COMPORTAMENTO EMPREENDEDOR: um estudo sobre a mulher empreendedora na. Rogério da Rosa Lehr Janaina Mendes

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "COMPORTAMENTO EMPREENDEDOR: um estudo sobre a mulher empreendedora na. Rogério da Rosa Lehr Janaina Mendes janainamendes@unipampa.edu."

Transcrição

1 COMPORTAMENTO EMPREENDEDOR: um estudo sobre a mulher empreendedora na região da fronteira do Estado do Rio Grande do Sul Rogério da Rosa Lehr Janaina Mendes

2 Problemática 13% no ranking do empreendedorismo mundial 12 a cada 100 brasileiros empreendem Qual a participação feminina? Qual é o comportamento empreendedor das gestoras de Santana do Livramento?

3 Objetivos Geral Identificar o comportamento empreendedor das empresárias de Sant Ana do Livramento. Específicos a) Identificar as empreendedoras de Sant Ana do Livramento; b)elaborar, com base na literatura pesquisada, um instrumento de pesquisa; c) Caracterizar as gestoras da cidade quanto aos aspectos pessoais e profissionais; d) Verificar o entendimento destas gestoras sobre o empreendedorismo.

4 Revisão da Literatura

5 Metodologia Aplicada Qualitativa Descritiva Técnica de Pesquisa Estudo de Caso

6 População e Amostra Corretora de Imóveis Distribuidora e varejo de frangos embutidos Escola de idiomas Farmácia de manipulação Hotel Laboratório Loja de acessórios Loja de roupa infantil Produtora rural

7 População e Amostra Associação das Mulheres Empresárias da cidade de Santana do Livramento Elas acreditam que a importância da participação nessa associação está na possibilidade de pensar coletivamente, juntar forças e trocar experiências e anseios, isto é, crescer pessoal e profissionalmente compartilhando idéias e problemas. O objetivo dessa associação quando foi criada era justamente oferecer cursos para mulheres com o intuito de capacitá-las a assumirem uma atividade profissional saindo um pouco das tarefas de casa.

8 Empresas Empresas familiares As empresas empregam, em média, 21 funcionários. Mínimo de 4 e máximo de 87 Apenas 3 empresas funcionam há menos de vinte anos, a maioria está no mercado numa faixa compreendida entre 25 à 52 anos.

9 Perfil a maioria tem mais de 50 anos de idade. oito delas têm nível superior completo. cinco apresentam nível de pós graduação. cinco são da cidade de Sant Ana do Livramento três são de outras cidades do Rio Grande do Sul uma do país vizinho Uruguai, Rivera.

10 Motivações Uma delas tentou exercer outras atividades e morar em uma cidade grande, mas o gosto pelas atividades era mais forte. Foi um processo demorado visto que teve resistência principalmente do pai por acreditar ser uma atividade masculina. Outra empresária relatou que quando seu padrinho faleceu, as herdeiras do mesmo, que não demonstravam interesse pelo negócio, lhe ofereceram 50% da empresa. O restante estava nas mãos de outro sócio que já atuava na firma. Nesse momento teve que decidir entre empreender ou ser empregada já que tinha recebido uma oferta muito atrativa em outra cidade. E outra empresária notou uma oportunidade de negócio na cidade por não haver outras empresas do ramo. Vendeu suas jóias e carro para conseguir o financiamento inicial e abrir o negócio. E ainda a seguinte descreveu que trabalhava há dois anos na firma quando a proprietária até então lhe ofereceu uma proposta de assumir o negócio, já que, por motivos pessoais, estaria fechando a loja. Ela aceitou o desafio e iniciou seu empreendimento com financiamento zero, já que não tinha crédito no mercado e também faltava experiência em administração.

11 Pontos Fortes Iniciativa Responsabilidade Necessidade de realização Orientação por valores pessoais Pontos Fortes Ambição/ competitividade Comprometimento Determinação

12 Pontos fracos Pontos Fracos Capacidade de arriscar Autoconfiança Habilidade de comunicação Autonomia Criatividade Persistência Orientação por metas 2 Busca de renovação de conhecimento 2 1 Empoderamento empowerment Capacidade de planejamento Liderança Capacidade de trabalhar em equipe

13 Pontos importantes Tem estratégia para continuidade no negócio A divisão do tempo entre família e trabalho As dificuldades encontradas pelas mulheres empreendedoras Diferenças entre o empreendedorismo feminino e masculino Buscaram conhecimentos

14 Considerações Finais O estudo com as mulheres empreendedoras da cidade de livramento RS revela que estas mulheres persistentes e corajosas estarão transmitindo às gerações futuras o espírito do empreendedorismo, tão necessário em nestas regiões que precisam se desenvolver e portanto precisam do empreendedor.

15 Referências BYGRAVE, William D., ZACHARAKIS, Andrew. The Portable MBA in Entrepreneurship. 3 ed. USA, Wiley: DORNELAS, J.C.A. Empreendedorismo: Transformando idéias em negócios. 3. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, DRUCKER, Peter Ferdinand. Inovação e Espírito Empreendedor: (Entrepreneurship). São Paulo:Cengage Learning, 2008 GLOBAL ENTREPRENEURSHIP MONITOR- GEM. Empreendedorismo no Brasil : relatório nacional. Curitiba: IBQP, Empreendedorismo no Brasil : relatório nacional. Curitiba: IBQP, MIRCHANDANI, Kiran. Feminist Insight on Gendered Work: New Directions in Research on Women and Entrepreneurship. Toronto, Canada. v. 6, n.4, p , OLIVEIRA, Janaina Mendes. Marco Conceitual para a Integração dos Mecanismos de Fomento ao Empreendedorismo no Âmbito das Universidades f. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, PNAD 2007 disponível em Acesso em 02 out SEBRAE disponível em Acesso em: 10 set SCHUMPETER, Joseph Alois. Teoria do Desenvolvimento: Uma Investigação sobre Lucros, Capital, Crédito, Juro e o Ciclo Econômico. São Paulo: Abril Cultural, 1982.

