ESCOLA SECUNDÁRIA DO MONTE DA CAPARICA Curso de Educação e Formação de Adultos NS Trabalho Individual Área / UFCD CLC 6 Formador

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESCOLA SECUNDÁRIA DO MONTE DA CAPARICA Curso de Educação e Formação de Adultos NS Trabalho Individual Área / UFCD CLC 6 Formador"

Transcrição

1 1 de 5 Guião de Exploração Planeamento Habitacional 1. Devem em primeiro lugar escolher um lugar que vos seja familiar (localidade onde cresceram, onde vivem actualmente, terra dos pais ou avós). 2. Depois devem desenvolver os critérios de qualidade no Planeamento Habitacional: - Equipamentos culturais de suporte à habitação: espaços verdes, zonas de lazer, espaços de interacção cultural (Instituições, Museus e Arquivos). - A Cultura artística e seu impacto nas sociedades. - A Importância da Literatura na consolidação do património cultural e artístico de um povo. - Influência dos equipamentos culturais no ordenamento e coesão territorial. - Arquitectura tradicional e sistemas construtivos. - Ambientes rurais e ambientes urbanos. - A memória dos lugares e a Epifania dos espaços. - Traços arquitectónicos distintivos: integração e ruptura paisagística. 3. Devem utilizar nas vossas descrições - Folhetos informativos relativos ao código da estrada, prevenção rodoviária e outros. - Técnicas de pesquisa, selecção e resumo/síntese de informação, nomeadamente na Internet, acerca dos sistemas de administração territorial e de instituições relacionadas com urbanismo e.

2 2 de 5 - Percepção da hierarquia e teor dos documentos legais e sua articulação com o planeamento: Lei, Decreto-Lei, Despacho e Portaria. Sugestão de desenvolvimento: Depois de escolherem a localidade fazerem um registo autobiográfico: Indicar quais as ligações que têm com essa localidade; Justificar a escolha; Qual a distância à capital do concelho/ distrito/ país? Qual a sua denominação administrativa (aldeia, vila, cidade)? Qual a arquitectura predominante? Quais as suas principais características? Quais os edifícios mais antigos? (poderá colocar-se algumas imagens desses edifícios) Faça um roteiro cultural: quais as colectividades, museus, teatros, cinemas, cafés, restaurantes que existem na zona? Onde é que as pessoas se reúnem? A fazer o quê? Conhece alguma literatura, algum poeta que fale dessa localidade? Conte alguns episódios da sua vida sempre que falar desses locais (se existirem). Bom Trabalho!

3 3 de 5 Sobral do Campo Sobral do Campo é uma freguesia portuguesa do concelho e distrito de Castelo Branco, com 56,29 km² de área e 3516 habitantes (sondagens efectuadas em 2001). Tem uma densidade de 16,5 hab/km². Situa-se na margem direita da ribeira da Ramalhosa e está a uma distância de 25 km da sua sede de concelho. Esteve enquadrada no concelho de S. Vicente da Beira até que este foi extinto, tendo passado para o de Castelo Branco em O seu povoamento data de período muito anterior à formação da Nacionalidade, assinalando vestígios da romanização. Sobre o nome de Sobral, crê-se que advenha da localização, ao redor da freguesia, de um grande conjunto de sobreiros. A nobreza rural terá tido uma implantação na freguesia, testemunhando o referido a existência da Casa Ribeiro do Rosário e da Casa Sarafana. O presidente desta Freguesia é o Manuel da Conceição Barata Domingos. A população em idade activa é de 150 e o principal sector de actividade económica é a Construção Civil. Cerca de 80 pessoas trabalham fora da Freguesia, mas ninguém de outras Freguesias trabalha no Sobral do Campo. Relativamente a microempresas, existem empresários agrícolas, empresários de Construção Civil, Serralharias e Queijarias. Caracteriza-se muito pelos produtos locais, como o queijo, o azeite e os enchidos caseiros.

4 4 de 5 Tem como pontos fortes a tradição secular do Madeiro, boas acessibilidades e produtos tradicionais. Também, todos os anos, no Natal, fazem uma fogueira enorme, com cerca de 10 metros, à frente da Igreja Matriz. Relativamente ao Comércio e aos Serviços possui cafés, tabernas, mercearias, talhos, e um bar/discoteca. No ramo da saúde existe o Centro de Dia de São Sebastião e o Centro de dia e Apoio Domiciliário, para os idosos. No ensino, existem as escolas pré-primárias; escolas com o 1º, 2º e 3º Ciclo e ensino Secundário. É uma Freguesia desprovida de museus e grandes monumentos históricos. É um local predominantemente preenchido por espaços verdes, com uma natureza no seu estado praticamente virgem. Contudo, é um local com uma arquitectura muito específica. As casas exteriormente estão revestidas ou mesmo construídas com pedras escuras e utiliza-se muito o granito. Contém um Campo Desportivo, um Polidesportivo, Zonas de Lazer, Casa da Cultura com Espaços Internet e Recinto de Festas. O património Monumental e Natural são caracterizados pela Igreja Matriz, Capela do Espírito Santo, Capela de Santa Cruz, Chafariz de Duas Bicas, fontes antigas, cruzeiros, casas senhoriais, túmulos de granito de origem romana, Ribeira do Tripeiro e Ribeira da Ramalhosa. Esta freguesia está rodeada de alguns pontos turísticos. Localiza-se perto da Serra da Estrela e de um centro histórico, Castelo Branco. Neste concelho existem então, o Museu Francisco Tavares Proença Júnior, o Castelo de Castelo Branco, o Palácio dos Viscondes de Portalegre, o Cruzeiro de São João, a Casa do Arco do Bispo, a Torre do Relógio, a Igreja de São Miguel, as muralhas da cidade, entre outros.

5 5 de 5 Este contém também a Biblioteca Municipal, a Piscina Praia, o Cine-Teatro Avenida, o Jardim do Paço e espaços comerciais, como o Fórum Castelo Branco. Escolhi este local por afinidades familiares. É o local onde o meu avô nasceu e relembra-me imensas experiências completamente contrárias às citadinas. Vou ao Sobral do Campo com alguma regularidade mas principalmente na Páscoa e no Natal. É maioritariamente neste local que toda a família se reúne e convive mais de perto.

