CELEBRAÇÃO DO SACRAMENTO DA CRISMA 1- RITOS INICIAIS Entrada dos Crismandos e seus Padrinhos

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CELEBRAÇÃO DO SACRAMENTO DA CRISMA 1- RITOS INICIAIS Entrada dos Crismandos e seus Padrinhos"

Transcrição

1 ARCEBISPO: Abençoe-vos seu Filho Unigênito, que prometeu que o Espírito da verdade permaneceria na Igreja, e vos confirme com sua força na profissão da verdadeira fé. AS: Amém! ARCEBISPO: Abençoe-vos o Espírito Santo, que acendeu o fogo do amor nos corações dos discípulos, e vos conduza, unidos num só corpo e sem tropeço, à alegria do Reino de Deus. AS: Amém! ARCEBISPO: Abençoe-vos Deus todo-poderoso, Pai e Filho e Espírito Santo. AS: Amém ARCEBISPO: Proclamai a todos o amor de Deus. Ide em paz e o Senhor vos acompanhe. AS: Demos graças a Deus! Observações: 1) Quando não for o Arcebispo que presidirá a Missa, substituir o termo Arcebispo por Presidente da Celebração. 2) Normalmente se usa para a celebração a Missa Ritual de Crisma com leituras próprias, e paramento vermelho, porém, no tempo litúrgico do Advento e Quaresma, usa-se paramentos roxos, com rito e leituras da Missa do tempo. No tempo do Natal e da Páscoa, usa-se paramentos brancos, com rito e leituras do tempo. Nas Solenidades ou Festas, consultar com antecedência o Arcebispo). 12 CELEBRAÇÃO DO SACRAMENTO DA CRISMA 1- RITOS INICIAIS 1.1- Entrada dos Crismandos e seus Padrinhos (Deverá ser organizada uma entrada com os crismandos e seus padrinhos, sendo 15 minutos antes da celebração, para que possam ocupar seus devidos lugares e aguardarem o momento da entrada do Arcebispo e da equipe de celebração). ANIMADOR: Nossa comunidade se reúne para celebrar o sacramento do Espírito Santo, que será dado às pessoas que querem confirmar seu Batismo e assumir uma vida cristã mais comprometida. O Batismo será confirmado pela forte presença do Espirito Santo, como o grande DOM de Deus. Com alegria vamos acolher os crismandos e seus padrinhos, que entram em procissão assumindo a condição de DISCÍPULOS MISSIONÁRIOS. Cantemos. (Até a entrada do Arcebispo com a equipe de celebração, os crismandos e seus padrinhos, estejam em oração, podendo cantar refrãos meditativos ou recitações da salmodia) 01

2 1.2- Entrada do Presidente da Celebração (A procissão deverá ser organizada com a equipe de celebração e os padres concelebrantes. É conveniente o uso do turíbulo). ANIMADOR: Reunidos para celebrar o sacramento da Crisma, sentimonos unidos como Igreja viva. O sacramento da Crisma completa a obra iniciada no Batismo, torna visível o Dom do Espírito Santo na pessoa e traz o dom divino para o seu crescimento espiritual. A pessoa que renasceu no Batismo é enriquecida com o DOM DO ESPÍRITO SANTO, e, marcada por esse sacramento, fica perfeitamente unida à Igreja, torna-se DISCÍPULA MISSIONÁRIA, por meio do anúncio e do testemunho de sua fé em Cristo Jesus. Celebremos com júbilo e gratidão para com Deus, acolhendo com muita alegria, Dom Gil Antônio Moreira (ou outro Presidente delegado pelo Arcebispo) que presidirá esta Eucaristia, juntamente com os Padres concelebrantes e a equipe da celebração. Cantando. 2- LITURGIA DA PALAVRA Evangelho de Cristo,/ apóstolos do bem e da verdade,/ construtores de um mundo segundo o vosso coração. Daí-nos força,/ Divino Espírito Santo,/ para permanecer firmes na fé,/ e viver na Igreja e no mundo a vossa mensagem de amor, de paz e de fraternidade,/ de alegria e salvação. Divino Espírito Santo, guardai-nos, protegei-nos e abençoai-nos. Amém! 6- RITOS FINAIS (Avisos, comunicações e agradecimentos deverão ser feitos neste momento. Terminado, segue a Bênção final. Poderá ser esta Bênção simples ou outra à escolha do Arcebispo). ARCEBISPO: O Senhor esteja convosco! AS: Ele está no meio de nós! ARCEBISPO: Abençoe-vos Deus, Pai todo-poderoso, que vos fez renascer da água e do Espírito Santo e vos tornou seus filhos e filhas adotivas, e vos conserve dignos do seu amor de Pai. AS: Amém! (Deverá ter somente uma monição da liturgia da Palavra preparada pela equipe de liturgia. As leituras devem ser feitas por leitores devidamente preparados, que estejam acostumados a ler nas 02 11

3 4.1- Oração Eucarística (À escolha do Arcebispo) celebrações litúrgicas. Não é conveniente escolher crismandos ou parentes para as leituras, a não ser que já façam parte da equipe de liturgia da paróquia e tenham prática de ler nas celebrações). ANIMADOR:. (Pela equipe de liturgia) 5- RITO DE COMPROMISSO (Após a Oração pós-comunhão, somente os crismados, em pé, renovam seu compromisso perante toda a comunidade presente e ao Arcebispo. Escolher um crismado que vá ao microfone dirigir a prece que todos os crismados rezam juntos com ele.) ANIMADOR: Após os crismados e o povo cristão ter recebido o Cristo Eucarístico, como pão da vida que alimenta e fortalece, os crismados, com o Cristo no coração, renovam seu compromisso de vida cristã Primeira leitura 2.2- Salmo responsório (Poderá ser cantado) 2.3- Segunda leitura 2.4- Evangelho (Canto à escolha) (Deverá ser cantada a aclamação ao Santo Evangelho. O evangelho deverá ser o próprio do dia, ou próprio da Crisma. Ver com antecedência com o Arcebispo) ARCEBISPO: Caros crismados, não se pode terminar esta celebração sem assumir o compromisso de viver aquilo que aconteceu. Hoje deve ser uma data jamais esquecida e sempre vivida. Por isso juntos renovem o compromisso: CRISMADOS: Divino Espírito Santo,/ hoje tivemos a alegria de vos receber no sacramento da confirmação./ Queremos que permaneçais sempre conosco./ Ajudai-nos a viver o que prometemos, / o Batismo que confirmamos,/ e a vida cristã que assumimos. / Queremos ser, no mundo, testemunhas do RITO DA CRISMA ANIMADOR: Serão agora apresentados ao Arcebispo e à Comunidade os crismandos, para serem acolhidos neste novo compromisso de sua vida cristã. Para isso os crismandos ficam em pé. PADRE: Senhor Arcebispo, Dom Gil Antônio Moreira, e membros da comunidade, aqui estão nossos crismandos. Prepararam-se durante um longo tempo para receber o sacramento da Crisma. Estão dispostos a assumir as conseqüências da fé por toda a vida. 03

