BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2"

Transcrição

1 BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 CORDILHEIRA GERENCIADOR DE SISTEMAS CGS 2.75a Alterações no cadastro da empresa: No Cadastro de Empresa/ Parâmetros/ Recursos Humanos, incluída a aba Tributos com campos para informar a data para liberação do cálculo da apuração mensal, os Códigos da Receita para emissão dos DARFs de IRRF e do PIS e Informações para o INSS, como Códigos da Previdência para emissão da GPS. Estes códigos são utilizados para apuração dos tributos na rotina Tributos/ Apuração Mensal, do módulo Cordilheira Recursos Humanos. O campo Calcular Apuração Mensal a partir de é preenchido automaticamente, nas bases já existentes, com o mês/ano da data que estiver na máquina no momento da atualização. Ele é validado no cálculo da apuração mensal para permitir executar o cálculo somente a partir do mês/ano informado neste campo, pois nas competências anteriores não eram gravados os saldos das compensações, nem efetuado o controle dos mesmos pelo sistema. Por esta razão o cálculo da apuração mensal de meses processados anteriormente pode gerar diferença nos valores dos tributos e das compensações já efetuados. Caso não existam folhas processadas anteriormente esta data pode ser alterada. Quadro: Códigos da Receita para Emissão do DARF de IRRF e de PIS: Ao atualizar o sistema, os códigos para emissão do DARF são preenchidos automaticamente, conforme abaixo: Quadro: Informações para INSS Neste quadro são informados os códigos para pagamento da GPS e parametrizado a empresa caso possua valores extras de INSS para o cálculo da GPS ou informação a Previdência Social através da SEFIP. Códigos de Pagamento para Emissão da GPS Quadro: Pagamento Mensal /13º Salário: No quadro Completa, informar os códigos de pagamento do INSS que são usados para emissão da GPS da folha mensal e do 13º salário. No quadro Exclusivo Outras Entidades informar os códigos utilizados para emissão da GPS referente a recolhimento exclusivo de outras entidades, ou seja, quando a GPS possui valores apenas no campo 09.

2 Códigos de Pagamento para Emissão da GPS - Quadro: Rescisão Complementar por Acordo/Convenção/Dissídio: Neste quadro são informados os códigos de pagamento do INSS para emissão da GPS decorrente de Rescisão Complementar do tipo Acordo/Convenção/Dissídio, que a partir desta atualização, é gerada automaticamente pela rotina Tributos/Apuração Mensal, nos meses em que há o cálculo deste tipo de rescisão. Opção: Utiliza Informação de Valores Extras Marcar esta opção se a empresa possuir informações de valores extras mensalmente, desta forma ao efetuar o cálculo da apuração dos tributos será exibido alerta caso não existam valores informados nas rotinas de Valores Extras para SEFIP, pois alguns destes valores são utilizados para o cálculo da GPS e outros para informação à Previdência Social através da SEFIP. São considerados valores extras: - Valor devido à cooperativa de trabalho - Produção Rural Pessoa Jurídica - Produção Rural Pessoa Física - Receita de Eventos Desportivos Opção: Calcula Juros na Compensação de INSS Quando marcada esta opção, ao compensar os saldos compensações de valores de INSS (Recolhimento Indevido, Retenção sobre Nota Fiscal, Salário Família e/ou Salário Maternidade de meses anteriores) são calculados juros sobre o saldo da compensação, para que seja compensado o valor atualizado, ou seja, juros + saldo, quando possível e conforme orientações da IN RFB 900, Art. 84. O cálculo é efetuado apenas para clientes da Fiscoweb, para gerar o valor é necessário ter registro e senha da FWB válidos informados no CGS em Utilitários/Configurações, desta forma o sistema se conecta com o site da Fiscoweb e busca os índices para executar o cálculo. Como é feito o cálculo dos juros: a) Base de cálculo dos juros para atualização das compensações: sempre será o saldo a compensar do tributo no mês de apuração. b) Cálculo dos juros: *1% (um por cento) no mês subsequente ao de crédito da compensação/retenção e/ou dedução; **1% (um por cento) no mês em que for efetuada a compensação mais juros SELIC, acumulados mensalmente, relativamente aos meses intermediários; Exemplo: Valor da retenção: 1.000,00 Data do crédito: 03/2009 Valor compensado no próprio mês: 200,00 Saldo a compensar 800,00 Valor compensado no mês seguinte (04/2009): 400,00 Saldo a compensar 400,00 Valor compensado 05/2009: 300,00 Saldo a compensar 100,00

3 Valor compensado 06/2009: 100,00 Saldo a compensar 0,00 SELIC: 04/2009 = 0,84 05/2009 = 0,77 Mês apuração GPS (Campo 06) Valor Compensado Juros Compensados 03/ ,00 200,00 0,00 04/2009* 408,00 400,00 8,00 = Saldo a compensar 05/2009** 307,36 300,00 7,36 = Saldo a Compensar 06/2009** 102,61 100,00 2,61 = Saldo a compensar * 1% mais SELIC acumulada dos meses intermediários, 100 * (1 + 0,84 + 0,77); 100,00 * 2,61 % Opção: Contabilizar Pagamento de Tributos do CRH No cadastro da Empresa / Parâmetros / Contabilização / Integração Contábil / Parâmetros incluída a opção Contabilizar Pagamento de Tributos do CRH. Quando selecionada esta opção, ao gravar o pagamento de tributos do CRH, os valores pagos são contabilizados automaticamente no CSC. 2. Informações para emissão da GRCSU e GRCSU Patronal Em Parâmetros/ Recursos Humanos/ Geral, criado o quadro Contribuição Sindical - GRCSU/GRCSU Patronal, com os seguintes campos: Capital Social da Empresa: só será permitido informar valor neste campo para o estabelecimento matriz. Para os demais estabelecimentos, o valor será replicado, e o campo desabilitado. Capital Social do Estabelecimento: o valor informado neste campo será à base de cálculo para Contribuição Sindical Patronal. Sindicato: selecionar o "Sindicato Patronal" referente ao estabelecimento. Na pesquisa desse campo exibirá apenas os sindicatos marcados com o tipo Patronal. Obrigatório apenas quando gerada a GRCSU Patronal na Apuração dos Tributos. Criada a opção Gerar GRCSU Patronal na Apuração mensal: se marcada esta opção será calculada a Contribuição Sindical Patronal em Tributos/Apuração Mensal, gerando a guia e a memória de cálculo.

4 CORDILHEIRA RECURSOS HUMANOS - CRH 2.81a MENU TRIBUTOS, NOVAS ROTINAS: 1. Compensação / Dedução INSS Esta rotina permite informar valores a compensar, na hipótese de pagamento ou recolhimento indevido ao INSS, assim como eventuais valores decorrentes de salário-família e salário-maternidade não deduzidos em época própria. Não é permitida a exclusão de valores de compensação e retenção de INSS caso exista compensação parcial ou total dos mesmos. Para que o sistema controle automaticamente as compensações de saldos já existentes é preciso cadastrar os valores destes saldos antes do cálculo da primeira apuração mensal. Ao efetuar o cadastro sempre selecionar o tipo de compensação que originou o valor e na data de crédito, se possível, informar o mês/ano de origem do valor, desta forma se optar por calcular os juros para atualização das compensações os mesmos serão calculados desde o mês/ano que originou a compensação. Caso não seja possível identificar o mês/ano que originou o saldo da compensação ao efetuar o cadastro do mesmo informar o mês anterior ao mês que será efetuado o cálculo da apuração mensal, porém desta forma os juros serão calculados a partir da data de crédito informada. Importante: para inclusão de saldo de meses anteriores, informar sempre o valor que falta para compensar, caso seja informado valor maior, ou seja, o total original sem deduzir os valores das compensações já efetuadas haverá compensação indevida. 2. Apuração Mensal Esta rotina é responsável por gerar o cálculo mensal dos tributos vinculados à Folha de Pagamento e/ou 13º salário do mês/ano de apuração, conforme os parâmetros da empresa e de cada estabelecimento. Possibilita a emissão das guias de recolhimento e da memória de cálculo, bem como protocolar as guias selecionadas, para emissão e manutenção dos protocolos no Gerenciador de Sistemas/ Módulos Extras. Tributos gerados por esta rotina: IRRF Funcionários/Diretores: Os valores de funcionários e diretores são gerados no mesmo DARF, conforme a data de pagamento parametrizada no Cadastro da Empresa. Para conferir o valor gerado na memória de cálculo é preciso somar os valores de IRRF gerados nas folhas mensais, dos processamentos 1, 2, 4 e 5, sempre de acordo com a data de pagamento e não por competência. A data de pagamento e

