LEI ANTICORRUPÇÃO E PRÁTICAS DE COMPLIANCE PARA PESSOAS JURÍDICAS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "LEI ANTICORRUPÇÃO E PRÁTICAS DE COMPLIANCE PARA PESSOAS JURÍDICAS"

Transcrição

1 LEI ANTICORRUPÇÃO E PRÁTICAS DE COMPLIANCE PARA PESSOAS JURÍDICAS

2 Objeto da Lei n.º12.846, de 2013 A Lei Anticorrupção dispõe sobre: a responsabilização administrativa e civil de pessoas jurídicas. pela prática de atos contra a Administração Pública. nacional ou estrangeira.

3 Bens jurídicos tutelados (art. 5º) o patrimônio público nacional ou estrangeiro os princípios da administração pública e os compromissos internacionais assumidos pelo Brasil (nessa área)

4 Normas jáexistentes antes da LAC: Código Penal : Crimes contra a Adm. Pública Código Penal (alteração pela Lei , de 2002): Crimes contra a Adm. Pública Estrangeira Lei 1.079, de 1050 (Crimes de Responsabilidade) Lei 4.717, de 1965 (Ação Popular) Lei 8.429, de 1992 (LIA) Lei 8.666, de 1993 (Licitações e Contratos)

5 Principais avanços preenchidos com a LAC: Instrumento poderoso de prevenção da corrupção: estímulo à integridade corporativa nas empresas (pelo sistema de Atenuantes, que valoriza os programas de compliance) Facilitação da investigação dos ilícitos (pela colaboração da empresa, via acordo de leniência) Cumprimento de compromisso internacional do país perante a ONU, OCDE e OEA

6 Responsabilidade objetiva na LAC: A responsabilização da pessoa jurídica independe da demonstração de autoria individualizada e de estados subjetivos de pessoas físicas Cada regime que adota a responsabilidade empresarial (ambiental, consumidor, responsabilidade civil, etc.) possui regras de imputação específicas. Segundo o art. 2.º da LAC, o ato lesivo deve ser praticado no interesse ou benefício da PJ, exclusivo ou não

7 Pessoas Jurídicas espécies abrangidas (art. 1.º, par. único) 1. sociedades empresárias e sociedades simples 2. sociedades estrangeiras, que tenham sede, filial ou representação no território brasileiro 3. fundações, associações de entidades ou de pessoas personificadas ou não, qualquer forma de organização ou modelo societário, constituídas de fato ou de direito, ainda que temporariamente

8 Desconsideração da Personalidade Jurídica: LAC, Art. 14. A personalidade jurídica poderá ser desconsiderada sempre que utilizada com abuso do direito para facilitar, encobrir ou dissimular a prática dos atos ilícitos previstos nesta Lei ou para provocar confusão patrimonial, sendo estendidos todos os efeitos das sanções aplicadas à pessoa jurídica aos seus administradores e sócios com poderes de administração, observados o contraditório e a ampla defesa.

9 Atos lesivos alcançadas pela LAC (art. 5.º) I. Prometer, oferecer ou dar, direta ou indiretamente, vantagem indevida a agente público, ou a terceira pessoa a ele relacionada; II. Financiar, custear ou patrocinar prática de atos ilícitos previstos na Lei III. Utilizar-se de interposta PF ou PJ para ocultar ou dissimular reais interesses ou a identidade dos beneficiários;

10 Atos lesivos alcançadas pela LAC (art. 5.º) IV. Fraudar licitações ou contratos V. Dificultar atividade de investigação ou fiscalização de órgãos, entidades ou agentes públicos, ou intervir em sua atuação, inclusive no âmbito das agências reguladoras e dos órgãos de fiscalização do sistema financeiro nacional.

11 Penas aplicáveis pela Administração (art. 6.º) Multa Aplica-se o maior valor, dentre: 0,1% a 20% do faturamento bruto do último exercício anterior ao da instauração do processo, excluídos os respectivos tributos, APÓS DOSIMETRIA; não sendo possível utilizar esse critério, multa de R$ 6.000,00 a R$ ,00 ou Valor da vantagem auferida, se possível sua estimação. Passível de inscrição em dívida ativa e execução fiscal em caso de não pagamento

12 Penas aplicáveis pela Administração (art. 6.º) Publicação de extrato da decisão condenatória Em meios de comunicação de grande circulação na área da prática da infração e de atuação da pessoa jurídica ou, na sua falta, em publicação de circulação nacional, a expensas da pessoa jurídica. Com afixação de edital visível ao público, pelo prazo mínimo de 30 (trinta) dias, no próprio estabelecimento ou no local de exercício da atividade. No sítio eletrônico na rede mundial de computadores. Inclusão do nome da pessoa jurídica na CNEP.

13 Penas aplicáveis pela via judicial (art. 19) Perdimento dos bens, direitos ou valores que representem vantagem ou proveito direta ou indiretamente obtidos na infração, preferencialmente destinados aos órgãos ou entidades públicas lesadas; Suspensão ou interdição parcial Pode ser limitada a estabelecimento, local, produto, serviço, etc.

14 Penas aplicáveis pela via judicial (art. 19) Dissolução compulsória (forma habitual na prática de ilícitos e/ou constituída para ocultar ou dissimular interesses ilícitos). Proibição de receber incentivos, subsídios, empréstimos, etc. de órgãos, de entidades, e de instituições financeiras do poder público ou por ele controladas, pelo prazo mínimo de 1(um) e máximo de 5(cinco) anos.

15 Obrigação de reparar integralmente o dano Art. 6.º, 3.º A aplicação das sanções previstas neste artigo (sanções administrativas) não exclui, em qualquer hipótese, a obrigação da reparação integral do dano causado. Art. 21, par. único. A condenação (judicial) torna certa a obrigação de reparar, integralmente, o dano causado pelo ilícito, cujo valor será apurado em posterior liquidação, se não constar expressamente da sentença.

16 Legitimados Ativos para a Ação Judicial (art.19) União, Estados, DF e Municípios, por suas Advocacias Públicas ou equivalentes (Procuradoria Federal junto às Agências). A CGU é o órgão competente para celebrar acordos de leniência no âmbito do Poder Executivo Federal, bem como no caso de atos lesivos praticados contra a administração pública estrangeira. Ministério Público (que pode incluir no pedido as penas administrativas, em caso de omissão da Administração, cf. Art. 20)

17 Mecanismos de Compliancecomo atenuante na LAC LAC, art. 7º, Serão levados em consideração na aplicação das sanções: VIII - a existência de mecanismos e procedimentos internos de integridade, auditoria e incentivo à denúncia de irregularidades e a aplicação efetiva de códigos de ética e de conduta no âmbito da pessoa jurídica; Atenuante ESPECÍFICA.

