MBA USP EM GESTÃO ESTRATÉGICA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MBA USP EM GESTÃO ESTRATÉGICA"

Transcrição

1 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO A DISTÂNCIA MBA USP EM GESTÃO ESTRATÉGICA MANUAL PARA A ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO (TCC) Março de 2012 Manual de Elaboração do TCC V00 16/03/2012

2 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO Trabalho Aplicativo de Conclusão de Curso (TCC) CRONOGRAMA DE ATIVIDADES ESCOLHA DO EIXO TEMÁTICO PARA REALIZAÇÃO DO TCC Definição do Eixo Temático APRESENTAÇÃO DOS ORIENTADORES ESPAÇO DO TCC E POSTAGENS OBRIGATÓRIAS ETAPA 1: REALIZAÇÃO DA DISCIPLINA METODOLOGIA DE PESQUISA ETAPA 2: ENTREGA DA INTRODUÇÃO, CONTENDO PERGUNTA, OBJETIVOS E JUSTIFICATIVA DO TRABALHO Definição e formulação da pergunta (problema) de pesquisa Definição e formalização dos objetivos Definição das Justificativas Avaliação do orientador ETAPA ETAPA 3: ELABORAÇÃO DA METODOLOGIA DE PESQUISA DO TCC Avaliação do orientador ETAPA ETAPA 4: REFERENCIAL TEÓRICO Avaliação do orientador etapa ETAPA 5: ENTREGA DO TCC PARA QUALIFICAÇÃO Avaliação do orientador ETAPA Qualificação ETAPA 6: APRESENTAÇÃO, DISCUSSÃO DOS RESULTADOS E CONCLUSÃO Apresentação e Discussão dos Resultados Conclusão Avaliação da orientação ETAPA ETAPA 7: ENTREGA DO TCC FINAL PARA DEFESA Avaliação do orientador ETAPA DEFESA DO TCC ETAPA 8: REFORMULAÇÕES OBRIGATÓRIAS Avaliação do Orientador - Etapa ENTREGA DO TRABALHO FINAL CONSIDERAÇÕES SOBRE PLÁGIO... 26

3 17 PROCEDIMENTOS PARA ESTRUTURA E FORMATAÇÃO DO TRABALHO APLICATIVO DE CONCLUSÃO DE CURSO AVALIAÇÃO DO TRABALHO APLICATIVO DE CONCLUSÃO DE CURSO MANUAL TÉCNICO DO ESPAÇO DO TCC Comunicação no Fórum Envio de trabalhos nas etapas Edição de trabalhos Visualização da avaliação REFERÊNCIAS... 32

4 Prezado(a) aluno(a), Bem vindo ao Manual de Elaboração do TCC, seu Trabalho de Conclusão de Curso, no MBA USP em Gestão Estratégica. Aqui você encontrará as diretrizes para desenvolvimento de seu trabalho bem como explicações técnicas para compreensão das ferramentas online disponíveis no Espaço do TCC. Este Manual descreve cada etapa da disciplina TCC, a partir da escolha do eixo temático, passando pela disciplina da Metodologia de Pesquisa e pelas etapas de desenvolvimento do trabalho. Gostaríamos aqui de chamar a sua atenção para a fase que marca o início do TCC: a escolha do eixo temático. Para ajudá-los no direcionamento desta escolha, o coordenador, Prof. Me. David Forli, gravou um breve comunicado sobre este tema, cujo vídeo está disponível no ambiente virtual de aprendizagem. Aliado a escolha do eixo temático, destacamos a importância da realização do trabalho de conclusão de curso como grande oportunidade para seu desenvolvimento pessoal e profissional. O desenvolvimento de um TCC exige bastante leitura, pesquisa, entrevista, aplicação de questionário, de técnicas estatísticas etc., conforme o método adotado. Este aprofundamento resulta em aprendizado para você e para sua empresa, que será incorporado ao seu dia a dia, tornando-se um diferencial competitivo. Assim, no momento de sua escolha, pense na área que atua hoje e onde você quer chegar! Por fim, desejamos a todos sucesso neste percurso! Cordialmente, A Coordenação

5 1 INTRODUÇÃO 1.1 Trabalho Aplicativo de Conclusão de Curso (TCC) O objetivo deste manual é definir e padronizar as etapas e a forma de elaboração dos Trabalhos Aplicativos de Conclusão de Curso - TCCs, referentes ao MBA ofertado pelas instituições: USP - Universidade de São Paulo, NPT - Núcleo de Pesquisa Tecnológica, FUNDACE - Fundação para Pesquisa e Desenvolvimento da Administração, Contabilidade e Economia e INEPAD Instituto de Ensino e Pesquisa em Administração. O manual visa facilitar a visualização das informações e regras a serem utilizadas na elaboração do trabalho e o entendimento dos critérios de avaliação utilizados pelas instituições e pelos docentes do curso. Conforme consta no Manual do Aluno (2011, p. 19): Os trabalhos realizados serão orientados para uma reflexão sistemática sobre um problema de pesquisa encontrado na prática do aluno e que servirá de base para a proposição de desenhos de intervenção no contexto organizacional ou na forma de relacionamento social. A realização do Trabalho Aplicativo de Conclusão de Curso (TCC) percorrerá as seguintes fases: a) Realização da Disciplina de Metodologia de Pesquisa; b) Elaboração individual do TCC; c) Qualificação do TCC e, d) Defesa do TCC. O Trabalho Aplicativo de Conclusão de Curso (TCC) será avaliado pelo conjunto do desempenho dos alunos na prontidão de entrega de cada fase de atividade da disciplina, da avaliação do orientador e da menção concedida pela Banca examinadora.

6 2 CRONOGRAMA DE ATIVIDADES As atividades a serem realizadas em cada etapa de construção do Trabalho Aplicativo de Conclusão de Curso (TCC) serão explicadas baseando-se no cronograma de atividades, que deve ser estritamente seguido. O Quadro a seguir apresenta esse cronograma. Quadro 1: Definição de tarefas e prazos Cronograma do TCC Acompanhar os prazos através da ultima versão atualizada disponibilizada no ambiente virtual de aprendizagem. 3 ESCOLHA DO EIXO TEMÁTICO PARA REALIZAÇÃO DO TCC O Trabalho Aplicativo de Conclusão de Curso (TCC) deve ser desenvolvido individualmente conforme resolução do MEC, parecer CES/CNE Nº 1, de 8 de junho de 2007 e consiste em um elemento indispensável para a obtenção do título de especialista conforme preconiza a Legislação vigente. E, conforme definido pelas instituições USP Universidade de São Paulo, NPT Núcleo de Pesquisa Tecnológica, FUNDACE Fundação para Pesquisa e Desenvolvimento da Administração, Contabilidade e Economia e INEPAD Instituto de Ensino e Pesquisa em Administração, os eixos temáticos para o desenvolvimento dos trabalhos são: 1) Administração e Contemporaneidade; 2) Gestão de Pessoas; 3) Controladoria; 4) Finanças de Curto e de Longo Prazo; 5) Finanças Estratégicas e

7 6) Estratégia. 3.1 Definição do Eixo Temático Na escolha do eixo temático do Trabalho Aplicativo de Conclusão de Curso (TCC) o aluno deve considerar seus interesses de estudo, além de levar em conta a facilidade de levantamento dos dados e a intimidade tema e com a bibliografia requerida pelo tema. Além disso, considerar os recursos e o tempo necessário à execução do trabalho. Esta definição será realizada via Requerimento, no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), dentro do tempo estipulado (vide cronograma de tarefas e prazos). Qualquer alteração com relação ao tema escolhido deve ser tempestivamente comunicada à Coordenação. Nesta fase é imprescindível ao aluno estudar e investigar o assunto pretendido, de forma a excluir tópicos já suficientemente estudados; identificar fatos novos ou questões controvertidas; e, identificar os aspectos mais interessantes e factíveis como tema de pesquisa. 4 APRESENTAÇÃO DOS ORIENTADORES Será designado um orientador para cada aluno; com titulação pertinente e experiência em orientação de trabalho científico. O quadro de professores orientadores será composto como o restante do curso: por 70% de professores da USP, e 30% de professores convidados. Os orientadores serão designados pela coordenação, conforme eixo temático escolhido pelo aluno, e conforme aceite de orientação dos professores das respectivas áreas temáticas O orientador se apresentará no AVA, no Fórum da ETAPA 2.

8 O papel do orientador é o de direcionador, e a ele compete sugerir, propor, orientar e avaliar o trabalho para que atenda aos critérios da pesquisa científica, já que possui experiência e maturidade para interagir com o orientando. A responsabilidade pela elaboração do TCC é do aluno, sob orientação do professor orientador; portanto: o orientador não faz o trabalho pelo aluno. A atividade de orientação ocorrerá num período estipulado no Cronograma do TCC; e se dará por meio de troca de mensagens e de arquivos entre o professor orientador e aluno orientado. O professor orientador fará um acesso semanal ao Espaço do TCC para realizar a orientação e postar feedbacks e/ou direcionamentos de fórum (em dia estipulado no inicio dos trabalhos, a critério do orientador). Os feedbacks formais dos arquivos eletrônicos finais postados nos links de cada etapa seguem o cronograma do TCC. É obrigatório que o aluno posicione semanalmente o orientador sobre o andamento do trabalho (por meio de mensagem no fórum da etapa em curso) para que seja acompanhada e fique registrada a evolução e o desenvolvimento do TCC. Esse posicionamento semanal faz parte da avaliação/presença e a sua ausência poderá implicar na não indicação do TCC para a banca de defesa e possível reprovação no TCC. 5 ESPAÇO DO TCC E POSTAGENS OBRIGATÓRIAS O Trabalho Aplicativo de Conclusão de Curso (TCC) contará com um espaço no AVA, denominado Espaço do TCC, criado exclusivamente para o desenvolvimento do Trabalho de Conclusão de Curso espaço único entre aluno e orientador (orientação individual). Neste espaço, além de obter todas as informações relativas ao TCC, o aluno deverá, obrigatoriamente:

9 a) Realizar o acesso semanal ao fórum, com ao menos uma postagem para interagir com o orientador e enviar arquivos eletrônicos parciais, de forma que o mesmo possa acompanhar o desenvolvimento do TCC e apresentar suas possíveis contribuições/direcionamentos. b) Realizar, a cada etapa, uma postagem de arquivo eletrônico, no link definitivo, com a versão final daquela etapa para feedback formal do orientador (conforme Cronograma do TCC). É importante salientar que o aluno deverá dar prosseguimento ao seu trabalho mesmo enquanto aguarda o feedback formal do orientador. 6. ETAPA 1: REALIZAÇÃO DA DISCIPLINA METODOLOGIA DE PESQUISA Na Etapa 1 será realizada a Disciplina Metodologia de Pesquisa, que consta de um o ciclo de uma aula (15 dias), composto por um fórum de discussão e uma aula ao vivo por semana que deverá ser realizado pelo aluno no AVA. Esta realização é obrigatória e vinculada à provação no Trabalho Aplicativo de Conclusão de Curso (TCC). 7. ETAPA 2: ENTREGA DA INTRODUÇÃO, CONTENDO PERGUNTA, OBJETIVOS E JUSTIFICATIVA DO TRABALHO introdução. Na Etapa 2 inicia-se efetivamente a escrita do TCC, com a entrega da A introdução é um texto que traz a informação do assunto sobre o qual o TCC tratará. Contém os parágrafos introdutórios (iniciais) seguidos da pergunta, objetivos (geral e específicos) e justificativa para o estudo.