4 ARCEBISPO: (Acolhida feita aos crismandos pelo Arcebispo com palavras próprias). (O Padre convida os padrinhos a ficarem em pé, e os apresenta à comunidade e ao Arcebispo) PADRE: Os padrinhos e madrinhas queiram ficar em pé. ARCEBISPO: (Acolhida feita aos padrinhos pelo Arcebispo com palavras próprias) HOMILIA 3.1- Renovação das promessas batismais (Alguns crismandos acendem sua vela no Círio e passam a chama para os demais crismandos. No tempo Pascal o Círio não entra, fica no altar e os crismandos escolhidos dirigem-se a ele e acendem sua vela. Enquanto isso, a equipe de canto poderá cantar cânticos sobre a Luz que é Cristo). ARCEBISPO: ( Nome ), RECEBE, POR ESTE SINAL, O ESPÍRITO SANTO, O DOM DE DEUS. Crismando: AMÉM! ARCEBISPO: A PAZ ESTEJA CONTIGO! Crismando: E CONTIGO TAMBÉM! (Após serem crismados o Arcebispo motiva que o crismado receba a bênção do seu padrinho, como sinal de respeito e agradecimento.) Preces da Comunidade (Introdução das preces espontânea feita pelo Arcebispo) ORAÇÃO CONCLUSIVA: Ó Deus, que vossa mão proteja, purifique e sustente o povo que vos suplica, e ele, confortado na vida presente, possa caminhar para os bens futuros. Por Cristo, nosso Senhor. AS: AMÉM! 4- RITO DAS OFERTAS ANIMADOR: Antes de receber a Crisma, o crismando renova sua fé recebida no Batismo. Não será apenas uma resposta, mas um compromisso. O Círio Pascal é símbolo do Cristo Jesus (Poderá fazer uma breve e organizada procissão com o pão e o vinho) ANIMADOR: Diante do altar do Senhor apresentemos o pão e o vinho, juntamente com a nossa vida como sinal de entrega ao serviço do Reino de Deus. Cantemos: 04 09

5 o espírito de conselho e fortaleza, o espírito de ciência e piedade e enchei-os do espírito de vosso temor. Por Cristo, nosso Senhor. AS: AMÉM! 3.3- Unção Crismal ANIMADOR: Os crismandos vão agora receber a Unção Crismal, acompanhados de seu padrinho ou madrinha, que coloca a mão direita no ombro do seu afilhado, em sinal de apoio e testemunha. Os crismandos vão ser ungidos e consagrados com o óleo santo do Crisma e recebem o Espírito Santo. Enquanto se realiza este ato central da Crisma, toda a comunidade se põe em oração, no silêncio, rezando por todos os crismandos. (Organiza-se a fila para apresentar-se ao Arcebispo o que vai ser crismado. O padrinho ou a madrinha põe a mão direita no ombro direito do crismando e diz o nome do afilhado ou afilhada ao Arcebispo em voz alta. Poderá haver cantos de invocação neste momento ao Espirito Santo, desde que seja uma música suave e baixa, para que não se perca o clima de oração e o crismando possa ouvir e entender o diálogo com o Arcebispo) Ressuscitado, Luz do mundo, nele os crismandos acendem suas velas para renovarem sua fé batismal. ARCEBISPO: Antes de receber a Crisma, os crismandos mostram sua atitude de fé, que se comprometem a viver por toda a vida. As promessas batismais, agora renovadas, são um compromisso de fé adulta e responsável. Cada um se torna responsável pela sua própria fé e vivência cristã. A comunidade renova a fé com os crismandos, mostrando que, neste momento, todos assumem o empenho de viver o próprio Batismo. Portanto: ARCEBISPO: Para viver na liberdade de filhos de Deus, renunciais ao pecado? Crismandos: RENUNCIO ARCEBISPO: Para viver como irmãos e irmãs, renunciais a tudo o que vos possa desunir, para que o pecado não domine sobre vós? Crismandos: RENUNCIO ARCEBISPO: Para seguir Jesus Cristo, renunciais ao demônio, autor e princípio do pecado? 08 Crismandos: RENUNCIO 05

6 ARCEBISPO: Após dizer não ao pecado, ao mal, ao que afasta de Deus, vamos dar nosso SIM de fé e compromisso. Por isso: Credes em Deus Pai todo-poderoso, criador do céu e da terra? ARCEBISPO: Credes em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor, que nasceu da Virgem Maria, padeceu e foi sepultado, ressuscitou dos mortos e subiu ao céu? ARCEBISPO: Credes no Espírito Santo, Senhor e fonte de vida, que hoje, pelo sacramento da Confirmação, vos é dado de modo especial, como aos apóstolos no dia de Pentecostes? ARCEBISPO: Credes na santa Igreja católica, na comunhão dos santos, na remissão dos pecados, na ressurreição dos mortos e na vida eterna? ARCEBISPO: Esta é a nossa fé, que da Igreja recebemos e sinceramente professamos razão de nossa alegria em Cristo nosso Senhor. Cantado(Todos): AMÉM! 3.2- Imposição das Mãos ANIMADOR: O arcebispo, juntamente com os sacerdotes concelebrantes, num gesto sacramental, repetem o gesto de Cristo de impor as mãos. Com esse gesto se pede ao Deus Espírito Santo que tome conta de cada crismando e lhe conceda seus dons espirituais. O gesto de impor as mãos significa que Deus escolhe e consagra para sermos Discípulos Missionários do seu Reino. (Neste momento, de velas apagadas, os crismandos se ajoelham, ficam em silêncio e oração. O Arcebispo; juntamente com os padres concelebrantes impõem as mãos sobre os crismandos). ARCEBISPO: Roguemos, irmãos e irmãs, a Deus Pai todo-poderoso, que derrame o Espírito Santo sobre estes seus filhos e filhas adotivos, já renascidos no Batismo para a vida eterna, a fim de confirmá-los pela riqueza de seus dons e configurá-los pela sua unção ao Cristo, Filho de Deus. (Após o silêncio, somente o Arcebispo diz:) Deus todo-poderoso, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que, pela água e pelo Espírito Santo, fizeste renascer estes vossos servos e servas, libertando-os do pecado, enviai-lhes o Espírito Santo Paráclito; dai-lhes, Senhor, o espírito de sabedoria e inteligência, 06 07

Foi com um gesto semelhante ao que o nosso Bispo vai utilizar, que os Apóstolos comunicaram aos primeiros cristãos o Espírito de Deus:

Foi com um gesto semelhante ao que o nosso Bispo vai utilizar, que os Apóstolos comunicaram aos primeiros cristãos o Espírito de Deus: CRISTELO 24 de Maio de 2009 Foi com um gesto semelhante ao que o nosso Bispo vai utilizar, que os Apóstolos comunicaram aos primeiros cristãos o Espírito de Deus: Pedro e João impuseram-lhes as mãos e

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA A CELEBRAÇÃO DO SACRAMENTO DA CRISMA

ORIENTAÇÕES PARA A CELEBRAÇÃO DO SACRAMENTO DA CRISMA ORIENTAÇÕES PARA A CELEBRAÇÃO DO SACRAMENTO DA CRISMA ORIENTAÇÕES PARA A CELEBRAÇÃO DO SACRAMENTO DA CRISMA O Rito a ser utilizado para a Celebração da Crisma deve estar em conformidade com Pontifical

Leia mais

Foi com um gesto semelhante ao que o nosso Bispo vai utilizar, que os Apóstolos comunicaram aos primeiros cristãos o Espírito de Deus:

Foi com um gesto semelhante ao que o nosso Bispo vai utilizar, que os Apóstolos comunicaram aos primeiros cristãos o Espírito de Deus: MOLEDO 26 de Abril de 2009 Foi com um gesto semelhante ao que o nosso Bispo vai utilizar, que os Apóstolos comunicaram aos primeiros cristãos o Espírito de Deus: Pedro e João impuseram-lhes as mãos e eles

Leia mais

Catedral Diocesana de Campina Grande. II Domingo da Páscoa Ano C Domingo da Divina Misericórdia. ANO DA FÉ Rito Inicial

Catedral Diocesana de Campina Grande. II Domingo da Páscoa Ano C Domingo da Divina Misericórdia. ANO DA FÉ Rito Inicial Catedral Diocesana de Campina Grande Paróquia nossa Senhora da Conceição II Domingo da Páscoa Ano C Domingo da Divina Misericórdia Por suas chagas fomos curados, felizes aqueles que crêem sem terem visto.

