24(vinte e quatro) meses, conforme especificações constantes no Projeto Básico (Anexo I), parte inseparável deste edital.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "24(vinte e quatro) meses, conforme especificações constantes no Projeto Básico (Anexo I), parte inseparável deste edital."

Transcrição

1 MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE RECURSOS LOGÍSTICOS TERMO DE RECEBIMENTO DA CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 02/2006 EMPRESA: ENDEREÇO: _ CNPJ DA EMPRESA: TELEFONE: FAX: Brasília, de de Assinatura e Carimbo da Empresa Nome Legível: 1

2 OBS: SERÁ OBRIGATORIO O ENVIO DESTE RECIBO PELO FAX Nº: (61) MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE RECURSOS LOGÍSTICOS CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 02/2006 PROCESSO MTE / A União através do Ministério do Trabalho e Emprego, torna público, que a Comissão Especial de Licitação instituída pela Portaria nº 617, de 15 de setembro de 2006, da Secretaria Executiva, fará realizar licitação na modalidade de Concorrência do tipo Técnica e Preço, na forma de execução indireta, sob o regime de empreitada por preço por item, cuja documentação e as propostas deverão ser entregues no dia 24/11/2006, às 09h30min., na Esplanada dos Ministérios, Bloco F, Edifício Anexo, Ala B, Sala 444, em Brasília/DF, com abertura prevista para a mesma data e horário, desde que não haja recurso ou qualquer outro impedimento legal, a qual será regida pela Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993, com as alterações introduzidas pela Lei nº 8.883, de 08 de junho de 1994, Lei nº de 23 de outubro de 1991, Decreto nº 1.070, de 02 de março de 1994 e demais normas aplicáveis à espécie, inclusive aquelas previstas no presente Edital DO OBJETO A presente licitação tem por objeto a aquisição de solução integrada de VPN(Virtual Private Network) e Firewall, baseada em hardware e software, para conexão segura a rede do Ministério do Trabalho e Emprego MTE, incluindo instalação, configuração, suporte técnico e repasse tecnológico, pelo período de 24(vinte e quatro) meses, conforme especificações constantes no Projeto Básico (Anexo I), parte inseparável deste edital DA PARTICIPAÇÃO As empresas que desejarem participar desta licitação deverão comparecer no dia, hora e local indicados no preâmbulo deste Edital, para entregar à CEL a DOCUMENTAÇÃO e a PROPOSTA, em envelopes distintos e 2

3 lacrados, respectivamente, constando em sua parte extrema e frontal, os seguintes dizeres: a) CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 02/2006 ENVELOPE Nº 01 - DOCUMENTAÇÃO (nome do proponente) b) CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 02/2006 ENVELOPE Nº 02 - PROPOSTAS DE PREÇOS E TÉCNICA (nome do proponente) Os documentos e proposta serão entregues à CEL, através do representante legal da Empresa, que munido de credencial, será o único admitido a intervir nas fases da licitação; Por credencial entende-se: a) procuração pública ou declaração dirigida à CEL, acompanhada de carteira de identidade e cópia do ato de investidura do outorgante, no qual declare, expressamente, ter poderes para a devida outorga, ou b) documento que comprove sua capacidade de representar a Empresa, no caso de titular A não apresentação ou incorreção do documento de credenciamento não inabilitará o Licitante, mas impedirá o seu representante de se manifestar e responder pela mesma nas sessões públicas É vedada a participação de empresas em consórcio DA DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA Comprovação de Habilitação Parcial no SICAF, que será realizada pela Comissão Especial de Licitação, através de consulta on line de acordo com a IN/MARE/nº 05, de 21/07/95, mediante apresentação do número do CNPJ pela licitante; As empresas que apresentarem resultado igual ou menor do que 01(um) em qualquer dos índices de Liquidez Geral(LG), Solvência Geral(SG) e Liquidez Corrente(LC), deverão comprovar Capital Social mínimo no valor de R$ ,00 (noventa mil, cento e sessenta reais). 3

4 3.2 - Declaração de inexistência de fato impeditivo de acordo com a IN/MARE/nº 05/95, conforme Anexo III, deste Edital, devendo constar o nome e o número do R.G. do declarante Declaração de que não emprega menores de dezoito anos em trabalho noturno, perigoso ou insalubre e nem menores de dezesseis anos em qualquer trabalho, salvo na condição de aprendiz, nos termos do Decreto nº 4.358, de 05 de setembro de 2002, que regulamentou a Lei nº 9.854, de 27 de outubro de 1999, referente ao cumprimento do disposto no inciso XXXIII do art. 7º da Constituição Federal Um atestado de capacidade técnica, compatível com o objeto desta licitação emitido por empresa pública ou privada. Para confirmação deste item poderá ser feita a combinação de até 02 (dois) atestados As empresas interessadas em exercer o direito de preferência de que trata o art. 5º do Decreto nº 1.070/94, deverão apresentar, juntamente com os demais documentos de habilitação, comprovantes emitidos pelo Ministério da Ciência e Tecnologia ou Organismo especializado, por ele credenciado, que comprovem a tecnologia dos bens e serviços ofertados A inclusão da documentação prevista no subitem 3.6 é facultativa e sua ausência acarretará apenas a perda do direito de preferência, não podendo ser invocada para inabilitar Licitantes A interessada deverá ainda indicar claramente, sob pena de decair seu direito, a ordem de preferência requerida, dentre aquelas relacionadas no art. 5º do Decreto nº 1.070/94, consideradas as alterações decorrentes da Emenda Constitucional nº 6/ Não serão consideradas outras formas de comprovação que não as previstas no Decreto nº 1.070, de e na Portaria nº 92, de , do Ministério da Ciência e Tecnologia Os documentos acima relacionados poderão ser apresentados em original, por qualquer processo de cópia legível (exceto telefax) autenticada por tabelião de notas ou pelos membros da Comissão Permanente de Licitação, ou por publicação em órgão de imprensa oficial. Nos casos de apresentação de copias não autenticadas, deverão ser apresentados os originais para confronto, não será aceito nenhum protocolo de entrega em substituição aos documentos relacionados neste Edital Todos os documentos deverão se referir a um mesmo estabelecimento, seja ele matriz ou filial DA PROPOSTA 4

5 4.1 - A proposta deverá ser redigida em língua portuguesa, datilografada ou impressa em 01 (uma) via, separadas e montadas, sem emendas, rasuras ou entrelinhas, assinada a última folha e rubricada as demais e conter: especificações claras, completas e minuciosas dos bens e serviços oferecidos, informando marca, modelo, e todos os elementos necessários à avaliação técnica do bem ofertado, considerando-se os fatores fixados para o julgamento, preferentemente, na ordem em que são apresentados no Anexo II; o preço unitário e global, incluindo materiais, equipamentos, ferramentas, transporte, impostos, taxas, emolumentos, impostos, taxas, seguros e quaisquer outras despesas que incidam ou venham a incidir sobre o fornecimento, manutenção, instalação e garantia dos equipamentos; deverá ser cotado também o preço separado para cada tipo de equipamento e serviços os preços propostos deverão ser expressos em moeda corrente nacional, em algarismo e por extenso, prevalecendo este último em caso de divergência; razão social da firma, CNPJ, endereço completo, inclusive CEP, e o nome do Banco, agência e o número da conta bancária da empresa; garantia mínima de 02(dois) anos com as características mínimas obrigatórias constantes no item 6 do Projeto Básico; declaração de que todos os equipamentos a serem fornecidos são do mesmo fabricante; observando ainda o contido no item 10 do Projeto Básico (Anexo I) Não serão aceitos equipamentos usados, recondicionados ou fora de linha de fabricação Não serão consideradas propostas com alternativas, nem qualquer oferta de vantagem não prevista neste Edital, nem preços baseados nas ofertas das demais Licitantes Em nenhuma hipótese poderá ser modificado o conteúdo da proposta apresentada, em relação a preço, pagamento, prazo, ou a qualquer outra condição ofertada. 5

6 4.5- O preço é fixo e irreajustável e nele deverão estar incluídas todas as despesas legais e adicionais incidentes direta ou indiretamente nos bens e serviços ofertados Ter validade não inferior a de 60 (sessenta) dias corridos a contar de sua apresentação A empresa que apresentar melhor índice final deverá apresentar amostra, conforme solicitado no item 17 do Projeto Básico (Anexo I) Deverá estar especificada a infra-estrutura disponível e demais condições para o atendimento de suporte de serviços do equipamento cotado, relacionando endereço/telefones do centro de atendimento técnico responsável pela manutenção Na apresentação da proposta a empresa deverá dispor de catálogo dos equipamentos cotados, contendo marca, modelo, características e demais especificações técnicas detalhadas que possibilitem sua avaliação Documentação técnica (catálogos, white papers, folders) comprovando que os equipamentos ofertados atendem a todas as Especificações Técnicas Mínimas Obrigatórias deste Edital, devendo ainda, indicar para cada item destas, em que documento, página e parágrafo encontra-se a comprovação. A não indicação do item na documentação técnica conforme solicitado poderá provocar a desclassificação da proposta do licitante Documentação técnica (catálogos, white papers, folders) comprovando que os equipamentos ofertados atendem aos ítens das Especificações Adicionais para Avaliação Técnica, cujos pontos sejam pleiteados pela licitante, devendo ainda, indicar para cada item, em que documento, página e parágrafo encontra-se a comprovação. A não indicação do item na documentação provocará a perda dos pontos relativos ao item não comprovado DO RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Os documentos de habilitação e propostas técnicas e de preços, deverão ser entregues à Comissão Permanente de Licitação em envelopes distintos, por intermédio do representante legal da empresa, no local, data e horário que será realizada a licitação, não se admitindo o envio da documentação ou propostas através dos correios ou qualquer outro meio Os envelopes de documentação, "Envelope nº 01", serão abertos em primeiro lugar sendo os documentos rubricados pelos membros da Comissão Permanente de Licitação e pelos representantes dos Licitantes participantes da sessão. 6

