DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE DO SISTEMA DE GESTÃO Pág. 2 de 16 Se está a receber este documento, isto já significa que é alguém especial para a UEM Unidade de Estruturas Metálicas SA. Convidamo-lo

Leia mais

CÓPIA NÃO CONTROLADA MANUAL DE GESTÃO

CÓPIA NÃO CONTROLADA MANUAL DE GESTÃO MANUAL DE GESTÃO FERNANDES & PÁGINA 2 / 18 ÍNDICE PÁG. 1. PROMULGAÇÃO 3 2. APRESENTAÇÃO DA ORGANIZAÇÃO 4 3. CAMPO DE APLICAÇÃO 11 4. POLÍTICA DA FERNANDES & 12 5. SISTEMA DE GESTÃO 13 FERNANDES & PÁGINA

Leia mais

Plano de Ação. Benéfica e Previdente

Plano de Ação. Benéfica e Previdente Plano de Ação 2015 Benéfica e Previdente Mensagem da Administração Objetivos Estratégicos para 2015 Plano de Ação 2015 Desenvolvimento Associativo Apoio ao Associado Lazer Abrigo da Geira Residências de

Leia mais

O programa assenta em três eixos determinantes:

O programa assenta em três eixos determinantes: São vários os estudos europeus que apontam para um défice crescente de recursos especializados nas tecnologias de informação. Só em Portugal, estima-se que estejam atualmente em falta 3.900 profissionais

Leia mais

MANUAL DE Gestão da. Qualidade

MANUAL DE Gestão da. Qualidade MANUAL DE Gestão da Qualidade Resposta Social: Estrutura Residencial para Idosos Prestamos Serviços de Qualidade Aldeia de S. Sebastião ADCS Aldeia de S. Sebastião, Largo da Igreja nº6 6355-041 Aldeia

Leia mais

Gestão de Instalações Desportivas

Gestão de Instalações Desportivas Gestão de Instalações Desportivas Ambiente, Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho Módulo 10 sessão 3 Gestão de Instalações Desportivas 1.3. Sistemas integrados de qualidade, ambiente e segurança Ambiente,

Leia mais

Município de Vieira do Minho

Município de Vieira do Minho REGULAMENTO MUNICIPAL DE APOIO AO ASSOCIATIVISMO Preâmbulo O Associativismo constitui um esteio importante e singular de intervenção da sociedade civil na realização e prática de atividades de índole cultural,

Leia mais

CET. Gestão Administrativa de Recursos Humanos Secretariado de Direção e Comunicação Empresarial Técnicas de Turismo Ambiental Gestão Comercial

CET. Gestão Administrativa de Recursos Humanos Secretariado de Direção e Comunicação Empresarial Técnicas de Turismo Ambiental Gestão Comercial CET Cursos de Especialização Tecnológica Gestão Administrativa de Recursos Humanos Secretariado de Direção e Comunicação Empresarial Técnicas de Turismo Ambiental Gestão Comercial GESTÃO ADMINISTRATIVA

Leia mais

QUALIDADE NO 3.º SECTOR EXPERIÊNCIA DE CERTIFICAÇÃO DA RESPOSTA SOCIAL CRECHE. 20 de Maio 2008 Qualidade e Qualificação 3º Sector

QUALIDADE NO 3.º SECTOR EXPERIÊNCIA DE CERTIFICAÇÃO DA RESPOSTA SOCIAL CRECHE. 20 de Maio 2008 Qualidade e Qualificação 3º Sector QUALIDADE NO 3.º SECTOR EXPERIÊNCIA DE CERTIFICAÇÃO DA RESPOSTA SOCIAL CRECHE 20 de Maio 2008 Qualidade e Qualificação 3º Sector Enquadramento para a Qualidade Estratégia de Desenvolvimento; Diferenciação;

Leia mais

Comprometidos com o Futuro da Educação

Comprometidos com o Futuro da Educação Comprometidos com o Futuro da Educação Comprometidos com o Futuro da Educação Educação Assim se Constroem as Grandes Nações A educação é vital para criar uma cultura baseada na excelência. A demanda por

Leia mais

Profico Projetos, Fiscalização e Consultoria, Lda.