18 Mecanismos de Compliancecomo atenuante na LAC Todavia, um programa de compliance bem planejado e bem executado pode, GENERICAMENTE, influir positivamente em outros parâmetros das sanções (LAC, 7º): I - a gravidade da infração; IV - o grau de lesão ou perigo de lesão; V - o efeito negativo produzido pela infração; VII - a cooperação da pessoa jurídica para a apuração das infrações;

19 Mecanismos de Compliancecomo atenuante na LAC PARÂMETROS DO PROGRAMA DE INTEGRIDADE: 1. comprometimento da alta direção; 2. padrões de conduta, código de ética; 3. treinamentos periódicos sobre o programa integridade; 4. análise periódica de riscos;

20 Mecanismos de Compliancecomo atenuante na LAC PARÂMETROS DO PROGRAMA DE INTEGRIDADE: 5. existência e divulgação de canais de denúncia; 6. criação e manutenção de controles internos; 7. medidas disciplinares em caso de violação do programa de integridade; 8. transparência quanto a doações para candidatos e partidos políticos.

21 Mecanismos de Compliancecomo atenuante na LAC ANÁLISE DA ESPECIFICIDADE DA PESSOAS JURÍDICAS Quantidade de sócios, funcionários e colaboradores Complexidade da hierarquia e quantidade de departamentos, diretorias ou setores Utilização de agentes intermediários (ex.: correspondentes e parceiros) Grau de interação com o setor público Quantidade e localização de suas subsidiárias, quando aplicável

22 Mecanismos de Compliancecomo atenuante na LAC AFERIÇÃO DE EFETIVIDADE Atuação do programa de integridade frente às irregularidades: Comunicação, pronta e espontânea, do ato lesivo à administração pública Remoção dos funcionários envolvidos no ato lesivo antes da notificação da autoridade pública Comprovação quanto à não participação, tolerância ou ciência de pessoal de alto nível da empresa

23 Estrutura -Código de Conduta Para Pessoas Jurídicas

24 Código de Conduta Aspectos Gerais Objetivos: Nortear os relacionamentos entre colaboradores, clientes e fornecedores de uma Empresa Orientar a conduta ética que cada um dos seus profissionais deve adotar para reforçar os valores da pessoa jurídica, a excelência do serviço prestado e a obtenção de resultados.

25 CÓDIGO DE CONDUTA Construção

26 CÓDIGO DE CONDUTA Implantação

27 Código de Conduta Manutenção Todos os anos o Código de Conduta é revisado pela Gerência de RH e pelo Conselho de Ética.

28 Código de Conduta Estrutura Princípios Gerais; Responsabilidades; Relacionamentos; Condutas Profissional e Pessoal; Condutas Não Aceitáveis; Responsabilidade Socioambiental; Ouvidoria e Canal de Sugestões; Termo de Compromisso.

29 Código de Conduta Princípios Gerais Missão: Oferecer as melhores soluções jurídicas, aliando tradição e modernidade, primando pela qualidade dos seus profissionais e dos seus procedimentos, com atendimento personalizado, ética e confiabilidade. Visão: Ser reconhecido, tanto pelo mercado quanto pelos profissionais da área jurídica, como o melhor escritório de advocacia das regiões em que atua.

30 Código de Conduta Princípios Gerais Valores: Ética e lealdade; Qualidade; Comprometimento; Credibilidade; Espírito de Equipe; Entusiasmo.

31 Código de Conduta Responsabilidades Papel dos Líderes; Papel dos Colaboradores; Papel do Comitê de Ética. O Comitê de Ética é formado pelo Presidente do Conselho Administrativo, Diretor Executivo, Gerente de RH, um dos sócios do Conselho Administrativo e um representante dos sócios (eleito pelo Conselho Administrativo).

32 Código de Conduta Relacionamento Com Clientes internos e externos; Com os Sócios; Com os correspondentes; Com os Concorrentes; Com os Fornecedores; Com os Órgãos Públicos; Com os Colaboradores.

33 Código de Conduta Condutas Profissional e Pessoal Orientações gerais que englobam aspectos como: Respeito; Ingresso na pessoa jurídica; Sigilo das informações relacionadas a quaisquer atividades e clientes da pessoa jurídica; Preservação do patrimônio físico; Entre outras orientações.

34 Código de Conduta Condutas Não Aceitáveis Orientações gerais que englobam aspectos como: Utilização de serviços de fornecedores da pessoa jurídica para fins pessoais; Repasse de informações sigilosas a terceiros; Solicitação de colaboradores para a resolução de questões pessoais; Contratação de parentes; Normas internas abordando questões de pagamentos indevidos a agentes públicos; Regras impondo limites para presentes ou brindes a agentes públicos; Hospitalidade de agentes públicos; Entre outras orientações.

35 Código de Conduta Ouvidoria e Canal de Sugestões Orientações gerais que abordam as utilizações: Ouvidoria Interna; Conexão RH; Canal direto com o setor de Recursos Humanos.

36 Código de Conduta Termo de Compromisso Termo assinado por todos os colaboradores da pessoa jurídica no Código de Conduta.

37 Daniel Farias Sócio

38

CONTADOR JOSE LUIZ VAILATTI. Lei 12. 846/2013 LEI ANTI CORRUPÇÃO EMPRESARIAL

CONTADOR JOSE LUIZ VAILATTI. Lei 12. 846/2013 LEI ANTI CORRUPÇÃO EMPRESARIAL CONTADOR JOSE LUIZ VAILATTI Lei 12. 846/2013 LEI ANTI CORRUPÇÃO EMPRESARIAL Atender às exigências internacionais de combate a corrupção Estimular a prática do compliance. Ética corporativa na administração.

Leia mais

LEI Nº 12.846/2013 A LEI ANTICORRUPÇÃO. S e m i n á r i o r e a l i z a d o n o F e l s b e r g A d v o g a d o s e m 0 5 / 0 2 / 2 0 1 4

LEI Nº 12.846/2013 A LEI ANTICORRUPÇÃO. S e m i n á r i o r e a l i z a d o n o F e l s b e r g A d v o g a d o s e m 0 5 / 0 2 / 2 0 1 4 LEI Nº 12.846/2013 A LEI ANTICORRUPÇÃO S e m i n á r i o r e a l i z a d o n o F e l s b e r g A d v o g a d o s e m 0 5 / 0 2 / 2 0 1 4 01. Introdução E v y M a r q u e s e v y m a r q u e s @ f e l s

Leia mais

LEI 12.846/2013 (Lei Anticorrupção LAC)

LEI 12.846/2013 (Lei Anticorrupção LAC) 14 DE MARÇO DE 2014 LEI 12.846/2013 (Lei Anticorrupção LAC) FABIO VALGAS Chefe Regional Controladoria Regional da União no Estado do Rio de Janeiro Lei 12.846/2013 Lei Anticorrupção - LAC A Lei n.º 12.846/13

Leia mais

AGEOS Associação Gaúcha de Obras de Saneamento. Giovani Agostini Saavedra Saavedra & Gottschefsky Advogados Associados

AGEOS Associação Gaúcha de Obras de Saneamento. Giovani Agostini Saavedra Saavedra & Gottschefsky Advogados Associados AGEOS Associação Gaúcha de Obras de Saneamento Giovani Agostini Saavedra Saavedra & Gottschefsky Advogados Associados Breve panorama sobre a nova Lei Anticorrupção Giovani Agostini Saavedra Contexto da

Leia mais

LEI ANTICORRUPÇÃO - RESPONSABILIZAÇÃO CIVIL E ADMINISTRATIVA DAS PESSOAS JURÍDICAS.

