Automotive MARÇO 2010 ELETRÔNICA VEICULAR:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Automotive MARÇO 2010 ELETRÔNICA VEICULAR:"

Transcrição

1 Automotive MARÇO 2010 ELETRÔNICA VEICULAR:

2

3

4 ÍNDICE 26 MATÉRIA DE CAPA CONECTIVIDADE COMANDA A ELETRÔNICA EMBARCADA A tecnologia veicular avança rápido na área de eletrônica, com alto grau de conectividade e atrações nas áreas de informação e entretenimento. A segurança, o conforto a bordo e a eletrificação do powertrain evoluem, enquanto a engenharia brasileira busca diminuir a distância do primeiro mundo. 4 BUSINESS

5 18 ENTREVISTA FLÁVIO CAMPOS, DELPHI Saída para conteúdo modesto de eletrônica é inovar 30 MONTADORAS ELETRÔNICA CRESCE COM OPCIONAIS Avanço exige arquiteturas flexíveis e atualizações 37 SISTEMISTAS DISPUTA PARA CHEGAR PRIMEIRO Corrida à inovação procura surpreender montadoras 70 QUEM É QUEM Empresas de tecnologia e fornecedores de componentes e sistemas eletrônicos 76 TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TI TURBINA OS MOTORES DO SETOR Avanço acontece em todas as frentes 80 SUPRIMENTOS FORNECEDOR VAI TER FÔLEGO? Aço, pneus, plásticos e vidros de olho nas montadoras 48 SEMICONDUTORES DEPENDÊNCIA DAS IMPORTAÇÕES Indústria traz de fora os componentes básicos 52 SEGURANÇA VEICULAR UM SALTO COM A LEGISLAÇÃO ABS e airbag puxam fila das obrigatoriedades 55 CONECTIVIDADE CHANCE PARA ATRAIR TECNOLOGIAS Chip antifurto vai estimular conectividade 58 HISTÓRIA ANOS 60: A INVASÃO DA ELETRÔNICA O transistor chegava ao rádio e iniciava revolução 61 DICIONÁRIO O QUE SIGNIFICA CLUSTER? E OBD? Um sumário do dicionário para você baixar 62 ELETRÔNICA EMBARCADA AS LIÇÕES DO ESPECIALISTA Alexandre Guimarães dá aula sobre novas tecnologias 67 MEIO AMBIENTE AUTOMÓVEL VS. CIDADE: TRÉGUA Eletrônica ajuda na convivência urbana QARMAQ: uso intensivo de plásticos de engenharia 84 COMPRAS AUTOMOTIVAS AVISO: É HORA DE INVESTIR Mar calmo, mas é preciso pensar em capacidade 88 COOPER STANDARD NOVAS FÁBRICAS E TECNOLOGIAS Empresa tem plano arrojado para crescer na região 90 MELLING ENGENHARIA LOCAL E INOVAÇÃO Fabricante aposta em produtos criados no Brasil 92 EVENTOS AGENDA AUTOMOTIVA 2010 Automec dos Pesados abre a temporada A MOÇA DA CAPA - Catiane Lauser fez o ensaio fotográfico que originou a capa desta edição no Estúdio Luis Prado, em São Paulo. Ela está envolvida por um chicote, componente eletrônico com cabos e conectores edido pela Delphi.

6 EDITORIAL REVISTA MARAVILHAS DA ELETRÔNICA EMBARCADA Se o pessoal que distribui nossa revista acertou a mão, você é um dos dez mil destinatários desta edição e um profissional relacionado de alguma forma à indústria automobilística. Você conhece, acima da média, o que acontece no setor e, como eu, deve estar atônito com a velocidade das mudanças na forma de construir e usar os novos carros em especial, com os avanços da eletrônica. Você é também uma dessas pessoas que gostam de entender como as coisas funcionam? Quer descobrir como as portas dos carros abrem mesmo se a chave está no bolso e como o ambiente a bordo se ajusta às suas preferências automaticamente? Ou como o sistema entende suas ordens para sintonizar o rádio, escolher músicas, checar s ou ligar o navegador? Aí vai uma boa notícia: esta revista responderá pelo menos uma parte dessa sua curiosidade. Ela explica também que junto com a dose extraordinária de infotainment e serviços via internet os carros do primeiro mundo trazem uma parafernália de eletrônicos para aperfeiçoar a segurança, o comportamento dinâmico e a performance do powertrain. A edição avalia o mercado e traz o ponto de vista de montadoras, sistemistas e fornecedores de componentes, produtos e serviços na área de eletrônica embarcada e tecnologias inteligentes de transporte. Entrevistamos especialistas e encomendamos artigos acessíveis a experts como André Dantas, Alexandre Garcia e César Manieri. Há um dicionário de termos técnicos (com link para você fazer download) e um quem é quem, para você encontrar empresas e executivos. Guilherme Manechini e Fernando Garcia se encarregaram de cobrir as áreas de conectividade, rastreamento e segurança veicular. Coube à Giovanna Riato ouvir a Cetesb e o engenheiro Gabriel Murgel Branco para explicar a convivência entre carros e a comunidade em metrópoles como São Paulo. Mas, afinal, quando vamos ter conectividade plena e as outras maravilhas da eletrônica nos carros made in Brazil? Calma. Por enquanto o que é high tech predomina nos importados e vem dos Estados Unidos, Europa e celeiros asiáticos. Por aqui as novas tecnologias dependem de um empurrão da legislação e estímulos (como no caso do ABS, airbags e chip veicular) e a montagem de sistemas recorre a componentes importados. Destaques começam a aparecer no menu de opcionais. É preciso reconhecer também que a engenharia local já domina arquiteturas e softwares. Ao lado da eletrônica embarcada, tema de capa, você vai encontrar notícias do setor automotivo, a análise de Solange Calvo sobre tecnologia da informação, o balanço de Décio Costa sobre as compras das montadoras, complementado pelas entrevistas de Fernanda Guimarães com os fornecedores de insumos. Seu comentário sobre a edição será bem-vindo e ajudará a construir as próximas. 6 BUSINESS Paulo Ricardo Braga Editor Tiragem de dez mil exemplares, com distribuição direta a executivos de fabricantes de veículos, autopeças, distribuidores, entidades setoriais, governo, consultorias, empresas de engenharia, transporte e logística, setor acadêmico. Diretores Maria Theresa de Borthole Braga Paula B. Prado Paulo Ricardo Braga Editor Paulo Ricardo Braga MTPS 8858 Redatoras Fernanda Guimarães, Giovanna Riato Colaboradores Alexandre Guimarães, André Dantas, César Manieri, Décio Costa, Fernando Garcia, Guilherme Manechini, Solange Calvo, Sonia Moraes Design e diagramação Ricardo Alves de Souza Luis Prado Catiane Lauser (modelo) Cassiano Assmann (maquiagem) Pesquisa Bruna Carvalho, Carina Costa, Carolina Piovacari, Juliana Diniz, Josiane Lira, Thais Celestino Publicidade Paula B. Prado Tel Atendimento ao leitor, CRM e database Bruna Carvalho Marketing e vendas Carina Costa Comunicação e eventos Carolina Piovacari Pesquisa Juliana Diniz Josiane Lira Media Center e Automotive Business TV Thais Celestino Março de 2010 Margraf Distribuição ACF Acácias, São Paulo Editada por Automotive Business, empresa associada à All Right Serviços de Comunicação e Marketing Ltda. Av. Iraí, 393, conjs. 52 e 53, Moema, , São Paulo, SP, tel

7

8 MERCADO UM PASSO À FRENTE, SURPREENDER E PROVOCAR ESSA É A RECEITA DO PRESIDENTE DA DELPHI PARA A AMÉRICA DO SUL EM TEMPOS DE INOVAÇÃO Poucas empresas competem com a Delphi na hora de apresentar um portifólio de inovações. A sistemista tem uma longa história voltada para a indústria automobilística e continua com o pé no acelerador, mesmo após os tempos difíceis agravados pelo tsunami que desorganizou o mercado global. A inovação é decisiva neste momento de competição intensa que tem caracterizado o setor automotivo afirma Gábor Deák, que comanda as operações na América do Sul. Ele explica que não é suficiente acompanhar tendências e responder com bons produtos aos desejos do consumidor é preciso estar um passo à frente, surpreender e provocar o fabricante de veículos com boas oportunidades. Especialmente na área de eletrônica embarcada, uma das mais dinâmicas. A atuação da companhia na região está concentrada em climatização, módulos eletrônicos, sistemas de segurança e áudio, arquiteturas eletroeletrônicas e sistemas para gerenciamento do motor. Da sede na avenida Goiás, em São Caetano do Sul, SP, Gábor dirige doze unidades na região, uma delas no exterior, na Terra do Fogo, Argentina. A lista de produtos locais é complementada por uma infindável relação de sistemas e componentes automotivos disponíveis em mais de 270 unidades e 24 centros de engenharia que a corporação possui ao redor do mundo. Uma amostra desses produtos esteve em exposição no Salão de Genebra, de 4 a 14 de março. Apesar de não ter montado um estande próprio, a Delphi destacou a presença da marca na maioria dos produtos exibidos pelas montadoras. Nossas tecnologias presentes em Genebra, como nos outros salões, promete ajudar o motorista a ficar mais seguro e se manter conectado. Todas pretendem ser amigáveis ao meio ambiente e minimizar o impacto das emissões e da presença dos veículos no meio urbano ressalta o presidente da Delphi. A marca estava presente no Ford C-Max e Volvo S60 com o Electronically Scanning Radar, que promete elevar a segurança ativa a novos níveis, beneficiar o piloto automático e o alerta de colisão, junto com suporte a frenagem para minimizar o impacto em colisões. O radar é preciso em longo e médio alcance, detectando veículos e pedestres. O Mégane Coupé Cabriolet será um dos veículos equipados com o GÁBOR DÉAK, presidente da Delphi novo sistema de common rail para Diesel da Delphi, com respostas mais rápidas, controle preciso no volume injetado e otimização de emissões. Os novos Opel Meriva, Porsche Cayenne e VW Touareg exibidos em Genebra traziam sistemas de climatização da marca, enquanto um alto grau de conectividade a bordo era explorado no sistema de recepção para TV da nova BMW Série 5, Mercedes-Benz E-Class Cabriolet e Porsche Cayenne com qualidade semelhante à obtida em casa, mesmo a alta velocidade. Novos avanços em arquitetura eletroeletrônica estavam presentes ainda no novo Porsche Cayenne, Renault Wind e no Volkswagen Touareg. TRISTE FINAL PARA A FÁBRICA DA NUMMI JOINT VENTURE GM-TOYOTA JÁ FOI MODELO Toyota confirmou que em abril fechará a fábrica de Fremont, Califórnia, implantada em 1984 pela Nummi, joint A venture que compartilhou até o ano passado com a General Motors. O empreendimento, tido como o mais importante do setor na cooperação entre Japão e Estados Unidos, acaba de forma melancólica apesar dos esforços dos trabalhadores e do governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger. 8 BUSINESS

