Salário Mínimo: trajetória recente

Save this PDF as:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Salário Mínimo: trajetória recente"

Transcrição

1

2 Salário Mínimo: trajetória recente Elevação do SM: conquista das Centrais Sindicais aumentos expressivos em 2005, 2006 e 2007 e política de valorização a partir de 2008 (lei em 2011) Contrariamente à visão tradicional, o SM real cresceu muito sem crescimento do desemprego e da informalidade sem explosão inflacionária e com queda da relação dívida líquida / PIB A trajetória de aumento real do SM induziu a redução das desigualdades e a expansão do mercado consumidor interno

3 Evolução do Valor Real do SM Médias Anuais do Salário Mínimo - Município de São Paulo (inclui 13º salário) - em R$ de janeiro de , , , ,48 758,45 774,91 Fonte: DIEESE ,28 350, R$ de jan/14

4 Número mensal de cestas básicas que o salário mínimo pode comprar em São Paulo (capital) - julho de 1994 a janeiro de 2014 Fonte: DIEESE.

5 Ganhos (ou perdas) percentuais do valor real do SM na data de correção em relação à data de correção anterior pelo INPC-IBGE e pelo ICV-DIEESE (1º estrato) - Brasil a 2014 Fonte: DIEESE.

6 A redução do ritmo dos ganhos No período mais recente, ocorre um arrefecimento dos ganhos reais do SM Decorre da diminuição do crescimento do PIB Em 2013, PIB cresceu pouco; baixas expectativas para 2014 e Perspectiva de ganhos pequenos para o SM O poder aquisitivo deixa de crescer de modo substancial O ritmo de queda da desigualdade de renda se dilui

7 Abrangência do Salário Mínimo no Mercado de Trabalho Quem ganha Salário Mínimo?

8 31 milhões pessoas (ocupados e segurados) recebem exatamente 1 SM Posição na ocupação Menos de 1 Salário Mínimo Igual a 1 Salário Mínimo Mais de 1 Salário Mínimo Empregado com carteira Militar Funcionário público estatutário Outro empregado sem carteira Trabalhador doméstico com carteira Trabalhador doméstico sem carteira Conta própria Empregador Total do mercado de trabalho Beneficiários da Previdência Beneficiários da Assistência Beneficiários do seguro desemprego Total da Seguridade Social Total Geral Total Fonte: IBGE. Pnad; MPS. Boletim da Previdência Social. MTE- Seguro desemprego Elaboração: DIEESE Obs.: Na elaboração não foram considerados o Trabalhador na produção para o autoconsumo, na autoconstrução, Não remunerado e os Sem informação

9 SM e Domicílios Estimativa do total de domicílios e do número médio de moradores nos domicílios com apenas um ocupado¹, segundo o grupo de rendimento² em todos os trabalhos. Brasil 2004 e Grupo de rendimento em todos os trabalhos dos ocupados no domicílio Nº de domicílios (em unidades) Nº médio de moradores (em n os abs.) Nº de domicílios (em unidades) Nº médio de moradores (em n os abs.) Menos de 1 SM , ,4 1 SM a menos de 2 SM , ,1 2 SM ou mais , ,8 Total , ,1 Fonte: IBGE. Pnad Elaboração: DIEESE Nota: (1) Inclui empregados, trabalhadores domésticos, militares e funcionários públicos estatutários (2) Não inclui os domicílios com um único ocupado sem rendimento ou sem declaração de rendimento

10 SM nos domicílios SM e domicílio em 2004 Em 15,1 milhões de domicílios, onde viviam 53 milhões de pessoas, foi registrado apenas um ocupado com rendimento, que era inferior a dois salários mínimos SM e domicílio em 2012 Em 19,4 milhões de domicílios, onde viviam 60 milhões de pessoas, foi registrado apenas um ocupado com rendimento, que era inferior a dois salários mínimos

11 Distribuição dos ocupados por faixas de rendimento no trabalho principal - Brasil e 2012 Fonte: IBGE. Pnad Elaboração: DIEESE. Fonte: IBGE. Pnad. Elaboração: DIEESE Nota: O grupo sem rendimento inclui assalariados que declararam receber apenas benefícios na semana de referência

12 Distribuição dos assalariados por faixas de rendimento no trabalho principal Brasil 2004 e ,0 25,0 24,39 20,0 17,92 % 15,0 14,62 12,80 10,0 5,0 0,0 sem rend de 1 SM 1 SM + de 1 a 1,5 SM + de 1,5 a 2 SM + de 2 a 3 SM + de 3 a 5 SM + de 5 a 10 SM + de 10 SM sem decl Fonte: IBGE. Pnad Elaboração: DIEESE

13 A concentração entre 1 e 1,5 SM Tanto entre os ocupados quanto mais especificamente entre os assalariados, ocorreu um processo de concentração em 1 SM e, ainda mais, na faixa de mais de 1 a 1,5 SM Um quarto dos assalariados concentrava-se na faixa de mais de 1 a 1,5 SM em ,4% dos assalariados recebiam até 2 SM em 2012, segundo a Pnad-IBGE

14 O Salário Mínimo nas regiões Número ocupados por faixa de rendimento em todos os trabalhos por grandes regiões e Brasil Brasil Regiões Faixas de salário Total Total mínimo Norte Nordeste Sudeste Sul Centro Oeste (em mil) menos de 1 SM 26,72 34,33 9,37 10,32 9,58 17, SM 13,77 18,35 8,74 7,39 11,73 11, mais de 1 SM a 2 SM 35,43 30,02 41,79 41,82 39,80 38, mais de 2 SM 24,08 17,31 40,10 40,47 38,90 33, Total (em mil) Fonte: IBGE. Pnad Elaboração: DIEESE Obs.: Exclusive sem declaração e sem rendimento

15 Segundo a PNAD, cerca de 12% dos ocupados tinham rendimento de 1 SM no mercado de trabalho (setembro 2012) Nordeste e Norte 83% ganhavam até 2 SM no Nordeste. No Norte, nesta faixa, concentravam-se ¾ dos ocupados, em setembro de 2012 Sudeste, Sul e Centro Oeste Nos estados destas regiões, na faixa de até 2 Salários Mínimos concentravam-se 60% dos ocupados, em setembro de 2012

