REGULAMENTO DO PROGRAMA CERTIFICAÇÃO LOJA SUSTENTÁVEL 2015 PROGRAMA CERTIFICAÇÃO LOJA SUSTENTÁVEL REGULAMENTO PRÉ-REQUISITOS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REGULAMENTO DO PROGRAMA CERTIFICAÇÃO LOJA SUSTENTÁVEL 2015 PROGRAMA CERTIFICAÇÃO LOJA SUSTENTÁVEL REGULAMENTO PRÉ-REQUISITOS"

Transcrição

1 REGULAMENTO DO PROGRAMA CERTIFICAÇÃO LOJA SUSTENTÁVEL 2015 PROGRAMA CERTIFICAÇÃO LOJA SUSTENTÁVEL O programa Certificação Loja Sustentável é uma iniciativa da CDL Porto Alegre que visa estimular e dar reconhecimento a iniciativas espontâneas do setor varejista em prol da sustentabilidade, ou seja, projetos que promovam o equilíbrio entre o desenvolvimento socioeconômico e a preservação do meio ambiente. Em sua edição de 2015 o programa almeja certificar 40 lojas com práticas sustentáveis, sendo que os projetos participantes concorrerão aos Troféus Loja Sustentável, os quais serão entregues pela entidade em evento a ser realizado em novembro. Por conseguinte, o Programa Certificação Loja Sustentável, instigará a adoção da cultura da sustentabilidade, a qual é estratégica para o setor empresarial. Empresas alinhadas com os preceitos da sustentabilidade são mais atrativas para os consumidores, possuem maior solidez e se apresentam como opções atrativas e seguras para investidores. Investir em projetos voltados para a sustentabilidade passou a ser um diferencial e uma necessidade para as empresas que quiserem sobreviver nesse concorrido mercado - Nilva Bellenzier, Vice-Presidente da CDL Porto Alegre e coordenadora do programa. REGULAMENTO O presente regulamento visa dar diretrizes ao programa e elucidar quanto a inscrições, prazos e métodos de avaliação do Programa Certificação Loja Sustentável. A seguir são apresentados os Pré-requisitos, Objetivo, Inscrições, Etapas de Avaliação, Avaliação, Comissão Julgadora, Visita Técnica e Premiação. PRÉ-REQUISITOS Estarão hábeis a tomar parte do Programa Certificação Loja Sustentável, através da sua inscrição, somente empresas legalmente constituídas, em dia com suas obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas, que tenham no mínimo 6 (seis) meses de existência e que sejam associadas à CDL Porto Alegre ou entidade parceira da CDL POA. A inscrição deverá ser feita individualmente para cada loja que desenvolva a prática e/ou projeto de sustentabilidade (ver exemplos a seguir), a qual deverá estar em operação até o momento da visita técnica e contemplar ações que promovam a sustentabilidade da própria atividade da loja. Também é pré-requisito deste programa que os lojistas

2 cedam direitos de imagem e voz para veiculação do nome de suas empresas em publicidades do Programa Certificação Loja Sustentável. Importante salientar que é vedada a publicidade do Selo Loja Sustentável sem a vinculação do ano de participação. Além disso, ressalta-se que os participantes da edição de 2014 não poderão se inscrever com os mesmos projetos, sendo que estes deverão ampliar as ações desenvolvidas na última edição ou incluir novas iniciativas de sustentabilidade a fim de serem habilitados a participar do Programa Certificação Loja Sustentável EXEMPLOS DE AÇÕES DE SUSTENTABILIDADE Projetos de sustentabilidade Reuso de água, captação e uso de água da chuva, reutilização de resíduos da loja em sua própria atividade, utilização de energia solar, tratamento e reuso de águas servidas (esgoto) e etc. Práticas de sustentabilidade Separação e destinação correta de resíduos sólidos (lixo) e efluentes líquidos (esgoto), boas práticas de utilização de insumos (economia de água, papel, energia elétrica e etc.), educação ambiental dos colaboradores e etc. OBJETIVO O Programa Certificação Loja Sustentável, da CDL Porto Alegre, tem por objetivo instigar a adoção de práticas sustentáveis no setor varejista e dar reconhecimento às iniciativas espontâneas provenientes do segmento empresarial que objetivam instituir um maior equilíbrio entre desenvolvimento socioeconômico e meio ambiente. INSCRIÇÕES Nesta fase, o responsável pela empresa deverá ler o presente regulamento, além de preencher a Ficha de Inscrição e auto avaliação, através do site Após a leitura deste regulamento, deve-se iniciar o preenchimento da Ficha de Inscrição e auto avaliação, observando a veracidade das informações. Enfatiza-se que estarão habilitadas a participar do Programa Certificação Loja Sustentável, mediante inscrição, somente empresas legalmente constituídas, em dia com suas obrigações fiscais e trabalhistas, que tenham no mínimo 6 (seis) meses de existência e que sejam associadas a CDL Porto Alegre ou entidade parceira da CDL POA.

3 Para inscrição, as empresas interessadas deverão preencher no website do programa, de forma fidedigna e objetiva, a Ficha de Inscrição e auto avaliação até o dia 14 de Agosto de Lembramos que a inscrição deve ser feita individualmente para cada loja sustentável (loja modelo) e que os participantes da edição de 2014 não poderão se inscrever com os projetos antigos, sendo que estes deverão ampliar as ações desenvolvidas na última edição ou apresentar novos projetos de sustentabilidade como pré-requisito para participar do Programa Certificação Loja Sustentável ETAPAS DE AVALIAÇÃO A avaliação dos projetos, inscritos necessariamente via preenchimento online da Ficha de inscrição, ocorrerá segundo etapas e prazos descritos na tabela abaixo. Etapa Descrição Prazo 1 Preenchimento online da Ficha de Inscrição e auto avaliação; 15/08/ Análise da Ficha de Inscrição e auto avaliação; 31/08/ Agendamento da visita técnica às empresas aprovadas na fase anterior 31/08/ Visita técnica e avaliação presencial; 16/10/ Divulgação do resultado final. 10/11/2015 AVALIAÇÃO A partir do momento em que a Ficha de Inscrição e auto avaliação for recebida pela CDL Porto Alegre, a comissão julgadora iniciará o processo de avaliação e julgamento da loja, com base na análise de quatro processos de interação e considerando os seguintes aspectos: Nível de comprometimento social e ambiental da loja; Grau de impacto gerado pelas ações de sustentabilidade; Eficiência dos projetos / práticas em mitigar os impactos ambientais decorrentes das atividades da loja; Viabilidade econômica das ações.

