O Ensino de Ciência da Computação. Práticas de ensino de algoritmos (Hazzan, Cap. 3 / EAD Cap. 2) Péricles Miranda

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O Ensino de Ciência da Computação. Práticas de ensino de algoritmos (Hazzan, Cap. 3 / EAD Cap. 2) Péricles Miranda"

Transcrição

1 O Ensino de Ciência da Computação Práticas de ensino de algoritmos (Hazzan, Cap. 3 / EAD Cap. 2) Péricles Miranda

2 O Que é Ciência da Computação? Analise os argumentos abaixo: 1. Ciência é a observação, descrição, investigação experimental e explicação teórica de fenômenos naturais, de forma sistemática 2. Ciência da computação é o estudo de computadores e fenômenos relacionados 3. Computadores não são fenômenos naturais 4. Então, ciência da computação não é uma ciência. Você concorda ou não? Por que?

3 Computação: Ciência ou Engenharia?

4 O Que é Ciência? Tudo que é: verdadeiro? Provável? Justificado? Objetivo? Correto? Filosofia da Ciência: Interessada em perguntas do tipo Propósito da ciência: Descrever o mundo? Explicar o mundo? Melhorar o mundo? Teorias científicas são Instrumentais (i.e., calculáveis )? Realistas? O método científico é Experimental & cumulativo? Dirigido por paradigmas & revoluções? Matemática é uma ciência? Leituras: Papineau, Philosophy of Science (1996) Kemeny, A Philosopher Looks at Science (1959)

5 O Que é Engenharia? Aplicação da ciência à tecnologia? Invenção de dispositivos vs. descoberta de novos conhecimentos? Uma forma de resolver problemas? Davis, Thinking Like an Engineer (1998) CS é um novo tipo de engenharia? Estuda teoria, projeto, análise e implementação de algoritmos de processamento de informações Loui, CS Is an Engineering Discipline (1987)

6 Ciência da computação 20 anos para se firmar como disciplina separada de engenharia elétrica, matemática e lógica Natureza interdisciplinar Muitas definições!! Veremos algumas...

7 Ciência da Computação Ciência da computação é o estudo de computadores e fenômenos relacionados (Newell, 1967) Computadores não são um resultado da ciência da computação? As coisas estudadas por químicos e físicos, em sua maioria, acontecem mesmo sem eles Isso acontece com a ciência da computação?

8 Ciência da computação Definição baseada na noção de algoritmo: Our (first order) definition is that computer science is the study of the theory and practice of programming computers. This differs from the most widely used definition by emphasizing programming as the central notion and algorithms as a main theoretical notion supporting programming. (Khalil & Levi, 1978

9 Ciência da computação Foco em informação: Ciência da Computação é a disciplina que lida com a representação, implementação, manipulação e comunicação de informação algoritmicamente (Bajcsy et al., 1992,)

10 Ciência da computação Ou será outra coisa (?): Like electricity, these phenomena [surrounding computers] belong both to engineering and to science. (Knuth, 1974)

11 O Ensino de computação e o perfil do profissional Diversos cursos ensinam computação Computação como atividade fim Computação como atividade meio Licenciatura em Computação Tecnologia e Sequenciais

12 O Profissional de computação Muitas demandas específicas! Arquiteto de Software, Engenheiro de Software, Analista de Sistemas, Programador, Analista de Suporte, DBA, Engenheiro de Testes, Gerente de Rede, Gerente de Sistemas,...

13 Perfis dos cursos de computação Fonte:

14 Grade curricular (ideal) Engenharia da computação

15 Grade curricular (ideal) Ciência da computação

16 Grade curricular (ideal) Sistemas de informação

17 Grade curricular (ideal) Tecnologia da Informação

18 Grade curricular (ideal) Engenharia de Software

19 E o Brasil nisso tudo? Ainda em processo de separação dos cursos Ciência da computação é geralmente um guarda-chuva

20 O Ensino de Algoritmos A disciplina pode ter outros nomes Tem por objetivo ordenar o pensamento do aluno, fazendo com que o mesmo aprenda a resolver problemas usando a mesma sequência lógica utilizada pelo computador Ensina o aluno a compreender um problema, definir sua resolução e aplicar esta resolução no formato da pseudo-linguagem, que posteriormente, poderá ser convertida para uma linguagem de programação real

21 Habilidades a serem desenvolvidas... Raciocínio lógico-matemático Assimilar novas tecnologias Capacidade analítica Formalizar problemas computacionalmente E resolver os problemas! Normalmente são adquiridas nas disciplinas relacionadas à algoritmos.

22 Dificuldades A resolução de problemas computacionais envolve várias capacidades e habilidades: abstração modelagem criatividade organização sequenciamento de ideias capacidade de descrever sem ambiguidades como realizar alguma ação Desenvolver essas habilidades é equivalente ao processo de alfabetização!

23 Dificuldades Alunos Abstração é um conceito incomum Pouco embasamento lógico-matemático Especialmente no Brasil Turmas heterogêneas Não estudam da forma adequada Falta de conhecimento sobre o curso/área Professores Exige uma forte demanda de interação a fim de: Atender Acompanhar Mediar Avaliar os alunos Turmas grandes Depois que desenvolve o raciocício lógico, não consegue pensar de outra forma

24 Outros problemas Falta de infra-estrutura (laboratórios, etc) Falta de motivação dos alunos Raciocínios diferenciados Muitas soluções possíveis Não existe um gabarito Elaboração de provas Questões simples podem levar muito tempo para serem resolvidas Interpretação dos problemas e enunciados Como começar a solução do problema? Fama da disciplina!

