LEED FOR HOMES no BRASIL_Case Residência Campinas Alphaville FECONATI 2015 Arq. Cristina Shoji & Eng. Lourdes Printes

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "LEED FOR HOMES no BRASIL_Case Residência Campinas Alphaville FECONATI 2015 Arq. Cristina Shoji & Eng. Lourdes Printes"

Transcrição

1 1

2 Certificação LEED FOR HOMES no BRASIL FECONATI Arq. CRISTINA HANA SHOJI GREEN DESIGN do BRASIL Universidade Mackenzie; Master in Architecture Digital; Universidade de Middlesex, Londres * Especialista em Certificações Ambientais de edificações; Profissional credenciada LEED-AP BD+C.; Auditora LEED HOMES GREEN RATER; Auditora SKA ASSESSOR by RICS; Profissional credenciada PMP Eng. Civil Lourdes Cristina Delmonte Printes LCP ENGENHARIA & CONSTRUÇÕES Ltda Universidade Mackenzie; Mestre em Engenharia e Educação USP, * Pioneira na construção Sustentável com o painel de argamassa armada com EPS SCIP; Membro GBC Brasil- Comitê de Materiais para o Referencial Casa ; Comitê relator da RNRS ; Comitê de Construção Sustentável para POP(s)/ Stockholm ; Conselho Consultor- Reed Exhibitions Alcantara Machado para a Expo Arquitetura Sustentável

3 O que define uma moradia sustentável? Conforto, Economia e Investimento no futuro da família 3 3 PRINCIPAIS BENEFÍCIOS DE UMA MORADIA SUSTENTÁVEL de acordo com proprietários de moradas certificadas LEED FOR HOMES no mundo CONFORTO e QUALIDADE de vida INVESTIMENTO no FUTURO da família ECONOMIA e DURABILIDADE na manutenção em 30 % Credito: Energy Star Fonte: SmartMarket Report, McGraw Hill Construction 2008

4 Qual a diferença de uma casa sustentável? Economia média de 30% na manutenção e valorização 4 De acordo com os dados da cartilha, lançada pelo Ministério do Meio Ambiente, uma casa ou prédio sustentável gera uma economia de aproximadamente 30% em sua manutenção e são em média, de 10% a 30% mais valorizados. Ministério do Meio Ambiente do Brasil Energia CO2 Água EDIFICAÇÕES SUSTENTÁVEIS ECONOMIZAM Dados: USGBC Copyright 2012 U.S. Green Building Council Resíduos

5 Unites States GREEN BUILDING COUNCIL Conselho de construção sustentável dos Estados Unidos 5 UNITED STATES GREEN BUILDING COUNCIL São organizações membros e profissionais LEED É uma organização não governamental, sem fins lucrativos, criada em 1993 nos EUA com a missão de promover a sustentabilidade na indústria da construção civil fomentando a adoção de melhores práticas ambientais. No Brasil a organização GBC Brasil promove a certificação internacional LEED, a mais reconhecida no Brasil e no mundo.

6 6 CERTIFICAÇÃO LEED SELO VERDE LEADERSHIP IN ENERGY AND ENVIRONMENTAL DESIGN O LEED é um sistema internacional de certificação e orientação ambiental, criado em 1998 pela USGBC para edificações sustentáveis mais utilizado no Brasil e em 150 países, principalmente em prédios comerciais, lojas, shoppings e residências. A versão residencial LEED FOR HOMES foi lançada em O empreendimento deve cumprir pré-requisitos e obter créditos comprovando a adoção de práticas de sustentabilidade ambiental, de acordo com as recomentações em categorias distintas: Inovação e Projeto Localização e Transporte Implantação Sustentável Gestão da Água Eficiência Energética Materiais Sustentáveis Qualidade do Ambiente Interno Práticas Sociais Copyright 2012 U.S. Green Building Council

7 LEED NO MUNDO E BRASIL O Brasil está em 3º lugar com 1004 projetos registrados 7 LEED STATUS NO MUNDO E BRASIL No mundo são mais de projetos registrados em 150 países (comerciais e residenciais) MORADIAS SUSTENTAVEIS CORPORATIVOS SHOPPING CENTERS HOSPITAIS MUSEUS LOJAS DE VAREJO LEED ESTÁDIOS FOR HOMES DE FUTEBOL no BRASIL_Case Residência Campinas INTERIORES Alphaville FECONATI 2015 Arq. Cristina BAIRROS Shoji & Eng. Lourdes Printes

8 INICIATIVAS Pioneiras no Brasil em moradias sustentáveis moradias sustentáveis certificadas no Brasil 8 Certificações Ambientais para MORADIAS SUSTENTÁVEIS no Brasil Conceitos sustentáveis aplicados a moradias populares e residências particulares PROCEL EDIFICA ( 2.361) LEED FOR HOMES_USGBC ( 01 ) REFERENCIAL CASAS ( 02 ) AQUA ( ) SELO CASA AZUL CEF ( )

9 9 VERSÃO RESIDENCIAL LEED FOR HOMES + 140,364 MORADIAS SUSTENTÁVEIS REGISTRADAS NO MUNDO Desde o lançamento da versão residencial LEED FOR HOMES da USGBC em 2007 com 392 moradias sustentáveis, o número saltou em 2015 para mais de 50 mil concluídas e certificadas no mundo e total de 140,364 mil registradas. Além disso, quase 65% do total de unidades foram certificadas nos últimos dois anos, um forte indicador do crescimento contínuo do LEED FOR HOMES e seus muitos benefícios comprovados ,364 registrados 53,554 certificados

10 LEED FOR HOMES NO MUNDO No Brasil, o projeto piloto RESIDÊNCIA ALPHAVILLE CAMPINAS 10 LEED FOR HOMES NO MUNDO São mais de 140,364 projetos registrados no mundo CAMPINAS, SÃO PAULO, BRAZIL NEW ORLEANS, LOUISIANA MAKE IT RIGHT ONG PHILADELPHIA, PENNSYLVANIA INSTANBUL, TURKEY SAN DIEGO, CALIFORNIA SAN LEED FRANCISCO, FOR HOMES EUA no BRASIL_Case Residência Campinas HOLLYWOOD, Alphaville CALIFORNIA FECONATI 2015 Arq. Cristina Shoji & BRONX, Eng. Lourdes NEW Printes YORK

11 USGBC Conselho de Construção Sustentável dos EUA 11 CATEGORIA LEED FOR HOMES 8 categorias, 18 PreRequisitos, 136 créditos INOVAÇÃO E PROJETO 3 PreRequisito, 0 Mínimo, 11 Máximo EFICIÊNCIA ENERGÉTICA 2 PreRequisito, 0 Mínimo, 38 Máximo LOCALIZAÇÃO E TRANSPORTE 0 PreRequisito, 0 Mínimo, 10 Máximo MATERIAIS E RECURSOS 3 PreRequisito, 2Mínimo, 16 Máximo IMPLANTAÇÃO SUSTENTÁVEL 2 PreRequisito, 5 Mínimo, 22 Máximo EFICIÊNCIA HÍDRICA 0 PreRequisito, 3 Mínimo, 15 Máximo QUALIDADE DO AMBIENTE INTERNO 7 PreRequisito, 6 Mínimo, 21 Máximo PRÁTICAS SOCIAIS 1 PreRequisito, 0 Mínimo, 3 Máximo

12 USGBC Conselho de construção sustentável dos EUA 12 PROJETOS CERTIFICÁVEIS LEED FOR HOMES Casas Unifamiliares e Multifamiliares 74% Edifícios Multifamiliares 44% Moradia popular ( casas unifamiliares certificadas ) Casas Prédio Multifamiliares e Uso Misto Condomínios residenciais Grandes Reformas Pequenas reformas interiores Copyright 2012 U.S. Green Building Council

13 Empresa de Auditoria: PROVIDER & Green Rater 13 PROCESSO LEED FOR HOMES São mais de 40 empresas providers nos EUA auditores GREEN RATERS ( 2 auditores no Brasil) 1.LEED FOR HOMES Contato USGBC: 2.CONSULTORES LEED Brasil: 3.PROVIDER USGBC DIRECTORY: Contato Provider Brasil: Laila Reilly, MAGRANN ASSOCIATES Video LEED FOR HOMES PROCESS 4. AUDITORES GREEN RATER USGBC: ers/homes-providers Contato AUDITORES Brasil: Cristina Shoji, GREEN DESIGN Paola Figueiredo, SUSTENTAX

