Como fica a Aposentadoria Especial e a Conversão do Tempo Especial com a Reforma da Previdência?

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Como fica a Aposentadoria Especial e a Conversão do Tempo Especial com a Reforma da Previdência?"

Transcrição

1 Como fica a Aposentadoria Especial e a Conversão do Tempo Especial com a Reforma da Previdência? ALMIR REIS Diretor do Instituto dos Advogados Previdenciários IAPE (Gestão )

2 O QUE DIZ ATUALMENTE A CONSTITUIÇÃO? * QUANTO AOS TRABALHADORES FILIADOS AO RGPS Art. 201, 1º, CF/88. É vedada a adoção de requisitos e critérios diferenciados para a concessão de aposentadoria aos beneficiários do regime geral de previdência social, ressalvados os casos de atividades exercidas sob condições especiais que prejudiquem a saúde ou a integridade física e quando se tratar de segurados portadores de deficiência, nos termos definidos em lei complementar.

3 * E NO RPPS? Art. 40, 1º, CF/88. 4º É vedada a adoção de requisitos e critérios diferenciados para a concessão de aposentadoria aos abrangidos pelo regime de que trata este artigo, ressalvados, nos termos definidos em leis complementares, os casos de servidores: I - portadores de deficiência; II - que exerçam atividades de risco; III - cujas atividades sejam exercidas sob condições especiais que prejudiquem a saúde ou a integridade física.

4 Súmula Vinculante 33 Aplicam-se ao servidor público, no que couber, as regras do regime geral da previdência social sobre aposentadoria especial de que trata o artigo 40, 4º, inciso III da Constituição Federal, até a edição de lei complementar específica.

5 REDAÇÃO ATUAL DA LEI 8.213/91 - Exige trabalho em condições especiais durante 15 (quinze), 20 (vinte) ou 25 (vinte e cinco) anos; - Não exige idade mínima; - Valor do benefício corresponde a 100% (cem por cento) da média; - Possibilita a conversão de tempo especial em comum; - Exige habitualidade e permanência na exposição a partir de ; - Delega ao Poder Executivo a definição dos agentes prejudiciais à saúde ou à integridade física. - Tem fonte de financiamento específica (adicional do SAT)

6 - Ruído; - Frio; - Calor excessivo; QUEM TEM DIREITO HOJE? Trabalhadores expostos a: (rol exemplificativo) - Risco de contaminação com vírus/bactérias; - Contato com substâncias químicas nocivas à saúde; - Trabalho com eletricidade/explosivos/inflamáveis; - Vigilante armado, etc...

7 TEMPO MÍNIMO EXIGIDO ATUALMENTE 15 anos Mineiro de subsolo; 20 anos Mineiro afastado da frente de produção e trabalhadores expostos ao amianto; 25 anos Demais agentes nocivos à saúde/ risco à integridade física.

8 EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS DA PEC 287

9 ARGUMENTOS DO GOVERNO FEDERAL SÃO VERDADEIROS? Exposição de motivos da PEC: 31. Em relação às aposentadorias especiais, a flexibilização das regras gerou situações de desigualdade entre os trabalhadores, além da diminuição de receitas (menor período contributivo) e aumento de despesas (antecipação e maior período de pagamento de benefícios). 34. (...) ocorreu melhoria nas condições do ambiente de trabalho, o que justifica a reintrodução de um referencial de idade mínima para essas aposentadorias

10 TEXTO DA PEC 287 Art º É vedada a adoção de critérios diferenciados para concessão de aposentadoria aos segurados do regime geral de previdência social, ressalvada a redução, por lei complementar, dos limites de idade e de tempo de contribuição em favor de: I - pessoas com deficiência, previamente submetidas a avaliação biopsicossocial realizada por equipe multiprofissional e interdisciplinar; II - segurados cujas atividades sejam exercidas em condições especiais que efetivamente prejudiquem a saúde, vedada a caracterização por categoria profissional ou ocupação, limitadas as reduções nos requisitos de idade e de tempo de contribuição a no máximo dez anos, não podendo a idade ser inferior a cinquenta e cinco anos para ambos os sexos.

11 PROIBIÇÃO DA CONVERSÃO DO TEMPO ESPECIAL É assegurada, na forma da lei, a conversão de tempo especial em comum ao segurado do regime geral de previdência social que comprovar tempo de exercício de atividade sujeita a condições especiais que prejudiquem a saúde, cumprido até a data de publicação desta Emenda..

12 CUIDADO COM O SEGUINTE JULGADO REPETITIVO DO STJ... IV. No julgamento dos EDcl nos EDcl no REsp /PR, ficou esclarecido que a tese adotada no julgamento do repetitivo em tela "não viola o direito adquirido, pois o direito à conversão é expectativa que somente se incorpora ao patrimônio jurídico do segurado quando feita a proporção temporal, no momento do jubilamento, entre aposentadoria especial (25 anos) e aposentadoria por tempo de contribuição (30 anos, se mulher, e 35 anos, se homem)" (STJ, EDcl nos EDcl no REsp /PR, Rel. Ministro HERMAN BENJAMIN, PRIMEIRA SEÇÃO, DJe de 16/11/2015). V. Ressalva-se a possibilidade de conversão do tempo comum em especial, para fins de concessão de aposentadoria especial, nos casos em que os requisitos para o benefício tenham sido adimplidos antes da vigência da Lei 9.032, de 28/04/95, pois, "segundo as premissas estabelecidas, para que o segurado faça jus à conversão de tempo de serviço comum em especial, é necessário que ele tenha reunido os requisitos para o benefício pretendido antes da Lei n /95, de 28/4/95, independentemente do momento em que foi prestado o serviço ou realizado o requerimento" (STJ, AgRg no REsp /PR, Rel. Ministro SÉRGIO KUKINA, PRIMEIRA TURMA, DJe de 25/06/2015).. (AgInt no REsp /RS, Rel. Ministra ASSUSETE MAGALHÃES, SEGUNDA TURMA, julgado em 23/05/2017, DJe 09/06/2017)

13 QUANTO AO PROFESSOR O professor de ambos os sexos que comprove exclusivamente tempo de efetivo exercício das funções de magistério na educação infantil e no ensino fundamental e médio poderá se aposentar aos sessenta anos de idade e vinte e cinco anos de contribuição.

14 SISTEMÁTICA DE CÁLCULO

15 CRÍTICAS 1) PEC exclui as atividades periculosas (ex. vigilantes, eletricistas, etc), em razão da retirada do termo integridade física do texto da lei; 2) Independentemente da gravidade da exposição, somente poderá haver redução de 10 anos na idade e 5 anos no tempo de contribuição; 3) Exigência de idade mínima na Regra Definitiva; 4) Proibição da conversão do tempo especial em comum;

16 CRÍTICAS 5) Possível interpretação restritiva do que vem a ser efetivo prejuízo à saúde ; 6) Na regra permanente quanto aos professores, deixará de existir qualquer diferença entre homens e mulheres no requisito etário e no tempo de contribuição; 7) A reforma elimina o caráter preventivo da aposentadoria especial, ao buscar que o trabalhador ou a trabalhadora adoeça para se aposentar na referida modalidade.

