Linguagem de Programação II Implementação

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Linguagem de Programação II Implementação"

Transcrição

1 Linguagem de Programação II Implementação Prof. Alessandro Borges

2 2 Tópicos Implementação em Java Variáveis Palavras reservadas Pacotes Identificador this Acessando membros de outros objetos API Java Nossa primeira aplicação

3 3 Implementação em Java

4 4 Implementação em Java Diferente das linguagens estruturadas, como Pascal e C, Java é uma linguagem orientada a objetos. Sua implementação é feita com base em classes e objetos. Na implementação existem algumas palavras reservadas, que não podem ser usadas pelo desenvolvedor para denominar variáveis, classes, atributos ou métodos. Muitas dessas palavras coincidem com outras linguagens como C, C++, C#, PHP, JavaScript, etc. Ex: int, char, float, if, else, switch, for, while, do, etc.

5 5 Variáveis

6 6 Variáveis Os atributos, já vistos, são variáveis especiais, chamadas de variáveis de instância. Há também as variáveis de métodos, usadas dentro dos métodos para realizar as operações São declaradas indicando o tipo e, em seguida, o nome, sempre dentro dos métodos.

7 7 Variáveis Tipos primitivos Tipo Faixa de Valores boolean true ou false char 2 bytes 0 a byte 1 byte -128 a 127 short 2 bytes a int 4 bytes a long 8 bytes a float 4 bytes e-45 a e+38 double 8 bytes e-324 a e+308 String Tamanho limitado à memória disponível

8 8 Palavras reservadas

9 9 Palavras reservadas abstract boolean break byte case catch char class const continue default do double else extends false final finally float for goto if implements import instanceof int interface long native new null package private protected public return short static strictfp super switch synchronized this throw throws transient true try void volatile while

10 10 Palavras reservadas Palavras-chave úteis package: especifica a que pacote todas as classes de um arquivo fonte pertencem. class: usada para identificar uma classe; return: usada para retornar um valor de algum método Observe que o tipo de retorno deve o declarado no método void: Indica que não há um tipo de retorno para o método; new: usada para instanciar (criar) um objeto de uma classe; null: não inicializado.

11 11 Palavras reservadas Sequência de escape Sequencia de espape Indica que um caracter especial deve ser enviado para a tela: Descrição \n Nova linha cursor no início da próxima linha. \t Tabulação cursor na próxima parada de tabulação. \r Retorno de carro cursor no início da linha atual. Impressões posteriores sobrescrevem a saída anterior na linha. \\ Barra invertida impressão da barra invertida na tela \ Aspas duplas impressão do caracter aspas duplas ( ) na tela

12 12 Palavras reservadas Modificadores de acesso Usados para declarar classes, métodos e atributos. São padrões de visibilidade de acesso São palavras-chave também reservadas pelo Java

13 13 Palavras reservadas Modificadores de acesso MODIFICADORES Modificadores de acesso Própria Classe Subclasses (extends) Classe mesmo Pacote Todas as classes public Sim Sim Sim Sim default* Sim Sim Sim Não protected Sim Sim Não Não private Sim Não Não Não

14 14 Palavras reservadas Modificadores de acesso Acesso público public Qualquer objeto que interaja com a classe pode ter acesso aos seus elementos públicos. Acesso padrão default ou package* Somente a própria classe, suas subclasses e as classes no mesmo pacote terão acesso a esses elementos. *Não há palavra chave, aplicado na ausência de um modificador. Acesso protegido protected Somente a própria classe e classes no mesmo pacote podem acessar estes elementos. Acesso particular private Acessados apenas pela própria classe que os define.

15 15 Palavras reservadas Modificadores de acesso static e final Modificador de acesso static Atributos estáticos Métodos estáticos Modificador de acesso final Atributos finais Métodos finais Classes finais

16 16 Palavras reservadas Modificadores de acesso static e final Atributos estáticos Quando há um atributo estático em uma classe, ele será único para todos os objetos instanciados. Podem ser acessados diretamente a partir da classe Não é necessário criar uma instância da classe Utilizados quando se necessita compartilhar um valor entre todas as instâncias da classe A variável é alocada apenas uma vez na memória

17 17 public class Conta{ private String dono; private int numero; private double saldo; private double limite; Palavras reservadas Modificadores de acesso static e final public setdono(string novodono){ dono = novodono; public setlimite(double novolimite){ limite = novolimite;

18 18 Palavras reservadas Modificadores de acesso static e final public class Conta{ private String dono; private int numero; private double saldo; private static double limite; Declaração do Atributo Estático public setdono(string novodono){ dono = novodono; public static setlimite(double novolimite){ Conta.limite = novolimite; Atribuição do Atributo Estático

19 19 Palavras reservadas Modificadores de acesso static e final Métodos estáticos Quando há um método estático em uma classe, ele deve ser acessado diretamente na classe e não nas suas instâncias. Realizam tarefas que não dependem das características específicas de cada objeto Utilizam somente as informações contidas em seus próprios parâmetros e informações contidas em atributos estáticos Pode ser invocado a partir da própria classe, sem a necessidade de instanciá-la

20 20 Palavras reservadas Modificadores de acesso static e final public class ExemploMetodoEstatico{ public static void main(string[] args) { String texto = 120 ; int numero = Integer.parseInt(texto); Invocação de método estático

21 21 Palavras reservadas Modificadores de acesso static e final Atributos finais Quando o modificador final é utilizado em atributos, significa que somente uma atribuição poderá ser feita ao atributo, podendo ser feita na declaração ou no construtor. Em outras palavras, quando queremos declarar um atributo constante devemos utilizar o modificador final

22 22 Palavras reservadas Modificadores de acesso static e final public class Notas{ private double prova01; private double prova02; private final double media = 70; public setnota1(double notaprova01){ prova01 = notaprova01; public setnota2(double notaprova02){ prova02 = notaprova02; public setmedia(double novamedia){ media = (prova01 + prova02)/2; Não se pode atribuir um valor a uma variável final

23 23 Palavras reservadas Modificadores de acesso static e final Métodos finais Podemos utilizar o modificador final na declaração de um método para que este não possa ser sobrescrito em classes filhas. OBS.: Sobrescrita de métodos será visto mais adiante.

24 24 Palavras reservadas Modificadores de acesso static e final Classes finais O modificador final pode ser utilizado na declaração de classes, indicando que não poderá ser estendida por outra, ou seja, não poderá ser herdada.

