Identificação da Unidade Escolar

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Identificação da Unidade Escolar"

Transcrição

1 Identificação da Unidade Escolar Etiqueta Endereço: Bairro: CEP: Tel.: Número alunos Ensino Médio: administrativo: pedagógico: Número alunos Ensino see.sp.gov.br Introdução Prezado(a) Sr(a). Diretor(a), Uma das metas desta gestão é garantir que as escolas da rede estadual tenham condições de infraestrutura e conexão que permitam ações de comunicação e de trabalho em rede, por ser esta uma exigência do mundo contemporâneo. A primeira ação para o alcance desta meta será o fornecimento e instalação do kit multimídia com acesso à Internet para a sala do professor, o que não apenas dará condições de suporte às atividades pedagógicas e acesso à Internet à sua equipe de professores, mas também possibilitará o oferecimento de atividades de capacitação em rede no próprio ambiente da escola, como a participação em videoconferências transmitidas pela Rede do Saber. Este kit será composto por computador, impressora e uma TV conectada ao computador, além do mobiliário correspondente. Para permitir o planejamento da adequação da infra-estrutura de lógica (pontos de rede para computadores) e de elétrica (tomadas), e também o dimensionamento de equipamentos, estamos solicitando que seja feito um levantamento das condições de informática de sua escola. Este levantamento terá duas etapas: a primeira será realizada pelo titular da unidade escolar, buscando envolver todos os profissionais da escola que possam colaborar prestando as informações solicitadas para o preenchimento deste questionário; a segunda será realizada por meio de uma visita da equipe da Diretoria de Ensino (ATP e estagiário da Rede do Saber), que fará a conferência destas informações. Esta visita será pré-agendada e, portanto, é imprescindível que tanto o(a) Sr(a). quanto os profissionais de sua equipe que colaboraram no preenchimento deste questionário estejam na escola na data da visita. Lembre-se: este questionário já deverá estar preenchido ANTES da visita da equipe da DE. Desde já, agradecemos a sua colaboração.

2 Nome e função do(s) responsável(is) pelo preenchimento deste questionário: Nome: Função: Nome: Função: ATENÇÃO: leia todo o questionário ANTES de iniciar o seu preenchimento. 1. Identificação da Sala dos Professores Todos os equipamentos que compõem o kit multimídia serão instalados, prioritariamente, na Sala dos Professores, no sentido de possibilitar a recepção de novos conteúdos informativos e de capacitação e, principalmente, para um melhor aproveitamento do atual ambiente de trabalho dos professores. Apenas no caso de existir alguma dificuldade de acomodação de pessoas ou fatores extremamente relevantes que impossibilitem a instalação dos novos equipamentos, solicitamos que seja definida uma nova sala na escola com características que permitam a preparação de infra-estrutura necessária para a chegada do novo kit professores por turno? Manhã: Tarde: Noite: 1.2. A Sala dos Professores comporta a totalidade de professores por turno? 1.3. Qual a área (em m 2 ) da sala de professores? m 2 Se a resposta da questão 1.2 for positiva, não é necessário responder a questão 1.4. Continue a leitura a partir do bloco 2. Identificação dos canais de comunicação. Caso contrário será necessário identificar uma nova sala para a instalação do kit multimídia levando em consideração as seguintes características: A sala deve ter capacidade para acomodar todos os professores (por turno) A distância máxima entre esta sala e o rack INTRAGOV não pode exceder 90 metros 1.4. Qual é a sala sugerida para a instalação do kit multimídia? (Ex.: Sala de TV e vídeo) 2. Identificação dos canais de comunicação LINK INTRAGOV O que é INTRAGOV? É uma rede de comunicação do Governo do Estado de São Paulo que conecta todas as secretarias e órgãos públicos do Estado, incluindo todas as escolas, através de um canal de comunicação (link).

3 Como identificar se a escola tem link INTRAGOV? Um link INTRAGOV poderá ser identificado através da localização dos seguintes equipamentos instalados dentro de um rack: Modem Roteador Imagens ilustrativas de Rack Rack fechado Rack aberto Obs.: Além do modem e do roteador, pode haver outros equipamentos instalados dentro do rack. Imagens ilustrativas de Modem Exemplo 1 Exemplo 2 Exemplo 3 Obs.: As fotos ilustram três modelos de modem, porém você poderá encontrar outros modelos. Imagens ilustrativas de Roteador Roteador 3com Roteador Cisco Obs.: As fotos ilustram dois modelos de roteador. Neste caso, a identificação será realizada pela marca do equipamento que poderá ser somente 3com ou Cisco. Importante: Se você não encontrou o roteador, a escola ainda NÃO possui link INTRAGOV.

4 Com a identificação desses equipamentos, você já está apto a responder: 2.1. A escola tem link INTRAGOV? Mesmo com a resposta afirmativa, algumas escolas podem estar com o link inoperante (link não habilitado, pendência de configuração, falhas técnicas etc.); portanto, certifique-se de que o mesmo está sendo utilizado e funcionando corretamente O link INTRAGOV está funcionando? 2.3. Em qual sala está instalado o rack INTRAGOV? Secretaria Diretoria S.A.I. Biblioteca Sala dos Professores Outra: FIREWALL SONICWALL O que é o Firewall SonicWall? O Firewall SonicWall é um equipamento que foi instalado nas escolas com o objetivo de dividir (segmentar) a rede de computadores da escola e prover segurança. Na maioria dos casos, o SonicWall separa (segmenta) a rede administrativa (secretaria e diretoria) da rede pedagógica (S.A.I. - Sala Ambiente de Informática). Como identificar o Firewall SonicWall? Por padrão, o SonicWall é instalado junto ao roteador e ao modem que dão acesso à rede INTRAGOV. Nas escolas que ainda não possuem o link INTRAGOV, ele deve estar instalado no rack, aguardando a chegada do roteador e do modem. As ilustrações abaixo auxiliarão na identificação do SonicWall: Imagens ilustrativas do SonicWall Parte frontal: Leds indicativos Parte traseira: Portas 2.4. A escola tem o firewall SonicWall? 2.5. O SonicWall está instalado dentro do rack?