16 Muito Obrigado

EMPREENDEDORISMO: Características, tipos e habilidades. Prof. Dr. Osmar Manoel Nunes

EMPREENDEDORISMO: Características, tipos e habilidades. Prof. Dr. Osmar Manoel Nunes EMPREENDEDORISMO: Características, tipos e habilidades. Prof. Dr. Osmar Manoel Nunes 1 Em análise de qualquer empreendimento encontram-se dois tipos de empreendedor: o que empreende em relação à oportunidade

Leia mais

DISCUSSÕES SOBRE JOVENS EMPREENDEDORES: um panorama teórico da situação atual no Brasil RESUMO

DISCUSSÕES SOBRE JOVENS EMPREENDEDORES: um panorama teórico da situação atual no Brasil RESUMO 1 DISCUSSÕES SOBRE JOVENS EMPREENDEDORES: um panorama teórico da situação atual no Brasil Willian Dela Rosa Canha FAFIJAN Jaiane Aparecida Pereira FAFIJAN/UEM RESUMO O presente estudo tem por objetivo

Leia mais

O EMPREENDEDORISMO E O EMPREENDEDOR: MITOS E FATOS

O EMPREENDEDORISMO E O EMPREENDEDOR: MITOS E FATOS O EMPREENDEDORISMO E O EMPREENDEDOR: MITOS E FATOS Semana de Qualidade e Gestão FT/Unicamp 11/05 Profa. Muriel Gavira O Empreendedor Romero Rodrigues Rodrigo Veloso O.N.E. Marcos Gomes Boo-box Julio Vasconcellos

Leia mais

Empreendedorismo e desenvolvimento sustentável O papel da educação em Empreendedorismo Marco Lamas

Empreendedorismo e desenvolvimento sustentável O papel da educação em Empreendedorismo Marco Lamas Empreendedorismo e desenvolvimento sustentável O papel da educação em Empreendedorismo Marco Lamas EMPREENDEDORISMO E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL Empreendedorismo cultura Educação desenvolvimento sustentável

Leia mais

Gestão Eficaz e Liderança Empreendedora

Gestão Eficaz e Liderança Empreendedora Gestão Eficaz e Liderança Empreendedora O Mundo mudou. E o que eu tenho a ver com isso? Como as organizações desenvolvem-se nesse ambiente? A capacidade de mudança de uma organização é um dos fatores

Leia mais

Atitude Empreendedora: Uma competência estratégica ao profissional de treinamento e desenvolvimento.

Atitude Empreendedora: Uma competência estratégica ao profissional de treinamento e desenvolvimento. Atitude Empreendedora: Uma competência estratégica ao profissional de treinamento e desenvolvimento. Por PAULA FRANCO Diante de um cenário empresarial extremamente acirrado, possuir a competência atitude

Leia mais

Título do Case: O papel do Movimento Empresa Júnior na formação de empreendedores que transformam a vida das pessoas Categoria: EJ Empreendedora

Título do Case: O papel do Movimento Empresa Júnior na formação de empreendedores que transformam a vida das pessoas Categoria: EJ Empreendedora Título do Case: O papel do Movimento Empresa Júnior na formação de empreendedores que transformam a vida das pessoas Categoria: EJ Empreendedora Resumo: O Movimento Empresa Júnior (MEJ) brasileiro há mais

Leia mais

HAPINOY O QUE É? O PROGRAMA

HAPINOY O QUE É? O PROGRAMA HAPINOY O QUE É? Hapinoy é uma iniciativa que visa impulsionar a prosperidade e a felicidade na vida dos filipinos. Trata-se de um programa de lojas que focam no modelo sari-sari, ou seja, em um modelo

Leia mais

EMPREENDEDORISMO GINA CELSO MONTEIRO RECEPUTE ROSANY SACARPATI RIGUETTI ADMINISTRAÇÃO GERAL FACULDADE NOVO MILÊNIO

EMPREENDEDORISMO GINA CELSO MONTEIRO RECEPUTE ROSANY SACARPATI RIGUETTI ADMINISTRAÇÃO GERAL FACULDADE NOVO MILÊNIO EMPREENDEDORISMO GINA CELSO MONTEIRO RECEPUTE ROSANY SACARPATI RIGUETTI ADMINISTRAÇÃO GERAL FACULDADE NOVO MILÊNIO RESUMO: Este artigo tem como objetivo abordar o tema empreendedorismo, suas características,

Leia mais

O PERFIL DO COLABORADOR PARTICIPATIVO TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

O PERFIL DO COLABORADOR PARTICIPATIVO TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS O PERFIL DO COLABORADOR PARTICIPATIVO RUBLINA PEREIRA DA ROCHA ROSANY SCARPATI RIGUETTI TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS FACULDADE NOVO MILÊNIO RESUMO: O texto apresenta uma questão que envolve

Leia mais

8/8/2013. O empreendedor. Quem é o empreendedor? Empreendedores de sucesso. Página 4 de 32. Página 5 de 32. Página 6 de 32

8/8/2013. O empreendedor. Quem é o empreendedor? Empreendedores de sucesso. Página 4 de 32. Página 5 de 32. Página 6 de 32 Empreendedorismo por José Dornelas Página 1 de 32 Empreendedorismo é o envolvimento de pessoas e processos O empreendedor é aquele que percebe uma oportunidade e cria meios (nova empresa, área de negócio,

Leia mais

O Sonho de ser Empreendedor no Brasil

O Sonho de ser Empreendedor no Brasil O Sonho de ser Empreendedor no Brasil Marco Aurélio Bedê 1 Resumo: O artigo apresenta os resultados de um estudo sobre o sonho de ser Empreendedor no Brasil. Com base em tabulações especiais elaboradas

Leia mais

Empreendedorismo. Colégio São José projetando Empreendedores COLÉGIO SÂO JOSÉ PROJETANDO EMPREENDEDORES. Copyright 2008 www.josedornelas.

Empreendedorismo. Colégio São José projetando Empreendedores COLÉGIO SÂO JOSÉ PROJETANDO EMPREENDEDORES. Copyright 2008 www.josedornelas. Empreendedorismo Colégio São José projetando Empreendedores Empreendedorismo é o envolvimento de pessoas e processos Empreendedorismo é uma livre tradução da palavra entrepreneurship. Designa uma área

Leia mais

DEFINIÇÕES E CARCTERISTICAS DO EMPREENDEDORISMO

DEFINIÇÕES E CARCTERISTICAS DO EMPREENDEDORISMO DEFINIÇÕES E CARCTERISTICAS DO EMPREENDEDORISMO CIRLANNE TONOLI ROSANY SCARPATI RIGUETTI ADMINISTRAÇÃO GERAL FACULDADE NOVO MILÊNIO RESUMO:O texto tem como objetivo apresentar algumas características sobre

Leia mais

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE Palestra para o Conselho Regional de Administração 1 O QUE É O SEBRAE? 2 O Sebrae O Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas da Bahia

Leia mais

Elton Orris Gestão Empresarial ênfase em Marketing FATEC Pós Graduação Gestão de Custos Faculdade Internacional de Curitiba

Elton Orris Gestão Empresarial ênfase em Marketing FATEC Pós Graduação Gestão de Custos Faculdade Internacional de Curitiba Elton Orris Gestão Empresarial ênfase em Marketing FATEC Pós Graduação Gestão de Custos Faculdade Internacional de Curitiba Gestor Empresarial Setor de Serviços Gestor de Projetos Setor de Serviços Curso

Leia mais

Resumo Aula-tema 01: As relações com as grandes empresas e com o Estado e as relações com a contabilidade e com os empregados.

