PROJETOS IV. Plano do Projeto Exportação da Bebida Voltz Equipe Style Project (07/10/2009)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROJETOS IV. Plano do Projeto Exportação da Bebida Voltz Equipe Style Project (07/10/2009)"

Transcrição

1 PROJETOS IV Plano do Projeto Exportação da Bebida Voltz Equipe Style Project (07/10/2009) Assinaturas de Aprovação Responsabilidade Organizacional Assinatura Data Gerente de Projeto 07/10/2009 Líder de Projeto 07/10/2009 Controle de Versão deste Documento Versão Data Redator Descrição da Mudança /09/2009 Ivan F. Scaravelli Criação do Documento /09/2009 Ivan F. Scaravelli Revisão e Formatação Final do Plano /09/2009 Ivan F. Scaravelli Inclusão dos Anexos do Projeto

2 ÍNDICE PREFÁCIO RESUMO DO PROJETO ESCOPO E OBJETIVOS PREMISSAS E RESTRIÇÕES ENTREGAS DO PROJETO RESUMO DO CRONOGRAMA EVOLUÇÃO DO PLANO REFERÊNCIAS ORGANIZAÇÃO DO PROJETO CONTATOS EXTERNOS ESTRUTURA INTERNA PAPÉIS E RESPONSABILIDADES PLANOS DO PROCESSO GERENCIAL PLANO INICIAL PLANO DE TRABALHO Atividades do Trabalho Alocação de Tempo Alocação de Recursos Alocação do Orçamento PLANO DE CONTROLE Controle do Cronograma Controle do Orçamento Controle da Qualidade Plano de Comunicação PLANO DE GERENCIAMENTO DE RISCOS PLANO DE ENCERRAMENTO MODELO DO PROCESSO PLANO DE ACEITAÇÃO PLANOS DO PROCESSO DE APOIO GERENCIAMENTO DE PROBLEMAS GERENCIAMENTO MUDANÇAS... 9 ANEXOS... 9 ANEXO I - TERMO DE ABERTURA ANEXO II PLANO DE COMUNICAÇÕES ANEXO III ESTRUTURA ANALÍTICA DO PROJETO ANEXO IV - CRONOGRAMA ANEXO V FLUXOGRAMA DA QUALIDADE ANEXO VI CHECKLISTS DA QUALIDADE ANEXO VII PLANILHA DE CUSTOS ANEXO VIII MATRIZ DE RISCOS DO PROJETO ANEXO IX PLANILHA DE REGISTRO DE PROBLEMAS ANEXO X RELATÓRIO DE STATUS ANEXO XI - FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO DE MUDANÇAS / PLANILHA DE REGISTRO DE MUDANÇAS ANEXO XII RELATÓRIO DE POST-MORTEM E q u i p e S t y l e P r o j e c t

3 PREFÁCIO Esse Plano de Projeto tem como objetivo apresentar, de forma completa e organizada, toda a concepção, fundamentação, planejamento, meios de acompanhamento e avaliação do Projeto de Exportação da Bebida Voltz, sendo a referência básica para seu planejamento, execução e controle. 1. RESUMO DO PROJETO O Projeto de Exportação da Bebida Voltz tem como objetivo aplicar um capital inicial oferecido por investidores para a realização da exportação do produto acima citado que é inovador no mercado, tanto nacional quanto internacional, devido exclusivamente às suas características únicas. Este produto foi escolhido dentre outros após uma análise de viabilidade abordando diferentes aspectos empresariais do produto, sendo os principais técnicos, financeiros e comerciais. O produto entra no setor de bebidas, muito concorrido, pretendendo conseguir uma fatia desse mercado, instalando-se em um nicho de consumidores que gostam de bebidas com um gosto diferenciado. 1.1 ESCOPO E OBJETIVOS O objetivo do projeto é realizar a exportação de um produto novo; englobando todos os aspectos mercadológicos, legais e financeiros para a realização do mesmo. O escopo do projeto aplicará as bases teóricas do PMI, seguindo este que prevê para projetos fases de iniciação, planejamento, controle e encerramento. Será incluso nesse projeto o Plano de Exportação do produto, contendo todas as informações colhidas no mercado nacional e internacional, a análise destas informações, resultados desta análise, objetivos pretendidos e ações para conseguir a realização destes objetivos. Não será incluso neste projeto os processos de produção, administrativos, distribuição, marketing e outros que se referem à exportação do produto em si. O escopo do projeto se limita somente à realização do Plano de Exportação do produto no país escolhido para tal. Para mais informações a respeito do Escopo do Projeto vide Termo de Abertura (Anexo I). 1.2 PREMISSAS E RESTRIÇÕES Segue abaixo as principais Premissas e Restrições do Projeto de Lançamento da Bebida Voltz: Premissas A FPM disponibilizará nas aulas de Projeto IV a infra-estrutura necessária como computadores e softwares. As equipes de projeto devem cumprir as atividades conforme Plano da Disciplina e Cronograma já estabelecidos. Orientação do Projeto pelos Prof. Fabiano Gregolin e Marta Camargo. Impacto ao Plano O projeto possui garantias para sua realização plena suportada pelo Sponsor FPM. A equipe de projeto já possui conhecimento pleno das datas para se organizar para o projeto. O Sponsor FPM garante a orientação necessária para a realização do projeto. 3 E q u i p e S t y l e P r o j e c t

4 Foco somente no produto: Bebida Voltz. Restrições O projeto deverá iniciar em 19/08/2009 e finalizar em 02/12/2009. A fonte para pesquisas dos países para onde exportar será a internet e livros disponíveis na Biblioteca da FPM. O produto do projeto deverá ser elaborado em sala de aula, podendo ser utilizados os produtos previamente criados na disciplina de Projetos. Orçamento pré-definido e inflexível. O foco em um produto facilita o trabalho ao evitar múltiplas análises de mercado. Impacto ao Plano O tempo restringe a ação da equipe, dificultando a ação para possíveis imprevistos. A fonte de recursos disponíveis restringe acesso a informações mais precisas com pessoas acerca do Projeto. Ao restringir a gama de produtos disponíveis no mercado para somente alguns conhecidos dentro do âmbito escolar, se reduz as possibilidades para uma boa realização de Projeto. O orçamento inflexível restringe ao limitar a possibilidade de trabalhos a serem realizados da equipe. Tabela 1. Premissas e Restrições 1.3 ENTREGAS DO PROJETO Segue abaixo as previsões de entregas das principais tarefas do escopo do projeto de Lançamento da Bebida Voltz: Entregas Previstas Data Elaboração do Termo de Abertura 19/08/2009 Elaboração de um Plano de Comunicações 19/08/2009 Elaboração de uma Declaração de Papéis e Responsabilidades 19/08/2009 Relatório de status reportando o andamento das tarefas Semanalmente Criação Estrutura Analítica do Projeto 26/08/2009 Elaboração do Cronograma do projeto em MS Project 26/08/2009 Elaboração da Matriz de Gerenciamento de Riscos 02/09/2009 Elaboração de Fluxogramas com Visio para Execução 02/09/2009 Elaboração Planilha de Custos 02/09/2009 Elaboração de Checklists para documentação e execução 09/09/2009 Criação do Plano do Projeto 09/09/2009 Criação do Plano de Exportação 16/09/2009 Apresentação do Plano de Exportação 11/11/2009 Reunião de Encerramento do Projeto 25/11/2009 Elaboração do Relatório de Post-Mortem 25/11/2009 Entrega do Projeto Final 02/12/2009 Tabela 2. Entregas-Chave do Projeto 4 E q u i p e S t y l e P r o j e c t