14 PROCESSO LEED FOR HOMES no Brasil Empresa de Auditoria: PROVIDER & Green Rater 14 AUDITORIA LEED FOR HOMES : MAGRANN EUA + GREEN Design Brasil Mark MaGrann, CEO da empresa reconhece que o Brasil é um líder mundial no número de unidades habitacionais sendo construídas anualmente e investe no país desde 2010 Magrann.com usgbc.org/cert-guide greensustentavel.com Com execução da LCP Engenharia & Construções, pioneira na implementação e divulgação dos procedimentos sustentáveis ambientais no país, a obra RESIDÊNCIA CAMPINAS ALPHAVILLE tem auditoria da empresa americana MAGRANN Associates, de New Jersey, em parceria com a brasileira Green Design. A renomada MAGRANN atua desde 1982 como PROVIDER credenciada pelo USGBC com um portfolio de mais de residências inspecionadas. Contato Provider Brasil: Laila Reilly, MAGRANN ASSOCIATES EM BREVE! Curso de formação e qualificação de novos inspetores FOR HOMES GREEN RATERS no Brasil LEED FOR HOMES no BRASIL_Case Residência Campinas Alphaville FECONATI 2015 Arq. Cristina Credit: Shoji Jon Jensen, & Eng. MAGRANN Lourdes Printes Associates LEED

15 USGBC Conselho de construção sustentável dos EUA 15 COMO CERTIFICAR SEU PROJETO LEED FOR HOMES da USGBC? A Certificação LEED FOR HOMES da USGBC envolve 4 passos principais: Etapas para Certificar seu projeto REGISTRO VERIFICAÇÃO REVISÃO CERTIFICAÇÃO REGISTRO: Registre seu projeto no LEED on line A residência já pode publicar o registro, incentivando outras a buscarem a certificação ambiental. VERIFICAÇÃO: O consultor, arquiteto ou proprietário devem verificar e realizar visitas no local para atendimento das diretrizes do processo de certificação. O inspetor local LEED FOR HOMES GREEN RATER credenciadao pela USGBC irá fazer 4 verificações in loco na obra, obrigatoriamente. REVISÃO: A documentação comprobatória de atendimento aos pré-requisitos e créditos será revisada pela empresa AUDITORA LEED FOR HOMES dos EUA e testes de performance serão realizados na obra concluída e resultados serão submetidos à organização americana USGBC. CERTIFICAÇÃO: O Responsável pelo projeto receberá o anúncio da conclusão da Certificação da empresa AUDITORA LEED LEED FOR FOR HOMES HOMES & no USGBC BRASIL_Case com a pontuação Residência Campinas obtida, juntamente Alphaville com FECONATI um certificado, 2015 Arq. que Cristina indicam Shoji o & mérito Eng. Lourdes alcançado. Printes

16 FUTURO do LEED FOR HOMES NO BRASIL Disseminar a sustentabilidade para todas as moradias 16 LEED FOR HOMES no BRASIL : moradias particulares e populares 44 % das moradias sustentáveis LEED FOR HOMES nos EUA são de HABITAÇÃO SOCIAL aglomerados subnormais, de pessoas residindo nessas áreas (6% da população total do país) FAVELAS NO BRASIL % da distribuição da Regiões do populaçã o em Brasil aglomerados subnormais Norte 16,2% Nordeste 28,0% Sudeste 48,8% Sul 5,2% Centro-oeste 1,8%

17 17 Case Residência Campinas Alphaville, SP Brasil DADOS DA CONSTRUÇÃO: Local: Campinas Tipologia construtiva: Painél de Argamassa Armada com Miolo de EPS Área Terreno: 593,13 m² LEED Foto: FOR Teresa HOMES Dávila no & Renata BRASIL_Case Kassis Residência Campinas Alphaville FECONATI 2015 Arq. Cristina Área Shoji Construída: & Eng. Lourdes 494 Printes m²

18 1ª CERTIFICAÇÃO LEED FOR HOMES da América Latina Residência Alphaville Dom Pedro, Campinas, SP, Brasil 18 FICHA TÉCNICA: Projeto arquitetônico: Arq. Teresa d Ávilla (Teresa d Ávilla Arquitetura) Projeto Hidráulico: Eng. Mauro Baccaglini (GreenWatt) Projeto Elétrico: Eng. Júlia Albuquerque (GreenWatt) Projeto de Paisagismo: Arq. Renata Kassis (Atrio Arquitetura e Paisagem) Projeto de Tratamento de Águas Cinzas: Bióloga Isabel Figueiredo (Papyrus Ecossaneamento e Paisagismo) Projeto Irrigação: Eng. José Américo B Turri (HFO Consultoria Agrícola) Projeto Luminotécnico: Cristiane (LUMNINI Iluminação) Projeto Exaustores: Eng. Luis Almeida Projeto de lajes: Eng. Luis Gustavo de Oliveira (Sistrel) Fornecedor de painéis: Eng. Maurício Silveira (hi-tech) Projeto Executivo: LCP Engenharia e Construções Equipe obra: Eng. Lourdes Cristina Delmonte Printes, Eng. Laércio Diniz e Eng. Júlia Cavalcante Consultoria: LP Engenharia e Projetos Eng. Henny Cardoso Supervisão e Auditoria LFH: MAGRANN Associates US Jon Jensen e GREEN Design do Brasil : Arq. Cristina Hana Shoji

19 USGBC Conselho de Construção Sustentável dos EUA 19 INOVAÇÃO E PROJETO PR_ID 1.1. PROJETO INTEGRADO_Análise Preliminar 11 Pts PR ID 1.2. PROJETO INTEGRADO, Integração c/ todas disciplinas 1 ID 1.3. PROFISSIONAL CREDENCIADO LEED FOR HOMES 1 ID 1.4. PROJETO INTEGRADO, Integração estratégias sustentáveis 1 ID 1.5. ORIENTAÇÃO DE PROJETO - CARTA SOLAR 1 PR_ID 2.1. GERENCIAMENTO DA QUALIDADE, PLANEJAMENTO PR_ID 2.2. GERENCIAMENTO DA QUALIDADE,DURABILIDADE PR PR ID 2.3. COMISSIONAMENTO GERENCIAMENTO DA QUALIDADE 3 ID 3.1 a 3.4. INOVAÇÃO E PROJETO 4 PP e PPR

20 USGBC Conselho de Construção Sustentável dos EUA INOVAÇÃO E PROJETO PAINEL DE ARGAMASSA ARMADA COM MIOLO DE EPS 20 SISTEMA CONSTRUTIVO LCP Eng. e Construções: 1. Reduz 70% a geração de resíduo na construção; 2. Permite rápida execução; 3. Aprovado como diretriz nº11 pelo sistema nacional de avaliações técnicas SINAT do Ministério das Cidades conforme link : 4. Atendimento a exigências de acústica e conforto térmico da NBR / 2013; 5. Resistência de 20 a 40 toneladas/m sem a utilização de vigas e pilares. 6. Nível sonoro (db) alcançado, com uso do sistema construtivo na Vila Maresias, equivalente a ±40 db.

21 1ª CERTIFICAÇÃO LEED FOR HOMES da América Latina Residência Alphaville Dom Pedro, Campinas, SP, Brasil 21 INOVAÇÃO E PROJETO

22 USGBC Conselho de Construção Sustentável dos EUA 22 LOCALIZAÇÃO E TRANSPORTE 10 Pts LL 1. DESENVOLVIMENTO URBANO CERTIFICADO [OU LL2 a LL6] 10 LL 2. SELEÇÃO DO TERRENO 2 LL 3.1. a 3.3 LOCALIZAÇÃO PREFERENCIALMENTE DESENVOLVIDA 3 LL 4. INFRAESTRUTURA DE ÁGUA E SANEAMENTO BÁSICO 1 LL 5.1 a 5.3 PROXIMIDADE A RECURSOS COMUNITÁRIOS E TRANSPORTE PÚBLICO 3 LL 6. ACESSO A ESPAÇO ABERTO 1

23 USGBC Conselho de Construção Sustentável dos EUA IMPLANTAÇÃO SUSTENTÁVEL ( Min 5 pts ) PR SS 1.1. CONTROLE DA EROSÃO, SEDIMENTAÇÃO E POEIRA NA ATIVIDADE DA CONSTRUÇÃO SS 1.2. MINIMIZAR A INTERVENÇÃO NO TERRENO 1 PR SS 2.1. NÃO UTILIZAR PLANTAS INVASORAS SS 2.2 PAISAGISMO BÁSICO 2 SS 2.3 LIMITAR A ÁREA DE PLANTIO DE GRAMADO 3 SS 2.4 IMPLANTAR ESPÉCIES QUE APRESENTEM BAIXO CONSUMO DE ÁGUA SS 2.5 REDUZIR A DEMANDA DE ÁGUA POTÁVEL NA IRRIGAÇÃO EM PELO MENOS 20% [OU SS2.2 a SS2.5] SS 3. REDUÇÃO DE ILHA DE CALOR - ÁREA DE PISOS E COBERTURAS 1 SS 4.1 a 4.3 GERENCIAMENTO DE ÁGUAS PLUVIAS 7 SS 5. CONTROLE DE PRAGAS E DOENÇAS SEM PRODUTOS TÓXICOS 2 SS 6.1 a 6.3. IMPLANTAÇÃO COMPACTA _DENSIDADE 4 22 Pts PR PR Destaque para Canteiro de obra e Paisagismo que privilegia espécies nativas Reduzir áreas impermeáveis e gerenciar a drenagem das águas pluviais Incentivar o desenvolvimento em áreas com infra-estrutura existente