Resumo Aula-tema 01: As relações com as grandes empresas e com o Estado e as relações com a contabilidade e com os empregados. Resumo Aula-tema 01: As relações com as grandes empresas e com o Estado e as relações com a contabilidade e com os empregados. Todos nós já vivenciamos casos de empreendedores, na família ou no grupo de

Leia mais

UNOCHAPECÓ Profª: Niceia Camila N. Fronza Curso: Ciências Contábeis Disciplina: Empreendedorismo

UNOCHAPECÓ Profª: Niceia Camila N. Fronza Curso: Ciências Contábeis Disciplina: Empreendedorismo UNOCHAPECÓ Profª: Niceia Camila N. Fronza Curso: Ciências Contábeis Disciplina: Empreendedorismo PLANO DE ENSINO Novo Contexto Educacional ENSINO X APRENDIZAGEM SEGUNDO LESSARD Novo Contexto Educacional

Leia mais

EMPREENDEDORISMO. Instrutora: Keila Coimbra Senac Varejo 1/44. Foto: Stock.Schng

EMPREENDEDORISMO. Instrutora: Keila Coimbra Senac Varejo 1/44. Foto: Stock.Schng EMPREENDEDORISMO Instrutora: Keila Coimbra Senac Varejo Foto: Stock.Schng 1/44 CONCEITO Empreendedorismo é o estudo voltado para o desenvolvimento de competências e habilidades relacionadas à criação de

Leia mais

Consulte também nosso catálogo completo e últimos lançamentos em www.campus.com.br

Consulte também nosso catálogo completo e últimos lançamentos em www.campus.com.br Preencha a ficha de cadastro no final deste livro e receba gratuitamente informações sobre os lançamentos e as promoções da Editora Campus/Elsevier. Consulte também nosso catálogo completo e últimos lançamentos

Leia mais

ALTERNATIVAS NO MUNDO DO TRABALHO NA PÓS-MODERNIDADE: UMA ANÁLISE DO PROCESSO E DO PERFIL EMPREENDEDOR 1

ALTERNATIVAS NO MUNDO DO TRABALHO NA PÓS-MODERNIDADE: UMA ANÁLISE DO PROCESSO E DO PERFIL EMPREENDEDOR 1 ALTERNATIVAS NO MUNDO DO TRABALHO NA PÓS-MODERNIDADE: UMA ANÁLISE DO PROCESSO E DO PERFIL EMPREENDEDOR 1 VENCATO, C.²; ROSO, A.³ 1 Trabalho de Pesquisa 2 Mestrando do Curso de Administração de Pós-Graduação

Leia mais

TECNICAS DE NEGOCIAÇÃO, CRIATIVIDADE, OPORTUNIDADE E INOVAÇÃO

TECNICAS DE NEGOCIAÇÃO, CRIATIVIDADE, OPORTUNIDADE E INOVAÇÃO FACULDADE DE TECNOLOGIA FATEC - IPATINGA TECNICAS DE NEGOCIAÇÃO, CRIATIVIDADE, OPORTUNIDADE E INOVAÇÃO Curso: GESTÃO EM RH Professora: Shirley Maclaine Belchior Formação: Psicóloga. Ipatinga Out./2010

Leia mais

Segunda-feira, 22 de abril de 2013

Segunda-feira, 22 de abril de 2013 Segunda-feira, 22 de abril de 2013 22/04/2013 07h00 - Atualizado em 22/04/2013 07h00 Empresários dão dicas de como empreender após a aposentadoria Professora aposentada montou empresa de reforma de calçadas.

Leia mais

NASCER BEM 2/44. Foto: Stock.Schng

NASCER BEM 2/44. Foto: Stock.Schng 2/44 Foto: Stock.Schng NASCER BEM OBJETIVOS: Fase 1: * Fornecer informações e orientações para empreendedores que pretendem iniciar um negócio, sobretudo na elaboração do Plano de Negócio. 3/44 Foto: Stock.Schng

Leia mais

ASPECTOS METODOLÓGICOS DA PESQUISA GEM SÃO PAULO MARÇO 2008

ASPECTOS METODOLÓGICOS DA PESQUISA GEM SÃO PAULO MARÇO 2008 ASPECTOS METODOLÓGICOS DA PESQUISA GEM V EGEPE SÃO PAULO MARÇO 2008 Missão Contribuir para o desenvolvimento sustentável do País através da melhoria constante da produtividade, da qualidade e da inovação

Leia mais

Empreendedorismo Feminino

Empreendedorismo Feminino Empreendedorismo Feminino Paula Amaral Faria 1 Mariana Dias Freitas 2 Flavio da Silveira Bruno 3 Resumo Este artigo tem como objetivo analisar as características do gênero feminino que estão presentes

Leia mais

PERFIL DOS PARTICIPANTES DO PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO BOM NEGÓCIO PARANÁ NA REGIÃO SUDOESTE DO PARANÁ

PERFIL DOS PARTICIPANTES DO PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO BOM NEGÓCIO PARANÁ NA REGIÃO SUDOESTE DO PARANÁ 1 PERFIL DOS PARTICIPANTES DO PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO BOM NEGÓCIO PARANÁ NA REGIÃO SUDOESTE DO PARANÁ Marta Paiz 1 Márcia Bonifácio Stooc 2 Adriana Picagevicz Mellk 3 Jaime Antonio Stoffel 4 Nelson Alpini

Leia mais

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20

CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 Componente Curricular: EMPREENDEDORISMO Código: ENF - 314 Pré-requisito: ENF 212 Enfermagem em Urgência