25 E mais... Falta de exercícios Decorar respostas Dificuldade de abstração e generalização Problemas pessoais, etc...

26 Leitura Complementar Cap. 2, Livro EAD Cap. 3, Hazzan

27 Atividade 1 Fazer uma análise critica dos artigos: Experiências Positivas para o Ensino de Algoritmos Aprendizagem De Algoritmos: Dificuldades Na Resolução de Problemas Entregar apresentação com 3 slides (para cada artigo), pontuando: Objetivo do artigo Ideia central Problemas a serem resolvidos Propostas para minimização do problema Relato da experiência Conclusão Entrega da apresentação até antes do horário da aula (em pdf) para o Data de entrega/apresentação: 25/09/2014

GRADE CURRICULAR E CORPO DOCENTE. Fase 1 Carga horária total: 360h

GRADE CURRICULAR E CORPO DOCENTE. Fase 1 Carga horária total: 360h Ciência da Computação CÂMPUS LAGES Instrumentos Regulatórios (Resolução CEPE e CONSUP ou Portaria de reconhecimento do curso pelo MEC) RESOLUÇÃO CEPE/IFSC Nº 39, DE 13 DE AGOSTO DE 2014. RESOLUÇÃO CONSUP/IFSC

Leia mais

PLANO DE ENSINO. 60h CH Teórica Formação Básica. CH Prática. 10h. Trabalho Efetivo Discente

PLANO DE ENSINO. 60h CH Teórica Formação Básica. CH Prática. 10h. Trabalho Efetivo Discente PLANO DE ENSINO Escola ENGENHARIA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (EETI) Engenharias: Ambiental; Civil; de Computação; de Petróleo; de Produção; Elétrica; Curso(s) Mecânica; Mecatrônica e Química Disciplina

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEPE 46/99 ALTERA O PLANO CURRICULAR E O REGIME DO CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO, DO CÂMPUS DE ITATIBA.

RESOLUÇÃO CONSEPE 46/99 ALTERA O PLANO CURRICULAR E O REGIME DO CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO, DO CÂMPUS DE ITATIBA. RESOLUÇÃO CONSEPE 46/99 ALTERA O PLANO CURRICULAR E O REGIME DO CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO, DO CÂMPUS DE ITATIBA. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE, no uso da atribuição

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO SEMESTRALIZADO 10 SEMESTRES

CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO SEMESTRALIZADO 10 SEMESTRES CURSO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO SEMESTRALIZADO 10 SEMESTRES Situação Legal: Reconhecido Integralização: Mínimo 5 anos / Máximo 8 anos Carga Horária: 2.820h (188 créditos)

Leia mais

Grade Curricular do Curso de Graduação em Engenharia de Computação

Grade Curricular do Curso de Graduação em Engenharia de Computação Grade Curricular do Curso de Graduação em Engenharia de Computação Currículo 6 Aprovado pelo CDI em 30/05/16 - Carga Horária - Carga Horária Núcleo Básico 1.280h Carga Horária Núcleo Profissionalizante

Leia mais

Métodos de Ensino. Práticas de ensino de algoritmos (Hazzan, Cap. 7) Péricles Miranda

Métodos de Ensino. Práticas de ensino de algoritmos (Hazzan, Cap. 7) Péricles Miranda Métodos de Ensino Práticas de ensino de algoritmos (Hazzan, Cap. 7) Péricles Miranda Objetivos desta aula Apresentar métodos de ensino para educadores de cursos de computação. Discutir as vantagens e desvantagens

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAPÁ IFAP CÂMPUS MACAPÁ

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAPÁ IFAP CÂMPUS MACAPÁ 13 específica, de segunda-feira a sexta-feira e aos sábados, caso seja necessário para complementação do período letivo e/ou carga horária curricular. Cada aula tem durafao de 50min (cinquenta minutos),

Leia mais

Introdução a Programação

Introdução a Programação Introdução a Programação Prof. André Gustavo Duarte de Almeida andre.almeida@ifrn.edu.br docente.ifrn.edu.br/andrealmeida Aula 01 Informática e a Programação Roteiro Informática Pensar e Programar Atividades

Leia mais

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO NA ÁREA DE INFORMÁTICA: HABILITAÇÃO TÉCNICO EM INFORMÁTICA NA MODALIDADE A DISTÂNCIA /1

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO NA ÁREA DE INFORMÁTICA: HABILITAÇÃO TÉCNICO EM INFORMÁTICA NA MODALIDADE A DISTÂNCIA /1 ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO NA ÁREA DE INFORMÁTICA: HABILITAÇÃO TÉCNICO EM INFORMÁTICA NA MODALIDADE A DISTÂNCIA - 2008/1 DC 9481 03/10/07 Rev. 00 1. Dados Legais Autorizado pelo Parecer 278 do Conselho

Leia mais

Linguagens Formais e Autômatos (BBC242) Professor: Anderson Almeida Ferreira DECOM-UFOP

Linguagens Formais e Autômatos (BBC242) Professor: Anderson Almeida Ferreira DECOM-UFOP Linguagens Formais e Autômatos (BBC242) Professor: Anderson Almeida Ferreira DECOM-UFOP Ementa Gramáticas. Linguagens Regulares, Livres-de-Contexto e Sensíveis-ao- Contexto. Tipos de Reconhecedores. Operações

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR BACHARELADO EM ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO. 1º Período

MATRIZ CURRICULAR BACHARELADO EM ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO. 1º Período MATRIZ CURRICULAR BACHARELADO EM ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO 1º Período Código Disciplina CHT 1 CHP 2 CH Total Pré-requisitos Dados I 40 40 80 - Cálculo I 80-80 - Fundamentos da Computação 40-40 - Fundamentos

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO MATRIZ CURRICULAR MATUTINO Fase N.

CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO MATRIZ CURRICULAR MATUTINO Fase N. CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO MATRIZ CURRICULAR MATUTINO Fase N. Ordem Código COMPONENTE CURRICULAR Créditos Horas Prérequisitos 01 Introdução à informática 04 60 02 Matemática instrumental

Leia mais

Computação I: Representações de Algoritmos

Computação I: Representações de Algoritmos Computação I: Representações de Algoritmos reginaldo.re@utfpr.edu.br * Parte da apresentação foi gentilmente cedida pelo prof. Igor Steinmacher Agenda Objetivos Relembrando... Algoritmos para desenvolver

Leia mais

Matriz Curricular Curso de Licenciatura em Computação Habilitação: Licenciatura em Computação

Matriz Curricular Curso de Licenciatura em Computação Habilitação: Licenciatura em Computação Matriz Curricular Curso de Licenciatura em Habilitação: Licenciatura em LC101 Leitura e produção textual 30-10 40 2 - LC102 Informática e sociedade 30-10 40 2 - LC103 Inglês básico 50-10 60 3-1º LC104

Leia mais

VÍDEO AULA 1 APRESENTAÇÃO DO CURSO 100% ON LINE

VÍDEO AULA 1 APRESENTAÇÃO DO CURSO 100% ON LINE Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas VÍDEO AULA 1 APRESENTAÇÃO DO CURSO 100% ON LINE Coordenador Prof. Dorival Magro Junior Mestre em Ciência da Computação EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

Leia mais

A Matemática como Serviço a Ciência da Computação. Prof. Dr. Carlos Eduardo de Barros Paes Coordenador do Curso de Ciência da Computação

A Matemática como Serviço a Ciência da Computação. Prof. Dr. Carlos Eduardo de Barros Paes Coordenador do Curso de Ciência da Computação A Matemática como Serviço a Ciência da Computação Prof. Dr. Carlos Eduardo de Barros Paes Coordenador do Curso de Ciência da Computação A Matemática e Ciência da Computação A Matemática faz parte do DNA

Leia mais

Plano de Ensino. Unidade Escolar Interdisciplinar. Ensino Fundamental (8 a 12 anos) - Programação com Scratch

Plano de Ensino. Unidade Escolar Interdisciplinar. Ensino Fundamental (8 a 12 anos) - Programação com Scratch Plano de Ensino Ensino Fundamental (8 a 12 anos) - Programação com Scratch Objetivo geral: Ensinar conceitos básicos da computação relacionados à prática da computação e, colaboração e pensamento computacional

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: Engenharia Civil Cabo Frio SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Missão O Curso de Engenharia Civil da Universidade Estácio de Sá tem por missão formar profissionais com sólidos conhecimentos tecnológicos

Leia mais

CURSO ENGENHARIA DA PRODUÇÃO Autorizado pela Portaria nº de 25/08/10 D.O.U de 27/08/10 Componente Curricular: Física Geral e Experimental III

CURSO ENGENHARIA DA PRODUÇÃO Autorizado pela Portaria nº de 25/08/10 D.O.U de 27/08/10 Componente Curricular: Física Geral e Experimental III CURSO ENGENHARIA DA PRODUÇÃO Autorizado pela Portaria nº 1.150 de 25/08/10 D.O.U de 27/08/10 Componente Curricular: Física Geral e Experimental III Código: ENG 272 Pré-requisito: Física Geral e Experimental

Leia mais

Computação e Programação

Computação e Programação Computação e Programação MEMec - LEAN 1º Semestre 2010-2011 Aula Teórica 4 Instituto Superior Técnico, Dep. de Engenharia Mecânica - ACCAII Alinhamento da AT 4 Construção de programas Actividades de teste

Leia mais

CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA Autorizado pela Portaria nº 960 de 25/11/2008 DOU de 26/11/2008

CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA Autorizado pela Portaria nº 960 de 25/11/2008 DOU de 26/11/2008 CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA Autorizado pela Portaria nº 960 de 25/11/2008 DOU de 26/11/2008 Componente Curricular: Eletromagnetismo Código: ENG - 382 CH Total: 72 Aulas / 60 Horas Pré-Requisito: ----

Leia mais

Introdução à Engenharia de Informação

Introdução à Engenharia de Informação Introdução à Engenharia de Informação Prof a. Marta Mattoso marta@cos.ufrj.br http://www.cos.ufrj.br/~marta COPPE- Sistemas / UFRJ Apresentação do Curso e Conceitos Básicos Roteiro Introdução Conceitos

Leia mais

Objetivo do Curso. Introdução à Interação Humano-Computador. Professora: Raquel Oliveira Prates

Objetivo do Curso. Introdução à Interação Humano-Computador. Professora: Raquel Oliveira Prates Introdução à Interação Humano-Computador Professora: Raquel Oliveira Prates http://www.dcc.ufmg.br/~rprates/ihc \ Aula 1: 14/05 1 Objetivo do Curso Apresentação dos conceitos básicos da área de Interação

Leia mais

Metodologia Científica e de Projetos de Engenharia em Sistemas Eletrônicos

Metodologia Científica e de Projetos de Engenharia em Sistemas Eletrônicos Metodologia Científica e de Projetos de Engenharia em Sistemas Eletrônicos PSI-2591 Projeto de Formatura I S. T. Kofuji; M. K. Zuffo; R. Straube 2a Aula: 28/02/2014 Projeto de Formatura I Objetivos: Articular