10 Diehl e Tatim (2004) afirmam que a Introdução é a parte do trabalho em que o assunto é apresentado como um todo, sem detalhes. Trata-se do elemento explicativo do autor para o leitor. De modo geral, deve estabelecer o assunto, definindo-o claramente, sem deixar dúvidas quanto ao campo de abrangência; explicitar a finalidade e os objetivos do trabalho, esclarecendo sob que ponto de vista foi tratado o tema. Ainda segundo estes autores, os principais pontos que devem constar na Introdução são: a) Tema: deve ser identificada a área na qual se concentra o problema, apresentando-o dentro de um contexto mais amplo, com breve referência ao esquema teórico e com considerações sobre como o tema foi escolhido. b) Problema de pesquisa: deve ser apresentado de forma clara e precisa e redigido em forma de pergunta. c) Objetivo geral: determina o que se pretende realizar com o estudo, de um ponto de vista geral. d) Objetivos específicos: determina os aspectos necessários para alcançar o objetivo geral. São objetivos intermediários e instrumentais que, num âmbito mais concreto, permitem atingir o objetivo geral. e) Justificativa: deve demonstrar a importância da problemática, com a apresentação das razões em defesa do estudo, da relação do tema/problema com o contexto social, da justificação no plano teórico e prático e das referências aos possíveis aspectos inovadores do trabalho. Os parágrafos iniciais da introdução são fundamentais: precisam ser claros e chamar a atenção para os tópicos mais importantes que serão desenvolvidos no trabalho. O objetivo da introdução é situar o leitor sobre o tema do trabalho; informandoo sobre o que se sabia antes de o estudo ser realizado e o que pretende o estudo. Deve-se abordar o tema e seu contexto, em sentido - do geral (ex: o atual contexto das organizações) para o específico (ex: mudanças internas em uma determinada organização) e fornecer informações base em parágrafos bem construídos para isso, devem-se evitar frases genéricas ou redundantes. Pode-se utilizar citações dos autores considerados mais importantes para o estudo, sempre conforme as normas ABNT.

11 7.1 Definição e formulação da pergunta (problema) de pesquisa A definição do problema requer uma série de pesquisas exploratórias tanto no ambiente organizacional como na literatura, para que seja possível definir a problemática, e depois estipulados objetivos claros e viáveis para tratá-la. O problema de pesquisa decorre de um aprofundamento do tema, ou seja, é uma lacuna no conhecimento, teórica ou prática, de alguma coisa de real importância, para a qual se deve encontrar uma solução. Para Rudio (1986), formular o problema de pesquisa consiste em dizer, de maneira explícita, clara, compreensível e operacional, qual a dificuldade com a qual nos defrontamos e que pretendemos resolver, limitando seu campo e apresentando suas características. Desta forma, o objetivo da formulação do problema da pesquisa é torná-lo individualizado, específico, inconfundível. Ainda segundo este autor, a escolha de um problema de pesquisa merece que o pesquisador faça algumas indagações: Trata-se de um problema original? O problema é relevante? Ainda que seja interessante, é adequado para mim? Tenho possibilidades para executar tal estudo? Terei tempo suficiente para investigar tal questão? pesquisa: Gil (2002) apresenta algumas regras práticas para a formulação de problemas de a) O problema deve ser formulado como pergunta: É a maneira mais fácil e direta de formular um problema. Facilita a identificação por parte de quem consulta o relatório de pesquisa.

12 Exemplo: A responsabilidade social empresarial é um fator relevante nas decisões de compra dos consumidores?. b) O problema deve ser claro e preciso: Há alguns problemas que são formulados de maneira tão vaga que é difícil imaginar como começar a resolvê-los. Exemplo: Como funciona a mente?. Deve-se formular o problema de forma que a busca da resposta possa ser viável. c) O problema deve ser empírico: Os problemas científicos não devem referir-se a valores morais. Não será fácil, por exemplo, investigar: Os trabalhadores brasileiros são melhores que os trabalhadores argentinos?. Esse tipo de problema conduz a julgamentos morais e considerações subjetivas e invalida os propósitos da investigação científica que tem a objetividade como uma das características mais importantes. d) O problema deve ser suscetível de solução: Um problema pode ser claro, preciso e referir-se a conceitos empíricos. Porém, pode ocorrer de não se ter ideia de como coletar os dados necessários para sua resolução. Exemplo: Ligando-se o nervo óptico às áreas auditivas do cérebro, as visões serão sentidas auditivamente?. Para responder essa pergunta, a tecnologia neurofisiológica precisa progredir. Assim, para formular adequadamente um problema, é preciso ter domínio da tecnologia adequada para sua solução. e) O problema deve ser delimitado a uma dimensão viável:

13 O problema de pesquisa não pode ser formulado em termos muito amplos, requerendo algum tipo de delimitação. A delimitação do problema guarda estreita relação com os meios disponíveis para a investigação É absolutamente necessário que o aluno reflita sobre cada uma dessas condições, discutindo-as no FÓRUM DO AVA com seu orientador, pois, se as falhas forem descobertas em estágio posterior do trabalho, causarão prejuízos de tempo e esforço. Nenhum TCC vai solucionar todos os problemas, evidentemente. Então, o aluno deve definir um problema que possa ser tratado com os recursos (custo, tempo, orientação, competências) de que dispõe. 7.2 Definição e formalização dos objetivos Os objetivos delimitam a pretensão do alcance da investigação, definem o que se propõe a fazer e quais aspectos se pretendem analisar. Os objetivos deverão ser extraídos diretamente dos problemas de pesquisa. A redação de objetivos deve ser clara. Esta não é apenas uma exigência formal, mas também uma prática que auxilia o aluno a compreender o que está se propondo realizar. Sugere-se então que, em vez de apresentar os objetivos na forma de um texto, sejam formuladas sentenças curtas e claras para cada um dos objetivos, que iniciem com um verbo. O verbo deve estar no infinitivo. O objetivo geral define o propósito do trabalho. Os objetivos específicos especificam as ações que serão realizadas para se atingir um objetivo geral.

14 Segundo Richardson et al. (1999), o objetivo geral é o que se pretende alcançar com a realização da pesquisa. Exemplo: Estudo sobre os fatores que contribuem para a migração rural-urbana no Estado da Paraíba. O objetivo geral deste estudo é: Verificar os fatores que contribuem para a migração rural-urbana no Estado da Paraíba. Ainda segundo estes autores, usualmente, em uma pesquisa exploratória o objetivo geral começa pelos verbos: conhecer, identificar, levantar, descobrir etc. Em uma pesquisa descritiva inicia com os verbos: caracterizar, descrever, traçar etc. Em uma pesquisa explicativa, começa pelos verbos: analisar, avaliar, verificar, explicar etc. Os objetivos específicos podem ser definidos como etapas que devem ser percorridas para alcançar o objetivo geral (RICHARDSON et al., 1999). Exemplo: Estudo sobre os fatores que contribuem para a migração rural-urbana no Estado da Paraíba. Os objetivos específicos deste estudo são: Levantar informações sobre a migração rural-urbana no Estado da Paraíba. Identificar fatores que contribuem para essa migração. Comparar a importância dos fatores que contribuem para a migração rural-urbana no Estado da Paraíba É importante respeitar as seguintes regras na formulação de objetivos de pesquisa (RICHARDSON et al., 1999): O objetivo deve ser claro, preciso e conciso. O objetivo deve expressar apenas uma ideia. Em termos gramaticais deve incluir apenas um sujeito e um complemento. O objetivo deve referir-se apenas à pesquisa que se pretende realizar. Não são objetivos de uma pesquisa: discussões, reflexões ou debates em torno a resultados do trabalho. Essas ações são exigências em todo trabalho científico. Outros exemplos de objetivos:

15 EXEMPLO 1 Objetivo geral: Avaliar o processo de recrutamento e seleção de pessoal da empresa X, tendo em vista a filosofia da Gestão para a Qualidade (QT) e propor melhorias. Objetivos específicos: a) Fundamentar teoricamente o processo de recrutamento e seleção de pessoas e a Gestão para a Qualidade. b) Descrever a filosofia de QT empresa e o perfil do funcionário de acordo com a filosofia de QT. c) Acompanhar e relatar as etapas de recrutamento e seleção, o programa de integração dos novos funcionários da empresa e o desempenho dos novos funcionários da empresa durante o período de experiência. d) Propor melhorias no processo de recrutamento e seleção de pessoal. EXEMPLO 2 Objetivo geral: Avaliar o programa de implantação do TQC no departamento Y. Objetivos específicos: a) Fundamentar teoricamente o programa de TQC. b) Descrever a situação da empresa antes do início da implantação do programa de TQC, o processo de implantação do programa, suas etapas e sequência e verificar os resultados que vêm sendo alcançados com a implantação do TQC até o momento. c) Propor melhorias e sugestões ao processo de implantação do TQC. Atenção: um dos critérios na avaliação do trabalho final é a medida segundo a qual os objetivos propostos no trabalho foram efetivamente alcançados.

