USO DE FONTES PARA A PROBLEMATIZAÇÃO E CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO HISTÓRICO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "USO DE FONTES PARA A PROBLEMATIZAÇÃO E CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO HISTÓRICO"

Transcrição

1 USO DE FONTES PARA A PROBLEMATIZAÇÃO E CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO HISTÓRICO Lusanira Feitosa Viana Moreno Sandra Regina Denipoti de Oliveira Universidade Estadual de Londrina Resumo: O programa institucional de iniciação a docência (PIBID) tem como objetivo aprofundar os conhecimentos sobre a prática docente através de leituras, pesquisas, observações em sala de aula e a realização de oficinas. A pesquisa do PIBID realizada no Colégio Estadual José Aloísio Aragão e Colégio Estadual Hugo Simas, teve como objeto de estudo, as vozes silenciadas da cidade de Londrina, em específico para este trabalho de pessoas de origem africana, utilizando o Dr. Justiniano Clímaco da Silva, conhecido como Dr. Preto, primeiro médico negro da região ainda nos anos de ocupação da cidade e a figura de uma pioneira londrinense, a Doutora Severina Alho, que foi a primeira mulher a exercer a profissão de cirurgiã dentista em Londrina em meados da década de As mulheres sempre fizeram parte da sociedade, e fazem história a todo instante. Os estudos científicos, as produções historiográficas, muitas vezes silenciaram ou estereotiparam essas mulheres, deixando de lado suas experiências, ideias e papel social. Os Pibidianos iniciaram a pesquisa com um questionário, para identificar como os alunos viam a questão do negro na história de Londrina. A resposta dos alunos questionados tende a relacionar o negro apenas na sua condição de inferioridade. Por isso a importância de se estudar o papel social e cultural do negro na formação na cidade de Londrina. A história que os estudantes têm contato é de marginalidade do negro, os livros didáticos não tratam de sua ação, de seu papel ativo na sociedade. Os alunos precisam ter um contato mais abrangente com a História da África e da cultura afro-brasileira, para compreenderem o significado de uma cultura diferente que não deve ser vista como estranha, mas compreendida. No Hugo Simas os Pibidianos, se propuseram a perceber a visão que os alunos têm sobre a mulher e o pioneirismo, por meio dos questionários prévios, aplicados em duas turmas do 2º colegial do Colégio Estadual Hugo Simas, localizado na cidade de Londrina. Os resultados desses trabalhos, a participação dos alunos, as discussões realizadas, o impacto na visão de alguns alunos sobre as questões trabalhadas são o resultado de nosso trabalho que será apresentado. Palavras-chave: Londrina; Pioneiro; Ensino de História; Aula Oficina Financiamento: Capes - Pibid História UEL. 2782

2 O programa PIBID (Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência) do programa do Ministério da Educação,foi criado com a finalidade de valorizar o magistério e apoiar estudantes de licenciatura plena, das instituições municipais públicas e comunitárias, sem fins econômicos, de educação superior. Tem como um dos objetivos elevar a qualidade das ações acadêmicas voltadas à formação inicial de professores nos cursos de licenciatura das instituições de educação superior, promovendo a integração entre educação superior e educação básica por meio da inserção dos licenciandos no cotidiano de escolas da rede pública de educação básica. O programa visa também proporcionar aos futuros professores participação em experiências metodológicas, tecnológicas e práticas docentes de caráter inovador e interdisciplinar e que busquem a superação de problemas identificados no processo de ensino-aprendizagem. Além de incentivar as escolas públicas de educação básica a tornarem-se protagonistas nos processos formativos dos estudantes das licenciaturas, mobilizando seus professores como co-formadores dos futuros professores. Tanto os professores da escola básica como os licenciandos recebem bolsas para a execução das atividades concernentes ao programa. A proposta do PIBID / 2009-UEL, aplicado no Colégio Hugo Simas em Londrina-PR, no ano de 2013, foi analisar a figura de uma pioneira londrinense, a Doutora Severina Alho, que foi a primeira mulher a exercer a profissão de cirurgiã dentista em Londrina em meados da década de Trata-se de (...) uma personagem que pode ser considerada da elite, tratando-a não como heroína, mas como sujeito histórico que se destacou na formação da cidade de Londrina. ( PERETTI, Nara Kisser e ROMEIRO,Kauana Candido, 2013, p.3). Outra questão abordada é o conceito de pioneiro, onde as mulheres não são citadas, nem mesmo no Museu Histórico da Cidade de Londrina e sim, são as mulheres ou filhas de pioneiro, que é o caso da Dra. Severina que apesar de ser a primeira dentista da cidade e bem sucedida, não é vista como pioneira. Foram utilizadas como fontes, reportagens de jornais da época e uma entrevista transcrita, concedida à pesquisa para dissertação de mestrado do Prof. Dr. José Miguel Arias Neto pela Dra Severina em Os trabalhos iniciaram com um questionário de conhecimentos prévios de alunos do Ensino Médio, na faixa etária de anos, conforme os pressupostos do campo da Educação Histórica, para perceberem a visão que os alunos tem sobre a mulher e o pioneiro. 2783

3 Após fazerem as tabulações das respostas as alunas Nara Kisser Piretti e Kawana Candido Romeiro concluíram que : (...) nosso trabalho se insere na perspectiva de dar voz uma pioneira, uma mulher que na década de 30 veio para Londrina, sendo a primeira dentista da cidade. As respostas nos mostram como esta pesquisa será importante para mostrar e discutir o papel desta mulher na cidade, e aprofundarmos as questões em torno da mulher, e sua participação na história e na historiografia. Esperamos com a pesquisa, contribuir para modificar essa perspectiva unilateral e normativa que se tem a respeito do gênero feminino, demonstrando a importância de se resgatar na História, o papel e as contribuições da mulher, além de tocar os alunos para tal temática, repensando e revisando suas opiniões sobre a história. Depois de concluída esta etapa, foi ministrada uma aula-oficina na turma do 2ºB (2013), ocorrendo um debate sobre História local, mulher e pioneiro. Foi dado enfoque na história da Dra Severina Alho, de onde vieram os dados, como foi realizada a pesquisa e etc. O propósito foi despertar nos alunos a atitudes investigativas e a história dos excluídos, no caso uma mulher, que apesar de ser uma pioneira não é vista assim. Na semana cultural, cujo o tema proposto pela escola foi personalidades, a sala optou por pesquisar e contar a história da Dra Severina, uma personalidade importante para a história local, porém quase não conhecida. Seguindo os passos apresentados na aula-oficina pelos alunos do PIBID, eles se organizaram e iniciaram as pesquisas. Neste ínterim, no dia 3 de agosto de 2013, ocorreu o assassinato da Dona Vilma Santos de Oliveira (Yá Mukunby), uma liderança negra e religiosa da cidade de Londrina, que naquele mesmo dia havia participado o dia inteiro da Conferência Municipal de Igualdade Racial. Partindo do pressuposto da história dos esquecidos, em especial as mulheres, a turma decidiu se dividir em dois grupos, um para trabalhar com a pesquisa da Dra Severina e outro com a Dona Vilma. Ao escolherem Yá Mukumby, eles pretendiam homenagear uma mulher negra brasileira, que lutava pela intolerância racial e religiosa, que combatia preconceitos de todas as ordens, sexismo, machismo e homofobia. Enfim, reconhecer o papel da mulher, e neste caso da mulher negra, na construção da história da cidade. A equipe convidou a professora Fátima Beraldo, professora da rede municipal de educação de Londrina e integrante do movimento negro da cidade. A professora Fátima foi até a sala de aula conversar e explicar quem foi Yá Mukumby, sua importância na história de Londrina e de se resgatar a história dos negros que 2784

