SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DA PARAÍBA PROGRAMA AGENTES LOCAIS DE INOVAÇÃO - ALI FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO DA PARAÍBA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DA PARAÍBA PROGRAMA AGENTES LOCAIS DE INOVAÇÃO - ALI FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO DA PARAÍBA"

Transcrição

1 SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DA PARAÍBA PROGRAMA AGENTES LOCAIS DE INOVAÇÃO - ALI FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO DA PARAÍBA 01 de abril de 2012 PROGRAMA AGENTES LOCAIS DE INOVAÇÃO - ALI RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES: 1. Este Caderno contém 55 questões, todas de múltipla escolha (numeradas em algarismos arábicos). Confira a numeração das questões e o número de páginas, antes de responder a prova. Em caso de falhas na impressão ou falta de alguma questão, solicite imediata substituição do Caderno. 2. Cada questão de múltipla escolha contém apenas uma alternativa correta. 3. Preencha, na folha de respostas, o espaço correspondente à alternativa escolhida, utilizando caneta esferográfica de tinta azul ou preta. 4. Não é permitida a utilização de nenhum material de consulta que não seja o fornecido pelo PaqTc. 5. Durante a prova o candidato não deverá comunicar-se com outros candidatos. 6. A duração da prova é de quatro horas, já incluído o tempo destinado ao preenchimento da Folha de Respostas. 7. O candidato será avisado de que o tempo de prova estará chegando ao final, quando faltarem 30 minutos. 8. Permanecer na sala onde realiza a prova por, no mínimo, 2 (duas) horas. 9. Deixar o local de aplicação com a prova, após 4 (quatro) horas, ou seja, após o toque final. 10. A desobediência a qualquer uma das determinações constantes nas presentes instruções ou na folha de respostas poderá implicar na anulação da prova do candidato.

2 SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DA PARAÍBA PROGRAMA AGENTES LOCAIS DE INOVAÇÃO - ALI FUNDAÇÃO PARQUE TECNOLÓGICO DA PARAÍBA 01 de abril de 2012 GABARITO

3 Responda às questões de 1 a 7, com base na leitura do texto I. PORTUGUÊS Texto I Pequenas Ideias, Grandes Negócios Há uma noção de que as melhorias também chamadas de inovações incrementais voltadas para melhorias, redução de custos, etc. são fruto de muitas pequenas ideias, enquanto que a inovação de impacto normalmente voltada para novos produtos ou estratégias de marketing é fruto de uma grande ideia. Não é a ideia que tem que ser grande: grande tem que ser o seu efeito. Há diferenças que fazem toda a diferença, como a passagem do cadarço para o velcro nos tênis, por exemplo. Quantas boas ideias, quantas inovações de fato lucrativas, pode-se ter trazendo ideias já consagradas de outros segmentos? A Springer Carrier, por exemplo, inovou sua estratégia de marketing trazendo do universo da decoração a ideia do show-room. Assim, hoje temos show-rooms de ar-condicionado, por que não? Outro argumento em defesa das pequenas ideias vem dos consultores americanos Alan Robinson e Dean Schroeder, autores do livro Ideas Are Free: para eles, são as grandes ideias que tendem a ser copiadas rapidamente pela concorrência, pois chamam mais a atenção. No fundo, precisamos redefinir a noção do que é uma grande ideia, pois a busca do ineditismo e da ousadia pode nos tolher a visão ou provocar ideias de difícil implementação. Não podemos nos deixar impressionar pela grandiosidade das ideias que caem em nossas mãos: elas não são necessariamente as mais rentáveis, são apenas as que mais aparecem. É extremamente saudável para quem quer inovar conhecer o histórico de inovações. O processo criativo é desmitificado. Assim, além da famosíssima história do post-it, oriundo da cola que não colava, devemos ir atrás de histórias como a do Martini: uma companhia aérea americana precisava reduzir custos e para isso deixou de oferecer Martini, que já era pouco consumido, nos voos matinais. Com isso, eliminou também as azeitonas (produto perecível e portanto mais caro) e aproveitou o espaço que elas ocupavam na geladeira para outras coisas. Atenção: essa ideia foi dada por um comissário de bordo. E o que foi preciso para que ele a gerasse? Nada de arroubos de genialidade. Bastou estar atento, observar rotinas como processos mutáveis, conhecer o próprio trabalho. Para as pessoas que utilizam, ensinam e facilitam processos de brainstorming (ou tempestade cerebral, o momento de expressar todas as ideias a respeito de um assunto, sem censura) vale lembrar que nesta fase, além das ideias absurdas, deve haver espaço para as ideias que, apesar de quebrar paradigmas, em sua essência são simples. Na segunda fase do brainstorming, quando as ideias são agrupadas e selecionadas, a busca da grande ideia pode podar as pequenas. Além disso, o agrupamento das ideias pode ser perigoso: juntando ideias parecidas, poderemos perder de vista aquela que fará toda a diferença. Outra forma de gerarmos ideias boas, rentáveis e não necessariamente grandiosas é por meio da técnica da fertilização cruzada. O nome, oriundo da biologia, fala justamente da nossa capacidade de obter inspiração em universos diferentes dos nossos, como no caso da Springer Carrier, citado acima. Assim, se a ideia do Martini veio da observação do cotidiano, inúmeras outras ideias surgem da observação do diferente. Finalmente, é preciso estar preparado para a inovação. Em vendas e em atendimento costumam surgir inúmeras ideias, pequenas mas poderosas, frequentemente geradas pelos próprios vendedores e atendentes. Muitas vezes essas ideias se perdem ou são utilizadas uma única vez, pela falta de um canal de resgate e comunicação. É preciso lembrar de que pequenas ideias geram grandes negócios. (Gisela Kassoy, Acesso em 12/3/12, com adaptações) 01 Os exemplos que o texto apresenta a) confirmam a opinião dos consultores A. Robinson e D. Schroeder. b) comprovam a necessidade de ideias simples e complexas nos negócios. c) ilustram a ideia central do texto de Gisela Kassoy. d) demonstram a competência dos funcionários das empresas. e) servem de base para o desenvolvimento do texto. 02 Em...pois a busca do ineditismo e da ousadia pode nos tolher a visão ou provocar ideias de difícil implementação (3º ), tolher tem o sentido de a) embaraçar. b) escolher. c) evitar. d) tirar. e) facilitar. 03 Observando-se o funcionamento dos adjetivos que qualificam o substantivo ideia, no texto, pode-se afirmar que I grande equivale a inédita e impactante. II pequena equivale a boa e simples. III pequena se opõe a rentável e lucrativa. IV grande se opõe a despercebida e fácil. Estão corretas apenas as assertivas: a) I, II e III. b) I, III e IV. c) II, III e IV. d) II e IV. e) I, II e IV. 01

4 04 Segundo Gisela Kassoy, as boas ideias no mundo dos negócios estão na (no) a) genialidade dos funcionários. b) observação do dia-a-dia da empresa e de outros setores. c) ousadia do projeto de inovação. d) processo criativo do marketing. e) impacto nos lucros. 05 A leitura dos enunciados (1) É extremamente saudável para quem quer inovar conhecer o histórico de inovações. e (2) O processo criativo é desmitificado. (3º ) permite inferir-se que: a) O enunciado 1 é condição para o enunciado 2. b) O enunciado 2 é explicação do enunciado 1. c) O enunciado 1 é alternativa para o 2. d) O enunciado 2 é a razão do 1. e) O enunciado 2 é a consequência do A linguagem utilizada no texto tem a função de a) informar e expressar o sentimento da autora sobre o tema do texto. b) manter contato com o leitor, para informar-lhe soluções dadas por empresas. c) exprimir a empatia da autora para com as ideias inovadoras. d) informar e convencer o leitor de como se podem obter resultados nas empresas. e) informar, com criatividade, as diferenças entre grandes e pequenas ideias. 07 As frases interrogativas a) contribuem para o emissor do texto aproximar-se do receptor. b) são um recurso linguístico para explicar a própria língua. c) permitem ao leitor receber a mensagem do texto. d) contribuem para o emissor explicar a linguagem utilizada. e) possibilitam ao emissor expor o canal de comunicação com o receptor. 08 De acordo com o novo acordo ortográfico, permanecem com acento gráfico as palavras: a) Acessível; (ele) pára; epopéia. b) (Eles) vêem; séria; anéis. c) Papéis; (ela) atém-se; úteis. d) Enjôo; órgão; acórdão. e) (Eles) retêm; vigência; pólo. 09 Observe o uso dos dois pontos em Outro argumento em defesa das pequenas ideias vem dos consultores A. Robinson e D. Schroeder, autores do livro Ideas Are Free: para eles, são as grandes ideias que tendem a ser copiadas rapidamente.... Os dois pontos introduzem uma informação da mesma natureza que a) Não é a ideia que tem que ser grande: grande tem que ser o seu efeito. b) Devemos ir atrás de histórias como a do Martini: uma companhia aérea americana precisava reduzir custos e para isso deixou de oferecer Martini (...). c) Não podemos nos deixar impressionar pela grandiosidade das ideias que caem em nossas mãos: elas não são necessariamente as mais rentáveis. d) O agrupamento das ideias pode ser perigoso: juntando ideias parecidas, poderemos perder de vista aquela que fará a diferença. e) É importante criar um ambiente favorável entre os colaboradores e incentivá-los a criarem soluções: cada um pode ser um potencial inovador. 02