5 1.4 RESUMO DO CRONOGRAMA Iniciação (19/08 a 26/08) Definição das Necessidades, Definição do Escopo, Termo de Abertura do Projeto. Planejamento (26/08 a 09/09) Elaboração e entrega de toda a documentação dos projetos e Plano de Projeto. Execução (16/09 a 04/11) Elaboração do Plano de Exportação e Apresentação. Encerramento (11/11 a 25/11) Reunião de Encerramento e Relatório de Post- Mortem. 1.5 EVOLUÇÃO DO PLANO As atualizações deste plano serão feitas sempre que necessário pelo redator do documento a cada etapa do projeto, tendo como base as diretrizes do PMI (Project Management Institute), assim como seu guia o PMBOK, para o controle das versões de documentos e sua elaboração como um todo. O plano evolui desenvolvendo um trabalho saudável quanto a exportação do produto Voltz nunca deixando de ter consciência das premissas e restrições ao projeto, assim como do capital necessário para sua implementação. 2. REFERÊNCIAS PROJECT MAGAMEMENT INSTITUTE PMI. Um Guia de Conhecimentos em Gerenciamento de Projetos. Guia PMBOK, Terceira Edição. PM Tech Capacitação em Projetos. Modelos, templates, guias e utilitários para quem atua em projetos. Disponível em: Acessado em 20 de Abril de ORGANIZAÇÃO DO PROJETO O Projeto organiza-se de forma simplificada, a equipe é formada por 5 integrantes, cabendo a equipe a escolha de seu líder de projeto. Os integrantes da Equipe Style Project reportam-se ao seu líder de Projeto, que tem como função coordenar e ser o contato da equipe com a Gerente de Projetos, Prof.ª Marta Camargo (Projetos IV). Cada integrante da equipe, assim como seu líder, possuem responsabilidades individuais e outras coletivas. As informações devem ser circuladas conforme o Plano de Comunicações (Anexo II). 3.1 CONTATOS EXTERNOS Segue abaixo os contatos externos da Equipe Style Project no decorrer do Projeto de Exportação da Bebida Voltz. São eles nossos maiores parceiros para a realização com sucesso do projeto. Stakeholder Consultores do Projeto Organização Faculdade Prudente de Moraes Assessoria Exportadora Maria de Fátima M. Silva Rueda Tabela 3. Contatos do Projeto 5 E q u i p e S t y l e P r o j e c t

6 3.2 ESTRUTURA INTERNA Abaixo segue o organograma relacionando os principais colaboradores ao projeto com suas funções e hierarquia dentro dele. Marta R. Camargo Gerente de Projetos Ivan F. Scaravelli Líder de Projetos Elias Libânio Gerência do Escopo João Benedetti Gerência da Qualidade Paulo H. Campos Gerência de Riscos Rodrigo H. Oliveira Gerência Financeira Figura 1. Organograma do Projeto 3.3 PAPÉIS E RESPONSABILIDADES Segue abaixo a tabela com as responsabilidades atribuídas a cada integrante da Equipe Style Project: Papel Nome Responsabilidade Gerente de Projetos Marta Camargo Orientação para elaboração do Projeto Gerente de Escopo Gerente de Riscos Gerente de Qualidade Gerente Financeiro Líder de Projeto e Redator Elias Libânio Paulo H. Campos João Paulo Benedetti Rodrigo H. Oliveira Ivan F. Scaravelli Assegurar que somente o trabalho necessário seja o realizado. Gerenciar possíveis riscos ao projeto, minimizando problemas. Assegurar que os trabalhos realizados estejam dentro da política de qualidade. Assegurar que o projeto seja mantido dentro do orçamento. Coordenar a equipe e integrar as áreas de conhecimento de projetos. Operacional Equipe Style Project Execução das Tarefas Tabela 4. Papéis e Responsabilidades do Projeto 4. PLANOS DO PROCESSO GERENCIAL Abaixo seguem os processos para a gestão de todas as fases do Projeto de Lançamento da Bebida Voltz: 4.1 PLANO INICIAL As documentações e trabalhos do Projeto foram desenvolvidos de acordo com a Estrutura Analítica do Projeto (Anexo III), que está baseada nos Processos PMI. O tempo previsto para o desenvolvimento e lançamento do produto assim como a data 6 E q u i p e S t y l e P r o j e c t

7 prevista para a realização consta do Cronograma feito em MS Project (Anexo IV), tendo como base a viabilidade de cronograma. Os custos foram orçados conforme análise financeira do estudo de viabilidade previamente elaborado. A criação da documentação foi feita em ferramentas padrões de tecnologia: MS Project, MS Visio, Word e Excel, tendo como base as diretrizes do PMI. 4.2 PLANO DE TRABALHO A seqüência do trabalho e ações estão organizadas conforme descrito nos subitens abaixo: Atividades do Trabalho O Projeto de Exportação da Bebida Voltz foi dividido conforme as fases descritas de processo do PMI. São elas: Iniciação, Planejamento, Execução e Controle e Encerramento. Para maiores informações ver Estrutura Analítica do Projeto (Anexo III) Alocação de Tempo A alocação de Tempo foi determinada conforme as datas de dias úteis de trabalho que seriam disponibilizados para a conclusão do projeto, após definido quantos dias seriam úteis para o projeto, as tarefas foram divididas conforme os processos do PMI e listadas em MS Project. (Anexo IV) Alocação de Recursos Os principais recursos alocados para o projeto são os de mão-de-obra dos integrantes da equipe Style Project. Essa alocação levou em consideração o conhecimento de cada um em determinadas áreas. Verificar Cronograma do Projeto em MS Project (Anexo IV) Alocação do Orçamento Para o início do projeto estimou-se um custo para sua abertura, esse custo teve como base orçamento previamente estabelecido para a realização do projeto. Os custos detalhados do projeto podem ser verificados na Planilha de Custos (Anexo VII). 4.3 PLANO DE CONTROLE O Projeto terá sua qualidade controlada conforme descrito nos subitens abaixo: Controle do Cronograma O progresso do trabalho será monitorado conforme o Cronograma do Projeto. Essa responsabilidade é do Líder de Projeto, que semanalmente irá conferir o previsto para a data com o que foi efetivamente realizado. Após a verificação o Líder de Projeto reportará o andamento do projeto com um Relatório de Status (Anexo X) para a Gerente de Projetos e a quem mais interessar. Em caso de não cumprimento de alguma tarefa previamente estabelecida cabe ao Líder de Projeto determinar um plano para sanar a deficiência encontrada e conseguir coordenar a tarefa atrasada com as demais tarefas sem haver prejuízo ao andamento do projeto. 7 E q u i p e S t y l e P r o j e c t

8 4.3.2 Controle do Orçamento O Controle do Orçamento será responsabilidade do Gerente Financeiro, que deverá controlar os gastos constantemente, sempre informando o Líder de Projetos do andamento dos gastos no projeto. O projeto deverá ficar dentro do orçamento estabelecido na Planilha de Custos (Anexo VII) Controle da Qualidade A Qualidade será controlada pelo Gerente de Qualidade designado, que irá utilizar checklists para todas as fases do projeto (Anexo VI) para verificar se todos os processos foram atendidos de forma satisfatória. Para auxiliar o controle da qualidade foram feitos Fluxogramas para a fase de execução (Anexo V), que será de responsabilidade da Gerência da Qualidade seguir e controlar, reportando ao Líder de Projetos quaisquer falhas nos processos Plano de Comunicação O Plano de Comunicação foi traçado visando estabelecer padrões para a comunicação da equipe Style Project, evitando desencontro de informações ou duplicidade destas. Em sua maioria as informações que estão em fase de produção e, portanto, espalhadas entre os integrantes da equipe, devem ser centralizadas para o Líder de Projeto, para maiores informações verificar Plano de Comunicações em MS Excel (Anexo II). 4.4 PLANO DE GERENCIAMENTO DE RISCOS Os riscos técnicos, externos e organizacionais que porventura poderiam ocorrer foram descritos na Matriz de Gerenciamento de Riscos. Nesse documento consta a probabilidade de cada risco vir a ocorrer, assim como o grau de impacto para o projeto. Após essa análise determinou-se um grau de risco sobre o qual se baseou ações preventivas para minimizar impactos negativos para o Projeto. Para maiores informações verificar Matriz de Gerenciamento de Riscos (Anexo VIII). 4.5 PLANO DE ENCERRAMENTO No Relatório de Post-Mortem o projeto é aprovado em sua totalidade, neste relatório estão descritas as entregas de todos os documentos do projeto, situação final do orçamento, problemas que ocorreram no decorrer do projeto, as principais conclusões e lições aprendidas. Vide Relatório de Post-Mortem (Anexo XII). 4.6 MODELO DO PROCESSO O ciclo de vida do Projeto segue os processos PMI: Iniciação, Planejamento, Execução, Controle e Encerramento. 4.7 PLANO DE ACEITAÇÃO Com o intuito de se conhecer a aceitação do produto no mercado serão realizadas ações previstas no Plano de Exportação, dentre tantas outras informações a 8 E q u i p e S t y l e P r o j e c t