16 7.3 Definição das Justificativas Justificar é apresentar razões para a própria existência do estudo. É parte importante do trabalho, pois leva o aluno a refletir sobre sua proposta de maneira abrangente e, por outro, o faz situar-se na problemática. O aluno deverá descrever a contribuição que o seu estudo trará para o avanço da ciência, de ordem pessoal/profissional, de ordem institucional (universidade e empresa) e de ordem social (contribuição para a sociedade). As informações da justificativa devem esclarecer: Qual a relevância da pesquisa? Que motivos a justificam? Quais contribuições para a compreensão, intervenção ou solução que a pesquisa apresentará? Que vantagens/benefícios você pressupõe que sua pesquisa irá proporcionar? al.: Itens que podem ser contemplados na justificativa, de acordo com Sousa et a) Atualidade do tema: inserção do tema no contexto atual. b) Ineditismo do trabalho: proporcionará mais importância ao assunto. c) Interesse do autor: vínculo do autor com o tema. d) Relevância do tema: importância social, jurídica, política, etc. e) Pertinência do tema: contribuição do tema para o debate ou para a organização. As exposições e declarações acima mencionadas são, evidentemente, fundamentadas nas opiniões e expectativas do aluno. Esta etapa corresponde à Introdução do trabalho, contendo a pergunta, objetivos (geral e específicos) e justificativa. Deve conter de 2 a 3 páginas. Esta etapa terá como produto final a postagem no link final da ETAPA 2. Os prazos de postagem devem ser acompanhados pelo cronograma.

17 7.4 Avaliação do orientador ETAPA 2 Os orientadores farão a avaliação da Introdução do Trabalho enviados pelos alunos na postagem no link final da ETAPA 2, por meio da régua de correção disponível no AVA. Os prazos para a avaliação estão disponíveis no cronograma. 8 ETAPA 3: ELABORAÇÃO DA METODOLOGIA DE PESQUISA DO TCC Nesta etapa ocorre a definição e descrição do método a ser adotado para o desenvolvimento do trabalho. O método é o caminho, o roteiro dos passos previstos, indicando os materiais, as ferramentas matemáticas e estatísticas que serão utilizadas para produzir o trabalho. O roteiro deve dar a possibilidade ao leitor para replicar os procedimentos de pesquisa ou para verificar sua veracidade. É preciso detalhar minuciosamente todos os passos executados para a conclusão da pesquisa. O método dá ao trabalho uma melhor organização e permite revelar com mais detalhamento as técnicas e os processos empregados pelo autor para dar prosseguimento ao estudo. Inicia-se com a explicação do contexto local ou locais onde o estudo será realizado. Devem ser mencionadas as peculiaridades do contexto que possam afetar a generalização dos resultados obtidos. Segundo Diehl e Tatim (2004), nessa etapa devem ser claramente descritos os procedimentos que serão utilizados na pesquisa. Os seguintes tópicos devem estar presentes: a) Delineamento da pesquisa: nesse tópico, o pesquisador define o tipo de pesquisa a ser realizada para atingir o objetivo geral. A pesquisa deve ser classificada quanto ao objetivo (exploratória, descritiva e/ou explicativa), à técnica (bibliográfica, documental, experimental, levantamento, estudo de

18 campo, estudo de caso e/ou pesquisa-ação); e quanto à classificação do estudo (se qualitativo ou quantitativo). b) População e amostra: a população deverá ser descrita da forma mais completa possível, incluindo todas as características que interessam ao assunto. A amostra inclui sua descrição e a do processo para selecioná-la, bem como informações sobre o seu tamanho e as formas utilizadas para determiná-lo. c) Coleta de dados: trata-se da definição dos instrumentos (entrevistas, questionários, observação), dos dados primários e secundários, da preparação (elaboração, pré-teste, discussão) e dos procedimentos de aplicação. d) Período e local da coleta de dados. e) Análise dos dados: trata-se de como serão analisados os dados coletados. Se quantitativa, deve-se especificar as técnicas ou softwares estatísticos que serão utilizadas; se qualitativa, deve-se definir os tipos de análises das informações. Incluir uma previsão sobre o uso de tabelas, gráficos e tipos de estatísticas (se for o caso) que serão utilizados. f) Definição de termos e variáveis: definições gerais e operacionais das variáveis relacionadas à problemática do estudo. Desta forma, nesta etapa de definição do método, devem ser contemplados todos os passos a serem dados pelo trabalho citando inclusive os prováveis autores que formarão o referencial teórico. Esta etapa corresponde ao capítulo de Metodologia, contendo um texto que descreva o delineamento de pesquisa, população e amostra, coleta de dados, análise de dado, período e local, e definição de termos e variáveis. Deve conter de 3 a 8 páginas. Esta etapa terá como produto final a postagem no link final da ETAPA 3 (anexar o trabalho desenvolvido até o momento - Etapas 2 + 3). Os prazos de postagem devem ser acompanhados pelo cronograma.

19 8.1 Avaliação do orientador ETAPA 3 Os orientadores farão a avaliação do capítulo de Metodologia enviado pelos alunos na postagem no link final da ETAPA 3 por meio da régua de correção disponível no AVA. Os prazos para a avaliação estão disponíveis no cronograma. 9 ETAPA 4: REFERENCIAL TEÓRICO Esta etapa refere-se ao capítulo que fundamenta a pesquisa: é a base de sustentação teórica (também chamado de revisão bibliográfica, revisão teórica, fundamentação bibliográfica, entre outros). Neste item o aluno deve apresentar ao leitor as principais teorias que se relacionam com o tema da pesquisa os conceitos essenciais para o trabalho. A principal finalidade do referencial teórico é fazer uma exposição teórica sobre o assunto, destacando os principais trabalhos existentes na área, assim como fazer uma ligação entre a bibliografia pesquisada e a situação-problema que está sendo estudada. (TRALDI; DIAS, 2004). Deve ser realizada uma análise crítica da produção científica sobre o tema, com as devidas citações dos autores, conforme a ABNT (ver item 17), a fim de fundamentar o problema de pesquisa. Para isso devem ser selecionados livros, artigos científicos, dissertações, trabalhos apresentados em congressos, periódicos científicos etc. relativos ao problema de pesquisa. Sugere-se que o aluno, em consenso com o orientador, elenque uma lista dos tópicos e subtópicos de interesse para o tema, e que irão compor este capítulo. Depois, o aluno investiga quais as publicações e pesquisas existentes sobre cada tópico ou subtópico em consideração, o que facilita a construção e escrita do capítulo. Deve-se ter em mente que, com base neste referencial teórico é que será fundamentado o problema e as análises e conclusões do estudo.

20 De modo geral, a coleta de dados bibliográficos poderá ser feita junto às seguintes fontes de informações: 1) Livros relacionados ao tema; 2) Periódicos e publicações de sua área de interesse; 3) Banco de teses, editado pelo MEC; 4) Organismos privados e governamentais cujas atividades se relacionem com o campo de atuação do estudo; 5) Bibliografia citada em livros atinentes ao assunto e nas disciplinas do presente curso; 6) Bancos de teses, dissertações e artigos. Sugere-se que nesta fase do trabalho também já se pense na montagem do instrumento de pesquisa (questionário e formulários, por exemplo); pois os mesmos devem ser elaborados com base no referencial teórico e depois aplicados na prática das organizações, por exemplo. Esta etapa corresponde ao capítulo de Referencial Teórico, contendo um texto com os principais conceitos e referencias sobre o tema em estudo. Deve conter de 15 a 25 páginas; e, no mínimo, oito autores. Esta etapa terá como produto final a postagem no link final da ETAPA 4 (anexar o trabalho desenvolvido até o momento - Etapas ). Os prazos de postagem devem ser acompanhados pelo cronograma. 9.1 Avaliação do orientador Etapa 4 Os orientadores farão a avaliação do capítulo de Referencial Teórico enviado pelos alunos na postagem no link final da ETAPA 4 por meio da régua de correção disponível no AVA. Os prazos para a avaliação estão disponíveis no cronograma.

21 10 ETAPA 5: entrega do TCC para QUALIFICAÇÃO Nesta etapa o aluno deve adequar todos os ajustes solicitados pelo orientador até a Etapa 4, e postar no ambiente virtual a versão completa do trabalho desenvolvido até o momento para ser avaliado na Qualificação. Esta etapa corresponde à postagem de todo o trabalho desenvolvido até o momento, já revisado ortográfica e gramaticalmente, e quanto às normas da ABNT para a qualificação. Esta etapa terá como produto final a postagem no link final da QUALIFICAÇÃO (anexar o trabalho desenvolvido e corrigido até o momento - Etapas ). Os prazos de postagem devem ser acompanhados pelo cronograma Avaliação do orientador ETAPA 5 Os orientadores farão a avaliação do arquivo de Qualificação enviado pelos alunos na postagem no link final da ETAPA 5 por meio da régua de correção disponível no AVA. Aqui também será avaliada a prontidão de entrega de cada etapa do TCC. Os prazos para a avaliação estão disponíveis no cronograma Qualificação A qualificação servirá para reorientar os alunos quanto à viabilidade do trabalho, oferecendo possibilidades metodológicas e de referencial. A qualificação acontecerá a distância, em dia e horário pré-agendados pela coordenação e divulgados no AVA com antecedência. Informações adicionais e normas para a qualificação serão publicadas no AVA posteriormente.

22 11 Etapa 6: APRESENTAÇÃO, discussão DOS RESULTADOS e conclusão 11.1 Apresentação e Discussão dos Resultados É a fase em que serão apresentados os dados levantados pela pesquisa empírica. E, em se tratando de estudo de caso, este capítulo inicia com a contextualização do objeto do estudo de caso, por exemplo: da organização em estudo e aspectos vinculados a ela. A descrição dos dados pode ter apoio de recursos estatísticos, tabelas e gráficos, elaborados no decorrer da tabulação dos dados, assim como quadros que apresentem síntese da descrição dos resultados. Nesta etapa ocorre a interpretação e discussão dos dados levantados pela pesquisa. O pesquisador deve elaborar a sua análise a partir dos resultados alcançados e com base na revisão bibliográfica. Chama-se a atenção para aspectos novos e interessantes que apareceram. Discutir resultados significa analisá-los, confrontando-os com pesquisas anteriores e com a teoria. Todos os resultados descritos devem ser analisados, discutidos à luz da literatura apresentada no referencial teórico. Isso significa que os alunos interpretarão os resultados, discutirão sua importância, as convergências e divergências entre os autores, tendo como base o que leram e sua experiência profissional. Todos os autores citados deverão ser referenciados. questões: Na discussão dos resultados o aluno deve procurar responder às seguintes Como os resultados se comparam com o que foi publicado antes? Se houver resultados divergentes, quais as possíveis razões para isso? Se o estudo teve limitações metodológicas, quais foram e de que forma podem ter comprometido a consecução do objetivo do estudo?