5 Na parte traseira do SonicWall existem 8 portas: 1 porta CONSOLE 1 porta WAN 1 porta OPTIONAL 5 portas LAN As 5 portas LAN estão agrupadas, como pode ser observado na imagem abaixo: OPT Console WAN Roteador LAN 5 portas Identifique essas 5 portas LAN para responder a próxima questão Das 5 portas LAN, quantas estão livres (sem nenhum cabo plugado)? Nenhuma Sobre a distância da sala até o rack INTRAGOV e a rede elétrica Para viabilizar a instalação do kit multimídia na sala dos professores (ou sala sugerida na questão 1.4) será necessário preparar a infra-estrutura lógica (pontos de rede) e elétrica (tomadas). Este serviço de adequação será realizado de forma centralizada por uma empresa contratada pela FDE. Para gerar as instruções de serviço, solicitamos o preenchimento das questões abaixo: 3.1. Qual a distância do rack INTRAGOV até a Sala dos Professores (ou sala sugerida na questão 1.4)? Menor que 20 metros de 20 a 40 metros de 41 a 60 metros de 61 a 80 metros de 81 a 90 metros maior que 90 metros 3.2. Qual a distância do quadro elétrico mais próximo da Sala dos Professores (ou sala sugerida na questão 1.4)? Menor que 20 metros de 20 a 40 metros de 41 a 60 metros Maior que 60 metros 3.3. A rede elétrica da escola apresenta falhas com freqüência? (exemplos de falhas: sobrecarga/ quedas, falta de fornecimento, curto-circuito etc.) 4. Acomodação do kit multimídia na Sala dos Professores (ou sala sugerida na questão 1.4) Além da utilização do novo computador para atividades de cunho pedagógico e de pesquisa, o kit multimídia possibilitará a exibição de diversos conteúdos audiovisuais diretamente na TV, como video-

6 conferências, por exemplo. Por esse motivo, é necessário ter as seguintes preocupações no momento da definição do local de instalação dos equipamentos: O computador e a TV devem, obrigatoriamente, ser instalados um ao lado do outro, pois serão interligados por um cabo especial; A TV deverá ser posicionada em local que não cause desconforto aos expectadores, nem em posição que gere reflexos de luz indesejáveis; Se necessário, deve-se remanejar mobiliários existentes (armários, quadros, mesas etc.). No dia da visita do ATP e do estagiário da Rede do Saber, todas as dúvidas poderão ser discutidas com o intuito de definir o posicionamento ideal do kit. Após o consenso, o estagiário realizará uma marcação com fita adesiva no local definido, facilitando, dessa forma, a execução dos serviços de infra-estrutura pela empresa contratada. IMPORTANTE: O computador e impressora serão acomodados em mobiliário já entregue pela FDE (mesa e cadeira); portanto este material deve ser previamente localizado e disponibilizado na Sala dos Professores. Imagens ilustrativas da Mesa 4.1. A mesa e a cadeira foram localizadas? haverá necessidade de nenhuma preocupação com relação à acomodação da TV, visto que será entregue, pela FDE, um novo móvel para este fim. 5. institucional Durante a visita, os estagiários da Rede do Saber irão revalidar os s institucionais (pedagógico e administrativo) das unidades escolares. Nesse momento será imprescindível a presença do(s) usuário(s) desses s. Portanto, solicitamos identificá-lo(s) previamente e convocá-lo(s) para estar(em) presente(s) na data em que a visita tenha sido agendada. Identificação dos usuários dos s institucionais: Administrativo Nome: Função: Pedagógico Nome: Função:

7 6. Levantamento sobre as condições de infra-estrutura 6.1. S.A.I. Sala Ambiente de Informática Informações técnicas necessárias para responder as próximas questões (*) Switch : É um dispositivo que permite que diversos computadores acessem aplicações de servidores e/ou dispositivos compartilhados na rede (por exemplo, a impressora). Exemplo 1 Exemplo 2 Obs.: As fotos ilustram dois modelos de switch, porém você poderá encontrar outros modelos. Questões S.A.I. 1 S.A.I. 2 S.A.I. 3 A escola tem a S.A.I. (Sala Ambiente de Informática)? Qual a área em m 2? Possui rack para acomodar o switch (*) de rede? Possui switch de rede? Se existe switch, quantas portas ele tem? Existe um quadro elétrico exclusivo para esta sala? Qual a distância (em metros) do rack INTRAGOV até esta sala? A sala possui quantos pontos de rede? A sala possui quantos pontos de elétrica (tomadas)? Existe um computador servidor nesta sala? Qual é a quantidade de computadores que

8 Questões S.A.I. 1 S.A.I. 2 S.A.I. 3 computadores que não Se existem computadores novos que ainda não foram instalados, informe a quantidade. Qual é a quantidade de estabilizadores que estabilizadores que não impressoras que impressoras que não Se existem impressoras novas que ainda não foram instaladas, informe a quantidade. mesas para computador? cadeiras? Os alunos podem acessar a internet nesta sala? Existe solicitação de obra/ projeto de readequação para esta sala?

9 6.2. Secretaria, Diretoria, Biblioteca e Sala dos Professores Obs.: preencher os campos desabilitados (células com uma linha na diagonal). Questões Secretaria Diretoria Biblioteca Sala dos Professores Existem estas salas? Qual a distância (em metros) do rack INTRAGOV até esta sala? A sala possui quantos pontos de rede? A sala possui quantos pontos de elétrica (tomadas)? Qual é a quantidade de computadores que computadores que não Se existem computadores novos que ainda não foram instalados, informe a quantidade. Qual é a quantidade de estabilizadores que estabilizadores que não impressoras que impressoras que não Se existem impressoras novas que ainda não foram instaladas, informe a quantidade. Quantos computadores têm acesso à INTRAGOV?

10 6.3. Demais salas com ponto de rede e/ou computador Atenção: Nas unidades escolares onde existe o ambiente da Rede do Saber, desconsiderar essas salas. Questões Sala1 Sala 2 Sala 3 Sala 4 Qual é o nome da sala? A sala possui quantos pontos de rede? Qual é a quantidade de computadores que computadores que não Se existem computadores novos que ainda não foram instalados, informe a quantidade. 7. Levantamento sobre antena parabólica e receptor digital No último ano, a SEE/SP adquiriu um kit de recepção digital para teleconferências, composto por uma antena parabólica e um receptor digital, para todas as unidades escolares. Imagens ilustrativas da antena parabólica e receptor digital Antena parabólica Zinwell Receptor digital Zinwell ZDX 7000 Com o propósito de identificar se esses equipamentos estão instalados, solicitamos que respondam o questionário a seguir: 7.1. Sua unidade escolar recebeu a antena parabólica da marca ZINWELL? 10

11 7.2. Essa antena parabólica está instalada? 7.3. Sua unidade escolar recebeu o receptor digital da marca ZINWELL? Para identificar se o receptor digital está instalado, é necessário verificar se o cabo coaxial está conectado no receptor conforme ilustração abaixo: Imagens ilustrativas da instalação do receptor digital Cabo coaxial Cabo conectado no receptor 7.4. O receptor digital está instalado conforme a ilustração? A ser preenchido pela equipe da Diretoria de Ensino Data da visita: / / Data do lançamento dos dados no sistema: / / Observações: 11

12 12

PROJETO KIT MULTIMÍDIA NA SALA DO PROFESSOR

PROJETO KIT MULTIMÍDIA NA SALA DO PROFESSOR PROJETO KIT MULTIMÍDIA NA SALA DO PROFESSOR Julho/2008 Instalação do 2 Kit Multimídia SUMÁRIO PARTE 1: INSTALAÇÃO DO KIT MULTIMÍDIA........................................... 5 1. INTRODUÇÃO.....................................................................

