Internação eletiva (Recepção Principal)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Internação eletiva (Recepção Principal)"

Transcrição

1 1 de 8 RESULTADO ESPERADO: Proporcionar aos pacientes agilidade, segurança e comodidade durante o seu período de internação. 644 PROCESSOS RELACIONADOS: Apoio ao Cliente Assistência Cirúrgica Assistência Clínica Hotelaria 1. Manual 1. Entregar o "Manual de Orientação e Informação ao Paciente"; 2. Registar no campo observação a quem foi entregue o manual. 2. Pagamento de diferença de acomodação 1. Paciente fez opção por pagamento de diferença de acomodação; 2. Verificar a disponibilidade do leito; 3. Informar o valor da diferença de diárias; 4. Esclarecer ao cliente/paciente/responsável a existência da diferença de honorários médicos; 5. Preencher a comanda e encaminhar cliente/paciente/responsável para efetuar o pagamento; 6. Conferir pagamento através de recibo; 7. Imprimir termo de diferença de acomodação em 03 vias (cliente/setor/prontuário); 8. Informar ao médico assistente a opção do cliente; 9. Registrar no campo observação, conforme exemplo: Pagamento de diferença de acomodação de enfermaria para apartamento, conforme recibo nº xxxxxxx. Médico informado através do telefone xxxxxxx, no horário xxxxxxxx 3. Convênio Unimed João Pessoa 1. CNPJ: /77 e /39 2. Telefone: e Formulário apresentado pelo cliente: Guia de internação autorizada pela Unimed (modelo anexo). Toda cirurgia eletiva deve estar autorizada previamente pela Unimed 4. Formulário preenchido na recepção: Guia de Honorário médicos (modelo anexo)

2 2 de 8 5. OPMES: Consultar na web ou a impressão do (documento físico deixado na Recepção 6. Conferir o agendamento e autorização de OPMES para todas internações; 7. Os materiais especiais que não estiver autorizado deverá ser pago previamente conforme orçamento; 8. O paciente só deve ser admitido mediante autorização do procedimento e OPMES. 4. Convênio Afrafep 2. Telefone: Formulário apresentado pelo cliente: Guia de solicitação de internação autorizada pela Afrafep e Guia de Honorário médico (modelo anexo). Toda cirurgia eletiva deve estar autorizada previamente pela Afrafep. 4. OPMES: Consultar na web ou a impressão do (documento físico deixado na Recepção 5. Conferir o agendamento e autorização de OPMES para todas internações; 6. Os materiais especiais que não estiver autorizado deverá ser pago previamente conforme orçamento; 7. O paciente só deve ser admitido mediante autorização do procedimento e OPMES. 8. Prazo de validade de autorização: Observar na guia de solicitação de internação. 5. Convênio Cassi 2. Telefone: Tipo de atendimento com autorização prévia 1. O cliente comparece ao Hospital até 72 horas antes da realização do procedimento e deixa a documentação com a responsável do convênio; 2. É solicitado autorização à Central de Autorização da Cassi; 3. Após autorização é encaminhado informação através de para a recepção, bem como a impressão do próprio documento deixado na pasta do grupo CIEFAS;

3 3 de 8 4. OPMES: Consultar na web ou a impressão do (documento físico deixado na Recepção Principal) 5. O paciente só deve ser admitido mediante autorização do procedimento e OPMES. Tipo de atendimento com autorização presencial 1. O cliente apresenta o pedido de internação à Recepção; 2. A recepção entra em contato com a Central de Autorização da Cassi; 3. Repassa as informações necessárias para autorização (dados do cliente, diagnóstico, CID, procedimento, nome e CRM do médico assistente; 4. A Central de Autorização da Cassi informa a senha de autorização para procedimento; 5. OPMES: Nos dias úteis a responsável do convênio consulta a CASSI unidade. Nos sábados, domingos e feriados, caso não haja autorização de OPMES, não internar o paciente. 6. Prazo de validade de autorização: 20 dias 6. Convênio Capesaúde 2: Telefone: Formulário apresentado pelo cliente: Guia de internação autorizada pela Capesaúde (modelo anexo) 4. Formulário preenchido na recepção: Guia de Honorários médicos (modelo anexo) 5. OPMES: Consultar na web ou a impressão do (documento físico deixado na Recepção 6. Conferir o agendamento e autorização de OPMES para todas internações; 7. Os materiais especiais que não estiver autorizado deverá ser pago previamente conforme orçamento 8. O paciente só deve ser admitido mediante autorização do procedimento e OPMES. 7. Convênio Petrobras 2: Telefone: Fax: (71) e

4 4 de 8 4. Site: 5. Autorização: O cliente comparece ao Hospital no prazo mínimo de 72 horas antes da data da cirurgia; 6. A autorização é enviada à Recepção através de ; 7. OPMES: Consultar na web ou a impressão do (documento físico deixado na Recepção 8. Conferir o agendamento e autorização de OPMES para todas internações; 9. Os materiais especiais que não estiver autorizado deverá ser pago previamente conforme orçamento 10. O paciente só deve ser admitido mediante autorização do procedimento e OPMES. 11. Prazo de validade de autorização: 20 dias 8. Convênio Funasa 2. Telefone: Site: 4. Horário de Funcionamento: De 2ª a 6ª das 7:00 às 18:00h, sábado das 7:00 às 13:00h 5. Formulário apresentado pelo cliente: Guia de internação autorizada pela Funasa e Guia de honorários médicos anexados do próprio convênio (modelo anexo) preenchido no próprio convênio; 6. Validação: Informar, conferir e atualizar a validação no campo da carteira, campo observação. 7. OPMES: Consultar na web ou a impressão do (documento físico deixado na Recepção 8. Conferir o agendamento e autorização de OPMES para todas internações; 9. Os materiais especiais que não estiver autorizado deverá ser pago previamente conforme orçamento; 10. O paciente só deve ser admitido mediante autorização do procedimento e OPMES. 11. Prazo de validade; consultar a guia de solicitação de internação. 9. Convênio Camed

5 5 de 8 1. CNPJ: /77 2. Telefone: Fax: (85) / (85) Formulário 1: Guia de internação autorizada pela Camed 5. Formulário 2: guia de honorários médicos (04 vias) 6. OPMES: Consultar na web ou a impressão do (documento físico deixado na Recepção 6. Conferir o agendamento e autorização de OPMES para todas internações; 7. Os materiais especiais que não estiver autorizado deverá ser pago previamente conforme orçamento 8. O paciente só deve ser admitido mediante autorização do procedimento e OPMES. 10. Convênio Saúde Caixa 1. CNPJ: Telefone: (81) Fax: (81) Horário de Funcionamento: de 2ª a 6ª feira das 7:00 às 18:00h AUTORIZAÇÃO PRÉVIA 1. O cliente comparece ao Hospital até 72 horas antes da realização do procedimento e deixa a documentação com a responsável do convênio (Danielle); 2. É solicitado autorização à Central de Autorização; 3. Após autorização é encaminhado informação através de para a recepção, bem como a impressão do próprio documento deixado na pasta do grupo CIEFAS; 4. OPMES: Consultar na web ou a impressão do (documento físico deixado na Recepção Principal) 5. O paciente só deve ser admitido mediante autorização do procedimento e OPMES. AUTORIZAÇÃO PRESENCIAL 1. O cliente apresenta o pedido de internação à Recepção;

