MBA EM CONTABILIDADE DIGITAL M1 D2: MARKETING 2.0 PARTE III: TECNOLOGIAS DA NOVA ERA DO MARKETING 2.0 PROFESSOR AUTOR: JOSÉ FRANCISCO RESENDE

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MBA EM CONTABILIDADE DIGITAL M1 D2: MARKETING 2.0 PARTE III: TECNOLOGIAS DA NOVA ERA DO MARKETING 2.0 PROFESSOR AUTOR: JOSÉ FRANCISCO RESENDE"

Transcrição

1 MBA EM CONTABILIDADE DIGITAL M1 D2: MARKETING 2.0 PARTE III: TECNOLOGIAS DA NOVA ERA DO MARKETING 2.0 PROFESSOR AUTOR: JOSÉ FRANCISCO RESENDE PROFESSOR TELEPRESENCIAL: JOSÉ FRANCISCO RESENDE COORDENADOR DE CONTEÚDO: FLÁVIO LÚCIO BRITO DIRETORA PEDAGÓGICA: MARIA UMBELINA CAIAFA SALGADO NOVEMBRO/2011

2 PARTE III TECNOLOGIAS DA NOVA ERA DO MARKETING 2.0 APRESENTAÇÃO Prezado (a) estudante, Na Parte I do Guia de Estudo, fizemos uma introdução ao estudo do marketing, por meio da retomada de conceitos básicos e de uma retrospectiva do desenvolvimento da área, passando pelas concepções de Gestão do Produto, Gestão do Cliente e Gestão da Marca, até chegar ao Marketing.2, que representa uma adequação às necessidades da época atual. Ainda na Parte I, situando o Marketing.2 em relação às ondas que caracterizaram o desenvolvímento da World Wide Web, analisamos alguns fatores que nos levam para uma era na qual os principais protagonistas são as redes sociais on line, a busca, a mobilidade, a geolocalização e o tempo real ou real time. Focalizando o reflexo desses fatores no ambiente do marketing, deparamos com importantes transformações como: a explosão do conteúdo devido à plataforma da Web 2.0; o fenômeno the long tail; o paradoxo da escolha dentre uma infinidade de alternativas; a expansão da computação ubíqua on line; a explosão da difusão das redes sociais on line. Na Parte II do Guia de Estudo, ampliamos esses estudos, caracterizando a época atual como a era da busca, das redes sociais, da mobilidade e da geolocalização. Assim, poderemos compreender aspectos que passaram a caracterizar o marketing do Século XXI, ou seja: a importância atribuída à mensuração, no Marketing 2.0, as estratégias de Engenharia Social e Behavioral Targeting, as aplicações do Cool Hunting e as questões envolvidas na concepção de Noosfera (mentes conectadas). Nesta parte III, apresentaremos as tecnologias mobile disponíveis para uso em ações estratégicas de marketing. A difusão mobile em todas as populações no mundo transforma os dispositivos móveis em uma das plataformas mais dominantes e promissoras. A Metodologia Telepresencial descrita anteriormente continua orientando o trabalho da disciplina e sugerimos-lhe que releia, na Parte I deste texto, cada tópico relacionado às estratégias dessa metodologia, para melhor aproveitar os recursos de aprendizagem disponibilizados na Área do Aluno. 2

3 O quadro a seguir mostra o calendário atualizado da disciplina. Datas Aulas Tele Guia de Estudo Textos Complementares de Leitura Obrigatória N o Lista Exercícios Data Postagem Data Final 24 e 31 out 20h30 às 22h30 7 e 14 nov. 18h30 às 22h30 21 e 28nov. 18h30 às 22h30 Parte I Parte II Parte III BARWINSKI, Luísa. A World Wide Web completa 20 anos, conheça como ela surgiu. Disponível em: Butti, Eugênio.A internet não é meio de comunicação. Disponível em: a.asp?panorama=460&tipo=g Rayssa Belke: Tecnologias Mobile & Negócios: Potencial pouco explorado Disponível em 9-mobile_neg%C3%B3cios_potencial.html Prova: 13 fev out. 07 nov nov 21 out nov 04 dez OBJETIVOS DA APRENDIZAGEM Como resultado do estudo da Parte III do Guia de Estudo e da realização das atividades de EIO, esperamos que você possa: 1. caracterizar o novo cenário das Tecnologias Mobile; 2. citarr as tecnologias mobile disponíveis e sua aplicabilidade; 3. conceituar RFID Radio Frequency Identification; 4. explicar a tecnologia Bluetoth; 5. identificar SMS Short Message Service e MMS Multimedia messaging Service; 6. conceituar o GPS (Global Positioning System); 7. descrever as aplicações e utilizações do Mobile Tagging; 8. identificar a aplicabilidade das mobile tags nas áreas empresarial privada, pessoal e na área de educação; 9. analisar as possibilidades de uso das mobile tags em marketing; 10. caracterizar a Mobile TV. 3

4 RECOMENDAMOS! Leia com atenção o Guia de Estudo e os textos complementares, tome notas e organize esquemas que o (a) ajudem a compreender os temas abordados e a pesquisar o assunto com a devida profundidade. Procure assistir a todas as aulas telepresenciais e resolver as Listas de Exercícios nos prazos assinalados. Não deixe para a última hora! Lembre-se de comentar os tópicos do Fórum. Você precisa postar oito comentários ao todo para obter a pontuação máxima. 4

5 1. INTRODUÇÃO O ser humano é mobile por natureza. Somos nômades em nossa origem, e muitas técnicas e tecnologias desenvolvidas ao longo da história da Humanidade tiveram por objetivo ampliar e facilitar nossa mobilidade domesticação dos mais diversos animais (de cavalos a elefantes) para nos transportar, bigas, carroças, bicicletas, carros, barcos, aviões, trens, naves espaciais e outros meios de transporte. Continuamos em busca de soluções que nos levem além mais adiante, para descobrir novas fronteiras e de forma cada vez mais rápida. O sonho da Humanidade nestes termos será o teletransporte. Outro fator essencial à natureza humana é a comunicação. O homem é um ser social e a comunicação é base da socialização. Testemunhamos também, ao longo da história, a evolução das técnicas e tecnologias de comunicação impulsionando a socialização dos sinais de fumaça ao telefone celular. Uma terceira característica da natureza humana é a necessidade de obter informações constantemente para poder sobreviver e viver melhor no ambiente em que se encontra. O desenvolvimento de técnicas e tecnologias da informação também se difundiu pelos tempos, até chegar ao cenário hiperconectado em que vivemos. Nossa condição atual de nômades digitais foi possibilitada e impulsionada por milhares de anos de desenvolvimento de tecnologias de mobilidade, comunicação e informação. O futuro é mobile porque a natureza humana também o é, e as tecnologias digitais não apenas vêm eliminando todas as restrições que nos impedem de exercitar a nossa mobilidade instintiva, mas também alavancando-a. Estudos revelam que a maioria das pessoas que possuem aparelhos celulares não fica a mais de um metro de distância deles, ou seja, os celulares têm-se incorporado cada vez mais à vida cotidiana das pessoas, em todas as situações, e está quase se tornando parte do corpo delas. É importante ressaltar que a plataforma mobile não se restringe apenas a celulares, smartphones e PDAs. Cada vez mais, se integram com tais plataformas outros dispositivos como carros, aparelhos GPS, e-book readers etc. 5

6 As tecnologias mobile que nos interessam aqui são as que podem ser utilizadas de forma simples, tendendo a ser ou se tornar acessíveis a qualquer membro da população em geral. Abordaremos neste guia as tecnologias mobile mais antigas, que continuam sendo instrumentos interessantes para ações do Marketing 2.0, como Bluetooth e SMS, e também as mais recentes, que oferecem soluções bastante inovadoras ao marketing. Discutiremos então, as tecnologias, mais ou menos em ordem cronológica de adoção no mercado, como se segue: RFID; Bluetooth; SMS/MMS; GPS; Mobile Tagging; Mobile TV. Além das tecnologias apresentadas, a realidade aumentada também é uma tecnologia importante no cenário mobile. Cada tecnologia móvel aqui apresentada requer um tipo específico de hardware, não estando portanto, necessariamente, disponível em todos os tipos de dispositivos móveis. Desse modo, a utilização de cada tecnologia está condicionada à sua disponibilidade nos diversos dispositivos e hardwares presentes no mercado. 2. AS TECNOLOGIAS MOBILE RFID RFID (Radio Frequency Identification) são sensores (também chamados de tags) aplicados ou incorporados a um objeto ou ser (produtos, coisas, lugares, pessoas, animais etc.) com a finalidade de identificar ou rastrear esse objeto por meio de ondas de rádio. As tags RFID podem ser lidas a vários metros de distância e não precisam de contato visual com o leitor. Normalmente os leitores são equipamentos dedicados a isso. Exemplos de aplicações comuns, que já usam RFID no nosso dia a dia são: smart cards em crachás - quando passamos próximos aos leitores de catracas, esses crachás são lidos para liberar o acesso. Serviço Sem Parar, que usa tags RFID fixadas nos parabrisas dos carros e detectadas pelos sensores dos pedágios e estacionamentos, para fazer a cobrança automaticamente. 6