25 25 Pacotes

26 26 Pacotes São pastas, ou diretórios, do sistema operacional onde ficam armazenados os arquivos fonte Java. Ajudam no gerenciamento e na organização de grandes projetos de software. Usados para organizar classes semelhantes. Podem conter classes e subpacotes.

27 27 Pacotes Sua declaração é feita na primeira linha do arquivo fonte através da palavra package. Apenas uma declaração de pacote por classe Caso nenhum seja declarado, considera-se o pacote padrão

28 28 Pacotes Para utilizar classes definidas em outros pacotes, é necessário importa-las, através da palavra reservada import. Deve estar logo depois da declaração do pacote. O objetivo é mostrar ao compilador onde encontrar as classes a serem usadas.

29 29 Identificador this

30 30 Identificador this this Palavra chave que identifica o objeto atual no código Muito usado quando se usa um parâmetro com o mesmo nome de um atributo ou variável global

31 31 Identificador this Exemplo - desnecessário o uso do identificador this public class Conta(){ private String dono; private int saldo; public void AlteraDono(String novodono){ dono = novodono; public void AlteraSaldo(int novosaldo){ saldo = novosaldo;

32 32 Identificador this Exemplo - útil o uso do identificador this public class Conta(){ private String dono; private int saldo; public void AlteraDono(String dono){ this.dono = dono; public void AlteraSaldo(int saldo){ this.saldo = saldo;

33 33 Identificador this Exemplo - útil o uso do identificador this public class Conta(){ private String dono; private int saldo; public void AlteraDono(String dono){ this.dono = dono; public void AlteraSaldo(int saldo){ this.saldo = saldo; Atributos do Objeto da Classe

34 34 Acessando membros de outros objetos

35 35 Acessando membros de outros objetos A definição de várias classes no mesmo projeto permite utilizar recursos definidos em outras classes sem a necessidade de repetir código. Para acessar métodos ou atributos de outra classe existe a notação ponto. objeto é uma referência para um objeto de determinada classe e membro é o método ou atributo que se deseja acessar. É importante lembrar dos modificadores de acesso!!!

36 36 API Java

37 37 API Java API Application Programming Interface Interface de Programação de Aplicativos É uma referência para a coleção de bibliotecas, funções, aplicações e exemplos da linguagem de programação Link da API Java 7

38 38 Nossa primeira aplicação

39 39 Nossa primeira aplicação 1/2 package primeirojava; import java.util.calendar; import javax.swing.joptionpane; class Pessoa { private String nome; private int dianasc, mesnasc, anonasc; public void setnome(string novonome) { nome = novonome; public String getnome() { return(nome); public void setdatanascimento(int dn, int mn, int an) { dianasc = dn; mesnasc = mn; anonasc = an; public String getdatanascimento() { return dianasc+ / +mesnasc+ / +anonasc;

40 40 Nossa primeira aplicação 1/2 Pacote ao qual pertence o programa Importação de classes / bibliotecas Definição da Classe package primeirojava; import java.util.calendar; import javax.swing.joptionpane; class Pessoa { private String nome; private int dianasc, mesnasc, anonasc; public void setnome(string novonome) { nome = novonome; public String getnome() { return(nome); public void setdatanascimento(int dn, int mn, int an) { dianasc = dn; mesnasc = mn; anonasc = an; public String getdatanascimento() { return dianasc+ / +mesnasc+ / +anonasc;

41 41 Atributos Nossa primeira aplicação 1/2 Métodos package primeirojava; import java.util.calendar; import javax.swing.joptionpane; class Pessoa { private String nome; private int dianasc, mesnasc, anonasc; public void setnome(string novonome) { nome = novonome; public String getnome() { return(nome); public void setdatanascimento(int dn, int mn, int an) { dianasc = dn; mesnasc = mn; anonasc = an; public String getdatanascimento() { return dianasc+ / +mesnasc+ / +anonasc;

42 42 Nossa primeira aplicação 2/2 public class PrimeiroJava { public static void main(string[] args) { JOptionPane.showMessageDialog(null, "Bem vindo ao meu primeiro programa Java."); System.out.println("Hello."); System.out.print("Este eh "); System.out.println("o primeiro codigo da disciplina.\n\n"); Pessoa p = new Pessoa(); p.setnome(joptionpane.showinputdialog("digite seu nome.")); int dn = Integer.parseInt(JOptionPane.showInputDialog("Digite o dia do seu nascimento - formato (dd):")); int mn = Integer.parseInt(JOptionPane.showInputDialog("Digite o mes do seu nascimento - formato (mm):")); int an = Integer.parseInt(JOptionPane.showInputDialog("Digite o ano do seu nascimento - formato (aaaa):")); p.setdatanascimento(dn, mn, an); //JOptionPane.showMessageDialog(null, p.nome); NÃO FUNCIONA... PORQUÊ? JOptionPane.showMessageDialog(null, Cadastro efetivado: " + p.getnome() + " - " + p.getdatanascimento());

43 Classe principal Mesmo nome do arquivo 43 Método principal main() Nossa primeira aplicação 2/2 public class PrimeiroJava { public static void main(string[] args) { JOptionPane.showMessageDialog(null, "Bem vindo ao meu primeiro programa Java."); System.out.println("Hello."); System.out.print("Este eh "); System.out.println("o primeiro codigo da disciplina.\n\n"); Mensagens para a tela de saída do Netbeans Criação do objeto da classe Pessoa Pessoa p = new Pessoa(); Leitura e cadastro dos dados p.setnome(joptionpane.showinputdialog("digite seu nome.")); int dn = Integer.parseInt(JOptionPane.showInputDialog("Digite o dia do seu nascimento - formato (dd):")); int mn = Integer.parseInt(JOptionPane.showInputDialog("Digite o mes do seu nascimento - formato (mm):")); int an = Integer.parseInt(JOptionPane.showInputDialog("Digite o ano do seu nascimento - formato (aaaa):")); p.setdatanascimento(dn, mn, an); //JOptionPane.showMessageDialog(null, p.nome); NÃO FUNCIONA... PORQUÊ? Consulta dos dados JOptionPane.showMessageDialog(null, Cadastro efetivado: " + p.getnome() + " - " + p.getdatanascimento());

44 Linguagem de Programação II Implementação Prof. Alessandro Borges

Tipos, Literais, Operadores

Tipos, Literais, Operadores Tipos, Literais, Operadores Identificadores São palavras utilizadas para nomear variáveis, métodos e classes Na linguagem Java, o identificador sempre começa por letra, sublinhado(_) ou cifrão ($) Não

Leia mais

Aula 2. Objetivos. Encapsulamento na linguagem Java; Utilizando a referência this.

