A França, 3º país de destino dos estudantes estrangeiros

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A França, 3º país de destino dos estudantes estrangeiros"

Transcrição

1

2 A França, 3º país de destino dos estudantes estrangeiros p. 4 p. 8 p. 10 p. 12 p. 14 p. 16 p. 18 p. 20 p. 22 p. 24 p. 26 ESCOLHER A FRANÇA Introdução Os diplomas A formação doutoral As universidades As «Grandes Écoles» as formações de engenharia as formações de comércio e management As escolas de arquitetura As escolas de arte ; as escolas especializadas ESTUDAR NA FRANÇA Introdução Escolher uma formação Inscrever-se em um estabelecimento francês Bolsas e financiamentos Pedir o visto p. 28 p. 30 p. 32 p. 34 VIVER NA FRANÇA Introdução Acomodação Trabalhar ; seguros Quanto custa? p. 36 p. 38 A Agência CampusFrance Na Internet 3

3 Escolher a França 6ª potência mundial, a França deve seu desempenho à qualidade de suas formações e à sua capacidade de pesquisa e de inovação. Mais de estudantes estrangeiros, ou seja, cerca de 12% da população estudantil, escolheram estudar na França, o que a posiciona como o terceiro país de destino dos estudantes estrangeiros, depois dos Estados Unidos e do Reino Unido. Beneficiar-se de uma tradição de pesquisa e inovação científica e tecnológica de primeira linha A França deve seu desempenho à sua capacidade de pesquisa e ao êxito nas mais diversas áreas, como o espaço, os transportes, a eletrônica, as telecomunicações, a química, as biotecnologias, a saúde e a matemática. Recentemente as instituições francesas passaram a se organizar em Pólos de Pesquisa e de Ensino Superior, os PRES. Essa nova ferramenta de troca de experiência entre ensino superior e pesquisa reafirma o desejo de manter o desempenho francês entre os maiores do mundo. 6ª potência econômica mundial, a França é também um dos países mais abertos aos investimentos estrangeiros. Ingressar em um dos mais fortes e diversificados sistemas de ensino Resultado de uma longa tradição, a excelência das formações francesas se apóia em uma rede nacional de mais de 3500 estabelecimentos de ensino superior públicos e privados, além de centros de pesquisa de renome internacional: 88 universidades, cerca de 240 escolas e formações em engenharia, mais de 200 escolas de comércio e management, 120 escolas superiores públicas de arte, 20 escolas de arquitetura. Acrescentam-se mais de 3000 escolas ou institutos especializados em áreas como as carreiras sociais, as profissões médicas, o turismo, o esporte, a moda, o design Garantir uma formação de qualidade Mais de 20% do orçamento nacional é destinado à educação. As exigências desse financiamento asseguram a qualidade dos diplomas outorgados. Nos estabelecimentos públicos, o Estado se encarrega diretamente de uma parte importante do custo real dos estudos (de 6000 a euros anuais por estudante). Esse investimento permite que as taxas de inscrição nos estabelecimentos públicos franceses estejam entre as mais baixas do mundo, ao mesmo tempo em que garante a qualidade das formações. Não existe nenhuma distinção no tratamento dos estudantes estrangeiros e franceses: as condições de acesso são idênticas, os diplomas outorgados e os custos de inscrição são os mesmos, qualquer que seja a nacionalidade dos estudantes. 4 5

4 No coração da Europa, as vantagens de viver na França A certeza da qualidade de vida Auxílios e descontos são concedidos aos estudantes em todos os aspectos da vida quotidiana para garantir que eles tenham uma boa qualidade de vida: um sistema de saúde moderno, uma rede de transporte público eficaz, auxílio-moradia, restaurantes universitários, acesso privilegiado a instituições culturais e esportivas... Além das grandes cidades, a França oferece uma rara variedade de paisagens, da costa marítima aos maciços montanhosos, convidando a todo tipo de lazer. Um dinamismo cultural invejável Livros, cinemas, museus, teatros, ópera, cafés, gastronomia, moda, tudo isso está presente no quotidiano e explica por que a França tem um papel tão importante na área cultural. Durante todo o ano, e particularmente na primavera e no verão, numerosas manifestações comprovam esse dinamismo e a real abertura à diversidade cultural. 6 A França, primeiro destino turístico mundial Maison de la France, site oficial do turismo na França Portal cartográfico da França (IGN) Agência francesa de investimentos internacionais- AFII No centro da Europa A França, que faz fronteira com 9 países, é o ponto de partida ideal para conhecer a Europa. A proximidade de cidades como Amsterdã, Londres, Berlim, Bruxelas, Barcelona, Munique ou Milão é a ocasião para descobrir a Europa durante um fimde-semana ou uma viagem mais longa. Uma prova de que viver na França é viver na Europa: diversos estabelecimentos franceses incluem em suas formações cursos ou estágios em outros países da Europa, para que os estudantes franceses e estrangeiros possam enriquecer sua formação com novas descobertas e novos aprendizados. A Francofonia, uma abertura para o mundo A língua francesa, falada por mais de 200 milhões de pessoas no mundo, dá acesso privilegiado a 47 países nos cinco continentes. As três capitais da União Européia, Bruxelas, Luxemburgo e Estrasburgo, são francófonas e, em suas instituições, o francês é a língua de trabalho, ao lado do inglês e do alemão. O francês é também uma das duas línguas de trabalho da ONU, uma das duas línguas oficiais do Comitê Internacional Olímpico, a língua principal da União Africana... CampusFrance, a agência nacional a serviço dos estudantes estrangeiros para o sucesso de seu projeto de estudos na França A Agência CampusFrance acompanha todas as etapas do projeto de estudos: divulgação, informação, inscrição online, preparação da viagem, recepção. O site campusfrance.org e os Espaços CampusFrance são os motores desse dispositivo global a serviço dos estudantes. campusfrance.org: informe-se, escolha sua formação, inscreva-se, prepare sua viagem... Os Espaços CampusFrance: mais de 100 escritórios no mundo inteiro informam e orientam os estudantes. campusfrance.org >CampusFrance dans le monde 7

5 Escolher a França Os diplomas Os diplomas do ensino superior francês têm garantia do Estado. Os diplomas do ensino superior francês são estruturados de acordo com uma arquitetura européia comum LMD que toma como referência os anos ou semestres de estudos validados desde o ingresso no ensino superior e os créditos ECTS* correspondentes: Principais diplomas do ensino superior francês + 9 anos Diploma Nacional de Doutor em Medicina 8 Licence = 6 semestres = 180 ECTS (Baccalauréat ou equivalente + 3 anos) Master = 10 semestres = 300 ECTS (Baccalauréat ou equivalente + 5 anos) Doctorat = 16 semestres (Baccalauréat ou equivalente + 8 anos) As universidades outorgam diplomas nacionais, que são garantidos pelo Estado e possuem o mesmo valor, qualquer que seja o estabelecimento que o emitiu. O diploma de engenheiro é um diploma nacional e as escolas que o outorgam são habilitadas pela Comissão de Títulos de Engenharia (CTI). Nota: o baccalauréat é o exame de acesso ao ensino superior. Um procedimento análogo existe para as escolas de comércio e de gestão, reconhecidas pelo Estado, podendo assim emitir diplomas habilitados pelo Ministério da Educação, ou ainda titulares de selos ou habilitações internacionais. As escolas de arte e as escolas especializadas também são submetidas a certificações nacionais. MASTER DOCTORAT LICENCE + 8 anos 16 semestres + 6 anos Doctorat (Doutorado) Diploma Nacional de Doutor em Odontologia Diploma Nacional de Doutor em Farmácia M1 + M2 Master recherche (Master de pesquisa) + 5 anos Master professionnel (Master profissional) 10 semestres Diploma de engenheiro 300 ECTS Diplomas das Escolas de Comércio e Gestão L anos 6 semestres 180 ECTS L 1 + L anos 4 semestres Licence Licence professionnelle (Licence profissional) Les diplômes de l enseignement supérieur français bénéficient de la garantie de l État. Diploma Universitário de Tecnologia (DUT) Brevê de Técnico Superior (BTS) Fim do segundo ciclo + Baccalauréat = Entrada no ensino superior *Créditos ECTS : (European Credit Transfer System), sistema europeu de transferência de créditos acadêmicos capitalizáveis e transferíveis na Europa (60 ECTS por ano). Nota: Todos os estudantes estrangeiros inscritos em um curso superior em seu país podem solicitar sua inscrição em um estabelecimento de ensino superior na França, desde que atendam aos critérios de admissão. 9

6 Escolher a França 10 A formação doutoral Todos os estudantes titulares de um Master ou equivalente podem candidatar-se a um doutorado. O doutorado tem normalmente a duração de 3 anos e leva, após a defesa da tese, à obtenção do grau de doutor. A pesquisa científica na França: uma prioridade A França dedicou 2,16% de seu PIB em 2006 (38 bilhões de euros) às atividades de pesquisa pública e privada. Em 2008, a França conta cerca de doutorandos e mais de pesquisadores, metade deles no setor público. Desde 2005, diversos novos instrumentos de mutualização, de financiamento, de avaliação da pesquisa foram criados, prova ao mesmo tempo do desejo de evolução e da vitalidade da pesquisa francesa: a Agência nacional da pesquisa (ANR), que administra os financiamentos a projetos de pesquisa novas ferramentas em favor da mutualização: os pólos de pesquisa e de ensino superior (PRES), as redes temáticas de pesquisa avançada (RTRA), os centros temáticos de pesquisa e de cuidados médicos (CTRS), os pólos de competitividade; um apoio importante aos Departamentos de Pesquisa e Desenvolvimento (P D) das empresas. A formação doutoral A formação doutoral é realizada junto a uma equipe ou unidade de pesquisa (UR), sempre vinculada a uma escola doutoral (UR), sob a direção e a responsabilidade de um orientador. Em sua maioria associadas às universidades, as escolas doutorais federam equipes de pesquisa em torno de temáticas científicas. Elas organizam e coordenam as formações doutorais e garantem a execução de projetos científicos coerentes. A solicitação de inscrição em doutorado se faz junto a uma escola doutoral teses são defendidas por ano. Uma a cada três teses é defendida por um estudante estrangeiro. Financiar seu doutorado O financiamento da tese é muitas vezes um prérequisito para a inscrição no doutorado. As alocações de pesquisa são o principal instrumento de ajuda financeira do Estado francês aos doutorandos, com 4000 alocações por ano atribuídas aos estudantes franceses e estrangeiros, por um período de três anos. Uma reforma está em andamento para simplificar ainda mais esse modo de financiamento, propondo um real contrato doutoral. As convenções industriais de formação pela pesquisa (CIFRE) As CIFRE permitem que jovens pesquisadores realizem sua tese dentro de uma empresa, conduzindo um programa de pesquisa e desenvolvimento em parceria com uma equipe de pesquisa externa à empresa. O doutorando deve ser titular de um Master ou de um diploma de engenheiro. A co-tutela internacional de tese Definida por uma convenção entre dois estabelecimentos de ensino superior, um francês e outro estrangeiro, ela possibilita a preparação de uma tese nos dois países, conforme modalidades precisas: os doutorandos efetuam seus trabalhos sob a responsabilidade de um orientador de tese em cada um dos países a preparação da tese se dá nos dois estabelecimentos, em períodos alternados a língua de redação da tese é definida pela convenção após uma só defesa o doutorando recebe dois diplomas A co-tutela de tese recebe, em princípio, um auxílio financeiro que cobre prioritariamente as despesas ocasionadas pela mobilidade do doutorando. A criação dos collèges doctoraux, que reúnem universidades francesas e estrangeiras para o intercâmbio de doutorandos, apóia esse instrumento de auxílio à mobilidade. programmes/bfe/ >toutes les formations en France >niveau D O catálogo online apresenta a totalidade das escolas doutorais e de suas unidades de pesquisa: elas são acessíveis a partir de um motor de busca bilíngüe francês/inglês ( palavras-chave e 80 áreas de estudos). Fichas específicas de cada escola doutoral completam a informação. 11