4 contribuíram para a existência da cidade. Foram apresentados dois vídeos intitulados: Tudo o que você gostaria de saber sobre macumba e nunca teve coragem de perguntar e 1 em 500: Yá Mukumby. A principal fonte de pesquisa apresentada para os alunos e utilizadas por eles foi o livro Yá Mukumby : a vida de Vilma Santos de Oliveira e os vídeos já citados. Faz parte desta turma a aluna Bruna Kohata de Aquino, surdocega devido a sequelas da prematuridade, que perdeu a visão devido a retinopatia da prematuridade e a audição ao excesso de antibióticos necessários após seu nascimento. A aluna Bruna decidiu pesquisar e apresentar com o auxilio de sua instrutora mediadora Meire Anne Teodoro, sobre a vida e obra da personagem Cláudia Sofia Indalécio Pereira, surdocega a mais de 24 anos, portadora da Síndrome de Usher, uma síndrome genética, autossômica recessiva, que o individuo nasce surdo e no início da adolescência começa a perder a visão, até o final da fase adulta fica sego ou apresenta baixa visão muito significativa devido a retinose pigmentar. Esta personagem foi apresentada como um exemplo de superação, uma mulher que superou os preconceitos e hoje é presidente da ABRASC (Associação Brasileira de Surdocegueira). A aluna além de apresentar quem foi a personagem, sua biografia, explicou sobre Tadoma que consiste na percepção da língua oral emitida mediante o uso de uma ou duas mãos da pessoa surdocega; geralmente o dedo polegar se coloca suavemente sobre os lábios e os outros dedos se mantém sobre a bochecha, a mandíbula e a garganta do interlocutor, maneira da qual Cláudia Sofia se comunica. O resultado desses trabalhos foram apresentados na Semana Cultural de 26 a 30 de agosto de Em dois espaços, os grupos reproduziram cenários distintos. Um consultório dentário em que o grupo explicou quem foi a Dra Severina, em outro, a reprodução de um terreiro, onde o grupo explicou alguns elementos da umbanda e sobre quem foi Yá Mukumby e sua importância na história da cidade. A aluna Bruna, junto com sua instrutora mediadora, expôs sobre a vida e superação de Cláudia Sofia Indalécio. As fotos à seguir demonstram estes trabalhos: 2785

5 Trabalho sobre Cláudia Sofia Indalésio. Trabalho sobre Dra Severina Alho. 2786

6 Trabalho sobre Yá Mukumby. Também durante a semana cultural, foi realizada uma aula oficina pelas alunas Maria de Fátima Fernandes Ferreira e Raquel Ester Luithardt orientadas pela prof. Dra Márcia Elisa Teté Ramos com o seguinte tema O papel das mulheres na sociedade, do passado ao presente. A aula-oficina tinha como objetivo dar condições para o aluno refletir, a partir do uso escolar das fontes históricas. Segunda Barca: Lecantar e trabalhar de forma diferenciada as ideias iniciais que os alunos manifestam tacitamente, tendo em atenção que estas ideias prévias podem ser mais vagas ou mais precisas, mais alternativas à ciência ou mais consistentes com esta. Para isso, utilizaram algumas imagens de propagandas das décadas de 50 e 60, música e trechos de dois filmes que retratavam a vida das mulheres nas décadas citadas acima. Além do trabalho com tais materiais, empreenderam uma dinâmica de grupo para fomentar o debate, a argumentação a discussão, em um trabalho de construção histórica: Queríamos, sobretudo, conceder aos alunos a oportunidade de refletirem sobre o papel da mulher no dia-a-dia deles, em casa, na escola, igreja e afins, tendo como ponto de partida para a análise um material que os situasse no tempo, fazendo-os enxergar e compreender algumas das mudanças ocorridas ao longo das décadas sobre o papel exercido pelas mulheres na sociedade e de que modo isso ainda reflete na imagem da 2787

7 mulher atual. Acima de tudo, proporcionar a eles a liberdade de serem os agentes sociais dessa reflexão. (Ferreira, Maria de Fátima Fernandes e Luithardt, Raquel Ester. Pag 1 ) Um exemplo do material utilizado são as imagens a seguir: Ao apresentarem as imagens, os alunos deram ênfase ao machismo, em seguida as alunas apresentaram questões problematizadoras direcionando a discussão para o que o grupo observou sobre as imagens. Sobre este trabalho, concluíram: Interessante explicitar aqui que todos concordaram a partir da análise dos documentos que houve mudanças consideráveis no papel da mulher e que já obtiveram conquistas dos seus direitos, contudo, aquela visão tradicional por vezes patriarcal de que o homem é o chefe e a mulher deve ser submissa ainda existe, como é o caso da segunda imagem, a própria frase 2788

8 já define muito bem essa visão. Afirmando que o papel da mulher continua sendo o de dona de casa, ou seja, as panelas a acompanham nessa missão.. (Ferreira, Maria de Fátima Fernandes e Luithardt, Raquel Ester. Pag. 3 ) Seguindo com a aula-oficina apresentaram a música de Chico Buarque, Com açúcar, com afeto, que narra a vida de uma mulher que aguarda o marido em casa. Fizeram uso de dois trechos de filme, o primeiro foi do longa Dama de Ferro, e o segundo O sorriso de Monalisa, ambos tratam da história de vida de mulheres que agiam de um modo peculiar para a sua época. O PIBID/ UEL, aplicada no Colégio Estadual José Aloísio Aragão- Colégio de Aplicação no ano de 2013, teve como tema: interpretações sobre a história local: a presença do negro em londrina por alunos do ensino médio. O destaque da pesquisa foi sobre um personagem de Londrina o Dr. Justiniano Clímaco da Silva conhecido popularmente por Dr. Preto, que chegou a participar ativamente na formação da cidade de Londrina, mas que não é lembrado pela historiografia da cidade como um dos pioneiros. A pesquisa do PIBID de História (Ensino Médio), coordenado pela professora Dra. Márcia Elisa Teté Ramos teve na sua proposta questionar a história oficial de Londrina, e repensar a figura do pioneiro, não apenas mostrando a história dos vencedores, e de novos heróis, mas, sobretudo mostrar o lado humano das pessoas que também fizeram parte da construção e da história da cidade de Londrina, mas que não são citados como pioneiros. O início das atividades do PIBID teve como uma de suas ações, uma visita ao Museu Histórico de Londrina Padre Carlos Weiss, com o objetivo de os Pibidianos problematizarem a forma com que a exposição de longa duração estava exposta. Constituída a partir de conceitos de trabalho e progresso, a exposição cria uma narrativa que pretende contar uma história sobre a perspectiva da colonização da cidade. O instrumento de pesquisa de conhecimentos prévios dos alunos foi feito através de um questionário sobre o que os alunos conheciam da história de Londrina através da visita ao MHL, e como resultado mostrou que os alunos conheciam somente a história oficial que privilegia a figura do pioneiro, a história dos vencedores: Em Londrina memória oficial foi construída a partir da exaltação da imagem dos pioneiros. Essa ideia se reflete nas homenagens presentes nos 2789

9 monumentos, comemorações, nomes de logradouros entre outros suportes de memória espalhados pela cidade de Londrina. Esses personagens são tidos como exemplos da bravura e do empreendedorismo, pois são aqueles que chegaram primeiro e desbravaram as terras virgens. (SILVA;MORAES, 2010, P:321) Posteriormente a investigação dos conhecimentos prévios dos alunos, foram realizadas aulas-oficina. A primeira oficina teve como discussão e reflexão junto aos alunos do Ensino Médio, sobre a exposição do MHL, o modo como a história oficial da cidade foi contada, refletindo que a história possui diversas interpretações, olhares diferentes, e que há outras formas de ver o mundo historicamente. Neste contexto historiográfico, a ausência do Dr. Justiniano Clímaco da Silva o Dr. Preto, é possível observar que a história oficial enfatiza como integrante a história do pioneiro, os homens vencedores e brancos. A história exclui negros, mulheres e Indígenas e a população pobre em geral. Na segunda oficina foram utilizados trechos do filme Histórias Cruzadas (diretor Tate Taylor, 2011), que mostra a segregação racial nos Estados Unidos e teve como proposta problematizar a situação das pessoas, como eram tratadas ou (des) tratadas. As atividades foram encerradas com um amplo debate sobre segregação racial e preconceito. Referências bibliográficas BARCA, Isabel. Aula Oficina: do Projeto à Avaliação. In. Para uma educação de qualidade: Atas da Quarta Jornada de Educação Histórica. Braga, Centro de Investigação em Educação (CIED)/ Instituto de Educação e Psicologia, Universidade do Minho, 2004, p FERREIRA, Maria de Fátima Fernandes e LUITHARDT, Raquel Ester. Aulaoficina: As mulheres na sociedade do passado ao presente. Londrina, LANZA, Fábio. SOUZA, Alexansandro Eleotério Pereira. Merissi, Lais Celis. Diniz, Larissa Mattos. Yá Mukumby, a vida de Vilma Santos de Oliveira. Coleção Presença Negra em Londrina. 2ª Ed. Universidade Estadual de Londrina PERETTI, Nara Kisser e ROMEIRO, Kauana Candido. O papel da mulher pioneira em londrina a partir da figura da doutora severina alho na década de 1930 a Londrina, SILVA, Bruno. M; Moraes, Daniela R. Um Novo Olhar Sobre a História de Londrina: Uma Experiência Extensionista. Seminário de Pesquisa em Ciências Humanas. Londrina: Eduel,