16 SM e Emprego A Taxa de Desemprego e a Formalização do Emprego

17 Taxa média de desemprego, segundo a PME- IBGE (% da população economicamente ativa ) Fonte: IBGE. PME

18 Evolução da taxa de desemprego total Distrito Federal e regiões metropolitanas selecionadas 1985 a ,0 % 25,0 20,0 15,0 10,0 5,0 0,0 Belo Horizonte Distrito Federal Fortaleza Porto Alegre Recife Salvador São Paulo Fonte: DIEESE-SEADE, MTE/FAT e convênios regionais. PED

19 Evolução das proporções dos assalariados com carteira, dos assalariados sem carteira e dos autônomos em relação ao total de ocupados Região Metropolitana de São Paulo 1989 a ,0 50,0 40,0 30,0 20,0 10,0 0, % Fonte: DIEESE-SEADE, MTE/FAT e convênios regionais. PED. prop sem cart prop auton prop com cart

20 Emprego e formalização Taxa de Desemprego em queda Expressivas e contínuas quedas da taxa média de desemprego (de 12,3%, em 2003, para 5,4%. em 2013) A queda das taxas de desemprego, neste período, são observadas nas diversas regiões do país Formalização em alta A partir de 2002, registrase um significativo crescimento dos empregos com carteira assinada, revertendo a forte informalização observada no mercado de trabalho nos anos 1990

21 O Salário Mínimo, o Salário Médio, a Mediana e o Gini O SM e a concentração da Renda

22 Evolução da relação entre o salário médio e o salário mediano (de assalariados com 40 horas ou mais de jornada) em relação ao SM Brasil 1995 a ,50 4,00 3,50 3,87 3,00 2,50 2,00 1,50 1,00 2,29 2,07 1, Média/SM Mediana/SM Fonte: IBGE. Pnad Elaboração: DIEESE

23 Coeficiente de Gini da distribuição da renda domiciliar per capita entre os indivíduos - Brasil a 2012 Fonte: IBGE. Pnad Elaboração: DIEESE

24 Evolução do salário mínimo real (eixo à esquerda) e dos Índices de Gini da distribuição da renda domiciliar per capita e do rendimento dos ocupados no trabalho principal e dos assalariados no trabalho principal (eixo à direita) Brasil a 2012 Fonte: PIBGE. Pnad; IPEADATA; DIEESE Elaboração: DIEESE

25 Nível e variação média anual do rendimento domiciliar per capita médio por quintos da renda - Brasil Fonte: IBGE. Pnad

26 A desigualdade Apesar da queda da desigualdade na distribuição da renda domiciliar e do ritmo acelerado desse processo no período recente, o Brasil ainda ocupa a 121ª posição (ordenada do menos desigual para o mais) numa lista de 133 países do PNUD/ONU

27 Os desafios para a nação O desafio do Brasil é, simultaneamente, fazer a economia crescer, reduzindo a desigualdade de renda Para isso, é necessário elevar o padrão de remuneração do país e escapar da armadilha da economia de baixos salários

Mercado de Trabalho Brasileiro: evolução recente e desafios

Mercado de Trabalho Brasileiro: evolução recente e desafios 1 São Bernardo do Campo, 10 de março de 2010. NOTA Á IMPRENSA Mercado de Trabalho Brasileiro: evolução recente e desafios O crescimento econômico brasileiro observado na década atual concretizou-se pelo

Leia mais

SISTEMA PÚBLICO DE EMPREGO, TRABALHO E RENDA. Mercado de Trabalho

SISTEMA PÚBLICO DE EMPREGO, TRABALHO E RENDA. Mercado de Trabalho SISTEMA PÚBLICO DE EMPREGO, TRABALHO E RENDA 2 0 0 8 Mercado de Trabalho DIEESE Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos Anuário Sistema Público de Emprego, Trabalho e Renda

Leia mais

CAMPANHA SALARIAL PERSPECTIVAS PARA 2011 DIEESE

CAMPANHA SALARIAL PERSPECTIVAS PARA 2011 DIEESE CAMPANHA SALARIAL PERSPECTIVAS PARA 2011 DIEESE Escritório Regional do Distrito Federal Clóvis Scherer Elementos da conjuntura Contexto internacional de crise e inflação PIB brasileiro em crescimento,

Leia mais

RMF REGISTRA A MENOR TAXA DE DESEMPREGO

RMF REGISTRA A MENOR TAXA DE DESEMPREGO PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA SETEMBRO DE 2010 1 Ano 3 Divulgação Nº 09 RMF REGISTRA A MENOR TAXA DE DESEMPREGO As informações captadas pela Pesquisa de Emprego

Leia mais

Sandro Silva Economista do Dieese-PR. Curitiba-PR 22/05/2013

Sandro Silva Economista do Dieese-PR. Curitiba-PR 22/05/2013 Sandro Silva Economista do Dieese-PR Curitiba-PR 22/05/2013 Trabalho Decente Em inúmeras publicações é definido como um trabalho adequadamente remunerado, exercido em condições de liberdade, equidade e

Leia mais

PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NO DISTRITO FEDERAL JANEIRO DE 2007

PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NO DISTRITO FEDERAL JANEIRO DE 2007 PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NO DISTRITO FEDERAL JANEIRO DE 2007 Taxa de desemprego registra variação negativa, devido a saída de pessoas do mercado de trabalho. As informações captadas pela Pesquisa

Leia mais

Salário Mínimo e Distribuição de Renda no Brasil Potencial e Limites

Salário Mínimo e Distribuição de Renda no Brasil Potencial e Limites Salário Mínimo e Distribuição de Renda no Brasil Potencial e Limites João Saboia Instituto de Economia - UFRJ 7 e 8 de Maio de 2014 Seminário Política de Salário Mínimo para 2015-2018 Avaliações de Impacto

Leia mais

13 o salário deve injetar R$ 84,8 bilhões na economia

13 o salário deve injetar R$ 84,8 bilhões na economia 1 São Paulo, 10 de novembro de 2009 NOTA À IMPRENSA 13 o salário deve injetar R$ 84,8 bilhões na economia Até dezembro de 2009 devem ser injetados na economia brasileira cerca de R$ 85 bilhões em decorrência

Leia mais

Seminário Nacional das Trabalhadoras Domésticas para ampliar direitos e promover a igualdade no mundo do Trabalho