24 USGBC Conselho de Construção Sustentável dos EUA 24 IMPLANTAÇÃO SUSTENTÁVEL

25 USGBC Conselho de Construção Sustentável dos EUA 25 IMPLANTAÇÃO SUSTENTÁVEL

26 USGBC Conselho de Construção Sustentável dos EUA 26 IMPLANTAÇÃO SUSTENTÁVEL Piso Drenante intercalado com paisagismo

27 USGBC Conselho de Construção Sustentável dos EUA 27 EFICIÊNCIA HÍDRICA ( Min 3 pts) 15 Pts WE 1.1.ÁGUA DE REUSO_ APROVEITAMENTO DE ÁGUAS PLUVIAIS 4 WE 1.2. ÀGUA DE REUSO_ ÁGUAS CINZAS 1 WE 1.3. ÁGUA DE REUSO_ CONCESSIONÁRIA [OU WE 1.1 a 1.2] 3 WE 2.1 a 2.3 SISTEMAS DE IRRIGAÇÃO EFICIENTE 4 WE 3.1. a 3.2 METAIS SANITÁRIOS EFFICIENTES 6

28 USGBC Conselho de Construção Sustentável dos EUA 28 EFICIÊNCIA HÍDRICA Filtro agua na saída do chuveiro Duplo jato Draco (V: 9 ou 12l/min). Oxygen Draco (v: 8 l/min) Registro regulador de vazão da água Torneiras de fechamento automático Arejadores

29 USGBC Conselho de Construção Sustentável dos EUA 29 EFICIÊNCIA HÍDRICA Sistema de Irrigação

30 USGBC Conselho de Construção Sustentável dos EUA 30 EFICIÊNCIA ENERGÉTICA 38 Pts PR EA 1.1. DESEMPENHO ENERGÉTICO MÍNIMO DE ACORDO COM ETIQUETAGEM ENERGY STAR for Homes PR EA 1.2. DESEMPENHO ENERGÉTICO APRIMORADO 34 EA 7.1. DISTRIBUIÇÃO EFICIENTE DE ÁGUA QUENTE 2 EA 7.2. TUBULAÇÃO EFICIENTE COM ISOLAMENTO APROPRIADO 1 PR EA TESTES PARA GERENCIAMENTO DO GÁS REFRIGERANTE RESIDENCIAL, NÃO USO DE CFC S PR EA GERENCIAMENTO DO GÁS REFRIGERANTE RESIDENCIAL, NÃO USO DE CFC S 1 ENERGY STAR é uma etiquetagem concedida nos Estados Unidos a empreendimentos residenciais de alta performance ambiental em eficiência energética por empresas credenciadas ENERGY STAR Homes Partner pelo Conselho de Construção Sustentável dos EUA USGBC. A empresa MAGRANN Associates dos EUA é credenciada ENERGY STAR Homes Partner.

31 USGBC Conselho de Construção Sustentável dos EUA 31 EFICIÊNCIA ENERGÉTICA Paineis Fotovoltáicos Placas de aquecimentosolar /agua Tecnologia Inverter

32 USGBC Conselho de Construção Sustentável dos EUA 32 EFICIÊNCIA ENERGÉTICA Brise da Hunter Douglas na maior janela face Norte PAINEL LCP- isola o ambiente interno/ mantem Temp. de Conforto no Verão e Inverno

33 USGBC Conselho de Construção Sustentável dos EUA 33 MATERIAIS E RECURSOS ( Min 2 pts ) 16 Pts PR MR 1.1. SISTEMA CONSTRUTIVO INOVADOR & TECNOLÓGICO PR PR MR 1.2 A 1.5 SISTEMA CONSTRUTIVO INOVADOR 5 PR MR 2.1. FSC MADEIRA CERTIFICADA MR 2.2. MATERIAIS AMBIENTALMENTE PREFERÍVEIS 8 MR 3. GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO 3 NÃO COV(s) PR

34 USGBC Conselho de Construção Sustentável dos EUA 34 MATERIAIS E RECURSOS SISTEMA CONSTRUTIVO INOVADOR & TECNOLÓGICO Obra Limpa com redução da Geração de Resíduos Isolamento Acústico * Até 40 db(s)/face ABNT NBR : 2013 Isolamento Térmico -*mantem temp. de conforto- ABNT NBR : 2013 Rapidez de execução *De 30 a 40% mais rápido que o método tradicional Resistência ao fogo - Resiste a 40m/fogo *critérios mínimos do IPT/SP Baixo Peso- 160KG/m2 Menos fundações e estrutura Alta Resistência até 40 Ton /mlinear

35 USGBC Conselho de Construção Sustentável dos EUA 35 QUALIDADE DO AR INTERNO ( Min 6 pts ) 21 Pts PR EQ 2.1.CONTROLE DE EMISSÃO DE GASES DE COMBUSTÃO_BÁSICAS PR EQ 2.2. CONTROLE DE EMISSÃO DE GASES DE COMBUSTÃO_MODERADA 2 EQ 3. CONTROLE DE UMIDADE LOCAL 1 PR EQ 4.1_EQ 4.2 a 4.3. RENOVAÇÃO DO AR INTERNO PR + 3 PR EQ 5.1_EQ 5.2 a 5.3. EXAUSTÃO LOCALIZADA PR + 2 PR EQ 6.1_EQ 6.2 a 6.3. SISTEMA DE DISTRIBUIÇÃO DE AR INTERNO PR + 3 PR EQ 7.1 _ EQ 7.2 a 7.3. FILTRAGEM DO AR EXTERIOR PR+ 2 EQ 8.1 a 8.3. CONTROLE DE PARTÍCULAS CONTAMINANTES 4 PR EQ 9. PROTEÇÃO AO RADÔNIO PR + 1 PR EQ 10.1_EQ 10.2 a AUSÊNCIA DE SISTEMA DE AR CONDICIONADO NA GARAGEM PR + 3 Destaque para as NBR e para definição do conformo térmico interno da residência. Caso a residência não atenda aos requisitos desta norma, deve-se considerar refrigeração e aquecimento alternativos (não só passivo).

36 USGBC Conselho de Construção Sustentável dos EUA 36 QUALIDADE DO AR INTERNO Exaustão WC(s) e Cozinha AC com filtros eficientes ( MERV)

37 USGBC Conselho de Construção Sustentável dos EUA 37 PRÁTICAS SOCIAIS PR AW 1.1_AW 1.2 a 1.3. PROMOVER CONSCIENTIZAÇÃO DO PROPRIETÁRIO 2 AW 2. CAPACITAÇÃO DO GESTOR DO EDIFÍCIO MULTIFAMILIAR 1 3 Pts

38 USGBC Conselho de construção sustentável dos EUA 38 CUSTO DA CERTIFICAÇÃO LEED FOR HOMES Certificação LEED FOR HOMES da USGBC é de 1% do valor da obra Residência Campinas Alphaville Certificação LEED FOR HOMES Etapas para Certificar seu projeto Ações em Tecnologias Sustentáveis /Alphaville Campinas 1 % do valor total do investimento da obra Tratamento das águas Cinzas, ( Wetland) Recolhimento e tratamento das águas Pluviais, Sistema de Irrigação Paineis Fotovoltáicos e aquecimento de água Paredes Estruturais com EPS BENEFÍCIOS da OBRA 20% no custo das Fundações 7 meses mais rápido X método tradicional 80% no custo de caçambas 4,4 % do valor total do investimento da obra 30% Valorização do imóvel 30% Custo de Manutenção 67 % Uso de água potável 65 % de economia de energia gerada

39 Certificação LEED FOR HOMES no BRASIL FECONATI Além do orgulho de ter minha casa recebendo a 1. Certificação LEED for HOMES da América Latina e da casa ter um alto grau de sustentabilidade, sinto uma imensa sensação de ter cumprido o meu dever, com louvor e de certamente ter feito a minha parte para que a minha neta tenha um futuro promissor, com água e energia elétrica Proprietário da Residência Campinas Alphaville 05/2015

40 Certificação LEED FOR HOMES no BRASIL FECONATI Arquiteta & Urbanista Cristina Hana Shoji greensustentavel.com.br + 55 ( 11) Nós agradecemos! Engenheira Lourdes Cristina Delmonte Printes lcpconstrucoes.com.br + 55 (11)

ARQUITETANDO O FUTURO

ARQUITETANDO O FUTURO ARQUITETANDO O FUTURO Arq. Emílio Ambasz T J D F T ASSESSORIA DA SECRETARIA GERAL DA PRESIDÊNCIA Objetivos do TJDFT Cumprir o mandamento constitucional de defesa e preservação do meio ambiente para as

Leia mais

CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL IMPLANTAÇÃO DA AGÊNCIA GRANJA VIANA

CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL IMPLANTAÇÃO DA AGÊNCIA GRANJA VIANA IMPLANTAÇÃO DA AGÊNCIA GRANJA VIANA CONCEITO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL CONSTRUÇÃO ECOLÓGICA CONSTRUÇÃO SUSTENTÁVEL PROMOVE INTERVENÇÕES CONSCIENTES SOBRE O MEIO AMBIENTE, ADAPTANDO-O PARA AS NECESSIDADES

Leia mais

ANEXO 4 ETIQUETAGEM DE EDIFICAÇÕES COMERCIAIS

ANEXO 4 ETIQUETAGEM DE EDIFICAÇÕES COMERCIAIS ANEXO 4 ETIQUETAGEM DE EDIFICAÇÕES COMERCIAIS Com o objetivo de melhorar a eficiência energética das edificações no país foi criada a etiquetagem de eficiência energética de edificações do INMETRO, como

Leia mais

Automação para desempenho ambiental e desenho universal

Automação para desempenho ambiental e desenho universal Automação para desempenho ambiental e desenho universal 58 pontos providos por sistemas de e equipamentos periféricos Eng. Gabriel Peixoto G. U. e Silva Selos verdes AQUA (selo francês HQE) Alta Qualidade

Leia mais

21/03/2012. Arquitetura e Urbanismo Tópicos Especiais em Preservação Ambiental

21/03/2012. Arquitetura e Urbanismo Tópicos Especiais em Preservação Ambiental Arquitetura e Urbanismo Tópicos Especiais em Preservação Ambiental Prof. João Paulo O LEED (Leadership in Energy and Environmental Design) é um sistema de certificação e orientação ambiental de edificações.