ESCOLA SECUNDÁRIA DO MONTE DA CAPARICA Curso de Educação e Formação de Adultos NS

ESCOLA SECUNDÁRIA DO MONTE DA CAPARICA Curso de Educação e Formação de Adultos NS - Compromisso Cidadão/Estado 1 de 7 OBJECTIVO: Recorre a terminologia específicas no âmbito do planeamento e ordenação do território, construção de edifícios e equipamentos Planeamento Habitacional Culturas

Leia mais

Concelho de Arcos de Valdevez 1

Concelho de Arcos de Valdevez 1 Trabalho de Informática Básica criado por: Filipa Ramalho, ci05020 Licenciatura em Ciência da Informação Universidade do Porto, Faculdade de Letras/Engenharia 01-02-2006 01-02-2006 Concelho de Arcos de

Leia mais

FICHA DE APOIO À CARTOGRAFIA

FICHA DE APOIO À CARTOGRAFIA Designação: Cerca de Coimbra, designadamente, Arco e Torre de Almedina, Arco Pequeno de Almedina e Torre de Anto Outras designações: Muralhas de Coimbra incluindo o Arco Pequeno de Almedina Categoria /

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DO MONTE DA CAPARICA Curso de Educação e Formação de Adultos NS

ESCOLA SECUNDÁRIA DO MONTE DA CAPARICA Curso de Educação e Formação de Adultos NS 1 de 5 - intervenção no urbanismo e Culturas de Guião de Exploração Resultados de Aprendizagem Actividade I Pesquisa de Conceitos 1. Recorre a terminologias específicas no âmbito do planeamento e ordenação

Leia mais

Listagem das empreitadas adjudicadas de

Listagem das empreitadas adjudicadas de CÂMARA MUNICIPAL DE CASTELO BRANCO Listagem das empreitadas adjudicadas de 01-01-2016 a 31-12-2016 16 AJ E 173/2015 Construção e conservação de caminhos rurais, agrícolas e florestai: reparação do caminhos

Leia mais

ÍNDICE. Índice de quadros...i Índice de gráficos...ii Índice de figuras... III

ÍNDICE. Índice de quadros...i Índice de gráficos...ii Índice de figuras... III ÍNDICE Pág. de quadros...i de gráficos...ii de figuras... III 1. Introdução...1 1.1. Preâmbulo...1 1.2. Conceito e finalidade...3 1.3. Conteúdo da Carta Educativa...6 1.4. Intervenientes e metodologia

Leia mais

CALENDARIZAÇÃO. Turmas A, B e C (manhã) Turma A (9h às 17h) 1º dia 12 de março

CALENDARIZAÇÃO. Turmas A, B e C (manhã) Turma A (9h às 17h) 1º dia 12 de março CALENDARIZAÇÃO Turmas A, B e C (manhã) 1º dia 12 de março 9h30 - Sessão de Abertura Biblioteca Municipal Lídia Jorge - Animação, promoção e informação turística sobre o concelho de Albufeira; - Conceito

Leia mais

BROCHURA DE VENDA SANTO ALEIXO DA RESTAURAÇÃO

BROCHURA DE VENDA SANTO ALEIXO DA RESTAURAÇÃO Gestão de Imóveis CTT Av. D. João II, Nº13, 4º Andar Parque das Nações 1999-001 Lisboa +351 210471516 BROCHURA DE VENDA SANTO ALEIXO DA RESTAURAÇÃO Rua Lopo Sancas, nº 14 ANEXO I - MEMÓRIA DESCRITIVA 1.

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 374/VIII ELEVAÇÃO DA VILA DE AGUALVA-CACÉM A CIDADE. Exposição de motivos

PROJECTO DE LEI N.º 374/VIII ELEVAÇÃO DA VILA DE AGUALVA-CACÉM A CIDADE. Exposição de motivos PROJECTO DE LEI N.º 374/VIII ELEVAÇÃO DA VILA DE AGUALVA-CACÉM A CIDADE Exposição de motivos A vila de Agualva-Cacém, localizada no município de Sintra, conta com cerca de 90 000 habitantes e ocupa uma

Leia mais

Figura n.º1 Mapa do Distrito de Aveiro. Fonte:

Figura n.º1 Mapa do Distrito de Aveiro. Fonte: Figura n.º1 Mapa do Distrito de Aveiro Fonte: http://viajar.clix.pt/geo.php?d=10&1g=pt O concelho de Estarreja encontra-se situado na Região Centro do país, na Beira Litoral; constitui parte integrante

Leia mais

VOLUME II Introdução e enquadramento

VOLUME II Introdução e enquadramento #$ VOLUME I RELATÓRIO SÍNTESE VOLUME II Introdução e enquadramento Capítulo 1 Introdução Capítulo 2 - Enquadramento das Políticas e Instrumentos de Ordenamento Territorial VOLUME III PATRIMÓNIO NATURAL

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 131/VIII ELEVAÇÃO DE FERMIL DE BASTO, NO MUNICÍPIO DE CELORICO DE BASTO, À CATEGORIA DE VILA. Exposição de motivos

PROJECTO DE LEI N.º 131/VIII ELEVAÇÃO DE FERMIL DE BASTO, NO MUNICÍPIO DE CELORICO DE BASTO, À CATEGORIA DE VILA. Exposição de motivos PROJECTO DE LEI N.º 131/VIII ELEVAÇÃO DE FERMIL DE BASTO, NO MUNICÍPIO DE CELORICO DE BASTO, À CATEGORIA DE VILA Exposição de motivos A povoação de Fermil de Basto, do município de Celorico de Basto, do

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 478/IX ELEVAÇÃO DA VILA DE CASTELO DA MAIA À CATEGORIA DE CIDADE

PROJECTO DE LEI N.º 478/IX ELEVAÇÃO DA VILA DE CASTELO DA MAIA À CATEGORIA DE CIDADE PROJECTO DE LEI N.º 478/IX ELEVAÇÃO DA VILA DE CASTELO DA MAIA À CATEGORIA DE CIDADE A história A vila de Castelo da Maia, constituída pelas freguesias de Barca, Gemunde, Gondim, São Pedro de Avioso e

Leia mais

Carta Municipal de Património Edificado

Carta Municipal de Património Edificado Município de Óbidos Introdução A presente proposta tem por objectivo a identificação e caracterização da e respectivo Inventário Municipal de Património Edificado na área do município de Óbidos, destinando-se

Leia mais

USP/SRF/GIM Gestão de Imóveis

USP/SRF/GIM Gestão de Imóveis Av. D. João II, lote 1.12.03 8º Parque das Nações 1999-001 Lisboa +351 210471516 SANTO ALEIXO DA RESTAURAÇÃO Rua Lopo Sancas, nº 14 Santo Aleixo da Restauração, Rua Lopo Sancas nº 14 1 / 5 1. OBJECTIVO

Leia mais

Enquadramento. Turismo de Portugal considera importante promover condições de visita para públicos com necessidades especiais.

Enquadramento. Turismo de Portugal considera importante promover condições de visita para públicos com necessidades especiais. Caldas da Rainha, 22 de Novembro 2010 Enquadramento Projecto Roteiros do Património Mundial - visa enriquecer as condições de visita dos monumentos classificados pela Unesco como Património da Humanidade;

Leia mais

Regulamento de Visitas Guiadas

Regulamento de Visitas Guiadas Regulamento de Visitas Guiadas Preâmbulo Considerando o riquíssimo património histórico-cultural da Vila de Mértola é necessária a sua promoção de modo a dinamizar a actividade turística, pelo que é fulcral

Leia mais

Povoamento disperso; económicas predominantes: agricultura, pecuária e silvicultura.