17 COMO ESTÃO AS ESTATÍSTICAS DE CONCESSÃO DE APOSENTADORIAS ATUALMENTE? JUSTIFICAM POSSÍVEL MUDANÇA DRÁSTICA NAS REGRAS?

18 DADOS QUANTO AO SUPOSTO DÉFICIT (CONTA DO GOVERNO E NÃO DO ESPECIALISTAS) 2015 R$ 89 bilhões de reais 2016 R$ 152 bilhões (Atualmente são pagos 34 milhões de pensões, aposentadorias e benefícios assistenciais) A que se deve tamanho aumento?

19 Gráfico elaborado em Taxa de desemprego em julho/2017 = 13,7% ou 14,2 milhões de pessoas desocupadas.

20 É VERDADE QUE O BRASIL JÁ GASTA MUITO COM PREVIDÊNCIA MESMO AINDA SENDO UM PAÍS PREDOMINANTEMENTE JOVEM? -

21 Fonte: Relatório do TCU sobre as contas da Previdência aprovado em (TC /2017-0)

22 COMO FICARIA EM 2060, CASO NÃO EXISTA REFORMA? O DINHEIRO VAI REALMENTE ACABAR?

23 Dados extraídos do Relatório do TCU sobre as contas da Previdência aprovado em (TC /2017-0)

24 QUANTO SE GASTA EM OUTROS PAÍSES (PERCENTUAL DO PIB)?

25

26 DADOS GERAIS

27 DADOS ESPECÍFICOS DA APOSENTADORIA ESPECIAL

28 RESUMO DOS NÚMEROS - Apenas 1% dos benefícios mantidos pelo INSS é de aposentadoria especial; - Número de concessões é insignificante. Tanto é assim que nem existe agendamento administrativo para a espécie 46 pelo 135 e/ou site do INSS; - Apesar do atrativo decorrente da não incidência do fator previdenciário, existe grande dificuldade de acesso ao benefício em razão da interpretação restritiva aplicada pelo INSS.

29 EXISTE POSSIBILIDADE DE FATIAMENTO DA PEC?

30 VAMOS DEIXAR PASSAR?

31

32 OBRIAGADO PELA PRESENÇA! Dados para contato: (81)

REFORMA DA PREVIDÊNCIA análise da PEC 287/2016 no RGPS

REFORMA DA PREVIDÊNCIA análise da PEC 287/2016 no RGPS REFORMA DA PREVIDÊNCIA análise da PEC 287/2016 no RGPS Fábio Souza fabio@idsamericalatina.com.br abril/2017 4 PONTOS ESSENCIAIS DA REFORMA Igualdade formal Aplicabilidade imediata Idade mínima Redução

Leia mais

SB = média dos últimos 36 salários-de-contribuição, considerados em um período não superior a 48 meses, cujo divisor não pode ser inferior a 24.

SB = média dos últimos 36 salários-de-contribuição, considerados em um período não superior a 48 meses, cujo divisor não pode ser inferior a 24. APOSENTADORIA POR TEMPO DE SERVIÇO (REGRAS VIGENTES ANTES DA EC 20/98) * Requisitos: Qualidade de Segurado e Carência 30 anos de tempo de serviço, se homem, e 25, se mulher * Cálculo do benefício: 70%

Leia mais

Aposentadoria especial nos RPPS

Aposentadoria especial nos RPPS Aposentadoria especial nos RPPS Quem deve emitir o PPP e os Laudos Periciais? Conversão de períodos especiais em comum para servidores públicos; Regime Jurídico único????? Mandado de Injunção e Aposentadoria

Leia mais

Edição Número 128 de 06/07/2005

Edição Número 128 de 06/07/2005 Atos do Congresso Nacional Edição Número 128 de 06/07/2005 EMENDA CONSTITUCIONAL N o 47 Altera os arts. 37, 40, 195 e 201 da Constituição Federal, para dispor sobre a previdência social, e dá outras providências.

Leia mais

Reforma da Previdência PEC 287. A Reforma é necessária?

Reforma da Previdência PEC 287. A Reforma é necessária? Reforma da Previdência PEC 287 A Reforma é necessária? Prof. Gilson Fernando 1 Saúde Seguridade Social Assistência Social Sistema Nacional garantidor de Direitos subjetivos Regimes Básicos RGPS Previdência

Leia mais

Bom dia, hoje farei breves considerações sobre a aposentadoria por idade urbana. Espero que seja útil.

Bom dia, hoje farei breves considerações sobre a aposentadoria por idade urbana. Espero que seja útil. Bom dia, hoje farei breves considerações sobre a aposentadoria por idade urbana. Espero que seja útil. Diz o art. 48, da Lei 8.213/91: Art. 48. A aposentadoria por idade será devida ao segurado que, cumprida

Leia mais

Auditor Fiscal Seguridade Social Art. 201 CF Leandro Macedo

Auditor Fiscal Seguridade Social Art. 201 CF Leandro Macedo Auditor Fiscal Seguridade Social Art. 201 CF Leandro Macedo 2014 2015 Copyright. Curso Agora Eu Eu Passo - - Todos os direitos reservados ao ao autor. O RGPS NA CONSTITUIÇÃO FEDERAL LEANDRO MACÊDO DEFINIÇÃO

Leia mais

BOCA PAULISTA ELETRÔNICO

BOCA PAULISTA ELETRÔNICO BOCA PAULISTA ELETRÔNICO São Paulo, 4 de janeiro de 2017 - nº 1 A PEC DA PREVIDÊNCIA - I De acordo com o RH Em Números, do Depes, de novembro/2016, o Banco Central do Brasil possuía 4.060 servidores ativos,

Leia mais

Direito Constitucional

Direito Constitucional Direito Constitucional Da Seguridade Social - Da Previdência Social Professor: André Vieira www.acasadoconcurseiro.com.br Direito Constitucional Seção III DA PREVIDÊNCIA SOCIAL Art. 201. A PREVIDÊNCIA

Leia mais

A PEC 287/2016 E O REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL

A PEC 287/2016 E O REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL PALESTRA: A PEC 287/2016 E O REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL MINISTRANTE: JANE BERWANGER SÃO PAULO 08/02/2017 1. Aposentadoria do Servidor no texto original da Constituição Federal de 1988 : Servidor

Leia mais

Além da previdência, a proposta também altera regras da Assistência Social, reduzindo a abrangência e a capacidade de proteção social.