Profico Projetos, Fiscalização e Consultoria, Lda. Profico Projetos, Fiscalização e Consultoria, Lda. Rua Alfredo da Silva, 11B 1300-040 Lisboa Tlf. +351 213 619 380 Fax. +351 213 619 399 profico@profico.pt www.profico.pt INDICE 1. DESCRIÇÃO GERAL DA PROFICO...

Leia mais

Workshop Estratégias para Vencer Mostra de Oportunidades de Emprego

Workshop Estratégias para Vencer Mostra de Oportunidades de Emprego Workshop Estratégias para Vencer Mostra de Oportunidades de Emprego Allegro Alfragide - FNAC 26/10 às 17H00 AJUDE Associação Juvenil para o Desenvolvimento Patrícia Campaniço I&D Social Manager inovacaosocial@ajude.pt

Leia mais

Estudo de Remuneração 2015

Estudo de Remuneração 2015 2015 HUMAN RESOURCES Temporary & permanent recruitment www.pagepersonnel.pt Editorial Page Personnel ir ao encontro do talento A Page Personnel recruta para os seus clientes os melhores perfis qualificados,

Leia mais

COMPETIR CATÁLOGO DE FORMAÇÃO 2010 - PLANO FORMATIVO. www.competiracores.com. Formação e Serviços, S.A. Design www.craveirodesign.

COMPETIR CATÁLOGO DE FORMAÇÃO 2010 - PLANO FORMATIVO. www.competiracores.com. Formação e Serviços, S.A. Design www.craveirodesign. Design www.craveirodesign.com COMPETIR Formação e Serviços, S.A. www.competiracores.com CATÁLOGO DE FORMAÇÃO 2010 - PLANO FORMATIVO Quem Somos A Competir-Açores está integrada no Grupo COMPETIR e estamos

Leia mais

O desemprego como oportunidade Fundo Bem Comum

O desemprego como oportunidade Fundo Bem Comum Working Draft Last Modified 30/01/2007 18:09:06 GMT Standard Time O desemprego como oportunidade Fundo Bem Comum Conferência Mercado Laboral: A responsabilidade social das empresas em tempo de crise OJE

Leia mais

Carta de Compromisso - Centro para a Qualificação Profissional e o Ensino Profissional

Carta de Compromisso - Centro para a Qualificação Profissional e o Ensino Profissional Carta de Compromisso - Centro para a Qualificação Profissional e o Ensino Profissional 1024036 - PROFIFORMA, GABINETE DE CONSULTADORIA E FORMAÇÃO PROFISSIONAL, LDA Missão É missão do CQEP Profiforma: -

Leia mais

APRESENTAÇÃO DA NOVA POLÍTICA DE INCENTIVOS 2014-2020 SISTEMA DE INCENTIVOS PARA A COMPETITIVIDADE EMPRESARIAL COMPETIR +

APRESENTAÇÃO DA NOVA POLÍTICA DE INCENTIVOS 2014-2020 SISTEMA DE INCENTIVOS PARA A COMPETITIVIDADE EMPRESARIAL COMPETIR + APRESENTAÇÃO DA NOVA POLÍTICA DE INCENTIVOS 2014-2020 SISTEMA DE INCENTIVOS PARA A COMPETITIVIDADE EMPRESARIAL COMPETIR + Ponta Delgada, 28 de Abril de 2014 Intervenção do Presidente do Governo Regional

Leia mais

SIALM Sistema de Incentivos de Apoio Local a Micro empresas. CCDRC, 14 fevereiro 2013

SIALM Sistema de Incentivos de Apoio Local a Micro empresas. CCDRC, 14 fevereiro 2013 SIALM Sistema de Incentivos de Apoio Local a Micro empresas CCDRC, 14 fevereiro 2013 PROGRAMA VALORIZAR RCM n.º 7/2013, de 9/01 Valorização do território do interior e de baixa densidade demográfica e