LEI ANTICORRUPÇÃO - RESPONSABILIZAÇÃO CIVIL E ADMINISTRATIVA DAS PESSOAS JURÍDICAS. LEI ANTICORRUPÇÃO - RESPONSABILIZAÇÃO CIVIL E ADMINISTRATIVA DAS PESSOAS JURÍDICAS. LEI ANTICORRUPÇÃO LEI 12.846 de 1º de agosto de 2013 (publicada em 02/08/2013) LEI ANTICORRUPÇÃO BRASILEIRA LEI ANTICORRUPÇÃO

Leia mais

Um programa de compliance eficiente para atender a lei anticorrupção Lei 12.846/2013

Um programa de compliance eficiente para atender a lei anticorrupção Lei 12.846/2013 Um programa de compliance eficiente para atender a lei anticorrupção Lei 12.846/2013 FEBRABAN Arthur Lemos Jr Promotor de Justiça Lavagem de Dinheiro e de Recuperação de Ativos Compliance A LEI PROVOCA

Leia mais

A LEI ANTICORRUPÇÃO E AS POLÍTICAS DE COMPLIANCE. Agosto, 2014

A LEI ANTICORRUPÇÃO E AS POLÍTICAS DE COMPLIANCE. Agosto, 2014 A LEI ANTICORRUPÇÃO E AS POLÍTICAS DE COMPLIANCE Agosto, 2014 Lei Anticorrupção Brasileira: Lei 12.846/2013 Aspectos Gerais: Vigência: Entrou em vigor em 29/01/2014; Será regulamentada. Objetivo: Responsabilizar

Leia mais

São Paulo - SP Av. Nove de Julho, 5.109 3º Andar (55 11) 3254 0050 www.porto.adv.br

São Paulo - SP Av. Nove de Julho, 5.109 3º Andar (55 11) 3254 0050 www.porto.adv.br São Paulo - SP Av. Nove de Julho, 5.109 3º Andar (55 11) 3254 0050 www.porto.adv.br 86º ENIC: 2014 Comissão de Obras Públicas - COP Lei Anticorrupção Lei nº 12.846, de 01/08/2013 PORTO ADVOGADOS www.porto.adv.br

Leia mais

PENALIDADES E RESPONSABILIDADE DE TERCEIROS LEI Nº 12.846/13

PENALIDADES E RESPONSABILIDADE DE TERCEIROS LEI Nº 12.846/13 PENALIDADES E RESPONSABILIDADE DE TERCEIROS LEI Nº 12.846/13 21/02/2014 E v y M a r q u e s e v y m a r q u e s @ f e l s b e r g. c o m. b r 01. PENALIDADES Penalidades Esfera Administrativa Multa de

Leia mais

Trade Compliance na Lei Brasileira Anticorrupção

Trade Compliance na Lei Brasileira Anticorrupção Trade Compliance na Lei Brasileira Anticorrupção Ibrac Agosto/2014 Barretto Barretto Ferreira Ferreira, e Brancher Kujawski e Brancher Sociedade Sociedade de Advogados de Advogados R. Dr. R. Eduardo Dr.

Leia mais

LEI Nº 12.846/2013 Aspectos da Regulamentação Federal. Valdir Moysés Simão Ministro Chefe da Controladoria-Geral da União

LEI Nº 12.846/2013 Aspectos da Regulamentação Federal. Valdir Moysés Simão Ministro Chefe da Controladoria-Geral da União LEI Nº 12.846/2013 Aspectos da Regulamentação Federal Valdir Moysés Simão Ministro Chefe da Controladoria-Geral da União São Paulo, 07 de maio de 2015 LEI Nº 12.846/2013 Esta Lei dispõe sobre a responsabilização

Leia mais

LEI 12.846 DECRETO 8.420

LEI 12.846 DECRETO 8.420 LEI ANTICORRUPÇÃO LEI 12.846 de 1º. de agosto de 2013 DECRETO 8.420 de 18 de março de 2015 Maria Luisa Pestana Guimarães Assessora Jurídica da CBIC PONTOS RELEVANTES 1. Aplicável nas três esferas do Poder:

Leia mais

PROJETO DE LEI CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

PROJETO DE LEI CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS PROJETO DE LEI Dispõe sobre a responsabilização administrativa e civil de pessoas jurídicas pela prática de atos contra a administração pública, nacional ou estrangeira, e dá outras providências. O CONGRESSO

Leia mais

Lei Anticorrupção: principais aspectos e como se preparar para este novo cenário

Lei Anticorrupção: principais aspectos e como se preparar para este novo cenário Lei Anticorrupção: principais aspectos e como se preparar para este novo cenário Marcelo Leonardo Cristiano Helena Marques de Souza Fernandes Como um dos resultados do compromisso assumido pelo Brasil

Leia mais

FID - Fraudes, Investigações e Disputas A Nova Lei Brasileira Anticorrupção 12.846/13 Câmara de Com. e Ind. Japonesa do Brasil

FID - Fraudes, Investigações e Disputas A Nova Lei Brasileira Anticorrupção 12.846/13 Câmara de Com. e Ind. Japonesa do Brasil FID - Fraudes, Investigações e Disputas A Nova Lei Brasileira Anticorrupção 12.846/13 Câmara de Com. e Ind. Japonesa do Brasil Page 1 BDO Brazil TÓPICOS BDO Brazil Valores BDO no Brasil Serviços Departamento

Leia mais

RESPONSABILIDADE DOS ADMINISTRADORES/ACIONISTAS À LUZ DA NOVA LEI ANTICORRUPÇÃO. Caroline B. Brandt

RESPONSABILIDADE DOS ADMINISTRADORES/ACIONISTAS À LUZ DA NOVA LEI ANTICORRUPÇÃO. Caroline B. Brandt RESPONSABILIDADE DOS ADMINISTRADORES/ACIONISTAS À LUZ DA NOVA LEI ANTICORRUPÇÃO Caroline B. Brandt LACAZ MARTINS, PEREIRA NETO, GUREVICH & SCHOUERI ADVOGADOS SUMÁRIO CONTEXTO INTERNACIONAL E NACIONAL VISÃO

Leia mais

Decreto Federal Regulamentador da Lei Anticorrupção

Decreto Federal Regulamentador da Lei Anticorrupção Decreto Federal Regulamentador da Lei Anticorrupção Em 19 de março de 2015, foi publicado o Decreto Federal nº 8.420, de 18 de março de 2015 ( Decreto ), que regulamenta a Lei Federal nº 12.846, de 1º

Leia mais

Presidente sanciona Nova Lei Anticorrupção

Presidente sanciona Nova Lei Anticorrupção Compliance Presidente sanciona Nova Lei Anticorrupção A Presidente Dilma Rousseff sancionou, no dia 1º de agosto de 2013, a nova Lei Anticorrupção do país. A nova lei (Lei No. 12,846/2013) foi publicada