7 Saiba Mais! Veja abaixo algumas das utilizações mais importantes da RFID, citadas no artigo 100 Uses of RFID, que se encontra disponível em: cronometrar corridas; controlar inventários de hospitais; melhorar a experiência de pacientes em hospitais; não necessitar de baterias no RFID como fator crucial em algumas aplicações; representar a próxima revolução na mobilidade e wireless, por meio de identificação automática, coleta de dados e sistema de locatividade. A tecnologia RFID é uma das principais alavancas para a Web 3.0 e a Internet das Coisas. O problema da utilização das tags RFID em todos os objetos é o seu custo, que oscila em torno de 50 centavos de dólar - o que é alto para alguns tipos de produtos. Com o barateamento das tags RFID ou o desenvolvimento de tecnologias similares mais acessíveis financeiramente, o taguea-mento tenderá a ser ubíquo, ou seja, tudo será tagueado e participará da rede. Nesse cenário, as geladeiras poderão reconhecer todos os produtos dentro dela, saber o que está dentro do prazo de validade ou não para alertar o usuário, conhecer as preferências de compra dele e enviar ordens de compra automa-ticamente quando os produtos acabarem. Nessas circunstâncias, as pessoas provavelmente receberão gratuitamente essas geladeiras inteligentes oferecidas por redes de supermercados, desde que o abastecimento de produtos seja feito automaticamente por eles. Esse modelo de negócios é bem parecido com que acontece hoje com o mercado de telefonia celular clientes de planos pós-pagos, que consomem automaticamente os créditos da operadora, recebem celulares de última geração gratuitamente ou quase de graça. Uma vantagem das tags de RFID é o fato de elas terem a capacidade de disponibilizar muitas informações sobre os objetos em que estão fixadas, podendo até descrever situações de estado, como temperatura e alertando, por exemplo, quando um pacote de leite não é mais adequado ao consumo em decorrência de mudanças de temperatura. Saiba Mais! Internet das coisas Essa expressão refere-se à possibilidade de interconectar, além de documentos (textos, imagens, sons), objetos e seres vivos, que, assim, podem participar diretamente das interações. 7

8 Um exemplo muito interessante de uso do RFID em campanhas de marketing é a ação The Real Life Like, da Publicis E-dologic para a Coca-Cola, em Israel. A ação aconteceu em um acampamento de verão que reuniu milhares de adolescentes por três dias, o Coca-Cola Village, onde os participantes usavam pulseiras com RFID, que lhes permitiam dar likes para as atividades e coisas do acampamento. Cada pulseira de RFID tinha as informações de login da conta da pessoa no Facebook e, assim, os likes (as teclas de curtir ) eram automaticamente atualizadas em seus perfis e no perfil do Coca-Cola Village. Dessa forma,a ação permitiu a integração automática das coisas do mundo físico com a maior rede social, o Facebook, com interações em tempo real. Tim O Reilly menciona, no vídeo, que o RFID são coisas usando tags, e a Web 2.0 está aprendendo a reconhecer tais coisas. Estamos chegando a um tipo de realidade aumentada em que nossos computadores terão sentidos tão bons quanto os nossos ou melhores, e reconhecerão faces, objetos e armazenarão lembranças. Tim O Reilly declara ainda que a interface do futuro será um par de óculos que nos permitirá olhar para as coisas e obter, imediatamente, todo tipo de informações a respeito delas. Segundo previsões da Juniper Research, (2010), as vendas associadas à realidade aumentada móvel alcançarão US$732 milhões até Em seu relatório Mobile Argumented Reality: Forecasts, Applications and Opportunity Appraisal , a Juniper define aplicações de realidade aumentada móvel como dispositivos que usam câmeras, localizadores GPS, conexões de banda larga, sensores de movimento e bússolas digitais para fornecer camadas de metadados (dados a respeito dos dados, dados múltiplos) sobre os arredores dos usuários. Bluetooth Bluetooth é uma tecnologia sem fio (wireless) que permite a troca de dados (por meio de ondas de rádio de curta frequência) entre dispositivos móveis, usando a banda estreita (pequeno volume de dados). A utilização det Bluetooth torna possível criar redes pessoais PANs (Personal Area Networks), possibilitando a conexão de diversos dispositivos com alto grau de segurança. A grande vantagem do uso dessa tecnologia para conectar redes é o seu baixo custo e também o baixo consumo de energia. O alcance das conexões é de aproximadamente 100 metros, o que é bastante razoável para 8

9 seu objetivo principal, que é eliminar cabos permitindo a conexão wireless entre equipamentos móveis dentro de uma determinada área. Portanto, o foco do Bluetooth não é conectar equipamentos com redes remotas, como é o caso das WLAN, cuja conexão wireless é feita via tecnologias como o Wi-Fi em banda larga. Saiba Mais! Atualmente, o uso mais popular do Bluetooth é a conexão entre telefones celula-res e handsets sem fio, que permitem ao usuário receber ligações com mãos livres. Outro uso bastante comum do Bluetooth é a transferência de arquivos entre aparelhos celulares próximos. Mais utilizações interessantes incluem: comunicação sem fio entre dispositivos de entrada e saída com o computador, como teclados e mouses; substituição da tecnologia infravermelho em controles remotos; envio de anúncios e arquivos promocionais (como ringtones, por exemplo) a partir de um quiosque Bluetooth para aparelhos celulares próximos; rastreamento, identificação e localização de objetos, em tempo real por meio de sistemas RTLS (Real Time Location Sistems); conexão entre o console e os controles de videogames como Wii, PlayStation 3, PSP Go, entre outros.. descoberta de equipamentos dentro de uma determinada área e configuração entre eles Apesar de ser uma das tecnologias mobile mais antigas, o Bluetooth é extremamente eficiente e pode ser a plataforma ideal para algumas estratégias de Marketing 2.0, como é o caso da ação mobile Quick is Deadly, da Nike, para o Zoom, na China. A ação consistia em um outdoor eletrônico que enviava via Bluetooth uma mensagem para o celular das pessoas que passavam em frente a ele. A mensagem disparava um cronômetro digital que passava a contar o tempo no instante em que era recebida no celular da pessoa, que era instruída a correr para a loja da Nike. O outdoor eletrônico foi colocado a um quarteirão de distância da loja, e quando a pessoa com a mensagem chegava à loja, o cronômetro marcava o tempo final da corrida. Quem fizesse o menor tempo em cada dia ganhava um tênis Nike Zoom. A ação foi um sucesso pessoas se aproximavam do outdoor, vestidas com trajes de corrida para conseguirem fazer o percurso mais rapidamente. Outras pessoas ficavam vendo o movimento na largada, no outdoor, ou na chegada, na entrada da loja da Nike. Os números alcançados pela ação, incluindo retorno de mídia 9