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID DETALHAMENTO DO SUBPROJETO 1. Unidade: 2. Área do Subprojeto: Dourados 3. Curso(s) envolvido(s) na proposta: Letras - Inglês Obs.: Para proposta

Leia mais

Projeto - A afrodescendência brasileira: desmistificando a história

Projeto - A afrodescendência brasileira: desmistificando a história Projeto - A afrodescendência brasileira: desmistificando a história Tema: Consciência Negra Público-alvo: O projeto é destinado a alunos do Ensino Fundamental - Anos Finais Duração: Um mês Justificativa:

Leia mais

EDITAL N 03/2014 SELEÇÃO DE BOLSISTAS SUPERVISORES DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID/CAPES/FAPE

EDITAL N 03/2014 SELEÇÃO DE BOLSISTAS SUPERVISORES DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID/CAPES/FAPE EDITAL N 03/2014 SELEÇÃO DE BOLSISTAS SUPERVISORES DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID/CAPES/FAPE A Direção da Faculdade de Presidente Epitácio, conjuntamente com a Coordenação

Leia mais

A HISTÓRIA QUE SE TEM E A HISTÓRIA QUE SE QUER: SEQUÊNCIA DIDÁTICA SOBRE O LIVRO "TERRA VERMELHA" EM SALA DE AULA

A HISTÓRIA QUE SE TEM E A HISTÓRIA QUE SE QUER: SEQUÊNCIA DIDÁTICA SOBRE O LIVRO TERRA VERMELHA EM SALA DE AULA 121 A HISTÓRIA QUE SE TEM E A HISTÓRIA QUE SE QUER: SEQUÊNCIA DIDÁTICA SOBRE O LIVRO "TERRA VERMELHA" EM SALA DE AULA Aline Apolinário Furtunato - linefurtunato@hotmail.com Cinthia Torres Aranha - cta.cinthia.torres@hotmail.com

Leia mais

PESQUISA AÇÃO: ACOMPANHANDO OS IMPACTOS DO PIBID NA FORMAÇÃO DOCENTE

PESQUISA AÇÃO: ACOMPANHANDO OS IMPACTOS DO PIBID NA FORMAÇÃO DOCENTE PESQUISA AÇÃO: ACOMPANHANDO OS IMPACTOS DO PIBID NA FORMAÇÃO DOCENTE Rafaela Souza SANTOS, Valquiria Rodrigues do NASCIMENTO, Dayane Graciele dos SANTOS, Tamíris Divina Clemente URATA, Simara Maria Tavares

Leia mais

FACULDADES ADAMANTINENSES INTEGRADAS

FACULDADES ADAMANTINENSES INTEGRADAS FACULDADES ADAMANTINENSES INTEGRADAS EDITAL DE SELEÇÃO DE ALUNOS PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA VAGAS REMANESCENTES (PIBID/FAI 2014) EDITAL N O. 07/2014 1. APRESENTAÇÃO

Leia mais

Geocassia de Fátima Souza (UERN) Marta Jussara Frutuoso da Silva (UERN)

Geocassia de Fátima Souza (UERN) Marta Jussara Frutuoso da Silva (UERN) AS CONTRIBUIÇÕES DO PIBID-ESPANHOL PARA A FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES DE LÍNGUA ESPANHOLA: UMA EXPERIÊNCIA EM DUAS ESCOLAS DA CIDADE DE PAU DOS FERROS-RN Geocassia de Fátima Souza (UERN) Marta Jussara

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Reitoria Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Reitoria Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional Edital 001/2015 SELEÇÃO DE PROFESSORES SUPERVISORES PIBID Matemática, Câmpus Curitiba A coordenação da área Matemática do projeto PIBID-UTFPR, do Curso de Licenciatura em Matemática da, Câmpus Curitiba,

Leia mais

EDITAL PIBID-FUNEC SELEÇÃO DE PROFESSORES SUPERVISORES PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID

EDITAL PIBID-FUNEC SELEÇÃO DE PROFESSORES SUPERVISORES PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID EDITAL PIBID-FUNEC SELEÇÃO DE PROFESSORES SUPERVISORES PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID A FUNEC Fundação Municipal de Educação e Cultura de Santa Fé do Sul, através

Leia mais

COLEÇÃO IMAGÉTICA: FOTOGRAFIA, EXTENSÃO, ENSINO E PESQUISA NO PROJETO FOCA FOTO. PALAVRAS-CHAVE Fotografia. Coleção fotográfica. Lapa. Extensão.

COLEÇÃO IMAGÉTICA: FOTOGRAFIA, EXTENSÃO, ENSINO E PESQUISA NO PROJETO FOCA FOTO. PALAVRAS-CHAVE Fotografia. Coleção fotográfica. Lapa. Extensão. 12. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( X ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO

Leia mais

EDITAL Nº. 021/2015 - UNEMAT/PROEG - PIBID

EDITAL Nº. 021/2015 - UNEMAT/PROEG - PIBID EDITAL Nº. 021/2015 - UNEMAT/PROEG - PIBID A Universidade do Estado de Mato Grosso UNEMAT, no uso de suas atribuições, por meio da Pró-Reitoria de Ensino de Graduação, torna público o presente Edital de

Leia mais

AÇÕES DE COMBATE A HOMOFOBIA NAS ESCOLAS DO PÓLO DO CEFAPRO (CENTRO DE FORMAÇÃO E ATUALIZAÇÃO DE PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO) DE TANGARÁ DA SERRA-MT

AÇÕES DE COMBATE A HOMOFOBIA NAS ESCOLAS DO PÓLO DO CEFAPRO (CENTRO DE FORMAÇÃO E ATUALIZAÇÃO DE PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO) DE TANGARÁ DA SERRA-MT AÇÕES DE COMBATE A HOMOFOBIA NAS ESCOLAS DO PÓLO DO CEFAPRO (CENTRO DE FORMAÇÃO E ATUALIZAÇÃO DE PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO) DE TANGARÁ DA SERRA-MT RELATO DE EXPERIÊNCIA Introdução Marcos Serafim Duarte

Leia mais

DIVERSIDADE ÉTNICO-RACIAL NO ENSINO DE LÍNGUA INGLESA: UMA EXPERIÊNCIA ATRAVÉS DO PIBID Cristiane Rosa Lopes*

DIVERSIDADE ÉTNICO-RACIAL NO ENSINO DE LÍNGUA INGLESA: UMA EXPERIÊNCIA ATRAVÉS DO PIBID Cristiane Rosa Lopes* DIVERSIDADE ÉTNICO-RACIAL NO ENSINO DE LÍNGUA INGLESA: UMA EXPERIÊNCIA ATRAVÉS DO PIBID Cristiane Rosa Lopes* Resumo Este trabalho insere-se no campo da Linguística Aplicada, e tem como eixo central a

Leia mais

JUSTIFICATIVA DA INICIATIVA

JUSTIFICATIVA DA INICIATIVA JUSTIFICATIVA DA INICIATIVA A relevância do projeto: O negro em destaque: As representações do negro na literatura brasileira se dá a partir das análises e percepções realizadas pelo coletivo cultural,

Leia mais

SABERES ADQUIRIDOS NO PIBID (PROGRAMA INSTUCIONAL DE BOLSA INICIAÇÃO À DOCÊNCIA) PARA O SUCESSO PROFISSIONAL.