Leia mais

Prevenção a Corrupção

Prevenção a Corrupção Prevenção a Corrupção São Paulo Novembro de 2013 2012 Deloitte Touche Tohmatsu no ambiente corporativo Gustavo Lucena gustavolucena@deloitte.com Consultoria Riscos Empresariais da Deloitte 2012 Deloitte

Leia mais

Índice de Percepção da Corrupção 2013

Índice de Percepção da Corrupção 2013 A Lei Anticorrupção A Lei Anticorrupção Um ambiente de negócios no qual empresas se relacionam com órgãos públicos e agentes do governo de forma transparente, lícita e ética é importante para o aumento

Leia mais

Lei Anticorrupção Desafios do Compliance

Lei Anticorrupção Desafios do Compliance Lei Anticorrupção Desafios do Compliance Introdução: combate à corrupção no mundo Índice de Percepção de Corrupção 1 - Nova Zelândia (91 pontos) 1 - Dinamarca (91 pontos) 3 - Finlândia (89 pontos) 3 -

Leia mais

São Paulo - SP Av. Nove de Julho, 5.109 3º Andar (55 11) 3254 0050 www.porto.adv.br

São Paulo - SP Av. Nove de Julho, 5.109 3º Andar (55 11) 3254 0050 www.porto.adv.br São Paulo - SP Av. Nove de Julho, 5.109 3º Andar (55 11) 3254 0050 www.porto.adv.br Associação Brasileira de Engenharia Industrial ABEMI Lei Anticorrupção Lei nº 12.846, de 01/08/2013 PORTO ADVOGADOS www.porto.adv.br

Leia mais

MEMORANDO AOS CLIENTES ANTICORRUPÇÃO E COMPLIANCE FEVEREIRO/2014. Lei nº 12.846, de 1º de agosto de 2013 Lei Anticorrupção.

MEMORANDO AOS CLIENTES ANTICORRUPÇÃO E COMPLIANCE FEVEREIRO/2014. Lei nº 12.846, de 1º de agosto de 2013 Lei Anticorrupção. MEMORANDO AOS CLIENTES ANTICORRUPÇÃO E COMPLIANCE FEVEREIRO/2014 Lei nº 12.846, de 1º de agosto de 2013 Lei Anticorrupção. Entrou em vigor no dia 29 de janeiro a Lei nº 12.846, de 1º de agosto de 2013,

Leia mais

"FCPA e a Lei 12.846/2013 - Lei Anticorrupção" São Paulo, 05 de setembro de 2013. Fabyola Emilin Rodrigues Demarest Advogados

FCPA e a Lei 12.846/2013 - Lei Anticorrupção São Paulo, 05 de setembro de 2013. Fabyola Emilin Rodrigues Demarest Advogados "FCPA e a Lei 12.846/2013 - Lei Anticorrupção" São Paulo, 05 de setembro de 2013 Fabyola Emilin Rodrigues Demarest Advogados CORRUPÇÃO, O MALDOSÉCULO http://www.transparency.org/ http://g1.globo.com/economia/noticia/2012/12/ranking-do-indice-de-percepcao-da-corrupcao-no-mundo.html

Leia mais

Cenário Mundial - Corrupção

Cenário Mundial - Corrupção Cenário Mundial - Corrupção Pesquisa aponta 10 práticas de corrupção comuns no dia a dia do brasileiro 1. Não dar nota fiscal 2. Não declarar Imposto de Renda 3. Tentar subornar o guarda 4. Falsificar

Leia mais

Legislação Anticorrupção

Legislação Anticorrupção O que muda com a Lei nº 12.846/2013 e com o Decreto nº 8.420/2015 gsga.com.br São Paulo Rio de Janeiro Curitiba Belo Horizonte Brasília Introdução 2 oooa partir da edição da chamada Lei Anticorrupção (Lei

Leia mais

1 Introdução... 2. 2 Definições... 3. 3 Compromisso e adesão... 5. 4 Indícios que podem caracterizar corrupção... 6

1 Introdução... 2. 2 Definições... 3. 3 Compromisso e adesão... 5. 4 Indícios que podem caracterizar corrupção... 6 Manual Anticorrupção Versão 1 Abr/2015 SUMÁRIO 1 Introdução... 2 2 Definições... 3 3 Compromisso e adesão... 5 4 Indícios que podem caracterizar corrupção... 6 5 Violações e Sanções Aplicáveis... 6 6 Ações

Leia mais

LEI ANTICORRUPÇÃO BRASILEIRA: A NOVA DIRETRIZ ANTICORRUPÇÃO NO BRASIL

LEI ANTICORRUPÇÃO BRASILEIRA: A NOVA DIRETRIZ ANTICORRUPÇÃO NO BRASIL LEI ANTICORRUPÇÃO BRASILEIRA: A NOVA DIRETRIZ ANTICORRUPÇÃO NO BRASIL Agenda I. Introdução: i.i) Legislação aplicável antes do advento da Lei 12.846/13; i.ii) Legislação estrangeira sobre o tema; i.iii)

Leia mais

Lei 12.846 Anticorrupção CMI- SINDUSCON RJ - 09/09/14

Lei 12.846 Anticorrupção CMI- SINDUSCON RJ - 09/09/14 Lei 12.846 Anticorrupção CMI- SINDUSCON RJ - 09/09/14 Aprovada em agosto de 2013 Lei de âmbito Federal, entrou em Vigor em janeiro de 2014, prevendo punições para as empresas que cometerem atos de Corrupção

Leia mais

Garrastazu Advogados

Garrastazu Advogados PROGRAMA DE INTEGRIDADE CORPORATIVA Garrastazu Advogados Constituída a partir de uma história profissional de trinta e cinco anos de experiência na advocacia, a Garrastazu Advogados foi criada em 1999

Leia mais

Norma Permanente Assunto: Política de Combate à Corrupção Código da Norma: NAD-41 Data da publicação: 01/09/2015

Norma Permanente Assunto: Política de Combate à Corrupção Código da Norma: NAD-41 Data da publicação: 01/09/2015 Página 1 de 7 Resumo: Estabelecer os princípios de combate à corrupção no relacionamento da Organização com os agentes da Administração Pública, seguindo as diretrizes estabelecidas na Lei nº 12.846/13

Leia mais

A implementação da Lei Anticorrupção no Brasil

A implementação da Lei Anticorrupção no Brasil A implementação da Lei Anticorrupção no Brasil Ricardo Villas Bôas Cueva Ministro do Superior Tribunal de Justiça Encontro Brasil-Reino Unido: Gestão e Imagem da Justiça Superior Tribunal de Justiça, 18

Leia mais

LEI ANTICORRUPÇÃO [LEI NO. 12.846, DE 1º. DE AGOSTO DE 2013]

LEI ANTICORRUPÇÃO [LEI NO. 12.846, DE 1º. DE AGOSTO DE 2013] LEI ANTICORRUPÇÃO [LEI NO. 12.846, DE 1º. DE AGOSTO DE 2013] PROGRAMA DE COMPLIANCE E ACORDO DE LENIÊNCIA SÃO PAULO RIO DE JANEIRO BELO HORIZONTE BRASÍLIA SALVADOR www.scbf.com. br SUMÁRIO A Lei Anticorrupção

