Mecânica 2012 e o mercado

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Mecânica 2012 e o mercado"

Transcrição

1

2

3 Editora Saber Ltda Diretor Hélio Fittipaldi Editor e Diretor Responsável Hélio Fittipaldi Revisão Técnica Eutíquio Lopez Redação Augusto Heiss Publicidade Caroline Ferreira Nikole Barros Designer Diego Moreno Gomes Colaboradores Alexandre Capelli Alexandre Comitti Celso Nobre César Cassiolato Enzo Bertazini Eutíquio Lopez Filipe Pereira Vitor Cássio Duarte Porto PARA ANUNCIAR: (11) Capa Plataforma P56 Petrobrás / Divulgação Impressão Neograf Gráfica e Editora Distribuição Brasil: DINAP Portugal: Logista Portugal tel.: ASSINATURAS fone: (11) / fax: (11) atendimento das 8:30 às 17:30h Edições anteriores (mediante disponibilidade de estoque), solicite pelo site ou pelo tel , ao preço da última edição em banca. Mecatrônica Atual é uma publicação da Editora Saber Ltda, ISSN Redação, administração, publicidade e correspondência: Rua Jacinto José de Araújo, 315, Tatuapé, CEP , São Paulo, SP, tel./fax (11) Mecânica 2012 e o mercado A Feira Internacional da Mecânica 2012, no Anhembi, foi um enorme sucesso. Muitas empresas que visitamos comentaram que devido ao comportamento do mercado, quase não foram montar seus estandes nesta feira, até porque o resultado de dois anos atrás, apesar das boas notícias da época, não tinha sido lá essas coisas. O fato é que surpreendeu a todos e revigorou os negócios daqueles que se dispuseram a expor nela. Muitos setores desta área continuam andando de lado na economia, mas aqueles que investiram em marketing com feiras e publicidade conseguiram puxar as poucas vendas no mercado para as suas companhias, enquanto Hélio Fittipaldi que outras continuaram chorando sem fazer nada. Claro que o mundo todo não está uma maravilha e nós que passamos anos e anos de agruras, criados pelos políticos e sem uma ação saneadora por parte deles, agora temos que pagar a conta. Não é com desoneração fiscal aqui e ali que resolveremos, pelo contrário, assim criaremos mais problemas para todos os setores inclusive para os contemplados. A solução ainda é a reforma tributária, a trabalhista, a previdenciária e uma série infinita de providências que não foram tomadas há anos pelos diversos governos que deveriam consolidar o Plano Real. Se isto não for feito urgentemente, perderemos feio o pouco que conseguimos, pois o capital não tem pátria e muda fácil de lugar. Como exemplo, vimos nos jornais recentemente que a Fiat irá fechar mais uma fábrica na Itália devido aos altos custos e à pressão dos sindicatos em exigir aumentos de salários. Outras montadoras na Europa estão com o mesmo plano da Fiat. Nenhuma empresa quer passar pela perda de seu patrimônio e, consequentemente, fechar. A grita continua em nosso Brasil e será bom ver a Palavra do Presidente no site da ABIMAQ (www.abimaq.org.br), onde mais uma vez Luiz Aubert Neto em sua edição nº 156/junho/2012 expõe: Pessimistas de Plantão, ou em Defesa de Interesses Próprios? Mudando um pouco de assunto, a revista Mecatrônica Atual n 55 registrou o record de downloads de sua Digital Freemium Edition em apenas dois meses - além dos exemplares à venda em papel. Hélio Fittipaldi Submissões de Artigos Artigos de nossos leitores, parceiros e especialistas do setor, serão bem-vindos em nossa revista. Vamos analisar cada apresentação e determinar a sua aptidão para a publicação na Revista Mecatrônica Atual. Iremos trabalhar com afinco em cada etapa do processo de submissão para assegurar um fluxo de trabalho flexível e a melhor apresentação dos artigos aceitos em versão impressa e online. Associada da: Associação Nacional das Editoras de Publicações Técnicas, Dirigidas e Especializadas Atendimento ao Leitor: Os artigos assinados são de exclusiva responsabilidade de seus autores. É vedada a reprodução total ou parcial dos textos e ilustrações desta Revista, bem como a industrialização e/ou comercialização dos aparelhos ou idéias oriundas dos textos mencionados, sob pena de sanções legais. As consultas técnicas referentes aos artigos da Revista deverão ser feitas exclusivamente por cartas, ou (A/C do Departamento Técnico). São tomados todos os cuidados razoáveis na preparação do conteúdo desta Revista, mas não assumimos a responsabilidade legal por eventuais erros, principalmente nas montagens, pois tratam-se de projetos experimentais. Tampouco assumimos a responsabilidade por danos resultantes de imperícia do montador. Caso haja enganos em texto ou desenho, será publicada errata na primeira oportunidade. Preços e dados publicados em anúncios são por nós aceitos de boa fé, como corretos na data do fechamento da edição. Não assumimos a responsabilidade por alterações nos preços e na disponibilidade dos produtos ocorridas após o fechamento. 3

4 índice Aplicação do Software Proficy ifix nos 48 terminais da TRANSPETRO Softstarter A diferença entre essa tecnologia e os demais sistemas de partida de motores Automatismos Eletromecânicos Parte 2 Medição de Pressão Características, Tecnologias e Tendências Aplicação de Cilindros Pneumáticos em Controle Modulante Engenharia de Manutenção Técnica da Inspeção Visual Índice de Anunciantes: Altus Jomafer Metaltex Nova Saber Nova Saber NORD... Capa 02 Rio Mech Capa 03 Festo... Capa 04 Editorial Notícias: Pesquisa da Ford sobre o uso de mensagens de texto ao volante e a nova tecnologia SYNC Novo leitor de identificação Cognex DataMan Interruptor de Nível LBFS Technip recebe contrato da Petrobras Sistema de secagem de latas e garrafas, da Spraying Systems Co Medidor de fluxo com sensor híbrido de filme espesso, da TeleControlli Festo abre incrições para cursos em Julho Schrader lança a primeira câmara de ar verde e amarela Novo medidor de vibração, Fluke

5

6 //notícias Ford realiza pesquisa na Europa sobre o uso de mensagens de texto ao volante A Ford anunciou o resultado de um estudo inédito realizado com consumidores de diversos países da Europa para pesquisar o uso do celular na leitura e transmissão de mensagens de texto ao volante. O objetivo foi avaliar a extensão desse hábito, que é comum em todo o mundo e contribui para o aumento de acidentes, visando avançar nas soluções oferecidas pelo sistema Ford SYNC de conectividade com o celular no automóvel. A pesquisa mostrou que, em média, 48% dos motoristas entrevistados na Alemanha, Espanha, França, Grã- -Bretanha, Itália e Rússia admitiram checar seus textos ao volante. Na Itália, esse índice foi de 61%, comparado com 55% na Rússia, 49% na França e Alemanha, 40% na Espanha e 33% na Grã-Bretanha. No total, motoristas foram entrevistados. O levantamento promovido pela Ford faz parte da preparação para o lançamento do seu sistema SYNC, que pode transformar mensagens de texto em voz e também permite ao motorista enviar uma resposta selecionada dentro de uma lista de opções. Hábito perigoso Mesmo sendo um hábito comum, quase a totalidade dos motoristas 95% concorda que ler textos no trânsito é perigoso e afeta a sua segurança ao dirigir. Pelo menos a metade acredita que a sua capacidade de resposta é 50% mais lenta ao ler mensagens no celular. Os smartphones se tornaram rapidamente uma parte essencial na rotina de muitas pessoas, diz Christof Kellerwessel, engenheiro-chefe de Engenharia de Sistemas Elétricos e Eletrônicos da Ford. Mas, como as mensagens de texto podem distrair os motoristas, é óbvio o benefício de um sistema capaz de transformar em voz as mensagens de texto dos smartphones. Tecnologia SYNC - Sistema completo Desenvolvido junto com a Microsoft, o Ford SYNC é uma plataforma de software avançada que permite aos consumidores a conveniência e a flexibilidade de conectar seus aparelhos digitais e celulares Bluetooth ao veículo e operá-los usando comando de voz, ou controles instalados no volante. Ele conta com as seguintes funções: Mensagens sonoras de texto: quando pareado com um celular Bluetooth, o SYNC converte mensagens de texto Painel de veículo Ford com a tecnologia SYNC embarcada. do celular em áudio e as lê em viva voz. É possível também responder usando 20 mensagens pré-definidas; Inteligência multi-idiomas: o SYNC é pré-configurado para operar em inglês, francês e espanhol; Chamadas ativadas por voz: basta apertar o botão Talk instalado no volante e dizer o nome da pessoa com quem quer falar. O SYNC liga automaticamente para o nome listado nos contatos do celular; Funções avançadas de chamada: o SYNC inclui as mesmas funções disponíveis nos celulares, como identificação de chamadas, chamada em espera, conferência, lista de contatos e ícones de carga da bateria e força do sinal, que são exibidas na tela do rádio; Chamada de emergência: quando pareado com o celular, devidamente ligado e conectado ao SYNC - o que é projetado para ocorrer sempre que o motorista entra no carro com seu celular o sistema é preparado para ligar ao serviço local de emergência (número 911 nos Estados Unidos), se o air bag for ativado em um acidente; Check-up do veículo: o SYNC tem a capacidade de reunir informações importantes dos principais módulos de controle do veículo e enviá-las para a Ford por meio do celular do cliente. A informação é analisada automaticamente pela empresa, que gera um relatório e o envia por meio de mensagem de texto ou , conforme a preferência do cliente; Música ativada por voz: a tecnologia avançada de reconhecimento de voz do SYNC permite que se opere o celular, ou o tocador de música digital, por simples comandos de voz. É possível navegar nos arquivos de música do CD-player, do dispositivo USB ou do celular, selecionados por gênero, 6 Mecatrônica Atual :: Julho/Agosto 2012