Leia mais

GUIA DO USUÁRIO PROINFO 83 GUIA DO USUÁRIO PARA REMANEJAMENTO DE EQUIPAMENTOS INOPERANTES

GUIA DO USUÁRIO PROINFO 83 GUIA DO USUÁRIO PARA REMANEJAMENTO DE EQUIPAMENTOS INOPERANTES GUIA DO USUÁRIO PROINFO 83 GUIA DO USUÁRIO PARA REMANEJAMENTO DE EQUIPAMENTOS INOPERANTES Índice CAPÍTULO 1 REMANEJAMENTO DE TERMINAIS... 3 1. Objetivo... 3 2. Equipamentos do Laboratório... 3 3. Composições...

Leia mais

Concessão de licença para pólo educacional técnico-ead

Concessão de licença para pólo educacional técnico-ead Concessão de licença para pólo educacional técnico-ead O objetivo deste documento é orientar a você, representante de escola, que participou do último evento ou viu nosso conteúdo no blog e tem o interesse

Leia mais

PRODAM - Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Mun. SP DIT- Diretoria de Infraestrutura e Tecnologia CPI - Comissão de Planejamento e

PRODAM - Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Mun. SP DIT- Diretoria de Infraestrutura e Tecnologia CPI - Comissão de Planejamento e PRODAM - Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Mun. SP DIT- Diretoria de Infraestrutura e Tecnologia CPI - Comissão de Planejamento e Implantação 1. Objetivo Esta cartilha tem o objetivo

Leia mais

Figura 1 Taxas de transmissão entre as redes

Figura 1 Taxas de transmissão entre as redes Conceitos de Redes Locais A função básica de uma rede local (LAN) é permitir a distribuição da informação e a automatização das funções de negócio de uma organização. As principais aplicações que requerem

Leia mais

Governo do Estado de Minas Gerais Secretaria de Estado de Saúde. AGTI Assessoria de Gestão de Tecnologia da Informação. Procedimentos Técnicos

Governo do Estado de Minas Gerais Secretaria de Estado de Saúde. AGTI Assessoria de Gestão de Tecnologia da Informação. Procedimentos Técnicos Procedimentos Técnicos Ativação da Antena Satélite Versão: 1.00 06.Jul.2012 Responsável: Marcos Milagres ( rede@saude.mg.gov.br ) Entendendo o funcionamento do serviço: Figura 01 - Esquemático O acesso

Leia mais

GUIA DO CLIENTE VETTI INSTALANDO SEU KIT A-HD

GUIA DO CLIENTE VETTI INSTALANDO SEU KIT A-HD GUIA DO CLIENTE VETTI INSTALANDO SEU KIT A-HD Conteúdo 1. Apresentação... 2 1.1. Opções de Gravação... 2 2. Instalação da câmera... 2 3. Instalando e Configurando CMS VETTI... 3 3.1. Instalando o CMS VETTI...

Leia mais

STK (Start Kit DARUMA) Realizando Comunicação através do TERMINAL SERVER Windows 2008 (Utilizando a DarumaFramework.dll)

STK (Start Kit DARUMA) Realizando Comunicação através do TERMINAL SERVER Windows 2008 (Utilizando a DarumaFramework.dll) STK (Start Kit DARUMA) Realizando Comunicação através do TERMINAL SERVER Windows 2008 (Utilizando a DarumaFramework.dll) Este STK dividiu-se em três etapas, que são: Configuração do Windows 2008 server;

Leia mais

COMO CONFIGURAR UM ROTEADOR

COMO CONFIGURAR UM ROTEADOR COMO CONFIGURAR UM ROTEADOR Os equipamentos de sua conexão (computador, modem, roteador, etc.) são muito sensíveis às oscilações de energia. Por isso, sempre que possível, mantenha os ligados a um estabilizador

Leia mais

Agora você tem a mais moderna tecnologia em internet de ultravelocidade via fibra ótica.

Agora você tem a mais moderna tecnologia em internet de ultravelocidade via fibra ótica. Guia Rápido Agora você tem a mais moderna tecnologia em internet de ultravelocidade via fibra ótica. Seus downloads e uploads ficaram muito mais velozes, com transmissão de dados feita por fibra ótica,

Leia mais

Rede Corporativa. Tutorial 10 mar 2009 Fabio Montoro. Introdução

Rede Corporativa. Tutorial 10 mar 2009 Fabio Montoro. Introdução Tutorial 10 mar 2009 Fabio Montoro Rede Corporativa Introdução Rede corporativa é um sistema de transmissão de dados que transfere informações entre diversos equipamentos de uma mesma corporação, tais

Leia mais

Guia de instalação. 3. Acesse o menu novamente vá em SISTEMA, CANAL GESTÃO e DIGITAL CHANNELS

Guia de instalação. 3. Acesse o menu novamente vá em SISTEMA, CANAL GESTÃO e DIGITAL CHANNELS Guia de instalação 1. Instalação da câmera: Passo 1 - Coloque a câmera no lugar desejado e insira uma ponta do cabo de rede RJ-45 no respectivo adaptador POE, que vem acompanhando em seu kit easycam, e

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO FNDE 23/2012

MANUAL DE INSTALAÇÃO FNDE 23/2012 MANUAL DE INSTALAÇÃO FNDE 23/2012 Índice 1 INSTALAÇÃO PROINFO 23... 4 1.1 Material necessário para instalação ou manutenção... 4 1.2 Componentes... 4 1.3 Kit de Segurança... 5 2 Composições... 5 2.1 Servidor...

Leia mais

Manual de Usuário. Gestion Libre de Parc Informatique (Gestão Livre de Parque de Informática) Versão 1.1 NRC

Manual de Usuário. Gestion Libre de Parc Informatique (Gestão Livre de Parque de Informática) Versão 1.1 NRC Manual de Usuário Gestion Libre de Parc Informatique (Gestão Livre de Parque de Informática) Versão 1.1 NRC Manual do Usuário GLPI 1. Introdução 3 2. Acessando o GLPI 4 3. Entendendo o processo de atendimento

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Criação de Formulários no Google Drive Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Criação de Formulários no Google Drive Introdução...

Leia mais

internet Fibra Guia de informações TELPF-4499_Guia_Internet_V6_REV.indd 1

internet Fibra Guia de informações TELPF-4499_Guia_Internet_V6_REV.indd 1 internet Fibra Guia de informações TELPF-4499_Guia_Internet_V6_REV.indd 1 9/19/14 5:45 PM Aproveite! Agora você tem o melhor em banda larga com ultravelocidade de ponta a ponta. Para curtir ao máximo todos

Leia mais

Breve descrição (clique no link para informações mais detalhadas)

Breve descrição (clique no link para informações mais detalhadas) SERVIÇO Conexão à Internet Breve descrição (clique no link para informações mais detalhadas) Conexão à Internet por meio da Intragov, com velocidades que variam de 512Kbps a 10Mbps para escolas e 2 a 34

Leia mais

4. Quais são os serviços que podem ser utilizados através desta Tecnologia? 6. O Adaptador PLC causa um aumento no consumo de Energia Elétrica?

