REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO DA FACULDADE DOM ALBERTO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO DA FACULDADE DOM ALBERTO"

Transcrição

1 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO DA FACULDADE DOM ALBERTO O Diretor da Faculdade Dom Alberto, no uso de suas atribuições estatutárias e regimentais, R E S O L V E Consolidar as disposições sobre as Atividades Complementares do Curso de Graduação em Direito, com base nas disposições que seguem: Art. 1º O presente regulamento tem por finalidade definir quais serão as atividades complementares a serem validamente deferidas no Curso de Direito, de acordo com a legislação em vigor. Art. 2º O objetivo das atividades complementares é atender às normas do Conselho Nacional de Educação (CNE), a fim de propiciar ao aluno a aquisição de experiências diversificadas e indispensáveis ao seu futuro profissional, vinculando teoria e prática. Parágrafo único. As atividades complementares, como componentes curriculares enriquecedores, abrangendo a prática de estudos e atividades independentes, transversais, opcionais, interdisciplinares, de permanente e contextualizada atualização, devem possibilitar ao aluno vivências acadêmicas compatíveis com as relações de trabalho estabelecidas ao longo do curso. Art. 3º As atividades complementares para o Curso de Direito totalizam 350 (trezentas e cinquenta) horas, e devem ser cumpridas como requisito indispensável para a colação de grau e para a concessão do diploma universitário. Art. 4º As atividades complementares são obrigatórias para a integralização curricular do Curso de Direito, sendo realizadas de acordo com o seu Projeto Pedagógico. Parágrafo único. Os alunos que ingressarem no curso por meio de transferência e/ou aproveitamento de estudos ficam sujeitos ao cumprimento da carga horária de atividades complementares, podendo solicitar à coordenação do curso o cômputo da carga horária atribuída pela instituição de origem, observadas as seguintes condições: a) as atividades complementares realizadas na instituição/curso de origem devem ser compatíveis com as estabelecidas neste regulamento; e b) a carga horária atribuída pela instituição de origem não poderá ser superior à conferida por este regulamento. Art. 5º As atividades complementares aceitas para a integralização curricular são aquelas previstas no quadro a seguir. Atividade Complementar 01 (AC01) 1) Modalidade: eventos presenciais de natureza acadêmica, pedagógica e profissional (semanas acadêmicas, palestras, congressos, simpósios, seminários, etc). 2) Certificação: instituições de ensino superior ou organizações do Estado, Mercado e Sociedade.

2 3) Cômputo: 1 (uma) hora equivale a 1 (uma) hora de Atividade Complementar. 4) Documentação: cópia autenticada do certificado de participação, contendo: a) identificação da instituição/organização certificadora; b) nome do evento, programa do evento, carga horária, data do evento; e c) declaração de presença mínima em 75% (setenta e cinco por cento) no evento. 5) Limite: poderão ser computadas de 1 (uma) até 225 (duzentos e vinte e cinco) horas Atividade Complementar 02 (AC02) 1) Modalidade: estágios extracurriculares realizados em organizações do Estado, Mercado e Sociedade, regularmente conveniadas com Dom Alberto, por período mínimo de 3 (três) meses. 2) Cômputo: 40 (quarenta) horas de Atividade Complementar para cada semestre de exercício. a) cópia autenticada do Termo de Compromisso de Estágio (TCE); b) relatório de atividades de estágio, assinado pelo respectivo Supervisor de Estágio; e c) declaração da organização do Estado, Mercado e Sociedade, assinada pelo seu representante legal, com descrição das atividades desenvolvidas e o período de sua execução. 4) Limite: poderão ser computadas de 40 (quarenta) até 160 (cento e sessenta) horas Atividade Complementar 03 (AC03) 1) Modalidade: experiência de trabalho diretamente relacionada com seu Curso de Graduação, por período mínimo de 3 (três) meses. 2) Cômputo: 40 (quarenta) horas de Atividade Complementar para cada semestre de exercício. a) cópia autenticada da respectiva anotação na Carteira de Trabalho e Previdência Social, ou da Portaria de Nomeação para o Serviço Público; e b) declaração da organização do Estado, Mercado e Sociedade, assinada pelo seu representante legal, com descrição das atividades desenvolvidas e o período de sua execução. 4) Limite: poderão ser computadas de 40 (quarenta) até 160 (cento e sessenta) horas Atividade Complementar 04 (AC04) 1) Modalidade: projetos de iniciação científica, articulados ou não com organizações do Estado, Mercado e Sociedade. 2) Certificação: instituições de ensino superior. 3) Cômputo: 40 (quarenta) horas de Atividade Complementar para cada semestre de exercício, ressalvada estipulação diversa de carga horária porém até o limite de 40h por atividade.

3 4) Documentação: a) cópia do projeto de iniciação científica; b) relatório de execução, contendo resultados do projeto e período de execução; e c) declaração de execução assinada pelo(a) orientador(a). 5) Limite: poderão ser computadas de 40 (quarenta) até 160 (cento e sessenta) horas Atividade Complementar 05 (AC05) 1) Modalidade: publicação em revistas científicas (escrita) ou eventos científicos (oral), na condição de autoria ou co-autoria. 2) Cômputo: 40 (quarenta) horas de Atividade Complementar, para cada publicação escrita ou oral. a) cópia do artigo publicado em revista científica, ou dos anais do respectivo evento científico; ou b) cópia do artigo autorizado para publicação em revista científica, com a autorização do respectivo acadêmico e com a aprovação do respectivo orientador de Monografia I, II ou III. 4) Limite: poderão ser computadas de 40 (quarenta) até 160 (cento e sessenta) horas Atividade Complementar 06 (AC06) 1) Modalidade: visitas técnicas, nacionais ou internacionais, a instituições de ensino superior ou organizações do Estado, Mercado e Sociedade. 2) Certificação: instituições de ensino superior, ou organizações do Estado, Mercado e Sociedade. 3) Cômputo: 5 (cinco) horas de Atividade Complementar para cada turno de Visita Técnica. 4) Documentação: a) cópia do projeto de visita técnica; b) relatório de execução, contendo resultados do projeto e período de execução; e c) declaração de execução assinada pelo(a) professor(a). 5) Limite: poderão ser computadas de 5 (cinco) até 160 (cento e sessenta) horas nesta modalidade de Atividade Complementar. Atividade Complementar 07 (AC07) 1) Modalidade: participação do Conselho Superior, do Colegiado de Curso ou da Comissão Própria de Avaliação. 2) Cômputo: 05 (cinco) horas de Atividade Complementar para cada reunião com registro de presença. a) cópia da portaria de nomeação; e b) cópia das respectivas atas para comprovação da efetiva participação.