7 //notícias DataMan 302, da Cognex álbum, artista ou música, usando comandos de voz como rock, play ou play track ; Suporte a ring tones : o SYNC toca ring tones personalizados nos celulares que dispõem dessa função. Se o usuário configurou ring tones específicos para identificar seus contatos, o SYNC vai tocá-los também; Transferência automática de agenda: o SYNC transfere automaticamente, por conexão sem fio, todos os nomes e números inseridos na agenda do celular; Conexão sem interrupção: não é necessário desligar no uma chamada ao entrar no veículo. Basta apertar o botão Telephone Button no volante e o SYNC se conecta automaticamente ao celular Bluetooth para continuar uma conversa; Navegação: a mais nova aplicação do SYNC é o sistema de informação e orientação de tráfego, integrado à tecnologia GPS e celular Bluetooth. Acionado por comando de voz, sem a necessidade de usar as mãos, ele dá acesso a boletins personalizados de trânsito, orientação de rotas e informações comerciais, sobre o tempo, esportes e notícias. O usuário pode receber alertas de trânsito por mensagem de texto, incluindo a localização e severidade de acidentes ou obras na pista, ou navegar no site que informa sobre as condições de tráfego em todo o país. O sistema de navegação orienta o motorista por instruções de áudio, rua a rua, sobre a direção a seguir, e informa também a localização de milhões de pontos, como cinemas e restaurantes. O motorista pode também personalizar o tipo de notícias que deseja receber, por comando de voz: informações sobre determinado esporte ou time, condições do tempo em uma região específica ou, por exemplo, notícias sobre negócios, variedades ou tecnologia. Rastreabilidade Completa para a Indústria Solar com o Cognex DataMan 302 O novo leitor de identificação DataMan 302, da Cognex, foi projetado especificamente para aplicações de rastreabilidade solar. Apresenta iluminação azul integrada, controlada por bancada, para a leitura de códigos de barra 2-D em wafers solares fotovoltáicos (PV). O leitor de identificação baseado em imagem de alta resolução (1280x1024 pixels) é ideal para decodificar lasers desafiadores, marcados com códigos ECC-200 Data Matrix em wafers fotovoltáicos compatíveis com o padrão SEMI de organização industrial SEMI PV , publicado em fevereiro de Os setores de energia renovável adotam rapidamente novas tecnologias para aumentar a eficiência de manufatura. Em resposta a essa necessidade, a Cognex está investindo em novos produtos que ofereçam as melhores soluções para nossos clientes desse ramo industrial, pondera Carl Gerst, vice-presidente e gerente da unidade de negócios de produtos de identificação. Ele prossegue: O leitor DataMan 302 é exatamente o que os fabricantes de painéis solares precisam para se manterem atualizados com as exigências dinâmicas e a crescente necessidade por rastreabilidade na indústria solar. O leitor solar DataMan pode ser usado para ler códigos de marcação direta na peça (DPM) em wafers fotovoltáicos ou em painéis de vidro de filme fino, tornando esse leitor o mais versátil de toda a indústria solar. A série DataMan 300 de leitores de identificação industrial baseados em imagem fornece as mais elevadas taxas de leitura e é capaz de decodificar códigos múltiplos em uma só imagem, até mesmo quando apresentados em ângulo. O algoritmo patenteado 2DMax+ consegue lidar com variações na marcação de código, códigos com cronometragens Data Matrix ou padrões de horário danificados e códigos degradados durante o processo de fabricação. Com o objetivo de assegurar rastreabilidade completa, as marcas devem ser decodificadas em muitos estágios no processo de manufatura de painéis solares. A série DataMan 300 inclui opções flexíveis de lentes, permitindo que o mesmo modelo de leitor seja utilizado em uma ampla gama de aplicações. Essas aplicações incluem: ler códigos em espaços confinados, decodificar pequenos códigos em campos de visão amplos (FOV) e escanear códigos em alta velocidade na medida em que são apresentados ao leitor pelos dispositivos de manuseio robóticos. O leitor de códigos de barra DataMan 302 está disponível agora. Para obter mais informações, visite pv-solar-id-reader.aspx. Julho/Agosto 2012 :: Mecatrônica Atual 7

8 //notícias LBFS: Detecção confiável de nível, com tecnologia inovadora de varrimento de frequência O interruptor de nível LBFS, da Baumer, constitui uma alternativa confiável aos interruptores de nível vibratórios, de utilização amplamente disseminada. O sensor LBFS é igualmente capaz de detectar níveis de materiais viscosos ou secos, podendo ser colocado em depósitos ou condutos, em qualquer posição desejada. O sensor não é influenciado por fluxo, turbulência, bolhas ou espuma, nem por partículas sólidas suspensas. A cabeça do sensor, compacta e suave, resiste à aderência do agente, mesmo que este tenha uma consistência pegajosa. Os tempos de resposta curtos do sensor permitem uma detecção rápida do nível de enchimento, além de uma conformidade rigorosa e segura do referido nível. O interruptor de nível detecta igualmente níveis de agentes contidos em depósitos, recipientes e condutos. Pode ainda ser utilizado para prevenir o transbordamento, proteger contra bombeamento em vazio e separar os agentes com misturas de óleo/água. É adequado para uma vasta gama de áreas de aplicação, incluindo águas domésticas, águas residuais, filtros de aquecimento, ventilação e climatização, sistemas hidráulicos, óleo e gás, bioenergia, granulados de madeira, moinhos de grãos, transporte ferroviário e sistemas de bomba. O sensor está alojado num corpo de aço inoxidável compacto, extremamente sólido e resistente à corrosão. A sua instalação e fácil, sendo permitida a utilização de fita selante Teflon. Uma configuração adequada é facilitada através da utilização do FlexProgrammer 9701 para PC. Graças aos tempos de resposta curtos, de apenas 0,2 segundos, o interruptor de limite funciona de forma confiável mesmo em processos de enchimento rápido. O dispositivo dispõe de uma ampla gama de temperatura de serviço, entre os -40 e os +115 C. O LBFS funciona de acordo com o princípio do varrimento de frequência, utilizando um sinal de alta frequência emitido pelo sensor que detecta uma alteração de fase no agente controlado. Quando o referido sensor detecta um agente com uma constante dielétrica fora da gama definida, é disparado um sinal eletrônico. A elevada sensibilidade do sensor, compatível com uma vasta gama de valores de medição em termos de constantes dielétricas (entre 1,5 e 100), permite uma detecção do nível em todos os tipos de pós, granulados ou líquidos. Mesmo as substâncias mais complexas, como os granulados de poliamida e papel, são passíveis de uma detecção segura. Esta tecnologia dispõe de importantes vantagens adicionais comparativamente com outros métodos de medição, como: sensores de vibração tipo garfo, sensores ultrassônicos e óticos, não dispõe de peças móveis e é insensível aos efeitos de variação em termos de condutibilidade, temperatura e pressão. O sensor é ainda adequado para todo o tipo de aplicações que, anteriormente, exigiam vários tipos de dispositivos.para mais informações, visite a página de Internet O interruptor de nível LBFS, da Baumer. Technip recebe contrato da Petrobras O contrato abrange a fabricação de 24 quilômetros de linhas de injeção de gás flexíveis de 6'' para 552 bars (7.850 libras por centímetro quadrado) de pressão, sendo dois risers de topo de 200 metros, desenvolvidos com a tecnologia Teta Clip-Technip de pressão voluta; quatro risers intermediários e inferiores, de metros e 18 quilômetros de linhas flexíveis. As linhas de injeção de gás serão usadas para reinjeção do gás produzido no reservatório, de acordo a regulamentação brasileira para o meio ambiente. Frédéric Delormel, vice-presidente executivo e COO Subsea da Technip, declarou que esta solução inovadora, desenvolvida pelas equipes francesas e brasileiras de P&D, leva a Technip ainda mais longe para atender aos requisitos de corrosão e fadiga, que aumentaram no desenvolvimento dos campos de pré-sal. O sucesso neste primeiro contrato do pré-sal para risers flexíveis de injeção de gás demonstra a posição de liderança de nossa tecnologia Teta-Clip, que atende às exigências de alta tensão e justifica os investimentos para a construção da nossa nova planta de flexíveis em Açu, no Brasil, que será capaz de fabricar estes tipos de produtos". Os tubos flexíveis serão produzidos nas fábricas de flexíveis da Technip e serão entregues em dois lotes, sendo o primeiro em 2012 e o segundo, no primeiro trimestre de Entenda melhor Riser é um tubo (ou conjunto de tubos) utilizado para transferir fluidos produzidos e/ou produtos do fundo do mar para instalações de superfície, e de injeção de transferência (ou fluidos de controle) das instalações de superfície para o fundo do mar. As linhas flexíveis são tubos flexíveis ou rígidos colocados sobre o fundo do mar, que permitem o transporte de petróleo/ gás de produção ou de injeção de fluidos. Seu comprimento pode variar de algumas centenas de metros a vários quilômetros. 8 Mecatrônica Atual :: Julho/Agosto 2012

9 //notícias Sistema de Secagem de Latas e Garrafas gera Economia de Energia às Indústrias de Bebidas Spraying Systems Co. reduz em até 30% o consumo de energia elétrica, utilizando menor quantidade de ar comprimido A Spraying Systems Co., empresa no segmento de soluções para pulverização industrial, disponibiliza às indústrias de bebidas brasileiras a solução Pacote de Facas de Ar WindJet - sistema de secagem de latas e garrafas. A solução é capaz de reduzir em até 30% o consumo de energia durante o processo industrial de secagem. Isso porque o sistema necessita de menor quantidade de ar comprimido para operar. Este é o principal benefício da solução. Em uma indústria de bebidas são secadas, por minuto, mais de mil latas, e o WindJet contribui para manter a produtividade alta, ressalta o engenheiro de aplicações da Spraying Systems Co., Eduardo Paris. Com um processo de secagem estruturado, as indústrias de bebidas atendem às normas impostas pelo Decreto 6871/09, do Governo Federal, regulamentando a padronização, classificação, registro, inspeção, produção e a fiscalização de bebidas. Por meio do WindJet, as indústrias de bebidas preparam toda a embalagem para receber os rótulos de forma adequada, com marcações legíveis. O sistema completo inclui facas de ar, sopradores, válvulas, filtros e adaptadores de montagem, além de acessórios como cotovelos, acoplamentos, grampos etc. Outra vantagem da solução é que há uma melhor higienização das latas, evitando o acúmulo de sujeira e poeira, atendendo, também, às exigências da Vigilância Sanitária. Além disso, também é possível destacar uma economia significativa no custo da produção, pois há a substituição do ponto de ar comprimido pelas facas de ar. O novo sistema apresenta baixo índice de manutenção e a instalação é feita em menos de dois dias. A Spraying Systems Co. tem o suporte técnico local e isso é um benefício para o cliente. Uma vez que todas as dúvidas, treinamentos e manutenções são realizados a partir de uma equipe fixada aqui no Brasil, diminuindo os investimentos no pós-venda, revela Paris. Para mais informações acesse Pacote de Facas de Ar WindJet - sistema de secagem de latas e garrafas. Medidor de Fluxo com Sensor Híbrido de Filme Espesso, da TeleControlli A TeleControlli, desenvolvedora de tecnologia de filme espesso, fabricou recentemente sensores de fluxo de ar, híbridos, que utilizam o princípio calorimétrico. Os principais componentes do circuito híbrido são o resistor térmico (R heater) e o termistor NTC feito de filme espesso. O aquecedor térmico é ligado eletricamente (deve subir para um valor de temperatura mais alto que a média circundante); então, ao atingir esse valor, ele se desliga e o sensor é resfriado fisicamente pelo fluxo de ar, que pode ser medido pelo circuito de controle eletrônico. A alteração da resistência elétrica (durante o resfriamento) fornece os dados para determinar a presença ou ausência do fluxo de ar, e a sua velocidade também. Repare que o substrato de cerâmica (Alumina) serve como um condutor de calor melhor que o ar: o resistor submetido à temperatura (o NTC) é aquecido indiretamente por um aquecedor separado R (o qual é impresso na Alumina como o NTC) através do substrato cerâmico, evitando dessa forma a pior condução de calor do ar envolvente. Graças à tecnologia híbrida, este tipo de dispositivos (embora eles sejam fáceis de fazer), ganha uma alta relação custo- eficiência e confiabilidade, se comparado com outras soluções tecnológicas disponíveis atualmente. Além disso, ele tem a vantagem do princípio de funcionamento calorimétrico e trabalha sem qualquer componente móvel. Você poderá, inclusive, integrar outras funções de circuitos (por exemplo, o circuito de controle de sinal) no mesmo substrato. Os técnicos da TeleControlli estão à sua disposição para encontrar as melhores soluções que se adaptem às suas reais necessidades. Julho/Agosto 2012 :: Mecatrônica Atual 9