Leia mais

SISTEMAS DE INCENTIVOS ÀS EMPRESAS

SISTEMAS DE INCENTIVOS ÀS EMPRESAS SISTEMAS DE INCENTIVOS ÀS EMPRESAS Sistema de Incentivos às Empresas O que é? é um dos instrumentos fundamentais das políticas públicas de dinamização económica, designadamente em matéria da promoção da

Leia mais

Estudo de Remuneração 2015

Estudo de Remuneração 2015 2015 COMMERCIAL & MARKETING Temporary & permanent recruitment www.pagepersonnel.pt Editorial Page Personnel ir ao encontro do talento A Page Personnel recruta para os seus clientes os melhores perfis qualificados,

Leia mais

MANUAL DA QUALIDADE SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE. Centro Social Nossa Senhora do Amparo Mirandela - Mod. PGM.18/0- Página 1 de 20

MANUAL DA QUALIDADE SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE. Centro Social Nossa Senhora do Amparo Mirandela - Mod. PGM.18/0- Página 1 de 20 SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE MANUAL DA QUALIDADE ELABORADO POR: DULCE RAMOS APROVADO POR: DIREÇÃO Data: 16/04/2014 Data: 22/04/2014 Centro Social Nossa Senhora do Amparo Mirandela - Mod. PGM.18/0- Página

Leia mais

Vencemos juntos. Apresentação da Empresa

Vencemos juntos. Apresentação da Empresa Vencemos juntos Apresentação da Empresa @ 2014 Quem Somos Missão Fornecer ferramentas e recursos, que juntos, colmatam as necessidades dos nossos Clientes tornando-os mais competitivos e eficazes. Visão

Leia mais

( Imagens a passar ) Entidade sediada no edifício da Tagus Valley / Tecnopolo Alferrarede

( Imagens a passar ) Entidade sediada no edifício da Tagus Valley / Tecnopolo Alferrarede ( Imagens a passar ) Entidade sediada no edifício da Tagus Valley / Tecnopolo Alferrarede EMPRESA A Nessundorma, criada em 15 de Julho de 2013 e certificada pela DGERT em Junho de 2014, insere-se no domínio

Leia mais

Manual da Qualidade. Logo da certificação 05-11-2014 MQ-01/09

Manual da Qualidade. Logo da certificação 05-11-2014 MQ-01/09 Logo da certificação 1 Apresentação do Instituto Politécnico de Lisboa Os Serviços da Presidência do Instituto Politécnico Lisboa (IPL) apoiam o Presidente na coordenação das atividades das várias unidades

Leia mais

Apoios às empresas no Norte 2020. Eunice Silva Valença 30.06.2015

Apoios às empresas no Norte 2020. Eunice Silva Valença 30.06.2015 Apoios às empresas no Norte 2020 Eunice Silva Valença 30.06.2015 SISTEMAS DE INCENTIVOS ÀS EMPRESAS INOVAÇÃO EMPRESARIAL EMPREENDEDORISMO QUALIFICAÇÃO DE PME INTERNACIONALIZAÇÃO DE PME I&D Produção de

Leia mais

Programas Operacionais e Sistemas de Incentivos às Empresas

Programas Operacionais e Sistemas de Incentivos às Empresas Programas Operacionais e Sistemas de Incentivos às Empresas Da União Europeia vão chegar até 2020 mais de 20 mil milhões de euros a Portugal. Uma pipa de massa, nas palavras do ex-presidente da Comissão

Leia mais

Inovação Empresarial e Empreendedorismo

Inovação Empresarial e Empreendedorismo Inovação Empresarial e Empreendedorismo Portugal 2020 Programa Operacional INFEIRA GABINETE DE CONSULTADORIA, LDA. RUA DO MURADO, 535, 4536-902, MOZELOS 227 419 350 INFEIRA.PT 0 Tipologia de Projetos Na

Leia mais

GUIA DE APOIO. Documento aprovado em sede do Conselho Diretivo Nacional da Ordem dos Engenheiros em 17 de setembro de 2013