Povoamento disperso; económicas predominantes: agricultura, pecuária e silvicultura. Ano Lectivo 2010/2011 Geografia 8º Ano de escolaridade Professora Márcia Monsanto Áreas de fixação humana Espaço rural: Povoamento disperso; Actividades económicas predominantes: agricultura, pecuária

Leia mais

ÁREAS DE FIXAÇÃO HUMANA

ÁREAS DE FIXAÇÃO HUMANA Prof. André Silva É FÁCIL DEFINIR O QUE É UMA CIDADE? 8º Ano Geografia ÁREAS DE FIXAÇÃO HUMANA DEMOGRÁFICO Tem em conta o número de habitantes ou a densidade populacional de um território. FUNCIONAL Tem

Leia mais

Comentário Em 1990 foi feita pela Junta de Freguesia, uma estimativa de fogos construídos entre 1974 a 1990 dando um total de 617 fogos construídos

Comentário Em 1990 foi feita pela Junta de Freguesia, uma estimativa de fogos construídos entre 1974 a 1990 dando um total de 617 fogos construídos NÚMERO DE FOGOS DO TORTOSENDO AO LONGO DOS TEMPOS ANO -------------------------- Nº FOGOS 1615 ------------------------------------ 150 1758 ------------------------------------ 335 1860 ------------------------------------

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 188/IX ELEVAÇÃO DE VILA NOVA DE SANTO ANDRÉ A CIDADE. Exposição de motivos. 1 - Breve caracterização geográfica e demográfica

PROJECTO DE LEI N.º 188/IX ELEVAÇÃO DE VILA NOVA DE SANTO ANDRÉ A CIDADE. Exposição de motivos. 1 - Breve caracterização geográfica e demográfica PROJECTO DE LEI N.º 188/IX ELEVAÇÃO DE VILA NOVA DE SANTO ANDRÉ A CIDADE Exposição de motivos 1 - Breve caracterização geográfica e demográfica A vila designada Vila Nova de Santo André, do município de

Leia mais

ADAPTAÇÃO DO MAPA DE RUÍDO DO CONCELHO DE FORNOS DE ALGODRES AOS NOVOS INDICADORES DE RUÍDO 1

ADAPTAÇÃO DO MAPA DE RUÍDO DO CONCELHO DE FORNOS DE ALGODRES AOS NOVOS INDICADORES DE RUÍDO 1 CÂMARA MUNICIPAL DE FORNOS DE ALGODRES ADAPTAÇÃO DO MAPA DE RUÍDO DO CONCELHO DE FORNOS DE ALGODRES AOS NOVOS INDICADORES DE RUÍDO RESUMO NÃO TÉCNICO DATA: 2015-05-14 ADAPTAÇÃO DO MAPA DE RUÍDO DO CONCELHO

Leia mais

TOPONÍMIA REFERENTE À FREGUESIA DE LAVEGADAS

TOPONÍMIA REFERENTE À FREGUESIA DE LAVEGADAS TOPONÍMIA REFERENTE À FREGUESIA DE LAVEGADAS SETEMBRO 2016 2 ÍNDICE 1. Nota INTRODUTÓRIA...4 2. DESIGNAÇÕES TOPONÍMICAS...5 2.1 Barreiro...5 2.2 Igreja Nova...8 2.3 Moura Morta...9 2.4 Mucela...15 2.5

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 423/IX ELEVAÇÃO A CIDADE DA VILA DA COSTA DA CAPARICA, SITA NO CONCELHO DE ALMADA, NO DISTRITO DE SETÚBAL. Exposição de motivos

PROJECTO DE LEI N.º 423/IX ELEVAÇÃO A CIDADE DA VILA DA COSTA DA CAPARICA, SITA NO CONCELHO DE ALMADA, NO DISTRITO DE SETÚBAL. Exposição de motivos PROJECTO DE LEI N.º 423/IX ELEVAÇÃO A CIDADE DA VILA DA COSTA DA CAPARICA, SITA NO CONCELHO DE ALMADA, NO DISTRITO DE SETÚBAL Exposição de motivos 1 - Caracterização histórica e geográfica da vila da Costa

Leia mais

Adesões Hora do Planeta 2011* Portugal

Adesões Hora do Planeta 2011* Portugal Adesões Hora do Planeta 2011* Cidades / Vilas Portugal 1. Lisboa (capital) Paços do Concelho Monumentos (exemplos) Castelo de São Jorge Estátua Marquês de Pombal Torre de Belém Aqueduto Águas Livres (EPAL)

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 165/VIII ELEVAÇÃO DE SANDIM À CATEGORIA DE VILA. Localização geo-morfológica

PROJECTO DE LEI N.º 165/VIII ELEVAÇÃO DE SANDIM À CATEGORIA DE VILA. Localização geo-morfológica PROJECTO DE LEI N.º 165/VIII ELEVAÇÃO DE SANDIM À CATEGORIA DE VILA Localização geo-morfológica A freguesia de Sandim, que fica situada a cerca de 16 kms da sede do concelho, Vila Nova de Gaia, e a cerca

Leia mais

Reorganização Administrativa Territorial Autárquica. Lei nº. 22/2012 de 30 de Maio

Reorganização Administrativa Territorial Autárquica. Lei nº. 22/2012 de 30 de Maio Reorganização Administrativa Territorial Autárquica Lei nº. 22/2012 de 30 de Maio Objetivos Promoção da coesão territorial e do desenvolvimento local Alargamento das atribuições e competências das freguesias

Leia mais

Indicadores para avaliação do PDM em vigor

Indicadores para avaliação do PDM em vigor para avaliação do PDM em vigor Primeiro Objectivo Desenvolver, Diversificar e Modernizar a base produtiva Segundo Objectivo Reforço das Acessibilidades Intra-concelhias e Promover o Desenvolvimento Equilibrado

Leia mais

BISCOITOS FREGUESIA EM MOVIMENTO

BISCOITOS FREGUESIA EM MOVIMENTO Localiza-se entre o parque de estacionamento da Piscina e a Fonte das Pombas. Terá a largura de 2,50m, numa extensão ligeiramente superior a 1Km. Com pequenas bolsas para descanso e estacionamento, incluirá

Leia mais

OPORTUNIDADE DE INVESTIMENTO QUINTA EM CALDAS DE AREGOS - RESENDE

OPORTUNIDADE DE INVESTIMENTO QUINTA EM CALDAS DE AREGOS - RESENDE OPORTUNIDADE DE INVESTIMENTO QUINTA EM CALDAS DE AREGOS - RESENDE Julho de 2016 O IMÓVEL Localização > Zona inserida no, no concelho de Resende, um local marcado pela paisagem única do Rio Douro e por

Leia mais

Execução Anual do Plano Plurianual de Investimentos

Execução Anual do Plano Plurianual de Investimentos 1 Funções Gerais 1 111 Administração Geral de Ano Anos seguintes Anos Anteriores Ano 1 111 2003/20 Reabilitação de Edificios Municipais 0102 07010203 E 01/2003 12/2011 92.00 92.00 295.740,32 15.813,01

