02 e 03/06/2014 BRASÍLIA - DF LEI ANTICORRUPÇÃO E LEI DO ACESSO À INFORMAÇÃO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "02 e 03/06/2014 BRASÍLIA - DF LEI ANTICORRUPÇÃO E LEI DO ACESSO À INFORMAÇÃO"

Transcrição

1 Apresentação Oferecer ao agente público conhecimento dos atos lesivos contra a administração pública e as sanções previstas em Lei. Dotar o agente público de habilidades mínimas para conduzir de forma segura o processo administrativo de apuração dos atos lesivos, aplicação de sanções e o acordo de leniência. Aprofundar a cultura da informação na sociedade democrática e oferecer ao agente público mecanismos operacionais e didáticos mínimos de cumprimento e execução das atribuições que a lei lhe compete. Objetivo Capacitar o agente público para conhecer, cumprir e executar a Lei Federal 12846/2013 que dispõe sobre a responsabilidade administrativa e civil de pessoas jurídicas contra a administração pública nacional ou estrangeira. E Lei Federal 12527/2011 que dispõe sobre o acesso do cidadão e da sociedade a informações públicas de interesse particular ou de interesse coletivo. Público-alvo Agente público da administração pública direta e indireta de todos os Poderes da União, Estados, Distrito Federal e Municípios (autarquias, empresa pública, sociedades de economia mista, fundações). 1

2 Conteúdo Programático LEI ANTICORRUPÇÃO 1 INTRODUÇÃO: A crescente intolerância mundial contra a corrupção. Episódios nacionais que levam à percepção de enfrentamento do crime. A mudança de cultura. A empresa como alvo da lei. 2 RESPONSABILIDADE OBJETIVA DA EMPRESA: A exposição singular da empresa na investigação dos fatos sem que a administração pública tenha que apurar a sua culpa. O dever de vigilância da empresa por atos de seus colaboradores externos e internos. 3 ATOS LESIVOS E SANÇÕES: A vantagem indevida na amplitude do seu conceito. A aplicação adequada e justa das sanções administrativas (multa, publicação da decisão e cadastro nacional) diante da presença de circunstâncias agravantes e atenuantes (compliance). 4 O PROCESSO ADMINISTRATIVO: As limitações constitucionais e legais do poder discricionário da autoridade administrativa na instauração, investigação, instrução e decisão do processo. A Comissão Processante e a Autoridade máxima. O instituto da desconsideração da personalidade jurídica. A responsabilização judicial da empresa. A contribuição de órgãos estruturados (CGU). 2

3 5 ACORDO DE LENIENCIA: Os pressupostos legais a serem observados pelo agente público e exigidos da empresa diante das vantagens proporcionadas pela sua colaboração na investigação. 6 RESPONSABILIDADE DO AGENTE PÚBLICO. A postura ativa e célere do agente público diante dos fatos. A inércia e a conduta culposa ou dolosa como elemento indutor da responsabilidade funcional, civil e criminal do agente público. 7 DICAS DE SOBREVIVENCIA: Instrumentos mínimos para a melhoria da gestão pública. Ações preventivas, fiscalizatórias e punitivas recomendadas ao agente público para cumprimento da Lei. Cultura de colaboração, integração e transparência. Canal de denúncias. Capacitação e Treinamento. Código de ética e de conduta do agente público. LEI DO ACESSO Á INFORMAÇÃO 1 INTRODUÇÃO: O regime democrático e o direito constitucional do acesso à informação. As exigências da sociedade contemporânea. A cultura como força motriz do processo. 2 AGENTES DA INFORMAÇÃO: O cidadão, a sociedade e o agente público como atores do processo. O controle social da informação em perspectiva. A obrigatoriedade da legislação em todos os níveis da administração pública. 3

4 3 PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS: Como o agente público deverá proceder diante do pedido de informação. 3.1 Diretrizes básicas. 3.2 Deveres fundamentais. 3.3 Meios de divulgação 3.4 Informação ativa e o sítio eletrônico. 3.5 Deveres do cidadão. 3.6 Prazos para fornecimento da informação. 3.7 Recurso administrativo. 3.8 Restrição de acesso. Informação sigilosa. Informação pessoal. 4 RESPONSABILIDADES DO AGENTE PÚBLICO: Alertando o agente público para o dever próprio e o de vigilância para condutas ilícitas potencialmente geradoras de responsabilidade funcional, civil e criminal. A figura da autoridade de monitoramento. 5 DICAS DE SOBREVIVENCIA: Como minimamente o agente público estará capacitado para enfrentar e atender, com segurança, a solicitação da informação. Sítio eletrônico como fonte de informação ativa e canal de relacionamento. Aperfeiçoamento dos métodos tradicionais de relacionamento. Integração e capacitação. 6 CENÁRIOS NO TEMPO E NO ESPAÇO: Transferindo o agente público do cenário de sigilo para o da informação e criando condições de aperfeiçoamento da informação como mecanismo de melhoria contínua e duradoura da gestão pública. 4

5 Informações Adicionais Carga Horária: 16 h/aula Investimento: R$ 1.950,00 (mil novecentos e cinquenta reais) por participante Horário: 8h30 às 18h Incluso: Almoço, coffee break, material de apoio, material didático e certificado. Local de realização: Centro de Convenções Israel Pinheiro SHDB QL 32, Conjunto A, EPDB (ao lado da Ermida Dom Bosco), Lago Sul, Brasília-DF Professor Paulo Afonso da Motta Ribeiro Advogado, sócio sênior da Motta Ribeiro Advogados Associados, dedicada a área de auditoria jurídica de contratos. Professor na LEX, Escola Sustentare, Trevisan Escola de Negócios, EBS-Estação Business School, ESA-Escola Superior da Advocacia. Membro do Tribunal de Ética e Disciplina da OAB/PR. 5

27 e 28/03/2014 BRASÍLIA - DF. Critérios adotados e cuidados necessários para uma gestão segura. Apresentação. Objetivo.