Leia mais

EDISON DOMINGUES JR. RAYMOND KHOE LUIZ ROBERTO SOARES

EDISON DOMINGUES JR. RAYMOND KHOE LUIZ ROBERTO SOARES PROJETOS DE HOSPITAIS SUSTENTÁVEIS EDISON DOMINGUES JR. RAYMOND KHOE LUIZ ROBERTO SOARES É importante destacar os benefícios de um edifício sustentável. Os green buildings podem ser definidos pelas seguintes

Leia mais

Otimização do uso do solo

Otimização do uso do solo Otimização do uso do solo Criamos uma cidade compacta, adensada, próxima de meios de transporte de alta capacidade, paisagens e ecossistemas visualmente atraentes e que agregam valor à comunidade. Urbanização

Leia mais

Otimização do uso do solo

Otimização do uso do solo Otimização do uso do solo Criamos uma cidade compacta, adensada, próxima de meios de transporte de alta capacidade e de paisagens e ecossistemas visualmente atraentes que agregam valor à comunidade. Urbanização

Leia mais

Ações CAIXA para promover a Eficiência Energética e a Geração Distribuída

Ações CAIXA para promover a Eficiência Energética e a Geração Distribuída Fórum de Eficiência Energética e Geração Distribuída ANEEL 2015 Ações CAIXA para promover a Eficiência Energética e a Geração Distribuída Mara Luísa Alvim Motta Gerente Executiva Gerência Nacional de Sustentabilidade

Leia mais

SUSTENTABILIDADE E CERTIFICAÇÃO AQUA EM EMPREENDIMENTO COMERCIAL

SUSTENTABILIDADE E CERTIFICAÇÃO AQUA EM EMPREENDIMENTO COMERCIAL FICHA TÉCNICA Empresa: Syene Empreendimentos Projeto: Syene Corporate Área Construída: 77.725,45 m² Data de implementação: 01/09/2010 Responsável: Jealva Fonseca Contato: jealva@syene.com.br INTRODUÇÃO

Leia mais

Linhas de financiamento para apoio a Eficiência Energética e utilização de fontes de energia limpa nos diversos setores da sociedade

Linhas de financiamento para apoio a Eficiência Energética e utilização de fontes de energia limpa nos diversos setores da sociedade Soluções em Eficiência Energética e Energia Renovável Aplicáveis a Edificações Residenciais e Comerciais de Pernambuco Linhas de financiamento para apoio a Eficiência Energética e utilização de fontes

Leia mais

Assim como as obras comerciais procuram obter selos verdes,

Assim como as obras comerciais procuram obter selos verdes, REFERENCIAL GBC CASA BRASIL Referencial GBC Brasil Casa vem consolidando a tendência de sustentabilidade em projetos residenciais Assim como as obras comerciais procuram obter selos verdes, as obras residenciais

Leia mais

AMBIENTE EFICIENTE Consultoria

AMBIENTE EFICIENTE Consultoria AMBIENTE EFICIENTE Consultoria ESCOPO DOS SERVIÇOS CERTIFICAÇÃO LEED A certificação LEED pode ser aplicada no Brasil em oito tipologias: Novas Construções (New Construction) Edifícios Existentes Operação

Leia mais

GREEN BUILDING COUNCIL BRASIL Building a Sustainable Future

GREEN BUILDING COUNCIL BRASIL Building a Sustainable Future GREEN BUILDING COUNCIL BRASIL Building a Sustainable Future "Desenvolver a indústria da construção sustentável no país, utilizando as forças Visão de mercado do GBC para conduzir Brasil a adoção (Sonho

Leia mais

Jean Rodrigues Benevides

Jean Rodrigues Benevides AÇÕES DE INCENTIVO E FINANCIAMENTO A PROJETOS DE SUSTENTABILIDADE E EFICIÊNCIA Jean Rodrigues Benevides Gerente Nacional Gerência Nacional de Sustentabilidade e Responsabilidade Socioambiental 153 67 mil

Leia mais

Programa Brasileiro de Etiquetagem de Edificações: PBE-Edifica

Programa Brasileiro de Etiquetagem de Edificações: PBE-Edifica Programa Brasileiro de Etiquetagem de Edificações: PBE-Edifica Jefferson Alberto Prestes Analista Executivo de Metrologia e Qualidade Inmetro Inmetro Base de dados: 64,9% das pessoas que já ouviram falar

Leia mais

Eco Houses / Casas ecológicas. Juliana Santos Rafaela Castilho Sandra Aparecida Reis Sislene Simões Curso:Tecnologia em Gestão Ambiental

Eco Houses / Casas ecológicas. Juliana Santos Rafaela Castilho Sandra Aparecida Reis Sislene Simões Curso:Tecnologia em Gestão Ambiental Eco Houses / Casas ecológicas Juliana Santos Rafaela Castilho Sandra Aparecida Reis Sislene Simões Curso:Tecnologia em Gestão Ambiental IDHEA - INSTITUTO PARA O DESENVOLVIMENTO DA HABITAÇÃO ECOLÓGICA Conceito:

Leia mais

REVISTA ENGENHARIA CIVIL ANO 2 Nº 16 JANEIRO/FEVEREIRO 2014 www.rudders.com.br. N o 16 - janeiro/fevereiro de 2014 R$ 23,90

REVISTA ENGENHARIA CIVIL ANO 2 Nº 16 JANEIRO/FEVEREIRO 2014 www.rudders.com.br. N o 16 - janeiro/fevereiro de 2014 R$ 23,90 REVISTA ENGENHARIA CIVIL ANO 2 Nº 16 JANEIRO/FEVEREIRO 2014 www.rudders.com.br N o 16 - janeiro/fevereiro de 2014 N o t í c i a s, i n o v a ç õ e s e t e c n o l o g i a R$ 23,90 Usinas de etanol 2G do

Leia mais

QUALIVERDE. Legislação para Construções Verdes NOVEMBRO DE 2012

QUALIVERDE. Legislação para Construções Verdes NOVEMBRO DE 2012 QUALIVERDE Legislação para Construções Verdes NOVEMBRO DE 2012 Legislação para Construções Verdes Concessão de benefícios às construções verdes, de modo a promover o incentivo à adoção das ações e práticas

Leia mais

Eficiência Energética em Edificações: Contribuições do Gás LP. O passo a passo para se obter uma certificação

Eficiência Energética em Edificações: Contribuições do Gás LP. O passo a passo para se obter uma certificação Eficiência Energética em Edificações: Contribuições do Gás LP O passo a passo para se obter uma certificação Arthur Cursino IEE/USP Abril/ 2015 Estrutura da Apresentação Regulamento PBE Edifica Introdução:

Leia mais

A StraubJunqueira tem como missão prestar consultoria em sustentabilidade para Greenbuildings e toda a cadeia da construção civil.

A StraubJunqueira tem como missão prestar consultoria em sustentabilidade para Greenbuildings e toda a cadeia da construção civil. 1. Quem somos A StraubJunqueira tem como missão prestar consultoria em sustentabilidade para Greenbuildings e toda a cadeia da construção civil. Nossa política é agir com ética, consciência, transparência,

Leia mais

Soluções sustentáveis para a vida.