4 4) Limite: poderão ser computadas de 05 (cinco) até 160 (cento e sessenta) horas Atividade Complementar 08 (AC08) 1) Modalidade: participação, na condição de membro, de Conselho Municipal, Conselho Regional, Conselho Estadual ou do Conselho Tutelar ou Membro de Júri. 2) Cômputo: 05 (cinco) horas de Atividade Complementar para cada reunião/atividade com registro de presença. a) cópia autenticada da portaria de nomeação; e b) cópia autenticada das respectivas atas para comprovação da efetiva participação, o que poderá ser substituído pela validação da Central de Trabalho, por meio de supervisão indireta (visto, data e assinatura). 4) Limite: poderão ser computadas de 05 (cinco) até 160 (cento e sessenta) horas Atividade Complementar 09 (AC09) 1) Modalidade: disciplinas do curso ou de outros cursos de graduação na área de Ciências Sociais Aplicadas, bem como cursos de extensão (presencial ou à distância) realizados por instituição de ensino superior ou por ente governamental ou correlato. 2) Cômputo: 1 (uma) hora equivale a 1 (uma) hora de Atividade Complementar. a) histórico acadêmico da Faculdade Dom Alberto ou cópia autenticada do histórico acadêmico de outra instituição de ensino superior ou certificado de realização de curso de extensão emitido pela promotora do curso; e b) cópia autenticada dos conteúdos programáticos da disciplina, no caso de ter sido cursada em outra instituição de ensino superior. 4) Limite: poderão ser computadas de 20 (vinte) até 120 (cento e vinte) horas nesta modalidade de Atividade Complementar. Atividade Complementar 10 (AC10) 1) Modalidade: participação em audiências, tribunal do júri ou julgamentos em tribunais. 2) Certificação: Comprovante de comparecimento no evento jurídico, bem como cumprimento de requisitos da respectiva atividade, sendo estes: a) até 2 audiências de processos cíveis, da justiça estadual, com tramitação pelo rito comum, com oitiva de no mínimo 2 (duas) testemunhas cômputo de 2 (duas) horas por evento; b) até 2 audiências de processos trabalhistas, com tramitação pelo rito comum, com oitiva de no mínimo 2 (duas) testemunhas cômputo de 2 (duas) horas por evento; c) até 2 audiências de processos criminais, da justiça estadual, com tramitação pelo rito comum, com oitiva de no mínimo 2 (duas) testemunhas cômputo de 2 (duas) horas por evento;

5 d) até 2 audiências de processos da justiça federal, com tramitação pelo rito comum, com oitiva de no mínimo 2 (duas) testemunhas cômputo de 2 (duas) horas por evento; e) até 2 sessões de julgamento em Tribunal Judicial cômputo de 2 (duas) horas por evento; d) até 2 sessões de julgamento pelo Tribunal do Júri, com obrigatório pedido de condenação pelo Ministério Público cômputo de 6 (seis) horas por evento; 3) Cômputo: de acordo a espécie de evento. 4) Limite: poderão ser computadas até 30 (trinta) horas nesta modalidade de Atividade Complementar. 5) Documentação: comprovante de comparecimento firmado pelo presidente do evento (juiz, MP, desembargador, ministro). Art. 6º O aproveitamento de carga horária referente às atividades complementares será auferido mediante comprovação de participação e aprovação, conforme o caso, encaminhado via requerimento para análise da Coordenação do Curso de Direito. Art. 7º As atividades complementares devem ser desenvolvidas, bem como completadas suas horas, no decorrer do curso, conforme descrito no Projeto Político-Pedagógico, sem concomitância e/ou prejuízo da frequência e sem que sejam atividades obrigatórias do curso de direito, podendo ser aproveitadas as atividades que tenham sido realizadas a partir da data de ingresso do aluno no curso (à exceção de disciplinas cursadas em outra IES) desde que atendida à aderência ao programa do curso e o disposto no Art. 5ª deste regulamento. Art. 8º O aproveitamento das atividades complementares estará sujeito à análise e aprovação da Coordenação do curso, mediante apresentação de documentos que atestem sua veracidade. Parágrafo único. Os comprovantes das atividades deverão ser entregues para análise da coordenação na Secretaria Geral, mediante requerimento, através da apresentação de documento original e uma cópia que ficará arquivada na pasta do aluno, podendo a aferição de documento original ser realizada por colaborador da Secretaria Geral a partir de análise do original. Art. 9º O certificado de comprovação de participação em eventos deverá ser expedido em papel timbrado da Instituição ou órgão promotor, com a assinatura do responsável, respectiva carga horária e data do evento. Art.10. O Estágio curricular não-obrigatório será avaliado mediante apresentação do contrato de estágio com o órgão ou instituição onde ou foi realizado contendo informações do período, carga horária, área, supervisor local e atividade na qual o aluno estava vinculado. Art. 11. A produção intelectual será avaliada mediante cópia física que comprove a criação e/ou publicação.