Seminário Nacional das Trabalhadoras Domésticas para ampliar direitos e promover a igualdade no mundo do Trabalho Seminário Nacional das Trabalhadoras Domésticas para ampliar direitos e promover a igualdade no mundo do Trabalho 2014 Estimativa de ocupados por grupamento de atividade econômica e sexo Brasil 2004 e

Leia mais

Taxa de Desemprego Diminui

Taxa de Desemprego Diminui PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA 1 JULHO DE 2010 Ano 3 Divulgação Nº 07 Taxa de Desemprego Diminui As informações captadas pela Pesquisa de Emprego e Desemprego na

Leia mais

PRESSÃO NO MERCADO DE TRABALHO CAUSA PEQUENA ELEVAÇÃO NO DESEMPREGO

PRESSÃO NO MERCADO DE TRABALHO CAUSA PEQUENA ELEVAÇÃO NO DESEMPREGO PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA 1 MAIO DE 2011 Ano 4 Divulgação Nº 5 PRESSÃO NO MERCADO DE TRABALHO CAUSA PEQUENA ELEVAÇÃO NO DESEMPREGO As informações da Pesquisa

Leia mais

Política de Valorização do Salário Mínimo: Salário mínimo de 2013 será de R$ 678,00

Política de Valorização do Salário Mínimo: Salário mínimo de 2013 será de R$ 678,00 Nota Técnica Número 118 dezembro 2012 Política de Valorização do Salário Mínimo: Salário mínimo de 2013 será de Salário mínimo de 2013 será de A partir de 1º de janeiro de 2013, o valor do salário mínimo

Leia mais

13 o salário deve injetar R$ 102 bilhões na economia

13 o salário deve injetar R$ 102 bilhões na economia 1 São Paulo, 21 de outubro de 2010 NOTA À IMPRENSA 13 o salário deve injetar R$ 102 bilhões na economia Até dezembro de 2010 devem ser injetados na economia brasileira cerca de R$ 102 bilhões em decorrência

Leia mais

MENOR NÍVEL DE DESEMPREGO

MENOR NÍVEL DE DESEMPREGO PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA 1 OUTUBRO DE 2010 Ano 3 Divulgação Nº 10 MENOR NÍVEL DE DESEMPREGO As informações captadas pela Pesquisa de Emprego e Desemprego na

Leia mais

DESEMPREGO CRESCE PELO SEGUNDO MÊS CONSECUTIVO

DESEMPREGO CRESCE PELO SEGUNDO MÊS CONSECUTIVO PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA 1 FEVEREIRO DE 2013 Ano 6 Divulgação Nº 2 DESEMPREGO CRESCE PELO SEGUNDO MÊS CONSECUTIVO As informações disponibilizadas pela Pesquisa

Leia mais

Pagamento do 13º salário deve injetar R$ 211,2 bilhões na economia do país

Pagamento do 13º salário deve injetar R$ 211,2 bilhões na economia do país 1 São Paulo, 18 de outubro de 2018 NOTA À IMPRENSA Pagamento do 13º salário deve injetar R$ 211,2 bilhões na economia do país Até dezembro de 2018, o pagamento do 13º salário deve injetar na economia brasileira

Leia mais

MERCADO DE TRABALHO NA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA EM 2011

MERCADO DE TRABALHO NA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA EM 2011 PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA 2011 Ano 4 Número Especial MERCADO DE TRABALHO NA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA EM 2011 Os resultados apresentados referem-se aos

Leia mais

O MERCADO DE TRABALHO NA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA EM 2012

O MERCADO DE TRABALHO NA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA EM 2012 PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA 2012 Ano 5 Número Especial O MERCADO DE TRABALHO NA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA EM 2012 Os resultados aqui apresentados referem-se

Leia mais

R$ 143 bilhões devem ser injetados na economia a título de 13º salário

R$ 143 bilhões devem ser injetados na economia a título de 13º salário 1 São Paulo, 28 de outubro de 2013 NOTA À IMPRENSA R$ 143 bilhões devem ser injetados na economia a título de 13º salário Até dezembro de 2013 devem ser injetados na economia brasileira pouco mais de R$

Leia mais

A inserção das mulheres no mercado de trabalho urbano brasileiro em um contexto expansionista e estruturador

A inserção das mulheres no mercado de trabalho urbano brasileiro em um contexto expansionista e estruturador A INSERÇÃO DAS MULHERES NO MERCADO DE TRABALHO MARÇO DE 2012 A inserção das mulheres no mercado de trabalho urbano brasileiro em um contexto expansionista e estruturador De maneira geral, as mulheres enfrentam

Leia mais

DESEMPREGO CRESCE PELO SEGUNDO MÊS CONSECUTIVO

DESEMPREGO CRESCE PELO SEGUNDO MÊS CONSECUTIVO PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA 1 FEVEREIRO DE 2014 Ano 7 Divulgação Nº 02 DESEMPREGO CRESCE PELO SEGUNDO MÊS CONSECUTIVO As informações disponibilizadas pela Pesquisa

Leia mais

PNAD Contínua: 10% da população concentravam quase metade da massa de rendimentos do país em 2017 Editoria: Estatisticas Sociais

PNAD Contínua: 10% da população concentravam quase metade da massa de rendimentos do país em 2017 Editoria: Estatisticas Sociais 11/04/2018 Última Atualização: 11/04/2018 18:14:45 PNAD Contínua: 10% da população concentravam quase metade da massa de rendimentos do país em 2017 Editoria: Estatisticas Sociais Em 2017, os 10% da população

Leia mais

Taxa de desemprego mantem-se relativamente estável

Taxa de desemprego mantem-se relativamente estável NA REGIÃO METROPOLITANA E FORTALEZA 1 JANEIRO E 2010 Ano 3 ivulgação Nº 01 Taxa de desemprego mantem-se relativamente estável As informações captadas pela Pesquisa de Emprego e esemprego na Região Metropolitana

Leia mais

R$ 173 bilhões devem ser injetados na economia a título de 13º salário

R$ 173 bilhões devem ser injetados na economia a título de 13º salário Porto Alegre, 11 de novembro de 2015. NOTA À IMPRENSA R$ 173 bilhões devem ser injetados na economia a título de 13º salário O pagamento do 13º salário deve injetar na economia brasileira aproximadamente