4 Ressalta-se que a loja sustentável é aquela loja capaz de proporcionar conforto, funcionalidade, satisfação e qualidade de vida sem comprometer a infraestrutura presente e futura dos insumos, gerando o mínimo possível de impacto no meio ambiente e alcançando o máximo possível de autonomia. COMISSÃO JULGADORA A comissão julgadora será formada por 5 integrantes. Sendo um representante técnico da EDS Engenharia e Desenvolvimento Sustentável, dois representantes da CDL Porto Alegre e dois representantes do varejo de Porto Alegre. VISITA TÉCNICA Conforme os critérios mencionados acima, as empresas julgadas hábeis a participar do programa serão contatadas para definir a data da visita técnica. Este agendamento será realizado com uma antecedência mínima de 4 (quatro) dias à data da visita técnica a ser realizada na loja. Esta visita técnica visa confirmar as informações da Ficha de Inscrição e auto avaliação e ao mesmo tempo avaliar os projetos / práticas de sustentabilidade das lojas. Os aspectos a serem avaliados em cada estabelecimento serão aqueles que forem considerados aplicáveis pelos avaliadores no momento da visita. Estes itens serão avaliados conforme as seguintes categorias: Excelente representa o melhor processo possível; Satisfatório atende a legislação ou além da necessidade; Insatisfatório está fora de conformidade; Muito impactante - Representa uma ação com vasto impacto dentro e fora do ambiente da loja; Impactante - Uma ação com impacto significante dentro e fora do ambiente da loja; Pouco impactante - Ação com impacto superficial e sem grandes repercussões. PREMIAÇÃO A CDL Porto Alegre irá, até o final de 2015, eleger as melhores experiências no Programa Certificação Loja Sustentável. As lojas serão classificadas em duas categorias: Pequenas ou Médias e Grandes, conforme a natureza jurídica que consta no CNPJ da empresa. Para cada categoria, as três empresas com melhor desempenho irão receber um dos seguintes selos, em ordem crescente de colocação: Loja Sustentável 2015 Prata 3º lugar Loja Sustentável 2015 Ouro 2º lugar

5 Loja Sustentável 2015 Diamante 1º lugar Ressalta-se que o selo Loja Sustentável 2015 só poderá ser utilizado na publicidade das lojas que participaram do programa e que foram objeto das visitas técnicas. Adicionalmente, a premiação do Troféu Loja Sustentável acontecerá em evento de final de ano da CDL POA, o qual terá como finalidade premiar os melhores projetos, além de promover a valorização, divulgação e o intercâmbio de experiências empresariais de sucesso, valorizando e estimulando o desenvolvimento sustentável do setor de varejo. Em caso de dúvidas envie para ou entre em contato pelo telefone (51)

PRÊMIO SETCESP DE SUSTENTABILIDADE REGULAMENTO

PRÊMIO SETCESP DE SUSTENTABILIDADE REGULAMENTO PRÊMIO SETCESP DE SUSTENTABILIDADE REGULAMENTO A palavra SUTENTABILIDADE, derivada de sustentável tem origem no latim "sustentare", que significa sustentar, apoiar, conservar. O conceito de sustentabilidade

Leia mais

Modalidade Franqueado

Modalidade Franqueado PRÊMIO o cumprimento ABF DESTAQUE de todos os critérios FRANCHISING deste Categoria regulamento, selecionando Sustentabilidade os melhores trabalhos. Modalidade Franqueado REGULAMENTO Objetivos O Prêmio

Leia mais

REGULAMENTO PRÊMIO ESTADÃO PME

REGULAMENTO PRÊMIO ESTADÃO PME REGULAMENTO PRÊMIO ESTADÃO PME 1. O PRÊMIO O Prêmio ESTADÃO PME é uma iniciativa pioneira e única do Grupo Estado e tem como objetivos valorizar as melhores histórias de pequenas e médias empresas e estimular

Leia mais

CAMPANHA DE SUSTENTABILIDADE (mudança no título antes chamada de Campanha Indústria Farmacêutica & Iniciativas de Responsabilidade Corporativa)

CAMPANHA DE SUSTENTABILIDADE (mudança no título antes chamada de Campanha Indústria Farmacêutica & Iniciativas de Responsabilidade Corporativa) CAMPANHA DE SUSTENTABILIDADE (mudança no título antes chamada de Campanha Indústria Farmacêutica & Iniciativas de Responsabilidade Corporativa) A categoria SUSTENTABILIDADE é a antiga categoria Indústria

Leia mais

CONCURSO DE DECORAÇÃO NATALINA MERCADO DE NATAL 2012 REGULAMENTO

CONCURSO DE DECORAÇÃO NATALINA MERCADO DE NATAL 2012 REGULAMENTO CONCURSO DE DECORAÇÃO NATALINA MERCADO DE NATAL 2012 REGULAMENTO 1. CONCURSO: O Concurso de Decoração Natalina - Mercado de Natal 2012, através da Associação Empresarial de Ibirama (ACIIBI) e parceria

Leia mais

Prêmio Planeta Casa 2012 Regulamento categoria Produtos de decoração

Prêmio Planeta Casa 2012 Regulamento categoria Produtos de decoração Prêmio Planeta Casa 2012 Regulamento categoria Produtos de decoração O Prêmio Planeta Casa 2012 busca valorizar empresas, organizações da sociedade civil e profissionais das áreas de arquitetura, design,

Leia mais

I. Da Instituição e Objetivos:

I. Da Instituição e Objetivos: Regulamento I. Da Instituição e Objetivos: 1.1. O, abreviadamente CEME, é órgão integrante da FACIAP FEDERAÇÃO DAS ASSOCIAÇÕES COMERCIAIS E EMPRESARIAIS DO PARANÁ, subordinando-se ao seu estatuto e às

Leia mais

1º Prêmio de Comunicação - Grupo SMS 2014

1º Prêmio de Comunicação - Grupo SMS 2014 1º Prêmio de Comunicação - Grupo SMS 2014 1 INTRODUÇÃO O 1º Prêmio de Comunicação Grupo SMS 2014, com o tema Mobilidade Urbana é uma iniciativa do Grupo SMS, formado pelas empresas Auto Viação Salineira,

Leia mais

Prêmio Socioambiental CHICO MENDES. PROCERT Programa de Certificação do Compromisso da Responsabilidade Socioambiental. Edição 2013 SELO VERDE

Prêmio Socioambiental CHICO MENDES. PROCERT Programa de Certificação do Compromisso da Responsabilidade Socioambiental. Edição 2013 SELO VERDE Prêmio Socioambiental CHICO MENDES PROCERT Programa de Certificação do Compromisso da Responsabilidade Socioambiental. Edição 2013 SELO VERDE REGULAMENTO 1 DO PROMOTOR E OBJETIVOS 1.1 - A realização da