27 e 28/03/2014 BRASÍLIA - DF. Critérios adotados e cuidados necessários para uma gestão segura. Apresentação. Objetivo. Apresentação O curso aborda as questões relativas à responsabilização de agentes públicos, tanto sob a ótica do auditor como sob a ótica do auditado, considerando os princípios e as regras de direito material

Leia mais

05 e 06/06/2014 BRASÍLIA - DF GESTÃO DE CONVÊNIOS FEDERAIS E TOMADA DE CONTAS ESPECIAIS

05 e 06/06/2014 BRASÍLIA - DF GESTÃO DE CONVÊNIOS FEDERAIS E TOMADA DE CONTAS ESPECIAIS Apresentação A publicação e a vigência do Decreto nº 6170/2007 e da Portaria Interministerial nº 127/2008 mudaram de forma substancial a disciplina e os procedimentos dos convênios, termos de cooperação

Leia mais

Apresentação. Objetivo. Público-alvo

Apresentação. Objetivo. Público-alvo Apresentação Com a nova in RFB 1.234/12 que revoga a in SRF 480/04 alteração da in RFB 971/09 pela in RFB 1.238/12 as inovações da retenção de tributos e contribuições socias Como calcular e reter tributos

Leia mais

02 a 04/04/2014 BRASÍLIA - DF CURSO: FOLHA DE PAGAMENTO DO SERVIÇO PÚBLICO (SERVIDORES CIVIS ABRANGIDOS PELO REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL)

02 a 04/04/2014 BRASÍLIA - DF CURSO: FOLHA DE PAGAMENTO DO SERVIÇO PÚBLICO (SERVIDORES CIVIS ABRANGIDOS PELO REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL) Apresentação A Gestão de Recursos Humanos deixou de ser apenas uma área coadjuvante para transformar-se em uma área de gestão de políticas públicas para melhor analisar a eficácia destas políticas se faz

Leia mais

24 e 25/07/2014 BRASÍLIA - DF FRAUDES EM LICITAÇÃO, CONTRATOS DE SERVIÇOS, OBRAS PÚBLICAS E O ALCANCE DA NOVA LEI ANTICORRUPÇÃO

24 e 25/07/2014 BRASÍLIA - DF FRAUDES EM LICITAÇÃO, CONTRATOS DE SERVIÇOS, OBRAS PÚBLICAS E O ALCANCE DA NOVA LEI ANTICORRUPÇÃO Apresentação Transmitir novas técnicas reconhecidamente eficazes para minimizar e detectar fraudes nas licitações e na fiscalização de obras e serviços terceirizados; e maximizar a eficácia da Auditoria

Leia mais

Um programa de compliance eficiente para atender a lei anticorrupção Lei 12.846/2013

Um programa de compliance eficiente para atender a lei anticorrupção Lei 12.846/2013 Um programa de compliance eficiente para atender a lei anticorrupção Lei 12.846/2013 FEBRABAN Arthur Lemos Jr Promotor de Justiça Lavagem de Dinheiro e de Recuperação de Ativos Compliance A LEI PROVOCA

Leia mais

LEI 12.846 DECRETO 8.420

LEI 12.846 DECRETO 8.420 LEI ANTICORRUPÇÃO LEI 12.846 de 1º. de agosto de 2013 DECRETO 8.420 de 18 de março de 2015 Maria Luisa Pestana Guimarães Assessora Jurídica da CBIC PONTOS RELEVANTES 1. Aplicável nas três esferas do Poder:

Leia mais

A LEI ANTICORRUPÇÃO E AS POLÍTICAS DE COMPLIANCE. Agosto, 2014

A LEI ANTICORRUPÇÃO E AS POLÍTICAS DE COMPLIANCE. Agosto, 2014 A LEI ANTICORRUPÇÃO E AS POLÍTICAS DE COMPLIANCE Agosto, 2014 Lei Anticorrupção Brasileira: Lei 12.846/2013 Aspectos Gerais: Vigência: Entrou em vigor em 29/01/2014; Será regulamentada. Objetivo: Responsabilizar

Leia mais

LEI ANTICORRUPÇÃO [LEI NO. 12.846, DE 1º. DE AGOSTO DE 2013]

LEI ANTICORRUPÇÃO [LEI NO. 12.846, DE 1º. DE AGOSTO DE 2013] LEI ANTICORRUPÇÃO [LEI NO. 12.846, DE 1º. DE AGOSTO DE 2013] PROGRAMA DE COMPLIANCE E ACORDO DE LENIÊNCIA SÃO PAULO RIO DE JANEIRO BELO HORIZONTE BRASÍLIA SALVADOR www.scbf.com. br SUMÁRIO A Lei Anticorrupção

Leia mais

1 Introdução... 2. 2 Definições... 3. 3 Compromisso e adesão... 5. 4 Indícios que podem caracterizar corrupção... 6

1 Introdução... 2. 2 Definições... 3. 3 Compromisso e adesão... 5. 4 Indícios que podem caracterizar corrupção... 6 Manual Anticorrupção Versão 1 Abr/2015 SUMÁRIO 1 Introdução... 2 2 Definições... 3 3 Compromisso e adesão... 5 4 Indícios que podem caracterizar corrupção... 6 5 Violações e Sanções Aplicáveis... 6 6 Ações

Leia mais

LEI ANTICORRUPÇÃO E PRÁTICAS DE COMPLIANCE PARA PESSOAS JURÍDICAS

LEI ANTICORRUPÇÃO E PRÁTICAS DE COMPLIANCE PARA PESSOAS JURÍDICAS LEI ANTICORRUPÇÃO E PRÁTICAS DE COMPLIANCE PARA PESSOAS JURÍDICAS Objeto da Lei n.º12.846, de 2013 A Lei Anticorrupção dispõe sobre: a responsabilização administrativa e civil de pessoas jurídicas. pela

Leia mais

LEI 12.846/2013 (Lei Anticorrupção LAC)

LEI 12.846/2013 (Lei Anticorrupção LAC) 14 DE MARÇO DE 2014 LEI 12.846/2013 (Lei Anticorrupção LAC) FABIO VALGAS Chefe Regional Controladoria Regional da União no Estado do Rio de Janeiro Lei 12.846/2013 Lei Anticorrupção - LAC A Lei n.º 12.846/13

Leia mais

07 e 08/11/2012 Brasília DF - AS NOVAS COMPETÊNCIAS DO PROFISSIONAL DE SECRETARIADO NO SETOR PÚBLICO

07 e 08/11/2012 Brasília DF - AS NOVAS COMPETÊNCIAS DO PROFISSIONAL DE SECRETARIADO NO SETOR PÚBLICO Apresentação O profissional de secretariado sofreu consideráveis mudanças ao longo do tempo, ao passo que já não exercem apenas atividades rotineiras do dia-a-dia de sua profissão. Atualmente tem autonomia

Leia mais

27 e 28/05/2013 - Brasília DF - SEFIP VERSÃO 8.4 NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E CONECTIVIDADE SOCIAL ICP. Apresentação. Objetivo.