10 espontânea são mostrados no video que pode ser acessado em É bem interessante observar a relação do conceito da Nike com a ação Quick is Deadly algo como rápido e mortal em uma referência ao filme de Hollywood usando a tecnologia Bluetooth para cronometrar tempos de corrida. A ação envolve um incentivo para as pessoas correrem e exercitarem-se, o que está completamente alinhado com os produtos da marca. Outro exemplo criativo do Bluetooth em ações de Marketing 2.0 foi a campanha da C&A, na sua loja do Shopping Morumbi, em São Paulo, em agosto de As pessoas recebiam cupons de desconto de 10% por meio dos seus celulares quando ativavam o Bluetooth. Na loja foram colocados cartazes informando aos clientes que quem ativasse o dispositivo receberia uma mensagem com o desconto de 10% sobre qualquer item do ponto de venda. Uma das principais desvantagens do uso do Bluetooth no marketing 2.0 é que alguns dispositivos, como o iphone, não funcionam bem com essa tecnologia. Outro problema pode ser a falta de cultura de alguns tipos de público quanto ao uso de conexões Bluetooth. Diferentemente dos cenários controlados de conexão wireless entre equipamentos dentro de uma determinada área (onde todos os hardwares são conhecidos previamente), no marketing as ações necessitam que a conexão aconteça com sucesso com qualquer dispositivo móvel do público-alvo. Uma falha na conexão ou na operação por parte do público compromete toda a ação. Assim a utilização do Bluetooth no marketing está sempre condicionada a uma análise bastante criteriosa da ação a ser desenvolvida, das características do público envolvido e de seus dispositivos móveis. SMS e MMS O SMS (Short Message Service), que completou 25 anos em agosto de 2010, é uma tecnologia que permite enviar mensagens de texto pelo celular. No Brasil, a prática se popularizou apenas nos últimos anos, com o barateamento das taxas de envio, sendo hoje a prática mais comum para envio de mensagens de texto pelo celular. Apesar de as mensagens SMS serem limitadas a 160 caracteres e da usabilidade ruim para digitação nos celulares sem teclado tipo Qwerty, segundo pesquisa da Pew Internet and American Life Project, nos Estados Unidos, em 2010, a média de torpedos trocados entre adolescentes foi de 50 mensagens 10

11 por dia, sendo mais frequente entre garotas, que chegam a trocar 80 mensagens diárias. Entre adultos a média é de apenas 10 mensagens diárias. Por sua alta difusão em meio à população, o uso de SMS é bastante comum em ações de marketing, que vão dos tradicionais casos de envio de códigos promocionais impressos em embalagens para concorrer a prêmios até ações bastante inovadoras, como é o caso da vending machine interativa criada para a promoção do absorvente higiênico Carefree. Em razão da natureza íntima da utilização do produto, a distribuição de amostras de Carefree em bares, baladas e restaurantes foi feita por meio de uma vending machine colocada nos banheiros femininos dos estabelecimentos que era ativada pelo envio de um SMS e, então, liberava uma amostra do produto. Outra ação bastante criativa com o uso de SMS foi a campanha Qual é a maior torcida do Rio Grande do Sul? que a operadora de telefonia móvel Claro promoveu nesse estado. Os torcedores dos dois times de futebol mais populares do estado deveriam enviar uma mensagem SMS com a palavra Gremistas ou Colorados para responder à pergunta. O resultado foi mostrado em um outdoor eletrônico colocado na cidade de Porto Alegre. Além das ações promocionais, outro tipo de utilização muito interessante para o SMS é o Mobile Commerce. Vending Machines e programas de TV que vendem produtos são exemplos de casos em que o SMS pode ser usado para fazer compras. Na Inglaterra, programas de TV que vendem por SMS existem há vários anos as pessoas enviam o SMS de compra conforme instruções durante a programação e recebem os produtos pelo correio. Assim, existem inúmeras possibilidades de uso do SMS como sistema para micropagamentos via Mobile Commerce. As ações de marketing que usam SMS normalmente envolvem uma empresa de integração mobile para que todos os participantes possam enviar as mensagens para o mesmo número independentemente da operadora de celular de cada um. Outra tecnologia, similar ao SMS, mas que possui capacidade multimídia, não se limitando ao envio de mensagens apenas de texto, é o MMS (Multimedia Messaging Service). Esse tipo de tecnologia permite incluir conteúdos multimidia nas mensagens enviadas. O uso mais comum é para o envio de fotografias, vídeos e ringtones. No entanto como o custo de envio de MMS é bem maior que o de SMS, o seu uso é bem menos popular. Com relação a ações de marketing, o maior problema no uso de MMS, além da 11

12 baixa difusão de uso, é a inoperabilidade entre as operadoras de telefonia celular, o que dificulta ações mais amplas. Um ótimo exemplo de uso de MMS em campanhas de marketing aconteceu no lançamento do filme O Ultimado Bourne em Para receber wallpapers, screen savers, e trailers do filme, as pessoas fotografavam o anúncio do filme, veiculado em diversos canais de mídia impressa e enviavam a foto via MMS. A imagem era analisada por um algoritmo que verificava se ela era a correta (usando tecnologia de reconhecimento de imagens) e qual o tipo de celular de quem havia enviado a MMS fornecendo então, o conteúdo já otimizado para esse modelo de aparelho. GPS GPS (Global Positioning System) é um sistema via satélite que fornece a localização confiável de dispositivos receptores do sistema. Um sistema GPS é composto de três partes: a espacial, a de controle e a do usuário. As partes espaciais e de controle são operadas por satélites, e a parte do usuário é o dispositivo receptor, que calcula a sua localização tridimensional (latitude, longitude e altitude) associada ao tempo, por meio dos sinais que recebe dos satélites. Até recentemente, receptores de sistemas GPS eram dispositivos caros, acessíveis apenas para governos (normalmente para uso militar) e grandes empresas. O barateamento desses dispositivos receptores alavancou o uso comercial do GPS, que hoje se estende de rastreamento de transporte de cargas a navegação por dispositivos celulares. Veja algumas aplicações usando GPS: Vigilância permissão de saber a localização precisa do equipamento de vigilância para determinar e mapear locais. Mapeamento criação de mapas por meio de informações precisas de localização obtidas por dispositivos GPS. Navegação dispositivos GPS medem digitalmente a velocidade e a direção de movimento e auxiliam na navegação (tanto alertando sobre os limites de velocidade estipulados quanto instruindo sobre o caminho sendo percorrido, ou ainda, orientando sobre que caminho seguir para alcançar determinado destino). Geo-tagging aplicação de coordenadas de localização a objetos digitais, como fotografias e outros documentos com o objetivo de mapeá-los. 12

13 Telefonia Celular a utilização de dispositivos GPS nos aparelhos celulares permite a sua localização exata, o que possibilita diversas aplicações de LBS (Location Based Services) via celular, como geotagging em mensagens, fotos ou documentos, chamadas de emergência (911, nos Estados Unidos, por exemplo, fornecendo localização exata de quem está em perigo). Rastreamento de objetos veículos, pessoas, animais ou qualquer objeto podem ser rastreados com precisão quando equipados com um receptor GPS. Um bom exemplo de ação de marketing 2.0 usando GPS é a campanha de fidelização que o Spoleto (rede de culinária italiana) fez utilizando o Foursquare uma espécie de máquina de contagem. Nessa ação, os clientes que frequentam os restaurantes registram suas visitas por meio do Foursquare e os que adquirem status de majors de cada filial do restaurante recebem brindes, como pratos gratuitos. Móbile Tagging Móbile Tags são códigos de barras bidimensionais (2D) que permitem encriptar URL s, entre outros tipos de dados. A grande vantagem desse tipo de código de barra é que pode ser escaneado e decodificado por um dispositivo móvel (aparelho celular, smartphone ou PDAs) com câmera. Dessa forma as Móbile Tags podem funcionar como botões digitais de links para a web, podendo ser aplicados em praticamente qualquer coisa física. Essa é uma das grandes vantagens que as Móbile Tags trazem ao mundo possibilitam criar portões físicos para o mundo on line, via dispositivos móveis. Chamamos de Móbile Tagging o processo de ler e decodificar uma móbile tag, conforme mostra a figura a seguir. Fotografe o QR CODE Obtenha a imagem digital Decodifique Sites abrem Figura 1 13

14 Existem dezenas de padrões e códigos de barra 2D, mas nem todos podem ser acessados via dispositivos móveis. Alguns padrões de códigos 2D que podem ser utilizados como Mobile Tags você confere na Figura abaixo: QR Code DataMatrix Aztec UPCODE Figura 2 A Microsoft também criou o seu padrão de código de barras 2D, a Microsoft Tag (Figura 3), que é colorida e apresenta algumas particularidades como a possibilidade de sempre se rastrear o escaneamento da tag. Figura 3 Microsoft Tag Enquanto um código de barras linear tradicional, como o mostrado na figura 4, consegue encriptar apenas dados numéricos e é capaz de armazenar no máximo 20 dígitos, um código de barras 2D permite encriptar dados alfanuméricos e em diversos alfabetos diferentes, além de ter capacidade de armazenamento de informações muito maior e abrir URLs Figura 4 14