Leia mais

Rito do Baptismo. O celebrante interroga, em primeiro lugar, os pais de cada criança:

Rito do Baptismo. O celebrante interroga, em primeiro lugar, os pais de cada criança: Rito do Baptismo DIÁLOGO COM OS PAIS E OS PADRINHOS O celebrante interroga, em primeiro lugar, os pais de cada criança: Que nome dais ao vosso filho? ou: Que nome escolhestes para o vosso filho? Pais:

Leia mais

MISSA - A COMUNIDADE SE REÚNE PARA CELEBRAR A VIDA

MISSA - A COMUNIDADE SE REÚNE PARA CELEBRAR A VIDA MISSA - A COMUNIDADE SE REÚNE PARA CELEBRAR A VIDA A Eucaristia é o sacramento que atualiza e faz a memória do sacrifício de Jesus: em cada Eucaristia temos a presença do Cristo que pela sua morte e ressurreição

Leia mais

Ritos Iniciais: 1- ACOLHIDA:

Ritos Iniciais: 1- ACOLHIDA: Ritos Iniciais: 1- ACOLHIDA: Faz muito tempo, mas parece que foi ontem. Cada criança que nasce é uma mensagem de que Deus acredita nos homens. Deus acreditou em nós e nos deu a alegria e a responsabilidade

Leia mais

1. Diálogo com os pais e Padrinhos. 2. Celebração da Palavra de Deus

1. Diálogo com os pais e Padrinhos. 2. Celebração da Palavra de Deus 1. Diálogo com os pais e Padrinhos Que nome dais ao vosso filho? Pais N. Que pedis à Igreja de Deus para N.? Pais - O Baptismo. Caríssimos pais: Pedistes o Baptismo para os vossos filhos. Deveis educá-los

Leia mais

Celebração tirada do livro Eucaristia com Crianças Tempos Fortes Pedrosa Ferreira Edições Salesianas. ocantinhodasao.com.pt/public_html.

Celebração tirada do livro Eucaristia com Crianças Tempos Fortes Pedrosa Ferreira Edições Salesianas. ocantinhodasao.com.pt/public_html. Celebração tirada do livro Eucaristia com Crianças Tempos Fortes Pedrosa Ferreira Edições Salesianas ocantinhodasao.com.pt/public_html 12 Ano B ocantinhodasao.com.pt/public_html 1 RITOS INICIAIS Hoje,

Leia mais

ROTEIRO PARA CELEBRAÇÃO DA SOLENIDADE DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO REI DO UNIVERSO

ROTEIRO PARA CELEBRAÇÃO DA SOLENIDADE DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO REI DO UNIVERSO ROTEIRO PARA CELEBRAÇÃO DA SOLENIDADE DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO REI DO UNIVERSO DIA NACIONAL DOS CRISTÃOS LEIGOS E LEIGAS E DE ABERTURA DO ANO NACIONAL DO LAICATO 26/ 11/ 2017 Material necessário: [Banner

Leia mais

Solenidade de Corpus Christi Junho de 2017

Solenidade de Corpus Christi Junho de 2017 Solenidade de Corpus Christi Junho de 2017 Caríssimos Irmãos e Irmãs: Temos, com muita frequência, insistido sobre a realidade do espaço eclesial que cada batizado ocupa na Igreja. Porém, não obstante

Leia mais

Liturgia Eucarística para a Celebração do Sacramento da Crisma 09/09/2017. Espírito Santo, dom de Cristo Ressuscitado em nós.

Liturgia Eucarística para a Celebração do Sacramento da Crisma 09/09/2017. Espírito Santo, dom de Cristo Ressuscitado em nós. Liturgia Eucarística para a Celebração do Sacramento da Crisma 09/09/2017. Espírito Santo, dom de Cristo Ressuscitado em nós. Símbolos: Bíblia e símbolo do Ano Pastoral (maquete). I RITOS INICIAIS 1- Acolhida:

Leia mais

Mater Ecclesiae. Liturgia 2 Aula 4 Confirmação

Mater Ecclesiae. Liturgia 2 Aula 4 Confirmação Mater Ecclesiae Liturgia 2 Aula 4 Confirmação Fundamentação Bíblica O Espírito de Deus é um dom transformador Juízes são fortalecidos Jz 6,34 Reis são consagrados para governar 1Sm 10,1; 16,13 Profetas

Leia mais

(ANÁMNESIS) ATUALIZAÇÃO DA GRAÇA - SETENÁRIO SACRAMENTAL

(ANÁMNESIS) ATUALIZAÇÃO DA GRAÇA - SETENÁRIO SACRAMENTAL SACRAMENTOS - III (ANÁMNESIS) ATUALIZAÇÃO DA GRAÇA - SETENÁRIO SACRAMENTAL - 1 COMO OS SACRAMENTOS ATUALIZAM A GRAÇA NAS DIVERSAS SITUAÇÕES DA VIDA 2 1. O QUE ACONTECE NO BATISMO? 3 NO BATISMO, A PESSOA

Leia mais

Festa do Baptismo do Senhor Ano C Missa com a Catequese

Festa do Baptismo do Senhor Ano C Missa com a Catequese Festa do Baptismo do Senhor Ano C 2010 Missa com a Catequese Cântico de Entrada Monição Inicial: Percorremos o nosso caminho, desde o Advento, até chegarmos ao Presépio de Belém, guiados por uma Estrela.

Leia mais

ROTEIRO PARA CELEBRAÇÃO DA SOLENIDADE DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO REI DO UNIVERSO

ROTEIRO PARA CELEBRAÇÃO DA SOLENIDADE DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO REI DO UNIVERSO ROTEIRO PARA CELEBRAÇÃO DA SOLENIDADE DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO REI DO UNIVERSO DIA NACIONAL DOS CRISTÃOS LEIGOS E LEIGAS E DE ABERTURA DO ANO NACIONAL DO LAICATO 26/11/2017 Material necessário: Banner

Leia mais

CELEBRAÇÃO DO SACRAMENTO DA CRISMA NA MISSA PRESIDIDA PELO EX. E REV. DOM PEDRO BRITO GUIMARÃES, ARCEBISPO METROPOLITANO DE PALMAS - TO

CELEBRAÇÃO DO SACRAMENTO DA CRISMA NA MISSA PRESIDIDA PELO EX. E REV. DOM PEDRO BRITO GUIMARÃES, ARCEBISPO METROPOLITANO DE PALMAS - TO CELEBRAÇÃO DO SACRAMENTO DA CRISMA NA MISSA PRESIDIDA PELO MO MO EX. E REV. DOM PEDRO BRITO GUIMARÃES, ARCEBISPO METROPOLITANO DE PALMAS - TO 01 Amados, amadas de Deus, Tenho Sede! Com o obje vo de ajudar

Leia mais

Encontro para pais de Crianças da Primeira Comunhão

Encontro para pais de Crianças da Primeira Comunhão SECRETARIADO DIOCESANO DE CATEQUESE DA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA SANTARÉM Encontro para pais de Crianças da Primeira Comunhão Tema: A EUCARISTIA (Também se pode recorrer ao power point sobre a Eucaristia)

Leia mais

CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO

CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO Copyright 2005 - Libreria Editrice Vaticana «Motu Proprio» Introdução PRIMEIRA PARTE - A PROFISSÃO DA FÉ Primeira Secção: «Eu