7 5.3 - A Comissão Permanente de Licitação analisará a documentação para verificar o cumprimento das exigências contidas no Edital Poderá a Comissão transferir a análise dos Documentos de Habilitação para outra data, caso necessite mais tempo para apreciar os documentos contidos nos Envelopes nº Ocorrendo a hipótese prevista no item anterior, os envelopes contendo as PROPOSTAS, devidamente lacrados, serão rubricados pelos membros da Comissão, ficando em seu poder até que seja decidida a habilitação Após a fase de habilitação, não cabe desistência da proposta de preços, salvo por motivo justo decorrente de fato superveniente e aceito pela Comissão Após examinada a documentação contida nos Envelopes nº 01, serão relacionados os Licitantes julgados habilitados, devolvendo-se aos demais, sem abrir, os Envelopes nº 02, correspondentes Não havendo Licitante inabilitada ou se todas manifestarem desistência de interpor recurso, será procedida a imediata abertura das propostas, que serão rubricadas pela CEL e licitantes presentes Das reuniões para recebimento e abertura dos documentos de habilitação e propostas, serão lavradas atas circunstanciadas, que mencionarão todas as ocorrências que interessarem ao julgamento desta licitação, devendo estas serem assinadas pelos membros da Comissão e por todas os Licitantes ou por Comissão por eles eleita Depois da hora marcada para recebimento dos envelopes DOCUMENTAÇÃO e PROPOSTA, nenhum documento será recebido pela CEL DO JULGAMENTO O julgamento da licitação será realizado em 02 (duas) fases: a) fase de habilitação, que compreenderá análise dos documentos apresentados no envelope DOCUMENTAÇÃO de todas os Licitantes. Só as empresas habilitadas passarão à próxima fase, ou seja, a de julgamento das propostas; b) fase de julgamento das propostas, que compreenderá a análise dos elementos contidos no envelope PROPOSTA dos Licitantes habilitados Na avaliação da técnica e do preço, será observado o disposto no art. 3º da Lei nº 8.248, de 23 de outubro de 1991, considerando-se neste procedimento licitatório, os fatores de suporte serviços (durante o período da garantia), padronização, qualidade e desempenho, bem como o preço, em consonância 7

8 com aqueles especificados no parágrafo 2º do referido diploma legal, mediante os critérios de distribuição de pontos e pesos, a fim de encontrar a média ponderada para a devida classificação dos Licitantes: a) a parte técnica será ponderada com fator de ponderação 50%(cinqüenta por cento); b) o preço será ponderado com fator de ponderação 50%(cinqüenta por cento); c) - cada fator será avaliado conforme os quesitos constantes do Anexo II APURAÇÃO DO ÍNDICE TÉCNICO Para apuração do índice técnico serão observados os critérios para pontuação e a especificação técnica para avaliação constante do Anexo I, utilizando-se a seguinte fórmula: IT = PT / MPT Onde: IT = Índice Técnico PT = Pontuação Técnica Somatório das pontuações obtidas pela empresa licitante MPT = Maior Pontuação Técnica - Pontuação técnica da proposta de maior pontuação absoluta APURAÇÃO DO ÍNDICE DE PREÇO O Índice de Preço (IP) será obtido por meio da divisão da proposta de Menor Preço Ofertado pelo preço ofertado da proposta de preços em exame, conforme fórmula a seguir, utilizando-se 02 (duas) casas decimais, sem arredondamento, e desprezando-se as demais casas decimais: IP = MPO / PO Onde: IP = Índice de Preço MPO = Menor Preço Ofertado PO = Preço Ofertado APURAÇÃO DO ÍNDICE FINAL A classificação das concorrentes será obtida através da aplicação da seguinte fórmula: AF = (IT X 5) + (IP X 5) Onde: 8

9 AF = Avaliação Final IT = Índice Técnico (obtido de acordo com o previsto no item 14) 5 (cinco) = Peso atribuído ao Índice Técnico IP = Índice de Preço (obtido de acordo com o previsto no item 15) 5 (cinco) = Peso atribuído ao Índice de Preço final. Deverá ser considerada vencedora, a proposta que obtiver a maior avaliação Se duas ou mais propostas equivalentes ocuparem a mesma ordem de preferência ou se não existir proposta com direito à preferência entre as equivalentes, o desempate deverá ser feito pela maior avaliação final (A) obtida na primeira etapa de qualificação Persistindo o empate previsto no subtítulo anterior, será realizado pela Comissão Especial de Licitação, na presença dos Licitantes empatados, mediante ato público, sorteio para escolha do vencedor Não será levada em consideração para efeito de julgamento, a proposta que contiver vantagem não prevista neste Edital, ou apresentar preços simbólicos, irrisórios, excessivos ou incompatíveis com os preços dos insumos e salários de mercado, acrescidos dos respectivos encargos A Comissão Especial de Licitações elaborará Laudo de julgamento, onde registrará seleção efetuada e providenciará a publicação no Diário Oficial da União, do resultado da licitação para conhecimento dos interessados A Autoridade competente, até a entrega da Nota de Empenho, ou a qualquer tempo, poderá desclassificar o licitante vencedor, mediante despacho fundamentado, sem que caiba direito a indenização ou ressarcimento e sem prejuízo de outras sanções cabíveis, caso tenha conhecimento de qualquer circunstância anterior ou posterior ao julgamento da licitação, que desabone sua idoneidade financeira, técnica, ou administrativa, quando for o caso A decisão da Comissão, somente será considerada definitiva, após homologação pelo Coordenador-Geral de Recursos Logísticos da Subsecretaria de Planejamento, Orçamento e Administração do Ministério do Trabalho e Emprego. 7 - DA ADJUDICAÇÃO E HOMOLOGAÇÃO Após verificação da regularidade do certame e compatibilidade dos preços ofertados com os de mercado, a adjudicação e homologação será feita pelo Coordenador-Geral de Logística e Administração/MTE. 9

10 08 - DO CONTRATO Será firmado Contrato, na forma da minuta constante do Anexo IV, no qual serão considerados todos os elementos apresentados pela licitante vencedora, que tenha servido de base para o julgamento desta licitação, bem como as condições fixadas neste Edital O prazo para a assinatura do respectivo Contrato, será de 8 (oito) dias úteis, contados da data de convocação pelo Ministério do Trabalho e Emprego, podendo ser prorrogado, uma vez, por igual período, quando solicitado pela parte, e desde que ocorra motivo justificado e aceito pela Administração É facultado ao MTE, quando a convocada não assinar o Termo de Contrato no prazo e nas condições estabelecidas, convocar os licitantes remanescentes, na ordem de classificação, para fazê-lo em igual prazo e nas mesmas condições propostas pelo primeiro classificado, inclusive quanto ao preço, corrigido monetariamente, ou revogar a licitação, independentemente da aplicação de penalidade prevista neste Edital Na minuta de Contrato constante do Anexo IV estão fixadas as obrigações e responsabilidades das partes e demais condições da contratação A assinatura do Contrato fica condicionada a apresentação das 03 (três) últimas Guias de Recolhimento autenticadas do FGTS e INSS, ocasião em que será entregue a Nota de Empenho O presente Contrato terá vigência a partir da data de sua assinatura, extinguindo-se no término da garantia dos equipamentos, que será de 02 (dois) anos, contado a partir da assinatura do Comprovante de aceitação, podendo ser prorrogado por até 60(sessenta) meses em iguais e sucessivos períodos mediante Termo Aditivo DO PAGAMENTO O pagamento será efetuado mediante a apresentação de Nota Fiscal/Fatura, emitida em moeda corrente Nacional, correspondente ao fornecimento, entrega e instalação dos equipamentos após atestada pela autoridade competente, e de conformidade ao discriminado na proposta da Contratada Se houver aplicação de multa, esta será descontada de qualquer fatura ou crédito existente no Ministério do Trabalho e Emprego em favor da Contratada. Caso a mesma seja superior ao crédito eventualmente existente, a diferença será cobrada judicialmente, se necessário O pagamento será efetuado, através de ordem bancária contra o Banco do Brasil S/A e creditado em qualquer entidade bancária indicada na proposta, devendo para isto, ficar explicitado o nome do Banco, agência, localidade e número da conta corrente em que deverá ser efetivado o crédito, o qual 10

11 ocorrerá até o 10º (décimo) dia útil, após aceitação e atesto das Notas Fiscais/Faturas DAS PENALIDADES O licitante que ensejar o retardamento da execução do certame, não mantiver a proposta, falhar ou fraudar na entrega dos materiais, comportar-se de modo inidôneo, fizer declaração falsa ou cometer fraude fiscal, garantido o direito o direito prévio da citação e da ampla defesa, ficará impedido de licitar e contratar com a Administração, pelo prazo de ate cinco anos, enquanto perdurarem os motivos determinantes da punição ou até que seja promovida a reabilitação perante a própria autoridade que aplicou a penalidade As penalidades serão registradas no SICAF, e no caso de suspensão de licitar, o licitante deverá ser descredenciado por igual período, sem prejuízo das multas previstas no edital e no contrato e das demais cominações legais Pela inexecução ou execução parcial do Empenho, o CONTRATANTE poderá, garantida a prévia defesa, aplicar à CONTRATADA as seguintes sanções: advertência; multa de 0,5% (zero vírgula cinco por cento) a partir do décimo até o trigésimo dia, incidente sobre o valor total do empenho; declaração de inidoneidade para licitar ou contratar com a Administração Pública, enquanto perdurarem os motivos determinantes da punição ou até que seja promovida a reabilitação perante a autoridade que aplicou a penalidade as sanções previstas nos incisos e , poderão ser aplicadas juntamente com a multa do item As penalidades pelo descumprimento parcial ou total das obrigações contratuais são as previstas na Minuta constante do Anexo IV DAS SANÇÕES ADMINISTRATIVAS Se o adjudicatário recusar-se a entregar o objeto licitado injustificadamente, a sessão será retomada e os demais licitantes serão chamados, na ordem de classificação, para fazê-lo, sujeitando-se o 11