9 principal ferramenta para se conhecer a aceitação do produto é a Pesquisa de Mercado que será feita tanto no mercado nacional, quanto no ambiente internacional. 5. PLANOS DO PROCESSO DE APOIO Abaixo seguem as etapas referentes aos Planos do Processo de Apoio. 5.1 GERENCIAMENTO DE PROBLEMAS Os problemas deverão ser gerenciados pelo Líder de Projeto, sempre visando a saúde do Projeto em suas três principais variáveis: custo, escopo e tempo. Qualquer problema que ocorra ao projeto deverá ser relatado na Planilha de Registro de Problemas (Anexo IX) usando como suporte outras documentações que podem ser verificadas no plano de Gerenciamento de Riscos do Projeto (Anexo XIII), no Formulário de Solicitação de Mudanças e na Planilha de Registro de Mudanças. (Anexo XI). 5.2 GERENCIAMENTO MUDANÇAS Sempre que for levantada a necessidade de mudança ou implementação de um escopo no Projeto, o solicitante deve preencher um Formulário de Solicitação de Mudanças, que dará início ao estudo de viabilidade da mudança, se aprovada, a mudança deve ser registrada na Planilha de Registro de Mudanças e será incluída ao escopo do projeto. Verificar Formulário de Solicitação de Mudança e Planilha de Registro de Mudança (Anexo XI). ARQUIVO DO DOCUMENTO Este documento foi criado usando MS Word e Adobe Acrobat. Os demais documentos anexos foram criados usando MS Excel, MS Project, MS Visio, MS Word. As versões finais dos arquivos serão armazenadas com o Líder de Projeto, Gerente de Projetos e demais stakeholders envolvidos desde que com autorização expressa da Gerência de Projetos. AUTOR DO DOCUMENTO O responsável pela criação e manutenção deste documento é o Líder de Projeto da Equipe Style Project: Ivan Fernando Scaravelli. ANEXOS Anexo I Termo de Abertura Anexo II Plano de Comunicações Anexo III Estrutura Analítica do Projeto - EAP Anexo IV Cronograma Anexo V Fluxograma da Qualidade Anexo VI - Checklists 9 E q u i p e S t y l e P r o j e c t

10 Anexo VII Planilha de Custos Anexo VIII Plano de Gerenciamento de Riscos Anexo IX Planilha de Registro de Problemas Anexo X Relatório de Status Anexo XI Formulário de Solicitação de Mudanças / Planilha de Registro de Mudanças Anexo XII Relatório de Post-Mortem 10 E q u i p e S t y l e P r o j e c t

11 ANEXO I - TERMO DE ABERTURA PROJETO PLANO DE EXPORTAÇÃO TERMO DE ABERTURA PROJECT CHARTER Preparado por Fabiano Gregolin (Sponsor) Versão 1.1 Aprovado por Diretoria 26/08/2009 RESUMO DAS CONDIÇÕES DO PROJETO No semestre passado cada grupo da turma de Administração desenvolveu um produto inovador. Nesse contexto, como parte do conteúdo programático do curso de Administração, ficou determinado que neste semestre os grupos realizarão um plano de exportação para os produtos criados no semestre passado. JUSTIFICATIVA DO PROJETO Para atender à estratégia de exportação do produto Voltz, será necessário desenvolver um Plano de Exportação. NOME DO GERENTE DO PROJETO, SUAS RESPONSABILIDADES E SUA AUTORIDADE Ivan Fernando Scaravelli é líder do projeto, sua autoridade é total sobre a equipe podendo gerenciar o pessoal de acordo com seus próprios critérios. PRINCIPAIS PARTES INTERESSADAS Sponsor Líder de Projeto Equipe de Projeto Faculdade Prudente de Moraes Ivan Fernando Scaravelli Elias Libânio João Paulo Benedetti Paulo Henrique Campos Rodrigo Henrique de Oliveira DESCRIÇÃO DO PROJETO o Produto do projeto Plano de Exportação para o produto Voltz, conforme modelo fornecido. o Cronograma básico do projeto O projeto terá início em 17/08/2009 e deverá durar aproximadamente 3 a 4 meses. o Estimativas iniciais de custo O orçamento para este projeto é de R$ , E q u i p e S t y l e P r o j e c t

12 PREMISSAS INICIAIS A FPM disponibilizará durante as aulas de Projeto IV toda infra-estrutura necessária como computadores e softwares (Word, Excel, PowerPoint, Project). As equipes de projeto deverão terminar as atividades, nos respectivos dias, conforme Plano da Disciplina RESTRIÇÕES INICIAIS O projeto deverá iniciar em 17/08/2009 O projeto deverá finalizar em 25/11/2008 A fonte para pesquisas dos países para onde exportar será a internet e livros disponíveis na Biblioteca da FPM O produto do projeto deverá ser elaborado em sala de aula ADMINISTRAÇÃO o Necessidade inicial de recursos O Líder terá uma equipe de até 6 profissionais. o Controle e gerenciamento das informações do projeto A Equipe de Projetos é responsável pelas informações. Todas as informações devem ser mantidas e controladas pela Equipe de Projeto que disponibilizará conforme as solicitações do Patrocinador (Sponsor). Fabiano Gregolin Patrocinador Ivan F. Scaravelli Líder de Projetos APROVAÇÕES Data: 26/08/ E q u i p e S t y l e P r o j e c t

13 ANEXO II PLANO DE COMUNICAÇÕES 13 E q u i p e S t y l e P r o j e c t

14 ANEXO III ESTRUTURA ANALÍTICA DO PROJETO 14 E q u i p e S t y l e P r o j e c t

15 ANEXO IV - CRONOGRAMA 15 E q u i p e S t y l e P r o j e c t

16 16 E q u i p e S t y l e P r o j e c t

17 ANEXO V FLUXOGRAMA DA QUALIDADE 17 E q u i p e S t y l e P r o j e c t

18 ANEXO VI CHECKLISTS DA QUALIDADE Checklist da Qualidade Iniciação 1. Realização da reunião para escolha dos pais da exportação 2. Determinação de critérios para a escolha 3. Discussão com base nos critérios da escolha do melhor país. 4. Aprovação do melhor país 5. Definição das tarefas e responsabilidades para cada integrante da equipe 6. Elaboração da ata de reunião 7. Opção pelo melhor estudo de exportação 8. Definição o escopo do projeto 9. Termo de abertura elaborado conforme padrão do PMI 10. Identificação das premissas e restrições 11. Elaboração termo de abertura 12. Revisão do termo de abertura 13. Elaborado o Plano de Comunicações 14. Revisão do Plano de Comunicações 15. Conferência da entrega de todos os documentos da Iniciação. Obsevações: Checklist da Qualidade - Planejamento 16. Identificada todas as tarefas para elaboração da Estrutura Analítica do Projeto 17. Elaborada a Estrutura Analítica do Projeto 18. Revisão da Estrutura Analítica do Projeto 19. Aprovada a Estrutura Analítica do Projeto 20. Definidas as datas para elaboração de cada tarefa 21. Elaborado o cronograma conforme tarefas determinadas 22. Cronograma coerente com a Estrutura Analítica do Projeto 23. Recursos alocados para cada tarefa do cronograma 24. Identificados todos os custos do Projeto 25. Elaborada a planilha de custos 26. Revisada a planilha de custos 27. Aprovada planilha de custos 28. Elaborado o fluxograma da qualidade 29. Revisado o fluxograma da qualidade 30. Aprovado o fluxograma da qualidade 31. Elaborada a checklist da qualidade 32. A Checklist está abrangendo todos os processos do projeto 33. Brainstorm para identificação dos riscos do projeto 34. Listados os impactos dos riscos 35. Determinados ações para minimizar impactos riscos 36. Elaborado a matriz de riscos 37. Revisado a matriz de riscos 38. Aprovado a matriz de riscos 18 E q u i p e S t y l e P r o j e c t