6 Art. 12. A realização das atividades complementares é de responsabilidade do acadêmico. Art. 13. As atividades complementares receberão registro de carga horária de acordo com a tabela inserida no art. 5º, observado o limite máximo por módulo, nela fixado. Art. 14. A carga horária atribuída a cada um dos três grupos de atividades complementares obedecerá aos parâmetros discriminados no quadro aposto no art. 5º. Parágrafo único. A coordenação de curso poderá aceitar atividades não previstas no quadro aposto no art. 5º, mediante requerimento acompanhado de prova documental, após a análise e autorização prévia, com pontuação compatível ao evento. Art. 15. A validação das atividades complementares respeitará os limites previstos por grupo definido pelo Projeto Pedagógico do Curso: Grupo I Prática (máximo de 180 horas) Grupo II Produção Intelectual (máximo de 120 horas) Grupo III Atividades de Aperfeiçoamento (máximo de 180 horas) Art. 16. Os casos omissos serão analisados e resolvidos pela coordenação de curso e, em grau de recurso, pela Direção Acadêmica da Faculdade Dom Alberto. Parágrafo único. A análise da Direção Acadêmica da Faculdade Dom Alberto constitui-se em segundo grau de análise, exaurindo-se a análise administrativa. Art. 17. A entrega dos comprovantes para validação das atividades complementares será feita até a metade de cada semestre, junto à integralização da primeira nota, sendo dado retorno ao aluno ao final de cada semestre junto com as demais avaliações das disciplinas via sistema. A cada semestre letivo, no Calendário Acadêmico, será fixada data limite para a entrega dos comprovantes no semestre. Art. 18. Este Regulamento, aprovado em reunião do Colegiado do Curso de Direito da Faculdade Dom Alberto na reunião de , entra em vigor na data de sua aprovação. Santa Cruz do Sul, 17 de abril de Leandro Xavier Timóteo Direção Geral Enio Rocha Direção Acadêmica Juciane Furlan Inchauspe Direção Acadêmica Adjunta Diogo Durigon

7 Coordenação Curso de Direito Pres. Colegiado Curso de Direito

REGIMENTO INTERNO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA DA ESADE LAUREATE INTERNATIONAL UNIVERSITIES.

REGIMENTO INTERNO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA DA ESADE LAUREATE INTERNATIONAL UNIVERSITIES. REGIMENTO INTERNO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA DA ESADE LAUREATE INTERNATIONAL UNIVERSITIES. O Diretor da Esade Laureate International Universities, no uso de suas

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE DIREITO DA ESCOLA DE FORMAÇÃO JURÍDICA

REGIMENTO INTERNO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE DIREITO DA ESCOLA DE FORMAÇÃO JURÍDICA REGIMENTO INTERNO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE DIREITO DA ESCOLA DE FORMAÇÃO JURÍDICA DA FACULDADE DE DESENVOLVIMENTO DO RIO GRANDE DO SUL FADERGS. A Coordenadora do Curso de Direito da Escola

Leia mais

Regulamento das Atividades Complementares

Regulamento das Atividades Complementares 1 ENGENHARIA AMBIENTAL Art. 1º - O presente regulamento tem por finalidade definir as Atividades que serão validadas para o cumprimento de 280 horas atividades da Disciplina de Atividades Complementares

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES Fixa as normas que regulamentam as Atividades Complementares no âmbito do curso de Bacharelado em Administração da FAPPES Faculdade Paulista de Pesquisa e Ensino

Leia mais

ANEXO II REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

ANEXO II REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES ANEXO II REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Este regulamento é próprio das Atividades Complementares do Curso de Direito do Centro Universitário Dinâmica das Cataratas - UDC e será regido por essas

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO ESCOLA PAULISTA DE POLÍTICA, ECONOMIA E NEGÓCIOS CURSO DE CIÊNCIAS ATUARIAIS REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES BACHARELADO EM CIÊNCIAS ATUARIAIS Regulamento das

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I - DA NATUREZA Art. º Consideram-se como Atividades Complementares do Engenharia de Produção, todas as atividades relacionadas com projetos de pesquisa,

Leia mais

FACULDADE MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E MEIO AMBIENTE - FAMA. REGULAMENTO DAS ATIVIDADES CURRICULARES COMPLEMENTARES- ACCs

FACULDADE MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E MEIO AMBIENTE - FAMA. REGULAMENTO DAS ATIVIDADES CURRICULARES COMPLEMENTARES- ACCs FACULDADE MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E MEIO AMBIENTE - FAMA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES CURRICULARES COMPLEMENTARES- ACCs CLEVELÂNDIA PR 2016 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES CURRICULARES COMPLEMENTARES- ACCs CURSO

Leia mais

REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Art. 1º. A análise e registro das atividades complementares serão realizados pelo Núcleo de Extensão e Apoio à Cultura NEAC,

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de São Paulo Campus Osasco

Ministério da Educação Universidade Federal de São Paulo Campus Osasco Ministério da Educação Universidade Federal de São Paulo Campus Osasco UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO UNIFESP ESCOLA PAULISTA DE POLÍTICA, ECONOMIA E NEGÓCIOS CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS ATUARIAIS

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO II DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO II DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º Este Regulamento dispõe sobre as Atividades Complementares do Curso de Direito. CAPÍTULO II DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE ARTHUR THOMAS

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE ARTHUR THOMAS REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE ARTHUR THOMAS Art. 1º. As Atividades Complementares Obrigatórias para o Curso de Graduação em Direito totalizam 240

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E ESTUDO DE PORTO FERREIRA

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E ESTUDO DE PORTO FERREIRA ASSOCIAÇÃO DE ESCOLAS REUNIDAS ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E ESTUDO DE PORTO FERREIRA ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE TECNÓLOGO EM SISTEMAS PARA INTERNET REGULAMENTO 2 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS DESEMBARGADOR SÁVIO BRANDÃO - FAUSB

FACULDADES INTEGRADAS DESEMBARGADOR SÁVIO BRANDÃO - FAUSB FACULDADES INTEGRADAS DESEMBARGADOR SÁVIO BRANDÃO - FAUSB REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES VÁRZEA GRANDE - 2015 A Diretora Acadêmica da Faculdade Integradas Desembargador Sávio Brandão - FAUSB,