Leia mais

VIII PRÊMIO ANATEC REGULAMENTO

VIII PRÊMIO ANATEC REGULAMENTO VIII PRÊMIO ANATEC REGULAMENTO 1. DO PRÊMIO O Prêmio ANATEC é uma iniciativa da ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE EDITORES DE PUBLICAÇÕES - ANATEC e é organizado pela GARRIDO MARKETING. O prêmio tem amplitude nacional

Leia mais

10º Prêmio MASTERINSTAL REGULAMENTO

10º Prêmio MASTERINSTAL REGULAMENTO 10º Prêmio MASTERINSTAL REGULAMENTO 1. DO PRÊMIO Há uma década, o Prêmio MASTERINSTAL vem contribuindo para ampliar a visibilidade e o posicionamento da atividade no mercado nacional. O conjunto das melhores

Leia mais

DESAFIO PORTO DIGITAL PARA SUSTENTABILIDADE DAS CIDADES

DESAFIO PORTO DIGITAL PARA SUSTENTABILIDADE DAS CIDADES DESAFIO PORTO DIGITAL PARA SUSTENTABILIDADE DAS CIDADES Porto Digital Recife, Maio de 2011 1. OBJETIVOS O DESAFIO PORTO DIGITAL PARA SUSTENTABILIDADE DAS CIDADES, promovido pelo Porto Digital, visa reconhecer

Leia mais

Regulamento Selo 2015

Regulamento Selo 2015 Regulamento Selo 2015 INTRODUÇÃO O Selo Escola Protetora do Meio Ambiente é uma atividade do Programa Carahá de Cara Nova. O Programa originou-se da campanha Carahá de Cara Nova do Correio Lageano, que

Leia mais

2.1 Fazer um justo reconhecimento a todos os alunos e professores que contribuem no empenho em ações que resultem em um mundo melhor;

2.1 Fazer um justo reconhecimento a todos os alunos e professores que contribuem no empenho em ações que resultem em um mundo melhor; REGULAMENTO 3º Prêmio UniBH de Sustentabilidade 1 CARACTERIZAÇÃO 1.1 O Prêmio UniBH de Sustentabilidade tem o propósito de identificar, reconhecer, valorizar e premiar os esforços dos alunos e dos professores

Leia mais

Regulamento Prêmio Bom Design 2015

Regulamento Prêmio Bom Design 2015 Regulamento Prêmio Bom Design 2015 (Projetos de janeiro de 2014 até julho 2015) a. CARACTERIZAÇÃO O Prêmio Bom Design é uma premiação dos trabalhos de graduação e equivalentes das instituições de ensino

Leia mais

Esperamos com isto, incentivar e fortalecer o serviço voluntário, além de reconhecer a atuação daqueles que se dedicam à causa.

Esperamos com isto, incentivar e fortalecer o serviço voluntário, além de reconhecer a atuação daqueles que se dedicam à causa. O Programa Escola da Família em parceria com o Programa SP Voluntário realizará nas escolas estaduais participantes do programa o Festival de vídeos: Ação Voluntária no Programa Escola da Família boas

Leia mais

REGULAMENTO 1º PRÊMIO SPORT INFRATECH DE INFRAESTRUTURA ESPORTIVA

REGULAMENTO 1º PRÊMIO SPORT INFRATECH DE INFRAESTRUTURA ESPORTIVA REGULAMENTO 1º PRÊMIO SPORT INFRATECH DE INFRAESTRUTURA ESPORTIVA 1. OBJETIVOS O 1º Prêmio Sport Infratech de Infraestrutura Esportiva visa reconhecer o esforço de organizações e profissionais envolvidos

Leia mais

REGULAMENTO. 1) Indústria 2) Comércio 3) Serviços 4) Agronegócio DO OBJETIVO

REGULAMENTO. 1) Indústria 2) Comércio 3) Serviços 4) Agronegócio DO OBJETIVO REGULAMENTO DO OBJETIVO Art. 1º. O PRÊMIO JOVEM TALENTO EMPREENDEDOR é uma iniciativa da Prefeitura de Caxias do Sul, por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Emprego,

Leia mais

Regulamento do Prêmio Concred Verde

Regulamento do Prêmio Concred Verde Regulamento do Prêmio Concred Verde Brasília-DF, fevereiro de 2012. Para ocorrer desenvolvimento sustentável é preciso comprometimento com uma visão responsável que busca o equilíbrio social e a interação

Leia mais

2ª EDIÇÃO DO PRÊMIO MULHER DE NEGÓCIOS DE CAIEIRAS REGULAMENTO

2ª EDIÇÃO DO PRÊMIO MULHER DE NEGÓCIOS DE CAIEIRAS REGULAMENTO REGULAMENTO Este Regulamento estabelece normas, condições e diretrizes para a realização da II Edição do Prêmio Mulher de Negócios de Caieiras, promovido pela Prefeitura Municipal de Caieiras, Secretaria

Leia mais

TROFÉU SOLIDARIEDADE DESTAQUE SOCIAL 2013

TROFÉU SOLIDARIEDADE DESTAQUE SOCIAL 2013 TROFÉU SOLIDARIEDADE DESTAQUE SOCIAL 2013 1. OBJETIVOS DA PREMIAÇÃO A premiação TROFÉU SOLIDARIEDADE - DESTAQUE SOCIAL 2013 instituída pelo Sindicato das Empresas de Asseio, Conservação e Serviços Terceirizados

Leia mais

2. A EMPEC 3. UPDATE. 4. Disposições Gerais

2. A EMPEC 3. UPDATE. 4. Disposições Gerais Índice 1. Agradecimentos... 03 2. A EMPEC... 04 3. UPDATE... 04 4. Disposições Gerais... 04 5. Critérios de Participação... 05 6. Regulamento... 06 7. Inscrições... 06 8. Pagamento... 07 9. Etapas do Concurso...

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA

CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA CONSELHO FEDERAL DE ECONOMIA REGULAMENTO DA II GINCANA NACIONAL DE ECONOMIA CAPÍTULO I Seção I Dos Objetivos Art. 1º O Conselho Federal de Economia promoverá a II Gincana Nacional de Economia - 2012 na

Leia mais

Para inscrever o projeto ambiental de sua organização no 23º Prêmio Expressão de Ecologia, basta seguir as orientações deste regulamento.