19 39. Identificado todas as informações ao plano de projeto 40. Coletada todas as informações para o plano de projeto 41. Elaborado o plano de projeto 42. Revisado o plano de projeto 43. Aprovado o plano de projeto 44. Anexado todos os documentos ao plano de projeto 45. Revisão de todos os anexos do plano de projeto 46. Padronização da fonte 47. Verificação da paginação 48. Tabelas e linhas totalmente uniformes 49. Documentos ordenados 50. Impressão de toda documentação está legível 51. Versões de toda documentação atualizadas 52. Todos documentos têm tabelas de registro de documentos 53. Aprovação do plano de projeto e seus anexos Observações: Checklist da Qualidade Execução e Controle 54. Plano de exportação do produto 55. Diagnóstico do mercado 56. Mapeamento do mercado 57. Analise do novo mercado 58. Aprovado diagnóstico do novo mercado 59. Diagnostico da empresa 60. Mapeamento da empresa 61. Empresa diagnosticada 62. Diagnostico da empresa aprovado 63. Escolha do país alvo 64. Analise de dados dos países escolhidos 65. Verificado se o país é economicamente viável 66. Concluída a escolha do país alvo 67. Análise do mercado externo 68. Pesquisado mercado externo 69. Comparado mercado interno x mercado externo 70. Analise pesquisa mercado externo 71. Fechamento da pesquisa de mercado externo 72. Descrição do produto 73. Pesquisa de descrição do produto 74. Elaboração da descrição do produto 75. Aprovação da descrição do produto 76. Análise de novo mercado 19 E q u i p e S t y l e P r o j e c t

20 77. Pesquisar novo mercado 78. Analise da pesquisa de mercado 79. Elaborado relatório sobre o novo mercado 80. Analise novo mercado concluído 81. Estratégias de Mercado 82. Pesquisa estratégia de entrada no novo mercado 83. Escolhido a nova estratégia 84. Adequada estratégia para o novo mercado 85. Documentação 86. Preparada documentação para exportação 87. Documentação legalizada no novo mercado 88. despacho da documentação necessária 89. Logística e Transporte 90. Pesquisa melhor meio de transporte 91. Levantamento melhor custo de transporte 92. Definição melhor custo de transporte 93. Aprovada logística de transporte 94. Leis internacionais 95. Pesquisa sobre as leis do pais escolhido 96. Estudo das leis do pais escolhido 97. Elaboração relatórios sobre as leis 98. Aprovação do relatório sobre as leis 99. Analise Financeira 100. Elaborado plano financeiro 101. Preparado relatório de análise financeira 102. Aprovado relatório financeiro Observações: Checklist da Qualidade - Encerramento 103. Brainstorm para identificação de erros e acertos 104. Elaborado Relatório de Post-Mortem 105. Revisado Relatório de Post-Mortem 106. Aprovado Relatório de Post-Mortem 107. Conferida toda documentação antes da entrega final Obsevações: 20 E q u i p e S t y l e P r o j e c t

21 ANEXO VII PLANILHA DE CUSTOS 21 E q u i p e S t y l e P r o j e c t

22 ANEXO VIII MATRIZ DE RISCOS DO PROJETO 22 E q u i p e S t y l e P r o j e c t

23 23 E q u i p e S t y l e P r o j e c t

24 ANEXO IX PLANILHA DE REGISTRO DE PROBLEMAS 24 E q u i p e S t y l e P r o j e c t

25 ANEXO X RELATÓRIO DE STATUS 25 E q u i p e S t y l e P r o j e c t

26 ANEXO XI - FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO DE MUDANÇAS / PLANILHA DE REGISTRO DE MUDANÇAS 26 E q u i p e S t y l e P r o j e c t

27 27 E q u i p e S t y l e P r o j e c t

28 ANEXO XII RELATÓRIO DE POST-MORTEM 28 E q u i p e S t y l e P r o j e c t

GERENCIAMENTO DE PROJETOS PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE

GERENCIAMENTO DE PROJETOS PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE GERENCIAMENTO DE PROJETOS PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE O PMI e a Certificação PMP Visão Geral sobre o Modelo PMI APRESENTAÇÃO DO PMI O PMI - Project Management Institute é uma instituição sem fins lucrativos,

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos Grupo de Consultores em Governança de TI do SISP 20/02/2013 1 Agenda 1. PMI e MGP/SISP 2. Conceitos Básicos - Operações e Projetos - Gerenciamento de Projetos - Escritório de

Leia mais

Teoria e Prática. Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009. Rosaldo de Jesus Nocêra, PMP, PMI-SP, MCTS. do PMBOK do PMI. Acompanha o livro:

Teoria e Prática. Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009. Rosaldo de Jesus Nocêra, PMP, PMI-SP, MCTS. do PMBOK do PMI. Acompanha o livro: Gerenciamento de Projetos Teoria e Prática Totalmente de acordo com a 4 a Edição/2009 do PMBOK do PMI Acompanha o livro: l CD com mais de 70 formulários exemplos indicados pelo PMI e outros desenvolvidos

Leia mais

PLANEJAMENTO PLANEJAMENTO ESTRATÉGIA CICLO PDCA CICLO PDCA 09/04/2015 GESTÃO DE ESCOPO GERENCIAMENTO DE PROJETOS ACT

PLANEJAMENTO PLANEJAMENTO ESTRATÉGIA CICLO PDCA CICLO PDCA 09/04/2015 GESTÃO DE ESCOPO GERENCIAMENTO DE PROJETOS ACT UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE CONSTRUÇÃO CIVIL PLANEJAMENTO 2 GERENCIAMENTO DE PROJETOS SUBMETIDA E APROVADA A PROPOSTA DO PROJETO PROCESSO DE PLANEJAMENTO GESTÃO DE Processo fundamental

Leia mais

PROJETO NOVAS FRONTEIRAS. II - Nome do gerente do projeto, suas responsabilidades e sua autoridade

PROJETO NOVAS FRONTEIRAS. II - Nome do gerente do projeto, suas responsabilidades e sua autoridade PROJETO NOVAS FRONTEIRAS DECLARAÇÃO DE ESCOPO SCOPE STATEMENT Preparado por Rodrigo Mendes Lemos Gerente do Projeto Versão 3 Aprovado por Ricardo Viana Vargas Patrocinador 01/11/2010 I - Patrocinador Ricardo

Leia mais

Gerenciamento de integração de projeto

Gerenciamento de integração de projeto Objetivos do Conteúdo Gerenciamento de integração de projeto Sergio Scheer / DCC / UFPR TC045 Gerenciamento de Projetos Prover capacitação para: - Identificar os processos de Gerenciamento de Projetos;

Leia mais

Capítulo 3 Aplicando o PMBoK ao Microsoft Office Project 2003

Capítulo 3 Aplicando o PMBoK ao Microsoft Office Project 2003 Capítulo 3 Aplicando o PMBoK ao Microsoft Office Project 2003 29 3.1 GERENCIAMENTO DO ESCOPO O Gerenciamento do Escopo do Projeto engloba os processos necessários para assegurar que o projeto inclua todas

Leia mais

MASTER IN PROJECT MANAGEMENT

MASTER IN PROJECT MANAGEMENT MASTER IN PROJECT MANAGEMENT PROJETOS E COMUNICAÇÃO PROF. RICARDO SCHWACH MBA, PMP, COBIT, ITIL Atividade 1 Que modelos em gestão de projetos estão sendo adotados como referência nas organizações? Como

Leia mais

Gerenciamento de Projeto: Monitorando e Controlando o Projeto II. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br

Gerenciamento de Projeto: Monitorando e Controlando o Projeto II. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Gerenciamento de Projeto: Monitorando e Controlando o Projeto II Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Sumário Reportar o Desempenho Realizar o Controle Integrado de Mudanças Reportar o

Leia mais

INSTRUÇÃO DE SERVIÇO PARA ELABORAÇÃO DE PLANOS GERAIS DE PROJETOS DE SISTEMAS OU APLICATIVOS

INSTRUÇÃO DE SERVIÇO PARA ELABORAÇÃO DE PLANOS GERAIS DE PROJETOS DE SISTEMAS OU APLICATIVOS INSTRUÇÃO DE SERVIÇO PARA ELABORAÇÃO DE PLANOS GERAIS DE PROJETOS DE SISTEMAS OU APLICATIVOS IS-CGMI-02/2005 Aprovada pela Portaria nº 1494 de 22/11/2005 Histórico de Versões Data Versão Descrição Autor

Leia mais

Manual de Gerenciamento de Projetos

Manual de Gerenciamento de Projetos TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO ASSESSORIA DE GESTÃO ESTRATÉGICA ESCRITÓRIO DE PROJETOS ESTRATÉGICOS (EPE) Manual de Gerenciamento de Projetos SISTEMA DE GESTÃO ESTRATÉGICA Anexo da Portaria

Leia mais

Gerência de Projetos

Gerência de Projetos Gerência de Projetos Escopo Custo Qualidade Tempo CONCEITO PROJETOS: são empreendimentos com objetivo específico e ciclo de vida definido Precedem produtos, serviços e processos. São utilizados as funções

Leia mais

Elaboração dos documentos

Elaboração dos documentos Estudo de Caso Área de conhecimento Gerência de Escopo Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A. A Presidência dos Correios vislumbrou a possibilidade da Empresa apresentar aos seus clientes

Leia mais

Gerenciamento de Projetos (PMI) e sua aplicação em projetos de transporte público.

