Workshop Certificação Fase 7 Mensagens de alocação, repasse, controle de posições e de liquidação

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Workshop Certificação Fase 7 Mensagens de alocação, repasse, controle de posições e de liquidação"

Transcrição

1 Workshop Certificação Fase 7 Mensagens de alocação, repasse, controle de posições e de liquidação Outubro de 2013 A implantação da integração das clearings da BM&FBOVESPA e do novo sistema de risco CORE (Closeout Risk Evaluation) depende de prévia autorização dos órgãos reguladores. CLASSIFICAÇÃO DA INFORMAÇÃO (MARQUE COM UM X ): CONFIDENCIAL RESTRITA CONFIDENCIAL USO INTERNO X PÚBLICO

2 2 Agenda FASES DE CERTIFICAÇÃO ROTEIRO SUGERIDO SISTEMA RTC QUEBRA DE ESTRATÉGIAS SISTEMA RTC LEILÃO DE SWAP CAMBIAL SISTEMA RTC EXERCÍCIO DE OPÇÕES SISTEMA RTC SOLICITAÇÃO DE ARQUIVOS DE RECONCILIAÇÃO

3 3 Agenda FASES DE CERTIFICAÇÃO ROTEIRO SUGERIDO SISTEMA RTC QUEBRA DE ESTRATÉGIAS SISTEMA RTC LEILÃO DE SWAP CAMBIAL SISTEMA RTC EXERCÍCIO DE OPÇÕES SISTEMA RTC SOLICITAÇÃO DE ARQUIVOS DE RECONCILIAÇÃO

4 Fases da certificação Certificação Oficial icadx Fase 1: Conectividade ao ambiente de certificação do icadx Fase 2: Telas do icadx Certificação Livre IPN Fase 3: Conectividade ao ambiente de certificação do IPN/CORE Fase 4: Telas de alocação, repasse e consulta de posições Fase 5: Telas de controle de posições e de liquidação Fase 6: Arquivos e mensagens do icadx, preços e instrumentos Fase 7: Mensagens e arquivos de alocação, repasse, controle de posições e liquidação Fase 8: Telas e mensagens de garantias Fase 9: Cálculo e funcionalidades de administração de risco e transferência de posição Fase 10: Arquivos e mensagens de tarifação e tributação Fase 11: Processos integrados de liquidação e risco Certificação Oficial IPN Fase 12: Execução monitorada dos roteiros dos processos integrados 4

5 Agenda FASES DE CERTIFICAÇÃO ROTEIRO SUGERIDO SISTEMA RTC QUEBRA DE ESTRATÉGIAS SISTEMA RTC LEILÃO DE SWAP CAMBIAL SISTEMA RTC EXERCÍCIO DE OPÇÕES SISTEMA RTC SOLICITAÇÃO DE ARQUIVOS DE RECONCILIAÇÃO 5 5

6 Roteiro sugerido Pré-requisito É importante destacar que para execução dos cenários sugeridos para a fase 7, é mandatório que o participante tenha executado os cenários sugeridos, para a fase 6, quando foram disponibilizados os arquivos de cadastro, preços e instrumentos. 6

7 Roteiro sugerido Massa de contas e vínculos Os participantes devem utilizar as contas e vínculos cadastrados no sistema icad-x no ambiente de certificação. Para isso, poderão utilizar as contas e vínculos cadastrados desde a fase 2 de certificação até a própria fase 7. 7

8 Roteiro sugerido Massa de operações A BM&FBOVESPA fornecerá a massa de operações no ambiente de certificação. As operações estão divididas em quatro blocos: I, II, III e IV: Bloco I: 9h15 Bloco II: 12h15 Bloco III: 15h15 Bloco IV: com agendamento. O participante deve entrar em contato com a equipe de suporte a certificação da BM&FBOVESPA para declarar finalizada a execução dos cenários da fase 6 e solicitar a liberação da massa de operações dedicada a fase 7. Esta comunicação deve ser realizada por meio de envio de para com o titulo Execução do Roteiro Sugerido da Fase 6 finalizada. 8

9 Roteiro sugerido Preços de referência Durante a fase 7, os preços de referência e indicadores utilizados no ambiente de certificação serão os de D-1 da produção. É com base nestes preços e indicadores que os ajustes diários serão calculados para as posições em aberto no sistema RTC. 9

10 Roteiro sugerido Massa de instrumentos (1/2) Descrição Mercado Mercadoria Vencimento Cod. Negociação Rolagem de dólar Futuro DR1 Z3F4 DR1Z13F14 Dólar comercial Futuro DOL Z13 DOLZ13 Dólar comercial Futuro DOL F14 DOLF14 Rolagem de dólar Futuro DR1 G4H4 DR1G14H14 Dólar comercial Futuro DOL G14 DOLG14 Dólar comercial Futuro DOL H14 DOLH14 Forward Points Dolar Futuro FRP FRP0 FRP0 Dólar comercial Futuro DOL X13 DOLX13 FRA de cupom FRC F14 FRCF14 Cupom cambial Futuro DDI X13 DDIX13 Cupom cambial Futuro DDI F14 DDIF14 Volatilidade de Dólar Opção sobre disponível VTC FGDB VTCF14P Volatilidade de Dólar Opção sobre disponível VTC FG8B VTCF14C Dólar comercial Opção sobre disponível DOL FGDB DOLF14P Dólar comercial Opção sobre disponível DOL FGDB DOLF14P002150E Dólar comercial Opção sobre disponível DOL FG8B DOLF14C Dólar comercial Opção sobre disponível DOL FG8B DOLF14C002150E Dólar comercial Opção sobre disponível DOL ZF8C DOLZ13C Dólar comercial Opção sobre disponível DOL ZF8C DOLZ13C002300E 10

11 Roteiro sugerido Massa de instrumentos (2/2) Descrição Mercado Mercadoria Vencimento Cod. Negociação Café Arábica Futuro ICF U13 ICFU13 Café Arábica Futuro ICF Z13 ICFZ13 Ouro Disponível OZ1 - OZ1 Café Arábica Opção sobre Futuro ICF ZFI3 ICFZ13C Café Arábica Opção sobre Futuro ICF ZFI3 ICFZ13C017000E Café Arábica Opção sobre Futuro ICF ZFM3 ICFZ13P Café Arábica Opção sobre Futuro ICF ZFM3 ICFZ13P017000E Boi Gordo Futuro BGI V13 BGIV13 Boi Gordo Futuro BGI X13 BGIX13 DI1 - Tipo 1 Opção sobre Futuro D11 FGRB D11F14C DI1 - Tipo 1 Opção sobre Futuro D11 FGRB D11F14C001100E DI1 - Tipo 1 Futuro DI1 F14 DI1F14 DI1 - Tipo 1 Futuro DI1 J14 DI1J14 11