GUIA DE APOIO. Documento aprovado em sede do Conselho Diretivo Nacional da Ordem dos Engenheiros em 17 de setembro de 2013 GUIA DE APOIO Documento aprovado em sede do Conselho Diretivo Nacional da Ordem dos Engenheiros em 17 de setembro de 2013 Gabinete de Qualificação Avenida António Augusto de Aguiar, 3D 1069-030 Lisboa

Leia mais

Projecto de Apoio ao

Projecto de Apoio ao Projecto de Apoio ao O Centro Social Paroquial Padre Ricardo Gameiro presta serviços dedicados a crianças e idosos, promovendo igualmente o apoio ao emprego e o auxílio a famílias carenciadas. O Centro

Leia mais

Responsabilidade Social Temas do Consumo Boas Práticas na Agriloja Retalho Especializado de Agricultura e Pecuária

Responsabilidade Social Temas do Consumo Boas Práticas na Agriloja Retalho Especializado de Agricultura e Pecuária Responsabilidade Social Temas do Consumo Boas Práticas na Agriloja Retalho Especializado de Agricultura e Pecuária Patrícia Garcia Diretora Recursos Humanos e Qualidade Agridistribuição, S.A. Semana da

Leia mais

AVISO. Admissão de Pessoal. (m/f)

AVISO. Admissão de Pessoal. (m/f) AVISO Admissão de Pessoal (m/f) A AJITER Associação Juvenil da Ilha Terceira pretende admitir jovens recém-licenciados à procura do primeiro emprego, para estágio no seu serviço, ao abrigo do Programa

Leia mais

EXTERNATO COOPERATIVO DA BENEDITA * Oferta Educativa Ensino Secundário

EXTERNATO COOPERATIVO DA BENEDITA * Oferta Educativa Ensino Secundário 2014 / 2015 Ano Letivo EXTERNATO COOPERATIVO DA BENEDITA * Oferta Educativa Ensino Secundário * Estabelecimento de ensino integrado na rede pública. Financiado pelo Ministério da Educação ao abrigo do

Leia mais

Como sempre, e de acordo com a nossa missão, continuaremos a dar a conhecer a Síndrome de Asperger e a APSA à sociedade em geral.

Como sempre, e de acordo com a nossa missão, continuaremos a dar a conhecer a Síndrome de Asperger e a APSA à sociedade em geral. Plano de Atividades 2016 INTRODUÇÃO O Plano de Atividades para 2016 agora apresentado tem como mote central DAR SENTIDO. Dar Sentido a tudo o que fazemos, o que nos envolve e o que envolve os outros. Centrarse-á

Leia mais

Ponto Imigrante A company s response to the socio-professional integration of immigrants Olga Ribeiro Santos*

Ponto Imigrante A company s response to the socio-professional integration of immigrants Olga Ribeiro Santos* SANTOS, Olga Ribeiro (2008), Ponto Imigrante Resposta de uma empresa para a integração sócio-profissional de imigrantes, in PEIXOTO, João (org.), Revista Migrações - Número Temático Imigração e Mercado

Leia mais

MANUAL DE GESTÃO DA QUALIDADE

MANUAL DE GESTÃO DA QUALIDADE de 19/03/2015 MANUAL DE GESTÃO DA QUALIDADE Junta de Freguesia de Ramalde 003/SGQ/00 Junta de Freguesia de Ramalde Página 1 de 21 1 INTRODUÇÃO... 3 1.1 Promulgação do Manual de Gestão da Qualidade... 3

Leia mais

Política de Produto e Serviço Caixa Geral de Depósitos. Política de Produto e Serviço

Política de Produto e Serviço Caixa Geral de Depósitos. Política de Produto e Serviço Política de Produto e Serviço Publicado em julho 2012 1 Fundada em 1876, a Caixa Geral de Depósitos (CGD) é o maior grupo financeiro nacional, atuando em diferentes áreas, designadamente na banca comercial,

Leia mais

Sistema de Incentivos à Inovação e I&DT (Sector Automóvel) Quadro de Referência Estratégico Nacional [QREN]

Sistema de Incentivos à Inovação e I&DT (Sector Automóvel) Quadro de Referência Estratégico Nacional [QREN] Sistema de Incentivos à Inovação e I&DT (Sector Automóvel) Quadro de Referência Estratégico Nacional [QREN] Frederico Mendes & Associados Sociedade de Consultores Lda. Frederico Mendes & Associados é uma

Leia mais

Procifisc Engenharia e Consultadoria, Lda.