9

10 MERCADO i-miev, UM ELÉTRICO PARA O BRASIL A MITSUBISHI DO BRASIL AVALIA O CARRO, PENSA NA IMPORTAÇÃO E ATÉ EM MONTAGEM NA FÁBRICA DE GOIÁS Automotive Business avaliou o i-miev, carro elétrico que a Mitsubishi trouxe ao Brasil para testes. A empresa pode importar o veículo dentro de dois ou três anos e já pensa em montagem local. O preço no Japão (US$ , já com o subsídio de US$ do governo) mais os impostos elevariam hoje o custo do carro por aqui aos R$ 100 mil. O diretor de planejamento da empresa no Brasil, Reinaldo Muratori, aposta em uma redução expressiva nesse valor com novas tecnologias e maior escala de produção. Com 3,40 m de comprimento, acomoda bem quatro pessoas com até 1,90 m de altura. O desempenho surpreende, com boa arrancada. O motor elétrico de 47 kw (64 cv e 18,4 kg.m), alimentado por corrente alternada a 330 V, leva o carro a 130 km/h, velocidade limitada eletronicamente. O carro é um plug-in a recarga da bateria de íonlítio (16 kwh) pode ser feita em casa em tomada de 110 V (14 horas) ou 220 V (7 horas). Um dispositivo de carga rápida trifásico (200 V, 50 kw) repõe 80% da carga em 30 minutos. A autonomia depende bastante da forma de dirigir e chega a até 160 km, em circuito misto. A transmissão permite escolher entre três formas de condução, mais econômicas ou com maior performance: Drive, Economy e Brake (com máxima regeneração de energia). Para melhorar o alcance é preciso diminuir a pressa, desligar o ar condicionado quando a carga estiver baixa e ficar de olho no econômetro que fica no painel. O i-miev pesa 200 kg a mais do que o similar com motor a combustão de 600 cc. Como as baterias estão ao nível do assoalho do carro, o centro de gravidade fica 7 cm mais baixo, melhorando bastante a estabilidade. O carro tem ar condicionado, freios ABS, rádio, navegador, airbags, direção com assistência elétrica e vidros acionados eletricamente. O ambiente interno é bastante agradável e silencioso. Estimativas da Mitsubishi do Brasil indicam um custo energético de R$ 0,03 por km rodado. Um carro a combustão equivalente gastaria cerca de R$ 0,22 com gasolina ou álcool. (Paulo Ricardo Braga) OLIMPUS, 100% BRASILEIRA EM ALARMES E ANTENAS EMPRESA FAZ PARA A VW O COMING/LEAVING HOME Olimpus Automotive, 100% brasileira, com 60 anos de tradição, integra a relação de fornecedores de muitos A fabricantes de veículos. Na linha de produtos estão antenas para rádios automotivos, sistemas de alarme, com a linha PadLock, que oferece controle remoto anticlonagem e pin code para desativação por código personalizado. A empresa desenvolveu para a Volkswagen o sistema coming/leaving home, que mantém os faróis acesos por 30 segundos quando o alarme está ativado permitindo ao usuário chegar à porta de casa, por exemplo. 10 BUSINESS

11

12 MERCADO SEM MÁGICA, ENGENHEIRO DE CALIBRAÇÃO SUA ACREDITE: O TOQUE DE MIDAS NO SISTEMA VEICULAR AINDA É HUMANO eletrônica faz mágicas, A há softwares para tudo e o trabalho do engenheiro de aplicação na área de motores foi simplificado ao extremo. Será que é essa a realidade? Não é bem assim garante João Irineu Medeiros, diretor de engenharia da FPT Powertrain Technologies, empresa de motores e transmissões do Grupo Fiat, que atende também projetos para terceiros. O engenheiro explica: para desenvolver um projeto de powertrain podem ser necessários dois anos. Mas será preciso dedicar um ano e meio também ao trabalho de calibração, incluindo o esforço em bancada e depois em campo. Isso vale quando se trata de um programa original, completo. Mas modificações em um veículo já existente podem exigir também meses de ensaios para calibração. A introdução do OBDBr2 é um exemplo. Concebido para atender exigências do Proconve na área de diagnóstico a bordo e detectar problemas na operação do motor e controle de emissões, o sistema exigiu uma nova centralina para os carros da JOÃO IRINEU MEDEIROS, diretor de engenharia da FPT Fiat, produzida pela Marelli, e oito meses na engenharia para calibração. O OBDBr2 possui a tradicional sonda para analisar o nível de oxigênio na entrada do catalisador e acrescenta outra para fazer a medida depois do dispositivo, utilizado para reduzir emissões. A diferença entre os registros das duas sondas revela se a combustão está adequada (estequiométrica) e também se ocorrem falhas na centelha que provoca a queima do combustível no cilindro. Se falhar o centelhamento, uma parcela do combustível chegará ao catalisador e será queimada em virtude da alta temperatura local. Esse efeito indesejado prejudica o catalisador e deve ser detectado afirma João Irineu. O nível de informação que circula nos circuitos eletroeletrônicos dos novos veículos eleva a complexidade dos softwares e exige capacidade crescente de processamento. Além de uma central de controle é necessário muitas vezes recorrer a processadores menores para gerenciar funções específicas. Cada novidade no carro leva a uma reavaliação da arquitetura eletroeletrônica e provavelmente a novas calibrações ressalta João Irineu, garantindo que não é viável apenas implantar um modelo matemático para atender cada modificação. A calibração determina o tipo de reação de um sistema às variáveis de entrada. Embora softwares façam o trabalham inicial, o ajuste efetivo fica por conta do engenheiro, que despenderá milhares de horas em bancada e nos testes de campo para chegar ao resultado desejado. Ele tem escolhas a fazer, como privilegiar melhor consumo ou desempenho no caso do motor. Uma lógica está embutida em cada sistema eletrônico do carro, como no levantador do vidro das janelas. O processador recebe inputs dos sensores que acompanham o movimento do vidro, mas cabe ao engenheiro definir a calibração: com que velocidade o vidro sobe ou desce, o que acontece se houver resistência, quando deixar uma pequena abertura para facilitar o fechamento da porta. No caso do powertrain a calibração é muito mais complexa, por envolver inúmeras variáveis e mudanças contínuas. Basta imaginar o que precisa ser controlado durante o que parece ser uma simples troca de marcha, com os sistemas by-wire em ação: para tomar decisões e atuar, o controle eletrônico deve enxergar o que acontece na aceleração, embreagem, caixa de marchas, temperatura do motor, abertura da borboleta, velocidade atual, carga da bateria só para falar de algumas medições. Complexidade semelhante caracteriza também a maioria dos sistemas que contribuem para a segurança dos passageiros, como ABS, airbags e controles de estabilidade do veículo. Para equacionar as soluções, nada de mágica, apesar da ajuda da eletrônica e dos softwares. Na hora do vamos-ver, o engenheiro precisa colocar suas habilidades em jogo. 12 BUSINESS

13

14 MERCADO STILO: QUEDA DE BRAÇO ENTRE DPDC E FIAT recall para o cubo da roda de 52 mil modelos O Stilo está em andamento, mas promete render mais polêmica entre a Fiat e o Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor, que se baseia em parecer do Cesvi solicitado pelo Denatran para exigir reparos. A montadora se defendeu com laudos e testes feitos na Itália e pelo Inmetro. O DPDC diz que o cubo é produzido inadequadamente com ferro fundido e teria provocado o desprendimento de várias rodas, resultando em acidentes com pelo menos oito mortes. A Fiat sustenta que o produto não tem defeito as rodas se soltariam por causa de acidentes, que não teriam sido causados pelo cubo. O cubo de ferro fundido não é produzido no Brasil e os novos, de aço, virão também da Europa. WIREX, CABOS TAMBÉM A METRO FABRICANTE FICA MAIS VERDE E EXPANDE NEGÓCIOS Terceira maior fabricante local de cabos de energia de baixa e média tensão, com capital 100% nacional, a Wirex amplia a participação no segmento de cabos de bateria para o setor automotivo, destacando-se nos fornecimentos para MAN, Mercedes- Benz, Case New Holland e Iveco. Tradicional fornecedora de produtos para veículos leves da Volkswagen e da Ford, a empresa prepara-se para um novo modelo de negócio, atendendo chicoteiros e sistemistas responsáveis pelo sistema elétrico dos veículos. Somos o único fabricante nacional de cabos de bateria com a qualificação Baumuster VW. Novas portas estão se abrindo, assegura Rui Sérgio Barbosa Machado, gerente comercial, que já acertou com Delphi e Kroshu o suprimento de cabos a metro, diferentes acabamentos e especificações personalizadas. Os terminais passam por crimpagem mecânica e o chumbo do processo de solda está sendo eliminado. O LIVRO DE ELETRÔNICA EMBARCADA PUBLICAÇÃO FOI ESCRITA POR PROFISSIONAL DA GM Alexandre de Almeida Guimarães, gerente de engenharia na General Motors do Brasil, escreveu um dos raros livros dedicados a eletrônica veicular. Editado pela Érica, Eletrônica Embarcada Automotiva analisa os principais sistemas e componentes eletroeletrônicos que existem no automóvel, trata de arquiteturas e de tendências na área. Para comprar consulte 2010, ANO DE RECORDE PARA A INDÚSTRIA Pelas projeções da Anfavea, entidade dos fabricantes de veículos, 2010 será uma ano de recordes absolutos no setor automotivo. As estimativas anunciadas pelo presidente da Anfavea, Jackson Schneider (que passa o comando da entidade a Cledorvino Belini no final de abril) indicam o emplacamento no País de 3,40 milhões de unidades (3,14 milhões em 2009), com a produção local de 3,39 milhões de veículos (3,18 milhões no ano passado). Na prática haverá um empate técnico entre importações e exportações, situação incômoda para um setor que já exportou 734 mil veículos em 2008, 475 mil em 2009 e aposta em 530 mil para este ano. LIBERAR O DIESEL PARA CARROS DE PASSEIO? REPRESENTANTES DA SAE BRASIL ACHAM DEMOCRÁTICO Tech Day promovido pela SAE Brasil dias 2 e 3 de O março em Piracicaba, SP, convidou jornalistas para avaliar a tecnologia de motores Diesel. Automóveis, picapes e SUVs cedidos pela Kia, PSA, Toyota, TAC e Volkswagen foram testados, em paralelo às apresentações técnicas, que incluiram biodiesel, H-Bio e Diesel de cana. Bosch e Delphi patrocinaram o encontro. Rubens Avanzini, coordenador da Comissão Técnica de Tecnologia Diesel da entidade citou estudos europeus apontando que carros a Diesel são 30% mais econômicos que os do ciclo Otto, apresentam torque 50% mais elevado e redução de emissões de 25%. 14 BUSINESS