15 Outra vantagem das Móbile Tags sobre os códigos de barra lineares é o modo de ler e decodificar a informação. Enquanto as Mobile Tags podem ser decodificadas virtualmente por qualquer aparelho celular com câmera (bastando instalar software de leitura apropriado), os códigos de barra lineares exigem scanners, hardwares específicos para tal. Essa característica a de se apropriar de uma plataforma de hardware (aparelhos celulares) já disponível com difusão global, e uma das mais populares em todas as classes sociais torna o uso de Mobile Tags extremamente simples e com potencial de impactar praticamente qualquer pessoa no planeta. Veja a seguir alguns dos principais benefícios das Mobile Tags: Armazenamento possui alta capacidade de armazenar dados. Encriptação: encripta vários tipos de informações (URL s, textos, contatos, SMS) e dados (numéricos, alfanuméricos de diversos alfabetos) Rastreamento rastreia a mídia off-line (impressa e eletrônica) Não requer hardware específico para leitura ou criação dos códigos usa plataforma já existente de computadores (para criar os códigos) e dispositivos móveis (para leitura) Gratuito (tanto a criação como a leitura de Mobile Tags), havendo uma grande variedade de sistemas gratuitos on line para criar Mobile Tags e também leitores. Usabilidade não necessita de digitação nos dispositivos móveis, usando apenas o escaneamento de imagens. Inclusão Digital tecnologia acessível, de baixo custo com grande potencial de inclusão digital conforme os custos de banda larga também vão se tornando mais acessíveis. Sustentabilidade a possibilidade de usar os códigos no ambiente digital isenta vários produtos da necessidade de impressão (como tickets aéreos, por exemplo), colaborando com o meio ambiente. Realidade Aumentada acrescenta camadas digitais a coisas e lugares físicos. Flexibilidade o usuário tem o poder de escolher o nível de detalhamento que deseja no acesso on line. 15

16 Mobile TV De forma ampla, Mobile TV (ou televisão móvel) é qualquer tecnologia que que permita assistir à televisão em dispositivos móveis. A primeira televisão de bolso foi vendida publicamente em 1977, por Clive Sinclair, e e era chamada de Microvision. Até recentemente os dispositivos de TV móvel eram aparelhos dedicados a captar apenas TV e rádio. Na última década, no entanto, os avanços tecnológicos nos dispositivos móveis em geral como telefones celulares, PDAs etc e sua popularização ao redor do planeta fizeram com que hoje a plataforma móvel tenha se tornado um dos formatos emergentes e promissores para a Mobile TV, ou Televisão Móvel. Segundo Leonardo Xavier, (2010), especialista no mercado mobile no Brasil, existem três tipos de tecnologias, ou plataformas, para a Mobile TV: 1. TV móvel aberta acesso aos conteúdos abertos e gratuitos da TV em padrão digital, por meio de aparelhos compatíveis com essa tecnologia. Vantagens: conteúdo gratuito e boa definição. Desvantagens: pouca difusão de aparelhos com essa tecnologia no mercado, faltando ainda maior popularização. 2. TV móvel paga acesso aos conteúdos disponíveis nos diversos canais tradicionais de televisão por assinatura, por meio de um aplicativo disponibilizado pelas operadoras de telefonia móvel. Vantagens: grande quantidade e variedade de canais disponíveis. Os preços de acesso estão cada vez menores e o volume de assinantes vem crescendo de forma consistente com o crescimento das classes sociais C e B. 3. TV móvel web Acesso ao conteúdo de áreas de vídeos de sites móveis de grandes portais na Internet. Vantagens: abundância de conteúdo produzido originariamente para a web, bem editado, geralmente curto (até 3 minutos) e bem catalogado. Desvantagens: alto consumo de banda larga móvel,que, apesar de estar se tornando mais acessível e popular, ainda tem problemas de velocidade de acesso e falta de difusão em meio à população devido ao custo. Excelente para o acesso em ambientes de rede Wi-Fi. 16

17 Saiba Mais Um exemplo de TV móvel web é a companha Caminhar com Gigantes do Johnnie Walker Black Label, que foi veiculada na TIM TV e apresenta diversos filmes, com aproximadamente quatro minutos, de personalidades sentdo entrevistadas por Lorena Calábria. O vídeo com Amyir Klink, que dura quatro minutos e 15 segundos pode ser visto no endereço: Reflita! A escolha das tecnologias e plataformas móveis a serem utilizadas em ações de marketing requer análise e planejamento criterioso, que leve em consideração os objetivos do projeto e o contexto de difusão das tecnologias nos mercados-alvo. 17

18 3. REFERÊNCIAS BATTELE J. Busca: Como o Google e seus Competidores Reinventaram os Negócios. (2005). Rio de Janeiro: Campus DARREL H GEIS. How to Lie with Statistics. (1993) : New York W.W. Norton & Company. DAVENPORT T. BECK J. The Attention Ecomony: Understanting the New Currency of Business. (2002). Cambridge: Harvard Business Press QUALMAN E.. (2009) Socialnomics: How Social Media Transforms. Europa New Jersey : John Wiley & Sons. Richers R. (1981) O que é Marketing?. São Paulo: Brasiliense PHILIP KOTTLER Hermawan Kartajaya - Iwan Setiawan. (2010) As forças que estão definindo o novo marketing centrado no ser humano Rio de Janeiro: Campus MARTHA GARIEL (2010) Marketing na era Digital Conceitos, Plataformas e Estratégias São Paulo : Ed. Novatec 18

NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO

NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO Profª. Kelly Hannel Novas tecnologias de informação 2 HDTV WiMAX Wi-Fi GPS 3G VoIP Bluetooth 1 HDTV 3 High-definition television (também conhecido por sua abreviação HDTV):

Leia mais

TEORIA GERAL DE SISTEMAS

TEORIA GERAL DE SISTEMAS TEORIA GERAL DE SISTEMAS A Internet global A World Wide Web Máquinas de busca Surgiram no início da década de 1990 como programas de software relativamente simples que usavam índices de palavras-chave.

Leia mais

I N T R O D U Ç Ã O W A P desbloqueio,

I N T R O D U Ç Ã O W A P desbloqueio, INTRODUÇÃO Para que o Guia Médico de seu Plano de Saúde esteja disponível em seu celular, antes de mais nada, sua OPERADORA DE SAÚDE terá de aderir ao projeto. Após a adesão, você será autorizado a instalar

Leia mais

Agência digital especializada na consultoria, design e desenvolvimento de projetos de internet

Agência digital especializada na consultoria, design e desenvolvimento de projetos de internet Agência digital especializada na consultoria, design e desenvolvimento de projetos de internet Oferecemos ao mercado nossa experiência e metodologia amplamente desenvolvidas ao longo de 15 anos de experiência

Leia mais

Website para dispositivos Móveis. O futuro na palma de sua mão!

Website para dispositivos Móveis. O futuro na palma de sua mão! Website para dispositivos Móveis O futuro na palma de sua mão! Sites Mobile A Internet está sendo cada vez mais acessada através de telefones móveis e, como resultado, sites estão recebendo uma boa quantidade

Leia mais

CELULAR X COMPUTADOR APLICATIVO PARA CELULAR DICAS DO SEBRAE

CELULAR X COMPUTADOR APLICATIVO PARA CELULAR DICAS DO SEBRAE CELULAR X COMPUTADOR Atualmente, o Celular roubou a cena dos computadores caseiros e estão muito mais presentes na vida dos Brasileiros. APLICATIVO PARA CELULAR O nosso aplicativo para celular funciona

Leia mais

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões MÍDIA KIT INTERNET Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões Segundo pesquisa da Nielsen IBOPE, até o 1º trimestre/2014 número 18% maior que o mesmo período de 2013. É a demonstração

Leia mais

COMO CONQUISTAR CLIENTES COM APLICATIVOS PARA CELULAR

COMO CONQUISTAR CLIENTES COM APLICATIVOS PARA CELULAR COMO CONQUISTAR CLIENTES COM APLICATIVOS PARA CELULAR CONTEÚDO 1 2 3 4 5 6 Por que as empresas precisam estar conectadas ao mundo mobile Como os aplicativos mobile podem atrair mais clientes. Como os aplicativos

Leia mais

Mobile Commerce. e-mail: wilson.cunha@viewit.com.br

Mobile Commerce. e-mail: wilson.cunha@viewit.com.br Mobile Commerce Wilson Cunha 30 anos de experiência em negócios. Formado em Tecnologia da Informação; E-commerce, Marketing Digital,. Há 06 anos em mobile commerce. Premiado no e-show 2013, melhor aplicativo

Leia mais

Introdução a Computação Móvel

Introdução a Computação Móvel Introdução a Computação Móvel Computação Móvel Prof. Me. Adauto Mendes adauto.inatel@gmail.com Histórico Em 1947 alguns engenheiros resolveram mudar o rumo da história da telefonia. Pensando em uma maneira