Leia mais

Cânticos para Missa Advento/2016

Cânticos para Missa Advento/2016 Santuário das Almas/Icaraí Cânticos para Missa Advento/2016 Data 17/12 www.oficinademusica.org Procissão de Entrada: Vamos Celebrar Todos reunidos na casa de Deus Com cantos de alegria e grande louvor

Leia mais

Celebração Comunitária do SACRAMENTO DO BAPTISMO

Celebração Comunitária do SACRAMENTO DO BAPTISMO Celebração Comunitária do SACRAMENTO DO BAPTISMO O Baptismo, porta da vida e do reino, é o primeiro sacramento da nova lei, que Cristo propôs a todos para terem a vida eterna, e, em seguida, confiou à

Leia mais

Queremos baptizar o nosso filho

Queremos baptizar o nosso filho Queremos baptizar o nosso filho Com alegria, vivestes na vossa família o nascimento do vosso filho. Com alegria viestes à Igreja para dar graças a Deus e celebrar o novo nascimento pelo Baptismo. É uma

Leia mais

Catequista: Crianças: Festa do Acolhimento

Catequista: Crianças: Festa do Acolhimento Catequista: Crianças: Festa do Acolhimento 14 1 INTRODUÇÃO CÂNTICO DE COMUNHÃO É o Meu Corpo Possivelmente estamos habituados a procurar Deus nas grandes coisas da vida, boas ou menos boas, e esquecemo-nos

Leia mais

Liturgia Eucarística

Liturgia Eucarística Liturgia Eucarística Na última Ceia, Cristo instituiu o sacrifício e banquete pascal, por meio do qual, todas as vezes que o sacerdote, representando a Cristo Senhor, faz o mesmo que o Senhor fez e mandou

Leia mais

Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus

Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus Paróquia de Barco Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus Missa com crianças Entrada: Linda noite, Linda noite Linda noite de Natal (bis) Introdução A imagem de Maria está aqui ao lado, porque hoje celebramos

Leia mais

ITINERÁRIO CATEQUÉTICO. Iniciação à vida cristã: Um processo de inspiração catecumenal

ITINERÁRIO CATEQUÉTICO. Iniciação à vida cristã: Um processo de inspiração catecumenal ITINERÁRIO CATEQUÉTICO Iniciação à vida cristã: Um processo de inspiração catecumenal COMO É PROPOSTO O PROCESSO CATEQUÉTICO NO ITINERÁRIO? O Itinerário orienta a construção do processo catequético conforme

Leia mais

Entrada: Por sua Morte.. Por sua morte, a morte viu o fim. do sangue derramado a vida renasceu. Seu pé ferido nova estrada abriu

Entrada: Por sua Morte.. Por sua morte, a morte viu o fim. do sangue derramado a vida renasceu. Seu pé ferido nova estrada abriu Entrada: Por sua Morte.. Por sua morte, a morte viu o fim do sangue derramado a vida renasceu. Seu pé ferido nova estrada abriu e neste homem, o homem enfim se descobriu. Meu coração me diz: "o amor me

Leia mais

1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35

1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35 1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35 Senhor Jesus, Tu tens palavras de vida eterna e Tu revelas-te a nós como Pão da vida

Leia mais

Ano B. Livro de Partituras. Missas da Quaresma Missas de Páscoa Missa de Pentecostes Missa da Santíssima Trindade. Diocese de Oliveira

Ano B. Livro de Partituras. Missas da Quaresma Missas de Páscoa Missa de Pentecostes Missa da Santíssima Trindade. Diocese de Oliveira Ano B Livro de Partituras Missas da Quaresma Missas de Páscoa Missa de Pentecostes Missa da Santíssima Trindade Diocese de Oliveira SUMÁRIO MISSAS DA QUARESMA ENTRADA - Hino Da Campanha Da Fraternidade

Leia mais

I - Conceito e dimensões:

I - Conceito e dimensões: I - Conceito e dimensões: 1. O sacramento da Confirmação que imprime caráter e pelo qual os batizados, continuando o caminho da iniciação cristã são enriquecidos com o dom do Espírito Santo e vinculados

Leia mais

FESTA DO ESPIRITO 10º ANO DE CATEQUESE. 23 de Maio de 2010

FESTA DO ESPIRITO 10º ANO DE CATEQUESE. 23 de Maio de 2010 FESTA DO ESPIRITO "É este o fruto do Espírito Santo: amor, alegria, paz, paciência, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão e auto-domínio." Gl, 5,22 Espírito Santo ajuda-nos a ter estes Teus frutos!

Leia mais

Capela Nª Sª Das Graças

Capela Nª Sª Das Graças Capela Nª Sª Das Graças Santa Missa Dominical 1-Saudação I PR: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. AS: Amém. PR: A vós, irmãos e irmãs, paz e fé da parte de Deus, o Pai, e do Senhor Jesus Cristo.

Leia mais

Ano Litúrgico Ano C

Ano Litúrgico Ano C Ano Litúrgico 2009-2010 Ano C TEMPO DO ADVENTO 29/11 1º Domingo do Advento A redenção está próxima. Jeremias 33,14-16; Salmo 25(24); 1 Tessalonicenses 3,12-4,2; Lucas 21,25-28. 34-36 6/12 2º Domingo do

Leia mais

Solenidade de Pentecostes 04 de junho de 2017

Solenidade de Pentecostes 04 de junho de 2017 Solenidade de Pentecostes 04 de junho de 2017 Caríssimos Irmãos e Irmãs: Hoje chegamos ao término do ciclo litúrgico pascal com a solenidade de Pentecostes. Após 50 dias, o Espírito Santo prometido por

Leia mais

PRIMEIRO DIA LADAINHA. MEDITAÇÃO Nosso Compromisso: Rede de Comunidades. Animador das primeiras comunidades, Caridoso com os mais empobrecidos,

PRIMEIRO DIA LADAINHA. MEDITAÇÃO Nosso Compromisso: Rede de Comunidades. Animador das primeiras comunidades, Caridoso com os mais empobrecidos, PRIMEIRO DIA LADAINHA São Judas Tadeu, Apóstolo de Cristo, Eleito por Jesus, Seguidor do Evangelho, Testemunha do Ressuscitado, Animador das primeiras comunidades, Fiel pregador do Evangelho, Zeloso ministro

Leia mais

Entrada: Vamos Celebrar

Entrada: Vamos Celebrar Entrada: Vamos Celebrar Tom: : Todos reunidos na casa de eus A Com cantos de alegria e grande louvor A Vamos celebrar os feitos do senhor E sua bondade que nunca tem fim Todos reunidos na casa de eus A

Leia mais

Quais os Sacramentos de iniciação cristã? Batismo Confirmação Eucaristia

Quais os Sacramentos de iniciação cristã? Batismo Confirmação Eucaristia Quais os Sacramentos de iniciação cristã? Batismo Confirmação Eucaristia Batismo O que é o Batismo? O Batismo é o caminho do reino da morte para a Vida, a porta da Igreja e o começo de uma comunhão duradoira

Leia mais

SOBRE O CENÁCULO Mencionado na Mensagem de

SOBRE O CENÁCULO Mencionado na Mensagem de 1 Áudio da Mensagem de Manoel de Jesus, de 28.08.2017 convertido em texto, SOBRE O CENÁCULO Mencionado na Mensagem de 21.08.2017 28.08.2017 Chamado de Amor e de Conversão do Coração Doloroso e Imaculado

Leia mais

O Sacramento da Ordem - V Seg, 29 de Dezembro de :26 - Pe. Henrique Soares da Costa

O Sacramento da Ordem - V Seg, 29 de Dezembro de :26 - Pe. Henrique Soares da Costa Pe. Henrique Soares da Costa No artigo passado vimos em que sentido o sacramento da Ordem confere um modo especial de participar do único sacerdócio de Cristo. Veremos, agora como é celebrado este sacramento,

Leia mais

São resultado desses encontros as notas que a seguir partilhamos.