6 6 de 8 2. A recepção entra em contato com a Central de Autorização; 3. Repassa as informações necessárias para autorização (dados do cliente, diagnóstico, CID, procedimento, nome e CRM do médico assistente; 4. A Central de Autorização informa a senha de autorização para procedimento; 5. OPMES: Nos casos de procedimento eletivo com utilização de opmes deve-se obedecer o prazo de 72 horas, pois é exigido pela convênio que a cotação do material seja enviado em papel timbrado. 6. Prazo de validade de autorização: 20 dias DESCRIÇÃO DO PROCEDIMENTO: AÇÃO RESPONSÁVEL REGISTROS DESCRIÇÃO DA AÇÃO 01. Atender o paciente Recepcionista F(NG).APC.010 F(NG).APC Consultar a planilha de reserva de leito; 2. Solicitar, em formulário próprio, os dados cadastrais do paciente e do responsável; 3. Solicitar a guia de internação autorizada; 4. Solicitar documento pessoal (RG ou cateira de habilitação); 5. Solicitar a carteira do convênio. 02. Conferir a autorização Recepcionista 1. Documento apresentado: Guia de internação autorizada (vide modelo); 2. Anexar as guias de honorários médicos em 04 vias (vide modelo); 3. Solicitar assinatura nos documentos: guia de internação e guia de honorários; 4. Conferir o agendamento dos materiais especiais; 5. Confirmar a autorização dos materiais especiais 03. Cadastrar o paciente Recepcionista F(NG).APC Cadastrar o paciente no sistema MV para o primeiro atendimento 2. Atualizar o cadastro do paciente no sistema MV para paciente já cadastrado Observação 1: O cadastro do paciente é de suma importância para o Hospital, assim deve ser preenchido corretamente, sem abreviação, informando todos os campos; Observação 2: A alteração de um cadastro deve ser feito com segurança; Observação 3: Atenção para não gerar duplicidade de cadastro, ou seja, gerar mais de um cadastro para o mesmo paciente. 04. Internar o paciente Recepcionista 1. Sistema MV - No módulo Gerenciamento de Internação preencher todos os dados solicitados.

7 7 de Cadastrar o responsável 06. Cadastrar a carteira do convênio 07. Imprimir documentos obrigatórios Recepcionista Recepcionista Recepcionista 1. Sistema MV - No módulo Gerenciamento de Internação cadastrar o responsável pelo paciente. O RESPONSÁVEL É A PESSOA DE CONTATO DO PACIENTE, POR ISSO É IMPORTANTE QUE ESSE CADASTRO SEJA COMPLETO. 1. No módulo Gerenciamento de Internação cadastrar a carteira do convênio, conforme a carteira fornecida pelo cliente; 2. Atualizar a carteira do convênio, conforme a carteira fornecida pelo cliente. É IMPORTANTE A ATUALIZAÇÃO DOS DADOS DA CARTEIRA DO CLIENTE, POIS TODAS AS COBRANÇAS, HOSPITAL E MÉDICO, SÃO FEITAS PELO CADASTRO DA CARTEIRA. 1. Imprimir a anamnese; 2. Imprimir contrato de prestação de serviço - solicitar assinatura do paciente/responsável; 3. Imprimir termo de consentimento informado - solicitar assinatura do paciente/responsável. 08. Identificar o paciente Recepcionista 1. Identificar o paciente, ainda na recepção, colocando pulseira de identificação na cor azul já com etiqueta impressa e colada; 09. Identificar os acompanhantes do paciente 10. Encaminhar o paciente Recepcionista Mensageiro 2. O jogo de etiqueta vai anexo ao prontuário. As etiquetas deverão ser guardadas pela enfermagem em caso de necessidade de troca, por desgaste da pulseira e/ou etiqueta no decorrer da internação. 1. Encaminhar os acompanhantes para Recepção de Identificação; 2. Identificar os acompanhantes do paciente, conforme instrução de trabalho IT.APC O paciente é encaminhado ao leito, acompanhado do mensageiro. REFERÊNCIAS: OBSERVAÇÕES GERAIS: HISTÓRICO DE REVISÕES: ELABORAÇÃO/VALIDAÇÃO: Luciene Mônica - COORD APOIO AO CLIENTE PL - Elaborou documento em 25/05/2010 Joseli Medeiros - GER ATEND AO CLIENTE PL - Validou o documento em 18/08/2010 Katiuscia Barros - ENFERMEIRO* - Aprovou e Disponibilizou o documento em 27/08/2010

8 8 de 8

Internação de urgência (Recepção Principal)

Internação de urgência (Recepção Principal) 1 de 8 RESULTADO ESPERADO: Proporcionar aos pacientes agilidade, segurança e comodidade durante o seu período de internação. 643 PROCESSOS RELACIONADOS: Apoio ao Cliente 1. Manual 1. Entregar o "Manual

Leia mais

Internação de urgência (Pronto Atendimento)

Internação de urgência (Pronto Atendimento) 1 de 8 RESULTADO ESPERADO: Proporcionar aos pacientes agilidade, segurança e comodidade durante o seu período de internação. 694 PROCESSOS RELACIONADOS: Apoio ao Cliente Assistência Cirúrgica Assistência

Leia mais

Atendimento de urgência (Pronto Atendimento)

Atendimento de urgência (Pronto Atendimento) 1 de 6 RESULTADO ESPERADO: 642 PROCESSOS RELACIONADOS: Apoio ao Cliente DESCRIÇÃO DO PROCEDIMENTO: AÇÃO RESPONSÁVEL REGISTROS DESCRIÇÃO DA AÇÃO 1. Atender o cliente Técnico de Enfermagem e Recepcionista

Leia mais

SISTEMA DE REGULAÇÃO E CONTROLE DO ICS

SISTEMA DE REGULAÇÃO E CONTROLE DO ICS SISTEMA DE REGULAÇÃO E CONTROLE DO ICS FASCÍCULO DO BENEFICIÁRIO VERSÃO 2013 Instituto Curitiba de Saúde ICS - Plano Padrão ÍNDICE APRESENTAÇÃO 03 1. CONSULTA/ATENDIMENTO DE EMERGÊNCIA EM PRONTO ATENDIMENTO

Leia mais

Responsabilidades/ Autoridades

Responsabilidades/ Autoridades 1/5 1. OBJETIVO Garantir o abastecimento dos materiais Consignados e OPME do Hospital. 2. DEFINIÇÃO E CONCEITO OPME - Órtese Prótese e Materiais Especiais; CAF - Central de Abastecimento Farmacêutico;

Leia mais

Sistema de Autorização Unimed

Sistema de Autorização Unimed Diretoria de Gestão Estratégica Departamento de Tecnologia da Informação Divisão de Serviços em TI Sistema de Autorização Unimed MANUAL DO USUÁRIO DIVISÃO DE SERVIÇOS EM TI A Divisão de Serviços em TI

Leia mais

As instruções referentes ao atendimento ao cliente são destinadas aos recepcionistas que se encontram nas unidades de coleta laboratorial.