Gerenciamento de Projetos (PMI) e sua aplicação em projetos de transporte público. Gerenciamento de Projetos (PMI) e sua aplicação em projetos de transporte público. Sérgio Ricardo Fortes 1 ; Ana Cristina Dalborgo 2 1 EMTU Rua Joaquim Casemiro, 290, Bairro Planalto São Bernardo do Campo-SP

Leia mais

Estudo de Caso. Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A.

Estudo de Caso. Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A. Estudo de Caso Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A. A Presidência dos Correios vislumbrou a possibilidade da Empresa apresentar aos seus clientes um novo serviço, que foi denominado de

Leia mais

Visão Geral das Áreas de Conhecimento e dos Processos da Gerência de Projetos

Visão Geral das Áreas de Conhecimento e dos Processos da Gerência de Projetos Visão Geral das Áreas de Conhecimento e dos Processos da Gerência de Projetos GERÊNCIA DE INTEGRAÇÃO GERÊNCIA DO ESCOPO GERÊNCIA DO TEMPO GERÊNCIA DE CUSTO GERÊNCIA DA QUALIDADE Desenvolvimento do Plano

Leia mais

Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI

Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Planejamento do Gerenciamento das Comunicações (10) e das Partes Interessadas (13) PLANEJAMENTO 2 PLANEJAMENTO Sem 1 Sem 2 Sem 3 Sem 4 Sem 5 ABRIL

Leia mais

Duração 44 horas/aula

Duração 44 horas/aula MySQL Gestão - Introdução, de Projetos Administração Fundamentos e e Otimização Prática Objetivo Capacitar profissionais em técnicas e ferramentas de gestão de projetos com aplicação prática dos conceitos

Leia mais

Capítulo 1 Introdução ao gerenciamento de projetos

Capítulo 1 Introdução ao gerenciamento de projetos Capítulo 1 Introdução ao gerenciamento de projetos 1.1 Introdução 31 1.2 O que é um projeto? 31 1.3 Ciclo de vida do projeto 33 1.4 O que é gerenciamento de projetos? 36 1.5 Relacionamento entre grupos

Leia mais

METODOLOGIA DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS

METODOLOGIA DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS METODOLOGIA DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS 2012 Conceitos Projetos Um Projeto é um esforço Temporário empreendido para criar um produto, serviço ou resultado Exclusivo. Atributos desejáveis na gestão do

Leia mais

Título da apresentação Curso Gestão de Projetos I (Verdana, cor branca) Curso de Desenvolvimento de Servidores - CDS

Título da apresentação Curso Gestão de Projetos I (Verdana, cor branca) Curso de Desenvolvimento de Servidores - CDS Título da apresentação Curso Gestão de Projetos I (Verdana, cor branca) Curso de Desenvolvimento de Servidores - CDS Prof. Instrutor Elton Siqueira (a) (Arial Moura preto) CURSO DE GESTÃO DE PROJETOS I

Leia mais

FINANÇAS EM PROJETOS DE TI

FINANÇAS EM PROJETOS DE TI FINANÇAS EM PROJETOS DE TI 2012 Material 1 Prof. Luiz Carlos Valeretto Jr. 1 E-mail valeretto@yahoo.com.br Objetivo Objetivos desta disciplina são: reconhecer as bases da administração financeira das empresas,

Leia mais

Gerenciamento de integração de projeto. Sergio Scheer / DCC / UFPR TC045 Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de integração de projeto. Sergio Scheer / DCC / UFPR TC045 Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de integração de projeto Sergio Scheer / DCC / UFPR TC045 Gerenciamento de Projetos 9 áreas de conhecimento de GP / PMBOK / PMI QUALIDADE RECURSOS HUMANOS ESCOPO AQUISIÇÕES INTEGRAÇÃO COMUNICAÇÕES

Leia mais

fagury.com.br. PMBoK 2004

fagury.com.br. PMBoK 2004 Este material é distribuído por Thiago Fagury através de uma licença Creative Commons 2.5. É permitido o uso e atribuição para fim nãocomercial. É vedada a criação de obras derivadas sem comunicação prévia

Leia mais

29/05/2012. Gestão de Projetos. Luciano Gonçalves de Carvalho FATEC. Agenda. Gerenciamento de Integração do Projeto Exercícios Referências FATEC

29/05/2012. Gestão de Projetos. Luciano Gonçalves de Carvalho FATEC. Agenda. Gerenciamento de Integração do Projeto Exercícios Referências FATEC Gestão de Projetos 1 Agenda Gerenciamento de Integração do Projeto Exercícios Referências 2 1 GERENCIAMENTO DA INTEGRAÇÃO DO PROJETO 3 Gerenciamento da Integração do Projeto Fonte: EPRoj@JrM 4 2 Gerenciamento

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Custos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Custos Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Custos Metodologia Aula Teórica Exemplos e Exercícios práticos Questões de concursos anteriores Metodologia e Bibliografia Bibliografia PMBOK, 2004. Project Management

Leia mais

Um passo inicial para aplicação do gerenciamento de projetos em pequenas empresas

Um passo inicial para aplicação do gerenciamento de projetos em pequenas empresas Instituto de Educação Tecnológica Pós-graduação Gestão de Projetos Aperfeiçoamento/GPPP1301 T132 09 de outubro de 2013 Um passo inicial para aplicação do gerenciamento de s em pequenas empresas Heinrich

Leia mais

Estar apto a utilizar técnicas, ferramentas e terminologias básicas do gerenciamento de projetos após a realização do curso.

Estar apto a utilizar técnicas, ferramentas e terminologias básicas do gerenciamento de projetos após a realização do curso. Curso sobre Gerenciamento de Projetos Apresentação O Gerenciamento de Projetos evoluiu nos últimos anos, ampliando sua área de atuação dentro das organizações. Nos mais variados campos da administração,

Leia mais

Princípios da Engenharia de Software aula 05 Gerenciamento de planejamento de projetos. Prof.: Franklin M. Correia

Princípios da Engenharia de Software aula 05 Gerenciamento de planejamento de projetos. Prof.: Franklin M. Correia 1 Princípios da Engenharia de Software aula 05 Gerenciamento de planejamento de projetos Prof.: Franklin M. Correia Na aula anterior... Metodologias ágeis Princípios do Manifesto ágil 12 itens do manifesto

Leia mais

Capítulo 4 Gerenciamento da Integração do Projeto. Introdução. Vamos pensar um pouco?

Capítulo 4 Gerenciamento da Integração do Projeto. Introdução. Vamos pensar um pouco? www.emmene Capítulo 4 Gerenciamento da Integração do Projeto 1 Introdução Vamos pensar um pouco? 2 P Introdução Qual é o principal papel de um gerente de projeto? Integrar todas as partes de um projeto

Leia mais

F.1 Gerenciamento da integração do projeto

F.1 Gerenciamento da integração do projeto Transcrição do Anexo F do PMBOK 4ª Edição Resumo das Áreas de Conhecimento em Gerenciamento de Projetos F.1 Gerenciamento da integração do projeto O gerenciamento da integração do projeto inclui os processos

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos Em conformidade com a metodologia PMI 1 Apresentações Paulo César Mei, MBA, PMP Especialista em planejamento, gestão e controle de projetos e portfólios, sempre aplicando as melhores

Leia mais

ÁREAS DE CONHECIMENTO DO PMBOK. Faculdade PITÁGORAS Unidade Raja Prof. Valéria E-mail: valeriapitagoras@gmail.com

ÁREAS DE CONHECIMENTO DO PMBOK. Faculdade PITÁGORAS Unidade Raja Prof. Valéria E-mail: valeriapitagoras@gmail.com ÁREAS DE CONHECIMENTO DO PMBOK Faculdade PITÁGORAS Unidade Raja Prof. Valéria E-mail: valeriapitagoras@gmail.com 1 As 10 áreas de Conhecimento 2 INTEGRAÇÃO 3 Gerência da Integração Processos necessários

Leia mais

Ficha técnica do curso

Ficha técnica do curso Gerenciamento de Projetos Teoria e Prática 40h Domine os conhecimentos em gerenciamento de projetos e esteja um passo a frente no mercado. Cada vez mais, as empresas reconhecem a importância de profissionais

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO GERAL GESTÃO DE PROJETOS

ADMINISTRAÇÃO GERAL GESTÃO DE PROJETOS ADMINISTRAÇÃO GERAL GESTÃO DE PROJETOS Atualizado em 31/12/2015 GESTÃO DE PROJETOS PROJETO Para o PMBOK, projeto é um esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço ou resultado exclusivo.