Além da previdência, a proposta também altera regras da Assistência Social, reduzindo a abrangência e a capacidade de proteção social. NATAL LEO PRESIDENTE DO SINDICATO NACIONAL DOS APOSENTADOS, PESIONISTAS E IDOSOS UGT SINDIAPI UGT SECRETARIO ADJUNTO DA UGT NACIONAL PARA APOSENTADOS E IDOSOS SECRETARIO DE PREVIDÊNCIA E DA SEGURIDADE

Leia mais

Reforma da Previdência. Dezembro de 2016

Reforma da Previdência. Dezembro de 2016 Reforma da Previdência Dezembro de 2016 1 Razões para a Reforma Evolução populacional Hoje o Brasil é mais jovem que EUA e Europa; Mas projeções indicam que o país ficará mais envelhecido que os EUA e

Leia mais

APOSENTADORIA ESPECIAL DOS GUARDAS MUNICIPAIS

APOSENTADORIA ESPECIAL DOS GUARDAS MUNICIPAIS APOSENTADORIA ESPECIAL DOS GUARDAS MUNICIPAIS CURITIBA 15 DE SETEMBRO DE 2012 FESSMUC O QUE É APOSENTADORIA ESPECIAL O QUE É APOSENTADORIA ESPECIAL? EM RAZÃO DE CONDIÇÕES ESPECIAIS NOCIVAS À SAÚDE HÁ REDUÇÃO

Leia mais

DOCUMENTAÇÃO 1. Requerimento do servidor. 2. Mapa do tempo de contribuição.

DOCUMENTAÇÃO 1. Requerimento do servidor. 2. Mapa do tempo de contribuição. DEFINIÇÃO É um incentivo pago ao servidor que já preencheu todos os requisitos para se Aposentar, mas opta por permanecer na ativa. Deferido o abono, o servidor continua recolhendo a contribuição previdenciária,

Leia mais

QUADRO COMPARATIVO DA PEC 287/2016 SÍNTESE DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA

QUADRO COMPARATIVO DA PEC 287/2016 SÍNTESE DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA QUADRO COMPARATIVO DA PEC 287/2016 SÍNTESE DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA REGIME GERAL DE PREVIDÊNCIA SOCIAL (RGPS-INSS) REGIMES PRÓPRIOS DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS (RPPS) TEMAS Proposta do Governo

Leia mais

DICAS DE NOVEMBRO / 2014

DICAS DE NOVEMBRO / 2014 DICAS DE NOVEMBRO / 2014 DICA 01 O segurado especial é o único segurado da previdência social que poderá ter sua inscrição feita após sua morte. DICA 02 O benefício de prestação continuada da Assistência

Leia mais

DE RECURSOS HUMANOS MARCOS CANDIDO ANALISTA ADMINISTRATIVO

DE RECURSOS HUMANOS MARCOS CANDIDO ANALISTA ADMINISTRATIVO CENTRO DE RECURSOS HUMANOS MARCOS CANDIDO ANALISTA ADMINISTRATIVO APOSENTADORIA BOAS VINDAS... MSG APOSENTADORIA Objetivo do treinamento Fortalecer o conhecimento das formas mais empregadas de aposentadoria

Leia mais

POSTED BY DIEGO CASTRO ON 27/10/2015 IN NOTICIAS VIEWS 21 RESPONSES

POSTED BY DIEGO CASTRO ON 27/10/2015 IN NOTICIAS VIEWS 21 RESPONSES POSTED BY DIEGO CASTRO ON 27/10/2015 IN NOTICIAS 11.333 VIEWS 21 RESPONSES Neste artigo vamos tratar do direito que os professores têm de requerer o benefício de aposentadoria com um bônus de cinco anos

Leia mais

C.F de 1988, art. 40; Emenda Constitucional nº 20, de 15 de dezembro de de 1998; Emenda Constitucional n 41, de19 de dezembro de 2003; Emenda

C.F de 1988, art. 40; Emenda Constitucional nº 20, de 15 de dezembro de de 1998; Emenda Constitucional n 41, de19 de dezembro de 2003; Emenda Regime Próprio de Previdência Social Legislação Básica C.F de 1988, art. 40; Emenda Constitucional nº 20, de 15 de dezembro de de 1998; Emenda Constitucional n 41, de19 de dezembro de 2003; Emenda Constitucional

Leia mais

Esperamos com isto ampliar a compreensão de toda a comunidade de servidores da UFSCar em relação a este tema.

Esperamos com isto ampliar a compreensão de toda a comunidade de servidores da UFSCar em relação a este tema. Em decorrência do grande número de dúvidas dos servidores sobre a concessão de aposentadorias voluntárias, o Departamento de Aposentadorias, Pensões e Benefícios, da DiAPe/ProGPe, achou por bem relacionar

Leia mais

Direito Previdenciário

Direito Previdenciário Carlos Mendonça Direito Previdenciário Direito Previdenciário Carlos Mendonça CÁLCULO DOS BEnEFÍCIOS Salário de Benefício Lei 8.213/91, Art. 28. O valor do benefício de prestação continuada, inclusive

Leia mais

SALÁRIO DE BENEFÍCIO: ARTS. 31 A 34 DO DECRETO 3048/99 Prof. Andreson Castelucio 1. ITER PARA O CÁLCULO DO BENEFÍCIO PREVIDENCIÁRIO 2. CONCEITO DE SALÁRIO DE CONTRIBUIÇÃO 3. CONCEITO DE SALÁRIO DE BENEFÍCIO

Leia mais

A FTICE e a CNTI através da 1ª Secretaria da Região Nordeste Ceará, Piauí e Maranhão, convidam os dirigentes sindicais, trabalhadoras e trabalhadores

A FTICE e a CNTI através da 1ª Secretaria da Região Nordeste Ceará, Piauí e Maranhão, convidam os dirigentes sindicais, trabalhadoras e trabalhadores A FTICE e a CNTI através da 1ª Secretaria da Região Nordeste Ceará, Piauí e Maranhão, convidam os dirigentes sindicais, trabalhadoras e trabalhadores para o debate NÃO AO DESMONTE DA PREVIDÊNCIA. O evento

Leia mais

REDAÇÃO FINAL MEDIDA PROVISÓRIA Nº 676-A DE 2015 PROJETO DE LEI DE CONVERSÃO Nº 15 DE 2015

REDAÇÃO FINAL MEDIDA PROVISÓRIA Nº 676-A DE 2015 PROJETO DE LEI DE CONVERSÃO Nº 15 DE 2015 REDAÇÃO FINAL MEDIDA PROVISÓRIA Nº 676-A DE 2015 PROJETO DE LEI DE CONVERSÃO Nº 15 DE 2015 Altera as Leis nºs 8.212, de 24 de julho de 1991, e 8.213, de 24 de julho de 1991, para tratar da associação do