Leia mais

Medidas de Combate à Corrupção e à Impunidade

Medidas de Combate à Corrupção e à Impunidade Medidas de Combate à Corrupção e à Impunidade Âmbito de Discussão Medidas discutidas com: Casa Civil Ministério da Justiça Controladoria-Geral da União Advocacia-Geral da União Ministério do Planejamento,

Leia mais

I - Legislação aplicável antes do advento da Lei 12.846/13

I - Legislação aplicável antes do advento da Lei 12.846/13 I - Legislação aplicável antes do advento da Lei 12.846/13 Código Penal - arts. 317, 333, 337 B, 337 - C: Corrupção Ativa e Passiva, Corrupção Ativa e Passiva em Transação Comercial Internacional e Tráfico

Leia mais

Governança Corporativa Lei anticorrupção e compliance MARTA VIEGAS 31 DE AGOSTO DE 2015

Governança Corporativa Lei anticorrupção e compliance MARTA VIEGAS 31 DE AGOSTO DE 2015 Governança Corporativa Lei anticorrupção e compliance MARTA VIEGAS 31 DE AGOSTO DE 2015 GC: Definição do IBGC Sistema pelo qual as organizações são dirigidas, monitoradas e incentivadas, envolvendo os

Leia mais

Lei da Empresa Limpa (Lei 12.846/2013) Carlos Higino Ribeiro de Alencar Secretário- ExecuGvo CONTROLADORIA- GERAL DA UNIÃO

Lei da Empresa Limpa (Lei 12.846/2013) Carlos Higino Ribeiro de Alencar Secretário- ExecuGvo CONTROLADORIA- GERAL DA UNIÃO Lei da Empresa Limpa (Lei 12.846/2013) Carlos Higino Ribeiro de Alencar Secretário- ExecuGvo CONTROLADORIA- GERAL DA UNIÃO 1º Fórum de Licitações e Contratos Administrativos do Ministério do Meio Ambiente

Leia mais

Lei nº 12.846/2013 e a Responsabilização de Entes Privados

Lei nº 12.846/2013 e a Responsabilização de Entes Privados Lei nº 12.846/2013 e a Responsabilização de Entes Privados Flávio Rezende Dematté Coordenador-Geral de Responsabilização de Entes Privados CONTROLADORIA GERAL DA UNIÃO Encontro dos Auditores Internos do

Leia mais

Nova Lei Anticorrupção Brasileira: Desafios e Oportunidades

Nova Lei Anticorrupção Brasileira: Desafios e Oportunidades Nova Lei Anticorrupção Brasileira: Desafios e Oportunidades Fernanda Fauze Carlos Advogada Trench, Rossi e Watanabe Advogados Agenda 1 Introdução 2 Contexto: Combate à Corrupção no Brasil Prisões por crimes

Leia mais

manual anticorrupção

manual anticorrupção manual anticorrupção ÍNDICE Introdução 4 Histórico 4 O Código de Conduta da Klabin 5 Por que um Manual Anticorrupção se já há um Código de Conduta? 5 Conceitos e Esclarecimentos 6 O que é corrupção? Práticas

Leia mais

Anticorrupção e Compliance Empresarial

Anticorrupção e Compliance Empresarial Anticorrupção e Compliance Empresarial Convenções Internacionais Convenção Interamericana contra a Corrupção (OEA, 1996) (Brasil, 2002) Convenção da OCDE contra Suborno Transnacional (OCDE, 1997) (Brasil,

Leia mais

O impacto da Lei Anticorrupção no universo das entidades sem fins lucrativos. Abril/2016

O impacto da Lei Anticorrupção no universo das entidades sem fins lucrativos. Abril/2016 O impacto da Lei Anticorrupção no universo das entidades sem fins lucrativos Abril/2016 Panorama Nacional Lei n.º 12.846 de 1 de agosto de 2013 ( Lei Anticorrupção ) Decorrência, em grande medida, de compromissos

Leia mais

Miguel Ângelo Salles Manente

Miguel Ângelo Salles Manente A Responsabilização Objetiva Administrativa de Pessoas Jurídicas pela Prática de Atos contra a Administração Pública, Nacional ou Estrangeira (Lei nº 12.846, de 1º de agosto de 2013) Miguel Ângelo Salles

Leia mais

POLÍTICA DE PREVENÇÃO E COMBATE À CORRUPÇÃO E OUTROS ATOS LESIVOS

POLÍTICA DE PREVENÇÃO E COMBATE À CORRUPÇÃO E OUTROS ATOS LESIVOS POLÍTICA DE PREVENÇÃO E COMBATE À CORRUPÇÃO E OUTROS ATOS LESIVOS 1. Introdução A presente Política, aplicável à WEG S/A e todas as suas controladas, representa uma síntese das diretrizes existentes na

Leia mais

Política de Anticorrupção Grupo Estado

Política de Anticorrupção Grupo Estado Política de Anticorrupção Grupo Estado 1. O que é anticorrupção?... 2 2. As políticas Anticorrupção do Grupo Estado... 2 3. Para quem e como?... 3 4. O que são atos de corrupção?... 3 a. Ok, mas quem são

Leia mais

CARTILHA DA LEI ANTICORRUPÇÃO 12.846/13. Principais tópicos e orientações de ações a serem adotadas

CARTILHA DA LEI ANTICORRUPÇÃO 12.846/13. Principais tópicos e orientações de ações a serem adotadas CARTILHA DA LEI ANTICORRUPÇÃO 12.846/13 Principais tópicos e orientações de ações a serem adotadas SUMÁRIO [04]... Introdução [05]... Apresentação [07]... Lei Anticorrupção [09]... Responsabilização Administrativa

Leia mais

Lei 12.846/13 Lei Anticorrupção - Aplicação para casos tributários. Camila Abrunhosa Tapias ctapias@tozzinifreire.com.

Lei 12.846/13 Lei Anticorrupção - Aplicação para casos tributários. Camila Abrunhosa Tapias ctapias@tozzinifreire.com. Lei 12.846/13 Lei Anticorrupção - Aplicação para casos tributários Camila Abrunhosa Tapias ctapias@tozzinifreire.com.br Setembro, 2013 Introdução Nova Lei Anticorrupção se estende aos ilícitos tributários?

Leia mais

A Lei Anticorrupção: Panorama geral e visão de sua aplicação

A Lei Anticorrupção: Panorama geral e visão de sua aplicação 6º AUDITE Seminário Nacional de Auditoria das Empresas do Setor Energético A Lei Anticorrupção: Panorama geral e visão de sua aplicação Marcos Paulo Verissimo 11-08-2015 Roteiro Panorama geral da Lei n.