15 TECNOLOGIA DE PONTA NA AGRICULTURA AGRICULTURA DE PRECISÃO JÁ CHEGOU AO BRASIL COM A CNH Tecnologias para a agricultura de precisão chegaram ao Brasil em 1995, mas só agora começam a ganhar espaço nas práticas gerenciais para reduzir perdas e elevar a produtividade. Nos equipamentos da CNH (Case e New Holland) a barra de luz com orientações por GPS está no centro dos sistemas, armazenando informações de acordo com a posição e gerando levantamentos sobre a produtividade das áreas trabalhadas. A ferramenta pode ser usada pelos produtores para análise de solo, aplicação de insumos e defensivos, plantio e colheita referenciados. CENTRAL ELÉTRICA VEICULAR MADE IN BRAZIL DISPOSITIVO DE BAIXO CUSTO DA DELPHI SERÁ EXPORTADO A Mapec, com um novo conceito de central elétrica atrativo para mercados emergentes, foi desenvolvida por engenheiros brasileiros da Delphi e pode revolucionar a arquitetura eletroeletrônica de veículos de baixo custo. Há vantagens como o chaveamento de potência inteligente, escalonamento de funções na mesma plataforma, gerenciamento de carga e otimização de arquitetura. O componente elimina fusíveis, relés e módulos eletrônicos, além de outros componentes elétricos e mecânicos nos automóveis. DIREÇÃO ELÉTRICA PARA CARROS POPULARES DHB PROMETE NOVIDADE PARA 2010 DHB desenvolveu em sua unidade de Porto Alegre, RS, conceito inédito de sistema de direção A com assistência elétrica voltado a veículos de entrada (motorização 1.0, 1.4 e 1.6) que deve estar no mercado brasileiro em pelo menos uma plataforma este ano. A tecnologia do sistema E3D é submetida a testes de homologação por montadoras locais. NOVO CAPÍTULO NA HISTÓRIA DO AUTOMÓVEL JOSÉ LUIZ VIEIRA COMPLETA A COLEÇÃO editora Alaúde lançou o terceiro volume da coleção A A História do Automóvel, de José Luiz Vieira, engenheiro automotivo e jornalista especializado. A obra é dividida em três partes. Na primeira o autor aborda a mobilidade desde a pré-história até O segundo volume traz informações entre os anos de 1908 e O último livro reúne os fatos recentes relacionados ao automóvel. ENCONTRE SEU SMART COM O CAR FINDER APLICATIVO FOI CRIADO PARA O IPHONE A smart anuncia que foi a primeira marca de automóveis a transformar o celular em um computador multimídia de viagem incorporando funcionalidades como chamadas telefônicas hands free, coleção de músicas, rádio pela internet e sistema de navegação inteligente. Há também o Car Finder, que guiará você de volta ao local em que estacionou seu carro.

16 MERCADO CARRO FAZ SHOW EM LAS VEGAS MAIOR EVENTO DE TECNOLOGIA DA HISTÓRIA DESTACOU AS INOVAÇÕES DA ELETRÔNICA EMBARCADA NO CONSUMER ELECTRONICS SHOW, COMO O MY FORD TOUCH E O UVO DA KIA No Consumer Electronics Show, maior evento de tecnologia da história, em Las Vegas, nos Estados Unidos, de 7 a 10 de janeiro, a eletrônica digital automotiva esteve em evidência ao lado de atrações revolucionárias como a televisão e o Blue- Ray 3D, e-books, novas gerações de produtos verdes e um infindável menu de smartphones, netbooks e tablets. Alan Mulally, presidente e CEO da Ford Motor, apresentou o inovador My Ford Touch, com interface customizável no painel para integrar dezenas de funções de comunicação, conforto e segurança. A Kia Motors respondeu rápido com o UVO, sistema de comunicação e entretenimento desenvolvido com a Microsoft que estará no Sorento. Nosso futuro é brilhante, porque somos inovadores afirmou na feira Gary Saphiro, presidente da Consumer Electronics Association, anunciando para os expositores (380 voltados para a área automotiva) US$ 681 bilhões em vendas globais em DEZ MILHÕES DE VEÍCULOS FLEX BRASILEIROS GOL, PIONEIRO, AINDA É LIDER DE VENDAS O flex representa 86% dos emplacamentos no País e alcançou 10 milhões de unidades produzidas desde 2003, quando foi lançado o VW Gol com aplauso do presidente Luis Inácio Lula da Silva (foto). O anúncio foi feito dia 4 de março, data em que o marco foi atingido. O etanol é imbatível contra o efeito estufa, com o flex e na adição à gasolina disse Francisco Nigro, professor da Poli-USP, a Automotive Business. Enquanto o flex com etanol restringe a emissão líquida de CO 2 a 30 g por quilômetro rodado, europeus e norte-americanos penam para chegar aos 100 g CO 2 /km na guerra contra o efeito estufa. 16 BUSINESS

17 VW: HANGAR NA ALEMANHA PARA DESIGN BRASILEIRO A COMUNICAÇÃO COM A MATRIZ AGORA É MAIS VIRTUAL DO QUE NUNCA. TUDO É ANALISADO E ALTERADO SEM SAIR DO BRASIL Responsável pela mudança radical na forma de desenvolver automóveis, a tecnologia digital é considerada um grande milagre para a indústria automobilística. Sem computadores, sistemas automatizados e acessórios digitais os recursos eram poucos para se controlar os projetos que eram criados há 15 anos, afirma Alberto Veiga (foto), gerente executivo de design e package da Volkswagen do Brasil. Hoje, com a disponibilidade do sistema virtual, é possível fazer várias alterações no automóvel sem perder muito tempo. Isso não acontecia no passado, comenta o especialista, explicando que a tecnologia digital também permite desenvolver automóveis no Brasil, em plataformas globais, de forma mais integrada com a matriz. Antes tínhamos que preparar os projetos e ir à Alemanha. Agora tudo é analisado e alterado sem sairmos do Brasil, diz. Para facilitar a integração dos projetos, a Volkswagen montou há dois anos um estúdio de design do Brasil no próprio complexo de design na Alemanha. O International Design tem um hangar que abriga o design brasileiro e o chinês, informa Veiga. Este foi o grande passo na internacionalização do design para elevar o nível de qualidade dos automóveis. No Brasil o centro de criação está instalado na fábrica de São Bernardo do Campo, no ABC paulista. Com a moderna tecnologia 3D e modernos equipamentos de projeção, é possível simular virtualmente os novos projetos com a cooperação simultânea do grupo Volkswagen. Segundo Veiga, a grande mudança na área de criação da indústria automobilística decorreu de transformações que ocorreram na comunicação por meio da internet e por aparelhos celulares. Ele admite, no entanto, que em termos estruturais o automóvel continua sendo o mesmo de 25 anos atrás: A diferença é que o carro está mais seguro, mais confortável e com mais tecnologia embarcada, observa Veiga. Mesmo com todos os recursos disponíveis hoje para a criação de um automóvel, o tempo de desenvolvimento não encurtou muito varia de três a quatro anos, segundo Veiga, do primeiro desenho até o nascimento do automóvel: Ao mesmo tempo que aceleramos os processos as exigências também avançam. Há muitos itens que precisam ser pesquisados e ainda é necessário se preocupar com a segurança, aerodinâmica e todas as exigências da lei. Segundo o gerente executivo de design da Volkswagen, na hora de criar um novo carro fatores como redução de custo, utilização de materiais recicláveis, consumo de combustíveis e níveis de emissões têm o mesmo grau de importância. As tendências são criadas no dia-a-dia de trabalho. O desafio é criar novas ideias e renovar esta identidade voltada para o DNA da Volkswagen. Mas é preciso ter parâmetros de viabilidade financeira para cada modelo criado. No Touareg o nível de acabamento é diferente do Gol, que é um carro de entrada no Brasil, esclarece. Veiga entende que o carro do futuro continuará avançando em vários nichos de mercado. Haverá cada vez mais veículos urbanos, para o lazer e a família. A eletrônica vai evoluir muito e ajudar na maior integração com o usuário, com grau crescente de conectividade. A demanda por tamanhos e tipos de automóveis dependerá das características de cada região ou país. Um carro pequeno é bom para São Paulo ou Rio de Janeiro, com tráfego intenso, mas em outras localidades do Brasil o jipe pode ser a melhor indicação. Enquanto isso, em Berlim o maior interesse é pelo carro elétrico, afirma Veiga. Tipo e qualidade dos materiais automotivos também evoluem. Para cada produto temos novas tecnologias de tecidos que possibilitam explorar visualmente o interior do carro. No setor de plástico existem novos processos de texturização que oferecem maior harmonia ao interior do automóvel, finaliza Veiga. (Sonia Moraes)