Leia mais

Minimização da Previdência Pública

Minimização da Previdência Pública A PEC 287: Minimização da Previdência Pública Seminário Reforma da Previdência: Desafios e Ação Sindical São Paulo 7 e 8 de fevereiro de 2017 Roteiro da apresentação Características gerais da PEC 287 Mudanças

Leia mais

Resumo Aula-tema 04: Benefícios Previdenciários - Regras Gerais

Resumo Aula-tema 04: Benefícios Previdenciários - Regras Gerais Resumo Aula-tema 04: Benefícios Previdenciários - Regras Gerais O Regime Geral de Previdência Social compreende prestações, devidas inclusive em razão de eventos decorrentes de acidente do trabalho, expressas

Leia mais

Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 17ª Junta de Recursos

Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 17ª Junta de Recursos Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 17ª Junta de Recursos Número do Processo: 44232.183389/2013-94 Unidade de Origem: AGÊNCIA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL CURITIBA-XV DE

Leia mais

Previdência social no Brasil: fatos e propostas

Previdência social no Brasil: fatos e propostas Previdência social no Brasil: fatos e propostas Paulo Tafner São Paulo Junho de 2016. Previdência Social Os fatos Previdência Social Brasileira 2014-15 (% do PIB) Previdência Social Brasileira 2014-15

Leia mais

Ref.:- LEI nº , de 05.11/2015 NOVAS REGRAS PARA APOSENTADORIA

Ref.:- LEI nº , de 05.11/2015 NOVAS REGRAS PARA APOSENTADORIA DEPARTAMENTO JURÍDICO ORIENTAÇÃO Ref.:- LEI nº 13.183, de 05.11/2015 NOVAS REGRAS PARA APOSENTADORIA Foi sancionada pela Presidente da República a lei que institui nova regra para aposentadoria. A lei

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.423.286 - RS (2013/0398658-6) RELATOR : MINISTRO HUMBERTO MARTINS RECORRENTE : MARIA TERESA SCHILD SMITHS ADVOGADO : DAISSON SILVA PORTANOVA E OUTRO(S) RECORRIDO : INSTITUTO NACIONAL

Leia mais

TABELAS EXPLICATIVAS DAS DIFERENTES NORMAS E POSSIBILIDADES DE APOSENTADORIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL RPPS

TABELAS EXPLICATIVAS DAS DIFERENTES NORMAS E POSSIBILIDADES DE APOSENTADORIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL RPPS TABELAS EXPLICATIVAS DAS DIFERENTES NORMAS E POSSIBILIDADES DE DOS SERVIDORES PÚBLICOS REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL RPPS INGRESSO NO SERVIÇO PÚBLICO ATÉ 19 DE DEZEMBRO DE 2003 Professora por tempo

Leia mais

APOSENTADORIA POR IDADE

APOSENTADORIA POR IDADE APOSENTADORIA POR IDADE APOSENTADORIA POR IDADE Fundamentação Legal Artigo 201, I, da CF Artigos 48 a 51 da Lei 8213/91 Artigos 51 a 54 Do Decreto 3048/99 Artigos 225 a 233 da IN 77 Conceito APOSENTADORIA

Leia mais

Nota Técnica: Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/2016

Nota Técnica: Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/2016 Nota Técnica: Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/2016 Proposição: Proposta de Emenda à Constituição nº 287, de 2016 Ementa: Altera os arts. 37, 40, 109, 149, 167, 195, 201 e 203 da Constituição,

Leia mais

Texto integral de Proposições

Texto integral de Proposições Texto integral de Proposições PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº, DE 2008 Estabelece idade mínima para a concessão de aposentadoria no regime geral de previdência social, bem como regra de transição.

Leia mais

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 40, DE (Do Poder Executivo)

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 40, DE (Do Poder Executivo) PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 40, DE 2003 (Do Poder Executivo) Modifica os artigos 37, 40, 42, 48, 96, 142 e 149 da Constituição Federal, o artigo 8º da Emenda Constitucional nº 20, de 15 de dezembro

Leia mais

MINUTA DE ANTEPROJETO DE LEI COMPLEMENTAR

MINUTA DE ANTEPROJETO DE LEI COMPLEMENTAR MINUTA DE ANTEPROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Regulamenta o inciso III do 4 do art. 40 da Constituição Federal, que dispõe sobre a concessão de aposentadoria especial ao servidor público titular de cargo efetivo

Leia mais

REFORMA DA PREVIDÊNCIA CONQUISTA DOS PARLAMENTARES

REFORMA DA PREVIDÊNCIA CONQUISTA DOS PARLAMENTARES REFORMA DA PREVIDÊNCIA CONQUISTA DOS PARLAMENTARES Esforço conjunto por uma nova Previdência Não é de hoje que a Previdência Social, um patrimônio do trabalhador brasileiro, precisa de ajustes. O Executivo

Leia mais

SENADO FEDERAL COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA

SENADO FEDERAL COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA SENADO FEDERAL COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA PARECER Nº, DE 2003 Redação, para o segundo turno, da Proposta de Emenda à Constituição nº 67, de 2003 (nº 40, de 2003, na Câmara dos Deputados).

Leia mais

Planejamento Fiscal Previdenciário. Fábio Zambitte

Planejamento Fiscal Previdenciário. Fábio Zambitte Planejamento Fiscal Previdenciário Fábio Zambitte SAT SEGURO DE ACIDENTES DO TRABALHO CONCEITO: Contribuição social previdenciária incidente sobre o total das remunerações pagas, devidas ou creditadas

Leia mais

Asscontas Associação dos Servidores do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais / Artigos Acesse: ABONO DE PERMANÊNCIA

Asscontas Associação dos Servidores do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais / Artigos Acesse:  ABONO DE PERMANÊNCIA ABONO DE PERMANÊNCIA O Abono de Permanência, instituto criado pela Emenda Constitucional 41, de 19 de dezembro de 2003 (EC 41/03), consiste em uma restituição, feita pelo Estado ao servidor, do valor que

Leia mais

Instituto de Previdência e Assistência Municipal de Caxias do Sul

Instituto de Previdência e Assistência Municipal de Caxias do Sul Instituto de Previdência e Assistência Municipal de Caxias do Sul Instituto de Previdência e Assistência Municipal de Caxias do Sul Instituto de Previdência e Assistência Municipal de Caxias do Sul Instituto