Para inscrever o projeto ambiental de sua organização no 23º Prêmio Expressão de Ecologia, basta seguir as orientações deste regulamento. REGULAMENTO Apresentação Reconhecido pelo Ministério do Meio Ambiente, o Prêmio Expressão de Ecologia é realizado anualmente pela Editora Expressão desde 1993, um ano após a Rio 92, a conferência da ONU

Leia mais

XXXVII CONCURSO FOTOGRÁFICO CIDADE DE SANTA MARIA 2015

XXXVII CONCURSO FOTOGRÁFICO CIDADE DE SANTA MARIA 2015 XXXVII CONCURSO FOTOGRÁFICO CIDADE DE SANTA MARIA 2015 REGULAMENTO O Concurso Fotográfico Cidade de Santa Maria, criado pela Lei Municipal n 1974/78, promovido pela Prefeitura Municipal de Santa Maria,

Leia mais

FEDERAÇÃO NACIONAL DAS AUTO E MOTOESCOLAS E CFCs DIRETORIA EXECUTIVA DE EDUCAÇÃO EDITAL DE CONCURSO II PRÊMIO FENEAUTO DE EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO

FEDERAÇÃO NACIONAL DAS AUTO E MOTOESCOLAS E CFCs DIRETORIA EXECUTIVA DE EDUCAÇÃO EDITAL DE CONCURSO II PRÊMIO FENEAUTO DE EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO FEDERAÇÃO NACIONAL DAS AUTO E MOTOESCOLAS E CFCs DIRETORIA EXECUTIVA DE EDUCAÇÃO EDITAL DE CONCURSO II PRÊMIO FENEAUTO DE EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO O presidente da Federação Nacional das Auto e Motoescolas

Leia mais

PROJETO DE SUSTENTABILIDADE

PROJETO DE SUSTENTABILIDADE ROTEIRO CATEGORIA DESTAQUE: PROJETO DE SUSTENTABILIDADE Rua Júlio de Castilhos, 561 - Novo Hamburgo / RS 51 3594.7011 direcoes@abicalcados.com.br premiodirecoes.com.br Realização: I PERFIL DA CATEGORIA

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO GABINETE DA SECRETÁRIA

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO GABINETE DA SECRETÁRIA EDITAL SEED-AP Nº 001/2014 GAB/PERGE/SEED. A Secretária de Estado de Educação do Amapá, no uso de suas atribuições, torna pública a realização do II Prêmio Estadual de Referência em Gestão Escolar 2014,

Leia mais

Regulamento da Categoria 1: Ação Social: Cuidado com o Meio Ambiente e Bem-Estar

Regulamento da Categoria 1: Ação Social: Cuidado com o Meio Ambiente e Bem-Estar Regulamento da Categoria 1: Ação Social: Cuidado com o Meio Ambiente e Bem-Estar PARTICIPANTES Empresas ou organizações não-governamentais (ONGs) legalmente constituídas no Brasil. PRÉ-REQUISITOS Poderão

Leia mais

REGULAMENTO DO PRÊMIO MULHERES QUE FAZEM A DIFERENÇA

REGULAMENTO DO PRÊMIO MULHERES QUE FAZEM A DIFERENÇA REGULAMENTO DO PRÊMIO MULHERES QUE FAZEM A DIFERENÇA O Prêmio Mulheres que Fazem a Diferença é uma realização do Núcleo Multissetorial da Mulher Empresária da Associação Comercial e Industrial de Florianópolis

Leia mais

II Edição do Prêmio IPEN de Inovação Tecnológica REGULAMENTO GERAL

II Edição do Prêmio IPEN de Inovação Tecnológica REGULAMENTO GERAL II Edição do Prêmio IPEN de Inovação Tecnológica REGULAMENTO GERAL 1. Objetivos 2. Participantes 3. Temas 4. Inscrição 5. Julgamento 6. Critérios de Avaliação 7. Premiação e Divulgação 8. Direitos e Obrigações

Leia mais

Regulamento do 20º Concurso Inovação na Gestão Pública Federal

Regulamento do 20º Concurso Inovação na Gestão Pública Federal Regulamento do 20º Concurso Inovação na Gestão Pública Federal A Fundação Escola Nacional de Administração Pública (Enap) torna público o regulamento do 20º Concurso Inovação na Gestão Pública Federal.

Leia mais

REGULAMENTO DESAFIO CRIATIVOS DA ESCOLA

REGULAMENTO DESAFIO CRIATIVOS DA ESCOLA REGULAMENTO DESAFIO CRIATIVOS DA ESCOLA O Desafio Criativos da Escola é um concurso promovido pelo Instituto Alana com sede na Rua Fradique Coutinho, 50, 11 o. andar, Bairro Pinheiros São Paulo/SP, CEP

Leia mais

R E G U L A M E N T O

R E G U L A M E N T O Premiação para associações comunitárias, empreendedores sociais, institutos de pesquisa, micro e pequenas empresas, ONGs e universidades sobre Iniciativas Inovadoras em Sustentabilidade R E G U L A M E

Leia mais

Grupo Educacional UNIS - MG Núcleo de Empreendedorismo do UNIS - NEUNIS

Grupo Educacional UNIS - MG Núcleo de Empreendedorismo do UNIS - NEUNIS 2º CONCURSO UNIVERSITÁRIO DE PLANOS DE NEGÓCIO DO UNIS 2015 REALIZAÇÃO: UNIS/MG REGULAMENTO CAPÍTULO 1 DOS OBJETIVOS Art. 1º O 2º Concurso Universitário de Planos de Negócio do Unis-MG é uma iniciativa

Leia mais

Regulamento do Concurso Árvore de Natal. Natal Encantado - Jundiaí 2015

Regulamento do Concurso Árvore de Natal. Natal Encantado - Jundiaí 2015 Regulamento do Concurso Árvore de Natal Natal Encantado - Jundiaí 2015 1. Objetivo O Concurso de Árvores de Natal realizado pela CDL Câmara de Dirigentes Lojistas de Jundiaí, com co-realização da Secretaria

Leia mais

REGULAMENTO 2015 PRÊMIO SER HUMANO ABRH PB MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL RESPONSABILIDADE SOCIAL- TERCEIRO SETOR

REGULAMENTO 2015 PRÊMIO SER HUMANO ABRH PB MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL RESPONSABILIDADE SOCIAL- TERCEIRO SETOR Página 1 A. OBJETIVO A.1. O Prêmio Ser Humano ABRH-PB - Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade Social / Organização do Terceiro Setor tem o objetivo de reconhecer e premiar projetos desenvolvidos

Leia mais

REGULAMENTO DO PRÊMIO CONSTRUIR NORDESTE. Aprovado na Reunião do Conselho Editorial de 15 de outubro de 2014.