18 ENTREVISTA FLÁVIO CAMPOS LUIS PRADO MOMENTO ESTRATÉGICO DA ELETRÔNICA NOVOS INVESTIMENTOS BILIONÁRIOS NO SETOR AUTOMOTIVO ABREM PERSPECTIVAS PARA A INOVAÇÃO, PESQUISA E DESENVOLVIMENTO O modesto conteúdo de eletrônica embarcada nos carros produzidos no Brasil incomoda Flávio Campos, diretor de engenharia para a América do Sul na Delphi e um especialista nessa área. Ele entende que o País tem sido expectador das pesquisas e tendências internacionais, enquanto europeus, americanos e asiáticos demonstram uma visão estratégica apurada e objetivos claros para sua indústria automobilística. Na sua percepção, faltam planos macroeconômicos e setoriais até mesmo de curto prazo para guiar os empreendimentos brasileiros. Ele sinaliza, no entanto, que vivemos um momento histórico para acabar com essa letargia e aproveitar o tsunami de investimentos que desembarcam na região para promover pesquisa, desenvolvimento e inovação. Em entrevista a Automotive Business, Flávio Campos tratou das questões fundamentais no avanço da eletrônica embarcada, avaliando novidades, as explosivas conquistas na área de conectividade, infotainment e segurança, projetos globais e oportunidades abertas à engenharia brasileira. Familiarizado com o desenvolvimento de produtos e processos, ele dedicou a carreira à indústria automobilística e, em especial, à gestão de projetos de sistemas para as montadoras. Durante muitos anos ligado à Delphi, trabalhou em planejamento estratégico e liderou operações industriais na América do Sul. Engenheiro com amplo conhecimento dos bastidores e operações da indústria automotiva global, é pós-graduado em gestão de inovação tecnológica e possui MBA Executivo pela Universidade Thunderbird, dos Estados Unidos. FLÁVIO CAMPOS, diretor de engenharia da Delphi 18 BUSINESS

19 AUTOMOTIVE BUSINESS A eletrônica está chegando com força aos carros brasileiros? FLÁVIO CAMPOS Nossos automóveis ainda trazem conteúdo modesto de eletrônica em comparação com mercados maduros e com o enorme arsenal de tecnologias disponíveis para aplicação. Isso vale para componentes de bordo e sistemas capazes de conectar os veículos entre si e a todas as partes do planeta, organizando o tráfego com segurança e eficiência. As possibilidades de interação entre os ocupantes, o carro e o mundo externo são extraordinárias e têm sido pouco aproveitadas. Eu não apostaria em uma mudança repentina dessa realidade no Brasil. AB Qual o paralelo em relação a países maduros no setor automotivo, como Alemanha e Estados Unidos? FLÁVIO CAMPOS Europeus, americanos e alguns asiáticos estão na vanguarda, em patamar bem mais elevado que o nosso e com mercados consumidores expressivos. Mas os avanços tecnológicos têm sido introduzidos nos sistemas veiculares de forma descoordenada por diferentes fabricantes e países do primeiro mundo. Há discussões intermináveis sobre os padrões que devem prevalecer. A Delphi já criou sistemas notáveis que não foram integralmente aproveitados, por chegarem antes da hora e o mercado não estar preparado para este tipo de novidade ou por falta de normas. Como exemplo, podemos citar as fontes de 42 Volts. MAPEC BRASILEIRA LIGHT GANHA FUNÇÃO DE GERENCIAR POTÊNCIA E VAI ENTRAR NA LISTA DE NOSSAS EXPORTAÇÕES de AB É possível prever um grau avançado de integração eletrônica ainda nesta década? FLÁVIO CAMPOS Estamos a um passo da integração entre usuário, veículo, escritório e fontes de informação em diferentes partes do planeta. É mais fácil resolver os problemas tecnológicos do que ajustar interesses comerciais e gerenciais. Considero que o avanço não acontecerá de uma só vez em todas as partes do mundo, porque envolve infraestrutura de comunicação e recursos distantes de países em desenvolvimento. Podemos imaginar que em até dez anos haverá progressos importantes para uma consolidação. AB Quais são as possibilidades mais evidentes de avanços no campo da eletrônica veicular? FLÁVIO CAMPOS Os pacotes de tecnologia podem ser examinados de forma separada, começando pelo gerenciamento do powertrain, que envolve motor e transmissão e passará por grandes avanços até o carro elétrico no futuro. Devemos considerar as inovações que dizem respeito ao body electronics (eletrônica na carroceria) e representam a estrutura nervosa no corpo do veículo. O progresso nesse campo também é incipiente por aqui. Em mercados avançados há soluções parrudas, sofisticadas e caras que agregam inteligência e capacidade surpreendente às centrais de processamento muito mais do que acender a luz de cortesia quando as portas são abertas. Ainda temos o infotainment, a eletrônica de altíssima densidade para gerenciar informação e entretenimento dentro do carro. Estas seguramente serão as últimas tecnologias a equipar os veículos populares e não poderemos simplesmente importar es- sas soluções para aplicação direta nos veículos brasileiros. AB Por que não? FLÁVIO CAMPOS Elas não vão funcionar em nossas plataformas ou não estão dimensionadas para a realidade local. Veja o caso das centrais eletroeletrônicas, que comandam a arquitetura dos veículos e podem ter mais de um processador. As centrais dos carros de ponta, no primeiro mundo, são um exagero para nós. O que fizemos? Estamos criando nosso próprio modelo e demos um passo inédito. A nossa, criada no Brasil, chamada de MAPEC (Multi Application Electrical-Electronic Center), foi simplificada e ganhou a função extra de gerenciar potência, além de comandar a inteligência veicular. Vamos exportar esse produto mais light para mercados com a mesma característica do nosso. AB E a conectividade? FLÁVIO CAMPOS Nessa área as possibilidades são imensas, como demonstrou a feira de eletrônica de Las Vegas, no início de janeiro. As inovações prometidas já foram adequadas aos carros. Encontramos no mercado internacional aplicações impensáveis há alguns anos, como programar um sensor para abrir o

20 ENTREVISTA FLÁVIO CAMPOS portão de casa, acionar a iluminação do ambiente e o ar condicionado. O smart grid, um pouco mais distante, foi concebido para integrar a energia disponível na bateria do carro aos circuitos elétricos da residência ou do escritório. A bateria do veículo absorverá ou liberará energia, dependendo da conveniência ou do custo do quilowatt hora disponível na rede pública. Vão surgir também alternativas aos serviços pioneiros On Star da GM, que incluem acesso à Internet, rádio-satélite, previsão do tempo e do tráfego, mapas e percursos, localização de postos de combustível, alerta de manutenção, rastreamento, alarme de segurança e chamada automática de socorro em caso de acidente. Por trás disso tudo há sistemas veiculares avançados e um alto grau de interação. As novidades chegam até mesmo a colheitadeiras, com GPS e um preciso sistema de informação a bordo. AB E as questões relativas a segurança? FLÁVIO CAMPOS Há inúmeros sistemas em evolução, incorporando alta dose de eletrônica. A demanda é alta nesse campo, tanto para componentes ativos quanto passivos, em veículos de passageiros, caminhões e ônibus. Os ativos, como dispositivos que observam as reações do motorista, sensores de distância, artefatos anticolisão, ABS e sistemas de estabilidade, previnem acidentes. Os passivos ajudam a diminuir as conse quências de um impacto inevitável, como o cinto de segurança e airbags. É preciso considerar também os investimentos futuros em vias inteligentes e comboios integrados, que tornarão o tráfego mais seguro e rápido. AB Qual o papel da engenharia brasileira no desenvolvimento da eletrônica veicular? FLÁVIO CAMPOS As discussões OS AVANÇOS OS TECNOLÓGICOS COS TÊM SIDO INTRODUZIDOS NOS CARROS SEM COORDENAÇÃO ENTRE FABRICANTES E PAÍSES çã sobre o futuro da mobilidade urbana e da indústria automobilística são rasas aqui no Brasil. O automóvel existe no contexto mais amplo, do transporte individual e de massa, que precisa ser melhor avaliado. Não discutimos esse futuro. Não há qualquer plano consistente para dirigir o desenvolvimento local da indústria automobilística, muito menos da eletrônica veicular. Dominamos o básico e importamos coisas importantes, especialmente quando não há escala para justificar a produção local. Europeus, americanos e asiáticos têm uma visão estratégica muito mais apurada e plataformas de alto volume. A engenharia brasileira é praticamente uma expectadora das pesquisas e tendências internacionais. AB Quais os cenários para a evolução do nosso setor automotivo diante desse acanhamento tecnológico? FLÁVIO CAMPOS Até agora o mercado automotivo brasileiro era visto como complementar. Com a rápida recuperação da crise internacional de 2008 o País passou a ser visto como bola da vez, ao lado da China e da Índia. O novo tsunami de investimentos traz uma oportunidade sem precedentes de promover pesquisa, desenvolvimento e inovação. A demanda local, que avança para 4 a 5 milhões de unidades por ano, passa a ser significativa mes- mo diante da norte-americana, que ficou acanhada dentro de uma perspectiva histórica. Espero que nossos dirigentes não deixem esse momento passar em branco. AB Vamos caminhar em direção ao primeiro mundo? FLÁVIO CAMPOS Devagar, possivelmente. A distância é enorme do ponto de vista tecnológico, de recursos para pesquisa e desenvolvimento e de políticas setoriais. O mercado e a pressão da legislação criam demandas adicionais, mas o resultado é pontual. O governo está atrasado. Copiamos com defasagem as experiên cias de fora. Executivos de planejamento em montadoras e autopeças mal enxergam dois anos adiante, porque não há horizonte de referência. Estabelecer programas de longo prazo ainda é ficção. Ficamos a reboque dos movimentos internacionais, com uma boa defasagem. É o caso do powertrain. O mundo avança para tecnologias de híbridos e elétricos. Aqui o flex trouxe acomodação, porque resolve o problema das emissões de CO 2 junto com o etanol. 20 BUSINESS

Mudança tecnológica na indústria automotiva

Mudança tecnológica na indústria automotiva ESTUDOS E PESQUISAS Nº 380 Mudança tecnológica na indústria automotiva Dyogo Oliveira * Fórum Especial 2010 Manifesto por um Brasil Desenvolvido (Fórum Nacional) Como Tornar o Brasil um País Desenvolvido,

Leia mais

Internet of Things. utilizá-la em diversos tipos de negócios.