As instruções referentes ao atendimento ao cliente são destinadas aos recepcionistas que se encontram nas unidades de coleta laboratorial. PO-LB-CO-2 1/5 1. OBJETIVO Padronizar o processo de cobrança de exames, conforme guia de atendimento. 2. ABRANGÊNCIA As instruções referentes ao atendimento ao cliente são destinadas aos recepcionistas

Leia mais

Padronizar o processo de cobrança de exames, conforme PCMSO ou guia de atendimento para liberação de ASO.

Padronizar o processo de cobrança de exames, conforme PCMSO ou guia de atendimento para liberação de ASO. PO-CL-AT- 1/6 1. OBJETIVO Padronizar o processo de cobrança de exames, conforme PCMSO ou guia de atendimento para liberação de ASO. 2. DEFINIÇÃO E CONCEITO PCMSO: Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR

1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR 1 1 2 1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR Razão Social: FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR CNPJ: 12.838.821/0001-80 Registro ANS: 41828-5 Inscrição Municipal: 130973/001-6 Inscrição Estadual:

Leia mais

0800-728-2001 (Capitais e Interior) 0800-729-2001 (Demais Localidades) 0800-727-2001 (Capitais e Interior) Golden Fone (SAC)

0800-728-2001 (Capitais e Interior) 0800-729-2001 (Demais Localidades) 0800-727-2001 (Capitais e Interior) Golden Fone (SAC) Golden Fone (SAC) 0800-728-2001 (Capitais e Interior) Central Técnica 4004-2001 (Regiões Metropolitanas do Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador, Belo Horizonte, Porto Alegre, Brasília e São Luís) 0800-729-2001

Leia mais

1. Tela de Acesso pg. 2. 2. Cadastro pg. 3. 3. Abas de navegação pg. 5. 4. Abas dados cadastrais pg. 5. 5. Aba grupo de usuários pg.

1. Tela de Acesso pg. 2. 2. Cadastro pg. 3. 3. Abas de navegação pg. 5. 4. Abas dados cadastrais pg. 5. 5. Aba grupo de usuários pg. Sumário 1. Tela de Acesso pg. 2 2. Cadastro pg. 3 3. Abas de navegação pg. 5 4. Abas dados cadastrais pg. 5 5. Aba grupo de usuários pg. 6 6. Aba cadastro de funcionários pg. 7 7. Pedidos pg. 12 8. Cartões

Leia mais

Novo layout de Telas Sistema Autorizador

Novo layout de Telas Sistema Autorizador Novo layout de Telas Sistema Autorizador A fim de proporcionar aos consultórios melhor desempenho do sistema Autorizador, as telas alimentadas pelo antigo sistema Authorize foram atualizadas. O novo layout

Leia mais

GW Unimed Blumenau. Nunca foi tão fácil enviar sua produção eletronicamente para a Unimed Blumenau.

GW Unimed Blumenau. Nunca foi tão fácil enviar sua produção eletronicamente para a Unimed Blumenau. 2010 GW Unimed Blumenau Nunca foi tão fácil enviar sua produção eletronicamente para a Unimed Blumenau. GW uma ferramenta on-line de auditoria ligada diretamente com o próprio sistema da operadora, o que

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA A REDE DE PRESTADORES GUIA DE CONSULTA

MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA A REDE DE PRESTADORES GUIA DE CONSULTA MANUAL DE ORIENTAÇÃO PARA A REDE DE PRESTADORES GUIA DE CONSULTA Recife/2007 SUMÁRIO PAG I Objetivos... 02 II Orientações Gerais... 04 III Instruções para preenchimento da Guia de Consulta... 06 IV Anexos......

Leia mais

1. CADASTRO 2. AGENDAMENTOS:

1. CADASTRO 2. AGENDAMENTOS: 1. CADASTRO Para atuar no Hospital São Luiz, todo médico tem de estar regularmente cadastrado. No momento da efetivação, o médico deve ser apresentado por um membro do corpo clínico, munido da seguinte

Leia mais

São Paulo, Janeiro de 2014

São Paulo, Janeiro de 2014 Comunicado - Reembolso Prezado Cliente, Com o objetivo de aprimorarmos nossas rotinas operacionais e visando preservar a agilidade nos pagamentos dos atendimentos ocorridas na Livre-Escolha, informamos

Leia mais

Gerencie a sala de espera e garanta a satisfação dos pacientes

Gerencie a sala de espera e garanta a satisfação dos pacientes Centralx Clinic O ciclo de trabalho completo em um só sistema. Para ambientes de alta produtividade, do agendamento à consulta, do faturamento ao rateio entre prestadores de serviço, o Centralx Clinic

Leia mais

Definir metodologia para realizar o processo de cobrança de Prontuários Clínicos e Cirúrgicos.

Definir metodologia para realizar o processo de cobrança de Prontuários Clínicos e Cirúrgicos. 1/6 1. OBJETIVO Definir metodologia para realizar o processo de cobrança de Prontuários Clínicos e Cirúrgicos. 2. DEFINIÇÃO E CONCEITO GUIATISS- Guia de Troca de Informações em Saúde Suplementar; PM- Prescrição

Leia mais

RHFOUS. Referencial de Honorários de Fonoaudiologia Unafisco Saúde PREMIUM.

RHFOUS. Referencial de Honorários de Fonoaudiologia Unafisco Saúde PREMIUM. RHFOUS Referencial de Honorários de Fonoaudiologia Unafisco Saúde PREMIUM. 2011 RHFOUS Referencial de Honorários de Fonoaudiologia Unafisco Saúde PREMIUM. 2011 APRESENTAÇÃO O UNAFISCO SAÚDE é o Plano

Leia mais

Nome do campo Descrição Obrigatório. Registro da operadora na ANS. Já consta na guia. Número da guia de solicitação.