12 Roteiro sugerido Cenários Os cenários foram divididos em dois Grupos, A e B. Para execução do Grupo B, o participante deve entrar em contato com a equipe de suporte à certificação da BM&FBOVESPA para declarar finalizada a execução dos cenários do Grupo A. Esta comunicação deve ser realizada por meio de envio de para com o titulo Execução do Grupo A da Fase 7 finalizada. 12

13 Roteiro sugerido Grupos de cenários (1/7) Subgrupo A1 A2 Módulo / Principal assunto Repasse parcial de estratégias Controle de Posições - Quebra de estratégias Meio Tela do RTC Tela do RTC Grupo A Mensagens/Arquivos N/A N/A bvmf TradeLegNotification bvmf SecuritiesAllocationInstruction A3 Captura, alocação e repasse (sem quebra de regras) Mensagens bvmf SecuritiesAllocationInstructionStatusAdvice bvmf SecuritiesAllocationInstructionCancellation bvmf ResponseGiveUpAcceptanceirRejection bvmf TradeLegNotificationCancellation bvmf InformGiveUpPendingApproval 13

14 Roteiro sugerido Grupos de cenários (2/7) Subgrupo Módulo / Principal assunto Meio Grupo A Mensagens/Arquivos BVBG PositionReportAccountLevel bvmf FungibleDerivativesPositionReport bvmf PhysicalDeliveryPositionReport bvmf BuyInPositionReport A4 Controle de posições Mensagens bvmf CashMarketPositionReport bvmf NonFungibleDerivativesPositionReport bvmf OverTheCounterPositionReport BVBG DerivativesPositionMovement bvmf DerivativesPositionMovement BVBG StrategyBreakdownResponse bvmf StrategyBreakdownResponse 14

15 Roteiro sugerido Grupos de cenários (3/7) Subgrupo A5 Módulo / Principal assunto Liquidação financeira Meio Mensagens Grupo A 15 Mensagens/Arquivos bvmf NetResultNotification BVBG CashEntryTypeNotification bvmf CashEntryTypeNotification BVBG CashEntryNotificationBySettlementDate bvmf PendingSettlementCashEntryNotification BVBG CashEntryNotificationByReferenceDate LDL0028 Câmara avisa Abertura LDL0001 Câmara informa Resultado líquido de negociações LDL0002 Câmara informa Resultado líquido de negociações ao BACEN LDL0003 IF informa Resultado líquido de negociações confirmado ou divergente LDL0004 IF requisita Transferência do resultado líquido de negociações LDL LDL0005 Câmara requisita Transferência do resultado líquido de negociações LDL LDL0029 Câmara avisa Fechamento

16 Roteiro sugerido Grupos de cenários (4/7) Subgrupo A6 Módulo / Principal assunto Reconciliação de captura, alocações e repasses (fim de dia) Meio Arquivos Grupo A Mensagens/Arquivos BVBG TradeLegNotification BVBG SecuritiesAllocationDetails BVBG GiveUpTradeDetails BVBG TakeUpTradeDetails 16

17 Roteiro sugerido Grupos de cenários (5/7) Subgrupo B1 B2 Módulo / Principal assunto Exercício de opções Leilão de swap cambial Meio Tela do RTC e mensagens Tela do RTC Grupo B Mensagens/Arquivos bvmf TradeLegNotification bvmf SecuritiesAllocationInstructionStatusAdvice bvmf InformGiveUpPendingApproval N/A bvmf TradeLegNotification B3 Captura, alocação e repasse (com quebra de regras) Mensagens bvmf SecuritiesAllocationInstruction bvmf SecuritiesAllocationInstructionStatusAdvice bvmf ResponseGiveUpAcceptanceirRejection B4 Reconciliação de captura, alocações e repasses (solicitação durante o dia) Tela do RTC, mensagem e Arquivos bvmf InformGiveUpPendingApproval bvmf TradeManagementReportRequest BVBG TradeLegNotification BVBG SecuritiesAllocationDetails BVBG GiveUpTradeDetails BVBG TakeUpTradeDetails 17

18 Roteiro sugerido Grupos de cenários (6/7) Subgrupo Módulo / Principal assunto Meio Grupo B Mensagens/Arquivos bvmf SecuritiesStatementQueryV02 BVBG PositionReportAccountLevel bvmf FungibleDerivativesPositionReport B5 Controle de posições (solicitação durante o dia) Mensagem e Arquivos bvmf PhysicalDeliveryPositionReport bvmf BuyInPositionReport bvmf CashMarketPositionReport bvmf NonFungibleDerivativesPositionReport bvmf OverTheCounterPositionReport bvmf StrategyBreakdownRequest BVBG StrategyBreakdownResponse bvmf StrategyBreakdownResponse 18

19 Roteiro sugerido Grupos de cenários (7/7) Subgrupo Módulo / Principal assunto Meio Grupo B Mensagens/Arquivos bvmf NetResultReportRequest BVBG NetResultReport bvmf NetResultReport B6 Liquidação de Ativos Mensagem e Arquivos bvmf SettlementReportRequest BVBG SettlementReport bvmf SettlementReport bvmf NetResultCustodianConfirmationResponse bvmf NetResultStatusNotification 19

20 Roteiro sugerido Bloqueio de exercício A funcionalidade para bloqueio de exercício permanecerá disponível no módulo PO.B, da BM&Fserviços. 20

21 Agenda FASES DE CERTIFICAÇÃO ROTEIRO SUGERIDO SISTEMA RTC QUEBRA DE ESTRATÉGIAS SISTEMA RTC LEILÃO DE SWAP CAMBIAL SISTEMA RTC EXERCÍCIO DE OPÇÕES SISTEMA RTC SOLICITAÇÃO DE ARQUIVOS DE RECONCILIAÇÃO 21 21

22 Sistema RTC Quebra de estratégias O acesso a tela de quebra de estratégias é realizado pelo módulo de controle de posições no sistema RTC: 22

23 Sistema RTC Quebra de estratégias A tela de negócios de estratégia é atualizada a cada novo evento de captura de negócio ou alocação. Esta tela está dividida em duas partes. Na primeira temos os dados do negócio de estratégia: Ao clicar na alocação do negócio de estratégia, temos o detalhe da quebra na segunda parte da tela: As posições geradas na quebra de estratégia atualizam as telas de posição de futuros e/ou opções. 23

24 Agenda FASES DE CERTIFICAÇÃO ROTEIRO SUGERIDO SISTEMA RTC QUEBRA DE ESTRATÉGIAS SISTEMA RTC LEILÃO DE SWAP CAMBIAL SISTEMA RTC EXERCÍCIO DE OPÇÕES SISTEMA RTC SOLICITAÇÃO DE ARQUIVOS DE RECONCILIAÇÃO 24 24

25 Sistema RTC Leilão de Swap Cambial O acesso à tela de alocação de pré-registro de swap cambial (leilão BC) é realizado pelo módulo de alocação no sistema RTC: Através do menu Negócio, selecionar a opção leilão Bacen alocar préregistro de swap cambial : 25