5 10 Agrupe os enunciados abaixo, de forma coerente e coesa, para compor um texto, em seguida, assinale a alternativa correta. (1) Muitos empresários estão atentos à importância da inovação. (2) Segundo dados do Sebrae, na Paraíba, mais de 40% das empresas utilizaram o aperfeiçoamento em processo ou produto como solução de inovação. (3) Grande parcela de empresários não vê na ferramenta um diferencial de competitividade. (4) Investimento em design, na produção mais limpa e no alimento seguro são soluções preferidas pelos empreendedores. a) Muitos empresários estão atentos à importância da inovação. Segundo dados do Sebrae, na Paraíba, mais de 40% das empresas utilizaram o aperfeiçoamento em processo ou produto como solução de inovação. Onde investimento em design, na produção mais limpa e no alimento seguro foram soluções preferidas pelos empreendedores, cuja grande parcela não vê na ferramenta um diferencial de competitividade. b) Embora, segundo dados do Sebrae, na Paraíba, mais de 40% das empresas tenham utilizado o aperfeiçoamento em processo ou produto como solução de inovação, muitos empresários estão atentos à importância dessa inovação. É por isso que investimento em design, na produção mais limpa e no alimento seguro são soluções preferidas pelos empreendedores, nos quais grande parcela ainda não vê nessa ferramenta um diferencial de competitividade. c) Grande parcela de empresários ainda não vê na inovação um diferencial de competitividade. Por isso, investimento em design, na produção mais limpa e no alimento seguro são soluções preferidas por eles. Por outro lado, muitos empresários estão atentos à importância da inovação, embora, segundo dados do Sebrae, na Paraíba, mais de 40% das empresas tenham utilizado o aperfeiçoamento em processo ou produto como solução dessa inovação. d) Segundo dados do Sebrae, na Paraíba, mais de 40% das empresas utilizaram o aperfeiçoamento em processo ou produto como solução de inovação. Além disso, investimento em design, na produção mais limpa e no alimento seguro são outras soluções preferidas pelos empreendedores. Apesar de muitos empresários estarem atentos à importância da inovação, grande parcela deles ainda não vê nessa ferramenta um diferencial de competitividade. e) Investimentos em design, na produção mais limpa e no alimento seguro são soluções preferidas pelos empreendedores que, segundo dados do Sebrae, na Paraíba, mais de 40% das empresas utilizaram esse aperfeiçoamento em processo ou produto como solução de inovação. Por isso, muitos empresários estão atentos à importância da inovação, mas grande parcela deles não vê nessa ferramenta um diferencial de competitividade. 11 Assinale a alternativa que não segue as regras de concordância verbal, de acordo com a gramática normativa. a) As setas maiores do painel de navegação servem como instrumento de movimentação pela imagem do mapa. b) Das empresas entrevistadas, 62% ainda não possuem um colaborador exclusivamente responsável pela área de informática. c) Qual dos participantes desses eventos de informática recebeu certificado de qualidade? d) Uma das empresas que se inscreveu na Feira de Informática e nos cursos foi a Y Z. e) Também existem hoje, na cidade, outros softwares que permitem a informatização da biblioteca. 12 Assinale a alternativa que segue as normas de regência verbal ou nominal, conforme a gramática normativa. a) O fator localização é um importante aspecto a ser tratado na aplicabilidade do sistema de informações com auxílio a acessibilidade de deficientes. b) A interface é composta por um menu contendo uma barra com ferramentas específicas para atender às atividades propostas. c) Após a identificação e seleção do ponto pretendido, é possível ter acesso à informações mais detalhadas. d) A aplicação ainda oferece todas às ferramentas de controle utilizadas no sistema de informações. e) É preciso que se esteja disposto à propiciar as mudanças necessárias para a implementação da tecnologia no cotidiano escolar. 13 Qual dos elementos coesivos sublinhados abaixo está com referente indicado corretamente? a) Nossa proposta é alavancar os negócios dos fornecedores de serviços e aproximá-los das empresas dos mais diversos segmentos. Referente: serviços. b) É necessário obter visibilidade para atrair investimentos, clientes e parceiros de outros países. Isso pode ser feito através de ações de marketing. Referente: visibilidade. c) É possível se obter um faturamento mínimo atuando apenas localmente, mas dificilmente a empresa deste tipo deixará de ser uma microempresa. Sendo assim, os negócios precisam acompanhar as tendências do setor no mundo inteiro. Referente: ser uma microempresa. d) A liberdade para comunicação, o acesso às edificações de uso comum, garantias e segurança para que os portadores de deficiência possam utilizar equipamentos do meio urbano são alguns dos recursos esperados e muitas vezes insuficientes para os mesmos. Referente: recursos. e) Há uma desinformação por parte das micro e pequenas empresas em relação ao espaço web. As empresas especialistas em web foram treinadas para atender ao programa Pontocom sua empresa na web, com o intuito de orientá-las a capacitá-las a aproveitarem essa ferramenta. Referente: micro e pequenas empresas. 03

6 14 Em qual dos textos abaixo o pronome relativo está empregado atendendo à norma padrão da língua portuguesa? a) Em 2011, o Sebraetec, do qual participaram micro e pequenas empresas da Paraíba, constatou que, em média, 35 delas investiram em soluções tecnológicas, por mês. b) O proprietário de uma rede de lojas descobriu que a inovação pode estar ligada a mudanças onde o design da loja ou do produto pode fazer uma grande diferença. c) A informatização e a criação de uma página na internet estão entre as principais soluções de inovação que os empresários fizeram alusão ao serem entrevistados. d) Em um workshop de criatividade que fez parte, um consultor de empresa de serviços mostrou que nem sempre ideias extraordinárias são fundamentais. e) Muitos empresários não investem na inovação na qual acreditam que é cara e difícil. 15 Observando o sentido dos enunciados, qual conjunção está empregada de forma adequada? a) Na sociedade do conhecimento, a educação se torna cada vez mais ampla e complexa, pois cabe aos gestores de instituições de ensino oferecer os recursos necessários para o desenvolvimento integral de toda a comunidade escolar. b) Hoje, há programas de computador que permitem a informatização da biblioteca, a automatização da cantina, o controle de acesso de alunos, para que os dirigentes possam elaborar o planejamento estratégico da instituição e tomarem decisão. c) O desafio maior para o gestor não é apenas disponibilizar um espaço com computadores nas escolas, mas é promover a formação das habilidades necessárias nos professores para utilizarem as tecnologias disponíveis. d) No âmbito administrativo, os sistemas de informação promovem uma revolução sem precedentes no processamento, armazenamento e disseminação dos dados da escola, já que os professores podem realizar a digitação das notas em qualquer computador que esteja conectado à internet. e) O gestor é considerado moderno, se, caso, conseguir enxergar os benefícios proporcionados pelo uso correto das tecnologias. 16 Leia o enunciado a seguir e observe o emprego do advérbio profissionalmente, nas posições indicadas: Ser feliz deveria ser sinônimo de trabalhar em algo que dá um significado maior à sua vida. I - Em qualquer posição no enunciado, profissionalmente mantém seu papel de especificar ser feliz. II - Profissionalmente, no início de enunciado, delimita ser feliz. III - Profissionalmente depois de ser feliz especifica ser feliz. IV - Profissionalmente depois de vida delimita todo o enunciado. Estão corretas as assertivas: a) Apenas II e III. b) Apenas I e IV. c) Apenas I e II. d) Apenas III e IV. e) Apenas I, II e III. 17 Que relações sintático-semânticas as orações estabelecem entre si, no período abaixo? Quando Domenico de Masi publicou o livro O Ócio Criativo, esperávamos um período de maior bem-estar físico e psíquico e com maior espaço para a felicidade, mas isso não aconteceu. (Você S.A., dez. 2011, p.100, com adaptação) a) Relações de tempo, finalidade e adversidade referentes ao fato desejado. b) Relações de finalidade e tempo relativas ao fato. c) Relações de tempo, alternativa e conclusão relacionadas ao fato. d) Relações de tempo e oposição relativas ao fato desejado. e) Relações de condição, tempo e finalidade referentes ao fato. 18 Reúna as frases seguintes em um só período, observando suas relações sintático-semânticas. - As pessoas estarão menos vulneráveis ao estresse do trabalho. - As pessoas não associam seu conceito de felicidade ao sucesso profissional. - A necessidade de buscar o próprio sucesso para satisfazer o ego é frustrante. a) Para que as pessoas não associem seu conceito de felicidade ao sucesso profissional, uma vez que a necessidade de buscar o próprio sucesso para satisfazer o ego é frustrante, elas estarão menos vulneráveis ao estresse do trabalho. b) Embora a necessidade de buscar o próprio sucesso para satisfazer o ego seja frustrante, as pessoas não associam seu conceito de felicidade ao sucesso profissional, nem estarão menos vulneráveis ao estresse do trabalho. c) As pessoas estarão menos vulneráveis ao estresse do trabalho, quando não associarem seu conceito de felicidade ao sucesso profissional, por isso, a necessidade de buscar o próprio sucesso para satisfazer o ego é frustrante. d) As pessoas não associam seu conceito de felicidade ao sucesso profissional, se a necessidade de buscar o próprio sucesso para satisfazer o ego for frustrante, e por isso elas estiverem menos vulneráveis ao estresse do trabalho. e) As pessoas estarão menos vulneráveis ao estresse do trabalho, se não associarem seu conceito de felicidade ao sucesso profissional, pois a necessidade de buscar o próprio sucesso para satisfazer o ego é frustrante. 04