Leia mais

PEC 287 A (SUBSTITUTIVO): A MINIMIZAÇÃO DA PREVIDÊNCIA PÚBLICA SINPAF, DOURADOS/MS 10 DE MAIO DE 2017

PEC 287 A (SUBSTITUTIVO): A MINIMIZAÇÃO DA PREVIDÊNCIA PÚBLICA SINPAF, DOURADOS/MS 10 DE MAIO DE 2017 PEC 287 A (SUBSTITUTIVO): A MINIMIZAÇÃO DA PREVIDÊNCIA PÚBLICA SINPAF, DOURADOS/MS 10 DE MAIO DE 2017 PRINCIPAIS ALTERAÇÕES Mantém o salário mínimo como piso dos benefícios previdenciários e assistenciais

Leia mais

APOSENTADORIA ESPECIAL, PENSÃO E REDUÇÃO DE DIREITOS DRA. THAIS RIEDEL

APOSENTADORIA ESPECIAL, PENSÃO E REDUÇÃO DE DIREITOS DRA. THAIS RIEDEL APOSENTADORIA ESPECIAL, PENSÃO E REDUÇÃO DE DIREITOS DRA. THAIS RIEDEL PARA QUE SERVE UMA PREVIDÊNCIA SOCIAL? Proteção da Sociedade em relação aos RISCOS SOCIAIS. Contingências que diminuem ou retiram

Leia mais

REGIME PRÓPRIO DOS SERVIDORES PÚBLICOS

REGIME PRÓPRIO DOS SERVIDORES PÚBLICOS APOSENTADORIA Os servidores serão aposentados e terão os seus proventos calculados e revistos, na forma prevista na Constituição Federal, observadas as normas gerais de previdência estabelecidas em lei

Leia mais

Direito Previdenciário e Infortunístico

Direito Previdenciário e Infortunístico Direito Previdenciário e Infortunístico (o presente texto representa apenas anotações para exposição do autor sem validade para citação) 8º tema Previdência Social para os Servidores Públicos. Desde 1990,

Leia mais

Poder Judiciário JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Paraná 2ª TURMA RECURSAL JUÍZO A

Poder Judiciário JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Paraná 2ª TURMA RECURSAL JUÍZO A JUIZADO ESPECIAL (PROCESSO ELETRÔNICO) Nº200870500208531/PR RELATOR : Juiz Federal Leonardo Castanho Mendes RECORRENTE : Roberto Osvaldo Heil RECORRIDO : INSS VOTO DIVERGENTE Trata-se de recurso do autor

Leia mais

Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 17ª Junta de Recursos

Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 17ª Junta de Recursos Ministério da Previdência Social Conselho de Recursos da Previdência Social 17ª Junta de Recursos Número do Processo: 44232.231679/2014-32 Unidade de Origem: AGÊNCIA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL XAXIM : Recorrente:

Leia mais

SUBSTITUTIVO DA PEC 287/2016 REFORMA DA PREVIDÊNCIA

SUBSTITUTIVO DA PEC 287/2016 REFORMA DA PREVIDÊNCIA SUBSTITUTIVO DA PEC 287/2016 REFORMA DA PREVIDÊNCIA APOSENTADORIA NO RGPS 49 ANOS - Aposentadoria aos 65 anos de idade, para homens e mulheres, e 25 anos de tempo de contribuição; - Valor do benefício:

Leia mais

As mudanças na PREVIDÊNCIA SOCIAL. Vilson Antonio Romero

As mudanças na PREVIDÊNCIA SOCIAL. Vilson Antonio Romero As mudanças na PREVIDÊNCIA SOCIAL Vilson Antonio Romero PROPOSTAS DE MUDANÇAS PREVIDÊNCIA SOCIAL - PEC 287/2016 - CARTILHA OFICIAL De onde vêm os recursos da Previdência Social? (1) As fontes de recursos

Leia mais

Questões Passíveis de Recurso Direito Previdenciário - Prova Cubo

Questões Passíveis de Recurso Direito Previdenciário - Prova Cubo Questões Passíveis de Recurso Direito Previdenciário - Prova Cubo Questão 52: 52. Na década de 30 do século passado, as caixas de aposentadoria e pensões foram reunidas nos institutos de aposentadoria

Leia mais

O PREFEITO MUNICIPAL DE SEROPÉDICA, Estado do Rio de Janeiro, faço saber que a Câmara Municipal de Vereadores aprovou e eu sanciono a seguinte Lei.

O PREFEITO MUNICIPAL DE SEROPÉDICA, Estado do Rio de Janeiro, faço saber que a Câmara Municipal de Vereadores aprovou e eu sanciono a seguinte Lei. De 14 de dezembro de 2005 LEI N 316/05 Dispõe sobre o Plano de Carreiras e Remuneração dos Profissionais da Educação do Município de Seropédica. O PREFEITO MUNICIPAL DE SEROPÉDICA, Estado do Rio de Janeiro,

Leia mais

MANUTENÇÃO, PERDA E REAQUISIÇÃO DA QUALIDADE DE SEGURADO

MANUTENÇÃO, PERDA E REAQUISIÇÃO DA QUALIDADE DE SEGURADO MANUTENÇÃO, PERDA E REAQUISIÇÃO DA QUALIDADE DE SEGURADO MANUTENÇÃO, PERDA E REAQUISIÇÃO DA QUALIDADE DE SEGURADO A Previdência Social tem caráter contributivo e de filiação obrigatória. Pela lógica, os

Leia mais

FUNDEF. Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental. Recuperação de créditos para municípios mineiros

FUNDEF. Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental. Recuperação de créditos para municípios mineiros FUNDEF Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental Recuperação de créditos para municípios mineiros FUNDEF Criação (EC 14/96) Art. 5º É alterado o art. 60 do ADCT e nele são inseridos novos

Leia mais

PORTARIA INTERMINISTERIAL MPS/MF Nº 568, DE 31 DE DEZEMBRO DE DOU DE 03/01/2011

PORTARIA INTERMINISTERIAL MPS/MF Nº 568, DE 31 DE DEZEMBRO DE DOU DE 03/01/2011 PORTARIA INTERMINISTERIAL MPS/MF Nº 568, DE 31 DE DEZEMBRO DE 2010 - DOU DE 03/01/2011 Dispõe sobre o reajuste dos benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social - INSS e dos demais valores

Leia mais

SUBSTITUTIVO DA PEC 287/2016 REFORMA DA PREVIDÊNCIA

SUBSTITUTIVO DA PEC 287/2016 REFORMA DA PREVIDÊNCIA SUBSTITUTIVO DA PEC 287/2016 REFORMA DA PREVIDÊNCIA APOSENTADORIA NO RGPS - Aposentadoria aos 65 anos de idade e 25 anos de tempo de contribuição; - Valor do benefício: - 51% da média +1% por ano de tempo

Leia mais

REQUISITOS PARA APOSENTADORIA VOLUNTÁRIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS

REQUISITOS PARA APOSENTADORIA VOLUNTÁRIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS REQUISITOS PARA APOSENTADORIA VOLUNTÁRIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS Fabiana Martins Maia Advogada Pós-graduanda em Direito Público Assessora Jurídica da Asscontas Em virtude das Emendas Constitucionais que