Leia mais

RESOLUÇÃO TGT Nº 04/2015

RESOLUÇÃO TGT Nº 04/2015 ANO XLV N. 078 26/05/2015 SEÇÃO II PÁG. 028 RESOLUÇÃO TGT Nº 04/2015 Niterói, 06 de maio de 2015 O Colegiado do Curso de Graduação em Engenharia de Telecomunicações, em reunião ordinária de 06/05/2015,

Leia mais

DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS FACULDADE DO ESTADO DO MARANHÃO FACEM REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS 1 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º Este

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 032/07 CONSUNI

RESOLUÇÃO Nº 032/07 CONSUNI RESOLUÇÃO Nº 032/07 CONSUNI APROVA O REGULAMENTO QUE NORMATIZA AS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS. A Presidente do Conselho Universitário CONSUNI

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES DO CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO TÍTULO I. Da Natureza das Atividades Complementares

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES DO CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO TÍTULO I. Da Natureza das Atividades Complementares REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES DO CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO TÍTULO I Da Natureza das Atividades Complementares Art. 1º - As Atividades Complementares são componentes curriculares

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 043 CONSUPER/2013

RESOLUÇÃO Nº 043 CONSUPER/2013 RESOLUÇÃO Nº 043 CONSUPER/2013 Dispõe sobre o regulamento das Atividades Curriculares Complementares no âmbito do Instituto Federal Catarinense. O Presidente do do Instituto Federal de Educação, Ciência

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADE ACADÊMICA COMPLEMENTAR (AAC) para os cursos de Letras da UNESPAR / APUCARANA

REGULAMENTO DE ATIVIDADE ACADÊMICA COMPLEMENTAR (AAC) para os cursos de Letras da UNESPAR / APUCARANA REGULAMENTO DE ATIVIDADE ACADÊMICA COMPLEMENTAR (AAC) para os cursos de Letras da UNESPAR / APUCARANA Do Objetivo das Atividades Acadêmicas Complementares Art. 1º O objetivo das Atividades Acadêmicas Complementares

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES (AAC) CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS INGLÊS Campus Apucarana

REGULAMENTO DE ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES (AAC) CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS INGLÊS Campus Apucarana REGULAMENTO DE ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES (AAC) CURSO DE LICENCIATURA EM LETRAS INGLÊS Campus Apucarana Do Objetivo das Atividades Acadêmicas Complementares Art. 1º O objetivo das Atividades

Leia mais

MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES Belo Horizonte 2017 1 Prezado(a) aluno(a): Este é o Manual de Atividades Complementares do Curso Superior de Tecnologia em Estética e Cosmética do Centro Universitário

Leia mais

REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES 1 REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES 2 CAPÍTULO I DA CARACTERIZAÇÃO SEÇÃO I Art. 1º - As Atividades Complementares são componentes curriculares que possibilitam o reconhecimento, por análise, de competências

Leia mais

REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA

REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA REGULAMENTO PARA ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA FLORIANÓPOLIS 2013 REGULAMENTO

Leia mais

RESOLUÇÃO CEPE Nº 001/12

RESOLUÇÃO CEPE Nº 001/12 RESOLUÇÃO CEPE Nº 001/12 Aprovar Regulamento de Atividade Complementar da FAP. CONSIDERANDO a importância de manter um regulamento comum para todos os cursos da FAP; CONSIDERANDO a Aprovação pelo Conselho

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS CURRICULARES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS CURRICULARES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS CURRICULARES COMPLEMENTARES Artigo 1 o : As Atividades Acadêmicas Curriculares Complementares (AACC) do Curso de Graduação em Ciências Econômicas do Câmpus de Ciências

Leia mais

Máximo de Horas. Documentação a ser entregue pelo aluno Complementar: Memorando do Diretório Acadêmico contendo período Estudantil

Máximo de Horas. Documentação a ser entregue pelo aluno Complementar: Memorando do Diretório Acadêmico contendo período Estudantil Atividade Horas Máximo de Horas Documentação a ser entregue pelo aluno Complementar: Equivalentes Categoria (máximo por (até o final do ano) curso) Representação 5 Memorando do Diretório Acadêmico contendo

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES FARMÁCIA

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES FARMÁCIA SOCIEDADE REGIONAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA LTDA. SOREC FACULDADE DE CIÊNCIAS BIOMÉDICAS DE CACOAL FACIMED Portaria Ministerial nº. 2.810 de 13/12/2001 DOU de 17/12/2001 CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA Reconhecido

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ESTÉTICA DO UNISALESIANO

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ESTÉTICA DO UNISALESIANO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ESTÉTICA DO UNISALESIANO As Atividades Complementares são componentes curriculares que possibilitam o reconhecimento, por avaliação, de habilidades,

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES/ESTUDOS INDEPENDENTES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES/ESTUDOS INDEPENDENTES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS 1 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES/ESTUDOS INDEPENDENTES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS Artigo 1º - O presente Regulamento baseia-se na obrigatoriedade do cumprimento das horas destinadas

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES CURRICULARES COMPLEMENTARES DO CURSO DE SECRETARIADO EXECUTIVO

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES CURRICULARES COMPLEMENTARES DO CURSO DE SECRETARIADO EXECUTIVO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES CURRICULARES COMPLEMENTARES DO CURSO DE SECRETARIADO EXECUTIVO Art. 1º A Coordenação do Curso de Secretariado Executivo, para o cumprimento das Atividades Curriculares Complementares,

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 96, DE 28 DE AGOSTO DE 2015.