Leia mais

6. EXEMPLOS DE ESTUDOS RECENTES QUE UTILIZARAM INDICADORES SOCIAIS

6. EXEMPLOS DE ESTUDOS RECENTES QUE UTILIZARAM INDICADORES SOCIAIS 6. EXEMPLOS DE ESTUDOS RECENTES QUE UTILIZARAM INDICADORES SOCIAIS ESTUDO DO IPEA SIGNIFICÂNCIA DAS METRÓPOLES ESTUDADAS No dia 5 de agosto de 2008, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) apresentou

Leia mais

O MERCADO DE TRABALHO NA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA EM 2010

O MERCADO DE TRABALHO NA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA EM 2010 PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA 2010 Ano 3 Número Especial O MERCADO DE TRABALHO NA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA EM 2010 Os resultados aqui apresentados referem-se

Leia mais

R$ 143 bilhões devem ser injetados na economia a título de 13º salário

R$ 143 bilhões devem ser injetados na economia a título de 13º salário 1 Porto Alegre, 28 de outubro de 2013. NOTA À IMPRENSA R$ 143 bilhões devem ser injetados na economia a título de 13º salário Até dezembro de 2013 devem ser injetados na economia brasileira pouco mais

Leia mais

Pagamento do 13 o salário deve injetar em torno de R$ 78 bi na economia

Pagamento do 13 o salário deve injetar em torno de R$ 78 bi na economia 1 São Paulo, 11 de novembro de 2008 NOTA À IMPRENSA Pagamento do 13 o salário deve injetar em torno de R$ 78 bi na economia Até o final de 2008 devem ser injetados na economia brasileira cerca de R$ 78

Leia mais

13º salário deve injetar R$ 196,7 bilhões na economia em 2016

13º salário deve injetar R$ 196,7 bilhões na economia em 2016 1 São Paulo, 27 de outubro de 2016 NOTA À IMPRENSA 13º salário deve injetar R$ 196,7 bilhões na economia em 2016 Até dezembro de 2016, estima-se que deverão ser injetados na economia brasileira aproximadamente

Leia mais

Nota Técnica Número 86 Janeiro de 2010 (revisada e atualizada) Política de Valorização do Salário Mínimo:

Nota Técnica Número 86 Janeiro de 2010 (revisada e atualizada) Política de Valorização do Salário Mínimo: Nota Técnica Número 86 Janeiro de 2010 (revisada e atualizada) Política de Valorização do Salário Mínimo: Considerações sobre o valor a vigorar a partir de 1º de janeiro de 2010 A Campanha de Valorização

Leia mais

R$ 131 bilhões devem ser injetados na economia a título de 13º salário

R$ 131 bilhões devem ser injetados na economia a título de 13º salário 1 São Paulo, 22 de outubro de 2012 NOTA À IMPRENSA R$ 131 bilhões devem ser injetados na economia a título de 13º salário Até dezembro de 2012 devem ser injetados na economia brasileira cerca de R$ 131

Leia mais

A INSERÇÃO DA MULHER NO MERCADO DE TRABALHO DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA

A INSERÇÃO DA MULHER NO MERCADO DE TRABALHO DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA A INSERÇÃO DA MULHER NO MERCADO DE TRABALHO DA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA MARÇO - 2012 DINAMISMO DO MERCADO DE TRABALHO ELEVA A FORMALIZAÇÃO DAS RELAÇÕES DE TRABALHO DE HOMENS E MULHERES, MAS A

Leia mais

Taxa de desemprego continua ascendente em três regiões

Taxa de desemprego continua ascendente em três regiões Taxa de desemprego continua ascendente em três regiões MAIO DE 2016 As informações captadas pela Pesquisa de Emprego e Desemprego revelam que a taxa de desemprego cresceu no Distrito Federal, em Salvador

Leia mais

Seminário SINTETEL Conversa entre Mulheres

Seminário SINTETEL Conversa entre Mulheres Seminário SINTETEL Conversa entre Mulheres Mercado de trabalho e cláusulas de gênero São Paulo 30 e 31 de janeiro e 01 de fevereiro de 2014 A inserção das mulheres nos mercados de trabalho metropolitanos

Leia mais

PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO. Crescimento da ocupação reduz desemprego

PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO. Crescimento da ocupação reduz desemprego PED PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO DIVULGAÇÃO N o 271 266 JUNHO DE 2007 Crescimento da ocupação reduz desemprego Depois de seis meses sem aumento, ocupação na indústria

Leia mais

REDUÇÃO DO DESEMPREGO NÃO DIMINUIU DESIGUALDADE ENTRE HOMENS E MULHERES NO MERCADO DE TRABALHO

REDUÇÃO DO DESEMPREGO NÃO DIMINUIU DESIGUALDADE ENTRE HOMENS E MULHERES NO MERCADO DE TRABALHO A MULHER NO MERCADO DE TRABALHO METROPOLITANO Março de 2008 REDUÇÃO DO DESEMPREGO NÃO DIMINUIU DESIGUALDADE ENTRE HOMENS E MULHERES NO MERCADO DE TRABALHO Para subsidiar o debate sobre a inserção feminina

Leia mais

Taxa de desemprego registra comportamento diverso entre as regiões

Taxa de desemprego registra comportamento diverso entre as regiões Taxa de desemprego registra comportamento diverso entre as regiões AGOSTO DE 2016 As informações captadas pela Pesquisa de Emprego e Desemprego revelam que a taxa de desemprego cresceu em Porto Alegre

Leia mais

DESEMPREGO ESTÁVEL NA RMF

DESEMPREGO ESTÁVEL NA RMF PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA 1 JUNHO DE 2014 Ano 7 Divulgação Nº 06 DESEMPREGO ESTÁVEL NA RMF As informações coletadas pela Pesquisa de Emprego e Desemprego na

Leia mais

O Desmonte da Previdência Social e as Mulheres. Brasília, 09 de março de 2017

O Desmonte da Previdência Social e as Mulheres. Brasília, 09 de março de 2017 O Desmonte da Previdência Social e as Mulheres Brasília, 09 de março de 2017 Considerações gerais A despeito dos avanços verificados nessas últimas décadas: Ampliação do ingresso de mulheres e homens no