SABERES ADQUIRIDOS NO PIBID (PROGRAMA INSTUCIONAL DE BOLSA INICIAÇÃO À DOCÊNCIA) PARA O SUCESSO PROFISSIONAL. SABERES ADQUIRIDOS NO PIBID (PROGRAMA INSTUCIONAL DE BOLSA INICIAÇÃO À DOCÊNCIA) PARA O SUCESSO PROFISSIONAL. TayaraCrystina P. Benigno, UERN; tayara_bbg@hotmail.com Emerson Carlos da Silva, UERN; emersoncarlos90@hotmail.com

Leia mais

PRÁTICA PEDAGÓGICA EM GEOGRAFIA: ABORDANDO O ANTAGONISMO DO CONTINENTE AFRICANO POR MEIO DAS INTERVENÇÕES DO PIBID

PRÁTICA PEDAGÓGICA EM GEOGRAFIA: ABORDANDO O ANTAGONISMO DO CONTINENTE AFRICANO POR MEIO DAS INTERVENÇÕES DO PIBID PRÁTICA PEDAGÓGICA EM GEOGRAFIA: ABORDANDO O ANTAGONISMO DO CONTINENTE AFRICANO POR MEIO DAS INTERVENÇÕES DO PIBID Liberato Epitacio de Sousa da Silva - PIBID/UEPB (Bolsista do PIBID de Geografia) Liberatotacio20@hotmail.com

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DOCENTE PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA CIENTÍFICA (PIBID/FAI) EDITAL N O.

EDITAL DE SELEÇÃO DOCENTE PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA CIENTÍFICA (PIBID/FAI) EDITAL N O. EDITAL DE SELEÇÃO DOCENTE PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA CIENTÍFICA (PIBID/FAI) EDITAL N O. 004/15 1. APRESENTAÇÃO A Direção-Geral das FACULDADES ADAMANTINENSES INTEGRADAS

Leia mais

FACULDADES ADAMANTINENSES INTEGRADAS

FACULDADES ADAMANTINENSES INTEGRADAS FACULDADES ADAMANTINENSES INTEGRADAS EDITAL DE SELEÇÃO DE DOCENTES-SUPERVISORES DE ESCOLAS ESTADUAIS E MUNICIPAIS PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA (PIBID/FAI 2014) - VAGAS

Leia mais

Plano de Aula As Ações Afirmativas Objetivo Geral: O objetivo da aula é demonstrar que as políticas de ação afirmativas direcionadas à população

Plano de Aula As Ações Afirmativas Objetivo Geral: O objetivo da aula é demonstrar que as políticas de ação afirmativas direcionadas à população Plano de Aula As Ações Afirmativas Objetivo Geral: O objetivo da aula é demonstrar que as políticas de ação afirmativas direcionadas à população negra brasileira são fundamentadas historicamente na luta

Leia mais

MAQUETE: RECURSO DIDÁTICO NAS AULAS DE GEOGRAFIA

MAQUETE: RECURSO DIDÁTICO NAS AULAS DE GEOGRAFIA MAQUETE: RECURSO DIDÁTICO NAS AULAS DE GEOGRAFIA SANTOS, Jéssica Paula. UFG/REGIONAL/CATALÃO jessica-g-ts@hotmail.com SANTOS, Marina da Silva. UFG/REGIONAL/CATALÃO marinaavlis@hotmail.com Orientador: Dr.ª

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID RELATÓRIO DE ATIVIDADES DO ALUNO BOLSISTA SUBPROJETO DE 2011. 2 Semestre de 2011

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID RELATÓRIO DE ATIVIDADES DO ALUNO BOLSISTA SUBPROJETO DE 2011. 2 Semestre de 2011 Ministério da Educação Secretaria de Educação Média e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE

Leia mais

Palavras-chave: Docência; cultura; Cultura afro-brasileira e indígena.

Palavras-chave: Docência; cultura; Cultura afro-brasileira e indígena. RELATO DA MINHA PRIMEIRA EXPERIÊNCIA NA DOCÊNCIA: 1º SEMINÁRIO DE CULTURA AFRO-BRASILEIRA E INDÍGENA: DESCONSTRUINDO CONCEITOS, ROMPENDO PRECONCEITOS. Raquel Chaiane Amaro de Jesus 1 RESUMO Este trabalho

Leia mais

Edital 029/2012 PROGRAD. Seleção de professores supervisores para o Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID)

Edital 029/2012 PROGRAD. Seleção de professores supervisores para o Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) Edital 029/2012 PROGRAD Seleção de professores supervisores para o Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) O Pró-Reitor de Graduação e Educação Profissional da Universidade Tecnológica

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB ANEXO II EDITAL Nº 001/2011/CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO

Leia mais

REALIZAÇÕES DO PIBID NA UNIDADE EDUCACIONAL JOSÉ LUSTOSA ELVAS FILHO, BOM JESUS-PI

REALIZAÇÕES DO PIBID NA UNIDADE EDUCACIONAL JOSÉ LUSTOSA ELVAS FILHO, BOM JESUS-PI REALIZAÇÕES DO PIBID NA UNIDADE EDUCACIONAL JOSÉ LUSTOSA ELVAS FILHO, BOM JESUS-PI Francisco Cleiton da Rocha 1 Marcos Vinícius de Sousa 2 Stella Indira Rocha Lobato 3 1 Professor Assistente da Universidade

Leia mais

AS CONTRIBUIÇÕES DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA (PIBID) NA VISÃO DA ESCOLA PARTICIPANTE

AS CONTRIBUIÇÕES DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA (PIBID) NA VISÃO DA ESCOLA PARTICIPANTE AS CONTRIBUIÇÕES DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA (PIBID) NA VISÃO DA ESCOLA PARTICIPANTE ABREU, M. Francilina (Bolsista do PIBID- Pedagogia) Universidade Estadual Vale do Acaraú.

Leia mais

I ENCONTRO DE ENSINO DE HISTÓRIA DA MATA NORTE

I ENCONTRO DE ENSINO DE HISTÓRIA DA MATA NORTE I ENCONTRO DE ENSINO DE HISTÓRIA DA MATA NORTE HISTÓRIA E CULTURA AFRO-BRASILEIRA E O ENSINO DE HISTÓRIA Universidade de Pernambuco Campus Mata Norte Curso de Licenciatura em História Pró-Reitoria de Graduação

Leia mais

EDITAL PIBID-FUNEC - Nº 001/2015 SELEÇÃO DE PROFESSORES SUPERVISORES PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID

EDITAL PIBID-FUNEC - Nº 001/2015 SELEÇÃO DE PROFESSORES SUPERVISORES PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID EDITAL PIBID-FUNEC - Nº 001/2015 SELEÇÃO DE PROFESSORES SUPERVISORES PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID A FUNEC Fundação Municipal de Educação e Cultura de Santa Fé do

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO PIBID NA FORMAÇÃO DE FUTUROS PROFESSORES Vitor José Petry Universidade Federal da Fronteira Sul - UFFS vitor.petry@uffs.edu.

A IMPORTÂNCIA DO PIBID NA FORMAÇÃO DE FUTUROS PROFESSORES Vitor José Petry Universidade Federal da Fronteira Sul - UFFS vitor.petry@uffs.edu. ISSN 2316-7785 A IMPORTÂNCIA DO PIBID NA FORMAÇÃO DE FUTUROS PROFESSORES Vitor José Petry Universidade Federal da Fronteira Sul - UFFS vitor.petry@uffs.edu.br Resumo O artigo é resultado da análise de

Leia mais

A EXTENSÃO NA CASA BRASIL DE ANÁPOLIS: APONTAMENTOS INICIAIS

A EXTENSÃO NA CASA BRASIL DE ANÁPOLIS: APONTAMENTOS INICIAIS A EXTENSÃO NA CASA BRASIL DE ANÁPOLIS: APONTAMENTOS INICIAIS SANTOS, Jéssica de Andrade¹; BESSA, Vanessa Cristina Gadêlha 1 ; SILVA, Vinícius Costa 1 ; SILVA, Núbia Carla de Souza 1 ; FIGUEIREDO, Adda