7 Escolher a França As universidades Mais de 2,2 milhões de estudantes estão inscritos nas instituições francesas. 2/3 nas universidades. Contrariamente aos países anglo-saxões, o ensino privado é pouco representado na França (inferior a 15%). Financiadas pelo Estado, as 88 universidades públicas são repartidas em todo o território, da Sorbonne (fundada em 1257) em Paris, até o campus high-tech de Nice-Sophia-Antipolis. Os estudos de medicina, farmácia e odontologia são oferecidos por universidades que funcionam em colaboração com importantes hospitais, os CHU (centros hospitalares universitários), propondo um programa comum oficial. As universidades abrangem todas as áreas do conhecimento: As ciências matemática, química, física, biologia ; as tecnologias informática, ciências da engenharia, eletrotécnica, materiais...; letras, línguas, artes, ciências humanas, direito, economia, gestão, saúde, esporte. E também todos os níveis de estudos. Diplomas nacionais: Licence (3 anos), Master (5 anos), Doctorat (8 anos). A pesquisa, um componente estrutural das universidades Coordenadas por professores-pesquisadores, mais de 300 escolas doutorais asseguram a formação em pesquisa, em estreita ligação com mais de 1200 laboratórios. As escolas doutorais francesas sempre foram muito abertas à internacionalização: de 2004 a 2007 o crescimento do número de estudantes estrangeiros inscritos em doutorado foi de 9%. A universidade francesa soube atender às exigências do mundo moderno desenvolvendo carreiras tecnológicas e diplomas com finalidade profissional. A abertura cada vez maior para o mundo empresarial e para a internacionalização torna os cursos ainda mais profissionais. as formações em engenharia, que outorgam cerca de 60% dos títulos de engenheiro na França; mais de 700 especialidades em Licence professionnelle; as formações técnicas, com os Institutos Universitários de Tecnologia (IUT), que oferecem mais de 25 especialidades; as formações em fgerneciamento, com os Institutos de Administração de Empresas (IAE); as ciências políticas e a economia, com os Institutos de Estudos Políticos (IEP); o jornalismo e a comunicação, com, por exemplo, a escola de altos estudos de ciências da informação e da comunicação (CELSA), o Centro Universitário de Ensino de Jornalismo da Universidade de Strasbourg... Modalidades de acesso dos estrangeiros aos estudos de medicina Nenhum acesso direto é possível durante a graduação de medicina geral. Um estudante estrangeiro que ainda não tenha obtido o diploma de medicina em seu país, deve, qualquer que seja seu nível de estudos, freqüentar o primeiro ano do primeiro ciclo (PCEM) e realizar o concurso do fim do ano. Se ele passar nesse concurso, ele pode então ingressar no nível que havia atingido em seu país após avaliação de seu histórico para determinar o nível de equivalência. Quanto à especialização, formações não diplomantes existem para os estudantes estrangeiros de medicina: AFS (Atestado de Formação Especializada) para os médicos que estão cursando uma especialização (de 2 a 4 semestres), ou AFSA (Atestado de Formação Especializada Aprofundada) para os médicos já especializados (de 1 a 2 semestres). Todos esses estudos requerem um bom nível de francês. >espace documentaire>enseignement supérieur>fiche Médecine 12 13

8 Escolher a França As Grandes Écoles 6 escolas francesas entre as 10 melhores nos cursos de Master em Management (Financial Times 2008) e 3 entre os 100 melhores MBA (The Economist 2008). Uma particularidade francesa, as Grandes Écoles, criadas paralelamente ao sistema universitário desde o início do século XIX, oferecem um ensino profissional de alto nível e são muito seletivas. Essas escolas recebem estudantes. As Grandes Écoles outorgam diplomas de nível Bac+5 (5 anos de estudos superiores) com o grau de Master reconhecido pelo Estado. Elas também oferecem diplomas intermediários e especializações: Bachelor (Bac + 3 ou 4), Master of Science MSc (Bac + 4 ou 5), MBA (Master of Business Administration), Mastère Spécialisé - Ms (Bac + 6). O clássico sistema de admissão nas «Grandes Écoles» (admissão por concurso após 2 anos de curso preparatório em uma formação de 3 anos) evoluiu para se adaptar às necessidades profissionais modernas. Especialmente concebidos para os estudantes estrangeiros, existem processos de admissão paralelos, mediante apresentação de histórico escolar, para cursos com duração de 2 a 5 anos conforme o nível de ingresso aceito pelo estabelecimento. Algumas Grandes Écoles aceitam estudantes estrangeiros logo após o baccalauréat ou equivalente (exame de acesso ao ensino superior). As formações de engenharia Existem cerca de 240 escolas de engenharia na França, abrangendo todas as especialidades. Elas possuem características comuns, o que garante a qualidade do diploma de engenheiro que confere o grau de Master. O diploma de engenheiro é um diploma nacional e permite a inscrição em doutorado. Conforme a escola o diploma pode ser generalista ou mais especializado (agronomia, química, biologia, informática etc.). A taxa de inscrição nas escolas públicas é de cerca de 500 por ano. As formações de comércio e management Todas as Grandes Écoles de comércio e de management, cerca de 220, são reconhecidas pelo Estado e podem ter outras acreditações oficiais: o «visto» emitido pelo Ministério da Educação ; a inscrição no Chapitre des Grandes Écoles, emitida pela Conferência das Grandes Écoles. As outras escolas de comércio e de gestão, muito numerosas e abrangendo diferentes níveis de estudos, oferecem cursos e pedagogia adaptados à evolução do contexto econômico e às novas práticas do management, freqüentemente articuladas em torno de estágios e intercâmbios internacionais. A maioria das escolas de comércio é privada e o custo dos estudos varia entre 3000 e por ano. Nota As certificações CGE, EQUIS, AACSB e AMBA das Escolas de Comércio e de Gestão, símbolos de uma adequação aos padrões internacionais, são atribuídas às escolas ou aos diplomas outorgados por elas. Eles são prova do reconhecimento internacional das formações. Além das formações de engenharia ou de gestão e comércio, que são a maior parte, também são oferecidas formações na área da administração pública (ENA), defesa, ensino superior e pesquisa (nas Escolas Normais Superiores), ou ainda agronomia e veterinária. As escolas normais superiores Existem 4 escolas normais superiores, em Paris Cachan e Lyon (ciências e letras). Elas formam professores e pesquisadores de alto nível, tanto nas disciplinas literárias como nas científicas. Para os estudantes estrangeiros, a seleção é feita mediante documentação e concurso após a graduação. Para os estudantes europeus há um concurso específico ENS- Europa

9 Escolher a França As escolas de arquitetura As escolas de arte CampusArt Os estudos de arquitetura também integram o sistema europeu de harmonização LMD (Licence, Master, Doctorat): o primeiro ciclo de estudos tem uma duração de 3 anos e conduz ao diploma de estudos em arquitetura, conferindo o grau de Licence; o segundo ciclo tem uma duração de 2 anos e conduz ao diploma de Estado de arquiteto, conferindo o grau de Master; o terceiro ciclo de estudos tem duração de 3 anos e conduz ao título de Doutorado, conferindo o grau de Doutor. As 20 escolas de arquitetura dependem do Ministério da Cultura e outorgam, no sexto ano de estudos, diplomas de especialização e aprofundamento em arquitetura e a HMONP (habilitação de arquitetura diplomado do Estado autorizado a exercer e a assinar como responsável de uma obra). Duas outras escolas outorgam diplomas igualmente reconhecidos: o Instituto nacional de ciências aplicadas (INSA) de Strasbourg (antiga ENSAIS), estabelecimento público a Escola especial de arquitetura (ESA), estabelecimento privado. As Escolas Superiores de arte ou de artes aplicadas são estabelecimentos públicos de alto nível que outorgam diplomas nacionais após 3 e 5 anos de estudos. As escolas privadas e as escolas que dependem das Câmaras de Comércio (chamadas «escolas consulares») outorgam títulos registrados pela Comissão Nacional de Certificação Profissional (CNCP) e classificados segundo o nível de emprego a que eles dão acesso. Todas são muito seletivas, e o processo pode incluir concurso ou entrevistas. Mais informações: >espacedocumentaire >enseignement supérieur >Fiches du domaine de l art >infos pratiques > formation As escolas especializadas Candidatura online a 60 escolas de arte francesas da rede CampusArt A rede CampusArt oferece cerca de 200 formações artísticas propostas nos níveis de Licence ou Master. Um único dossiê online permite que os estudantes estrangeiros que já tenham cursado no mínimo três anos de estudos superiores em artes enviem suas candidaturas ao conjunto dos 60 estabelecimentos da rede. As escolas chamadas especializadas completam a oferta de formação superior francesa em áreas muito específicas, como o jornalismo, o turismo, a gastronomia, a moda, os estudos políticos etc. Esses estabelecimentos outorgam diplomas de Estado ou certificados próprios. A duração dos estudos é de 2 a 5 anos e a admissão se dá mediante concurso ou apresentação de documentos

10 Estudar na França Seja no nível Licence, Master ou Doctorat, é preciso definir com precisão seu projeto de estudos e seus objetivos a fim de escolher o curso e o tipo de estabelecimento de ensino superior mais adaptado. Se o nível de estudos e a área pretendida forem coerentes com o percurso anterior, são maiores as chances de admissão. A riqueza e a diversidade do ensino superior francês asseguram ao estudante estrangeiro uma formação adaptada a seu percurso e às suas necessidades. 18 BREST RENNES NANTES LA ROCHELLE PAU CAEN LE MANS POITIERS BORDEAUX AMIENS LE HAVRE ROUEN ANGERS LIMOGES TOULOUSE PARIS LILLE ORLÉANS CLERMONT FERRAND ARRAS VALENCIENNES MONTPELLIER PERPIGNAN REIMS ST-ETIENNE Uma das riquezas do ensino superior francês é a diversidade de percursos e formações possíveis em uma mesma área. Existem em todo o território francês estabelecimentos de grande qualidade em todas as áreas: universidades, escolas de management, escolas de engenharia e escolas de arte de alto nível. METZ NANCY STRASBOURG MULHOUSE DIJON LYON AVIGNON AIX BESANÇON CHAMBERY GRENOBLE MARSEILLE TOULON NICE CORTE Informar-se para escolher bem Com visitas por mês, o site da Agência CampusFrance é um portal único de acesso a todas as informações relacionadas à preparação de uma estadia de estudos na França. Essas informações são adaptadas e difundidas em língua local em mais de 20 países. >CampusFrance dans mon pays 19