27 e 28/05/2013 - Brasília DF - SEFIP VERSÃO 8.4 NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E CONECTIVIDADE SOCIAL ICP. Apresentação. Objetivo. Apresentação O treinamento visa levar aos participantes as informações sobre como obter o certificado digital ICP, qual tipo de certificado necessário, como outorgar procurações eletrônicas, como enviar

Leia mais

24 e 25/03/2014 BRASÍLIA - DF AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO POR COMPETÊNCIAS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

24 e 25/03/2014 BRASÍLIA - DF AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO POR COMPETÊNCIAS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Apresentação O programa aqui exposto pretende discutir questões práticas de gestão de desempenho por competências já em utilização em diversas instituições do serviço público. Este treinamento aborda aspectos

Leia mais

LEI Nº 12.846/2013 Aspectos da Regulamentação Federal. Valdir Moysés Simão Ministro Chefe da Controladoria-Geral da União

LEI Nº 12.846/2013 Aspectos da Regulamentação Federal. Valdir Moysés Simão Ministro Chefe da Controladoria-Geral da União LEI Nº 12.846/2013 Aspectos da Regulamentação Federal Valdir Moysés Simão Ministro Chefe da Controladoria-Geral da União São Paulo, 07 de maio de 2015 LEI Nº 12.846/2013 Esta Lei dispõe sobre a responsabilização

Leia mais

LEI Nº 12.846/2013 A LEI ANTICORRUPÇÃO. S e m i n á r i o r e a l i z a d o n o F e l s b e r g A d v o g a d o s e m 0 5 / 0 2 / 2 0 1 4

LEI Nº 12.846/2013 A LEI ANTICORRUPÇÃO. S e m i n á r i o r e a l i z a d o n o F e l s b e r g A d v o g a d o s e m 0 5 / 0 2 / 2 0 1 4 LEI Nº 12.846/2013 A LEI ANTICORRUPÇÃO S e m i n á r i o r e a l i z a d o n o F e l s b e r g A d v o g a d o s e m 0 5 / 0 2 / 2 0 1 4 01. Introdução E v y M a r q u e s e v y m a r q u e s @ f e l s

Leia mais

LEI ANTICORRUPÇÃO - RESPONSABILIZAÇÃO CIVIL E ADMINISTRATIVA DAS PESSOAS JURÍDICAS.

LEI ANTICORRUPÇÃO - RESPONSABILIZAÇÃO CIVIL E ADMINISTRATIVA DAS PESSOAS JURÍDICAS. LEI ANTICORRUPÇÃO - RESPONSABILIZAÇÃO CIVIL E ADMINISTRATIVA DAS PESSOAS JURÍDICAS. LEI ANTICORRUPÇÃO LEI 12.846 de 1º de agosto de 2013 (publicada em 02/08/2013) LEI ANTICORRUPÇÃO BRASILEIRA LEI ANTICORRUPÇÃO

Leia mais

CONTADOR JOSE LUIZ VAILATTI. Lei 12. 846/2013 LEI ANTI CORRUPÇÃO EMPRESARIAL

CONTADOR JOSE LUIZ VAILATTI. Lei 12. 846/2013 LEI ANTI CORRUPÇÃO EMPRESARIAL CONTADOR JOSE LUIZ VAILATTI Lei 12. 846/2013 LEI ANTI CORRUPÇÃO EMPRESARIAL Atender às exigências internacionais de combate a corrupção Estimular a prática do compliance. Ética corporativa na administração.

Leia mais

Trade Compliance na Lei Brasileira Anticorrupção

Trade Compliance na Lei Brasileira Anticorrupção Trade Compliance na Lei Brasileira Anticorrupção Ibrac Agosto/2014 Barretto Barretto Ferreira Ferreira, e Brancher Kujawski e Brancher Sociedade Sociedade de Advogados de Advogados R. Dr. R. Eduardo Dr.

Leia mais

AGEOS Associação Gaúcha de Obras de Saneamento. Giovani Agostini Saavedra Saavedra & Gottschefsky Advogados Associados

AGEOS Associação Gaúcha de Obras de Saneamento. Giovani Agostini Saavedra Saavedra & Gottschefsky Advogados Associados AGEOS Associação Gaúcha de Obras de Saneamento Giovani Agostini Saavedra Saavedra & Gottschefsky Advogados Associados Breve panorama sobre a nova Lei Anticorrupção Giovani Agostini Saavedra Contexto da

Leia mais

PORTARIA Nº 3.870 DE 15 DE JULHO DE 2014. A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

PORTARIA Nº 3.870 DE 15 DE JULHO DE 2014. A PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais, PORTARIA Nº 3.870 DE 15 DE JULHO DE 2014. Regulamenta as atribuições da Secretaria de Controle Interno do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região e dá outras providências. A PRESIDENTE DO, no uso de

Leia mais

Lei 12.846 Anticorrupção CMI- SINDUSCON RJ - 09/09/14

Lei 12.846 Anticorrupção CMI- SINDUSCON RJ - 09/09/14 Lei 12.846 Anticorrupção CMI- SINDUSCON RJ - 09/09/14 Aprovada em agosto de 2013 Lei de âmbito Federal, entrou em Vigor em janeiro de 2014, prevendo punições para as empresas que cometerem atos de Corrupção

Leia mais

São Paulo - SP Av. Nove de Julho, 5.109 3º Andar (55 11) 3254 0050 www.porto.adv.br

São Paulo - SP Av. Nove de Julho, 5.109 3º Andar (55 11) 3254 0050 www.porto.adv.br São Paulo - SP Av. Nove de Julho, 5.109 3º Andar (55 11) 3254 0050 www.porto.adv.br 86º ENIC: 2014 Comissão de Obras Públicas - COP Lei Anticorrupção Lei nº 12.846, de 01/08/2013 PORTO ADVOGADOS www.porto.adv.br

Leia mais

POLÍTICA DE PREVENÇÃO À CORRUPÇÃO DO BANRISUL

POLÍTICA DE PREVENÇÃO À CORRUPÇÃO DO BANRISUL POLÍTICA DE PREVENÇÃO À CORRUPÇÃO DO BANRISUL A Política de Prevenção à Corrupção tem como objetivo dar visibilidade e registrar os princípios e valores éticos que devem nortear a atuação dos empregados,

Leia mais

08/11/2012 Brasília DF - CURSO: ESOCIAL - AS NOVAS OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS E PREVIDENCIÁRIAS

08/11/2012 Brasília DF - CURSO: ESOCIAL - AS NOVAS OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS E PREVIDENCIÁRIAS Apresentação A EFD-Social consiste na escrituração digital da folha de pagamento e das obrigações trabalhistas, previdenciárias e fiscais relativas a todo e qualquer vínculo trabalhista contratado no Brasil.