Nome do campo Descrição Obrigatório. Registro da operadora na ANS. Já consta na guia. Número da guia de solicitação. Legenda da Guia de solicitação de internação Núm. do Campo Nome do campo Descrição 1 Registro ANS Registro da operadora na ANS. Já consta na guia. 2 Número da guia Número da guia de solicitação. Já consta

Leia mais

American Express @ Work Guia de Primeiros Passos

American Express @ Work Guia de Primeiros Passos American Express @ Work Guia de Primeiros Passos Utilize o American Express @ Work para gerenciar a Conta do Associado e da sua Empresa, realizar manutenções nas Contas, acessar Relatórios de forma rápida,

Leia mais

DC 349 Rev 03. Manual de Atendimento de Saúde Ocupacional no Consultório Médico

DC 349 Rev 03. Manual de Atendimento de Saúde Ocupacional no Consultório Médico DC 349 Rev 03 Manual de Atendimento de Saúde Ocupacional no Consultório Médico SUMÁRIO 1.1 Atendendo o funcionário...3 1.2 Preenchendo o RE227 ASO Atestado de Saúde Ocupacional ou RE884 - ASO - Atestado

Leia mais

TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado - Unidades de Diagnóstico 11.8. março de 2015. Versão: 2.0

TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado - Unidades de Diagnóstico 11.8. março de 2015. Versão: 2.0 TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado - Unidades de Diagnóstico 11.8 março de 2015 Versão: 2.0 1 Sumário 1 Objetivos... 4 2 Introdução... 4 3 Cadastros... 5 3.1 Cadastro de Departamentos do Laboratório...

Leia mais

Cadastro de Pessoa Jurídica

Cadastro de Pessoa Jurídica Fundação de Apoio à Universidade de São Paulo Cadastro de Pessoa Jurídica CADASTRAMENTO NO NOVO SISTEMA Novembro/2012 2 Índice 1 Introdução 03 2 Entrando no sistema de cadastro 03 3 Cadastramento eletrônico

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES AO CREDENCIADO VOAM

MANUAL DE INSTRUÇÕES AO CREDENCIADO VOAM MANUAL DE INSTRUÇÕES AO CREDENCIADO VOAM Versão 01/2013 XML 11 IDENTIFICAÇÃO VOAM VOLVO ODONTOLOGIA E ASSISTÊNCIA MÉDICA. Razão Social: VOLVO DO BRASIL VEÍCULOS LTDA. CNPJ: 43.999.424/0001-14 Registro

Leia mais

ÍNDICE TISS versão 3.0 Implantação 31/05/2014

ÍNDICE TISS versão 3.0 Implantação 31/05/2014 1 ÍNDICE 1. Visão Geral 3 2. O que é a TISS 3 3. Histórico da evolução do modelo 3 4. O que faz parte da TISS 4 5. Guias e demonstrativos 4 6. Plano de contingência 4 7. Guia de consulta 5 8. Guia de SP/SADT

Leia mais

SERVMED SAÚDE MANUAL DE PREENCHIMENTO TISS

SERVMED SAÚDE MANUAL DE PREENCHIMENTO TISS SERVMED SAÚDE MANUAL DE PREENCHIMENTO TISS MAIO/2007 Blumenau-SC, 18 de maio de 2007. À Rede Credenciada Prezados Credenciados: Como é de conhecimento de todos, dia 31 de maio de 2007 é o prazo que a Agência

Leia mais

Saúde Online. Serviços Médicos / Faturamento

Saúde Online. Serviços Médicos / Faturamento Saúde Online Serviços Médicos / Faturamento Página 1 INDICE 1 Introdução Página 03 2 Acesso Página 03 3 Faturamento Eletrônico Página 03 4 Guia de Consulta Página 05 5 Guia SP/SADT Página 07 6 Guia de

Leia mais

MANUAL DE ANOTAÇÃO DE RESPONSABILIDADE TÉCNICA - ART (SP/MT/MS)

MANUAL DE ANOTAÇÃO DE RESPONSABILIDADE TÉCNICA - ART (SP/MT/MS) MANUAL DE ANOTAÇÃO DE RESPONSABILIDADE TÉCNICA - ART (SP/MT/MS) Sumário 1 - Procedimentos para obter 1ª ART Eletrônica... 2 2 Como obter o Termo de Responsabilidade Técnica... 3 3 - Encaminhar documentos

Leia mais

Consórcio Contemplação de Imóveis Para quem quer planejar e realizar seus objetivos.

Consórcio Contemplação de Imóveis Para quem quer planejar e realizar seus objetivos. Consórcio Contemplação de Imóveis Para quem quer planejar e realizar seus objetivos. Bradesco Consórcios ROTEIRO PARA AVALIAÇÃO DE IMÓVEL Central de Atendimento às Agências (11) 3357-1799 Central de Atendimento

Leia mais

GUIA DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE COMPRAS VIA WEB

GUIA DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE COMPRAS VIA WEB GUIA DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE COMPRAS VIA WEB ( c) 2010 Todos os direitos reservados a ABCG Campo Grande-MS INDICE 1. Introdução ao compras web 05 2. Fluxo do processo de compras web 06 3. Como ingressar

Leia mais

Consultório On-line. Tudo o que você precisa em um só lugar.

Consultório On-line. Tudo o que você precisa em um só lugar. Índice 1) Acesso ao sistema 2) Recepção do paciente 3) Envio do atendimento para faturamento: consulta médica ou procedimentos simples 4) Envio do atendimento para faturamento: procedimentos previamente

Leia mais

Guia Prático de Utilização do Plano

Guia Prático de Utilização do Plano Guia Prático de Utilização do Plano Aqui você tem o que há de melhor para a sua saúde. O QUE É A UNIMED APRESENTAÇÃO Sua finalidade é prestar assistência médica e hospitalar de alto padrão, dentro do sistema

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Secretaria Nacional de Renda de Cidadania Instrução Operacional nº 27 SENARC/MDS Brasília, 22 janeiro de 2009. Divulga aos municípios orientações sobre a utilização do Sistema de Atendimento e Solicitação de Formulários (Sasf) 1 APRESENTAÇÃO O

Leia mais

SISTEMA INFORMATIZADO DE REGULAÇÃO E CONTROLE DO ICS

SISTEMA INFORMATIZADO DE REGULAÇÃO E CONTROLE DO ICS SISTEMA INFORMATIZADO DE REGULAÇÃO E CONTROLE DO ICS MANUAL DO PRESTADOR DE SERVIÇOS CONSULTÓRIOS/CLÍNICAS CREDENCIADAS PARA ATENDIMENTO ELETIVO (FASCÍCULO DO ATENDIMENTO ELETIVO) VERSÃO I - 2013 Instituto

Leia mais

TRANSFERÊNCIA DE PACIENTE INTERNA E EXTERNA

TRANSFERÊNCIA DE PACIENTE INTERNA E EXTERNA 1 de 8 Histórico de Revisão / Versões Data Versão/Revisões Descrição Autor 25/11/2012 1.00 Proposta inicial LCR, DSR,MGO 1 Objetivo Agilizar o processo de transferência seguro do paciente/cliente, para

Leia mais

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA.