10 //notícias Festo abre inscrições para cursos em Julho A multinacional alemã Festo, líder no mercado de automação industrial, por meio do seu braço educacional Didactic, presente no Brasil desde 1974 oferece cursos no mês de julho para os profissionais da indústria que desejem aumentar sua produtividade por meio de conhecimento e tecnologia. Atualmente são oferecidas 32 opções diferentes ministradas em diversas localidades, com datas e conteúdos personalizados para cada necessidade. As aulas possuem aproximadamente 50% de conteúdo prático, o que permite aos participantes operar hands on em equipamentos de última geração. Todos os cursos começam e terminam dentro da mesma semana, facilitando a locomoção e estadia, sem deixar o participante afastado por longos períodos do seu local de trabalho. Além disso, a Festo também oferece a opção de realizar os treinamentos in company. Todos os alunos recebem certificado de participação, que possui reconhecimento internacional. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (11) , ou pelos sites da Festo www. festo.com.br e Didactic Confira mais informações sobre os cursos abaixo: PN331 Automação de Sistemas de Tratamento de Água e Esgoto Novo na programação, o curso oferece ao participante um overview sobre automação de processos em planta de tratamento de água e esgoto, contribuindo para o aumento de confiabilidade uma exigência das autoridades e agências reguladoras para este setor, uma vez que nesta área de tratamento de água e esgoto, erros operacionais podem causar sérias consequências ao meio ambiente. Duração: 20 horas Datas: 2 a 4 (Diurno) e 23 a 25 (Diurno) Investimento: R$ 800/participante (cursos no Estado de São Paulo) e R$ 835/participante (cursos nos demais Estados). LP131 SMED Otimização dos Tempos de Set-up Na programação do curso são abordados os sistemas produtivos e controles de produção, relação entre lote de produção e tempos de set-up e o Método SMED (Single Minute Exchange of Die), além de outros temas como o Método OTED (One- -Touch Exchange of Die), soluções construtivas para set-ups rápidos e influências da otimização de set-up na produção e controle de estoques. Duração: 2 dias/ 16 horas Data: 5 e 6, das 8h30 às 17h30 Investimento: R$420/participante (cursos no Estado de São Paulo) e R$440/participante (cursos nos demais Estados). LP141 Manutenção Produtiva Total (TPM) e Estratégias de Manutenção Fornece aos técnicos de manutenção e operação das empresas uma visão geral sobre as estratégias de manutenção mais utilizadas e compara as técnicas de manutenção baseadas em diferentes necessidades fornecendo, portanto, a base para tomada de decisões nas etapas de manutenção, visando maximizar a disponibilidade das máquinas na empresa. Novidade no cronograma da Festo, o curso oferece exercícios e exemplos práticos. Duração: 2 dias/ 16 horas Data: 26 e 27, das 8h30 às 17h30. Investimento: R$ 450/participante (cursos no Estado de São Paulo) e R$ 470/participante (cursos nos demais Estados). Train the Trainer Formação de Multiplicadores Excelentes Este curso aborda as competências, o papel e a postura necessária de um multiplicador, metodologias de treinamento e desenvolvimento de conteúdo e qualificações eficientes. Outros temas como bases de comunicação, apresentação de um curso, linguagem corporal e dinâmicas de grupo também fazem parte da programação. Duração: 2 dias/ 16 horas Data: 12 e 13, das 8h30 às 17h30 Investimento: R$ 640/participante (cursos no Estado de São Paulo) e R$ 670/participante (cursos nos demais Estados). 10 Mecatrônica Atual :: Julho/Agosto 2012

11 //notícias Schrader lança a primeira câmara de ar verde e amarela A qualidade do produto é conferida pela borracha, que passa por severos testes de qualidade e garante elasticidade, resistência e alta durabilidade, além das originais Válvulas Schrader. São 17 modelos para aplicações em motocicletas, carros de passeio, caminhões, ônibus, máquinas agrícolas e industriais leves. A Schrader International, fornecedora de soluções de sensores, válvulas para pneus e componentes para sistema de ar condicionado para as principais empresas dos mercados automotivo e industrial, lança sua primeira linha de câmaras de ar no Brasil. A empresa, que já possui uma linha de produtos para borracharia e itens de reparos de pneus, composta por ferramentas, núcleo de válvulas, contrapeso, lubrificantes, macacos hidráulicos, remendos e manchões, completa a série com uma linha de 17 câmaras de ar direcionadas ao nicho Premium. A Schrader do Brasil decidiu lançar sua linha de câmaras de ar para o setor de reposição. Trata-se de um produto nacional com a válvula, borracha e embalagem feitas totalmente com mão-de-obra e matéria-prima verde e amarela. As novas câmaras seguem o padrão de qualidade Schrader, uma empresa há mais de 165 anos no mercado. A borracha passa por severos testes de qualidade e garante elasticidade, resistência e alta durabilidade, sem o risco de deformação e expansão. As válvulas das câmaras, por sua vez, são fabricadas seguindo as normas internacionais de item de segurança e com as matérias-primas de alto padrão, como o latão e butyl puros, que garantem o perfeito funcionamento do equipamento em todas as situações. Inicialmente, serão 17 modelos para aplicações em motocicletas, carros de passeio, caminhões, ônibus, máquinas agrícolas e empilhadeiras. A expectativa da empresa é que a linha seja ampliada no futuro, atendendo todos os segmentos de pneus. As câmaras de ar serão distribuídas para a rede de clientes Schrader espalhada por todo o Brasil e serão exportadas também para a América Latina. A empresa conta hoje com clientes ativos no mercado interno, entre distribuidores, lojas e centros automotivos. Para informações adicionais visite o site Câmara de ar com válvula Schrader. Medidor de vibração Fluke 805. Novo Medidor de Vibração, Fluke 805 Melhor repetibilidade e precisão para verificar o funcionamento de motores e de outros equipamentos giratórios A Fluke Corporation apresenta o Medidor de Vibração Fluke 805, uma ferramenta portátil de medição de vibração multifuncional que proporciona informações mensuráveis sobre o rolamento e funcionamento geral de motores e de outros equipamentos giratórios. O Fluke 805 mede: Vibração geral Ele mede vibração de 10 a 1000 Hz e fornece avaliação de gravidade de quatro níveis para vibração em geral e condição de rolamento; Condição do rolamento (CF+, ou fator de crista mais) O medidor detecta picos de 4000 Hz a Hz nas leituras do sinal de vibração do rolamento e utiliza algoritmo patenteado para interpretar a gravidade e determinar se o rolamento está em más condições; Temperatura de Superfície Um sensor infravermelho mede automaticamente a temperatura de contato e a exibe juntamente com a leitura de vibração para entender melhor o funcionamento da máquina. O Medidor de Vibração, tem um design exclusivo da ponta do sensor que reduz as variações de medição causadas pelo ângulo do instrumento ou pela pressão de contato. O medidor também fornece o nível de gravidade tanto para a vibração geral quanto para as condições de leitura do rolamento, portanto, proporciona mais informações que as canetas de vibração. Os dados registrados podem ser facilmente transferidos para o Excel visando criar relatórios de tendências. Julho/Agosto 2012 :: Mecatrônica Atual 11

12 case Aplicação do Software Proficy ifix como padrão de software supervisório nos 48 Terminais da TRANSPETRO existentes em todas as regiões do Brasil Apresentamos neste artigo a implantação do software Proficy ifix para supervisão e controle na atividade de transferência e estocagem de petróleo e seus derivados Vitor Cássio Duarte Porto Enzo Bertazini saiba mais Testes Definidos por Software Saber Eletrônica 436 Software para testes de próteses de válvulas cardíacas Saber Eletrônica 433 Softwares de Supervisão br/secoes/leitura/786 AutoCad aplicado à Mecatrônica Parte 1 Mecatrônica Fácil 01 CLP Evolução e Tendências br/secoes/leitura/735 TRANSPETRO Maior armadora da América Latina e principal empresa de logística e transporte de combustíveis do Brasil, a Petrobras Transporte S.A Transpetro atende às atividades de transporte e armazenamento de petróleo e derivados, álcool, biocombustíveis e gás natural. A Transpetro é responsável por uma rede de estradas invisíveis formada por mais de 14 mil km de dutos entre oleodutos e gasodutos que interligam todas as regiões brasileiras e abastecem os mais remotos pontos do país. À malha de dutos se aliam terminais e uma frota de navios petroleiros, unindo as áreas de produção, refino e distribuição da Petrobras e atuando na importação e exportação de petróleo e derivados, de biocombustíveis e de gás natural. Breve histórico Em 2001 a equipe da Automação da Transpetro iniciou a implantação do supervisório Proficy ifix, software adquirido da Empresa GE Intelligent Platforms, nos Terminais, visando uma atualização tecnológica e melhora na segurança operacional nas operações de transferência e estocagem nos Terminais da Transpetro. Arquitetura O sistema de supervisão e controle é constituído por dois servidores SCADAS (Supervisory Control And Data Acquisition) que estão ligados aos CLPs (Controle Lógico Programável), que aquisitam os dados de instrumentos e equipamentos de campo e no mínimo mais duas estações clientes. Através deste sistema é possível a execução de comandos, tais como abertura de válvulas e acionamento de bombas que são responsáveis pelo bombeamento do petróleo para as refinarias e os derivados do petróleo (gasolina, nafta, GLP, diesel, óleo combustível, etc) para as Companhias (Shell, Ipiranga, Texaco, BR, etc). Os servidores SCADA trabalham em Hot-Standby (quando da parada do servidor principal, o backup assume automaticamente a função Hot ). 12 Mecatrônica Atual :: Julho/Agosto 2012

13 case Protocolos de Comunicação Tanto a Rede de Supervisão que engloba todas as estações do Proficy ifix como a Rede de Controle que engloba a comunicação com todos os CLPs, utilizam o padrão Ethernet e protocolo TCP/IP, sendo que nos dois SCADAS é usada uma segunda placa de rede com outra faixa de endereço IP para a comunicação com os CLPs. Na Rede de Supervisão é utilizada a mesma infraestrutura da Rede Corporativa PETROBRAS, mas separada através de VLAN (Rede Local Virtual) e em alguns Terminais a segmentação já é através de FireWall, que está em fase de implementação em todos os Terminais da TRANSPETRO (figura 1). Comunicação de dados entre CLPs e o Supervisório Proficy ifix Para a comunicação entre os dados que são aquisitados dos CLPs através do Supervisório ifix utilizamos drivers no padrão OPC (OLE for Process Control). F1. Protocolos de Comunicação Ethernet e TCP/IP. Estruturação das Telas São duas telas fixas a Barra Título, localizada na parte superior do monitor, onde mostra o nome da estação, o nome da tela central que está aberta, a data e hora atual e o nome e o grupo do usuário que está logado. Ao clicar no botão com o desenho de uma chave será aberta uma tela pop-up de login para a troca do usuário, ou para efetuar o logout. A segunda tela fixa à Barra Menu fica localizada na parte inferior do monitor e contempla o sumário com os últimos cinco alarmes atuados, com 6 colunas (Ack = alarmes reconhecidos e não reconhecidos; Time = hora que atuou o alarme; Tagname = nome do tag; Status = tipo de alarme; Value = valor corrente do tag; Description = descrição do alarme) sendo ordenados por prioridade e ordem cronológica decrescente, há também botões para abertura de algumas telas e um display no canto inferior direito onde mostra qual o servidor que está Hot. Somente as telas que ficam no centro do monitor é que são trocadas. A tela Resumo Geral é uma das mais usadas, ela mostra os valores das variáveis de nível, volume, vazão, temperatura do produto nos tanques e pressão, vazão, densidade e temperatura do produto no oleoduto, status F2. Tela "resumo Geral". das bombas. Há botões para acesso a telas com gráficos de trend real ou histórico das variáveis dos tanques, dutos e equipamentos (figura 2). Quando do início do envio ou recebimento de produto nos tanques é necessário efetuar os ajustes de alarmes de nível/volume, nesta mesma tela o Operador carrega uma tela pop-up chamada de Ajuste de Alarmes clicando sobre o datalink do nível/volume do tanque, podendo além de efetuar os ajustes necessários, escrever algum comentário. E a qualquer tempo pode habilitar ou desabilitar os alarmes, consultar o valor do histórico, gravar o nome do tag para ser plotado num gráfico histórico (figura 3). Julho/Agosto 2012 :: Mecatrônica Atual 13