Leia mais

A VIVÊNCIA DO JUDÔ NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA SOB A ÓTICA DA CULTURA CORPORAL DO MOVIMENTO

A VIVÊNCIA DO JUDÔ NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA SOB A ÓTICA DA CULTURA CORPORAL DO MOVIMENTO V Encontro Mineiro Sobre Investigação na Escola 1 A VIVÊNCIA DO JUDÔ NAS AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA SOB A ÓTICA DA CULTURA CORPORAL DO MOVIMENTO João Filipe Alfenas da Silva 1, Elisa Cardoso Parolini Alfenas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DE FORMAÇÃO DOCENTE GERÊNCIA DE INICIAÇÃO À DOCENCIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DE FORMAÇÃO DOCENTE GERÊNCIA DE INICIAÇÃO À DOCENCIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DE FORMAÇÃO DOCENTE GERÊNCIA DE INICIAÇÃO À DOCENCIA I FÓRUM DE AVALIAÇÃO DOS CURSOS DO COMITE GESTOR INSTITUCIONAL DE

Leia mais

Edital de Seleção para Bolsa de Iniciação à Docência para o PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID/CAPES/UERGS

Edital de Seleção para Bolsa de Iniciação à Docência para o PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID/CAPES/UERGS Edital de Seleção para Bolsa de Iniciação à Docência para o PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID/CAPES/UERGS A Pró-Reitoria de Ensino da Universidade Estadual do Rio Grande do

Leia mais

Edital Nº 156/2015 PIBID/DIVERSIDADE-PROEN

Edital Nº 156/2015 PIBID/DIVERSIDADE-PROEN Edital Nº 156/2015 PIBID/DIVERSIDADE-PROEN Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência para Diversidade PIBID/DIVERSIDADE/UFMA/CAPES (Seleção de estudantes-bolsistas de iniciação à docência)

Leia mais

A QUESTÃO ÉTNICO-RACIAL NA ESCOLA: REFLEXÕES A PARTIR DA LEITURA DOCENTE

A QUESTÃO ÉTNICO-RACIAL NA ESCOLA: REFLEXÕES A PARTIR DA LEITURA DOCENTE A QUESTÃO ÉTNICO-RACIAL NA ESCOLA: REFLEXÕES A PARTIR DA LEITURA DOCENTE Kallenya Kelly Borborema do Nascimento 1 Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) E-mail: kallenyakelly2@hotmail.com Patrícia Cristina

Leia mais

AS EXPERIÊNCIAS DO PIBID-FÍSICA DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL, CAMPUS BENTO GONÇALVES (IFRS)

AS EXPERIÊNCIAS DO PIBID-FÍSICA DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL, CAMPUS BENTO GONÇALVES (IFRS) AS EXPERIÊNCIAS DO PIBID-FÍSICA DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL, CAMPUS BENTO GONÇALVES (IFRS) Camila Paese [camilapaese@gmail.com] Fernanda Endrizzi [fernandaendrizzi@hotmail.com]

Leia mais

Cotas Pra Quê? 1. PALAVRAS-CHAVE: Documentário; Educação; Sistema de Cotas; Ensino Superior.

Cotas Pra Quê? 1. PALAVRAS-CHAVE: Documentário; Educação; Sistema de Cotas; Ensino Superior. Cotas Pra Quê? 1 Sarah Rocha MARTINS 2 Luan Barbosa OLIVEIRA 3 Camilla Alves Ribeiro PAES LEME 4 Instituto de Ensino Superior de Rio Verde, Rio Verde, Goiás RESUMO Este documentário foi planejado e desenvolvido

Leia mais

O DESENVOVIMENTO DE PROJETOS NOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL: RESULTADOS DA EXPERIÊNCIA REALIZADA NO COLÉGIO DE APLICAÇÃO CAMPUS UEL

O DESENVOVIMENTO DE PROJETOS NOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL: RESULTADOS DA EXPERIÊNCIA REALIZADA NO COLÉGIO DE APLICAÇÃO CAMPUS UEL O DESENVOVIMENTO DE PROJETOS NOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL: RESULTADOS DA EXPERIÊNCIA REALIZADA NO COLÉGIO DE APLICAÇÃO CAMPUS UEL Kenya Vieira de Souza e Silva Vanessa Duarte Resumo A educação

Leia mais

PRÁTICA DE ENSINO E ESTÁGIO SUPERVISONADO DE QUÍMICA: APRENDENDO A ENSINAR CONTEÚDO DA ESCOLA E DA VIDA

PRÁTICA DE ENSINO E ESTÁGIO SUPERVISONADO DE QUÍMICA: APRENDENDO A ENSINAR CONTEÚDO DA ESCOLA E DA VIDA PRÁTICA DE ENSINO E ESTÁGIO SUPERVISONADO DE QUÍMICA: APRENDENDO A ENSINAR CONTEÚDO DA ESCOLA E DA VIDA Resumo BARBOZA, Liane Maria Vargas UFPR lianemvb@ufpr.br HARACEMIV, Sonia Maria Chaves- UFPR sharacemiv@ufpr.br

Leia mais

O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA E A EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: NOVOS OLHARES PARA A FORMAÇÃO DOCENTE EM EJA.

O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA E A EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: NOVOS OLHARES PARA A FORMAÇÃO DOCENTE EM EJA. O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA E A EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: NOVOS OLHARES PARA A FORMAÇÃO DOCENTE EM EJA. Regina Magna Bonifácio de ARAÚJO Professora e pesquisadora da

Leia mais

A INSERÇÃO DO PIBID NA FORMAÇÃO DOCENTE NO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO DO CAMPO DA UFCG

A INSERÇÃO DO PIBID NA FORMAÇÃO DOCENTE NO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO DO CAMPO DA UFCG A INSERÇÃO DO PIBID NA FORMAÇÃO DOCENTE NO CURSO DE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO DO CAMPO DA UFCG Andréa Augusta de Morais Ramos 1 /UFCG-CDSA - andreaedu.15@gmail.com Fabiano Custódio de Oliveira 2 /UFCG-CDSA

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID DETALHAMENTO DO SUBPROJETO 1. Unidade: 2. Área do Subprojeto: Dourados 3. Curso(s) envolvido(s) na proposta: Pedagogia Obs.: Para proposta

Leia mais

Palavras-chave: PIBID; Ditadura civil-militar; História Oral; memória; entrevistas.

Palavras-chave: PIBID; Ditadura civil-militar; História Oral; memória; entrevistas. A DITADURA LÁ EM CASA : APRENDENDO HISTÓRIA A PARTIR DE ENTREVISTAS Heloisa Pires Fazion Rebecca Carolline Moraes da Silva (PIBID/História/UEL) Resumo: A ditadura militar tornou-se um fato marcante na

Leia mais

SELEÇÃO DE DISCENTES BOLSISTAS PARA O SUBPROJETO PEDAGOGIA (EDUCAÇÃO INFANTIL):

SELEÇÃO DE DISCENTES BOLSISTAS PARA O SUBPROJETO PEDAGOGIA (EDUCAÇÃO INFANTIL): UNIVERSIDADE FEDERAL DO OESTE DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA/CAPES EDITAL Nº 01/2015 Subprojeto PIBID/Pedagogia (Educação Infantil)/UFOPA

Leia mais

A CONSTRUÇÃO DE UM CIDADÃO CRÍTICO POR MEIO DO PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO. 1

A CONSTRUÇÃO DE UM CIDADÃO CRÍTICO POR MEIO DO PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO. 1 1 A CONSTRUÇÃO DE UM CIDADÃO CRÍTICO POR MEIO DO PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO. 1 Fabiana Bezerra Mangili Edilene Précoma Marcela Bianca Malosso Graça Caroline Felizardo Carrazedo de Souza 2 RESUMO: O presente

Leia mais

FORMAÇÃO CONTINUADA DOS PROFESSORES DE MATEMÁTICA DO IFAL INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS: REFLETINDO SOBRE OS TEMPOS E OS ESPAÇOS

FORMAÇÃO CONTINUADA DOS PROFESSORES DE MATEMÁTICA DO IFAL INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS: REFLETINDO SOBRE OS TEMPOS E OS ESPAÇOS ISSN 2316-7785 FORMAÇÃO CONTINUADA DOS PROFESSORES DE MATEMÁTICA DO IFAL INSTITUTO FEDERAL DE ALAGOAS: REFLETINDO SOBRE OS TEMPOS E OS ESPAÇOS José André Tavares de Oliveira Instituto Federal de Alagoas