RESOLUÇÃO Nº 96, DE 28 DE AGOSTO DE 2015. RESOLUÇÃO Nº 96, DE 28 DE AGOSTO DE 2015. O COLEGIADO DE CURSO DOS CURSOS DE DIREITO do Campus de Três Lagoas da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, no uso de suas atribuições legais e

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE DA INDÚSTRIA IEL

REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE DA INDÚSTRIA IEL REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE DA INDÚSTRIA IEL CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1 As Atividades Complementares são componentes da

Leia mais

IV REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS DO CURSO DE DIREITO DAS FACULDADES INTEGRADAS DE VITÓRIA FDV.

IV REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS DO CURSO DE DIREITO DAS FACULDADES INTEGRADAS DE VITÓRIA FDV. IV REGULAMENTO DAS DO CURSO DE DIREITO DAS FACULDADES INTEGRADAS DE VITÓRIA FDV. Estabelece normas para o funcionamento das Atividades Complementares do sistema seriado do curso de Direito. Alterado pelo

Leia mais

ANEXO III - REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES ACADÊMICAS AAC. Título I Das Condições Gerais

ANEXO III - REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES ACADÊMICAS AAC. Título I Das Condições Gerais ANEXO III - REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES ACADÊMICAS AAC Título I Das Condições Gerais Capítulo I Do Objetivo das Atividades Complementares Art. 1 As atividades complementares têm por objetivo

Leia mais

MANTENEDORA ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE AECISA MANTIDA FACULDADE PERNAMBUCANA DE SAÚDE- FPS

MANTENEDORA ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE AECISA MANTIDA FACULDADE PERNAMBUCANA DE SAÚDE- FPS MANTENEDORA ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE AECISA MANTIDA FACULDADE PERNAMBUCANA DE SAÚDE- FPS REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES RECIFE/PE Atualizado em 21 de setembro de 2015 1 SUMÁRIO

Leia mais

FUNDAÇÃO PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS-FUPAC FACULDADE PRESIDENTE ANTONIO CARLOS DE UBERLÂNDIA

FUNDAÇÃO PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS-FUPAC FACULDADE PRESIDENTE ANTONIO CARLOS DE UBERLÂNDIA FUNDAÇÃO PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS-FUPAC FACULDADE PRESIDENTE ANTONIO CARLOS DE UBERLÂNDIA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Capítulo I Das Disposições Gerais ARTIGO 1º O presente Regulamento tem

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS CMRV/UFPI

REGULAMENTAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS CMRV/UFPI REGULAMENTAÇÃO DAS S COMPLEMENTARES DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS CMRV/UFPI Art. 1º - As Atividades Complementares têm por objetivo enriquecer o conhecimento propiciado pelo curso de Ciências Contábeis,

Leia mais

Dispõe sobre as atividades complementares a serem cumpridas pelos alunos do Curso de Direito, como requisito para a graduação.

Dispõe sobre as atividades complementares a serem cumpridas pelos alunos do Curso de Direito, como requisito para a graduação. 1 COORDENAÇÃO DO CURSO DE DIREITO RESOLUÇÃO Nº 02 DE 14 DE MARÇO DE 2005. Dispõe sobre as atividades complementares a serem cumpridas pelos alunos do Curso de Direito, como requisito para a graduação.

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA CURSO DE ENGENHARIA CIVIL PORTARIA Nº 04, DE 06 DE FEVEREIRO DE 2011

ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA CURSO DE ENGENHARIA CIVIL PORTARIA Nº 04, DE 06 DE FEVEREIRO DE 2011 ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA CURSO DE ENGENHARIA CIVIL PORTARIA Nº 04, DE 06 DE FEVEREIRO DE 2011 Dispõe sobre as normas operacionais para acompanhamento e registro das Atividades Complementares do Curso

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES/ESTUDOS INDEPENDENTES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES/ESTUDOS INDEPENDENTES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES/ESTUDOS INDEPENDENTES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO Art. 1 - O presente Regulamento baseia-se na obrigatoriedade do cumprimento das horas destinadas às

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 104, DE 08 DE DEZEMBRO DE 2011.

RESOLUÇÃO Nº 104, DE 08 DE DEZEMBRO DE 2011. RESOLUÇÃO Nº 104, DE 08 DE DEZEMBRO DE 2011. O CONSELHO DA FACULDADE DE DIREITO FADIR, da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, no uso de suas atribuições legais, em reunião realizada no

Leia mais

ANEXO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES I - DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

ANEXO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES I - DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES ANEXO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES I - DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º Os alunos do Curso de Direito pertencentes ao currículo 2002.2, deverão desenvolver, no mínimo, 300 (trezentas)

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO II DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO II DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º. Este Regulamento dispõe sobre as Atividades Complementares na Faculdade do Futuro. CAPÍTULO II DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE DIREITO REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES (Ingresso até 2014/2 200 horas) Elaborado por: Profa. Me. Andréia Ayres Gabardo da Rosa Profa. Me. Karine Alves Gonçalves Mota PALMAS 2015 As atividades

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Aprovado pela Resolução CONSUNI nº 27/16, de 06/07/16. Capítulo I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente regulamento tem por

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO (ANO LETIVO 2014)

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO (ANO LETIVO 2014) (35) 3690-8900 / 3690-8958 (fax) REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO (ANO LETIVO 2014) 1 Caracterização Os cursos de Engenharia de Produção do Brasil são regidos pelas

Leia mais

Manual de Atividades Complementares

Manual de Atividades Complementares CENTRO UNIVERSITÁRIO NEWTON PAIVA INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Manual de Atividades Complementares Belo Horizonte 1 Prezado(a) aluno(a): Este é o Manual de Atividades Complementar

Leia mais

MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES Belo Horizonte 2015 1 Prezado(a) aluno(a): Este é o Manual de Atividades Complementares do Curso Superior de Tecnologia em Estética e Cosmética do Centro Universitário

Leia mais

ANEXO D - REGULAMENTO DE AAC (ATIVIDADE ACADÊMICA COMPLEMENTAR)