11 Estudar na França Escolher uma formação CampusFrance, informação completa à sua disposição Falar francês para estudar na França? >toutes les formations en France O catálogo online das formações superiores francesas apresenta mais de cursos em mais de 6000 estabelecimentos de ensino superior, da graduação ao doutorado. Desde a página inicial o estudante encontrará informações básicas sobre o ensino superior francês (organização dos estudos, estabelecimentos, diplomas). Um motor de busca permite identificar muito facilmente uma formação por nível, palavra-chave ou ainda por região da França. Ele também dá acesso direto ao site do estabelecimento escolhido, além de trazer informações sobre a instituição. Páginas específicas informam sobre certos temas mais procurados: «Masters Erasmus Mundus», «Cursos em inglês», «Estudar francês na França», «MBA», «Fichas por área de conhecimento», «Cursos e estágios verão / inverno». >toutes les formations en France > les formations enseignées en anglais Diversas formações são agora oferecidas em inglês, principalmente nas áreas de comércio e gestão, direito e economia, engenharia e tecnologias, ciências naturais e meio ambiente, agricultura, arte, design e moda. O Catálogo CampusFrance das formações superiores ministradas em inglês apresenta a lista completa das 550 formações acessíveis aos estudantes anglofones. Os Espaços CampusFrance: mais de 100 escritórios do CampusFrance em 75 países oferecem um acompanhamento personalizado Os Espaços CampusFrance permitem que os estudantes se dirijam diretamente a profissionais que podem ajudá-lo a preparar seu projeto de estudos na França. As equipes dos Espaços CampusFrance estão lá para responder a todas as questões dos estudantes interessados na oferta de formação francesa, desde a busca das primeiras informações até a pré-inscrição na universidade. Eles oferecem uma ajuda concreta e personalizada: análise do projeto de estudos e auxílio na escolha de uma formação adequada, constituição do dossiê de candidatura e acompanhamento junto aos estabelecimentos até a resposta sobre a admissão. Para inscrever-se no primeiro ou no segundo ano da universidade (L1 e L2) ou em qualquer nível de uma escola de arquitetura, os candidatos estrangeiros (de fora da União Européia) devem realizar um procedimento específico (DAP) e comprovar seu nível de francês, seja por um teste (TCF-DAP ou TEF), ou por um diploma (DELF/DALF). > Para candidatar-se ao terceiro ano de Licence, ao Master ou ao Doutorado, ou ainda nas «Grandes Ecoles», é necessário confirmar com a instituição de ensino quais são os requisitos, pois as universidades são autônomas para decidir sobre o nível de francês exigido. > ficha : Compétences en français à l entrée dans un établissement supérieur 20 21

12 Estudar na França Inscrever-se em um estabelecimento francês Na França, no ensino superior público, o Estado se encarrega da maior parte do custo real dos estudos 22 Os estudantes estrangeiros, quando não são bolsistas, se beneficiam da mesma maneira que os estudantes franceses de taxas de matrícula particularmente interessantes nas universidades e nos outros estabelecimentos públicos (de 160 a 500 por ano). O custo real da formação, muito mais elevado (de a por ano), é pago pelo Estado: assim, os estudantes estrangeiros são por princípio bolsistas do governo francês. A inscrição acontece em 3 etapas Obtenção da carta de admissão junto ao estabelecimento escolhido. Ela é necessária para a obtenção do visto de estudante. Inscrição administrativa que valida a admissão. É necessário matricular-se na universidade no momento da chegada na França. A matrícula está condicionada ao pagamento das taxas de inscrição (anuais). O certificado de escolaridade e a carteira de estudante são as provas de que a matrícula foi efetuada, e são necessárias para a obtenção da carte de séjour (permissão de residência). Inscrição pedagógica, gratuita. Mediante convocação, após a inscrição administrativa, a inscrição pedagógica finaliza a admissão: escolha dos horários das disciplinas obrigatórias, escolha das optativas e das modalidades de exame. Nota Não existe equivalência automática entre os diplomas estrangeiros e os diplomas franceses. O pedido de equivalência permite avaliar o número de anos de estudos superiores que corresponde aos estudos efetuados no país de origem do candidato. Esse pedido deve ser feito no momento do pedido de admissão (candidatura) junto ao estabelecimento. Podem ser levadas em conta também as experiências profissionais na área em questão. É ao estabelecimento de ensino que cabe a decisão sobre a admissão e sobre o nível de estudos no qual o candidato será admitido. Taxas de inscrição nos estabelecimentos franceses de ensino superior Na França, as taxas de inscrição anuais nos estabelecimentos públicos são determinadas pelo Governo euros para a Licence (graduação), 226 euros para o Master (pós-graduação / mestrado), 342 euros para o Doutorado, 538 euros nas escolas de engenharia. A essas taxas podem ser acrescidas despesas suplementares por serviços específicos para certos programas e a adesão obrigatória à seguridade social estudantil. O custo das inscrições nos estabelecimentos públicos, principalmente nas escolas de comércio, é mais elevado, podendo variar entre e por ano. Candidatura online para 30 países, passagem obrigatória para realizar o projeto de estudos na França. Um espaço personalizado na Internet permite que o estudante: apresente um único dossiê de candidatura online a diversos estabelecimentos; acompanhe a evolução de sua candidatura em tempo real, desde o pedido de admissão até a obtenção do visto de estudante; dialogue com a equipe CampusFrance. A conclusão desse acompanhamento é uma entrevista pessoal que possibilita ao estudante apresentar seu projeto de estudos e, eventualmente, comprovar o seu nível de francês através de um atestado exigido pelos estabelecimentos. Esse procedimento online inclui também a etapa pré-consular e integra a solicitação do visto através do Espaço CampusFrance. Países em que esse procedimento existe: Argélia, Argentina, Benin, Brasil, Camarões, Canadá, Chile, China, Colômbia, Congo Brazzaville, Coréia do Sul, Costa do Marfim, Estados Unidos, Gabão, Guiné, Índia, Líbano, Madagascar, Mali, Marrocos, Ilhas Maurício, México, Rússia, Senegal, Síria, Taiwan, Tunísia, Turquia, Vietnã > S inscrire 23

13 Estudar na França Bolsas e financiamentos As Bo l s a s d o Ministério d a s Relações exteriores e européias Qualquer que seja o país de residência ou o tipo de bolsa, os candidatos devem, pelo menos um ano antes de sua partida para a França, dirigir-se ao serviço de cooperação e de ação cultural da Embaixada da França em seu país. > Services et formulaires > Espace étudiants > Etudier en France > Financer le projet As bolsas das Embaixadas francesas no exterior Bolsas de estudos A «bolsa de estudos» é destinada aos estudantes que desejam inscrever-se em um ciclo regular de um estabelecimento de ensino superior francês com o objetivo de obter um diploma desse estabelecimento. Bolsas de estágio A «bolsa de estágio», com duração de 3 a 12 meses, é concedida para uma formação, um aperfeiçoamento ou uma especialização relacionada a uma atividade profissional. Pode tratar-se ainda de uma bolsa para estudos de curta duração do idioma ou de uma bolsa de estágio pedagógico de no máximo 3 meses. As formações devem ser reconhecidas pelo Ministério francês da Educação. Bolsas para estadia científica de alto nível A «bolsa para estadia científica de alto nível», com duração de 1 a 3 meses, é atribuída no âmbito de um programa de pesquisa e intercâmbio cultural, científico, técnico ou industrial de alto nível. Os programas específicos Bolsas de excelência Eiffel, um instrumento renovado A nova versão da bolsa Eiffel financia três áreas de estudos prioritárias (ciências, economia e gestão, direito e ciências políticas): uma formação de nível Master, um intercâmbio de 10 meses durante uma co-tutela ou co-orientação de tese (de preferência o segundo ou o terceiro ano de doutorado). As candidaturas devem ser apresentadas imperativamente pelos estabelecimentos franceses que já se pronunciaram positivamente sobre a admissão do estudante. Bolsa de excelência Major O programa Major financia formações até o nível Master para estudantes estrangeiros dos liceus franceses no exterior que tiverem obtido menção Bien ou Très bien no baccalauréat. Bolsa do programa Charcot Um programa de apoio à pesquisa na área das ciências médicas, farmacêuticas e veterinárias através da atribuição de bolsas de 1 ano (tese de doutorado ou pós-doutorado). Bolsas em parceria com empresas Para setores precisos, países ou níveis de estudos específicos, essas bolsas auxiliam financeiramente e oferecem condições de recepção aos contemplados (exemplo, programa Thales-MAEE). > Services et formulaires > Espace étudiants > Etudier en France > Financer le projet As Bo l s a s d o Ministério d o En s i n o superior e da Pesquisa Em função de sua nacionalidade ou de seu estatuto, alguns estudantes estrangeiros podem obter financiamentos para a viagem, bolsas atribuídas por critérios sociais, auxílios financeiros para os estudos doutorais (alocação de pesquisa). As Bolsas para os programas Europeus O programa ERASMUS O programa Erasmus, lançado em 1987, propõe bolsas de mobilidade a estudantes europeus dentro da União Européia. O programa Erasmus Mundus Esse programa é destinado a financiar estudos de nível Master, organizados por no mínimo três estabelecimentos de ensino superior de três países europeus diferentes. As bolsas são oferecidas a estudantes com excelente desempenho acadêmico de países não pertencentes à União Européia. Os cursos incluem um período de estudos em no mínimo duas dessas três universidades e conduzem a um diploma duplo, múltiplo ou conjunto. A segunda fase do programa ( ) prevê a inclusão do doutorado e da graduação. Outros programas e iniciativas européias (por exemplo, Leonardo da Vinci, The Erasmus Mundus External Cooperation Window) podem oferecer bolsas de intercâmbio, particularmente no âmbito de projetos apresentados pelos estabelecimentos. As Bo l s a s d a Ag ê n c i a Universitária d a Fr a n c o f o n i a A Agência Universitária da Francofonia propõe programas de ação em favor dos estudantes, dos professores e dos pesquisadores. As Bolsas das instituições i n t e r n a c i o n a i s d a s o r g a n i z a ç õ e s não governamentais, das fundações > Services et formulaires > Espace étudiants > Etudier en France > Financer le projet Guia trilíngüe (inglês, francês e espanhol) «Study Abroad» editado pela UNESCO Para o financiamento de teses de doutorado ou pósdoutorado: o guia da Andès, associação francesa de doutores Bolsas para médicos residentes estrangeiros do Collège de médecine des Hôpitaux de Paris