Leia mais

Desafios de Formação Profissional na Pós Graduação RECURSOS HUMANOS PARA EMPREENDER. Prof. Dr. Paulo Marcelo Tavares Ribeiro SEBRAE/SP

Desafios de Formação Profissional na Pós Graduação RECURSOS HUMANOS PARA EMPREENDER. Prof. Dr. Paulo Marcelo Tavares Ribeiro SEBRAE/SP Desafios de Formação Profissional na Pós Graduação RECURSOS HUMANOS PARA EMPREENDER Prof. Dr. Paulo Marcelo Tavares Ribeiro SEBRAE/SP QUAIS RECURSOS HUMANOS SÃO NECESSÁRIOS NOS NEGÓCIOS BRASILEIROS? COMPETÊNCIAS

Leia mais

IMAPCTOS DA CRISE ECONÔMICA NAS EMPRESAS DE GUARAPUAVA

IMAPCTOS DA CRISE ECONÔMICA NAS EMPRESAS DE GUARAPUAVA IMAPCTOS DA CRISE ECONÔMICA NAS EMPRESAS DE GUARAPUAVA Uilson Jose Nepchji eliziane.uilson@gmail.com Pedro Anotonio Laurentino Valdemir Monteiro Sandra Mara Matuik Mattos Professora do Curso Ciências Econômicas/

Leia mais

Com bom planejamento, empresário começa negócio sem dinheiro próprio.

Com bom planejamento, empresário começa negócio sem dinheiro próprio. Com bom planejamento, empresário começa negócio sem dinheiro próprio. Plano de negócios estruturado ajuda na hora de conseguir financiamento. Veja dicas de especialistas e saiba itens que precisam constar

Leia mais

Gestão da Qualidade em Projetos

Gestão da Qualidade em Projetos Gestão da Qualidade em Projetos Você vai aprender: Introdução ao Gerenciamento de Projetos; Gerenciamento da Integração; Gerenciamento de Escopo- Declaração de Escopo e EAP; Gerenciamento de Tempo; Gerenciamento

Leia mais

Carla Cristina Ferreita Hammes (carlahammes@gmail.com, UNISOCIESC, Santa Catarina, Brasil)

Carla Cristina Ferreita Hammes (carlahammes@gmail.com, UNISOCIESC, Santa Catarina, Brasil) O desafio da integração do jovem empreendedor com a cultura das empresas locais The challenge of integrating young entrepreneurs with the culture of local businesses Carla Cristina Ferreita Hammes (carlahammes@gmail.com,

Leia mais

EMPREENDEDORISMO. Maria Alice Wernesbach Nascimento Rosany Scarpati Riguetti Administração Geral Faculdade Novo Milênio

EMPREENDEDORISMO. Maria Alice Wernesbach Nascimento Rosany Scarpati Riguetti Administração Geral Faculdade Novo Milênio EMPREENDEDORISMO Maria Alice Wernesbach Nascimento Rosany Scarpati Riguetti Administração Geral Faculdade Novo Milênio RESUMO: O trabalho visa abordar o que vem a ser empreendedorismo e iconoclastas, bem

Leia mais

TÍTULO: A IMPORTANCIA DO JOVEM EMPREENDEDOR NO MERCADO DE VAREJO NA CIDADE JALES

TÍTULO: A IMPORTANCIA DO JOVEM EMPREENDEDOR NO MERCADO DE VAREJO NA CIDADE JALES TÍTULO: A IMPORTANCIA DO JOVEM EMPREENDEDOR NO MERCADO DE VAREJO NA CIDADE JALES CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO DE JALES

Leia mais

UMA PROPOSTA INOVADORA PARA ENSINAR EMPREENDEDORISMO AOS JOVENS

UMA PROPOSTA INOVADORA PARA ENSINAR EMPREENDEDORISMO AOS JOVENS UMA PROPOSTA INOVADORA PARA ENSINAR EMPREENDEDORISMO AOS JOVENS www.empreende.com.br emp@empreende.com.br FAZENDO ACONTECER Programa de ensino de empreendedorismo inovador em nível mundial, desenvolvido

Leia mais

Rekreum Bilbao, Vizcaya, Espanha, www.rekreum.com

Rekreum Bilbao, Vizcaya, Espanha, www.rekreum.com Licenciada em Psicologia e com uma vasta experiência em formação e investigação na área do desenvolvimento de capacidades infantis, Adriana Támez é hoje gestora da. Professora da Universidad Autonoma del

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: São José do Rio Pardo Código: 150 Município: São José do Rio Pardo Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnico em Administração

Leia mais

PERFIL DO CORRETOR DE IMÓVEIS:

PERFIL DO CORRETOR DE IMÓVEIS: PERFIL DO CORRETOR DE IMÓVEIS: O QUE É PRECISO PARA SER UM CORRETOR DE SUCESSO gerenciador e site imobiliário Introdução O perfil do corretor de imóveis de sucesso Aprimorando os pontos fracos Conclusão

Leia mais

Remuneração de Sócios e Advogados. Lara Selem

Remuneração de Sócios e Advogados. Lara Selem Remuneração de Sócios e Advogados Lara Selem Lara Selem Advogada, Escritora e Consultora em Gestão de Serviços Jurídicos. Executive MBA pela B-W College (EUA), especialista em Gestão de Serviços Jurídicos

Leia mais

A Importância da Extensão Empreendedora em Assentamentos Rurais no Município de Rosário Oeste MT

A Importância da Extensão Empreendedora em Assentamentos Rurais no Município de Rosário Oeste MT A Importância da Extensão Empreendedora em Assentamentos Rurais no Município de Rosário Oeste MT Flávia Cristina Solidade Nogueira Débora Fabiana Aparecida Tenutes Silva Sandro Ribeiro da Costa Universidade

Leia mais

Empreendedorismo na prática

Empreendedorismo na prática Empreendedorismo na prática Autor: José Carlos Assis Dornelas Aluno: Douglas Gonzaga; Diana Lorenzoni; Paul Vogt; Rubens Andreoli; Silvia Ribeiro. Turma: 1º Administração Venda Nova do Imigrante, Maio

Leia mais

ATIVIDADE EMPREENDEDORA

ATIVIDADE EMPREENDEDORA ATIVIDADE EMPREENDEDORA Francisco Carlos Petrachi Gera Fransérgio Martins Lucas Menegheti Contini Orientadora: Profª. Ms. Silvia Alonso Y Alonso Bittar Cunha Resumo Embora o empreendedorismo seja um tema