Leia mais

D&O e LEI ANTICORRUPÇÃO. Tiradentes, 01 de julho de 2015

D&O e LEI ANTICORRUPÇÃO. Tiradentes, 01 de julho de 2015 0 D&O e LEI ANTICORRUPÇÃO Tiradentes, 01 de julho de 2015 D&O O SEGURO NO BRASIL HISTÓRICO DO SEGURO DE D&O Após o crash de 1929 foi criado nos anos 30 pelo Lloyd s o seguro de D&O 1 1 2 Final dos Anos

Leia mais

Programa de Compliance

Programa de Compliance Programa de Compliance O que é compliance? Origem: to comply, tradução aproximada: conformidade Em poucas palavras significa observar determinadas normas ou comportar-se de forma a não perturbar a ordem

Leia mais

Como as instituições financeiras estão mitigando o risco de conduta? Giovanni Falcetta giovannifalcetta@aidarsbz.com

Como as instituições financeiras estão mitigando o risco de conduta? Giovanni Falcetta giovannifalcetta@aidarsbz.com Como as instituições financeiras estão mitigando o risco de conduta? Giovanni Falcetta giovannifalcetta@aidarsbz.com 03.10.2014 Lei Anticorrupção Responsabilização administrativa e civil de pessoas jurídicas

Leia mais

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO EVEN

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO EVEN POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO EVEN 1 Introdução A EVEN conduz seus negócios de acordo com os altos padrões éticos e morais estabelecidos em seu Código de Conduta, não tolerando qualquer forma de corrupção e suborno.

Leia mais

Compliance e Gestão de Terceiros A Importância para as Organizações. São Paulo, 22/09/15

Compliance e Gestão de Terceiros A Importância para as Organizações. São Paulo, 22/09/15 Compliance e Gestão de Terceiros A Importância para as Organizações São Paulo, 22/09/15 Nossa Agenda 1. Preocupações atuais no ambiente corporativo 2. Gestão de riscos e controles internos 3. Terceiros

Leia mais

Manual Anticorrupção GDC Alimentos S.A.

Manual Anticorrupção GDC Alimentos S.A. Manual Anticorrupção GDC ALIMENTOS S.A. SUMÁRIO MENSAGEM DO PRESIDENTE... 5 1. INTRODUÇÃO... 6 2. APLICAÇÃO... 6 3. DEFINIÇÕES... 6 4. O QUE ESTABELECE A LEI 12.846/13?... 8 4.1 Atos lesivos segundo a

Leia mais

Lei Empresarial Anticorrupção brasileira

Lei Empresarial Anticorrupção brasileira Lei Empresarial Anticorrupção brasileira Prof. Dr. Fernando Horta Tavares Sistema Nacional de Defesa Legal da Moralidade Constituição Brasileira: Princípios Norteadores de Atuação da Administração Pública

Leia mais

Treinamento Anual Prevenção à Lavagem de Dinheiro e Lei Anticorrupção

Treinamento Anual Prevenção à Lavagem de Dinheiro e Lei Anticorrupção Treinamento Anual Prevenção à Lavagem de Dinheiro e Lei Anticorrupção Dezembro de 2015 Agenda I Prevenção à Lavagem de Dinheiro e Financiamento ao Terrorismo II Cadastro III Lei Anticorrupção 2 Agenda

Leia mais

POLÍTICA INSTITUCIONAL ANTICORRUPÇÃO

POLÍTICA INSTITUCIONAL ANTICORRUPÇÃO POLÍTICA INSTITUCIONAL ANTICORRUPÇÃO Belo Horizonte, Fevereiro de 2016. Diretoria Executiva de Controladoria, Compliance, PLD e Riscos Diretoria de Compliance, PLD e Riscos ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2.

Leia mais

Política de Integridade

Política de Integridade Política de Integridade 1. INTRODUÇÃO Os procedimentos aqui descritos são complementares às diretrizes do Código de Conduta da empresa, e são norteados pelo compromisso assumido junto ao Pacto Empresarial

Leia mais

Esclarecimentos sobre a demonstração dos itens do Questionário Avaliativo

Esclarecimentos sobre a demonstração dos itens do Questionário Avaliativo Esclarecimentos sobre a demonstração dos itens do Questionário Avaliativo MEDIDAS DE ÉTICA E CONDUTA 1 - A empresa se encontra em situação regular com a Fazenda Federal? A empresa deve apresentar documento

Leia mais

BRASIL SALOMÃO E MATTHES ADVOCACIA

BRASIL SALOMÃO E MATTHES ADVOCACIA BRASIL SALOMÃO E MATTHES ADVOCACIA Fundação - 1.3.1969-46 anos Thiago Pena Advogado com atuação em contratos, societário e contencioso cível. 2º Panorama Econômico e Jurídico Painel Jurídico I Módulo:

Leia mais

Regulamentação e Aplicação da Lei Anticorrupção: uma visão do MPF

Regulamentação e Aplicação da Lei Anticorrupção: uma visão do MPF Regulamentação e Aplicação da Lei Anticorrupção: uma visão do MPF ANTONIO FONSECA Subprocurador Geral da República Coordenador da 3ª Câmara de Coordenação e Revisão - Consumidor e Ordem Econômica SEMINÁRIO

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº DE 2011

PROJETO DE LEI Nº DE 2011 PROJETO DE LEI Nº DE 2011 Altera a Lei nº 8.137, de 27 de dezembro de 1990, a Lei 8.666, de 21 de junho de 1993 e a Lei nº 8.884, de 11 de junho de 1994. O CONGRESSO NACIONAL decreta: Art. 1º O art. 4º

Leia mais

MANUAL DE BOAS PRÁTICAS

MANUAL DE BOAS PRÁTICAS MANUAL DE BOAS PRÁTICAS A SINALMIG e seus colaboradores prezam pela condução ética, legal, profissional, transparente e adequada de seus trabalhos. Estes são os pilares de suas relações internas e externas,

Leia mais

02 e 03/06/2014 BRASÍLIA - DF LEI ANTICORRUPÇÃO E LEI DO ACESSO À INFORMAÇÃO

02 e 03/06/2014 BRASÍLIA - DF LEI ANTICORRUPÇÃO E LEI DO ACESSO À INFORMAÇÃO Apresentação Oferecer ao agente público conhecimento dos atos lesivos contra a administração pública e as sanções previstas em Lei. Dotar o agente público de habilidades mínimas para conduzir de forma

Leia mais

Compliance e a Lei Anticorrupção

Compliance e a Lei Anticorrupção Compliance e a Lei Anticorrupção 25 de Julho de 2013 Erica Sarubbi Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Brasil O que é Compliance? 2 Definição Compliance é a prática relacionada ao cumprimento das

Leia mais

Porque devemos combater a corrupção?