4. Quais são os serviços que podem ser utilizados através desta Tecnologia? 6. O Adaptador PLC causa um aumento no consumo de Energia Elétrica? 1. O que significa PLC - PowerLine Communications? 2. Quais são as características técnicas do PLC? 3. Quais são as vantagens da Tecnologia PLC? 4. Quais são os serviços que podem ser utilizados através

Leia mais

Manual Telemetria - RPM

Manual Telemetria - RPM Sumário Apresentação... 2 Home... 2 Definição do Idioma... 3 Telemetria RPM... 4 Pré-requisitos necessários para utilizar o menu Telemetria RPM... 5 Faixas RPM... 11 Configura Faixa do Veículo... 15 Acumulado

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA Programa e-tec Brasil

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA Programa e-tec Brasil MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA Programa e-tec Brasil INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO DE POLO Endereço Rua Joaquim José Terra, 13 Cidade /UF/CEP Alterosa/MG 37.145-000

Leia mais

Roteador 3G sem fio N 150MBPS

Roteador 3G sem fio N 150MBPS Roteador 3G sem fio N 150MBPS Guia Rápido Você acaba de adquirir um produto Leadership, testado e aprovado por diversos consumidores em todo Brasil. Neste manual estão contidas todas as informações necessárias

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. Serviços de informática. Prefeitura Municipal de Vitória das Missões-RS

TERMO DE REFERÊNCIA. Serviços de informática. Prefeitura Municipal de Vitória das Missões-RS TERMO DE REFERÊNCIA Serviços de informática Prefeitura Municipal de Vitória das Missões-RS 1 I VISITA IN LOCO No dia 24 de junho de 2014 na sede da Prefeitura Municipal de Vitória das Missões-RS realizamos

Leia mais

Manual de Usuário. Gestion Libre de Parc Informatique (Gestão Livre de Parque de Informática) Versão 1.0 Afonso Ueslei da Fonseca

Manual de Usuário. Gestion Libre de Parc Informatique (Gestão Livre de Parque de Informática) Versão 1.0 Afonso Ueslei da Fonseca Manual de Usuário Gestion Libre de Parc Informatique (Gestão Livre de Parque de Informática) Versão 1.0 Afonso Ueslei da Fonseca Manual do Usuário GLPI 1. Introdução 3 2. Acessando o GLPI 4 3. Entendendo

Leia mais

internet Fibra Guia de informações

internet Fibra Guia de informações internet Fibra Guia de informações Aproveite! Agora você tem o melhor em banda larga com ultravelocidade de ponta a ponta. Para curtir ao máximo todos os recursos da sua Vivo Internet Fibra, conheça as

Leia mais

NEAD/CÂMPUS: : POLO:

NEAD/CÂMPUS: : POLO: ANEXO DA RESOLUÇÃO AD REFERENDUM Nº 015 CONSUPER/2013 ANEXO I INSTRUMENTO DE ANÁLISE E AVALIAÇÃO PARA A CRIAÇÃO DE POLO EAD Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Catarinense PRÓ- REITORIA

Leia mais

GUIA DO CLIENTE VETTI INSTALANDO SEU KIT IP-Onvif 720P

GUIA DO CLIENTE VETTI INSTALANDO SEU KIT IP-Onvif 720P GUIA DO CLIENTE VETTI INSTALANDO SEU KIT IP-Onvif 720P Conteúdo 1. Apresentação... Erro! Indicador não definido. 1.1. Opções de Gravação... Erro! Indicador não definido. 2. Instalação da câmera IP-Onvif

Leia mais

O relacionamento direto com o cliente, respeito mútuo, responsabilidade, flexibilidade e adaptabilidade são os principais valores da Infolux.

O relacionamento direto com o cliente, respeito mútuo, responsabilidade, flexibilidade e adaptabilidade são os principais valores da Infolux. A NOSSA HISTÓRIA A Infolux Informática possui seu foco de atuação voltado para o mercado corporativo, auxiliando micro, pequenas e médias empresas na tarefa de extrair o máximo de benefícios com investimentos

Leia mais

Atualizaça o do Playlist Digital

Atualizaça o do Playlist Digital Atualizaça o do Playlist Digital Prezados Clientes, Nós da Playlist Software Solutions empresa líder de mercado no desenvolvimento de software para automação de rádios - primamos pela qualidade de nossos

Leia mais

Agora você tem a mais moderna tecnologia em internet de ultravelocidade via fibra ótica.

Agora você tem a mais moderna tecnologia em internet de ultravelocidade via fibra ótica. Guia Rápido Agora você tem a mais moderna tecnologia em internet de ultravelocidade via fibra ótica. Seus downloads e uploads ficaram muito mais velozes, com transmissão de dados feita por fibra ótica,

Leia mais

1. Objetivos da 2ª Etapa do Treinamento de Avaliadores:

1. Objetivos da 2ª Etapa do Treinamento de Avaliadores: ª 1. Objetivos da 2ª Etapa do Treinamento de Avaliadores: Etapas do Processos de Avaliação Abordar de maneira descritiva cada etapa do Processo de Avalição na prática. Etapas do Processos de Avaliação

Leia mais

GUIA DO CLIENTE VETTI INSTALANDO SUA CÂMERA IP ROBOT SD

GUIA DO CLIENTE VETTI INSTALANDO SUA CÂMERA IP ROBOT SD GUIA DO CLIENTE VETTI INSTALANDO SUA CÂMERA IP ROBOT SD Primeiramente, gostaríamos de realçar a importância de termos como nosso cliente. Agradecemos por escolher nossos produtos 1. Instalação da câmera...

Leia mais

WEBCONFERÊNCIAS GUIA PRÁTICO

WEBCONFERÊNCIAS GUIA PRÁTICO WEBCONFERÊNCIAS GUIA PRÁTICO 1 DESCRIÇÃO 1.1 QUE É UMA WEBCONFERÊNCIA? Uma webconferência é uma modalidade de teleconferência que é realizada via internet. Como não necessita de equipamentos especiais,

Leia mais

Audiência Pública. Diretorias de Ensino da Rede Pública Estadual de Educação de São Paulo e demais órgãos vinculados

Audiência Pública. Diretorias de Ensino da Rede Pública Estadual de Educação de São Paulo e demais órgãos vinculados Audiência Pública Aquisição de firewall, switch, licença de antivírus de estação, sistema de gerenciamento centralizado e serviços de instalação, configuração, manutenção e suporte técnico, objetivando

Leia mais

Manual Sistema MLBC. Manual do Sistema do Módulo Administrativo

Manual Sistema MLBC. Manual do Sistema do Módulo Administrativo Manual Sistema MLBC Manual do Sistema do Módulo Administrativo Este documento tem por objetivo descrever as principais funcionalidades do sistema administrador desenvolvido pela MLBC Comunicação Digital.

Leia mais

1º Passo Complemento de Segurança (Apenas no primeiro acesso)

1º Passo Complemento de Segurança (Apenas no primeiro acesso) Como realizar Associação de Veículos e Itens Ao abrir o aplicativo, você terá que se autenticar, informando seu CPF, RNTRC e senha. O RNTRC é relativo ao Transportador ao qual você estará atendendo e realizará

Leia mais

O questionário a seguir é parte do processo de avaliação de nossa Instituição. Suas respostas serão protegidas pelo mais absoluto sigilo.