Leia mais

TÍTULO: DESAFIOS DO JOVEM EMPREEDEDOR EM GENERAL SALGADO CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO

TÍTULO: DESAFIOS DO JOVEM EMPREEDEDOR EM GENERAL SALGADO CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO TÍTULO: DESAFIOS DO JOVEM EMPREEDEDOR EM GENERAL SALGADO CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE AURIFLAMA AUTOR(ES): CAIO DE SOUSA FERREIRA

Leia mais

Relatório de Pesquisa. Ex-achievers edição 2015

Relatório de Pesquisa. Ex-achievers edição 2015 Relatório de Pesquisa Ex-achievers edição 2015 Destaques O Ex-achiever é... Consciente quase metade já fez trabalho voluntário Diferenciado 35% têm renda superior a 3 salários mínimos 61% está trabalhando

Leia mais

Empreendedorismo. - Abordagem e conceitos - Conceitos de Formação de Empreendedorismo

Empreendedorismo. - Abordagem e conceitos - Conceitos de Formação de Empreendedorismo Empreendedorismo - Abordagem e conceitos - Conceitos de Formação de Empreendedorismo Empreendedorismo O que é? Empreendedorismo Definição (1) O conceito "Empreendedorismo" foi popularizado pelo economista

Leia mais

EMPREENDEDORISMO. RESUMO: O presente artigo vem por meio de referenciais teóricos definir,

EMPREENDEDORISMO. RESUMO: O presente artigo vem por meio de referenciais teóricos definir, EMPREENDEDORISMO WESCLEY RANGEL ROSANY SCARPATI RIGUETTI ADMINISTRAÇÃO GERAL FACULDADE NOVO MILÊNIO RESUMO: O presente artigo vem por meio de referenciais teóricos definir, caracterizar e por meio de citações

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: MONSENHOR ANTONIO MAGLIANO Código: 088 Município: GARÇA SP Eixo Tecnológico: GESTÃO E NEGÓCIOS Habilitação Profissional: TÉCNICA EM NÍVEL MÉDIO

Leia mais

Palestras Gerenciais EMPREENDEDORISMO O CAMINHO PARA O PRÓPRIO NEGÓCIO. Manual do participante

Palestras Gerenciais EMPREENDEDORISMO O CAMINHO PARA O PRÓPRIO NEGÓCIO. Manual do participante Palestras Gerenciais EMPREENDEDORISMO O CAMINHO PARA O PRÓPRIO NEGÓCIO Manual do participante Autoria: Renato Fonseca de Andrade Responsáveis pela atualização: Consultores da Unidade de Orientação Empresarial

Leia mais

Projeto: O Crédito & o Endividamento do Consumidor de Baixa Renda. (Oportunidades & Riscos)

Projeto: O Crédito & o Endividamento do Consumidor de Baixa Renda. (Oportunidades & Riscos) Projeto: O Crédito & o Endividamento do Consumidor de Baixa Renda (Oportunidades & Riscos) 1 Histórico A TNS Interscience desenvolve regularmente Estudos Institucionais cujo objetivo é o de identificar

Leia mais

Sobre o Professor e os Discentes

Sobre o Professor e os Discentes FATERN Faculdade de Excelência Educacional do RN Coordenação Tecnológica de Redes e Sistemas Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet Empreendedorismo: Uma Introdução Prof. Fabio Costa Ferrer,

Leia mais

EVOLUÇÃO DAS TEORIAS ADMINISTRATIVAS

EVOLUÇÃO DAS TEORIAS ADMINISTRATIVAS EVOLUÇÃO DAS TEORIAS ADMINISTRATIVAS 1900 1910 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1980 1990 2000 Racionalização do trabalho: gerência administrativa Relações humanas: processo Movimento estruturalista: gerência

Leia mais

O IMPACTO DA COMUNICAÇÃO NOS NEGÓCIOS

O IMPACTO DA COMUNICAÇÃO NOS NEGÓCIOS O IMPACTO DA COMUNICAÇÃO NOS NEGÓCIOS AMBIENTE DE NEGÓCIOS X ONDAS DE MUDANÇAS Ondas do Cérebro Ondas do Músculo Ondas do Relacionamento Ondas de Mudança. Adaptado de Toffler, Lynch e Kordis e Savage As

Leia mais

Perfil de Profissionalização Empresarial do Estado de São Paulo

Perfil de Profissionalização Empresarial do Estado de São Paulo Tabulação da Pesquisa Perfil de Profissionalização Empresarial do Estado de São Paulo 88 participantes 1 Pesquisa: Perfil de Profissionalização Empresarial do Estado de São Paulo I Perfil da Empresa 2

Leia mais

BLOG DE APOIO AO MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL DE MACAÉ

BLOG DE APOIO AO MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL DE MACAÉ FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE MACAÉ FUNEMAC FACULDADE PROFESSOR MIGUEL ÂNGELO DA SILVA SANTOS FeMASS PROJETO DE EXTENSÃO BLOG DE APOIO AO MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL DE MACAÉ POR: Prof. Me. Daniele Cristina

Leia mais

PROGRAMA CATARINENSE DE INOVAÇÃO

PROGRAMA CATARINENSE DE INOVAÇÃO PROGRAMA CATARINENSE DE INOVAÇÃO PROGRAMA CATARINENSE DE INOVAÇÃO O Governo do Estado de Santa Catarina apresenta o Programa Catarinense de Inovação (PCI). O PCI promoverá ações que permitam ao Estado

Leia mais

Apostamos em quem acredita, confiamos em quem arrisca, e somos muito apaixonados por quem empreende. Por isso, criamos o B.I. Empreendedores!