Leia mais

CO 33: Uma História da Formação de Professores de Matemática a partir do PIBID de Matemática da UFRN-Natal

CO 33: Uma História da Formação de Professores de Matemática a partir do PIBID de Matemática da UFRN-Natal CO 33: Uma História da Formação de Professores de Matemática a partir do PIBID de Matemática da UFRN-Natal Klêffiton Soares da Cruz Universidade Federal do Rio Grande do Norte kleffitonsoares@yahoo.com

Leia mais

RELAÇÕES DA EDUCAÇÃO ÉTNICO-RACIAL NA PRÉ-ESCOLA: RELATO DE UMA EXPERIÊNCIA

RELAÇÕES DA EDUCAÇÃO ÉTNICO-RACIAL NA PRÉ-ESCOLA: RELATO DE UMA EXPERIÊNCIA EDUCAÇÃO, CURRÍCULO E DIVERSIDADE CULTURAL RELAÇÕES DA EDUCAÇÃO ÉTNICO-RACIAL NA PRÉ-ESCOLA: RELATO DE UMA EXPERIÊNCIA Michelly Spineli de Brito Campos Vieira/Prefeitura de Itapissuma-PE Paloma Viana de

Leia mais

Homens da África Ahmadou Kourouma. Edições SM. Cabelos de axé: identidade e resistência Raul Lody. Editora SENAC

Homens da África Ahmadou Kourouma. Edições SM. Cabelos de axé: identidade e resistência Raul Lody. Editora SENAC ÁFRICA Homens da África Ahmadou Kourouma. Edições SM Ricamente ilustrada por fotos e desenhos, esta obra traça um painel detalhado da vida dos habitantes da África do Oeste: sua tradição oral, detalhes

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO FACEX EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA BOLSISTAS PIBID 2013 CAPES

CENTRO UNIVERSITÁRIO FACEX EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA BOLSISTAS PIBID 2013 CAPES EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA BOLSISTAS PIBID 2013 CAPES EDITAL Nº01/2014 A Coordenação Institucional do Programa PIBID/UNIFACEX, constituída pela Reitoria, torna público aos interessados que estarão

Leia mais

Fundação Carmelitana Mário Palmério - FUCAMP Faculdade de Ciências Humanas e Sociais - FACIHUS Educação de qualidade ao seu alcance

Fundação Carmelitana Mário Palmério - FUCAMP Faculdade de Ciências Humanas e Sociais - FACIHUS Educação de qualidade ao seu alcance SUBPROJETO DE LETRAS PORTUGUÊS/ESPANHOL O ensino da língua espanhola no contexto da escola pública INTRODUÇÃO Este plano procura articular-se de forma integrada com o plano de trabalho institucional, que

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE (PTD) Professora: Adriana Ribeiro Siqueira Witzel Disciplina: LEM-Inglês Ano: 6º Ano B Período : 2014

PLANO DE TRABALHO DOCENTE (PTD) Professora: Adriana Ribeiro Siqueira Witzel Disciplina: LEM-Inglês Ano: 6º Ano B Período : 2014 PLANO DE TRABALHO DOCENTE (PTD) Professora: Adriana Ribeiro Siqueira Witzel Disciplina: LEM-Inglês Ano: 6º Ano B Período : 2014 Conteúdos Conteúdo Básico Justificativa Encaminhamento Avaliação Referências

Leia mais

Introdução. 12. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1

Introdução. 12. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 12. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( X ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA INCLUSÃO

Leia mais

EDITAL 02/2013 - PIBID-CAPES-UNISAL PARA SELEÇÃO DE LICENCIANDOS DE HISTÓRIA E PSICOLOGIA

EDITAL 02/2013 - PIBID-CAPES-UNISAL PARA SELEÇÃO DE LICENCIANDOS DE HISTÓRIA E PSICOLOGIA EDITAL 02/2013 - PIBID-CAPES-UNISAL PARA SELEÇÃO DE LICENCIANDOS DE HISTÓRIA E PSICOLOGIA O UNISAL Centro Universitário Salesiano de São Paulo no uso de suas atribuições, por meio da Pró-Reitoria Acadêmica,

Leia mais

A UTILIZAÇÃO DE DESENHOS ANIMADOS NA CULTURA VISUAL EDUCAÇÃO INFANTIL

A UTILIZAÇÃO DE DESENHOS ANIMADOS NA CULTURA VISUAL EDUCAÇÃO INFANTIL 20 a 24 de outubro de 2008 A UTILIZAÇÃO DE DESENHOS ANIMADOS NA CULTURA VISUAL EDUCAÇÃO INFANTIL Caroline de Souza Gervazio 1 ; Luciana Figueiredo Lacanallo 2, Maria Ângela Garcia de Almeida 3 RESUMO:

Leia mais

Edital 02/2014 SELEÇÃO DE BOLSISTA PIBID DE LÍNGUA PORTUGUESA/LINGUÍSTICA/LITERATURA

Edital 02/2014 SELEÇÃO DE BOLSISTA PIBID DE LÍNGUA PORTUGUESA/LINGUÍSTICA/LITERATURA Universidade Tecnológica Federal do Paraná LICENCIATURA EM LETRAS PORTUGUÊS/INGLÊS CÂMPUS PATO BRANCO Edital 02/2014 SELEÇÃO DE BOLSISTA PIBID DE LÍNGUA PORTUGUESA/LINGUÍSTICA/LITERATURA A coordenação

Leia mais

O PERFIL DOS ALUNOS DO CURSO DE PEDAGOGIA DA FURG

O PERFIL DOS ALUNOS DO CURSO DE PEDAGOGIA DA FURG O PERFIL DOS ALUNOS DO CURSO DE PEDAGOGIA DA FURG Juliana Diniz Gutierres FURG Stephany Sieczka Ely FURG Maria Renata Alonso Mota FURG Suzane da Rocha Vieira FURG Resumo: Esse estudo apresenta parte dos

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID DETALHAMENTO DO SUBPROJETO 1. Unidade: 2. Área do Subprojeto: Dourados 3. Curso(s) envolvido(s) na proposta: Interdisciplinar Obs.: Para

Leia mais

EDUCAÇÃO MATEMÁTICA: UM CAMINHO POSSÍVEL DE (TRANS)FORMAÇÃO HUMANA

EDUCAÇÃO MATEMÁTICA: UM CAMINHO POSSÍVEL DE (TRANS)FORMAÇÃO HUMANA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA: UM CAMINHO POSSÍVEL DE (TRANS)FORMAÇÃO HUMANA SILVA, Adriano Cavalcante UERN adricat@bol.com.br ALVES, Anna Celestina Fonseca de Medeiros UERN anna_celestina@hotmail.com DANTAS, Rivânia

Leia mais

Formação continuada e Prática Profissional: Um olhar sobre o curso de formação de Ingressantes do Estado de São Paulo

Formação continuada e Prática Profissional: Um olhar sobre o curso de formação de Ingressantes do Estado de São Paulo Formação continuada e Prática Profissional: Um olhar sobre o curso de formação de Ingressantes do Estado de São Paulo Idalise Bernardo Bagé 1 GD6- Educação Matemática, Tecnologias Informáticas e Educação

Leia mais

Tipo de atividade: Passeio/visita e redação. Objetivo: Conhecer alguns centros e templos religiosos existentes no bairro/cidade e desenvolver

Tipo de atividade: Passeio/visita e redação. Objetivo: Conhecer alguns centros e templos religiosos existentes no bairro/cidade e desenvolver A série Sagrado é composta por programas que, através de um recorte históricocultural, destacam diferentes pontos de vista das tradições religiosas. Dez representantes religiosos respondem aos questionamentos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO UFPE CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO - CAC CURSO DE LICENCIATURA EM DANÇA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO UFPE CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO - CAC CURSO DE LICENCIATURA EM DANÇA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO UFPE CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO - CAC CURSO DE LICENCIATURA EM DANÇA Coordenadora do Curso: Prof a Maria Cláudia Alves Guimarães IDENTIFICAÇÃO DO CURSO 1. Denominação