Leia mais

Norma Permanente Assunto: Política de Combate à Corrupção Código da Norma: NAD-41 Data da publicação: 01/09/2015

Norma Permanente Assunto: Política de Combate à Corrupção Código da Norma: NAD-41 Data da publicação: 01/09/2015 Página 1 de 7 Resumo: Estabelecer os princípios de combate à corrupção no relacionamento da Organização com os agentes da Administração Pública, seguindo as diretrizes estabelecidas na Lei nº 12.846/13

Leia mais

Compliance e Gestão de Terceiros A Importância para as Organizações. São Paulo, 22/09/15

Compliance e Gestão de Terceiros A Importância para as Organizações. São Paulo, 22/09/15 Compliance e Gestão de Terceiros A Importância para as Organizações São Paulo, 22/09/15 Nossa Agenda 1. Preocupações atuais no ambiente corporativo 2. Gestão de riscos e controles internos 3. Terceiros

Leia mais

RIO 2016 POLÍTICA DE COMPLIANCE

RIO 2016 POLÍTICA DE COMPLIANCE COMITÊ ORGANIZADOR DOS JOGOS OLÍMPICOS RIO 206 RIO 206 POLÍTICA DE 25/02/205 / 2 Sumário. OBJETIVO... 2 2. DEFINIÇÕES... 2 3. ATRIBUIÇÕES E RESPONSABILIDADES... 5 4. DIRETRIZES... 7 4. Programa Geral de...

Leia mais

MEMORANDO AOS CLIENTES ANTICORRUPÇÃO E COMPLIANCE FEVEREIRO/2014. Lei nº 12.846, de 1º de agosto de 2013 Lei Anticorrupção.

MEMORANDO AOS CLIENTES ANTICORRUPÇÃO E COMPLIANCE FEVEREIRO/2014. Lei nº 12.846, de 1º de agosto de 2013 Lei Anticorrupção. MEMORANDO AOS CLIENTES ANTICORRUPÇÃO E COMPLIANCE FEVEREIRO/2014 Lei nº 12.846, de 1º de agosto de 2013 Lei Anticorrupção. Entrou em vigor no dia 29 de janeiro a Lei nº 12.846, de 1º de agosto de 2013,

Leia mais

Garrastazu Advogados

Garrastazu Advogados PROGRAMA DE INTEGRIDADE CORPORATIVA Garrastazu Advogados Constituída a partir de uma história profissional de trinta e cinco anos de experiência na advocacia, a Garrastazu Advogados foi criada em 1999

Leia mais

28 e 30/07/2014 BRASÍLIA - DF NOVO SIAFI - CPR VIA WEB: CONTAS A PAGAR E RECEBER PRÁTICO COM COMPUTADOR

28 e 30/07/2014 BRASÍLIA - DF NOVO SIAFI - CPR VIA WEB: CONTAS A PAGAR E RECEBER PRÁTICO COM COMPUTADOR Apresentação O curso visa ao conhecimento do Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal - SIAFI, para a atualização das rotinas de execução orçamentária e financeira, o conhecimento

Leia mais

Assunto: RECOMENDAÇÃO CONJUNTA MPC/MPE/MPF Portais da Transparência.

Assunto: RECOMENDAÇÃO CONJUNTA MPC/MPE/MPF Portais da Transparência. Ofício PG N.º /2014 Maceió, 22 de julho de 2014. Assunto: RECOMENDAÇÃO CONJUNTA MPC/MPE/MPF Portais da Transparência. Senhor Gestor, 1. O Ministério Público de Contas, o Ministério Público Estadual e o

Leia mais

FID - Fraudes, Investigações e Disputas A Nova Lei Brasileira Anticorrupção 12.846/13 Câmara de Com. e Ind. Japonesa do Brasil

FID - Fraudes, Investigações e Disputas A Nova Lei Brasileira Anticorrupção 12.846/13 Câmara de Com. e Ind. Japonesa do Brasil FID - Fraudes, Investigações e Disputas A Nova Lei Brasileira Anticorrupção 12.846/13 Câmara de Com. e Ind. Japonesa do Brasil Page 1 BDO Brazil TÓPICOS BDO Brazil Valores BDO no Brasil Serviços Departamento

Leia mais

Regulamentação e Aplicação da Lei Anticorrupção: uma visão do MPF

Regulamentação e Aplicação da Lei Anticorrupção: uma visão do MPF Regulamentação e Aplicação da Lei Anticorrupção: uma visão do MPF ANTONIO FONSECA Subprocurador Geral da República Coordenador da 3ª Câmara de Coordenação e Revisão - Consumidor e Ordem Econômica SEMINÁRIO

Leia mais

Lei da Empresa Limpa (Lei 12.846/2013) Carlos Higino Ribeiro de Alencar Secretário- ExecuGvo CONTROLADORIA- GERAL DA UNIÃO

Lei da Empresa Limpa (Lei 12.846/2013) Carlos Higino Ribeiro de Alencar Secretário- ExecuGvo CONTROLADORIA- GERAL DA UNIÃO Lei da Empresa Limpa (Lei 12.846/2013) Carlos Higino Ribeiro de Alencar Secretário- ExecuGvo CONTROLADORIA- GERAL DA UNIÃO 1º Fórum de Licitações e Contratos Administrativos do Ministério do Meio Ambiente

Leia mais

Decreto Federal Regulamentador da Lei Anticorrupção

Decreto Federal Regulamentador da Lei Anticorrupção Decreto Federal Regulamentador da Lei Anticorrupção Em 19 de março de 2015, foi publicado o Decreto Federal nº 8.420, de 18 de março de 2015 ( Decreto ), que regulamenta a Lei Federal nº 12.846, de 1º

Leia mais

Legislação Anticorrupção

Legislação Anticorrupção O que muda com a Lei nº 12.846/2013 e com o Decreto nº 8.420/2015 gsga.com.br São Paulo Rio de Janeiro Curitiba Belo Horizonte Brasília Introdução 2 oooa partir da edição da chamada Lei Anticorrupção (Lei

Leia mais

Compliance e Legislação Tributária: Desafios para as empresas em 2015

Compliance e Legislação Tributária: Desafios para as empresas em 2015 Compliance e Legislação Tributária: Desafios para as empresas em 2015 Eduardo Nascimento (eduardo@morad.com.br) Antonio Carlos Morad (acmorad@morad.com.br) www.morad.com.br 2015 Outlook for Legal Issues

Leia mais

Presidente sanciona Nova Lei Anticorrupção

Presidente sanciona Nova Lei Anticorrupção Compliance Presidente sanciona Nova Lei Anticorrupção A Presidente Dilma Rousseff sancionou, no dia 1º de agosto de 2013, a nova Lei Anticorrupção do país. A nova lei (Lei No. 12,846/2013) foi publicada