26 Sistema RTC Leilão de Swap Cambial O PNP responsável pela identificação do pré-registro deverá preencher as informações necessárias para a alocação. Os contratos em situação de pré-registro serão transformados em negócios imediatamente após a identificação da conta de comitente no pré-registro, sendo apresentados nas telas convencionais de alocação e repasse. 26 Campos com informações do leilão BC

27 Sistema RTC Leilão de Swap Cambial Importante: Os negócios gerados após alocação, serão enviados ao PNP responsável pela identificação do pré-registro, através do envio de mensagem de registro do negócio (1), que conterá as informações do leilão. Não serão mais permitidas realocações na data de início de valorização da ponta cupom (DIV). (1) TradeLegNotification (bvmf ) 27

28 Agenda FASES DE CERTIFICAÇÃO ROTEIRO SUGERIDO SISTEMA RTC QUEBRA DE ESTRATÉGIAS SISTEMA RTC LEILÃO DE SWAP CAMBIAL SISTEMA RTC EXERCÍCIO DE OPÇÕES SISTEMA RTC SOLICITAÇÃO DE ARQUIVOS DE RECONCILIAÇÃO 28 28

29 Sistema RTC Exercício de opções O acesso à tela de exercício de opções é realizado pelo módulo de alocação no sistema RTC: Na tela de Exercício de opções, é apresentada a consulta dos negócios de exercícios pertencentes ao participante. 29

30 Sistema RTC Exercício de opções Para exercício de opções sobre ouro disponível, o participante poderá indicar uma agente de custódia e conta de custódia para liquidação. Para tanto, deverá clicar sobre a operação, e como botão direito e selecionar a opção realizar inclusão de alocação. 30

31 Agenda FASES DE CERTIFICAÇÃO ROTEIRO SUGERIDO SISTEMA RTC QUEBRA DE ESTRATÉGIAS SISTEMA RTC LEILÃO DE SWAP CAMBIAL SISTEMA RTC EXERCÍCIO DE OPÇÕES SISTEMA RTC SOLICITAÇÃO DE ARQUIVOS DE RECONCILIAÇÃO 31 31

32 Sistema RTC Solicitação de arquivos de reconciliação O acesso à tela de solicitação de arquivos de reconciliação de alocação ou repasse é realizado pelo módulo de alocação no sistema RTC, selecionando-se o menu arquivos de reconciliação : O Participante deverá selecionar a opção solicitar arquivos : Após solicitação, o participante deverá realizar a extração do arquivo no MTA (meio de transferência de arquivos). 32

33 Obrigado! 33 33

Telas de controle de posições e de liquidação

Telas de controle de posições e de liquidação Workshop Certificação Fase 5 Telas de controle de posições e de liquidação Agosto de 2013 A implantação da integração das clearings da BM&FBOVESPA e do novo sistema de risco CORE (Closeout Risk Evaluation)

Leia mais

Programa IPN Certificação com o Mercado

Programa IPN Certificação com o Mercado Programa IPN Certificação com o Mercado A implantação da integração das clearings da BM&FBOVESPA e do novo sistema de risco CORE (Closeout Risk Evaluation) depende de prévia autorização dos órgãos reguladores

Leia mais

Projeto IPN Integração do Pós- Negociação Boletim da 14ª Reunião do GT-Testes 26 de setembro de 2013

Projeto IPN Integração do Pós- Negociação Boletim da 14ª Reunião do GT-Testes 26 de setembro de 2013 Projeto IPN Integração do Pós- Negociação Boletim da 14ª Reunião do GT-Testes 26 de setembro de 2013 A implantação da integração das clearings da BM&FBOVESPA e do novo sistema de risco CORE (Closeout Risk

Leia mais

Workshop Certificação Fase 6. SINACOR Cadastro de Clientes. Janeiro de 2014 CLASSIFICAÇÃO DA INFORMAÇÃO (MARQUE COM UM X ):

Workshop Certificação Fase 6. SINACOR Cadastro de Clientes. Janeiro de 2014 CLASSIFICAÇÃO DA INFORMAÇÃO (MARQUE COM UM X ): Workshop Certificação Fase 6 SINACOR Cadastro de Clientes Janeiro de 2014 CLASSIFICAÇÃO DA INFORMAÇÃO (MARQUE COM UM X ): CONFIDENCIAL RESTRITA CONFIDENCIAL USO INTERNO X PÚBLICO 1 Agenda Alinhamento de

Leia mais

Projeto de Integração das Clearings

Projeto de Integração das Clearings Projeto de Integração das Clearings Início da Fase 2 Clearing de Renda Variável e Renda Fixa Privada A implantação da 2ª Fase do Projeto de Integração das Clearings depende da aprovação dos órgãos reguladores

Leia mais

Arquivos de Parâmetros, Cenários e Simulação de Risco Relatório de Definições de Arquivos

Arquivos de Parâmetros, Cenários e Simulação de Risco Relatório de Definições de Arquivos Arquivos de Parâmetros, Cenários e Simulação Relatório de Definições de Arquivos Este documento descreve um conjunto de definições de arquivos desenvolvidos pela BM&FBOVESPA, a serem utilizados no processo

Leia mais

Workshop 4 SINACOR Visão Geral

Workshop 4 SINACOR Visão Geral Workshop 4 SINACOR Visão Geral Dezembro de 2012 A implantação da integração das clearings da BM&FBOVESPA e do novo sistema de risco CORE (Closeout Risk Evaluation) depende de prévia autorização dos órgãos

Leia mais

PROJETO DE INTEGRAÇÃO DAS CLEARINGS FASE 2

PROJETO DE INTEGRAÇÃO DAS CLEARINGS FASE 2 PROJETO DE INTEGRAÇÃO DAS CLEARINGS FASE 2 Workshop Empréstimo de Ativos 31/08/2015 Clearing de Renda Variável e Renda Fixa Privada A implantação da Fase 2 do Projeto de Integração das Clearings depende

Leia mais

Workshop 2 Cadastros. Novembro de 2012

Workshop 2 Cadastros. Novembro de 2012 Workshop 2 Cadastros Novembro de 2012 A implantação da integração das clearings da BM&FBOVESPA e do novo sistema de risco CORE (Closeout Risk Evaluation) depende de prévia autorização dos órgãos reguladores.

Leia mais

Sistema de Cadastro Selic

Sistema de Cadastro Selic BM&FBOVESPA S.A. Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros Sistema de Cadastro Selic Diretoria Executiva de Clearings, Depositária e de Risco Versão 2.0 SUMÁRIO 1 ACESSO AO SISTEMA... 3 2 SOLICITAÇÃO DE

Leia mais

Projeto IPN Integração do Pós- Negociação

Projeto IPN Integração do Pós- Negociação Projeto IPN Integração do Pós- Negociação Boletim 5ª Reunião do GT-Testes 7 de Fevereiro de 2013 A implantação do IPN depende de prévia autorização dos órgãos reguladores A implantação da integração das

Leia mais

IPN - Integração da Pós Negociação

IPN - Integração da Pós Negociação IPN - Integração da Pós Negociação Roteiro Sugerido de Certificação Fase 6 Arquivos do icad-x, Preços e Instrumentos. Setembro / 2013 Versão 1.0 Índice 1 Sumário executivo... 3 2 Histórico de Alterações...