5 os processamentos utilizados para o cálculo do IRRF constam ao lado do nome do funcionário na memória de cálculo. - Cadastro do CNPJ/CPF no estabelecimento matriz. - Código e variação da receita no cadastro da empresa. IRRF Autônomos: É gerado um DARF para os autônomos com tipo de serviço Cessão de Imagem e outro para os demais tipos de serviços. - Cadastro do CNPJ/CPF no estabelecimento matriz. - Código e variação da receita no cadastro da empresa. PIS: Gerado DARF único com as informações do estabelecimento matriz. - Cadastro do CNPJ/CPF no estabelecimento matriz. - Código e variação da receita no cadastro da empresa. - Valor mínimo para emissão do DARF informado nas Tabelas Legais. FGTS: Como a guia para recolhimento do FGTS é emitida pelo validador SEFIP, esta rotina gera apenas a memória de cálculo do FGTS por estabelecimento ou tomador. Contribuição Sindical: O número de guias geradas depende do número de estabelecimentos e sindicatos vinculados ao estabelecimento, informados no cadastro dos funcionários. -Valores do capital social da empresa e do estabelecimento informados no cadastro do estabelecimento. -Código da entidade e categoria informadas no cadastro do sindicato laboral vinculado aos funcionários da empresa. Contribuição Sindical Patronal: O número de guias geradas depende do número de estabelecimentos e sindicatos vinculados a estes. É gerada apenas quando a opção para gerar a GRCSU Patronal na apuração mensal estiver marcada no cadastro do estabelecimento. -Código do sindicato patronal no cadastro do estabelecimento. -Valores do capital social da empresa e do estabelecimento no cadastro do estabelecimento. -Cadastro das faixas de contribuição, no cadastro do sindicato. Código da entidade e da categoria no cadastro do sindicato patronal. Outros Descontos Sindicais: Gerada apenas memória de cálculo, pois são enviadas guias específicas para o recolhimento destas contribuições. Na impressão desse relatório os valores referentes ao evento 35 são desconsiderados, pois os mesmos são listados na memória de cálculo da Contribuição Sindical. INSS - Pagamento Mensal: Apura o valor de INSS por estabelecimento, conforme os funcionários, diretores e/ou autônomos vinculados ao mesmo. Efetua automaticamente as compensações/deduções.

6 -Existência CNPJ/CEI cadastro dos estabelecimentos. -Códigos de pagamento do INSS no cadastro da empresa. -Valores extras, quando marcado no cadastro da empresa que possui. INSS Pagamento Mensal Tomador Cessão de Mão de Obra: Apura o valor de INSS agrupando os tomadores por estabelecimento, conforme o código do estabelecimento informado no cadastro dos tomadores. Neste caso o estabelecimento informado na lotação do funcionário é desconsiderado. Efetua, também, as compensações/ deduções possíveis, bem como controle de valores inferiores ao mínimo para recolhimento. É gerada uma GPS para cada estabelecimento. -Existência CNPJ/CEI cadastro dos estabelecimentos. -Códigos de pagamento do INSS no cadastro da empresa. -Valores extras, quando marcado no cadastro da empresa que possui. -Existência CNPJ/CEI cadastro dos tomadores. INSS Pagamento Mensal Tomador Obra de Construção Civil: Apura o valor de INSS por tomador de serviço (Obra). Efetua, também, as compensações/deduções possíveis, bem como controle de valores inferiores ao mínimo para recolhimento. É gerada uma GPS para cada tomador. -Existência CNPJ/CEI cadastro dos estabelecimentos. -Códigos de pagamento do INSS no cadastro da empresa. -Valores extras, quando marcado no cadastro da empresa que possui. -Existência CNPJ/CEI cadastro dos tomadores. INSS Rescisão Complementar Acordo/Convenção/Dissídio: Nos meses que há o cálculo deste tipo de rescisão, os valores de INSS destas rescisões são apurados para recolhimento em guia específica. Este tributo é apurado por estabelecimento, SEM compensação de valores. -Existência CNPJ/CEI cadastro dos estabelecimentos. -Códigos de pagamento do INSS específicos no cadastro da empresa. O estorno da apuração mensal é realizado automaticamente pelas rotinas abaixo, quando gerados novos processamentos após o cálculo da apuração, para consultar o histórico da apuração dos tributos, acessar as rotinas Tributos/ Manutenção de Tributos, botão Histórico ou Consulta/ Histórico dos Tributos. - Cadastros/ Cadastro Funcionários/ Movimentação inclusão e estorno de afastamento. - Módulos/ Adiantamento Salarial/ Cálculo e Estorno. - Módulos/ Pagamento Mensal/ Cálculo. - Módulos/ Rescisão de Contrato/ Cálculo. - Módulos/ Férias/ Normais e Coletivas. - Módulos/ 13º Salário/ Cálculo e Estorno. - Módulos/ Administração de Salários/ Complemento Salarial cálculo e estorno. - Utilitários/ Alteração de Processamento. - Utilitários/ Estorno do Cálculo da Folha.

7 - Tributos/ Apuração Mensal, recálculo dos tributos. Ao efetuar o estorno da apuração são estornados também os registros dos pagamentos e os lançamentos contábeis, caso a empresa esteja parametrizada para contabilizar o pagamento dos tributos do CRH, dos tributos estornados. A Apuração do INSS referente ao 13º salário é feita pela rotina específica em Módulos/ 13º salário ou Tributos/Apuração do INSS do 13º Salário. Os demais tributos referentes ao 13º são gerados junto com os tributos do mês de apuração, na apuração da competência na qual foi gerada a primeira parcela e na competência Apuração do INSS do 13º salário Esta rotina gera os valores de INSS referentes ao 13º salário. Depois de gerado o cálculo desta apuração, será permitido emitir a memória de cálculo para conferência do tributo e suas guias para recolhimento. Permitem também, protocolar as guias selecionadas para emissão e manutenção dos protocolos no Gerenciador de Sistemas/ Módulos Extras Esta rotina também poderá ser acessada em Módulos/13º salário. 4. Memória de Cálculo Emite relatório com informações detalhadas para conferência dos tributos apurados. 5. Guias de Recolhimento Tributos Mensais: Por esta rotina é possível emitir individualmente as guias geradas na Apuração mensal e as guias de PIS e INSS sem tomadores de serviço que foram emitidas ou visualizadas em tela, pela rotina anterior de emissão de guias em Relatórios/ Guias de Recolhimento. Para que seja possível emitir guias para recolhimento em atraso dos tributos IRRF, Contribuições Sindicais e INSS de tomadores de serviço de competências anteriores a Apuração Mensal ou de INSS sem tomadores de serviço e PIS de competências nas quais as guias não foram emitidas pelas rotinas antigas é preciso efetuar o cadastro do valor a recolher do tributo que será recolhido em atraso em Tributos/ Manutenção de Tributos. DARF para recolhimentos diversos: Emite DARF do Imposto de Renda Retido na Fonte. GPS para recolhimentos diversos: Emite guia de INSS (GPS) com base nos valores informados pelo usuário. 6. Resumo de Débitos Por esta rotina é possível emitir todas as guias, memórias de cálculo ou protocolar os tributos selecionados de uma determinada competência, caso esses

8 procedimentos não tenham sido realizados pela rotina de Apuração Mensal ou quando necessário refazê-los sem que seja preciso recalcular a Apuração Mensal. 7. Manutenção de Tributos Está rotina permite incluir valores de tributos para controle de pagamentos e reemissão das guias, de tributos gerados por outros sistemas ou apurados pelas rotinas antigas do CRH (exceto valores de INSS sem tomadores de serviços e de PIS que são importados da rotina de Manutenção de Recolhimento automaticamente). Informar nesta rotina, também, os valores de INSS de tomadores de serviços, geradas pelo CRH, inferiores ao mínimo para recolhimento que devem ser acumulados com os meses ou, de INSS/PIS gerados por outros sistemas, para que sejam controlados e acumulados automaticamente pelo sistema ao efetuar a Apuração Mensal. Essa inclusão é necessária apenas para que o sistema considere valores já existentes que não eram controlados pela emissão da GPS no CRH, os valores gerados a partir desta atualização serão controlados automaticamente. Outra finalidade é possibilitar o ajuste de valores dos tributos para pagamento em caso de diferença de centavos que podem ocorrer entre os valores gerados pelo CRH e o validador SEFIP. OS valores alterados serão considerados apenas para pagamentos dos tributos e sua contabilização. Os valores originais serão mantidos nos relatórios da folha mensal, conforme apurados pelo sistema. Como efetuar o cadastro de tributos: O cadastro de tributos é necessário para emitir guias em atraso, acumular valores inferiores ao mínimo para recolhimento (INSS/PIS) e/ou permitir o registro de pagamento de tributos gerados pelas rotinas antigas do CRH ou gerados por outros sistemas. Para efetuar o cadastro seguir os passos abaixo. Após efetuado o cadastro do tributo por esta rotina é possível emitir a guia individual do mesmo em Tributos/ Guias de Recolhimento/ Tributos Mensais, bem como efetuar o registro do pagamento do mesmo em Tributos/ Pagamento de Tributos. Em caso de cadastro de valores inferiores ao mínimo para recolhimento a partir da primeira apuração mensal executada o sistema controlará esses valores automaticamente. Estabelecimento: selecionar o estabelecimento ao qual o tributo está relacionado, no caso de IRRF e de PIS informar o estabelecimento matriz. Tributo: selecionar o tipo de tributo conforme as opções disponíveis no combo de pesquisa. Conforme o tributo selecionado é habilitado campos específicos para que sejam informados os dados necessários para emissão da guia do mesmo. Mês/Ano: informar a competência ao qual o tributo se refere. Código de Pagamento: este campo é habilitado apenas para os tributos de INSS, informar este código para correta emissão da GPS.