REGULAMENTO DO PRÊMIO CONSTRUIR NORDESTE. Aprovado na Reunião do Conselho Editorial de 15 de outubro de 2014. REGULAMENTO DO PRÊMIO CONSTRUIR NORDESTE Aprovado na Reunião do Conselho Editorial de 15 de outubro de 2014. 1. Considerações Iniciais O Prêmio Construir Nordeste é uma premiação estritamente cultural,

Leia mais

REGULAMENTO DESAFIOS EMPIRIKOS

REGULAMENTO DESAFIOS EMPIRIKOS 1 REGULAMENTO DESAFIOS EMPIRIKOS JUSTIFICATIVA A inserção de assuntos relacionados à ciência e à tecnologia em nossa vida caracteriza o que chamamos de cultura científica. Esse tipo específico de cultura

Leia mais

PRÊMIO CNH INDUSTRIAL DE JORNALISMO ECONÔMICO

PRÊMIO CNH INDUSTRIAL DE JORNALISMO ECONÔMICO PRÊMIO CNH INDUSTRIAL DE JORNALISMO ECONÔMICO REGULAMENTO EDIÇÃO 2015 O Prêmio CNH Industrial de Jornalismo Econômico é um concurso cultural, promovido pela CNH Industrial, que tem como objetivo valorizar

Leia mais

SINEPE-ES em Ação REGULAMENTO

SINEPE-ES em Ação REGULAMENTO SINEPE-ES em Ação REGULAMENTO 1. Objetivos da Diplomação e Premiação A diplomação SINEPE-ES em Ação é uma iniciativa do Sindicato das Empresas Particulares de Ensino do Estado do Espírito Santo SINEPE/ES,

Leia mais

Selo Verde Certificação Socioambiental da OSCIP Ecolmeia

Selo Verde Certificação Socioambiental da OSCIP Ecolmeia e c o l m e i a. o r g. b r Selo Verde Certificação Socioambiental da OSCIP Ecolmeia O que é? O Selo Verde Ecolmeia é um programa de certificação às Organizações dos setores da sociedade, com compromisso

Leia mais

I FESTIVAL GASTRONÔMICO DE MINEIROS RAÍZES DO CERRADO REGULAMENTO DO FESTIVAL

I FESTIVAL GASTRONÔMICO DE MINEIROS RAÍZES DO CERRADO REGULAMENTO DO FESTIVAL I FESTIVAL GASTRONÔMICO DE MINEIROS RAÍZES DO CERRADO REGULAMENTO DO FESTIVAL Introdução O Regulamento é o mais importante de todos os documentos que fazem parte do festival. Os participantes devem ter

Leia mais

MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E RESPONSABILIDADE SOCIAL/ORGANIZAÇÃO DO TERCEIRO SETOR

MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E RESPONSABILIDADE SOCIAL/ORGANIZAÇÃO DO TERCEIRO SETOR PRÊMIO SER HUMANO OSWALDO CHECCIA 2013 MODALIDADE: DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E RESPONSABILIDADE SOCIAL/ORGANIZAÇÃO DO TERCEIRO SETOR A. OBJETIVO A modalidade Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE BARRRETOS - UNIFEB. Curso de Engenharia Ambiental REGULAMENTO DESAFIO SUSTENTABILIDADE

CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE BARRRETOS - UNIFEB. Curso de Engenharia Ambiental REGULAMENTO DESAFIO SUSTENTABILIDADE CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE BARRRETOS - UNIFEB Curso de Engenharia Ambiental REGULAMENTO DESAFIO SUSTENTABILIDADE BARRETOS, MARÇO DE 2015 1. INTRODUÇÃO O Engenheiro Ambiental é um profissional

Leia mais

REGULAMENTO. VII Prêmio ANATEC

REGULAMENTO. VII Prêmio ANATEC REGULAMENTO VII Prêmio ANATEC O PRÊMIO ANATEC é uma realização da ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE EDITORES DE PUBLICAÇÕES, com organização da GARRIDO MARKETING. Este projeto tem amplitude nacional e é dirigido

Leia mais

REGULAMENTO. Prêmio INCA - Ary Frauzino de Jornalismo

REGULAMENTO. Prêmio INCA - Ary Frauzino de Jornalismo REGULAMENTO Prêmio INCA - Ary Frauzino de Jornalismo O Prêmio INCA Ary Frauzino de Jornalismo 2007 será regido pelo presente Regulamento que se encontra arquivado no Cartório de Registro de Títulos e Documentos

Leia mais

2ª Olimpíada de Empreendedorismo Universitário

2ª Olimpíada de Empreendedorismo Universitário 2ª Olimpíada de Empreendedorismo Universitário da Universidade Federal de Goiás CATEGORIA 1 EMPREENDEDORISMO DE NEGÓCIOS Agosto de 2015 REGULAMENTO CATEGORIA 1 EMPREENDEDORISMO DE NEGOCIOS 1. APRESENTAÇÃO

Leia mais

MEIO AMBIENTE E CIDADANIA

MEIO AMBIENTE E CIDADANIA REGULAMENTO A Universidade Comunitária da Região de Chapecó, em conjunto com a Caixa Econômica Federal, abre inscrições para 6º Prêmio Unochapecó/Caixa de Jornalismo Ambiental 2014 e dá outras providências.

Leia mais

Regulamento Desafio Trânsito Responsável na Escola FLASH MOB

Regulamento Desafio Trânsito Responsável na Escola FLASH MOB Regulamento Desafio Trânsito Responsável na Escola FLASH MOB 1 DA APRESENTAÇÃO: 1.1 O Departamento de Trânsito do Estado do Rio de Janeiro, sediado na cidade do Rio de Janeiro, e inscrito no CNPJ nº 30295513/0001-38,

Leia mais

Edital PROGRAD nº 29, de 10 de julho de 2015. Chamada para o Programa de Iniciação à Docência (PID-2016)

Edital PROGRAD nº 29, de 10 de julho de 2015. Chamada para o Programa de Iniciação à Docência (PID-2016) Edital PROGRAD nº 29, de 10 de julho de 2015 Chamada para o Programa de Iniciação à Docência (PID-2016) Com base na Resolução 35/2011 do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, que estabelece as Normas

Leia mais

EDITAL PRÊMIO MELHOR CAMPANHA DE VOZ 2015

EDITAL PRÊMIO MELHOR CAMPANHA DE VOZ 2015 EDITAL PRÊMIO MELHOR CAMPANHA DE VOZ 2015 DAS CATEGORIAS: 1. O Departamento de Voz da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia - SBFa em 2015 premiará três categorias de Campanhas de Voz realizadas em comemoração

Leia mais

Grupo dos Profissionais Executivos do Mercado Farmacêutico Local: Via Funchal

Grupo dos Profissionais Executivos do Mercado Farmacêutico Local: Via Funchal PROJETO WEB SITE Sites de informações e divulgação de laboratórios, produtos ou doenças. Web sites inscritos nesta categoria deverão estar no ar ou ter ficado no ar entre os dias 01/01/2009 e 31/12/2009.