7 Responda às questões 19 e 20, com base no texto II. (Você S.A., dez.2011, p.7) 19 Analisando a pontuação do texto II, é correto afirmar que I as orações subordinadas apresentadas de forma independente da oração principal é um recurso utilizado pelo texto publicitário para chamar a atenção do leitor. II a pontuação foge às regras da norma padrão, pois orações subordinadas não se separam da oração principal por um ponto. III- a enumeração das condições, utilizando-se o pronome você interpela o destinatário a engajar-se na instituição. A alternativa correta é: a) Apenas I e II. b) Apenas II e III. c) I, II e III. d) Apenas I e III. e) Apenas II. 20 As orações subordinadas condicionais I indicam que não está garantido ser realmente verdade o que as orações expressam. II mostram que o fato condicionado é real. III não contêm informações ditas como novidade. Está(ão) correta(s) a(s) assertiva(s): a) Apenas I e II. b) Apenas I e III. c) Apenas II e III. d) I, II e III. e) Apenas I. 05

8 INFORMÁTICA 21 Considere \Web\Cursos\ARQ001 o caminho para o arquivo ARQ001 no sistema de endereçamento hierárquico do Windows. A primeira barra invertida (\) indica que o caminho é absoluto, ou seja, parte-se do a) diretório de trabalho. b) diretório-raiz. c) diretório-base. d) diretório-atual. e) diretório de partida. 22 No Windows XP, estando a barra de tarefas localizada em sua posição padrão, a área na barra de tarefas à direita dos botões dessa barra que exibe a hora e também pode conter atalhos que forneçam acesso rápido a programas, como Controle de volume e Opções de energia, é denominada a) área de trabalho. b) área de status. c) espaço de acesso rápido. d) área de notificação. e) espaço de visualização rápida. 23 Dadas as seguintes proposições, sobre Microsoft Word 2007, I - O pincel não pode copiar a fonte e o tamanho da fonte no texto do WordArt. II - A minibarra de ferramentas de opções de formatação é exibida automaticamente quando um texto é selecionado. III - A maneira mais rápida de sublinhar textos é pressionar CTRL+S e começar a digitar. Quando desejar parar de sublinhar, devese pressionar CTRL+S novamente. Está(ão) correta(s) as proposições: a) Apenas III. b) I, II, e III. c) Apenas I. d) Apenas II e III. e) Apenas I e II. 24 Dadas as seguintes proposições, sobre memória, I - As memórias SDRAM são capazes de trabalhar sincronizadas com os ciclos da placa-mãe, sem tempos de espera. II - Ao carregar um programa, ele é lido do HD e é transferido para a memória RAM, para só então ser executado pelo processador. III- A memória Flash permite armazenar dados por longos períodos, sem precisar de alimentação elétrica. Está(ão) correta(s) as proposições: a) Apenas I e II. b) Apenas I. c) Apenas I e III. d) Apenas II e III. e) I, II e III. 25 São interrupções de hardware, canais que os dispositivos podem utilizar para chamar a atenção do processador. Qual opção abaixo corresponde à descrição anterior? a) Endereços de IRQ. b) DMA. c) Controlador de memória. d) Controlador de hardware. e) Controlador de DMA. 26 Dadas as seguintes proposições, sobre vírus e ataques a computadores, I - Novos vírus são criados constantemente e estão estreitamente relacionados com novas vulnerabilidades e novos tipos de ataques. II - As invasões a computadores podem ser executadas por meio da exploração de técnicas que podem ter como base apenas invasões técnicas. III- No ataque de recusa de serviço (DOS), os hackers causam uma falha no disco rígido impedindo a execução do Windows. Está(ão) correta(s) as proposições: a) Apenas I e II. b) Apenas I e III. c) Apenas II e III. d) Apenas I. e) I, II, e III. 06

9 27 O dispositivo de software, cujo trabalho é gerenciar todos os componentes de um sistema computacional moderno e fornecer aos programas de usuário uma interface com o hardware mais simples é denominado. a) sistema operacional. b) linguagem de máquina. c) linguagem de programação. d) utilitário. e) aplicativo. 28 Com relação às afirmações abaixo, sobre conceitos de proteção e segurança, I - Assinatura digital é o processo de emissão de certificados digitais por uma autoridade emissora. II - Basicamente, um firewall consiste numa barreira de proteção entre um computador ou uma rede interna e seu ambiente externo. III - A criptografia simétrica, ou tradicional, utiliza uma única chave que serve tanto para cifrar como decifrar a informação. Está(ão) correta(s) as assertivas: a) Apenas I e II. b) Apenas II e III. c) Apenas I. d) I, II e III. e) Apenas I e III. 29 No Windows 7, o local central para exibir alertas e tomar providências que podem ajudar a executar o Windows uniformemente e que lista mensagens importantes sobre configurações de segurança e manutenção que precisam da sua atenção é denominado a) Central de configurações. b) Facilidade de acesso. c) Sistema e manutenção. d) Central de ações. e) Central de segurança. 30 Qual opção abaixo NÃO é um recurso de segurança oferecido pelo navegador Internet Explorer 8? a) Filtro do SmartScreen. b) Filtro de pacotes. c) Bloqueador de pop-up. d) Gerenciador de complementos. e) Assinaturas digitais. 31 Uma atualização do Windows, frequentemente combinando atualizações anteriores, que ajuda a deixar o Windows mais confiável é denominada a) windows update. b) patch. c) atualização agrupada. d) windows update total. e) service pack. 32 Quanto ao correio eletrônico, é INCORRETO afirmar que: a) Devido a seu baixo custo e rapidez, transformou-se na principal forma de comunicação para transmissão de documentos oficiais. b) O campo assunto do formulário de correio eletrônico deve ser preenchido de modo a facilitar a organização documental tanto do destinatário quanto do remetente. c) Para os arquivos anexados à mensagem deve ser utilizado, preferencialmente, o formato ZIP. d) Depois de finalizada a mensagem no software de correio eletrônico, ela segue para um servidor de . e) As partes básicas de uma mensagem de correio eletrônico são o remetente, o destinatário, o assunto e eventuais cópias que serão enviadas a outras pessoas. 33 Dada as proposições, sobre protocolos Web, I - HTTP é um protocolo da camada de transporte. II - No IPv4, os endereços são números com 32 bits, normalmente escritos como quatro octetos (em decimal) separados por pontos. III - Quando um usuário se conecta a um servidor seguro, o navegador reconhece o SSL do URL, o qual começa com https://, em vez de Está(ão) correta(s) as proposições: a) I, II e III. b) Apenas II. c) Apenas II e III. d) Apenas I e III. e) Apenas III. 07