Leia mais

MDMS-ANAC. Metodologia de Desenvolvimento e Manutenção de Sistemas da ANAC. Superintendência de Tecnologia da Informação - STI

MDMS-ANAC. Metodologia de Desenvolvimento e Manutenção de Sistemas da ANAC. Superintendência de Tecnologia da Informação - STI MDMS-ANAC Metodologia de Desenvolvimento e Manutenção de Sistemas da ANAC Superintendência de Tecnologia da Informação - STI Histórico de Alterações Versão Data Responsável Descrição 1.0 23/08/2010 Rodrigo

Leia mais

Política Organizacional para Desenvolvimento de Software no CTIC

Política Organizacional para Desenvolvimento de Software no CTIC Política Organizacional para Desenvolvimento de Software no CTIC O CTIC/UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação da Universidade Federal do Pará define neste documento sua Política Organizacional

Leia mais

Plataforma da Informação. Gerenciamento de Projetos

Plataforma da Informação. Gerenciamento de Projetos Plataforma da Informação Gerenciamento de Projetos Motivação Por que devemos fazer Projetos? - O aprendizado por projetos, faz parte de um dos três pilares de formação do MEJ; -Projetos são oportunidades

Leia mais

PMBOK 4ª Edição III. O padrão de gerenciamento de projetos de um projeto

PMBOK 4ª Edição III. O padrão de gerenciamento de projetos de um projeto PMBOK 4ª Edição III O padrão de gerenciamento de projetos de um projeto 1 PMBOK 4ª Edição III Processos de gerenciamento de projetos de um projeto 2 Processos de gerenciamento de projetos de um projeto

Leia mais

4. PMBOK - Project Management Body Of Knowledge

4. PMBOK - Project Management Body Of Knowledge 58 4. PMBOK - Project Management Body Of Knowledge No Brasil, as metodologias mais difundidas são, além do QL, o método Zopp, o Marco Lógico do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e o Mapp da

Leia mais

8/3/2009. Empreendimento temporário que tem por finalidade criar um produto, serviço ou resultado exclusivo.

8/3/2009. Empreendimento temporário que tem por finalidade criar um produto, serviço ou resultado exclusivo. FAE S.J. dos Pinhais Projeto e Desenvolvimento de Software Conceitos Básicos Prof. Anderson D. Moura O que é um projeto? Conjunto de atividades que: 1. Objetivo específico que pode ser concluído 2. Tem

Leia mais

Engenharia de Software II: Criando a Declaração de Escopo. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br

Engenharia de Software II: Criando a Declaração de Escopo. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Engenharia de Software II: Criando a Declaração de Escopo Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Sumário Desenvolvendo o Plano de Gerenciamento do Projeto. Coletando Requisitos. Declarando

Leia mais

Termo de Referência. Prestação de Serviços de Treinamento na área de Gerenciamento de Projetos

Termo de Referência. Prestação de Serviços de Treinamento na área de Gerenciamento de Projetos Termo de Referência Prestação de Serviços de Treinamento na área de Gerenciamento de Projetos Maio/2012 Índice 1. OBJETO... 3 2. ESCOPO... 3 3. PRAZO... 7 4. LOCAL DE TREINAMENTO... 7 5. HORÁRIO DE TREINAMENTO...

Leia mais

Gerenciamento de Escopo na Gestão de Projetos

Gerenciamento de Escopo na Gestão de Projetos Gerenciamento de Escopo na Gestão de Projetos Airton Eustaquio Braga Junior aebjr@terra.com.br MBA Gestão de Projetos em Engenharia e Arquitetura Instituto de Pos-Graduação IPOG Goiania, GO, 02 de Setembro

Leia mais

Introdução. Escritório de projetos

Introdução. Escritório de projetos Introdução O Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK ) é uma norma reconhecida para a profissão de gerenciamento de projetos. Um padrão é um documento formal que descreve normas,

Leia mais

Aula 2 Governança do projeto Papéis e Responsabilidades

Aula 2 Governança do projeto Papéis e Responsabilidades Aula 2 Governança do projeto Papéis e Responsabilidades Objetivos da Aula: Nesta aula, iremos conhecer os diversos papéis e responsabilidades das pessoas ou grupos de pessoas envolvidas na realização de

Leia mais

Gerenciamento de Projeto: Criando o Termo de Abertura III. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br

Gerenciamento de Projeto: Criando o Termo de Abertura III. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Gerenciamento de Projeto: Criando o Termo de Abertura III Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Sumário Desenvolvendo o Termo de Abertura do Projeto. Identificando as Partes Interessadas

Leia mais

Análise de Processos do PMBOK em uma Fábrica de Software Um Estudo de Caso

Análise de Processos do PMBOK em uma Fábrica de Software Um Estudo de Caso Análise de Processos do PMBOK em uma Fábrica de Software Um Estudo de Caso Carlos Alberto Rovedder, Gustavo Zanini Kantorski Curso de Sistemas de Informação Universidade Luterana do Brasil (ULBRA) Campus

Leia mais

GESTÃO DE PROJETOS. Prof. Anderson Valadares

GESTÃO DE PROJETOS. Prof. Anderson Valadares GESTÃO DE PROJETOS Prof. Anderson Valadares Projeto Empreendimento temporário Realizado por pessoas Restrições de recursos Cria produtos, ou serviços ou resultado exclusivo Planejado, executado e controlado

Leia mais

Desmembrando o PMBoK através de mapas mentais (Mindmaps)

Desmembrando o PMBoK através de mapas mentais (Mindmaps) PMI O Que é o PMBoK Guide 3º Edition? O PMBoK Guide 3º Edition (2004) é uma denominação que representa todo o somatório de conhecimento dentro da área de gerenciamento de projetos, além de fornecer uma

Leia mais

Demais Áreas de Conhecimento do PMBOK

Demais Áreas de Conhecimento do PMBOK Residência em Arquitetura de Software Demais Áreas de Conhecimento do PMBOK Prof. Dr. Sandro Ronaldo Bezerra Oliveira srbo@ufpa.br www.ufpa.br/srbo Gerência de Desenvolvimento 2008.2 Faculdade de Computação

Leia mais

Tecnologia em Gestão Pública Desenvolvimento de Projetos - Aula 9 Prof. Rafael Roesler

Tecnologia em Gestão Pública Desenvolvimento de Projetos - Aula 9 Prof. Rafael Roesler Tecnologia em Gestão Pública Desenvolvimento de Projetos - Aula 9 Prof. Rafael Roesler Introdução Objetivos da Gestão dos Custos Processos da Gerência de Custos Planejamento dos recursos Estimativa dos

Leia mais

Gerenciamento do escopo

Gerenciamento do escopo Gerenciamento do escopo Gerenciamento do escopo Escopo pode ser definido como a soma dos produtos de um projeto, bem como a descrição de seus requisitos. O momento de definir o escopo é a hora em que o

Leia mais

Engenharia de Software II: Desenvolvendo o Orçamento do Projeto. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br

Engenharia de Software II: Desenvolvendo o Orçamento do Projeto. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Engenharia de Software II: Desenvolvendo o Orçamento do Projeto Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Sumário Criação do Plano de Gerenciamento de Custos do Projeto Estimar os Custos Determinar

Leia mais

Gerenciamento de Recursos Humanos e Gerenciamento de Comunicações. Sergio Scheer / DCC / UFPR TC045 Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Recursos Humanos e Gerenciamento de Comunicações. Sergio Scheer / DCC / UFPR TC045 Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Recursos Humanos e Gerenciamento de Comunicações Sergio Scheer / DCC / UFPR TC045 Gerenciamento de Projetos Just to remember... Interação entre os processos segundo PMBOK... Cada processo

Leia mais

3 Metodologia de Gerenciamento de Riscos

3 Metodologia de Gerenciamento de Riscos 3 Metodologia de Gerenciamento de Riscos Este capítulo tem como objetivo a apresentação das principais ferramentas e metodologias de gerenciamento de riscos em projetos, as etapas do projeto onde o processo

Leia mais

3 Gerenciamento de Projetos

3 Gerenciamento de Projetos 34 3 Gerenciamento de Projetos Neste capítulo, será abordado o tema de gerenciamento de projetos, iniciando na seção 3.1 um estudo de bibliografia sobre a definição do tema e a origem deste estudo. Na

Leia mais

Módulo 2: Gerenciamento de Escopo, Tempo e Custos do Projeto

Módulo 2: Gerenciamento de Escopo, Tempo e Custos do Projeto ENAP Diretoria de Desenvolvimento Gerencial Coordenação Geral de Educação a Distância Gerência de Projetos - Teoria e Prática Conteúdo para impressão Módulo 2: Gerenciamento de Escopo, Tempo e Custos do

Leia mais

TEMPLATES DE REFERÊNCIA PARA PLANEJAMENTO DE PROJETOS DE INVESTIMENTO

TEMPLATES DE REFERÊNCIA PARA PLANEJAMENTO DE PROJETOS DE INVESTIMENTO TEMPLATES DE REFERÊNCIA PARA PLANEJAMENTO DE PROJETOS DE INVESTIMENTO Estratégia & Desempenho Empresarial Gerência de Análise e Acompanhamento de Projetos de Investimento Março 2010 SUMÁRIO 1. Introdução...