9 Código/Variação: campo habilitado para os tributos de IRRF e PIS deve ser informar para correta emissão do DARF. Tomador: campo habilitado apenas para os tributos vinculados a tomadores de obra de construção civil. Sindicato: campo habilitado para os tributos de Contribuição Sindical. Data de Vencimento: informar neste campo a data de vencimento do tributo, mesmo em caso de cadastro para recolhimento em atraso informar a data de vencimento original e não a data no qual será efetuado o pagamento em atraso. Valor a Recolher: informar neste campo o total líquido a recolher do tributo sem juros e multa, pois ao emitir a guia individual do tributo ou efetuar o registro do pagamento do mesmo existem campos específicos para informação dos juros e multas. Quando selecionado um dos tributos de INSS no quadro Valores Referentes ao Tributo o campo Valor a Recolher é substituído por: Segurados Valor: informar neste campo o total líquido dos segurados a recolher, ou seja, o total do valor retido de INSS de funcionário + INSS dos diretores + INSS dos autônomos todas as deduções e/ou compensações efetuadas na época da emissão da guia original. Exemplos de deduções/compensações: salário maternidade, salário família, retenções sobre notas fiscais, valor compensado de meses anteriores. Os valores informados neste campo são gerados no campo 06 da GPS. Empresa Valor FPAS e Valor RAT: informar nestes campos o total líquido referente aos valores de INSS da parte da empresa, ou seja, o percentual calculado da parte empresa todas as deduções e/ou compensações efetuadas na época. Os valores informados neste campo são gerados no campo 06 da GPS. Caso não tenha os valores do campo 06 da GPS separados por INSS parte dos segurados e INSS parte da empresa e o recolhimento do INSS seja o total da competência ao qual se refere é possível informar o total a recolher do campo 06 da GPS todo no campo Valor FPAS desta rotina. Porém se o recolhimento for parcial sugerimos informar os valores separadamente para correto controle dos valores devidos pela empresa. Outras Entidades Valor de Terceiros e Valor Salário Educação: Informar nestes campos os valores que são gerados no campo 09 da GPS, caso existam. Nos valores que são gerados nestes campos não é permitida deduções/compensações, por este motivo informar o valor total gerado na competência. Valor a Recolher: preenchido automaticamente pelo sistema conforme os valores informados nos campos acima.

10 Funcionalidades dos botões: Histórico: exibe o histórico do cadastro do tributo, bem como suas alterações caso existam, conforme a tabela de status: Código Descrição 1 Tributo incluído pelo sistema através da apuração 2 Tributo migrado pelo sistema de tabelas antigas 3 Tributo incluído pelo usuário 4 Tributo alterado pelo usuário 5 Tributo estornado pelo usuário Botão Pesquisar: abre a tela de pesquisa dos tributos gerados/cadastrados. Botão Imprimir: possibilita a emissão da relação de todos os tributos cadastrados e os gerados pela Apuração Mensal, inclusive as informações de pagamento, se houver. OBS.: No caso de inclusão de valores inferiores ao mínimo para recolhimento, os mesmos serão gravados para que sejam acumulados com a guia da próxima apuração mensal, independente de ser ou não o mês seguinte ao do acumulado. Caso existam valores acumulados já recolhidos e seja necessário incluir os valores para registro do pagamento, informar apenas à guia que acumulou os valores resultando no total a recolher igual ou superior ao mínimo para recolhimento, pois se informados valores inferiores ao mínimo será entendido que os mesmo não foram recolhidos e devem ser acumulados. 8. Relação de Tributos Por esta rotina será possível emitir a relação de todos os tributos cadastrados, inclusive com as informações de pagamento, conforme os filtros informados. 9. Pagamento de Guias Esta rotina permite registrar o pagamento dos tributos, total ou parcial, sendo possível contabilizar os pagamentos, de forma on-line, se parametrizado no cadastro da empresa. Caso a empresa esteja parametrizada para baixar os protocolos pela rotina de pagamento, ao confirmar a baixa além do registro do pagamento é efetuada, também, a baixa dos documentos e/ou protocolos dos tributos na rotina de Protocolos. Pelo botão Baixar, é possível efetuar a baixa múltipla de todos os tributos selecionados, porém sem efetuar a contabilização dos mesmos.

11 Para executar a baixa múltipla após pesquisar os tributos, assinalar quais devem ser baixados na coluna Baixa Múltipla, em seguida, clicar no botão Baixar para que os registros dos pagamentos sejam gravados. Quando efetuada a baixa múltipla ao salvar o registro do pagamento a data de vencimento é informada como data de pagamento e o valor original do tributo informado como valor pago e na baixa dos documentos nos protocolos, na rotina de Manutenção de Protocolos, as informações são gravadas como: - Recebido por = descrição do login do usuário que executou a baixa múltipla. - Data de retorno = data prevista para retorno do documento. - Observações = Documento baixado pela rotina de Pagamento de Tributos - Baixa Múltipla. OBS.: Com exceção do FGTS, para informar o pagamento dos tributos primeiro é necessário emitir a guia de recolhimento pelo sistema. A emissão da guia pode ser feita a qualquer momento após a apuração mensal. Guias emitidas com valor de multa/juros devem ser baixadas individualmente, pois neste caso a data de pagamento é posterior à data de vencimento. Utilizar a baixa múltipla para registrar o pagamento de tributos pagos anteriormente sem que tenha sido efetuado o registro destes no sistema e para baixar tributos pagos na data do vencimento sem a necessidade de contabilização dos mesmos. Alterações na rotina de Sindicatos 1. Em Cadastros/ Genéricos/ Sindicatos/ Dados Cadastrais criados campo para identificar o tipo do sindicato com as opções Laboral e Patronal, o qual será utilizado para a geração das guias de recolhimento sindical. Deverá ser efetuada manutenção nos cadastros, para os sindicatos Patronais. 2. Marcando o sindicato como Patronal será desabilitado os campos Data Base, Número de Semanas no Mês e o botão Parâmetros. Depois de preenchidos os campos obrigatórios e clicar no gravar exibem a mensagem: Deseja vincular este sindicato Patronal ao estabelecimento? SIM / NÃO. Se clicar em SIM, abre o cadastro do primeiro estabelecimento, colocando o foco no campo correspondente. Se clicar em NÃO, apenas grava o cadastro. 3. No botão Pesquisar, incluído quadro com opções de filtro por Tipo de Sindicato. Alterado também para que o filtro seja efetuado pela Sigla do sindicato e não pela Descrição. 4. No Botão Contribuição Sindical são cadastradas as faixas de contribuição sindical patronal. O cadastro dessas faixas é utilizado na Apuração Mensal de janeiro, para geração da guia GRCSU Patronal. Deverá cadastrar as faixas, por ano, de acordo com os informativos do sindicato patronal, basta preencher o valor final das faixas e a parcela a adicionar, pois as demais informações são padrões para todos os sindicatos.

12 Alterações na rotina de Contabilização: Criada às rotinas: 1. Caixa/Banco - Efetua o cadastro das contas de caixa e contas de banco que serão utilizadas na contabilização dos tributos. 2. Pagamento - Efetua o cadastro das contas contábeis e complementos de histórico que serão utilizados na contabilização dos pagamentos de tributos. 3. Em Cadastros/Contabilização/Caixa/Banco, dos módulos CEF e CRH, retirado o botão excluir, para evitar exclusões indevidas, pois este cadastro é comum entre os 02 módulos. Alterações na rotina de Tomadores: 1. Cadastro dos Tomadores Incluída opção Ativo no cadastro dos tomadores, a qual é marcada como padrão em todos os cadastros. Quando marcada permite vincular funcionários e informar valores de compensações e retenções para estes tomadores. Quando desmarcada os tomadores são considerados como Inativos e não é possível informar valores nem vincular funcionários a eles. São relacionados nas pesquisas de tomadores apenas os tomadores ativos, exceto na pesquisa do cadastro dos tomadores a qual exibe todos os tomadores cadastrados. Não é permitida a exclusão de tomadores de serviços caso existam compensações, funcionários vinculados ou rateio de dias trabalhados vinculados aos mesmos. 2. Adicionados os submenus: A) Compensação/Dedução de INSS B) Retenção de INSS s/ NF a) Compensação/Dedução de INSS Rotina similar à existente no menu Tributos/ Compensação/Dedução de INSS, porém nesta são informados valores vinculados a tomadores de serviços. Esta rotina permite informar valores a compensar, na hipótese de pagamento ou recolhimento indevido ao INSS, bem como eventuais valores decorrentes de salário-família e salário-maternidade não deduzidos em época própria, desde que vinculados a tomadores de serviço. Serão gerados automaticamente os valores de Salário Família e Salário Maternidade do mês de apuração, conforme os valores calculados na folha de pagamento de cessão de mão de obra e de obra de construção civil. Para que os valores de compensação/dedução sejam considerados na geração da GPS, os mesmos devem ser informados antes da execução da Apuração Mensal. Os valores de Compensação/Dedução de INSS, de empresa que não possui tomadores de serviço, devem ser informados na rotina específica em Tributos/ Compensação\Dedução de INSS.