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA MANUAL DO VTWEB CLIENT CADASTROS /PEDIDOS E PROCEDIMENTOS Resumo Esse manual tem como o seu objetivo principal a orientação de uso do

Leia mais

Carta de Versão. TOTVS Saúde Hospitalar. Informações relacionadas a versão 1.0.112.0

Carta de Versão. TOTVS Saúde Hospitalar. Informações relacionadas a versão 1.0.112.0 Carta de Versão TOTVS Saúde Hospitalar Informações relacionadas a versão 1.0.112.0 Caminho: GENSHOSPPR-13 SADT SADT > ATENDIMENTO > RESULTADO DE EXAMES Nova integração permite que resultados de exames

Leia mais

Passo-a-passo para alteração de representante legal no CNPJ

Passo-a-passo para alteração de representante legal no CNPJ Passo-a-passo para alteração de representante legal no CNPJ Fundamentação legal: A entidade estará obrigada a atualizar no CNPJ qualquer alteração referente aos seus dados cadastrais até o último dia útil

Leia mais

Versão 2.0. Data de criação 13/05/2015

Versão 2.0. Data de criação 13/05/2015 Apostila de Treinamento Agendamento Versão 2.0 Data de criação 13/05/2015 Data de efetivação Este documento entra em vigor na sua publicação. Versão do Sistema 2.0.0.0 Índice 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1 Objetivo

Leia mais

SISTEMA INFORMATIZADO DE REGULAÇÃO E CONTROLE DO ICS

SISTEMA INFORMATIZADO DE REGULAÇÃO E CONTROLE DO ICS SISTEMA INFORMATIZADO DE REGULAÇÃO E CONTROLE DO ICS MANUAL DO PRESTADOR DE SERVIÇOS DE SADT ELETIVO (FASCÍCULO DO SADT ELETIVO) VERSÃO I - 2013 Instituto Curitiba de Saúde ICS - Plano Padrão ÍNDICE APRESENTAÇÃO

Leia mais

MANUAL AUTORIZADOR ON-LINE

MANUAL AUTORIZADOR ON-LINE MANUAL AUTORIZADOR ON-LINE ANS nº 34.600-4 AUTORIZADOR ON-LINE Para ter acesso ao autorizador on-line da Uniodonto Piracicaba siga os passos abaixo: 1 Acesse www.uniodontopiracicaba.com.br e clique em

Leia mais

Manual de Utilização Autorizador

Manual de Utilização Autorizador 1) Acessando: 1-1) Antes de iniciar a Implantação do GSS, lembre-se de verificar os componentes de software instalados no computador do prestador de serviço: a) Sistema Operacional: nosso treinamento está

Leia mais

Introdução. Vantagens. Utilização

Introdução. Vantagens. Utilização Introdução O Sistema de Transferência de Propriedade online permite ao Proprietário transferir a Propriedade de um animal de forma alienada ou não, sem a necessidade de encaminhamento da Guia de Transferência

Leia mais

Manual do Prevencionista

Manual do Prevencionista Manual do Prevencionista Sumário 1- Introdução 2- Instruções de atendimento 2.1- Identificação do beneficiário 2.2- Quanto ao tratamento 2.2.1- Etapas do atendimento 2.2.1.1- Situação atual 2.2.1.2- Fichas

Leia mais

Manual de Orientação ao Paciente

Manual de Orientação ao Paciente Manual de Orientação ao Paciente Caros pacientes e familiares, O Hospital do Rio deseja um período o mais breve e tranquilo possível em nossas instalações. Desde já, agradecemos sua confiança e preferência.

Leia mais

ÍNDICE 1. SEJA BEM-VINDO... 2 SOBRE O SISTEMA... 3 2. FUNCIONALIDADES DO SISTEMA... 4

ÍNDICE 1. SEJA BEM-VINDO... 2 SOBRE O SISTEMA... 3 2. FUNCIONALIDADES DO SISTEMA... 4 ÍNDICE 1. SEJA BEM-VINDO... 2 1.1 Seja Bem-Vindo!... 2 SOBRE O SISTEMA... 3 1.2 Sobre o sistema... 3 1.3 Navegação... 3 2. FUNCIONALIDADES DO SISTEMA... 4 2.1 Efetuar Login Internet... 4 2.1.1 Efetuar

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 013/UNIR//PRAD/2014 DE 25 DE AGOSTO DE 2014

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 013/UNIR//PRAD/2014 DE 25 DE AGOSTO DE 2014 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 013/UNIR//PRAD/2014 DE 25 DE AGOSTO DE 2014 Estabelece procedimentos para solicitação e acompanhamento dos serviços hospedagem no âmbito da Fundação Universidade Federal de Rondônia

Leia mais

INTRODUÇÃO 2 AUTORIZADOR WEB 4. Pesquisar Beneficiário... 5. Elegibilidade Beneficiário... 6. Nova Guia Consulta Eletiva... 7. Nova Guia SP/SADT...

INTRODUÇÃO 2 AUTORIZADOR WEB 4. Pesquisar Beneficiário... 5. Elegibilidade Beneficiário... 6. Nova Guia Consulta Eletiva... 7. Nova Guia SP/SADT... INTRODUÇÃO 2 AUTORIZADOR WEB 4 Pesquisar Beneficiário... 5 Elegibilidade Beneficiário... 6 Nova Guia Consulta Eletiva... 7 Nova Guia SP/SADT... 10 Nova Guia Anexo de Radioterapia... 14 Nova Guia Anexo

Leia mais

Projetos desenvolvidos para o Hospital e Maternidade Municipal de Uberlândia e a o Hospital Escola de Uberlândia - UFU

Projetos desenvolvidos para o Hospital e Maternidade Municipal de Uberlândia e a o Hospital Escola de Uberlândia - UFU Projetos desenvolvidos para o Hospital e Maternidade Municipal de Uberlândia e a o Hospital Escola de Uberlândia - UFU AMBULATÓRIO Cadastro de paciente ( caso o paciente já tenha consultado no hospital

Leia mais

Requisitos - M.O.P.I.

Requisitos - M.O.P.I. Casos de Uso 1. Cadastrar Requisitos - M.O.P.I. 1.1. Paciente O usuário fornece ao sistema Nome, CPF, Endereço, Celular, Login e Senha obrigatoriamente, além de campos opcionais como Alergias, RG, Plano

Leia mais

Manual do Prestador SEPACO. Autogestão. ANS - no 41.696-7

Manual do Prestador SEPACO. Autogestão. ANS - no 41.696-7 Manual do Prestador Autogestão ANS - no 41.696-7 SEPACO Prezado prestador, Este manual tem como objetivo formalizar a implantação das rotinas administrativas do Sepaco Autogestão, informando as características

Leia mais

HISTÓRICO DE REVISÕES

HISTÓRICO DE REVISÕES PÁGINA: 1/9 DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO DIRAD ÁREAS SIEX/ QUALIDADE CÓDIGO DE CLASSIFICAÇÃO DO DOCUMENTO 010 TíTULO: ANALISAR PROCESSO PARA RECEBIMENTO DE RECURSOS DO EXTERIOR VENDA DE ASSINATURAS E/OU

Leia mais

MANUAL DE REGRAS E NORMAS TÉCNICAS PARA WEB GUIA E DEMONSTRATIVO DE PAGAMENTO

MANUAL DE REGRAS E NORMAS TÉCNICAS PARA WEB GUIA E DEMONSTRATIVO DE PAGAMENTO MANUAL DE REGRAS E NORMAS TÉCNICAS PARA WEB GUIA E DEMONSTRATIVO DE PAGAMENTO Este Manual tem por finalidade orientar os procedimentos de preenchimento da Web Guia do CREDENCIADO no atendimento aos beneficiários