14 case F4. Tela do DVA. F3. Tela "Ajuste de Alarmes". Acompanhamento das diferenças de volume Através da tela do DVA (Diferença de Volume Acumulado), o Operador monitora em tempo real a diferença do volume de produto que é transferido do Terminal para a Companhia recebedora, podendo detectar um possível vazamento. Se os valores forem diferentes do esperado, serão emitidos alarmes que foram previamente definidos. Tal tela fica em tempo integral num dos monitores de vídeo, mostrando gráficos de tendência dos valores do DVA e das variáveis de pressão e vazão, mesmo quando do duto parado (figura 4). Diagnósticos As telas de diagnósticos (figura 5) são para que o Operador possa analisar e tomar alguma ação, quando dos alarmes de falha de equipamento, podendo assim continuar a operação através de outro equipamento e efetuar abertura de chamada para equipe de manutenção para reparo. Estado Mnemônico Cor Aberta Aberto Vermelho Fechada Fechado Verde Parada em trânsito Parado Azul Fechando Fechando Azul piscando Verde Abrindo Abrindo Azul piscando Vermelho Manutenção Manutencao Amarela Falha Falha Violeta T1. O estado, o mnemônico e a cor para as Válvulas. Comandos Quando do início ou final de um bombeamento de produto para alguma Companhia, ou mesmo para outro Terminal ou Refinaria, é necessário abrir ou fechar algumas válvulas e ligar ou desligar algumas bombas. Através de um click do mouse no objetoválvula ou bomba numa tela de processo (figura 6), é carregada uma tela pop-up para comando de abertura/fechamento/ parada de válvulas dos dutos (figura 7) ou a tela para ligar ou desligar as bombas (figura 8) Estado de válvulas As válvulas sinalizadas e motorizadas são animadas. Na tabela 1 temos o estado das válvulas, o mnemônico e a cor que são mostrados na tela do supervisório. Estados de Bombas, Compressores e Similares As bombas, compressores e similares são animados. Na tabela 2 temos o estado, o mnemônico e a cor que são mostrados na tela do supervisório. F5. Tela de Diagnósticos. Telemetria do produto no tanque Em cada tanque tem um conjunto de instrumentos que compõem um sistema de telemedição do nível, água, temperatura e densidade do produto nos tanques que são lidos na IHM, não sendo necessário que o operador tenha a necessidade de subir nos tanques para medição manual através de trena. Através destes dados é feito o controle de estoque dos produtos no Terminal. Estado Mnemônico Cor Ligado Ligado Vermelho Desligado Desligado Verde Manutenção Manutencao Amarelo Pronto a operar Pronto Verde Falha Falha Violeta T2. O estado, o mnemônico e a cor para Bombas e Compressores. 14 Mecatrônica Atual :: Julho/Agosto 2012

15 case F6. Tela de Processo. Nesta tela específica o Operador tem algumas opções de comandos tais como: comandar a medição de água no tanque de Diesel; comandar o recolhimento do medidor para manutenção e etc. (figura 9). Consulta do histórico de alarmes e eventos O registro das ocorrências de alarmes e eventos (ex.: todos os comandos efetuados pelo Operador) são enviados pelo Proficy ifix através de configuração do alarme ODBC no SCU (System Configuration Utility) enviado para um servidor de banco de dados (MySQL), permitindo a qualquer tempo ao Operador ou Administrador do Sistema, efetuar consultas, utilizando-se de recursos de filtros e podendo selecionar um período, um tag e/ou descrição, tendo a opção de exportar o resultado da consulta para arquivo no formato csv (figura 10). Gráficos Utilizamos dois tipos de gráficos, o de Trend Real e o do Histórico. F7. Tela de comandos da XV 102. F8. Tela de Comando da B-5920A. O gráfico de Trend Real é usado com os valores da base de dados (que são atualizados a cada segundo) para acompanhamento do bombeamento em tempo real das variáveis dos dutos de pressão, vazão, temperatura e outras, podendo tomar decisões necessárias conforme procedimento operacional. E o gráfico Histórico, como o nome já diz, é para consulta histórica, preenchimento de relatórios, efetuar qualquer análise para melhora do processo e/ou investigar alguma ocorrência anormal. Julho/Agosto 2012 :: Mecatrônica Atual 15

16 case F9. Opções de comando para o operador na tela de Tancagem. No caso do histórico, os dados são coletados da base de dados a cada 10 segundos e gravados em arquivo a cada minuto (figura 11). Tipo de alarmes Como citado anteriormente, na parte inferior do monitor está localizada a tela Barra Menu onde temos o sumário de alarmes que lista somente os alarmes ativos. Na tabela 3 são mostrados os alarmes analógicos, as descrições e as respectivas cores que são apresentados no sumário de alarmes. Na tabela 4 temos os alarmes digitais e suas respectivas descrições e cores. Gerenciamento de Alarmes Outro recurso que foi criado através do Sistema de Supervisão e Controle são quatro estados operacionais: Parado, Operando, Partindo e Parando. Tais estados tem por finalidade racionalizar os alarmes no supervisório, lembrando que segundo a EEMUA (The Engineering Equipment And Materials Users Association): Alarme é qualquer meio auditivo ou visual que F10. Tela de Consulta de Alarmes e Eventos. indique uma condição anormal associada ao processo ou equipamento, e que exige uma ação em um tempo restrito. Através de um estudo feito utilizando o histórico do ifix, foi possível definir as características de cada bombeio. Quando do estado operacional Partindo ou Parando. os alarmes dos equipamentos/instrumentos ao bombeio específico são suprimidos, e quando dos estados Parado ou Operando eles são ativados e ajustados com os valores dos alarmes conforme procedimento operacional, tudo automaticamente. Schedule: No Proficy ifix é utilizada a 16 Mecatrônica Atual :: Julho/Agosto 2012

17 case F11. Tela do Gráficos Trend Real e Hitórico. Alarme Descrição Cor HI Alarme alto Vermelho HIHI Alarme muito alto Viloleta RATE (ROC) Este alarme indica que o valor da variável excedeu uma taxa pré-definida de mudança, num scan da base de dados Vermelho LO Alarme baixo Vermelho LOLO Alarme muito baixo Violeta UNDER Quando o valor da variável é inferior ao valor limite de baixa do instrumento configurado no ifix Azul Cian OVER Quando o valor da variável é superior ao valor limite alto do range do instrumento configurado no ifix Azul Cian T3. Alarmes analógicos e suas respectivas descrições e cores. Alarme Descrição Cor CFN (Change from Normal Open) Valor muda de um 1 para 0 Azul Cian CFN (Change from Normal Close) Valor muda de um 0 para 1 Azul Cian COS (Change of State) Mudanças de valor em qualquer direção Azul Cian OK (Change from Normal) Retorno para condição normal Verde T4. Alarmes digitais e suas respectivas descrições e cores. opção de agendamento de tarefas que podem ser executadas por evento ou por tempo. Exemplo de tarefas por evento: 1) O som de alarmes, quando o contador de alarmes não reconhecidos for maior que zero será executado um arquivo de som beep.wav. 2) Quando o valor de um tag digital previamente definido for para 1, serão suprimidos os alarmes de alguns tags. Exemplo de tarefas por tempo: 1) Toda segunda-feira, quarta-feira e sexta-feira será sincronizado o relógio do CLP através do relógio do Servidor SCADA. 2) Toda quinta-feira às 08h 30min será acionado o teste de alarme de emergência do Terminal. Conclusão Através da implantação do software Proficy ifix nos Terminais da TRANSPETRO com os padrões de telas, consultas de histórico de alarmes e eventos, desenhos de equipamentos/ instrumentos, tabela de cores de status dos equipamentos/instrumentos e definições dos alarmes, foi conseguida uma maior agilidade nas operações e um aumento da segurança operacional, podendo o Operador tomar decisões acertadas para o cumprimento da missão da Transpetro. Foi alcançada também uma maior eficiência na implementação de novos projetos pela equipe de Automação e pela equipe de Manutenção na tarefa de manter todo o sistema de supervisão e controle funcionando adequadamente. MA Vitor Cássio Duarte Porto é Técnico de Informática SR da Petrobras Transporte S.A TRANSPETRO Enzo Bertazini é Professor da Unisanta Universidade Santa Cecília Julho/Agosto 2012 :: Mecatrônica Atual 17

18 automação Soft Starters Um comparativo técnico entre essa tecnologia e os demais sistemas de partida de motores Com certeza, a maior parte da carga elétrica em uma indústria, seja ela de processos contínuos ou discretos, é a motorização. Projetar sistemas de partida de motores, portanto, há muito é um desafio para os integradores de tecnologia. Conheça através deste artigo as principais técnicas de partida de motores, bem como uma análise sobre o mais popular sistema estático: o soft-starter Alexandre Capelli saiba mais Inversores de Frequência Mecatrônica Atual 02 Controle de velocidade e torque de motores trifásicos Mecatrônica Atual 08 Soft Starters - Partida Suave Para Motores de Indução Mecatrônica Atual 14 Controle de Motores Algoritmos Complexos para Microcontroladores XMC4000, da Infineon Saber Eletrônica 460 Controle de Motores DC, Solenóides e Relés Através da Interface LPT Saber Eletrônica 442 Sistemas de Partida Eletrodinâmicos Existem várias configurações de partida de motores que utilizam apenas contatores, relés e botoeiras. As três mais comuns são: partida direta, com autotransformador, e partida estrela/triângulo. Partida direta A partida direta é o circuito mais simples, conforme podemos observar pela figura 1. Um simples contato em conjunto com um relé térmico é o necessário. Mas até que ponto posso usar a partida direta sem comprometer o bom funcionamento do sistema? Para responder esta pergunta, vamos ignorar as implicações mecânicas sobre a carga (inércia, resistência dos materiais envolvidos, etc.), e considerar apenas as implicações elétricas. O impacto sobre a instalação dependerá de dois fatores: a magnitude da corrente, ou melhor, do pico de corrente de partida; e a capacidade da rede de absorver a corrente de partida ( in-rush ). De um modo geral, não se aconselha prover partida direta a motores com mais de 3 CV de potência, considerando um motor trifásico de 220 VCA, pois estamos tratando, então, de aproximadamente 10 A de corrente total, em regime normal de funcionamento. Ora, um motor pode atingir até sete vezes sua corrente nominal no instante da partida. No exemplo, teríamos cerca de 70 A. Dependendo da inércia mecânica, os sistemas de proteção podem atuar antes do motor atingir sua velocidade nominal. Partida com autotransformador O princípio de funcionamento da partida com autotransformador é bem simples. Através da figura 2 podemos entender melhor seu funcionamento. No instante da partida os contatores K 2 e K 3 fecham-se, enquanto K 1 permanece aberto. Desta maneira o motor parte com tensão reduzida, oriunda de um tap do transformador. Geralmente, esse é construído de modo a gerar entre 50 % da tensão da rede, a 65 % dela. Uma vez que a inércia é vencida, K 2 e K 3 abrem, e K 1 liga o motor diretamente à rede. Essa transição pode ser feita manualmente através de botoeiras, ou automaticamente com relés temporizadores. A figura 3 mostra como os valores de pico são drasticamente reduzidos com 50 % de tensão. 18 Mecatrônica Atual :: Julho/Agosto 2012