Leia mais

MULHERES TRABALHADORAS EM LUTA MERCADO DE TRABALHO: AVANÇOS E PERMANÊNCIAS BRASÍLIA, 4 DE JULHO DE 2016

MULHERES TRABALHADORAS EM LUTA MERCADO DE TRABALHO: AVANÇOS E PERMANÊNCIAS BRASÍLIA, 4 DE JULHO DE 2016 MULHERES TRABALHADORAS EM LUTA MERCADO DE TRABALHO: AVANÇOS E PERMANÊNCIAS BRASÍLIA, 4 DE JULHO DE 2016 ALGUMAS CARACTERÍSTICAS A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD-IBGE) indicou que, em

Leia mais

R$ 173 bilhões devem ser injetados na economia a título de 13º salário

R$ 173 bilhões devem ser injetados na economia a título de 13º salário 1 São Paulo, 11 de novembro de 2015. NOTA À IMPRENSA R$ 173 bilhões devem ser injetados na economia a título de 13º salário O pagamento do 13º salário deve injetar na economia brasileira aproximadamente

Leia mais

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) 2009

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) 2009 Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) 2009 Secretaria de Política Econômica 1 Setembro de 2010 REDUÇÃO DA POBREZA E REDISTRIBUIÇÃO DA RENDA 2 50% 45% 40% 35% 30% 25% 20% 15% 10% 5% 0% Ministério

Leia mais

Diminui distância entre mínimo e renda média

Diminui distância entre mínimo e renda média Valor Econômico, 16 de fevereiro de 2016 Diminui distância entre mínimo e renda média Por Arícia Martins De São Paulo A política de reajustes reais do salário mínimo em vigor desde 2007, combinada ao efeito

Leia mais

DESEMPREGO EM ALTA NA RMF

DESEMPREGO EM ALTA NA RMF PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA 1 AGOSTO DE 2014 Ano 7 Divulgação Nº 08 DESEMPREGO EM ALTA NA RMF As informações captadas pela Pesquisa de Emprego e Desemprego na

Leia mais

Série Estudo das Desigualdades Regionais

Série Estudo das Desigualdades Regionais CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA - COFECON COMISSÃO DE POLÍTICA ECONÔMICA E DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL Série Estudo das Desigualdades Regionais BREVE RADIOGRAFIA DO MERCADO DE TRABALHO DO DISTRITO FEDERAL

Leia mais

Características. Em 2014, foram visitados 151 mil domicílios e entrevistadas 363 mil pessoas. Abrangência nacional

Características. Em 2014, foram visitados 151 mil domicílios e entrevistadas 363 mil pessoas. Abrangência nacional Rio de Janeiro, 13/11/2015 Abrangência nacional Características Temas investigados no questionário básico Características gerais dos moradores Educação Migração Trabalho e rendimento Trabalho infantil

Leia mais

Número 106 Dezembro de 2011 Revista e atualizada em Janeiro de Política de Valorização do Salário Mínimo:

Número 106 Dezembro de 2011 Revista e atualizada em Janeiro de Política de Valorização do Salário Mínimo: Número 106 Dezembro de 2011 Revista e atualizada em Janeiro de 2012 Política de Valorização do Salário Mínimo: Considerações sobre o valor a vigorar a partir de 1º de janeiro de 2012 Breve Histórico da

Leia mais

Melhoria no mercado de trabalho não garantiu igualdade de condições às mulheres

Melhoria no mercado de trabalho não garantiu igualdade de condições às mulheres A INSERÇÃO DA MULHER NO MERCADO DE TRABALHO DA REGIÃO METROPOLITANA DE BELO HORIZONTE MARÇO 2013 Melhoria no mercado de trabalho não garantiu igualdade de condições às mulheres De maneira geral, as mulheres

Leia mais

Taxa de desemprego registra comportamento de relativa estabilidade em todas as regiões

Taxa de desemprego registra comportamento de relativa estabilidade em todas as regiões Taxa de desemprego registra comportamento de relativa estabilidade em todas as regiões OUTUBRO DE 2016 As informações captadas pela Pesquisa de Emprego e Desemprego revelam que a taxa de desemprego apresentou

Leia mais

13º salário deve injetar R$ 196,7 bilhões na economia em 2016

13º salário deve injetar R$ 196,7 bilhões na economia em 2016 1 Florianópolis, 27 de outubro de 2016 NOTA À IMPRENSA 13º salário deve injetar R$ 196,7 bilhões na economia em 2016 Até dezembro de 2016, estima-se que deverão ser injetados na economia brasileira aproximadamente

Leia mais

DESEMPREGO EM ELEVAÇÃO REGISTRA NOVO RECORDE

DESEMPREGO EM ELEVAÇÃO REGISTRA NOVO RECORDE PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA 1 ABRIL DE 2016 Ano 9 Divulgação Nº 04 DESEMPREGO EM ELEVAÇÃO REGISTRA NOVO RECORDE As informações captadas pela Pesquisa de Emprego

Leia mais

SOCIAL MERCADO DE TRABALHO: ESTAMOS DIANTE DA RETOMADA?

SOCIAL MERCADO DE TRABALHO: ESTAMOS DIANTE DA RETOMADA? Os últimos dados sobre o mercado de trabalho têm mostrado estabilização ou até tímidos indícios de queda da taxa de desocupação. Por outro lado, aspectos que apontam para o aprofundamento da crise no Brasil

Leia mais

Ligeiro crescimento da taxa de desemprego

Ligeiro crescimento da taxa de desemprego PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA 1 JANEIRO DE 2015 Ano 8 Divulgação Nº1 Ligeiro crescimento da taxa de desemprego As informações da Pesquisa de Emprego e Desemprego

Leia mais

MAIO DE Deteriora-se a situação do mercado de trabalho da RMPA

MAIO DE Deteriora-se a situação do mercado de trabalho da RMPA MERCADO DE TRABALHO NA REGIÃO METROPOLITANA DE PORTO ALEGRE Ano 18 - Número 05 MAIO DE 2009 1 Deteriora-se a situação do mercado de trabalho da RMPA As informações captadas pela Pesquisa de Emprego e Desemprego

Leia mais

2º BOLETIM TRABALHO E CONSTRUÇÃO REGIÃO METROPOLITANA

2º BOLETIM TRABALHO E CONSTRUÇÃO REGIÃO METROPOLITANA 2º BOLETIM TRABALHO E CONSTRUÇÃO REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO Julho de 2018 Instituições parceiras: Dieese, Fundação Seade, MTb/FAT e Convênios Regionais Mercado de trabalho e economia: menor dinamismo