Leia mais

APLICAÇÃO DE SANÇÕES NAS CONTRATAÇÕES PÚBLICAS E A RESPONSABILIDADE DOS AGENTES PÚBLICOS POR AÇÕES E OMISSÕES

APLICAÇÃO DE SANÇÕES NAS CONTRATAÇÕES PÚBLICAS E A RESPONSABILIDADE DOS AGENTES PÚBLICOS POR AÇÕES E OMISSÕES APLICAÇÃO DE SANÇÕES NAS CONTRATAÇÕES PÚBLICAS E A RESPONSABILIDADE DOS AGENTES PÚBLICOS POR AÇÕES E OMISSÕES As sanções aplicáveis e o passo a passo dos procedimentos As repercussões da Lei Anticorrupção

Leia mais

PENALIDADES E RESPONSABILIDADE DE TERCEIROS LEI Nº 12.846/13

PENALIDADES E RESPONSABILIDADE DE TERCEIROS LEI Nº 12.846/13 PENALIDADES E RESPONSABILIDADE DE TERCEIROS LEI Nº 12.846/13 21/02/2014 E v y M a r q u e s e v y m a r q u e s @ f e l s b e r g. c o m. b r 01. PENALIDADES Penalidades Esfera Administrativa Multa de

Leia mais

Lei Anticorrupção 12.846/13

Lei Anticorrupção 12.846/13 O QUE É? A nova lei anticorrupção foi publicada no dia 02 de agosto de 2013 e entrou em vigor em 29 de janeiro de 2014. Ela estabelece punições rígidas a companhias envolvidas com corrupção de agentes

Leia mais

Índice de Percepção da Corrupção 2013

Índice de Percepção da Corrupção 2013 A Lei Anticorrupção A Lei Anticorrupção Um ambiente de negócios no qual empresas se relacionam com órgãos públicos e agentes do governo de forma transparente, lícita e ética é importante para o aumento

Leia mais

"FCPA e a Lei 12.846/2013 - Lei Anticorrupção" São Paulo, 05 de setembro de 2013. Fabyola Emilin Rodrigues Demarest Advogados

FCPA e a Lei 12.846/2013 - Lei Anticorrupção São Paulo, 05 de setembro de 2013. Fabyola Emilin Rodrigues Demarest Advogados "FCPA e a Lei 12.846/2013 - Lei Anticorrupção" São Paulo, 05 de setembro de 2013 Fabyola Emilin Rodrigues Demarest Advogados CORRUPÇÃO, O MALDOSÉCULO http://www.transparency.org/ http://g1.globo.com/economia/noticia/2012/12/ranking-do-indice-de-percepcao-da-corrupcao-no-mundo.html

Leia mais

13 e 15/08/2014 BRASÍLIA - DF EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA E FINANCEIRA DA FOLHA DE PESSOAL NO NOVO SIAFI (NOVO CPR).

13 e 15/08/2014 BRASÍLIA - DF EXECUÇÃO ORÇAMENTÁRIA E FINANCEIRA DA FOLHA DE PESSOAL NO NOVO SIAFI (NOVO CPR). Apresentação No treinamento serão utilizados exercícios práticos aplicados diretamente no Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal SIAFI, com a demonstração da melhor forma de preenchimento

Leia mais

ALERT. Governo Federal publica Decreto que regulamenta a Lei Anticorrupção

ALERT. Governo Federal publica Decreto que regulamenta a Lei Anticorrupção 19 de março de 2015 ALERT Governo Federal publica Decreto que regulamenta a Lei Anticorrupção A equipe de Compliance do Aidar SBZ Advogados permanece à disposição para esclarecimentos adicionais. Contatos:

Leia mais

Lei Anticorrupção: principais aspectos e como se preparar para este novo cenário

Lei Anticorrupção: principais aspectos e como se preparar para este novo cenário Lei Anticorrupção: principais aspectos e como se preparar para este novo cenário Marcelo Leonardo Cristiano Helena Marques de Souza Fernandes Como um dos resultados do compromisso assumido pelo Brasil

Leia mais

www.highskills.pt geral@highskills.pt

www.highskills.pt geral@highskills.pt Compliance Conceitos gerais e Auditoria Objetivos Gerais: Já faz algum tempo que as Auditorias das organizações expandiram muito o escopo de seus trabalhos e a complexidade das suas atividades e, como

Leia mais

RESPONSABILIDADE DOS ADMINISTRADORES/ACIONISTAS À LUZ DA NOVA LEI ANTICORRUPÇÃO. Caroline B. Brandt

RESPONSABILIDADE DOS ADMINISTRADORES/ACIONISTAS À LUZ DA NOVA LEI ANTICORRUPÇÃO. Caroline B. Brandt RESPONSABILIDADE DOS ADMINISTRADORES/ACIONISTAS À LUZ DA NOVA LEI ANTICORRUPÇÃO Caroline B. Brandt LACAZ MARTINS, PEREIRA NETO, GUREVICH & SCHOUERI ADVOGADOS SUMÁRIO CONTEXTO INTERNACIONAL E NACIONAL VISÃO

Leia mais

Palestrante: Lucimara Oldani Taborda Coimbra

Palestrante: Lucimara Oldani Taborda Coimbra Apresentação: Capacitar e formar servidores e gestores públicos ampliando seus conhecimentos de forma prática para tornar para tornar mais ágeis as Contratações Públicas. Legislação Pregão: Lei n.º 10.520/02,

Leia mais

COMPLIANCE ANTICORRUPÇÃO IMPACTO E IMPORTÂNCIA AOS NEGÓCIOS

COMPLIANCE ANTICORRUPÇÃO IMPACTO E IMPORTÂNCIA AOS NEGÓCIOS COMPLIANCE ANTICORRUPÇÃO IMPACTO E IMPORTÂNCIA AOS NEGÓCIOS O QUE É COMPLIANCE COMPLIANCE Estar em conformidade e fazer cumprir regulamentos internos e externos CORRUPÇÃO É CONSEQUÊNCIA DA AUSÊNCIA DE

Leia mais

Código de Conduta Ética da Hix Investimentos Ltda.

Código de Conduta Ética da Hix Investimentos Ltda. Código de Conduta Ética da Hix Investimentos Ltda. Objetivo O presente Código de Conduta Ética tem por objetivo estabelecer os aspectos e postura exigidos de administradores, colaboradores e funcionários

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO, PRESENCIAL E SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS - SRP

PREGÃO ELETRÔNICO, PRESENCIAL E SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS - SRP CURSO DE FORMAÇÃO E ATUALIZAÇÃO PARA PREGOEIROS NOVO PREGÃO ELETRÔNICO, PRESENCIAL E SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS - SRP Carga Horária: 16 horas/atividade Brasília, 07 e 08 de outubro de 2015 APRESENTAÇÃO

Leia mais

O QUE MUDA NAS CONTRATAÇÕES DE SOLUÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PELA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA COM A NOVA IN Nº 04/14

O QUE MUDA NAS CONTRATAÇÕES DE SOLUÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PELA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA COM A NOVA IN Nº 04/14 O QUE MUDA NAS CONTRATAÇÕES DE SOLUÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PELA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA COM A NOVA IN Nº 04/14 ABORDAGEM COM AS ALTERAÇÕES DA IN Nº 02/15 DO PLANEJAMENTO DA CONTRATAÇÃO À GESTÃO DOS

Leia mais

Público Alvo: Servidores que atuam na área de contratos administrativos, especialmente gestores e fiscais.