Internet of Things. utilizá-la em diversos tipos de negócios. Internet of Things 10 formas de utilizá-la em diversos tipos de negócios. INTRODUÇÃO As interfaces Machine to Machine (M2M) estão facilitando cada vez mais a comunicação entre objetos conectados. E essa

Leia mais

mudanças nos modelos de negócios do setor automobilístico, impulsionadas pelas pesquisas de novas tecnologias energéticas e de segurança.

mudanças nos modelos de negócios do setor automobilístico, impulsionadas pelas pesquisas de novas tecnologias energéticas e de segurança. AUTOMOTIVE Mudança de rumos Pressões dos consumidores por praticidade e economia, somadas à necessidade de adaptação dos veículos ao planejamento urbano, criam um cenário desafiador para a indústria automobilística

Leia mais

SAE - Simpósio Novas Tecnologias na Indústria Automobilística

SAE - Simpósio Novas Tecnologias na Indústria Automobilística SAE - Simpósio Novas Tecnologias na Indústria Automobilística 13 de abril de 2009 1 O Papel da Tecnologia para o Futuro da GM Jaime Ardila Presidente, GM do Brasil & Operações Mercosul 2 O Papel da Tecnologia

Leia mais

Recife terá ônibus HíbridoBR durante a Copa das Confederações

Recife terá ônibus HíbridoBR durante a Copa das Confederações Ônibus Informação à imprensa Recife terá ônibus HíbridoBR durante a Copa das Confederações 10 de junho de 2013 Veículo tem tecnologia nacional e baixa emissão de poluentes A Eletra, empresa brasileira

Leia mais

Automotivo. setores de negócios

Automotivo. setores de negócios setores de negócios Automotivo Mais de 40% das fábricas do complexo automotivo do Brasil encontram-se em São Paulo, berço da indústria automobilística nacional. As principais empresas instaladas no Estado

Leia mais

Automóveis nacionais e importados; Comerciais leves; Caminhões e ônibus; Motocicletas; Tratores e máquinas agrícolas; Implementos rodoviários.

Automóveis nacionais e importados; Comerciais leves; Caminhões e ônibus; Motocicletas; Tratores e máquinas agrícolas; Implementos rodoviários. Título APIMEC A FENABRAVE Fundada em 1965 Reúne 48 Associações de Marca Representam mais de 7.600 Concessionárias: 24 Escritórios Regionais. Automóveis nacionais e importados; Comerciais leves; Caminhões

Leia mais

Actros 2646 6x4. Actros 2546 6x2. Equipamentos de série. Aplicações. Aplicações

Actros 2646 6x4. Actros 2546 6x2. Equipamentos de série. Aplicações. Aplicações Equipamentos de série (mais os itens da cabina ) Segurança (mais os itens das cabinas e ) Ar-condicionado Suspensão traseira pneumática Freios a Disco Eletrônico; ABS (Antibloqueio das Rodas); ASR (Controle

Leia mais

Perspectiva da Indústria de Autopeças no contexto do Inovar-Auto

Perspectiva da Indústria de Autopeças no contexto do Inovar-Auto Perspectiva da Indústria de Autopeças no contexto do Inovar-Auto Apresentação Paulo Butori Presidente do Sindipeças Elaboração: Assessoria Econômica do Sindipeças São Paulo, novembro de 2013 Números do

Leia mais

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico CUSTOMER SUCCESS STORY Abril 2014 Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico PERFIL DO CLIENTE Indústria: Mídia Companhia: Valor Econômico Funcionários:

Leia mais

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Roberto Marcello SI Sistemas de gestão A Gestão dos Sistemas Integrados é uma forma organizada e sistemática de buscar a melhoria de resultados.

Leia mais

Mais um ano de transição

Mais um ano de transição Mais um ano de transição Boas perspectivas de crescimento nos países emergentes, estagnação na Europa Ocidental, recuperação lenta nos Estados Unidos e avanço das montadoras alemãs e asiáticas devem caracterizar

Leia mais

Março, 2011 - Informação à Imprensa Mecânica Online lança Coleção AutoMecânica

Março, 2011 - Informação à Imprensa Mecânica Online lança Coleção AutoMecânica Março, 2011 - Informação à Imprensa Mecânica Online lança Coleção AutoMecânica Entenda como o automóvel funciona passando por sua evolução, motor, injeção eletrônica, sistemas auxiliares, segurança, transmissão,

Leia mais

Frankfurt consolida a geração dos motores menores e mais potentes

Frankfurt consolida a geração dos motores menores e mais potentes 1 de 5 28/9/2011 14:36 globo.com notícias esportes entretenimento vídeos e-mail Globomail Pro Globomail Free Criar um e-mail central globo.com assine já todos os sites 21/09/2011 07h21 - Atualizado em

Leia mais

Inteligência em. redes sociais. corporativas. Como usar as redes internas de forma estratégica

Inteligência em. redes sociais. corporativas. Como usar as redes internas de forma estratégica Inteligência em redes sociais corporativas Como usar as redes internas de forma estratégica Índice 1 Introdução 2 Por que uma rede social corporativa é um instrumento estratégico 3 Seis maneiras de usar

Leia mais

NOTAS DE AULA - TELECOMUNICAÇÕES

NOTAS DE AULA - TELECOMUNICAÇÕES NOTAS DE AULA - TELECOMUNICAÇÕES 1. Conectando a Empresa à Rede As empresas estão se tornando empresas conectadas em redes. A Internet e as redes de tipo Internet dentro da empresa (intranets), entre uma

Leia mais

SOLUÇÕES PARA A COMUNICAÇÃO B2B NA INDÚSTRIA AUTOMOBILÍSTICA

SOLUÇÕES PARA A COMUNICAÇÃO B2B NA INDÚSTRIA AUTOMOBILÍSTICA SOLUÇÕES PARA A COMUNICAÇÃO B2B NA INDÚSTRIA AUTOMOBILÍSTICA Automotive Business oferece respostas para estimular a comunicação B2B na indústria automobilística e segmentos relacionados. Os produtos editoriais,

Leia mais

Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão

Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão SET 2014 A SET (Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão) é a principal associação de profissionais que trabalham com tecnologias e sistemas operacionais

Leia mais

Volvo HÍBRIDO. Ônibus HÍBRIDO TECNOLOGIA, ECONOMIA E RESPEITO AO MEIO AMBIENTE

Volvo HÍBRIDO. Ônibus HÍBRIDO TECNOLOGIA, ECONOMIA E RESPEITO AO MEIO AMBIENTE Volvo HÍBRIDO Ônibus HÍBRIDO TECNOLOGIA, ECONOMIA E RESPEITO AO MEIO AMBIENTE O DESAFIO VERDE O cuidado com o meio ambiente está no centro das discussões da agenda social em todo o mundo. Cada vez mais,

Leia mais

Frotistas tecnologia 72

Frotistas tecnologia 72 tecno Frotistas 72 Por Luiz Carlos Beraldo Há opiniões controversas no mundo dos empresários brasileiros de transportes quando o assunto trata do futuro dos veículos comerciais. Alguns apostam que não

Leia mais

Uno Mille: dez anos de sucesso e evoluã Ã o

Uno Mille: dez anos de sucesso e evoluã Ã o Uno Mille: dez anos de sucesso e evoluã Ã o A Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) divulga em São Paulo os números do mercado brasileiro. Nos sete primeiros meses do ano,

Leia mais

Eng. José Roberto Muratori

Eng. José Roberto Muratori Eng. José Roberto Muratori OO tema foi escolhido devido a motivação de que cada vez mais percebe-se que os hábitos das pessoas estão em transformação. A alta exigência por conforto e segurança já não é

Leia mais

Uma nova perspectiva sobre a experiência digital do cliente

Uma nova perspectiva sobre a experiência digital do cliente Uma nova perspectiva sobre a experiência digital do cliente Redesenhando a forma como empresas operam e envolvem seus clientes e colaboradores no mundo digital. Comece > Você pode construir de fato uma

Leia mais

5 Case Stara. Cristiano Buss *

5 Case Stara. Cristiano Buss * Cristiano Buss * Fundada em 1960, a Stara é uma fabricante de máquinas agrícolas. De origem familiar, está instalada em Não-Me-Toque, no norte do Estado; Em seis anos, cresceu 11 vezes, com baixo nível

Leia mais

A nova onda de inovação Novas projetos e tecnologias para o Brasil

A nova onda de inovação Novas projetos e tecnologias para o Brasil A nova onda de inovação Novas projetos e tecnologias para o Brasil Stephan Keese, Sócio São Paulo, 22 de agosto de 2011 1 O Brasil Brasil oferece oferece forte forte perspectiva perspectiva de de crescimento

Leia mais

Como a automação de marketing pode aumentar suas vendas

Como a automação de marketing pode aumentar suas vendas edição 04 Guia do inbound marketing Como a automação de marketing pode aumentar suas vendas Como a automação de marketing pode aumentar suas vendas Há um tempo atrás o departamento de marketing era conhecido

Leia mais

Prime IHC. Intelligent Home Control. Automação residencial com estilo, segurança e economia de energia.