Leia mais

IPN - Integração da Pós Negociação

IPN - Integração da Pós Negociação IPN - Integração da Pós Negociação Roteiro Sugerido de Certificação Índice 1 Sumário executivo... 3 2 Histórico de alterações... 4 3 Fases da certificação... 5 4 Fase 5... 6 4.1 Ambiente... 6 4.2 Massa

Leia mais

Diagnóstico da troca de informações entre os Participantes

Diagnóstico da troca de informações entre os Participantes Diagnóstico da troca de informações entre os Participantes Ausência de padronização e automação na troca de informações entre os diversos participantes do mercado Corretoras de valores e de mercadorias

Leia mais

Workshop Certificação Fase 9 Cálculo e Funcionalidades de Administração de Risco e Transferência de Posição

Workshop Certificação Fase 9 Cálculo e Funcionalidades de Administração de Risco e Transferência de Posição Workshop Certificação Fase 9 Cálculo e Funcionalidades de Administração de Risco e Transferência de Posição Outubro de 2013 A implantação da integração das clearings da BM&FBOVESPA e do novo sistema de

Leia mais

Universidade Federal do Vale do São Francisco Programa de Assistência Estudantil

Universidade Federal do Vale do São Francisco Programa de Assistência Estudantil 1 - Introdução O sistema PAE da UNIVASF é uma ferramenta desenvolvida pelo Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI) que auxilia o processo seletivo de estudantes de graduação para o, que serão selecionados

Leia mais

Projeto de Integração das Clearings

Projeto de Integração das Clearings Projeto de Integração das Clearings Workshop Técnico Fase 2 Clearing de Renda Variável e Renda Fixa Privada A implantação da Fase 2 do Projeto de Integração das Clearings depende da aprovação dos órgãos

Leia mais

INTEGRAÇÃO DAS CÂMARAS DA BM&FBOVESPA Apresentação para mercado

INTEGRAÇÃO DAS CÂMARAS DA BM&FBOVESPA Apresentação para mercado INTEGRAÇÃO DAS CÂMARAS DA BM&FBOVESPA Apresentação para mercado CLASSIFICAÇÃO DA INFORMAÇÃO (MARQUE COM UM X ): CONFIDENCIAL RESTRITA CONFIDENCIAL USO INTERNO X PÚBLICO AGENDA AMBIENTE DE PÓS-NEGOCIAÇÃO

Leia mais

Guia de Certificação SINCAD para o SINACOR

Guia de Certificação SINCAD para o SINACOR Guia de Certificação SINCAD para o SINACOR Sumário Pré-requisitos... 4 Configurações de Negócio...4 Instituição Financeira...4 Cenário A1.1... 6 Cenário A1.2... 16 Cenário A1.3... 17 Cenário A1.4... 26

Leia mais

INICIAL. Guia de Criação da Base Produção Paralela IMPORTANTE: MESMO QUE SEJAM EXECUTADOS

INICIAL. Guia de Criação da Base Produção Paralela IMPORTANTE: MESMO QUE SEJAM EXECUTADOS Guia de Criação da Base Produção Paralela INICIAL SEQUENCES, tabelas de BMF e CADASTRO. Atualização de Bancos de Dados. Validações necessárias. IMPORTANTE: MESMO QUE SEJAM EXECUTADOS OS PROCEDIMENTOS DA

Leia mais

São considerados Sistemas de Negociação os seguintes sistemas eletrônicos da BOVESPA:

São considerados Sistemas de Negociação os seguintes sistemas eletrônicos da BOVESPA: C A P Í T U L O I I - R E G I S T R O E A C E I T A Ç Ã O D E O P E R A Ç Õ E S 1. R EGISTRO DE O PERAÇÕES A CBLC registra Operações realizadas nos Sistemas de Negociação para os quais presta serviço.

Leia mais

Integração da Infraestrutura de Pós Negociação AVALIAÇÃO DE IMPACTOS Fevereiro de 2013 versão 2.1

Integração da Infraestrutura de Pós Negociação AVALIAÇÃO DE IMPACTOS Fevereiro de 2013 versão 2.1 Integração da Infraestrutura de Pós Negociação Fevereiro de 2013 versão 2.1 A IMPLANTAÇÃO DA INTEGRAÇÃO DAS CLEARINGS DA BM&FBOVESPA E DO NOVO SISTEMA DE RISCO CORE (CLOSEOUT RISK EVALUATION) DEPENDE DE

Leia mais

Banco de Projetos. Concedente e Proponente/Convenente

Banco de Projetos. Concedente e Proponente/Convenente MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios SICONV Banco de Projetos Concedente

Leia mais

Pré-Requisitos Certificação IPN- SINACOR. Projeto: SINACOR - IPN

Pré-Requisitos Certificação IPN- SINACOR. Projeto: SINACOR - IPN Pré-Requisitos Certificação IPN- SINACOR Projeto: SINACOR - IPN A implantação da integração das clearings da BM&FBOVESPA e do novo sistema de risco CORE (Closeout Risk Evaluation) depende de prévia autorização

Leia mais

PORTAL B2B USUÁRIO FORNECEDOR

PORTAL B2B USUÁRIO FORNECEDOR PORTAL B2B USUÁRIO FORNECEDOR RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o mercado de comércio

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Menu Configurações - Multi-Empresa Sumário 1 CONCEITO... 3 2 REQUISITOS... 3 3 CONFIGURAÇÕES... 3 3.1 Cadastrar Empresas... 3 3.2 Agendar Sincronização... 3 4 FUNCIONALIDADES...

Leia mais

GUIA RÁPIDO CRM CUSTÓDIA DE CHEQUES

GUIA RÁPIDO CRM CUSTÓDIA DE CHEQUES GUIA RÁPIDO CRM CUSTÓDIA DE CHEQUES RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o mercado de

Leia mais

Módulo de Acesso Remoto

Módulo de Acesso Remoto Módulo de Acesso Remoto Manual do Usuário Página 1 de 30 Índice 1. Introdução 3 1.1. Objetivos deste documento 3 2. Requisitos do Sistema 4 2.1. Acrobat Reader 4 2.2. Pop Up Liberados 4 3. Acesso ao Sistema

Leia mais

Questionários MT-611-00004 Última Atualização 25/04/2012

Questionários MT-611-00004 Última Atualização 25/04/2012 Questionários MT-611-00004 Última Atualização 25/04/2012 I. Objetivos Após completar este módulo de capacitação você será capaz de: 1. Entender os conceitos envolvidos no processo de avaliação realizado