10 34 É considerado um padrão de comunicação sem fio de curto alcance e baixo custo operacional e de tecnologia financeiramente acessível. Qual opção abaixo corresponde à descrição anterior? a) GPRS. b) Wireless. c) WTA. d) Bluetooth. e) WAP. 35 Dadas as opções seguintes, assinale aquela improcedente quanto a Wikis. a) A tecnologia que une o Blog com o Wiki é conhecida como Bliki. b) Os Wikis que trabalham com bancos de dados podem oferecer recursos de busca, quer no próprio acervo, através do recurso FindPage, quer em todo o acervo da Web (full-text search). c) Uma comunidade Wiki pode ser definida como um grupo de pessoas que decidem criar e partilhar um Wiki. d) O Wiki permite a criação de verdadeiras mídias hipertextuais, com estrutura de navegação exclusivamente linear. e) Nos primeiros Wikis, a edição era feita totalmente em HTML. 36 Por padrão, o Microsoft Word 2007 cria um hiperlink quando você pressiona ENTER ou a BARRA DE ESPAÇO, depois de digitar o endereço de uma página da Web já existente. Qual atalho do teclado deve ser usado imediatamente após o endereço ou URL, para excluir um hiperlink de uma URL digitada? a) CTRL+L. b) CTRL+Z. c) CTRL+R. d) CTRL+U. e) CTRL+H. 37 De acordo com os botões do Microsoft PowerPoint 2007, enumere a segunda coluna de acordo com a primeira. 1ª coluna 2ª coluna ( ) Alinhar texto. ( ) Maiúsculas e minúsculas. ( ) Espaçamento entre caracteres. ( ) Converter em SmartArt. ( ) Direção do texto. A sequência correta de cima para baixo está na alternativa a) b) c) d) e) Garantia de que o acesso à informação é restrito aos seus usuários legítimos é um dos objetivos fundamentais da segurança da informação, denominado a) Confidencialidade. b) Integridade. c) Disponibilidade. d) Legalidade. e) Auditabilidade. 08

11 39 Dada as seguintes proposições, I - O botão denominado Estou com sorte do Google, proporciona um método altamente funcional para acessar resultados de pesquisa específicos, direcionando o navegador diretamente para a primeira referência de relevância apontada para o termo. II - A inclusão do asterisco (*) em uma consulta, faz com que o Google considere o asterisco como um espaço reservado para termos desconhecidos e tentará encontrar os resultados que melhor corresponderem. III - No Google, as pesquisas nunca diferenciam o uso de maiúsculas e minúsculas. Está(ão) correta(s) as proposições: a) Apenas I. b) Apenas I e III. c) Apenas I e II. d) Apenas II e III. e) I, II e III. 40 No Microsoft Excel 2007, o seguinte botão pode ser encontrado a partir da guia Início, grupo Número. A operação relacionada a esse botão é: a) Escolher um formato alternativo de unidade monetária para a célula selecionada. b) Exibir o valor da célula como percentual. c) Mostrar valores mais precisos exibindo mais casas decimais. d) Mostrar valores menos precisos exibindo menos casas decimais. e) Exibir o valor da célula com um separador de milhar. 09

12 CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS - INOVAÇÃO Responda às questões 41 a 48 com base no Manual de Oslo, capítulo Analise as assertivas a seguir sobre as teorias de inovação e assinale a alternativa que indica a resposta correta. I - A perspectiva schumpeteriana, referência clássica nas teorias da inovação, considera vários tipos de inovação e tende a enfocála através de mudanças incrementais em conhecimentos e em tecnologias. II Na perspectiva neoclássica, a inovação é vista em termos de criação de ativos e de experimentos de mercado, constituindo-se um aspecto da estratégia de negócios ou uma parte do conjunto de investimentos para criar capacidade de desenvolvimento de produto ou para melhorar a eficiência. III As teorias de marketing sobre inovação enfocam apenas dois elementos: o comportamento do consumidor e as trocas de mercado entre compradores e vendedores, considerando o papel significativo da heterogeneidade para o desenvolvimento de novos produtos. IV Na perspectiva da organização industrial sobre inovação, uma empresa pode apresentar dois tipos de comportamento: reativo, quando objetiva evitar a perda de mercado para um competidor inovador; e pró-ativo, quando pretende ganhar posições de mercado estratégicas frente a seus competidores, desenvolvendo e tentando impor padrões tecnológicos mais elevados para os seus produtos. Está(ão) correta(s) P r o g r a m a A g e n t e s L o c a i s d e I n o v a ç ã o A L I a) Apenas I, III e IV b) Apenas II e IV c) Apenas I d) Apenas I e IV e) Apenas II 42 Marque a alternativa em que a assertiva contradiz os resultados das pesquisas sobre inovação organizacional. a) O cuidadoso arranjo de práticas, rotinas e relacionamentos, bem como a organização mais fluida e flexível em que os indivíduos são incentivados a desenvolver novas idéias e formas de realizar as tarefas constituem fatores estimuladores do aprendizado organizacional. b) A acentuada integração entre a coordenação, o planejamento e o desenvolvimento de estratégias de inovação pode funcionar, de forma satisfatória, em indústrias caracterizadas por mudanças incrementais em conhecimentos e em tecnologias. c) O aprendizado organizacional está condicionado a práticas e rotinas, a padrões de interação dentro e fora da empresa, bem como à capacidade de mobilizar conhecimento tácito individual e promover interações. d) A organização mais livre e flexível, permitindo aos trabalhadores maior autonomia para tomar decisões e definir suas responsabilidades, tende a ser mais efetiva na geração de inovações mais radicais. e) O conhecimento produzido na literatura sobre a relação entre estrutura organizacional e eficiência das atividades de inovação desconsidera o papel dos processos de aprendizagem e da adaptação a mudanças na tecnologia e no meio-ambiente. 43 Analise as afirmações a seguir acerca das perspectivas teóricas sobre difusão do conhecimento e da tecnologia na inovação. I- Ao estudo econômico da difusão da inovação interessa a relação dispêndio/vantagem frente ao mercado implicada na adoção de uma nova tecnologia, enquanto ao estudo sociológico interessam fatores referentes à relação entre novas exigências e a disponibilidade potencial da empresa. II As abordagens evolucionistas, que se opõem às abordagens sistêmicas, consideram a inovação como um processo independente da trajetória, no qual o conhecimento e a tecnologia são desenvolvidos a partir da interação entre vários atores e fatores. III As abordagens sistêmicas alteram o foco das políticas sobre inovação, ao enfatizarem a interação de uma organização com outra e entre as organizações e seus entornos, observando processos interativos na criação, difusão e aplicação de conhecimentos. Está(ão) correta(s) a) Apenas I e III. b) Apenas II. c) Apenas II e III. d) Apenas III. e) Apenas I. 44 O modelo adotado pelo Manual citado, para guiar o delineamento de pesquisas de inovação, apresenta a seguinte estrutura de mensuração: a) infraestrutura da empresa; marketing; demanda; inovação da empresa. b) inovação na empresa; interação com outras empresas e instituições de pesquisa; estrutura institucional em que as empresas operam; demanda. c) interação da empresa com outras empresas e instituições de pesquisa; marketing. d) inovação na empresa; estrutura institucional em que operam as empresas; demanda. e) demanda; interação da empresa com outras empresas; marketing. 10

POLÍTICA DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA

POLÍTICA DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA POLÍTICA DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA ESTEVÃO FREIRE estevao@eq.ufrj.br DEPARTAMENTO DE PROCESSOS ORGÂNICOS ESCOLA DE QUÍMICA - UFRJ Tópicos: Ciência, tecnologia e inovação; Transferência de tecnologia; Sistemas

Leia mais

Carta para a Preservação do Patrimônio Arquivístico Digital Preservar para garantir o acesso

Carta para a Preservação do Patrimônio Arquivístico Digital Preservar para garantir o acesso Carta para a Preservação do Patrimônio Arquivístico Digital Preservar para garantir o acesso Considerando que a informação arquivística, produzida, recebida, utilizada e conservada em sistemas informatizados,

Leia mais

Soluções Simples www.designsimples.com.br solucoes@designsimples.com.br

Soluções Simples www.designsimples.com.br solucoes@designsimples.com.br Soluções Simples www.designsimples.com.br solucoes@designsimples.com.br C1 Introdução Este guia traz noções essenciais sobre inovação e foi baseado no Manual de Oslo, editado pela Organização para a Cooperação

Leia mais

Informática. Informática. Valdir

Informática. Informática. Valdir Informática Informática Valdir Questão 21 A opção de alterar as configurações e aparência do Windows, inclusive a cor da área de trabalho e das janelas, instalação e configuração de hardware, software

Leia mais

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE Palestra para o Conselho Regional de Administração 1 O QUE É O SEBRAE? 2 O Sebrae O Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas da Bahia

Leia mais

INTERNET OUTLOOK. 1. Considerando os conceitos e os modos de navegação na Internet, assinale a opção correta.