Leia mais

Melhoria no mercado de trabalho não foi suficiente para garantir uma inserção menos desigual às mulheres

Melhoria no mercado de trabalho não foi suficiente para garantir uma inserção menos desigual às mulheres A INSERÇÃO DA MULHER NO MERCADO DE TRABALHO DO DISTRITO FEDERAL MARÇO - 2013 MARÇO - 2012 Melhoria no mercado de trabalho não foi suficiente para garantir uma inserção menos desigual às mulheres De maneira

Leia mais

SÌNTESE DE RESULTADOS APURADOS EM 2016 SPED (Abril/2017)

SÌNTESE DE RESULTADOS APURADOS EM 2016 SPED (Abril/2017) TRABALHO REMUNERADO SÌNTESE DE RESULTADOS APURADOS EM 2016 SPED (Abril/2017) O Trabalho Doméstico Remunerado passou por importantes mudanças no período recentemente encerrado, de crescimento econômico

Leia mais

Número 166 Janeiro de Política de Valorização do Salário Mínimo:

Número 166 Janeiro de Política de Valorização do Salário Mínimo: Número 166 Janeiro de 2017 Política de Valorização do Salário Mínimo: Salário Mínimo é fixado em R$ 937,00 para 2017 Salário Mínimo é fixado em R$ 937,00 para 2017 A partir de 1º de janeiro de 2017, o

Leia mais

MENOR TAXA DE DESEMPREGO DA SÉRIE HISTÓRICA DA PESQUISA

MENOR TAXA DE DESEMPREGO DA SÉRIE HISTÓRICA DA PESQUISA MERCADO DE TRABALHO NA CIDADE DE PORTO ALEGRE Divulgação ano 2008 BALANÇO DE 2008 MENOR TAXA DE DESEMPREGO DA SÉRIE HISTÓRICA DA PESQUISA 1. Segundo a Pesquisa de Emprego e Desemprego, em 2008, a População

Leia mais

PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NA REGIÃO DO ABC 1. Taxa de desemprego se eleva

PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NA REGIÃO DO ABC 1. Taxa de desemprego se eleva PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NA REGIÃO DO ABC 1 JANEIRO 2 DE 2012 Taxa de desemprego se eleva 1. As informações da Pesquisa de Emprego e Desemprego PED, realizada pela Fundação Seade e pelo Dieese,

Leia mais

A INFORMALIDADE NO COMÉRCIO

A INFORMALIDADE NO COMÉRCIO A INFORMALIDADE NO COMÉRCIO No período de 10 anos que se estende de 1998 a 2008, o emprego com carteira assinada no país cresceu, mas, ao mesmo tempo, aumentou a contratação de assalariados sem carteira

Leia mais

As Mulheres nos Mercados de Trabalho Metropolitanos

As Mulheres nos Mercados de Trabalho Metropolitanos As Mulheres nos Mercados de Trabalho Metropolitanos Taxa de participação feminina tem comportamento diverso nas regiões E ntre 2014 e 2015, a proporção de mulheres com dez anos ou mais inseridas no mercado

Leia mais

Taxa de desemprego cresce nas cinco regiões

Taxa de desemprego cresce nas cinco regiões Taxa de desemprego cresce nas cinco regiões Março DE 2016 As informações captadas pela Pesquisa de Emprego e Desemprego revelam que a taxa de desemprego cresceu, pelo segundo mês consecutivo no Distrito

Leia mais

Características Em 2013, foram visitados 149 mil domicílios e entrevistadas 363 mil pessoas.

Características Em 2013, foram visitados 149 mil domicílios e entrevistadas 363 mil pessoas. Rio de Janeiro, 18/09/2014 1 Abrangência nacional Temas investigados: Características Características gerais dos moradores Educação Migração Trabalho e rendimento Trabalho infantil Fecundidade Características

Leia mais

PME registra menor taxa de desemprego da série histórica para o mês de fevereiro, mas indica acomodação no mercado de trabalho.

PME registra menor taxa de desemprego da série histórica para o mês de fevereiro, mas indica acomodação no mercado de trabalho. PME registra menor taxa de desemprego da série histórica para o mês de fevereiro, mas indica acomodação no mercado de trabalho. Segundo apuração da PME (Pesquisa Mensal do Emprego), realizada pelo IBGE,

Leia mais

Mercado de Trabalho nas Regiões Metropolitanas em 2016

Mercado de Trabalho nas Regiões Metropolitanas em 2016 Mercado de Trabalho nas Regiões Metropolitanas em 2016 As informações captadas pela Pesquisa de Emprego e Desemprego mostram que a taxa de desemprego cresceu nas regiões metropolitanas pesquisadas. O DIEESE

Leia mais

Compreende os municípios de Diadema, Mauá, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul.

Compreende os municípios de Diadema, Mauá, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul. PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NA REGIÃO DO ABC 1 Novembro 2 DE 2011 DIVULGAÇÃO N o 7 Taxa de desemprego em relativa estabilidade Aumenta o nível de ocupação na Indústria, no Comércio e no agregado Outros

Leia mais

BAHIA. Previdenciária. ria PNAD BRASÍLIA, MAIO DE 2011

BAHIA. Previdenciária. ria PNAD BRASÍLIA, MAIO DE 2011 BAHIA Proteção Previdenciária ria - Perfil dos socialmente desprotegidos segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios PNAD 2009 - BRASÍLIA, MAIO DE 2011 1 1. Indicadores de Cobertura Social Cobertura

Leia mais

EMPREGO E RENDA 2003 UM ANO DE DESEMPREGO E DE QUEDA ACENTUADA DO RENDIMENTO NOS GRANDES CENTROS URBANOS

EMPREGO E RENDA 2003 UM ANO DE DESEMPREGO E DE QUEDA ACENTUADA DO RENDIMENTO NOS GRANDES CENTROS URBANOS EMPREGO E RENDA 2003 UM ANO DE DESEMPREGO E DE QUEDA ACENTUADA DO RENDIMENTO NOS GRANDES CENTROS URBANOS Em dezembro, a pesquisa de emprego do IBGE registrou uma taxa de desocupação de 10,9%. Como é normal

Leia mais

25/11/2016 IBGE sala de imprensa notícias PNAD 2015: rendimentos têm queda e desigualdade mantém trajetória de redução

25/11/2016 IBGE sala de imprensa notícias PNAD 2015: rendimentos têm queda e desigualdade mantém trajetória de redução PNAD 2015: rendimentos têm queda e desigualdade mantém trajetória de redução fotos saiba mais De 2014 para 2015, houve, pela primeira vez em 11 anos, queda nos rendimentos reais (corrigidos pela inflação).