Leia mais

Câmara Municipal de Aveiro Departamento de Gestão Urbanística de Obras Particulares

Câmara Municipal de Aveiro Departamento de Gestão Urbanística de Obras Particulares Câmara Municipal de Aveiro Departamento de Gestão Urbanística de Obras Particulares Visto em 15/07/2008, A Directora de Departamento Relação dos Instrumentos de Gestão Territorial, das servidões e restrições

Leia mais

Freguesia de Castro Daire CASTRO DAIRE

Freguesia de Castro Daire CASTRO DAIRE CASTRO DAIRE Castro Daire é uma vila com cerca de 4 600 habitantes, situa-se na região Centro (NUT II), distrito de Viseu, e está inserida na sub-região Dão/Lafões (NUT III). É sede de um município com

Leia mais

Declaração de Instalação, Modificação e de Encerramento dos Estabelecimentos de Restauração ou de Bebidas

Declaração de Instalação, Modificação e de Encerramento dos Estabelecimentos de Restauração ou de Bebidas Declaração de Instalação, Modificação e de Encerramento dos Estabelecimentos de Restauração ou de Bebidas abrangidos pelo regime instituído pelo Decreto-Lei nº 234/2007, de 19 de Junho Uso exclusivo da

Leia mais

PLANO DE ACTIVIDADES PARA O ANO FINANCEIRO DE 2007

PLANO DE ACTIVIDADES PARA O ANO FINANCEIRO DE 2007 PARA O ANO FINANCEIRO 2007 SCRIÇÃO DA CLASSIFICAÇÃO FINIDA 01 EDUCAÇÃO 01 01 EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR 01 02 ENSINO BÁSICO - 1º CICLO DO PROGRAMA 01 0 0 0 56 Refeitórios escolares 0701-020104/05/06-04050102-040701-05010102

Leia mais

DESPACHO. O Secretário de Estado da Cultura, Elísio Summavielle. Por delegação Desp. N.º 431/2010 DR 2ª série n.º 4 de 7/01/10

DESPACHO. O Secretário de Estado da Cultura, Elísio Summavielle. Por delegação Desp. N.º 431/2010 DR 2ª série n.º 4 de 7/01/10 DESPACHO Em consonância com as novas competências orgânicas decorrentes do Programa de Reestruturação da Administração Central do Estado (PRACE), veio o Decreto-Lei n.º 309/2009, de 23 de Outubro, clarificar

Leia mais

10 dias / 9 noites. Caminho de Fatima a pé. Pecurso pedestre, religioso e cultural de Lisboa até Fátima

10 dias / 9 noites. Caminho de Fatima a pé. Pecurso pedestre, religioso e cultural de Lisboa até Fátima 10 dias / 9 noites Caminho de Fatima a pé Pecurso pedestre, religioso e cultural de Lisboa até Fátima Fátima é um dos destinos religiosos mais importantes do mundo, todos os anos milhares de pessoas fazem

Leia mais

PROJECTO DE DECRETO LEGISLATIVO REGIONAL QUE ALTERA O DECRETO REGIONAL N.

PROJECTO DE DECRETO LEGISLATIVO REGIONAL QUE ALTERA O DECRETO REGIONAL N. PROJECTO DE DECRETO LEGISLATIVO REGIONAL QUE ALTERA O DECRETO REGIONAL N.º 14/81/A, DE 13 DE JULHO, E ELEVA AS FREGUESIAS DE ÁGUA DE PAU, NO CONCELHO DA LAGOA, DAS CAPELAS, NO CONCELHO DE PONTA DELGADA,

Leia mais

Localização. Data. Monumento Interesse Municipal IM Acta 29/04

Localização. Data. Monumento Interesse Municipal IM Acta 29/04 Calheta 22 01 01 01 Arco da Calheta Capela de Nossa Senhora do Loreto Monumento Interesse Público IP DG 1ª série, nº 226 Dec. 129/77 29/09/77 22 01 01 02 Capela de Nossa Senhora da Conceição Monumento

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 63/IX ELEVAÇÃO À CATEGORIA DE CIDADE DA VILA DE OLIVEIRA DO BAIRRO. Exposição de motivos

PROJECTO DE LEI N.º 63/IX ELEVAÇÃO À CATEGORIA DE CIDADE DA VILA DE OLIVEIRA DO BAIRRO. Exposição de motivos PROJECTO DE LEI N.º 63/IX ELEVAÇÃO À CATEGORIA DE CIDADE DA VILA DE OLIVEIRA DO BAIRRO Exposição de motivos Oliveira do Bairro é terra bastante antiga. O primeiro documento que se conhece a dar notícia

Leia mais

enquadramento territorial e divisão administrativa

enquadramento territorial e divisão administrativa O município de Coimbra, com uma área de 319,41 Km 2 repartida por 31 freguesias e uma população residente e presente (em 2001) de 148.443 e 157.510 pessoas, respectivamente, localiza-se na Região Centro

Leia mais

Rota do Mármore do Anticlinal de Estremoz (Projecto) Alfredo Tinoco, Carlos Filipe, Ricardo Hipólito

Rota do Mármore do Anticlinal de Estremoz (Projecto) Alfredo Tinoco, Carlos Filipe, Ricardo Hipólito Cadernos de Sociomuseologia nº 42-2012 51 Rota do Mármore do Anticlinal de Estremoz (Projecto) Alfredo Tinoco, Carlos Filipe, Ricardo Hipólito Introdução: A região de Estremoz, Borba, Vila Viçosa (o Anticlinal

Leia mais

BALANCETE DO PLANO PLURIANUAL DE INVESTIMENTOS

BALANCETE DO PLANO PLURIANUAL DE INVESTIMENTOS Object. Descrição Dotação Pagamento Tx. Ex. 1 EDUCAÇÃO 1.450.930,00 205.541,04 14,17% 1.1 Educação Pré-Escolar 1.1.1 Reparação de Edifícios Escolares 2.900,00 304,92 10,51% 1.1.2 Aquisição Maquinaria e

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 20/VIII ELEVAÇÃO DA VILA DE LOUSÃ A CATEGORIA DE CIDADE. Exposição de motivos. 1 - Contributo geodemográfico

PROJECTO DE LEI N.º 20/VIII ELEVAÇÃO DA VILA DE LOUSÃ A CATEGORIA DE CIDADE. Exposição de motivos. 1 - Contributo geodemográfico PROJECTO DE LEI N.º 20/VIII ELEVAÇÃO DA VILA DE LOUSÃ A CATEGORIA DE CIDADE Exposição de motivos 1 - Contributo geodemográfico Lousã, vila e sede de concelho com o mesmo nome, tem uma área com cerca de

Leia mais

Denominação / localização. Igreja Matriz de Nossa Senhora de Consolação Praça Alferes José Pinto de Oliveira, s/n o, Centro.