12 licitante desistente às penalidades seguintes, sem prejuízo da aplicação de outras cabíveis: declaração de inidoneidade para licitar ou contratar com a Administração Pública, pelo prazo de até 2 (dois) anos; na hipótese de o licitante ensejar o retardamento da execução do certame, não mantiver a proposta, falhar ou fraudar na execução do contrato, comportar-se de mo do inidôneo, fizer declaração falsa ou cometer fraude fiscal, ficará impedido de licitar e contratar com a União, pelo prazo de até 2 (dois) anos, e no caso de suspensão de licitar, será descredenciado no SICAF, por igual período, sem prejuízo das multas previstas no edital, no contrato e das demais cominações legais DOS RECURSOS Dos atos da Administração caberá recurso por escrito, na forma do disposto na Lei nº 8.666/93, art. 109, inc. I a III, 1º a 5º Os recursos das decisões da Comissão Especial de Licitação - CEL serão dirigidos ao Coordenador Geral de Recursos Logísticos/MTE, por intermédio do Presidente da Comissão, o qual poderá reconsiderar sua decisão no prazo de 05 (cinco) dias úteis, ou nesse mesmo prazo, fazê-lo subir devidamente informado. Neste caso, a decisão deverá ser proferida dentro do prazo de 05 (cinco) dias úteis contados do recebimento do recurso Os recursos deverão ser entregues no Protocolo Geral do Ministério do Trabalho e Emprego, na Esplanada dos Ministérios, Bloco F, térreo do Edifício Sede, em Brasília/DF, nos dias úteis no horário de 08h00min., às 18h00min DO LOCAL E PRAZO DE ENTREGA DO SOFTWARE Toda a solução deverá ser entregue no Ministério do Trabalho e Emprego- MTE, localizado na Esplanada dos Ministérios Bloco F, Anexo B Térreo Sala TB Toda a solução, juntamente com os equipamentos, deverá ser entregue no prazo máximo de 45 (quarenta e cinco) dias, contados a partir da data de assinatura do contrato DA ANULAÇÃO E REVOGAÇÃO A presente licitação, poderá ser revogada por razões de interesse público decorrentes de fato superveniente devidamente comprovado, pertinente e 12

13 suficiente para justificar sua revogação, ser anulada por ilegalidade, de ofício ou por provocação de terceiros, mediante parecer escrito devidamente fundamentado; A anulação da presente licitação por motivo de ilegalidade não gera obrigação de indenizar, ressalvado o disposto na Lei nº 8.666/93, art. 59, parágrafo único; No caso de revogação ou anulação da presente licitação, fica assegurado o contraditório e a ampla defesa DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Ao Ministério do Trabalho e Emprego, fica reservado o direito de revogar a licitação por razões de interesse público decorrente de fato superveniente devidamente comprovado, pertinente e suficiente para justificar tal conduta, devendo anulá-la por ilegalidade, de ofício ou por provocação de terceiros, mediante parecer escrito e devidamente fundamentado A participação do Licitante implica aceitação plena de todos os termos do Edital, independentemente de menção diversa contida em sua proposta É facultada à Comissão ou autoridade superior, em qualquer fase da licitação, a promoção de diligência destinada a esclarecer ou a complementar a instrução no processo, vedada a inclusão posterior de informação que deveria constar obrigatoriamente da proposta (Lei nº 8.666/93, art. 43, 3º) À critério da Administração, os quantitativos desta licitacão, poderão ser reduzidos ou aumentados, de acordo com o artigo 65, 1º da Lei n.º de 21/06/ Não havendo expediente na data marcada para a abertura da licitação de que trata o presente Edital, fica a reunião adiada para o primeiro dia útil subsequente, à mesma hora e local, salvo disposições em contrário Nenhuma indenização será devida aos Licitantes, pela elaboração e/ou apresentação de documentação relativa ao presente Edital Os Licitantes não estão obrigados a assinar a ATA relativa a licitação mas, se presentes a reunião se recusarem a fazê-lo, ou se ausentarem antes do término da licitação, estas circunstâncias devem, em tempo, serem consignadas na referida ATA Quaisquer elementos, informações e esclarecimentos relativos a esta licitação, serão prestados pelos membros da Comissão Permanente de Licitação, na Esplanada dos Ministérios Bloco "F" Edifício Anexo, Ala "B", 4º andar, sala 444, Brasília-DF, de 08h30min. às 12h00min e 13

14 14h00min. às 17h30min., onde poderá ser obtida uma cópia do texto integral Cópia deste Edital será fornecida aos interessados na sala 444, 4º andar, ala B do Edifício Anexo do Ministério do Trabalho e Emprego, localizado na Esplanada dos Ministérios, bloco F, no horário das 8h30min. às 12h00min. e das 14h00min. às 17h30min Fazem parte integrante deste Edital: - Anexo I Projeto Básico e Especificações; - Anexo II - Especificações adicionais para Avaliação Técnica; - Anexo III - Modelo de declaração de fato superveniente; - Anexo IV - Minuta de Contrato. Brasília/DF, em de de NORMA JEANE GARCIA Presidente da CEL/MTE 14

15 ANEXO I PROJETO BÁSICO 1. OBJETO Aquisição de solução integrada de VPN (Virtual Private Network) e Firewall, baseada em hardware e software, para conexão segura a Rede do Ministério do Trabalho e Emprego-MTE, incluindo instalação, configuração, suporte técnico e repasse tecnológico, pelo período de 24 (vinte e quatro) meses, conforme as especificações técnicas e demais condições expressas neste Projeto Básico. 2. JUSTIFICATIVA O Ministério do Trabalho e Emprego utiliza uma solução de conexão remota baseada em um serviço de acesso discado com tarifação reversa, utilizado principalmente pela área de fiscalização do órgão. Este acesso exige que o usuário estabeleça uma conexão discada por meio de um aplicativo discador dial-up, responsável pela configuração da conexão. A conexão estabelecida possui limitações de velocidade e qualidade, permitindo uma velocidade de no máximo 56kbps, reduzindo o desempenho da conexão e da produtividade na execução das tarefas. Outro ponto crítico, é que não existe uma validação da estação remota quanto aos padrões de segurança necessários para ingressar na Rede do MTE, tais como: verificação de vírus, spywares, códigos maliciosos e atualização de patches, o que torna a conexão vulnerável. Na solução atual, a mobilidade do usuário para o acesso remoto é comprometida pela necessidade de estar sempre acessando através de uma linha telefônica e de uma máquina que já tenha sido instalado o cliente dial-up. Esta solução provê o acesso aos serviços internos do MTE tais como: Intranet, Correio-eletrônico, Seguro Desemprego, CAGED, SFIT (sistema de fiscalização) e outros. Vários Auditores Fiscais do Trabalho realizam suas atividades fora das unidades do MTE. Dessa forma existe a necessidade de integração constante com o Ministério, justificando a aquisição de uma solução de acesso segura (VPN). É importante ressaltar que a solução proposta permitirá a realização de conexão utilizando serviço de internet banda larga, proporcionando um canal rápido e seguro sem as limitações do acesso discado. A área de fiscalização do órgão vem realizando um processo contínuo de modernização na execução de suas atividades e processos, sendo necessária a utilização de soluções tecnológicas de conectividade, capazes de atender às demandas 15

16 dos fiscais, agregando facilidades de acesso para o aumento da produtividade e melhoria da qualidade do trabalho. Além da capacidade de atender toda a fiscalização, a solução poderá ser utilizada pelas demais áreas do MTE, proporcionando uma solução corporativa para acesso remoto de usuários ou redes remotas de forma segura e simples. 3. DEFINIÇÃO DA SOLUÇÃO PROPOSTA Solução tecnológica, que usa a internet, ou outra rede pública, para prover um canal seguro de comunicação, onde o acesso e a troca de dados somente é permitido a usuários e/ou redes que façam parte de uma mesma organização. A solução a ser adquirida permitirá que os usuários remotos possam se conectar à rede do MTE. A solução de VPN proposta fará uso da tecnologia SSL, capaz de fornecer acesso completo as aplicações corporativas com segurança, controle de acesso e gerenciamento. O acesso do usuário ao MTE poderá ser realizado a partir de qualquer computador com conexão à Internet, através da utilização de um navegador (Browser), digitando apenas o endereço, onde abrirá uma página para que o usuário possa realizar a autenticação no serviço de VPN. A VPN possibilitará o estabelecimento de túnel SSL sem a necessidade de instalação de um cliente, trazendo maior comodidade para o usuário remoto. O usuário poderá utilizar qualquer estação para realizar a conexão, mesmo que a estação não possua nenhuma proteção contra vírus, spywares ou códigos maliciosos. Para o estabelecimento do túnel deverá ser realizada uma checagem na estação remota, possibilitando uma verificação dos itens de segurança (verificação de existência de vírus, verificação de atualização do antivírus local, etc) necessários para o ingresso da máquina à Rede do MTE. A solução proposta contemplará o fornecimento de equipamentos redundantes proporcionando alta disponibilidade. Diante da indisponibilidade de um equipamento, o outro assumirá de forma imediata, não acarretando interrupções na conexão VPN ou mesmo ao tráfego Internet do MTE. Além da alta disponibilidade a solução possibilitará o balanceamento de carga, distribuindo as conexões entre os equipamentos, melhorando o desempenho no acesso e possibilitando uma melhor utilização da solução. A solução contemplará o fornecimento de firewall integrado, proporcionando maior segurança e controle do tráfego VPN e Internet do MTE. Os serviços de VPN e firewall integrados deverão ser instalados com base na topologia da rede do MTE, possibilitando a melhor solução de conectividade e segurança para o ambiente. 16