13 OBS.: Informar nesta rotina somente valores que serão compensados no mês de apuração ou futuramente, valores já compensados NÃO devem ser informados, pois resultará em compensação indevida e informação para SEFIP em duplicidade. b) Retenção de INSS s/ Notas Fiscais Informar nesta rotina o valor correspondente as retenções sobre Notas Fiscais (Lei n 9.711/98) sofridas durante o mês, em relação ao tomador. Caso não seja possível compensá-las no mês de apuração o saldo remanescente será compensado automaticamente nos meses seguintes. Para que os valores de retenção sejam considerados na geração da GPS devem ser informados antes da execução da Apuração Mensal. Botão Importação: permite importar do CEF, Cordilheira Escrita Fiscal, os valores referentes ao INSS retido sobre NF informados nos lançamentos de saída. Para isso é preciso que o CNPJ do tomador de serviço, ao qual o valor será importado, seja igual ao CNPJ do destinatário informado no lançamento da nota fiscal no CEF. Para correta importação o lançamento da NF e o tomador de serviço devem estar vinculados ao mesmo estabelecimento. Ao efetuar a importação dos lançamentos, informar o mês/ano do qual serão importadas as notas fiscais no CEF. Essa informação também será utilizada como Mês/Ano de Crédito ao incluir os valores de retenção no CRH. Se houver mais que um destinatário com o mesmo número de CNPJ os valores são somados por CNPJ e informados para um único tomador no CRH. Se houver mais que um tomador ativo com o mesmo CNPJ será emitido um relatório de inconsistência para ajuste do cadastro do tomador. Caso exista importação anterior para o mês/ano informado, todas as notas já importadas serão substituídas. OBS.: Informar nesta rotina somente valores que serão compensados no mês de apuração ou futuramente, valores já compensados NÃO devem ser informados, pois resultará em compensação indevida e informação para SEFIP em duplicidade. Alterações na rotina de 13º 1. Em Módulos/ 13º Salário incluída a rotina Apuração do INSS a qual gera os valores de INSS referentes ao 13º salário. 2. Conforme análise da legislação, a opção 04 Segunda Parcela do 13º poderá ser gerada apenas na competência 12(dezembro). Folha de Autônomos

14 1. Adequado o cálculo do RPA dos autônomos das categorias 18 e 25 para que gere o valor de SEST/SENAT conforme o percentual informado no cadastro do estabelecimento. Ajustes efetuados na geração SEFIP de tomadores de serviço: 1. Adequada à geração da SEFIP de tomadores de serviço, cessão de mão de obra e obra de construção civil, para que quando houver funcionários com rescisão complementar por comissões/percentagens vinculados aos tomadores, gerar os mesmos no registro 30 com o valor apurado e informar a movimentação no registro 32 com o código "V3- Remuneração de comissão e/ou percentagens devidas após extinção de contrato de trabalho", da mesma forma que já faz na SEFIP de folha de pagamento sem tomadores. 2. Ajustadas as rotinas de Valores para Sefip, em Módulos/Tomadores de Serviços/ Cessão de Mão de obra e Obra de Construção Civil, para permitir informar valores nos campos "Produção Rural Pessoa Jurídica", "Produção Rural Pessoa Física", "Receita de Eventos Desportivos", "Origem das Receitas" e "Valor devido a cooperativas de trabalho" somente em tomadores de serviço que tenham o CNPJ igual ao do estabelecimento vinculado, ou seja, apenas se o tomador for de recolhimento da parte administrativa. Caso contrário será exibida a mensagem Conforme orientações do Manual SEFIP, para os códigos de recolhimento 150 e 155, este (s) valor (es) só pode(m) ser informado(s) quando o tomador for de recolhimento do pessoal administrativo da empresa, ou seja, quando o CNPJ do tomador for igual ao do estabelecimento vinculado. Alterações realizadas na geração da SEFIP 1. Ajustada a geração do arquivo SEFIP, para buscar os valores e o período de compensação de recolhimentos indevidos da rotina de Tributos/ Deduções\ Compensação de INSS, pois estes campos foram retirados da rotina de Valores Extras para SEFIP. 2. Incluída validação ao gerar o arquivo SEFIP para alertar caso a Apuração Mensal ainda não esteja calculada, pois para que os valores de INSS de compensação e/ou acumulados no mês sejam gerados no arquivo SEFIP é necessário que a Apuração Mensal seja calculada antes da geração do arquivo SEFIP. 3. Caso no mês/ano de geração do arquivo exista valores nas tabelas antigas (SEFIP ou SEFIP Tomador) e nas novas, serão considerados os valores das tabelas antigas, ou seja, os valores que na época foram informados na rotina de Valores Extras para SEFIP, pois como os valores de saldos para compensações devem ser inclusos nas rotinas de compensações, ao gerar arquivos retroativos poderá ocorrer esta situação. Caso seja necessário alterar os valores de retenções e compensações informados na época, após a geração do arquivo SEFIP deve-se importar o

15 arquivo para manutenção dos valores na rotina Módulos/ SEFIP/ Alteração do Arquivo/ Importação. Orientações para o reenvio do arquivo SEFIP: 1. Caso seja necessário gerar novamente o arquivo SEFIP de competências anteriores a esta atualização, nas quais os tributos não foram gerados pela rotina de Apuração de Tributos, devido à criação de rotinas específicas para o controle das compensações, os valores informados como Valor de INSS retido anteriormente, na tela antiga de emissão da GPS, deverão ser informados direto no validador SEFIP após a importação do arquivo, antes de confirmar o fechamento da SEFIP. 2. Os valores das deduções do mês referentes aos salários família e maternidade serão informados automaticamente no arquivo. Incluída a rotina de Estorno da Apuração Mensal, no menu Utilitários Esta rotina possibilita efetuar o estorno da Apuração Mensal do mês/ano informado. Ao efetuar o estorno da apuração todos os tributos da competência informada são excluídos da base de dados, bem como todos os valores compensados e/ou acumulados neste mês/ano. Quando informado mês 12, o sistema habilita o processamento 13º salário, se selecionado além de estornar os tributos do processamento 2- Pagamento Mensal é estornado também o cálculo do INSS referente ao 13º salário. O processamento Pagamento Mensal sempre aparecerá selecionado e desabilitado na rotina de estorno, inclusive para o mês 12, pois se estornada a apuração mensal da competência 13º e for efetuada alteração na folha do 13º salário, estas alterações afetam também os impostos do processamento 2, desde que o mesmo seja reprocessado. Histórico das Compensações Criados os relatórios Demonstrativo de Valores Compensados no Mês - o qual detalha os valores que foram deduzidos e/ou compensados na GPS no mês de apuração dos tributos e o Demonstrativo de Valores a Compensar - que gera o histórico das compensações, bem como o saldo dos valores que restam para compensação ou restituição futura, nos menus: - Módulos/ Tomadores/ Cessão de Mão-de-oba - Módulos/ Tomadores/ Obra de Construção Civil - Relatórios/ Compensações de INSS

16 Ajustes realizados na emissão do relatório folha mensal, de folhas com e sem tomadores de serviços a) Alterações comuns na emissão da folha mensal e no resumo da folha Módulos/ Tomadores de Serviços/ Cessão de Mão-de-obra Módulos/ Tomadores de Serviços/ Obra de Construção Civil Relatórios/ Mensais 1- Incluídos os valores de Deduções de INSS, no quadro Tributos, das Totalizações da folha. 2- Na totalização da folha de autônomos, quadro Tributos, abaixo do Valor INSS Empresa, incluído o campo Valor de INSS - Terceiros, neste campo é informado o total dos valores de SEST/SENAT existentes nos RPAs. 3- Na Totalização da Folha de Funcionários, quadro Bases de Cálculo, campo Base de INSS Empresa, alterado para desconsiderar os valores das Bases de INSS e excesso do INSS dos funcionários com as categorias 17, 18, 24 e 25. b) Alterações específicas na emissão da folha mensal e do resumo da folha - Relatórios/ Mensais 1- Para facilitar a conferência da GPS e da SEFIP, alterada a emissão dos recibos dos autônomos e diretores para que sejam gerados conforme o estabelecimento ao qual estão vinculados e somados na Totalização de cada estabelecimento. 2- No quadro Tributos, das Totalizações por Tomador, Estabelecimento e Geral, alterado para somar o Valor de Terceiros da totalização dos autônomos ao Valor de Terceiros dos funcionários. c) Alteração específica da folha de tomadores de serviços: Módulos/ Tomadores de Serviços/ Cessão de Mão-de-obra Módulos/ Tomadores de Serviços/ Obra de Construção Civil 1- Alterada a emissão da Folha Mensal de Tomadores de Serviço, em cessão de mão-de-obra e obra de construção civil para emitir as informações dos Autônomos e Diretores por tomador, para que os valores destes sejam somados nas Totalizações do tomador ao qual estão vinculados. Esta alteração visa auxiliar a conferência da GPS entre a memória de cálculo do INSS e os totais da folha mensal, pois os valores da GPS e da memória de cálculo do INSS serão gerados por tomador ou estabelecimento/tomador conforme o caso. d) Alterações específicas folha mensal tomadores cessão mão-de-obra Módulos/ Tomadores de Serviços/ Cessão de Mão-de-obra