Leia mais

IAMSPE DÚVIDAS FREQUENTES

IAMSPE DÚVIDAS FREQUENTES IAMSPE DÚVIDAS FREQUENTES P: É possível anexar documentos nos pedidos solicitados no sistema Medlink? R: Ao incluir um pedido em sistema é possível anexar documentos. Após registro do pedido em sistema

Leia mais

MANUAL PARA ATENDIMENTO ONLINE. Apresentamos os passos para utilização do Atendimento Online do sistema GSS para os profissionais da área de saúde:

MANUAL PARA ATENDIMENTO ONLINE. Apresentamos os passos para utilização do Atendimento Online do sistema GSS para os profissionais da área de saúde: MANUAL PARA ATENDIMENTO ONLINE Apresentamos os passos para utilização do Atendimento Online do sistema GSS para os profissionais da área de saúde: 1º) Autorizando o paciente e enviando para a lista de

Leia mais

Manual Cartão Pesquisa /CNPq. Atualizado em 25/08/2014

Manual Cartão Pesquisa /CNPq. Atualizado em 25/08/2014 Manual Cartão Pesquisa /CNPq Atualizado em 25/08/2014 Sumário Introdução... 3 Cartão BB Pesquisa... 4 Passo a Passo... 8 Perguntas e Respostas.... 14 Cartão BB Pesquisa O Cartão BB Pesquisa éresultado

Leia mais

Sistema MV Saúde. Manual do Prestador

Sistema MV Saúde. Manual do Prestador Sistema MV Saúde Manual do Prestador Indice: Como logar 3 COMO GERAR UMA GUIA DE CONSULTA 5 COMO GERAR UMA GUIA DE SP/SADT (PROCEDIMENTOS) 8 COMO GERAR UMA GUIA DE INTERNAÇÃO 12 2 Como logar Sistema MV

Leia mais

G U I A. Processo de Cancelamento e Devolução D E V E N D A S

G U I A. Processo de Cancelamento e Devolução D E V E N D A S G U I A Processo de Cancelamento e Devolução D E V E N D A S 1 Quando o cliente recusa o equipamento No momento em que o correio for entregar o equipamento e o cliente recusar a entrega, a Revenda precisa

Leia mais

Ajuda On-line - Sistema de Portaria. Versão 4.8.J

Ajuda On-line - Sistema de Portaria. Versão 4.8.J Versão 4.8.J Sumário PORT - Módulo de Apoio Portaria 3 1 Manual... de Processos - Portaria 4 Fluxo - Portaria... 5 2 Configurações... 6 Unidades... de Internação 6 Setores Administrativos... 9 Configuração...

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 03, DE 10 DE MAIO DE 2011

RESOLUÇÃO Nº 03, DE 10 DE MAIO DE 2011 RESOLUÇÃO Nº 03, DE 10 DE MAIO DE 2011 Disciplina os procedimentos a serem adotados relativos à comercialização e utilização do Alojamento da ENAP. O PRESIDENTE DO CONSELHO DIRETOR DA FUNDAÇÃO NACIONAL

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO DA REQUISIÇÃO ON-LINE. Unimed Jundiaí Cooperativa de Trabalho Médico Elaboração Setembro de 2008

MANUAL DE ORIENTAÇÃO DA REQUISIÇÃO ON-LINE. Unimed Jundiaí Cooperativa de Trabalho Médico Elaboração Setembro de 2008 MANUAL DE ORIENTAÇÃO DA REQUISIÇÃO ON-LINE Unimed Jundiaí Cooperativa de Trabalho Médico Elaboração Setembro de 2008 CONCEITO A Requisição on-line substitui o documento - Guia de Solicitação de Internação

Leia mais

Escritório Virtual Administrativo

Escritório Virtual Administrativo 1 Treinamento Módulos Escritório Virtual Administrativo Sistema Office Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual e módulo Administrativo do sistema Office 2 3 1. Escritório

Leia mais

Bem-vindo ao VENDAS ONLINE

Bem-vindo ao VENDAS ONLINE Bem-vindo ao VENDAS ONLINE Vendas Online www.planosamildental.com.br Principais Informações Site exclusivo para produtos da Dental Venda de planos PME e PF online Pagamento com cartão de crédito PF Burocracia

Leia mais

Atendimentos Externos

Atendimentos Externos Aprovado por Comitê da Qualidade Analisado criticamente por Chefe do Departamento de Atendimento ao Usuário 1. OBJETIVOS Orientar os técnicos N2 quanto ao procedimento de atendimento aos usuários do MPGO

Leia mais

PROCEDIMENTO OPERACIONAL AQUISIÇÃO / QUALIFICAÇÃO E AVALIAÇÃO DE FORNECEDORES

PROCEDIMENTO OPERACIONAL AQUISIÇÃO / QUALIFICAÇÃO E AVALIAÇÃO DE FORNECEDORES Histórico de Revisões Rev. Modificações 01 30/04/2007 Primeira Emissão 02 15/06/2009 Alteração de numeração de PO 7.1 para. Alteração do título do documento de: Aquisição para: Aquisição / Qualificação

Leia mais

SISTEMA DE RECURSOS HUMANOS DA USP

SISTEMA DE RECURSOS HUMANOS DA USP Página 1 de 11 SISTEMA DE RECURSOS HUMANOS DA USP SUMÁRIO AFASTAMENTOS AUTORIZADOS PELO M.REITOR COMO INCLUIR UMA SOLICITAÇÃO DE AFASTAMENTO 2 a 4 PROCEDIMENTOS DA ÁREA DE PESSOAL AFASTAMENTOS DE DIRIGENTES

Leia mais

Manual de. Solicitação. de Procedimentos Eletivos. Confira o passo a passo para solicitar autorização para a realização de procedimentos eletivos.