INTERNET OUTLOOK. 1. Considerando os conceitos e os modos de navegação na Internet, assinale a opção correta. Prof. Júlio César S. Ramos P á g i n a 1 INTERNET OUTLOOK 1. Considerando os conceitos e os modos de navegação na Internet, assinale a opção correta. A O Outlook Express permite criar grupo de pessoas

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR PESSOA FÍSICA MODALIDADE PRODUTO

TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR PESSOA FÍSICA MODALIDADE PRODUTO TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR PESSOA FÍSICA MODALIDADE PRODUTO Número e Título do Projeto Função no Projeto: Resultado: Atividades: Antecedentes: (breve histórico justificando a contratação)

Leia mais

SISTEMA DE COMUNICAÇÃO DO SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO DE SERVIÇOS GERAIS - COMUNICA. Manual do Usuário

SISTEMA DE COMUNICAÇÃO DO SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO DE SERVIÇOS GERAIS - COMUNICA. Manual do Usuário SISTEMA DE COMUNICAÇÃO DO SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO DE SERVIÇOS GERAIS - COMUNICA Manual do Usuário Título SISTEMA DE COMUNICAÇÃO DO SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO DE SERVIÇOS GERAIS - COMUNICA

Leia mais

Para resolver as questões abaixo considere o Sistema Operacional Microsoft Windows Vista

Para resolver as questões abaixo considere o Sistema Operacional Microsoft Windows Vista Nome: Gabarito Para resolver as questões abaixo considere o Sistema Operacional Microsoft Windows Vista 1) O Centro das configurações do Windows, onde pode ser acessado cada um dos dispositivos componentes

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE LEI COMPLEMENTAR Nº 478, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2012.

RIO GRANDE DO NORTE LEI COMPLEMENTAR Nº 478, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2012. RIO GRANDE DO NORTE LEI COMPLEMENTAR Nº 478, DE 27 DE DEZEMBRO DE 2012. Dispõe sobre concessão de incentivos à inovação e à pesquisa científica e tecnológica no âmbito do Estado do Rio Grande do Norte.

Leia mais

PROGRAMA AGENTES LOCAIS DE INOVAÇÃO ALI

PROGRAMA AGENTES LOCAIS DE INOVAÇÃO ALI JUSTIFICATIVAS PARA MANUTENÇÃO OU PARA ALTERAÇÃO DE GABARITOS PRELIMINARES De acordo com o Edital para Seleção de Bolsistas e Orientadores para a Operacionalização do Programa AGENTES LOCAIS DE INOVAÇÃO

Leia mais

Portal Contador Parceiro

Portal Contador Parceiro Portal Contador Parceiro Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa 1. Portal Contador Parceiro... 03 2. Acesso ao Portal... 04 3. Profissionais...11 4. Restrito...16 4.1 Perfil... 18 4.2 Artigos...

Leia mais

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano Informática Aplicada Aula 2 Windows Vista Professora: Cintia Caetano AMBIENTE WINDOWS O Microsoft Windows é um sistema operacional que possui aparência e apresentação aperfeiçoadas para que o trabalho

Leia mais

Microsoft Internet Explorer. Browser/navegador/paginador

Microsoft Internet Explorer. Browser/navegador/paginador Microsoft Internet Explorer Browser/navegador/paginador Browser (Navegador) É um programa que habilita seus usuários a interagir com documentos HTML hospedados em um servidor web. São programas para navegar.

Leia mais

TRE/MG (15/03/2008) CESPE QUESTÃO 6

TRE/MG (15/03/2008) CESPE QUESTÃO 6 TRE/MG (15/03/2008) CESPE QUESTÃO 6 Considerando a janela do Word 2003 ilustrada acima, que contém um documento em processo de edição no qual o título está selecionado, assinale a opção correta. A O parágrafo

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOM DESPACHO-MG PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - EDITAL 001/2009 CARGO: MONITOR DE INCLUSÃO DIGITAL CADERNO DE PROVAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOM DESPACHO-MG PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - EDITAL 001/2009 CARGO: MONITOR DE INCLUSÃO DIGITAL CADERNO DE PROVAS CADERNO DE PROVAS 1 A prova terá a duração de duas horas, incluindo o tempo necessário para o preenchimento do gabarito. 2 Marque as respostas no caderno de provas, deixe para preencher o gabarito depois

Leia mais

AFRE. a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento, como o LILO ou o GRUB. a. ( ) Data Werehouse ; Internet ; Linux

AFRE. a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento, como o LILO ou o GRUB. a. ( ) Data Werehouse ; Internet ; Linux 1. De que forma é possível alterar a ordem dos dispositivos nos quais o computador procura, ao ser ligado, pelo sistema operacional para ser carregado? a. ( ) Instalando um programa gerenciador de carregamento,

Leia mais

Desenvolvimento Econômico e Inovação

Desenvolvimento Econômico e Inovação Desenvolvimento Econômico e Inovação Case Prático: Altus Sistemas de Informática S.A Rosana Casais 09/2008 Conceitos Inovação tecnológica: transformação de competências tecnológicas em resultados econômicos;

Leia mais

Como Criar uma Aula? Na página inicial do Portal do Professor, acesse ESPAÇO DA AULA: Ao entrar no ESPAÇO DA AULA, clique no ícone Criar Aula :

Como Criar uma Aula? Na página inicial do Portal do Professor, acesse ESPAÇO DA AULA: Ao entrar no ESPAÇO DA AULA, clique no ícone Criar Aula : Como Criar uma Aula? Para criar uma sugestão de aula é necessário que você já tenha se cadastrado no Portal do Professor. Para se cadastrar clique em Inscreva-se, localizado na primeira página do Portal.

Leia mais

CARGO: TÉCNICO EM INFORMÁTICA

CARGO: TÉCNICO EM INFORMÁTICA PROCESSO SELETIVO EDITAL Nº. 001/2015, de 01 de Julho de 2015 PROVA OBJETIVA: 16 DE AGOSTO DE 2015 CARGO: TÉCNICO EM INFORMÁTICA Nome do Candidato (A)...... Assinatura INSTRUÇÕES AO CANDIDATO 1. A prova

Leia mais

CONSULTORIA E SERVIÇOS DE INFORMÁTICA

CONSULTORIA E SERVIÇOS DE INFORMÁTICA CONSULTORIA E SERVIÇOS DE INFORMÁTICA Quem Somos A Vital T.I surgiu com apenas um propósito: atender com dedicação nossos clientes. Para nós, cada cliente é especial e procuramos entender toda a dinâmica

Leia mais

EXIN Cloud Computing Fundamentos

EXIN Cloud Computing Fundamentos Exame Simulado EXIN Cloud Computing Fundamentos Edição Maio 2013 Copyright 2013 EXIN Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser publicado, reproduzido, copiado ou armazenada

Leia mais

HP Mobile Printing para Pocket PC

HP Mobile Printing para Pocket PC HP Mobile Printing para Pocket PC Guia de Iniciação Rápida O HP Mobile Printing para Pocket PC permite imprimir mensagens de e-mail, anexos e arquivos em uma impressora Bluetooth, de infravermelho ou de

Leia mais

CAMPO DE APLICAÇÃO Esta Norma Complementar se aplica no âmbito da Administração Pública Federal, direta e indireta. APROVAÇÃO

CAMPO DE APLICAÇÃO Esta Norma Complementar se aplica no âmbito da Administração Pública Federal, direta e indireta. APROVAÇÃO 05/IN01/DSIC/GSIPR 00 14/AGO/09 1/7 PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Gabinete de Segurança Institucional Departamento de Segurança da Informação e Comunicações CRIAÇÃO DE EQUIPES DE TRATAMENTO E RESPOSTA A INCIDENTES

Leia mais

O entendimento e os benefícios de aplicação da Lei Federal de Inovação Tecnol. Florianópolis

O entendimento e os benefícios de aplicação da Lei Federal de Inovação Tecnol. Florianópolis O entendimento e os benefícios de aplicação da Lei Federal de Inovação Tecnol ológica Florianópolis polis,, 02 de abril de 2008. 1 CRONOLOGIA OS TRABALHOS: 1. Indicativos do quadro brasileiro de inovação;

Leia mais

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1 MANUAL DO USUÁRIO Índice 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 2.1. Instalação... 4 2.1.1. Servidor - Computador Principal... 4 2.1.2. Estação - Computador na Rede... 6 2.1.3. Estação - Mapeamento

Leia mais

Como funciona o site treinamento técnico ON-LINE?

Como funciona o site treinamento técnico ON-LINE? Manual do Usuário INSTRUÇÕES PARA UTILIZAÇÃO DO TREINAMENTO ON LINE A ATIC Tecnologia do Brasil Ltda. com o objetivo de atender aos seus diversos clientes, oferece treinamentos EAD - Educação a Distância

Leia mais

Segurança na Rede Local Redes de Computadores

Segurança na Rede Local Redes de Computadores Ciência da Computação Segurança na Rede Local Redes de Computadores Disciplina de Desenvolvimento de Sotware para Web Professor: Danilo Vido Leonardo Siqueira 20130474 São Paulo 2011 Sumário 1.Introdução...3

Leia mais

Presskit Guia Rápido. Release 2.0. Presskit

Presskit Guia Rápido. Release 2.0. Presskit Presskit Guia Rápido Release 2.0 Presskit 06/07/2009 Sumário 1 Login 2 Login e Senha...................................... 2 Esqueci minha senha.................................. 2 Fale Com o Suporte...................................