ANEXO D - REGULAMENTO DE AAC (ATIVIDADE ACADÊMICA COMPLEMENTAR) ANEXO D - REGULAMENTO DE AAC (ATIVIDADE ACADÊMICA COMPLEMENTAR) REGIMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES DO CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - SEMESTRAL DA FACULDADE DE APUCARANA-FAP

Leia mais

NORMAS COMPLEMENTARES ATIVIDADES COMPLEMENTARES INDEPENDENTES

NORMAS COMPLEMENTARES ATIVIDADES COMPLEMENTARES INDEPENDENTES NORMAS COMPLEMENTARES ATIVIDADES COMPLEMENTARES INDEPENDENTES Art. 1º As Complementares Independentes integram o currículo do curso de graduação de Fonoaudiologia, no sentido da sua flexibilização, sendo

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE DIREITO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE BARRETOS - UNIFEB

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE DIREITO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE BARRETOS - UNIFEB REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE DIREITO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE BARRETOS - UNIFEB Da exposição de motivos Considerando que a disciplina Atividades Complementares

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSUP Nº. 394/2015 Belém, 20 de Dezembro de 2015

RESOLUÇÃO CONSUP Nº. 394/2015 Belém, 20 de Dezembro de 2015 RESOLUÇÃO CONSUP Nº. 394/2015 Belém, 20 de Dezembro de 2015 Aprova as alterações do Regulamento das Atividades Complementares da Faculdade Integrada Brasil Amazônia - FIBRA O Presidente do Conselho Superior

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE DIREITO REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES (400 horas) Elaborado por: Profa. Me. Andréia Ayres Gabardo da Rosa Profa. Me. Karine Alves Gonçalves Mota PALMAS 2015 As atividades complementares

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA OS CURSOS DE LICENCIATURAS DA FACULDADE DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES - FFP

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA OS CURSOS DE LICENCIATURAS DA FACULDADE DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES - FFP REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA OS CURSOS DE LICENCIATURAS DA FACULDADE DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES - FFP Art. 1º Este Regulamento define, no âmbito da Faculdade de Formação de Professores

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 186, DE 27 DE NOVEMBRO DE 2014.

RESOLUÇÃO Nº 186, DE 27 DE NOVEMBRO DE 2014. RESOLUÇÃO Nº 186, DE 27 DE NOVEMBRO DE 2014. O CONSELHO DE CÂMPUS DO CÂMPUS DE PARANAÍBA, da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, no uso de suas atribuições legais, resolve: Art. 1º Manifestar-se

Leia mais

Regulamento das Atividades Complementares

Regulamento das Atividades Complementares Regulamento das Atividades Complementares Art. 1º - O presente regulamento tem por objetivo disciplinar as Atividades Complementares, em atendimento ao disposto no Art. 8º, da Res 9/2004 CNE/CES, constituindo

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I CATEGORIAS DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES Art. 2 o As Atividades Complementares do currículo do Curso de Direito, que devem ser cursadas após o ingresso

Leia mais

Manual de Atividades Complementares do Curso Superior de Tecnologia em Logística IFMG Campus Sabará

Manual de Atividades Complementares do Curso Superior de Tecnologia em Logística IFMG Campus Sabará MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS CAMPUS SABARÁ Manual de Atividades Complementares do Curso Superior

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO REGULAMENTAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Estabelece normas e procedimentos para realização de Atividades Complementares pelos

Leia mais

UNIÃO DAS INSTITUIÇÕES DE SERVIÇOS, ENSINO E PESQUISA LTDA. REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

UNIÃO DAS INSTITUIÇÕES DE SERVIÇOS, ENSINO E PESQUISA LTDA. REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES UNIÃO DAS INSTITUIÇÕES DE SERVIÇOS, ENSINO E PESQUISA LTDA. REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES São Paulo 2010 I Das disposições gerais Art. 1º. O seguinte regulamento tem por objetivo

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE FARMÁCIA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES As atividades complementares são prática acadêmicas obrigatórias

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 236/2006 CONEPE

RESOLUÇÃO Nº 236/2006 CONEPE RESOLUÇÃO Nº 236/2006 CONEPE Estabelece normas para o cumprimento das Atividades Complementares do Curso de Administração do Campus Universitário de Tangará da Serra. O Presidente do Conselho de Ensino,

Leia mais

MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE FARMÁCIA

MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE FARMÁCIA MANUAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE FARMÁCIA Belo Horizonte 2016 Presidente do Grupo Splice Antônio Roberto Beldi Reitor João Paulo Barros Beldi Secretária-Geral Jacqueline Guimarães Ribeiro

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL Aprovado pela Resolução CONSUNI nº 32/16, de 20/07/16. Capítulo I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente regulamento tem

Leia mais

NORMA DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UFCSPA CAPÍTULO I DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

NORMA DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UFCSPA CAPÍTULO I DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES NORMA DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UFCSPA CAPÍTULO I DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Art. 1º Respeitada a legislação vigente e as normas específicas aplicáveis a cada curso, ficam

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA EM SECRETARIADO EXECUTIVO. Regulamento de Atividades Complementares

CURSO DE GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA EM SECRETARIADO EXECUTIVO. Regulamento de Atividades Complementares CURSO DE GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA EM SECRETARIADO EXECUTIVO Regulamento de Atividades Complementares O presente Regulamento disciplina o funcionamento e o registro acadêmico das Atividades Complementares

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de São Paulo Pró-Reitoria de Graduação Campus Diadema-Departamento de Ciências Biológicas

Ministério da Educação Universidade Federal de São Paulo Pró-Reitoria de Graduação Campus Diadema-Departamento de Ciências Biológicas Regulamento das Atividades Acadêmico-Científico e Culturais Normatização Regulamenta as atividades acadêmico-científicoculturais do Curso de Bacharelado em Ciências Biológicas, UNIFESP, Diadema. Art. 1º.