O questionário a seguir é parte do processo de avaliação de nossa Instituição. Suas respostas serão protegidas pelo mais absoluto sigilo. Cuiabá, Agosto de 2008. Prezado Servidor, O questionário a seguir é parte do processo de avaliação de nossa Instituição. Precisamos da sua participação. Para tanto, você deve responder a todas as questões,

Leia mais

Manual de Boas Práticas para Fornecedores do Cartão BNDES

Manual de Boas Práticas para Fornecedores do Cartão BNDES Manual de Boas Práticas para Fornecedores do Cartão BNDES Atualizado em 15/05/14 Pág.: 1/6 Introdução O Cartão BNDES é um meio de pagamento baseado no conceito de cartão de crédito e que visa financiar

Leia mais

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TELECOMUNICAÇÕES As telecomunicações referem -se à transmissão eletrônica de sinais para as comunicações, incluindo meios como telefone, rádio e televisão. As telecomunicações

Leia mais

Estamos muito felizes por compartilhar com você este novo serviço educacional do Centro Universitário de Patos de Minas.

Estamos muito felizes por compartilhar com você este novo serviço educacional do Centro Universitário de Patos de Minas. PALAVRA DO COORDENADOR Estimado, aluno(a): Seja muito bem-vindo aos Cursos Livres do UNIPAM. Estamos muito felizes por compartilhar com você este novo serviço educacional do Centro Universitário de Patos

Leia mais

1 Introdução... 4. Características... 4 Requisitos do Dispositivo... 5. 2 Conhecendo o dispositivo... 6

1 Introdução... 4. Características... 4 Requisitos do Dispositivo... 5. 2 Conhecendo o dispositivo... 6 Índice 1 Introdução... 4 Características... 4 Requisitos do Dispositivo... 5 2 Conhecendo o dispositivo... 6 Verificação dos itens recebidos... 6 Painel Frontal... 7 Painel Traseiro... 8 3 Conectando o

Leia mais

Tutorial básico para web conferência

Tutorial básico para web conferência Tutorial básico para web conferência O objetivo deste tutorial é habilitá-lo, de maneira rápida e prática, para a utilização otimizada da ferramenta de web conferência, que são as salas virtuais, em ambiente

Leia mais

GUIA DO CLIENTE VETTI INSTALANDO SUA CÂMERA IP ROBOT

GUIA DO CLIENTE VETTI INSTALANDO SUA CÂMERA IP ROBOT GUIA DO CLIENTE VETTI INSTALANDO SUA CÂMERA IP ROBOT Primeiramente, gostaríamos de realçar a importância de termos como nosso cliente. Agradecemos por escolher nossos produtos 1. Instalação da câmera...

Leia mais

Solicitação de Equipamento Verba de Projeto Abril 2006

Solicitação de Equipamento Verba de Projeto Abril 2006 Solicitação de Equipamento Verba de Projeto Abril 2006 2 Sumário 1 DEFINIÇÃO DE WORKFLOW... 3 2 WORKFLOW DE SOLICITAÇÃO DE EQUIPAMENTO COM VERBA DE PROJETO. 4 2.1 FINALIDADE... 4 2.2 ESTRUTURA DO E-MAIL

Leia mais

Procedimento de configuração para usuários VONO

Procedimento de configuração para usuários VONO Adaptador de telefone analógico ZOOM Procedimento de configuração para usuários VONO Modelos 580x pré configurados para VONO 1 - Introdução Conteúdo da Embalagem (ATENÇÃO: UTILIZE APENAS ACESSÓRIOS ORIGINAIS):

Leia mais

BuscaPreço Gertec V3.0

BuscaPreço Gertec V3.0 BuscaPreço Gertec V3.0 Gertec Telecomunicações Ltda. Manual do Usuário 1 DESCRIÇÃO... 3 RECONHECENDO O TERMINAL... 4 INSTALAÇÃO DO TERMINAL... 5 CONFIGURAÇÃO DO TERMINAL... 5 CONFIGURANDO PELO TECLADO...

Leia mais

2º TRIMESTRE 01/04/2014 a 30/06/2014 RELATÓRIO

2º TRIMESTRE 01/04/2014 a 30/06/2014 RELATÓRIO 2º TRIMESTRE 01/04/2014 a 30/06/2014 RELATÓRIO Relatório das atividades realizadas no primeiro trimestre do Setor de Suporte e Informática. EQUIPE: Raimundo Gadelha Fontes Filho (Assessor de Suporte e

Leia mais

SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR SINAES CREDENCIAMENTO DE PÓLO DE APOIO PRESENCIAL PARA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

SISTEMA NACIONAL DE AVALIAÇÃO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR SINAES CREDENCIAMENTO DE PÓLO DE APOIO PRESENCIAL PARA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação a Distância SEED Departamento de Regulação e Supervisão da Educação a Distância - Dresead Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira

Leia mais

GUIA DO CLIENTE VETTI INSTALANDO SUA CÂMERA IP ROBOT

GUIA DO CLIENTE VETTI INSTALANDO SUA CÂMERA IP ROBOT GUIA DO CLIENTE VETTI INSTALANDO SUA CÂMERA IP ROBOT Primeiramente, gostaríamos de realçar a importância de termos como nosso cliente. Agradecemos por escolher nossos produtos 1. Instalação da câmera...

Leia mais

Manual de Instruções para Instalação do Set Top Box (STB) da LIVING TV

Manual de Instruções para Instalação do Set Top Box (STB) da LIVING TV Manual de Instruções para Instalação do Set Top Box (STB) da LIVING TV O que é LIVING TV LIVING TV é um canal de televisão baseado nos conceitos de BEM ESTAR, SAÚDE e ENTRETENIMENTO. É produzido ESPECIALMENTE

Leia mais

Dia de Descoberta Familiar da RootsTech DIRETRIZES TÉCNICAS ATUALIZAÇÃO DE OUTUBRO DE 2014

Dia de Descoberta Familiar da RootsTech DIRETRIZES TÉCNICAS ATUALIZAÇÃO DE OUTUBRO DE 2014 Dia de Descoberta Familiar da RootsTech DIRETRIZES TÉCNICAS ATUALIZAÇÃO DE OUTUBRO DE 2014 1. Visão Geral O conteúdo para seu Dia de Descoberta Familiar local será fornecido pela RootsTech, uma conferência

Leia mais

Manual do usuário Vídeo Porteiro Sem Fio VPV-800

Manual do usuário Vídeo Porteiro Sem Fio VPV-800 Manual do usuário Vídeo Porteiro Sem Fio VPV-800 Atenção: Antes de operar o equipamento, leia o manual do usuário, qualquer dano causado decorrente de utilização errônea do mesmo implicará na perda imediata

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA GLPI

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA GLPI MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA GLPI Setembro de 2013 Objetivo: Esse manual, baseado no manual GLPI feito pela DTI, tem como objetivo principal instruir os usuários quanto à utilização do GLPI, sistema

Leia mais

Manual de Atualização Versão 3.6.4.