23 Quais as respostas que surgiram com a realização do estudo? Quais as novas perguntas que surgiram com a realização do estudo? 11.2 Conclusão É a parte final do texto, na qual se apresentam conclusões correspondentes aos objetivos ou hipóteses. A conclusão destaca os principais resultados obtidos. Basicamente, o conteúdo da conclusão compreende a afirmação sintética da ideia central do trabalho e dos pontos relevantes apresentados no texto. Considerada como uma das partes mais importantes do trabalho, deve ser uma decorrência natural do que foi exposto no desenvolvimento. Segundo Andrade (2000) os resultados devem evidenciar, conforme os achados da pesquisa: o surgimento de fatos novos, descobertas significativas, contradições com teorias anteriores, bem como relações e efeitos novos verificados. Ainda segundo o autor, a conclusão deve resultar de deduções lógicas sempre fundamentadas no que foi apresentado e discutido no corpo do trabalho, e conter comentários e consequências próprias da pesquisa. No capítulo de conclusão devem ser retomados a pergunta de pesquisa, os objetivos (geral e específicos) e deve-se demonstrar como cada objetivo foi atendido no decorrer do trabalho e qual é a resposta para a pergunta de pesquisa baseada na pesquisa realizada. Por último, são bem-vindas sugestões de novos enfoques para pesquisa adicionais. Devem ser evidenciadas as limitações do estudo, as principais contribuições e sugestões de estudos futuros. Vale ressaltar que nesta etapa, os alunos devem apresentar o trabalho completo, com os elementos pré e pós-textuais e formatação final (ver item 17). Esta etapa corresponde ao capítulo de Apresentação e Discussão dos Resultados, que deve conter de 03 a 05 páginas e ao capítulo de Conclusão, que deve conter de 02 a 03 páginas. Esta versão final trabalho também deve conter as

24 sugestões apontadas na qualificação, bem como a inclusão das partes pré e pós textuais e formatação final (ver item 17). Além da revisão ortográfica e gramatical. Esta etapa terá como produto final a postagem no link final da ETAPA 6 (anexar o trabalho final completo e revisado). Os prazos de postagem devem ser acompanhados pelo cronograma Avaliação da orientação ETAPA 6 Os orientadores farão a avaliação da Apresentação e Discussão dos Resultados e da Conclusão enviado pelos alunos na postagem no link final da ETAPA 6 por meio da régua de correção disponível no AVA. Os prazos para a avaliação estão disponíveis no cronograma. 12 etapa 7: entrega do TCC final para defesa Nesta etapa deve-se adequar totalmente a versão completa e final do trabalho às sugestões, ajustes e recomendações do orientador na Etapa 6, para postagem final e parecer do orientador para indicação à banca de defesa. Esta etapa corresponde à postagem da VERSÃO COMPLETA FINAL do TCC, já revisado ortográfica e gramaticalmente, e quanto às normas da ABNT para a avaliação do orientador e indicação à banca. Esta etapa terá como produto final a postagem no link final da VERSÃO COMPLETA FINAL. Os prazos de postagem devem ser acompanhados pelo cronograma Avaliação do orientador ETAPA 7 Os orientadores farão a avaliação da VERSÃO COMPLETA FINAL enviada pelos alunos na postagem no link final da ETAPA 7, considerando também a prontidão de entrega de cada etapa do TCC e emitirão parecer justificando se o trabalho será ou não indicado à banca.

25 13 DEFESA DO TCC Os alunos apresentarão à banca examinadora seus trabalhos. A Defesa acontecerá a distância, em dia e horário pré-agendados pela coordenação e divulgados no AVA com antecedência. Informações adicionais serão divulgadas posteriormente. Os critérios de avaliação dos trabalhos encontram-se no item 18 deste manual. 14 ETAPA 8: REFORMULAÇÕES OBRIGATÓRIAS O aluno que receber como menção na Defesa a condição "aprovado condicionado à entrega de reformulações obrigatórias" deverá postar uma nova versão final corrigida, que contemple as sugestões da banca e do orientador. Esta postagem é obrigatória sua ausência implica em reprovação do TCC. Esta etapa terá como produto final a postagem no link final da VERSÃO COMPLETA FINAL COM AS REFORMULAÇÕES OBRIGATÓRIAS. Os prazos de postagem devem ser acompanhados pelo cronograma Avaliação do Orientador - Etapa 8 Os orientadores farão a avaliação da VERSÃO COMPLETA FINAL COM AS REFORMULAÇÕES OBRIGATÓRIAS enviada pelos alunos na postagem no link final da ETAPA 8 e emitirão parecer: a) Aprovado, se atendidas todas as reformulações solicitadas; ou b) Reprovado, se não atendidas todas as reformulações solicitadas pela banca e orientador. 15 ENTREGA DO TRABALHO FINAL As normas para entrega da versão final do trabalho aprovado na defesa, impressa e/ou digital, serão divulgadas posteriormente, quando da publicação das normas para a defesa à distância.

26 16 CONSIDERAÇÕES SOBRE PLÁGIO O TCC deve ser elaborado respeitando-se criteriosamente as questões éticas, à propriedade intelectual e aos direitos autorais. Portanto, todos os autores devem ser explicitamente indicados no trabalho, deixando-se claro quais foram as suas contribuições no estudo. A Constituição Federal vigente, em seu artigo 5º, XVII aponta: aos autores pertence o direito exclusivo de utilização, publicação ou reprodução de suas obras, (...). E a devida proteção legal em legislação ordinária nós a encontramos na Lei nº /98, mais precisamente nos seus artigos 7º, 22, 24, I, II e III, e 29, I. Plágio é o ato de assinar ou apresentar uma obra intelectual de qualquer natureza (texto, música, obra pictórica, fotografia, obra audiovisual etc. contendo partes de uma obra que pertença a outra pessoa sem colocar os créditos para o autor original. Alertamos que, independente da fase em que o TCC se encontra; o plágio, mesmo que constatado de forma parcial, fere Constituição Federal, e representa infração da Lei de Direito Autoral no , de 19/02/98 sujeitando o infrator ao rigor da lei e à REPROVAÇÃO do TCC. o título. Além disso, caso o plágio seja descoberto somente após a defesa, o aluno perde 17 PROCEDIMENTOS PARA ESTRUTURA E FORMATAÇÃO DO TRABALHO APLICATIVO DE CONCLUSÃO DE CURSO Para maior padronização dos textos dos TCCs, a estrutura e formatação dos trabalhos e das apresentações das citações e referências, deve-se obrigatoriamente - seguir as regras da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Estas normas podem ser verificadas no guia detalhado da USP - Diretrizes para apresentação de

27 dissertações e teses da USP: documento eletrônico e impresso (Parte I ABNT), disponível em: Faça o download em: &lang=pt-br 18 AVALIAÇÃO DO TRABALHO APLICATIVO DE CONCLUSÃO DE CURSO A avaliação final dos TCCs será realizada por uma banca examinadora. Serão seguidos alguns critérios, os quais têm suas respectivas ponderações (que se encontram a seguir) e serão formalizados através do preenchimento do formulário Avaliação do Trabalho Aplicativo de Conclusão de Curso pelos professores que comporão a banca examinadora do trabalho. Os critérios serão os seguintes: Conteúdo: envolve a originalidade do assunto, a relevância do tema escolhido, a qualidade da bibliografia utilizada, a clareza da descrição dos procedimentos metodológicos e da apresentação dos resultados, a análise crítica dos resultados e o grau de avanço em relação à qualificação e o atingimento do(s) objetivo(s) proposto(s). Forma: envolve o desenvolvimento ordenado e lógico do trabalho, o correto uso da linguagem, da ortografia e de todos os padrões estabelecidos aqui neste relatório, a clareza de informações e a apresentação oral do trabalho. A banca examinadora será composta por dois ou três professores. Estes professores realizarão as avaliações dos trabalhos de conclusão de curso atribuindo notas aos critérios acima especificados (professores convidados especiais de outras instituições de ensino também podem ser incluídos na banca examinadora).

28 19 MANUAL TÉCNICO DO ESPAÇO DO TCC 19.1 Comunicação no Fórum O fórum será o principal local para comunicação com o seu orientador durante a elaboração do TCC. Você poderá encontrá-lo por meio do seguinte ícone: Este fórum estará segmentado em tópicos referentes a todas as etapas do TCC, com o objetivo de concentrar em cada tópico as discussões sobre as respectivas etapas. Imagem ilustrativa Todas as postagens do Fórum do TCC permitem o envio de arquivos anexos, como forma de facilitar a troca de arquivos entre alunos e orientadores durante a elaboração do trabalho. Para enviar uma mensagem e/ou anexar um arquivo ao fórum, basta clicar no link Responder. A tela abaixo ilustra o formulário de envio de mensagem ao fórum e o espaço para anexar arquivos:

29 Imagem ilustrativa Destacado em vermelho na imagem acima, está o campo para anexar arquivos. Clique no botão Selecionar arquivo para selecionar o documento em seu computador. Após selecioná-lo, você poderá enviar sua mensagem clicando no botão Enviar mensagem ao fórum. Importante! Os arquivos enviados no fórum não serão considerados para avaliação final das etapas. Os arquivos finais deverão ser enviados em links específicos, que serão abordados no próximo item desta instrução Envio de trabalhos nas etapas Para enviar o trabalho finalizado de cada etapa, você deverá utilizar o ícone devidamente identificado no AVA. Veja na imagem abaixo o ícone para envio do trabalho para a Etapa 2: Ao acessar este link, será apresentada a tela abaixo, com o espaço disponível para que seja feito o envio do seu trabalho:

Biblioteca Digital de Obras Raras - livros completos digitalizados, como um de Lavoisier editado no século 19: http://www.obrasraras.usp.

Biblioteca Digital de Obras Raras - livros completos digitalizados, como um de Lavoisier editado no século 19: http://www.obrasraras.usp. Bibliotecas do Mundo Biblioteca Apostólica Vaticana - biblioteca que possui um arquivo secreto: http://bav.vatican.va Biblioteca Central - localize os livros das bibliotecas da UFRGS: http://www.biblioteca.ufrgs.br

Leia mais

Aqui você pode acessar diversos links de Bibliotecas no Brasil e no mundo!