Leia mais

APÊNDICE A Normas para Atividades Complementares de Graduação

APÊNDICE A Normas para Atividades Complementares de Graduação 145 APÊNDICE A Normas para Atividades Complementares de Graduação Capítulo I - Obrigatoriedade e Definição de Atividades Complementares de Graduação Art. 1 - Constituir-se-á Atividade Complementar de Graduação

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL

REGULAMENTO INTERNO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL REGULAMENTO INTERNO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL Art. 1º. O aluno que ingressar no Curso de Serviço Social da PUC-Rio deverá cumprir 60 horas em atividades

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DA FACULDADE DE COLIDER - FACIDER CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, bacharelado. Aos 20 dias do mês de agosto do ano de dois mil e treze, Coordenação do Curso de Administração, bacharelado da Faculdade

Leia mais

REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLENTARES CURSO DE ENGENHARIA CIVIL

REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLENTARES CURSO DE ENGENHARIA CIVIL REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLENTARES CURSO DE ENGENHARIA CIVIL COLABORADORES Prof. Roque Hudson da Silveira - coordenador Prof. Marcus Vinícius dos Santos Prof. Ricardo José de Castro Ottero Prof. Sebastião

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA EM SECRETARIADO EXECUTIVO Regulamento de Atividades Complementares

CURSO DE GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA EM SECRETARIADO EXECUTIVO Regulamento de Atividades Complementares CURSO DE GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA EM SECRETARIADO EXECUTIVO Regulamento de Atividades Complementares O presente Regulamento disciplina o funcionamento e o registro acadêmico das Atividades Complementares

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ RESOLUÇÃO Nº 86/ CONSELHO SUPERIOR

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ RESOLUÇÃO Nº 86/ CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 86/2016 - CONSELHO SUPERIOR Regulamenta o desenvolvimento das atividades complementares em áreas específicas de interesse do estudante dos cursos de Tecnologia e Bacharelados do IFPI. O Presidente

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DE INTEGRALIZAÇÃO CURRICULAR

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DE INTEGRALIZAÇÃO CURRICULAR REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DE INTEGRALIZAÇÃO CURRICULAR Capítulo I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º. As atividades complementares de integralização curricular presentes nas estruturas curriculares

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO REGULAMENTO DO NÚCLEO FLEXÍVEL DO CURRÍCULO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO (ATIVIDADES COMPLEMENTARES)

FACULDADE DE DIREITO REGULAMENTO DO NÚCLEO FLEXÍVEL DO CURRÍCULO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO (ATIVIDADES COMPLEMENTARES) REGULAMENTO DO NÚCLEO FLEXÍVEL DO CURRÍCULO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO (ATIVIDADES COMPLEMENTARES) O presente Regulamento normatiza o oferecimento, a matrícula, o aproveitamento e a validação das

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

ATIVIDADES COMPLEMENTARES ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMA DE INFORMAÇÃO Monte Carmelo 2014 REGULAMENTO N.1, DE 11 DE FEVEREIRO DE 2014 Estabelece os procedimentos necessários à

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES - FACULDADE JOAQUIM NABUCO

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES - FACULDADE JOAQUIM NABUCO 24/09/25 REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES - FACULDADE 1 / 9 24/09/25 CAPÍTULO I DAS CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES Art. 1º A presente Resolução tem como finalidade regulamentar as atividades complementares

Leia mais

PORTARIA FCE Nº 035/2016 DE 01 DE AGOSTO DE CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

PORTARIA FCE Nº 035/2016 DE 01 DE AGOSTO DE CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES PORTARIA FCE Nº 035/2016 DE 01 DE AGOSTO DE 2016. Dispõe sobre a nova regulamentação das s Complementares do Curso de Administração, da Faculdade de Ciências e Engenharia. O Diretor da, Câmpus de Tupã,

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art.1º O presente Regulamento tem por finalidade normatizar as Atividades Complementares nas modalidades presencial e Educação

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PUBLICIDADE E PROPAGANDA CAPÍTULO I Disposições Preliminares

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PUBLICIDADE E PROPAGANDA CAPÍTULO I Disposições Preliminares REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PUBLICIDADE E PROPAGANDA CAPÍTULO I Disposições Preliminares Art. 1º As Atividades Complementares são exigidas para integralização da do

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE FLEXIBILIZAÇÃO DO CURSO DE MEDICINA. CAPÍTULO I Definição

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE FLEXIBILIZAÇÃO DO CURSO DE MEDICINA. CAPÍTULO I Definição REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE FLEXIBILIZAÇÃO DO CURSO DE MEDICINA CAPÍTULO I Definição Art. 1º A flexibilização curricular envolve atividades acadêmicas previstas no projeto pedagógico do Curso de Medicina

Leia mais

COORDENAÇÃO DO CURSO DE C.S.T. EM PROCESSOS QUÍMICOS PORTARIA NORMATIVA Nº 1, 14 DE SETEMBRO DE 2009

COORDENAÇÃO DO CURSO DE C.S.T. EM PROCESSOS QUÍMICOS PORTARIA NORMATIVA Nº 1, 14 DE SETEMBRO DE 2009 COORDENAÇÃO DO CURSO DE C.S.T. EM PROCESSOS QUÍMICOS PORTARIA NORMATIVA Nº 1, 14 DE SETEMBRO DE 2009 Institui as normas e as atividades aprovadas para o aproveitamento de carga horária para compor atividades

Leia mais

FACULDADE DE ORLÂNDIA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS CURRICULARES COMPLEMENTARES

FACULDADE DE ORLÂNDIA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS CURRICULARES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS CURRICULARES COMPLEMENTARES Profª. Ms. Ana Laura Arruda Diretora Geral Profª. Ms. Maria Suzana de Oliveira Campos Coordenadora de Acadêmicas Curriculares Complementares

Leia mais

Portaria nº. 73/09 Universitas

Portaria nº. 73/09 Universitas Portaria nº. 73/09 Universitas Dispõe sobre o regulamento das Atividades Complementares, que deverão ser cumpridas pelos alunos dos cursos de graduação, modalidades tecnólogo e bacharelado, ministrados