Leia mais

Diretrizes curriculares nacionais e os projetos pedagógicos dos cursos de graduação

Diretrizes curriculares nacionais e os projetos pedagógicos dos cursos de graduação Diretrizes curriculares nacionais e os projetos pedagógicos dos cursos de graduação Curso de Atualização Pedagógica Julho de 2010 Mediador: Adelardo Adelino Dantas de Medeiros (DCA/UFRN) Diretrizes Curriculares

Leia mais

Desvendando o futuro: Matemática Computacional

Desvendando o futuro: Matemática Computacional Desvendando o futuro: Matemática Computacional L. Felipe Bueno lfelipebueno@gmail.com Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) São José dos Campos 11/03/15 Resumo O que é Matemática Computacional Habilidades

Leia mais

Currículos dos Cursos UFV CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO. COORDENADOR Alcione de Paiva Oliveira

Currículos dos Cursos UFV CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO. COORDENADOR Alcione de Paiva Oliveira 82 Currículos dos Cursos UFV CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO COORDENADOR Alcione de Paiva Oliveira alcione@dpi.ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2013 83 Bacharelado ATUAÇÃO A Ciência da Computação caracteriza-se

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Curso: ENGENHARIA DE PETRÓLEO Campus: NITERÓI Missão O Curso de Engenharia de Petróleo da Universidade Estácio de Sá tem por missão formar profissionais com sólida formação técnica

Leia mais

TEORIA: 60 LABORATÓRIO: 0

TEORIA: 60 LABORATÓRIO: 0 Universidade Federal do ABC Rua Santa Adélia, 166 - Bairro Bangu - Santo André - SP - Brasil CEP 09.210-170 - Telefone/Fax: +55 11 4996-3166 1. CÓDIGO E NOME DA DISCIPLINA: BC1435 - Análise de Algoritmos

Leia mais

O ALEATÓRIO EM COMPUTAÇÃO. Por Diogo Anderson Integrante do Grupo PET Computação

O ALEATÓRIO EM COMPUTAÇÃO. Por Diogo Anderson Integrante do Grupo PET Computação O ALEATÓRIO EM COMPUTAÇÃO Por Diogo Anderson (diogo@dsc.ufcg.edu.br) Integrante do Grupo PET Computação AGENDA Introdução Definição Aplicações Números aleatórios Números aleatórios vs pseudo-aleatórios

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnico em Programação de

Leia mais

HORÁRIO - 2º SEMESTRE DE 2011

HORÁRIO - 2º SEMESTRE DE 2011 1º PERÍODO Campus I 7:00-8:40 Metodologia Científica GAAV Inglês Instrumental I GAAV Laboratório de Química Básica - L1 8:50-10:30 Cálculo I Cálculo I Desenho I*- T1/T2 Cálculo I Laboratório de Química

Leia mais

1º PERÍODO Carga horária Teórica Prática Total

1º PERÍODO Carga horária Teórica Prática Total MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI FACULDADE DE CIÊNCIAS EXATAS E SOCIAIS APLICADAS CURSO DE GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ESTRUTURA CURRICULAR 2008/1

Leia mais

CURSO DE ENGENHARIA ELETRÔNICA

CURSO DE ENGENHARIA ELETRÔNICA CURSO DE ENGENHARIA ELETRÔNICA Currículo Novo 200901 Reconhecido pela Portaria Ministerial Nº 1.193, de 08/04/2005 Duração: 3.720 h - 248 créditos, acrescidas de 120 horas de atividades complementares

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015

Plano de Trabalho Docente 2015 Unidade de Ensino Médio e Técnico Cetec Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec: Monsenhor Antonio Magliano Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS EXATAS HABILITAÇÃO: BACHARELADO EM CIÊNCIAS EXATAS INGRESSANTES 2009

CURSO DE CIÊNCIAS EXATAS HABILITAÇÃO: BACHARELADO EM CIÊNCIAS EXATAS INGRESSANTES 2009 CURSO DE CIÊNCIAS EXATAS HABILITAÇÃO: BACHARELADO EM CIÊNCIAS EXATAS INGRESSANTES 2009 Período Atividade Acadêmica Caráter Cr CH Pré-requisito Código Denominação 1º MAT154 Cálculo I Disciplina de Formação

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Componente Curricular: Cálculo Numérico Turma: EMC /2

PLANO DE ENSINO. Componente Curricular: Cálculo Numérico Turma: EMC /2 PLANO DE ENSINO Componente Curricular: Cálculo Numérico Turma: EC - 2013/2 Carga Horária: 60 horas semestrais Créditos: 4 Professores: arcus Vinicius achado Carneiro Ricardo Antonello Período: 2015/1 EENTA:

Leia mais

Introdução à Algoritmia

Introdução à Algoritmia Introdução à Algoritmia Programação e Sistemas de Informação Módulo 1 Objetivos Esclarecer conceitos básicos necessários à atividade de programar, que consiste na elaboração de programas de computador.