19 automação F1. Circuito para Partida Direta. Partida estrela / delta A figura 4 ilustra outro famoso sistema de partida, talvez, até o mais famoso de todos. Trata-se da partida estrela/delta. O princípio de funcionamento baseia-se na alteração do fechamento das bobinas. Quando estas estão ligadas em estrela, a tensão sobre cada uma é igual a da rede elétrica dividida por 3. Após a partida, o fechamento muda para delta. Agora, a tensão em cada bobina é igual a da rede. Qual a lógica de funcionamento desse sistema? Na condição inicial de partida do motor (estrela), K 1, K 2, e K 3 estão desligados e a rede RST está sob tensão. Pulsando-se o botão S 1, a bobina do contador K 2 e o relé temporizador K 6 serão alimentados, fechando os contatos de selo e o contator K 2, que mantém energizadas as bobinas dos contatores K 1 e K 2. Uma vez energizadas as bobinas de K 2 e K 1, fecham-se os contatos principais e o motor é acionado na ligação estrela. Após o tempo relativo ao ajuste do relé temporizador, este é ativado fazendo com que o contato (15 16) desligue K 2, abrindo seus contatos principais. Com a bobina K 2 desenergizada, energiza- -se a bobina de K 3, que acionará o motor em triângulo. A parada do motor dá-se pelo botão S 0, que interrompe a bobina de K 1 e seus contatos (13-14) e (23-24), desligando a bobina K 3. O sistema conta com uma proteção, a qual estando o motor em movimento, o contato K 3 (31-32) fica aberto e impede a energização acidental da bobina K 2. Reparem através da figura 5 como o tempo de sobrecarga fica reduzido com este sistema. Soft-Starter Soft-Starter, também conhecido como partida suave é um equipamento eletrônico, de acionamento estático, que reduz a tensão F2. Funcionamento da Partida com Autotransformador em 65% da tensão da rede. F3. Redução dos valores de pico com 50% da tensão. para o motor no instante da partida. Basicamente, ele apresenta dois ajustes: corrente de partida e torque. Alguns modelos, ao invés do torque, disponibilizam o tempo em que se deseja até o motor atingir a velocidade de rotação nominal. Sua estrutura interna pode ser vista na figura 6. O circuito de partida é constituído por uma malha de controle, geralmente, feita com amplificadores operacionais. Uma amostra de rede é injetada em um circuito integrador, que pode atrasar o ângulo de disparo numa faixa típica que varia de 10 % a 70 % da potência nominal do motor. Uma ponte feita de tiristores tem seu ângulo de disparo determinado pela malha de controle. Desta forma, a tensão e, consequentemente, a corrente no motor sobe segundo uma rampa, cuja inclinação é determinada Julho/Agosto 2012 :: Mecatrônica Atual 19

20 automação por ajustes disponíveis ao usuário. Uma vez que a rampa atinja seu ápice, o valor de tensão no motor é igual ao da rede (ângulo de disparo próximo a zero grau). A figura 7 mostra um soft-starter instalado. Ele é alocado em série com o motor e conectado à rede elétrica via contator e proteção térmica e eletromagnética. Considerações Importantes Sobre Equipamentos de Partida Suave Antes de comprar um soft-starter é bom entender muito bem seus aspectos construtivos, face às necessidades da carga. F4. Sistema de partida Estrela / Delta. F5. Redução do tempo de sobrecarga no Sistema Estrela / Delta. Como Identificar Soft-Starters Muitas vezes o fabricante não revela qual é a arquitetura da ponte de tiristores utilizada no seu produto. Entretanto, o leitor já deve ter percebido o quanto este aspecto é importante. Separar um tipo do outro é um trabalho simples e rápido. Basta para isto um multímetro. Colocando na escala Ω ou diodos, encostamos as pontas de prova entre entrada e saída de cada fase, e verificamos qual a leitura. Caso esteja aberta em ambos os sentidos e nas três fases, significa que o equipamento tem uma ponte totalmente controlada. Toda fase que apresentar valor ôhmico igual a zero ohm não é controlada. Caso haja uma leitura igual a 0,7 na escala de diodos, significa que tem diodos para o semiciclo negativo. Resumindo, uma simples operação de checagem com o multímetro determina a arquitetura do dispositivo. Controle de tensão dos elementos chaveadores Há vários tipos de soft-starters no mercado. Temos, então, uma grande variedade de preços e de performance. O modelo mais econômico é aquele que controla apenas uma das três fases, conforme ilustra a figura 8. Sua vantagem é o baixíssimo custo, às custas, é claro, de uma assimetria de potência entre as fases. Conforme podemos ver, apenas uma delas tem sua tensão reduzida na partida, enquanto as demais são ligadas diretamente ao motor. O dispositivo funciona bem, porém, gera mais harmônicas. Um outro tipo muito comum é o da figura 9, onde duas fases (estrategicamente R e T ) são controladas. Embora mais caro que o anterior, reduz a assimetria e harmônicas na rede. Há ainda o tipo ilustrado na figura 10, onde um SCR por fase controla o semiciclo positivo de cada uma. Os semiciclos negativos não têm controle, e são entregues ao motor integralmente, via os diodos em antiparalelo com SCR. A figura 11 nos traz o top de linha onde as três fases são totalmente controladas. Com uma eletrônica de controle mais elaborada, permite maior flexibilidade no uso, e reduz o ruído elétrico na rede. Malha de controle Outro parâmetro muito importante é o controle da ponte de tiristores. Na verdade, ele pode ser de dois tipos: malha aberta ou malha fechada. O controle de malha aberta é bem mais simples, e, através de um ou dois 20 Mecatrônica Atual :: Julho/Agosto 2012

Aplicação do Software Proficy ifix como padrão de software supervisório nos 48 Terminais da TRANSPETRO existentes em todas as regiões do Brasil

Aplicação do Software Proficy ifix como padrão de software supervisório nos 48 Terminais da TRANSPETRO existentes em todas as regiões do Brasil Testes Definidos por Software Saber Eletrônica 436 Software para testes de próteses de válvulas cardíacas Saber Eletrônica 433 Softwares de Supervisão www.mecatronicaatual.com. br/secoes/leitura/786 AutoCad

Leia mais

Controlador de Bombas modelo ABS PC 441 Monitoramento e/ou Controle de Bombas e Estações de Bombeamento

Controlador de Bombas modelo ABS PC 441 Monitoramento e/ou Controle de Bombas e Estações de Bombeamento Controlador de Bombas modelo ABS PC 441 Monitoramento e/ou Controle de Bombas e Estações de Bombeamento 2 Uma Única Solução para Monitoramento e Controle Há várias formas de melhorar a eficiência e a confiabilidade

Leia mais

Controlador de Bombas modelo ABS PC 242 Monitoramento e Controle de Bombas e Estações de Bombeamento

Controlador de Bombas modelo ABS PC 242 Monitoramento e Controle de Bombas e Estações de Bombeamento Controlador de Bombas modelo ABS PC 242 Monitoramento e Controle de Bombas e Estações de Bombeamento Um Único Dispositivo para Monitoramento e Controle Há várias formas de melhorar a eficiência e a confiabilidade

Leia mais

Sensores de condição. Projetado para produzir resultados de alta qualidade em uma variedade de ambientes robustos

Sensores de condição. Projetado para produzir resultados de alta qualidade em uma variedade de ambientes robustos Sensores de condição Projetado para produzir resultados de alta qualidade em uma variedade de ambientes robustos DETECÇÃO DE CONDIÇÃO A Rockwell Automation oferece uma linha impressionante de produtos

Leia mais

Controle de Processo Ideal: PCS 7 Library SIMOCODE pro SIRIUS. Respostas para a indústria.

Controle de Processo Ideal: PCS 7 Library SIMOCODE pro SIRIUS. Respostas para a indústria. Controle de Processo Ideal: PCS 7 Library SIMOCODE pro Respostas para a indústria. Percepção, previsão, visão ampliada: SIMOCODE pro integrado no SIMATIC PCS7 O sistema flexível de gerenciamento de motores

Leia mais

Fundamentos de Automação. Controladores

Fundamentos de Automação. Controladores Ministério da educação - MEC Secretaria de Educação Profissional e Técnica SETEC Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus Rio Grande Fundamentos de Automação Controladores

Leia mais

Sistemas de controle para processos de bateladas

Sistemas de controle para processos de bateladas Sistemas de controle para processos de bateladas Por Alan Liberalesso* Há algum tempo os processos de batelada deixaram de ser um mistério nas indústrias e no ambiente de automação. O cenário atual nos

Leia mais

INTRODUÇÃO À AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL

INTRODUÇÃO À AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL INTRODUÇÃO À AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL Treinamento Branqs Automação, 2007 Elaboração: Kauê Leonardo Gomes Ventura Lopes Aprovação: Fernando José Cesilio Branquinho Branqs Automação Ltda. Rua do Comércio, nº

Leia mais

Fábio Tozeto Ramos, Engenheiro Mecatrônico e Gerente de Produto da Siemens Ltda.

Fábio Tozeto Ramos, Engenheiro Mecatrônico e Gerente de Produto da Siemens Ltda. Artigos Técnicos Profibus: para todas as exigências Fábio Tozeto Ramos, Engenheiro Mecatrônico e Gerente de Produto da Siemens Ltda. No novo contexto da automação, os barramentos de campo são normalmente

Leia mais

Eagle Rastreamento Veicular

Eagle Rastreamento Veicular Softech Software Brasil Ltda. Eagle Rastreamento Veicular Softech Tecnologia em Software Versão 1.4.0.0 13 2 Introdução Objetivo do manual de instruções O presente manual foi elaborado com o objetivo de

Leia mais

Ricardo Schäffer. (Palavras-chave: EEMUA, HCI, SCADA) HCI. Apresentação

Ricardo Schäffer. (Palavras-chave: EEMUA, HCI, SCADA) HCI. Apresentação EEMUA 201 GUIA DE DESIGN PARA INTERFACES HUMANAS OPERACIONAIS Versão adaptada do guia original publicado pela Associação de Usuários de Equipamentos e Materiais de Engenharia. Ricardo Schäffer Resumo -

Leia mais

CIRCUITO DE POTÊNCIA. Chaves com comando a distância

CIRCUITO DE POTÊNCIA. Chaves com comando a distância ESCOLA POLITÉCNICA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO PEA Departamento de Engenharia de Energia e Automação Elétricas Eletrotécnica Geral DISPOSITIVOS DE COMANDO Índice 1 Objetivo... 1 2... 1 2.1 Generalidades......

Leia mais

inversores de frequência vacon para todas as necessidades de papel e celulose

inversores de frequência vacon para todas as necessidades de papel e celulose inversores de frequência vacon para todas as necessidades de papel e celulose 1 Depósito de madeira Pasta de celulose Descascador de madeira Picador Caldeira de biomassa Limpadores Refinadores Máquina

Leia mais

Automação Industrial Parte 2

Automação Industrial Parte 2 Automação Industrial Parte 2 Prof. Ms. Getúlio Teruo Tateoki http://www.getulio.eng.br/meusalunos/autind.html Perspectiva Histórica Os primeiros sistemas de controle foram desenvolvidos durante a Revolução

Leia mais

Manual do Usuário Acesso ao Sistema

Manual do Usuário Acesso ao Sistema Dispositivo de Monitoramento, Rastreamento e Bloqueio por Satélite Manual do Usuário Acesso ao Sistema www.kgk-global.com Conteúdo Conteúdo... 2 Entrar no sistema... 3 Interface... 4 Monitoramento on-line...