Leia mais

PROVA DE NOÇÕES DE MICROINFORMÁTICA

PROVA DE NOÇÕES DE MICROINFORMÁTICA 18 PROVA DE NOÇÕES DE MICROINFORMÁTICA AS QUESTÕES DE 41 A 60 CONSIDERAM O ESQUEMA PADRÃO DE CONFIGURAÇÃO DO SISTEMA OPERACIONAL MICROSOFT WINDOWS ME E DAS FERRAMENTAS MICROSOFT WINDOWS EXPLORER, MICRO-

Leia mais

MODELO 1 PARA SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS

MODELO 1 PARA SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS ANEXO 1 MODELO 1 PARA SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE ARRANJOS PRODUTIVOS LOCAIS Este documento serve como base orientadora para a apresentação de propostas de Arranjos Produtivos Locais para enquadramento no

Leia mais

Mostrar área de trabalho.scf. Manual do Produto EDI.

Mostrar área de trabalho.scf. Manual do Produto EDI. Mostrar área de trabalho.scf Manual do Produto EDI. ÍNDICE MANUAL DO PRODUTO EDI....3 1. O QUE É O EDI?...3 1.1. VANTAGENS... 3 1.2. FUNCIONAMENTO... 3 1.3. CONFIGURAÇÃO NECESSÁRIA... 3 2. UTILIZANDO O

Leia mais

Word e Excel. Marque Certo ou Errado

Word e Excel. Marque Certo ou Errado A figura acima mostra uma janela do Word 2002, com um texto em processo de edição. Nesse texto, a expressão União Européia é o único trecho formatado como negrito e a palavra continente está selecionada.

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Manual de Utilização Google Grupos Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução... 3 Página

Leia mais

MANUAL PARA O PROGRAMA DE INCUBAÇÃO INEAGRO-UFRRJ

MANUAL PARA O PROGRAMA DE INCUBAÇÃO INEAGRO-UFRRJ MANUAL PARA O PROGRAMA DE INCUBAÇÃO INEAGRO-UFRRJ 2009 Índice Introdução...3 O que é Base Tecnológica?...3 O que é o Programa de Incubação?...3 Para quem é o Programa de Incubação?...4 Para que serve o

Leia mais

GERENCIAMENTO CENTRALIZADO DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC

GERENCIAMENTO CENTRALIZADO DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC GERENCIAMENTO CENTRALIZADO DELL POWERVAULT DL 2000 BASEADO EM TECNOLOGIA SYMANTEC RESUMO EXECUTIVO O PowerVault DL2000, baseado na tecnologia Symantec Backup Exec, oferece a única solução de backup em

Leia mais

ADOBE FLASH PLAYER 10.3 Gerenciador de configurações locais

ADOBE FLASH PLAYER 10.3 Gerenciador de configurações locais ADOBE FLASH PLAYER 10.3 Gerenciador de configurações locais PRERELEASE 03/07/2011 Avisos legais Avisos legais Para consultar avisos legais, acesse o site http://help.adobe.com/pt_br/legalnotices/index.html.

Leia mais

Modelo de Plano de Negócios

Modelo de Plano de Negócios EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA CONJUNTA BNDES/FINEP/MS DE APOIO À INOVAÇÃO TECNOLÓGICA NO SETOR DE EQUIPAMENTOS MÉDICOS E TECNOLOGIAS PARA A SAÚDE INOVA SAÚDE EQUIPAMENTOS MÉDICOS - 02/2013 Modelo de Plano

Leia mais

Novidades da Versão 3.0.0.30

Novidades da Versão 3.0.0.30 Novidades da Versão 3.0.0.30 Alteração Equipamento Unidade Instalação Inserida informação Telemetria na Tela de Alteração de Equipamento Unidade de Instalação (326). A informação Roaming Internacional

Leia mais

Guia Básico de Utilização da Biblioteca Virtual da FAPESP. Thais Fernandes de Morais Fabiana Andrade Pereira

Guia Básico de Utilização da Biblioteca Virtual da FAPESP. Thais Fernandes de Morais Fabiana Andrade Pereira Guia Básico de Utilização da Biblioteca Virtual da FAPESP Thais Fernandes de Morais Fabiana Andrade Pereira Centro de Documentação e Informação da FAPESP São Paulo 2015 Sumário Introdução... 2 Objetivos...

Leia mais

Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) Guia de Estudos Metodologias Jovem de Futuro

Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) Guia de Estudos Metodologias Jovem de Futuro Guia de Estudos Metodologias Jovem de Futuro Precisamos reinventar a forma de ensinar e aprender, presencial e virtualmente, diante de tantas mudanças na sociedade e no mundo do trabalho. Os modelos tradicionais

Leia mais

V CINFORM Encontro Nacional de Ciência da Informação. Política de Informação Pública

V CINFORM Encontro Nacional de Ciência da Informação. Política de Informação Pública V CINFORM Encontro Nacional de Ciência da Informação Política de Informação Pública Salvador, 28 a 30 de junho de 2004 Política de Informação Pública Inclusão Digital de Micro e Pequeno Empresa Telecentros

Leia mais

SECRETARIA DE ÓRGÃOS COLEGIADOS RESOLUÇÃO Nº 06/2010

SECRETARIA DE ÓRGÃOS COLEGIADOS RESOLUÇÃO Nº 06/2010 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA SECRETARIA DE ÓRGÃOS COLEGIADOS Campus Universitário Viçosa, MG 36570-000 Telefone: (31) 3899-2127 - Fax: (31) 3899-1229 - E-mail: soc@ufv.br RESOLUÇÃO

Leia mais

Aula 12 Lista de verificação de segurança para o Windows 7

Aula 12 Lista de verificação de segurança para o Windows 7 Aula 12 Lista de verificação de segurança para o Windows 7 Use esta lista de verificação para ter certeza de que você está aproveitando todas as formas oferecidas pelo Windows para ajudar a manter o seu

Leia mais

Painel de Controle e Configurações

Painel de Controle e Configurações Painel de Controle e Configurações Painel de Controle FERRAMENTAS DO PAINEL DE CONTROLE: - Adicionar Hardware: Você pode usar Adicionar hardware para detectar e configurar dispositivos conectados ao seu

Leia mais

EDITORA FERREIRA MP/RJ_EXERCÍCIOS 01

EDITORA FERREIRA MP/RJ_EXERCÍCIOS 01 EDITORA FERREIRA MP/RJ NCE EXERCÍCIOS 01 GABARITO COMENTADO 01 Ao se arrastar um arquivo da pasta C:\DADOS para a pasta D:\TEXTOS utilizando se o botão esquerdo do mouse no Windows Explorer: (A) o arquivo

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Criação de Formulários no Google Drive Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Criação de Formulários no Google Drive Introdução...

Leia mais

Desenvolvimento de Novos Produtos e Serviços para a Área Social

Desenvolvimento de Novos Produtos e Serviços para a Área Social Programa 0465 SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO - INTERNET II Objetivo Incrementar o grau de inserção do País na sociedade de informação e conhecimento globalizados. Público Alvo Empresas, usuários e comunidade

Leia mais

Caderno de Provas Processo Seletivo Para Tutores - 2011

Caderno de Provas Processo Seletivo Para Tutores - 2011 INSTRUÇÕES: Caderno de Provas Processo Seletivo Para Tutores - 2011 1. Aguarde autorização para abrir o caderno da prova. 2. Assine no local indicado. 3. A prova é individual e sem consultas, portanto

Leia mais

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE Modelo de Otimização de SAM Controle, otimize, cresça Em um mercado internacional em constante mudança, as empresas buscam oportunidades de ganhar vantagem competitiva

Leia mais

VESOFTWARE - DESENVOLIMENTO DE SISTEMAS E WEBSITES Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 1-13

VESOFTWARE - DESENVOLIMENTO DE SISTEMAS E WEBSITES Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 1-13 1-13 INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

Guia rápido para vendedor JAMSOFT Sistema de Gestão Empresarial SGE Varejo Atualizado em 15 de fevereiro de 2013. Pág. 1

Guia rápido para vendedor JAMSOFT Sistema de Gestão Empresarial SGE Varejo Atualizado em 15 de fevereiro de 2013. Pág. 1 Pág. 1 JAMSOFT e você, uma parceria de sucesso! Bem mais que comercializar produtos de informática e desenvolver softwares, nós oferecemos soluções para descomplicar seus negócios e trazer produtividade

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: Redes de Computadores MISSÃO DO CURSO Com a modernização tecnológica e com o surgimento destes novos serviços e produtos, fica clara a necessidade de profissionais