Aqui você pode acessar diversos links de Bibliotecas no Brasil e no mundo! BIBLIOTECAS NA WEB Aqui você pode acessar diversos links de Bibliotecas no Brasil e no mundo! Alexandria Virtual Link: http://www.alexandriavirtual.com.br Descrição: Acervo variado, de literatura a humor.

Leia mais

BIBLIOTECAS VIRTUAIS E LINKS AFINS BIBLIOTECAS

BIBLIOTECAS VIRTUAIS E LINKS AFINS BIBLIOTECAS BIBLIOTECAS VIRTUAIS E LINKS AFINS BIBLIOTECAS Biblioteca Apostólica Vaticana - bav.vatican.va/it Biblioteca Central da UFRGS -www.biblioteca.ufrgs.br Bibliotecas da cidade de São Paulo - www4.prefeitura.sp.gov.br/biblioteca

Leia mais

3 c m FACULDADE DE COLIDER-FACIDER ( NOME) 3 cm (TÍTULO DO PROJETO)

3 c m FACULDADE DE COLIDER-FACIDER ( NOME) 3 cm (TÍTULO DO PROJETO) 3 c m FACULDADE DE COLIDER-FACIDER ( NOME) 3 cm (TÍTULO DO PROJETO) 2 cm (arial / times roman 12 ) TIRAR NUMERAÇÃO PARA IMPRESSAO CAPA CIDADE/ESTADO 2 c m ANO (NOME) TÍTULO DO PROJETO) (arial / times roman

Leia mais

3 cm UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE LUZIÂNIA

3 cm UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE LUZIÂNIA 3 cm UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE LUZIÂNIA NOME DO AUTOR (fonte tamanho 12, arial, todas em maiúscula, negrito, centralizado) ESTÁGIO SUPERVISIONADO I OU II DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

NORMAS TÉCNICAS PARA A ELABORAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS FACULDADE LUTERANA SÃO MARCOS

NORMAS TÉCNICAS PARA A ELABORAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS FACULDADE LUTERANA SÃO MARCOS NORMAS TÉCNICAS PARA A ELABORAÇÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS FACULDADE LUTERANA SÃO MARCOS Núcleo Docente Estruturante Prof. Álvaro Antônio Dal Molin Flores Prof. Carlos André Junqueira Prof. Cilane da Rosa

Leia mais

Metodologia do Trabalho Científico

Metodologia do Trabalho Científico Metodologia do Trabalho Científico Diretrizes para elaboração de projetos de pesquisa, monografias, dissertações, teses Cassandra Ribeiro O. Silva, Dr.Eng. METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA Porque escrever

Leia mais

1. Escolha do Tema. 2. Formulação do Problema. 1 Escolha do Tema II. PLANEJAMENTO DA PESQUISA

1. Escolha do Tema. 2. Formulação do Problema. 1 Escolha do Tema II. PLANEJAMENTO DA PESQUISA II. PLANEJAMENTO DA PESQUISA 1. Escolha do tema 2. Formulação do problema 3. Justificativa 4. Determinação dos objetivos 5. Referencial teórico 6. Referências 1 Escolha do Tema 1. Escolha do Tema Nesta

Leia mais

Trabalho de Conclusão de Curso

Trabalho de Conclusão de Curso Trabalho de Conclusão de Curso Desenvolvimento do Projeto Prof. Walteno Martins Parreira Jr www.waltenomartins.com.br waltenomartins@yahoo.com 2015 Tópicos da Aula 8ºe9ºPeríodos Introdução; Normas gerais

Leia mais

CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO PRÉ-PROJETO DE TCC

CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO PRÉ-PROJETO DE TCC CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO PRÉ-PROJETO DE TCC Cuiabá/MT 2013 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 3 2. JUSTIFICATIVA... 3 3. OBJETIVOS... 3 3.1 GERAL... 4 3.2 ESPECÍFICOS... 4 4. REFERENCIAL

Leia mais

Portal Contador Parceiro

Portal Contador Parceiro Portal Contador Parceiro Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa 1. Portal Contador Parceiro... 03 2. Acesso ao Portal... 04 3. Profissionais...11 4. Restrito...16 4.1 Perfil... 18 4.2 Artigos...

Leia mais

MANUAL DO ALUNO COSEMS - MG. www.cosemsmg-ead.org.br

MANUAL DO ALUNO COSEMS - MG. www.cosemsmg-ead.org.br MANUAL DO ALUNO COSEMS - MG 1 ÍNDICE 03 APRESENTAÇÃO. Dicas para estudar a distância. Funções do professor e do tutor 04 CADASTRO NO CURSO 05 ACESSO AO CURSO 07 FERRAMENTAS DE ESTUDO. Conteúdo: aulas virtuais.

Leia mais

ROTEIRO PARA A ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA - CEUA

ROTEIRO PARA A ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA - CEUA ROTEIRO PARA A ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA - CEUA Estrutura do Projeto de Pesquisa CAPA FOLHA DE ROSTO SUMÁRIO 1. RESUMO 2. PROBLEMA DE PESQUISA OU INTRODUÇÃO 3. REFERENCIAL TEÓRICO (REVISÃO DE

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA CONSTRUÇÃO DE PROJETOS CIENTÍFICOS

PROCEDIMENTOS PARA CONSTRUÇÃO DE PROJETOS CIENTÍFICOS PROCEDIMENTOS PARA CONSTRUÇÃO DE PROJETOS CIENTÍFICOS Procedimentos para utilização na disciplina de Prática Profissional I Este documento é parte integrante das Normas Técnicas para Elaboração de Trabalhos

Leia mais

INSTITUTO LONG TAO METODOLOGIA CIENTÍFICA

INSTITUTO LONG TAO METODOLOGIA CIENTÍFICA INSTITUTO LONG TAO METODOLOGIA CIENTÍFICA Profa. Ms. Rose Romano Caveiro CONCEITO E DEFINIÇÃO É um conjunto de abordagens, técnicas e processos utilizados pela ciência para formular e resolver problemas

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO FACULDADE DE ESTUDOS SOCIAIS DO ESPÍRITO SANTO FACULDADE PIO XII REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO ( 6º PERÍODO/2013-7º PERÍODO/2014-8º PERÍODO/2014 ) Cariacica 2013/2014 FACULDADE DE ESTUDOS

Leia mais

ORIENTAÇÃO PARA DEFESA DO PROJETO DE DISSERTAÇÃO

ORIENTAÇÃO PARA DEFESA DO PROJETO DE DISSERTAÇÃO ORIENTAÇÃO PARA DEFESA DO PROJETO DE DISSERTAÇÃO Orientações para elaboração e defesa do projeto O projeto de pesquisa será apresentado na disciplina de Seminário II, no seguinte formato: O projeto deverá

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA MESTRADO EM SAÚDE PÚBLICA NORMAS PARA ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA MESTRADO EM SAÚDE PÚBLICA NORMAS PARA ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA MESTRADO EM SAÚDE PÚBLICA NORMAS PARA ELABORAÇÃO DA DISSERTAÇÃO CAMPINA GRANDE 2015 1 DISSERTAÇÃO A defesa pública da dissertação

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NTIC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 PERFIL ALUNO Versão 1.0 2014 NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NTIC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE

Leia mais

INSTITUTO FLORENCE DE ENSINO COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM (TÍTULO DO PROJETO) Acadêmico: Orientador:

INSTITUTO FLORENCE DE ENSINO COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM (TÍTULO DO PROJETO) Acadêmico: Orientador: INSTITUTO FLORENCE DE ENSINO COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM (TÍTULO DO PROJETO) Acadêmico: Orientador: São Luis 2015 (TÍTULO DO PROJETO) (NOME DO ALUNO) Projeto de Pesquisa do Programa

Leia mais

Utilize o roteiro abaixo como mapa para elaboração do projeto. Organizado o conjunto, amplie as partes que requerem detalhamento.

Utilize o roteiro abaixo como mapa para elaboração do projeto. Organizado o conjunto, amplie as partes que requerem detalhamento. Utilize o roteiro abaixo como mapa para elaboração do projeto. Organizado o conjunto, amplie as partes que requerem detalhamento. ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA Título provisório (uma expressão

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º. Este Regulamento estabelece as regras e os procedimentos para

Leia mais

Universidade Federal de Goiás Faculdade de Artes Visuais Programa de Pós-Graduação em Arte e Cultura Visual

Universidade Federal de Goiás Faculdade de Artes Visuais Programa de Pós-Graduação em Arte e Cultura Visual Universidade Federal de Goiás Faculdade de Artes Visuais Programa de Pós-Graduação em Arte e Cultura Visual NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE RELATÓRIOS PARA QUALIFICAÇÃO (MESTRADO E DOUTORADO), TESES E TRABALHOS

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO 001/2015

EDITAL DE SELEÇÃO 001/2015 EDITAL DE SELEÇÃO 001/2015 A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e em Matemática PPGECM/UFPR, conforme decisão do Colegiado, torna pública a abertura de inscrições à seleção

Leia mais

Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual

Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual Escritório de Gestão de Projetos em EAD Unisinos http://www.unisinos.br/ead 2 A partir de agora,

Leia mais

Elaborado pelo Coordenador do curso de Gestão Empresarial Prof. Ms. Ricardo Resende Dias e pela professora Profª Drª Silvana de Brito Arrais Dias.