Aula 2. Objetivos. Encapsulamento na linguagem Java; Utilizando a referência this. Aula 2 Objetivos Encapsulamento na linguagem Java; Utilizando a referência this. Encapsulamento, data hiding é um conceito bastante importante em orientação a objetos. É utilizado para restringir o acesso

Leia mais

Instituto Superior de Engenharia de Lisboa

Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Instituto Superior de Engenharia de Lisboa Introdução à Programação (PG) Docente: Pedro Viçoso Fazenda (pfazenda@cedet.isel.ipl.pt) Professor Responsável: Pedro Alexandre Pereira (palex@cc.isel.ipl.pt)

Leia mais

Lista 05 Herança. public class PessoaFisica extends Pessoa { private String RG; public PessoaFisica(){ super(); } public String getrg(){ return RG; }

Lista 05 Herança. public class PessoaFisica extends Pessoa { private String RG; public PessoaFisica(){ super(); } public String getrg(){ return RG; } Lista 05 Herança 1. Analisando a classe Java abaixo podemos observar que a mesma possui apenas um atributo, um construtor e dois métodos. Perceba que dentro do método main estão sendo invocados métodos

Leia mais

Sintaxe Geral Tipos de Dados. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc.

Sintaxe Geral Tipos de Dados. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. Sintaxe Geral Tipos de Dados Comentários Comentários: De linha: // comentário 1 // comentário 2 De bloco: /* linha 1 linha 2 linha n */ De documentação: /** linha1 * linha2 */ Programa Exemplo: ExemploComentario.java

Leia mais

Programação de Computadores - I. Profª Beatriz Profº Israel

Programação de Computadores - I. Profª Beatriz Profº Israel Programação de Computadores - I Profª Beatriz Profº Israel As 52 Palavras Reservadas O que são palavras reservadas São palavras que já existem na linguagem Java, e tem sua função já definida. NÃO podem

Leia mais

Introdução à Linguagem Java

Introdução à Linguagem Java Capítulo 3 A Construção de Aplicativos Rui Rossi dos Santos Programação de Computadores em Java Editora NovaTerra Palavras reservadas Introdução à Linguagem Java abstract default goto null synchronized

Leia mais

Introdução a classes e objetos. Prof. Marcelo Roberto Zorzan Prof a. Rachel Reis

Introdução a classes e objetos. Prof. Marcelo Roberto Zorzan Prof a. Rachel Reis Introdução a classes e objetos Prof. Marcelo Roberto Zorzan Prof a. Rachel Reis Estruturas de Seleção if... else Operador condicional (? : ) switch Aula de Hoje Estruturas de Repetição: while/do... while/for

Leia mais

Programação Orientada a Objectos - P. Prata, P. Fazendeiro

Programação Orientada a Objectos - P. Prata, P. Fazendeiro 3 Classes e instanciação de objectos (em Java) Suponhamos que queremos criar uma classe que especifique a estrutura e o comportamento de objectos do tipo Contador. As instâncias da classe Contador devem

Leia mais

Linguagem de Programação JAVA. Técnico em Informática Professora Michelle Nery

Linguagem de Programação JAVA. Técnico em Informática Professora Michelle Nery Linguagem de Programação JAVA Técnico em Informática Professora Michelle Nery Agenda Regras paravariáveis Identificadores Válidos Convenção de Nomenclatura Palavras-chaves em Java Tipos de Variáveis em

Leia mais

insfcanceof new public switch transient while byte continue extends for int null

insfcanceof new public switch transient while byte continue extends for int null Palavras -chave de JAV A abstract catch do final implements long private static throw void boolean char double finally import native protected super throws volatile break class float insfcanceof new public

Leia mais

Lição 4 Fundamentos da programação

Lição 4 Fundamentos da programação Lição 4 Fundamentos da programação Introdução à Programação I 1 Objetivos Ao final desta lição, o estudante será capaz de: Identificar as partes básicas de um programa em Java Reconhecer as diferenças

Leia mais

Dados armazenados em um objeto podem ser tanto primitivos, tais como inteiros ou caracteres, ou referências para outros objetos.

Dados armazenados em um objeto podem ser tanto primitivos, tais como inteiros ou caracteres, ou referências para outros objetos. 2. Classes e Objetos Uma classe é um modelo que define os atributos e métodos comuns a um conjunto de objetos de forma encapsulada. Atributos são informações ou dados que descrevem, categorizam ou quantificam

Leia mais

Programação Orientada a Objeto Java

Programação Orientada a Objeto Java Programação Orientada a Objeto Java Aula 2 Introdução a Programação Java Sintaxe da Linguagem e Principais Conceitos Profª Kelly Christine C. Silva Sumário Construção do programa Saída de dados Entrada

Leia mais

INF1337 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS

INF1337 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS INF1337 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS Departamento de Informática PUC-Rio Andrew Diniz da Costa andrew@les.inf.puc-rio.br Programa Capítulo 3 Ponteiros e Variáveis de Objeto Construtores

Leia mais

Computação L2. Linguagem C++ Observação: Material Baseado na Disciplina Computação Eletrônica.

Computação L2. Linguagem C++ Observação: Material Baseado na Disciplina Computação Eletrônica. Computação L2 Linguagem C++ ovsj@cin.ufpe.br Observação: Material Baseado na Disciplina Computação Eletrônica. Alfabeto São os símbolos ( caracteres ) permitidos na linguagem: Letras (maiúsculas e minúsculas);

Leia mais

JAVA. Professor: Bruno Toledo

JAVA. Professor: Bruno Toledo JAVA Professor: Bruno Toledo Funcionamento de uma LP Em uma Linguagem de Programação (LP) como C e Pascal, temos o seguinte quadro quando vamos compilar um programa. Código fonte em c Teste.c Gera código

Leia mais

Encapsulamento e Métodos (Construtores e Estáticos) João Paulo Q. dos Santos

Encapsulamento e Métodos (Construtores e Estáticos) João Paulo Q. dos Santos Encapsulamento e Métodos (Construtores e Estáticos) Sobrecarga de Métodos João Paulo Q. dos Santos joao.queiroz@ifrn.edu.br Roteiro Conceitos sobre Encapsulamento; Variável this; Métodos Construtores;