17 1- Ajustada a emissão folha mensal para agrupar os tomadores por estabelecimento, conforme é feito na emissão da GPS, sempre considerando o código do estabelecimento informado no cadastro do tomador. 2- Incluído o filtro Estabelecimento. Quando selecionado um intervalo de estabelecimento, lista as informações dos tomadores vinculados aos estabelecimentos dentro deste intervalo. 3- Retirados do combo Classificação as opções 'Nome' e 'Código'. e) Alterações específicas folha tomadores obra construção civil - Módulos/ Tomadores de Serviços/ Obra de Construção Civil 1- Alterado o filtro de tomador, para que seja possível informar um intervalo de tomadores. 2- Retirado os filtros e mantido apenas o filtro de intervalo de funcionários. 3- Retirado os tipos de Classificação existentes e incluídas as classificações, conforme consta na emissão da folha por cessão de mão-de-obra. Nome do Tomador/ Nome Nome do Tomador/ Código Código do Tomador/ Nome Código do Tomador/ Código 4- Alterada a emissão da Folha Mensal, para que gere os funcionários por tomador, se informado mais que um tomador no intervalo de emissão, totalizar os valores dos funcionários do primeiro tomador, para em seguida emitir o segundo e assim sucessivamente. Para mais informações acesse o menu ajuda (F1) de cada rotina. Atualize seu sistema: CGS 2.75a CRH 2.81a CSC 2.70a CEF 2.87a CCP 2.65a CAB 2.95a CGE 2.13a

Recursos Humanos Rescisão Complementar

Recursos Humanos Rescisão Complementar Recursos Humanos Rescisão Complementar 1/18 Índice 1. RESCISÃO COMPLEMENTAR... 3 2. RESCISÃO COMPLEMENTAR POR ACORDO/CONVENÇÃO/DISSIDIO... 4 1.1. 1.2. 1.3. 1.4. 1.5. 1.6. PARÂMETROS... 4 SALÁRIOS RETROATIVOS

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO - CORDILHEIRA VERSÃO 2 CORDILHEIRA GERENCIADOR DE SISTEMAS - 2.48A 1 - Alterada a rotina de Backup do Sistema, em Utilitários, para que seja possível

Leia mais

Liberação de Atualização

Liberação de Atualização Liberação de Atualização Cordilheira Recursos Humanos 2.149h Criado tratamento para controle de pagamento das guias de desconto sindical: sindical patronal e sindicais diversos (contribuição assistencial,

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando o sistema

Leia mais

Cordilheira Escrita Fiscal 2.122a

Cordilheira Escrita Fiscal 2.122a LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando o sistema

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO APURAÇÃO DE TRIBUTOS RETIDOS: EMISSÃO DE DARF POR EMITENTE OU POR NOTA

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO APURAÇÃO DE TRIBUTOS RETIDOS: EMISSÃO DE DARF POR EMITENTE OU POR NOTA BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO APURAÇÃO DE TRIBUTOS RETIDOS: EMISSÃO DE DARF POR EMITENTE OU POR NOTA EMISSÃO DE DARF DE TRIBUTOS RETIDOS POR FORNECEDOR/NOTA FISCAL Para facilitar o controle dos tributos

Leia mais

TABELA FIXA CÁLCULO DE FOLHA PARA PROFESSORES

TABELA FIXA CÁLCULO DE FOLHA PARA PROFESSORES TABELA FIXA CÁLCULO DE FOLHA PARA PROFESSORES Procedimento para Cálculo de Folha de Professores Através de Tabela Fixa 1º Passo: Em Cadastros\ Genéricos Eventos, devem ser criados todos os eventos de hora

Leia mais

Cordilheira Recursos Humanos 2.101b

Cordilheira Recursos Humanos 2.101b LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando o sistema

Leia mais

Como Calcular o 13º Salário - Complementação

Como Calcular o 13º Salário - Complementação Como Calcular o 13º Salário - Complementação Número do Artigo: 2908 Classificação: Não classificado Última Atualização: Tue, Oct 10, 2017 3:06 PM Para proceder com o pagamento da segunda parcela do 13º

Leia mais

Como importar o valor da folha e do imposto INSS/CPP dos últimos 12 meses para o cálculo do Simples Nacional?

Como importar o valor da folha e do imposto INSS/CPP dos últimos 12 meses para o cálculo do Simples Nacional? Como importar o valor da folha e do imposto INSS/CPP dos últimos 12 meses para o cálculo do Simples Nacional? Através desta solução, será demonstrado quais lançamentos realizar para que sejam importados

Leia mais

Liberação de Atualização

Liberação de Atualização Liberação de Atualização (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando o sistema em seguida

Leia mais

Geração Arquivo Sped Fiscal

Geração Arquivo Sped Fiscal Luciane D. Velasques 09/11/2016 1/17 Geração Arquivo Sped Fiscal Sumário 1. Introdução:... 2 2. Importação das notas para os Livros Fiscais:... 2 3. Apuração do ICMS... 4 4. Geração do Arquivo Sped...

Leia mais

SUMÁRIO. JB Software Ltda Av. Belém, 2084 Cx Postal 42 CEP Pinhalzinho-SC Fone: Fax:

SUMÁRIO. JB Software Ltda Av. Belém, 2084 Cx Postal 42 CEP Pinhalzinho-SC Fone: Fax: SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 1 2. CADASTRO DE INFORMAÇÕES SOBRE ACORDOS, CONVENÇÕES E DISSÍDIO COLETIVOS... 1 2.1 Listagem... 1 2.2 Cadastro... 1 3. CÁLCULO DE FOLHAS NORMAIS COMPLEMENTARES... 2 3.1 Listagem...

Leia mais

Tutorial Conferência SEFIP

Tutorial Conferência SEFIP Tutorial Conferência SEFIP Antes da Conferência entre a SEFIP e a Folha, é importante observar as configurações básicas iniciais para geração correta do arquivo, inibindo a ocorrência de erros e inconsistências

Leia mais

Como realizar configuração para integração na Folha?

Como realizar configuração para integração na Folha? Como realizar configuração para integração na Folha? Os dados a seguir foram elaborados para explicar as configurações a serem realizadas para integração entre os módulos Folha e Contabilidade. 1 CONFIGURAR

Leia mais

Liberação de Atualização

Liberação de Atualização Liberação de Atualização Autônomos Efetuadas diversas alterações e novas implementações nas rotinas de Autônomos. Com estas alterações, será possível criar eventos diversos de vencimento e desconto e lançá-los

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

Liberação de Atualização

Liberação de Atualização Cordilheira Recursos Humanos 2.153A Liberação de Atualização Efetuadas diversas alterações cadastrais no sistema, relacionadas ao esocial. As alterações baseiam-se na versão 2.1 do manual do esocial. Para

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

CONCEITO DE TOMADOR DE SERVIÇOS

CONCEITO DE TOMADOR DE SERVIÇOS CONCEITO DE TOMADOR DE SERVIÇOS CADASTRO DE EMPRESAS PALETA 2.COMPLEMENTO: deverá constar o código de recolhimento da GFIP 150 (Recolhimento ao FGTS e informações a Previdência Social de empresa prestadora

Leia mais

Como simular cálculo de rescisão e férias?

Como simular cálculo de rescisão e férias? Como simular cálculo de rescisão e férias? Os dados a seguir foram elaborados para demonstrar a rotina para simular cálculos de rescisão e férias. Essa opção é válida para empregados e estagiários, exceto

Leia mais

Como Calcular o 13º Salário - Antecipação

Como Calcular o 13º Salário - Antecipação Como Calcular o 13º Salário - Antecipação Número do Artigo: 3246 Classificação: Não classificado Última Atualização: Tue, Oct 10, 2017 3:08 PM Para proceder com o pagamento da primeira parcela do 13º salário,

Leia mais

N O V I D AD E S E M E L HO RI AS E 9 4 A8

N O V I D AD E S E M E L HO RI AS E 9 4 A8 VERSÃO 008.014 NOVID AD ES E MELHORIAS E94A8 Jéssica Pinheiro 21/02/2015 2/26 NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION Versão 008.014 1. Parâmetro para configuração da forma de controle dos serviços.... 3 2. Parâmetro

Leia mais

Liberação de Atualização 4.8

Liberação de Atualização 4.8 Liberação de Atualização 4.8 Cadastro de Centro de Custo Efetuada a migração do Cadastro de Centro de Custo, do Sage Finanças, para o novo layout da Plataforma Sage. Observação: por padrão do sistema,

Leia mais

Título: Configuração para realizar integração Folha x Contabilidade

Título: Configuração para realizar integração Folha x Contabilidade Título: Configuração para realizar integração Folha x Contabilidade 1- PARÂMETROS: acesse o menu CONTROLE e clique em PARÂMETROS; 1.1- Na guia CONTABILIDADE, subguia GERAL: 1.1.1- Selecione a opção [x]

Leia mais

Cordilheira Sistema Contábil 2.85a Conciliação Contábil

Cordilheira Sistema Contábil 2.85a Conciliação Contábil LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

Fechamento Anual / Geração da DIRF

Fechamento Anual / Geração da DIRF Fechamento Anual / Geração da DIRF Fechamento Anual / Dirf Nesta versão está disponível a geração do arquivo para a entrega da Dirf 2017 (referente ao ano calendário 2016), com data de entrega até dia

Leia mais

Fechamento Anual/ Geração da RAIS

Fechamento Anual/ Geração da RAIS Fechamento Anual/ Geração da RAIS A Relação Anual de Informações Anual (RAIS) tem por objetivo: o suprimento às necessidades de controle da atividade trabalhista no País, o fornecimento de dados para a

Leia mais

SELEÇÃO DE EVENTOS PARA RECIBO À PARTE

SELEÇÃO DE EVENTOS PARA RECIBO À PARTE SELEÇÃO DE EVENTOS PARA RECIBO À PARTE Procedimentos para que sejam selecionados eventos para impressão à parte de holerith, impressão da folha mensal, impressão da relação para crédito em conta e geração

Leia mais

Controle de Financiamentos. Sumário

Controle de Financiamentos. Sumário Fernanda Klein Both 02/04/2013 008.011.0035 B13 1/8 Controle de Financiamentos Sumário 1. Objetivo... 2 2. Cadastros... 2 2.1. Instituições Financeiras... 2 2.2. Conta Corrente... 2 2.3. Linhas de Crédito...