17 O diagrama a seguir ilustra a topologia proposta para a Rede do MTE, bem como a saída Internet do órgão, indicando ainda o posicionamento da solução a ser adquirida: 4. ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÍNIMA OBRIGATÓRIA DA SOLUÇÃO Os equipamentos são especificados nos principais componentes e subcomponentes que os integram, objetivando garantir a total conectividade e interoperabilidade entre seus componentes (hardware e software), que deverão resultar no perfeito funcionamento de cada equipamento e do conjunto, com níveis de desempenho adequados aos fins a que se destinam no contexto de modernização do órgão Características da solução integrada de Firewall Quantidade: mínimo 02 (dois) equipamentos Deverá ser fornecido em appliance, com sistema operacional customizado pelo próprio fabricante do firewall, para garantir segurança e melhor performance ao firewall e que permita o monitoramento de recursos no appliance e gerenciamento via HTTPS, SSH e SNMP, de modo centralizado(única console para gerência de todos os hardwares); O equipamento deve possuir um mínimo de 05 (cinco) interfaces Fast Ethernet 10/100Mbps com conector RJ-45 e 02 (duas) interfaces Gigabit Ethernet 1000BaseT com conector RJ-45 ou 1000BaseSX. 17

18 Permitir a montagem em rack padrão 19 polegadas; Possuir fonte de alimentação com chaveamento automático 110/220 V 50/60 Hz; A fonte fornecida deve ser capaz de suportar sozinha a operação da unidade com todos os módulos de interface ativos; O appliance deve garantir vazão mínima de 155 Mbps no caso de implementação IPSEC com os protocolos 3DES, AES-128 e AES- 256; Possuir capacidade de processamento de pacotes de no mínimo 1 Gbps para conexões através do firewall por equipamento; Deverá ser fornecido em alta disponibilidade, solução de cluster Ativo-Ativo, permitindo a utilização dos dois appliances em simultâneo. De forma, que haja um balanceamento de carga sem perda de conexões; Suportar pelo menos conexões simultâneas através do firewall; Controlar as sessões de Telnet, SSH, FTP, HTTP, SMTP, SNMP, aplicações específicas através do seu número de porta TCP/UDP e controle de serviços RPC; Possibilitar o controle do tráfego para os protocolos GRE, SSL, H.323, IGMP, IPSEC baseados nos endereços de origem e destino da comunicação; Suportar a definição de VLAN trunking no firewall conforme padrão IEEE 802.1q; Permitir a criação de no mínimo 10 interfaces lógicas associadas a VLANs e estabelecer regras de filtragem entre estas; Suportar protocolos de roteamento dinâmico tais como OSPF, RIP e que este atendam também a utilização em cluster; Suportar gerência de hardware SNMP V1 e V2; Proteção nativa no Firewall contra ataques do tipo IP Spoofing, Denial of Service (DoS), SynFlood e similares. Com possibilidade de se criar novas assinaturas para inspeção (ex. expressões regulares) e bloqueio de novos ataques, bem como receber novas assinaturas a partir do fabricante, pelo período da vigência do contrato; 18

19 Possuir verificador de regras conflitantes; Possibilitar a especificação de política por tempo, ou seja, permitir a definição de regras para um determinado horário ou período (dia, mês, ano, dia da semana e hora); Possuir a capacidade de proteção contra ataques específicos para servidores WEB, sendo capaz de analisar o protocolo HTTP e bloquear ataques, mesmo sem a necessidade de atualização de assinaturas. Esta funcionalidade deve ser capaz de proteger servidores WEB contra ataques desconhecidos, com base na análise do tráfego de dados; Deve ser capaz de oferecer proteção, no mínimo, para as seguintes ameaças: Cross Site Scripting; Directory Traversal; Command Injection; SQL Injection; Header Spoofing Suportar a utilização de certificados digitais para o próprio firewall, possuindo integração com pelo menos as seguintes Autoridades Certificadoras(CAs): Baltimore, Entrust, Verisign, Microsoft, Netscape e RSA Keon; Possuir visualização de todas as conexões "estabelecidas" nos firewalls gerenciados e log de auditoria com pelo menos as informações de data e hora, origem e identificação de cada evento; Prover mecanismo contra ataques de falsificação de endereços (ARP Spoofing, IP Spoofing) através da especificação da interface de rede pela qual uma comunicação deve se originar; Prover autenticação de usuários para os serviços Telnet, SSH, FTP e HTTP, utilizando as bases de dados de usuários e grupos de base de dados LDAP e Active Directory; Permitir a utilização de hardware do tipo tokens (SecurID ou equivalente) e Smart Cards, com o uso de certificados X.509, na autenticação de usuários; 19

20 Permitir a discriminação e restrição de tráfego P2P mesmo tunelado em portas (como: 80 http - KaZaA, Gnutella entre outros), sem prejuízo à navegação web; Construir registro de fluxos de dados relativos a cada sessão iniciada, armazenando para cada uma destas sessões informações tais como: endereços de origem e destino dos pacotes, portas TCP e UDP de origem e destino, bem como números de seqüência dos pacotes TCP e UDP, status dos flags ACK, SYN e FIN, facilitando assim o controle de todo tráfego que passa pelo Firewall e aplicação da política de segurança; Permitir a randomização do número de seqüência TCP, ou seja, funcionar como um proxy de número de seqüência TCP de modo a garantir que um host situado em uma interface considerada externa (insegura) sob o ponto de vista da política de segurança do firewall, nunca tenha acesso ao número de seqüência TCP real do host seguro (interno ao firewall) em uma sessão estabelecida entre os referidos hosts; Comportar uma rede com número ilimitado de máquinas, sem limitação relativa ao número de usuários e de endereços IP simultâneos através do firewall; Permitir a criação de listas de acesso baseadas em endereço IP de origem, endereço IP de destino e portas TCP e UDP de origem e destino Possuir suporte a filtragem completa stateful inspection para pelo menos os seguintes protocolos: Oracle SQL*Net Access, Remote Shell, FTP, HTTP, SMTP, H.323, H.323 v2, SIP, RTSP e ILS (Internet Locator Service); Suportar o protocolo RADIUS; Suportar protocolo de autenticação para controle do acesso administrativo ao equipamento que possua pelo menos as seguintes características: Implementar mecanismos de AAA (Authentication, Authorization e Accounting) com garantia de entrega; Cifrar todos os pacotes enviados ao servidor de controle de acesso e não só os pacotes referentes à senha; Permitir controle de permissões ou comandos, dos usuários ou grupos de usuários para que possam emitir em determinados elementos de rede. 20

LAUDO DE JULGAMENTO. PROCESSO Nº 46130.001479/2005-30 Concorrência nº 02/2006

LAUDO DE JULGAMENTO. PROCESSO Nº 46130.001479/2005-30 Concorrência nº 02/2006 MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO-GERAL DE RECURSOS LOGÍSTICOS COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO-CEL LAUDO DE JULGAMENTO

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 002/2010

CARTA CONVITE Nº 002/2010 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 013/2007 PROCESSO N.º 1.612/2007

CARTA CONVITE Nº 013/2007 PROCESSO N.º 1.612/2007 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001 - DEPTO DE COMPRAS - 8º ANDAR. Regime

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS EDITAL DE CARTA CONVITE 027/2015 A PREFEITA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA, torna público, para conhecimento dos interessados, que no dia 20 DE NOVEMBRO DE 2015, às 10 horas, reunirse-á a Comissão Permanente

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO Nº.../20... PROCESSO Nº 1.00.000.003689/2013-00 VALIDADE: 12 (DOZE) MESES ATA Nº.../20...

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO Nº.../20... PROCESSO Nº 1.00.000.003689/2013-00 VALIDADE: 12 (DOZE) MESES ATA Nº.../20... ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO Nº.../20... PROCESSO Nº 1.00.000.003689/2013-00 VALIDADE: 12 (DOZE) MESES ATA Nº.../20... Ao...do dia do mês de... do ano de 20..., na PROCURADORIA GERAL DA REPÚBLICA PGR,

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 023/2009

CARTA CONVITE Nº 023/2009 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE VENDA NOVA DO IMIGRANTE ESTADO DO ESPÍRITO SANTO CONVITE Nº 001/2006 PROCESSO Nº 001/2006

CÂMARA MUNICIPAL DE VENDA NOVA DO IMIGRANTE ESTADO DO ESPÍRITO SANTO CONVITE Nº 001/2006 PROCESSO Nº 001/2006 CÂMARA MUNICIPAL DE VENDA NOVA DO IMIGRANTE ESTADO DO ESPÍRITO SANTO LICITAÇÃO N 001/2006 MODALIDADE: EDITAL DE CONVITE CONVITE Nº 001/2006 PROCESSO Nº 001/2006 Expedição: 01/09/2006 Abertura: dia 20/09/2006

Leia mais

CONVITE Nº 0002/2011 OBJETO: AQUISIÇÃO DE TINTAS DATA DA REALIZAÇÃO: 31/01/11 HORA: 11:00 HORAS

CONVITE Nº 0002/2011 OBJETO: AQUISIÇÃO DE TINTAS DATA DA REALIZAÇÃO: 31/01/11 HORA: 11:00 HORAS AVISO CONVITE Nº 0002/2011 OBJETO: AQUISIÇÃO DE TINTAS DATA DA REALIZAÇÃO: 31/01/11 HORA: 11:00 HORAS LOCAL: RUA VISC. DE SEPETIBA, 987 11ºANDAR NITERÓI- RJ. 1/6 A FIRMA: ENDEREÇO: Prezados Senhores, CONVITE

Leia mais

OBJETO: Impressão de 5.000 (cinco mil) unidades da cartilha da cultura digital 210X297mm 4x4 couche fosco 170g dobrado com 100 páginas.