Leia mais

PRODUTOS AUTORIZADOS PARA NEGOCIAÇÃO EM MERCADO DE BOLSA OU BALCÃO ORGANIZADO

PRODUTOS AUTORIZADOS PARA NEGOCIAÇÃO EM MERCADO DE BOLSA OU BALCÃO ORGANIZADO PRODUTOS AUTORIZADOS PARA NEGOCIAÇÃO EM MERCADO DE BOLSA OU BALCÃO ORGANIZADO 1. SEGMENTO BM&F Contratos Derivativos Ouro Futuro de Ouro (OZ1) Opção de Compra sobre Disponível Padrão Ouro Opção de Venda

Leia mais

MANUAL Credenciados SGMC Sistema de Gestão de Modalidades de Credenciamento

MANUAL Credenciados SGMC Sistema de Gestão de Modalidades de Credenciamento MANUAL Credenciados SGMC Sistema de Gestão de Modalidades de Credenciamento SEBRAE-GO 1 Sumário Introdução... 3 1) Acesso ao Sistema... 4 1.1. LOGIN... 4 1.2. ALTERAR SENHA... 7 1.3. RECUPERAR SENHA...

Leia mais

Manual de Acerto Web Unopar (Polos)

Manual de Acerto Web Unopar (Polos) O aluno deverá acessar o site através da URL www.unoparead.com.br Acessar o ícone Área Administrativa Ao aparecer a página de acesso ao Colaborar, o colaborador deverá inserir seu usuário e Senha e clicar

Leia mais

Gerenciamento Do Escritório Virtual Utilizando O Sistema Web Contábil IDEAL. Atendimento: Tel : (11) 3857-9007 - e-mail: suporte@webcontabil.

Gerenciamento Do Escritório Virtual Utilizando O Sistema Web Contábil IDEAL. Atendimento: Tel : (11) 3857-9007 - e-mail: suporte@webcontabil. Gerenciamento Do Escritório Virtual Utilizando O Sistema Web Contábil 2010 IDEAL Última Atualização: 01/2010 Atendimento: Tel : (11) 3857-9007 - e-mail: suporte@webcontabil.com ÁREA DE ADMINISTRAÇÃO A

Leia mais

Inscrição e Agendamento do Exame CA-600

Inscrição e Agendamento do Exame CA-600 Inscrição e Agendamento do Exame CA-600 ABECIP ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS ENTIDADES DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO E POUPANÇA Inteligência de Mercado ABECIP 10 2 Eventos para realização do Exame Para realização

Leia mais

Passos para teste de boletos pré-produção

Passos para teste de boletos pré-produção Passos para teste de boletos pré-produção Os passos citados abaixo apenas poderão ser efetuados após a homologação dos boletos junto ao banco. Este processo é realizado pela MTI e liberado à empresa que

Leia mais

Emissão de Nota Fiscal de Serviço Eletrônica

Emissão de Nota Fiscal de Serviço Eletrônica Emissão de Nota Fiscal de Serviço Eletrônica Introdução A emissão de Nota Fiscal de Serviço Eletrônica traz ao cliente TTransp a possibilidade de documentar eletronicamente as operações de serviço prestadas

Leia mais

Guia de Implantação Bluesoft ERP Fechamento de Caixa

Guia de Implantação Bluesoft ERP Fechamento de Caixa Guia de Implantação Bluesoft ERP Fechamento de Caixa Objetivo O objetivo deste guia é fornecer um roteiro para a implantação módulo Fechamento de Caixa do sistema Bluesoft ERP. O que é o Fechamento de

Leia mais

CALL com Mercado Projeto Integração das Clearings Processos de Liquidação 03/07/2013

CALL com Mercado Projeto Integração das Clearings Processos de Liquidação 03/07/2013 CALL com Mercado Projeto Integração das Clearings Processos de Liquidação 03/07/2013 A implantação da integração das clearings da BM&FBOVESPA e do novo sistema de risco CORE (Closeout Risk Evaluation)

Leia mais

Projeto IPN Integração do Pós- Negociação

Projeto IPN Integração do Pós- Negociação Projeto IPN Integração do Pós- Negociação 8ª Reunião do GT-Testes 9 de Maio de 2013 Posição sobre as providências acordadas na realizada em 11-abr-2013 Posição sobre as providências acordadas na realizada

Leia mais

Passo a Passo do Cadastro Empresas no SIGLA Digital

Passo a Passo do Cadastro Empresas no SIGLA Digital Página 1 de 7 Passo a Passo do Cadastro Empresas no SIGLA Digital O cadastro de Empresas permite cadastrar quais empresas estarão configuradas para utilizar o SIGLA Digital. Caso necessário cadastrar uma

Leia mais

ATUALIZAÇÃO ATÉ 14/02/2007.

ATUALIZAÇÃO ATÉ 14/02/2007. ATUALIZAÇÃO ATÉ 14/02/2007. ENCERRAMENTO DO EXERCÍCIO Passando o mouse sobre a opção (+) Rotina Mensal/Anual, aparecerão três opções: 1 Boletim RP 2 Conciliação Bancária 3 TCE Deliberação 233/2006 1 3

Leia mais

PIBIC - PROCESSO DE INSCRIÇÃO 2011/2012 INDICAÇÃO DE REPRESENTANTE DE IC

PIBIC - PROCESSO DE INSCRIÇÃO 2011/2012 INDICAÇÃO DE REPRESENTANTE DE IC PIBIC - PROCESSO DE INSCRIÇÃO 2011/2012 INDICAÇÃO DE REPRESENTANTE DE IC A Coordenação de Iniciação Científica, na busca do aperfeiçoamento da gestão de seus programas, modificou a forma como as instituições,

Leia mais

MANUAL PARA ACESSO AO SISTEMA AOS REPRESENTANTES

MANUAL PARA ACESSO AO SISTEMA AOS REPRESENTANTES MANUAL PARA ACESSO AO SISTEMA AOS REPRESENTANTES Índice 1 Acesso ao Sistema... 3 2 Inclusão de Novos Pedidos... 5 3 Carteira de Pedidos... 13 4 Consulta à clientes... 15 5 Consulta a Informações dos Clientes...

Leia mais

b) Público-alvo Profissionais que queiram atuar como Agentes Distribuidores de Derivativos ADD.

b) Público-alvo Profissionais que queiram atuar como Agentes Distribuidores de Derivativos ADD. TREINAMENTO DE AGENTE DISTRIBUIDOR DE DERIVATIVOS MODALIDADE ONLINE a) Objetivo Atender à demanda de todos que queiram atuar no mercado financeiro como agentes distribuidores de derivativos, oferecendo

Leia mais

Coordenação-Geral de Tecnologia e Segurança da Informação Coordenação de Sistemas de Informação Divisão de Sistemas Corporativos Tributários

Coordenação-Geral de Tecnologia e Segurança da Informação Coordenação de Sistemas de Informação Divisão de Sistemas Corporativos Tributários Coordenação-Geral de Tecnologia e Segurança da Informação Coordenação de Sistemas de Informação Divisão de Sistemas Corporativos Tributários Sistema de Informações ao Judiciário InfoJud Manual do Usuário

Leia mais

MANUAL DE REFERÊNCIA DO CLIENTE S

MANUAL DE REFERÊNCIA DO CLIENTE S MANUAL DE REFERÊNCIA DO CLIENTE S SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 CADASTRANDO-SE NO SISTEMA... 4 CADASTRANDO UM FAMILIAR... 7 ACESSANDO O SISTEMA já sou cadastrado... 8 COMO AGENDAR UMA CONSULTA pesquisar horários...