Leia mais

Introdução à Linguagem de Programação Java 1 INTRODUÇÃO À LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA

Introdução à Linguagem de Programação Java 1 INTRODUÇÃO À LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA 1 INTRODUÇÃO À LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO JAVA 2 INDICE 1. COMENTÁRIOS... 4 1.1. Comentário de uma linha... 4 1.2. Comentário de múltiplas linhas... 4 2. IMPRESSÃO DE TEXTOS... 5 2.1. Imprimindo um texto

Leia mais

A Linguagem Java. Alberto Costa Neto DComp - UFS

A Linguagem Java. Alberto Costa Neto DComp - UFS A Linguagem Java Alberto Costa Neto DComp - UFS 1 Roteiro Comentários Variáveis Tipos Primitivos de Dados Casting Comandos de Entrada e Saída Operadores Constantes 2 Comentários /** Classe para impressão

Leia mais

Notas de Aula 01: Introdução à linguagem de programação Java e ao ambiente de desenvolvimento NetBeans

Notas de Aula 01: Introdução à linguagem de programação Java e ao ambiente de desenvolvimento NetBeans Notas de Aula 01: Introdução à linguagem de programação Java e ao ambiente de desenvolvimento NetBeans Objetivos da aula: Introduzir conceitos da linguagem Java Apresentar um histórico da linguagem Apresentar

Leia mais

Anhanguera Educacional S.A. Centro Universitário Ibero-Americano

Anhanguera Educacional S.A. Centro Universitário Ibero-Americano O C++ foi inicialmente desenvolvido por Bjarne Stroustrup durante a década de 1980 com o objetivo de melhorar a linguagem de programação C, mantendo a compatibilidade com esta linguagem. Exemplos de Aplicações

Leia mais

Orientação a Objetos e a Linguagem Java

Orientação a Objetos e a Linguagem Java Orientação a Objetos e a Linguagem Java Afrânio Assis afranio@gmail.com Novembro/2006 1 Tipos, Literais, Operadores e Controle de Fluxo Novembro/2006 2 Identificadores Identificadores são palavras utilizadas

Leia mais

PROGRAMAÇÃO I E N T R A DA E S A Í DA D E DA D O S

PROGRAMAÇÃO I E N T R A DA E S A Í DA D E DA D O S PROGRAMAÇÃO I VA R I Á V E I S, C O N S TA N T E S, O P E R A D O R E S E N T R A DA E S A Í DA D E DA D O S Variáveis 2 Variáveis são locais onde são armazenados os valores na memória. Toda variável é

Leia mais

CONCEITOS DE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO CARACTERÍSTICAS. João Gabriel Ganem Barbosa

CONCEITOS DE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO CARACTERÍSTICAS. João Gabriel Ganem Barbosa CONCEITOS DE LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO CARACTERÍSTICAS João Gabriel Ganem Barbosa Sumário Motivação História Linha do Tempo Divisão Conceitos Paradigmas Geração Tipos de Dados Operadores Estruturada vs

Leia mais

Array em Java. Figura 1 - Exemplo de um array de inteiros

Array em Java. Figura 1 - Exemplo de um array de inteiros Array em Java 1. Objetivos Nesta lição, abordaremos Array em Java. Primeiro, definiremos o que é array e, então, discutiremos como declará-los e usá-los. Ao final desta lição, o estudante será capaz de:

Leia mais

Aula 09 Introdução à Java. Disciplina: Fundamentos de Lógica e Algoritmos Prof. Bruno Gomes http://www.profbrunogomes.com.br/

Aula 09 Introdução à Java. Disciplina: Fundamentos de Lógica e Algoritmos Prof. Bruno Gomes http://www.profbrunogomes.com.br/ Aula 09 Introdução à Java Disciplina: Fundamentos de Lógica e Algoritmos Prof. Bruno Gomes http://www.profbrunogomes.com.br/ Agenda da Aula Java: Sintaxe; Tipos de Dados; Variáveis; Impressão de Dados.

Leia mais

Ambientação com a Sintaxe de Java: parte 1

Ambientação com a Sintaxe de Java: parte 1 Ambientação com a Sintaxe de Java: parte 1 Prof. Gustavo Wagner FATEC-PB Programas em Java Texto do programa: arquivo com extensão.java Arquivo contém ao menos uma classe Nome do arquivo deve ser IGUAL

Leia mais

PROGRAMADOR JAVA. Aula 0X32 Semanas - 0b Instrutor : Léo Billi

PROGRAMADOR JAVA. Aula 0X32 Semanas - 0b Instrutor : Léo Billi Aula 0X32 Semanas - 0b110001 Instrutor : Léo Billi Email : leo.billi@gmail.com Tipos de dados, valores literais e variáveis Tipos de dados, valores literais e variáveis Exibindo dados na tela Variáveis

Leia mais

Fundamentos de Programação. Linguagem C++ Introdução, identificadores, tipos de dados. Prof. Bruno E. G. Gomes IFRN

Fundamentos de Programação. Linguagem C++ Introdução, identificadores, tipos de dados. Prof. Bruno E. G. Gomes IFRN Fundamentos de Programação Linguagem C++ Introdução, identificadores, tipos de dados Prof. Bruno E. G. Gomes IFRN 1 Linguagem de Programação Constituída por símbolos e por regras para combinar esses símbolos

Leia mais

Aula 3. Objetivos Sequências de escapes ; Um aplicativo que adiciona inteiro; Aritmética.

Aula 3. Objetivos Sequências de escapes ; Um aplicativo que adiciona inteiro; Aritmética. Objetivos Sequências de escapes ; Um aplicativo que adiciona inteiro; Aritmética. Sequências de escape \n Nova linha. Posiciona o cursor de tela no início da próxima linha. \t Tabulação horizontal. Move

Leia mais

Programação Orientada a Objetos

Programação Orientada a Objetos Programação Orientada a Objetos Modificadores de Acesso: public e private Prof. Tulio Alberton Ribeiro Instituto Federal de Santa Catarina IFSC campus São José tulio.alberton@ifsc.edu.br 31 de julho de

Leia mais

Linguagem de Programação Orientada a Objeto Abstração - Encapsulamento

Linguagem de Programação Orientada a Objeto Abstração - Encapsulamento Linguagem de Programação Orientada a Objeto Abstração - Encapsulamento Professora Sheila Cáceres Variáveis locais Campos são um tipo de variável. Eles: armazenam valores por toda a vida de um objeto; e

Leia mais

Estruturas da linguagem C. 1. Identificadores, tipos primitivos, variáveis e constantes, operadores e expressões.