Leia mais

INTRODUÇÃO. Desde que a imprensa surgiu, a comunicação se baseia na tecnologia:

INTRODUÇÃO. Desde que a imprensa surgiu, a comunicação se baseia na tecnologia: INTRODUÇÃO Desde que a imprensa surgiu, a comunicação se baseia na tecnologia: 1450 Imprensa de Gutemberg 1940 Primeiras transmissões na TV 1960 Internet começa a ser desenvolvida 1973 Primeira ligação

Leia mais

Nosso Planeta Mobile: Brasil

Nosso Planeta Mobile: Brasil Nosso Planeta Mobile: Brasil Como entender o usuário de celular Maio de 2012 1 Resumo executivo Os smartphones se tornaram indispensáveis para nosso cotidiano. A difusão dos smartphones atinge 14% da população,

Leia mais

Linguagem de Programação Visual. Aula 2 Prof. Gleison Batista de Sousa

Linguagem de Programação Visual. Aula 2 Prof. Gleison Batista de Sousa Linguagem de Programação Visual Aula 2 Prof. Gleison Batista de Sousa Historico 50s Interfaces são painel de controles do hardware, usuário são engenheiros; 60-70s Interfaces são programas em linguagens

Leia mais

Nosso Planeta Mobile: Brasil

Nosso Planeta Mobile: Brasil Nosso Planeta Mobile: Brasil Como entender o usuário de celular Maio de 2013 1 Resumo executivo Os smartphones se tornaram indispensáveis para nosso cotidiano. A difusão dos smartphones atinge 26 % da

Leia mais

LNet Mobility WIRELESS SOLUTIONS

LNet Mobility WIRELESS SOLUTIONS LNet Mobility WIRELESS SOLUTIONS INTRODUÇÃO: Entende-se por Mobilidade a possibilidade de poder se comunicar em qualquer momento e de qualquer lugar. Ela é possível graças às redes wireless, que podem

Leia mais

Somos uma agência de soluções online, especializada em marketing digital e inovações.

Somos uma agência de soluções online, especializada em marketing digital e inovações. Somos uma agência de soluções online, especializada em marketing digital e inovações. Nós criamos marcas, desenvolvemos estratégias, produzimos conteúdo, além de cuidar do posicionamento estratégico da

Leia mais

Introdução à Computação Móvel. Carlos Maurício Seródio Figueiredo

Introdução à Computação Móvel. Carlos Maurício Seródio Figueiredo Introdução à Computação Móvel Carlos Maurício Seródio Figueiredo Sumário Visão da Computação Móvel Oportunidades de Pesquisa Alguns Interesses de Pesquisas Futuras Visão da Computação Móvel O que é Computação

Leia mais

ESTRATÉGIA DIGITAL. Prof. Luli Radfahrer

ESTRATÉGIA DIGITAL. Prof. Luli Radfahrer ESTRATÉGIA DIGITAL Prof. Luli Radfahrer - Conforme estipulado no Termo de Uso, todo o conteúdo ora disponibilizado é de titularidade exclusiva do IAB ou de terceiros parceiros e é protegido pela legislação

Leia mais

Anderson L. S. Moreira

Anderson L. S. Moreira Tecnologia da Informação Aula 9 Telecomunicações e Rede Interconectando a Empresa Anderson L. S. Moreira anderson.moreira@ifpe.edu.br Instituto Federal de Pernambuco Recife PE Esta apresentação está sob

Leia mais

Guia do usuário do PrintMe Mobile 3.0

Guia do usuário do PrintMe Mobile 3.0 Guia do usuário do PrintMe Mobile 3.0 Visão geral do conteúdo Sobre o PrintMe Mobile Requisitos do sistema Impressão Solução de problemas Sobre o PrintMe Mobile O PrintMe Mobile é uma solução empresarial

Leia mais

Geolocation Marketing nas plataformas digitais: * Por que Geolocalização nas Mídias Sociais?

Geolocation Marketing nas plataformas digitais: * Por que Geolocalização nas Mídias Sociais? Geolocation Marketing nas plataformas digitais: * Por que Geolocalização nas Mídias Sociais? GeoSocial Dinâmica social para conectar e coordenar os usuários com as pessoas ou locais/eventos que correspondem

Leia mais

Seminário GVcev E-COMMERCE, MOBILE E MÍDIAS SOCIAIS NO VAREJO. Está na Hora de Criar um App para sua loja? Wilson Cunha

Seminário GVcev E-COMMERCE, MOBILE E MÍDIAS SOCIAIS NO VAREJO. Está na Hora de Criar um App para sua loja? Wilson Cunha Seminário GVcev E-COMMERCE, MOBILE E MÍDIAS SOCIAIS NO VAREJO Está na Hora de Criar um App para sua loja? Wilson Cunha Mobile Commerce Quem deve ter; Website mobile; Aplicativos mobile; Diferenças Tecnologia;

Leia mais

O CONSUMIDOR MOBILE. Uma visão global

O CONSUMIDOR MOBILE. Uma visão global O CONSUMIDOR MOBILE Uma visão global A PRÓXIMA POTÊNCIA EM MÍDIA Quando a primeira chamada foi realizada por um telefone móvel em 1973, o protótipo utilizado tinha bateria com duração de 30 minutos e levava

Leia mais

Java. para Dispositivos Móveis. Thienne M. Johnson. Novatec. Desenvolvendo Aplicações com J2ME

Java. para Dispositivos Móveis. Thienne M. Johnson. Novatec. Desenvolvendo Aplicações com J2ME Java para Dispositivos Móveis Desenvolvendo Aplicações com J2ME Thienne M. Johnson Novatec Capítulo 1 Introdução à computação móvel 1.1 Computação móvel definições Computação móvel está na moda. Operadoras

Leia mais

Melhores práticas para tratar dilemas de qualidade no desenvolvimento de aplicativos móveis

Melhores práticas para tratar dilemas de qualidade no desenvolvimento de aplicativos móveis CBSoft 2013 Trilha Indústria Melhores práticas para tratar dilemas de qualidade no desenvolvimento de aplicativos móveis Andreia Matos dos Santos Igor de Borborema Correia 21 de outubro de 2012 Palestrantes

Leia mais

Wi-Fi gratuito nos Pontos de Venda. Porque hoje, todos queremos Wi-Fi em todo o lado e é o seu negócio que ganha.

Wi-Fi gratuito nos Pontos de Venda. Porque hoje, todos queremos Wi-Fi em todo o lado e é o seu negócio que ganha. Wi-Fi gratuito nos Pontos de Venda. Porque hoje, todos queremos Wi-Fi em todo o lado e é o seu negócio que ganha. É a primeira rede Wi-Fi inteligente, que disponibiliza uma plataforma de marketing de forma

Leia mais

Resultados da Pesquisa

Resultados da Pesquisa Resultados da Pesquisa 1. Estratégia de Mensuração 01 As organizações devem ter uma estratégia de mensuração formal e garantir que a mesma esteja alinhada com os objetivos da empresa. Assim, as iniciativas

Leia mais

Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL. O que é Marketing Multicanal?

Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL. O que é Marketing Multicanal? Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL O que é Marketing Multicanal? Uma campanha MultiCanal integra email, SMS, torpedo de voz, sms, fax, chat online, formulários, por

Leia mais

A INTERNET E A NOVA INFRA-ESTRUTURA DA TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO

A INTERNET E A NOVA INFRA-ESTRUTURA DA TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO A INTERNET E A NOVA INFRA-ESTRUTURA DA TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO 1 OBJETIVOS 1. O que é a nova infra-estrutura informação (TI) para empresas? Por que a conectividade é tão importante nessa infra-estrutura

Leia mais

RELATÓRIO DO GOMOMETER

RELATÓRIO DO GOMOMETER RELATÓRIO DO GOMOMETER Análise e conselhos personalizados para criar sites mais otimizados para celular Inclui: Como os clientes de celular veem seu site atual Verificação da velocidade de carregamento

Leia mais

Sistema de Despacho de Serviços de Táxi

Sistema de Despacho de Serviços de Táxi Sistema de Despacho de Serviços de Táxi é um inovador sistema de despacho eletrônico de serviços de táxi, dotado da mais alta tecnologia de computação móvel e de otimização de mobilidade. O TAXI-LINK está

Leia mais

MOBILE MARKETING. Prof. Fabiano Lobo

MOBILE MARKETING. Prof. Fabiano Lobo MOBILE MARKETING Prof. Fabiano Lobo - Conforme estipulado no Termo de Uso, todo o conteúdo ora disponibilizado é de titularidade exclusiva do IAB ou de terceiros parceiros e é protegido pela legislação