Soluções sustentáveis para a vida. Soluções sustentáveis para a vida. A Ecoservice Uma empresa brasileira que está constantemente em busca de recursos e tecnologias sustentáveis para oferecer aos seus clientes, pessoas que têm como conceito

Leia mais

SELO CASA AZUL CAIXA. Cases empresariais - SBCS10 São Paulo, 9/NOV/2010

SELO CASA AZUL CAIXA. Cases empresariais - SBCS10 São Paulo, 9/NOV/2010 Cases empresariais - SBCS10 São Paulo, 9/NOV/2010 SELO CASA AZUL CAIXA Sandra Cristina Bertoni Serna Quinto Arquiteta Gerência Nacional de Meio Ambiente SELO CASA AZUL CAIXA CATEGORIAS E CRITÉRIOS SELO

Leia mais

A CONTRIBUIÇÃO DOS SISTEMAS ESTRUTURAIS PARA EDIFICAÇÕES SUSTENTÁVEIS

A CONTRIBUIÇÃO DOS SISTEMAS ESTRUTURAIS PARA EDIFICAÇÕES SUSTENTÁVEIS A CONTRIBUIÇÃO DOS SISTEMAS ESTRUTURAIS PARA EDIFICAÇÕES SUSTENTÁVEIS NOSSOS SERVIÇOS: Serviços de consultoria para Certificação LEED ; Projetos técnicos de sistemas integrados; Produtos e soluções tecnológicas

Leia mais

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NO SETOR DA CONSTRUÇÃO CIVIL ATRAVÉS DA CERTIFICAÇÃO Leticia Neves

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NO SETOR DA CONSTRUÇÃO CIVIL ATRAVÉS DA CERTIFICAÇÃO Leticia Neves EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NO SETOR DA CONSTRUÇÃO CIVIL ATRAVÉS DA CERTIFICAÇÃO Leticia Neves CTE CONSULTORIA EM GREEN BUILDING DOS 203 EMPREENDIMENTOS CERTIFICADOS LEED, O CTE PRESTOU CONSULTORIA PARA 95

Leia mais

A Produção de Empreendimentos Sustentáveis

A Produção de Empreendimentos Sustentáveis A Produção de Empreendimentos Sustentáveis Arq. Daniela Corcuera arq@casaconsciente.com.br www.casaconsciente.com.br A construção sustentável começa a ser praticada no Brasil, ainda com alguns experimentos

Leia mais

Eficiência Energética e Mudanças Climáticas. Roberto Lamberts

Eficiência Energética e Mudanças Climáticas. Roberto Lamberts Eficiência Energética e Mudanças Climáticas [ ] Roberto Lamberts Universidade Federal de Santa Catarina Laboratório de Eficiência Energética em Edificações www.labeee.ufsc.br Tópicos A industria da construção

Leia mais

Sustentabilidade em Edificações Públicas Entraves e Perspectivas

Sustentabilidade em Edificações Públicas Entraves e Perspectivas Câmara dos Deputados Grupo de Pesquisa e Extensão - Programa de Pós-Graduação - CEFOR Fabiano Sobreira SEAPS-NUARQ-CPROJ-DETEC Valéria Maia SEAPS-NUARQ-CPROJ-DETEC Elcio Gomes NUARQ-CPROJ-DETEC Jacimara

Leia mais

Curso - Materiais ecológicos e tecnologias sustentáveis para arquitetura e construção civil

Curso - Materiais ecológicos e tecnologias sustentáveis para arquitetura e construção civil Curso - Materiais ecológicos e tecnologias sustentáveis para arquitetura e construção civil Materiais Ecológicos e Tecnologias Sustentáveis para Arquitetura e Construção Civil é o primeiro curso no Brasil

Leia mais

A Straub Sustentabilidade tem como missão prestar consultoria em sustentabilidade para Greenbuildings e toda a cadeia da construção civil.

A Straub Sustentabilidade tem como missão prestar consultoria em sustentabilidade para Greenbuildings e toda a cadeia da construção civil. 1. Quem somos A Straub Sustentabilidade tem como missão prestar consultoria em sustentabilidade para Greenbuildings e toda a cadeia da construção civil. Nossa política é agir com ética, consciência, transparência,

Leia mais

Soluções Sustentáveis

Soluções Sustentáveis ANA ROCHA MELHADO Soluções Sustentáveis EMPREENDIMENTOS RESIDENCIAIS IV SEMINÁRIO DE INOVAÇÃO NA CONSTRUÇÃO CIVIL RIO DE JANEIRO, junho de 2011 SÍTIO E CONSTRUÇÃO (6 18) 1 - Relação do Edifício com o

Leia mais

ZANETTINI ARQUITETURA

ZANETTINI ARQUITETURA Reconhecido como um dos principais escritórios do segmento no Brasil, com mais de 50 anos de história, a Zanettini Arquitetura é uma empresa de excelência em design arquitetônico contemporâneo, planejamento

Leia mais

MCMV-E CASA SUSTENTÁVEL PROPOSTA DE INTERVENÇÃO ARQUITETÔNICO URBANÍSTICA EM GRANDE ESCALA

MCMV-E CASA SUSTENTÁVEL PROPOSTA DE INTERVENÇÃO ARQUITETÔNICO URBANÍSTICA EM GRANDE ESCALA MCMV-E CASA SUSTENTÁVEL PROPOSTA DE INTERVENÇÃO ARQUITETÔNICO URBANÍSTICA EM GRANDE ESCALA Arq. Mario Fundaro Seminário internacional arquitetura sustentável São Paulo 2014 A CASA SUSTENTÁVEL Conceitos

Leia mais

Política de Sustentabilidade

Política de Sustentabilidade Política de Sustentabilidade Síntese O Compromisso ALIANSCE para a Sustentabilidade demonstra o nosso pacto com a ética nos negócios, o desenvolvimento das comunidades do entorno de nossos empreendimentos,

Leia mais

SELO CASA AZUL CAIXA Seminário Construções Sustentáveis

SELO CASA AZUL CAIXA Seminário Construções Sustentáveis SELO CASA AZUL CAIXA Seminário Construções Sustentáveis 19/OUT/2011 Mara Luísa Alvim Motta Gerência Nacional de Meio Ambiente CAIXA EVOLUÇÃO DO CRÉDITO IMOBILIÁRIO 2003-2010 EVOLUÇÃO DO CRÉDITO IMOBILIÁRIO

Leia mais

Conjunto de indicadores de sustentabilidade de empreendimentos - uma proposta para o Brasil

Conjunto de indicadores de sustentabilidade de empreendimentos - uma proposta para o Brasil Conjunto de indicadores de sustentabilidade de empreendimentos - uma proposta para o Brasil Texto Preliminar Completo - Agosto 2011 INTRODUÇÃO Começam a existir no Brasil um bom número de edifícios com

Leia mais

CERTIFICAÇÃO LEED O QUE CERTIFICA E COMO E-BOOK GRATUITO DESENVOLVIDO PELA SITE SUSTENTÁVEL

CERTIFICAÇÃO LEED O QUE CERTIFICA E COMO E-BOOK GRATUITO DESENVOLVIDO PELA SITE SUSTENTÁVEL CERTIFICAÇÃO LEED O QUE CERTIFICA E COMO E-BOOK GRATUITO DESENVOLVIDO PELA SITE SUSTENTÁVEL Introdução: A tendência de sustentabilidade e respeito ao meio ambiente estão tomando conta de diversos setores

Leia mais

Categoria Franqueador Pleno

Categoria Franqueador Pleno PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2013 Dados da empresa FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueador Pleno Razão Social: Astra Rio Saneamento Básico Ltda Nome fantasia: Astral Saúde Ambiental

Leia mais

Vila Nova Conceição. A localização exclusiva onde a qualidade de vida inspira a qualidade do trabalho. Parque do Ibirapuera

Vila Nova Conceição. A localização exclusiva onde a qualidade de vida inspira a qualidade do trabalho. Parque do Ibirapuera Parque do Ibirapuera Vila Nova Conceição. A localização exclusiva onde a qualidade de vida inspira a qualidade do trabalho. Tranquilidade, sofisticação e segurança. São essas características que fazem

Leia mais

www.mygreenapple.org

www.mygreenapple.org O Dia Internacional GREEN APPLE DAY Escolas Sustentáveis celebrado nos EUA e em 30 países, promovendo iniciativas voluntárias de empresas e pessoas interessadas em transformar escolas e comunidades em

Leia mais

Eficiência Energética em Edificações. Roberto Lamberts. Universidade Federal de Santa Catarina Laboratório de Eficiência Energética em Edificações

Eficiência Energética em Edificações. Roberto Lamberts. Universidade Federal de Santa Catarina Laboratório de Eficiência Energética em Edificações Eficiência Energética em Edificações [ ] Roberto Lamberts Universidade Federal de Santa Catarina Laboratório de Eficiência Energética em Edificações www.labeee.ufsc.br Tópicos A indústria da construção

Leia mais

Eco Dicas - Construir ou Reformar

Eco Dicas - Construir ou Reformar Eco Dicas - Construir ou Reformar São dicas de como preservar e economizar os recursos naturais quando se pensa em obras. Praticando-as, nosso bolso também agradece. É bom saber que: a fabricação de PVC

Leia mais

Eficiência Energética x Certificações Ambientais: Uma abordagem prática. Lenita Pimentel Rafael M. Laurindo

Eficiência Energética x Certificações Ambientais: Uma abordagem prática. Lenita Pimentel Rafael M. Laurindo Eficiência Energética x Certificações Ambientais: Uma abordagem prática Apresentação A Método Estrutura Organizacional Certificações Ambientais LEED HQE Exemplos Práticos Cenário Contexto de atuação Cadeia