OBJETO: Impressão de 5.000 (cinco mil) unidades da cartilha da cultura digital 210X297mm 4x4 couche fosco 170g dobrado com 100 páginas. CARTA - CONVITE Nº 001/2010 (PRORROGAÇÃO) O SOYLOCOPORTI VEM POR MEIO DESTE EDITAL DE PRORROGAÇÃO APRESENTAR A NOVA DATA DE ABERTURA PARA OS ENVELOPES DE PROPOSTAS PARA FORNECIMENTO DE IMPRESSÃO GRÁFICA

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JARDIM PAULISTA

Leia mais

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado.

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado. EDITAL DE CARTA CONVITE N 02/2010 CRM-PR OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA PARA O DESENVOLVIMENTO E SUPERVISÃO DE PROJETO DE TELEMEDICINA, VIDEOCONFERÊNCIA E EDUCAÇÃO CONTINUADA PARA

Leia mais

ATO CONVOCATÓRIO 020/2011

ATO CONVOCATÓRIO 020/2011 ATO CONVOCATÓRIO 020/2011 Processo de Contratação de Prestação de Serviço MODALIDADE: CONCORRÊNCIA CRITÉRIO DE JULGAMENTO: MENOR PREÇO E CAPACIDADE TÉCNICA DATA LIMITE PARA ENTREGA DE ORÇAMENTO: 21/07/2011

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO E TECNOLOGIA NÚCLEO DE LOGÍSTICA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS

ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO E TECNOLOGIA NÚCLEO DE LOGÍSTICA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO E TECNOLOGIA NÚCLEO DE LOGÍSTICA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO Nº 09/2007 PROCESSO Nº 0.01.000.000879/2007-37 VALIDADE: 1 (um)

Leia mais

I - LOCAL DE ENTREGA DOS ENVELOPES:

I - LOCAL DE ENTREGA DOS ENVELOPES: EDITAL de LICITAÇÃO MODALIDADE: CARTA CONVITE N.º 17/2013 Data da abertura dos envelopes: Dia: 25/10/2013 Horário: 13:00 horas Data limite para entrega dos envelopes: Dia: 25/10/2013 Horário: 13:00 horas

Leia mais

CARTA CONSULTA Nº 008/2015

CARTA CONSULTA Nº 008/2015 CARTA CONSULTA Nº 008/2015 A Fundação de Apoio `Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação FAPEB, por intermédio do Chefe do Setor de Licitação, convida as empresas cadastradas a participar da licitação na modalidade

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2.

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2. IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM 03 (TRÊS) DIAS DE ANTECEDENCIA NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001

Leia mais

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG)

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG) COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG) NORMAS DE CREDENCIAMENTO PARA INSTITUIÇÕES BANCÁRIAS 1. DA FINALIDADE

Leia mais

CONVITE 25/2010. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 17 / 08 / 2010 às 15 horas

CONVITE 25/2010. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 17 / 08 / 2010 às 15 horas CONVITE 25/2010 DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 17 / 08 / 2010 às 15 horas 01. DISPOSIÇÕES INICIAIS 1.1 O Senac Departamento Nacional torna público que, na Seção de Material,

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 012/2007

CARTA CONVITE Nº 012/2007 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001 - DEPTO DE COMPRAS - 8º ANDAR. CARTA

Leia mais

VALIDADE: 12 (DOZE) MESES, contados a partir da data de sua publicação no Diário Oficial do Estado de Mato Grosso.

VALIDADE: 12 (DOZE) MESES, contados a partir da data de sua publicação no Diário Oficial do Estado de Mato Grosso. ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 01/2015 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS: N 01/2015/ PREGÃO: Nº. 001/2015/ REGISTRO DE PREÇOS VALIDADE: 12 (DOZE) MESES, contados a partir da data de sua publicação no Diário Oficial

Leia mais

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014 Encerramento: às 17:00 horas do dia 30 de setembro de 2014 Abertura dos Envelopes: às 8:00 horas do dia 01 de outubro de 2014 A SANTA CASA DE

Leia mais

EEEP PROFESSOR GUSTAVO AUGUSTO LIMA E-mail: eeepgustavolima@escola.ce.gov.br Lavras da Mangabeira Ceará

EEEP PROFESSOR GUSTAVO AUGUSTO LIMA E-mail: eeepgustavolima@escola.ce.gov.br Lavras da Mangabeira Ceará MINUTA DO CONVITE Nº 030/2014. Natureza da Despesa: SERVIÇOS PESSOA JURÍDICA 3390390091 - REPASSE PARA MANUTENÇÃO DE ESCOLAS Data de Emissão: 29/09/2013 Data da Licitação: 09/10/2014 Hora da Licitação:

Leia mais

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Processo...: 8/2015 Modalidade.: Convite Número...: 6/2015

Leia mais

ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 04/14 CREMEB

ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 04/14 CREMEB ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 04/14 CREMEB 1 - DO OBJETO Constitui objeto da presente licitação a aquisição de: 1.1-08 (oito) LICENÇAS modalidade MICROSOFT OPEN, sendo: 01

Leia mais

NORMAS PARA O USO DE SISTEMA DE PROTEÇÃO FIREWALL DE PERÍMETRO NO ÂMBITO DA REDE INFOVIA-MT

NORMAS PARA O USO DE SISTEMA DE PROTEÇÃO FIREWALL DE PERÍMETRO NO ÂMBITO DA REDE INFOVIA-MT CONSELHO SUPERIOR DO SISTEMA ESTADUAL DE E TECNOLOGIA DA NORMAS PARA O USO DE SISTEMA DE PROTEÇÃO FIREWALL DE PERÍMETRO NO ÂMBITO DA REDE INFOVIA-MT 1/10 CONSELHO SUPERIOR DO SISTEMA ESTADUAL DE E TECNOLOGIA

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 O CONSELHO REGIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA 7ª REGIÃO CREF7/DF, Autarquia Federal, criada pela Lei nº 9.696/98, torna público

Leia mais

Conselho Regional de Economia da Paraíba 21ª Região

Conselho Regional de Economia da Paraíba 21ª Região EDITAL DE LICITAÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE CONTADOR PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PROFISSIONAIS CONTÁBEIS E DE ASSESSORIA CONTÁBIL PARA O CONSELHO REGIONAL DE ECONOMIA 21ª REGIÃO PARAÍBA CONVITE Nº 002/2016

Leia mais

PROJETO BÁSICO 1. OBJETO 2. JUSTIFICATIVA

PROJETO BÁSICO 1. OBJETO 2. JUSTIFICATIVA PROJETO BÁSICO 1. OBJETO 1.1. Aquisição de cartuchos de toner para a Superintendência Regional da Polícia Federal no Tocantins -SR/DPF/TO e para a Delegacia de Polícia Federal em Araguaína-TO- DPF/AGA/TO.

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2006

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2006 ! " TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2006 PROCESSO Nº 1.825/2005 Regime Jurídico: Lei nº 8.666/93, alterações e normas complementares Tipo de Licitação: MENOR PREÇO Modalidade: TOMADA DE PREÇOS O CONSELHO REGIONAL

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Compras e Licitações Contrato nº /08

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Compras e Licitações Contrato nº /08 MINUTA 1 1 TERMO DE CONTRATO Tomada de Preços nº 019/08 Processo nº 5935/0/ Contratante: Prefeitura Municipal de Franca Contratada: Valor: R$ ( ) OBJETO: AQUISIÇÃO DE TERMINAIS DE AUTO ATENDIMENTO Pelo

Leia mais

EDITAL ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS - ABAS CONVITE Nº 003/2008

EDITAL ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS - ABAS CONVITE Nº 003/2008 EDITAL ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS - ABAS CONVITE Nº 003/2008 Ref.: Convênio n 001/2008: Convênio celebrado entre a Agência Nacional de Águas - ANA e Associação Brasileira de Águas Subterrâneas

Leia mais

CONVITE Nº 017/2006 Processo nº 05351/2006

CONVITE Nº 017/2006 Processo nº 05351/2006 CONVITE Nº 017/2006 Processo nº 05351/2006 O Tribunal de Contas do Estado do Tocantins, por intermédio da Comissão Permanente de Licitação, instituída pelas Portarias nº 1.262, de 14 de dezembro de 2005

Leia mais

Termo de Referência. (Storage) do ambiente de Migração, composta pelo do subsistema de disco IBM DS8300.