Leia mais

Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) Guia de Estudos Metodologias Jovem de Futuro

Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) Guia de Estudos Metodologias Jovem de Futuro Guia de Estudos Metodologias Jovem de Futuro Precisamos reinventar a forma de ensinar e aprender, presencial e virtualmente, diante de tantas mudanças na sociedade e no mundo do trabalho. Os modelos tradicionais

Leia mais

A INTERNET E A NOVA INFRA-ESTRUTURA DA TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO

A INTERNET E A NOVA INFRA-ESTRUTURA DA TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO Capítulo 9 A INTERNET E A NOVA INFRA-ESTRUTURA DA TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO 9.1 2003 by Prentice Hall OBJETIVOS O que é a nova infra-estrutura de tecnologia de informação (IT) para empresas? Por que a conectividade

Leia mais

Guia definitivo de ferramentas de Planejamento para Micro Empreendedores Individuais

Guia definitivo de ferramentas de Planejamento para Micro Empreendedores Individuais Guia definitivo de ferramentas de Planejamento para Micro Empreendedores Individuais Introdução O Brasil já tem 4,7 milhões de microempreendedores individuais, segundo dados de janeiro de 2015 da Receita

Leia mais

7 Passos Para a Criação de Uma Boa Loja Virtual. Índice

7 Passos Para a Criação de Uma Boa Loja Virtual. Índice 2 Índice Introdução... 3 Passo 1 Entender o que é Venda Online e E-commerce... 4 Passo 2 Entender o Mercado de Comércio Eletrônico... 5 Passo 3 Canais de Venda... 6 Passo 4 Como identificar uma Boa Plataforma

Leia mais

Introdução do Jornalismo Móvel

Introdução do Jornalismo Móvel Introdução do Jornalismo Móvel Semana 1: Visão geral das plataformas móveis, tendências e futuro Instrutor Técnico Móvel: Will Sullivan Instrutora Brasileira: Lorena Tárcia http://visual.ly/reaching-50-million-users

Leia mais

CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3

CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3 CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3 Este tutorial não tem como finalidade esgotar todas as funcionalidades do Ambiente, ele aborda de forma prática

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO DISTRITO FEDERAL

TRIBUNAL DE CONTAS DO DISTRITO FEDERAL TRIBUNAL DE CONTAS DO DISTRITO FEDERAL TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E ANALISTA (EXCETO PARA O CARGO 4 e 8) GABARITO 1. (CESPE/2013/MPU/Conhecimentos Básicos para os cargos 34 e 35) Com a cloud computing,

Leia mais

Sistemas de Informações Gerenciais Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios

Sistemas de Informações Gerenciais Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios Sistemas de Informações Gerenciais Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios Capítulo 6 Pág. 167 Telecomunicações, Internet e Tecnologia Sem

Leia mais

Novas Mídias e Relações Sociais.

Novas Mídias e Relações Sociais. Novas Mídias e Relações Sociais. Eduardo Foster 1 1 Caiena Soluções em Gestão do Conhecimento, Av. 34-578, CEP 13504-110 Rio Claro, Brasil foster@caiena.net Resumo. A comunicação é uma disciplina que acompanha

Leia mais

Aplicações e Serviços Baseados em Localização

Aplicações e Serviços Baseados em Localização Aplicações e Serviços Baseados em Localização Introdução à Computação Móvel Adolfo Correia Sumário Introdução Taxonomia de Aplicações Arquitetura Técnicas de Localização Conclusão Introdução Integram a

Leia mais

Lançamento: Galaxy S II Branco

Lançamento: Galaxy S II Branco Você está aqui : página principal : Celulares : Smartphones : Tenha um mundo de funcionalidades com o Galaxy S II. Com ele você tem Android 2.3 e milhares de aplicativos com o Android Market, pode registrar

Leia mais

Comércio Eletrônico AULA 18. Sistemas para Internet. Professora Ms Karen Reis

Comércio Eletrônico AULA 18. Sistemas para Internet. Professora Ms Karen Reis Comércio Eletrônico AULA 18 Professora Ms Karen Reis 2011 Sistemas para Internet 1 REFLEXÃO Faça uma busca na internet por certificados digitais. Escreva quatro ou cinco parágrafos sobre como usar os certificados

Leia mais

O que é um aplicativo?

O que é um aplicativo? O que é um aplicativo? Aplicativos de software podem ser divididos em duas classes gerais: Software de sistema e Software Aplicativo. Software de sistema são programas de computador de baixo nível que

Leia mais

DISPOSITIVO PARA RASTREAMENTO DE VEÍCULOS, COLETA, TRANSMISSÃO E DISPONIBILIZAÇÃO DE DADOS EM TEMPO REAL APRESENTAÇÃO

DISPOSITIVO PARA RASTREAMENTO DE VEÍCULOS, COLETA, TRANSMISSÃO E DISPONIBILIZAÇÃO DE DADOS EM TEMPO REAL APRESENTAÇÃO DISPOSITIVO PARA RASTREAMENTO DE VEÍCULOS, COLETA, TRANSMISSÃO E DISPONIBILIZAÇÃO DE DADOS EM TEMPO REAL APRESENTAÇÃO Luiz Carlos Miller Araras, outubro de 2010 DA LOCALIZAÇÃO DO DISPOSITIVO: O GPTD captura

Leia mais

Resumo da solução SAP SAP Technology SAP Afaria. Gestão da mobilidade empresarial como vantagem competitiva

Resumo da solução SAP SAP Technology SAP Afaria. Gestão da mobilidade empresarial como vantagem competitiva da solução SAP SAP Technology SAP Afaria Objetivos Gestão da mobilidade empresarial como vantagem competitiva Simplifique a gestão de dispositivos e aplicativos Simplifique a gestão de dispositivos e aplicativos

Leia mais

www.brasilitplus.com

www.brasilitplus.com www.brasilitplus.com (((internetdascoisas))) BRASSCOM Inteligência de Mercado www.brasscom.org.br BRASSCOM Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação 1 (Seu carro com

Leia mais

MOBILE APPS. Principais características. Permitir que o cliente compre produtos e serviços diretamente via app

MOBILE APPS. Principais características. Permitir que o cliente compre produtos e serviços diretamente via app MOBILE APPS Aplicativo para relacionamento e marketing digital, pronto para todos os dispositivos móveis, nas plataformas ios, Android (aplicativos nativos) e mobile web, para plataformas como BlackBerry

Leia mais

Administração de Sistemas de Informação I

Administração de Sistemas de Informação I Administração de Sistemas de Informação I Prof. Farinha Aula 03 Telecomunicações Sistemas de Telecomunicações 1 Sistemas de Telecomunicações Consiste de Hardware e Software transmitindo informação (texto,

Leia mais

Segurança em Dispositivos Móveis.

Segurança em Dispositivos Móveis. <Nome> <Instituição> <e-mail> Segurança em Dispositivos Móveis Agenda Dispositivos móveis Riscos principais Cuidados a serem tomados Créditos Dispositivos móveis (1/2) Tablets, smartphones, celulares,

Leia mais

Ser a primeira opção para empresas que buscam soluções que combinem mobilidade, entretenimento e interatividade.

Ser a primeira opção para empresas que buscam soluções que combinem mobilidade, entretenimento e interatividade. MISSÃO Fornecer todas as ferramentas necessárias que possibilitem levar entretenimento e interatividade a todos os usuários de telefones móveis e fixo. OBJETIVO Ser a primeira opção para empresas que buscam

Leia mais

Powered By: IMPORTANTE:

Powered By: IMPORTANTE: Powered By: IMPORTANTE: Este manual contém informações seguras de operação. Por favor, leia e siga as instruções desse manual. Falhas podem resultar em ferimentos pessoais, morte, e/ou danos no Delphi

Leia mais

4G no Brasil: Demanda dos Usuários e Exemplos de Aplicações. Alexandre Jann FIESP. Marketing & Strategy General Manager NEC Latin America

4G no Brasil: Demanda dos Usuários e Exemplos de Aplicações. Alexandre Jann FIESP. Marketing & Strategy General Manager NEC Latin America 5º Encontro de Telecomunicações Respeito ao Consumidor 4G no Brasil: FIESP Demanda dos Usuários e Exemplos de Aplicações Alexandre Jann Marketing & Strategy General Manager NEC Latin America Tópicos Perfil

Leia mais

Autoria Web Apresentação e Visão Geral sobre a Web

Autoria Web Apresentação e Visão Geral sobre a Web Apresentação e Visão Geral sobre a Web Apresentação Thiago Miranda Email: mirandathiago@gmail.com Site: www.thiagomiranda.net Objetivos da Disciplina Conhecer os limites de atuação profissional em Web

Leia mais

Manual do Usuário. GARAGE Palma Labs 10/11/2015 DRAFT 10/11/15 1

Manual do Usuário. GARAGE Palma Labs 10/11/2015 DRAFT 10/11/15 1 Manual do Usuário GARAGE Palma Labs 10/11/2015 DRAFT 10/11/15 1 Índice Índice... 2 Introdução... 3 Funcionalidades... 4 Funcionalidades de Operação... 4 Funcionalidades de Configuração... 5 Outras funcionalidades...