Leia mais

OS TRABALHADORES RURAIS E REFORMA DA PREVIDÊNCIA. Jane Lucia Wilhelm Berwanger

OS TRABALHADORES RURAIS E REFORMA DA PREVIDÊNCIA. Jane Lucia Wilhelm Berwanger OS TRABALHADORES RURAIS E REFORMA DA PREVIDÊNCIA Jane Lucia Wilhelm Berwanger HISTÓRICO PREVIDÊNCIA RURAL Estatuto do Trabalhador Rural Lei n. 4.214/63 Lei Complementar 11/71 Constituição Federal Leis

Leia mais

Envelhecimento Populacional e seus impactos sobre Previdência: A necessidade de reforma

Envelhecimento Populacional e seus impactos sobre Previdência: A necessidade de reforma Envelhecimento Populacional e seus impactos sobre Previdência: A necessidade de reforma Paulo Tafner CÂMARA FEDERAL Brasília Novembro de 2016. Previdência Social Os fatos COMECEMOS POR UMA EXCELENTE NOTÍCIA

Leia mais

Câmara dos Deputados Liderança da Minoria. Constituição Federal PEC nº 287/2016 Art. 1º A Constituição passa a vigorar com as seguintes alterações:

Câmara dos Deputados Liderança da Minoria. Constituição Federal PEC nº 287/2016 Art. 1º A Constituição passa a vigorar com as seguintes alterações: Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 287, de 2016 (Reforma da Previdência) Altera os arts. 37, 40, 42, 149, 167, 195, 201 e 203 da Constituição, para dispor sobre a seguridade social, estabelece

Leia mais

NOVO PLANO DE CARREIRA DOS SERVIDORES MÉDICOS DO MUNICÍPIO DE BELO HORIZONTE

NOVO PLANO DE CARREIRA DOS SERVIDORES MÉDICOS DO MUNICÍPIO DE BELO HORIZONTE NOVO PLANO DE CARREIRA DOS SERVIDORES MÉDICOS DO MUNICÍPIO DE BELO HORIZONTE LEI Nº 10.948, DE 13 DE JULHO DE 2016 (Originária do Projeto de Lei n.º 1.908/2016, da autoria do Executivo) Objetivo da lei

Leia mais

PEC nº 287/2016 PROPOSTA DE REFORMA DE PREVIDÊNCIA 4º ENCONTRO DE GESTORES DE RPPS DO ESTADO DO MATO GROSSO - CUIABÁ - 07 DE DEZEMBRO DE 2016

PEC nº 287/2016 PROPOSTA DE REFORMA DE PREVIDÊNCIA 4º ENCONTRO DE GESTORES DE RPPS DO ESTADO DO MATO GROSSO - CUIABÁ - 07 DE DEZEMBRO DE 2016 PEC nº 287/2016 PROPOSTA DE REFORMA DE PREVIDÊNCIA 4º ENCONTRO DE GESTORES DE RPPS DO ESTADO DO MATO GROSSO - CUIABÁ - 07 DE DEZEMBRO DE 2016 PARTE 1 REFORMA - LINHAS GERAIS Razões para a Reforma Evolução

Leia mais

PROCESSO JUDICIAL PREVIDENCIÁRIO PROGRAMA

PROCESSO JUDICIAL PREVIDENCIÁRIO PROGRAMA PROGRAMA I. SEGURIDADE SOCIAL E PREVIDÊNCIA SOCIAL 2. Princípios e Características da Seguridade Social 2.1. Solidariedade 2.2 Universalidade da Cobertura e do Atendimento 2.3. Uniformidade e Equivalência

Leia mais

Assessoria jurídica orienta sobre direito à aposentadoria especial MI 904

Assessoria jurídica orienta sobre direito à aposentadoria especial MI 904 Aparecida, calma procure orientação especializada, Advogado Trabalhista e priu. Leia e procure orientação especializada, seus direitos serão preservados. Att, Bartolomeu Dias TST/Recife Acesse a fonte

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº, DE 2014

PROJETO DE LEI Nº, DE 2014 PROJETO DE LEI Nº, DE 2014 (Do Sr. Alan Rick) Cria a Subseção XIII, da Seção V, do Capítulo II, do Título III, da Lei nº 8.213, de 24 de julho de 1991, altera os arts. 18, 25, 29, 39, 40 e 124 da Lei nº

Leia mais

Poder Judiciário JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Paraná 1ª TURMA RECURSAL JUÍZO C

Poder Judiciário JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Paraná 1ª TURMA RECURSAL JUÍZO C JUIZADO ESPECIAL (PROCESSO ELETRÔNICO) Nº2008.70.59.002797-0/PR RELATORA : Juíza Márcia Vogel Vidal de Oliveira RECORRENTE : LUIZ OSNI ALVES RECORRIDO : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL VOTO Pretendendo

Leia mais

APOSENTADORIA DO SERVIDOR PÚBLICO

APOSENTADORIA DO SERVIDOR PÚBLICO «DESCONTO PREVIDENCIÁRIO INFOMATIVO FÓRUM DAS SEÇÕES SINDICAIS DO ANDES SN DAS IEES PARANAENSES» APOSENTADORIA DO SERVIDOR PÚBLICO PRINCIPAIS ALTERAÇÕES INTRODUZIDAS PELAS EC. Ns. 41/2003 E 47/2005 - quebra

Leia mais

O Regime Geral de Previdência Social - RGPS e a PEC 287 de CURITIBA-PR, 14 DEZ 2016 Expositor: Luciano Fazio

O Regime Geral de Previdência Social - RGPS e a PEC 287 de CURITIBA-PR, 14 DEZ 2016 Expositor: Luciano Fazio O Regime Geral de Previdência Social - RGPS e a PEC 287 de 2016 CURITIBA-PR, 14 DEZ 2016 Expositor: Luciano Fazio 1 SUMÁRIO 1. O que é Previdência Social 2. Déficit do Regime Geral de Previdência Social

Leia mais

INDENIZAÇÃO DE TEMPO DE SERVIÇO DO CONTRIBUINTE INDIVIDUAL. Daescio Lourenço Bernardes de Oliveira

INDENIZAÇÃO DE TEMPO DE SERVIÇO DO CONTRIBUINTE INDIVIDUAL. Daescio Lourenço Bernardes de Oliveira INDENIZAÇÃO DE TEMPO DE SERVIÇO DO CONTRIBUINTE INDIVIDUAL Daescio Lourenço Bernardes de Oliveira 1 - INTRODUÇÃO O presente estudo irá demonstrar que o contribuinte individual que não recolheu a contribuição