Leia mais

A população negra ainda convive com patamares de desemprego mais elevado

A população negra ainda convive com patamares de desemprego mais elevado OS NEGROS NOS MERCADOS DE TRABALHO METROPOLITANOS NOVEMBRO DE 2011 OS NEGROS NOS MERCADOS DE TRABALHO METROPOLITANOS A população negra ainda convive com patamares de desemprego mais elevado A população

Leia mais

MERCADOS DE TRABALHO METROPOLITANOS. Taxa de desemprego relativamente estável em duas regiões Junho de 2017

MERCADOS DE TRABALHO METROPOLITANOS. Taxa de desemprego relativamente estável em duas regiões Junho de 2017 MERCADOS DE TRABALHO METROPOLITANOS Taxa de desemprego relativamente estável em duas regiões Junho de 2017 Comportamento Mensal Resultados de junho/2017 em relação a maio/2017 Grandes grupos da População

Leia mais

CONSTRUÇÃO. boletim. Trabalho e CRESCE A OCUPAÇÃO NA CONSTRUÇÃO CIVIL MAIS 198 MIL TRABALHADORES NO SETOR

CONSTRUÇÃO. boletim. Trabalho e CRESCE A OCUPAÇÃO NA CONSTRUÇÃO CIVIL MAIS 198 MIL TRABALHADORES NO SETOR boletim Trabalho e Ano 1 - nº 1 - Setembro 2009 CRESCE A OCUPAÇÃO NA CIVIL O Boletim Trabalho e Construção tem como objetivo divulgar análises e informações estatísticas a respeito da dinâmica e da estrutura

Leia mais

DESEMPENHO DO MERCADO DE TRABALHO DA REGIÃO METROPOLITANA DE PORTO ALEGRE EM 2016

DESEMPENHO DO MERCADO DE TRABALHO DA REGIÃO METROPOLITANA DE PORTO ALEGRE EM 2016 MERCADO DE TRABALHO NA REGIÃO METROPOLITANA DE PORTO ALEGRE EM 2016 Ano 25 - Número Especial DESEMPENHO DO MERCADO DE TRABALHO DA REGIÃO METROPOLITANA DE PORTO ALEGRE EM 2016 Em 2016, de acordo com as

Leia mais

SETEMBRO DE LIGEIRO RECUO DA TAXA DE DESEMPREGO

SETEMBRO DE LIGEIRO RECUO DA TAXA DE DESEMPREGO MERCADO DE TRABALHO METROPOLITANO 1 SETEMBRO DE 2013 2 LIGEIRO RECUO DA TAXA DE DESEMPREGO As informações captadas pela Pesquisa de Emprego e Desemprego revelam ligeira redução da taxa de desemprego e

Leia mais

CONSTRUÇÃO. boletim. Trabalho e APESAR DO DESAQUECIMENTO DA ECONOMIA, GERAÇÃO DE POSTOS DE TRABALHO NA CONSTRUÇÃO CIVIL MANTÉM CRESCIMENTO

CONSTRUÇÃO. boletim. Trabalho e APESAR DO DESAQUECIMENTO DA ECONOMIA, GERAÇÃO DE POSTOS DE TRABALHO NA CONSTRUÇÃO CIVIL MANTÉM CRESCIMENTO boletim Trabalho e Ano 1 - nº 2 - Setembro 2009 APESAR DO DESAQUECIMENTO DA ECONOMIA, GERAÇÃO DE POSTOS DE TRABALHO NA CIVIL MANTÉM CRESCIMENTO O recrudescimento da crise econômico-financeira no centro

Leia mais

DESEMPREGO MANTÉM-SE ESTÁVEL

DESEMPREGO MANTÉM-SE ESTÁVEL MERCADO DE TRABALHO NA CIDADE DE PORTO ALEGRE JUNHO DE 2007 1 2 3 DESEMPREGO MANTÉM-SE ESTÁVEL Divulgação junho 2007 1. Para junho, as informações da Pesquisa de Emprego e Desemprego de apontam estabilidade

Leia mais

TAXA DE DESEMPREGO AUMENTA PARA 7,3% EM JANEIRO, MAS É A MENOR PARA O MÊS DESDE 2009

TAXA DE DESEMPREGO AUMENTA PARA 7,3% EM JANEIRO, MAS É A MENOR PARA O MÊS DESDE 2009 PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA 1 JANEIRO DE 2014 Ano 7 Divulgação Nº 01 TAXA DE DESEMPREGO AUMENTA PARA 7,3% EM JANEIRO, MAS É A MENOR PARA O MÊS DESDE 2009 As informações

Leia mais

IBGE divulga a Síntese de Indicadores Sociais Publicação traz dados sobre trabalho, rendimento, condições de moradia, pobreza e educação

IBGE divulga a Síntese de Indicadores Sociais Publicação traz dados sobre trabalho, rendimento, condições de moradia, pobreza e educação IBGE divulga a Síntese de Indicadores Sociais 2018 Publicação traz dados sobre trabalho, rendimento, condições de moradia, pobreza e educação Mulheres, jovens, pretos e pardos têm maiores taxas de desocupação;

Leia mais

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE DIADEMA

OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE DIADEMA OBSERVATÓRIO DO TRABALHO DE DIADEMA Relatório Mensal: A Movimentação do Mercado de Trabalho Formal no Município de Diadema Março de 2008 Termo de Contrato Nº. 226/2007 MAIO de 2008 SUMÁRIO Apresentação

Leia mais

PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO

PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO PED fevereiro DE 2016 PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO DIVULGAÇÃO N o 375 Taxa de desemprego aumenta, após quatro meses em relativa estabilidade Nível de ocupação diminui

Leia mais

A inserção do negro no mercado de trabalho no Distrito Federal

A inserção do negro no mercado de trabalho no Distrito Federal PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NO DISTRITO FEDERAL A inserção do negro no mercado de trabalho no Novembro de 2011 A discussão sobre trabalho decente, capitaneada pela Organização Internacional do Trabalho