Estruturas da linguagem C. 1. Identificadores, tipos primitivos, variáveis e constantes, operadores e expressões. 1 Estruturas da linguagem C 1. Identificadores, tipos primitivos, variáveis e constantes, operadores e expressões. Identificadores Os identificadores seguem a duas regras: 1. Devem ser começados por letras

Leia mais

Programação. Orientada a Objetos: Herança. Objetos. Relacionamento entre classes. Análise e Projeto Orientados a. Objetos

Programação. Orientada a Objetos: Herança. Objetos. Relacionamento entre classes. Análise e Projeto Orientados a. Objetos Programação Orientada a Objetos: Herança Alexandre César Muniz de Oliveira Análise e Projeto Orientados a Objetos A análise orientada a objetos Determina o que o sistema deve fazer: Quais os atores envolvidos?

Leia mais

Módulo Lógica Programação com aplicações em Java. Projeto khouse Profissionalizante Profª Larissa Brandão

Módulo Lógica Programação com aplicações em Java. Projeto khouse Profissionalizante Profª Larissa Brandão Educação Módulo Lógica e Ética de Programação com aplicações em Java Projeto khouse Profissionalizante Profª Larissa Brandão Educação e Ética Fundamentos da Programação Objetivos: Reconhecer as diferenças

Leia mais

Orientação a Objetos e Java

Orientação a Objetos e Java Orientação a Objetos e Java Daves Martins davesmartins@yahoo.com.br Mestre em Computação de Alto Desempenho pela UFRJ Especialista em Banco de Dados Analista Web Orientação a Objetos e Java Características

Leia mais

Linguagem C Princípios Básicos (parte 1)

Linguagem C Princípios Básicos (parte 1) Linguagem C Princípios Básicos (parte 1) Objetivos O principal objetivo deste artigo é explicar alguns conceitos fundamentais de programação em C. No final será implementado um programa envolvendo todos

Leia mais

Linguagem de Programação Orientada a Objeto Polimorfismo, Classes Abstractas e Interfaces

Linguagem de Programação Orientada a Objeto Polimorfismo, Classes Abstractas e Interfaces Linguagem de Programação Orientada a Objeto Polimorfismo, Classes Abstractas e Interfaces Professora Sheila Cáceres Polimorfismo Polimorfismo Polimorfismo é a característica única de linguagens orientadas

Leia mais

Programação OO em Java. Profa Andréa Schwertner Charão DLSC/CT/UFSM

Programação OO em Java. Profa Andréa Schwertner Charão DLSC/CT/UFSM Programação OO em Java Profa Andréa Schwertner Charão DLSC/CT/UFSM Sumário Herança Visibilidade de atributos e métodos Extensão e sobreposição Uso de super Referências para objetos Polimorfismo Conceitos

Leia mais

Prof. Rogério Rocha 1

Prof. Rogério Rocha  1 Uma estrutura de dados é um modo particular de armazenamento e organização de dados em um computador de modo que possam ser usados eficientemente. Diferentes tipos de estrutura de dados são adequados a

Leia mais

Programação Orientada a Objetos

Programação Orientada a Objetos Programação Orientada a Objetos luno: ata: Professor: Leonardo abral da Rocha Soares 1.ado o seguinte código: class valiacao { Qual fragmento de código irá compilar? a) class Prova extends valiacao { b)

Leia mais

Fundamentos da programação Parte - 1

Fundamentos da programação Parte - 1 Fundamentos da programação Parte - 1 1. Objetivos Nesta lição discutiremos as partes básicas de um programa em Java. Começaremos explicando as partes do programa Hello.java mostrado na última lição. Discutiremos

Leia mais

4 Conceito de Herança

4 Conceito de Herança 4 Conceito de Herança Hierarquia de classes e mecanismo de ligação Herança Uma classe pode herdar operações de uma superclasse e as suas operações podem ser herdadas por subclasses. O mecanismo de herança

Leia mais

Interfaces. Universidade Católica de Pernambuco Ciência da Computação. Prof. Márcio Bueno.

Interfaces. Universidade Católica de Pernambuco Ciência da Computação. Prof. Márcio Bueno. Interfaces Universidade Católica de Pernambuco Ciência da Computação Prof. Márcio Bueno poonoite@marciobueno.com Fonte: Material da Profª Karina Oliveira Interfaces É utilizada para agrupar conceitos em

Leia mais

Programação Orientada a Objetos em Java

Programação Orientada a Objetos em Java Universidade Federal do Amazonas Departamento de Ciência da Computação IEC481 Projeto de Programas Programação Orientada a Objetos em Java Classes e Objetos, Construtores e Desconstrutores, Atributos e

Leia mais

Comando Portugol (Visualg) Java

Comando Portugol (Visualg) Java Variável tipo inteiro i: inteiro short i; int i; long i; byte i; Variável tipo real d: real float d; double d; Variável tipo lógico b: logico boolean b; Variável tipo texto s: caractere char s; String

Leia mais

Programação Orientada a Objetos (DPADF 0063)

Programação Orientada a Objetos (DPADF 0063) Programação Orientada a Objetos (DPADF 0063) Aula 3 Abstração Universidade Federal de Santa Maria Colégio Agrícola de Frederico Westphalen Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet Prof. Bruno

Leia mais

Programação Estruturada e Orientada a Objetos. Objetos e Métodos

Programação Estruturada e Orientada a Objetos. Objetos e Métodos Programação Estruturada e Orientada a Objetos Objetos e Métodos 2013 O que veremos hoje? Objetos e Métodos Transparências baseadas no material do Prof. Jailton Carlos Objetivos Aprender a criar construtores;

Leia mais

Java 2 Standard Edition Tipos, literais, operadores e controle de fluxo

Java 2 Standard Edition Tipos, literais, operadores e controle de fluxo Java 2 Standard Edition Tipos, literais, operadores e controle de fluxo Helder da Rocha www.argonavis.com.br 1 Operadores e controle de fluxo da execução Este módulo explora as estruturas procedurais da