Leia mais

play Guia de uso Decodificador

play Guia de uso Decodificador play Guia de uso Decodificador Bem-vindo Agora com seu Vivo Play você se diverte na hora que der vontade. São milhares de filmes, séries e shows só esperando você dar um play. Você pausa, volta, avança,

Leia mais

Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual

Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual Escritório de Gestão de Projetos em EAD Unisinos http://www.unisinos.br/ead 2 A partir de agora,

Leia mais

Os aplicativos da Godiva Apps, podem ser customizados para qualquer tipo de negócio.

Os aplicativos da Godiva Apps, podem ser customizados para qualquer tipo de negócio. Os aplicativos da Godiva Apps, podem ser customizados para qualquer tipo de negócio. Restaurante Academia Farmácia Shopping Padaria Palestrante Concessionária Bar Balada Pizzaria Imobiliária Hotel Petshop

Leia mais

No mundo: 1,2 Bi PCs x 4,3 Bi celulares; no Brasil: 43 Mi PCs x 170 Mi celulares

No mundo: 1,2 Bi PCs x 4,3 Bi celulares; no Brasil: 43 Mi PCs x 170 Mi celulares Por que mobile? Celular: mídia pessoal, individual, 24x7 No mundo: 1,2 Bi PCs x 4,3 Bi celulares; no Brasil: 43 Mi PCs x 170 Mi celulares No Brasil os internautas passam três vezes mais tempo online do

Leia mais

Telecomunicações, Internet e tecnologia sem fio. slide 1

Telecomunicações, Internet e tecnologia sem fio. slide 1 Telecomunicações, Internet e tecnologia sem fio slide 1 Objetivos de estudo Quais os principais componentes das redes de telecomunicações e quais as principais tecnologias de rede? Quais os principais

Leia mais

Soluções em Software para Medicina Diagnóstica. www.digitalmed.com.br

Soluções em Software para Medicina Diagnóstica. www.digitalmed.com.br Soluções em Software para Medicina Diagnóstica www.digitalmed.com.br NOTA DE AGRADECIMENTO Primeiramente, agradecemos pela sua receptividade em conhecer as nossas soluções, afinal, é sempre uma imensa

Leia mais

ESTUDO DA MELHOR METODOLOGIA PARA A DIFUSÃO DE VÍDEOS EXPLICATIVOS DE FENÔMENOS METEOROLÓGICOS

ESTUDO DA MELHOR METODOLOGIA PARA A DIFUSÃO DE VÍDEOS EXPLICATIVOS DE FENÔMENOS METEOROLÓGICOS Ana Beatriz Mesquita (CPTEC/INPE) ESTUDO DA MELHOR METODOLOGIA PARA A DIFUSÃO DE VÍDEOS EXPLICATIVOS DE FENÔMENOS METEOROLÓGICOS Metodologia do trabalho realizado referente a gravação e expansão dos vídeos

Leia mais

Como sua empresa pode

Como sua empresa pode Como sua empresa pode [ O guia de segmentação por IP ] Tecnologia de Inteligência de IP e de geolocalização O método de encontrar a localização física e geográfica de um usuário com base unicamente em

Leia mais

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DA PLATAFORMA MAGENTO PARA COMÉRCIO ELETRÔNICO

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DA PLATAFORMA MAGENTO PARA COMÉRCIO ELETRÔNICO PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DA PLATAFORMA MAGENTO PARA COMÉRCIO ELETRÔNICO Marketing Promocional e Ferramentas de Ofertas Cupons de desconto com capacidade para restrição a lojas, grupos de clientes, período

Leia mais

Laudon & Laudon Essentials of MIS, 5th Edition. Pg. 9.1

Laudon & Laudon Essentials of MIS, 5th Edition. Pg. 9.1 Laudon & Laudon Essentials of MIS, 5th Edition. Pg. 9.1 9 OBJETIVOS OBJETIVOS A INTERNET E A NOVA INFRA-ESTRUTURA DA TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO O que é a nova infra-estrutura de tecnologia de informação

Leia mais

O MERCADO COM MAIOR CRESCIMENTO

O MERCADO COM MAIOR CRESCIMENTO O MERCADO COM MAIOR CRESCIMENTO DOS ÚLTIMOS ANOS Milhões de Clientes usam durante todo o dia seus Smartphones para se conectarem na internet, redes sociais e fazer compras. Com os aplicativos móveis criados

Leia mais

ENSINO DE MATEMÁTICA PONTO BLOG

ENSINO DE MATEMÁTICA PONTO BLOG ENSINO DE MATEMÁTICA PONTO BLOG Moema Gomes Moraes 1 RESUMO: Este trabalho faz uma reflexão sobre os aspectos relacionados ao uso de Blogs no ensino de Matemática. Para isto, ele inicia fazendo uma reflexão

Leia mais

GT PERSONAL GPS RASTREAMENTO PESSOAL

GT PERSONAL GPS RASTREAMENTO PESSOAL GT PERSONAL GPS RASTREAMENTO PESSOAL Baseados em nossa experiência em aplicações de GPS e Telemetria, e devido às pequenas dimensões (70x40x20 mm) do GT PERSONAL GPS este dispositivo portátil executa o

Leia mais

Segurança em Dispositivos Móveis

Segurança em Dispositivos Móveis Segurança em Dispositivos Móveis Lucas Ayres e Lucas Borges Ponto de Presença da RNP na Bahia {lucasayres,lucasborges}@pop ba.rnp.br 1 Agenda Dispositivos móveis Principais riscos e como se proteger Cuidados

Leia mais

Internet of Things. utilizá-la em diversos tipos de negócios.

Internet of Things. utilizá-la em diversos tipos de negócios. Internet of Things 10 formas de utilizá-la em diversos tipos de negócios. INTRODUÇÃO As interfaces Machine to Machine (M2M) estão facilitando cada vez mais a comunicação entre objetos conectados. E essa

Leia mais

E-books. Introdução às Mídias Sociais. Sebrae

E-books. Introdução às Mídias Sociais. Sebrae E-books Sebrae Marketing e Vendas Introdução às Mídias Sociais O que fazer com as mídias sociais Tipos de ações As principais mídias sociais Dicas e considerações finais Autor Felipe Orsoli 1 SUMÁRIO 1

Leia mais

práticas recomendadas Cinco maneiras de manter os recrutadores à frente da curva social

práticas recomendadas Cinco maneiras de manter os recrutadores à frente da curva social práticas recomendadas Cinco maneiras de manter os recrutadores à frente da curva social Não há dúvidas de que as tecnologias sociais têm um impacto substancial no modo como as empresas funcionam atualmente.

Leia mais

Uma nova perspectiva sobre a experiência digital do cliente

Uma nova perspectiva sobre a experiência digital do cliente Uma nova perspectiva sobre a experiência digital do cliente Redesenhando a forma como empresas operam e envolvem seus clientes e colaboradores no mundo digital. Comece > Você pode construir de fato uma

Leia mais

Mobile Marketing. E a utilização de múltiplas plataformas

Mobile Marketing. E a utilização de múltiplas plataformas Mobile Marketing E a utilização de múltiplas plataformas Case: Coca-Cola Happiness Factory Case: Coca-Cola Happiness Factory Visão Geral Happiness Factory foi uma campanha global desenvolvida para a Coca-Cola.

Leia mais

UNIP - Universidade Paulista. Matéria: Comunicações Móveis. Tema: NFC (NEAR FIELD COMMUNICATION)

UNIP - Universidade Paulista. Matéria: Comunicações Móveis. Tema: NFC (NEAR FIELD COMMUNICATION) UNIP - Universidade Paulista Matéria: Comunicações Móveis Tema: NFC (NEAR FIELD COMMUNICATION) José Marcio Dias da Silva R.A: 9301043 Nilson Ribeiro R.A: 9300713 Ramon Almeida Ferreira R.A: 9301022 Victor

Leia mais

JOOPP O construtor de sites mais rápido do mundo!