Leia mais

Taxa de desemprego mantém-se relativamente estável

Taxa de desemprego mantém-se relativamente estável MERCADO DE TRABALHO NA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO Resultados de janeiro de 2015 Taxa de desemprego mantém-se relativamente estável RESULTADOS DO MÊS 1. As informações da Pesquisa de Emprego e Desemprego

Leia mais

Política de Valorização do Salário Mínimo:

Política de Valorização do Salário Mínimo: Número 166 Janeiro 2017 Atualizada em 11/01 Política de Valorização do Salário Mínimo: Depois de 20 anos, reajuste fica abaixo da inflação (INPC) Salário Mínimo de 2017 é de R$ 937,00 A partir de 1º de

Leia mais

LIGEIRA REDUÇÃO DA TAXA DE DESEMPREGO

LIGEIRA REDUÇÃO DA TAXA DE DESEMPREGO PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA 1 ABRIL DE 2014 Ano 7 Divulgação Nº 04 LIGEIRA REDUÇÃO DA TAXA DE DESEMPREGO As informações da Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED),

Leia mais

A INSERÇÃO DOS NEGROS NOS MERCADOS DE TRABALHO METROPOLITANOS

A INSERÇÃO DOS NEGROS NOS MERCADOS DE TRABALHO METROPOLITANOS OS NEGROS NOS MERCADOS DE TRABALHO METROPOLITANOS NOVEMBRO DE 2012 A INSERÇÃO DOS NEGROS NOS MERCADOS DE TRABALHO METROPOLITANOS A sociedade brasileira comemora, no próximo dia 20 de novembro, o Dia da

Leia mais

Anuário das MULHERES. Empreendedoras. e Trabalhadoras em Micro e. Pequenas Empresas

Anuário das MULHERES. Empreendedoras. e Trabalhadoras em Micro e. Pequenas Empresas Anuário das MULHERES Empreendedoras e Trabalhadoras em Micro e Pequenas Empresas 2013 SEBRAE - Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas Presidente do Conselho Deliberativo Nacional Roberto

Leia mais

ABRIL DE Taxa de desemprego mantém-se praticamente estável

ABRIL DE Taxa de desemprego mantém-se praticamente estável MERCADO DE TRABALHO DO DISTRITO FEDERAL Ano 21 - Número 04 ABRIL DE 2012 Taxa de desemprego mantém-se praticamente estável Em abril, a Pesquisa de Emprego e Desemprego captou relativa estabilidade da taxa

Leia mais

Coletivas : Conjuntura Econômica e Perspectivas para 2011 CONTEE

Coletivas : Conjuntura Econômica e Perspectivas para 2011 CONTEE O Cenário das Negociações Coletivas : Conjuntura Econômica e Perspectivas para 2011 CONTEE São Paulo, 09 de setembro de 2010 Cenário Econômico no Brasil Crescimento do PIB em 2009 Saldo de empregos e crescimento

Leia mais

Taxa de desemprego aumenta pelo quarto mês consecutivo

Taxa de desemprego aumenta pelo quarto mês consecutivo MERCADO DE TRABALHO NA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO Maio de 2015 Taxa de desemprego aumenta pelo quarto mês consecutivo RESULTADOS DO MÊS 1. As informações da Pesquisa de Emprego e Desemprego PED,

Leia mais

Ano I Nº 6 Março de 2005 Trabalho e renda da mulher na família

Ano I Nº 6 Março de 2005 Trabalho e renda da mulher na família Ano I Nº 6 Março de 2005 Trabalho e renda da mulher na família Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócio-Econômicos Introdução Altas e crescentes taxas de desemprego, precarização das condições

Leia mais

MERCADO DE TRABALHO NA REGIÃO DO ABC EM 2013 *

MERCADO DE TRABALHO NA REGIÃO DO ABC EM 2013 * MERCADO DE TRABALHO NA REGIÃO DO ABC 1 MERCADO DE TRABALHO NA REGIÃO DO ABC EM 2013 * As informações da Pesquisa de Emprego e Desemprego da Região do ABC, em 2013, mostram crescimento do nível de ocupação,

Leia mais

MERCADO DE TRABALHO NA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA EM 2014

MERCADO DE TRABALHO NA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA EM 2014 PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA 2014 Ano 7 Número especial MERCADO DE TRABALHO NA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA EM 2014 Os resultados aqui apresentados referem-se

Leia mais

O MERCADO DE TRABALHO EM 2011

O MERCADO DE TRABALHO EM 2011 OS NEGROS NO MERCADO DE TRABALHO DO DISTRITO FEDERAL Novembro de 2012 O MERCADO DE TRABALHO EM 2011 Em comemoração ao Dia Nacional da Consciência Negra Os dados da Pesquisa de Emprego e Desemprego podem

Leia mais

AUMENTO DO DESEMPREGO SE INTENSIFICA NA RMF

AUMENTO DO DESEMPREGO SE INTENSIFICA NA RMF PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NA REGIÃO METROPOLITANA DE FORTALEZA 1 FEVEREIRO DE 2016 Ano 9 Divulgação Nº 02 AUMENTO DO DESEMPREGO SE INTENSIFICA NA RMF As informações captadas pela Pesquisa de Emprego

Leia mais

A Mulher e a Previdência Social

A Mulher e a Previdência Social MPS Ministério da Previdência Social SPPS Secretaria de Políticas de Previdência Social A Mulher e a Previdência Social BRASÍLIA, OUTUBRO DE 2014 1 A Previdência Social está inserida em um contexto mais

Leia mais

Número 64 Abril de Entendendo o movimento da jornada de trabalho semanal média

Número 64 Abril de Entendendo o movimento da jornada de trabalho semanal média Número 64 Abril de 2008 Entendendo o movimento da jornada de trabalho semanal média Entendendo o movimento da jornada de trabalho semanal média 1 Apresentação Desde o ano passado, o movimento sindical

Leia mais

PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO

PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO MERCADO DE TRABALHO NA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO Março de 2015 PESQUISA DE EMPREGO E DESEMPREGO NA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO Taxa de desemprego aumenta, em comportamento típico para o período

Leia mais

Indicadores de Mercado de Trabalho

Indicadores de Mercado de Trabalho Indicadores de Mercado de Trabalho Fontes de informação IBGE DIEESE IPARDES MTE Que tipo de informação essas instituições produzem? Registros Administrativos Pesquisas domiciliares Registros Administrativos

Leia mais