Manual de. Solicitação. de Procedimentos Eletivos. Confira o passo a passo para solicitar autorização para a realização de procedimentos eletivos. Manual de Solicitação de Procedimentos Eletivos Confira o passo a passo para solicitar autorização para a realização de procedimentos eletivos. Rio SUMÁRIO MANUALWEB INTRODUÇÃO 2 3 1) Introdução 2) Estrutura

Leia mais

Manual de Reembolso. Para ter acesso a este benefício, fique atento às dicas a seguir. 2ª edição

Manual de Reembolso. Para ter acesso a este benefício, fique atento às dicas a seguir. 2ª edição Manual de Reembolso 2ª edição Você sabia que quando não utiliza os serviços da rede credenciada do Agros, seja por estar fora da área de cobertura do plano de saúde ou por opção, pode solicitar o reembolso

Leia mais

Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb

Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb Dezembro/2012 2 Manual de Utilização das Funções Básicas do Sistema ClinicWeb Sumário de Informações do Documento Título do Documento: Resumo:

Leia mais

Procedimentos para Utilização do SAVI

Procedimentos para Utilização do SAVI Procedimentos para Utilização do SAVI 1. Acessando o sistema Para acessar o sistema é necessário ter instalado em seu sistema o navegador Firefox. Uma vez que ele esteja disponível acesse o link: HTTP://

Leia mais

Tutorial de Acesso Módulo Servidor. Elaboração: Viviane Félix Silveira Gestora Operacional. Coordenação: Ronaldo Pedro de Freitas Gestor Técnico

Tutorial de Acesso Módulo Servidor. Elaboração: Viviane Félix Silveira Gestora Operacional. Coordenação: Ronaldo Pedro de Freitas Gestor Técnico Tutorial de Acesso Módulo Servidor Elaboração: Viviane Félix Silveira Gestora Operacional Coordenação: Ronaldo Pedro de Freitas Gestor Técnico Sumário 1. Introdução:... 3 2. Objetivo:... 4 3. Liberação

Leia mais

CPP Comitê de Publicações Periódicas REVISTA VIVÊNCIA - ESG

CPP Comitê de Publicações Periódicas REVISTA VIVÊNCIA - ESG CPP Comitê de Publicações Periódicas REVISTA VIVÊNCIA - ESG REVISTA VIVÊNCIA A Revista Vivência é uma publicação periódica escrita por seus próprios consumidores. Essa característica é raramente encontrada

Leia mais

Estabelecer a sistemática para controle de acesso e proteção de dados do sistema SMART e INTRANET através de usuário e senha.

Estabelecer a sistemática para controle de acesso e proteção de dados do sistema SMART e INTRANET através de usuário e senha. 1/5 1. OBJETIVO Estabelecer a sistemática para controle de acesso e proteção de dados do sistema SMART e INTRANET através de usuário e senha. 2. DEFINIÇÃO E CONCEITO Service Desk é um sistema desenvolvido

Leia mais

O sistema possui 5 módulos para registros:

O sistema possui 5 módulos para registros: ÍNDICE 1 DESCRIÇÃO...4 2 ACESSO...6 3 DADOS CADASTRAIS...7 3.1 ATUALIZAR CADASTRO...7 3.2 TROCAR SENHA...8 4 GRUPO DE USUÁRIO...9 4.1 INCLUIR...9 4.2 ATUALIZAR...9 5 FUNCIONÁRIOS...10 5.1 INCLUIR...10

Leia mais

Manual Ilustrado Repasse de Honorários Médicos

Manual Ilustrado Repasse de Honorários Médicos Junho - 2014 Índice Título do documento 1. Objetivos... 3 2. Introdução... 3 3. Cadastros... 4 3.1. Cadastro de Desconto em Repasse... 4 3.2. Cadastro de Critério Geral de Repasse... 4 3.3. Cadastro de

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES AO CREDENCIADO VOAM

MANUAL DE INSTRUÇÕES AO CREDENCIADO VOAM MANUAL DE INSTRUÇÕES AO CREDENCIADO VOAM Versão 01/2013 Terapias 11 IDENTIFICAÇÃO VOAM VOLVO ODONTOLOGIA E ASSISTÊNCIA MÉDICA. Razão Social: VOLVO DO BRASIL VEÍCULOS LTDA. CNPJ: 43.999.424/0001-14 Registro

Leia mais

MANUAL DE LISTA PRESENCIAL E CONFIRMAÇÃO DE ATENDIMENTO

MANUAL DE LISTA PRESENCIAL E CONFIRMAÇÃO DE ATENDIMENTO MANUAL DE LISTA PRESENCIAL E CONFIRMAÇÃO DE ATENDIMENTO Este Manual tem por finalidade orientar o preenchimento do Novo Portal de Serviços de Atendimento ao Prestador na Confirmação de Atendimento e Lista

Leia mais

PORTAL DE COMPRAS ELETRÔNICO

PORTAL DE COMPRAS ELETRÔNICO Página: 1 PORTAL DE COMPRAS ELETRÔNICO Manual do Fornecedor Página: 2 1. OBJETIVO Formalizar o método de preenchimento de cotações e retirada de pedidos de compras via E-PROCUREMENT. 2. RESPONSABILIDADES

Leia mais

TUTORIAL PORTAL EMPRESA

TUTORIAL PORTAL EMPRESA TUTORIAL PORTAL EMPRESA Prezado cliente, O NatalCard trabalha pensando em soluções para facilitar o seu dia a dia. Por isso, o sistema para solicitação do cartão Vale-Transporte Eletrônico, o Portal Empresa,

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR

1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR 1 1 2 1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR Razão Social: FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR CNPJ: 12.838.821/0001-80 Registro ANS: 41828-5 Inscrição Municipal: 130973/001-6 Inscrição Estadual:

Leia mais

FORMULÁRIOS TISS SUMÁRIO

FORMULÁRIOS TISS SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Formulários Padrão TISS 2. Preenchimento das Guias Padrão TISS Guia de Consulta Guia de Serviço Profissional/Serviço Auxiliar de Diagnóstico e Terapia SP/SADT Guia de Solicitação de Internação

Leia mais

Levantamento de Requisitos de Software. Sistema Integrado de ATendimento (SIAT)

Levantamento de Requisitos de Software. Sistema Integrado de ATendimento (SIAT) Levantamento de Requisitos de Software Sistema Integrado de ATendimento (SIAT) o 1. Técnicas Levantamento de Requisitos 3 1.1 Levantamento Orientado a Ponto de Vista-----------------------------------------------

Leia mais

SOFTWARE DE GERENCIAMENTO DA SECRETARIA DA SAUDE PROJETO DE TRABALHO

SOFTWARE DE GERENCIAMENTO DA SECRETARIA DA SAUDE PROJETO DE TRABALHO SOFTWARE DE GERENCIAMENTO DA SECRETARIA DA SAUDE PROJETO DE TRABALHO INTRODUÇÃO O avanço da tecnologia trouxe inúmeros benefícios à população. Quando usada de maneira saudável e inteligente, auxilia na

Leia mais

Sobre o Cancelamento de Gravames. Cancelamento de Reserva de Gravames - DETRAN/SP

Sobre o Cancelamento de Gravames. Cancelamento de Reserva de Gravames - DETRAN/SP Sobre o Cancelamento de Gravames Cancelamento de Reserva de Gravames - DETRAN/SP Procedimentos para Solicitação do Desbloqueio de Cancelamento de Gravame De acordo com a portaria 2.762 de 28 de dezembro

Leia mais

MANUAL DO PRESTADOR WEB

MANUAL DO PRESTADOR WEB MANUAL DO PRESTADOR WEB Sumário 1. Guia de Consulta... 3 2. Guia de Procedimentos Ambulatoriais... 6 3. Guia de Solicitação de Internação... 8 4. Prorrogação de internação... 8 5. Confirmação de pedido