Procifisc Engenharia e Consultadoria, Lda. 01. APRESENTAÇÃO DA EMPRESA 2 01. Apresentação da empresa, com sede em Castelo Branco, é uma empresa criada em 2007 que atua nos domínios da engenharia civil e da arquitetura. Atualmente, é uma empresa

Leia mais

T e S P. Cursos Técnicos Superiores Profissionais 2015 / 2016. Projeto candidato a co-financiamento pelo Fundo Social Europeu

T e S P. Cursos Técnicos Superiores Profissionais 2015 / 2016. Projeto candidato a co-financiamento pelo Fundo Social Europeu T e S P Cursos Técnicos Superiores Profissionais 2015 / 2016 Projeto candidato a co-financiamento pelo Fundo Social Europeu REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA REPÚBLICA PORTUGUESA UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europeu

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PARA A ECONOMIA CÍVICA PORTUGAL

ASSOCIAÇÃO PARA A ECONOMIA CÍVICA PORTUGAL ASSOCIAÇÃO PARA A ECONOMIA CÍVICA PORTUGAL MISSÃO A Associação para a Economia Cívica Portugal é uma Associação privada, sem fins lucrativos cuja missão é: Promover um novo modelo de desenvolvimento económico

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM LOGISTICA

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM LOGISTICA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM LOGISTICA ABERTURA A People & Skills foi criada para responder às necessidades de um mercado cada vez mais apostado em desenvolver e consolidar competências que garantem uma

Leia mais

gescar md-sgq-24 MD-OI-24A REV03 13/04/15

gescar md-sgq-24 MD-OI-24A REV03 13/04/15 gescar md-sgq-24 MD-OI-24A REV03 13/04/15 Ficha Técnica CARLOS MANUEL SILVA SANTOS CONTABILIDADE, AUDITORIA E GESTÃO, LDA. MARCA REGISTADA: GESCAR SEDE: Rua Dr. David Mourão Ferreira, nº 9, Apartado 80,

Leia mais

AVALIAÇÃO. Projeto Inovar com Igualdade - 2ª Edição

AVALIAÇÃO. Projeto Inovar com Igualdade - 2ª Edição AVALIAÇÃO Projeto Inovar com Igualdade - 2ª Edição 2 3 AVALIAÇÃO Impacto do Projeto Inovar com Igualdade - 2ª Edição Avaliação do Impacto - Metodologia RESULTADOS DO QUESTIONÁRIO DE AUTODIAGNÓSTICO -Visou

Leia mais

CARACTERIZAÇÃO DO PROGRAMA FORMAÇÃO-ACÇÃO PME

CARACTERIZAÇÃO DO PROGRAMA FORMAÇÃO-ACÇÃO PME CARACTERIZAÇÃO DO PROGRAMA FORMAÇÃO-ACÇÃO PME NATUREZA DO PROGRAMA O Programa Formação-Acção PME consiste num itinerário de Formação e Consultoria Especializada (Formação-Acção Individualizada), inteiramente

Leia mais

Manual do Sistema de Gestão Integrado da AEVA

Manual do Sistema de Gestão Integrado da AEVA Página 1 de 21 INDICE 1. APRESENTAÇÃO 1.1. Apresentação da AEVA 1.2. Política da Organização 1.3. Organigrama 2. SISTEMA DE GESTÃO 2.1. Âmbito 2.2. Estrutura Documental 2.3. Organização do manual 3. ABORDAGEM

Leia mais

Cada utente é um ser Humano único, pelo que respeitamos a sua pessoa, os seus ideais, as suas crenças, a sua história e o seu projecto de vida.