Elaborado pelo Coordenador do curso de Gestão Empresarial Prof. Ms. Ricardo Resende Dias e pela professora Profª Drª Silvana de Brito Arrais Dias. Elaborado pelo Coordenador do curso de Gestão Empresarial Prof. Ms. Ricardo Resende Dias e pela professora Profª Drª Silvana de Brito Arrais Dias. Goiânia, 2010 SUMÁRIO SUMÁRIO...2 1. INTRODUÇÃO...3 1.1-

Leia mais

Métodos e Técnicas de Pesquisas ARTIGO CIENTÍFICO. Professor Adm. Walter Martins Júnior CRA-PR 15.063

Métodos e Técnicas de Pesquisas ARTIGO CIENTÍFICO. Professor Adm. Walter Martins Júnior CRA-PR 15.063 Métodos e Técnicas de Pesquisas ARTIGO CIENTÍFICO Professor Adm. Walter Martins Júnior CRA-PR 15.063 ALGUMAS REGRAS 2 não deixe para a última hora escreva leia alguns relatórios ou resumos faça um esboço

Leia mais

Regulamentação para Trabalho de Conclusão de Curso - TCC

Regulamentação para Trabalho de Conclusão de Curso - TCC Regulamentação para Trabalho de Conclusão de Curso - TCC Material elaborado pelo corpo docente da EBRAMEC / CIEFATO Para os cursos da Escola Brasileira de Medicina Chinesa Direção Geral: Reginaldo de Carvalho

Leia mais

NORMAS ESPECÍFICAS DO TFG DO CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA

NORMAS ESPECÍFICAS DO TFG DO CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA NORMAS ESPECÍFICAS DO TFG DO CURSO DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA Art. 1º - Este regulamento disciplina o processo de elaboração, apresentação e avaliação do Trabalho Final de Graduação (TFG) do curso de

Leia mais

MBA em Gestão Estratégica

MBA em Gestão Estratégica MBA em Gestão Estratégica Disciplina Extra Metodologia Científica Profa. Dra. Sonia Valle W. B. Oliveira Parte 1-23/03/2012 Parte 2-30/03/2012 1 Aula Extra Parte 2 Metodologia Científica 2 Agenda Dados

Leia mais

UNESCO Brasilia Office Representação da UNESCO no Brasil Entrevista: Portal Domínio Público

UNESCO Brasilia Office Representação da UNESCO no Brasil Entrevista: Portal Domínio Público UNESCO Brasilia Office Representação da UNESCO no Brasil Entrevista: Portal Domínio Público UNESCO Ministério da Educação Brasília 2006 Artigo publicado, em 06 de dezembro de 2006, no Observatório da Sociedade

Leia mais

FACULDADE LOURENÇO FILHO PEQUENO GUIA PARA INSCRIÇÃO E APRESENTAÇÃO DA MONOGRAFIA DA FLF

FACULDADE LOURENÇO FILHO PEQUENO GUIA PARA INSCRIÇÃO E APRESENTAÇÃO DA MONOGRAFIA DA FLF FACULDADE LOURENÇO FILHO PEQUENO GUIA PARA INSCRIÇÃO E APRESENTAÇÃO DA MONOGRAFIA DA FLF 2015 SUMÁRIO Introdução... 01 2. Da Inscrição... 03 3. Da Orientação... 03 4. Da Apresentação... 03 5. Da Avaliação...

Leia mais

NORMAS PARA REALIZAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO EM FONOAUDIOLOGIA.

NORMAS PARA REALIZAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO EM FONOAUDIOLOGIA. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CURSO DE GRADUAÇÃO EM FONOAUDIOLOGIA COORDENAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) NORMAS PARA REALIZAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE GRADUAÇÃO EM

Leia mais

FACULDADE CAMPO REAL CURSO DE NUTRIÇÃO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

FACULDADE CAMPO REAL CURSO DE NUTRIÇÃO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO FACULDADE CAMPO REAL CURSO DE NUTRIÇÃO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Caracterização A elaboração do Trabalho de Curso fundamenta-se nas Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Nutrição,

Leia mais

1 ROTEIRO PARA PROJETO DE PESQUISA

1 ROTEIRO PARA PROJETO DE PESQUISA Roteiro para projeto de pesquisa Gildenir Carolino Santos, 2005. 1 ROTEIRO PARA PROJETO DE PESQUISA Antes de passar para a construção ou montagem de um projeto de pesquisa, é importante saber que esse

Leia mais

:: Cuidados na Elaboração de uma Redação Científica

:: Cuidados na Elaboração de uma Redação Científica :: Cuidados na Elaboração de uma Redação Científica José Mauricio Santos Pinheiro em 21/04/2005 Os princípios indispensáveis à redação científica podem ser resumidos em quatro pontos fundamentais: clareza,

Leia mais

NORMAS GERAIS 1 PLANO DE TRABALHO SOLICITADO AOS CANDIDATOS PARA O PROCESSO DE SELEÇÃO

NORMAS GERAIS 1 PLANO DE TRABALHO SOLICITADO AOS CANDIDATOS PARA O PROCESSO DE SELEÇÃO 1 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA INFORMAÇÃO MESTRADO PROFISSIONAL (PPGI-MP) NORMAS GERAIS 1 PLANO DE TRABALHO SOLICITADO AOS CANDIDATOS PARA O PROCESSO DE SELEÇÃO Conforme decisão da Comissão Coordenadora

Leia mais

As Etapas da Pesquisa D R. G U A N I S D E B A R R O S V I L E L A J U N I O R

As Etapas da Pesquisa D R. G U A N I S D E B A R R O S V I L E L A J U N I O R As Etapas da Pesquisa D R. G U A N I S D E B A R R O S V I L E L A J U N I O R INTRODUÇÃO A pesquisa é um procedimento reflexivo e crítico de busca de respostas para problemas ainda não solucionados. O

Leia mais

Manual Descritivo Volta Redonda, RJ 2015

Manual Descritivo Volta Redonda, RJ 2015 Manual Descritivo Volta Redonda, RJ 2015 ÍNDICE 1 Quem somos? 2 Informações, 3 Cursos Jurídicos, 4 Edição de Livros, 5 Loja Virtual, 6 Livros Digitais, 7 Livros Impressos, 8 Livros Usados, 9 Direitos Autorais,

Leia mais

ORIENTAÇÕES SOBRE O PROJETO DE INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA NA ESCOLA - 2008

ORIENTAÇÕES SOBRE O PROJETO DE INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA NA ESCOLA - 2008 SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE POLÍTICAS E PROGRAMAS EDUCACIONAIS PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL Orientação nº 02/2008 PDE/SEED Curitiba, 27 de maio

Leia mais

O PROJETO DE PESQUISA CIENTÍFICA E SUA APLICAÇÃO

O PROJETO DE PESQUISA CIENTÍFICA E SUA APLICAÇÃO O PROJETO DE PESQUISA CIENTÍFICA E SUA APLICAÇÃO Objetivos: Apresentar a estrutura básica de um projeto de pesquisa com vistas a sua elaboração FACULDADES INTEGRADAS DE BAURU GESTÃO DA COMUNICAÇÃO MERCADOLÓGICA

Leia mais

METODOLOGIA CIENTÍFICA PROJETO DE PESQUISA MONOGRAFIA PROJETO DE PESQUISA MONOGRAFIA CITAÇÕES NO TEXTO REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA ESTRUTURA MONOGRAFIA

METODOLOGIA CIENTÍFICA PROJETO DE PESQUISA MONOGRAFIA PROJETO DE PESQUISA MONOGRAFIA CITAÇÕES NO TEXTO REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA ESTRUTURA MONOGRAFIA METODOLOGIA CIENTÍFICA PROJETO DE PESQUISA MONOGRAFIA CITAÇÕES NO TEXTO REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA ESTRUTURA MONOGRAFIA 1 METODOLOGIA CIENTÍFICA ELABORANDO PROJETO DE PESQUISA MONOGRAFIA 2 Abordagem Sistêmica

Leia mais

CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3

CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3 CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3 Este tutorial não tem como finalidade esgotar todas as funcionalidades do Ambiente, ele aborda de forma prática

Leia mais

Projeto de Pesquisa. Profª Drª Lívia Haygert Pithan Supervisora do Setor de TCC da FADIR livia.pithan@pucrs.br

Projeto de Pesquisa. Profª Drª Lívia Haygert Pithan Supervisora do Setor de TCC da FADIR livia.pithan@pucrs.br PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE DIREITO Projeto de Pesquisa Profª Drª Lívia Haygert Pithan Supervisora do Setor de TCC da FADIR livia.pithan@pucrs.br 1 1. Definição Projeto

Leia mais

Etapas para a elaboração de um Pré- Projeto de Pesquisa

Etapas para a elaboração de um Pré- Projeto de Pesquisa Etapas para a elaboração de um Pré- Projeto de Pesquisa Estrutura de um projeto de pesquisa: 1. TEMA E TÍTULO DO PROJETO 2. DELIMITAÇÃO DO PROBLEMA 3. INTRODUÇÃO 4. RELEVÂNCIA E JUSTIFICATIVA 5. OBJETIVOS

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC DA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC DA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU O Trabalho de Conclusão de Curso, neste Regulamento também designado como TCC, requisito curricular obrigatório para todos os cursos de Pós-Graduação Lato Sensu da Faculdade de São Vicente FSV se constitui

Leia mais

FACULDADE SETE DE SETEMBRO COMUNICAÇÃO SOCIAL JORNALISMO/PUBLICIDADE E PROPAGANDA COORDENAÇÃO DE TCC

FACULDADE SETE DE SETEMBRO COMUNICAÇÃO SOCIAL JORNALISMO/PUBLICIDADE E PROPAGANDA COORDENAÇÃO DE TCC REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art.1º. Este regulamento disciplina o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) de Comunicação Social (Cursos de Jornalismo

Leia mais

CURSO DE FARMÁCIA TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC)

CURSO DE FARMÁCIA TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) FACULDADE DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE CURSO DE FARMÁCIA TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) AVISOS GERAIS 1- CONDUÇÃO DA DISCIPLINA E DO TCC Os trabalhos de conclusão de curso poderão ser realizados

Leia mais

Para a citação deste material como referência, favor seguir conforme abaixo:

Para a citação deste material como referência, favor seguir conforme abaixo: Para a citação deste material como referência, favor seguir conforme abaixo: ALVARELI, Luciani Vieira Gomes. Novo roteiro para elaboração do projeto de trabalho de graduação. Cruzeiro: Centro Paula Souza,

Leia mais

REGULAMENTO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DA

REGULAMENTO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DA REGULAMENTO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO DA FACULDADE TRÊS PONTAS FATEPS O presente regulamento, aprovado pela resolução CONSUP 06/2014, estabelece as normas atinentes ao cumprimento do Trabalho

Leia mais

O Projeto de Pesquisa. Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior

O Projeto de Pesquisa. Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior O Projeto de Pesquisa Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior O Projeto de Pesquisa IDENTIFICAR OS ELEMENTOS DE UM PROJETO DE PESQUISA; ESCLARECER COMO ELABORAR UM PROJETO DE PESQUISA. INTRODUÇÃO O Projeto

Leia mais

AdminIP. Manual do Usuário Módulo Administrador IES

AdminIP. Manual do Usuário Módulo Administrador IES 2 AdminIP Manual do Usuário Módulo Administrador IES Brasília 2012 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 4 1 SISTEMA ADMINIP... 4 1.1 O que é o AdminIP?... 4 1.2 Quem opera?... 4 1.3 Onde acessar?... 5 1.4 Como acessar?...