São resultado desses encontros as notas que a seguir partilhamos. Nas quintas-feiras do mês de Maio, decorreram na Igreja de Oliveira de Azemeis, encontros de formação litúrgica, organizados pela vigararia sul da Diocese do Porto e orientados pelo P. Frei Bernardino

Leia mais

IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS

IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS I. Nas celebrações do Tempo Advento Deus omnipotente e misericordioso, que vos dá a graça de comemorar na fé a primeira vinda do seu Filho Unigénito e de esperar

Leia mais

ORAÇÃO UNIVERSAL. Os modelos I VII são retirados do Ritual do Matrimónio da Conferência Episcopal Portuguesa. MODELO I

ORAÇÃO UNIVERSAL. Os modelos I VII são retirados do Ritual do Matrimónio da Conferência Episcopal Portuguesa. MODELO I ORAÇÃO UNIVERSAL Os modelos I VII são retirados do Ritual do Matrimónio da Conferência Episcopal Portuguesa. MODELO I Celebrando o especial dom da graça e da caridade, com que Deus Se dignou consagrar

Leia mais

ASCENSÃO DO SENHOR. LEITURA I Actos 1, Leitura dos Actos dos Apóstolos. No meu primeiro livro, ó Teófilo,

ASCENSÃO DO SENHOR. LEITURA I Actos 1, Leitura dos Actos dos Apóstolos. No meu primeiro livro, ó Teófilo, ASCENSÃO DO SENHOR LEITURA I Actos 1, 1-11 Leitura dos Actos dos Apóstolos No meu primeiro livro, ó Teófilo, narrei todas as coisas que Jesus começou a fazer e a ensinar, até ao dia em que foi elevado

Leia mais

Pe. José Weber, SVD. Cantos do Evangelho. Anos A, B e C & Solenidades e Festas

Pe. José Weber, SVD. Cantos do Evangelho. Anos A, B e C & Solenidades e Festas Cantos do Evangelho Pe. José Weber, SVD Cantos do Evangelho Anos A, B e C & Solenidades e Festas Direção editorial Claudiano Avelino dos Santos Autor de todas as melodias Pe. José Weber, SVD Organização

Leia mais

DOMINGO II DO TEMPO COMUM Ano A

DOMINGO II DO TEMPO COMUM Ano A EIS O CORDEIRO DE DEUS QUE TIRA O PECADO DO MUNDO DOMINGO II DO TEMPO COMUM Ano A EUCARISTIA 19H DINAMIZAÇÃO DO 10º ANO DE CATEQUESE IGREJA MATRIZ DE VILA DO CONDE Cântico Inicial: Filho de Deus 1. Somos

Leia mais

Entrada: Deixa a Luz do céu entrar

Entrada: Deixa a Luz do céu entrar Entrada: Deixa a Luz do céu entrar TU ANSEIAS EU BEM SEI POR SALVAÇÃO, TENS DESEJO DE BANIR A ESCURIDÃO ABRE POIS DE PAR EM PAR TEU CORAÇÃO, E DEIXA A LUZ DO CÉU ENTRAR DEIXA A LUZ DO CÉU ENTRAR. (DEIXA

Leia mais

Solenidade de Nosso Pai São Bento 11 de lulho de 2107

Solenidade de Nosso Pai São Bento 11 de lulho de 2107 Solenidade de Nosso Pai São Bento 11 de lulho de 2107 Caríssimos Irmãos e Irmãs: Celebrar a festa de São Bento é para todos nós uma oportunidade a mais para refletir se, de fato, vivemos com seriedade

Leia mais

O ANO LITÚRGICO. Quando se inicia o Ano Litúrgico?

O ANO LITÚRGICO. Quando se inicia o Ano Litúrgico? O ANO LITÚRGICO Chama-se Ano Litúrgico o tempo em que a Igreja celebra todos os feitos salvíficos operados por Deus em Jesus Cristo. "Através do ciclo anual, a Igreja comemora o mistério de Cristo, desde

Leia mais

ADMONIÇÃO INICIAL (ROSA)

ADMONIÇÃO INICIAL (ROSA) ADMONIÇÃO INICIAL (ROSA) Hoje encontramo-nos aqui reunidos para celebrar a Festa das Bem-Aventuranças. Bem Aventurado quer dizer FELIZ e buscar a vontade de Deus é ser Bem-Aventurado. Eis que Jesus, ao

Leia mais

O MISSAL ROMANO. Missale Romanum

O MISSAL ROMANO. Missale Romanum O MISSAL ROMANO A reforma da Liturgia latina, decidida pelo Concílio Vaticano II, encontra a sua expressão concreta nos livros litúrgicos ou rituais. Os livros são oficialmente publicados pela Congregação

Leia mais

MISSA COM A CATEQUESE - SANTÍSSIMA TRINDADE C 2010 Guião com monições mistagógicas

MISSA COM A CATEQUESE - SANTÍSSIMA TRINDADE C 2010 Guião com monições mistagógicas MISSA COM A CATEQUESE - SANTÍSSIMA TRINDADE C 2010 Guião com monições mistagógicas Monição antes do Cântico de Entrada: Monitor: Queridos irmãos e irmãs: Concluiu-se já o tempo da Páscoa e eisnos agora,

Leia mais

TRÍDUO PASCAL DA PAIXÃO E MORTE, SEPULTURA E RESSURREIÇÃO DE JESUS. Quinta-Feira Santa, 21h30 Missa da Ceia do Senhor, com rito do lava-pés

TRÍDUO PASCAL DA PAIXÃO E MORTE, SEPULTURA E RESSURREIÇÃO DE JESUS. Quinta-Feira Santa, 21h30 Missa da Ceia do Senhor, com rito do lava-pés Como Paulo e com Cristo, subamos a Jerusalém!...Gal.1,18; Mc.10,33 Semana Santa 2009 na Paróquia de Nossa Senhora da Hora DOMINGO DE RAMOS 09h45 (Bênção dos Ramos) e Missa (10h00) na Igreja Paroquial 11h00

Leia mais

Páscoa do Senhor de 2016 Missa do Dia.

Páscoa do Senhor de 2016 Missa do Dia. Páscoa do Senhor de 2016 Missa do Dia. Caríssimos Irmãos e Irmãs: Ainda temos diante de nossos olhos e ressoando em nossos ouvidos a celebração desta Noite Santa da Páscoa da Ressurreição do Senhor, cuja

Leia mais

Oração Inicial: Leitura: Lucas 22, 7-20.

Oração Inicial: Leitura: Lucas 22, 7-20. Oração Inicial: Leitura: Lucas 22, 7-20. Objetivo do encontro: Despertar amor a Eucaristia e a participação da santa missa, onde o sacramento é oferecido. Texto: Ë o sacramento pelo qual participamos,

Leia mais

ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 6ºs ANOS

ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 6ºs ANOS COLÉGIO SALESIANO DOM BOSCO. ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 6ºs ANOS TEMA: OS RITOS E OS RITUAIS : OS SETE SACRAMENTOS DA IGREJA. CAPÍTULOS 9 AO 12 DO LIVRO DIDÁTICO (RSE). Professor: Roberto

Leia mais

Celebração Dominical da Palavra. Cap. 07 Ione Buyst

Celebração Dominical da Palavra. Cap. 07 Ione Buyst Celebração Dominical da Palavra Cap. 07 Ione Buyst A Igreja de Cristo, desde o dia de Pentecostes, após a descida do Espírito Santo, sempre se reuniu fielmente para celebrar o mistério pascal, no dia que

Leia mais

As celebrações serão presididas pelo Emmo. E Revmo. Sr. Cardeal Dom Odilo Pedro Scherer, arcebispo de São Paulo.