Leia mais

Ciência da Computação 1 0 Semestre de 2016

Ciência da Computação 1 0 Semestre de 2016 Ciência da Computação 1 0 Semestre de 2016 Disciplina: LR2- Laboratório de Redes 2 Código: Série: 4 0 ano Semestre: 7 0 Carga Horária Semanal: 2 aulas Carga Horária Semestral: 34 aulas Coordenador: Julio

Leia mais

Introdução à Ciência da Computação

Introdução à Ciência da Computação 1 Universidade Federal Fluminense Campus de Rio das Ostras Curso de Ciência da Computação Introdução à Ciência da Computação Professor: Leandro Soares de Sousa e-mail: leandro.uff.puro@gmail.com site:

Leia mais

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS, AMBIENTAIS E DE TECNOLOGIAS FACULDADE DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Currículo Atual MATUTINO

CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS, AMBIENTAIS E DE TECNOLOGIAS FACULDADE DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Currículo Atual MATUTINO Série: 1ª Período: 2º (05421) Cálculo Diferencial e Integral (06348) Organização: Teoria e (05421) Cálculo Diferencial e Integral (28398) Antropologia Teológica (06353) Ciências do Ambiente (05421) Cálculo

Leia mais

Currículo do Curso de Licenciatura em Matemática

Currículo do Curso de Licenciatura em Matemática Currículo do Curso de Licenciatura em Matemática ATUAÇÃO O curso de Licenciatura em Matemática oferece ao estudante a oportunidade de obter ampla formação em ciências básica e aplicada, possibilitando-lhe

Leia mais

Introdução INTRODUÇÃO AO SWEBOK. Origens do corpo de conhecimentos da Engenharia de Software: Introdução a Computação e Engenharia de Software

Introdução INTRODUÇÃO AO SWEBOK. Origens do corpo de conhecimentos da Engenharia de Software: Introdução a Computação e Engenharia de Software INTRODUÇÃO AO SWEBOK Introdução a Computação e Engenharia de Software Profa. Cynthia Pinheiro Introdução Origens do corpo de conhecimentos da Engenharia de Software: Engenharia da Computação Ciência da

Leia mais

Programação Estruturada Orientada a Objetos

Programação Estruturada Orientada a Objetos INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE Programação Estruturada Orientada a Objetos Docente: Éberton da Silva Marinho e-mail: ebertonsm@gmail.com eberton.marinho@gmail.com

Leia mais

Conceitos Básicos ENTRADA PROCESSAMENTO SAÍDA

Conceitos Básicos ENTRADA PROCESSAMENTO SAÍDA Aula 02 - Algoritmos Disciplina: Algoritmos Prof. Allbert Velleniche de Aquino Almeida E-mail: allbert.almeida@fatec.sp.gov.br Site: http://www.allbert.com.br /allbert.almeida Conceitos Básicos Desde o

Leia mais

Curso de Bacharelado em Ciência da Computação

Curso de Bacharelado em Ciência da Computação Curso de Bacharelado em Ciência da Computação Há um século, riqueza e sucesso vinham para aqueles que produziam e distribuíam mercadorias manufaturadas. Hoje, riqueza e sucesso vêm para aqueles que utilizam

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Informação e Comunicação CURSO: Tecnólogo em Sistemas para Internet FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura

Leia mais

Estrutura de Dados. Plano de Ensino. Vilson Heck Junior. Campus Lages. Instituto Federal de Santa Catarina

Estrutura de Dados. Plano de Ensino. Vilson Heck Junior. Campus Lages. Instituto Federal de Santa Catarina Estrutura de Dados Plano de Ensino Vilson Heck Junior Instituto Federal de Santa Catarina Campus Lages Sumário 1 Sumário 2 Plano de Ensino Competências, Habilidades e Atitudes Bases Tecnológicas Instrumentos

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Médio. Habilitação Profissional: Técnico em informática para Internet Integrado ao Ensino Médio

Plano de Trabalho Docente Ensino Médio. Habilitação Profissional: Técnico em informática para Internet Integrado ao Ensino Médio Plano de Trabalho Docente - 2015 Ensino Médio Código: 0262 ETEC ANHANQUERA Município: Santana de Parnaíba Área de Conhecimento: Matemática Componente Curricular: Matemática Série: 1ª Eixo Tecnológico:

Leia mais

CONDIÇÕES DE OFERTA PARA CADASTRO DO CURSO PARA ACOMPANHAMENTO E CONTROLE ACADÊMICO Nome do curso Ciência da Computação Condições de Oferta do Curso

CONDIÇÕES DE OFERTA PARA CADASTRO DO CURSO PARA ACOMPANHAMENTO E CONTROLE ACADÊMICO Nome do curso Ciência da Computação Condições de Oferta do Curso CONEP UFSJ Parecer N o 066/2009 Aprovado em 02/12/2009 ANEXO A: ORIENTAÇÕES PARA OFERTA E CADASTRO DO CURSO CONDIÇÕES DE OFERTA PARA CADASTRO DO CURSO PARA ACOMPANHAMENTO E CONTROLE ACADÊMICO Nome do curso

Leia mais

Linguagens Formais e Autômatos. Apresentação do Plano de Ensino

Linguagens Formais e Autômatos. Apresentação do Plano de Ensino Linguagens Formais e Autômatos Apresentação do Plano de Ensino Linguagens Formais e Autômatos LFA Código - CMP4145 Turma A01 Engenharia da Computação e Ciência da Computação Horário: Segunda, Terça e Quinta.