Leia mais

NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION. Versão

NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION. Versão VERSÃO 008.017 NOVID AD ES E MELHORIAS E107A9 Jéssica Pinheiro 20/01/2016 2/24 NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION Versão 008.017 1. Envio de cópia de e-mail.... 3 2. Bloqueio de emissão de cupom fiscal com

Leia mais

Manual do Visual Practice

Manual do Visual Practice Manual do Visual Practice Cálculo de Rescisão Para efetuar cálculo de rescisão, acessar o menu Cálculos / Folha normal / rescisão. Informar Empresa e Funcionário e clicar no ícone Rescisão ou (ALT+R),

Leia mais

RECURSOS HUMANOS. Pagamentos. Cadastro de Verbas

RECURSOS HUMANOS. Pagamentos. Cadastro de Verbas RECURSOS HUMANOS Pagamentos Cadastro de Verbas Sumário Introdução... 4 1. Cadastro de Verbas.... 4 Identificação... 18 Acumulação (Configurações de acumulação)... 19 Lista de verbas... 20 São Paulo: 11

Leia mais

Liberação de Atualização

Liberação de Atualização Cordilheira Escrita Fiscal 2.174A Liberação de Atualização Criadas rotinas para possibilitar a parametrização da apuração automática do diferencial de alíquota, antecipação parcial do ICMS, e antecipação

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO CORDILHEIRA GESTÃO WEB - CGW 2.5C

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO CORDILHEIRA GESTÃO WEB - CGW 2.5C BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO CORDILHEIRA GESTÃO WEB - CGW 2.5C 1 - Monitoramento de serviços com filtro para supervisores e membros de equipes Criadas as opções Listar somente os serviços das equipes que

Leia mais

Table of Contents. WinThor 7. Index Cadastrar... Tributação de PIS/COFINS

Table of Contents. WinThor 7. Index Cadastrar... Tributação de PIS/COFINS Table of Contents WinThor 7 1 40 - Tributação... 7 4001 - Cadastrar... Tributação de PIS/COFINS 7 Visão Geral... 8 Validações Importantes... 12 Ações mais... Comuns 12 Incluir Tributação... PIS/COFINS

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Centro de Custos Sumário 1 CONCEITO... 3 2 REQUISITOS... 3 3 CONFIGURAÇÕES... 3 3.1 Permissões de Usuário... 3 3.2... 4 3.3 Empresas... 5 3.4 Motivos de Movimentação... 6

Leia mais

Emitir Notas (NFS-e) - Fly e-nota

Emitir Notas (NFS-e) - Fly e-nota Emitir Notas (NFS-e) - Fly e-nota 1. Como emitir Notas Fiscais no Fly e-nota Para emissão de NFS-e, é necessário que o prestador esteja devidamente autorizado a realizar este processo. Após acessar o módulo

Leia mais

Tutorial Prestação de Contas. Escolas

Tutorial Prestação de Contas. Escolas Tutorial Prestação de Contas Escolas 2 Sumário Prestar Contas... 3 FNDE/PDDE... 3 Receita... 6 Despesa... 8 FDE/APM... 19 Receita... 22 Despesa... 23 Modelo dos Documentos Padrão FNDE... 24 Planilha de

Leia mais

CORDILHEIRA RECURSOS HUMANOS 2.171D

CORDILHEIRA RECURSOS HUMANOS 2.171D 22/12/16 CORDILHEIRA RECURSOS HUMANOS 2.171D VALORES DE FGTS Efetuadas diversas alterações relacionadas ao demonstrativo de valores de FGTS na folha de pagamento, principalmente em relação a valores recolhidos

Leia mais

Como configurar categoria Horista Variável?

Como configurar categoria Horista Variável? Como configurar categoria Horista Variável? Os dados a seguir foram elaborados para demonstrar a rotina para configuração da folha com jornadas variáveis. 1 PARÂMETROS 1.1 Acesse o menu CONTROLE, clique

Leia mais

MANUAL CONTABILIZAÇÃO DE FOLHA DE PAGAMENTO - COMPLETO

MANUAL CONTABILIZAÇÃO DE FOLHA DE PAGAMENTO - COMPLETO PARAMETRIZAÇÃO PARA CONTABILIZAÇÃO DE FOLHA DE PAGAMENTO A rotina de parametrização pode ser acessada através dos módulos: MÓDULO FOLHA MÓDULO CONTÁBIL Primeiramente é preciso definir como será feito a

Leia mais

Manual do Visual Practice

Manual do Visual Practice Manual do Visual Practice Integração de Valores com Visual Sucessor Para integrar os valores calculados na folha com a contabilidade é necessário fazer a configuração completa como segue e escolher um

Leia mais

DESONERAÇÃO FOLHA (INSS PATRONAL)

DESONERAÇÃO FOLHA (INSS PATRONAL) DESONERAÇÃO FOLHA (INSS PATRONAL) Para que o cálculo do INSS Patronal seja realizado, favor seguir os procedimentos abaixo: 1 - No Módulo de Contabilidade, deverão ser associadas as contas Operacionais

Leia mais

Cordilheira Escrita Fiscal 2.102a SPED PIS/COFINS

Cordilheira Escrita Fiscal 2.102a SPED PIS/COFINS LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA VERSÃO 2 (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando

Leia mais

Como Cadastrar Tabelas para Cálculo de Diferença de Dissídio

Como Cadastrar Tabelas para Cálculo de Diferença de Dissídio Como Cadastrar Tabelas para Cálculo de Diferença de Dissídio Número do Artigo: 2918 Classificação: Não classificado Última Atualização: Thu, Jul 13, 2017 8:55 AM Antes de efetuar o cálculo das diferenças

Leia mais

Boletim Técnico. Rotina de Dissídio Retroativo para atender aos cálculos do INSS, FGTS e geração da SEFIP

Boletim Técnico. Rotina de Dissídio Retroativo para atender aos cálculos do INSS, FGTS e geração da SEFIP Boletim Técnico Rotina de Dissídio Retroativo para atender aos cálculos do INSS, FGTS e geração da SEFIP Ambiente Arquivos Envolvidos : SIGAGPE Versões : Protheus 7.10 e 8.11 País : GPEXCALC/ GPEM610/

Leia mais

Título: Como configurar uma empresa Lucro Real com calculo Trimestral?

Título: Como configurar uma empresa Lucro Real com calculo Trimestral? Título: Como configurar uma empresa Lucro Real com calculo Trimestral? Esta configuração é exclusiva para empresas do Lucro Real, que realizam a apuração do IRPJ e da CSLL pelo cálculo Trimestral. 1 PARÂMETROS;

Leia mais

Livros: indicar qual o Livro que será extraído as informações:

Livros: indicar qual o Livro que será extraído as informações: LF0302 - EXTRATOR SPED CONTÁBIL Executar o programa de Extrator SPED Contábil (LF0302). Esse programa tem objetivo de buscar as informações necessárias para gerar o arquivo do SPED Contábil. O arquivo

Leia mais

Manual da Lei /2012 no Consisanet/PAFNET

Manual da Lei /2012 no Consisanet/PAFNET Manual da Lei 12.241/2012 no Consisanet/PAFNET Foi implementado no sistema Consisanet os tratamentos necessários para atender ao disposto na Lei 12.741/2012. 1.0 Informação dos valores de INSS e Faturamento

Leia mais

Versão 8.3A-01. Versão Final da Apostila de Novidades

Versão 8.3A-01. Versão Final da Apostila de Novidades Versão 8.3A-01 Versão Final da Apostila de Novidades Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas

Leia mais

Treinamento Sistema Folha Union Módulo II

Treinamento Sistema Folha Union Módulo II FOLHA DE PAGAMENTO MÓDULO II - CADASTROS Folha Union> Cadastros> Empresas Cadastre as empresas (Condomínios) ou importe os dados utilizando o código do cadastro do condomínio do módulo Condominium. Informe

Leia mais

ATUALIZAÇÃO DA VERSAO Abaixo constam as alterações referentes aversão do dia 03/05/2013:

ATUALIZAÇÃO DA VERSAO Abaixo constam as alterações referentes aversão do dia 03/05/2013: ATUALIZAÇÃO DA VERSAO 06.01.00 Abaixo constam as alterações referentes aversão 06.01.00 do dia 03/05/2013: ATENÇÃO: Versões intermediarias não são de atualização obrigatório para todos os clientes, apenas

Leia mais

TUTORIAL ACERTO DE COMISSÕES

TUTORIAL ACERTO DE COMISSÕES Sumário Apresentação... 1 1. Procedimentos iniciais... 2 2. Preparar acerto de comissões... 3 3. Acertar comissões... 6 4. Fechar comissões... 9 5. Acompanhar comissões fechadas... 11 Apresentação A rotina

Leia mais

Ativo. Índice: Parâmetros Cap. 01 Carga do arquivo de bens Cap. 02 Parâmetros da filial Cap. 03 Cadastro de bens Cap.