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA I INTRODUÇÃO

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA I INTRODUÇÃO REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA I INTRODUÇÃO O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) é relevante para a formação profissional do discente, tem a função

Leia mais

PROJETO DE PESQUISA: passo a passo

PROJETO DE PESQUISA: passo a passo UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ PROFª MSC. RITA LÍRIO DE OLIVEIRA PROJETO DE PESQUISA: passo a passo ILHÉUS - BAHIA 2013 PROFª MSC. RITA LÍRIO DE OLIVEIRA PROJETO DE PESQUISA: passo a passo Módulo

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 03/2009, DE 5 DE JANEIRO DE 2009

RESOLUÇÃO Nº 03/2009, DE 5 DE JANEIRO DE 2009 RESOLUÇÃO Nº 03/2009, DE 5 DE JANEIRO DE 2009 Altera o Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso - TCC do Curso de Economia, na forma do Anexo. O Reitor da Universidade Regional de Blumenau, no uso

Leia mais

Apresentação da Disciplina. Metodologia de Pesquisa

Apresentação da Disciplina. Metodologia de Pesquisa Apresentação da Disciplina Metodologia de Pesquisa Objetivo / Método de Ensino- Aprendizagem Objetivo: Ementa: Fundamentos da metodologia da pesquisa científica. Normas de apresentação de pesquisas. Testes

Leia mais

MONOGRAFIA ESTRUTURA DE MONOGRAFIAS

MONOGRAFIA ESTRUTURA DE MONOGRAFIAS MONOGRAFIA Trata-se de uma construção intelectual do aluno-autor que revela sua leitura, reflexão e interpretação sobre o tema da realidade. Tem como base a escolha de uma unidade ou elemento social, sob

Leia mais

Ajuda ao SciEn-Produção 1. 1. O Artigo Científico da Pesquisa Experimental

Ajuda ao SciEn-Produção 1. 1. O Artigo Científico da Pesquisa Experimental Ajuda ao SciEn-Produção 1 Este texto de ajuda contém três partes: a parte 1 indica em linhas gerais o que deve ser esclarecido em cada uma das seções da estrutura de um artigo cientifico relatando uma

Leia mais

INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA. Guia rápido

INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA. Guia rápido INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA Guia rápido A PLATAFORMA MOODLE Moodle (Modular Object Oriented Distance LEarning) é um Sistema para Gerenciamento de Cursos (SGC). Trata-se de um programa para computador

Leia mais

RESOLUÇÃO CONJUNTA nº 01/2011 Conselho Setorial / Colegiado do Curso

RESOLUÇÃO CONJUNTA nº 01/2011 Conselho Setorial / Colegiado do Curso UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ FACULDADE DE DIREITO RESOLUÇÃO CONJUNTA nº 01/2011 Conselho Setorial / Colegiado do Curso Regulamenta a elaboração e a defesa de Trabalho de Conclusão de Curso - TCC. O Colegiado

Leia mais

FACULDADE PAULUS DE TECNOLOGIA E COMUNICAÇÃO. Curso de filosofia Bacharelado e Licenciatura. Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso 2015/1

FACULDADE PAULUS DE TECNOLOGIA E COMUNICAÇÃO. Curso de filosofia Bacharelado e Licenciatura. Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso 2015/1 FACULDADE PAULUS DE TECNOLOGIA E COMUNICAÇÃO Curso de filosofia Bacharelado e Licenciatura Regulamento do Trabalho de Conclusão de Curso 2015/1 1 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO DO REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO

Leia mais

Regulamento e Critérios de Avaliação de Trabalho de Conclusão de Curso

Regulamento e Critérios de Avaliação de Trabalho de Conclusão de Curso Regulamento e Critérios de Avaliação de Trabalho de Conclusão de Curso Especialização em Acessibilidade Cultural Departamento de Terapia Ocupacional da UFRJ. Rio de Janeiro, 2013 Responsáveis pela elaboração

Leia mais

O trabalho de pesquisa é a procura de respostas para algum problema pela aplicação de métodos científicos.

O trabalho de pesquisa é a procura de respostas para algum problema pela aplicação de métodos científicos. 1 Manual de TCC O Trabalho de Conclusão de Curso, como o próprio nome indica, deve ser apresentado pelos alunos no final do curso de graduação. Trata-se de um estudo sobre um tema específico ligado a área

Leia mais

VI Seminário da Rede Brasileira de Monitoramento e Avaliação CONVITE E CHAMADA DE TRABALHOS

VI Seminário da Rede Brasileira de Monitoramento e Avaliação CONVITE E CHAMADA DE TRABALHOS VI Seminário da Rede Brasileira de Monitoramento e Avaliação CONVITE E CHAMADA DE TRABALHOS A Rede Brasileira de Monitoramento e Avaliação (RBMA) convida os interessados a participarem do seu VI Seminário,

Leia mais

FACULDADES EST - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM TEOLOGIA MESTRADO PROFISSIONAL EM TEOLOGIA ORIENTAÇÕES PARA BANCAS DE DEFESA

FACULDADES EST - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM TEOLOGIA MESTRADO PROFISSIONAL EM TEOLOGIA ORIENTAÇÕES PARA BANCAS DE DEFESA FACULDADES EST - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM TEOLOGIA MESTRADO PROFISSIONAL EM TEOLOGIA ORIENTAÇÕES PARA BANCAS DE DEFESA 1. Prazos Os prazos para entrega de Trabalho Final encerram em 30 de maio (1º

Leia mais

MONOGRAFIA : COMO FAZER

MONOGRAFIA : COMO FAZER Alguns sites que tratam sobre monografias http://www.admbrasil.com.br/abnt.htm http://planeta.terra.com.br/servicos/monografiaabnt/ http://www.sinescontabil.com.br/trabs_profissionais/fazendo_uma_monografia.htm

Leia mais

FACULDADE DE EDUCAÇÃO DE COSTA RICA-FECRA INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO LAURADAIANE REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC CURSO: LETRAS

FACULDADE DE EDUCAÇÃO DE COSTA RICA-FECRA INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO LAURADAIANE REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC CURSO: LETRAS FACULDADE DE EDUCAÇÃO DE COSTA RICA-FECRA INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO LAURADAIANE REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC CURSO: LETRAS INTRODUÇÃO FORMAS E REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO

Leia mais

Pré-texto. Texto. Pós-texto. Estrutura do Trabalho Final de Curso. A estrutura do Trabalho Final de Curso compreende: pré-texto, texto e pós-texto.

Pré-texto. Texto. Pós-texto. Estrutura do Trabalho Final de Curso. A estrutura do Trabalho Final de Curso compreende: pré-texto, texto e pós-texto. Estrutura do Trabalho Final de Curso A estrutura do Trabalho Final de Curso compreende: pré-texto, texto e pós-texto. Pré-texto Capa Folha de Rosto Dedicatória Agradecimentos Epígrafe Resumo Sumário Texto

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ - Unioeste PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS - PPGCA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ - Unioeste PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS - PPGCA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ - Unioeste PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS AMBIENTAIS - PPGCA Normas para elaboração de Dissertações do Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais MODELO

Leia mais

TUTORIAL PARA O MÉDICO PROJETO DE INTERVENÇÃO PROVAB 2014

TUTORIAL PARA O MÉDICO PROJETO DE INTERVENÇÃO PROVAB 2014 PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O MÉDICO PROJETO DE INTERVENÇÃO PROVAB 2014 Brasília/DF, 17 de setembro de 2014. 1 APRESENTAÇÃO Senhor (a) Médico (a) participante

Leia mais

NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DOS ARTIGOS. Revista Interdisciplinaridade

NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DOS ARTIGOS. Revista Interdisciplinaridade NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DOS ARTIGOS Revista Interdisciplinaridade INTERDISCIPLINARIDADE é uma revista de periodicidade anual, cujo volume de cada ano será publicado em outubro e poderão ser realizadas

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS DE CASSILÂNDIA - FIC PÓS GRADUAÇÃO Lato sensu

FACULDADES INTEGRADAS DE CASSILÂNDIA - FIC PÓS GRADUAÇÃO Lato sensu FACULDADES INTEGRADAS DE CASSILÂNDIA - FIC PÓS GRADUAÇÃO Lato sensu MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA EXECUÇÃO DA MONOGRAFIA DOS CURSOS DE PÓS GRADUAÇÃO Lato sensu DA FIC Cassilândia - 2010 APRESENTAÇÃO Este

Leia mais

Projeto de Intervenção do PROVAB ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO NO MODELO PADRÃO

Projeto de Intervenção do PROVAB ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO NO MODELO PADRÃO Projeto de Intervenção do PROVAB ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO NO MODELO PADRÃO Brasília Setembro de 2014 APRESENTAÇÃO Na perspectiva de formação e avaliação do profissional participante do Programa de Valorização

Leia mais

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE GOVERNADOR VALADARES

REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE GOVERNADOR VALADARES REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - TCC FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE GOVERNADOR VALADARES FUNDAÇÃO FUPAC GOVERNADOR VALADARES 2010 TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO INTRODUÇÃO Todo aluno

Leia mais

TAMANHO DAS FOLHAS - DEMONSTRATIVOS

TAMANHO DAS FOLHAS - DEMONSTRATIVOS TAMANHO DAS FOLHAS - DEMONSTRATIVOS INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS IFAM CAMPUS HUMAITÁ CURSO DE... NOME DO(A) DISCENTE TÍTULO DA PESQUISA HUMAITÁ AM ANO EM QUE O TRABALHO

Leia mais

UNIVERSIDADE DE RIO VERDE FACULDADES DE ENGENHARIAS E DESIGN REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC)

UNIVERSIDADE DE RIO VERDE FACULDADES DE ENGENHARIAS E DESIGN REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) UNIVERSIDADE DE RIO VERDE FACULDADES DE ENGENHARIAS E DESIGN REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) INTRODUÇÃO O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) e é um componente curricular obrigatório

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS E SUBPROJETOS DE PESQUISA

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS E SUBPROJETOS DE PESQUISA MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS E SUBPROJETOS DE PESQUISA O projeto deve, OBRIGATORIAMENTE, ser elaborado pelo Coordenador do Projeto (titulação mínima Mestre PBIC/UniEVANGÉLICA; titulação mínima Doutor

Leia mais

TÍTULO CLARO E OBJETIVO QUANTO ÀS PRETENÇÕES RELATIVAS AO OBJETO DE ESTUDO

TÍTULO CLARO E OBJETIVO QUANTO ÀS PRETENÇÕES RELATIVAS AO OBJETO DE ESTUDO FORMATAÇÃO GERAL PAPEL: A4 MARGEM: 3 cm à esquerda e superior e 2 cm à direita e inferior ESPAÇAMENTO: 1,5 texto corrido; entre parágrafo 6pts antes e depois FONTE: Times New Roman ou Arial TAMANHO DA

Leia mais

CONVITE E CHAMADA DE TRABALHOS E PROPOSTAS DE SESSÕES E MINICURSOS

CONVITE E CHAMADA DE TRABALHOS E PROPOSTAS DE SESSÕES E MINICURSOS CONVITE E CHAMADA DE TRABALHOS E PROPOSTAS DE SESSÕES E MINICURSOS A Rede Brasileira de Monitoramento e Avaliação (RBMA) convida os interessados a participarem do seu VII Seminário, que acontecerá nos

Leia mais

REGULAMENTO PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

REGULAMENTO PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO REGULAMENTO PARA ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO FACULDADE DE ENGENHARIA E ARQUITETURA - FEA 1 INDICE 1. Introdução... 3 2. Da Definição... 3 3. Das Etapas para a Construção do TCC... 3 4.