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 3ª Série Equações Diferenciais e Séries Engenharia da Computação A Atividade Prática Supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem desenvolvido

Leia mais

Orientações de Inscrição nas Unidades Curriculares. da Licenciatura em Informática

Orientações de Inscrição nas Unidades Curriculares. da Licenciatura em Informática SIFT/DCeT Orientações de Inscrição nas Unidades Curriculares da Licenciatura em Informática Versão 2016-07-14 Introdução Este documento pretende servir de guia de aconselhamento aos estudantes para a inscrição

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnico em Informática Qualificação:

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Escola ENGENHARIA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

PLANO DE ENSINO. Escola ENGENHARIA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PLANO DE ENSINO Escola ENGENHARIA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Curso(s) Engenharias: Ambiental; Civil; de Computação; de Materiais; de Petróleo; de Produção; Elétrica; Mecânica; Mecatrônica e Química Disciplina

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS CST em Análise e Desenvolvimento de Sistemas 3ª Série Programação Estruturada II A Atividade Prática Supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem

Leia mais

Computadores e Programação (DCC/UFRJ)

Computadores e Programação (DCC/UFRJ) Computadores e Programação (DCC/UFRJ) Aula 3: 1 2 3 Abstrações do Sistema Operacional Memória virtual Abstração que dá a cada processo a ilusão de que ele possui uso exclusivo da memória principal Todo

Leia mais

GABARITOS DEFINITIVOS

GABARITOS DEFINITIVOS SUDENE - GABARITOS PROVAS DO DIA 5/09/203 Agente Administrativo Tipo E A A B C D A C B E E A E B D E C C C D E C D * A B D E D A B A C C E A E E C D B C D A A D C E B D A D C A B D C A D E Agente Administrativo

Leia mais

Aula de Apresentação. Prof. Túlio Toffolo BCC501 Aula 02 Introdução à Ciência da Computação

Aula de Apresentação. Prof. Túlio Toffolo  BCC501 Aula 02 Introdução à Ciência da Computação Aula de Apresentação Prof. Túlio Toffolo http://www.toffolo.com.br BCC501 Aula 02 Introdução à Ciência da Computação Objetivos (ementa) do Curso Apresentação da Grade Curricular do Curso de Ciência da

Leia mais

Engenharia de Software Simulado para a 1ª Avaliação Bimestral Professor: Danilo Giacobo - RESPOSTAS

Engenharia de Software Simulado para a 1ª Avaliação Bimestral Professor: Danilo Giacobo - RESPOSTAS Engenharia de Software Simulado para a 1ª Avaliação Bimestral Professor: Danilo Giacobo - RESPOSTAS 1. Com relação à engenharia de software, julgue os itens seguintes. Engenharia de software não está relacionada

Leia mais

Catalogo de requisitos - Processo Seletivo

Catalogo de requisitos - Processo Seletivo Catalogo de requisitos - Processo Seletivo 006-01-2016 HABILITAÇÃO COMPONENTE TITULAÇÃO Informática Redes de Comunicação de Dados Administração de Sistemas de Informação Análise de Sistemas Análise de

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2016 Ensino Técnico Plano de Curso nº 160 aprovado pela portaria Cetec nº 138 de 04 /10 /2012 Etec ERMELINDA GIANNINI TEIXEIRA Código: 0187 Município: SANTANA DE PARNAÍBA Eixo

Leia mais

Linguagens de Programação

Linguagens de Programação Universidade Federal do Rio Grande do Norte Centro de Tecnologia Departamento de Computação e Automação Linguagens de Programação Professor Responsável: Luiz Affonso Henderson Guedes de Oliveira Prof.

Leia mais

GUIA DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS DE COMPUTAÇÃO

GUIA DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS DE COMPUTAÇÃO GUIA DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS DE COMPUTAÇÃO GUIA DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS DE COMPUTAÇÃO S U M Á R I O O CURSO...3 COORDENAÇÃO...3 OBJETIVO DO CURSO...3 CARACTERÍSTICAS

Leia mais

Algoritmos e Estrutura de Dados. Aula 01 Apresentação da Disciplina e Introdução aos Algoritmos Prof. Tiago A. E. Ferreira

Algoritmos e Estrutura de Dados. Aula 01 Apresentação da Disciplina e Introdução aos Algoritmos Prof. Tiago A. E. Ferreira Algoritmos e Estrutura de Dados Aula 01 Apresentação da Disciplina e Introdução aos Algoritmos Prof. Tiago A. E. Ferreira Ementa e Objetivos Ementa: Análise de Algoritmos: Notação O e Análise Assintótica.

Leia mais

Introdução à Computação

Introdução à Computação Universidade Federal de Campina Grande Centro de Engenharia Elétrica e Informática Unidade Acadêmica de Sistemas e Computação Curso de Bacharelado em Ciência da Computação Introdução à Computação EXERCÍCIOS

Leia mais

Engenharia de Requisitos 1 - Introdução

Engenharia de Requisitos 1 - Introdução Engenharia de Requisitos 1 - Introdução Pedro Campos Professor Auxiliar, Universidade da Madeira http://dme.uma.pt/pcampos - pcampos@uma.pt 1 Agenda Apresentação Equipa docente Definição de ER Bibliografia

Leia mais

Grade Curricular do Curso de Graduação em Engenharia de Telecomunicações

Grade Curricular do Curso de Graduação em Engenharia de Telecomunicações Grade Curricular do Curso de Graduação em Engenharia de Telecomunicações (Currículo 7 aprovado pelo CDI em 23/12/15) - Carga Horária Carga Horária Núcleo Básico 1.280h Carga Horária Núcleo Profissionalizante

Leia mais

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU CURSO DE ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO CURRÍCULO PLENO BACHARELADO 1 CICLO/MÓDULO A Ciências Exatas I Álgebra Linear 02 0 02 40 Cálculo Diferencial e Integral I 04 0 04 80 Cálculo Vetorial e Geometria

Leia mais

Tópicos Avançados em Sistemas Computacionais: Infraestrutura de Hardware Aula 02

Tópicos Avançados em Sistemas Computacionais: Infraestrutura de Hardware Aula 02 Tópicos Avançados em Sistemas Computacionais: Infraestrutura de Hardware Aula 02 Prof. Max Santana Rolemberg Farias max.santana@univasf.edu.br Colegiado de Engenharia de Computação POR QUE APRENDER CONCEITOS