Leia mais

CARTILHA SOBRE A REFORMA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL

CARTILHA SOBRE A REFORMA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL CARTILHA SOBRE A REFORMA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL REGIME GERAL DE PREVIDÊNCIA SOCIAL PARCERIA A presente cartilha tem como objetivo apenas apresentar as propostas veiculadas na PEC nº 287/16. O propósito

Leia mais

Nenhum direito a menos

Nenhum direito a menos Nenhum direito a menos As centrais sindicais unidas na luta em defesa dos direitos da classe trabalhadora consideram inadmissível que o Governo Federal, por meio de propostas intituladas como Reforma,

Leia mais

DIREITO PREVIDENCIÁRIO

DIREITO PREVIDENCIÁRIO DIREITO PREVIDENCIÁRIO Prof. Eduardo Tanaka CONCEITUAÇÃO Conceituação: A seguridade social compreende um conjunto integrado de ações de iniciativa dos Poderes Públicos e da sociedade, destinadas a assegurar

Leia mais

Desafios da Previdência. FGV Rio de Janeiro, Março 2016

Desafios da Previdência. FGV Rio de Janeiro, Março 2016 Desafios da Previdência FGV Rio de Janeiro, Março 2016 Evolução da Razão de Dependência de Idosos 2000-2060 IBGE 45 40 35 30 25 20 15 10 5 8 Despesa RGPS como % do PIB 1995-2015 7.5 7.4 7 6.5 6.4 6.7 6.9

Leia mais

Sendo assim, saiba quais são os tipos de aposentadoria e quais as condições que o trabalhador deve observar para cada um deles:

Sendo assim, saiba quais são os tipos de aposentadoria e quais as condições que o trabalhador deve observar para cada um deles: O trabalhador brasileiro pode ter acesso à aposentadoria de várias formas, dependendo das condições de saúde, idade, tempo em que o empregado trabalhou com carteira assinada, bem como se o cidadão trabalhou

Leia mais

PEC 287: A minimização da Previdência Pública

PEC 287: A minimização da Previdência Pública PEC 287: A minimização da Previdência Pública Encontro Estadual dos Bancários do Maranhão 28/01/2017 Gustavo Machado Cavarzan - Técnico do Dieese na subseção SEEB-SP Introdução e Justificativas Introdução:

Leia mais

Nota Técnica: Proposta de Emenda à Constituição 287/2016

Nota Técnica: Proposta de Emenda à Constituição 287/2016 Nota Técnica: Proposta de Emenda à Constituição 287/2016 Da Tramitação: O Poder Executivo encaminhou, no dia 05/12/2016, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/2016, que altera os artigos 37, 40,

Leia mais

PROVA DISCURSIVA P 3

PROVA DISCURSIVA P 3 PROVA DISCURSIVA P 3 Nesta prova, faça o que se pede, usando, caso queira, os espaços para rascunho indicados no presente caderno. Em seguida, transcreva os textos para o CADERNO DE TEXTOS DEFINITIVOS

Leia mais

PORTARIA MPS/MF Nº 333, DE 29 DE JUNHO DE 2010 (DOU )

PORTARIA MPS/MF Nº 333, DE 29 DE JUNHO DE 2010 (DOU ) PORTARIA MPS/MF Nº 333, DE 29 DE JUNHO DE 2010 (DOU 30.06.2010) Dispõe sobre o salário mínimo e o reajuste dos benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social - INSS e dos demais valores constantes

Leia mais

PROJETO DE LEI N o 2.146, DE 2011

PROJETO DE LEI N o 2.146, DE 2011 COMISSÃO DE SEGURIDADE SOCIAL E FAMÍLIA PROJETO DE LEI N o 2.146, DE 2011 Acrescenta ao art. 12 da Lei nº 8.212, de 24 de julho de 1991, o 13, e acrescenta art. 125-B à Lei nº 8.213, de 24 de julho de

Leia mais

CIRCULAR GEPE Nº 004/2004 ABONO DE PERMANÊNCIA

CIRCULAR GEPE Nº 004/2004 ABONO DE PERMANÊNCIA 1 CIRCULAR GEPE Nº 004/2004 De: Para: Gerência de Administração de Pagamento de Pessoal Gerências da GEPE, Gerências Regionais de Recursos Humanos e unidades de pessoal das demais Secretarias ABONO DE

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Página 1 de 8 Brastra (4376 bytes) Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos EMENDA CONSTITUCIONAL Nº 41, DE 19 DE DEZEMBRO DE 2003 As MESAS da CÂMARA DOS DEPUTADOS e do SENADO

Leia mais

Direito Previdenciário: a Medida Provisória nº 676/2015

Direito Previdenciário: a Medida Provisória nº 676/2015 American Chamber of Commerce for Brazil AMCHAM BRASIL/Brasília Comitê de Legislação: impactos legislativos e jurídicos Direito Previdenciário: a Medida Provisória nº 676/2015 LEANDRO MADUREIRA SILVA SUBCOORDENADOR

Leia mais

CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA NO ÂMBITO MUNICIPAL FRENTE ÀS MUDANÇAS INSTITUIDAS PELA EMENDA CONSTITUCIONAL N. 41/2003.

CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA NO ÂMBITO MUNICIPAL FRENTE ÀS MUDANÇAS INSTITUIDAS PELA EMENDA CONSTITUCIONAL N. 41/2003. NOTA JURÍDICA N.º 001/2004 (Atualizada em 24.08.2005) Cuiabá/MT, 23 de janeiro de 2004. CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA NO ÂMBITO MUNICIPAL FRENTE ÀS MUDANÇAS INSTITUIDAS PELA EMENDA CONSTITUCIONAL N. 41/2003.

Leia mais

A situação da Seguridade Social no Brasil

A situação da Seguridade Social no Brasil A situação da Seguridade Social no Brasil Audiência Pública Comissão de Seguridade Social e Família CSSF Câmara dos Deputados, 16/08/2011 Álvaro Sólon de França Presidente do Conselho Executivo da ANFIP

Leia mais

A Evolução da Aposentadoria por Invalidez

A Evolução da Aposentadoria por Invalidez 12 temas de economia aplicada A Evolução da Aposentadoria por Invalidez Rogério Nagamine Costanzi (*) O Brasil é um país marcado por ter um elevado nível de despesa previdenciária para o seu perfil demográfico:

Leia mais

Art. 32 da LEI 8.213/91 Art. 32. O salário-de-benefício do segurado que contribuir em razão de atividades concomitantes será calculado com base na som

Art. 32 da LEI 8.213/91 Art. 32. O salário-de-benefício do segurado que contribuir em razão de atividades concomitantes será calculado com base na som Atividade concomitante e fator previdenciário Dra. Marina Vasques Duarte de Barros Falcão - JFSC Art. 32 da LEI 8.213/91 Art. 32. O salário-de-benefício do segurado que contribuir em razão de atividades