Leia mais

Sistemas de aquecimento de água residencial e o ASBC: Aquecedor Solar de Baixo Custo Por Felipe Marques Santos Aluno do curso de Engenharia de Energia Projeto Coordenado por Prof. Dr. Rogério Gomes de

Leia mais

Instrumentos de Classificação e Certificação de Edifícios

Instrumentos de Classificação e Certificação de Edifícios Instrumentos de Classificação e Certificação de Edifícios A certificação muitas vezes é um incentivo necessário para implementação de práticas sustentáveis pelo mercado. Isso porque quantifica e confere

Leia mais

Eficiência Energética em Edificações

Eficiência Energética em Edificações 1 Eficiência Energética em Edificações SUSTENTABILIDADE: NOVOS DESAFIOS E OPORTUNIDADES Maio, 2015 Paula Baratella, arq. MSc. Arquiteta e Urbanista e Mestre em Eng. Civil- UNICAMP Analista de Infraestrutura

Leia mais

ÍNDICE 1. EMPRESA 2. LOCALIZAÇÃO 3. PROJETO VILA DOS ATLETAS 4. SUSTENTABILIDADE 5. RESPONSABILIDADE SOCIAL

ÍNDICE 1. EMPRESA 2. LOCALIZAÇÃO 3. PROJETO VILA DOS ATLETAS 4. SUSTENTABILIDADE 5. RESPONSABILIDADE SOCIAL ÍNDICE 1. EMPRESA 2. LOCALIZAÇÃO 3. PROJETO VILA DOS ATLETAS 4. SUSTENTABILIDADE 5. RESPONSABILIDADE SOCIAL 1. EMPRESA A EMPRESA ILHA PURA EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS É UMA EMPRESA CRIADA COM O OBJETIVO

Leia mais

ASPECTOS AMBIENTAIS DE EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS Fundação Getúlio Vargas (FGV) MBA em Gestão de Negócios Imobiliários e da Construção Civil

ASPECTOS AMBIENTAIS DE EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS Fundação Getúlio Vargas (FGV) MBA em Gestão de Negócios Imobiliários e da Construção Civil ASPECTOS AMBIENTAIS DE EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS Fundação Getúlio Vargas (FGV) MBA em Gestão de Negócios Imobiliários e da Construção Civil Autor: Abdala Carim Nabut Neto, MSc. Modelo de Prova (1) Por

Leia mais

INCA. coleta seletiva de lixo e gestão de resíduos, coletor solar para pré-aquecimento da água, células fotovoltaicas

INCA. coleta seletiva de lixo e gestão de resíduos, coletor solar para pré-aquecimento da água, células fotovoltaicas Durante a execução dos projetos de hospitais como Sírio-Libanês, Hospital Alemão Oswaldo Cruz e Santa Catarina, a MHA instituiu a sua área de Gerenciamento de Obras, até hoje um importante serviço oferecido

Leia mais

RELATÓRIO PARCIAL DOS PROGRAMAS DE ETIQUETAGEM DE EDIFICAÇÕES

RELATÓRIO PARCIAL DOS PROGRAMAS DE ETIQUETAGEM DE EDIFICAÇÕES RELATÓRIO PARCIAL DOS PROGRAMAS DE ETIQUETAGEM DE EDIFICAÇÕES PROGRAMA DE EDIFICAÇÕES 1-Objetivos do Programa Combater o desperdício de energia elétrica Estimular o uso eficiente e racional de energia

Leia mais

COLÉGIO. Internacional. Escola verde Green School

COLÉGIO. Internacional. Escola verde Green School Escola verde Green School Sobre o Colégio Positivo Início das aulas: 18 de fevereiro de 2013 Lançamento oficial: 26 de março de 2013 Proposta de ensino bilíngue (português/inglês) Cerca de 350 alunos,

Leia mais

Ecologicamente correto. Economicamente viável. Socialmente justo. Culturalmente aceito.

Ecologicamente correto. Economicamente viável. Socialmente justo. Culturalmente aceito. Ecologicamente correto Economicamente viável Socialmente justo Culturalmente aceito. ENERGIA SEGURANÇA ETE FIBRA-ÓTICA DADOS TELEFONIA PAVIMENTAÇÃO VIAS PROJETADAS GÁS ETA SINALIZAÇÃO EQUIP. URBANOS ACESSIBILIDADE

Leia mais

VIABILIZAMOS A CONSTRUÇÃO DE EMPREENDIMENTOS SUSTENTÁVEIS, CERTIFICÁVEIS E DE ALTA PERFORMANCE

VIABILIZAMOS A CONSTRUÇÃO DE EMPREENDIMENTOS SUSTENTÁVEIS, CERTIFICÁVEIS E DE ALTA PERFORMANCE VIABILIZAMOS A CONSTRUÇÃO DE EMPREENDIMENTOS SUSTENTÁVEIS, CERTIFICÁVEIS E DE ALTA PERFORMANCE www.creato.com.br creato@creato.com.br QUEM SOMOS A CREATO CONSULTORIA E PROJETOS LTDA., fundada em 2000,

Leia mais

Diretrizes do Fundo Solar: Apoio a microgeração fotovoltaica. Promovido por

Diretrizes do Fundo Solar: Apoio a microgeração fotovoltaica. Promovido por Diretrizes do Fundo Solar: Apoio a microgeração fotovoltaica Promovido por Texto atualizado em 22 de Maio de 2013 Índice 1. Contextualização... 3 2. Objetivo... 3 3. Público-Alvo... 3 4. Entidades promotoras...

Leia mais

Green Building & LEED for HOMES

Green Building & LEED for HOMES Certificação de casas e edifícios residenciais multifamiliares no Brasil Green Building & LEED for HOMES Copyright 2012 U.S. Green Building Council 1 Arquiteta Cristina Hana Shoji Master in Architecture

Leia mais

SELO CASA AZUL. Mara Luísa Alvim Motta Gerente Executiva Meio Ambiente

SELO CASA AZUL. Mara Luísa Alvim Motta Gerente Executiva Meio Ambiente SELO CASA AZUL Mara Luísa Alvim Motta Gerente Executiva Meio Ambiente SELO CASA AZUL CAIXA CATEGORIAS E CRITÉRIOS CATEGORIA CONSERVAÇÃO DE RECURSOS MATERIAIS Avalia o uso racional de materiais de construção

Leia mais

http://www.forumdaconstrucao.com.br/conteudo.php?a=23&cod=687

http://www.forumdaconstrucao.com.br/conteudo.php?a=23&cod=687 Página 1 de 5 Sexta-feira, 16 de Abril de 2010 Login: Senha: Entrar Início IBDA Fórum de Discussão Eventos Artigos Notícias Boletins Anuncie Colabore Links Vídeos Cadastre-se Sustentabilidade é uma das

Leia mais

NORMAS DE DESEMPENHO: Alinhamento da Arquitetura Brasileira aos Padrões Mundiais de Projeto

NORMAS DE DESEMPENHO: Alinhamento da Arquitetura Brasileira aos Padrões Mundiais de Projeto 38 a. ASSEMBLEIA & 1º FORUM ANUAL 21 de Maio de 2010 NORMAS DE DESEMPENHO: Alinhamento da Arquitetura Brasileira aos Padrões Mundiais de Projeto Arquiteta Ana Maria de Biazzi Dias de Oliveira anabiazzi@uol.com.br

Leia mais

Diálogos do PES. Pesquisa socioambiental e Diagnóstico socioambiental do TJDFT

Diálogos do PES. Pesquisa socioambiental e Diagnóstico socioambiental do TJDFT Diálogos do PES Pesquisa socioambiental e Diagnóstico socioambiental do TJDFT Cenário Histórico 2009 AGENDA SOCIOAMBIENTAL (REUNIÃO DAS AÇÕES EXISTENTES) 2010 CRIAÇÃO PROGRAMA VIVER DIREITO META 6 DO PODER

Leia mais

Wood Frame. Tecnologia Wood frame. Camadas painéis de parede

Wood Frame. Tecnologia Wood frame. Camadas painéis de parede Tecnologia Wood frame Wood Frame Camadas painéis de parede Composição de materiais com função estrutural, de isolamento térmico-acústico, vedação e acabamentos 1. Estrutura de madeira 2. Isolante térmico-acústico

Leia mais

Empreendimentos Imobiliários Sustentáveis

Empreendimentos Imobiliários Sustentáveis Empreendimentos Imobiliários Sustentáveis Viabilidade, Projeto e Execução Análise de Investimento em Empreendimentos Imobiliários Sustentáveis São Paulo, 19 de agosto de 2008 Luiz Henrique Ceotto Tishman

Leia mais

Apresentação Aliança Consultoria. José Carlos de Oliveira e Marcus Vinicius Abrahão Porto Silva