Denominação / localização. Igreja Matriz de Nossa Senhora de Consolação Praça Alferes José Pinto de Oliveira, s/n o, Centro. RELAÇÃO BENS CULTURAIS PROTEGIDOS PATRIMÔNIO TOMBADO NÍVEL DE PROTEÇÃO: Municipal Estrutura Arquitetônica e Urbanística EAU Denominação / localização Igreja Matriz de Nossa Senhora de Consolação s/n o,

Leia mais

I N V E N T Á R I O D O P A T R I M Ó N I O I M Ó V E L D O S A Ç O R E S

I N V E N T Á R I O D O P A T R I M Ó N I O I M Ó V E L D O S A Ç O R E S I N V E N T Á R I O D O P A T R I M Ó N I O I M Ó V E L D O S A Ç O R E S 5 APRESENTAÇÃO - DIRECÇÃO REGIONAL DA CULTURA 7 APRESENTAÇÃO - INSTITUTO AÇORIANO DE CULTURA 9 APRESENTAÇÃO CÂMARA MUNICIPAL DA

Leia mais

Dossier Promocional. Moradia em Braga Braga

Dossier Promocional. Moradia em Braga Braga Dossier Promocional Moradia em Braga Braga 1 1. Contexto e Oportunidade 2. Localização do Imóvel 3. Características Gerais do Imóvel 4. Descrição Detalhada 5. Condições de Comercialização 6. Contactos

Leia mais

DTEA - Transportes, Energia e Ambiente Grupo de Investigação em Energia e Desenvolvimento Sustentável Instituto Superior Técnico

DTEA - Transportes, Energia e Ambiente Grupo de Investigação em Energia e Desenvolvimento Sustentável Instituto Superior Técnico DTEA - Transportes, Energia e Ambiente Grupo de Investigação em Energia e Desenvolvimento Sustentável Instituto Superior Técnico Projecto Mobilidade Sustentável Tiago Farias 20 de Junho de 2007 DTEA Transportes,

Leia mais

INDÍCE APRESENTAÇÃO...3 VISITE VALONGO... 3 INFORMAÇÃO DA PROVA...5 EQUIPA TÉCNICA...5 PROGRAMA...6 CATEGORIAS E TEMPOS DE CORRIDA 7

INDÍCE APRESENTAÇÃO...3 VISITE VALONGO... 3 INFORMAÇÃO DA PROVA...5 EQUIPA TÉCNICA...5 PROGRAMA...6 CATEGORIAS E TEMPOS DE CORRIDA 7 GUIA TÉCNICO INDÍCE APRESENTAÇÃO...3 VISITE VALONGO.... 3 INFORMAÇÃO DA PROVA....5 EQUIPA TÉCNICA.......5 PROGRAMA....6 CATEGORIAS E TEMPOS DE CORRIDA 7 INSCRIÇÕES..7 PISTA...8 COMO CHEGAR...9 ONDE FICAR,

Leia mais

CENSOS 2011 DADOS DEFINITIVOS

CENSOS 2011 DADOS DEFINITIVOS Município de CENSOS 2011 DADOS DEFINITIVOS (Concelho de ) Índice População Residente.. 3 Densidade Populacionais. 4 Variação da População..5 Jovens e Idosos...6 Índice de Envelhecimento...7 Desemprego..8

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 151/IX ELEVAÇÃO DA VILA DE SERPA, NO CONCELHO DE SERPA, À CATEGORIA DE CIDADE. Exposição de motivos

PROJECTO DE LEI N.º 151/IX ELEVAÇÃO DA VILA DE SERPA, NO CONCELHO DE SERPA, À CATEGORIA DE CIDADE. Exposição de motivos PROJECTO DE LEI N.º 151/IX ELEVAÇÃO DA VILA DE SERPA, NO CONCELHO DE SERPA, À CATEGORIA DE CIDADE Exposição de motivos O concelho de Serpa situa-se no Baixo Alentejo e pertence ao distrito de Beja, estando

Leia mais

ALCOUTIM E O FUTURO. Conferência Debate sobre Desenvolvimento Local Sustentável

ALCOUTIM E O FUTURO. Conferência Debate sobre Desenvolvimento Local Sustentável ALCOUTIM E O FUTURO Conferência Debate sobre Desenvolvimento Local Sustentável Ricardo Bernardino Alcoutim Espaço Guadiana, 06 de Julho de 2015 Associação Terras do Baixo Guadiana A ATBG foi constituída

Leia mais

Frielas. Enquadramento no Concelho

Frielas. Enquadramento no Concelho Frielas de villa romana que atestava a sua importância estratégica e a qualidade das terras, todos os recantos de Frielas confirmam a transmissão de uma extensa herança material e imaterial Enquadramento

Leia mais

Forte de S. Francisco Xavier Castelo do Queijo

Forte de S. Francisco Xavier Castelo do Queijo Forte de S. Francisco Xavier Castelo do Queijo Porto Praça Gonçalves Zarco 4100-274 Porto Tel: 22 618 10 67 3ª a Domingo : 13.00 às 18.00 Encerra: 2ª Fª Escolas, reformados e deficientes: gratuito. Restante

Leia mais

MUNICÍPIO DE OLIVEIRA DE AZEMÉIS

MUNICÍPIO DE OLIVEIRA DE AZEMÉIS REDE SOCIAL MUNICÍPIO DE OLIVEIRA DE AZEMÉIS Diagnóstico Social Freguesia: S. Roque CARACTERIZAÇÃO GEOGRÁFICA DA FREGUESIA INDICADORES FREGUESIA S. Roque Km2 6,8 Lugares 5 480 Vias de unicação EN 227,

Leia mais

Arquitectura Religiosa / Convento Rua 31 de Janeiro - Santarém (São Salvador)

Arquitectura Religiosa / Convento Rua 31 de Janeiro - Santarém (São Salvador) MONUMENTO NACIONAL Igreja e Claustro do extinto Convento de São Francisco Arquitectura Religiosa / Convento Rua 31 de Janeiro - Santarém (São Salvador) ZEP DG (II Série), n.º 260, de 08-11-1946 Igreja

Leia mais

Vila Viçosa oferece a quem a visita um espólio de cultura, arte e beleza com os seus monumentos, solares, igrejas e museus. Nos Roteiros Turísticos

Vila Viçosa oferece a quem a visita um espólio de cultura, arte e beleza com os seus monumentos, solares, igrejas e museus. Nos Roteiros Turísticos Vila Viçosa oferece a quem a visita um espólio de cultura, arte e beleza com os seus monumentos, solares, igrejas e museus. Nos Roteiros Turísticos os visitantes podem encontrar dicas sobre os principais

Leia mais

Dossier Promocional. Moradia em Pedroso Vila Nova de Gaia - Porto

Dossier Promocional. Moradia em Pedroso Vila Nova de Gaia - Porto Dossier Promocional Moradia em Pedroso Vila Nova de Gaia - Porto 1 1. Contexto e a Oportunidade 2. Localização do Imóvel 3. Características Gerais do Imóvel 4. Descrição Detalhada 5. Condições de Comercialização

Leia mais

APRESENTAÇÃO. O que é PATRIMÔNIO CULTURAL?