Leia mais

TROFÉU SOLIDARIEDADE DESTAQUE SOCIAL 2015

TROFÉU SOLIDARIEDADE DESTAQUE SOCIAL 2015 TROFÉU SOLIDARIEDADE DESTAQUE SOCIAL 2015 1. OBJETIVOS DA PREMIAÇÃO A premiação TROFÉU SOLIDARIEDADE - DESTAQUE SOCIAL 2015 instituída pelo Sindicato das Empresas de Asseio, Conservação e Serviços Terceirizados

Leia mais

Concurso Mandando bem no Trânsito - 2014

Concurso Mandando bem no Trânsito - 2014 Concurso Mandando bem no Trânsito - 2014 O que é O concurso Mandando bem no trânsito é uma ação lançada no ano de 2012 pela Concessionária Nascentes das Gerais, empresa responsável pela administração do

Leia mais

REGULAMENTO DO CONCURSO ECO DESAFIO PROJETOS SUSTENTÁVEIS DE CAPTAÇÃO, ARMAZENAMENTO, TRATAMENTO E UTILIZAÇÃO DA ÁGUA DA CHUVA.

REGULAMENTO DO CONCURSO ECO DESAFIO PROJETOS SUSTENTÁVEIS DE CAPTAÇÃO, ARMAZENAMENTO, TRATAMENTO E UTILIZAÇÃO DA ÁGUA DA CHUVA. REGULAMENTO DO CONCURSO ECO DESAFIO PROJETOS SUSTENTÁVEIS DE CAPTAÇÃO, ARMAZENAMENTO, TRATAMENTO E UTILIZAÇÃO DA ÁGUA DA CHUVA. APRESENTAÇÃO A Divisão de Gestão Ambiental DGA, unidade responsável pelo

Leia mais

Prêmio IESS de Produção Científica em Saúde Suplementar

Prêmio IESS de Produção Científica em Saúde Suplementar Prêmio IESS de Produção Científica em Saúde Suplementar Regulamento 2013 1 - Do Objetivo 1.1 O tem por objetivo o incentivo à pesquisa na área de saúde suplementar, reconhecendo os trabalhos de qualidade

Leia mais

SELO DE MÉRITO ABC/FNSHDU EDIÇÃO 2014

SELO DE MÉRITO ABC/FNSHDU EDIÇÃO 2014 SUMÁRIO ITEM SUMÁRIO 1 1. DOS OBJETIVOS 2 2. DAS CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO E DA PREMIAÇÃO 2 3. DO PROCEDIMENTO DA INSCRIÇÃO 3 4. DAS CATEGORIAS 3 4.1 Projetos de impacto regional, com foco em ações de

Leia mais

Manual do Integrador. Programa de Formação

Manual do Integrador. Programa de Formação Manual do Integrador Programa de Formação Introdução As oportunidades de iniciação de frentes de negócios na indústria fotovoltaica brasileira são diversas e estão abertas a todos aqueles que desejam começar

Leia mais

ANEXO ÚNICO À PORTARIA Nº 020, DE 26 DE MAIO DE 2015. EDITAL N.º 001/2015 AGTUR

ANEXO ÚNICO À PORTARIA Nº 020, DE 26 DE MAIO DE 2015. EDITAL N.º 001/2015 AGTUR ANEXO ÚNICO À PORTARIA Nº 020, DE 26 DE MAIO DE 2015. EDITAL N.º 001/2015 AGTUR O PRESIDENTE DA AGÊNCIA MUNICIPAL DE TURISMO, no uso de suas atribuições, torna público o Edital do Concurso de Fotografia

Leia mais

II CONCURSO PROJETOS AMBIENTAIS ESCOLARES Edição -2014- REGULAMENTO GERAL

II CONCURSO PROJETOS AMBIENTAIS ESCOLARES Edição -2014- REGULAMENTO GERAL II CONCURSO PROJETOS AMBIENTAIS ESCOLARES Edição -2014- REGULAMENTO GERAL Disposições iniciais Este regulamento é um documento composto pelo conjunto de disposições que regem o Concurso de Projetos Ambientais

Leia mais

REGULAMENTO PRÊMIO ALVAR DE TURISMO

REGULAMENTO PRÊMIO ALVAR DE TURISMO REGULAMENTO PRÊMIO ALVAR DE TURISMO 1. O Prêmio Foz do Iguaçu celebrou e homenageou, pela primeira vez no ano passado, personalidades que trabalharam pelo desenvolvimento e pela promoção do turismo. O

Leia mais

EDITAL DO CONCURSO CASA PORTE CONCURSO PARA CASA EMBRIONÁRIA ECONOMICAMENTE VIÁVEL

EDITAL DO CONCURSO CASA PORTE CONCURSO PARA CASA EMBRIONÁRIA ECONOMICAMENTE VIÁVEL EDITAL DO CONCURSO CASA PORTE CONCURSO PARA CASA EMBRIONÁRIA ECONOMICAMENTE VIÁVEL A PORTE Engenharia & Arquitetura Jr., como AGENTE PROMOTOR e ENTIDADE ORGANIZADORA, instituem o Concurso Casa PORTE, em

Leia mais

IV Prêmio de Jornalismo AMRIGS Edição Especial REGULAMENTO

IV Prêmio de Jornalismo AMRIGS Edição Especial REGULAMENTO IV Prêmio de Jornalismo AMRIGS Edição Especial REGULAMENTO 1. Considerações gerais 1.1 Conceitos O Prêmio AMRIGS de Jornalismo, quarta edição, é uma iniciativa da Associação Médica do Rio Grande do Sul.

Leia mais

RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA

RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA XI PRÊMIO SER HUMANO AS MELHORES PRÁTICAS EM GESTÃO DE PESSOAS ABRH- MG MODALIDADE RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA BELO HORIZONTE, DEZEMBRO DE 2011. MODALIDADE RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA REGULAMENTO

Leia mais

Orientações para inscrição aos cursos de língua inglesa ofertados pelas universidades federais parceiras do Programa IsF

Orientações para inscrição aos cursos de língua inglesa ofertados pelas universidades federais parceiras do Programa IsF Orientações para inscrição aos cursos de língua inglesa ofertados pelas universidades federais parceiras do Programa IsF Prezad@ alun@, Se você está regularmente matriculado e ativo no curso My English

Leia mais

2ª Olimpíada de Empreendedorismo Universitário

2ª Olimpíada de Empreendedorismo Universitário 2ª Olimpíada de Empreendedorismo Universitário da Universidade Federal de Goiás CATEGORIA 2 EMPREENDEDORISMO SOCIAL Agosto de 2015 REGULAMENTO CATEGORIA 2 EMPREENDEDORISMO SOCIAL 1. APRESENTAÇÃO A Categoria