Público Alvo: Servidores que atuam na área de contratos administrativos, especialmente gestores e fiscais. Melhores Práticas em Contratos Administrativos João Pessoa - PB Dias 13 e 14 de Maio de 2013 Atlântico Praia Hotel Av. Almirante Tamandaré, 440 - Praia de Tambaú Objetivo: A participação no presente curso

Leia mais

Paulo Itacarambi 6º Encontro de Lideranças CONFEA Brasília, 21 de fevereiro de 2011

Paulo Itacarambi 6º Encontro de Lideranças CONFEA Brasília, 21 de fevereiro de 2011 Combate à corrupção Promovendo uma economia responsável Paulo Itacarambi 6º Encontro de Lideranças CONFEA Brasília, 21 de fevereiro de 2011 Instituto Ethos Quem somos? Fundado em 1998 Missão Mobilizar,

Leia mais

INTRODUÇÃO. Fernanda Jaccoud Gerente Executiva Regional Rio de Janeiro ICTS

INTRODUÇÃO. Fernanda Jaccoud Gerente Executiva Regional Rio de Janeiro ICTS INTRODUÇÃO Fernanda Jaccoud Gerente Executiva Regional Rio de Janeiro ICTS RESULTADO ANÁLISE PORTAL DE COMPLIANCE ICTS PROTIVITI DADOS COMPARATIVOS 2014 VS. 2015 AUMENTO DE 10% NA PARTICIPAÇÃO DE EMPRESAS

Leia mais

MMK EDITORIAL. Ética Corporativa e Compliance CGU LANÇA DIRETRIZES SOBRE PROGRAMAS DE INTEGRIDADE PARA EMPRESAS PRIVADAS

MMK EDITORIAL. Ética Corporativa e Compliance CGU LANÇA DIRETRIZES SOBRE PROGRAMAS DE INTEGRIDADE PARA EMPRESAS PRIVADAS EDITORIAL CGU LANÇA DIRETRIZES SOBRE PROGRAMAS DE INTEGRIDADE PARA EMPRESAS PRIVADAS EQUIPE: Thiago Jabor Pinheiro tjabor@mmk.com.br Maria Cecilia Andrade mcandrade@mmk.com.br Em 22.9.2015, a Controladoria-Geral

Leia mais

Lei nº 12.846/2013 e a Responsabilização de Entes Privados

Lei nº 12.846/2013 e a Responsabilização de Entes Privados Lei nº 12.846/2013 e a Responsabilização de Entes Privados Flávio Rezende Dematté Coordenador-Geral de Responsabilização de Entes Privados CONTROLADORIA GERAL DA UNIÃO Encontro dos Auditores Internos do

Leia mais

Diretoria Geral Ouvidoria RELATÓRIO DE ATIVIDADES DA OUVIDORIA MÊS DE OUTUBRO DE 2015

Diretoria Geral Ouvidoria RELATÓRIO DE ATIVIDADES DA OUVIDORIA MÊS DE OUTUBRO DE 2015 Diretoria Geral Ouvidoria RELATÓRIO DE ATIVIDADES DA OUVIDORIA MÊS DE OUTUBRO DE 1 A Ouvidoria do DNPM, órgão de assistência direta e imediata ao Diretor-Geral, foi criada por meio do Decreto nº 7.9, de

Leia mais

Relevância das Práticas de Compliance diante da Lei Anticorrupção Brasileira. Gustavo Nascimento Fiuza Vecchietti

Relevância das Práticas de Compliance diante da Lei Anticorrupção Brasileira. Gustavo Nascimento Fiuza Vecchietti Relevância das Práticas de Compliance diante da Lei Anticorrupção Brasileira Gustavo Nascimento Fiuza Vecchietti INTRODUÇÃO CORRUPÇÃO fato social CF/1988 amplia os direitos e obrigações tanto do Estado

Leia mais

SANÇÕES ADMINISTRATIVAS E RESCISÕES CONTRATUAIS

SANÇÕES ADMINISTRATIVAS E RESCISÕES CONTRATUAIS (41) 3087-6666 www.licidata.com.br SANÇÕES ADMINISTRATIVAS E RESCISÕES CONTRATUAIS PENALIDADES, PROCEDIMENTOS E ASPECTOS POLÊMICOS 11 e 12 de Dezembro de 2014 - Vitória - ES Apresentação: As hipóteses

Leia mais

SEMINÁRIO DE TERCEIRIZAÇÃO: QUESTÕES POLÊMICAS SOBRE A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS

SEMINÁRIO DE TERCEIRIZAÇÃO: QUESTÕES POLÊMICAS SOBRE A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS Inicialmente, agradecemos a oportunidade de apresentarmos o presente seminário. No presente e-mail, seguem as informações gerais do seminário e demais especificações para sua análise. SEMINÁRIO DE TERCEIRIZAÇÃO:

Leia mais

POLÍTICA DE PREVENÇÃO E COMBATE À CORRUPÇÃO E OUTROS ATOS LESIVOS

POLÍTICA DE PREVENÇÃO E COMBATE À CORRUPÇÃO E OUTROS ATOS LESIVOS POLÍTICA DE PREVENÇÃO E COMBATE À CORRUPÇÃO E OUTROS ATOS LESIVOS 1. Introdução A presente Política, aplicável à WEG S/A e todas as suas controladas, representa uma síntese das diretrizes existentes na

Leia mais

Nova Lei Anticorrupção Brasileira: Desafios e Oportunidades

Nova Lei Anticorrupção Brasileira: Desafios e Oportunidades Nova Lei Anticorrupção Brasileira: Desafios e Oportunidades Fernanda Fauze Carlos Advogada Trench, Rossi e Watanabe Advogados Agenda 1 Introdução 2 Contexto: Combate à Corrupção no Brasil Prisões por crimes

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº, DE DE 2010.

RESOLUÇÃO Nº, DE DE 2010. RESOLUÇÃO Nº, DE DE 2010. Dispõe sobre a divulgação de dados processuais eletrônicos na rede mundial de computadores, expedição de certidões judiciais e dá outras providências. O PRESIDENTE DO CONSELHO

Leia mais

SOUZA CESCON FAZ APRESENTAÇÃO NO PRINCIPAL EVENTO DE PETRÓLEO E GÁS DA AMÉRICA LATINA: A RIO OIL & GAS EXPO AND CONFERENCE.