Leia mais

MY HOME INTRODUÇÃO TOUCH SCREEN. Comando de Automação

MY HOME INTRODUÇÃO TOUCH SCREEN. Comando de Automação TOUCH SCREEN Comando de Automação Central de Cenário 54 ÍNDICE DE SEÇÃO 56 A casa como você quer 62 As vantagens de 66 Dispositivos BUS 68 Integração das funções My Home 70 Vantagens da instalação BUS

Leia mais

ESI[tronic] Ferramenta de eficiência. EE Operação simples. EE Acesso rápido EE Ampla cobertura de mercado EE Atualização constante

ESI[tronic] Ferramenta de eficiência. EE Operação simples. EE Acesso rápido EE Ampla cobertura de mercado EE Atualização constante ESI[tronic] Ferramenta de eficiência EE Operação simples EE Acesso rápido EE Ampla cobertura de mercado EE Atualização constante ESI[tronic] Muito mais que um catálogo de peças. Todo o conhecimento técnico

Leia mais

Conceito de automação pneumática - uma comparação entre um terminal de válvulas e válvulas avulsas

Conceito de automação pneumática - uma comparação entre um terminal de válvulas e válvulas avulsas White Paper Conceito de automação pneumática - uma comparação entre um terminal de válvulas e válvulas avulsas Válvulas avulsas ou terminal de válvulas para controle de equipamentos automatizados pneumáticos?

Leia mais

Apresentação...3. Vantagens...3. Instalação...4. Informações Técnicas...5. Especificações Técnicas...9

Apresentação...3. Vantagens...3. Instalação...4. Informações Técnicas...5. Especificações Técnicas...9 1 ÍNDICE Apresentação...3 Vantagens...3 Instalação...4 Informações Técnicas...5 Especificações Técnicas...9 2 APRESENTAÇÃO: O SS100 Moto é um rastreador exclusivo para Motos desenvolvido com os mais rígidos

Leia mais

Turbocompressor modelo ABS HST 20

Turbocompressor modelo ABS HST 20 Turbocompressor modelo ABS HST 20 Principais Aplicações O turbocompressor modelo ABS HST 20 é altamente adequado para as seguintes áreas de aplicação: Aeração de água, efluentes ou outros líquidos Flotação

Leia mais

Manual de Operação REV 2.2 MMD1 Virtual Sistema Inteligente (VSI) VERSÃO 2.7 OPERAÇÃO

Manual de Operação REV 2.2 MMD1 Virtual Sistema Inteligente (VSI) VERSÃO 2.7 OPERAÇÃO Manual de Operação REV 2.2 MMD1 Virtual Sistema Inteligente (VSI) VERSÃO 2.7 OPERAÇÃO Parabéns! Você acaba de adquirir um produto de alta confiabilidade, projetado e construído dentro dos mais rígidos

Leia mais

Industrial. CVI3 Sistema de montagem avançado. More Than Productivity. Soluções integradas Controle avançado do processo Flexibilidade incomparável

Industrial. CVI3 Sistema de montagem avançado. More Than Productivity. Soluções integradas Controle avançado do processo Flexibilidade incomparável Industrial Tools 3 Sistema de montagem avançado Soluções integradas Controle avançado do processo Flexibilidade incomparável More Than Productivity Soluções totalmente integradas para aplicações delicadas

Leia mais

Comandos Eletro-eletrônicos SENSORES

Comandos Eletro-eletrônicos SENSORES Comandos Eletro-eletrônicos SENSORES Prof. Roberto Leal Sensores Dispositivo capaz de detectar sinais ou de receber estímulos de natureza física (tais como calor, pressão, vibração, velocidade, etc.),

Leia mais

O que são sistemas supervisórios?

O que são sistemas supervisórios? O que são sistemas supervisórios? Ana Paula Gonçalves da Silva, Marcelo Salvador ana-paula@elipse.com.br, marcelo@elipse.com.br RT 025.04 Criado: 10/09/2004 Atualizado: 20/12/2005 Palavras-chave: sistemas

Leia mais

Solução Completa em Automação. FieldLogger. Registro e Aquisição de Dados

Solução Completa em Automação. FieldLogger. Registro e Aquisição de Dados Solução Completa em Automação FieldLogger Registro e Aquisição de Dados Ethernet & USB Até 16GB de memória Conversor A/D 24 bits Até 1000 amostras por segundo Apresentação FieldLogger O FieldLogger é um

Leia mais

Procure pensar em outros exemplos da nossa vida em que os sensores estão presentes.

Procure pensar em outros exemplos da nossa vida em que os sensores estão presentes. Sensores Fabrício Ramos da Fonseca Introdução aos Sensores Nas plantas automatizadas os sensores são elementos muito importantes. Na nossa vida cotidiana, os sensores estão presentes em várias situações,

Leia mais

SSW-05 Micro Soft-starter

SSW-05 Micro Soft-starter Motores Automação Energia Tintas Micro Soft-starter g Compacto g Digital - DSP g Fácil operação g Elevado rendimento g By-pass incorporado REPLACE ME BY A PICTURE! Soft-Starters são chaves de partida estática,

Leia mais

Scania Serviços. Serviços Scania.

Scania Serviços. Serviços Scania. Serviços Scania Scania Serviços. Serviços Scania. Tudo o que o você precisa para cuidar Tudo bem do o que seu o Scania, você precisa em um para só lugar. cuidar bem do seu Scania, em um só lugar. SERVIÇOS

Leia mais

Rodrigo Baleeiro Silva Engenheiro de Controle e Automação. Introdução à Engenharia de Controle e Automação

Rodrigo Baleeiro Silva Engenheiro de Controle e Automação. Introdução à Engenharia de Controle e Automação Rodrigo Baleeiro Silva Engenheiro de Controle e Automação (do latim Automatus, que significa mover-se por si) ; Uso de máquinas para controlar e executar suas tarefas quase sem interferência humana, empregando

Leia mais

Rexroth 4EE Rexroth para Eficiência Energética

Rexroth 4EE Rexroth para Eficiência Energética Rexroth 4EE Rexroth para Eficiência Energética Procurando reduzir gastos com energia? Por que não aumentar a produtividade ao mesmo tempo? Reduzir os custos operacionais usando a energia com eficiência

Leia mais

Soluções para controle industrial Sistema avançado de controle de traço térmico NGC-40

Soluções para controle industrial Sistema avançado de controle de traço térmico NGC-40 Soluções para controle industrial Sistema avançado de controle de traço térmico NGC-40 SOLUÇÕES PARA GERENCIAMENTO TÉRMICO WWW.THERMAL.PENTAIR.COM DIGITRACE NGC-40 O NGC-40 é um avançado sistema modular

Leia mais

Serviços Scania. Serviços Scania. Tudo o que o você precisa para cuidar bem do seu Scania, em um só lugar.

Serviços Scania. Serviços Scania. Tudo o que o você precisa para cuidar bem do seu Scania, em um só lugar. Serviços Scania Serviços Scania. Tudo o que o você precisa para cuidar bem do seu Scania, em um só lugar. SERVIÇOS SCANIA Serviços Scania. Máxima disponibilidade do seu veículo para o melhor desempenho

Leia mais

Soluções para controle industrial Sistema avançado de controle de traço térmico NGC-30

Soluções para controle industrial Sistema avançado de controle de traço térmico NGC-30 Soluções para controle industrial Sistema avançado de controle de traço térmico NGC-30 SOLUÇÕES PARA GERENCIAMENTO TÉRMICO WWW.THERMAL.PENTAIR.COM digitrace ngc-30 O DigiTrace NGC-30 é um avançado sistema

Leia mais

Localização e Inteligência Móvel. Com a iguard todos os caminhos levam sua empresa onde ela precisa chegar.

Localização e Inteligência Móvel. Com a iguard todos os caminhos levam sua empresa onde ela precisa chegar. Localização e Inteligência Móvel Com a iguard todos os caminhos levam sua empresa onde ela precisa chegar. 1 2 Localização e Inteligência Móvel Todos os dias sua empresa enfrenta grandes desafios para

Leia mais

/ Carregadores de Bateria / Tecnologia de Soldagem / Energia Solar. / Carregadores de Bateria para Intralogística.

/ Carregadores de Bateria / Tecnologia de Soldagem / Energia Solar. / Carregadores de Bateria para Intralogística. / Carregadores de Bateria / Tecnologia de Soldagem / Energia Solar / Carregadores de Bateria para Intralogística. / Desde 1946, desenvolvemos com paixão e vigor Carregadores de Bateria inovadores. Em

Leia mais

DISPOSITIVOS DE COMANDO - CONTATORES

DISPOSITIVOS DE COMANDO - CONTATORES 11 DISPOSITIVOS DE COMANDO - CONTATORES 11.1 INTRODUÇÃO Freqüentemente os projetos e as instalações de engenharia elétrica de potência apresentam um ou mais equipamentos elétricos, instalados ao longo

Leia mais

Sistema de Monitoramento e Supervisão de Vibração HYMV05

Sistema de Monitoramento e Supervisão de Vibração HYMV05 Sistema de Monitoramento e Supervisão de Vibração Revisão 1 Mai2005 O é um sistema inteligente de Monitoramento, Aquisição de Dados e Supervisão Local para utilização com os softwares da linha Dynamic.

Leia mais

2. DISPOSITIVOS DE COMANDO E CHAVES DE PARTIDA

2. DISPOSITIVOS DE COMANDO E CHAVES DE PARTIDA 2. DISPOSITIVOS DE COMANDO E CHAVES DE PARTIDA A instalação de máquinas diversas requer uma grande gama de dispositivos que possibilitem o perfeito funcionamento, de preferência o mais automatizado possível,

Leia mais

Apresentação...3. Vantagens...3. Instalação...4. Informações Técnicas...5. Especificações Técnicas...8

Apresentação...3. Vantagens...3. Instalação...4. Informações Técnicas...5. Especificações Técnicas...8 1 ÍNDICE Apresentação...3 Vantagens...3 Instalação...4 Informações Técnicas...5 Especificações Técnicas...8 2 APRESENTAÇÃO: O SS300 é um rastreador desenvolvido com os mais rígidos padrões de qualidade

Leia mais

P 10.108.1/09.14. Componentes, Sistemas e assistência para a indústria de papel e celulose.

P 10.108.1/09.14. Componentes, Sistemas e assistência para a indústria de papel e celulose. Componentes, Sistemas e assistência para a indústria de papel e celulose. Problemas com o fluido podem causar elevados custos. Envelhecimento do óleo Água em óleo Nos lhe ajudaremos em achar a solução.

Leia mais

inox. Atualmente, válvulas solenóide servo-assistidas são usadas cada vez mais ao invés de válvulas de ação direta.

inox. Atualmente, válvulas solenóide servo-assistidas são usadas cada vez mais ao invés de válvulas de ação direta. Este artigo traz uma visão tecnológica das válvulas solenóide para aplicações com alta pressão. O uso das mesmas em fornecedoras de gás natural e, em sistemas aspersores (água-neblina) de extintores de

Leia mais

Fontes CC. Principais características. www.supplier.ind.br

Fontes CC. Principais características. www.supplier.ind.br A SUPPLIER Indústria e Comércio de Eletroeletrônicos Ltda é uma empresa constituída com o objetivo de atuar no setor das Indústrias Eletroeletrônicas, principalmente na fabricação de fontes de alimentação

Leia mais

Criação e gerenciamento de trabalhos de impressão Soluções CLARiSUITE

Criação e gerenciamento de trabalhos de impressão Soluções CLARiSUITE Garantindo que o código certo está no produto certo Criação e gerenciamento de trabalhos de impressão Soluções CLARiSUITE 2 As soluções CLARiSUITE ajudam a garantir que o código certo esteja no produto

Leia mais

CONJUNTOS DE FACAS DE AR WINDJET

CONJUNTOS DE FACAS DE AR WINDJET CONJUNTOS DE FACAS WINDJET CONJUNTO DE FACAS WINDJET SOPRADORES CONJUNTOS DE FACAS WINDJET SUMÁRIO Página Visão geral dos pacotes de facas de ar Windjet 4 Soprador Regenerativo 4 Facas de ar Windjet 4

Leia mais

Nobreak. 10 a 50 kva. senoidal on-line trifásico PERFIL PROTEÇÕES

Nobreak. 10 a 50 kva. senoidal on-line trifásico PERFIL PROTEÇÕES Nobreak senoidal on-line trifásico dupla conversao ~ 10 a 50 kva PERFIL Compatível com: Solução SMS para Gerenciamento de Missões Críticas Sinus Triphases 10 a 50 kva A linha de nobreaks SMS Sinus Triphases

Leia mais

RETIFICADOR INDUSTRIAL TRIFÁSICO RIT-MP

RETIFICADOR INDUSTRIAL TRIFÁSICO RIT-MP RETIFICADOR INDUSTRIAL TRIFÁSICO RIT-MP Departamento de Pesquisa e Desenvolvimento Rua da Várzea 379 CEP 91040-600 Porto Alegre RS Brasil Fone: (51)2131-2407 Fax: (51)2131-2469 engenharia@cp.com.br 1.