APRESENTAÇÃO. O que é PATRIMÔNIO CULTURAL? APRESENTAÇÃO O que é PATRIMÔNIO CULTURAL? PATRIMÔNIO CULTURAL: nossa herança deixada pelos nossos pais, a nossa maneira de falar e agir, as nossas festas tradicionais, os monumentos, as imagens, os documentos

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES SÓCIO CULTURAIS.

PLANO DE ATIVIDADES SÓCIO CULTURAIS. PLANO DE ATIVIDADES SÓCIO CULTURAIS 2017 www.scmbaiao.com O Plano de Actividades Sócio-culturais para o ano de 2017, foi direccionado essencialmente para as valências sociais da Instituição: Terceira Idade

Leia mais

Resenha histórica Quinta de São Pedro do Areeiro

Resenha histórica Quinta de São Pedro do Areeiro O sonho de Viver num Palácio Palácio da Quinta de São Pedro Resenha histórica Quinta de São Pedro do Areeiro Na Quinta de São Pedro do Areeiro foi fundada, em 1864, a Antiga Fábrica de Lanifícios em Oeiras.

Leia mais

Plano de Pormenor Bairro da Liberdade Proposta Preliminar Proposta Preliminar Proposta Preliminar Proposta Preliminar Proposta Preliminar.

Plano de Pormenor Bairro da Liberdade Proposta Preliminar Proposta Preliminar Proposta Preliminar Proposta Preliminar Proposta Preliminar. Plano de Pormenor Bairro da Liberdade Proposta Preliminar Proposta Preliminar Proposta Preliminar Proposta Preliminar Proposta Preliminar e Serafina ENQUADRAMENTO LOCAL E REGIONAL IC 19 IC 17 RADIAL DE

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS Delegação de Barcelos Delegação de Esposende

ORDEM DOS ADVOGADOS Delegação de Barcelos Delegação de Esposende Exma. Senhora Bastonária da Ordem dos Advogados ASSUNTO: Novo Mapa Judiciário Tendo chegado ao conhecimento das Delegações de Barcelos e Esposende da Ordem dos Advogados, o diploma sobre o mapa judiciário,

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE CASTELO BRANCO

INSTITUTO POLITÉCNICO DE CASTELO BRANCO INSTITUTO POLITÉCNICO DE CASTELO BRANCO ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA LABORATÓRIO DE ACÚSTICA MAPA DE RUÍDO PARA O CONCELHO DE VILA VELHA DE RÓDÃO (Resumo não-técnico) Direcção Técnica: Prof. Doutor Paulo

Leia mais

1- CONTEXTO E CARACTERIZAÇÃO GERAL DO AGRUPAMENTO

1- CONTEXTO E CARACTERIZAÇÃO GERAL DO AGRUPAMENTO 1- CONTEXTO E CARACTERIZAÇÃO GERAL DO AGRUPAMENTO 1.1- Enquadramento territorial e contexto físico O concelho da Moita onde se localiza o Agrupamento de Escolas Fragata do Tejo está situado na região de

Leia mais

A Qualidade dos Serviços Turísticos em Cabo Verde

A Qualidade dos Serviços Turísticos em Cabo Verde 7 Anexo Anexo 1 Inquérito Aplicado A Qualidade dos Serviços Turísticos em Cabo Verde Este inquérito visa obter a sua opinião sobre o turismo em Cabo Verde. Deste modo, solicita-se a sua colaboração no

Leia mais

N.º de Património. Carvoeira EB Carvoeira Est. da Adega da Cruz, n.º Junta de Freguesia da Carvoeira Espaço Intergeracional

N.º de Património. Carvoeira EB Carvoeira Est. da Adega da Cruz, n.º Junta de Freguesia da Carvoeira Espaço Intergeracional Carvoeira EB Carvoeira Est. da Adega da Cruz, n.º 44 21919 Junta de Freguesia da Carvoeira Espaço Intergeracional Encarnação Ericeira ATL Encarnação Rua Senhora da Mina, n.º 4A 28462 EB Barril Estrada

Leia mais

Centro Cívico em S. Martinho de Mouros

Centro Cívico em S. Martinho de Mouros Centro Cívico em S. Martinho de Mouros A antiga "Casa da Câmara" de S. Martinho de Mouros vai ser reabilitada para Centro Cívico. Revista de Imprensa 10-02-2010 1. (PT) - Diário As Beiras, 10-02-2010,

Leia mais

Dão Corporate. O Município de Nelas convida a sua empresa e os seus colaboradores para uma experiência de enoturismo.

Dão Corporate. O Município de Nelas convida a sua empresa e os seus colaboradores para uma experiência de enoturismo. Dão Corporate O Município de Nelas convida a sua empresa e os seus colaboradores para uma experiência de enoturismo. N e l a s V I V E Nelas é uma Vila, sede de concelho, que fica em pleno coração da Região

Leia mais

O princípio adotado pela atual legislação é o da completa liberdade de horário de funcionamento da generalidade dos estabelecimentos.

O princípio adotado pela atual legislação é o da completa liberdade de horário de funcionamento da generalidade dos estabelecimentos. O princípio adotado pela atual legislação é o da completa liberdade de horário de funcionamento da generalidade dos estabelecimentos. Trata-se de uma radical alteração das regras até agora em vigor que,

Leia mais

2. CARACTERIZAÇÃO GEOLÓGICA DAS ÁREAS EM ESTUDO

2. CARACTERIZAÇÃO GEOLÓGICA DAS ÁREAS EM ESTUDO 2. CARACTERIZAÇÃO GEOLÓGICA DAS ÁREAS EM ESTUDO O presente trabalho foi efectuado em três áreas, que se situam na região do Minho, no NW de Portugal (Fig. 2.1.). Fig. 2.1. Localização geográfica das áreas

Leia mais

Atlas das Cidades Portuguesas

Atlas das Cidades Portuguesas Informação à Comunicação Social 7 de Junho de 2002 Atlas das Cidades Portuguesas Pela primeira vez o INE edita um Atlas das Cidades de Portugal, publicação que reúne um conjunto de indicadores sobre as

Leia mais

Plano Anual de Actividades Culturais e Recreativas para as Crianças 2015/2016

Plano Anual de Actividades Culturais e Recreativas para as Crianças 2015/2016 Plano Anual de Actividades Culturais e Recreativas para as Crianças 2015/2016 Local Actividades Objectivos Mês de Setembro Uma prenda para ti - Elaboração de uma lembrança para as crianças Promover a integração

Leia mais

PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS Grupo Parlamentar. Projeto de Lei n.º 953/XII/4.ª

PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS Grupo Parlamentar. Projeto de Lei n.º 953/XII/4.ª PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS Grupo Parlamentar Projeto de Lei n.º 953/XII/4.ª Criação da Freguesia de Ponte de Sor, no Concelho de Ponte de Sor, Distrito de Portalegre I Nota Introdutória A Lei n.º 11-A/2013