14 Estudar na França Pedir o visto É aconselhável enviar sua solicitação o mais rapidamente possível e, em todos os casos, dois meses antes da data de início do curso. Todos os estudantes que não pertencem a um dos 30 países do Espaço Econômico Europeu, de Andorra, de Mônaco, da Suíça, de San- Marin e do Vaticano, devem obter um visto de longa permanência com a menção «estudante» para poder freqüentar um estabelecimento de ensino na França, sempre que a estadia prevista for superior a 6 meses. As solicitações de visto são feitas ao Consulado ou à Embaixada da França do local de residência do estudante. O visto de longa permanência menção «estudante» Este visto é concedido aos estudantes estrangeiros que desejam prosseguir seus estudos em um estabelecimento de ensino superior por mais de 6 meses. Ele permite solicitar, nos primeiros meses após a chegada na França, uma permissão de residência (carte de séjour), renovável, junto à Prefeitura da cidade de domicílio. Com o passaporte válido, essa permissão é o documento que legaliza a estadia na França. Os outros tipos de visto O visto de curta duração para estudos Este visto permite estudar na França por um período que não pode exceder 3 meses. Ele não é renovável e permite a residência em território francês. Observação: este visto não é obrigatório para estudantes provenientes dos países dos quais a França não exige visto de entrada. O visto «estudante-concurso» Permite comparecer a uma entrevista ou a um concurso de seleção de um estabelecimento de ensino superior. Em caso de aprovação, o estudante pode solicitar, sem precisar retornar ao seu país de origem, uma permissão de residência de um ano renovável junto à Prefeitura. O visto de longa permanência temporário para estudos Permite freqüentar um curso de 3 a 6 meses em um estabelecimento de ensino superior público ou privado. Não renovável, ele concede a permissão de residência durante os estudos na França. O estudante titular desse visto não pode permanecer na França por mais do que 6 meses. > Espace étudiants Nota Um visto de turismo, qualquer que seja, não pode em nenhuma hipótese ser transformado em visto de estudante. Nem na França nem em outro país da União Européia. Se você fará duas formações, uma seguida da outra (um curso de francês e depois uma formação acadêmica, por exemplo), inscreva-se nas duas antes de solicitar o seu visto, para que ele lhe seja concedido por toda a duração de sua estadia. O visto francês não pode ser modificado na França. Os países que oferecem o procedimento de candidatura online Argélia, Argentina, Benin, Brasil, Camarões, Canadá, Chile, China, Colômbia, Congo Brazzaville, Coréia do Sul, Costa do Marfil, Estados Unidos, Gabão, Guiné, Índia, Líbano, Madagascar, Mali, Marrocos, Ilhas Maurício, México, Rússia, Senegal, Síria, Taiwan, Tunísia, Turquia, Vietnã Nesses países, a candidatura a um estabelecimento de ensino francês pode ser feita pela Internet. O procedimento é obrigatório para a obtenção de um visto de estudante. Após a entrevista de avaliação e desde o recebimento da resposta positiva de admissão (carta de préinscrição), a solicitação do visto deve ser realizada pelo estudante e acompanhada pelo Espaço CampusFrance

15 Viver na França Estudar na França também é viver na França e descobrir no quotidiano as realidades da cultura e da arte de viver francesas Acesso quotidiano e privilegiado aos esportes e à cultura A França é um dos países da Europa onde os estudantes, devido à estrutura que lhes é oferecida, possuem condições de vida privilegiadas. Restaurantes universitários, residências universitárias, auxílio-moradia, seguro médico, descontos nos transportes e nos lazeres (cinema, esportes, biblioteca, associações estudantis ), essas condições possibilitam cobrir, com um orçamento relativamente modesto, as necessidades essenciais, mas também permitem apreciar a vida quotidiana francesa. Acesso aos esportes e à cultura 5366 salas de cinema das quais 140 são complexos, espetáculos por ano (teatros nacionais, centros dramáticos e palcos nacionais e teatros privados) e museus embalam a vida quotidiana, tanto em Paris como nas outras regiões. Enfim, festivais de música, arte lírica e dança, além de eventos relacionados a diversos assuntos, da ciência à gastronomia passando pelo esporte e pela literatura, completam essa oferta cultural famosa no mundo inteiro. Todos os centros culturais oferecem descontos para estudantes e propõem pacotes especiais. O estatuto de estudante também facilita a prática de esportes, dando acesso privilegiado às instalações esportivas. As associações atléticas também são muito ativas nas escolas e universidades. Os estabelecimentos de ensino superior ficam quase sempre no centro das cidades, muito próximos da rica vida cultural e social das cidades francesas: museus, livrarias, teatros e cafés nunca estão muito longe

16 Viver na França Acomodação Antes de começar a procura por um alojamento na França é necessário determinar, em função de seu estatuto, de seus recursos financeiros e da duração de sua estadia, que tipo de acomodação você vai escolher. O custo de um alojamento é alto, mas os estudantes estrangeiros podem obter auxílio-moradia, assim como os estudantes franceses. As residências universitárias Localizadas no campus ou na cidade, elas são administradas pelos CROUS (Centros regionais de obras universitárias e escolares). Nelas pode-se alugar quartos mobiliados de aproximadamente 10 ou 12 m2, em geral bem equipados. O preço médio do aluguel fica em torno de 140 a 400 por mês. O número insuficiente de residências universitárias torna às vezes difícil conseguir uma vaga, sobretudo em Paris. Essas vagas são reservadas em prioridade aos bolsistas estrangeiros do Governo francês e aos estudantes que participam de um programa de intercâmbio. (Centre national des œuvres universitaires et scolaires) Nota: diferentes das universidades públicas, as «Grandes Écoles» e os estabelecimentos privados dispõem freqüentemente de residências em seu campus. Os aluguéis custam entre 250 e 350 por mês. As residências estudantis privadas As residências privadas, destinadas aos estudantes, existem nas grandes cidades. Elas se desenvolveram nos últimos anos para compensar a falta de alojamentos para os estudantes em residência universitária. O aluguel varia entre 600 e 700 por mês em Paris e entre 400 e 700 por mês no interior. Site da Associação para o desenvolvimento econômico do alojamento estudantil (ADELE): A locação no setor privado Esse tipo de locação é sujeito à apresentação de uma caução que garante o pagamento do aluguel. Os custos são altos, principalmente nas grandes cidades e sobretudo em Paris. A renda mensal declarada exigida deve atingir três vezes o valor do aluguel. A co-locação é uma alternativa que se desenvolve cada vez mais. Nota: em certos casos (estudantes bolsistas do governo francês, assalariados...), o Estado pode fazer o depósito de garantia e ser fiador do aluguel e das taxas do alojamento. O alojamento em família Mais adaptado a estadias curtas, é possível alugar um quarto mobiliado na casa de uma família francesa. O custo por semana em Paris varia entre 200 (com café da manhã) e 300 (com café da manhã e jantar); o custo é menor nas cidades do interior. Os auxílios-moradia Assim como os estudantes franceses, os estudantes estrangeiros podem se beneficiar dos auxílios para moradia. Há dois tipos de ajuda não cumuláveis (em função do tipo de alojamento): A alocação de alojamento de caráter social (ALS) e o auxílio personalizado para alojamento (APL). O valor varia em função do preço do aluguel e da situação do estudante. No caso de uma co-locação, os co-locatários podem receber um auxílio para o alojamento desde que seu nome conste nos recibos. Informações e condições podem ser obtidas junto à Caisse d Allocations Familiales (CAF) do local de domicílio: > se loger 30 31

17 Viver na França Trabalhar na França A lei francesa permite que os estudantes estrangeiros trazbalhem durante os estudos. Durante os estudos A lei francesa autoriza o trabalho dos estudantes estrangeiros com as seguintes condições: A permissão de residência (carte de séjour) temporária com a menção «estudante» dá direito ao exercício, a título complementar, de uma atividade profissional remunerada, em geral limitada a 60% da carga máxima de trabalho anual permitida por lei. A título indicativo, o SMIC (salário mínimo) por hora é de 8,71 bruto. Nota: «Empregado au pair»: é possível beneficiarse de um alojamento na casa de uma família (no próprio apartamento ou em um quarto separado) em troca de algumas horas por semana de trabalho de babá ou de serviços domésticos. AFJE (Accueil Familial des Jeunes Étrangers) Após a obtenção do diploma Autorização provisória de residência por 6 meses Os estudantes estrangeiros na França que obtiveram um diploma nacional de Master 2 podem solicitar uma autorização provisória de estadia por 6 meses, não renovável, a fim de preparar um projeto de estágio ou primeira experiência profissional. Essa solicitação deve ser realizada 4 meses antes da expiração da permissão de residência (carte de séjour). > Etrangers en France > séjour des Etrangers > Etudiants étrangers A carte de séjour chamada «competências e talentos» pode ser solicitada a qualquer momento. Ela é concedida quando o solicitante tem um projeto cujo conteúdo contribui de maneira significativa e durável para o desenvolvimento econômico ou para o crescimento da França e de seu país de origem. Ela tem duração de 3 anos e é renovável uma vez, permitindo exercer qualquer atividade profissional relacionada ao seu projeto. > Etrangers en France > Séjour des étrangers > Carte de séjour «compétences et talents» Em caso de contratação por uma empresa, a mudança de estatuto, de estudante a assalariado, é realizada através de um procedimento específico: mediante a apresentação do contrato de trabalho ou da proposta de emprego de uma empresa francesa, essa solicitação será avaliada antes da atribuição da concessão de residência. > Etrangers en France > Travail des étrangers > Demande d autorisation de travail > Autorisation de travail : changement de statut d étudiant à salarié > Travailler en France Seguros na França Os seguros obrigatórios O seguro saúde Todos os estudantes de menos de 28 anos que freqüentam um curso de mais de 4 meses em um estabelecimento de ensino afiliado, são automaticamente inscritos na Sécurité Sociale estudantil (sistema de proteção social francês). Essa adesão se faz no estabelecimento de ensino no momento da matrícula administrativa. O valor por um ano é de cerca de 190. A Sécurité Sociale reembolsa em média 70% das despesas com saúde. As «mutuelles» (associações) de seguros especialmente dedicadas aos estudantes podem completar o valor a 100%. As duas principais são as seguintes: La Mutuelle des Étudiants USEM, que reúne 10 associações regionais de seguros para estudantes Para todos os outros estudantes (quando os estudos tiverem duração inferior a 4 meses, ou o estabelecimento de ensino não for afiliado, ou o estudante tiver mais de 28 anos), um seguro saúde pessoal voluntário deve ser contratado junto a uma companhia privada. Na França os valores variam entre 150 e 550 por ano. O seguro multi-risco habitação Um alojamento deve ser segurado obrigatoriamente: roubo, desgaste das tubulações, incêndio... Esses seguros podem ser contratados de uma só vez em companhias de seguro privadas. O seguro multi-risco habitação inclui o seguro de responsabilidade civil, que cobre os danos causados a terceiros em caso de acidente. Nota: Em função das diferentes situações é possível contratar outros seguros complementares (seguro de repatriamento, seguro de automóvel, seguros ligados a determinados esportes )

18 Viver na França Quanto custa...? Graças aos diversos descontos oferecidos aos estudantes, o orçamento médio mensal fica em torno de 800 no interior e 1000 em Paris. Alimentação em um restaurante universitário: 2,85 euros em um «fast-food»: 7 euros em um restaurante de bairro: entre 10 e 20 euros um sanduíche: entre 3 e 5 euros um café: 1 a 2 euros uma baguete: 0,80 euro um croissant: 1 euro um camembert: 2 euros 6 ovos: 1,50 euros 1 litro de leite: 1,20 euros 1kg de batatas: 1,20 euros 1 kilo de arroz: 1,90 euros Cultura, lazer um ingresso de cinema com tarifa para estudante: 6,80 euros um ingresso de museu: de 5 a 10 euros um ingresso de teatro: de 10 a 30 euros um jornal: 1,20 euros uma diária de hotel duas estrelas: 60 euros entrada na piscina: 2,50 euros Leitor MP3 : de 30 a 150 euros Leitor DVD : de 50 a 150 euros O orçamento médio mensal fica em torno de 800 no interior e 1000 em Paris. Transporte um bilhete mensal de transporte em Paris: de 55 a 122 euros ida e volta Paris-Nice de TGV: 135 euros 1 litro de gasolina: 1,20 euros Nota: esses valores são apenas indicativos. Freqüentemente eles são menores no interior