Leia mais

NORMAS REGULAMENTADORAS DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES DO CURSO DE ZOOTECNIA

NORMAS REGULAMENTADORAS DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES DO CURSO DE ZOOTECNIA NORMAS REGULAMENTADORAS DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES DO CURSO DE ZOOTECNIA 1 2 Normas Regulamentadoras das Atividades Acadêmicas Complementares do Curso de Zootecnia As atividades complementares

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL COMUNITÁRIA FORMIGUENSE CENTRO UNIVERSITÁRIO DE FORMIGA - UNIFOR

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL COMUNITÁRIA FORMIGUENSE CENTRO UNIVERSITÁRIO DE FORMIGA - UNIFOR FUNDAÇÃO EDUCACIONAL COMUNITÁRIA FORMIGUENSE CENTRO UNIVERSITÁRIO DE FORMIGA - UNIFOR REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE BIBLIOTECONOMIA (Ato de Aprovação: Resolução do Reitor nº 22/2012

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS ALEGRETE CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA NORMAS DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DE GRADUAÇÃO

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA CAMPUS ALEGRETE CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA NORMAS DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DE GRADUAÇÃO NORMAS DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DE GRADUAÇÃO DEFINIÇÃO DE ATIVIDADE COMPLEMENTAR DE GRADUAÇÃO (ACG) Art. 1º - Atividade Complementar de Graduação (ACG) é definida como atividade desenvolvida pelo

Leia mais

CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS - CCHS CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS - CCHS CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES UNIVERSIDADE DE CRUZ ALTA CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS - CCHS CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES Capítulo I - Do Conceito e das Finalidades Art. 1º. O presente

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PALMAS - TO.

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PALMAS - TO. 1 FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PALMAS - TO. 2 FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES APRESENTAÇÃO Instituídas pelas

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICO- CIENTÍFICO-CULTURAIS DO CURSO DE LETRAS DA FACULDADE DE PRESIDENTE PRUDENTE - FAPEPE

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICO- CIENTÍFICO-CULTURAIS DO CURSO DE LETRAS DA FACULDADE DE PRESIDENTE PRUDENTE - FAPEPE REGULAMENTO DAS ACADÊMICO- CIENTÍFICO-CULTURAIS DO CURSO DE LETRAS DA FACULDADE DE PRESIDENTE PRUDENTE - FAPEPE REGULAMENTO DAS ACADÊMICO-CIENTÍFICO-CULTURAIS CURSO DE LETRAS - LICENCIATURA LÍNGUA PORTUGUESA

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DO CAMPUS DE COXIM DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DO CAMPUS DE COXIM DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL RESOLUÇÃO Nº 5, DE 5 DE FEVEREIRO DE 2015. O COLEGIADO DE CURSO DO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DO CÂMPUS DE COXIM da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso Do Sul, no uso de suas atribuições

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE LICENCIATURA

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE LICENCIATURA Anexo à Portaria nº 19, de 12 de fevereiro de 2007. REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE LICENCIATURA CAPÍTULO I DA NATUREZA E DAS FINALIDADES 2 CAPÍTULO II DA REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL ESCOLA DE SAÚDE CURSO DE ENFERMAGEM ATIVIDADES COMPLEMENTARES

FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL ESCOLA DE SAÚDE CURSO DE ENFERMAGEM ATIVIDADES COMPLEMENTARES Acadêmico: Data: / / ATIVIDADES DE ENSINO 250 horas TIPO DE ATIVIDADE CÁLCULO DA CH LIMITE TOTAL DE HORAS DESEMPENHADAS Certificados de organização de eventos 1h=2h Máx 60h Certificados de participação

Leia mais

CURSO SUPERIOR TECNOLÓGICO EM SECRETARIADO Regulamento de Atividades Complementares

CURSO SUPERIOR TECNOLÓGICO EM SECRETARIADO Regulamento de Atividades Complementares CURSO SUPERIOR TECNOLÓGICO EM SECRETARIADO Regulamento de Atividades Complementares O presente Regulamento disciplina o funcionamento e o registro acadêmico das Atividades Complementares no curso superior

Leia mais

REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE DIREITO

REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE DIREITO 1 REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE DIREITO Capítulo I: Da Natureza e dos objetivos: Artigo 1º - O presente regulamento disciplina o aproveitamento de 360 horas do Estágio Supervisionado

Leia mais

FACULDADE ALDETE MARIA ALVES Instituição Ituramense de Ensino Superior

FACULDADE ALDETE MARIA ALVES Instituição Ituramense de Ensino Superior REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE ALDETE MARIA ALVES FAMA 1 CAPÍTULO I DAS FINALIDADES Art. 1º. O presente Regulamento disciplina as Atividades Complementares

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES. (Mínimo de 400 horas) GRUPO I - Atividades de pesquisa, produção científica e acadêmicas

ATIVIDADES COMPLEMENTARES. (Mínimo de 400 horas) GRUPO I - Atividades de pesquisa, produção científica e acadêmicas Núcleo de Prática Jurídica do Centro Universitário Autônomo do Brasil UniBrasil PORTARIA 03/2017 ANEXO I ATIVIDADES COMPLEMENTARES Horas ( de 400 horas) GRUPO I - Atividades de pesquisa, produção científica

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DA FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE GOVERNADOR VALADARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DA FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE GOVERNADOR VALADARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DA FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE GOVERNADOR VALADARES FUNDAÇÃO FUPAC REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES Art. 1º - As Atividades Complementares integram

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 025/2003-CEPE

RESOLUÇÃO Nº 025/2003-CEPE RESOLUÇÃO Nº 025/2003-CEPE Aprova Regulamento de Atividades Acadêmicas Complementares. Considerando o contido na Resolução nº 003/2003-CEPE, de 30 de janeiro de 2003, que Aprova as Diretrizes do Ensino

Leia mais