Manual de Atualização Versão 3.6.4. Manual de Atualização Versão 3.6.4. Sumário 1. AVISO... 1 2. INTRODUÇÃO... 2 3. PREPARAÇÃO PARA ATUALIZAÇÃO... 3 4. ATUALIZANDO GVCOLLEGE E BASE DE DADOS... 7 5. HABILITANDO NOVAS VERSÕES DO SISTEMA....

Leia mais

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO 1 ÍNDICE 1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO... 3 1.1 REQUISITOS BASICOS DE SOFTWARE... 3 1.2 REQUISITOS BASICOS DE HARDWARE... 3 2 EXECUTANDO O INSTALADOR... 3 2.1 PASSO 01... 3 2.2 PASSO

Leia mais

Manual de Sistema - DDMantra

Manual de Sistema - DDMantra Prezado Cliente Bysoft Você acaba de adquirir um sistema de recuperação e consulta de informações automáticas do Mantra Neste material, você encontrará explicações de todos os recursos oferecidos pelo

Leia mais

Manual de Utilização do GLPI

Manual de Utilização do GLPI Manual de Utilização do GLPI Perfil Usuário Versão 1.0 NTI Campus Muzambinho 1 Introdução Prezado servidor, o GLPI é um sistema de Service Desk composto por um conjunto de serviços para a administração

Leia mais

Índice. Para encerrar um atendimento (suporte)... 17. Conversa... 17. Adicionar Pessoa (na mesma conversa)... 20

Índice. Para encerrar um atendimento (suporte)... 17. Conversa... 17. Adicionar Pessoa (na mesma conversa)... 20 Guia de utilização Índice Introdução... 3 O que é o sistema BlueTalk... 3 Quem vai utilizar?... 3 A utilização do BlueTalk pelo estagiário do Programa Acessa Escola... 5 A arquitetura do sistema BlueTalk...

Leia mais

Manual de utilização do módulo NSE METH-8RL/Exp

Manual de utilização do módulo NSE METH-8RL/Exp INSTALAÇÃO 1 - Baixe o arquivo Software Configurador Ethernet disponível para download em www.nse.com.br/downloads-manuais e descompacte-o em qualquer pasta de sua preferência. 2 - Conecte a fonte 12Vcc/1A

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 058/2015, DE 01 DE SETEMBRO DE 2015

RESOLUÇÃO Nº 058/2015, DE 01 DE SETEMBRO DE 2015 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS Conselho Superior Avenida Vicente Simões, 1111 Bairro Nova Pouso Alegre 37550-000 - Pouso Alegre/MG Fone:

Leia mais

CONCEITOS BÁSICOS DE REDES E FIREWALL

CONCEITOS BÁSICOS DE REDES E FIREWALL Secretaria Municipal de Educação SME Coordenadoria de Tecnologia da Informação e Comunicação CTIC Núcleo de Tecnologia Municipal NTM CONCEITOS BÁSICOS DE REDES E FIREWALL Amauri Soares de Brito Mário Ângelo

Leia mais

SISTEMA DE ABERTURA DE CHAMADOS TÉCNICOS DE INFORMÁTICA GLPI ( GESTÃO LIVRE DE PARQUE DE INFORMÁTICA ) Manual do Usuário

SISTEMA DE ABERTURA DE CHAMADOS TÉCNICOS DE INFORMÁTICA GLPI ( GESTÃO LIVRE DE PARQUE DE INFORMÁTICA ) Manual do Usuário SISTEMA DE ABERTURA DE CHAMADOS TÉCNICOS DE INFORMÁTICA GLPI ( GESTÃO LIVRE DE PARQUE DE INFORMÁTICA ) Manual do Usuário Setor de Tecnologia da Informação 2012 AUTORES Aurélio Ricardo Batú Maicá Laura

Leia mais

Alertas ComStop Manual de Instruções

Alertas ComStop Manual de Instruções Alertas ComStop Manual de Instruções Índice: 1. Introdução: O que são e quando são enviados os Alertas 2. Como visualizar os Alertas ComStop no seu Terminal Enfoque 3. Alertas de Compra e Venda 3.1 Botão

Leia mais

Manual de Configuração e Utilização TabFisc Versão Mobile 09/2013 Pag. 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO TABLET VERSÃO MOBILE

Manual de Configuração e Utilização TabFisc Versão Mobile 09/2013 Pag. 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO TABLET VERSÃO MOBILE Pag. 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO TABLET VERSÃO MOBILE Pag. 2 INTRODUÇÃO Esse documento contém as instruções básicas para a utilização do TabFisc Versão Mobile (que permite ao fiscal a realização do seu trabalho

Leia mais

Guia de Demonstração MeusPets

Guia de Demonstração MeusPets 1. Objetivo e Principais Funcionalidades Com o email clique no link de ativação. E confirme a instalação. O MeusPets é um sistema simplificado para acompanhamento da vida do Pet. Pode ser usado de forma

Leia mais

Aula 4b Elementos da Infraestrutura

Aula 4b Elementos da Infraestrutura Aula 4b Elementos da Infraestrutura Prof. José Maurício S. Pinheiro 2010 1 Elementos de Infra-estrutura São utilizados em projetos de sistemas de cabeamento para estabelecer o tráfego de voz, dados e imagens,

Leia mais

RELATÓRIO. Raimundo Gadelha Fontes Filho (Assessor de Suporte e Informática) Josinécia de Cássia Oliveira (Informática Web designer)

RELATÓRIO. Raimundo Gadelha Fontes Filho (Assessor de Suporte e Informática) Josinécia de Cássia Oliveira (Informática Web designer) RELATÓRIO Relatório das atividades realizadas período 2014 do Setor de Suporte e Informática. Equipe de Edição: Raimundo Gadelha Fontes Filho (Assessor de Suporte e Informática) Josinécia de Cássia Oliveira

Leia mais

Manual de Utilização do Sistema GLPI

Manual de Utilização do Sistema GLPI Manual de Utilização do Sistema GLPI Perfil Guest Apresentação Esse manual, baseado no manual GLPI foi elaborado pela Coordenação de Tecnologia de Informação CTI do câmpus e tem como objetivo instruir

Leia mais

Índice. Mamut Gravador Telefônico Digital MGC Manual de Instalação Procedimento de Instalação do Gravador Digital Mamut. V 1.0

Índice. Mamut Gravador Telefônico Digital MGC Manual de Instalação Procedimento de Instalação do Gravador Digital Mamut. V 1.0 Procedimento de Instalação do Gravador Digital Mamut. V 1.0 Índice 1- Preparação da CPU para o funcionamento do Gravador Digital Mamut 1.1 - Preparação da CPU 1.2 - Instalação do Firebird 2 - Instalação

Leia mais

Procedimentos para Reinstalação do Sisloc

Procedimentos para Reinstalação do Sisloc Procedimentos para Reinstalação do Sisloc Sumário: 1. Informações Gerais... 3 2. Criação de backups importantes... 3 3. Reinstalação do Sisloc... 4 Passo a passo... 4 4. Instalação da base de dados Sisloc...