Leia mais

AS REPRESENTAÇÕES DO NEGRO NA EDUCAÇÃO INFANTIL

AS REPRESENTAÇÕES DO NEGRO NA EDUCAÇÃO INFANTIL AS REPRESENTAÇÕES DO NEGRO NA EDUCAÇÃO INFANTIL Rosa Maria Cavalheiro Jefferson Olivatto da Silva UNICENTRO Resumo: No Brasil, a abordagem das questões relacionadas História e Cultura Afro-Brasileira e

Leia mais

O JORNAL EM SALA DE AULA: PARA ALÉM DO LETRAMENTO, O ALUNO COMO CENTRO DA NOTÍCIA

O JORNAL EM SALA DE AULA: PARA ALÉM DO LETRAMENTO, O ALUNO COMO CENTRO DA NOTÍCIA O JORNAL EM SALA DE AULA: PARA ALÉM DO LETRAMENTO, O ALUNO COMO CENTRO DA NOTÍCIA Ana Lhayse Feitoza Albuquerque analhayse@hotmail.com Beatriz Correia Neri de Araújo beatrizneri00@hotmail.com Thays Emanuela

Leia mais

DESIGUALDADE RACIAL E FORMAÇÃO DE PROFESSORES: DESAFIOS A ENFRENTAR Ricardo de Souza Janoario UFRJ Rita de Cassia de Oliveira e Silva UFRJ

DESIGUALDADE RACIAL E FORMAÇÃO DE PROFESSORES: DESAFIOS A ENFRENTAR Ricardo de Souza Janoario UFRJ Rita de Cassia de Oliveira e Silva UFRJ 1 DES E PROFESSORES: DESAFIOS A ENFRENTAR Ricardo de Souza Janoario UFRJ Rita de Cassia de Oliveira e Silva UFRJ INTRODUÇÃO No Brasil, criou-se a ideologia da democracia racial para explicar que as oportunidades

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE: Educação Musical; Formação de Professores; Oficina de Violão; Educação básica.

PALAVRAS-CHAVE: Educação Musical; Formação de Professores; Oficina de Violão; Educação básica. INICIAÇÃO À DOCÊNCIA EM MÚSICA: RESULTADOS DO PIBID EM DUAS ESCOLAS PÚBLICAS DE GOIÂNIA/GO Luna Borges MELO luna.borges.melo@gmail.com Larissa dos Santos MARTINS Escola de Música e Artes Cênicas - UFG

Leia mais

Edital 01/2014 SELEÇÃO DE BOLSISTA PIBID DE LÍNGUA INGLESA e PIBID INTERDISCIPLINAR

Edital 01/2014 SELEÇÃO DE BOLSISTA PIBID DE LÍNGUA INGLESA e PIBID INTERDISCIPLINAR Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Licenciatura em Letras Português/Inglês Câmpus Curitiba Edital 01/2014 SELEÇÃO DE BOLSISTA PIBID DE LÍNGUA INGLESA e PIBID INTERDISCIPLINAR

Leia mais

Áfricas no Brasil: aprendendo sobre os sons, as cores, as imagens e os sabores

Áfricas no Brasil: aprendendo sobre os sons, as cores, as imagens e os sabores Áfricas no Brasil: aprendendo sobre os sons, as cores, as imagens e os sabores Rosália Diogo 1 Consideramos que os estudos relacionados a processos identitários e ensino, que serão abordados nesse Seminário,

Leia mais

A FORMAÇÃO DO PROFISSIONAL DA EDUCAÇÃO INFANTIL

A FORMAÇÃO DO PROFISSIONAL DA EDUCAÇÃO INFANTIL A FORMAÇÃO DO PROFISSIONAL DA EDUCAÇÃO INFANTIL Maria das Graças Oliveira Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas/SP, Brasil. Resumo Este texto é parte de uma Tese de Doutorado

Leia mais

A Sala de Recurso Multifuncional na voz dos professores da Sala Comum

A Sala de Recurso Multifuncional na voz dos professores da Sala Comum A Sala de Recurso Multifuncional na voz dos professores da Sala Comum Prefeitura Municipal de Joinville 152.andreia@gmail.com Introdução e Fundamentação Teórica Nos últimos anos, as Salas de Recursos Multifuncionais

Leia mais

ENSINO DE GEOGRAFIA, MÚSICA E DIVERSAS ESCALAS GEOGRÁFICAS: ANÁLISE DE EXPERIÊNCIA DESENVOLVIDA NO ÂMBITO DO SUBPROJETO DE GEOGRAFIA, PIBID, UEPB

ENSINO DE GEOGRAFIA, MÚSICA E DIVERSAS ESCALAS GEOGRÁFICAS: ANÁLISE DE EXPERIÊNCIA DESENVOLVIDA NO ÂMBITO DO SUBPROJETO DE GEOGRAFIA, PIBID, UEPB ENSINO DE GEOGRAFIA, MÚSICA E DIVERSAS ESCALAS GEOGRÁFICAS: ANÁLISE DE EXPERIÊNCIA DESENVOLVIDA NO ÂMBITO DO SUBPROJETO DE GEOGRAFIA, PIBID, UEPB Geneva Helena de Menezes SANTOS ID¹ Graduanda em Geografia.

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID/UNIFEI

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID/UNIFEI PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID/UNIFEI PROCESSO SELETIVO DE BOLSISTAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA CRITÉRIOS E NORMAS A Coordenadora Institucional do Programa Institucional de

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB ANEXO II EDITAL Nº 001/2011/CAPES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO

Leia mais

Heróis sempre vencem desafios: campanha publicitária para divulgação do Concurso Vestibular 2013 1

Heróis sempre vencem desafios: campanha publicitária para divulgação do Concurso Vestibular 2013 1 Heróis sempre vencem desafios: campanha publicitária para divulgação do Concurso Vestibular 2013 1 Juliana Pereira DULTRA 2 Cintia MOLETA 3 Larissa Kiefer de SEQUEIRA 4 Roberto Corrêa SCIENZA 5 Fernanda

Leia mais

A FORMAÇÃO DE PROFESSORES DOS CURSOS DE LICENCIATURAS NA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA

A FORMAÇÃO DE PROFESSORES DOS CURSOS DE LICENCIATURAS NA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA A FORMAÇÃO DE PROFESSORES DOS CURSOS DE LICENCIATURAS NA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA ANNIE GOMES REDIG: Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Eixo temático: Formação de professores em Educação

Leia mais

PROJETO DE PESQUISA MODALIDADE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (BOLSA PIC/FACIT/FAPEMIG)

PROJETO DE PESQUISA MODALIDADE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (BOLSA PIC/FACIT/FAPEMIG) PROJETO DE PESQUISA MODALIDADE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (BOLSA PIC/FACIT/FAPEMIG) MONTES CLAROS FEVEREIRO/2014 1 COORDENAÇÃO DE PESQUISA PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM EM CURSOS

Leia mais

EDITAL PIBID-FUNEC- Nº 01/2014

EDITAL PIBID-FUNEC- Nº 01/2014 EDITAL PIBID-FUNEC- Nº 01/2014 SELEÇÃO DE PROFESSORES SUPERVISORES PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PIBID DAS FACULDADES INTEGRADAS DE SANTA FÉ DO SUL/SP. A FUNEC Fundação

Leia mais

Caderno de Propostas. 26, 27 e 28 de abril de 2013 Espaço APAS - São Paulo

Caderno de Propostas. 26, 27 e 28 de abril de 2013 Espaço APAS - São Paulo Caderno de Propostas VIII COREP - SP Congresso Regional de Psicologia Psicologia, Ética e Cidadania: Práticas Profissionais a Serviço da Garantia de Direitos 26, 27 e 28 de abril de 2013 Espaço APAS -

Leia mais

RELATO DE EXPERIÊNCIA DO PROJETO PIBID MATEMÁTICA NO COLÉGIO ESTADUAL CARLOS GOMES

RELATO DE EXPERIÊNCIA DO PROJETO PIBID MATEMÁTICA NO COLÉGIO ESTADUAL CARLOS GOMES RELATO DE EXPERIÊNCIA DO PROJETO PIBID MATEMÁTICA NO COLÉGIO ESTADUAL CARLOS GOMES Evandro Riva 1 Rafaela Pereira 2 Santos Richard Wieller Sanguino Bejarano 3 RESUMO: O presente artigo relata as experiências