Porque devemos combater a corrupção? Porque devemos combater a corrupção? Para garantir que os recursos públicos cheguem ao cidadãos? Para criar um ambiente organizacional e negocial favorável? Para deixarmos de ser bobós? Esforços anticorrupção

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 12.846, DE 1º DE AGOSTO DE 2013 Dispõe sobre a responsabilização administrativa e civil de pessoas jurídicas pela prática de

Leia mais

MANUAL DE ÉTICA E COMPLIANCE

MANUAL DE ÉTICA E COMPLIANCE MANUAL DE ÉTICA E COMPLIANCE Rev. 01 - Set.14 1. INTRODUÇÃO A NÚCLEO ENGENHARIA CONSULTIVA S.A. e seus colaboradores, estão incondicionalmente comprometidos com a condução de seus negócios de acordo com

Leia mais

1 Apresentação. 2 Relacionamento com o Setor Público

1 Apresentação. 2 Relacionamento com o Setor Público Índice 1 Apresentação... 2 2 Relacionamento com o Setor Público... 2 2.1 Regra de Relacionamento... 3 2.2 Brindes, presentes, dinheiro, viagens e convites de entretenimento e refeições de negócio 3 2.2.1

Leia mais

Manual Anticorrupção

Manual Anticorrupção Manual Anticorrupção pág. 2 Estrutura do Manual Anticorrupção 1. Introdução pág. 04 2. Definições pág. 06 3. Regras e Procedimentos pág. 08 4. Violações e Sanções Aplicáveis pág. 16 pág. 3 1. Introdução

Leia mais

LEI ANTICORRUPÇÃO (LEI 12846 DE 01.08.2013) IMPORTANTES EFEITOS SOBRE AS EMPRESAS E OS AJUSTES INTERNOS EXIGIDOS DORAVANTE!

LEI ANTICORRUPÇÃO (LEI 12846 DE 01.08.2013) IMPORTANTES EFEITOS SOBRE AS EMPRESAS E OS AJUSTES INTERNOS EXIGIDOS DORAVANTE! ESPECIALIDADES TRIBUTÁRIO SOCIETÁRIO PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO E SOCIETÁRIO CONSTITUIÇÃO E EXTINÇÃO DE SOCIEDADES DEFESAS FISCAIS CONTRA AUTOS DE INFRAÇÃO DEFESAS ADMINISTRATIVAS EM GERAL MANDADOS DE SEGURANÇA

Leia mais

NORMATIVOS INTERNOS DO GRUPO - NIG

NORMATIVOS INTERNOS DO GRUPO - NIG 1. OBJETIVO A presente política tem como principal objetivo assegurar que os Colaboradores do Rendimento (GRUPOBRSA) observem os requisitos da Lei nº 12.846, de 1º de agosto de 2013 conhecida como Lei

Leia mais

Relevância das Práticas de Compliance diante da Lei Anticorrupção Brasileira. Gustavo Nascimento Fiuza Vecchietti

Relevância das Práticas de Compliance diante da Lei Anticorrupção Brasileira. Gustavo Nascimento Fiuza Vecchietti Relevância das Práticas de Compliance diante da Lei Anticorrupção Brasileira Gustavo Nascimento Fiuza Vecchietti INTRODUÇÃO CORRUPÇÃO fato social CF/1988 amplia os direitos e obrigações tanto do Estado

Leia mais

ALERT. Governo Federal publica Decreto que regulamenta a Lei Anticorrupção

ALERT. Governo Federal publica Decreto que regulamenta a Lei Anticorrupção 19 de março de 2015 ALERT Governo Federal publica Decreto que regulamenta a Lei Anticorrupção A equipe de Compliance do Aidar SBZ Advogados permanece à disposição para esclarecimentos adicionais. Contatos:

Leia mais

Código de Conduta COERÊNCI. Transformando Visão em Valor.

Código de Conduta COERÊNCI. Transformando Visão em Valor. Código de Conduta COERÊNCI Transformando Visão em Valor. Índice Prefácio... 3 Ética empresarial da HOCHTIEF: Princípios... 5 Conflitos de interesse... 7 Confidencialidade... 8 Regras sobre controle de

Leia mais

Lei Anticorrupção nº 12.846/13 Aspectos Operacionais de Compliance e Gestão de Riscos

Lei Anticorrupção nº 12.846/13 Aspectos Operacionais de Compliance e Gestão de Riscos Lei Anticorrupção nº 12.846/13 Aspectos Operacionais de Compliance e Gestão de Riscos Brasília, 22 de Maio de 2014 Para Começar Quem somos? Por que estamos aqui? Quais as expectativas? Quais as preocupações?

Leia mais

QUESTIONÁRIO DE COMPLIANCE

QUESTIONÁRIO DE COMPLIANCE QUESTIONÁRIO DE COMPLIANCE O combate à corrupção é parte essencial na forma como a CPFL Energia conduz seus negócios. Este posicionamento é declarado no Código de Ética e de Conduta Empresarial da CPFL

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA. ANS nº 41431.0

CÓDIGO DE ÉTICA. ANS nº 41431.0 CÓDIGO DE ÉTICA Aprovado pelo Conselho Consultivo da Saúde BRB Caixa de Assistência em sua 37ª Reunião Extraordinária, realizada em 10.12.2010. Brasília, 22 de fevereiro de 2011 I - APRESENTAÇÃO CÓDIGO

Leia mais

MODELO CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS DA AGRICULTURA FAMILIAR

MODELO CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS DA AGRICULTURA FAMILIAR MODELO CONTRATO N.º /20 CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS DA AGRICULTURA FAMILIAR A (Órgão/Entidade Federal, Estadual ou Municipal), pessoa jurídica de direito público ou privado, com sede à Rua, n.º,

Leia mais

NOVA LEI ANTICORRUPÇÃO

NOVA LEI ANTICORRUPÇÃO NOVA LEI ANTICORRUPÇÃO O que muda na responsabilização dos indivíduos? Código Penal e a Lei 12.850/2013. MARCELO LEONARDO Advogado Criminalista 1 Regras Gerais do Código Penal sobre responsabilidade penal:

Leia mais

MEDIDA: RESPONSABILIZAÇÃO DOS PARTIDOS POLÍTICOS E CRIMINALIZAÇÃO DO CAIXA 2

MEDIDA: RESPONSABILIZAÇÃO DOS PARTIDOS POLÍTICOS E CRIMINALIZAÇÃO DO CAIXA 2 MEDIDA: RESPONSABILIZAÇÃO DOS PARTIDOS POLÍTICOS E CRIMINALIZAÇÃO DO CAIXA 2 16ª P R O P O S T A L E G I S L A T I V A ANTEPROJETO DE LEI Altera a Lei 9.096/95 para prevê a responsabilização dos partidos

Leia mais

Código de Ética e Conduta Sabesp

Código de Ética e Conduta Sabesp Código de Ética e Conduta Sabesp 1 MENSAGEM DA ALTA ADMINISTRAÇÃO Aos Empregados, Gerentes, Clientes, Acionistas, Investidores, Fornecedores, Parceiros, Terceiros, Governo, Comunidade e toda sociedade,

Leia mais

REGULAMENTO DO PRÓ-ÉTICA - EMPRESAS CONTRA A CORRUPÇÃO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO DO PRÓ-ÉTICA - EMPRESAS CONTRA A CORRUPÇÃO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO DO PRÓ-ÉTICA - EMPRESAS CONTRA A CORRUPÇÃO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O Pró-Ética consiste na divulgação anual de uma relação de empresas que adotam voluntariamente medidas