Ativo. Índice: Parâmetros Cap. 01 Carga do arquivo de bens Cap. 02 Parâmetros da filial Cap. 03 Cadastro de bens Cap. Ativo Índice: Parâmetros Cap. 01 Carga do arquivo de bens Cap. 02 Parâmetros da filial Cap. 03 Cadastro de bens Cap. 04 Tipos de bens Depreciação Cap. 05 Cálculo mensal ativo Cap. 06 Cálculo do estorno

Leia mais

PARÂMETROS. Explicação: Efetuar os parâmetros do módulo folha de pagamento para que as rotinas a serem realizadas funcionem corretamente.

PARÂMETROS. Explicação: Efetuar os parâmetros do módulo folha de pagamento para que as rotinas a serem realizadas funcionem corretamente. PARÂMETROS Explicação: Efetuar os parâmetros do módulo folha de pagamento para que as rotinas a serem realizadas funcionem corretamente. Para realizar essa operação acesse o módulo: Folha de Pagamento.

Leia mais

GUIA SOBRE A GERAÇÃO DO ARQUIVO DIRF NO SISTEMA INTEGRADO DE PESSOAL - SIP

GUIA SOBRE A GERAÇÃO DO ARQUIVO DIRF NO SISTEMA INTEGRADO DE PESSOAL - SIP Atualização: Original........................ Página: 1 GUIA SOBRE A GERAÇÃO DO ARQUIVO DIRF NO SISTEMA INTEGRADO DE PESSOAL - SIP 1- Geração da DIRF por meio do SIP Depto. Técnico (*) (Jan 2016) Anualmente,

Leia mais

Manual Módulo Processos:

Manual Módulo Processos: Manual Módulo Processos: O que é? O módulo Processos é um sistema criado pela Domínio Sistemas, que tem por função o controle de todas as operações existentes dentro de um escritório de contabilidade,

Leia mais

Copyright Padrão ix Sistemas Abertos S/A. Todos os direitos reservados.

Copyright Padrão ix Sistemas Abertos S/A. Todos os direitos reservados. MANUAL DO USUÁRIO Copyright 2000-2017 Padrão ix Sistemas Abertos S/A. Todos os direitos reservados. As informações contidas neste manual estão sujeitas a alteração sem aviso prévio. Os nomes e dados fornecidos

Leia mais

CONTAS A PAGAR CADASTRO DE TÍTULOS A PAGAR AVULSO 339

CONTAS A PAGAR CADASTRO DE TÍTULOS A PAGAR AVULSO 339 CONTAS A PAGAR Conforme a Regras de Negócio da Empresa o Contas a Pagar pode ter os títulos gerados a partir da entrada de Notas Fiscais de entrada nos seus programas específicos ou então pelo cadastramento

Leia mais

Neste bip Adiantamento de 13

Neste bip Adiantamento de 13 Neste bip Adiantamento de 13 Adiantamento de 13... 1 Facilitadores nos lançamentos contábeis - alterado... 2 Mensagens no TRCT... 3 Regra de importação... 4 Você Sabia? Que no sistema existe um recurso

Leia mais

Como configurar integração sem separador e rateio Conforme cálculo da folha?

Como configurar integração sem separador e rateio Conforme cálculo da folha? Como configurar integração sem separador e rateio Conforme cálculo da folha? Os dados a seguir foram elaborados para explicar as configurações a serem realizadas na integração entre os módulos Folha e

Leia mais

ROTEIRO DO SIMPLES NACIONAL

ROTEIRO DO SIMPLES NACIONAL ROTEIRO DO SIMPLES NACIONAL Explicação: Empresas enquadradas no regime de tributação do Simples Nacional poderão apurar o imposto seguindo as rotinas apresentadas abaixo. 1. Cadastro de empresa 2. Parâmetros

Leia mais

Imposto de Renda Anual e DIMOB Sami ERP++

Imposto de Renda Anual e DIMOB Sami ERP++ Imposto de Renda Anual e DIMOB Sami ERP++ Atualize o módulo do Aluguel (ALUGUEL.EXE) para efetuar os processos necessários para acúmulo dos valores do IRRF e posteriormente a geração do arquivo para importação

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO FERREIRA

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO FERREIRA PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO FERREIRA Prestadores de Serviços Tomadores de Serviços GUIA DO USUARIO FISCALIZAÇÃO DE RENDAS MUNICIPAIS 1 SUMÁRIO Pág. 1. INTRODUÇÃO 03 2. RECURSOS DO SISTEMA 03 2.1 Tela

Leia mais

Versão 10.0A-06. Versão da Apostila de Novidades: 1

Versão 10.0A-06. Versão da Apostila de Novidades: 1 Versão 10.0A-06 Versão da Apostila de Novidades: 1 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda.

Leia mais

Caro Responsável pelo Departamento de Pessoal,

Caro Responsável pelo Departamento de Pessoal, Caro Responsável pelo Departamento de Pessoal, Seguindo os moldes de atualizações passadas, segue abaixo, orientações para os procedimentos a serem seguidos referente a DIRF 2017 (ano-base 2016) a respeito

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando o sistema

Leia mais

Como configurar categoria Diarista com e/ou sem jornada Variável?

Como configurar categoria Diarista com e/ou sem jornada Variável? Como configurar categoria Diarista com e/ou sem jornada Variável? Os dados a seguir foram elaborados para demonstrar a rotina de empregado diarista para configuração da folha com jornadas variáveis e não

Leia mais

Como Gerar a SEFIP da Competência 13

Como Gerar a SEFIP da Competência 13 Como Gerar a SEFIP da Competência 13 Número do Artigo: 3013 Classificação: Não classificado Última Atualização: Tue, Jul 18, 2017 4:11 PM A partir do ano de 2005 (Versão 8.0 do SEFIP), é gerado um arquivo

Leia mais

Contas a Receber. Índice. 1. Adicionando uma Receita Manual

Contas a Receber. Índice. 1. Adicionando uma Receita Manual Contas a Receber Gerencie suas contas a receber com o VHSYS, sistema integrado e boletos, com registro, sem registro e duplicadas em apenas alguns cliques. Índice 1. Adicionando uma Receita Manual 2. Gerenciando

Leia mais

Processo de Férias. GPE Gestão de Pessoal

Processo de Férias. GPE Gestão de Pessoal GPE Gestão de Pessoal Sumário 1 Introdução... 3 1.1 Objetivos do Treinamento... 3 2 Fluxo do Ambiente... 3 3 Conceito de Férias... 4 4 Conceito de Abono... 5 5 Incidências - Férias... 5 6 Cálculo de Requisitos...

Leia mais

Título: Como regerar os lançamentos contábeis referente ao pagamento?

Título: Como regerar os lançamentos contábeis referente ao pagamento? Título: Como regerar os lançamentos contábeis referente ao pagamento? Os dados a seguir foram elaborados para demonstrar como regerar os lançamentos contábeis referentes ao pagamento. 1 PARÂMETROS CONTABILIDADE

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA GERAÇÃO E TRANSMISSÃO DA DIRF 2017

INSTRUÇÕES PARA GERAÇÃO E TRANSMISSÃO DA DIRF 2017 Porto Feliz- 01 de Fevereiro de 2017. INSTRUÇÕES PARA GERAÇÃO E TRANSMISSÃO DA DIRF 2017 A DIRF DEVERÁ SER GERADA NO SISTEMA DA FOLHA2017. PARA FAZER A GERAÇÃO DA DIRF 2017, O SISTEMA DA FOLHA2017 DE PAGAMENTO

Leia mais

SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO CND CND PORTAL DE RELACIONAMENTO Cadastro CND Painel de Controle

SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO CND CND PORTAL DE RELACIONAMENTO Cadastro CND Painel de Controle Sage CND SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO... 1 2. CND... 2 1.1. 1.2. Cadastro CND... 2 Painel de Controle... 6 3. CND PORTAL DE RELACIONAMENTO.... 10 1. Apresentação A Plataforma Sage visa dinamizar os negócios

Leia mais

TUTORIAL ADIANTAMENTOS AO FORNECEDOR

TUTORIAL ADIANTAMENTOS AO FORNECEDOR Apresentação Este tutorial contém informações que orientam como proceder nos processos de: inclusão de adiantamentos que foram feitos para o fornecedor, baixa de adiantamento ao fornecedor com vários títulos,

Leia mais

A primeira configuração que deve ser conferida está na parte cadastral da empresa.