SOUZA CESCON FAZ APRESENTAÇÃO NO PRINCIPAL EVENTO DE PETRÓLEO E GÁS DA AMÉRICA LATINA: A RIO OIL & GAS EXPO AND CONFERENCE. Setembro, 2014 Caso ocorra erro de visualização, acesse nossa Versão Web ou Versão PDF NEWS 1. OS SÓCIOS LUIS SOUZA E MARIA CRISTINA ENTRE OS 50 ADVOGADOS MAIS DESTACADOS DA AMÉRICA LATINA SOUZA CESCON

Leia mais

RESPONSABILIDADE DO SERVIDOR E DEVERES DO ADMINISTRADOR

RESPONSABILIDADE DO SERVIDOR E DEVERES DO ADMINISTRADOR RESPONSABILIDADE DO SERVIDOR E DEVERES DO ADMINISTRADOR A punição administrativa ou disciplinar não depende de processo civil ou criminal a que se sujeite também o servidor pela mesma falta, nem obriga

Leia mais

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 303, DE 2013

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 303, DE 2013 SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 303, DE 2013 Dispõe sobre a destinação dos recursos recuperados por meio de ações judiciais para o Fundo Nacional de Saúde e o Fundo Nacional de Desenvolvimento

Leia mais

Lei de acesso a informações públicas: principais pontos

Lei de acesso a informações públicas: principais pontos Lei de acesso a informações públicas: principais pontos Íntegra do texto 1. Quem deve cumprir a lei Órgãos públicos dos três poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário) dos três níveis de governo (federal,

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Elaboração Luiz Guilherme D CQSMS 10 00 Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes Avaliação da Necessidade de Treinamento

Leia mais

Cenário Mundial - Corrupção

Cenário Mundial - Corrupção Cenário Mundial - Corrupção Pesquisa aponta 10 práticas de corrupção comuns no dia a dia do brasileiro 1. Não dar nota fiscal 2. Não declarar Imposto de Renda 3. Tentar subornar o guarda 4. Falsificar

Leia mais

CARTILHA DA LEI ANTICORRUPÇÃO 12.846/13. Principais tópicos e orientações de ações a serem adotadas

CARTILHA DA LEI ANTICORRUPÇÃO 12.846/13. Principais tópicos e orientações de ações a serem adotadas CARTILHA DA LEI ANTICORRUPÇÃO 12.846/13 Principais tópicos e orientações de ações a serem adotadas SUMÁRIO [04]... Introdução [05]... Apresentação [07]... Lei Anticorrupção [09]... Responsabilização Administrativa

Leia mais

Lei Anticorrupção Desafios do Compliance

Lei Anticorrupção Desafios do Compliance Lei Anticorrupção Desafios do Compliance Introdução: combate à corrupção no mundo Índice de Percepção de Corrupção 1 - Nova Zelândia (91 pontos) 1 - Dinamarca (91 pontos) 3 - Finlândia (89 pontos) 3 -

Leia mais

Gestão de Segurança no Serviço Público

Gestão de Segurança no Serviço Público Gestão de no Serviço Público 06 a 09 de outubro de 2015 1 - Apresentação: A segurança no âmbito da administração pública tem se configurado como uma área estratégica, requerendo investimentos na qualidade

Leia mais

PROGRAMA DE PROTEÇÃO DE PI

PROGRAMA DE PROTEÇÃO DE PI GUIA PARA MELHORAR O SEU Principais Práticas para a Proteção de PI PROGRAMA DE PROTEÇÃO DE PI 2013 Centro para Empreendimento e Comércio Responsáveis TABELA DE CONTEÚDO CAPÍTULO 1: Introdução à Proteção

Leia mais

Contratação Direta e Aditivos Contratuais

Contratação Direta e Aditivos Contratuais Contratação Direta e Aditivos Contratuais Cuiabá - MT Dias 29 e 30 de Julho de 2013 Paiaguás Palace Hotel e Convenções Av. Hist. Rubens de Mendonça, 1718, Bosque da Saúde Com Luciano Reis Objetivo: Instruir

Leia mais

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO EVEN

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO EVEN POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO EVEN 1 Introdução A EVEN conduz seus negócios de acordo com os altos padrões éticos e morais estabelecidos em seu Código de Conduta, não tolerando qualquer forma de corrupção e suborno.

Leia mais

RISCOS E FRAUDES CORPORATIVOS

RISCOS E FRAUDES CORPORATIVOS agenda 5ª Edição RISCOS E FRAUDES CORPORATIVOS Prevenção de Faudes Corporativas D 10 de Dezembro? Hotel Staybridge São Paulo W Mantenha os seus pertences à vista. A Corpbusiness não se responsabiliza por

Leia mais

CURSO: MBA EM GESTÃO PÚBLICA E AUDITORIA DISCIPLINA: ÉTICA NA GESTÃO PÚBLICA PRIMEIRO MÓDULO INTRODUÇÃO

CURSO: MBA EM GESTÃO PÚBLICA E AUDITORIA DISCIPLINA: ÉTICA NA GESTÃO PÚBLICA PRIMEIRO MÓDULO INTRODUÇÃO CURSO: MBA EM GESTÃO PÚBLICA E AUDITORIA DISCIPLINA: ÉTICA NA GESTÃO PÚBLICA PRIMEIRO MÓDULO INTRODUÇÃO OBJETIVO DO CURSO MBA EM GESTÃO PÚBLICA E AUDITORIA Oferecer condições ferramentais para o profissional

Leia mais

PRIVACIDADE LEGISLAÇÃO BRASILEIRA. Patrícia Schmitt Freitas e Schmitt Advogados

PRIVACIDADE LEGISLAÇÃO BRASILEIRA. Patrícia Schmitt Freitas e Schmitt Advogados PRIVACIDADE LEGISLAÇÃO BRASILEIRA Patrícia Schmitt Freitas e Schmitt Advogados o direito que cada um tem sobre seu nome, sua imagem, sua intimidade, sua honra e sua reputação, sua própria biografia, e

Leia mais

CURSO DE PREVENÇÃO E APURAÇÃO DE ILÍCITOS ADMINISTRATIVOS

CURSO DE PREVENÇÃO E APURAÇÃO DE ILÍCITOS ADMINISTRATIVOS GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS CURSO DE PREVENÇÃO E APURAÇÃO DE ILÍCITOS ADMINISTRATIVOS COMISSÕES PROCESSANTES - SEE CONTROLADORIA-GERAL DO ESTADO SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO BELO HORIZONTE 2014

Leia mais

Sumário. Nota introdutória, xv

Sumário. Nota introdutória, xv Nota introdutória, xv 1 Princípios constitucionais da administração pública, 1 1.1 Conteúdo do capítulo, 1 1.2 Princípios e regras, 2 1.3 Princípi~ constitucionais, 4 IA Princípios expressos, 7 104.1 Legalidade