19 Agência nacional de promoção do ensino superior francês no mundo A realização de um projeto de estudos no exterior é um processo que se faz por etapas e que o CampusFrance o ajuda a construir, de preferência muito tempo antes: informação, orientação sobre os cursos e estabelecimentos, financiamento do projeto (bolsas e outros auxílios), candidatura, solicitação do visto, preparação da estadia, recepção e acompanhamento dos estudantes na França. A carta de qualidade de recepção dos estudantes estrangeiros na França, criada por CampusFrance, trata de cada etapa do projeto para propor aos estudantes estrangeiros percursos acadêmicos de sucesso na França. O acompanhamento online Com visitas por mês, o site da Agência CampusFrance oferece um acesso único a toda a informação relacionada à preparação de uma estadia de estudos na França. - escolha da formação, descrição das áreas disciplinares, apresentação dos estabelecimentos, catálogo das formações da graduação ao doutorado, apresentação das escolas doutorais, - informações práticas sobre as modalidades de inscrição em um estabelecimento de ensino superior, o visto, as bolsas, a vida na França, o alojamento... Essas podem ser encontradas no idioma local em mais de 20 países. Encontre todos os Espaços CampusFrance no site em «CampusFrance dans le monde». O acompanhamento personalizado nos Espaços CampusFrance Mais de 100 Espaços CampusFrance em 75 países trazem uma ajuda concreta e um acompanhamento de qualidade na realização de seu projeto de estudos na França: análise do projeto e orientação sobre os cursos, ajuda para a constituição do dossiê de candidatura e acompanhamento junto aos estabelecimentos até o parecer sobre a admissão ou não-admissão. Uma ferramenta de inscrição online em 30 países reforça ainda mais a presença de CampusFrance ao lado do estudante: os Espaços CampusFrance que oferecem a candidatura online são uma passagem obrigatória de intermediação e acompanhamento do estudante junto aos estabelecimentos para a realização dos procedimentos de candidatura e de solicitação do visto

20 Na Internet CampusFrance : Ministério das Relações Exteriores e Européias: procedimentos para ir à França, endereços dos Consulados, das Embaixadas, das Alianças Francesas, bolsas para estudantes estrangeiros: Ministério da Educação Nacional, do Ensino Superior e da Pesquisa (sistema educacional na França, estabelecimentos, cursos, Europa & internacional): União Européia: CNOUS (Centro Nacional de Obras Universitárias e Escolares): informações sobre as bolsas, as residências universitárias, os restaurantes universitários...: Egide (mobilidade internacional, bolsas): Centro de reconhecimento acadêmico e profissional dos diplomas: Formações Formações em engenharia Comitê de estudos sobre as formações em engenharia: Conferência dos diretores das escolas de engenharia: Rede n+i de escolas de engenharia: Rede ParisTech (reunião de grandes écoles francesas nas áreas da ciência e tecnologia): Rede Polytech (rede nacional de escolas politécnicas das universidades): Conferência das Grandes Écoles: Photos : Ministère des Affaires étrangères et européennes Certificações Business Schools EQUIS (certificação européia atribuída pela European Foundation for Management Development): AACSB (certificação americana atribuída pela American Assembly of Collegiate Schools of Business): AMBA (certificação atribuída pela Associação dos MBA de Londres aos MBA mais famosos): Câmara de Comércio e de Indústria de Paris (CCIP): Formações em artes, cultura e arquitetura Ministério da Cultura e da Comunicação: > infos pratiques >formation Rede CampusArt: Anuário das escolas regionais de artes: Formações em arquitetura 20 escolas de arquitetura: INSA de Strasbourg: Escola Especial de Arquitetura: Formações na área da moda (site da União das indústrias têxteis): Formações em agricultura: Formações em saúde Ministério da saúde: Rede dos 28 Centros Hospitalares Universitários (CHU): Colégio de Medicina dos hospitais de Paris: Escola de Altos Estudos em Saúde Pública: Ministério dos Esportes (formações na área do esporte): Cursos ministrados em francês em outros países: suprecad-2.pdf Ensino à distância CNED (Centro nacional de ensino à distância): FIED, Federação interuniversitária de ensino à distância: As 36 universidades francesas da FIED (380 formações diplomantes, 460 módulos independentes): Universidade virtual jurídica francófona: Universidade virtual médica francófona: Preparação lingüística, intercultural e científica dos estudantes não-francófonos para o prosseguimento dos estudos na França em pós-graduação: Universidades e Grandes Ecoles que oferecem recursos pedagógicos em livre acesso: annuairecampuses-fr.html Instituto Católico de Paris (filosofia e teologia, metodologia): Pesquisa Anuário CampusFrance das escolas doutorais: /fr/d-catalogue/d/index.htm Ministério do Ensino Superior e da Pesquisa: Apresentação dos estudos doutorais: > Enseignement supérieur > Formations et diplômes > Formations générales>doctorat A pesquisa na França: >Innovation, recherche et développement économique Financiar seu doutorado: Anuário dos serviços na Internet ligados ao ensino superior e à pesquisa na França (Unidade Redes do Centro Nacional pela Pesquisa Científica CNRS-UREC): Fundação KASTLER (recepção na França de pesquisadores estrangeiros): Associação Bernard Gregory (inserção profissional de jovens doutores): ANDèS (Associação Nacional dos Doutores em Ciências): Diplomas e testes de Francês Ficha CampusFrance: france.org/filieres/fr/fle_fr.pdf CIEP (Centro Internacional de Estudos Pedagógicos TCF, DALF, DELF): CCIP (Câmara de Comércio e de Indústria de Paris TEF e diplomas de francês dos negócios e das profissões): Aliança Francesa: Pesquisa por região dos centros de francês na França: >Toutes les Formations > Etudier le français Repertório dos centros de formação em francês na França: > Actions de la France > Francophonie / Langue française > Langue française > Enseigner le français > Formations pédagogiques et linguistiques Descobrir a França Maison de la France, site oficial do turismo na França: Biblioteca Nacional da França (para consultar os catálogos): Portal cartográfico da França (IGN): Territórios de ultramar: Agência francesa de investimentos internacionais (AFII): Descobrir um destino na França: Francofonia Agência Universitária da Francofonia: Organização internacional da francofonia: TV Monde, televisão francófona: Radio France Internacional: Atualidade internacional 24 horas por dia (em francês, inglês e árabe): Etablissements d enseignement supérieur français 38 39

NOTÍCIAS DA FRANÇA Dezembro de 2007

NOTÍCIAS DA FRANÇA Dezembro de 2007 NOTÍCIAS DA FRANÇA Dezembro de 2007 Bolsas de estudos com inscrições abertas BOLSA EIFFEL Bolsa de excelência oferecida pelo Ministério das Relações Exteriores da França com valor mensal de aproximadamente

Leia mais

Estudar Ciência, Engenharia e Management na França

Estudar Ciência, Engenharia e Management na França Estudar Ciência, Engenharia e Management na França 0 PORQUE A MOBILIDADE INTERNACIONAL? Desenvolver a abertura internacional Em primeiro uma atitude: ela se concretisa por uma disposição e uma capacidade

Leia mais

Apresentação. a 2ª mais importante Aliança da França e a 5ª da Europa, a Aliança Francesa de Lyon está situada no coração

Apresentação. a 2ª mais importante Aliança da França e a 5ª da Europa, a Aliança Francesa de Lyon está situada no coração Aliança Francesa de Lyon Apresentação a 2ª mais importante Aliança da França e a 5ª da Europa, a Aliança Francesa de Lyon está situada no coração É de Lyon, em um local privilegiado: a duas horas de Paris,

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA, PARA ALUNOS DA UEA, PARA GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NA FRANÇA

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA, PARA ALUNOS DA UEA, PARA GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NA FRANÇA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA, PARA ALUNOS DA UEA, PARA GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NA FRANÇA Tendo em vista a oportunidade propiciada pelo Programa Ciência sem Fronteiras, a Assessoria

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NA FRANÇA CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/ CAMPUS FRANCE Nº 104 /2011

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NA FRANÇA CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/ CAMPUS FRANCE Nº 104 /2011 PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NA FRANÇA CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/ CAMPUS FRANCE Nº 104 /2011 O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação MCTI, o Ministério

Leia mais

GUIA PARA ESTUDAR NO EXTERIOR

GUIA PARA ESTUDAR NO EXTERIOR GUIA PARA ESTUDAR NO EXTERIOR O QUE É INTERCÂMBIO ACADÊMICO? É a ida de estudantes de um país para o outro por um determinado período do ano letivo. O objetivo é estender os estudos da Graduação para outra

Leia mais

Notícias da França Especial Bolsas. Fevereiro 2010. Bolsas Master Ile-de-France 2010

Notícias da França Especial Bolsas. Fevereiro 2010. Bolsas Master Ile-de-France 2010 Notícias da França Especial Bolsas Fevereiro 2010 Bolsas Master Ile-de-France 2010 Estão abertas as inscrições para as bolsas Master Ile-de-France 2010 As bolsas consistem em uma ajuda anual de 10.500

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NA ALEMANHA CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/DAAD Nº 103/2011

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NA ALEMANHA CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/DAAD Nº 103/2011 PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NA ALEMANHA CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/DAAD Nº 103/2011 O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação MCTI, o Ministério da Educação

Leia mais

EDITAL Nº 005/2012-PRPI

EDITAL Nº 005/2012-PRPI EDITAL Nº 005/2012-PRPI A Pró-reitora de Pesquisa e Inovação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE, no uso de suas atribuições, torna público que estão abertas as inscrições

Leia mais

EDITAL N o. 10/2015 ARI/GR (Graduação Sanduíche - alvo 03/Doutorado sanduíche/pós-doutorado/staff - Docente e Pessoal Administrativo)

EDITAL N o. 10/2015 ARI/GR (Graduação Sanduíche - alvo 03/Doutorado sanduíche/pós-doutorado/staff - Docente e Pessoal Administrativo) EDITAL N o. 10/2015 ARI/GR (Graduação Sanduíche - alvo 03/Doutorado sanduíche/pós-doutorado/staff - Docente e Pessoal Administrativo) Para a seleção de bolsistas de mobilidade estudantil internacional

Leia mais

Guia Prático da Cooperação Universitária Franco-Brasileira

Guia Prático da Cooperação Universitária Franco-Brasileira Guia Prático da Cooperação Universitária Franco-Brasileira Sumário CenDoTec... p4 EduFrance no Brasil... p5 O sistema francês de ensino superior LMD...p6,7,8,9 Tabela comparativa dos sistemas de ensino

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO-SANDUÍCHE NA ESPANHA

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO-SANDUÍCHE NA ESPANHA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO-SANDUÍCHE NA ESPANHA CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/ MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO, CULTURA E ESPORTE DA ESPANHA Nº 115/2012 A Coordenação de Aperfeiçoamento

Leia mais

Os dossiers do ensino escolar. A educação nacional e a formação profissional em Franca

Os dossiers do ensino escolar. A educação nacional e a formação profissional em Franca Os dossiers do ensino escolar 2011 A educação nacional e a formação profissional em Franca A Educação Nacional e a formação profissional em França A educação e a formação ao longo de toda a vida constituem

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS Pré-seleção para Bolsas de Graduação Sanduíche na França (Chamada Pública Programa Ciência sem Fronteiras/Campus France nº 104/2011) A Pró-Reitora de Graduação da PUCRS