Leia mais

Projeto de Desenvolvimento de Software

Projeto de Desenvolvimento de Software Projeto de Desenvolvimento de Software Princípios da Engenharia de Software Msc. Eliezio Soares eliezio.soares@ifrn.edu.br http://docente.ifrn.edu.br/elieziosoares NBR ISO 9000-3 Definições: A ISO 9000

Leia mais

SOCIEDADE EDUCACIONAL DE SANTA CATARINA INSTITUTO SUPERIOR TUPY

SOCIEDADE EDUCACIONAL DE SANTA CATARINA INSTITUTO SUPERIOR TUPY SOCIEDADE EDUCACIONAL DE SANTA CATARINA INSTITUTO SUPERIOR TUPY PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO Curso: Engenharia Mecânica Período/Módulo: 1 o Período Disciplina/Unidade Curricular: Cálculo I Código: CE375

Leia mais

Laboratório de Engenharia de Software I

Laboratório de Engenharia de Software I Laboratório de Engenharia de Software I Turma 01: Profa. Lucia Vilela Leite Filgueiras Turma 02: Profa. Maria Alice Grigas Varela Ferreira Aula 01 Casos de uso e protótipo da interface de usuário Roteiro

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Universidade São Judas Tadeu Prof. André Luiz Ribeiro Prof. Jorge Luis Pirolla Introdução à Computação Engenharia de Software Tópicos O que é Engenharia de Software? Engenharia de Software em camadas Processo

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS DIRETORIA DE GRADUAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS DIRETORIA DE GRADUAÇÃO DISCIPLINA: Linguagens de Programação CÓDIGO: 2ECOM.031 Data de Elaboração: Janeiro/2012 Carga Horária: Total: 30 h/a; Semanal: 02 aulas; Créditos: 02 Modalidade: Prática Classificação do Conteúdo pelas

Leia mais

Disciplinas do Curso Superior em Engenharia Civil. CEFET-MG / Unidade Curvelo

Disciplinas do Curso Superior em Engenharia Civil. CEFET-MG / Unidade Curvelo 1 Disciplinas do Curso Superior em Engenharia Civil CEFET-MG / Unidade Curvelo PRIMEIRO PERÍODO Aulas semana Cálculo I 90 6 Contexto Social e Profissional do Eng. 30 2 Desenho Técnico 30 2 Geometria Analítica

Leia mais

Aula 2 BD Introdução. Profa. Elaine Faria UFU

Aula 2 BD Introdução. Profa. Elaine Faria UFU Aula 2 BD Introdução Profa. Elaine Faria UFU - 2017 Motivação A quantidade de informação disponível está crescendo exponencialmente Os dados e as informações tem um papel importante para as organizações

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Informação e Comunicação CURSO: Sistemas de Informação FORMA/GRAU:( )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( X ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo

Leia mais

Processos de Software by Pearson Education Ian Sommerville 2006 Engenharia de Software, 8ª. edição. Capítulo 4 Slide 1

Processos de Software by Pearson Education Ian Sommerville 2006 Engenharia de Software, 8ª. edição. Capítulo 4 Slide 1 Processos de Software Ian Sommerville 2006 Engenharia de Software, 8ª. edição. Capítulo 4 Slide 1 Objetivos Apresentar modelos de processos de software Descrever três modelos genéricos de processo e quando

Leia mais

Licenciatura em Informática

Licenciatura em Informática Licenciatura em Informática Unidade Curricular Arquitetura de Computadores Computer Architecture Objetivos -Compreender o hardware e software de sistema (SO); -Entender os sistemas de numeração e aritmética

Leia mais

Grade Metodologia do Trabalho Científico. Desenho Técnico. Algoritmos e Programação de Computadores. Geometria Analítica

Grade Metodologia do Trabalho Científico. Desenho Técnico. Algoritmos e Programação de Computadores. Geometria Analítica Grade 2014.1 1º semestre CH Metodologia do Trabalho Científico Desenho Técnico Algoritmos e Programação de Computadores Geometria Analítica Fundamentos da Matemática Língua Portuguesa 2º semestre CH Linguagens

Leia mais

PROJETO DE PROGRAMAS. Projeto de Programas PPR0001

PROJETO DE PROGRAMAS. Projeto de Programas PPR0001 PROJETO DE PROGRAMAS Projeto de Programas PPR0001 Desenvolvimento de Software 2 3 Desenvolvimento de Software Análise de Requisitos Distinguir e dividir o sistema em componentes: Analisar os componentes

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL TENENTE JOSÉ LUCIANO Projeto: JOGAR, DIVERTIR E APRENDER COM A DONA MATEMÁTICA

ESCOLA ESTADUAL TENENTE JOSÉ LUCIANO Projeto: JOGAR, DIVERTIR E APRENDER COM A DONA MATEMÁTICA ESCOLA ESTADUAL TENENTE JOSÉ LUCIANO Projeto: JOGAR, DIVERTIR E APRENDER COM A DONA MATEMÁTICA - 2015...o brinquedo desperta interesse e curiosidade... Rubem Alves Autora: Rita Siqueira Público alvo: alunos

Leia mais

Plano de Ensino Docente

Plano de Ensino Docente Plano de Ensino Docente IDENTIFICAÇÃO CURSO: Licenciatura em Matemática. FORMA/GRAU: ( )integrado ( )subsequente ( )concomitante ( )bacharelado (x) licenciatura ( ) tecnólogo MODALIDADE: ( x ) Presencial