As celebrações serão presididas pelo Emmo. E Revmo. Sr. Cardeal Dom Odilo Pedro Scherer, arcebispo de São Paulo. As celebrações serão presididas pelo Emmo. E Revmo. Sr. Cardeal Dom Odilo Pedro Scherer, arcebispo de São Paulo. A Semana Santa comemora e revive todo o Mistério Pascal, isto é, o mistério da redenção

Leia mais

CELEBRAÇÃO DO SACRAMENTO DA CRISMA NA MISSA PRESIDIDA PELO EX. E REV. DOM PEDRO BRITO GUIMARÃES, ARCEBISPO METROPOLITANO DE PALMAS - TO

CELEBRAÇÃO DO SACRAMENTO DA CRISMA NA MISSA PRESIDIDA PELO EX. E REV. DOM PEDRO BRITO GUIMARÃES, ARCEBISPO METROPOLITANO DE PALMAS - TO VERSÃO PARA IMPRESSÃO - ECONÔMICA CELEBRAÇÃO DO SACRAMENTO DA CRISMA MO MO NA MISSA PRESIDIDA PELO EX. E REV. DOM PEDRO BRITO GUIMARÃES, ARCEBISPO METROPOLITANO DE PALMAS - TO Amados, amadas de Deus, Tenho

Leia mais

VI Domingo TC Ano A. Foi dito aos antigos Eu, porém, digo-vos. 12 de Fevereiro de 2017 Eucaristia Dinamizada pelo 6º ano da Catequese

VI Domingo TC Ano A. Foi dito aos antigos Eu, porém, digo-vos. 12 de Fevereiro de 2017 Eucaristia Dinamizada pelo 6º ano da Catequese VI Domingo TC Ano A Foi dito aos antigos Eu, porém, digo-vos 12 de Fevereiro de 2017 Eucaristia Dinamizada pelo 6º ano da Catequese Admonição Inicial - Cântico Inicial - Sou Feliz 1- Sopra o vento de mansinho

Leia mais

Roteiro da celebração. As velas serão acesas quando a celebração começar. Acolhida e introdução ao tema da Semana de Oração

Roteiro da celebração. As velas serão acesas quando a celebração começar. Acolhida e introdução ao tema da Semana de Oração Roteiro da celebração D: Dirigente L: Leitor T: Todos I. Prelúdio/ Preparação As velas serão acesas quando a celebração começar. Acolhida e introdução ao tema da Semana de Oração Um apresentador dá as

Leia mais

Solenidade da Imaculada Conceição

Solenidade da Imaculada Conceição 1.A Igreja celebra hoje a solenidade litúrgica da Imaculada Conceição da Virgem Santa Maria, Padroeira de Portugal. Este é, por isso, um dia solene, um dia de graça e um dia de bênção para a Igreja e para

Leia mais

PARÓQUIA SÃO SEBASTIÃO E SÃO VICENTE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA DA VÍGILIA DE PENTECOSTES COM OFÍCIO DIVINO Comunidade São Sebastião 19h30min

PARÓQUIA SÃO SEBASTIÃO E SÃO VICENTE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA DA VÍGILIA DE PENTECOSTES COM OFÍCIO DIVINO Comunidade São Sebastião 19h30min PARÓQUIA SÃO SEBASTIÃO E SÃO VICENTE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA DA VÍGILIA DE PENTECOSTES COM OFÍCIO DIVINO Comunidade São Sebastião 19h30min Terço Como de costume RITOS INICIAIS Enquanto se entoa o refrão

Leia mais

Crisma 2010/2011 Encontro 29 Tempo Liturgico e Quaresma 10/02/2011. Crisma 2010/2011. Encontro 29 Tempo Liturgico e Quaresma

Crisma 2010/2011 Encontro 29 Tempo Liturgico e Quaresma 10/02/2011. Crisma 2010/2011. Encontro 29 Tempo Liturgico e Quaresma Crisma 2010/2011 Encontro 29 Tempo Liturgico e Quaresma O Ano litúrgico é o período de doze meses, divididos em tempos litúrgicos, onde se celebram como memorial, os mistérios de Cristo, assim como a memória

Leia mais

CELEBRAÇÃO DA PALAVRA DE DEUS ANDRÉA ALMEIDA DE GÓES ANDRÉ LUIZ DE GÓES NUNES VITOR NUNES ROSA

CELEBRAÇÃO DA PALAVRA DE DEUS ANDRÉA ALMEIDA DE GÓES ANDRÉ LUIZ DE GÓES NUNES VITOR NUNES ROSA CELEBRAÇÃO DA PALAVRA DE DEUS ANDRÉA ALMEIDA DE GÓES ANDRÉ LUIZ DE GÓES NUNES VITOR NUNES ROSA 1 2 ORIENTAÇÕES PARA A CELEBRAÇÃO DA PALAVRA DE DEUS DOCUMENTO DA CNBB - 52 3 SENTIDO LITÚRGICO DA CELEBRAÇÃO

Leia mais

Celebração do Mês de Maria

Celebração do Mês de Maria Celebração do Mês de Maria Quarta-feira, 22 de maio de 2013 Pais e Padrinhos das Crianças da Catequese Ritos Iniciais Pres. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo Pres. A graça de nosso Senhor

Leia mais

CREIO EM DEUS PAI Catequese com adultos Chave de Bronze

CREIO EM DEUS PAI Catequese com adultos Chave de Bronze CREIO EM DEUS PAI 03-12-2011 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze O que são os símbolos da fé? São definições abreviadas da fé, que possibilitam uma confissão comum a todos os crentes. Como surgiram

Leia mais

MISSA COM A CATEQUESE - XXVIII DOMINGO COMUM C

MISSA COM A CATEQUESE - XXVIII DOMINGO COMUM C MISSA COM A CATEQUESE - XXVIII DOMINGO COMUM C Cântico de Entrada Participação especial da Catequese do 3º ano Saudação e Monição Inicial: P- Reunimo-nos, uma vez mais, em Eucaristia. A palavra «Eucaristia»

Leia mais

9º Domingo do Tempo Comum 10º Domingo do Tempo Comum 11º Domingo do Tempo Comum ANO C

9º Domingo do Tempo Comum 10º Domingo do Tempo Comum 11º Domingo do Tempo Comum ANO C CIFRAS DO FOLHETO 1 SANTUÁRIO DIOCESANO DE SÃO SEBASTIÃO 9º Domingo do Tempo Comum 10º Domingo do Tempo Comum 11º Domingo do Tempo Comum ANO C 29 DE MAIO DE 2016 05 DE JUNHO DE 2016 12 DE JUNHO DE 2016

Leia mais

Coleção Chamados à Vida Chamados À Vida, Chamados À Vida Em Jesus Cristo,

Coleção Chamados à Vida Chamados À Vida, Chamados À Vida Em Jesus Cristo, Coleção Chamados à Vida Em preparação à Eucaristia 1ª Etapa: Chamados à vida 2ª Etapa: Chamados à vida em Jesus Cristo 3ª Etapa: Chamados à vida em Comunidade. 4ª Etapa: Chamados à vida para amar e servir.