Leia mais

RETIFICAÇÃO -EDITAL 05/2012 EDITAL MOBILIDADE PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

RETIFICAÇÃO -EDITAL 05/2012 EDITAL MOBILIDADE PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS RETIFICAÇÃO -EDITAL 05/2012 EDITAL MOBILIDADE PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS O Reitor da Universidade Estadual de Feira de Santana, Prof. José Carlos Barreto de Santana, no uso de suas atribuições, torna

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS TECNÓLOGO SANDUÍCHE NO CANADÁ CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS ACCC Nº 107/2011

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS TECNÓLOGO SANDUÍCHE NO CANADÁ CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS ACCC Nº 107/2011 PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS TECNÓLOGO SANDUÍCHE NO CANADÁ CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS ACCC Nº 107/2011 O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação MCTI, o Ministério da Educação

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO-SANDUÍCHE NA ESPANHA

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO-SANDUÍCHE NA ESPANHA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO-SANDUÍCHE NA ESPANHA CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/ MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO, CULTURA E ESPORTE DA ESPANHA Nº 115/2012 A Coordenação de Aperfeiçoamento

Leia mais

Programa Conjunto de Bolsas de Doutorado na República Federal da Alemanha 2010/2011 DAAD - CAPES CNPq

Programa Conjunto de Bolsas de Doutorado na República Federal da Alemanha 2010/2011 DAAD - CAPES CNPq Programa Conjunto de Bolsas de Doutorado na República Federal da Alemanha 2010/2011 DAAD - CAPES CNPq I. DEFINIÇÃO E OBJETIVO As bolsas do Programa conjunto de doutorado na Alemanha são concedidas em cooperação

Leia mais

BHMS Business & Hotel Management School Um membro do Bénédict Education Group Switzerland

BHMS Business & Hotel Management School Um membro do Bénédict Education Group Switzerland BHMS Business & Hotel Management School Um membro do Bénédict Education Group Switzerland A BHMS Business & Hotel Management School está localizada na cidade de Lucerna e é membro do grupo suíço de escolas

Leia mais

EDITAL DE HABILITAÇÃO. Seleção Interna de Alunos. Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação 001/2012

EDITAL DE HABILITAÇÃO. Seleção Interna de Alunos. Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação 001/2012 EDITAL DE HABILITAÇÃO Seleção Interna de Alunos Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação 001/2012 A Universidade Estadual do Rio Grande do Sul UERGS, através da Pró- Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação,

Leia mais

Programa de Graduação Internacional em Dupla Titulação GCUB/UC Edital GCUB nº. 002/2010

Programa de Graduação Internacional em Dupla Titulação GCUB/UC Edital GCUB nº. 002/2010 1 Programa de Graduação Internacional em Dupla Titulação GCUB/UC Edital GCUB nº. 002/2010 A Associação Grupo Coimbra de Dirigentes de Universidades Brasileiras (GCUB), formalmente constituída em 27 de

Leia mais

EDITAL AREX. 1. Instituições Parceiras e Vagas oferecidas com bolsa BRAFITEC

EDITAL AREX. 1. Instituições Parceiras e Vagas oferecidas com bolsa BRAFITEC EDITAL AREX INTERCÂMBIO CURSOS DE ENGENHARIA NA FRANÇA Estão abertas as inscrições para seleção de estudantes de Engenharia (são elegíveis todos os cursos de Engenharia da UNESP que tenham homólogos nas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão. UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão. Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS SELEÇÃO INTERNA

Leia mais

Ciência sem Fronteiras e a UFPE

Ciência sem Fronteiras e a UFPE Ciência sem Fronteiras e a UFPE Reunião com os Coordenadores de Graduação Diretoria de Cooperação Internacional Recife 17 de abril de 2012 Mobilidade estudantil internacional UFPE: alunos de graduação

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NO ÂMBITO DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS - CNPq

EDITAL DE SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NO ÂMBITO DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS - CNPq EDITAL DE SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NO ÂMBITO DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS - CNPq A Pró-Reitoria de Graduação da Universidade Católica de Brasília (UCB) faz saber que

Leia mais

Programa de Licenciaturas Internacionais CAPES/UC

Programa de Licenciaturas Internacionais CAPES/UC Programa de Licenciaturas Internacionais CAPES/ Edital nº 008/2011/CAPES A Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), por meio de sua Diretoria de Relações Internacionais,

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CAPES-CNPq)

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CAPES-CNPq) PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CAPES-CNPq) EDITAL PROPEPG Nº 06 de 04 de Junho de 2013 A Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação vêm através deste Edital, divulgar no âmbito da Instituição

Leia mais

Global Citizens of Tomorrow

Global Citizens of Tomorrow Global Citizens of Tomorrow O programa Global Citizens of Tomorrow é uma parceria do AFS Intercultural Programs e da British Petroleum, que oferecerá oito bolsas de estudos para um ano letivo nos Estados

Leia mais

EDITAL Nº 004/2012-PRPI

EDITAL Nº 004/2012-PRPI EDITAL Nº 004/2012-PRPI A Pró-reitora de Pesquisa e Inovação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE, no uso de suas atribuições, torna público que estão abertas as inscrições

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO Nº 08 SETEMBRO/2011 Escritório de Assuntos Internacionais Universidade Federal da Grande Dourados

BOLETIM INFORMATIVO Nº 08 SETEMBRO/2011 Escritório de Assuntos Internacionais Universidade Federal da Grande Dourados Prezados leitores, A nona edição/2011 do Boletim Informativo do ESAI/UFGD destaca o programa do Governo Federal e CNPQ para alunos de graduação, Ciência sem Fronteira, assim como as oportunidades de bolsas

Leia mais

EDITAL Nº 013/2012-PRPI

EDITAL Nº 013/2012-PRPI EDITAL Nº 013/2012-PRPI A Pró-reitora de Pesquisa e Inovação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE, no uso de suas atribuições, torna público que estão abertas as inscrições

Leia mais

PARTICIPE DA COMUNIDADE FRANÇA ALUMNI! BEM-VINDOS! SUMÁRIO

PARTICIPE DA COMUNIDADE FRANÇA ALUMNI! BEM-VINDOS! SUMÁRIO BEM-VINDOS! PARTICIPE DA COMUNIDADE FRANÇA ALUMNI! Há mais de 50 anos, Campus France, a Agência francesa para a promoção do ensino superior, o acolhimento e a mobilidade internacional, dedica-se a acompanhar

Leia mais

BOLSAS PARA CURSAR MÁSTERS UNIVERSITÁRIOS NA UNIVERSIDADE de ALCALÁ

BOLSAS PARA CURSAR MÁSTERS UNIVERSITÁRIOS NA UNIVERSIDADE de ALCALÁ APRESENTAÇÃO BOLSAS PARA CURSAR MÁSTERS UNIVERSITÁRIOS NA UNIVERSIDADE de ALCALÁ CONVOCATÓRIA 2015-2016 Este programa é uma ação de fomento dos estudos de pós-graduação, patrocinado pelos Vice-reitorados

Leia mais

REQUISITOS PARA OS CANDIDATOS. 1. Estar matriculado em curso de nível superior nas áreas de Engenharia e de Computação.

REQUISITOS PARA OS CANDIDATOS. 1. Estar matriculado em curso de nível superior nas áreas de Engenharia e de Computação. PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO-SANDUÍCHE EDITAL CEFET/RJ p/ REALIZAÇÃO DE ESTUDOS E ESTÁGIOS em UNIVERSIDADES de PORTUGAL, do CANADÁ, da AUSTRÁLIA, BÉLGICA, COREIA DO SUL, ESPANHA e HOLANDA

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NO ÂMBITO DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS - CNPq

EDITAL DE SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NO ÂMBITO DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS - CNPq EDITAL DE SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NO ÂMBITO DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS - CNPq A Pró-Reitoria de Graduação da Universidade Católica de Brasília (UCB) faz saber que

Leia mais

Programa Conjunto de Bolsas de Doutorado na República Federal da Alemanha 2011/2012 DAAD/ CAPES/CNPq

Programa Conjunto de Bolsas de Doutorado na República Federal da Alemanha 2011/2012 DAAD/ CAPES/CNPq Programa Conjunto de Bolsas de Doutorado na República Federal da Alemanha 2011/2012 DAAD/ CAPES/CNPq I. DEFINIÇÃO E OBJETIVO As bolsas do Programa conjunto de doutorado na Alemanha são concedidas em cooperação

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO-SANDUÍCHE NA BÉLGICA

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO-SANDUÍCHE NA BÉLGICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO-SANDUÍCHE NA BÉLGICA CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/ CIUF (Conselho interuniversitário da comunidade francesa da Bélgica) Nº 111/2012 A Coordenação

Leia mais

Programa de Licenciaturas Internacionais CAPES/UC

Programa de Licenciaturas Internacionais CAPES/UC Programa de Licenciaturas Internacionais CAPES/ Edital 035/2010/CAPES A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), por meio de sua Diretoria de Relações Internacionais, e com

Leia mais

ISEL INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA

ISEL INSTITUTO SUPERIOR DE ENGENHARIA DE LISBOA SUPLEMENTO AO DIPLOMA (versão em português) A estrutura do suplemento ao diploma segue o modelo elaborado pela Comissão Europeia, pelo Conselho da Europa e pela UNESCO/CEPES. Tem por objetivo fornecer

Leia mais

BOLSA CAPES EMBAIXADA AMERICANA FULBRIGHT CERTIFICAÇÃO NOS ESTADOS UNIDOS PARA PROFESSORES DE LÍNGUA INGLESA

BOLSA CAPES EMBAIXADA AMERICANA FULBRIGHT CERTIFICAÇÃO NOS ESTADOS UNIDOS PARA PROFESSORES DE LÍNGUA INGLESA BOLSA CAPES EMBAIXADA AMERICANA FULBRIGHT CERTIFICAÇÃO NOS ESTADOS UNIDOS PARA PROFESSORES DE LÍNGUA INGLESA Edital nº. 52/2010/CAPES 1. DA APRESENTAÇÃO A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NO EXTERIOR DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAPÁ

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NO EXTERIOR DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAPÁ GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAPÁ GABINETE DA REITORIA PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NO EXTERIOR DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAPÁ EDITAL N 015/2011

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS. Graduação Sanduíche no Exterior (SWG)

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS. Graduação Sanduíche no Exterior (SWG) Edital N o 02 SWG/UNICENTRO/MCTI/MEC/CNPq/CAPES A Universidade Estadual do Centro-Oeste, por meio da Coordenação Institucional do Programa Ciência sem Fronteiras, atendendo à chamada do Ministério da Ciência,

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS, BOLSAS DE ESTUDO NO EXTERIOR GRADUAÇÃO

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS, BOLSAS DE ESTUDO NO EXTERIOR GRADUAÇÃO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS, BOLSAS DE ESTUDO NO EXTERIOR GRADUAÇÃO A Direção de Pós- Graduação e Pesquisa da Universidade Veiga de Almeida, no uso de suas atribuições, torna público o presente Edital

Leia mais

Edital nº 009/2012 DRII/UFU CAPES/BRAFITEC

Edital nº 009/2012 DRII/UFU CAPES/BRAFITEC Edital para a Seleção Complementar de Novas Bolsas, no âmbito dos Projetos BRAFITEC, aprovados junto à CAPES, para Estudantes de Graduação dos Cursos de Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Engenharia