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2016 Ensino Técnico Plano de Curso nº 233 aprovado pela portaria Cetec nº 172 de 13/09/2013 Etec Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Controle e

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N , DE 20 DE AGOSTO DE 2012

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N , DE 20 DE AGOSTO DE 2012 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.302, DE 20 DE AGOSTO DE 2012 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em Engenharia

Leia mais

Perfil do Aluno Final do 1.º Ciclo Ano letivo 2016/2017

Perfil do Aluno Final do 1.º Ciclo Ano letivo 2016/2017 Perfil do Aluno Final do 1.º Ciclo Ano letivo 2016/2017 Perfil de aprendizagens específicas do aluno à saída 1.º Ciclo do Ensino Básico Tendo em atenção as características estruturais e humanas das Escolas

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N , DE 27 DE ABRIL DE 2011

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N , DE 27 DE ABRIL DE 2011 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.114, DE 27 DE ABRIL DE 2011 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em Engenharia

Leia mais

AULA: Introdução à Informática I

AULA: Introdução à Informática I Campus Muriaé Professor: Luciano Gonçalves Moreir Disciplina: Informática Aplicada I AULA: Introdução à Informática I O que é Informática? Pode dizer-se que informática é ciência que estuda o processamento

Leia mais

Universidade Federal do Maranhão Coordenadoria do Curso de Ciência da Computação. O curso de Ciência da Computação da UFMA

Universidade Federal do Maranhão Coordenadoria do Curso de Ciência da Computação. O curso de Ciência da Computação da UFMA Universidade Federal do Maranhão Coordenadoria do Curso de Ciência da Computação O curso de Ciência da Computação da UFMA Curso: Ciência da Computação (www.deinf.ufma.br/~cocom) Nível: Graduação plena

Leia mais

Cálculo Numérico Computacional

Cálculo Numérico Computacional Cálculo Numérico Computacional Apresentação Prof. Márcio Bueno cnctarde@marciobueno.com Ementa } Oferecer fundamentos e instrumentos da matemática aplicada e computacional, com a finalidade de permitir

Leia mais

Linguagens de Programação I. Introdução a Algoritmos e Lógica de Programação

Linguagens de Programação I. Introdução a Algoritmos e Lógica de Programação Linguagens de Programação I Introdução a Algoritmos e Lógica de Programação 1 INTRODUÇÃO Que é um programa de computador? Um programa de computador é o produto resultante da atividade intelectual de um

Leia mais

SOCIEDADE EDUCACIONAL DE SANTA CATARINA INSTITUTO SUPERIOR TUPY

SOCIEDADE EDUCACIONAL DE SANTA CATARINA INSTITUTO SUPERIOR TUPY SOCIEDADE EDUCACIONAL DE SANTA CATARINA INSTITUTO SUPERIOR TUPY PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO Curso: Engenharia de Plásticos Período/Módulo: 3º Período Disciplina/Unidade Curricular: Álgebra Linear Código:

Leia mais

Introdução à Engenharia ENG1000

Introdução à Engenharia ENG1000 Introdução à Engenharia ENG1000 Apresentação 2016.1 Prof. Augusto Baffa Introdução à Engenharia Fundamentos do Projeto + Design de Jogos + Programação de Jogos Objetivos da Disciplina

Leia mais

Documento de uso exclusivo da unidade, não possui valor legal. 28/06/ :43:00. Matéria: Carga Horária Total. Prática: 44 Campo: 44

Documento de uso exclusivo da unidade, não possui valor legal. 28/06/ :43:00. Matéria: Carga Horária Total. Prática: 44 Campo: 44 Disciplina: CCT0021 - ESTRUTURA DE DADOS Matéria: Carga Horária Total Teórica: 44 Prática: 44 Campo: 44 Tipo Curso: 4 - GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA Curso(s): 35 - SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 4091 - ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Grade Curricular do Curso de Graduação em Engenharia de Controle e Automação

Grade Curricular do Curso de Graduação em Engenharia de Controle e Automação Grade Curricular do Curso de Graduação em Engenharia de Controle e Automação (Currículo 3 aprovado pelo CDI em 23/12/15) - Carga Horária Carga Horária Núcleo Básico 1.260h Carga Horária Núcleo Profissionalizante

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA PRODUÇÃO

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA PRODUÇÃO MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA PRODUÇÃO 1º TERMO Aulas Teóricas Práticas Total Comunicação e Expressão 36-36 Direito 36-36 Cálculo Diferencial e Integral I 72-72 Fundamentos da Administração

Leia mais

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA CURRÍCULO PLENO BACHARELADO 1 CICLO/MÓDULO A Ciências Exatas I Álgebra Linear 02 0 02 40 Cálculo Diferencial e Integral I 04 0 04 80 Cálculo Vetorial e Geometria Analítica

Leia mais

LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO COMO FERRAMENTA PARA O CONHECIMENTO COMPUTACIONAL NAS ESCOLAS PÚBLICAS DE RIACHÃO PB

LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO COMO FERRAMENTA PARA O CONHECIMENTO COMPUTACIONAL NAS ESCOLAS PÚBLICAS DE RIACHÃO PB LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO COMO FERRAMENTA PARA O CONHECIMENTO COMPUTACIONAL NAS ESCOLAS PÚBLICAS DE RIACHÃO PB Autor Ginaldo Ribeiro da Silva Graduando de Lic. Computação e Informática IFPB Campus Cajazeiras/PB

Leia mais

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: SÃO CARLOS Eixo Tecnológico: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Habilitação Profissional: TÉCNICO EM INFORMÁTICA Qualificação:

Leia mais