Leia mais

«Igreja, lugar de encontro e de esperança»

«Igreja, lugar de encontro e de esperança» Domingo de Ramos Vespertina 8 de Abril de 2017 às 19:00 horas Indicações para a celebração EL : 1º Leitura lê Ema A. 2º Leitura lê Paulo G. Recolha das Ofertas jovens Narração da Paixão do Senhor (forma

Leia mais

CELEBRAÇÃO DA ESPERANÇA 5.º ANO

CELEBRAÇÃO DA ESPERANÇA 5.º ANO CELEBRAÇÃO DA ESPERANÇA 5.º ANO DOMINGO DA ASCENSÃO DO SENHOR A 2017-10H30 DEUS CRIOU-NOS COMO UMA ESPERANÇA PARA OS OUTROS! (Papa Francisco, Homilia, Fátima, 13.05.2017) I. RITOS INICIAIS MONIÇÃO ANTES

Leia mais

CELEBRAÇÃO DA ESPERANÇA 5.º ANO

CELEBRAÇÃO DA ESPERANÇA 5.º ANO CELEBRAÇÃO DA ESPERANÇA 5.º ANO DOMINGO DA ASCENSÃO DO SENHOR A 2017-10H30 DEUS CRIOU-NOS COMO UMA ESPERANÇA PARA OS OUTROS! (Papa Francisco, Homilia, Fátima, 13.05.2017) I. RITOS INICIAIS MONIÇÃO ANTES

Leia mais

O que é Batismo? > É o sacramento pelo qual renascemos para a vida divina e nos tornamos filhos de Deus. Sacramento da iniciação a vida Cristã;

O que é Batismo? > É o sacramento pelo qual renascemos para a vida divina e nos tornamos filhos de Deus. Sacramento da iniciação a vida Cristã; Pastoral do Batismo Sacramentos Batismo O que é Batismo? > É o sacramento pelo qual renascemos para a vida divina e nos tornamos filhos de Deus. Sacramento da iniciação a vida Cristã; Consiste em derramar

Leia mais

CELEBRAÇÃO DE NATAL COMUNIDADE EDUCATIVA

CELEBRAÇÃO DE NATAL COMUNIDADE EDUCATIVA CELEBRAÇÃO DE NATAL COMUNIDADE EDUCATIVA 11 de dezembro de 2014 Abertura: Irmã Regina. Animador: Deus se faz presente na vida de todo ser humano e de todas as formas deixa-nos sentir seu amor e desejo

Leia mais

Também foram apresentadas sugestões de temáticas para alguns encontros que já fazem parte da vida do movimento nos estados e dioceses:

Também foram apresentadas sugestões de temáticas para alguns encontros que já fazem parte da vida do movimento nos estados e dioceses: O Conselho Nacional da RCCBRASIL, que está reunido em Brasília desde a última quarta-feira, dia 21, discerniu a temática que deverá acompanhar as missões, encontros e ser trabalhada nas reuniões de oração

Leia mais

2ºano de catequese 1. DESCOBRIR O AMOR DE DEUS NA ESCUTA DA SUA PALAVRA. Paróquia de Forjães 26 de Fevereiro de 2005

2ºano de catequese 1. DESCOBRIR O AMOR DE DEUS NA ESCUTA DA SUA PALAVRA. Paróquia de Forjães 26 de Fevereiro de 2005 Tu tens um amigo que te ama: Nós temos um amigo que nos ama, Que nos ama, que nos ama. Nós temos um amigo que nos ama: 1. DESCOBRIR O AMOR DE DEUS NA ESCUTA DA SUA PALAVRA Presidente: Em nome do Pai e

Leia mais

COMUM DOS SANTOS E DAS SANTAS

COMUM DOS SANTOS E DAS SANTAS 279 I rmãs e irmãos: Ao celebrar a solenidade de São N. (de Santa N.), nosso irmão (nossa irmã) na fé e no Baptismo, oremos a Deus Pai todo-poderoso, dizendo (ou: cantando): R. Deus, fonte de toda a santidade,

Leia mais

RITUAL DA INICIAÇÃO DAS CRIANÇAS EM IDADE DE CATEQUESE

RITUAL DA INICIAÇÃO DAS CRIANÇAS EM IDADE DE CATEQUESE RITUAL DA INICIAÇÃO DAS CRIANÇAS EM IDADE DE CATEQUESE 1ºDegrau: Rito da Admissão dos Catecúmenos I Domingo da Quaresma C 2010.02.20 1 RITO DA RECEPÇÃO 1. Diálogo com as crianças, (depois da saudação inicial)

Leia mais

Salmo - Sl 65. Ah, ah, ah, minha alma glorifica ao Senhor!! Meu espírito exulta em Deus, meu salvador!! Entrada: Quem É Esta Que Avança Como Aurora

Salmo - Sl 65. Ah, ah, ah, minha alma glorifica ao Senhor!! Meu espírito exulta em Deus, meu salvador!! Entrada: Quem É Esta Que Avança Como Aurora Entrada: Quem É Esta Que Avança Como Aurora Quem é esta que avança como aurora Temível como exército em ordem de batalha Brilhante como o sol e como a lua Mostrando o caminho aos filhos seus Ah, ah, ah,

Leia mais

Formação para Coroinhas 1

Formação para Coroinhas 1 Formação para Coroinhas 1 Formação para Coroinhas 1 - Nova Edição.indd 1 27/06/17 10:49 Coleção L, Como participar da eucaristia? Catequese sobre a missa, José Antônio M. Busch Formação para coroinhas

Leia mais

Preparai o meu Baptismo

Preparai o meu Baptismo Preparai o meu Baptismo I. RAZÕES PARA O BAPTISMO Razões que não valem... Porque toda a gente faz isso... (hábito) Porque é um costume de família e não quereis ir contra... (tradição) Porque é necessário

Leia mais

CANTOS DA PRIMEIRA EUCARISTIA - SANTA ROSA 2014

CANTOS DA PRIMEIRA EUCARISTIA - SANTA ROSA 2014 CANTOS DA PRIMEIRA EUCARISTIA - SANTA ROSA 2014 CANTO DE ENTRADA: E B7 Dentro de mim existe uma luz/ Que me mostra por onde deverei andar F#m B7 E Dentro de mim também mora Jesus/ que me ensina buscar

Leia mais

A Liturgia da Paixão do Senhor não tem a celebração da Eucaristia, mas apenas a distribuição da comunhão. Além de uma introdução e conclusão

A Liturgia da Paixão do Senhor não tem a celebração da Eucaristia, mas apenas a distribuição da comunhão. Além de uma introdução e conclusão A Liturgia da Paixão do Senhor não tem a celebração da Eucaristia, mas apenas a distribuição da comunhão. Além de uma introdução e conclusão silenciosa, a Liturgia tem quatro momentos distintos: 1. A Liturgia

Leia mais

O BATISMO NÃO TEM FINALIDADE EM SI MESMO. (Proposição 38 do Sínodo)

O BATISMO NÃO TEM FINALIDADE EM SI MESMO. (Proposição 38 do Sínodo) I - OS SACRAMENTOS DE INICIAÇÃO CRISTÃ O que se realiza nos sacramentos da iniciação com o ser humano se dá pela graça de Deus Diante destas constatações podemos dizer que a teologia dos sacramentos de

Leia mais

BAPTISMO DE UMA CRIANÇA

BAPTISMO DE UMA CRIANÇA CAPÍTULO II BAPTISMO DE UMA CRIANÇA ACOLHIMENTO DA CRIANÇA 72. Celebre-se o Baptismo, quanto possível, no domingo, dia em que a Igreja recorda o mistério pascal, com a presença de grande número de fiéis,

Leia mais

PASTORAL DO BATISMO Apóstolos e Missão de Batizar: OBJETIVO: O que é o Batismo

PASTORAL DO BATISMO Apóstolos e Missão de Batizar: OBJETIVO: O que é o Batismo PASTORAL DO BATISMO Apósttollos e Miissão de Battiizarr:: Todas as prefigurações da antiga aliança encontram sua realização em Cristo Jesus. Ele começa sua vida pública depois de ter-se feito batizar por

Leia mais

Semana Santa - Escuteiros 966 verdadeiros mensageiros da FÉ!