Leia mais

NEW PROJECTS FOR LIFE: MUSIC IS IN THE AIR

NEW PROJECTS FOR LIFE: MUSIC IS IN THE AIR 13. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( x ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE

Leia mais

Públicos da desigualdade social na EJA: ações educativas, para o reconhecimento e a valorização dos sujeitos

Públicos da desigualdade social na EJA: ações educativas, para o reconhecimento e a valorização dos sujeitos Públicos da desigualdade social na EJA: ações educativas, para o reconhecimento e a valorização dos sujeitos (Ana Rosaura Moraes Springer) 1 ; (Jaqueline Rosa da Cunha) 2 ; (Thaís Guma Pagel) 3 O presente

Leia mais

BOLSISTA SUPERVISOR (A)

BOLSISTA SUPERVISOR (A) EDITAL 16/2015- PARA SELEÇÃO DE BOLSISTA SUPERVISOR (A) PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA-PIBID UNISAL A Pró-Reitora do UNISAL Centro Universitário Salesiano de São Paulo no uso de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE FURG PIBID 2014 SUBPROJETO: Interdisciplinar Coordenador de área: Profª. Dra. Elaine Corrêa Pereira

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE FURG PIBID 2014 SUBPROJETO: Interdisciplinar Coordenador de área: Profª. Dra. Elaine Corrêa Pereira UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE FURG PIBID 2014 SUBPROJETO: Interdisciplinar Coordenador de área: Profª. Dra. Elaine Corrêa Pereira Projeto de trabalho Toda criança tem um repertório de conhecimentos

Leia mais

PIBID DE FÍSICA MODALIDADE EAD- FUNCIONAMENTO, DESAFIOS E PERSPECTIVAS Patricia Martins Guarda Regina Lelis de Sousa

PIBID DE FÍSICA MODALIDADE EAD- FUNCIONAMENTO, DESAFIOS E PERSPECTIVAS Patricia Martins Guarda Regina Lelis de Sousa PIBID DE FÍSICA MODALIDADE EAD- FUNCIONAMENTO, DESAFIOS E PERSPECTIVAS Patricia Martins Guarda Regina Lelis de Sousa Resumo Este trabalho consiste no relato de experiência de coordenadores de área do Programa

Leia mais

EDUCAÇÃO FÍSICA, FORMAÇÃO E DIVERSIDADE CULTURAL: O PIBID DO CAC/UFG NA TRILHA DAS PEDAGOGIAS CRÍTICAS

EDUCAÇÃO FÍSICA, FORMAÇÃO E DIVERSIDADE CULTURAL: O PIBID DO CAC/UFG NA TRILHA DAS PEDAGOGIAS CRÍTICAS EDUCAÇÃO FÍSICA, FORMAÇÃO E DIVERSIDADE CULTURAL: O PIBID DO CAC/UFG NA TRILHA DAS PEDAGOGIAS CRÍTICAS Vanessa Mayara Pires EZIQUIEL UFG/CAC vanessinha._@hotmail.com Bruna Kely da Silva PEREIRA UFG/CAC

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR:

ESTRUTURA CURRICULAR: ESTRUTURA CURRICULAR: Definição dos Componentes Curriculares Os componentes curriculares do Eixo 1 Conhecimentos Científico-culturais articula conhecimentos específicos da área de história que norteiam

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID DETALHAMENTO DO SUBPROJETO 1. Unidade: 2. Área do Subprojeto: Amambai 3. Curso(s) envolvido(s) na proposta: Interdisciplinar Obs.: Para proposta

Leia mais

A INSERÇÃO DO PIBID EM UMA ESCOLA ESTADUAL NO MUNICÍPIO DE DOM PEDRITO

A INSERÇÃO DO PIBID EM UMA ESCOLA ESTADUAL NO MUNICÍPIO DE DOM PEDRITO A INSERÇÃO DO PIBID EM UMA ESCOLA ESTADUAL NO MUNICÍPIO DE DOM PEDRITO RESUMO Autor 1 : Cristiane da Cunha Alves E-mail: crisalves1917@hotmail.com Co-autor 1 : Bianca Maria de Lima E-mail: biancalima17@live.com

Leia mais

CURSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E PESQUISA NO ENSINO MÉDIO: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

CURSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E PESQUISA NO ENSINO MÉDIO: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA CURSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E PESQUISA NO ENSINO MÉDIO: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA FAUSTINO, Aline de Lima¹ UEPB. NASCIMENTO, Nilton Ronni Cândido do² UEPB. SILVEIRA, Alessandro Frederico da³ UEPB. Resumo

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 05/12 CAEPE

RESOLUÇÃO Nº 05/12 CAEPE RESOLUÇÃO Nº 05/12 CAEPE REVOGA A PORTARIA N.º 26/10 E DISPÕE SOBRE AS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DE GRADUAÇÃO DOS CURSOS SUPERIORES DA FACULDADE DE TECNOLOGIA TECBRASIL FTECBRASIL O de Conselho de Administração,

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa LEI N.º 13.694, DE 19 DE JANEIRO DE 2011. (publicada no DOE nº 015, de 20 de janeiro de 2011) Institui o Estatuto

Leia mais

Formulário de inscrição para Unidades Escolares:

Formulário de inscrição para Unidades Escolares: Presidência da República Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial Secretaria de Políticas de Ações Afirmativas 1. Contextualização: Formulário de inscrição para Unidades Escolares: a) Descreva

Leia mais

A FORM AÇÃO DOCENTE EM FOCO: SUBSÍDIOS PARA A ORGANIZAÇÃO DE SEMANAS PEDAGÓGICAS NO ENSINO SUPERIOR

A FORM AÇÃO DOCENTE EM FOCO: SUBSÍDIOS PARA A ORGANIZAÇÃO DE SEMANAS PEDAGÓGICAS NO ENSINO SUPERIOR A FORM AÇÃO DOCENTE EM FOCO: SUBSÍDIOS PARA A ORGANIZAÇÃO DE SEMANAS PEDAGÓGICAS NO ENSINO SUPERIOR Maria Helena Dantas de Menezes Guariente 1 Marilene Cesário 2 Ana Virginia C. de Faria Sampaio 3 Karina

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR DIRETORIA DE EDUCAÇÃO BÁSICA PRESENCIAL DEB PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID DETALHAMENTO

Leia mais

Mancala, instrumento mediador no ensino de História do Egito: valorização da cultura Africana e Afrodescendente. Educação Etnicorracial ERER

Mancala, instrumento mediador no ensino de História do Egito: valorização da cultura Africana e Afrodescendente. Educação Etnicorracial ERER Mancala, instrumento mediador no ensino de História do Egito: valorização da cultura Africana e Afrodescendente Educação Etnicorracial ERER ANA PAULA OLIVEIRA NAIARA SALVATIERRI Resumo Buscando conciliar

Leia mais

FUNDAÇÃO CARMELITANA MÁRIO PALMÉRIO FACIHUS FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS Educação de qualidade ao seu alcance

FUNDAÇÃO CARMELITANA MÁRIO PALMÉRIO FACIHUS FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS Educação de qualidade ao seu alcance EDITAL DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO A DOCÊNCIA- PIBID/2016 EDITAL Nº 01/2016- SELEÇÃO DE ALUNOS BOLSISTAS PARA O PIBID. O Núcleo de Pesquisa da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais

Leia mais

10º Congreso Argentino y 5º Latinoamericano de Educación Física y Ciencias

10º Congreso Argentino y 5º Latinoamericano de Educación Física y Ciencias 10º Congreso Argentino y 5º Latinoamericano de Educación Física y Ciencias 1 Programa Institucional de Bolsa a Iniciação a Docência do Curso de Educação Física Licenciatura da Universidade Federal de Santa

Leia mais

CONTRIBUIÇÕES DE OLGA METTIG À EDUCAÇÃO BAIANA: ENSINANDO A COMPREENSÃO

CONTRIBUIÇÕES DE OLGA METTIG À EDUCAÇÃO BAIANA: ENSINANDO A COMPREENSÃO CONTRIBUIÇÕES DE OLGA METTIG À EDUCAÇÃO BAIANA: ENSINANDO A COMPREENSÃO Liane Soares, Ms. Faculdade de Tecnologias e Ciências FTC/BA Olga sempre considerou a educação como um sistema, um produto de evolução

Leia mais