Leia mais

Trabalhos Científicos do V Congresso Médico Acadêmico (COMA) da Faculdade de Medicina da Universidade Nove de Julho (UNINOVE) REGULAMENTO 2010

Trabalhos Científicos do V Congresso Médico Acadêmico (COMA) da Faculdade de Medicina da Universidade Nove de Julho (UNINOVE) REGULAMENTO 2010 Trabalhos Científicos do V Congresso Médico Acadêmico (COMA) da Faculdade de Medicina da Universidade Nove de Julho (UNINOVE) REGULAMENTO 2010 1. Disposições gerais 1.1. Todos os alunos da área da Saúde

Leia mais

SAG SISTEMA DE AVALIAÇÃO DA GESTÃO 2013

SAG SISTEMA DE AVALIAÇÃO DA GESTÃO 2013 INFORMAÇÕES AOS COMITÊS E FRANQUEADOS Este material tem o objetivo de fornecer aos comitês regionais e setoriais do PGQP, e a seus franqueados, informações atualizadas sobre o SAG 2013 e orientações para

Leia mais

1. APRESENTAÇÃO 2. DA ATUAÇÃO

1. APRESENTAÇÃO 2. DA ATUAÇÃO 1. APRESENTAÇÃO Cooperativa é uma sociedade de pessoas, com forma e caráter jurídico próprio, de natureza civil, constituídas para prestar serviços aos cooperados. Sua missão é promover a qualidade de

Leia mais

REGULAMENTO DO OBJETIVO

REGULAMENTO DO OBJETIVO REGULAMENTO DO OBJETIVO Art. 1º. O Prêmio Jovem Talento Empreendedor edição 2012 é uma iniciativa da Prefeitura de Caxias do Sul, por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico, Trabalho

Leia mais

6ª BENTOTEC: Feira Cultural e Tecnológica. Etapas. Entrega do regulamento e modelo de projeto para todos os alunos 31 de março

6ª BENTOTEC: Feira Cultural e Tecnológica. Etapas. Entrega do regulamento e modelo de projeto para todos os alunos 31 de março 6ª BENTOTEC: Feira Cultural e Tecnológica Regulamento Etapas Entrega do regulamento e modelo de projeto para todos os alunos 31 de março Entrega dos pré-projetos para avaliação (todas as categorias) -

Leia mais

EDITAL DE TEMAS LIVRES XXVI ECAM

EDITAL DE TEMAS LIVRES XXVI ECAM EDITAL DE TEMAS LIVRES XXVI ECAM 1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Poderão ser inscritos no XXVI Encontro Científico dos Acadêmicos de Medicina (XXVI ECAM), a ser realizado entre os dias 24 e 26 de setembro de

Leia mais

REGULAMENTO. As empresas podem inscrever um ou mais Cases, nas seguintes categorias:

REGULAMENTO. As empresas podem inscrever um ou mais Cases, nas seguintes categorias: REGULAMENTO 1. O PRÊMIO O PRÊMIO SMART, regido por este regulamento, tem como objetivo distinguir e reconhecer as melhores práticas de relacionamento com o cliente em Utilities e Telecom: Energia Elétrica,

Leia mais

Edital nº 025/2014 de 23 de Setembro de 2014 EDITAL DE CHAMADA PARA O PROCESSO DE SELEÇÃO CONCURSO IMED DE PLANOS DE NEGÓCIO

Edital nº 025/2014 de 23 de Setembro de 2014 EDITAL DE CHAMADA PARA O PROCESSO DE SELEÇÃO CONCURSO IMED DE PLANOS DE NEGÓCIO Edital nº 025/2014 de 23 de Setembro de 2014 EDITAL DE CHAMADA PARA O PROCESSO DE SELEÇÃO CONCURSO IMED DE PLANOS DE NEGÓCIO Constitui requisitos e etapas para concorrer ao Processo de Seleção do Concurso

Leia mais

EDITAL PROGRAMA AMBIENTA NOVELIS PELA SUSTENTABILIDADE 5ª Edição 2014-2015

EDITAL PROGRAMA AMBIENTA NOVELIS PELA SUSTENTABILIDADE 5ª Edição 2014-2015 EDITAL PROGRAMA AMBIENTA NOVELIS PELA SUSTENTABILIDADE 5ª Edição 2014-2015 A Novelis, líder global em laminados e reciclagem de alumínio, está presente em 11 países com 26 instalações operacionais e conta

Leia mais

2º Concurso Literário do Servidor Público do Estado da Bahia REGULAMENTO

2º Concurso Literário do Servidor Público do Estado da Bahia REGULAMENTO 2º Concurso Literário do Servidor Público do Estado da Bahia REGULAMENTO A Secretaria da Administração do Estado da Bahia torna público o Regulamento do 2º Concurso Literário do Servidor Público do Estado

Leia mais

EDITAL PRÊMIO MELHOR CAMPANHA DE VOZ- 2013

EDITAL PRÊMIO MELHOR CAMPANHA DE VOZ- 2013 EDITAL PRÊMIO MELHOR CAMPANHA DE VOZ- 2013 DAS CATEGORIAS: 1. O Departamento de Voz da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia - SBFa em 2013 premiará três categorias de Campanhas de Voz realizadas em comemoração

Leia mais

1 Concurso de Pitch para Empresas Juniores da UEG

1 Concurso de Pitch para Empresas Juniores da UEG 1 Concurso de Pitch para Empresas Juniores da UEG REGULAMENTO CAPÍTULO 1 DA APRESENTAÇÃO E DOS OBJETIVOS Art. 1 O 1 Concurso de Pitch para Empresas Juniores da UEG é uma realização da Pró-Reitoria de Extensão,

Leia mais

Política do Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE

Política do Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE Política do Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE O Programa de Voluntariado Corporativo GRPCOM ATITUDE visa fortalecer a missão de desenvolver a nossa terra e nossa gente e contribuir para

Leia mais

Edital para Seleção de Cases. Sábado Jr. 7. Empresário Jr., Sim Senhor!