Semana Santa - Escuteiros 966 verdadeiros mensageiros da FÉ! Semana Santa - Escuteiros 966 verdadeiros mensageiros da FÉ! Domingo dia 9 de Abril 2017 primeiro dia da Semana Maior, para todos os crentes. Como vem sendo habitual os paroquianos de Medelo, juntamente

Leia mais

Com Maria renovamos NOSSA FÉ

Com Maria renovamos NOSSA FÉ Com Maria renovamos NOSSA FÉ Dom Júlio Endi Akamine, sac Com Maria renovamos nossa fé 1 REFLETINDO A fé é graça de Deus, pois o próprio Cristo declarou a Pedro, que lhe reconhecera a divindade, que esta

Leia mais

Semana. Santa. De 09 a 16 de abril - PROGRAMAÇÃO -

Semana. Santa. De 09 a 16 de abril - PROGRAMAÇÃO - Semana Santa 2017 De 09 a 16 de abril - PROGRAMAÇÃO - Sábado Dia 08 06:30h - Celebração Eucarística (Catedral) 19:00h - Celebração Penitencial com jovens e adolescentes e confissão individual A Semana

Leia mais

XXXIV DOMINGO DO TEMPO COMUM NOSSO SENHOR JESUS CRISTO REI DO UNIVERSO

XXXIV DOMINGO DO TEMPO COMUM NOSSO SENHOR JESUS CRISTO REI DO UNIVERSO É COMO DIZES: SOU REI XXXIV DOMINGO DO TEMPO COMUM NOSSO SENHOR JESUS CRISTO REI DO UNIVERSO EUCARISTIA 19H DINAMIZAÇÃO DO 9º ANO DE CATEQUESE IGREJA MATRIZ DE VILA DO CONDE Cântico Inicial Vamos caminhando

Leia mais

Eucaristia II Domingo do Tempo Comum 10º ano de Catequese Paróquia de S. João Baptista de Vila do Conde

Eucaristia II Domingo do Tempo Comum 10º ano de Catequese Paróquia de S. João Baptista de Vila do Conde Eucaristia II Domingo do Tempo Comum 10º ano de Catequese Paróquia de S. João Baptista de Vila do Conde Admonições Fornecidas pelo pároco, lidas pelo monitor Procissão de Entrada Acordar em sentinela Viver

Leia mais

CÂNTICOS LITÚRGICOS LITURGIA DE ENTRADA Saudação apostólica O Lucernário Brilhe tua luz Luz radiante Perdão, Senhor, perdão Perante ti Kyrie eleison K

CÂNTICOS LITÚRGICOS LITURGIA DE ENTRADA Saudação apostólica O Lucernário Brilhe tua luz Luz radiante Perdão, Senhor, perdão Perante ti Kyrie eleison K CÂNTICOS LITÚRGICOS É difícil imaginar liturgia e culto sem o canto comunitário e, como complemento desejável, a música instrumental. Comunidade reunida em culto canta. E a música está para o canto como

Leia mais

CELEBRAÇÃO COM AS FAMÍLIAS DOS CATEQUIZANDOS

CELEBRAÇÃO COM AS FAMÍLIAS DOS CATEQUIZANDOS CELEBRAÇÃO COM AS FAMÍLIAS DOS CATEQUIZANDOS 1- ACOLHENDO Animador 1: Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo. Sejam todos bem vindos à esta nossa celebração. Diante aos desafios para a família na atualidade,

Leia mais

Cifras do Folheto COMUNHÃO E PARTICIPAÇÃO Arquidiocese de Goiânia

Cifras do Folheto COMUNHÃO E PARTICIPAÇÃO Arquidiocese de Goiânia Cifras do Folheto COMUNHÃO E PARTICIPAÇÃO Arquidiocese de Goiânia 26º DOMINGO DO TEMPO COMUM ANO B *** DEUS AGE ONDE QUER *** 27 de Setembro de 2015 Ano XXXII 1 ABERTURA QUE ALEGRIA QUANDO ME DISSERAM

Leia mais

SUMÁRIO MISSAS DE NOSSA SENHORA - ANO C

SUMÁRIO MISSAS DE NOSSA SENHORA - ANO C Ano C Livro de Partituras Missas de Nossa Senhora São Sebastião E São josé Diocese de Oliveira SUMÁRIO MISSAS DE NOSSA SENHORA - ANO C IMACULADA CONCEIÇÃO DE MARIA PROCISSÃO DE ENTRADA - Imaculada, Maria

Leia mais

A Igreja é a nossa casa! Paróquia São Pedro de Aradas Ano Pastoral

A Igreja é a nossa casa! Paróquia São Pedro de Aradas Ano Pastoral Domingo de Ramos Vespertina 19 de Março de 2015 às 19:00 Indicações para a celebração EL : 1º Leitura Ema Amorim 2º Leitura Francisco Maio Recolha das Ofertas 9º ano Narração da Paixão do Senhor Povo (Coro)

Leia mais

Solenidade da Ascensão do Senhor - Ano B Seg, 29 de Dezembro de :11 - Última atualização Sáb, 16 de Maio de :44

Solenidade da Ascensão do Senhor - Ano B Seg, 29 de Dezembro de :11 - Última atualização Sáb, 16 de Maio de :44 At 1,1-11 Sl 46 Ef 4,1-13 Mc 16,15-20 Hoje, celebramos o mistério da Ascensão do Senhor. É mistério porque brota do coração de Deus, é mistério porque ultrapassa tudo quanto possamos imaginar, é mistério

Leia mais

CERIMONIÁRIO UMA AJUDA EXTRA PARA SUAS CELEBRAÇÕES LITÚRGICAS!

CERIMONIÁRIO UMA AJUDA EXTRA PARA SUAS CELEBRAÇÕES LITÚRGICAS! 1 CERIMONIÁRIO UMA AJUDA EXTRA PARA SUAS CELEBRAÇÕES LITÚRGICAS! Celebremos o mistério deste dia com lâmpadas flamejantes São Cirilo de Alexandria (+444) Introdução geral Seguindo os preceitos da Lei de

Leia mais

CALENDÁRIO /01/15 JAN 15/01/15 29/01/15. Aniversario PE Elisandro

CALENDÁRIO /01/15 JAN 15/01/15 29/01/15. Aniversario PE Elisandro CALENDÁRIO - 2015 Mês JAN Mês Dia 01/01/15 02/01/15 03/01/15 04/01/15 11/01/15 15/01/15 24/01/15 25/01/15 28/01/15 29/01/15 Dia 01/02/15 SEMANA quinta-feira Sexta-feira sábado quinta-feira sábado quarta-feira

Leia mais

O Canto na Sequência da Celebração. O Canto

O Canto na Sequência da Celebração. O Canto O Canto na Sequência da Celebração O Canto Revisão 2-27-11-2008 O canto e a música são elementos importantes na Celebração do Povo de Deus em festa pela salvação de Cristo. Ele como parte necessária e

Leia mais