Leia mais

União Metropolitana de Educação e Cultura. Interdisciplinar I Módulo CSTs: RH, Logística e GESCOM

União Metropolitana de Educação e Cultura. Interdisciplinar I Módulo CSTs: RH, Logística e GESCOM União Metropolitana de Educação e Cultura Interdisciplinar I Módulo CSTs: RH, Logística e GESCOM Lauro de Freitas - BAHIA 2013 2 JUSTIFICATIVA A principal justificativa para o desenvolvimento e implementação

Leia mais

ASPECTOS GERAIS DE PROJETOS

ASPECTOS GERAIS DE PROJETOS ASPECTOS GERAIS DE PROJETOS O que é PROJETO Um empreendimento com começo e fim definidos, dirigido por pessoas, para cumprir objetivos estabelecidos dentro de parâmetros de custo, tempo e especificações.

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos PMI, PMP e PMBOK PMI (Project Management Institute) Estabelecido em 1969 e sediado na Filadélfia, Pensilvânia EUA, o PMI é a principal associação mundial, sem fins lucrativos,

Leia mais

PLANEJAMENTO DO PROJETO

PLANEJAMENTO DO PROJETO PLANEJAMENTO DO PROJETO 1 APRESENTAÇÃO DO PROJETO O presente projeto foi aberto para realizar a gestão de todos os processos de prestação de serviços de informática, fornecimento de licença de uso perpétua,

Leia mais

Universidade de Brasília Faculdade de Ciência da Informação Curso de Arquivologia Profa. Lillian Alvares

Universidade de Brasília Faculdade de Ciência da Informação Curso de Arquivologia Profa. Lillian Alvares Universidade de Brasília Faculdade de Ciência da Informação Curso de Arquivologia Profa. Lillian Alvares O Project Management Institute é uma entidade sem fins lucrativos voltada ao Gerenciamento de Projetos.

Leia mais

Prática e Gerenciamento de Projetos

Prática e Gerenciamento de Projetos Universidade de São Paulo Escola de Artes, Ciências e Humanidades Prática e Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Custos do Projeto Equipe: Jhonas P. dos Reis Marcelo Marciano Mário Januário Filho

Leia mais

/ 2012_1 6 ( ) ADM ( ) ADM COMEX ( ) ADM MKT

/ 2012_1 6 ( ) ADM ( ) ADM COMEX ( ) ADM MKT Disciplina: Gerenciamento de Projetos / 2012_1 Carga horária: 68h Curso/Semestre: 6 ( x ) ADM ( x ) ADM COMEX ( x ) ADM MKT Data de atualização: janeiro 2012 Núcleo: Operações e Logística Nucleador: Giovanni

Leia mais

O que é um projeto? Características de um projeto. O Que é o PMBoK Guide 3º Edition? Desmembrando o PMBoK através de mapas mentais (Mindmaps)

O que é um projeto? Características de um projeto. O Que é o PMBoK Guide 3º Edition? Desmembrando o PMBoK através de mapas mentais (Mindmaps) O que é um projeto? Projeto é um empreendimento não repetitivo, caracterizado por uma sequência clara e lógica de eventos, com início, meio e fim, que se destina a atingir um objetivo claro e definido,

Leia mais

O Gerenciamento Organizacional de Projetos (GOP) pode ser descrito como uma estrutura de execução da estratégia coorporativa, com objetivo de

O Gerenciamento Organizacional de Projetos (GOP) pode ser descrito como uma estrutura de execução da estratégia coorporativa, com objetivo de Aula 02 1 2 O Gerenciamento Organizacional de Projetos (GOP) pode ser descrito como uma estrutura de execução da estratégia coorporativa, com objetivo de alcançar melhor desempenho, melhores resultados

Leia mais

Gestão de Projetos Ferramentas e Softwares para Gerenciamento de Projetos

Gestão de Projetos Ferramentas e Softwares para Gerenciamento de Projetos Gestão de Projetos Ferramentas e Softwares para Gerenciamento de Projetos Aula 1 Prof. Rodrigo Rocha prof.rodrigorocha@yahoo.com http://www.bolinhabolinha.com Apresentação Prof. Rodrigo Rocha prof.rodrigorocha@yahoo.com

Leia mais

10 áreas de conhecimento e 5 processos

10 áreas de conhecimento e 5 processos 1 10 áreas de conhecimento e 5 processos Projeto é um esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço ou resultado exclusivo Projetos são frequentemente utilizados como um meio de alcançar

Leia mais

[Descrição do projeto] para [Nome do Cliente] Plano de Projeto

[Descrição do projeto] para [Nome do Cliente] Plano de Projeto [Inserir Logotipo do ] [Descrição do projeto] para [Nome do Cliente] Preparado por: [nome do GP] Gerente de Projeto E-mail: [xxxxxxxxxxx] Projeto Id: [inserir ID do projeto] Data Elaboração:[xxxxxxx] Informações

Leia mais

Gestão de Projetos Logísticos

Gestão de Projetos Logísticos Gestão de Projetos Logísticos Professor: Fábio Estevam Machado CONTEÚDO DA AULA ANTERIOR Teoria Gestão de Projetos Projetos Atualidades Tipos de Projetos Conceitos e Instituições Certificação Importância

Leia mais

Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI

Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Pós-Graduação em Gerenciamento de Projetos práticas do PMI Planejamento do Gerenciamento das Comunicações (10) e das Partes Interessadas (13) PLANEJAMENTO 2 PLANEJAMENTO Sem 1 Sem 2 Sem 3 Sem 4 Sem 5 ABRIL

Leia mais

MINI-CURSO Gerenciamento de Projetos para Economistas

MINI-CURSO Gerenciamento de Projetos para Economistas MINI-CURSO Gerenciamento de Projetos para Economistas ECONOMISTA - RIVAS ARGOLO 2426/D 62 9905-6112 RIVAS_ARGOLO@YAHOO.COM.BR Objetivo deste mini curso : Mostrar os benefícios do gerenciamento de projetos

Leia mais

A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 11ª. REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 11ª. REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais, POLÍTICA INSTITUIDA ATO TRT 11ª REGIÃO Nº 058/2010/SGP (Publicado DOJT 26/10/2010) Institui a Política Organizacional de Gerenciamento de Projetos no âmbito do A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO

Leia mais

GESTÃO AVANÇADA DE PROJETOS ESTRATÉGICOS

GESTÃO AVANÇADA DE PROJETOS ESTRATÉGICOS GESTÃO AVANÇADA DE PROJETOS ESTRATÉGICOS Apresentação Estratégia, Planejamento e Execução são temas centrais nas organizações que buscam alcançar resultados diferenciados fazendo frente à dinâmicas de

Leia mais

GESTÃO AVANÇADA DE PROJETOS ESTRATÉGICOS

GESTÃO AVANÇADA DE PROJETOS ESTRATÉGICOS GESTÃO AVANÇADA DE PROJETOS ESTRATÉGICOS Apresentação Estratégia, Planejamento e Execução são temas centrais nas organizações que buscam alcançar resultados diferenciados fazendo frente à dinâmicas de

Leia mais

Alessandro Almeida www.alessandroalmeida.com 23/04/2013. 1 Semestre de 2013

Alessandro Almeida www.alessandroalmeida.com 23/04/2013. 1 Semestre de 2013 Alessandro Almeida www.alessandroalmeida.com 23/04/2013 1 Semestre de 2013 Fonte: https://www.facebook.com/cons ELHOSDOHEMAN Defina os seguintes termos: a) Risco Definição do PMBoK, 4ª edição: Um evento