Leia mais

OO - Orientação a Objetos

OO - Orientação a Objetos OO - Orientação a Objetos 1 Motivação p Orientação a objetos é uma maneira de programar que ajuda na organização e resolve muitos problemas enfrentados pela programação procedural; p Imaginem em um grande

Leia mais

JavaScript 2.0X 1.0 3.0X 1.1 4.0 4.05 1.2 4.06 4.61 1.3 5.0 1.4 6.0 1.5

JavaScript 2.0X 1.0 3.0X 1.1 4.0 4.05 1.2 4.06 4.61 1.3 5.0 1.4 6.0 1.5 JavaScript Diego R. Frank, Leonardo Seibt FIT Faculdades de Informática de Taquara Fundação Educacional Encosta Inferior do Nordeste Av. Oscar Martins Rangel, 4500 Taquara RS Brasil difrank@terra.com.br,

Leia mais

Programação Java. - Herança e Polimorfismo - Marco Fagundes Marco Fagundes -

Programação Java. - Herança e Polimorfismo - Marco Fagundes Marco Fagundes - Programação Java - Herança e Polimorfismo - Marco Fagundes mfagundes@tre-pa.gov.br 1 Tópicos Herança Ligação Dinâmica Polimorfismo 2 Herança Herança é um conceito que mapeia as classes relacionadas entre

Leia mais

Classe. Objeto é uma instância de uma classe. Classe é onde conceituamos o objeto É a essência do objeto Define os atributos e métodos

Classe. Objeto é uma instância de uma classe. Classe é onde conceituamos o objeto É a essência do objeto Define os atributos e métodos Criação de Objetos e Acesso à Métodos Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br Programação Orientada a Objetos Introdução Classe Classe é onde conceituamos o objeto É a essência do objeto Define os atributos

Leia mais

Programação Orientada a Objetos em Java

Programação Orientada a Objetos em Java Programação Orientada a Objetos em Java Conceitos: Classe, Variável de Instância ou Atributos, Métodos, Objeto, Variáveis Estáticas ou de Classe, Construtores, Construtores Sobrecarregados, Herança, Polimorfismo,

Leia mais

A Linguagem C. A forma de um programa em C

A Linguagem C. A forma de um programa em C A Linguagem C Criada em 1972 por D. M. Ritchie e K. Thompson. Tornou-se uma das mais importantes e populares, principalmente pela portabilidade e flexibilidade. Foi projetada para o desenvolvimento de

Leia mais

5 Arrays. 5.1 Criando um array. 5.2 Inicializando arrays. c:\>java Array Janeiro tem 31 dias.

5 Arrays. 5.1 Criando um array. 5.2 Inicializando arrays. c:\>java Array Janeiro tem 31 dias. 5 Arrays Arrays são grupos de variáveis do mesmo tipo. As arrays podem armazenar variáveis de qualquer tipo (tipo de dado primitivo ou objetos), mas é importante lembrar que todos os valores devem ser

Leia mais

Programação OO em Java. Profa Andréa Schwertner Charão DELC/CT/UFSM

Programação OO em Java. Profa Andréa Schwertner Charão DELC/CT/UFSM Programação OO em Java Profa Andréa Schwertner Charão DELC/CT/UFSM Sumário Herança Visibilidade de atributos e métodos Extensão e sobreposição Uso de super Referências para objetos Polimorfismo Conceitos

Leia mais

Polimorfismo e Ligação Dinâmica. Alcides Pamplona Polimorfismo e Ligação Dinâmica

Polimorfismo e Ligação Dinâmica. Alcides Pamplona Polimorfismo e Ligação Dinâmica Alcides Pamplona Linguagem de Programação CESBD 2010 Alcides Pamplona alcides.pamplona@gmail.com Tópicos Ligação Dinamica Polimorfismo Verificação Dinâmica de Tipos 2 Introdução A vinculação ou ligação

Leia mais

Linguagens de Programação Conceitos e Técnicas. Amarrações

Linguagens de Programação Conceitos e Técnicas. Amarrações Linguagens de Programação Conceitos e Técnicas Amarrações Conceituação Amarração (ou binding) é uma associação entre entidades de programação, tais como entre uma variável e seu valor ou entre um identificador

Leia mais

Aula 4 TECNOLOGIA EM JOGOS DIGITAIS PROGRAMACAO E INTEGRACAO DE JOGOS I. Marcelo Henrique dos Santos

Aula 4 TECNOLOGIA EM JOGOS DIGITAIS PROGRAMACAO E INTEGRACAO DE JOGOS I. Marcelo Henrique dos Santos Aula 4 Mestrado em Educação (em andamento) Pós-graduação em Negócios em Mídias Digitais (em andamento) MBA em Marketing e Vendas Especialista em games : Produção e Programação Bacharel em Sistema de Informação

Leia mais

Para entender o conceito de objetos em programação devemos fazer uma analogia com o mundo real:

Para entender o conceito de objetos em programação devemos fazer uma analogia com o mundo real: Introdução a Orientação a Objetos com Java Autor: Professor Victor Augusto Zago Menegusso. Orientação a Objetos É um paradigma de programação que define a estrutura de um programa baseado nos conceitos

Leia mais

Desenvolvimento OO com Java Modificadores de acesso e atributos de classe

Desenvolvimento OO com Java Modificadores de acesso e atributos de classe Desenvolvimento OO com Java Modificadores de acesso e atributos de classe Vítor E. Silva Souza (vitor.souza@ufes.br) http://www.inf.ufes.br/~vitorsouza Departamento de Informática Centro Tecnológico Universidade

Leia mais

Orientação a Objetos. Vanessa Braganholo

Orientação a Objetos. Vanessa Braganholo Orientação a Objetos Vanessa Braganholo vanessa@ic.uff.br Paradigma estruturado } Código mais fácil de ler, mas ainda difícil para sistemas grandes devido a repetição de código } Só usa sequência, repetição

Leia mais

INF1636 PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS

INF1636 PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS INF1636 PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS Departamento de Informática PUC-Rio Ivan Mathias Filho ivan@inf.puc-rio.br Programa Capítulo 4 Tipos Enumerados Generalização e Herança Visibilidade Chamada de Construtores

Leia mais

Algoritmos. Algoritmos. Linguagem de programação. Conceitos. Conceitos. Conceitos. Sintaxe do comando para incluir bibliotecas no programa:

Algoritmos. Algoritmos. Linguagem de programação. Conceitos. Conceitos. Conceitos. Sintaxe do comando para incluir bibliotecas no programa: Algoritmos Algoritmos Leandro Tonietto Unisinos ltonietto@unisinos.br http://www.inf.unisinos.br/~ltonietto/inf/pg1/algoritmosi_java.pdf Mar-2008 Possuem sintaxe flexível e são mais úteis para descrição

Leia mais

CA: Cidade: UF CARTÃO RESPOSTA QUESTÃO RESPOSTA QUESTÃO RESPOSTA A F B G C H D I

CA: Cidade: UF CARTÃO RESPOSTA QUESTÃO RESPOSTA QUESTÃO RESPOSTA A F B G C H D I ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS TURMA 2008 2º PERÍODO - 4º MÓDULO AVALIAÇÃO MP1 DATA 06/11/2008 PROGRAMAÇÃO Dados de identificação do Acadêmico: Nome: Login: CA: Cidade: UF CARTÃO RESPOSTA QUESTÃO

Leia mais

PROGRAMAÇÃO JAVA. Parte 3

PROGRAMAÇÃO JAVA. Parte 3 PROGRAMAÇÃO JAVA Parte 3 O PRIMEIRO PROGRAMA O Java executa uma instrução a seguir a outra, pela ordem em que estão escritas. Essa sequência poderá ser contrariada de forma especial: Alternativas: Ciclos

Leia mais

Sintaxe Básica de Java Parte 2

Sintaxe Básica de Java Parte 2 Sintaxe Básica de Java Parte 2 Universidade Católica de Pernambuco Ciência da Computação Prof. Márcio Bueno poonoite@marciobueno.com Fonte: Material da Profª Karina Oliveira Instruções Condicionais A instrução

Leia mais

Introdução à reflexão em Java

Introdução à reflexão em Java Introdução à reflexão em Java 1 O que é a reflexão? Reflexão, o que é? Disponibilização, via API, de informação de tipo (metadata) em tempo de execução. Em Java esta API é composta pelas classes do package

Leia mais

Objetivo: Aplicar a técnica de encapsulamento no sistema de gestão acadêmica

Objetivo: Aplicar a técnica de encapsulamento no sistema de gestão acadêmica Unidade Acadêmica: Faculdade de Computação FACOM Disciplina: Programação Orientada a Objetos I Professor: Fabiano Azevedo Dorça Prática 03 Objetivo: Aplicar a técnica de encapsulamento no sistema de gestão

Leia mais

UNIDADE I AULA II. Introdução à programação Java

UNIDADE I AULA II. Introdução à programação Java UNIDADE I AULA II Introdução à programação Java Java é uma linguagem sensível ao caixa, ou seja, distingue maiúsculas de minúsculas: nome é diferente de Nome, por exemplo. Comentários São os textos usados

Leia mais

9 Classes Abstractas e Interfaces

9 Classes Abstractas e Interfaces 9 Classes Abstractas e Interfaces Classe Abstracta Classe em que pelo menos um dos métodos de instância não é implementado. Exemplo: public abstract class Forma{ public abstract double area(); public abstract

Leia mais

Curso Adonai QUESTÕES Disciplina Linguagem JAVA

Curso Adonai QUESTÕES Disciplina Linguagem JAVA 1) Qual será o valor da string c, caso o programa rode com a seguinte linha de comando? > java Teste um dois tres public class Teste { public static void main(string[] args) { String a = args[0]; String

Leia mais

Linguagem de Programação Introdução a Orientação a Objetos

Linguagem de Programação Introdução a Orientação a Objetos Linguagem de Programação Introdução a Orientação a Objetos Rafael Silva Guimarães Instituto Federal do Espírito Santo Campus Cachoeiro de Itapemirim Definição de Orientação a Objetos. Orientação a Objetos:

Leia mais

Tratamento de Exceções

Tratamento de Exceções Tratamento de Exceções Universidade Católica de Pernambuco Ciência da Computação Prof. Márcio Bueno poonoite@marciobueno.com Fonte: Material da Profª Karina Oliveira Introdução Exceções São eventos que

Leia mais

Programação por Objectos. Java

Programação por Objectos. Java Programação por Objectos Java Parte 5: Associações LEEC@IST Java 1/32 Associação revisão Uma associação representa uma referência entre objectos. Numa associação são definidos: Identificador termo descritivo

Leia mais

Threads. O que é uma Thread? Paralelismo

Threads. O que é uma Thread? Paralelismo Threads em Java 1 O que é uma Thread? Paralelismo Threads Multi- threading é o mecanismo de concorrência suportado explicitamente pela linguagem Java. Os mecanismos de gerenciamento e sincronização de

Leia mais

Conceitos Básicos da Programação OO

Conceitos Básicos da Programação OO Conceitos Básicos da Programação OO Universidade Católica de Pernambuco Ciência da Computação Prof. Márcio Bueno poonoite@marciobueno.com Fonte: Material da Profª Karina Oliveira Objetivos Aprender os

Leia mais

Universidade Federal do Espírito Santo. Programação I Tipos de Dados Básicos - C Professora: Norminda Luiza

Universidade Federal do Espírito Santo. Programação I Tipos de Dados Básicos - C Professora: Norminda Luiza Universidade Federal do Espírito Santo Programação I Tipos de Dados Básicos - C Professora: Norminda Luiza Variáveis Tipos de Dados Básicos Formação dos identificadores o nome deve começar com uma letra

Leia mais

Programação Orientada a Objetos (utilizando C#) Professor Emiliano S. Monteiro Versão 12 Out/2016.

Programação Orientada a Objetos (utilizando C#) Professor Emiliano S. Monteiro Versão 12 Out/2016. Programação Orientada a Objetos (utilizando C#) Professor Emiliano S. Monteiro Versão 12 Out/2016 3.18. Arranjos/Array - Unidimensional Declaração de arranjos: = ;

Leia mais

Java. Marcio de Carvalho Victorino www.dominandoti.eng.br

Java. Marcio de Carvalho Victorino www.dominandoti.eng.br Java Marcio de Carvalho Victorino www.dominandoti.eng.br 3. Considere as instruções Java abaixo: int cont1 = 3; int cont2 = 2; int cont3 = 1; cont1 += cont3++; cont1 -= --cont2; cont3 = cont2++; Após a

Leia mais

Universidade Estadual de Santa Cruz

Universidade Estadual de Santa Cruz Universidade Estadual de Santa Cruz Departamento de Ciências Exatas e Tecnológicas DCET Bacharelado em Ciência da Computação Professor: Esbel Tomás Valero Orellana Linguagem de Programação III Introdução

Leia mais

Aprendendo. Java 2. Rodrigo Mello Ramon Chiara Renato Villela. Novatec Editora Ltda.