Leia mais

ORIENTAÇÃO DE TCC CURSO: PROF(A):

ORIENTAÇÃO DE TCC CURSO: PROF(A): ORIENTAÇÃO DE TCC CURSO: PROF(A): MATRÍCUL A ALUNO (A) REUNI ÃO ORIENTAÇ ÕES TCC Entregue Corrigida Nota Assinatura do Orientador: Data: / / Assinatura do Orientador: Data: / / Assinatura do Orientador:

Leia mais

Universidade Federal de Pernambuco Centro de Ciências da Saúde Programa de Pós-Graduação em Gerontologia

Universidade Federal de Pernambuco Centro de Ciências da Saúde Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Universidade Federal de Pernambuco Centro de Ciências da Saúde Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Av. Av. Prof. Moraes Rego s/n - Cidade Universitária - CEP: 50739-970 Recife PE Fone: (81)21268538

Leia mais

Trabalho de Conclusão de Curso - TCC - Bacharelado Interdisciplinar em Ciências Humanas

Trabalho de Conclusão de Curso - TCC - Bacharelado Interdisciplinar em Ciências Humanas Trabalho de Conclusão de Curso - TCC - Bacharelado Interdisciplinar em Ciências Humanas 1. O que é o TCC? O O TCC é uma atividade de síntese e integração de conhecimentos adquiridos ao longo do curso,

Leia mais

FUNCIONAMENTO DOS CURSOS

FUNCIONAMENTO DOS CURSOS 1 SUMÁRIO Funcionamento dos Cursos... 03 Guia de Percurso... 05 Manual Acadêmico... 07 Ambiente Virtual de Aprendizagem... 09 Edição do Perfil... 12 Acessando as Atividades... 14 Iniciando o Semestre...

Leia mais

FAZEMOS MONOGRAFIA PARA TODO BRASIL, QUALQUER TEMA! ENTRE EM CONTATO CONOSCO!

FAZEMOS MONOGRAFIA PARA TODO BRASIL, QUALQUER TEMA! ENTRE EM CONTATO CONOSCO! FAZEMOS MONOGRAFIA PARA TODO BRASIL, QUALQUER TEMA! ENTRE EM CONTATO CONOSCO! DEFINIÇÃO A pesquisa experimental é composta por um conjunto de atividades e técnicas metódicas realizados para recolher as

Leia mais

MANUAL DO ALUNO. Ambiente Virtual TelEduc FACULDADE INTEGRADA DA GRANDE FORTALEZA. http://www.fgf.edu.br

MANUAL DO ALUNO. Ambiente Virtual TelEduc FACULDADE INTEGRADA DA GRANDE FORTALEZA. http://www.fgf.edu.br MANUAL DO ALUNO Ambiente Virtual TelEduc FACULDADE INTEGRADA DA GRANDE FORTALEZA http://www.fgf.edu.br Sala Virtual TelEduc O TelEduc é um ambiente virtual desenvolvido Unicamp para apoiar professores

Leia mais

FLUXOGRAMA DA PESQUISA

FLUXOGRAMA DA PESQUISA FLUXOGRAMA DA PESQUISA Desde a preparação até a apresentação de um relatório de pesquisa estão envolvidas diferentes etapas. Algumas delas são concomitantes; outras são interpostas. O fluxo que ora se

Leia mais

LISTA ICONOGRÁFICA - (Lista de ícones do Ambiente Virtual)

LISTA ICONOGRÁFICA - (Lista de ícones do Ambiente Virtual) 1 SUMÁRIO Funcionamento dos Cursos... 04 Geração de Login e Senha... 05 Guia de Percurso... 07 Manual Acadêmico... 09 Ambiente Virtual de Aprendizagem... 11 Edição do Perfil... 13 Ambiente Colaborar e

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASÍLIA PRÓ-REITORIA ACADÊMICA. Trabalho de Conclusão de Curso

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASÍLIA PRÓ-REITORIA ACADÊMICA. Trabalho de Conclusão de Curso UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASÍLIA PRÓ-REITORIA ACADÊMICA Trabalho de Conclusão de Curso Brasília 1º semestre de 2015 UNIVERSIDADE CATÓLICA DE BRASÍLIA REITOR Prof. Dr. Gilberto Gonçalves Garcia PRÓ-REITOR

Leia mais

Regulamento Geral do Trabalho de Conclusão do Curso de Graduação em Ciência Política Bacharelado TCC

Regulamento Geral do Trabalho de Conclusão do Curso de Graduação em Ciência Política Bacharelado TCC Regulamento Geral do Trabalho de Conclusão do Curso de Graduação em Ciência Política Bacharelado TCC Estabelece normas para a realização do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) do Curso de Graduação em

Leia mais

Sumário. Guia do Aluno

Sumário. Guia do Aluno Sumário Guia do Aluno 1. Roteiro de estudo...3 2. Acessando seu ambiente acadêmico...5 3. Ferramentas...6 3.1 Avisos...6 3.2 Calendário...7 3.3 Tarefas...8 3.4 Informações pessoais...9 3.5 Minhas notas

Leia mais

Universidade Presidente Antônio Carlos REDE DE BIBLIOTECAS ROSY MARA OLIVEIRA (ORG.)

Universidade Presidente Antônio Carlos REDE DE BIBLIOTECAS ROSY MARA OLIVEIRA (ORG.) ROSY MARA OLIVEIRA (ORG.) Colaboração: Dirlhê Maria Lima Pereira Bibliotecária FUPAC Itabirito ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA BARBACENA SUMÁRIO 1 PROJETO DE PESQUISA...2 1.1 Capa...2 1.2

Leia mais

ACESSO AO PORTAL DE PERIÓDICOS DA CAPES APRESENTAÇÃO

ACESSO AO PORTAL DE PERIÓDICOS DA CAPES APRESENTAÇÃO Tutorial de Pesquisa do Portal de Periódicos da CAPES Manaus 2014 ACESSO AO PORTAL DE PERIÓDICOS DA CAPES APRESENTAÇÃO A Biblioteca Aderson Dutra da Universidade Nilton Lins disponibiliza um moderno conjunto

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 013, DE 13 DE NOVEMBRO DE 2012.

RESOLUÇÃO Nº 013, DE 13 DE NOVEMBRO DE 2012. Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Câmpus Porto Alegre RESOLUÇÃO Nº 013, DE 13 DE NOVEMBRO

Leia mais

Secretaria de Estado da Educação do Paraná

Secretaria de Estado da Educação do Paraná Secretaria de Estado da Educação do Paraná ORIENTAÇÕES PARA A AVALIAÇÃO DO PROFESSOR PARTICIPANTE DO GTR TUTORIAL Curitiba 2011 2 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO 03 1. AVALIAÇÃO 04 1.1 Critérios de Análise das Interações

Leia mais

Manual do Aluno. O Moodle é um sistema que gerencia ambientes educacionais de aprendizagem que podem ser denominados como:

Manual do Aluno. O Moodle é um sistema que gerencia ambientes educacionais de aprendizagem que podem ser denominados como: Manual do Aluno É com muita satisfação que apresentamos o Reunir Unopar. Ambiente Virtual de Aprendizagem Colaborativa que tem por objetivo principal ser um espaço colaborativo de construção do conhecimento

Leia mais

O Funcionamento dos Cursos... 02 Geração de Login e Senha... 03 Guia de Percurso... 05 Manual Acadêmico... 06 Ambiente Virtual de Aprendizagem...

O Funcionamento dos Cursos... 02 Geração de Login e Senha... 03 Guia de Percurso... 05 Manual Acadêmico... 06 Ambiente Virtual de Aprendizagem... O Funcionamento dos Cursos... 02 Geração de Login e Senha... 03 Guia de Percurso... 05 Manual Acadêmico... 06 Ambiente Virtual de Aprendizagem... 08 Edição do Perfil... 10 Ambiente Colaborar... 11 Iniciando

Leia mais

Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) Guia de Estudos Metodologias Jovem de Futuro

Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) Guia de Estudos Metodologias Jovem de Futuro Guia de Estudos Metodologias Jovem de Futuro Precisamos reinventar a forma de ensinar e aprender, presencial e virtualmente, diante de tantas mudanças na sociedade e no mundo do trabalho. Os modelos tradicionais

Leia mais

FACULDADE MORAES JÚNIOR MACKENZIE RIO REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TÍTULO I CAPÍTULO I DO OBJETIVO, DA NATUREZA E DA FINALIDADE

FACULDADE MORAES JÚNIOR MACKENZIE RIO REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TÍTULO I CAPÍTULO I DO OBJETIVO, DA NATUREZA E DA FINALIDADE FACULDADE MORAES JÚNIOR MACKENZIE RIO REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TÍTULO I CAPÍTULO I DO OBJETIVO, DA NATUREZA E DA FINALIDADE SEÇÃO I DO OBJETIVO Art. 1º O presente Regulamento tem por

Leia mais

UNIDADE II Conhecendo o Ambiente Virtual de Aprendizagem

UNIDADE II Conhecendo o Ambiente Virtual de Aprendizagem UNIDADE II Conhecendo o Ambiente Virtual de Aprendizagem 2.1 Introdução Caro Pós-Graduando, Nesta unidade, abordaremos o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) que será utilizado no curso: o Moodle. Serão

Leia mais