Leia mais

APRESENTAÇÃO UNIHOSP SAÚDE S/A CNPJ: 01.445.199/0001-24 Rua Campos Sales, 517 Centro Santo André - SP MANUAL DE ORIENTAÇÕES AO CREDENCIADO

APRESENTAÇÃO UNIHOSP SAÚDE S/A CNPJ: 01.445.199/0001-24 Rua Campos Sales, 517 Centro Santo André - SP MANUAL DE ORIENTAÇÕES AO CREDENCIADO APRESENTAÇÃO UNIHOSP SAÚDE S/A CNPJ: 01.445.199/0001-24 Rua Campos Sales, 517 Centro Santo André - SP MANUAL DE ORIENTAÇÕES AO CREDENCIADO Este manual visa esclarecer as regras e normas para o serviço

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA AQUISIÇÃO

PROCEDIMENTOS PARA AQUISIÇÃO PROCEDIMENTOS PARA AQUISIÇÃO Acesse o site www.teubilhete.com.br, selecione a opção Teu Online, e clique no botão, preencha o formulário com os dados de sua empresa. Reúna duas vias impressas do Contrato

Leia mais

SISTEMA PATRIMÔNIO WEB

SISTEMA PATRIMÔNIO WEB UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Subcomissão de Patrimônio - GEFIM REITORIA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO COMPATRIM/GEFIM SISTEMA PATRIMÔNIO WEB Manual do usuário v.1.1 Sumário Introdução... 4 Fluxo das Principais

Leia mais

RM 12 DIRETRIZES PARA REALIZAÇÃO DE AVALIAÇÕES 1 OBJETIVO E CAMPO DE APLICAÇÃO 2 REFERÊNCIAS 3 DEFINIÇÕES 4 METODOLOGIA

RM 12 DIRETRIZES PARA REALIZAÇÃO DE AVALIAÇÕES 1 OBJETIVO E CAMPO DE APLICAÇÃO 2 REFERÊNCIAS 3 DEFINIÇÕES 4 METODOLOGIA SUMÁRIO 1 OBJETIVO E CAMPO DE APLICAÇÃO 2 REFERÊNCIAS 3 DEFINIÇÕES 4 METODOLOGIA 1 OBJETIVO E CAMPO DE APLICAÇÃO O presente documento tem como objetivo estabelecer diretrizes e orientações para realização

Leia mais

MANUAL SCCARD. Rev.00 Aprovação: 16/08/2010 Página 1 de 19

MANUAL SCCARD. Rev.00 Aprovação: 16/08/2010 Página 1 de 19 Rev.00 Aprovação: 16/08/2010 Página 1 de 19 UNIMED BLUMENAU COOPERATIVA DE TRABALHO MÉDICO SCCard Sistema de Autorização On-Line O SCCard é a interface web do sistema de autorização da Unimed Blumenau

Leia mais

Serviços de Comércio Exterior. Gerência Regional de Apoio ao Comércio Exterior GECEX São Paulo III

Serviços de Comércio Exterior. Gerência Regional de Apoio ao Comércio Exterior GECEX São Paulo III BANCO DO BRASIL Serviços de Comércio Exterior Gerência Regional de Apoio ao Comércio Exterior GECEX São Paulo III Programação 1) Acesso ao Gerenciador Financeiro 2) Criação de Chave de Acesso 3) Autorização

Leia mais

Material de apoio. Disponível no site: : www.justica.gov.br, no link: Entidades Sociais >> CNES.

Material de apoio. Disponível no site: : www.justica.gov.br, no link: Entidades Sociais >> CNES. Material de apoio Disponível no site: : www.justica.gov.br, no link: Entidades Sociais >> CNES. Material de apoio Disponível no site: : www.justica.gov.br, no link: Entidades Sociais >> CNES. Portaria

Leia mais

Manual de Normas e Procedimentos Comercial.

Manual de Normas e Procedimentos Comercial. Manual de Normas e Procedimentos Comercial. Gerência Comercial. Referência: Versão: Revisado 1.1 Data: 21/07/2014 21de Julho de 2014 Sumário Definição da Área Comercial.... 3 Representação da área comercial....

Leia mais

HISTÓRICO DE REVISÕES

HISTÓRICO DE REVISÕES PÁGINA: 1/10 DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO DIRAD ÁREA SRH FPB/ QUALIDADE CÓDIGO DE CLASSIFICAÇÃO DO DOCUMENTO 010 TíTULO: REALIZAR PROCESSO SELETIVO E ADMISSÃO DE COLABORADORES - FPB ELABORADO EM: 30/09/2014

Leia mais

Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. Banco de Tecidos Salvador Arena

Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. Banco de Tecidos Salvador Arena Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo BANCO DE TECIDOS MÚSCULO-ESQUELÉTICOS Nº SNT 35205 SP 17 CC. 010062310 INFORMAÇÕES PARA CREDENCIAMENTO DE EQUIPES PARA TRANSPLANTE DE TECIDO OSTEO-CONDRO-FÁCIO-LIGAMENTOSO

Leia mais

Conceitos e definições da ANS (Agencia Nacional de Saúde)

Conceitos e definições da ANS (Agencia Nacional de Saúde) Conceitos e definições da ANS (Agencia Nacional de Saúde) Demonstrativo de retorno: modelo formal de representação e descrição documental do padrão TISS sobre o pagamento dos eventos assistenciais realizados

Leia mais

Manual Passo a Passo

Manual Passo a Passo Manual Passo a Passo 2015 ACESSO SELEÇÃO DE RA SELEÇÃO DO PRODUTO CARRINHO DE COMPRAS FECHAR PEDIDO ENDEREÇO DE ENTREGA TIPO DE FRETE INFORMAÇÃO DE PAGAMENTO PAGAMENTO CARTÃO DE CRÉDITO PAGAMENTO BOLETO

Leia mais

SUMÁRIO CAPÍTULO 1 - AIDF 4 CAPÍTULO 2 - LOGIN 8 CAPÍTULO 3 SOLICITAÇÃO DA AIDF 9 CAPÍTULO 4 - ACOMPANHAMENTO 16. O Que é AIDF?... 4. O Sistema...

SUMÁRIO CAPÍTULO 1 - AIDF 4 CAPÍTULO 2 - LOGIN 8 CAPÍTULO 3 SOLICITAÇÃO DA AIDF 9 CAPÍTULO 4 - ACOMPANHAMENTO 16. O Que é AIDF?... 4. O Sistema... 1 SUMÁRIO CAPÍTULO 1 - AIDF 4 O Que é AIDF?... 4 O Sistema... 4 Acesso ao Sistema... 5 Suporte Técnico... 5 Configurações Necessárias... 5 Bloqueador de Pop-ups... 5 Bloqueio de Scripts... 6 CAPÍTULO 2

Leia mais

Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE

Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE Sumário PRESTAÇÃO DE CONTAS DE ETIQUETAS DE REPARO...3 Figura 1.0...3 Figura 2.0...4 Figura 3.0...5 Figura 4.0...5 1. Proprietário

Leia mais