Termo de Referência. (Storage) do ambiente de Migração, composta pelo do subsistema de disco IBM DS8300. Termo de Referência Expansão da solução s de armazenamento (Storage) do ambiente de Migração, composta pelo do subsistema de disco IBM DS8300. Termo de Referência Expansão da solução de armazenamento do

Leia mais

ENDEREÇO: CIDADE: ESTADO:

ENDEREÇO: CIDADE: ESTADO: CONVIDADO / CGC: CARTA CONVITE CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA DE TELECOMUNICAÇÕES E COMUNICAÇÃO DE DADOS PARA A PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE FRAME-RELAY PARA CONECTIVIDADE DA REDE DE DADOS DO À DO SERPRO.

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Convite nº 081/2007 Fls.

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Convite nº 081/2007 Fls. Convite nº 081/2007 Fls. 1 CARTA CONVITE Processo nº 11784/05 Convite nº 081/2007 Entrega Envelopes até o dia: 15 de junho de 2007, às 14h00. Abertura Envelopes dia: 15 de junho de 2007, às 14h30. A COMISSÃO

Leia mais

RECIBO DE RETIRADA PROCESSO Nº 11.628/2005 EDITAL DE CONVITE N.º 05/2005

RECIBO DE RETIRADA PROCESSO Nº 11.628/2005 EDITAL DE CONVITE N.º 05/2005 SCS, Qd. 02, Bl. B, Edifício Palácio do Comércio, Sala 501 Brasília-DF Tel: (61) 224-4385 e-mail: cofecon@cofecon.org.br RECIBO DE RETIRADA PROCESSO Nº 11.628/2005 EDITAL DE CONVITE N.º 05/2005 RAZÃO SOCIAL:

Leia mais

ITEM CATMAT DISCRIMINAÇÃO DOS MATERIAIS QUANT.

ITEM CATMAT DISCRIMINAÇÃO DOS MATERIAIS QUANT. CONDIÇÕES GERAIS DA CONTRATAÇÃO PEDIDO DE COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº _016/2013 O presente documento complementa as informações publicadas no sítio Comprasnet para o Pedido de Cotação Eletrônica de Preços acima

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO Nº 10/2008

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO Nº 10/2008 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES PREGÃO ELETRÔNICO Nº 10/2008 ATA DO REGISTRO DE PREÇOS CONTRATAÇÃO DE EMPRESA DO RAMO DE PRESTAÇÃO DE

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE NUTRICIONISTAS CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS - 3ª Região (SP, MS)

CONSELHO FEDERAL DE NUTRICIONISTAS CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS - 3ª Região (SP, MS) CARTA CONVITE Nº: 008/2013. São Paulo, 04 de junho de 2.013. Processo n.º 042-05/2013 Tipo: MENOR PREÇO Firma: A/C: E-mail: Convidamos a referida empresa a apresentar proposta para atendimento do objeto

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA. DIE GIE Documento1 1/12

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA. DIE GIE Documento1 1/12 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA DIE GIE Documento1 1/12 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA OBJETO / ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS / QUANTIDADE 1. OBJETO: 1.1 Aquisição de Firewalls Appliance (hardware dedicado) com throughput

Leia mais

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência CONVITE N.º 5030005-01/2011

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência CONVITE N.º 5030005-01/2011 1 CONVITE N.º 5030005-01/2011 A FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA -, CNPJ n.º 89.252.431/0001-59, realizará licitação por CONVITE, do tipo menor preço global, para a AQUISIÇÃO DE CERCA/MANGUEIRA

Leia mais

MODELO CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS DA AGRICULTURA FAMILIAR

MODELO CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS DA AGRICULTURA FAMILIAR MODELO CONTRATO N.º /20 CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS DA AGRICULTURA FAMILIAR A (Órgão/Entidade Federal, Estadual ou Municipal), pessoa jurídica de direito público ou privado, com sede à Rua, n.º,

Leia mais

Estado do Amazonas PREFEITURA MUNICIPAL DE TONANTINS CNPJ: 04.628.608/0001-16 Endereço: Rua Leopoldo Peres, s/n Centro, Tonantins AM

Estado do Amazonas PREFEITURA MUNICIPAL DE TONANTINS CNPJ: 04.628.608/0001-16 Endereço: Rua Leopoldo Peres, s/n Centro, Tonantins AM EDITAL CONVITE Nº 002/2015 1 PREÂMBULO 1.1. A, através da COMISSÃO MUNICIPAL DE LICITAÇÃO CML, adiante denominada simplesmente CML, CONVIDA essa firma para participar do certame licitatório, na modalidade

Leia mais

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO COORDENADORIA-GERAL DE LICITAÇÕES ATENÇÃO

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO COORDENADORIA-GERAL DE LICITAÇÕES ATENÇÃO 1 ATENÇÃO As empresas interessadas em participar deste Convite, deverão passar um fax para a Coordenadoria Geral de Licitação (24) 3339-9038/3339-9071, confirmando a retirada deste edital pela internet.

Leia mais

1. LICENCIAMENTO 2. SUPORTE TÉCNICO

1. LICENCIAMENTO 2. SUPORTE TÉCNICO 1. LICENCIAMENTO 1.1. Todos os componentes da solução devem estar licenciados em nome da CONTRATANTE pelo período de 36 (trinta e seis) meses; 1.2. A solução deve prover suporte técnico 8 (oito) horas

Leia mais

CONVITE Nº 14/2010. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 01 / 06 / 2010 às 15 horas

CONVITE Nº 14/2010. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 01 / 06 / 2010 às 15 horas CONVITE Nº 14/2010 DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 01 / 06 / 2010 às 15 horas 01. DISPOSIÇÕES INICIAIS 1.1 O Senac Departamento Nacional torna público que, na Seção de Material,

Leia mais

CLÁUSULA SEGUNDA - DA VINCULAÇÃO AO EDITAL

CLÁUSULA SEGUNDA - DA VINCULAÇÃO AO EDITAL PROCESSO Nº 01550.000345/2009-46. PREGÃO Nº 26/2009. ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 1/2010. A FUNDAÇÃO CASA DE RUI BARBOSA, pessoa jurídica de direito público vinculada a Ministério da Cultura, com sede

Leia mais

PROJETO BÁSICO 1. OBJETO

PROJETO BÁSICO 1. OBJETO PROJETO BÁSICO 1. OBJETO O presente Projeto tem por objeto a aquisição e instalação de um aparelho de ar condicionado para a Delegacia de Polícia Federal na cidade de Araguaína/TO. 2. ESPECIFICAÇÃO DO

Leia mais

FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014.

FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014. FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE TURVO - PR. Tomada de Preço N.º 001/2014. Emissão: 09/12/2014. Abertura: 29/12/2014. Horário: 10:00 H. O Fundo de Previdência dos Servidores Municipais

Leia mais

O presente Contrato fica vinculado a Apólice apresentada pela CONTRATADA.

O presente Contrato fica vinculado a Apólice apresentada pela CONTRATADA. CONTRATO Nº 003/2013 - PARANACIDADE CONTRATO DE SEGURO, POR PREÇO GLOBAL FIXO QUE ENTRE SI CELEBRAM O SERVIÇO SOCIAL AUTÔNOMO PARANACIDADE E A EMPRESA MARÍTIMA SEGUROS S/A, NA FORMA ABAIXO: O Serviço Social

Leia mais

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 003/2015 CONVÊNIO MTE/SENAES/CENTRAC Nº 782332/2013 TERMO DE REFERÊNCIA

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 003/2015 CONVÊNIO MTE/SENAES/CENTRAC Nº 782332/2013 TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 003/2015 CONVÊNIO MTE/SENAES/ Nº 782332/2013 TERMO DE REFERÊNCIA O Centro de Ação Cultural, organização civil de direito privado, sem fins lucrativos, situada à Rua Rodrigues

Leia mais

Edital de Credenciamento 003/2012

Edital de Credenciamento 003/2012 1/5 Edital de Credenciamento 003/2012 1 DO OBJETO: 1.1. O presente Termo tem por objetivo o credenciamento de Instituições Financeiras autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil, para prestação

Leia mais

DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015.

DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015. DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015. EMENTA: Regulamenta o Sistema de Registro de Preços SRP previsto no art. 15 da Lei nº 8.666/93, no âmbito do Município de Central Bahia. O PREFEITO DO MUNICÍPIO

Leia mais

Perguntas e Respostas

Perguntas e Respostas Gerenciamento do Tráfego de Internet Edital de Licitação PREGÃO PRESENCIAL Nº 34/2010 Processo SAP nº 4180/2010 Perguntas e Respostas Página 1 /15 Pergunta n o 1: Os dispositivos de filtro de conteúdo

Leia mais

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 008/2009 EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 02/2009 1.1 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL 1.1.1.1 TIPO DE LICITAÇÃO: MAIOR DESCONTO OFERTADO

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO CEARÁ TERMO DE REFERÊNCIA

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO CEARÁ TERMO DE REFERÊNCIA TERMO DE REFERÊNCIA AQUISIÇÃO DE VALE-REFEIÇÃO ELEIÇÕES 2016 1 OBJETO 1.1 Contratação de empresa especializada no fornecimento de 11.958 (onze mil, novecentos e cinquenta e oito) vales-refeições de valor

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE HANDEBOL

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE HANDEBOL EDITAL DE LICITAÇÃO nº 002/2012 TOMADA DE PREÇOS PARA PRESTADORES DE SERVIÇOS E PRESTAÇÕES DE CONTAS NA GESTÃO DE PROJETOS A CBHb, de acordo com a Lei 10.264 de 16 de julho de 2001 Lei Agnelo/Piva, regulamentada

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Compras e Licitações Contrato nº /08

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Compras e Licitações Contrato nº /08 MINUTA 1 1 TERMO DE CONTRATO Tomada de Preços nº 041/08 Processo nº 31.744/08 Contratante: Prefeitura Municipal de Franca Contratada: Valor: R$ ( ) OBJETO: AQUISIÇÃO E INSTALAÇÃO DE EQUIPAMENTOS PARA SISTEMA

Leia mais

Edital de convite para

Edital de convite para CÂMARA MUNICIPAL DE ARVOREZINHA EDITAL DE CONVITE N.º 004/2014 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 006/2014 TIPO MENOR PREÇO POR ITEM ENTREGA DA DOCUMENTAÇÃO E ABERTURA DOS ENVELOPES DA DOCUMENTAÇÃO: 13/11/2014,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE JAGUARAÇU ESTADO DE MINAS GERAIS EDITAL DE LICITAÇÃO PÚBLICA

PREFEITURA MUNICIPAL DE JAGUARAÇU ESTADO DE MINAS GERAIS EDITAL DE LICITAÇÃO PÚBLICA EDITAL DE LICITAÇÃO PÚBLICA PROCESSO LICITATÓRIO Nº014/2014 MODALIDADE: CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº001/2014 TIPO: MAIOR OFERTA GABINETE DO PREFEITO DATA, HORÁRIO, E LOCAL DE RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS: 11 de

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA. Ata de Registro de Preços para Subscrição de Software Sistema Operacional da Plataforma Linux.