Leia mais

Cartilha. Gestão de Projetos. Superintendência de Planejamento e Gestão SUPLAN Ministério Público do Estado de Goiás

Cartilha. Gestão de Projetos. Superintendência de Planejamento e Gestão SUPLAN Ministério Público do Estado de Goiás Cartilha Gestão de Projetos SUPLAN Ministério Público do Estado de Goiás Esta cartilha tem como objetivo transmitir os conceitos básicos relacionados ao Gerenciamento de Projetos e compartilhar da metodologia

Leia mais

GERENCIAMENTO DE PROJETOS COM A FERRAMENTA GPEx INSTRUTORES: JOÃO AUGUSTO ALEXANDRIA DE BARROS

GERENCIAMENTO DE PROJETOS COM A FERRAMENTA GPEx INSTRUTORES: JOÃO AUGUSTO ALEXANDRIA DE BARROS GERENCIAMENTO DE PROJETOS COM A FERRAMENTA GPEx INSTRUTORES: JOÃO AUGUSTO ALEXANDRIA DE BARROS REFERÊNCIAS Um Guia de Conhecimento em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK @ ), 5ª edição, PMI, 2013; Normas

Leia mais

Unidade I GERENCIAMENTO DE. Profa. Celia Corigliano

Unidade I GERENCIAMENTO DE. Profa. Celia Corigliano Unidade I GERENCIAMENTO DE PROJETOS DE TI Profa. Celia Corigliano Objetivo Estimular o aluno no aprofundamento do conhecimento das técnicas de gestão profissional de projetos do PMI. Desenvolver em aula

Leia mais

IETEC INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU GESTÃO E TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO

IETEC INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU GESTÃO E TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO IETEC INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU GESTÃO E TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO IMPLANTAÇÃO DE ESCRITÓRIO DE PROJETOS NA AST AUTOMAÇÃO SERVIÇOS E TECNOLOGIA SEGUNDO METODOLOGIA DO PROJECT

Leia mais

08/09/2011 GERÊNCIA DA INTEGRAÇÃO PMBOK GESTÃO DE PROJETOS

08/09/2011 GERÊNCIA DA INTEGRAÇÃO PMBOK GESTÃO DE PROJETOS GESTÃO DE PROJETOS Prof. Me. Luís Felipe Schilling "Escolha batalhas suficientemente grandes para importar, suficientemente pequenas para VENCER." Jonathan Kozol GERÊNCIA DA INTEGRAÇÃO PMBOK 1 GERÊNCIA

Leia mais

ARCO - Associação Recreativa dos Correios. Sistema para Gerenciamento de Associações Recreativas Plano de Desenvolvimento de Software Versão <1.

ARCO - Associação Recreativa dos Correios. Sistema para Gerenciamento de Associações Recreativas Plano de Desenvolvimento de Software Versão <1. ARCO - Associação Recreativa dos Correios Sistema para Gerenciamento de Associações Recreativas Versão Histórico da Revisão Data Versão Descrição Autor Página

Leia mais

1 Inicie um novo. Guia de Referência Rápida de Gerenciamento de Projeto para o Project 2007. projeto

1 Inicie um novo. Guia de Referência Rápida de Gerenciamento de Projeto para o Project 2007. projeto Guia de Referência Rápida de Gerenciamento de Projeto para o Project 2007 1 Inicie um novo Antes de começar um novo, uma organização deve determinar se ele se enquadra em suas metas estratégicas. Os executivos

Leia mais

Gerenciamento de Projetos. Prof. Dr. Rodolfo Miranda de Barros rodolfomdebarros@gmail.com

Gerenciamento de Projetos. Prof. Dr. Rodolfo Miranda de Barros rodolfomdebarros@gmail.com Gerenciamento de Projetos Prof. Dr. Rodolfo Miranda de Barros rodolfomdebarros@gmail.com MODELO DE GERENCIAMENTO PMI PMI (Project Management Institute); O modelo PMI é divido em áreas de conhecimento da

Leia mais

Gerenciamento de Projetos. Prática essencial para gerar negócios sustentáveis

Gerenciamento de Projetos. Prática essencial para gerar negócios sustentáveis MBA em Gestão de Projetos Gerenciamento de Projetos Prática essencial para gerar negócios sustentáveis Prof: Ângelo Braga, PMP, MBA angelo.braga@fgv.br eu@angelobraga.com.br 2/154 Contatos Prof. Ângelo

Leia mais

Visão Geral sobre Gestão de Projetos e Iniciação de Projetos Aula 2

Visão Geral sobre Gestão de Projetos e Iniciação de Projetos Aula 2 Visão Geral sobre Gestão de Projetos e Iniciação de Projetos Aula 2 Miriam Regina Xavier de Barros, PMP mxbarros@uol.com.br Agenda Bibliografia e Avaliação 1. Visão Geral sobre o PMI e o PMBOK 2. Introdução

Leia mais

Construção Casa Simples. II - RBS Risk Breakdown Structure para a identificação dos riscos

Construção Casa Simples. II - RBS Risk Breakdown Structure para a identificação dos riscos Construção Casa Simples PLANO GERENCIAMENTO RISCOS E RESPOSTAS AOS RISCOS RISK MANAGEMENT PLAN AND RISK RESPONSE MANAGEMENT PLAN Preparado por Ronilson Ronald Marques Gerente do Projeto Versão 1.0 Aprovado

Leia mais

W Projeto. Gerenciamento. Construindo a WBS e gerando o Cronograma. Autor: Antonio Augusto Camargos, PMP 1/12

W Projeto. Gerenciamento. Construindo a WBS e gerando o Cronograma. Autor: Antonio Augusto Camargos, PMP 1/12 W Projeto BS Construindo a WBS e gerando o Cronograma. Gerenciamento Autor: Antonio Augusto Camargos, PMP 1/12 Índice Remissivo Resumo...3 1. Introdução...3 2. Conceituando a WBS (Work Breakdown Structure/Estrutura

Leia mais

METODOLOGIA HSM Centrada nos participantes com professores com experiência executiva, materiais especialmente desenvolvidos e infraestrutura tecnológica privilegiada. O conteúdo exclusivo dos especialistas

Leia mais

Metodologia de Gestão de Projetos 2.1 APRESENTAÇÃO

Metodologia de Gestão de Projetos 2.1 APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO Considerando a amplitude da missão da Secretaria de Tecnologia da Informação (STI) do TSE e o contexto de mudanças no qual está inserida, a STI adotou, em seu modelo de gestão, uma estrutura

Leia mais

FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM MBA GERENCIAMENTO DE PROJETOS

FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM MBA GERENCIAMENTO DE PROJETOS FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM MBA GERENCIAMENTO DE PROJETOS BRUNO ROBERTO DA SILVA CESAR HENRIQUE MACIEL RIBEIRO GUSTAVO HENRIQUE PINHEIRO RICARDO SALLUM DE SOUZA VITOR

Leia mais

O que acontece antes do projeto começar?

O que acontece antes do projeto começar? O que acontece antes do projeto começar? Selecionar o projeto com base no alinhamento estratégico e retorno para o negócio Identificar necessidades do negócio e oportunidades que serão atendidas pelo projeto

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA EXECUTIVA

MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA EXECUTIVA PROGRAMA DE MODERNIZAÇÃO INTEGRADA DO MINISTÉRIO DA FAZENDA - PMIMF MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA EXECUTIVA ATORES DA REDE DE INOVAÇÃO 2 O MODELO CONTEMPLA: Premissas e diretrizes de implementação Modelo

Leia mais

Oficina de Gestão de Portifólio

Oficina de Gestão de Portifólio Oficina de Gestão de Portifólio Alinhando ESTRATÉGIAS com PROJETOS através da GESTÃO DE PORTFÓLIO Gestão de portfólio de projetos pode ser definida como a arte e a ciência de aplicar um conjunto de conhecimentos,

Leia mais

7 Seminário em Gerenciamento de Projetos PMI-GO

7 Seminário em Gerenciamento de Projetos PMI-GO 7 Seminário em Gerenciamento de Projetos PMI-GO PROJETO: OFICINA DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS NA ABORDAGEM PMI Vivian Borim www.vivianborim.com.br viborim@uol.com.br Agenda 22.08.2011 08h Apresentação

Leia mais