Leia mais

Graduação Sanduíche - Programa Ciência sem fronteiras

Graduação Sanduíche - Programa Ciência sem fronteiras Graduação Sanduíche - Programa Ciência sem fronteiras Chamadas em aberto Estão abertas até o dia 30 de abril chamadas para os seguintes países: Canadá, Bélgica, Austrália, Portugal, Coréia do Sul, Espanha

Leia mais

Universidade Federal da Paraíba

Universidade Federal da Paraíba Universidade Federal da Paraíba Centro de Tecnologia e Centro de Energias Alternativas e Renováveis Intercâmbio Acadêmico BRAFITEC Grenoble INP, França 2011/2012 Nadja Trigueiro de Carvalho Zariff Meira

Leia mais

Processo de seleção de candidatos de instituições brasileiras a bolsas de graduação-sanduíche no exterior para estudo em instituições dos EUA

Processo de seleção de candidatos de instituições brasileiras a bolsas de graduação-sanduíche no exterior para estudo em instituições dos EUA CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA PARA ALUNOS DA UEA REFERENTE À GRADUAÇÃO SANDUICHE NOS ESTADOS UNIDOS - EUA Chamada pública Programa Ciência sem Fronteiras n. 117/2012 O QUE É GESTOR Processo de seleção de

Leia mais

MÓDULO INTERNACIONAL ESCOLA DE NEGÓCIOS PONTIFÍCIA CATÓLICA DO PARANÁ PUCPR & ÉCOLE SUPÈRIEURE DE COMMERCE ESC DIJON EDITAL PUCPR / 2010

MÓDULO INTERNACIONAL ESCOLA DE NEGÓCIOS PONTIFÍCIA CATÓLICA DO PARANÁ PUCPR & ÉCOLE SUPÈRIEURE DE COMMERCE ESC DIJON EDITAL PUCPR / 2010 MÓDULO INTERNACIONAL ESCOLA DE NEGÓCIOS PONTIFÍCIA CATÓLICA DO PARANÁ PUCPR & ÉCOLE SUPÈRIEURE DE COMMERCE ESC DIJON EDITAL PUCPR / 2010 O Módulo Internacional Doing Business in Europe de estudantes de

Leia mais

A proteção social obrigatória do empresário em nome individual

A proteção social obrigatória do empresário em nome individual A proteção social obrigatória do empresário em nome individual Tem talento, Protegemos a sua independência www.rsi.fr O RSI têm por missão assegurar a proteção social obrigatória de 5,4 milhões de empresários

Leia mais

EDITAL 06/2012 EDITAL MOBILIDADE PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS - EUA

EDITAL 06/2012 EDITAL MOBILIDADE PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS - EUA EDITAL 06/2012 EDITAL MOBILIDADE PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS - EUA O Reitor da Universidade Estadual de Feira de Santana, Prof. José Carlos Barreto de Santana, no uso de suas atribuições, torna público

Leia mais

EDITAL 002/2012 PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS - GRADUAÇÃO SANDUÍCHE

EDITAL 002/2012 PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS - GRADUAÇÃO SANDUÍCHE INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO PRÓ-REITORIA DE ENSINO ASSESSORIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS EDITAL 002/2012 PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

Leia mais

CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA DE INTERCÂMBIO PARA ALUNOS, PROFESSORES E SERVIDORES DA UEA PELO PROGRAMA ERAMUS EBW+ INSTRUÇÕES GERAIS

CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA DE INTERCÂMBIO PARA ALUNOS, PROFESSORES E SERVIDORES DA UEA PELO PROGRAMA ERAMUS EBW+ INSTRUÇÕES GERAIS Processo de Seleção para estudantes, diplomados e professores da área de educação e tecnologia estudarem em universidades estrangeiras dos países: Espanha, França, Itália, Letônia, Malta, Portugal e Suécia.

Leia mais

CASNA. Bem-vindo à escola luxemburguesa! Informações para pais e alunos estrangeiros. Português

CASNA. Bem-vindo à escola luxemburguesa! Informações para pais e alunos estrangeiros. Português Bem-vindo à escola luxemburguesa! Português PT Informações para pais e alunos estrangeiros CASNA Cellule d accueil scolaire pour élèves nouveaux arrivants Bem-vindo à escola luxemburguesa! Informações

Leia mais

CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA PARA ALUNOS DA UEA REFERENTE A GRADUAÇÃO SANDUICHE NA ALEMANHA. Chamada pública Programa Ciência sem Fronteiras n.

CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA PARA ALUNOS DA UEA REFERENTE A GRADUAÇÃO SANDUICHE NA ALEMANHA. Chamada pública Programa Ciência sem Fronteiras n. CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA PARA ALUNOS DA UEA REFERENTE A GRADUAÇÃO SANDUICHE NA ALEMANHA Chamada pública Programa Ciência sem Fronteiras n. 118/2012 O QUE É GESTOR Processo de seleção de candidatos de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS MOBILIDADE ACADÊMICA DE GRADUAÇÃO, MESTRADO E DOUTORADO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS MOBILIDADE ACADÊMICA DE GRADUAÇÃO, MESTRADO E DOUTORADO MOBILIDADE ACADÊMICA DE GRADUAÇÃO, MESTRADO E DOUTORADO EDITAL 02B/2015 RETIFICADO ERASMUS + na Università Ca Foscari Vitória, 19 de outubro de 2015. APRESENTAÇÃO A Secretaria de Relações Internacionais

Leia mais

esl diplomas sua faculdade * seu futuro graduações Guia Internacional empregos possibilidades infinitas www.georgianc.on.

esl diplomas sua faculdade * seu futuro graduações Guia Internacional empregos possibilidades infinitas www.georgianc.on. esl sua faculdade * seu futuro diplomas EDUCAÇÃO E TREINAMENTO INTERNACIONAIS graduações empregos Guia Internacional possibilidades infinitas www.georgianc.on.ca/international Porque a Georgian? Possibilidades

Leia mais

Catálogo. Olá, FUTURO. Brockville, Cornwall, Kingston stlawrencecollege.ca/international

Catálogo. Olá, FUTURO. Brockville, Cornwall, Kingston stlawrencecollege.ca/international Catálogo Olá, FUTURO Brockville, Cornwall, Kingston stlawrencecollege.ca/international Por que escolher a St. Lawrence College? POR QUE NOS ESCOLHER? CAMPUS NOSSOS CURSOS DIVERSAS OPORTUNIDADES DE APRENDIZADO

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA, PARA ALUNOS DA UEA, REFERENTE A GRADUAÇÃO SANDUÍCHE EM PORTUGAL

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA, PARA ALUNOS DA UEA, REFERENTE A GRADUAÇÃO SANDUÍCHE EM PORTUGAL PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA, PARA ALUNOS DA UEA, REFERENTE A GRADUAÇÃO SANDUÍCHE EM PORTUGAL Tendo em vista a chamada pública Programa Ciência sem Fronteiras n. 113/2012,

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CAPES E CNPq) EDITAL nº 06 de 28 de Março de 2012

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CAPES E CNPq) EDITAL nº 06 de 28 de Março de 2012 PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CAPES E CNPq) EDITAL nº 06 de 28 de Março de 2012 A Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Pós-Graduação vêm através deste Edital, divulgar no âmbito da Instituição a todos

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO JORNALISMO ESPORTIVO E NEGÓCIOS DO ESPORTE 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO JORNALISMO ESPORTIVO E NEGÓCIOS DO ESPORTE 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO JORNALISMO ESPORTIVO E NEGÓCIOS DO ESPORTE 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as

Leia mais

STUDY IN THE HEART OF THE NETHERLANDS WWW.INTERNATIONAL.HU.NL

STUDY IN THE HEART OF THE NETHERLANDS WWW.INTERNATIONAL.HU.NL STUDY IN THE HEART OF THE NETHERLANDS WWW.INTERNATIONAL.HU.NL HU UNIVERSITY OF APPLIED SCIENCES UTRECHT (HU) HU University of Applied Sciences Utrecht (HU) é uma das maiores instituições de ensino superior

Leia mais

Processo de seleção de candidatos de instituições brasileiras a bolsas de graduação-sanduíche no exterior para estudo em instituições do Reino Unido

Processo de seleção de candidatos de instituições brasileiras a bolsas de graduação-sanduíche no exterior para estudo em instituições do Reino Unido CHAMADA DE SELEÇÃO INTERNA PARA ALUNOS DA UEA REFERENTE À GRADUAÇÃO SANDUICHE NO REINO UNIDO Chamada pública Programa Ciência sem Fronteiras n. 123/2012 O QUE É GESTOR Processo de seleção de candidatos

Leia mais

CASNA. Bem-vindo à escola luxemburguesa! Informações para pais e alunos estrangeiros. Português

CASNA. Bem-vindo à escola luxemburguesa! Informações para pais e alunos estrangeiros. Português Bem-vindo à escola luxemburguesa! Português PT Informações para pais e alunos estrangeiros CASNA Cellule d accueil scolaire pour élèves nouveaux arrivants Bem-vindo à escola luxemburguesa! Informações

Leia mais

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS SECRETARIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS EDITAL INTERNO 2013

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS SECRETARIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS EDITAL INTERNO 2013 CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS SECRETARIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS EDITAL INTERNO 2013 EDITAL INTERNO DE SELEÇÃO PARA MOBILIDADE DISCENTE INTERNACIONAL O Diretor Geral e a Secretária

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE VERÃO 2016 EDITAL

PROCESSO SELETIVO DE VERÃO 2016 EDITAL U N I V E R S I D A D E D E P A S S O F U N D O V i c e - R e i t o r i a d e G r a d u a ç ã o S e c r e t a r i a G e r a l d o s C u r s o s Campus I Rodovia BR 285 Km 292,7 - Bairro São José CEP 99052-900

Leia mais

PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR DE VERÃO 2010

PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR DE VERÃO 2010 PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR DE VERÃO 2010 EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÃO O Reitor do Centro Universitário Feevale, instituição de ensino superior recredenciada pela Portaria nº. 1.566, de 27 de maio

Leia mais

Tornar-se engenheiro em França:

Tornar-se engenheiro em França: Português Institutos Nacionais de Ciências Aplicadas Tornar-se engenheiro em França: estudar no Grupo INSA www.insa-france.fr A formação de engenheiro, uma especificidade francesa internacionalmente reconhecida

Leia mais

3 DOS REQUISITOS PARA O CANDIDATO

3 DOS REQUISITOS PARA O CANDIDATO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NO REINO UNIDO CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/UUK Nº 106/2011 O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação MCTI, o Ministério da Educação

Leia mais

C A P E S. 1. Apresentação. 2. Objetivo do programa. 3. Quem pode se candidatar

C A P E S. 1. Apresentação. 2. Objetivo do programa. 3. Quem pode se candidatar C A P E S Instruções para Candidatos a Bolsa de Doutorado Sanduíche Vinculados a Projetos Conjuntos da Coordenação-Geral de Cooperação Internacional da CAPES/CGCI. 1. Apresentação Este documento busca

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO. Programa de Bolsas Fórmula Santander 2015

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO. Programa de Bolsas Fórmula Santander 2015 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO Programa de Bolsas Fórmula Santander 2015 Dispõe sobre o programa de Mobilidade Internacional de alunos de graduação da Universidade Potiguar UnP, especificamente a concessão

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO SANDUÍCHE CHAMADAS PÚBLICAS 108 A 116/2012

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO SANDUÍCHE CHAMADAS PÚBLICAS 108 A 116/2012 O QUE É REQUISITOS PARA O CANDIDATO ÁREAS E TEMAS DE ESTUDO PRIORITÁRIOS Processo de seleção de candidatos de instituições brasileiras a bolsas de graduação-sanduíche no exterior para estudo em instituições

Leia mais

COORDENAÇÃO GERAL DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS E INTERNACIONAIS. Edital Complementar nº 003/2012

COORDENAÇÃO GERAL DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS E INTERNACIONAIS. Edital Complementar nº 003/2012 COORDENAÇÃO GERAL DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS E INTERNACIONAIS Edital Complementar nº 003/2012 A Coordenação Geral de Relações Institucionais e Internacionais, no uso de suas atribuições legais, torna público

Leia mais

Bem-vindos! Instituto de Língua e Cultura Francesas. e cursos universitários de verão. ILCF - Francês lingua estrangeira

Bem-vindos! Instituto de Língua e Cultura Francesas. e cursos universitários de verão. ILCF - Francês lingua estrangeira Instituto de Língua e Cultura Francesas e cursos universitários de verão Bem-vindos! Pontos fortes Excelência pedagógica Equipe pedagógica universitária : 45 professores altamente qualificados e experientes.