Leia mais

Compressor Portátil MOBILAIR M 135

Compressor Portátil MOBILAIR M 135 www.kaeser.com Compressor Portátil MOBILAIR M 135 Com o mundialmente renomado PERFIL SIGMA Vazão 10,5 a 13,0 m³/min Feito na Alemanha A renomada linha de compressores portáteis MOBILAIR da KAESER é fabricada

Leia mais

Comunicado à Imprensa

Comunicado à Imprensa Interpack 2014 Página 1 de 6 Beckhoff na feira Interpack 2014, em Düsseldorf: ao ar livre FG 15-1 Fórum de Soluções Beckhoff: embalagem com economia de recursos com controle baseado em PC A Beckhoff está

Leia mais

Integração de Sistemas Industriais com a Suíte GE Proficy

Integração de Sistemas Industriais com a Suíte GE Proficy Integração de Sistemas Industriais com a Suíte GE Proficy Ricardo Caruso Vieira Aquarius Software Revista Cadware Ed.22 versão online 1. Introdução Há mais de duas décadas, a indústria investe intensamente

Leia mais

4. Controlador Lógico Programável

4. Controlador Lógico Programável 4. Controlador Lógico Programável INTRODUÇÃO O Controlador Lógico Programável, ou simplesmente PLC (Programmiable Logic Controller), pode ser definido como um dispositivo de estado sólido - um Computador

Leia mais

Soluções Track & Trace Track & Trace Flexibilidade Design à prova do futuro

Soluções Track & Trace Track & Trace Flexibilidade Design à prova do futuro Soluções Track & Trace Track & Trace Flexibilidade Design à prova do futuro Soluções de Serialização de Etiquetas Track & Trace Integrado de Última Geração Solução Track & Trace Soluções de Serialização

Leia mais

Apresentação...3. Vantagens...3. Instalação...4. Informações Técnicas...5. Especificações Técnicas...8

Apresentação...3. Vantagens...3. Instalação...4. Informações Técnicas...5. Especificações Técnicas...8 1 ÍNDICE Apresentação...3 Vantagens...3 Instalação...4 Informações Técnicas...5 Especificações Técnicas......8 2 APRESENTAÇÃO: O SS100 é um rastreador desenvolvido com os mais rígidos padrões de qualidade

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO CURSO: CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO. Profª Danielle Casillo

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO CURSO: CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO. Profª Danielle Casillo UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO CURSO: CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Profª Danielle Casillo Nome: Automação e Controle Créditos: 4 60 horas Período: 2010.2 Horário: quartas e sextas das 20:40 às 22:20

Leia mais

Série Quasar. Quadro Geral de Baixa Tensão Quadro de Distribuição Centro de Controle de Motores Inteligente. www.altus.com.br

Série Quasar. Quadro Geral de Baixa Tensão Quadro de Distribuição Centro de Controle de Motores Inteligente. www.altus.com.br Série Quasar Quadro Geral de Baixa Tensão Quadro de Distribuição Centro de Controle de Motores Inteligente www.altus.com.br Na medida exata para seu negócio Modular: ampla variedade de configurações para

Leia mais

Eletrônicos PAE. Componente Curricular: Práticas de Acionamentos. 5.ª Prática Inversor de Frequência Vetorial da WEG CFW-08

Eletrônicos PAE. Componente Curricular: Práticas de Acionamentos. 5.ª Prática Inversor de Frequência Vetorial da WEG CFW-08 1 Componente Curricular: Práticas de Acionamentos Eletrônicos PAE 5.ª Prática Inversor de Frequência Vetorial da WEG CFW-08 OBJETIVO: 1) Efetuar a programação por meio de comandos de parametrização para

Leia mais

Relés de Proteção Térmica Simotemp

Relés de Proteção Térmica Simotemp Relés de Proteção Térmica Simotemp Confiabilidade e precisão para controle e proteção de transformadores Answers for energy. A temperatura é o principal fator de envelhecimento do transformador Os relés

Leia mais

Integração de Sistemas Industriais com a Suíte GE Proficy

Integração de Sistemas Industriais com a Suíte GE Proficy Integração de Sistemas Industriais com a Suíte GE Proficy Ricardo Caruso Vieira Aquarius Software 1. Introdução Há mais de duas décadas, a indústria investe intensamente em sistemas ERP (Enterprise Resource

Leia mais

HYDAC KineSys Sistemas de acionamento

HYDAC KineSys Sistemas de acionamento HYDAC KineSys Sistemas de acionamento Veículos de manuseio de materiais Usinas termelétricas Máquinas injetoras de plástico Seu parceiro profissional para soluções de acionamento Todas as condições para

Leia mais

Perfil. Proteções. Nobreak Senoidal On-line Trifásico - Dupla Conversão. 10 a 100 kva

Perfil. Proteções. Nobreak Senoidal On-line Trifásico - Dupla Conversão. 10 a 100 kva 10 a 100 kva Compatível com: Solução SMS para Gerenciamento de Missões Críticas de 10 a 50KVA de 60 a 100KVA Perfil Nobreak Senoidal On-line Trifásico - Dupla Conversão A linha de nobreaks SMS Sinus Triphases

Leia mais

energia de forma simples

energia de forma simples energia de forma simples www,fgwilson,com LINHA DE 8,5 A 290 KVA Desempenho I Durabilidade I Manutenção A vida moderna é complicada, mas garantir o fornecimento de energia para seu negócio pode ser algo

Leia mais

O testo 480 oferece apoio integral a consultores, especialistas,

O testo 480 oferece apoio integral a consultores, especialistas, Compromisso com o futuro Profissionais no fluxo de ar Instrumento de medição para análise de VAC testo 480 O testo 480 lhe oferece: > Sondas digitais de elevada qualidade e conceito inteligente de calibração

Leia mais

Acumuladores hidráulicos na tecnologia híbrida.

Acumuladores hidráulicos na tecnologia híbrida. Acumuladores hidráulicos na tecnologia híbrida. HYDAC Matriz na Alemanha Seu parceiro competente para acumuladores hidráulicos inovadores e sistemas híbridos. Todos os requerimentos para eficientes soluções

Leia mais

A codificação a laser é a solução correta para necessidades simples de codificação?

A codificação a laser é a solução correta para necessidades simples de codificação? Nota técnica Principais fatores a se considerar ao selecionar uma codificadora a laser A codificação a laser é a solução correta para necessidades simples de codificação? Equipamento Fluidos Treinamento

Leia mais

100% electricidade. Relés de controle automático para grupo gerador

100% electricidade. Relés de controle automático para grupo gerador 100% electricidade Relés de controle automático para grupo gerador RGAM 10 Relé controle automático para g l Entradas VCA : concessionária L1-L2/N-L3, gerador L1-L2/N l 4 entradas digitais, 5 relés saída.

Leia mais

Instrumentação Industrial. Fundamentos de Instrumentação Industrial: Conceitos Básicos e Definições

Instrumentação Industrial. Fundamentos de Instrumentação Industrial: Conceitos Básicos e Definições Instrumentação Industrial Fundamentos de Instrumentação Industrial: Conceitos Básicos e Definições Instrumentação Industrial De acordo com a organização norte-americana Instrument Society of America -

Leia mais

CONSÓRCIO PARA A IMPLEMENTAÇÃO DO PROJETO ÔNIBUS A CÉLULA A COMBUSTÍVEL HIDROGÊNIO PARA TRANSPORTE URBANO NO BRASIL

CONSÓRCIO PARA A IMPLEMENTAÇÃO DO PROJETO ÔNIBUS A CÉLULA A COMBUSTÍVEL HIDROGÊNIO PARA TRANSPORTE URBANO NO BRASIL -1 - NOSSO CONSÓRCIO AES ELETROPAULO, empresa brasileira, maior distribuidora de eletricidade da América Latina, será responsável por: (i) especificação e aprovação da sub-estação elétrica; (ii) conecção

Leia mais

ÍNDICE. 1.0 Introdução. 2.0 Descrição. 3.0 Instalação e Aplicação. 4.0 Programação. 5.0 Características Técnicas. 6.0 Principais Problemas e Soluções

ÍNDICE. 1.0 Introdução. 2.0 Descrição. 3.0 Instalação e Aplicação. 4.0 Programação. 5.0 Características Técnicas. 6.0 Principais Problemas e Soluções ÍNDICE 1.0 Introdução 2.0 Descrição 3.0 Instalação e Aplicação 4.0 Programação 5.0 Características Técnicas 6.0 Principais Problemas e Soluções Termo de Garantia 5 6 9 16 18 18 21 4 1.0 Introdução A TRANSSEN

Leia mais

on-line para transformadores de potência baseados em uma arquitetura descentralizada Por Marcos E. G. Alves e Vagner Vasconcellos*

on-line para transformadores de potência baseados em uma arquitetura descentralizada Por Marcos E. G. Alves e Vagner Vasconcellos* Aula Prática 114 O Setor Elétrico / Setembro de 2009 Especificação de sistemas de monitoração on-line para transformadores de potência baseados em uma arquitetura descentralizada Por Marcos E. G. Alves

Leia mais

EMPILHADEIRAS HYUNDAI À DIESEL

EMPILHADEIRAS HYUNDAI À DIESEL GARFO (Comprimento X Largura x Bitola) (mm) HDF50-7S (TIPO EIXO - TIPO GANCHO) - 1.350 X 150 X 60-1.500 X 150 X 60-1.800 X 150 X 60-2.000 X 150 X 60-2.400 X 150 X 60 HDF70-7S (TIPO EIXO) - 1,350 X 180

Leia mais

Sistemas de Gerenciamento de Corrosão em Refinarias com as Tecnologias Microcor e Corrater

Sistemas de Gerenciamento de Corrosão em Refinarias com as Tecnologias Microcor e Corrater Rohrback Cosasco Systems, Inc. 11841 East Smith Avenue Santa Fe Springs, CA 90670 Tel.: +1 (562) 949-0123 Fax: +1 (562) 949-3065 www.rohrbackcosasco.com ISO 9001:2000 Certificado Nº FM 10964 Sistemas de

Leia mais

PLANILHA DE PROPOSTA

PLANILHA DE PROPOSTA 0001 012186 INVERSOR DE FREQUENCIA 144 AMPERES / 220 VCA Inversor de freqüência para aplicação em motor elétrico trifásico com corrente nominal de serviço 140A, tensão nominal 220V, temperatura de funcionamento

Leia mais

EDIFÍCIOS MAIS EFICIENTES

EDIFÍCIOS MAIS EFICIENTES UMA UMA BASE BASE FORTE FORTE PARA PARA EDIFÍCIOS MAIS EFICIENTES EDIFÍCIOS MAIS EFICIENTES UMA FUNDAÇÃO SÓLIDA A eficiência energética é o alicerce sobre a qual se constrói edifícios melhores, para hoje