JOOPP O construtor de sites mais rápido do mundo! O construtor de sites mais rápido do mundo! DIFERENÇAS ENTRE PÁGINA DO FACEBOOK (FANPAGE) E PERFIL Página no Facebook (Fanpage) Fanpage é uma página no facebook própria para empresas; Vantagens: Pode ser

Leia mais

Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook

Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresas Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook Ferramentas e experimentos para conseguir melhores resultados

Leia mais

Portfólio de comunicação wireless da Phonak Informações do produto

Portfólio de comunicação wireless da Phonak Informações do produto Portfólio de comunicação wireless da Phonak Informações do produto Durante todo este tempo recebemos informações importantes para entender perfeitamente o que importa para você. Cada nova geração de produtos

Leia mais

// Questões para estudo

// Questões para estudo // Questões para estudo 2 // Ferramentas Básicas de Internet e Web 2.0 1. Sobre a internet, marque a opção correta: A) A internet poder ser definida como uma rede mundial, composta por mihões e milhões

Leia mais

Índice AGORA O MARKETING É DIGITAL. Introdução 15. Capítulo 1

Índice AGORA O MARKETING É DIGITAL. Introdução 15. Capítulo 1 Índice Introdução 15 Capítulo 1 AGORA O MARKETING É DIGITAL Internet e web é a mesma coisa? 19 Enquadramento 19 A Internet 19 A web 20 Então a web é um dos serviços da Internet? 20 A história é interessante,

Leia mais

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce...

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce... Sumário Bleez Agência Digital... 3 Quem sou eu... 4 Introdução... 5 Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7 Quem está comprando no ecommerce... 10 Por que os brasileiros estão comprando mais... 12 O

Leia mais

Estudo de caso. Varejo/Atacado Força de vendas Estudo de caso comercial

Estudo de caso. Varejo/Atacado Força de vendas Estudo de caso comercial Estudo de caso Representantes de vendas da Diarco otimizam o sistema de pedidos em mais de 50.000 lojas em todo o país com a Mobile Empresa: Diarco é a principal empresa de comércio atacadista de auto-atendimento

Leia mais

Fundamentos da Computação Móvel

Fundamentos da Computação Móvel Fundamentos da Computação Móvel (O Mercado Mobile no Brasil) Programação de Dispositivos Móveis Mauro Lopes Carvalho Silva Professor EBTT DAI Departamento de Informática Campus Monte Castelo Instituto

Leia mais

Inteligência para ESTRATÉGIA DIGITAL

Inteligência para ESTRATÉGIA DIGITAL Inteligência para ESTRATÉGIA DIGITAL INTRODUÇÃO Já imaginou ter acesso a dados e estatísticas do website do concorrente? Com alguns aplicativos e ferramentas, isso já é possível. Com ajuda deles, você

Leia mais

Soluções de Marke/ng Digital + Mobilidade

Soluções de Marke/ng Digital + Mobilidade Soluções de Marke/ng Digital + Mobilidade Março 2011 Por que inves/r em Mobile? Telefone celular é a única mídia que está 24 horas por dia com o usuário; Mercado brasileiro de web mobile equivale, em número

Leia mais

GT GPRS RASTREADOR VIA GPS COM BLOQUEADOR

GT GPRS RASTREADOR VIA GPS COM BLOQUEADOR GT GPRS RASTREADOR VIA GPS COM BLOQUEADOR O GT GPRS é um equipamento wireless que executa a função de recepção e transmissão de dados e voz. Está conectado à rede de telefonia celular GSM/GPRS, para bloqueio

Leia mais

Soluções em Software para Medicina Diagnóstica. www.digitalmed.com.br

Soluções em Software para Medicina Diagnóstica. www.digitalmed.com.br Soluções em Software para Medicina Diagnóstica www.digitalmed.com.br NOTA DE AGRADECIMENTO Primeiramente, agradecemos pela sua receptividade em conhecer as nossas soluções, afinal, é sempre uma imensa

Leia mais

Tendências de comunicação para 2014. 89% dos brasileiros pesquisam preços na web. E-mail é 40 vezes mais eficiente que FB nas vendas

Tendências de comunicação para 2014. 89% dos brasileiros pesquisam preços na web. E-mail é 40 vezes mais eficiente que FB nas vendas Tendências de comunicação para 2014 Veja alguns temas que devem influenciar o setor 89% dos brasileiros pesquisam preços na web 78% acredita que na internet os produtos são mais baratos 63% utiliza smartphones

Leia mais

10 Evoluções. Impactantes para o seu Video Marketing. em 2015

10 Evoluções. Impactantes para o seu Video Marketing. em 2015 10 Evoluções Impactantes para o seu Video Marketing em 2015 INTRODUÇÃO O vídeo online teve um crescimento explosivo em 2014. Para os empresários e profissionais de marketing, o ano de 2015 oferece oportunidades

Leia mais

Tecnologia da Informação. Prof Odilon Zappe Jr

Tecnologia da Informação. Prof Odilon Zappe Jr Tecnologia da Informação Prof Odilon Zappe Jr Internet Internet Internet é o conglomerado de redes, em escala mundial de milhões de computadores interligados, que permite o acesso a informações e todo

Leia mais

ALGUNS DADOS DA INTERNET NO BRASIL. (11) 3522-5338 - www.cvsweb.com.br comercial@cvsweb.com.br

ALGUNS DADOS DA INTERNET NO BRASIL. (11) 3522-5338 - www.cvsweb.com.br comercial@cvsweb.com.br ALGUNS DADOS DA INTERNET NO BRASIL 2 + 67.500.000 + 67,5 MILHÕES DE INTERNAUTAS NO BRASIL FONTE: IBOPE/NIELSEN 58.290.000 58,2 MILHOES DE INTERNAUTAS NO BRASIL ACESSAM A INTERNET SEMANALMENTE -87% FONTE:

Leia mais

Nove erros comuns que devem ser evitados ao selecionar e implementar uma solução de mobilidade

Nove erros comuns que devem ser evitados ao selecionar e implementar uma solução de mobilidade Nove erros comuns que devem ser evitados ao selecionar e implementar uma solução de mobilidade Introdução Introdução A empresa de pesquisa IDC prevê que mais da metade dos trabalhadores usarão ferramentas

Leia mais

Universidade de Brasília

Universidade de Brasília Universidade de Brasília Introdução a Microinformática Turma H Redes e Internet Giordane Lima Porque ligar computadores em Rede? Compartilhamento de arquivos; Compartilhamento de periféricos; Mensagens

Leia mais

like a Boss mandic Um GUIA para você escolher bem, e se tornar uma Autoridade em Serviços de Compartilhamento de Arquivos na Nuvem.

like a Boss mandic Um GUIA para você escolher bem, e se tornar uma Autoridade em Serviços de Compartilhamento de Arquivos na Nuvem. BOX like a Boss Um GUIA para você escolher bem, e se tornar uma Autoridade em Serviços de Compartilhamento de Arquivos na Nuvem. mandic CLOUD SOLUTIONS Mais e mais empresas buscam soluções para dar suporte

Leia mais

Introdução. O que é Serviços de Terminal

Introdução. O que é Serviços de Terminal Introdução Microsoft Terminal Services e Citrix MetaFrame tornaram-se a indústria padrões para fornecer acesso de cliente thin para rede de área local (LAN), com base aplicações. Com o lançamento do MAS

Leia mais

Lotus Notes 8.5 para o Office 365 para empresas

Lotus Notes 8.5 para o Office 365 para empresas Lotus Notes 8.5 para o Office 365 para empresas Faça a migração O Microsoft Outlook 2013 pode parecer diferente do Lotus Notes 8.5, mas você rapidamente descobrirá que o Outlook permite fazer tudo o que

Leia mais

Comunicações de alarme. Guia de Implementação

Comunicações de alarme. Guia de Implementação Comunicações de alarme Guia de Implementação A necessidade de comunicações alternativas Dez anos atrás, a maioria das casas confiava nas conexões dial-up para acessar a Internet. ipods, televisões de tela

Leia mais

Manual do aplicativo Conexão ao telefone

Manual do aplicativo Conexão ao telefone Manual do aplicativo Conexão ao telefone Copyright 2003 Palm, Inc. Todos os direitos reservados. O logotipo da Palm e HotSync são marcas registradas da Palm, Inc. O logotipo da HotSync e Palm são marcas

Leia mais