Apresentação Aliança Consultoria. José Carlos de Oliveira e Marcus Vinicius Abrahão Porto Silva Apresentação Aliança Consultoria José Carlos de Oliveira e Marcus Vinicius Abrahão Porto Silva SOBRE A ALIANÇA Empresa fundada em 1993, através de uma parceria com a Fundação Christiano Otoni da Universidade

Leia mais

Eficiência energética em construções na cidade de SP 15.04.2010

Eficiência energética em construções na cidade de SP 15.04.2010 Eficiência energética em construções na cidade de SP 15.04.2010 Estado de São Paulo Fonte: SSE SP Potencial de redução: 7,9% energia elétrica Potencial de redução: 6,6% petróleo & gás Estado de São Paulo

Leia mais

Mecanismo de Garantia para Eficiência Energética e Energias Renováveis (EEGM) Alvaro Silveira Atla Consultoria

Mecanismo de Garantia para Eficiência Energética e Energias Renováveis (EEGM) Alvaro Silveira Atla Consultoria Mecanismo de Garantia para Eficiência Energética e Energias Renováveis (EEGM) Alvaro Silveira Atla Consultoria Institucional Quem somos? O Programa das Nações Unidas para o desenvolvimento (PNUD) é o órgão

Leia mais

cidades verdes OUTUBRO 2014

cidades verdes OUTUBRO 2014 cidades verdes ESPAÇOS DE QUALIDADE OUTUBRO 2014 Edifício Cidade Nova Universidade Petrobras 1987 Ano de Fundação Parque Madureira Rio+20 1999 2007 2010 Alinhamento com Agenda 21 1 o LEED NC Core & Shell

Leia mais

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E ENERGIAS RENOVÁVEIS EM EDIFÍCIOS

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E ENERGIAS RENOVÁVEIS EM EDIFÍCIOS EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E ENERGIAS RENOVÁVEIS EM EDIFÍCIOS Roberto Lamberts, PhD. Universidade Federal de Santa Catarina- UFSC Laboratório de Eficiência Energética em Edificações LABEEE Conselho Brasileiro

Leia mais

OS REQUISITOS DE DESEMPENHO TÉRMICO DA NBR 15575 E A ETIQUETAGEM ENERGÉTICA DO PROCEL SOB O PONTO DE VISTA DO PROJETO DE ARQUITETURA

OS REQUISITOS DE DESEMPENHO TÉRMICO DA NBR 15575 E A ETIQUETAGEM ENERGÉTICA DO PROCEL SOB O PONTO DE VISTA DO PROJETO DE ARQUITETURA OS REQUISITOS DE DESEMPENHO TÉRMICO DA NBR 15575 E A ETIQUETAGEM ENERGÉTICA DO PROCEL SOB O PONTO DE VISTA DO PROJETO DE ARQUITETURA Prof. ENEDIR GHISI UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA Departamento

Leia mais

Benchmarking consumo de energia em edificações

Benchmarking consumo de energia em edificações Benchmarking consumo de energia em edificações O que é Benchmarking? Benchmarking é a criação de um referencial de mercado Benchmarks definem um nível típico de consumo, permitindo a rápida comparação,

Leia mais

Único Membro Pleno Brasileiro da IQNet, que tem mais de 1/3 das certificações de SG do mundo. Em 2008 fundou e tem assento no Board da SBAlliance,

Único Membro Pleno Brasileiro da IQNet, que tem mais de 1/3 das certificações de SG do mundo. Em 2008 fundou e tem assento no Board da SBAlliance, CERTIFICAÇÃO Atua desde 1967 formada e mantida pelos professores da Eng. Produção Escola Politécnica USP Há mais de 15 anos certifica Sistemas de Gestão (Q/MA/SSO/RS) e produtos da Construção Civil Único

Leia mais

Projetando um. Futuro Sustentável.

Projetando um. Futuro Sustentável. Projetando um Futuro Sustentável. UMA NOVA FORMA DE PENSAR. UMA NOVA FORMA DE PENSAR O TODO. UTILITASfuncional Todo projeto tem a finalidade de transformar ideias e necessidades dos clientes em resultados

Leia mais

Foto aérea do local. Não jogue este impresso na via pública, de acordo com a Lei Municipal 11.837/1995.

Foto aérea do local. Não jogue este impresso na via pública, de acordo com a Lei Municipal 11.837/1995. Foto aérea do local Não jogue este impresso na via pública, de acordo com a Lei Municipal 11.837/1995. Vila Nova Conceição. A localização exclusiva onde a qualidade de vida inspira a qualidade do trabalho.

Leia mais

Solange Nogueira Gerente da Divisão de Eficiência Energética em Edificações ELETROBRÁS / PROCEL

Solange Nogueira Gerente da Divisão de Eficiência Energética em Edificações ELETROBRÁS / PROCEL Solange Nogueira Gerente da Divisão de Eficiência Energética em Edificações ELETROBRÁS / PROCEL O PROCEL EDIFICA e a Etiquetagem de Eficiência Energética de Edificações Projeções de Consumo de Eletricidade

Leia mais

EDIFÍCIOS INTELIGENTES X CERTIFICAÇÃO GREEN BUILDING

EDIFÍCIOS INTELIGENTES X CERTIFICAÇÃO GREEN BUILDING EDIFÍCIOS INTELIGENTES X CERTIFICAÇÃO GREEN BUILDING Dilmer Rodrigues, Sergio Perensin Centro Universitário Fundação Santo André (FSA) Av. Príncipe de Gales, 821 - Bairro Príncipe de Gales - Santo André,

Leia mais

Uso e Ocupação do Solo. Escolha do local de projeto de acordo com critérios de sustentabilidade

Uso e Ocupação do Solo. Escolha do local de projeto de acordo com critérios de sustentabilidade Uso e Ocupação do Solo Escolha do local de projeto de acordo com critérios de sustentabilidade Os principais objetivos do projeto de um sítio sustentável são minimizar o impacto no local e aumentar os

Leia mais

CONSELHO DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL CDES GT MATRIZ ENERGÉTICA PARA O DESENVOLVIMENTO COM EQUIDADE E RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL

CONSELHO DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL CDES GT MATRIZ ENERGÉTICA PARA O DESENVOLVIMENTO COM EQUIDADE E RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL CONSELHO DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL CDES GT MATRIZ ENERGÉTICA PARA O DESENVOLVIMENTO COM EQUIDADE E RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL COLÓQUIO EMPREGOS VERDES E CONSTRUÇÕES SUSTENTÁVEIS 20.08.2009

Leia mais

SUSHI ENERGIA. Arq. María Andrea Triana LABEEE/UFSC CBCS

SUSHI ENERGIA. Arq. María Andrea Triana LABEEE/UFSC CBCS SUSHI ENERGIA Arq. María Andrea Triana LABEEE/UFSC CBCS 1 SUMÁRIO Importância de uso racional de energia em HIS Barreiras na implementação de tecnologias Agenda proposta para HIS com mapeamento de tecnologias

Leia mais

O DESAFIO ENERGÉTICO NOS GRANDES CENTROS:

O DESAFIO ENERGÉTICO NOS GRANDES CENTROS: O DESAFIO ENERGÉTICO NOS GRANDES CENTROS: CIDADES SUSTENTÁVEIS OU COLAPSO ANUNCIADO? Mudanças Climáticas e o Papel das Cidades Mudanças Climáticas e o Papel das Cidades Cidades são parte do Problema Atividades

Leia mais

PROGRAMAS DAS PROVAS

PROGRAMAS DAS PROVAS ENGENHEIRO CIVIL (prova objetiva) PORTUGUÊS: PROGRAMAS DAS PROVAS 1. Compreensão de textos informativos e argumentativos e de textos de ordem prática (ordens de serviço, instruções, cartas e ofícios).

Leia mais

6º Seminário Tecnologia de sistemas prediais

6º Seminário Tecnologia de sistemas prediais 6º Seminário Tecnologia de sistemas prediais Os projetos de sistemas prediais elétricos, de ar condicionado e iluminação com foco para atender requisitos de conservação de energia na etiquetagem do PROCEL/

Leia mais

www.srvc.com.br Fone: (61) 3327-0725 Endereço: SHCN CL 201, Bloco C, Sala 216 - Brasília DF CEP: 70.832-530

www.srvc.com.br Fone: (61) 3327-0725 Endereço: SHCN CL 201, Bloco C, Sala 216 - Brasília DF CEP: 70.832-530 www.srvc.com.br Fone: (61) 3327-0725 Endereço: SHCN CL 201, Bloco C, Sala 216 - Brasília DF CEP: 70.832-530 Apresentação da Empresa A SCOM AMBIENTAL é uma empresa estruturada para atender diversos serviços

Leia mais

O mercado da Construção Sustentável e as oportunidades com as crises hídricas e elétricas

O mercado da Construção Sustentável e as oportunidades com as crises hídricas e elétricas O mercado da Construção Sustentável e as oportunidades com as crises hídricas e elétricas Engº. Marcos Casado Diretor Técnico Comercial Sustentech Coordenador MBA Construções Sustentáveis INBEC/UNICID

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 2404 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA PROCESSO DE SELEÇÃO - EDITAL Nº 162/2013 CONSULTOR POR PRODUTO