Apostamos em quem acredita, confiamos em quem arrisca, e somos muito apaixonados por quem empreende. Por isso, criamos o B.I. Empreendedores! Empreendedores Apostamos em quem acredita, confiamos em quem arrisca, e somos muito apaixonados por quem empreende. Por isso, criamos o B.I. Empreendedores! Por meio de um método de aprendizagem único,

Leia mais

Empreendedorismo Dando asas ao espírito empreendedor. Idalberto Chiavenato

Empreendedorismo Dando asas ao espírito empreendedor. Idalberto Chiavenato Empreendedorismo Dando asas ao espírito empreendedor Idalberto Chiavenato 3º Edição 2008 Empreendedorismo Dando asas ao espírito empreendedor Idalberto Chiavenato Doutor (PhD) e mestre (MBA) em Administração

Leia mais

Palestrante Paulo Gerhardt Inspira, Motiva e Sensibiliza para Resultados Superiores

Palestrante Paulo Gerhardt Inspira, Motiva e Sensibiliza para Resultados Superiores Palestrante Paulo Gerhardt Inspira, Motiva e Sensibiliza para Resultados Superiores Com uma abordagem inovadora e lúdica, o professor Paulo Gerhardt tem conquistado plateias em todo o Brasil. Seu profundo

Leia mais

CRONOGRAMA GERAL 26 de março às 9h30 04 de maio 06 de maio 22 de maio - 30 de maio

CRONOGRAMA GERAL 26 de março às 9h30 04 de maio 06 de maio 22 de maio - 30 de maio CRONOGRAMA GERAL 26 de março às 9h30 Apresentação pesquisa 04 de maio Fechamento comercial 06 de maio Entrega do material 22 de maio - Evento de premiação 30 de maio Publicação da revista Considerando

Leia mais

VENDAS DIRETAS COMO UMA FORMA DE EMPREENDER RESUMO

VENDAS DIRETAS COMO UMA FORMA DE EMPREENDER RESUMO 146 VENDAS DIRETAS COMO UMA FORMA DE EMPREENDER Carolina Guimarães de Souza Eliane Vargas de Campos RESUMO O presente artigo tem como objetivo conhecer o processo de Vendas Diretas, suas principais características

Leia mais

EMPREENDEDORISMO. Moreira, Alessandro Messias. Empreendedorismo / Alessandro Messias Moreira. Varginha, 2015. 44 slides; il.

EMPREENDEDORISMO. Moreira, Alessandro Messias. Empreendedorismo / Alessandro Messias Moreira. Varginha, 2015. 44 slides; il. EMPREENDEDORISMO Moreira, Alessandro Messias. M835e Empreendedorismo / Alessandro Messias Moreira. Varginha, 2015. 44 slides; il. Sistema requerido: Adobe Acrobat Reader Modo de Acesso: World Wide Web

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: Tupã - SP Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Técnico

Leia mais

Oportunidades para o Jovem Administrador em Novos Negócios

Oportunidades para o Jovem Administrador em Novos Negócios Oportunidades para o Jovem Administrador em Novos Negócios As MPEs As micro e pequenas empresas contribuem de forma significativa para o desenvolvimento econômico de um País. No Brasil, elas representam

Leia mais

Fundamentos para um processo empreendedor bem sucedido

Fundamentos para um processo empreendedor bem sucedido Fundamentos para um processo empreendedor bem sucedido Rui Ferreira, AUDAX/ISCTE Instituto Politécnico de Coimbra Oficina-E 15/10/08 Enquadramento O O Empreendedorismo é uma revolução silenciosa, que será

Leia mais

PLANO DE ENSINO FORMAÇÃO. Algumas atividades já exercidas. DISCIPLINA Empreendedorismo. Disciplina Empreendedorismo

PLANO DE ENSINO FORMAÇÃO. Algumas atividades já exercidas. DISCIPLINA Empreendedorismo. Disciplina Empreendedorismo FORMAÇÃO Curso de Administração Disciplina Empreendedorismo Prof. Msc. Cláudio Márcio cmarcio@gmail.com Graduação: Processamento de Dados e Administração Pós-Graduação: Especialização: MBA em Gestão da

Leia mais

MULHER EMPREENDEDORA

MULHER EMPREENDEDORA MULHER EMPREENDEDORA Mara Angélica Schutze Voigt 1 Albertina de Souza Prust 2 Centro Universitário Leonardo da Vinci UNIASSELVI Curso Gestão Comercial (GCO 0070) Prática do Módulo II 13/05/2013 RESUMO

Leia mais

Sucessão e Governança na Empresa Familiar Campinas, novembro 2009. Eduardo Najjar

Sucessão e Governança na Empresa Familiar Campinas, novembro 2009. Eduardo Najjar Sucessão e Governança na Empresa Familiar Campinas, novembro 2009 Eduardo Najjar Uma Empresa familiar O principal desafio da Empresa Familiar é manter-se competitiva A principal tarefa da Família Empresária

Leia mais

O Empreendedor e suas Interações; Definições do Empreendedor; Tipos de Empreendedor. Nesta aula veremos o resumo de: O Intra-Empreendedorismo.

O Empreendedor e suas Interações; Definições do Empreendedor; Tipos de Empreendedor. Nesta aula veremos o resumo de: O Intra-Empreendedorismo. Nesta aula veremos o resumo de: O Empreendedor e suas Interações; Definições do Empreendedor; Tipos de Empreendedor. Nesta aula veremos o resumo de: O Intra-Empreendedorismo. 1 VÍDEO 2 O INTRA-EMPREENDEDORISMO

Leia mais

SC.Invest Modelo de Negócios para Plataforma de Governo Eletrônico

SC.Invest Modelo de Negócios para Plataforma de Governo Eletrônico Universidade Federal de Santa Catarina em Engenharia e Gestão do Conhecimento Disciplina de Governo Eletrônico SC.Invest Modelo de Negócios para Plataforma de Governo Eletrônico Professores: Aires Rover,

Leia mais

Pesquisa Profissionais de Ecommerce

Pesquisa Profissionais de Ecommerce Pesquisa Profissionais de Ecommerce Agosto de 2011 http://www.ecommerceschool.com.br Introdução O crescimento do comércio eletrônico brasileiro é feito com tecnologia e pessoas. Por trás desse crescimento

Leia mais

FICHA DE CADASTRO EMPRETEC. Município Data: / /

FICHA DE CADASTRO EMPRETEC. Município Data: / / FICHA DE CADASTRO EMPRETEC Município Data: / / Caro Empreendedor, Obrigado por seu interesse pelo Empretec, um dos principais programas de desenvolvimento de empreendedores no Brasil e no Mundo! As questões

Leia mais

A Política e a Atividade de Microcrédito como Instrumentos de Geração de Trabalho e Renda e Inclusão Produtiva

A Política e a Atividade de Microcrédito como Instrumentos de Geração de Trabalho e Renda e Inclusão Produtiva Projeto de Pesquisa - Microcrédito Produtivo Orientado: Inovações de Tecnologia Social e Aperfeiçoamento de Política A Política e a Atividade de Microcrédito como Instrumentos de Geração de Trabalho e