Leia mais

CAPACITAÇÃO EM SAÚDE BASEADA EM EVIDÊNCIAS EDITAL DE INSCRIÇÕES EDIÇÃO 2014

CAPACITAÇÃO EM SAÚDE BASEADA EM EVIDÊNCIAS EDITAL DE INSCRIÇÕES EDIÇÃO 2014 CAPACITAÇÃO EM SAÚDE BASEADA EM EVIDÊNCIAS EDITAL DE INSCRIÇÕES EDIÇÃO 2014 O Instituto Sirio-Libanês de Ensino e Pesquisa - IEP, o Ministério da Saúde, a ANVISA Rede de Hospitais Sentinela, o COSEMS Conselho

Leia mais

Atualizaça o do Maker

Atualizaça o do Maker Atualizaça o do Maker Prezados Clientes, Nós da Playlist Software Solutions empresa líder de mercado no desenvolvimento de software para automação de rádios - primamos pela qualidade de nossos produtos,

Leia mais

Em atenção a solicitação de esclarecimento de licitantes temos a informar o seguinte:

Em atenção a solicitação de esclarecimento de licitantes temos a informar o seguinte: DIRETORIA GERAL COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO - COPEL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 32/2013 PERGUNTAS E RESPOSTAS DE LICITANTES: Em atenção a solicitação de esclarecimento de licitantes temos a informar o seguinte:

Leia mais

Guia de auxílio aos responsáveis

Guia de auxílio aos responsáveis Guia de auxílio aos responsáveis SUMÁRIO FEED DE NOTÍCIAS... 3 DOWNLOAD DE IMAGENS... 4 PENDÊNCIA:... 5 EDIÇÃO DE DADOS PESSOAIS... 6 ALTERAÇÃO DE SENHA... 7 ESQUECEU SUA SENHA?... 7 AGENDA... 8 2 FEED

Leia mais

PROCEDIMENTOS NECESSÁRIOS ANTES DE UTILIZAR O EQUIPAMENTO. Instalação do Rasther PC. Habilitação das Montadoras

PROCEDIMENTOS NECESSÁRIOS ANTES DE UTILIZAR O EQUIPAMENTO. Instalação do Rasther PC. Habilitação das Montadoras PROCEDIMENTOS NECESSÁRIOS ANTES DE UTILIZAR O EQUIPAMENTO Antes de iniciar o uso do Rasther, será necessário instalar o programa Rasther PC, habilitar as montadoras adquiridas juntamente com o equipamento

Leia mais

Manual de Instalação KIT DVR VENTURA Parte 1: Conexões Parte 2: Configurações de rede Parte 3: Acesso via telefone móvel

Manual de Instalação KIT DVR VENTURA Parte 1: Conexões Parte 2: Configurações de rede Parte 3: Acesso via telefone móvel 1 Manual de Instalação KIT DVR VENTURA Parte 1: Conexões Parte 2: Configurações de rede Parte 3: Acesso via telefone móvel Parte 1: Conexões 2 Instalação do Disco Rídigo (HD) Primeiro é necessário a instalação

Leia mais

índice 02 CONDIÇÕES BÁSICAS Prezado cliente, REDE DE ACESSO PARA INSTALAÇÃO DOS EQUIPAMENTOS ACOMODAÇÕES DE EQUIPAMENTOS CABOS E CONEXÕES

índice 02 CONDIÇÕES BÁSICAS Prezado cliente, REDE DE ACESSO PARA INSTALAÇÃO DOS EQUIPAMENTOS ACOMODAÇÕES DE EQUIPAMENTOS CABOS E CONEXÕES Prezado cliente, índice Bem-vindo à GVT. Agora sua empresa conta com soluções inovadoras de voz, dados e Internet com o melhor custo-benefício. Para garantir a qualidade dos serviços e aproveitar todos

Leia mais

Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE

Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE Sumário PRESTAÇÃO DE CONTAS DE ETIQUETAS DE REPARO...3 Figura 1.0...3 Figura 2.0...4 Figura 3.0...5 Figura 4.0...5 1. Proprietário

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico EIXO TECNOLÓGICO: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico EIXO TECNOLÓGICO: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS Padronização do tipo e quantidade necessária de instalações e equipamentos dos laboratórios das habilitações profissionais EIXO TECNOLÓGICO: CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS HABILITAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICO

Leia mais

CAPITULO 4 A ARQUITETURA LÓGICA PARA O AMBIENTE

CAPITULO 4 A ARQUITETURA LÓGICA PARA O AMBIENTE CAPITULO 4 A ARQUITETURA LÓGICA PARA O AMBIENTE A proposta para o ambiente apresentada neste trabalho é baseada no conjunto de requisitos levantados no capítulo anterior. Este levantamento, sugere uma

Leia mais

Script de Configuração dos E-mails @SEE (Webmail /Outlook Express)

Script de Configuração dos E-mails @SEE (Webmail /Outlook Express) Script de Configuração dos E-mails @SEE (Webmail /Outlook Express) A Secretaria de Estado da Educação está disponibilizando uma nova ferramenta para acesso ao e-mail @see. Essa nova ferramenta permitirá

Leia mais

Transmissor EXT-240 de áudio e vídeo sem fio

Transmissor EXT-240 de áudio e vídeo sem fio Transmissor de áudio e vídeo sem fio Manual de operação Índice I. Introdução... 1 II. Informações de segurança... 1 III. Especificações... 1 IV. Instruções de instalação... 2 1. Opções de posicionamento...

Leia mais

Guia do Usuário. Embratel IP VPBX

Guia do Usuário. Embratel IP VPBX Índice Guia do Usuário EMBRATEL IP VPBX 3 Tipos de Ramais 4 Analógicos 4 IP 4 FACILIDADES DO SERVIÇO 5 Chamadas 5 Mensagens 5 Bloqueio de chamadas 5 Correio de Voz 5 Transferência 6 Consulta e Pêndulo

Leia mais

4. O QUANDO QUISER não possui qualquer responsabilidade pelo CONTEÚDO existente no SITE do ANUNCIANTE;

4. O QUANDO QUISER não possui qualquer responsabilidade pelo CONTEÚDO existente no SITE do ANUNCIANTE; TERMO DE USO DO QUANDO QUISER O presente TERMO DE USO regula as condições gerais de uso dos serviços oferecidos pelo QUANDO QUISER (www.quandoquiser.com.br), da empresa N. O. S. SERVIÇOS DE INFORMAÇÃO

Leia mais

Manual do Suporte Técnico

Manual do Suporte Técnico A RDFNET TELECOM ESTEVE AQUI Manual do Suporte Técnico INTRODUÇÃO Este manual foi elaborado com o intuito de orientar os clientes da RDFnet Telecom, sobre as características do serviço de acesso dedicado

Leia mais

ICORLI INSTALAÇÃO, CONFIGURAÇÃO E OPERAÇÃO EM REDES LOCAIS E INTERNET

ICORLI INSTALAÇÃO, CONFIGURAÇÃO E OPERAÇÃO EM REDES LOCAIS E INTERNET INSTALAÇÃO, CONFIGURAÇÃO E OPERAÇÃO EM REDES LOCAIS E INTERNET 2010/2011 1 Introdução às redes e telecomunicações O que é uma rede? Uma rede de computadores é um sistema de comunicação de dados constituído

Leia mais

Ajuda On-line - Sistema de Portaria. Versão 4.8.J

Ajuda On-line - Sistema de Portaria. Versão 4.8.J Versão 4.8.J Sumário PORT - Módulo de Apoio Portaria 3 1 Manual... de Processos - Portaria 4 Fluxo - Portaria... 5 2 Configurações... 6 Unidades... de Internação 6 Setores Administrativos... 9 Configuração...