Leia mais

Responsabilidade dos bancos por riscos/danos ambientais Demarest & Almeida Advogados Associados

Responsabilidade dos bancos por riscos/danos ambientais Demarest & Almeida Advogados Associados Responsabilidade dos bancos por riscos/danos ambientais Demarest & Almeida Advogados Associados São Paulo, 17 de maio de 2012 I. Apresentação II. Legislação Federal Básica III. Responsabilidade Ambiental

Leia mais

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO COMBRASCAN

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO COMBRASCAN O CONTEÚDO DESTA POLÍTICA É DE PROPRIEDADE DA COMBRASCAN E DESTINADO AO USO E DIVULGAÇÃO INTERNA, NÃO SENDO PERMITIDA A REPRODUÇÃO POR MEIO ELETRÔNICO OU FÍSICO, SEM PRÉVIA A AUTORIZAÇÃO DO DEPARTAMENTO

Leia mais

Código de Ética. Fundação de Seguridade Social Braslight

Código de Ética. Fundação de Seguridade Social Braslight Código de Ética Fundação de Seguridade Social Braslight 1 2 ÍNDICE Apresentação... 4 Diretrizes Organizacionais... 5 Missão... 5 Visão... 5 Valores... 5 Abrangência... 6 Objetivo... 6 Diretrizes... 7 Legalidade...

Leia mais

COMPLIANCE COMO BOA PRÁTICA DE GESTÃO NO ENSINO SUPERIOR PRIVADO

COMPLIANCE COMO BOA PRÁTICA DE GESTÃO NO ENSINO SUPERIOR PRIVADO Daniel Cavalcante Silva José Roberto Covac COMPLIANCE COMO BOA PRÁTICA DE GESTÃO NO ENSINO SUPERIOR PRIVADO A ORIGEM E OS PARCEIROS DA OBRA 1 A concepção e a ideia 2- A necessidade de inovar para novos

Leia mais

IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA

IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA 1 Certas práticas, sejam cometidas por agentes públicos ou por particulares, afetam negativamente a gestão pública. Algumas são consideradas crimes pelo Código Penal Brasileiro (Decreto-Lei n. 2.848, de

Leia mais

GUIA ANTICORRUPÇÃO WILSON SONS

GUIA ANTICORRUPÇÃO WILSON SONS GUIA ANTICORRUPÇÃO WILSON SONS A Wilson Sons, por meio deste Guia Anticorrupção, pretende disseminar os valores morais e éticos que norteiam seus diversos negócios, reiterando seu princípio de combate

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA DA BB PREVIDÊNCIA FUNDO DE PENSÃO BANCO DO BRASIL INTRODUÇÃO

CÓDIGO DE ÉTICA DA BB PREVIDÊNCIA FUNDO DE PENSÃO BANCO DO BRASIL INTRODUÇÃO CÓDIGO DE ÉTICA DA BB PREVIDÊNCIA FUNDO DE PENSÃO BANCO DO BRASIL INTRODUÇÃO Este Código de Ética é público e reúne diretrizes que norteiam o comportamento dos Conselheiros, Dirigentes e Colaboradores

Leia mais

Boletim Gestão & Governança

Boletim Gestão & Governança Boletim Gestão & Governança Edição 18 Ano III Junho 2015 SAVE THE DATE Primeiro encontro de controles internos na cidade do Rio de Janeiro 24 de Setembro 2015 Aguardem a agenda do evento! Vejam nesta edição:

Leia mais

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO DA ALCOA INC.

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO DA ALCOA INC. POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO DA ALCOA INC. a JUSTIFICATIVA: A Alcoa Inc. ( Alcoa ) e sua administração têm o compromisso de conduzir todas as suas operações em todo o mundo com ética e em conformidade com todas

Leia mais

Código de Ética e Conduta do grupo Invepar

Código de Ética e Conduta do grupo Invepar Código de Ética e Conduta do grupo Invepar Edição: agosto/2014 1 ÍNDICE Visão, Missão e Valores 6 Fornecedores e prestadores de serviço 14 Objetivos 7 Brindes, presentes e entretenimento 15 Princípios

Leia mais

www.avantassessoria.com.br

www.avantassessoria.com.br www.avantassessoria.com.br Nossa Empresa A AVANT Assessoria Contábil e Tributária é uma empresa de contabilidade especializada em consultoria e assessoria de empresas e profissionais liberais, oferecendo

Leia mais

Responsabilidade Objetiva dos Administradores

Responsabilidade Objetiva dos Administradores Responsabilidade Objetiva dos Administradores Richard Blanchet (11) 98426-1866 rblanchet@uol.com.br São Paulo, 19 de março de 2014 Carlos Eduardo Lessa Brandão 02/03/2011 1 Agenda Introdução Responsabilidade

Leia mais

Treinamento de Prevenção a Fraudes BTG Pactual Resseguradora e BTG Pactual Vida e Previdência

Treinamento de Prevenção a Fraudes BTG Pactual Resseguradora e BTG Pactual Vida e Previdência Janeiro 2015 Error! Reference source not found. Treinamento de Prevenção a Fraudes Introdução Esse treinamento visa à orientação dos funcionários da Resseguradora S.A. e Vida e Previdência S.A. e das pessoas

Leia mais

Breves comentários sobre Dodd-Frank e o programa de recompensa para delatores de fraudes 1. Por Carlos Henrique da Silva Ayres 2

Breves comentários sobre Dodd-Frank e o programa de recompensa para delatores de fraudes 1. Por Carlos Henrique da Silva Ayres 2 Breves comentários sobre Dodd-Frank e o programa de recompensa para delatores de fraudes 1 Por Carlos Henrique da Silva Ayres 2 Em julho de 2010, entrou em vigor nos Estados Unidos o Dodd Frank Wall Street

Leia mais

MMK EDITORIAL. Ética Corporativa e Compliance CGU LANÇA DIRETRIZES SOBRE PROGRAMAS DE INTEGRIDADE PARA EMPRESAS PRIVADAS

MMK EDITORIAL. Ética Corporativa e Compliance CGU LANÇA DIRETRIZES SOBRE PROGRAMAS DE INTEGRIDADE PARA EMPRESAS PRIVADAS EDITORIAL CGU LANÇA DIRETRIZES SOBRE PROGRAMAS DE INTEGRIDADE PARA EMPRESAS PRIVADAS EQUIPE: Thiago Jabor Pinheiro tjabor@mmk.com.br Maria Cecilia Andrade mcandrade@mmk.com.br Em 22.9.2015, a Controladoria-Geral

Leia mais

POLÍTICA. COLABORADORES Referem-se a todos os empregados da empresa, independentemente do nível hierárquico.

POLÍTICA. COLABORADORES Referem-se a todos os empregados da empresa, independentemente do nível hierárquico. Página: 1 de 7 TÍTULO: ANTICORRUPÇÃO DOCUMENTOS REFERENCIADOS: Termo de Adesão à Política Anticorrupção Empresarial (GRC.COR.FOR.001), Formulário de Relacionamento com Agentes Públicos (GRC.COR.FOR.002)

Leia mais