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA. Ata de Registro de Preços para Subscrição de Software Sistema Operacional da Plataforma Linux. ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA Ata de Registro de Preços para Subscrição de Software Sistema Operacional da Plataforma Linux. DIT/GIS TR ARP Licenças de Software Sistema Operacional Linux.doc 1/ 6 TERMO DE

Leia mais

PESQUISA DE PREÇO DE MERCADO Nº 001/2015 TIPO: MENOR PREÇO

PESQUISA DE PREÇO DE MERCADO Nº 001/2015 TIPO: MENOR PREÇO PESQUISA DE PREÇO DE MERCADO Nº 001/2015 TIPO: MENOR PREÇO O INSTITUTO PATRÍCIA GALVÃO, inscrito no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica do Ministério da Fazenda sob o nº CNPJ 05.408.004/0001-27, associação

Leia mais

DEPARTAMENTO GERAL DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS Coordenadoria de Apoio Logístico Departamento de Apoio Operacional TERMO DE REFERÊNCIA

DEPARTAMENTO GERAL DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS Coordenadoria de Apoio Logístico Departamento de Apoio Operacional TERMO DE REFERÊNCIA Processo n.º E-04/. /2012. Contratação de empresa para fornecimento e instalação de sistema de gerenciamento de tráfego para elevadores do prédio da SEFAZ, localizado na Avenida Presidente Vargas, 670

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DAS MISSÕES

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DAS MISSÕES PROCESSO LICITATÓRIO Nº 003/2016 TOMADA DE PREÇO Nº 003/2016 Aldoir Godois Vezaro, Prefeito Municipal de São Pedro das Missões RS, no uso de suas atribuições legais e de conformidade com a Lei nº 8.666,

Leia mais

CONVITE Nº 033/2009. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 09/12/2009 às 14 horas

CONVITE Nº 033/2009. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 09/12/2009 às 14 horas CONVITE Nº 033/2009 DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 09/12/2009 às 14 horas 01. DISPOSIÇÕES INICIAIS 1.1 O Senac Departamento Nacional torna público que, na Seção de Material,

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA 1ª REGIÃO

CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA 1ª REGIÃO 1 CARTA CONVITE n.º 001/2011 São Paulo, 20 de outubro de 2011. O CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA - 1ª REGIÃO, nos termos da autorização constante no Processo Administrativo em epígrafe, vem, por intermédio

Leia mais

SESSÂO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona n.º 1.200, 7º andar São Paulo SP Horário: 10h30 horas do dia 03 de Agosto de 2009

SESSÂO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona n.º 1.200, 7º andar São Paulo SP Horário: 10h30 horas do dia 03 de Agosto de 2009 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD. PAULISTA CEP

Leia mais

Município de Xangri-Lá Fone: (51) 3689-2400 www.xangrila.rs.gov.br

Município de Xangri-Lá Fone: (51) 3689-2400 www.xangrila.rs.gov.br EDITAL Nº 62/2012 PREGÃO ELETRÔNICO 34/2012 PROCESSO DE DESPESA: 2318/2012 (SEC. DE EDUCAÇÃO) PROCESSO DE LICITAÇÃO 2318/2012 PROCESSO DE COMPRA 45-12 ABERTURA: 29/03/2012 HORÁRIO: 15 horas O Prefeito

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO VERA CRUZ

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO VERA CRUZ ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO VERA CRUZ SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO EDITAL DE LICITAÇÃO Nº 01/2010 MODALIDADE CONVITE PROCESSO Nº 058/2010 Contratação de serviços

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE IPIRANGA DO SUL Estado do Rio Grande do Sul Rua do Comércio, 124 IPIRANGA DO SUL RS EDITAL DE LICITAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE IPIRANGA DO SUL Estado do Rio Grande do Sul Rua do Comércio, 124 IPIRANGA DO SUL RS EDITAL DE LICITAÇÃO EDITAL DE LICITAÇÃO Modalidade...: Tomada de Preços Número...: 008/2014 Número da Modalidade: 003/2014 Data de Abertura da Licitação...: 20/02/2014 Data de Abertura das Propostas..: 14/03/2014 Horário...:

Leia mais

Serviço Público Federal Conselho Regional de Corretores de Imóveis Estado de São Paulo

Serviço Público Federal Conselho Regional de Corretores de Imóveis Estado de São Paulo ANEXO VII PREGÃO PRESENCIAL Nº. 033/2015 Termo de Referência 1. OBJETO Renovação de licenças de Solução Corporativa do Antivírus Avast, com serviço de suporte técnico e atualização de versão, manutenção

Leia mais

1. Alterar os itens 1.3, 1.3.1, 1.5 e 1.5.1 e acrescentar item 1.3.2 da Cláusula Primeira do Contrato, com a seguinte redação:

1. Alterar os itens 1.3, 1.3.1, 1.5 e 1.5.1 e acrescentar item 1.3.2 da Cláusula Primeira do Contrato, com a seguinte redação: PRIMEIRO ADITIVO AO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS E FORNECIMENTO DE INFRA-ESTRUTURA DE ACESSO A SERVIÇOS INTERNET DE BANDA ESTREITA DIAL PROVIDER Pelo presente instrumento particular, de um lado, na

Leia mais

CÂMARA DE VEREADORES ATILIO VIVÁCQUA - ES

CÂMARA DE VEREADORES ATILIO VIVÁCQUA - ES CÂMARA MUNICIPAL DE ATÍLIO VIVACQUA - ES COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO CONVITE Nº. 001/07 A CÂMARA MUNICIPAL DE ATÍLIO VIVACQUA - ES - CMAV, com sede na Praça José Valentim Lopes, nº 05 Centro, Atílio

Leia mais

PESQUISA DE PREÇO DE MERCADO Nº 03/2014 TIPO: MENOR PREÇO

PESQUISA DE PREÇO DE MERCADO Nº 03/2014 TIPO: MENOR PREÇO PESQUISA DE PREÇO DE MERCADO Nº 03/2014 TIPO: MENOR PREÇO O INSTITUTO PATRÍCIA GALVÃO, inscrito no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica do Ministério da Fazenda sob o nº CNPJ 05.408.004/0001-27, associação

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO

TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO 1.1 Contratação de serviço de fornecimento de assinatura de jornais impressos e revistas, assim como acesso às matérias on line dos respectivos jornais e revistas para

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Compras e Licitações Contrato nº /08

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Compras e Licitações Contrato nº /08 MINUTA 1 1 TERMO DE CONTRATO Tomada de Preços nº 015/08 Processo nº 41.128/07 Contratante: Prefeitura Municipal de Franca Contratada: Valor: R$ ( ) OBJETO: AQUISIÇÃO DE VEÍCULOS TIPO VIATURA (VW GOL 1.6,

Leia mais

Termo de Referência. Aquisição de servidores para camada de banco de dados. Diretoria de Infra-Estrutura de TIC DIT

Termo de Referência. Aquisição de servidores para camada de banco de dados. Diretoria de Infra-Estrutura de TIC DIT Termo de Referência Aquisição de servidores para camada de banco de dados. Termo de Referência Aquisição de Servidores Tipo 1A-1B para camada de Banco de Dados / Alta Disponibilidade RQ DEPI nº 11/2009

Leia mais

10/2011 750364/2010 SDH/PR

10/2011 750364/2010 SDH/PR Cotação Prévia de Preço n 10/2011 Convênio nº 750364/2010 SDH/PR Projeto: Desenvolver processos de educação popular, visando a garantia dos direitos humanos e fortalecimento da cidadania, na perspectiva

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA PROCESSO Nº: 21218.000183/2011-59

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA PROCESSO Nº: 21218.000183/2011-59 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA PROCESSO Nº: 21218.000183/2011-59 1. DA JUSTIFICATIVA 1.1 Dotar de melhores condições de trabalho a sala 12, da SUREG/AM, na qual atuam os empregados designados para compor

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013 PROCESSO SECOM Nº 0357/2012. Alterações e Normas complementares M I N U T A

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013 PROCESSO SECOM Nº 0357/2012. Alterações e Normas complementares M I N U T A IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ PREENCHER O RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL, CONSTANTE DO ANEXO I E DEVOLVER COM ATÉ 24 HS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2013