Leia mais

MUNICÍPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA CÂMARA MUNICIPAL

MUNICÍPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA CÂMARA MUNICIPAL MUNICÍPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA CÂMARA MUNICIPAL Publicação de lista de bens imóveis urbanos administrados pelo Município, com indicação da freguesia, artigo, descrição e morada FREGUESIA ARTIGO DESCRIÇÃO

Leia mais

Fundação Serrão Martins Plano de Actividades Plano de Actividades 2009

Fundação Serrão Martins Plano de Actividades Plano de Actividades 2009 1. A Fundação Serrão Martins é uma instituição de direito privado e utilidade pública com sede na Mina de S. Domingos, concelho de Mértola. Tem como membros fundadores a Câmara Municipal de Mértola e La

Leia mais

Grande Quinta com Vista Mar, Estúdio de Dança e Yoga, Atelier e 3 Anexos, próximo de Tavira CASA DE CAMPO EM SANTA CATARINA DA FONTE DO BISPO

Grande Quinta com Vista Mar, Estúdio de Dança e Yoga, Atelier e 3 Anexos, próximo de Tavira CASA DE CAMPO EM SANTA CATARINA DA FONTE DO BISPO Grande Quinta com Vista Mar, Estúdio de Dança e Yoga, Atelier e 3 Anexos, próximo de Tavira CASA DE CAMPO EM SANTA CATARINA DA FONTE DO BISPO ref. TV867 1.650.000 6 9 411 m2 112.571 m2 Localização + Cidade

Leia mais

Anexo IV Tabela das Áreas de Actividades

Anexo IV Tabela das Áreas de Actividades Actividades Relacionadas com o Património Cultural 101/801 Artes Plásticas e Visuais 102/802 Cinema e Audiovisual 103/803 Bibliotecas e Património Bibliográfico 104/804 Arquivos e Património Arquivistico

Leia mais

FUNDO REINALDO DOS SANTOS - Inventário Fotografias

FUNDO REINALDO DOS SANTOS - Inventário Fotografias FUNDO RINALDO DOS SANTOS - Inventário Fotografias Nº Inv. Caixa Título Secção Série Base de Dados Caixa antiga F-004724 CX- 23 - Igreja da Madalena F-004725 CX- 23 Batalha- claustro F-004726 CX- 23 Santa

Leia mais

PROJECTO DE LEI Nº 398/XI/1ª ELEVAÇÃO DA POVOAÇÃO DA TERRUGEM, NO MUNICÍPIO DE SINTRA, À CATEGORIA DE VILA

PROJECTO DE LEI Nº 398/XI/1ª ELEVAÇÃO DA POVOAÇÃO DA TERRUGEM, NO MUNICÍPIO DE SINTRA, À CATEGORIA DE VILA PROJECTO DE LEI Nº 398/XI/1ª ELEVAÇÃO DA POVOAÇÃO DA TERRUGEM, NO MUNICÍPIO DE SINTRA, À CATEGORIA DE VILA Exposição de motivos I Antecedentes históricos A povoação de Terrugem, sede da Freguesia da Terrugem

Leia mais

E N T I D A D E DATA : 2014/03/31 EXECUÇÃO DO PLANO DE ACTIVIDADES MUNICIPAL ANO CONTABILÍSTICO 2013 MUNICIPIO DE BEJA HORA : 09:47:45

E N T I D A D E DATA : 2014/03/31 EXECUÇÃO DO PLANO DE ACTIVIDADES MUNICIPAL ANO CONTABILÍSTICO 2013 MUNICIPIO DE BEJA HORA : 09:47:45 PERÍODO JANEIRO A DEZEMBRO - 2013/12/31 Pagina : 1 1. Funções gerais 692.793,77 700.893,77 502.238,97 494.714,37 442.264,06 425.619,24 425.619,24 198.654,80 69.095,13 60.73 60.73 100.00 1.1. Serviços gerais

Leia mais

2. Localização São Vicente de fora - Alfama - Lisboa São Vicente de Fora - Lisboa lisboa 1 Percurso São Vicente de Fora - Lisboa [ 30] Área de

2. Localização São Vicente de fora - Alfama - Lisboa São Vicente de Fora - Lisboa lisboa 1 Percurso São Vicente de Fora - Lisboa [ 30] Área de elementos de análise morfológica 222 Contexto Urbano e Percursos 2.1. São Vicente de Fora - Lisboa 2.2. Pelourinho - Salvador 2.3. Stare Mesto - Bratislava 2.4. Plaza Mayor - Trujillo 2. Localização -

Leia mais

ALMODÔVAR Caracterização

ALMODÔVAR Caracterização ALMODÔVAR Caracterização Geografia O Concelho de Almodôvar encontra-se no Baixo Alentejo, distrito de Beja, e é caracterizado essencialmente pela mistura geográfica entre a serra a planície. Ao nível fronteiriço,

Leia mais

1. Animar Sénior 2 2. Refrescar Sénior 3 3. Movimentar Sénior 4. PROJECTOS SUPRAMUNICIPAIS Cuidar de Quem Cuida e cidades Amigas das Pessoas Idosas 9

1. Animar Sénior 2 2. Refrescar Sénior 3 3. Movimentar Sénior 4. PROJECTOS SUPRAMUNICIPAIS Cuidar de Quem Cuida e cidades Amigas das Pessoas Idosas 9 PLANO DE ACÇÃO DE GERONTOLOGIA 2011 1 ÍNDICE PROJECTOS CONCELHIOS Lazer, Cultura e Desporto 2 1. Animar Sénior 2 2. Refrescar Sénior 3 3. Movimentar Sénior 4 Intergeracionalidade 5 4. Troca de Saberes

Leia mais

ACTIVIDADES PROMOVIDAS

ACTIVIDADES PROMOVIDAS ACERCA DE BABIKA O objectivo da empresa Babika, Actividades Turísticas Lda. é a organização, promoção e gestão de passeios pedestres, em bicicleta, canoa e barco; observação da fauna e flora; actividades

Leia mais

ACTA 23/2005 Reunião Extraordinária de 08 de Novembro de 2005

ACTA 23/2005 Reunião Extraordinária de 08 de Novembro de 2005 Início da reunião: 20,30 horas Términus da reunião: 23,30 horas Membros da Câmara Municipal que compareceram à reunião: Presidente: José Manuel Dias Custódio Vereadores: Raul Jorge Morais Leitão João Duarte

Leia mais

Vila Velha de Ródão. 14 km. 17 km. Vergílio Jorge Pires. Vítor Hugo Fontelas de Oliveira. José Gonçalves Ribeiro

Vila Velha de Ródão. 14 km. 17 km. Vergílio Jorge Pires. Vítor Hugo Fontelas de Oliveira. José Gonçalves Ribeiro 1. TERRITÓRIO Área 59,83 km 2 Densidade Populacional (2011) 10,7 Hab/km 2 Anexas Concelho Distância à sede de Concelho Distância a Castelo Branco Amarelos, Atalaia, Carapetosa, Cebolais de Baixo, Rodeios,