Leia mais

Vantagens para os clientes e Maersk

Vantagens para os clientes e Maersk Introdução O objetivo deste folder é fornecer o conhecimento básico necessário para que nossos clientes consigam utilizar o novo site de liberação de equipamentos desenvolvido pelo grupo Maersk. Aqui serão

Leia mais

Universidade Federal de Roraima Diretoria de Tecnologia da Informação SIG Software e Consultoria em T.I

Universidade Federal de Roraima Diretoria de Tecnologia da Informação SIG Software e Consultoria em T.I SIGRH - FÉRIAS Manual de Solicitação de Férias Portal do Servidor Perfil Chefe de Unidade 1 Perfis Envolvidos Gestor Férias: Gestor Férias e Administrador de Gestão Pessoal. Funcionários específicos da

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.12

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.12 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.12 Pagueban...2 Bancos...2 Configurando Contas...5 Aba Conta Banco...5 Fornecedores Referências Bancárias...7 Duplicatas a Pagar...9 Aba Geral...10 Aba PagueBan...11 Rastreamento

Leia mais

Sistema de Pedido de Registro e Inspeção online. Manual do Usuário

Sistema de Pedido de Registro e Inspeção online. Manual do Usuário Sistema de Pedido de Registro e Inspeção online Manual do Usuário Introdução O Sistema de Pedido de Registro e Inspeção online permite ao Criador e ao Inspetor proceder a todas providencias para que um

Leia mais

RMS Software S.A. - Uma empresa TOTVS. 11 2699-0008 www.rms.com.br

RMS Software S.A. - Uma empresa TOTVS. 11 2699-0008 www.rms.com.br PESQUISA DE PREÇO RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para o mercado de comércio e varejo.

Leia mais

Sistema de Bilhetagem Eletrônica

Sistema de Bilhetagem Eletrônica GUIA DE REFERÊNCIA SIB Sistema de Bilhetagem Eletrônica Projeto Sistema de Bilhetagem Eletrônica Documento MR (17/Maio/2011) Tabela 1 Histórico das alterações no documento Data Versão Autor Descrição 09/11/2010

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e)

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e) Manual da Declaração Eletrônica de Serviços de Instituições Financeiras (DES-IF) Todos os dados e valores apresentados neste manual são ficticios. Qualquer dúvida consulte a legislação vigente. Página

Leia mais

Funcionalidades do Sistema de Negociação de Créditos de Carbono. Anexo VIII

Funcionalidades do Sistema de Negociação de Créditos de Carbono. Anexo VIII Anexo VIII Este Manual do Usuário possui caráter informativo e complementar ao Edital do Leilão de Venda de Reduções Certificadas de Emissão nº 001/2012, promovido pela Prefeitura da Cidade de São Paulo

Leia mais

Perguntas e Respostas sobre Gerenciamento de Risco

Perguntas e Respostas sobre Gerenciamento de Risco Perguntas e Respostas sobre Gerenciamento de Risco 36 questões com gabarito FICHA CATALOGRÁFICA (Catalogado na fonte pela Biblioteca da BM&FBOVESPA Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros) GERENCIAMENTO

Leia mais

Modulo 05 ESTOQUE CGAINFOMÁTICA. Retwin

Modulo 05 ESTOQUE CGAINFOMÁTICA. Retwin Modulo 05 0 CGAINFOMÁTICA Retwin ESTOQUE 2 Estoque Sumário 5.1 Configuração Geral... 3 5.2 Entradas... 4 5.2.1 Manutenção... 4 5.2.2 Consulta... 6 5.2.3 Produção... 6 5.2.4 Relatórios... 8 5.3 Saídas...

Leia mais

DECLARAÇÕES DE PRODUTO

DECLARAÇÕES DE PRODUTO CERTIFICADO DE ORIGEM ON LINE FIERGS MANUAL DE OPERAÇÕES DECLARAÇÕES DE PRODUTO Inovação tecnológica através do uso de Ferramenta de WEB para maximização da qualidade e eficiência no atendimento, com redução

Leia mais

Manual Instrutivo Captura de Propostas Cartão Consignado

Manual Instrutivo Captura de Propostas Cartão Consignado Título da apresentação Manual Instrutivo Captura de Propostas Cartão Consignado Captura de Proposta Cartão Consignado Cadastro de Proposta Cartão Consignado O sistema deve ser acessado pelo site do PANCRED,

Leia mais

Guia de Implantação Bluesoft ERP Fechamento de Caixa

Guia de Implantação Bluesoft ERP Fechamento de Caixa Guia de Implantação Bluesoft ERP Fechamento de Caixa O que é o Fechamento de Caixa? O Fechamento de Caixa consiste, basicamente, em separar e conferir todos os recebimentos que há nos caixas. Essa tarefa

Leia mais

O que você precisa entender:

O que você precisa entender: Webmatic A comunicação do futuro entre seu escritório e seus clientes. O Webmatic permite aos clientes do seu escritório contábil 24h de acesso fácil e ágil, a todos os dados gerados pelo sistema Folhamatic,

Leia mais

Portal do Magistrado Guia Rápido Atualização Cadastral e Inclusão de IRPF

Portal do Magistrado Guia Rápido Atualização Cadastral e Inclusão de IRPF Acesso ao Portal do Magistrado Como entrar no Portal do Magistrado: ENDEREÇO ELETRÔNICO: www.portaldomagistrado.tjsp.jus.br/ptlpdb/ Conecte seu Certificado Digital ao computador e informe sua Senha de

Leia mais

Eventos Anulação e Retificação

Eventos Anulação e Retificação MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios SICONV Eventos Anulação e Retificação

Leia mais

CORE CloseOut Risk Evaluation Apresentação para mercado

CORE CloseOut Risk Evaluation Apresentação para mercado CORE CloseOut Risk Evaluation Apresentação para mercado Novembro de 2012 A implantação da integração das clearings da BM&FBOVESPA e do novo sistema de risco CORE (Closeout Risk Evaluation) depende de prévia

Leia mais

Portal dos Convênios - SICONV. Acompanhamento e Fiscalização Concedente, Instituição Mandatária e Convenente. Manual do Usuário

Portal dos Convênios - SICONV. Acompanhamento e Fiscalização Concedente, Instituição Mandatária e Convenente. Manual do Usuário MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios - SICONV Acompanhamento e Fiscalização

Leia mais

Gerencie Carteira - PF

Gerencie Carteira - PF Gerencie Carteira - PF Mais negócios para a sua empresa, com melhor resultado e o risco sob controle. Manual do Produto Manual do Produto 1 Índice Produto 02 Meio de acesso 02 Carteira de Clientes Pessoa

Leia mais

COMO REALIZAR A AUTENTICAÇÃO NO SISTEMA?...3

COMO REALIZAR A AUTENTICAÇÃO NO SISTEMA?...3 1 INDÍCE 1. COMO REALIZAR A AUTENTICAÇÃO NO SISTEMA?...3 1.1. PRIMEIRO ACESSO... 3 1.2. SOLICITAR NOVA SENHA... 4 2. COMO INFORMAR A SITUAÇÃO DOS ALUNOS?...6 2.1. DADOS DO DIRETOR/RESPONSÁVEL...6 2.2.