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS TECNÓLOGO SANDUÍCHE NO CANADÁ CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/ ACCC Nº 107 /2011

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS TECNÓLOGO SANDUÍCHE NO CANADÁ CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/ ACCC Nº 107 /2011 PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS TECNÓLOGO SANDUÍCHE NO CANADÁ CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/ ACCC Nº 107 /2011 O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação MCTI, o Ministério da Educação

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS Pré-seleção para Bolsas de Graduação Sanduíche no Reino Unido (Chamada Pública Programa Ciência sem Fronteiras/Organização Britânica Universities UK - UUK nº 106/2011) A

Leia mais

EDITAL UnC 137/2011 I DISPOSIÇÕES GERAIS:

EDITAL UnC 137/2011 I DISPOSIÇÕES GERAIS: EDITAL UnC 137/2011 Dispõe sobre a Concessão de cotas de bolsa na modalidade Graduação Sanduíche no Exterior SWG do Programa Ciência sem Fronteiras do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e

Leia mais

INFORMAÇÕES GERAIS...3. O Que É O Programa Erasmus Mundus?...3. Qual É Minha Instituição De Origem?...3. Qual É Minha Instituição De Destino?...

INFORMAÇÕES GERAIS...3. O Que É O Programa Erasmus Mundus?...3. Qual É Minha Instituição De Origem?...3. Qual É Minha Instituição De Destino?... FAQS SOMMARIO INFORMAÇÕES GERAIS...3 O Que É O Programa Erasmus Mundus?...3 Qual É Minha Instituição De Origem?...3 Qual É Minha Instituição De Destino?...3 O Que É Um Grupo-Alvo?...3 ELIGIBILIDADE...4

Leia mais

Comprometidos com o Futuro da Educação

Comprometidos com o Futuro da Educação Comprometidos com o Futuro da Educação Comprometidos com o Futuro da Educação Educação Assim se Constroem as Grandes Nações A educação é vital para criar uma cultura baseada na excelência. A demanda por

Leia mais

UNIVERSIDADE DE LISBOA ESTUDANTE INTERNACIONAL

UNIVERSIDADE DE LISBOA ESTUDANTE INTERNACIONAL UNIVERSIDADE DE LISBOA ESTUDANTE INTERNACIONAL EM PORTUGAL, A ULISBOA É LÍDER NOS PRINCIPAIS RANKINGS INTERNACIONAIS Academic Ranking of World Universities 2014 (Shanghai) 2.ª Universidade Ibero-Americana

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARA COORDENADORIA DE ASSUNTOS INTERNACIONAIS CENTRO DE TECNOLOGIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARA COORDENADORIA DE ASSUNTOS INTERNACIONAIS CENTRO DE TECNOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARA COORDENADORIA DE ASSUNTOS INTERNACIONAIS CENTRO DE TECNOLOGIA EDITAL N 07, DE 12 DE SETEMBRO DE 2012 SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE DUPLO DIPLOMA DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA. (TURMA

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO PROCESSO SELETIVO 2011-2º.

MANUAL DO CANDIDATO PROCESSO SELETIVO 2011-2º. MANUAL DO CANDIDATO PROCESSO SELETIVO 2011-2º. semestre Caro Candidato, Este é o manual do processo seletivo para o Curso de Pedagogia do Instituto Superior de Educação de São Paulo Singularidades para

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS Pré-seleção para Bolsas de Graduação Sanduíche na Itália (Chamada Pública Programa Ciência sem Fronteiras/Universidade de Bolonha nº 105/2011) A Pró-Reitora de Graduação

Leia mais

A Assessoria Internacional do IFMA informa aos interessados que estão abertas inscrições para os programas abaixo relacionados:

A Assessoria Internacional do IFMA informa aos interessados que estão abertas inscrições para os programas abaixo relacionados: A Assessoria Internacional do IFMA informa aos interessados que estão abertas inscrições para os programas abaixo relacionados: 1. Programa Balboa oferece bolsas na Espanha Jornalistas têm oportunidade

Leia mais

Serviço de exames de língua francesa reservados aos estudantes estrangeiros (SELFEE)

Serviço de exames de língua francesa reservados aos estudantes estrangeiros (SELFEE) Serviço de exames de língua francesa reservados aos estudantes estrangeiros (SELFEE) Conheç a os seis diplomas de proficiência da Univer sidade Paris-Sor bonne. Versão portuguesa Apresentação A Universidade

Leia mais

Programa de Estudantes - Convênio de Pós-graduação - PEC-PG - 2006

Programa de Estudantes - Convênio de Pós-graduação - PEC-PG - 2006 Programa de Estudantes - Convênio de Pós-graduação - PEC-PG - 2006 1. Do objeto: O Ministério das Relações Exteriores (MRE), por intermédio do Departamento Cultural (DC), a Coordenação de Aperfeiçoamento

Leia mais

esl diplomas sua faculdade * seu futuro graduações Guia Internacional empregos possibilidades infinitas www.georgianc.on.

esl diplomas sua faculdade * seu futuro graduações Guia Internacional empregos possibilidades infinitas www.georgianc.on. esl sua faculdade * seu futuro diplomas EDUCAÇÃO E TREINAMENTO INTERNACIONAIS graduações empregos Guia Internacional possibilidades infinitas www.georgianc.on.ca/international Porque a Georgian? Ao longo

Leia mais

EDITAL 01/2014 PARA SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA O PROGRAMA DE BOLSAS PARA INTERCÂMBIO DA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO CHILE

EDITAL 01/2014 PARA SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA O PROGRAMA DE BOLSAS PARA INTERCÂMBIO DA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO CHILE EDITAL 01/2014 PARA SELEÇÃO DE CANDIDATOS PARA O PROGRAMA DE BOLSAS PARA INTERCÂMBIO DA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO CHILE 1. PREÂMBULO A Assessoria de Relações Internacionais da Universidade Católica

Leia mais

Programa Ciência sem Fronteira

Programa Ciência sem Fronteira Programa Ciência sem Fronteira Graduação Sanduíche Pró-reitoria de Pesquisa Coesão interna para inserção externa Bolsas no país e exterior: número de bolsas-ano concedidas pelas agências federais, 2003-2009

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Comissão Interna do Programa Ciência Sem Fronteiras

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Comissão Interna do Programa Ciência Sem Fronteiras PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Comissão Interna do Programa Ciência Sem Fronteiras Edital 01/2011 PROGRAMA CIENCIA SEM FRONTEIRAS A Universidade Federal Rural

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO REITORIA. EDITAL N.º 001/2015 de 07/01/2015 PROCESSO SELETIVO 2015

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO REITORIA. EDITAL N.º 001/2015 de 07/01/2015 PROCESSO SELETIVO 2015 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO REITORIA EDITAL N.º 001/2015 de 07/01/2015 PROCESSO SELETIVO 2015 O reitor em exercício da reitoria da Universidade Federal de Mato Grosso

Leia mais

GABINETE DO REITOR COORDENAÇÃO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS

GABINETE DO REITOR COORDENAÇÃO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS GABINETE DO REITOR COORDENAÇÃO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS PROGRAMA DE GRADUAÇÃO / DOUTORADO SANDUÍCHE / PÓS-DOUTORADO / PESSOAL ACADEMICO E ADMINISTRATIVO PROGRAMA ERASMUS MUNDUS EBW+ Edital de Seleção

Leia mais

PRESIDÊNCIA DO GOVERNO Resolução do Conselho do Governo n.º 14/2015 de 23 de Janeiro de 2015

PRESIDÊNCIA DO GOVERNO Resolução do Conselho do Governo n.º 14/2015 de 23 de Janeiro de 2015 PRESIDÊNCIA DO GOVERNO Resolução do Conselho do Governo n.º 14/2015 de 23 de Janeiro de 2015 Considerando os objetivos do Governo dos Açores em promover, na Região, um conhecimento especializado de temáticas

Leia mais

APRESENTAMOS FOLHETO INTERNACIONAL 2016-2017 FOLHETO INTERNACIONAL 1

APRESENTAMOS FOLHETO INTERNACIONAL 2016-2017 FOLHETO INTERNACIONAL 1 APRESENTAMOS FOLHETO INTERNACIONAL 2016-2017 FOLHETO INTERNACIONAL 1 APRESENTAMOS O INSTITUTO DE NEGÓCIOS E TECNOLOGIA DE MANITOBA O CAMINHO SEGURO PARA O SEU SUCESSO PROFISSIONAL 2 FOLHETO INTERNACIONAL

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS. Graduação Sanduíche no Exterior/CNPq (SWG)

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS. Graduação Sanduíche no Exterior/CNPq (SWG) Edital N o 01 SWG/UNICENTRO/CNPq A Universidade Estadual do Centro-Oeste, por meio da Coordenação Institucional do Programa Ciência sem Fronteiras, com base no Termo de Concessão 800773/2011-0 do Programa

Leia mais

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO-SANDUÍCHE NO CANADA

PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO-SANDUÍCHE NO CANADA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS GRADUAÇÃO-SANDUÍCHE NO CANADA CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS/ CBIE (Canadian Bureau for International Education) Nº 109/2012 A Coordenação de Aperfeiçoamento

Leia mais

Ciência sem Fronteiras. É um programa de intercambio e mobilidade internacional

Ciência sem Fronteiras. É um programa de intercambio e mobilidade internacional Recife, 19 de abril de 2012 Ciência sem Fronteiras É um programa de intercambio e mobilidade internacional Objetivos Investir na formação de pessoal altamente qualificado nas competências e habilidades

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS MOBILIDADE ACADÊMICA DE GRADUAÇÃO EDITAL 01/2015

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS MOBILIDADE ACADÊMICA DE GRADUAÇÃO EDITAL 01/2015 MOBILIDADE ACADÊMICA DE GRADUAÇÃO EDITAL 01/2015 Vitória, 28 de janeiro de 2015. APRESENTAÇÃO A Secretaria de Relações Internacionais da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), no uso de suas atribuições

Leia mais