A primeira configuração que deve ser conferida está na parte cadastral da empresa. 13º Salário O objetivo deste manual é orientar ao usuário quanto à geração da folha de 13º Salário, bem como Adiantamento de 13º Salário e Complemento de 13º. Clique nos links abaixo para navegar entre

Leia mais

ICMS em Operações Interestaduais de Vendas a Consumidor Final

ICMS em Operações Interestaduais de Vendas a Consumidor Final ICMS em Operações Interestaduais de Vendas a Consumidor Final Nenhuma parte desta publicação poderá ser reproduzida ou transmitida por qualquer modo ou meio, sem autorização prévia da CISS. Todos os direitos

Leia mais

SPED ECF - Como importar as informações do registro P500 referente ao cálculo da CSLL?

SPED ECF - Como importar as informações do registro P500 referente ao cálculo da CSLL? SPED ECF - Como importar as informações do registro P500 referente ao cálculo da CSLL? Esta opção estará disponível somente para empresas com forma de tributação de lucro: Lucro Presumido. 1 IMPORTAÇÃO

Leia mais

N O V I D AD E S E M E L HO RI AS E 9 5 A8

N O V I D AD E S E M E L HO RI AS E 9 5 A8 VERSÃO 008.014 NOVID AD ES E MELHORIAS E95A8 Jéssica Pinheiro 23/03/2015 2/27 NOVIDADES/MELHORIAS ERP SOLUTION Versão 008.014 1. Parâmetros para data de fechamento da folha de pagamento.... 3 2. Parâmetro

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE OSASCO SECRETARIA DE FINANÇAS

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE OSASCO SECRETARIA DE FINANÇAS MANUAL PARA O PROCESSO DE RETENÇÃO DE SERVIÇO O processo de retenção de serviço ocorre quando o tomador de serviço é o responsável pelo recolhimento do ISS. O tomador deverá escriturar a nota recebida

Leia mais

Sistema Corporativo DIRF 2016

Sistema Corporativo DIRF 2016 www.benner.com.br Atualizado em 3/2/2016 Copyright 2016 Benner Software de Gestão de Negócios Todos os direitos reservados. É proibido qualquer tipo de reprodução total ou parcial desta publicação, sem

Leia mais

Está gerando diferença de INSS dos segurados (empregados/contribuintes) entre o sistema e a SEFIP.

Está gerando diferença de INSS dos segurados (empregados/contribuintes) entre o sistema e a SEFIP. Está gerando diferença de INSS dos segurados (empregados/contribuintes) entre o sistema e a SEFIP. Através desta solução, será possível identificar prováveis causas de diferença de INSS entre o sistema

Leia mais

CARTILHA DE UTILIZAÇÃO DO SIGISS E DO SIGIPM

CARTILHA DE UTILIZAÇÃO DO SIGISS E DO SIGIPM CARTILHA DE UTILIZAÇÃO DO SIGISS E DO SIGIPM SISTEMA INTEGRADO DE GERENCIAMENTO DO IMPOSTO SOBRE SERVIÇOS.::Perguntas Mais Frequentes::..::Help Desk::..::Download::. Licenciado para Prefeitura Municipal

Leia mais

Folhamatic Folha de Pagamento

Folhamatic Folha de Pagamento 1 Caro Cliente, Nesta versão foram disponibilizadas as seguintes alterações e implementações: 1. Menu Diversos/DCN Documento de Cadastramento do NIS No Menu Diversos, foi incluída a opção DCN Documento

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA GERAÇÃO E TRANSMISSÃO DA DIRF 2014 A DIRF2014 DEVERÁ SER GERADA NO SISTEMA DA FOLHA2015.

INSTRUÇÕES PARA GERAÇÃO E TRANSMISSÃO DA DIRF 2014 A DIRF2014 DEVERÁ SER GERADA NO SISTEMA DA FOLHA2015. Porto Feliz- 19 de Janeiro de 2015. INSTRUÇÕES PARA GERAÇÃO E TRANSMISSÃO DA DIRF 2014 A DIRF2014 DEVERÁ SER GERADA NO SISTEMA DA FOLHA2015. PARA FAZER A GERAÇÃO DA DIRF 2014 O SISTEMA DA FOLHA2015 DEVERÁ

Leia mais

PROJECT Informática Ltda. Rua Giordano Bruno, 100 Bairro Rio Branco Porto Alegre-RS CEP Fone: (51) Vendas: (51)

PROJECT Informática Ltda. Rua Giordano Bruno, 100 Bairro Rio Branco Porto Alegre-RS CEP Fone: (51) Vendas: (51) SPED PIS/COFINS O SPED (Sistema Público de Escrituração Digital) PIS/COFINS é um módulo opcional que está habilitado para funcionar com a versão 7 do Oryon. A licença é habilitada pelo número de série

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO UNIDADES DE MEDIDA E FATORES DE CONVERSÃO

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO UNIDADES DE MEDIDA E FATORES DE CONVERSÃO BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO UNIDADES DE MEDIDA E FATORES DE CONVERSÃO Efetuadas alterações no Cordilheira Escrita Fiscal, para que seja possível cadastrar as unidades de medida dos itens, bem como os fatores

Leia mais

1. Desoneração da Folha de Folha de Pagamento

1. Desoneração da Folha de Folha de Pagamento 1. Desoneração da Folha de Folha de Pagamento A desoneração da folha de pagamento é constituída de duas medidas complementares. Em primeiro lugar, o governo está eliminando a atual contribuição previdenciária

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL EFD CONTRIBUIÇÕES FINANCEIRAS E ASSEMELHADAS

MANUAL OPERACIONAL EFD CONTRIBUIÇÕES FINANCEIRAS E ASSEMELHADAS MANUAL OPERACIONAL EFD CONTRIBUIÇÕES FINANCEIRAS E ASSEMELHADAS SUMÁRIO Introdução... 1 Sobre o Suporte Técnico... 1 EFD Contribuições Financeiras e Assemelhadas...2 Contrib Retida Fonte F600... 2 Receitas

Leia mais

Encargos sobre as diferenças referentes aos Dissídios Coletivos ou Acordo Coletivo e Conciliações Prévias

Encargos sobre as diferenças referentes aos Dissídios Coletivos ou Acordo Coletivo e Conciliações Prévias Encargos sobre as diferenças referentes aos s Coletivos ou Acordo Coletivo e Conciliações Prévias Número do Artigo: 2921 Classificação: Não classificado Última Atualização: Thu, Jul 13, 2017 9:11 AM A

Leia mais

Neste bip. Antecipação de Reajuste Salarial. Você Sabia? Edição 62 Outubro de 2015

Neste bip. Antecipação de Reajuste Salarial. Você Sabia? Edição 62 Outubro de 2015 Neste bip Antecipação de Reajuste Salarial... 1 Como informar retenções (notas do registro A100)de PIS e Cofins na EFD Contribuições?... 2 Importação de Extratos Bancários... 2 Recolhimento de FGTS torna-se

Leia mais

1. Geração da EFD Pis/Cofins revisado. (Pct. 3815).

1. Geração da EFD Pis/Cofins revisado. (Pct. 3815). 1. Geração da EFD Pis/Cofins revisado. (Pct. 3815). Disponibilizada nova versão revisada da geração do arquivo magnético da EFD Pis/Cofins, compatibilizada com as regras publicadas até a última versão

Leia mais

Como lançar a Contribuição Assistencial descontando do empregado um determinado percentual?

Como lançar a Contribuição Assistencial descontando do empregado um determinado percentual? Como lançar a Contribuição Assistencial descontando do empregado um determinado percentual? Os dados a seguir foram elaborados para realizar a configuração de uma rubrica com desconto de Contribuição Assistencial

Leia mais

Como configurar integração com separador Centro de custo e rateio conforme cálculo da folha?

Como configurar integração com separador Centro de custo e rateio conforme cálculo da folha? Como configurar integração com separador Centro de custo e rateio conforme cálculo da folha? Os dados a seguir foram elaborados para explicar as configurações a serem realizadas na integração entre os

Leia mais

Neste bip. Como atualizar as tabelas no SEFIP? Você Sabia? Edição 71 Julho de 2016

Neste bip. Como atualizar as tabelas no SEFIP? Você Sabia? Edição 71 Julho de 2016 Neste bip Como atualizar as tabelas no SEFIP... 1 Depreciação... 2 Empresas Imunes e Isentas... 3 Notas explicativas... 3 Você Sabia? Como atualizar as tabelas no SEFIP? No nosso site de documentação on-line

Leia mais

MANUAL VTWEB CLIENT URBANO

MANUAL VTWEB CLIENT URBANO MANUAL VTWEB CLIENT URBANO Conteúdo... 2 1. Descrição... 3 2. Cadastro no sistema... 3 2.1. Pessoa Jurídica... 3 2.2. Pessoa Física... 5 2.3. Concluir o cadastro... 6 3. Acessar o sistema... 6 3.1. Autenticar

Leia mais