Leia mais

ROTEIRO PARA TREINAMENTO DO SAGRES DIÁRIO Guia do Docente

ROTEIRO PARA TREINAMENTO DO SAGRES DIÁRIO Guia do Docente Conceito ROTEIRO PARA TREINAMENTO DO SAGRES DIÁRIO Guia do Docente O Sagres Diário é uma ferramenta que disponibiliza rotinas que facilitam a comunicação entre a comunidade Docente e Discente de uma instituição,

Leia mais

Gerência de Atendimento

Gerência de Atendimento DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Solicitação e Acompanhamento de Atendimento Gerência de Atendimento João Pessoa - agosto/2011 DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1 Sumário Apresentação... 3 1.

Leia mais

INFORMAÇÕES IMPORTANTES: LEIA COM ATENÇÃO

INFORMAÇÕES IMPORTANTES: LEIA COM ATENÇÃO 1 de 7 Prezado(a) Candidato(a), INFORMAÇÕES IMPORTANTES: LEIA COM ATENÇÃO Utilize um computador instalado o software Acrobat Reader (www.adobe.com/br/) para ler textos disponibilizados na prova. Lembre-se

Leia mais

1. DHCP a. Reserva de IP

1. DHCP a. Reserva de IP Configuração de recursos do roteador wireless Tenda 1. DHCP a. Reserva de IP Ao se conectar uma rede que possua servidor DHCP, o host recebe um IP dentro da faixa de distribuição. A cada conexão, o host

Leia mais

ÍNDICE INFORMAÇÕES GERAIS DO MODEM... 3 INSTALAÇÃO DO MODEM... 6 ACESSO ÀS CONFIGURAÇÕES DO MODEM... 8 CONFIGURAÇÃO WI-FI... 10

ÍNDICE INFORMAÇÕES GERAIS DO MODEM... 3 INSTALAÇÃO DO MODEM... 6 ACESSO ÀS CONFIGURAÇÕES DO MODEM... 8 CONFIGURAÇÃO WI-FI... 10 MANUAL ÍNDICE INFORMAÇÕES GERAIS DO MODEM... 3 INSTALAÇÃO DO MODEM... 6 ACESSO ÀS CONFIGURAÇÕES DO MODEM... 8 CONFIGURAÇÃO WI-FI... 10 Informações Gerais do Modem Parte Frontal do Modem: A parte frontal

Leia mais

Ofício Circular n.º 12/2009 - DET/SEED Curitiba, 15 de Abril de 2009. Referência: Informações e-tec Brasil

Ofício Circular n.º 12/2009 - DET/SEED Curitiba, 15 de Abril de 2009. Referência: Informações e-tec Brasil SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DA EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E TRABALHO Ofício Circular n.º 12/2009 - DET/SEED Curitiba, 15 de Abril de 2009. Referência: Informações e-tec Brasil

Leia mais

Guia de Ambientação Março/2011

Guia de Ambientação Março/2011 Guia de Ambientação Março/2011 APRESENTAÇÃO Caro cursista, Bem vindo ao Guia de Ambientação. Este documento é dirigido a você, participante. Com ele, você conhecerá como está estruturada a interface de

Leia mais

GUIA RÁPIDO de INSTALAÇÃO e CONFIGURAÇÃO

GUIA RÁPIDO de INSTALAÇÃO e CONFIGURAÇÃO GUIA RÁPIDO de INSTALAÇÃO e CONFIGURAÇÃO ROTEADORES WIRELESS 802.11G Modelos s: TL-WR541G/ TL- -WR542G/ TL- -WR641G/ TL- -WR642G 1. 2. 3. 4. 5. As 1. 2. 3. 4. 5. As 1. 2. 3. 4. 5. As As As s s ções ções

Leia mais

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS 1 - A TELA AGENDA 1.1 - TIPOS DE AGENDA 1.1.1 AGENDA NORMAL 1.1.2 AGENDA ENCAIXE 2 - AGENDANDO CONSULTAS 2.1 - AGENDANDO UMA CONSULTA NA AGENDA

Leia mais

Manual DO Lojista. Os únicos que funcionam com comando pela internet e telefone.

Manual DO Lojista. Os únicos que funcionam com comando pela internet e telefone. Manual DO Lojista Os únicos que funcionam com comando pela internet e telefone. Alarmes Cyber PX 293@, Cyber FX 293@ e DuoBlock PX G5 com bloqueio remoto. Prezado lojista, você está recebendo instruções

Leia mais

MicroPower Presence. Requisitos Técnicos e Roteiro de Acesso

MicroPower Presence. Requisitos Técnicos e Roteiro de Acesso MicroPower Presence Requisitos Técnicos e Roteiro de Acesso Esse documento tem como objetivo explicar o processo de instalação do Client Presence, fornecer as recomendações mínimas de hardware e software

Leia mais

Fundamentos de Hardware

Fundamentos de Hardware Fundamentos de Hardware Curso Técnico em Informática SUMÁRIO PLACAS DE EXPANSÃO... 3 PLACAS DE VÍDEO... 3 Conectores de Vídeo... 4 PLACAS DE SOM... 6 Canais de Áudio... 7 Resolução das Placas de Som...

Leia mais

Comissão Própria de Avaliação - CPA

Comissão Própria de Avaliação - CPA AVALIAÇÃO DO CEFET-RJ PELOS DISCENTES -2010/2 A avaliação das Instituições de Educação Superior tem caráter formativo e visa o aperfeiçoamento dos agentes da comunidade acadêmica e da Instituição como

Leia mais

LOCALIZAÇÃO: PAVIMENTO TÉRREO IDENTIFICAÇÃO ÁREA (M 2 ) CAPACIDADE Auditório 367,23 406

LOCALIZAÇÃO: PAVIMENTO TÉRREO IDENTIFICAÇÃO ÁREA (M 2 ) CAPACIDADE Auditório 367,23 406 INFRA-ESTRUTURA FÍSICA E TECNOLÓGICA As salas de aula da FACULDADE BARRETOS estão aparelhadas para turmas de até 60 (sessenta) alunos, oferecendo todas as condições necessárias para possibilitar o melhor

Leia mais