Leia mais

DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES LICITAÇÃO MODALIDADE TOMADA DE PREÇOS MENOR PREÇO EDITAL Nº 001/2009 TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2009

DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES LICITAÇÃO MODALIDADE TOMADA DE PREÇOS MENOR PREÇO EDITAL Nº 001/2009 TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2009 DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES LICITAÇÃO MODALIDADE TOMADA DE PREÇOS MENOR PREÇO ORIGEM DA TOMADA DE PREÇOS: EDITAL Nº 001/2009 TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2009 - PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 2009.40.38.00182

Leia mais

(Solução para Filtro de Conteúdo WEB) Reunião de Audiência Prévia

(Solução para Filtro de Conteúdo WEB) Reunião de Audiência Prévia Edital de Concorrência Pública Internacional N.º 07633/2010 PROJETO BRA/03/038 (Solução para Filtro de Conteúdo WEB) Reunião de Audiência Prévia Às quinze horas e quinze minutos, do dia cinco de maio de

Leia mais

INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO SELEÇÃO PÚBLICA TIPO: MENOR PREÇO

INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO SELEÇÃO PÚBLICA TIPO: MENOR PREÇO SELEÇÃO PÚBLICA Nº: 075/2015 PROCESSO Nº 6389/2015/FAPEPE INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO SELEÇÃO PÚBLICA TIPO: MENOR PREÇO DATA MÁXIMA PARA ENVIO DA PROPOSTA ELETRÔNICA: 05/06/2015 às 16H00min. DATA SESSÃO DE

Leia mais

LICITAÇÃO Nº 238/2013 CONCORRÊNCIA

LICITAÇÃO Nº 238/2013 CONCORRÊNCIA LICITAÇÃO Nº 238/2013 CONCORRÊNCIA O Município de Eldorado do Sul, de conformidade com a Lei Federal nº 8.666/93 e Lei Municipal nº 3.907, de 05 de julho de 2013, torna público, para conhecimento dos interessados

Leia mais

CONVITE N.º 004-001/2013-CV

CONVITE N.º 004-001/2013-CV 1 CONVITE N.º 004-001/2013-CV REFERÊNCIA: Contratação de organização, associação ou empresa que preste serviço de hospedagem com local para realização de evento, destinado aos contratados e convidados

Leia mais

Projeto n 14593/2014 - Escritório Nacional do CATAFORTE - Negócios Sustentáveis em Redes Solidárias COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 06/2015

Projeto n 14593/2014 - Escritório Nacional do CATAFORTE - Negócios Sustentáveis em Redes Solidárias COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 06/2015 Projeto n 14593/2014 - Escritório Nacional do CATAFORTE - Negócios Sustentáveis em Redes Solidárias COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 06/2015 1. PREÂMBULO O CEADEC - Centro de Estudos e Apoio ao Desenvolvimento,

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS RETIFICADA

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS RETIFICADA ANEXO VIII Referente ao Edital de Pregão Presencial nº. 020/2014 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS RETIFICADA Página 1 de 6 Página 1 de 6 OBJETO : Constitui objeto deste Pregão a Aquisição de Sistema Firewall, conforme

Leia mais

E D I T A L Nº 2229/2013

E D I T A L Nº 2229/2013 E D I T A L Nº 2229/2013 MODALIDADE: Convite ABERTURA: Dia 12 de Setembro de 2013, às 10:00 horas TIPO: Menor preço por item LOCAL DE ABERTURA: Setor de Licitações, localizado na Rua Benjamin Constant,

Leia mais

CRITÉRIO DE JULGAMENTO: MENOR PREÇO E CAPACIDADE TÉCNICA/QUALIDADE DO PRODUTO. DATA LIMITE PARA ENTREGA DE ORÇAMENTO: 16 de setembro de 2014

CRITÉRIO DE JULGAMENTO: MENOR PREÇO E CAPACIDADE TÉCNICA/QUALIDADE DO PRODUTO. DATA LIMITE PARA ENTREGA DE ORÇAMENTO: 16 de setembro de 2014 ATO CONVOCATÓRIO 13/2014 Processo de Compra de Materiais MODALIDADE: CONCORRÊNCIA CRITÉRIO DE JULGAMENTO: MENOR PREÇO E CAPACIDADE TÉCNICA/QUALIDADE DO PRODUTO DATA LIMITE PARA ENTREGA DE ORÇAMENTO: 16

Leia mais

ANEXO VI ATA DE REGISTRO DE PREÇOS DIRAT/DESEG-200./..., OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA FORNECIMENTO DE PRODUTOS PARA USO EM MARCENARIA.

ANEXO VI ATA DE REGISTRO DE PREÇOS DIRAT/DESEG-200./..., OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA FORNECIMENTO DE PRODUTOS PARA USO EM MARCENARIA. PREGÃO Nº 011/2007 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS DIRAT/DESEG-200./..., OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA FORNECIMENTO DE PRODUTOS PARA USO EM MARCENARIA. Processo nº 041.000.045/2007. VALIDADE: 12

Leia mais

MINISTÉRIO DA CULTURA FUNDAÇÃO NACIONAL DE ARTES FUNARTE COMISSÃO DE COLETA SELETIVA SOLIDÁRIA HABILITAÇÃO Nº. 01/2014

MINISTÉRIO DA CULTURA FUNDAÇÃO NACIONAL DE ARTES FUNARTE COMISSÃO DE COLETA SELETIVA SOLIDÁRIA HABILITAÇÃO Nº. 01/2014 A Fundação Nacional de Artes FUNARTE realizará, das 9 horas do dia 23 de janeiro de 2014 às 16 horas do dia 28 de janeiro de 2014, procedimento de HABILITAÇÃO das associações e cooperativas de catadores

Leia mais

Conteúdo do pacote de 03 cursos hands-on

Conteúdo do pacote de 03 cursos hands-on Conteúdo do pacote de 03 cursos hands-on Windows Server 2012 Virtualização Hyper-v Firewall Pfsense C o n t e ú d o d o c u r s o H a n d s - on 2 Sumário 1 Conteúdo Windows 2012... 3 2 Conteúdo Virtualização...

Leia mais

PROJETO JARDIM DO CERRADO: DA CASA AO TERRITÓRIO. Instituto de Assessoria para o Desenvolvimento Humano - IADH

PROJETO JARDIM DO CERRADO: DA CASA AO TERRITÓRIO. Instituto de Assessoria para o Desenvolvimento Humano - IADH PROJETO JARDIM DO CERRADO: DA CASA AO TERRITÓRIO Instituto de Assessoria para o Desenvolvimento Humano - IADH Processo Administrativo nº 001/2015, de 13/02/2015 Processo Seletivo nº 001/2015, de 13/02/2015

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ANEXO VIII Referente ao Edital de Pregão Presencial nº. 020/2014 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Página 1 de 6 Página 1 de 6 1. OBJETO: 1.1. Constitui objeto deste pregão a AQUISIÇÃO DE SISTEMA FIREWALL, conforme

Leia mais

Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso do Sul Sistema Cofen/Conselhos Regionais - Autarquia Federal criada pela Lei Nº 5.

Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso do Sul Sistema Cofen/Conselhos Regionais - Autarquia Federal criada pela Lei Nº 5. TERMO DE REFERÊNCIA I DO OBJETO 1.1. Contratação de pessoa jurídica especializada para prestação de serviço de limpeza e desinfecção de caixa d água para subseção de Dourados/MS do Coren/MS, conforme as

Leia mais

Termos de Serviço Hospedagem de sites e Revenda

Termos de Serviço Hospedagem de sites e Revenda Termos de Serviço Hospedagem de sites e Revenda CONTRATADA: Estado Virtual, sociedade com razão social Estado Virtual Soluções Corporativas Ltda e sede em SRTVS Quadra 701 Bloco O Sala 676 Ed. Multi Empresarial

Leia mais

CRITÉRIO DE JULGAMENTO: MENOR PREÇO E QUALIDADE DO PRODUTO. DATA LIMITE PARA ENTREGA DE ORÇAMENTO: 30 de setembro de 2013

CRITÉRIO DE JULGAMENTO: MENOR PREÇO E QUALIDADE DO PRODUTO. DATA LIMITE PARA ENTREGA DE ORÇAMENTO: 30 de setembro de 2013 ATO CONVOCATÓRIO 35/2013 Processo de Contratação de Empresa Prestadora de Serviços MODALIDADE: CONCORRÊNCIA ESPECIAL CRITÉRIO DE JULGAMENTO: MENOR PREÇO E QUALIDADE DO PRODUTO DATA LIMITE PARA ENTREGA

Leia mais

2.2. É vedada a participação na Licitação de pessoas jurídicas que:

2.2. É vedada a participação na Licitação de pessoas jurídicas que: SECRETARIA DA EDUCAÇÃO 6ª COORDENADORIA REGIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO 6ª CREDE RUA DR. JOSÉ EUCLIDES FERREIRA GOMES, S/N COLINA DA BOA VISTA- SOBRAL CNPJ: 00.273.843/0001-61 CARTA CONVITE Nº

Leia mais

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO RIO DE JANEIRO SEBRAE/RJ. CONCORRÊNCIA No 01/03 EDITAL DE CREDENCIAMENTO

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO RIO DE JANEIRO SEBRAE/RJ. CONCORRÊNCIA No 01/03 EDITAL DE CREDENCIAMENTO 1 SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SEBRAE/RJ 1. DA CONVOCAÇÃO: CONCORRÊNCIA No 01/03 EDITAL DE CREDENCIAMENTO SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO

Leia mais