Leia mais

Executor. Perfil Convenente/Concedente/Executor

Executor. Perfil Convenente/Concedente/Executor MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DA INFORMAÇÃO Portal dos Convênios SICONV Executor Perfil Convenente/Concedente/Executor

Leia mais

Depois de clicar em Enviar Email, o cliente recebe uma notificação.

Depois de clicar em Enviar Email, o cliente recebe uma notificação. COMUNICADO INTERNO: PROCESSO PASSO A PASSO, SOBRE ORDEM DE SERVIÇO DIGITAL. INICIO DO PROCESSO:. COMO NOTIFICAR O CLIENTE Ao abrir a agenda o consultor ou o coordenador, podem enviar o e-mail de notificação

Leia mais

Código de Erros - Mensageria 20/09/2013

Código de Erros - Mensageria 20/09/2013 Histórico de Versões... 2 Erros Mensageria - SMP (tsmt.016.001.03)... 3 Erros Mensageria - Cadastro de Participantes e Contas... 3 Erros Mensageria - RTC... 11 Erros Mensageria - Tarifação... 20 1 Histórico

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA

MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA SISTEMA IMASUL DE REGISTROS E INFORMAÇÕES ESTRATÉGICAS DO MEIO AMBIENTE MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA Manual Operacional para uso exclusivo do módulo do Sistema Estadual de

Leia mais

Portal dos Convênios - SICONV. Prestação de Contas - Convenente. Manual do Usuário. Versão 1-12/07/2010

Portal dos Convênios - SICONV. Prestação de Contas - Convenente. Manual do Usuário. Versão 1-12/07/2010 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios - SICONV Prestação de Contas - Convenente

Leia mais

Portal Gestão de Recebimentos

Portal Gestão de Recebimentos Portal Gestão de Recebimentos Introdução O Portal Gestão de Recebimentos proporciona agilidade e rapidez na interação dos clientes HSBC com seus fornecedores. Permite a você consultar as operações liberadas

Leia mais

Roteiro de Acesso ao SIGRH UFG

Roteiro de Acesso ao SIGRH UFG Universidade Federal de Goiás Centro de Recursos Computacionais Roteiro de Acesso ao SIGRH UFG Os sistemas são melhores visualizados utilizando o Mozilla Firefox. Passo 1. Gerando seu Login Único: Acesse

Leia mais

Elaborado por SIGA-EPT. Projeto SIGA-EPT: Manual do Usuário Almoxarifado

Elaborado por SIGA-EPT. Projeto SIGA-EPT: Manual do Usuário Almoxarifado Elaborado por SIGA-EPT Projeto SIGA-EPT: Manual do Usuário Almoxarifado Versão Dezembro - 2009 Sumário 1 Introdução 5 1.1 Entrando no sistema e repassando as opções................... 5 1.2 Administração......................................

Leia mais

IPAD / GSAN. Manual Básico. GSAN Mobile Leitura Offline

IPAD / GSAN. Manual Básico. GSAN Mobile Leitura Offline IPAD / GSAN Manual Básico GSAN Mobile Leitura Offline Recife, PE Março / 2011 1 1) Introdução: O Projeto GSAN MOBILE de Leitura OFFLINE tem como objetivo modernizar o serviço de obtenção de dados para

Leia mais

Negociação de contratos futuros e de opções de milho na BVMF

Negociação de contratos futuros e de opções de milho na BVMF Negociação de contratos futuros e de opções de milho na BVMF Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Milho e Sorgo 11 de março de 2010 Agenda 1 Características do Mercado de Milho 2 Contratos Futuros e

Leia mais

Manual do e-dimed 4.0

Manual do e-dimed 4.0 Manual do e-dimed 4.0 Instalação e Configuração - Módulo Cliente Após a instalação do e-dimed ser efetuada, clique no atalho criado no desktop do computador. Será exibida a janela abaixo: A instalação

Leia mais

Índice. http://www.gosoft.com.br/atualiza/gosoftsigadmservico.pdf Versão 4.0

Índice. http://www.gosoft.com.br/atualiza/gosoftsigadmservico.pdf Versão 4.0 Índice I ENVIO DE BOLETOS POR E-MAIL... 2 APRESENTAÇÃO... 2 ALTERAÇÕES NO SIGADM CONDOMÍNIO... 4 ALTERAÇÕES NO SIGADM IMÓVEIS... 6 ALTERAÇÕES NO SIGADM CONCILIAÇÃO BANCÁRIA... 8 ALTERAÇÕES NO SIGADM CONDOMÍNIO

Leia mais

Atualizações da Versão... 3. Introdução aos Derivativos Realizados no Exterior... 5 Conhecendo o Produto... 6 Ações dos Botões das Telas...

Atualizações da Versão... 3. Introdução aos Derivativos Realizados no Exterior... 5 Conhecendo o Produto... 6 Ações dos Botões das Telas... Versão: 18/08/2014 Atualizado em: 11/05/2016 Derivativos Realizados no Exterior Conteúdo Atualizações da Versão... 3 Introdução aos Derivativos Realizados no Exterior... 5 Conhecendo o Produto... 6 Ações

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS

MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS NETPAN CDC VEÍCULOS LOJISTA ÍNDICE 1. ACESSO AO SISTEMA... 3 1.1. ABERTURA DO INTERNET EXPLORER...3 1.2. ACESSO AO NETPAN...3 1.2.1. Tela Inicial...4 1.2.2. Digitando o Nome

Leia mais

Processos de Compras. Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar

Processos de Compras. Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar Processos de Compras Tecinco Informática Ltda. Av. Brasil, 5256 3º Andar 1 Centro Cascavel PR www.tecinco.com.br Sumário Controle de Compras... 4 Parametrização... 4 Funcionamento... 4 Processo de Controle...