Leia mais

Liderança como função no grupo. Telma Rodrigues Gestão de Pessoas

Liderança como função no grupo. Telma Rodrigues Gestão de Pessoas Liderança como função no grupo Telma Rodrigues Gestão de Pessoas 1 Apresentação Institucional Setembro 2011 Destaques do Magazine Luiza Há mais de 50 anos crescendo no varejo brasileiro Liderança no varejo

Leia mais

O papel educativo do gestor de comunicação no ambiente das organizações

O papel educativo do gestor de comunicação no ambiente das organizações O papel educativo do gestor de comunicação no ambiente das organizações Mariane Frascareli Lelis Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho UNESP, Bauru/SP e-mail: mariane_lelis@yahoo.com.br;

Leia mais

Título: O EMPREENDEDORISMO: GERAÇÃO DE EMPREGO, RENDA E EXERCÍCIO DE CIDADANIA PARA MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA EM COMUNIDADES CARENTES NO SERTÃO

Título: O EMPREENDEDORISMO: GERAÇÃO DE EMPREGO, RENDA E EXERCÍCIO DE CIDADANIA PARA MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA EM COMUNIDADES CARENTES NO SERTÃO Título: O EMPREENDEDORISMO: GERAÇÃO DE EMPREGO, RENDA E EXERCÍCIO DE CIDADANIA PARA MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA EM COMUNIDADES CARENTES NO SERTÃO PARAIBANO Silva, Hellosman de Oliveira, Rodrigues, Tárcio

Leia mais

LABORATÓRIO DE CONTABILIDADE

LABORATÓRIO DE CONTABILIDADE LABORATÓRIO DE CONTABILIDADE 2015 - PROCEDIMENTOS INICIAIS - 1 A decisão de se abrir um negócio, através da constituição de uma empresa, requer do empreendedor uma análise das reais necessidades e implicações

Leia mais

FATORES CRÍTICOS DE SUCESSO DE UMA INCUBADORA DE EMPRESAS: Um Estudo nas Incubadoras do Estado do Tocantins.

FATORES CRÍTICOS DE SUCESSO DE UMA INCUBADORA DE EMPRESAS: Um Estudo nas Incubadoras do Estado do Tocantins. FATORES CRÍTICOS DE SUCESSO DE UMA INCUBADORA DE EMPRESAS: Um Estudo nas Incubadoras do Estado do Tocantins. Maria das Graças Bastos de Sousa 1, Vilma da Silva Santos 2, Edson Aparecida de Araújo Querido

Leia mais

Empreender. A chave para o sucesso profissional. José Dornelas. www.josedornelas.com. www.josedornelas.com

Empreender. A chave para o sucesso profissional. José Dornelas. www.josedornelas.com. www.josedornelas.com Empreender A chave para o sucesso profissional José Dornelas Empreendedorismo = Criar Empresa? SIM NÃO Por que empreendedorismo? Geração de emprego e renda Desenvolvimento econômico Desenvolvimento local

Leia mais

Conceitos É AQUELE QUE FAZ AS COISAS ACONTECEREM, SE ANTECIPA AOS FATOS E TEM UMA VISÃO FUTURA DA ORGANIZAÇÃO ENTREPRENEUR

Conceitos É AQUELE QUE FAZ AS COISAS ACONTECEREM, SE ANTECIPA AOS FATOS E TEM UMA VISÃO FUTURA DA ORGANIZAÇÃO ENTREPRENEUR Conceitos EMPREENDEDOR É AQUELE QUE FAZ AS COISAS ACONTECEREM, SE ANTECIPA AOS FATOS E TEM UMA VISÃO FUTURA DA ORGANIZAÇÃO ENTREPRENEUR É AQUELE QUE ASSUME RISCOS E COMEÇA ALGO NOVO 1 Onde empreender Criar

Leia mais

Análise Interna: Seu Empreendimento Agro está gerando valor?

Análise Interna: Seu Empreendimento Agro está gerando valor? Análise Interna: Seu Empreendimento Agro está gerando valor? Autores Frederico Fonseca Lopes (fflopes@markestrat.org): Sócio do Markestrat e coordenador do núcleo de estudos e projetos em gestão estratégica

Leia mais

APRESENTAÇÃO MISSÃO VISÃO

APRESENTAÇÃO MISSÃO VISÃO 1 2 INSTITUCIONAL APRESENTAÇÃO A BR House gera resultado de forma integrada e eficiente. Presente em Brasília, Goiânia, Cuiabá e Campo Grande com um forte time de corretores atuando pela empresa. Especialistas

Leia mais

O EMPREENDEDORISMO. SUAS PERCEPÇÕES, DIMENSÃO E DESENVOLVIMENTO NO BRASIL

O EMPREENDEDORISMO. SUAS PERCEPÇÕES, DIMENSÃO E DESENVOLVIMENTO NO BRASIL O EMPREENDEDORISMO. SUAS PERCEPÇÕES, DIMENSÃO E DESENVOLVIMENTO NO BRASIL JARDEL JAVARINI BONELI ROSANY SCARPATI RIGUETTI ADMINISTRAÇÃO GERAL FACULDADE NOVO MILÊNIO RESUMO: Este artigo objetiva apresentar

Leia mais

um anjo que é Entenda como pensam esses investidores e atraia-os para sua startup especial investidores

um anjo que é Entenda como pensam esses investidores e atraia-os para sua startup especial investidores O Investidor que é um anjo Entenda como pensam esses e atraia-os para sua startup Texto Maria Beatriz Vaccari arte ivan volpe No mundo digital, há diversas formas de dar vida a uma ideia e ganhar dinheiro

Leia mais

Profa. Cleide de Freitas. Unidade I PLANO DE NEGÓCIOS

Profa. Cleide de Freitas. Unidade I PLANO DE NEGÓCIOS Profa. Cleide de Freitas Unidade I PLANO DE NEGÓCIOS O que vamos ver hoje Ideias e Oportunidades Oportunidades x Experiência de mercado O que é um plano de negócios? Identificação e análise de oportunidades

Leia mais

Empreendedorismo. Aula 02 Primeiros Passos. Prof. Dr. Marco Antonio Pereira. marcopereira@usp.br INICIATIVA