Leia mais

Perfil Caliper de Especialistas The Inner Potential Report

Perfil Caliper de Especialistas The Inner Potential Report Perfil Caliper de Especialistas The Inner Potential Report Avaliação de: Sr. Antônio Modelo Preparada por: Consultor Caliper exemplo@caliper.com.br Data: Página 1 Perfil Caliper de Especialistas The Inner

Leia mais

Manual de Utilização do Sistema GRServer Cam on-line (Gerenciamento de Câmeras On-line)

Manual de Utilização do Sistema GRServer Cam on-line (Gerenciamento de Câmeras On-line) Manual de Utilização do Sistema GRServer Cam on-line (Gerenciamento de Câmeras On-line) Criamos, desenvolvemos e aperfeiçoamos ferramentas que tragam a nossos parceiros e clientes grandes oportunidades

Leia mais

Guia Sphinx: instalação, reposição e renovação

Guia Sphinx: instalação, reposição e renovação Sphinx : software para coleta e análise de dados acadêmicos e gerenciais. Tecnologia e informação para a decisão! Copyright Sphinx Todos direitos reservados Guia Sphinx: instalação, reposição e renovação

Leia mais

CONCEITOS DE INOVAÇÃO. Título da Apresentação

CONCEITOS DE INOVAÇÃO. Título da Apresentação CONCEITOS DE INOVAÇÃO Título da Apresentação Novo Marco Legal para Fomento à P,D&I Lei de Inovação. Nº 10.973 (02.12.04) Apresenta um conjunto de medidas de incentivos à inovação científica e tecnológica,

Leia mais

EMANNUELLE GOUVEIA ROLIM

EMANNUELLE GOUVEIA ROLIM EMANNUELLE GOUVEIA ROLIM Bacharel em Ciência da Computação, especialista em Gerência de Projetos e em Criptografia e Segurança da Informação. Servidora Publica. Atua na área acadêmica em cursos de Graduação

Leia mais

GABARITO - B. manuel@carioca.br

GABARITO - B. manuel@carioca.br NOÇÕES DE INFORMÁTICA EDITORA FERREIRA PROVA MPRJ -TÉCNICO ADMINISTRATIVO - TADM NCE-UFRJ CORREÇÃO - GABARITO COMENTADO Considere que as questões a seguir referem-se a computadores com uma instalação padrão

Leia mais

Política de Patrocínio

Política de Patrocínio SUMÁRIO APRESENTAÇÃO...02 1. OBJETIVO INSTITUCIONAL...03 2. OBJETIVOS ESTRATÉGICOS...04 3. LINHAS DE ATUAÇÃO...05 3.1 Projetos prioritários...05 3.2 Projetos que não podem ser patrocinados...05 4. ABRANGÊNCIA...06

Leia mais

INTRODUÇÃO. A Claireconference agradece pela escolha!

INTRODUÇÃO. A Claireconference agradece pela escolha! 1 ÍNDICE 1. IMPLEMENTAÇÃO 4 1.1 PAINEL DE CONTROLE 4 1.1.1 SENHA 4 1.1.2 CRIAÇÃO DE USUÁRIOS DO LYNC 5 1.1.3 REDEFINIR SENHA 7 1.1.4 COMPRAR COMPLEMENTOS 9 1.1.5 UPGRADE E DOWNGRADE 10 1.1.5.1 UPGRADE

Leia mais

AULA 3 FERRAMENTAS E APLICATIVOS DE NAVEGAÇÃO, DE CORREIO ELETRÔNICO, DE GRUPOS DE DISCUSSÃO, DE BUSCA E PESQUISA (PARTE II)

AULA 3 FERRAMENTAS E APLICATIVOS DE NAVEGAÇÃO, DE CORREIO ELETRÔNICO, DE GRUPOS DE DISCUSSÃO, DE BUSCA E PESQUISA (PARTE II) AULA 3 FERRAMENTAS E APLICATIVOS DE NAVEGAÇÃO, DE CORREIO ELETRÔNICO, DE GRUPOS DE DISCUSSÃO, DE BUSCA E PESQUISA (PARTE II) A seguir vamos ao estudo das ferramentas e aplicativos para utilização do correio

Leia mais

EDITAL SENAI SESI DE INOVAÇÃO. Caráter inovador projeto cujo escopo ainda não possui. Complexidade das tecnologias critério de avaliação que

EDITAL SENAI SESI DE INOVAÇÃO. Caráter inovador projeto cujo escopo ainda não possui. Complexidade das tecnologias critério de avaliação que ANEXO II Caráter inovador projeto cujo escopo ainda não possui registro em base de patentes brasileira. Também serão considerados caráter inovador para este Edital os registros de patente de domínio público

Leia mais

1. DOTPROJECT. 1.2. Tela Inicial

1. DOTPROJECT. 1.2. Tela Inicial 1 1. DOTPROJECT O dotproject é um software livre de gerenciamento de projetos, que com um conjunto simples de funcionalidades e características, o tornam um software indicado para implementação da Gestão

Leia mais

Portfolio de Produtos

Portfolio de Produtos Introdução O Guia de Produtos e Serviços da Assessoria de Comunicação (ASCOM) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) foi elaborado com o objetivo de apresentar os produtos e serviços prestados

Leia mais

Os requisitos de patenteabilidade, previstos na Lei de Propriedade Industrial 9.279/96, são:

Os requisitos de patenteabilidade, previstos na Lei de Propriedade Industrial 9.279/96, são: Quais os requisitos de patenteabilidade? Os requisitos de patenteabilidade, previstos na Lei de Propriedade Industrial 9.279/96, são: (1) Novidade - a matéria objeto da pesquisa precisa ser nova, ou melhor,

Leia mais

Página 1 de 19 Data 04/03/2014 Hora 09:11:49 Modelo Cerne 1.1 Sensibilização e Prospecção Envolve a manutenção de um processo sistematizado e contínuo para a sensibilização da comunidade quanto ao empreendedorismo

Leia mais

AdminIP. Manual do Usuário Módulo Administrador IES

AdminIP. Manual do Usuário Módulo Administrador IES 2 AdminIP Manual do Usuário Módulo Administrador IES Brasília 2012 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 4 1 SISTEMA ADMINIP... 4 1.1 O que é o AdminIP?... 4 1.2 Quem opera?... 4 1.3 Onde acessar?... 5 1.4 Como acessar?...

Leia mais

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas GerNFe 1.0 Manual do usuário Página 1/13 GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas O programa GerNFe 1.0 tem como objetivo armazenar em local seguro e de maneira prática para pesquisa,

Leia mais

Prova dos Correios - Comentada

Prova dos Correios - Comentada Unidade Zona Sul - (84) 3234-9923 Unidade Zona Norte (84) 3214-4595 www.premiumconcursos.com 1 Texto para as questões de 1 a 3 A figura abaixo ilustra uma janela do Microsoft Office Excel 2007 com uma

Leia mais

Manual de Utilização Chat Intercâmbio

Manual de Utilização Chat Intercâmbio Manual de Utilização Chat Intercâmbio 1 INDICE 1 Chat Intercâmbio... 6 1.1 Glossário de Termos Utilizados.... 6 1.2 Definições de uma Sala de Chat... 7 1.3 Como Acessar o Chat Intercâmbio... 8 1.4 Pré-requisitos

Leia mais

Motorola Phone Tools. Início Rápido

Motorola Phone Tools. Início Rápido Motorola Phone Tools Início Rápido Conteúdo Requisitos mínimos... 2 Antes da instalação Motorola Phone Tools... 3 Instalar Motorola Phone Tools... 4 Instalação e configuração do dispositivo móvel... 5

Leia mais

Cadastramento de Computadores. Manual do Usuário

Cadastramento de Computadores. Manual do Usuário Cadastramento de Computadores Manual do Usuário Setembro 2008 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO 1.1 Conhecendo a solução...03 Segurança pela identificação da máquina...03 2. ADERINDO À SOLUÇÃO e CADASTRANDO COMPUTADORES

Leia mais

CORREIO inotes. Para acessar o Correio inotes é necessário acessar a Internet.

CORREIO inotes. Para acessar o Correio inotes é necessário acessar a Internet. CORREIO inotes Para acessar o Correio inotes é necessário acessar a Internet. Na sua Área de Trabalho execute dois cliques rápidos no ícone do Internet Explorer. Ao ser exibida a primeira tela do Internet

Leia mais

Apresento a resolução da prova para Agente da Polícia Federal. Observe as possibilidades de recurso que anotei nas questões.