Leia mais

SISTEMA DE CONTROLE FINANCEIRO. Curitiba PR www.softwar.com.br suporte@softwar.com.br

SISTEMA DE CONTROLE FINANCEIRO. Curitiba PR www.softwar.com.br suporte@softwar.com.br SISTEMA DE CONTROLE FINANCEIRO Curitiba PR www.softwar.com.br suporte@softwar.com.br Esta é a primeira tela, aonde o usuário irá colocar o código de acesso para utilizar o software. Se for a primeira vez

Leia mais

TRAMITE Manual do usuário

TRAMITE Manual do usuário TRAMITE Manual do usuário Este documento refere-se à utilização do Sistema Tramitação dos Processos Índice 1) Requisitos mínimos para utilização...4 2) Identificação do Usuário...4 3) Objetivo...5 4) Tabelas

Leia mais

Universidade Federal de Roraima Diretoria de Tecnologia da Informação SIG Software e Consultoria em T.I

Universidade Federal de Roraima Diretoria de Tecnologia da Informação SIG Software e Consultoria em T.I SIGRH PLANO DE SAÚDE Manual de Adesão ao Plano de Saúde 1. Permissões para o Usuário Servidor Comum: Qualquer servidor ativo da Instituição. 2. Funcionalidades 2.1. Solicitação de Adesão ao Plano de Saúde

Leia mais

IRP Intenção de Registro de Preço SIASGNet Orientações - passo a passo

IRP Intenção de Registro de Preço SIASGNet Orientações - passo a passo 01 - Como acessar o módulo IRP IRP Intenção de Registro de Preço SIASGNet Orientações - passo a passo Para obter acesso ao módulo, Divulgação de Compras, o cadastrador parcial do Órgão/Unidade deverá acessar

Leia mais

Copyright 2004/2014 - VLC

Copyright 2004/2014 - VLC Escrituração Fiscal Manual do Usuário Versão 7.2 Copyright 2004/2014 - VLC As informações contidas neste manual são de propriedade da VLC Soluções Empresariais Ltda., e não poderão ser usadas, reproduzidas

Leia mais

PLANO DE SAÚDE. Tutorial Módulo Plano de Saúde

PLANO DE SAÚDE. Tutorial Módulo Plano de Saúde UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS Pró-Reitoria de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenadoria de Registro e Controle Financeiro PLANO DE SAÚDE Tutorial Módulo Plano de

Leia mais

Passo a Passo do Fluxo de Caixa no SIGLA Digital

Passo a Passo do Fluxo de Caixa no SIGLA Digital Página 1 de 9 Passo a Passo do Fluxo de Caixa no SIGLA Digital Este é um dos principais módulos do Sigla Digital. Ferramenta de controle financeiro das empresas cadastradas no Sigla Digital. Por essa ferramenta

Leia mais

GPD Gestão de Posições em Derivativos

GPD Gestão de Posições em Derivativos 2010 GPD Gestão de Posições em Derivativos BMF&Bovespa Versão 1.00 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. O NOVO SISTEMA... 3 3. Lista de Referência... 5 3.1 Definições... 5 3.1.1 CAB Central de Atendimento BM&FBOVESPA...

Leia mais

Treinamento. Módulo. Escritório Virtual. Sistema Office. Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual do sistema Office

Treinamento. Módulo. Escritório Virtual. Sistema Office. Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual do sistema Office Treinamento Módulo Escritório Virtual Sistema Office Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual do sistema Office 1. Atualização do sistema Para que este novo módulo seja ativado,

Leia mais

PORTAL DE RELACIONAMENTO GROUP

PORTAL DE RELACIONAMENTO GROUP PORTAL DE RELACIONAMENTO GROUP MANUAL DO USUÁRIO Portal de Relacionamento - Manual do usuário... 1 SUMÁRIO 1. Informações gerais... 3 2. Sobre este documento... 3 3. Suporte técnico... 3 4. Visão Geral

Leia mais

Bem Vindo ao Sistema PDV - Sistema Frente de Caixa

Bem Vindo ao Sistema PDV - Sistema Frente de Caixa Introdução 1 1 Introdução 1.1 Bem Vindo ao Sistema Bem Vindo ao Sistema PDV - Sistema Frente de Caixa Sistema desenvolvido nos mais altos padrões tecnológicos que tem por finalidade atender todas as exigências

Leia mais

Portal dos Convênios - SICONV. Prestação de Contas - Convenente. Manual do Usuário. Versão 2-26/11/2010

Portal dos Convênios - SICONV. Prestação de Contas - Convenente. Manual do Usuário. Versão 2-26/11/2010 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios - SICONV Prestação de Contas - Convenente

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO DO TERMINAL VIRTUAL - AVPOS

GUIA DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO DO TERMINAL VIRTUAL - AVPOS GUIA DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO DO TERMINAL VIRTUAL - AVPOS Bem vindo ao MOVER BRASIL-CARD, este guia tem como finalidade básica auxiliar o usuário na instalação e operação do software AVPos, Terminal Virtual

Leia mais

SISTEMA COOL 2.0V. (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO

SISTEMA COOL 2.0V. (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA COOL 2.0V (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO ÍNDICE Pré-requisitos para utilização do sistema....2 Parte I Navegador...2 Parte II Instalação do Interpretador de PDF...2 Parte III

Leia mais

UNICO... 3. Clientes/Fornecedores/Técnicos/Transportadoras/Vendedores... 5. Produtos... 6. Serviços... 6. Outros... 6. Vendas... 7. Notas Fiscais...

UNICO... 3. Clientes/Fornecedores/Técnicos/Transportadoras/Vendedores... 5. Produtos... 6. Serviços... 6. Outros... 6. Vendas... 7. Notas Fiscais... Sumário UNICO...... 3 Cadastros... 4 Clientes/Fornecedores/Técnicos/Transportadoras/Vendedores... 5 Produtos...... 6 Serviços...... 6 Outros...... 6 Vendas... 7 Notas Fiscais... 7 Estoque...8 Financeiro......

Leia mais

Relatório de Notas e Comentários

Relatório de Notas e Comentários Relatório de Notas e Comentários MT-611-00007 Última Atualização 25/04/2012 I. Objetivos Após este módulo de capacitação você será capaz de: 1. Consultar um relatório de notas e seus comentários II. Conceitos

Leia mais

Instruções de Preenchimento Situação do Aluno (Preliminar)

Instruções de Preenchimento Situação do Aluno (Preliminar) Instruções de Preenchimento Situação do Aluno (Preliminar) 1 2 Conteúdo INTRODUÇÃO... 4 AUTENTICAÇÃO... 5 AUTENTICAR USUÁRIO... 5 USUÁRIO SEM INFORMAÇÃO DE E-MAIL... 5 SOLICITAR NOVA SENHA... 7 Acesso

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS

MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS MANUAL OPERACIONAL DE SISTEMAS NETPAN CDC VEÍCULOS CONTATO COMERCIAL ÍNDICE 1. ACESSO AO SISTEMA... 3 1.1. ABERTURA DO INTERNET EXPLORER...3 1.2. ACESSO AO NETPAN...3 1.2.1. Tela Inicial...4 1.2.2. Digitando

Leia mais