Leia mais

ITAÚ UNIBANCO HOLDING S.A. CNPJ. 60.872.504/0001-23 Companhia Aberta NIRE. 35300010230. Política Corporativa de Prevenção e Combate a Atos Ilícitos

ITAÚ UNIBANCO HOLDING S.A. CNPJ. 60.872.504/0001-23 Companhia Aberta NIRE. 35300010230. Política Corporativa de Prevenção e Combate a Atos Ilícitos ITAÚ UNIBANCO HOLDING S.A. CNPJ. 60.872.504/0001-23 Companhia Aberta NIRE. 35300010230 Política Corporativa de Prevenção e Combate a Atos Ilícitos Estabelece os conceitos e as diretrizes do Itaú Unibanco

Leia mais

10 e 11/04/2014 BRASÍLIA - DF REGIME DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DO SERVIDOR PÚBLICO - O SERVIDOR DEVE OU NÃO FORMULAR SUA OPÇÃO PELO RPC?

10 e 11/04/2014 BRASÍLIA - DF REGIME DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR DO SERVIDOR PÚBLICO - O SERVIDOR DEVE OU NÃO FORMULAR SUA OPÇÃO PELO RPC? Apresentação Conheça a Previdência Complementar para saber se o servidor deve ou não formular sua opção pelo RPC VANTAGENS x DESVANTAGENS x RISCOS. Aplicação da CF/88-20/98, 41/2003, 47/2005 - Leis 9.717/98,

Leia mais

o mpf/sp e a unifesp notas para a audiência pública

o mpf/sp e a unifesp notas para a audiência pública o mpf/sp e a unifesp notas para a audiência pública unifesp, 23.04.2009 tópicos conhecendo o mpf unifesp e administração pública atuação do mpf/sp na unifesp tutela de direitos coletivos defesa do patrimônio

Leia mais

PROJETO DE LEI CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

PROJETO DE LEI CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES PROJETO DE LEI Estabelece princípios, garantias, direitos e deveres para o uso da Internet no Brasil. O CONGRESSO NACIONAL decreta: CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1 o Esta Lei estabelece princípios,

Leia mais

PROJETO DE CAPACITAÇÃO INICIAÇÃO AO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL

PROJETO DE CAPACITAÇÃO INICIAÇÃO AO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE CAMPUS JOÃO CÂMARA COORDENAÇÃO DE GESTÃO DE PESSOAS PROJETO

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA CAPANEMA DUARTE ADVOGADOS

CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA CAPANEMA DUARTE ADVOGADOS CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA CAPANEMA DUARTE ADVOGADOS I. Preâmbulo 1.1 Temos como objetivo ser um escritório de advocacia altamente conceituado e referência em nossa área de atuação, o que requer, além de

Leia mais

LICITAÇÕES INTERNACIONAIS

LICITAÇÕES INTERNACIONAIS CURSO DE CAPACITAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO LICITAÇÕES INTERNACIONAIS DOUTRINA, JURISPRUDÊNCIAS RECENTES, PECULIARIDADES E SUA APLICAÇÃO PRÁTICA Carga Horária: 16 horas/atividade Horário: 8h30 às 18h (com intervalo

Leia mais

Programa de Compliance Anticorrupção Case ArcelorMittal

Programa de Compliance Anticorrupção Case ArcelorMittal Programa de Compliance Anticorrupção Case ArcelorMittal Suzana Fagundes Ribeiro de Oliveira Diretora Jurídica e de Relações Institucionais Compliance Officer Setembro de 2014 Números ArcelorMittal - 2013

Leia mais

Programa de Compliance da CCEE

Programa de Compliance da CCEE Programa de Compliance da CCEE O que é compliance São processos e procedimentos adotados pela empresa visando detectar, prevenir e combater fraudes e infrações às leis e regulamentos, bem como assegurar

Leia mais

São Paulo - SP Av. Nove de Julho, 5.109 3º Andar (55 11) 3254 0050 www.porto.adv.br

São Paulo - SP Av. Nove de Julho, 5.109 3º Andar (55 11) 3254 0050 www.porto.adv.br São Paulo - SP Av. Nove de Julho, 5.109 3º Andar (55 11) 3254 0050 www.porto.adv.br Associação Brasileira de Engenharia Industrial ABEMI Lei Anticorrupção Lei nº 12.846, de 01/08/2013 PORTO ADVOGADOS www.porto.adv.br

Leia mais

PORTARIA Nº 910, DE 7 DE ABRIL DE 2015.

PORTARIA Nº 910, DE 7 DE ABRIL DE 2015. PORTARIA Nº 910, DE 7 DE ABRIL DE 2015. Define os procedimentos para apuração da responsabilidade administrativa e para celebração do acordo de leniência de que trata a Lei nº 12.846, de 1º de agosto de

Leia mais

PROJETO DE LEI CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

PROJETO DE LEI CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS PROJETO DE LEI Dispõe sobre a responsabilização administrativa e civil de pessoas jurídicas pela prática de atos contra a administração pública, nacional ou estrangeira, e dá outras providências. O CONGRESSO

Leia mais

O PAPEL DO CONTROLE EXTERNO

O PAPEL DO CONTROLE EXTERNO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO PRÓ-REITORIA DE GESTÃO FINANCEIRA I CICLO DE APERFEIÇOAMENTO EM GESTÃO FINANCEIRA O PAPEL DO CONTROLE EXTERNO Prof. Ariel Lopes Torres E-mail: ariel@unemat.br CÁCERES

Leia mais

EDITAL Nº 05 /2015 PROGRAMA DE APERFEIÇOAMENTO DE MAGISTRADOS PÚBLICO ALVO: MAGISTRADOS DO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE ALAGOAS.

EDITAL Nº 05 /2015 PROGRAMA DE APERFEIÇOAMENTO DE MAGISTRADOS PÚBLICO ALVO: MAGISTRADOS DO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE ALAGOAS. EDITAL Nº 05 /2015 PROGRAMA DE APERFEIÇOAMENTO DE MAGISTRADOS Torna pública a abertura de inscrições para o Curso sobre Crime Organizado, em fase de credenciamento junto à Escola Nacional de Formação e

Leia mais

entidades obrigadas as medidas de vigilância da clientela incluem "entidades obrigadas"

entidades obrigadas as medidas de vigilância da clientela incluem entidades obrigadas Parecer da OAA Parecer da Ordem dos Advogados (Proposta de Regulamento sobre prevenção de branqueamento de capitais e de financiamento do terrorismo). A prevenção da utilização do sistema financeiro para

Leia mais