Cada utente é um ser Humano único, pelo que respeitamos a sua pessoa, os seus ideais, as suas crenças, a sua história e o seu projecto de vida. 1. APRESENTAÇÃO DA INSTITUIÇÃO A Casa do Povo de Alvalade foi criada em 1943, por grupo informal de pessoas, na tentativa de dar resposta às necessidades das pessoas que a esta se iam associando. Com o

Leia mais

PROGRAMA DE APOIO À IMPLEMENTAÇÃO DE PROJECTOS DE PRODUÇÃO DE ENERGIA E DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA. Selfenergy

PROGRAMA DE APOIO À IMPLEMENTAÇÃO DE PROJECTOS DE PRODUÇÃO DE ENERGIA E DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA. Selfenergy PROGRAMA DE APOIO À IMPLEMENTAÇÃO DE PROJECTOS DE PRODUÇÃO DE ENERGIA E DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA Selfenergy PARCEIRO: SCT Consulting SOLVING CHALLENGES TOGETHER Uma empresa com energia A Vivapower é uma

Leia mais

AGENDA PARA A COMPETITIVIDADE DO COMÉRCIO, SERVIÇOS E RESTAURAÇÃO 2014-2020

AGENDA PARA A COMPETITIVIDADE DO COMÉRCIO, SERVIÇOS E RESTAURAÇÃO 2014-2020 AGENDA PARA A COMPETITIVIDADE DO COMÉRCIO, SERVIÇOS E RESTAURAÇÃO 2014-2020 18 dezembro 2014 Colocar os setores do Comércio, Serviços e Restauração virado para o exterior e a liderar a retoma económica

Leia mais

Qualidade no Terceiro Sector A Importância da Certificação. 06 de Março de 2010 Hotel Fátima. Orador: Local e Data:

Qualidade no Terceiro Sector A Importância da Certificação. 06 de Março de 2010 Hotel Fátima. Orador: Local e Data: Qualidade no Terceiro Sector A Importância da Certificação 06 de Março de 2010 Hotel Fátima AGENDA I. Enquadramento da actividade da APCER II. III. Modelos de Avaliação da Qualidade das Respostas Sociais

Leia mais

Programa Operacional de Potencial Humano EIXO PRIORITÁRIO 3 GESTÃO E APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL

Programa Operacional de Potencial Humano EIXO PRIORITÁRIO 3 GESTÃO E APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL Programa Operacional de Potencial Humano EIXO PRIORITÁRIO 3 GESTÃO E APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL TIPOLOGIA DE INTERVENÇÃO 3.1.1 PROGRAMA DE FORMAÇÃO-AÇÃO PARA PME REGULAMENTO DE CANDIDATURA PARA ENTIDADES

Leia mais

ANA AEROPORTOS REDES DE CONHECIMENTO

ANA AEROPORTOS REDES DE CONHECIMENTO PARTILHAR PARTILHAR ANA AEROPORTOS REDES DE CONHECIMENTO A ORGANIZAÇÃO O sector da aviação civil, dada a sua natureza, está sujeito a regulamentação internacional, europeia e nacional, que regula e uniformiza

Leia mais

MANUAL DA QUALIDADE MANUAL DA QUALIDADE. Código: Edição: Data: Página: MQ.DQ.01 04 22.03.2010 1 de 15 MANUAL DA QUALIDADE.

MANUAL DA QUALIDADE MANUAL DA QUALIDADE. Código: Edição: Data: Página: MQ.DQ.01 04 22.03.2010 1 de 15 MANUAL DA QUALIDADE. 1 de 15 Elaborado por: Verificado por: Aprovado por: 2 de 15 ÍNDICE Promulgação pela Gerência... 3 Politica da Qualidade... 3 Missão... 4 Objectivos da Qualidade... 4 Apresentação da Empresa... 4 Elementos

Leia mais

DOSSIER DE IMPRENSA 2015

DOSSIER DE IMPRENSA 2015 DOSSIER DE IMPRENSA 2015 A Empresa A Empresa A 2VG é uma empresa tecnológica portuguesa criada em 2009, que surgiu para colmatar uma necessidade detetada no mercado das tecnologias de informação e comunicação