Empreendedorismo. Aula 02 Primeiros Passos. Prof. Dr. Marco Antonio Pereira. marcopereira@usp.br INICIATIVA Empreendedorismo Aula 02 Primeiros Passos Prof. Dr. Marco Antonio Pereira marcopereira@usp.br INICIATIVA 1 NOVOS EMPREGOS Quantos empregos pretendem criar nos próximos 5 anos? -76,5% das novas empresas

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Credenciais da 2Finance -Rápida análise da situação da empresa, elaborando relatórios que permitam ao empreendedor e seus dirigentes compreenderem a real situação da empresa

Leia mais

I Simpósio COACHING - Arte e Ciência CRASP

I Simpósio COACHING - Arte e Ciência CRASP I Simpósio COACHING - Arte e Ciência CRASP COACHING EMPRESARIAL: A IMPORTÂNCIA DO COACHING COMO SUPORTE ÀS EMPRESAS ROSA R. KRAUSZ CONTRIBUIÇÃO DAS PMEs NO BRASIL (IBGE-2010) 20% do PIB brasileiro (R$

Leia mais

O PERFIL DAS MULHERES EMPREENDEDORAS

O PERFIL DAS MULHERES EMPREENDEDORAS O PERFIL DAS MULHERES EMPREENDEDORAS EMPREENDEDORISMO NO BRASIL 1. Popularizou-se a partir da década de 1990. 2. Fortalecimento 2007 Lei Geral da Micro e Pequena Empresa 2008 Lei do Microempreendedor Individual

Leia mais

PROGRAMA BOM NEGÓCIO PARANÁ- APOIO AO EMPREENDEDORISMO AVALIAÇÃO DO NÚCLEO MARINGÁ

PROGRAMA BOM NEGÓCIO PARANÁ- APOIO AO EMPREENDEDORISMO AVALIAÇÃO DO NÚCLEO MARINGÁ PROGRAMA BOM NEGÓCIO PARANÁ- APOIO AO EMPREENDEDORISMO AVALIAÇÃO DO NÚCLEO MARINGÁ AREA TEMÁTICA: TRABALHO LAIS SILVA SANTOS 1 CARLOS VINICIUS RODRIGUES 2 MARCELO FARID PEREIRA 3 NEUZA CORTE DE OLIVEIRA

Leia mais

Felipe Pedroso Castelo Branco Cassemiro Martins BALANCED SCORECARD FACULDADE BELO HORIZONTE

Felipe Pedroso Castelo Branco Cassemiro Martins BALANCED SCORECARD FACULDADE BELO HORIZONTE Felipe Pedroso Castelo Branco Cassemiro Martins BALANCED SCORECARD FACULDADE BELO HORIZONTE Belo Horizonte 2011 Felipe Pedroso Castelo Branco Cassemiro Martins BALANCED SCORECARD FACULDADE BELO HORIZONTE

Leia mais

O dentista que virou dono de restaurante chinês 1

O dentista que virou dono de restaurante chinês 1 O dentista que virou dono de restaurante chinês 1 O cirurgião dentista Robinson Shiba, proprietário da rede China In Box, em 1992 deixava de exercer sua profissão como dentista para inaugurar a primeira

Leia mais

A pobreza é uma realidade ainda muito presente...

A pobreza é uma realidade ainda muito presente... A pobreza é uma realidade ainda muito presente... 4 bilhões de pessoas ganham $4/dia; 75% dos brasileiros dependem exclusivamente do SUS; 23% da população adulta completou ensino médio; A POBREZA AINDA

Leia mais

PLANO DE DESENVOLVIMENTO TURÍSTICO 2014/2020 FARROUPILHA - RS

PLANO DE DESENVOLVIMENTO TURÍSTICO 2014/2020 FARROUPILHA - RS PLANO DE DESENVOLVIMENTO TURÍSTICO 2014/2020 FARROUPILHA - RS 22 de Outubro de 2014 AGENDA Relembrar o conceito de Plano Municipal de Turismo Etapas percorridas no desenvolvimento do PMT de Farroupilha

Leia mais

O Empreendedor Fabiano Marques

O Empreendedor Fabiano Marques O Empreendedor Fabiano Marques O interesse pelo empreendedorismo no mundo é algo recente. Neste sentido, podese dizer que houve um crescimento acentuado da atividade empreendedora a partir de 1990. Com

Leia mais

UNIDADE 7 Fontes para obtenção de capital

UNIDADE 7 Fontes para obtenção de capital UNIDADE 7 Fontes para obtenção de capital Muitos empreendedores apontam como principal retardo para o crescimento das MPE s no Brasil a dificuldade em se obter financiamento, devido às exigências estabelecidas

Leia mais

EMPREENDEDORISMO E MODELOS DE GESTÃO MOTIVAÇÃO. Momento Atual

EMPREENDEDORISMO E MODELOS DE GESTÃO MOTIVAÇÃO. Momento Atual EMPREENDEDORISMO E MODELOS DE GESTÃO Profa. Esp. Tatiene Martins Coelho MOTIVAÇÃO Momento Atual O mercado cada vez mais competitivo; Preocupação das empresas com seus custos; Necessidade de informações

Leia mais

Planos Municipais de Educação ORIENTAÇÕES TÉCNICAS. Um Bom Diagnóstico

Planos Municipais de Educação ORIENTAÇÕES TÉCNICAS. Um Bom Diagnóstico Planos Municipais de Educação ORIENTAÇÕES TÉCNICAS Um Bom Diagnóstico Tendo em vista o grande desafio nacional: construir planos consonantes ao PNE; as premissas de trabalho pactuadas; as cinco etapas

Leia mais

II SIMPÓSIO DE PESQUISA E DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS 2014 ANAIS

II SIMPÓSIO DE PESQUISA E DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS 2014 ANAIS BUSINESS GAME UGB VERSÃO 2 Luís Cláudio Duarte Graduação em Administração de Empresas APRESENTAÇÃO (DADOS DE IDENTIFICAÇÃO) O Business Game do Centro Universitário Geraldo Di Biase (BG_UGB) é um jogo virtual

Leia mais

UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE UNESC CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS LUIZ PAULO RONCHI FREITAS

UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE UNESC CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS LUIZ PAULO RONCHI FREITAS 0 UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE UNESC CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS LUIZ PAULO RONCHI FREITAS AS FUNÇÕES DA CONTROLADORIA E O PERFIL DO CONTROLLER NAS EMPRESAS INTEGRANTES DOS PRINCIPAIS

Leia mais