Edital para Seleção de Cases. Sábado Jr. 7. Empresário Jr., Sim Senhor! Edital para Seleção de Cases Sábado Jr. 7 Empresário Jr., Sim Senhor! Agosto de 2010 Federação das Empresas Juniores da Paraíba CNPJ 11.004.307/0001-87 ÍNDICE 1. Disposições Iniciais...03 2. Condições

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA CONSELHO REGIONAL DE PSICOLOGIA - 7ª Região

CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA CONSELHO REGIONAL DE PSICOLOGIA - 7ª Região Ofício Circular CRP07-187/2009 Porto Alegre, 23 de julho de 2009. I MOSTRA DE PRÁTICAS EM PSICOLOGIA NO CAMPO DAS POLÍTICAS PÚBLICAS PSICÓLOGO, SEU FAZER NOS INTERESSA. Em 2009, o Conselho Regional de

Leia mais

R E G U L A M E N T O

R E G U L A M E N T O R E G U L A M E N T O I CONCURSO MUNICIPAL DE JINGLE CAPÍTULO I - DO OBJETO Art. 1º A Associação Comercial e Industrial de Bagé-ACIBa, a Administração Pública Municipal e as Entidades parceiras, através

Leia mais

Grupo Educacional UNIS - MG

Grupo Educacional UNIS - MG 1º CONCURSO NEUNIS DE PLANOS DE NEGÓCIO PARA UNIVERSITÁRIOS 2014 1 REALIZAÇÃO: UNIS/MG REGULAMENTO CAPÍTULO 1 DOS OBJETIVOS Art. 1º O Concurso NEUNIS de Planos de Negócio para Universitários é uma iniciativa

Leia mais

Após a confirmação de pagamento de sua inscrição para o congresso, você estará apto a entrar no sistema de submissão de trabalho.

Após a confirmação de pagamento de sua inscrição para o congresso, você estará apto a entrar no sistema de submissão de trabalho. Para submissão de trabalhos é necessário que você esteja inscrito no evento. Você deve realizar seu cadastro acessando a opção Cadastrar, quando disponível. É imprescindível que você guarde suas informações

Leia mais

Prefeitura Municipal de Domingos Martins

Prefeitura Municipal de Domingos Martins Regulamento do CONCURSO DE DECORAÇÃO NATALINA DE FACHADAS RESIDENCIAIS E VITRINES COMERCIAIS 2011 O Concurso de Decoração de Fachadas residenciais e vitrines / fachadas comerciais para o XV Brilho de Natal

Leia mais

CRITÉRIOS DE SELEÇÃO DE PROJETOS PARA O CONCURSO VALORIZANDO AS MELHORES PRÁTICAS EM GESTÃO DO TRABALHO E EDUCAÇÃO EM SAÚDE, EDIÇÃO 2012.

CRITÉRIOS DE SELEÇÃO DE PROJETOS PARA O CONCURSO VALORIZANDO AS MELHORES PRÁTICAS EM GESTÃO DO TRABALHO E EDUCAÇÃO EM SAÚDE, EDIÇÃO 2012. CRITÉRIOS DE SELEÇÃO DE PROJETOS PARA O CONCURSO VALORIZANDO AS MELHORES PRÁTICAS EM GESTÃO DO TRABALHO E EDUCAÇÃO EM SAÚDE, EDIÇÃO 2012. A Coordenadoria Setorial de Gestão de Desenvolvimento de Pessoas

Leia mais

Projeto SAE BRASIL AeroDesign

Projeto SAE BRASIL AeroDesign Seção São José dos Campos Projeto SAE BRASIL AeroDesign Concurso de Fotos Via Instagram Projeto AeroDesign: Ajudando a Formar os Líderes de Amanhã Índice 1. Introdução 2. Regulamento do Concurso 3. Estrutura

Leia mais

REGULAMENTO DO I CONCURSO DE REDAÇÃO E DE ARTIGO DO MP-PROCON

REGULAMENTO DO I CONCURSO DE REDAÇÃO E DE ARTIGO DO MP-PROCON MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DA PARAÍBA PROGRAMA ESTADUAL DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR REGULAMENTO DO I CONCURSO DE REDAÇÃO E DE ARTIGO DO MP-PROCON TEMA: Impactos negativos da falsificação de produtos

Leia mais

11º PRÊMIO APP MARKMÍDIA Regulamento 2014

11º PRÊMIO APP MARKMÍDIA Regulamento 2014 11º PRÊMIO APP MARKMÍDIA Regulamento 2014 1. Objetivos Incentivar o desenvolvimento e qualificação da propaganda na região de Londrina, por meio do reconhecimento da qualidade e da criatividade no planejamento

Leia mais

SENADO FEDERAL GABINETE DO SENADOR PEDRO TAQUES. OF-CIRCULAR. GSPTAQ Nº 545/2013 Brasília, 19 de setembro de 2013.

SENADO FEDERAL GABINETE DO SENADOR PEDRO TAQUES. OF-CIRCULAR. GSPTAQ Nº 545/2013 Brasília, 19 de setembro de 2013. SENADO FEDERAL GABINETE DO SENADOR PEDRO TAQUES OF-CIRCULAR. GSPTAQ Nº 545/2013 Brasília, 19 de setembro de 2013. Ilustríssimos(as) Prefeitos(as) e Vereadores(as) Municípios de Mato Grosso Assunto: Ministério

Leia mais

2º PRÊMIO DE INOVAÇÃO DE JOINVILLE 2014

2º PRÊMIO DE INOVAÇÃO DE JOINVILLE 2014 2º PRÊMIO DE INOVAÇÃO DE JOINVILLE 2014 REGULAMENTO Art. 1º Do Objetivo e Perfil dos Participantes O 2º. Prêmio de Inovação de Joinville é motivado pelo cumprimento da Lei 7170/2011, em seu art. 7º, que

Leia mais

Este Boletim substitui BI-012/15

Este Boletim substitui BI-012/15 Nº Boletim: BI-019/15 Data: 06/08/2015 Público Alvo no Distribuidor: Titulares Gerentes LQS Consultores Funilaria TI Garantia SAC Peças Técnicos Líder Ambiental Área/ Responsável: Dealer Operation e Meio

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE ACESSIBILIDADE DIGITAL

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE ACESSIBILIDADE DIGITAL REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE ACESSIBILIDADE DIGITAL 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do Porto Digital (NGPD) para participação

Leia mais

Prêmio Ouvidorias Brasil. Edição 2015

Prêmio Ouvidorias Brasil. Edição 2015 Prêmio Ouvidorias Brasil Edição 2015 1. Inscrições a) Quem poderá participar do Prêmio Ouvidorias Brasil edição 2015? Poderá se inscrever e participar do Prêmio Ouvidorias Brasil edição 2015 organizações

Leia mais

1ª GINCANA PARANAENSE DE ECONOMIA DO CORECON-PR. Regulamento

1ª GINCANA PARANAENSE DE ECONOMIA DO CORECON-PR. Regulamento 1ª GINCANA PARANAENSE DE ECONOMIA DO CORECON-PR Regulamento CAPÍTULO I OBJETIVOS ART 1º - OBJETIVOS GERAIS 1. O Torneio Gincana Paranaense - CORECON-PR é uma competição de caráter educacional, promovida

Leia mais