Leia mais

SISTEMA DE RASTREIO ÓPTICO

SISTEMA DE RASTREIO ÓPTICO SISTEMA DE RASTREIO ÓPTICO 1 SISTEMA DE RASTREIO ÓPTICO VISÃO GERAL O Sistema de Rastreio Óptico, ou simplesmente SISROT, foi desenvolvido com o objetivo de rastrear foguetes nos primeiros instantes de

Leia mais

RELÉS CONTATORES - BOTOEIRAS

RELÉS CONTATORES - BOTOEIRAS RELÉS CONTATORES - BOTOEIRAS Análise de Circuitos Contatores/Relés Aula 02 Prof. Luiz Fernando Laguardia Campos 3 Modulo Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina Cora Coralina Sobrecarga

Leia mais

Alternativas de aplicação do serviço GPRS da rede celular GSM em telemetria pela Internet

Alternativas de aplicação do serviço GPRS da rede celular GSM em telemetria pela Internet Alternativas de aplicação do serviço GPRS da rede celular GSM em telemetria pela Internet Marcos R. Dillenburg Gerente de P&D da Novus Produtos Eletrônicos Ltda. (dillen@novus.com.br) As aplicações de

Leia mais

Eficiência Energética

Eficiência Energética www.siemens.com.br/eficiencia-energetica Siemens Ltda. Av. Mutinga, 3800 05110-902 Pirituba São Paulo - SP Eficiência Energética www.siemens.com.br/eficiencia-energetica Sustentabilidade e Eficiência Energética

Leia mais

Nobreak. 160 e 300 kva. senoidal on-line trifásico PERFIL PROTEÇÕES

Nobreak. 160 e 300 kva. senoidal on-line trifásico PERFIL PROTEÇÕES Nobreak senoidal on-line trifásico dupla convers o 60 a 300 kva 60 kva de 80 a 120 kva 160 e 300 kva PERFIL Os nobreaks on-line de dupla conversão da linha Gran Triphases foram desenvolvidos com o que

Leia mais

Aplicações. Principais aplicações TRACEABILITY M A R K I N G PAR TS N S

Aplicações. Principais aplicações TRACEABILITY M A R K I N G PAR TS N S SERIALS N S Aplicações 5 10 15 20 25 30 35 40 5 10 TRACEABILITY 15 20 25 PAR TS N S IDENTIFICATION 30 35 40 M A R K I N G Principais aplicações - Mecânica Geral - Mecânica de Precisão - Automotiva - Metais

Leia mais

Atuando desde 1981 (mil novecentos e oitenta e um), a Henfel fabrica caixas para

Atuando desde 1981 (mil novecentos e oitenta e um), a Henfel fabrica caixas para Atuando desde 1981 (mil novecentos e oitenta e um), a Henfel fabrica caixas para rolamentos, acoplamentos hidrodinâmicos e flexíveis, e hidrovariadores de velocidade, produtos destinados a atender os mais

Leia mais

Tecnologia de sistemas.

Tecnologia de sistemas. Tecnologia de sistemas. HYDAC Dinamarca HYDAC Polônia HYDAC Brasil HYDAC Índia HYDAC China HYDAC França HYDAC Alemanha Seu parceiro profissional para a tecnologia de sistemas. Com mais de 7.500 colaboradores

Leia mais

Sistema de Telemetria para Hidrômetros e Medidores Aquisição de Dados Móvel e Fixa por Radio Freqüência

Sistema de Telemetria para Hidrômetros e Medidores Aquisição de Dados Móvel e Fixa por Radio Freqüência Sistema de Telemetria para Hidrômetros e Medidores Aquisição de Dados Móvel e Fixa por Radio Freqüência O princípio de transmissão de dados de telemetria por rádio freqüência proporciona praticidade, agilidade,

Leia mais

TÍTULO: EMBALADORA DE TABULEIROS DE DAMAS CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: ENGENHARIAS E TECNOLOGIAS SUBÁREA: ENGENHARIAS

TÍTULO: EMBALADORA DE TABULEIROS DE DAMAS CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: ENGENHARIAS E TECNOLOGIAS SUBÁREA: ENGENHARIAS Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: EMBALADORA DE TABULEIROS DE DAMAS CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: ENGENHARIAS E TECNOLOGIAS SUBÁREA:

Leia mais

GE Intelligent Platforms. Automação em alta performance Soluções para um mundo conectado

GE Intelligent Platforms. Automação em alta performance Soluções para um mundo conectado GE Intelligent Platforms Automação em alta performance Soluções para um mundo conectado Na vanguarda da evolução da automação industrial. Acreditamos que o futuro da automação industrial seguirá o mesmo

Leia mais

Consultoria e Tecnologia em Automação

Consultoria e Tecnologia em Automação ARTH ENGENHARIA - Consultoria em Engenharia, Controle e Tecnologia de Automação. Empresa Com a filosofia de associar inovação e experiência em seus projetos, a ARTH engenharia sempre contou com uma equipe

Leia mais

ELIPSE E3 AGILIZA A DETECÇÃO DE OCORRÊNCIAS QUE VENHAM A ATINGIR A LINHA 4 DO METRÔ DE SÃO PAULO

ELIPSE E3 AGILIZA A DETECÇÃO DE OCORRÊNCIAS QUE VENHAM A ATINGIR A LINHA 4 DO METRÔ DE SÃO PAULO ELIPSE E3 AGILIZA A DETECÇÃO DE OCORRÊNCIAS QUE VENHAM A ATINGIR A LINHA 4 DO METRÔ DE SÃO PAULO Este case apresenta a aplicação do E3 para monitorar e executar comandos junto aos mais diferentes setores,

Leia mais

Controller. D e s c r i ç ã o G e r a l. C a r a c t e r í s t i c a s e B e n e f í c i o s

Controller. D e s c r i ç ã o G e r a l. C a r a c t e r í s t i c a s e B e n e f í c i o s Controller Vibraswitch Monitor Eletrônico VIBRASWITCH 563A D e s c r i ç ã o G e r a l O modelo Robertshaw 563A Vibraswitch Monitor Eletrônico é um microprocessador de sistema de controle baseado em supervisão

Leia mais

KT-10 C medidor de condutividade

KT-10 C medidor de condutividade KT-10 C medidor de condutividade Terraplus tem o prazer de apresentar o KT-10 C medidor de condutividade, um instrumento portátil que mede a condutividade de amostras de rocha ou testemunhos. O KT C-10

Leia mais

Manual do Usuário Android Neocontrol

Manual do Usuário Android Neocontrol Manual do Usuário Android Neocontrol Sumário 1.Licença e Direitos Autorais...3 2.Sobre o produto...4 3. Instalando, Atualizando e executando o Android Neocontrol em seu aparelho...5 3.1. Instalando o aplicativo...5

Leia mais

MONITORAMENTO WIRELESS EM TEMPERATURA, UMIDADE, PRESSÃO & GPS

MONITORAMENTO WIRELESS EM TEMPERATURA, UMIDADE, PRESSÃO & GPS 1 AR AUTOMAÇÃO EMPRESA & SOLUÇÕES A AR Automação é uma empresa especializada no desenvolvimento de sistemas wireless (sem fios) que atualmente, negocia comercialmente seus produtos e sistemas para diferentes

Leia mais

Sistema irá modular até 32 câmeras: Você pode conectar de 1 até 32 câmeras.

Sistema irá modular até 32 câmeras: Você pode conectar de 1 até 32 câmeras. MANUAL DO SISTEMA Introdução Apresentação Requisitos mínimos Instalação do programa Acessando o Secullum DVR Tela Principal Indicador de espaço em disco Disposição de telas Status de Gravação Usuário atual

Leia mais

Mais inteligência para reforçar sua frota

Mais inteligência para reforçar sua frota Mais inteligência para reforçar sua frota Com o SiteWatch, nossos clientes deixam as suposições de lado na hora de gerenciar a frota O CASE SiteWatch é um sistema de telemetria que captura informações

Leia mais

Gerente de Projeto: Luiz Fernando R Neves

Gerente de Projeto: Luiz Fernando R Neves Gerente de Projeto: Luiz Fernando R Neves Tel:[55] (021) 2233-2551 / (021) 98250-6019 Skype: tecnovendasengenharia E-mail: tecnovendas@tecnovendas.com.br Resumo da Aplicação Soluções 1- Taxi 2- Transportadoras

Leia mais

AUTOMAÇÃO E INSTRUMENTAÇÃO VIRTUAL. Sistema Integrado de Teste em Umbilicais

AUTOMAÇÃO E INSTRUMENTAÇÃO VIRTUAL. Sistema Integrado de Teste em Umbilicais BI AUTOMAÇÃO E INSTRUMENTAÇÃO VIRTUAL Sistema Integrado de Teste em Umbilicais Objetivos da Apresentação Demonstrar a Arquitetura de hardware e software da National Instruments utilizada na solução; Discutir

Leia mais

SISTEMAS PREDIAIS II. Segurança contra Incêndio - Detecção e Alarme

SISTEMAS PREDIAIS II. Segurança contra Incêndio - Detecção e Alarme PCC-2466 SISTEMAS PREDIAIS II Segurança contra Incêndio - Detecção e Alarme Sistema de Detecção e Alarme de Incêndio Definição da Norma NBR 9441/98 Sistema constituído pelo conjunto de elementos planejadamente

Leia mais

Manual de instruções RECICLADOR AUTOMOTIVO RECIGASES. Desenvolvido por:

Manual de instruções RECICLADOR AUTOMOTIVO RECIGASES. Desenvolvido por: Manual de instruções RECICLADOR AUTOMOTIVO RECIGASES Desenvolvido por: Índice 1. INTRODUÇÃO... 3 2. FUNÇÕES BÁSICAS... 4 3. PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS... 5 4. CONDIÇÕES DE SEGURANÇA... 7 5. COMPONENTES

Leia mais

Partidas para motores ultra-compactas SIRIUS 3RM1

Partidas para motores ultra-compactas SIRIUS 3RM1 Partidas para motores ultra-compactas SIRIUS 3RM1 Partidas para motores SIRIUS 3RM1 Multifuncionais e com apenas 22,5 mm de largura siemens.com/motorstarter/3rm1 Answers for industry. Acionamento de motores

Leia mais

CONTROLADOR CONDAR MP3000.

CONTROLADOR CONDAR MP3000. CONTROLADOR CONDAR MP3000. O equipamento CONDAR MP3000 é um Controlador Eletrônico Microprocessado desenvolvido especificamente para automação de até três Condicionadores de Ar instalados em um mesmo ambiente

Leia mais

BOLETIM DE GARANTIA. (N o 05 / 2013) LED do TIMER pisca frequência de 1Hz / segundo. LED do TIMER pisca freqüência de 1Hz / segundo.

BOLETIM DE GARANTIA. (N o 05 / 2013) LED do TIMER pisca frequência de 1Hz / segundo. LED do TIMER pisca freqüência de 1Hz / segundo. BOLETIM DE GARANTIA (N o 05 / 2013) Código de erro do Cassete e Piso-Teto No. TIPO DESCRIÇÃO Flash Blink Código Nota 1 Falha 2 Falha 3 Falha 4 Falha 5 Falha 6 Falha Placa acusa erro no sensor de temperatura

Leia mais

Características. São Paulo: (11) 4063-5544 Campinas: (19) 4062-9211 Campo Grande: (67) 4062-7122 Cuiabá: (65) 4052-9722. MPEBrasil

Características. São Paulo: (11) 4063-5544 Campinas: (19) 4062-9211 Campo Grande: (67) 4062-7122 Cuiabá: (65) 4052-9722. MPEBrasil Características - Único com este conceito no mercado e com preços atraentes; Iluminação frontal, com chave liga/desliga, em quatro opções de cores (azul, verde, vermelho e amarelo); - Possui sistema de

Leia mais