Prime IHC. Intelligent Home Control. Automação residencial com estilo, segurança e economia de energia. Intelligent Home Control com estilo, segurança e economia de energia. Projetos inteligentes exigem um sistema de automação completo. Funcionamento do sistema. O funciona com entradas e saídas, controlando

Leia mais

24/06/2015 São Bernardo do Campo FORD LANÇA NOVO FOCUS HATCH 2016, MAIS COMPLETO E COM O MELHOR PREÇO DA CATEGORIA

24/06/2015 São Bernardo do Campo FORD LANÇA NOVO FOCUS HATCH 2016, MAIS COMPLETO E COM O MELHOR PREÇO DA CATEGORIA 24/06/2015 São Bernardo do Campo FORD LANÇA NOVO FOCUS HATCH 2016, MAIS COMPLETO E COM O MELHOR PREÇO DA CATEGORIA A Ford lança o Novo Focus Hatch 2016 com inovações no design, tecnologias inéditas de

Leia mais

Aula 1: Introdução à Disciplina Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina

Aula 1: Introdução à Disciplina Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina Programação para Internet Rica 1 Aula 1: Introdução à Disciplina Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina Objetivo: Identificar os princípios que se destacam como características da Web 2.0. INTRODUÇÃO

Leia mais

Sumário Apoios Dados Gerais Expositores Visitantes Congresso Fenabrave Campanha de Marketing Mídia Espontânea Fotos do evento

Sumário Apoios Dados Gerais Expositores Visitantes Congresso Fenabrave Campanha de Marketing Mídia Espontânea Fotos do evento Sumário Apoios Dados Gerais Expositores Visitantes Congresso Fenabrave Campanha de Marketing Mídia Espontânea Fotos do evento Sumário XXI EDIÇÃO DO CONGRESSO FENABRAVE TERMINA COM PREVISÃO OTIMISTA PARA

Leia mais

12 Razões Para Usar. Lightroom. André Nery

12 Razões Para Usar. Lightroom. André Nery 12 Razões Para Usar Lightroom André Nery André Nery é fotógrafo em Porto Alegre. Arquitetura e fotografia outdoor, como natureza, esportes e viagens, são sua área de atuação. Há dez anos começou a ministrar

Leia mais

ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO

ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO SOBRE O CURSO A revolução tecnológica das últimas décadas, especialmente na área de informática, tem alterado nossa sociedade. O Engenheiro de Computação é um profissional que

Leia mais

Metodologia. Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Público Alvo: Amostra: 500 entrevistas realizadas. Campo: 16 a 29 de Setembro de 2010

Metodologia. Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Público Alvo: Amostra: 500 entrevistas realizadas. Campo: 16 a 29 de Setembro de 2010 Metodologia Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Através de e-survey - via web Público Alvo: Executivos de empresas associadas e não associadas à AMCHAM Amostra: 500 entrevistas realizadas Campo: 16

Leia mais

O ponto de apoio ideal dos profissionais do volante! 26 a 28 de setembro RIOCENTRO Rio de Janeiro - RJ

O ponto de apoio ideal dos profissionais do volante! 26 a 28 de setembro RIOCENTRO Rio de Janeiro - RJ O ponto de apoio ideal dos profissionais do volante! 26 a 28 de setembro RIOCENTRO Rio de Janeiro - RJ A Expotáxi agora é nacional Atendendo ao grande apelo da imensa maioria dos expositores e ao sucesso

Leia mais

PROCESSO: 23070.002583/2015-70 EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 88/2015 VEÍCULOS: SUV, VAN, MINIVAN E SEDAN VIGÊNCIA DA ATA: 15/10/2015 a 14/10/2016

PROCESSO: 23070.002583/2015-70 EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 88/2015 VEÍCULOS: SUV, VAN, MINIVAN E SEDAN VIGÊNCIA DA ATA: 15/10/2015 a 14/10/2016 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS DEPARTAMENTO DE MATERIAL E PATRIMÔNIO PROCESSO: 23070.002583/2015-70 EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 88/2015

Leia mais

30 de outubro a 9 de novembro de 2014 Anhembi São Paulo

30 de outubro a 9 de novembro de 2014 Anhembi São Paulo 30 de outubro a 9 de novembro de 2014 Anhembi São Paulo O EVENTO O EVENTO O Salão Internacional do Automóvel de São Paulo é uma oportunidade para o público apaixonado por automóveis ter a primeira oportunidade

Leia mais

MELHORIA DA QUALIDADE DO AUTOMÓVEL BRASILEIRO

MELHORIA DA QUALIDADE DO AUTOMÓVEL BRASILEIRO MELHORIA DA QUALIDADE DO AUTOMÓVEL BRASILEIRO JOÃO RICARDO SANTOS TORRES DA MOTTA Consultor Legislativo da Área IX Política e Planejamento Econômicos, Desenvolvimento Econômico, Economia Internacional,

Leia mais

Nova plataforma Toyota (TNGA) para produzir Carros cada vez Melhores i

Nova plataforma Toyota (TNGA) para produzir Carros cada vez Melhores i Nova plataforma Toyota (TNGA) para produzir Carros cada vez Melhores i "Com as repentinas e drásticas evoluções no mundo automóvel, as formas convencionais de pensar e de fazer negócios já não nos permitem

Leia mais

Segundo Seminário Internacional sobre Uso Eficiente do Etanol

Segundo Seminário Internacional sobre Uso Eficiente do Etanol Segundo Seminário Internacional sobre Uso Eficiente do Etanol Rio de Janeiro 17 e 18 de Setembro de 2015 CELSO RIBEIRO BARBOSA DE NOVAIS Chefe da Assessoria de Mobilidade Elétrica Sustentável & Coordenador

Leia mais

Pesquisa Bosch de Segurança Ativa no Brasil

Pesquisa Bosch de Segurança Ativa no Brasil Sistema de Segurança Ativa Bosch, o anjo da guarda dos motoristas. Pesquisa Bosch de Segurança Ativa no Brasil Os motoristas brasileiros conhecem seu anjo da guarda? 2 Sistema de Segurança Ativa Bosch,

Leia mais

Brasil é o maior fabricante

Brasil é o maior fabricante Produtos No Brasil a fabricação artesanal do primeiro ônibus é atribuída aos imigrantes italianos e irmãos Luiz e Fortunato Grassi. Em 1904 eles fabricavam carruagens em São Paulo e em 1911 encarroçaram

Leia mais

Agregando valor com Business Service Innovation

Agregando valor com Business Service Innovation Agregando valor com Business Service Innovation A TI é enorme. Existem tantos bits no universo digital quanto estrelas em nosso universo físico. é arriscada. Dois terços dos projetos de TI estão em risco,

Leia mais

OS CARROS FLEX FUEL NO BRASIL

OS CARROS FLEX FUEL NO BRASIL OS CARROS FLEX FUEL NO BRASIL PAULO CÉSAR RIBEIRO LIMA Consultor Legislativo da Área XII Recursos Minerais, Hídricos e Energéticos MARÇO/2009 Paulo César Ribeiro Lima 2 SUMÁRIO 1. Introdução...3 2. Histórico...3

Leia mais

fornecendo valor com inovações de serviços de negócios

fornecendo valor com inovações de serviços de negócios fornecendo valor com inovações de serviços de negócios A TI é grande. Tantos bits no universo digital quanto estrelas em nosso universo físico. é arriscada. Dois terços dos projetos de TI estão em risco,

Leia mais

Prêmio AEA 2015 - Projetos de Meio Ambiente

Prêmio AEA 2015 - Projetos de Meio Ambiente Prêmio AEA 2015 - Projetos de Meio Ambiente Desenvolvimento de uma Bomba Elétrica de Combustível Flex com foco na Eficiência Responsáveis pelo Projeto (Erwin Franieck, Celso Favero, Lazaro Melo, Rafael

Leia mais

Scania Driver Support, Opticruise e Retarder.

Scania Driver Support, Opticruise e Retarder. Scania Condução Econômica Scania Driver Support, Opticruise e Retarder. Scania Condução Econômica 2 3 A Scania avança para que o seu negócio não pare de prosperar. A Scania não para de acelerar rumo à

Leia mais

Roteiro de Aplicação da Economia Criativa e Inovação como critérios na FETEPS

Roteiro de Aplicação da Economia Criativa e Inovação como critérios na FETEPS Roteiro de Aplicação da Economia Criativa e Inovação como critérios na FETEPS Com objetivo de auxiliar na elaboração dos trabalhos, apresentamos critérios relacionados a Economia Criativa e Inovação, conceitos

Leia mais

Globalweb otimiza oferta e entrega de serviços a clientes com CA AppLogic

Globalweb otimiza oferta e entrega de serviços a clientes com CA AppLogic CUSTOMER SUCCESS STORY Globalweb otimiza oferta e entrega de serviços a clientes com CA AppLogic PERFIL DO CLIENTE Indústria: Serviços de TI Companhia: Globalweb Outsourcing Empregados: 600 EMPRESA A Globalweb

Leia mais

MONITORE E CONTROLE SEUS SISTEMAS INTELIGENTES DE GERENCIAMENTO DE EVENTOS E MONITORAMENTO VISUAL DE ALARME DE INCÊNDIO ALARME DE INCÊNDIO

MONITORE E CONTROLE SEUS SISTEMAS INTELIGENTES DE GERENCIAMENTO DE EVENTOS E MONITORAMENTO VISUAL DE ALARME DE INCÊNDIO ALARME DE INCÊNDIO MONITORE E CONTROLE SEUS SISTEMAS GERENCIAMENTO DE EVENTOS INTELIGENTES DE E MONITORAMENTO VISUAL DE ALARME DE INCÊNDIO ALARME DE INCÊNDIO SEJA VOCÊ GERENTE DE UNIDADE OU PROFISSIONAL DO SETOR DE COMBATE

Leia mais

Novo Opticruise, Retarder e Scania Driver Support

Novo Opticruise, Retarder e Scania Driver Support Condução Econômica Novo Opticruise, Retarder e Scania Driver Support Condução Econômica 2-3 A Scania avança para os custos recuarem. A Scania não para de acelerar rumo à diminuição de custos operacionais

Leia mais

MONITORE E CONTROLE SEUS SISTEMAS INTELIGENTES DE GERENCIAMENTO DE EVENTOS E MONITORAMENTO VISUAL DE ALARME DE INCÊNDIO ALARME DE INCÊNDIO

MONITORE E CONTROLE SEUS SISTEMAS INTELIGENTES DE GERENCIAMENTO DE EVENTOS E MONITORAMENTO VISUAL DE ALARME DE INCÊNDIO ALARME DE INCÊNDIO MONITORE E CONTROLE SEUS SISTEMAS GERENCIAMENTO DE EVENTOS INTELIGENTES DE E MONITORAMENTO VISUAL DE ALARME DE INCÊNDIO ALARME DE INCÊNDIO SEJA VOCÊ GERENTE DE UNIDADE OU PROFISSIONAL DO SETOR DE COMBATE

Leia mais

Oportunidades de Patrocínio. cloudstackday. 12/02/2015 São Paulo. Auditório István Jancsó Universidade de São Paulo

Oportunidades de Patrocínio. cloudstackday. 12/02/2015 São Paulo. Auditório István Jancsó Universidade de São Paulo Oportunidades de Patrocínio 12/02/2015 São Paulo Auditório István Jancsó Universidade de São Paulo Situação do mercado brasileiro de TI O Brasil vive um déficit de mão-de-obra qualificada, especialmente

Leia mais

História e evolução do Automóvel

História e evolução do Automóvel I Mostra de Carros Antigos SENAI Santo Amaro Mecânica Online Apresentação Tarcisio Dias História e evolução do Automóvel 125 anos de inovação Novembro - 2011 História e evolução do Automóvel Tarcisio Dias

Leia mais

Terceirização de RH e o líder de TI SUMÁRIO EXECUTIVO. Sua tecnologia de RH está lhe proporcionando flexibilidade em TI?