Aprendendo. Java 2. Rodrigo Mello Ramon Chiara Renato Villela. Novatec Editora Ltda. Aprendendo Java 2 Rodrigo Mello Ramon Chiara Renato Villela Novatec Editora Ltda. www.novateceditora.com.br 1 Programação Orientada a Objetos O que é Programação Orientada a Objetos? É um paradigma de

Leia mais

Módulo 1. Introdução. AEDS I C++ (Rone Ilídio)

Módulo 1. Introdução. AEDS I C++ (Rone Ilídio) Módulo 1 Introdução AEDS I C++ (Rone Ilídio) Introdução Linguagens de Programação Fonte Compilador Executável SO I Hardware C++ - Características Evolução do C, ou seja, possui a mesma sintaxe É uma linguagem

Leia mais

Programação: Vetores

Programação: Vetores Programação de Computadores I Aula 09 Programação: Vetores José Romildo Malaquias Departamento de Computação Universidade Federal de Ouro Preto 2011-1 1/62 Motivação Problema Faça um programa que leia

Leia mais

Programação de Computadores para GI

Programação de Computadores para GI Programação de Computadores para GI Aula 05 Java - Identificadores Nomes que o programa manipula: variáveis, constantes, subprogramas e classes Não devem começar com números nem com _ Não existe tamanho

Leia mais

Programação Orientada a Objetos Flávio de Oliveira Silva 144

Programação Orientada a Objetos Flávio de Oliveira Silva 144 HERANÇA Herança é a capacidade de uma subclasse de ter acesso as propriedades da superclasse(também chamada classe base) relacionada a esta subclasse. Dessa forma os atributos e métodos de uma classe são

Leia mais

Algoritmos I Aula 13 Linguagem de Programação Java

Algoritmos I Aula 13 Linguagem de Programação Java Algoritmos I Aula 13 Linguagem de Programação Java Professor: Max Pereira http://paginas.unisul.br/max.pereira Ciência da Computação IDE Eclipse IDE (Integrated development environment) Criar um projeto

Leia mais

Linguagens de Programação PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES. Linguagem C. Linguagem C Estrutura Básica. Constante (literais) Linguagem C Primeiro Programa

Linguagens de Programação PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES. Linguagem C. Linguagem C Estrutura Básica. Constante (literais) Linguagem C Primeiro Programa Linguagens de Programação PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES Linguagem C - Introdução Linguagens de Máquina Representação numérica Difícil utilização e compreensão Específica para cada máquina Linguagens Simbólicas(Assembly)

Leia mais

Métodos. Utilizados para dividir o programa em subprogramas

Métodos. Utilizados para dividir o programa em subprogramas Métodos Isidro Métodos Utilizados para dividir o programa em subprogramas Métodos Porque é importante o uso de métodos? Evita retrabalho Diminui o tamanho do código Aumenta a clareza Dividir e Conquistar

Leia mais

AULA 11 PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS (INTRODUÇÃO) Disciplina: Programação Orientada a Objetos Professora: Alba Lopes

AULA 11 PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS (INTRODUÇÃO) Disciplina: Programação Orientada a Objetos Professora: Alba Lopes AULA 11 PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS (INTRODUÇÃO) Disciplina: Programação Orientada a Objetos Professora: Alba Lopes alba.lopes@ifrn.edu.br CONCEITOS FUNDAMENTAS Na computação, temos um problema a ser

Leia mais

INF1636 PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS

INF1636 PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS INF1636 PROGRAMAÇÃO ORIENTADA A OBJETOS Departamento de Informática PUC-Rio Ivan Mathias Filho ivan@inf.puc-rio.br Programa Capítulo 9 Tratamento de Exceções Assertivas 1 Programa Capítulo 9 Tratamento

Leia mais

Métodos Computacionais

Métodos Computacionais Métodos Computacionais Objetivos da Disciplina e Introdução a Linguagem C Construções Básicas Objetivos da Disciplina Objetivo Geral Discutir técnicas de programação e estruturação de dados para o desenvolvimento

Leia mais

Tipos de Dados, Variáveis e Entrada e Saída em C. DCC 120 Laboratório de Programação

Tipos de Dados, Variáveis e Entrada e Saída em C. DCC 120 Laboratório de Programação Tipos de Dados, Variáveis e Entrada e Saída em C DCC 120 Laboratório de Programação Variáveis Uma variável representa um espaço na memória do computador para armazenar um determinado tipo de dado. Em C,

Leia mais

Programação Orientada a Objeto (POO)

Programação Orientada a Objeto (POO) Programação Orientada a Objeto (POO) Prof Francesco Artur Perrotti Classes e Objetos Classe pode ser definida como uma categoria de objetos. Usamos as classes para facilitar o entendimento dos objetos

Leia mais

Linguagem Java Parte I. Sintaxe. Algumas características

Linguagem Java Parte I. Sintaxe. Algumas características Programação Na Web Linguagem Java Parte I Sintaxe António Gonçalves Algumas características Estruturas de controlo, operadores, expressões e tipos básicos são semelhantes ao C++/C. Não há apontadores;

Leia mais

Módulo 04 Expressões, Estruturas de Seleção e Controle de Fluxo. Última atualização: 09/06/2010

Módulo 04 Expressões, Estruturas de Seleção e Controle de Fluxo. Última atualização: 09/06/2010 Módulo 04 Expressões, Estruturas de Seleção e Controle de Fluxo Última atualização: 09/06/2010 Objetivos Distinguir entre variáveis de instância e locais; Descrever como iniciar variáveis de instância;

Leia mais

Fabiano Moreira.

Fabiano Moreira. Fabiano Moreira professor@fabianomoreira.com.br Um pouco de história Java 1.02 (250 classes, lenta) Java 1.1 (500 classes, um pouco mais rápida) Java 2, versões 1.2-1.4 (2300 classes, muito mais rápida)

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CURSO: Ciência da Computação DATA: / / 2013 PERÍODO: 4 o. PROFESSOR: Andrey DISCIPLINA: Técnicas Alternativas de Programação AULA: 02 APRESENTAÇÃO: Apresentação; conceitos básicos da linguagem java; estrutura

Leia mais