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 2404 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA PROCESSO DE SELEÇÃO - EDITAL Nº 162/2013 CONSULTOR POR PRODUTO Impresso por: RODRIGO DIAS Data da impressão: 26/06/2013-15:38:48 SIGOEI - Sistema de Informações Gerenciais da OEI TERMO DE REFERÊNCIA Nº 2404 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA PROCESSO DE SELEÇÃO - EDITAL

Leia mais

TECNOLOGIAS E PRODUTOS SUSTENTÁVEIS

TECNOLOGIAS E PRODUTOS SUSTENTÁVEIS TECNOLOGIAS E PRODUTOS SUSTENTÁVEIS ENGº. MARCOS CASADO Gerente Técnico LEED Tópicos a serem abordados: Objetivos Conceitos: ECOPRODUTOS - Produtos recomendados - Produtos corretos - Produtos aceitáveis

Leia mais

JT INVEST INVESTIMENTO PROGRAMADO JOAL TEITELBAUM

JT INVEST INVESTIMENTO PROGRAMADO JOAL TEITELBAUM JT INVEST INVESTIMENTO PROGRAMADO JOAL TEITELBAUM O ESCRITÓRIO DE ENGENHARIA JOAL TEITELBAUM O Escritório de Engenharia Joal Teitelbaum foi fundado em 24 de outubro de 1961 e dedicase, desde então, à construção

Leia mais

Gestão Sustentável da Construção

Gestão Sustentável da Construção Gestão Sustentável da Construção Vanderley M. John Membro do Conselho Professor da Poli USP www.cbcs.org.br Conteúdo O que é a cadeia da construção Impacto ambiental da construção Impacto social da construção

Leia mais

CASH CARIBBEAN AFFORDABLE SOLAR HOUSE. Casa Solar Acessível Caribenha

CASH CARIBBEAN AFFORDABLE SOLAR HOUSE. Casa Solar Acessível Caribenha CASH CARIBBEAN AFFORDABLE SOLAR HOUSE Casa Solar Acessível Caribenha ESCOLHA DA CASA PAÍS LATINO CLIMA TROPICAL CASA PERMEÁVEL POSSIVEL ALCANCE DE INTERESSE SOCIAL CASH HOME Slogan: Ser verde e acessível.

Leia mais

WILLIAM DEN HARTOG 38 anos Holandês Casado 1 Filho

WILLIAM DEN HARTOG 38 anos Holandês Casado 1 Filho WILLIAM DEN HARTOG 38 anos Holandês Casado 1 Filho Tel. 98202-0143 (celular) / 3853-0734 (residencial) E-mail: hartog.william@yahoo.com.br Objetivo Síndico Profissional Formação Acadêmica Graduação: Administração

Leia mais

EMPREENDIMENTO SUL 1

EMPREENDIMENTO SUL 1 EMPREENDIMENTO SUL 1 LOCALIZAÇÃO: Endereço: Av. Juca Batista nº 9742, nas proximidades do melhor condomínio de alto padrão de Porto Alegre, TERRA VILLE BELÉM NOVO GOLF CLUB. PRAZO DE ENTREGA: A previsão

Leia mais

MISSÃO, VISÃO E VALORES

MISSÃO, VISÃO E VALORES 2015 A EMPRESA A HIDRÁULICA E SANEAMENTO é uma empresa de consultoria e projetos de instalações hidráulicas, infraestrutura urbana e meio ambiente. Pioneira em Diadema/SP com objetivo de suprir a demanda

Leia mais

O SISTEMA DE AQUECIMENTO SOLAR NO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA. Mara Luísa Alvim Motta Gerente Executiva GERÊNCIA NACIONAL DE MEIO AMBIENTE

O SISTEMA DE AQUECIMENTO SOLAR NO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA. Mara Luísa Alvim Motta Gerente Executiva GERÊNCIA NACIONAL DE MEIO AMBIENTE O SISTEMA DE AQUECIMENTO SOLAR NO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA Mara Luísa Alvim Motta Gerente Executiva GERÊNCIA NACIONAL DE MEIO AMBIENTE Crédito Imobiliário 2003 a 2010 75,92 47,05 275.528 MCMV 660.980

Leia mais

SEMINÁRIO: ENERGIA SOLAR

SEMINÁRIO: ENERGIA SOLAR SEMINÁRIO: ENERGIA SOLAR 13 de abril de 2010 Devido às grandes vantagens que possui, não só econômicas, como ambientais, a energia solar - uma fonte limpa e inesgotável - se apresenta cada dia mais como

Leia mais

Eficiência energética de edificações e sua contribuição para a redução dos gases de efeito estufa

Eficiência energética de edificações e sua contribuição para a redução dos gases de efeito estufa Eficiência energética de edificações e sua contribuição para a redução dos gases de efeito estufa Contexto Perfil de emissões MCTI Ministério do Meio Ambiente Objetivos Ampliar e aprimorar a participação

Leia mais

CHRONOS RESIDENCIAL CARACTERIZAÇÃO DO EMPREENDIMENTO:

CHRONOS RESIDENCIAL CARACTERIZAÇÃO DO EMPREENDIMENTO: EMPREENDIMENTOS CHRONOS RESIDENCIAL CARACTERIZAÇÃO DO EMPREENDIMENTO: Localizado em Novo Hamburgo RS; 18000 m² de área construída; 72 Unidades 3 e 2 dormitórios; 26 Pavimentos; Tratamento e reutilização

Leia mais

VIABILIZAMOS A CONSTRUÇÃO DE EMPREENDIMENTOS SUSTENTÁVEIS, CERTIFICÁVEIS E DE ALTA PERFORMANCE

VIABILIZAMOS A CONSTRUÇÃO DE EMPREENDIMENTOS SUSTENTÁVEIS, CERTIFICÁVEIS E DE ALTA PERFORMANCE VIABILIZAMOS A CONSTRUÇÃO DE EMPREENDIMENTOS SUSTENTÁVEIS, CERTIFICÁVEIS E DE ALTA PERFORMANCE www.creato.com.br creato@creato.com.br QUEM SOMOS A CREATO CONSULTORIA E PROJETOS LTDA., fundada em 2000,

Leia mais

PANTHEON - ROMA. Construído em 118 128 d.c. (1887 anos atrás) Cúpula de 5.000 toneladas Altura e o diâmetro do interior do Óculo é de 43,3 metros.

PANTHEON - ROMA. Construído em 118 128 d.c. (1887 anos atrás) Cúpula de 5.000 toneladas Altura e o diâmetro do interior do Óculo é de 43,3 metros. EMPREENDIMENTOS PANTHEON - ROMA Construído em 118 128 d.c. (1887 anos atrás) Cúpula de 5.000 toneladas Altura e o diâmetro do interior do Óculo é de 43,3 metros. CHRONOS RESIDENCIAL CARACTERIZAÇÃO DO

Leia mais

Estado da Técnica Gravação binaural dos eventos;

Estado da Técnica Gravação binaural dos eventos; Nosso Olhar sem Fronteiras, com Sustentabilidade e Inovação V+2RS (Verde, Reconhecido e com Responsabilidade Social) Estado da Técnica Gravação binaural dos eventos; Radio com inserções do som 3D com VJ

Leia mais

COMUNICAÇÃO TÉCNICA Nº 172084. Sistemas construtivos inovadores X avaliação técnica com abordagem de desempenho X SINAT

COMUNICAÇÃO TÉCNICA Nº 172084. Sistemas construtivos inovadores X avaliação técnica com abordagem de desempenho X SINAT COMUNICAÇÃO TÉCNICA Nº 172084 Sistemas construtivos inovadores X avaliação técnica com abordagem de desempenho X SINAT Luciana Alves de Oliveira Palestra apresentada no SIMPÓSIO ALAGOANO DE ENGENHARIA

Leia mais

28/09/2012. Fundação Vanzolini. Universidade. Mercado

28/09/2012. Fundação Vanzolini. Universidade. Mercado Fundação Vanzolini 1960 1970 1980 1990 2000 2010 Em 1967, nasce a Fundação Vanzolini Instituição criada, mantida e gerida pelos professores do Departamento de Engenharia de Produção da POLI-USP Universidade

Leia mais

Qualidade na Indústria da Construção Civil

Qualidade na Indústria da Construção Civil Adm. Claudio Moitinho 5º SEMINÁRIO DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO CIVIL UCSAL Qualidade na Indústria da Construção Civil O CÓDIGO DE HAMURABI 1700 A.C Se um construtor negociasse um imóvel que não fosse sólido

Leia mais

FORMULARIOS ANEXO I E II DO DECRETO 25.899/2015

FORMULARIOS ANEXO I E II DO DECRETO 25.899/2015 FORMULARIOS ANEXO I E II DO DECRETO.99/0 ANEXO 0 GESTÃO SUSTENTÁVEL DAS ÁGUAS ( Subtotal de 9Ptos =.6 % ) Declarada 6 9 Uso de equipamentos economizadores de água ( torneiras com arejadores, spray e/ou

Leia mais