Terceirização de RH e o líder de TI SUMÁRIO EXECUTIVO. Sua tecnologia de RH está lhe proporcionando flexibilidade em TI? SUMÁRIO EXECUTIVO Sua tecnologia de RH está lhe proporcionando flexibilidade em TI? EM ASSOCIAÇÃO COM A TERCEIRIZAÇÃO DE RH LIBERA AS EQUIPES DE TI Nove em cada 10 CIOs se preocupam em reter os melhores

Leia mais

Levando os benefícios do IP aberto ao controle de acesso físico. Controlador de porta em rede AXIS A1001

Levando os benefícios do IP aberto ao controle de acesso físico. Controlador de porta em rede AXIS A1001 Levando os benefícios do IP aberto ao controle de acesso físico. Controlador de porta em rede AXIS A1001 Abra as portas para o futuro. Com o Controlador de porta em rede AXIS A1001, estamos introduzindo

Leia mais

IW10. Rev.: 02. Especificações Técnicas

IW10. Rev.: 02. Especificações Técnicas IW10 Rev.: 02 Especificações Técnicas Sumário 1. INTRODUÇÃO... 1 2. COMPOSIÇÃO DO IW10... 2 2.1 Placa Principal... 2 2.2 Módulos de Sensores... 5 3. APLICAÇÕES... 6 3.1 Monitoramento Local... 7 3.2 Monitoramento

Leia mais

Slice Management. Controlando o que você não vê. Direto ao assunto

Slice Management. Controlando o que você não vê. Direto ao assunto Slice Management Controlando o que você não vê Direto ao assunto O Slice Management (SM) é uma prática de gerenciamento que consiste em colocar um sistema de inteligência em todas as áreas da empresa.

Leia mais

SYSTIMAX Solutions. imvisiontm. Gestão de Infraestrutura. Simplificada.

SYSTIMAX Solutions. imvisiontm. Gestão de Infraestrutura. Simplificada. SYSTIMAX Solutions imvisiontm. Gestão de Infraestrutura. Simplificada. 1 Toda rede deve ser administrada. A questão é COMO? A visão: Conseguir o sucesso comercial a partir de uma melhor administração de

Leia mais

Gerenciamento de Redes

Gerenciamento de Redes Gerenciamento de Redes As redes de computadores atuais são compostas por uma grande variedade de dispositivos que devem se comunicar e compartilhar recursos. Na maioria dos casos, a eficiência dos serviços

Leia mais

Capítulo 12. Dimensão 7: Aprendizado com o Ambiente. Acadêmica: Talita Pires Inácio

Capítulo 12. Dimensão 7: Aprendizado com o Ambiente. Acadêmica: Talita Pires Inácio Capítulo 12 Dimensão 7: Aprendizado com o Ambiente Acadêmica: Talita Pires Inácio Empresa ABC Crescimento atribuído a aquisições de empresas de menor porte; Esforços de alianças estratégicas e joint-ventures

Leia mais

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 PROSPERE NA NOVA ECONOMIA A SPEKTRUM SUPORTA A EXECUÇÃO DA SUA ESTRATÉGIA Para as empresas que buscam crescimento

Leia mais

Grupo da Qualidade. Grupos de Trabalho

Grupo da Qualidade. Grupos de Trabalho Grupos de Trabalho Grupo da Qualidade A finalidade do Grupo da Qualidade é promover ações para discussão e melhoria do sistema de gestão da qualidade das empresas associadas ao Sindipeças. Coordenador:

Leia mais

Cisco UCS Mini: solução avançada com recursos corporativos

Cisco UCS Mini: solução avançada com recursos corporativos Resumo da solução Cisco UCS Mini: solução avançada com recursos corporativos Você deseja uma solução de computação unificada para a sua empresa de médio ou pequeno porte ou para o padrão avançado do seu

Leia mais

Veículo Urbano Inteligente da ZF: perfeito para a cidade

Veículo Urbano Inteligente da ZF: perfeito para a cidade Página 1/6, 01/07/2015 Veículo Urbano Inteligente da ZF: perfeito para a cidade Manobrabilidade no trânsito urbano com o conceito inovador de eixo dianteiro e motores elétricos montados próximos às rodas

Leia mais

Caminhões Mercedes-Benz oferecem elevado padrão de segurança

Caminhões Mercedes-Benz oferecem elevado padrão de segurança Segurança nas estradas Caminhões Mercedes-Benz oferecem elevado padrão de segurança Informação à imprensa 21 de novembro de 2012 Solução integrada da Mercedes-Benz inclui a oferta de itens de avançada

Leia mais

ARKETING INTERNET SEO CRIATIVIDADE AGÊNCIA CRIAÇÃO

ARKETING INTERNET SEO CRIATIVIDADE AGÊNCIA CRIAÇÃO DESIGN CRIAÇÃO AGÊNCIA USABILIDA ARKETING INTERNET SEO DIGIT CRIATIVIDADE DESDE 1999 NO MERCADO, A M2BRNET É UMA AGÊNCIA DE MARKETING DIGITAL ESPECIALIZADA EM SOLUÇÕES PERSONALIZADAS. SI ARQ Desde 1999

Leia mais

O papel dominante da mobilidade no mercado de trabalho

O papel dominante da mobilidade no mercado de trabalho Um perfil personalizado de adoção da tecnologia comissionado pela Cisco Systems Fevereiro de 2012 Dinâmica de ganhos com as iniciativas de mobilidade corporativa Os trabalhadores estão cada vez mais remotos,

Leia mais

automação residencial module neocontrol

automação residencial module neocontrol automação residencial module neocontrol 2014 www.neocontrol.com.br A Neocontrol S/A, indústria brasileira, oferece produtos e soluções para o mercado de automação residencial e predial. Com mais de 215

Leia mais

5 motivos para gerenciar sua frota na nuvem

5 motivos para gerenciar sua frota na nuvem 5 motivos para gerenciar sua frota na nuvem 2 ÍNDICE >> Introdução... 3 >> O que é software na nuvem... 6 >> Vantagens do software na nuvem... 8 >> Conclusão... 13 >> Sobre a Frota Control... 15 3 Introdução

Leia mais

4. Dados técnicos. BMW 116i, BMW 118i.

4. Dados técnicos. BMW 116i, BMW 118i. Página 16 4. Dados técnicos. BMW 116i, BMW 118i. BMW 116i BMW 118i Carroceria Nº de portas / assentos 5/5 5/5 Compr/largura/altura (sem carga) 1) mm 4.324/1.765/1.421 4.324/1.765/1.421 Distância entre

Leia mais

Agenda. Noções de Empregabilidade; Profissões tecnológicas ligadas à Computação; Visão do Mercado de Trabalho na Bahia e no Brasil.

Agenda. Noções de Empregabilidade; Profissões tecnológicas ligadas à Computação; Visão do Mercado de Trabalho na Bahia e no Brasil. Prof. Fernando Cardeal fcardeal@ifba.edu.br Agenda Noções de Empregabilidade; Profissões tecnológicas ligadas à Computação; Visão do Mercado de Trabalho na Bahia e no Brasil. Tempo estimado: 40 minutos.

Leia mais

Indústria Automobilística: O Desafio da Competitividade Internacional

Indústria Automobilística: O Desafio da Competitividade Internacional Encontro Econômico Brasil-Alemanha Indústria Automobilística: O Desafio da Competitividade Internacional Jackson Schneider Presidente Anfavea Blumenau, 19 de novembro de 2007 1 Conteúdo 2 1. Representatividade

Leia mais

PROJETO MINI BAJA UNIARARAS Apresentação Simplificada

PROJETO MINI BAJA UNIARARAS Apresentação Simplificada PROJETO MINI BAJA UNIARARAS Apresentação Simplificada Apresentação do projeto MINI BAJA UNIARARAS de forma resumida para entendimento de nossos futuros parceiros. Equipe Mini Baja SUMÁRIO QUEM SOMOS?...

Leia mais

Novo Sprinter da Mercedes-Benz destaca-se pela segurança exemplar no transporte de passageiros

Novo Sprinter da Mercedes-Benz destaca-se pela segurança exemplar no transporte de passageiros Sprinter Informação à Imprensa Novo Sprinter da Mercedes-Benz destaca-se pela segurança exemplar no transporte de passageiros Data: 10 de abril de 2012 Novidades do Sprinter incluem inovador ESP Adaptativo

Leia mais

Helmut Ernst é o novo presidente do Conselho Mundial de Administração da ZF Services

Helmut Ernst é o novo presidente do Conselho Mundial de Administração da ZF Services Page 1/5, Março 11, 2015 Helmut Ernst é o novo presidente do Conselho Mundial de Administração da ZF Services Especialista industrial, Ernst adota a mobilidade interligada ; Novos serviços telemáticos

Leia mais

Fórmula nacional. Nova estrela da GM Sonic chega ao Brasil em junho nas versões sedã e hatch {pág 10}

Fórmula nacional. Nova estrela da GM Sonic chega ao Brasil em junho nas versões sedã e hatch {pág 10} Nova estrela da GM Sonic chega ao Brasil em junho nas versões sedã e hatch {pág 10} Quinta-feira, 24 de maio de 2012 Edição Especial Guia de pneus Saiba como identificar a melhor alternativa para seu veículo

Leia mais

RENEX SOUTH AMERICA 2014

RENEX SOUTH AMERICA 2014 RENEX SOUTH AMERICA 2014 O mercado sul-americano de energia renovável em um só lugar 26a 28 Novembro 2014 Porto Alegre - 14h às 20h no Centro de Eventos FIERGS Entre em contato e acompanhe a RENEX pelas

Leia mais

Inovar-Auto: novas perspectivas para a indústria automotiva nacional?