Leia mais

OFERTA TURÍSTICA DA REGIÃO

OFERTA TURÍSTICA DA REGIÃO OFERTA TURÍSTICA DA REGIÃO Atracões turísticas em Vidigueira (*): Ruínas de S. Cucufate ( a 6 km da nossa herdade): Parte da história deste monumento arqueológico está intimamente ligada à povoação de

Leia mais

4 Terrenos. Prédios 4 e 5 Guimarães / (UL /453) R da Caldeiroa, Urgezes, 4810 Guimarães

4 Terrenos. Prédios 4 e 5 Guimarães / (UL /453) R da Caldeiroa, Urgezes, 4810 Guimarães Inclui dois prédios (Prédios 4 e 5), com acesso pela Rua da Caldeiroa, localizados em Zona de Construção Central, próximo do centro histórico da cidade, do Centro Cultural Vila Flôr e da Estação dos caminhos

Leia mais

QUALIDADE DE VIDA NA MARGEM SUL

QUALIDADE DE VIDA NA MARGEM SUL QUALIDADE DE VIDA NA MARGEM SUL Há quem afirme que nos últimos 40 anos não houve visão de conjunto para o desenvolvimento da Margem Sul. Sobre esta falsa questão, entendo que é necessário dizer o seguinte:

Leia mais

Proposta: Plano de Transportes Escolares. Município de Vila Real de Santo António

Proposta: Plano de Transportes Escolares. Município de Vila Real de Santo António Proposta: Plano de Transportes Escolares Município de Vila Real de Santo António O Plano de Transportes Escolares é o instrumento de gestão por excelência desta atividade e que se deverá conjugar com os

Leia mais

Oportunidade Incrível - Quinta com 4 quartos, piscina e mais 2 apartamentos e estábulos. CASA DE CAMPO EM BARÃO DE SÃO JOÃO

Oportunidade Incrível - Quinta com 4 quartos, piscina e mais 2 apartamentos e estábulos. CASA DE CAMPO EM BARÃO DE SÃO JOÃO VENDIDO Oportunidade Incrível - Quinta com 4 quartos, piscina e mais 2 apartamentos e estábulos. CASA DE CAMPO EM BARÃO DE SÃO JOÃO ref. S2755 649.500 549.000 6 5 190 m2 26.360 m2 Localização + Cidade

Leia mais

Dossier Promocional. Moradia em Valongo, Porto

Dossier Promocional. Moradia em Valongo, Porto Dossier Promocional Moradia em Valongo, Porto 1 1. Contexto e a Oportunidade 2. Localização do Imóvel 3. Características Gerais do Imóvel 4. Descrição Detalhada 5. Condições de Comercialização 6. Contactos

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DO MONTE DA CAPARICA Curso de Educação e Formação de Adultos NS

ESCOLA SECUNDÁRIA DO MONTE DA CAPARICA Curso de Educação e Formação de Adultos NS 1 de 7 Cidadão/Estado Liberdade OBJECTIVO: Reconhecer as responsabilidades inerentes à Liberdade pessoal em democracia A palavra cidadão começou por significar habitante de uma cidade. Mas depois, com

Leia mais

Formação da Administração Pública para as Energias. renováveis oceânicas - 3ª Sessão

Formação da Administração Pública para as Energias. renováveis oceânicas - 3ª Sessão Formação da Administração Pública para as energias renováveis oceânicas - Isabel Ribeiro Apresentação do Fluxograma do Licenciamento Isabel Ribeiro SUMÁRIO: Tramitação dos procedimentos administrativos

Leia mais

5ª fª, 30 de Setembro - 18 a 22h. Colóquio de Segurança e Saúde Ocupacionais 3 18h15 a 20h00 (5ª fª, 30 de Setembro) Mobilidade e Acessibilidade

5ª fª, 30 de Setembro - 18 a 22h. Colóquio de Segurança e Saúde Ocupacionais 3 18h15 a 20h00 (5ª fª, 30 de Setembro) Mobilidade e Acessibilidade 5ª fª, 30 de Setembro - 18 a 22h Colóquio de Segurança e Saúde Ocupacionais 3 18h15 a 20h00 (5ª fª, 30 de Setembro) Mobilidade e Acessibilidade Prof. Miguel Chichorro Gonçalves (FEUP) Incêndios urbanos,

Leia mais

CONDOMINIO PRIVADO. MORADIAS T5 ÁREAS DE 250 m 2 bicuda. cascais

CONDOMINIO PRIVADO. MORADIAS T5 ÁREAS DE 250 m 2 bicuda. cascais CONDOMINIO PRIVADO MORADIAS T5 ÁREAS DE 250 m 2 CONDOMINIO BICUDA // CASCAIS Belo, distinto, acolhedor e construído com recurso a materiais nobres, o condomínio Bicuda // Cascais esta situado numa das

Leia mais

Ex.mo Senhor: Presidente da Câmara Municipal de Mortágua. ASSUNTO: LOTEAMENTO URBANO: Com / Sem, Obras de Urbanização Licenciamento Comunicação Prévia

Ex.mo Senhor: Presidente da Câmara Municipal de Mortágua. ASSUNTO: LOTEAMENTO URBANO: Com / Sem, Obras de Urbanização Licenciamento Comunicação Prévia REGISTO DE ENTRADA Registado em SPO Procº. / / Reqº. / / Em / / O Assist. Técnico TAXA DE APRECIAÇÃO Paga a taxa no valor de Guia n.º / Em / / O Assist. Técnico DESPACHO Em / / O Presidente da Câmara Ex.mo

Leia mais

Património cultural Museus. http://www.cmpedrogaogrande.pt/index.php?option=com_content&view=a. rticle&id=132&itemid=123. rticle&id=132&itemid=123

Património cultural Museus. http://www.cmpedrogaogrande.pt/index.php?option=com_content&view=a. rticle&id=132&itemid=123. rticle&id=132&itemid=123 Atelier Túllio Victorino Sertã / Cernache do Bonjardim CASA MUSEU COMENDADOR MANUEL NUNES CORRÊA MUSEU PEDRO CRUZ MUSEU DE ARTE SACRA (Misericórdia) Museu Arqueologia Mação Centro Geodésico de Portugal

Leia mais

1. Enquadramento pág Estratégia Municipal de desratização 1ª Fase pág. 4 2ª Fase pág Anexos Anexo I pág. 7 Anexo II pág. 8 Anexo III pág.

1. Enquadramento pág Estratégia Municipal de desratização 1ª Fase pág. 4 2ª Fase pág Anexos Anexo I pág. 7 Anexo II pág. 8 Anexo III pág. [Type text] 1 1. Enquadramento pág. 3 2. Estratégia Municipal de desratização 1ª Fase pág. 4 2ª Fase pág. 5 3. Anexos Anexo I pág. 7 Anexo II pág. 8 Anexo III pág. 9 Anexo IV pág. 10 2 PLANO MUNICIPAL

Leia mais