Leia mais

Números da Previdência Social

Números da Previdência Social Números da Previdência Social Segundo o Boletim Estatístico da Previdência Social, a aposentadoria média dos segurados vinculados ao RGPS é em torno de R$ 1.197,44. Mais de 70% dos segurados ganham um

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO Registro: 2014.0000263328 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação / Reexame Necessário nº 3012557-22.2013.8.26.0451, da Comarca de Piracicaba, em que são apelantes FAZENDA DO ESTADO

Leia mais

Universidade Federal do Recôncavo da Bahia Pró - Reitoria de Gestão de Pessoal Coordenadoria de Administração de Pessoal

Universidade Federal do Recôncavo da Bahia Pró - Reitoria de Gestão de Pessoal Coordenadoria de Administração de Pessoal Aposentadoria Passagem do servidor da atividade para a inatividade, com proventos integrais ou proporcionais ao tempo de contribuição, observadas as regras específicas para cada situação. Pode ser concedida

Leia mais

RELATOR: Francisco Humberto Simões Magro, Atuário MIBA n 494

RELATOR: Francisco Humberto Simões Magro, Atuário MIBA n 494 ASSUNTO: Proposta de inclusão na base de cálculo do benefício previdenciário de parcelas temporárias para os servidores segurados do Sistema Municipal de Previdência Social SIMPS de Coronel Bicaco - RS.

Leia mais

PARA ENTENDER A Reforma da Previdência PARA ENTENDER A. Reforma da Previdência

PARA ENTENDER A Reforma da Previdência PARA ENTENDER A. Reforma da Previdência PARA ENTENDER A Reforma da Previdência A NOVA PREVIDÊNCIA Antes de mais nada, é preciso saber que: Nada muda para quem já se aposentou ou é pensionista. Nada muda para quem ainda não pediu a aposentadoria,

Leia mais

Sandro Silva Supervisor Técnico do DIEESE-PR. Curitiba-PR 14/12/2016

Sandro Silva Supervisor Técnico do DIEESE-PR. Curitiba-PR 14/12/2016 Sandro Silva Supervisor Técnico do DIEESE-PR Curitiba-PR 14/12/2016 Considerando a ampla e diversificada base de financiamento - incluindo as receitas da Seguridade Social hoje desvinculadas pela União

Leia mais

A partir de que momento começa a contar o benefício? Para o segurado empregado, é a contar do 16.º dia do afastamento da atividade.

A partir de que momento começa a contar o benefício? Para o segurado empregado, é a contar do 16.º dia do afastamento da atividade. É possível a concessão de aposentadoria por invalidez havendo moléstia preexistente? Retornamos a resposta do questionamento anterior, ou seja, o INSS submete o segurado à pericia, justamente para constatar

Leia mais

INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO MUNICÍPIO DE RIO CLARO MUNICÍPIO DE RIO CLARO ESTADO DE SÃO PAULO

INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO MUNICÍPIO DE RIO CLARO MUNICÍPIO DE RIO CLARO ESTADO DE SÃO PAULO INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO O QUE É O IPRC? O Instituto de Previdência do Município de Rio Claro IPRC nasceu em 20 de setembro de 2007, através da Lei Complementar Municipal 023/2007. É uma Autarquia Municipal

Leia mais

1. Salário de Benefício:

1. Salário de Benefício: 1 DIREITO PREVIDENCIÁRIO PONTO 1: Salário Benefício PONTO 2: Atividade Concomitante PONTO 3: Aposentadoria por Tempo de Serviço PONTO 4: Aposentadoria Especial 1. Salário de Benefício: Artigo 29, II, Lei

Leia mais

Histórico Previdenciário período: 1998 à 2011.

Histórico Previdenciário período: 1998 à 2011. Rolando Rubens Malvásio Júnior. Coordenador Geral da FASUBRA Sindical. rolando@fasubra.org.br 0XX 61 9271.5042 Argumentos para o surgimento da EC 20? Inúmeros foram os argumentos apresentados pelo governo

Leia mais

MUNICÍPIO DE ROLADOR/RS. Parecer 042/14/PJM

MUNICÍPIO DE ROLADOR/RS. Parecer 042/14/PJM Parecer 042/14/PJM Consulente: Departamento de Pessoal (DEPEL). Assunto: Contribuição previdenciária de servidor efetivo ocupante de cargo em comissão. Referência: Processo Administrativo nº. 760/2014

Leia mais

DIREITO PREVIDENCIÁRIO CONCURSO INSS. PROF. ADRIANA MENEZES

DIREITO PREVIDENCIÁRIO CONCURSO INSS. PROF. ADRIANA MENEZES DIREITO PREVIDENCIÁRIO CONCURSO INSS PROF. ADRIANA MENEZES www.adrianamenezes.com DÚVIDAS QUANTO À LEGISLAÇÃO A SER COBRADA NA PROVA E A PROVA EM SI. Será cobrada a legislação previdenciária em vigor até

Leia mais

MUDANÇAS NAS REGRAS DO SEGURO-DESEMPREGO, ABONO SALARIAL ANUAL, AUXILIO-DOENÇA E PENSÃO POR MORTE

MUDANÇAS NAS REGRAS DO SEGURO-DESEMPREGO, ABONO SALARIAL ANUAL, AUXILIO-DOENÇA E PENSÃO POR MORTE MUDANÇAS NAS REGRAS DO SEGURO-DESEMPREGO, ABONO SALARIAL ANUAL, AUXILIO-DOENÇA E PENSÃO POR MORTE Em 30/12/2014, por meio das Medidas Provisórias 664 e 665, publicadas no Diário Oficial da União, as normas

Leia mais

SEGURIDADE SOCIAL. DIREITO PREVIDENCIÁRIO AFRF - Exercícios SEGURIDADE SOCIAL. SEGURIDADE SOCIAL Princípios Constitucionais

SEGURIDADE SOCIAL. DIREITO PREVIDENCIÁRIO AFRF - Exercícios SEGURIDADE SOCIAL. SEGURIDADE SOCIAL Princípios Constitucionais SEGURIDADE SOCIAL DIREITO PREVIDENCIÁRIO AFRF - Exercícios Prof. Eduardo Tanaka SAÚDE SEGURIDADE SOCIAL PREVIDÊNCIA SOCIAL ASSISTÊNCIA SOCIAL 1 2 SEGURIDADE SOCIAL Conceituação: A seguridade social compreende

Leia mais

Conselho Nacional de Justiça

Conselho Nacional de Justiça Conselho Nacional de Justiça RESOLUÇÃO Nº 13, DE 21 DE MARÇO DE 2006 Dispõe sobre a aplicação do teto remuneratório constitucional e do subsídio mensal dos membros da magistratura. O PRESIDENTE DO CONSELHO

Leia mais