Apresento a resolução da prova para Agente da Polícia Federal. Observe as possibilidades de recurso que anotei nas questões. Olá, pessoal, Apresento a resolução da prova para Agente da Polícia Federal. Observe as possibilidades de recurso que anotei nas questões. Para proferir uma palestra acerca de crime organizado, um agente

Leia mais

Planejamento Estratégico de TIC. da Justiça Militar do Estado. do Rio Grande do Sul

Planejamento Estratégico de TIC. da Justiça Militar do Estado. do Rio Grande do Sul Planejamento Estratégico de TIC da Justiça Militar do Estado do Rio Grande do Sul MAPA ESTRATÉGICO DE TIC DA JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO (RS) MISSÃO: Gerar, manter e atualizar soluções tecnológicas eficazes,

Leia mais

QUESTÕES SOBRE WINDOWS 7

QUESTÕES SOBRE WINDOWS 7 Informática Windows 7 QUESTÕES SOBRE WINDOWS 7 1) Considerando a figura exibida acima, ao repousar o ponteiro do mouse sobre o ícone doword, aparecerão três miniaturas, representando arquivos desse programa

Leia mais

Treinamento GVcollege Módulo Acadêmico - Pedagógico

Treinamento GVcollege Módulo Acadêmico - Pedagógico Treinamento GVcollege Módulo Acadêmico - Pedagógico 2015 GVDASA Sistemas Pedagógico 2 AVISO O conteúdo deste documento é de propriedade intelectual exclusiva da GVDASA Sistemas e está sujeito a alterações

Leia mais

PESQUISA, DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO

PESQUISA, DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO 1 Paulo Bastos Tigre Professor titular Instituto de Economia da UFRJ Seminário Implementando uma cultura de inovação em P&D. São Paulo, 8 julho 2010 PESQUISA, DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO Conceitos de inovação

Leia mais

Termo de Referência nº 2014.0918.00040-2. 1. Antecedentes

Termo de Referência nº 2014.0918.00040-2. 1. Antecedentes Termo de Referência nº 2014.0918.00040-2 Ref: Contratação de consultoria pessoa física para realização de um plano de sustentabilidade financeira para o Jardim Botânico do Rio de Janeiro, no âmbito da

Leia mais

EDITAL Nº 01/2009 PROJETOS EMPRESARIAIS PARA INGRESSO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DE SÃO JOSÉ

EDITAL Nº 01/2009 PROJETOS EMPRESARIAIS PARA INGRESSO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DE SÃO JOSÉ EDITAL Nº 01/2009 PROJETOS EMPRESARIAIS PARA INGRESSO NA INCUBADORA DE EMPRESAS DE SÃO JOSÉ O presente edital regulamenta o processo de recrutamento, seleção e ingresso de projetos empresariais na Incubadora

Leia mais

Índice. Para encerrar um atendimento (suporte)... 17. Conversa... 17. Adicionar Pessoa (na mesma conversa)... 20

Índice. Para encerrar um atendimento (suporte)... 17. Conversa... 17. Adicionar Pessoa (na mesma conversa)... 20 Guia de utilização Índice Introdução... 3 O que é o sistema BlueTalk... 3 Quem vai utilizar?... 3 A utilização do BlueTalk pelo estagiário do Programa Acessa Escola... 5 A arquitetura do sistema BlueTalk...

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

CRManager. CRManager. TACTIUM CRManager. Guia de Funcionalidades. Versão 5.0 TACTIUM CRManager Guia de Funcionalidades. www.softium.com.

CRManager. CRManager. TACTIUM CRManager. Guia de Funcionalidades. Versão 5.0 TACTIUM CRManager Guia de Funcionalidades. www.softium.com. Tactium Tactium CRManager CRManager TACTIUM CRManager Guia de Funcionalidades 1 O TACTIUM CRManager é a base para implementar a estratégia de CRM de sua empresa. Oferece todo o suporte para personalização

Leia mais

A CMNet disponibilizou no dia 24 de junho para download no Mensageiro a nova versão do Padrão dos Sistemas CMNet.

A CMNet disponibilizou no dia 24 de junho para download no Mensageiro a nova versão do Padrão dos Sistemas CMNet. Prezado Cliente, A CMNet disponibilizou no dia 24 de junho para download no Mensageiro a nova versão do Padrão dos Sistemas CMNet. No Padrão 9 você encontrará novas funcionalidades, além de alterações

Leia mais

http://cartilha.cert.br/

http://cartilha.cert.br/ http://cartilha.cert.br/ Quanto mais informações você disponibiliza na Internet, mais difícil se torna preservar a sua privacidade Nada impede que você abra mão de sua privacidade e, de livre e espontânea

Leia mais

OS PRINCIPAIS PROBLEMAS DA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS

OS PRINCIPAIS PROBLEMAS DA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS OS PRINCIPAIS PROBLEMAS DA GESTÃO DA CADEIA DE SUPRIMENTOS Esta seção apresenta alguns dos problemas da gestão da cadeia de suprimentos discutidos em mais detalhes nos próximos capítulos. Estes problemas

Leia mais

Objetivos. PDI - Plano Diretor de Informática. O que é? Como é feito? Quanto dura sua elaboração? Impactos da não execução do PDI

Objetivos. PDI - Plano Diretor de Informática. O que é? Como é feito? Quanto dura sua elaboração? Impactos da não execução do PDI Objetivos Assegurar que os esforços despendidos na área de informática sejam consistentes com as estratégias, políticas e objetivos da organização como um todo; Proporcionar uma estrutura de serviços na

Leia mais

REGULAMENTO DESAFIO CRIATIVOS DA ESCOLA

REGULAMENTO DESAFIO CRIATIVOS DA ESCOLA REGULAMENTO DESAFIO CRIATIVOS DA ESCOLA O Desafio Criativos da Escola é um concurso promovido pelo Instituto Alana com sede na Rua Fradique Coutinho, 50, 11 o. andar, Bairro Pinheiros São Paulo/SP, CEP

Leia mais

Manual para uso do HELPDESK

Manual para uso do HELPDESK EXACTUS Suporte e Atendimento - versão 1.0 Página 1 de 14 Manual para uso do HELPDESK Visão Cliente EXACTUS Suporte e Atendimento - versão 1.0 Página 2 de 14 Introdução O serviço possui um pacote com todas

Leia mais

INSTITUTO DE PESQUISA ECONÔMICA APLICADA

INSTITUTO DE PESQUISA ECONÔMICA APLICADA Boletim GESTÃO DE PESSOAS & RECURSOS HUMANOS IPEA, 13 de outubro de 2010 EXTRA Nº 2 OUTUBRO INSTITUTO DE PESQUISA ECONÔMICA APLICADA PORTARIA Nº 385, DE 13 DE OUTUBRO DE 2010. Institui, no âmbito do IPEA,

Leia mais

Formas de Aumentar a Lucratividade da Sua Empresa com o Big Data

Formas de Aumentar a Lucratividade da Sua Empresa com o Big Data 9 Formas de Aumentar a Lucratividade da Sua Empresa com o Big Data Planejamento Performance Dashboard Plano de ação Relatórios Indicadores Sua empresa sabe interpretar os dados que coleta? Para aumentar

Leia mais

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx 1 Introdução O Conecta S_Line permite que o laboratório envie à Central S_Line os resultados de exames gerados pelo Sistema de Informação Laboratorial (LIS) em forma de arquivos digitais. Todo o processo

Leia mais

ITIL V3 GUIA DE MELHORES PRÁTICAS EM GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS

ITIL V3 GUIA DE MELHORES PRÁTICAS EM GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS ITIL V3 GUIA DE MELHORES PRÁTICAS EM GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS CAPÍTULO 1 INTRODUÇÃO ITIL V3 1.1. Introdução ao gerenciamento de serviços. Devemos ressaltar que nos últimos anos, muitos profissionais da

Leia mais

Informática. Informática. Valdir. Prof. Valdir

Informática. Informática. Valdir. Prof. Valdir Prof. Valdir Informática Informática Valdir Prof. Valdir Informática Informática PROVA DPF 2009 Julgue os itens subseqüentes, a respeito de Internet e intranet. Questão 36 36 - As intranets, por serem

Leia mais

Edital 1/2014. Chamada contínua para incubação de empresas e projetos de base tecnológica

Edital 1/2014. Chamada contínua para incubação de empresas e projetos de base tecnológica Edital 1/2014 Chamada contínua para incubação de empresas e projetos de base tecnológica A (PoloSul.org) torna pública a presente chamada e convida os interessados para apresentar propostas de incubação

Leia mais

Questões Potenciais para a Prova Informática Questões Carlos Vianna

Questões Potenciais para a Prova Informática Questões Carlos Vianna 1. Questões Potenciais para a Prova Informática Questões Carlos Vianna 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. 1.O comando pwd do Linux possibilita ao usuário efetuar

Leia mais

Guia de uso do Correio Eletrônico Versão 1.1

Guia de uso do Correio Eletrônico Versão 1.1 Guia de uso do Correio Eletrônico Versão 1.1 Índice Introdução ao Serviço de E-mail O que é um servidor de E-mail 3 Porque estamos migrando nosso serviço de correio eletrônico? 3 Vantagens de utilização

Leia mais