Leia mais

Associação Empresarial da Região de Lisboa. Uma força ao serviço das empresas

Associação Empresarial da Região de Lisboa. Uma força ao serviço das empresas Associação Empresarial da Região de Lisboa Uma força ao serviço das empresas ÁREAS DE INTERVENÇÃO INFORMAÇÃO SERVIÇOS ÀS EMPRESAS DESENVOLVIMENTO REGIONAL ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS FORMAÇÃO PROFISSIONAL INTERNACIONALIZAÇÃO

Leia mais

Análise de sustentabilidade da empresa nos domínios económico, social e ambiental

Análise de sustentabilidade da empresa nos domínios económico, social e ambiental Análise de sustentabilidade da empresa nos domínios económico, social e ambiental Estratégias adoptadas As estratégias adoptadas e o desempenho da APFF nos três domínios da sustentabilidade encontram-se

Leia mais

ACEF/1112/02397 Relatório preliminar da CAE

ACEF/1112/02397 Relatório preliminar da CAE ACEF/1112/02397 Relatório preliminar da CAE Caracterização do ciclo de estudos Perguntas A.1 a A.10 A.1. Instituição de ensino superior / Entidade instituidora: Universidade Do Minho A.1.a. Identificação

Leia mais

Apoiar Business Angels é apoiar o empreendedorismo Segunda, 17 Março 2014 12:03

Apoiar Business Angels é apoiar o empreendedorismo Segunda, 17 Março 2014 12:03 Os Business Angels são, geralmente, os primeiros investidores que o empreendedor conhece e, por isso, o seu papel é crucial nas primeiras etapas da empresa. Este é um negócio de alto risco, já que muitas

Leia mais

Finanças para Não Financeiros

Finanças para Não Financeiros www.pwc.pt/academy Finanças para Não Financeiros Academia da PwC Este curso permite-lhe compreender melhor as demonstrações financeiras, os termos utilizados e interpretar os principais indicadores sobre

Leia mais

Regulamento. Sorriso Solidário

Regulamento. Sorriso Solidário Regulamento Sorriso Solidário 0 Introdução A Santa Casa da Misericórdia de Mirandela, tem desenvolvido ao longo dos tempos, diversas iniciativas no sentido de criar condições que favoreçam o bem-estar

Leia mais

Curso Técnico de Apoio à Gestão Desportiva

Curso Técnico de Apoio à Gestão Desportiva Componente Técnica, Tecnológica e Prática Componente Científica Componente Sociocultural Morada: Rua D. Jaime Garcia Goulart, 1. 9950 361 Madalena do Pico. Telefones: 292 623661/3. Fax: 292 623666. Contribuinte:

Leia mais

Seminário. Apresentação das Conclusões. Promotor

Seminário. Apresentação das Conclusões. Promotor Seminário Apresentação das Conclusões Promotor Reuniões Técnicas Planos Estratégicos Ciclo de Debates Mobilidade e Transportes Saúde, Apoio Social, Segurança Social e Proteção Civil (Março, 2012) Educação,

Leia mais

Manual de Gestão da Qualidade

Manual de Gestão da Qualidade Manual de Gestão da Qualidade A Índice A Índice... 2 B Manual da Qualidade... 3 C A nossa Organização... 4 1 Identificação... 4 2 O que somos e o que fazemos... 4 3 Como nos organizamos internamente -

Leia mais

Políticas 2013. Sistema de Gestão da Qualidade. Gestão de Processos e Documentos. Sistema de Gestão da Qualidade. Gestão de Processos e Documentos

Políticas 2013. Sistema de Gestão da Qualidade. Gestão de Processos e Documentos. Sistema de Gestão da Qualidade. Gestão de Processos e Documentos Sistema de Gestão da Qualidade Políticas 2013 1 Índice 1. Enquadramento 2. Visão, Missão e Políticas 3. Posicionamento Estratégico 4. Políticas 5. Mapa de controlo das alterações efetuadas 2 1. Enquadramento

Leia mais