Inovar-Auto: novas perspectivas para a indústria automotiva nacional? Inovar-Auto: novas perspectivas para a indústria automotiva nacional? Com a participação ativa dos Metalúrgicos da CNM/CUT, em 3 de outubro de 2012 o Governo Federal publicou o decreto 7.819/2012 1 que

Leia mais

RELATÓRIO DE MISSÃO INTERNACIONAL À ALEMANHA

RELATÓRIO DE MISSÃO INTERNACIONAL À ALEMANHA RELATÓRIO DE MISSÃO INTERNACIONAL À ALEMANHA Participantes: Dr. Roberto Simões, presidente do CDN (Conselho Deliberativo Nacional) e Dr. Carlos Alberto dos Santos, Diretor Técnico do Sebrae Nacional. Objetivo:

Leia mais

MARCOPOLO LANÇA NOVO ÔNIBUS VIALE BRT, O MAIS AVANÇADO PRODUZIDO NO BRASIL. Veículo utiliza conceitos inéditos de design, conforto e eficiência

MARCOPOLO LANÇA NOVO ÔNIBUS VIALE BRT, O MAIS AVANÇADO PRODUZIDO NO BRASIL. Veículo utiliza conceitos inéditos de design, conforto e eficiência MARCOPOLO LANÇA NOVO ÔNIBUS VIALE BRT, O MAIS AVANÇADO PRODUZIDO NO BRASIL Veículo utiliza conceitos inéditos de design, conforto e eficiência A Marcopolo lança o seu mais novo e moderno ônibus urbano,

Leia mais

COMO O INVESTIMENTO EM TI PODE COLABORAR COM A GESTÃO HOSPITALAR?

COMO O INVESTIMENTO EM TI PODE COLABORAR COM A GESTÃO HOSPITALAR? COMO O INVESTIMENTO EM TI PODE COLABORAR COM A GESTÃO HOSPITALAR? Descubra os benefícios que podem ser encontrados ao se adaptar as novas tendências de mercado ebook GRÁTIS Como o investimento em TI pode

Leia mais

Nove erros comuns que devem ser evitados ao selecionar e implementar uma solução de mobilidade

Nove erros comuns que devem ser evitados ao selecionar e implementar uma solução de mobilidade Nove erros comuns que devem ser evitados ao selecionar e implementar uma solução de mobilidade Introdução Introdução A empresa de pesquisa IDC prevê que mais da metade dos trabalhadores usarão ferramentas

Leia mais

RESUMO DA SOLUÇÃO Aperfeiçoando o planejamento de capacidade com o uso do gerenciamento de desempenho de aplicativos

RESUMO DA SOLUÇÃO Aperfeiçoando o planejamento de capacidade com o uso do gerenciamento de desempenho de aplicativos RESUMO DA SOLUÇÃO Aperfeiçoando o planejamento de capacidade com o uso do gerenciamento de desempenho de aplicativos como posso assegurar uma experiência excepcional para o usuário final com aplicativos

Leia mais

Contratos de Manutenção Mercedes-Benz para Veículos Comerciais. Bom para o seu veículo, rentável para o seu negócio. Mercedes-Benz

Contratos de Manutenção Mercedes-Benz para Veículos Comerciais. Bom para o seu veículo, rentável para o seu negócio. Mercedes-Benz Contratos de Manutenção Mercedes-Benz para Veículos Comerciais Bom para o seu veículo, rentável para o seu negócio. Mercedes-Benz Em um cenário competitivo, o sucesso não é determinado apenas pela oferta

Leia mais

Rede IPTV DX - Clubes Desportivos

Rede IPTV DX - Clubes Desportivos White Paper 24 de Setembro de 2014 Rede IPTV DX - Clubes Desportivos Alcançando e realizando o potencial do torcedor móvel IPTV Móvel para Clubes Desportivos - DX - 1 O negócio de mídia e venda para torcedores

Leia mais

SISTEMA DE SOLUÇÕES PARA GESTÃO DE CLÍNICAS DE DIAGNÓSTICO POR IMAGENS

SISTEMA DE SOLUÇÕES PARA GESTÃO DE CLÍNICAS DE DIAGNÓSTICO POR IMAGENS SISTEMA DE SOLUÇÕES PARA GESTÃO DE CLÍNICAS DE DIAGNÓSTICO POR IMAGENS OBJETIVO DA SOLUÇÃO GERCLIM WEB A solução GERCLIM WEB tem por objetivo tornar as rotinas administrativas e profissionais de sua clínica,

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos carlos@oficinadapesquisa.com.br www.oficinadapesquisa.com.br Usando o SI como vantagem competitiva Vimos

Leia mais

Prof. Mario Eduardo Santos Martins, Phd.

Prof. Mario Eduardo Santos Martins, Phd. Seminário Internacional de Energia da AUGM Prof. Mario Eduardo Santos Martins, Phd. Universidade Federal de Santa Maria Grupo de Pesquisa em Motores, Combustíveis e Emissões Necessidade de energia Iluminação

Leia mais

Em 2020 consultorias estimam que o número de usuários desse tipo de seguro já esteja próximo de 140 milhões de apólices no mundo.

Em 2020 consultorias estimam que o número de usuários desse tipo de seguro já esteja próximo de 140 milhões de apólices no mundo. A Drivedata surgiu com a proposta de oferecer a tecnologia necessária para que as seguradoras possam implantar sistemas de Usage Based Insurance de forma rápida, eficiente e barata. Nosso produto está

Leia mais

Adapte. Envolva. Capacite.

Adapte. Envolva. Capacite. Adapte. Envolva. Capacite. Ganhe produtividade em um Ambiente de trabalho digital #DigitalMeetsWork Os benefícios de um ambiente de trabalho digital têm impacto na competitividade do negócio. Empresas

Leia mais

Quadro de Comando 24V SMD CAN ISO 9001. 32 bits. A modernização necessária para seu elevador! 240m/min. Até 48. Componentes. Alimentação.

Quadro de Comando 24V SMD CAN ISO 9001. 32 bits. A modernização necessária para seu elevador! 240m/min. Até 48. Componentes. Alimentação. Quadro de Comando Componentes SMD Processador 32 bits Alimentação 24V Até 48 Comunicação CAN pavimentos Velocidade até Apenas conexões* 240m/min 27 Empresa com Duplex, Triplex e Quadriplex ISO 9001 A modernização

Leia mais

Informativo do ODI/Paraná - Setor Automotivo

Informativo do ODI/Paraná - Setor Automotivo Caros! Segue Informativo ODI/Paraná Setor Automotivo. Atenciosamente Carla Fontana e Camila Bruning Observatório de Desenvolvimento da Indústria Sistema Federação das Indústrias do Estado do Paraná e-mail:carla.fontana@fiepr.org.br

Leia mais

Níveis de segurança nos carros da América Latina continuam sendo muito baixos, embora algumas marcas mostrem avanços

Níveis de segurança nos carros da América Latina continuam sendo muito baixos, embora algumas marcas mostrem avanços Buenos Aires, 13 de novembro de 2012 Níveis de segurança nos carros da América Latina continuam sendo muito baixos, embora algumas marcas mostrem avanços Os últimos resultados dos testes de batida publicados

Leia mais

Proposta Comercial. Empresa «Nome_da_empresa» Solução BPO Business Process Outsourcing. Número Proposta «Numero_Proposta» - «Versao»

Proposta Comercial. Empresa «Nome_da_empresa» Solução BPO Business Process Outsourcing. Número Proposta «Numero_Proposta» - «Versao» Proposta Comercial Empresa «Nome_da_empresa» Solução BPO Business Process Outsourcing Número Proposta «Numero_Proposta» - «Versao» Data 14 de setembro de 2012 Preparado para: «Nome» «Sobrenome» 1. Objetivo

Leia mais

Mercedes-Benz renova toda a linha de veículos comerciais no Brasil

Mercedes-Benz renova toda a linha de veículos comerciais no Brasil Corporativo Informação à Imprensa Mercedes-Benz renova toda a linha de veículos comerciais no Brasil Data: 23 de outubro de 2011 De forma inédita na indústria automobilística nacional, a Mercedes- Benz

Leia mais

7 Política de investimento direto no Brasil: a internacionalização da economia brasileira

7 Política de investimento direto no Brasil: a internacionalização da economia brasileira 7 Política de investimento direto no Brasil: a internacionalização da economia brasileira Alexandre Petry * A Apex foi criada em 2003, mas funcionava desde 1997 dentro da estrutura do Sebrae. Implementa

Leia mais

Copersucar completa 50 anos de liderança em açúcar e etanol com planos para aumentar ainda mais sua atuação global

Copersucar completa 50 anos de liderança em açúcar e etanol com planos para aumentar ainda mais sua atuação global Copersucar completa 50 anos de liderança em açúcar e etanol com planos para aumentar ainda mais sua atuação global Exportações de açúcar da empresa devem aumentar 86% na safra 2009/2010 A Copersucar completa

Leia mais

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

DADOS DE IDENTIFICAÇÃO 1 BUSINESS GAME UGB Eduardo de Oliveira Ormond Especialista em Gestão Empresarial Flávio Pires Especialista em Gerencia Avançada de Projetos Luís Cláudio Duarte Especialista em Estratégias de Gestão Marcelo

Leia mais

Iluminação pública. Capítulo VIII. Iluminação pública e urbana. O mundo digital

Iluminação pública. Capítulo VIII. Iluminação pública e urbana. O mundo digital 32 Led pra cá, Led pra lá... muito boa essa discussão, no entanto, o que muitas vezes deixamos de lembrar que o Led sem a eletrônica não é nada. Desde a mais simples aplicação até a mais complexa, a eletrônica

Leia mais