REGISTRO DE ATIVIDADES DO PROCESSO - RAP

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REGISTRO DE ATIVIDADES DO PROCESSO - RAP"

Transcrição

1 UNIDADE Atender cliente Atender o cliente e analisar a solicitação para identificar se é restituição por pagamento indevido (erro de leitura, erro de cadastro, faturamento indevido), pagamento indevido de esgoto, desistencia da execução do serviço ( Ex: Implant de Ligação ) ou pagamento em duplicidade da conta de água e/ou esgoto. Informar ao cliente que só tem direito a restituição contas dos últimos 5 anos (a partir da data do vencimento da conta). - Caso o cliente solicitante não seja o titular da conta, o mesmo deverá apresentar uma procuração do titular; A procuração deve autorizar o beneficiario a responder sobre estes assuntos. Deve ser entregue copia com firma reconhecida, ser confrontada com o documento original e observado pela atendente que "Confere com Original". A copia deve ser anexada aos demais documentos. - Se for imóvel locado, o solicitante deverá apresentar o contrato de locação. OBSERVAÇÃO: 1- A única documentação interna da empresa a ser fornecida ao cliente, será o protocolo do requerimento do serviço em questão. 2- Analisar se não existe processo de devolução, em andamento nos casos para restituição em cheque (EX: consumo final, pagamento indevido de serviço Implant/Ligação). Se existir informar o cliente que já existe um processo de devolução em andamento. UNIDADE Analisar a documentação Analisar a documentação apresentada pelo cliente (extrato bancário para as contas com débito automático, GP - Guia de Pagamento (2ª via) ou contas autenticadas). Tirar uma cópia dos documentos e comprovantes de pagamentos. Todas as restituições realizadas devem ser registradas no Sistema. UNIDADE Cadastrar Ordem de Serviço (O.S.) para verificação da cobrança indevida. Acessar o Sistema e efetuar a análise prévia da situação. Cadastrar O.S. (Ordem de Serviço) de verificação da cobrança indevida de acordo com o motivo.

2 UNIDADE Cadastrar Ordem de Serviço (O.S.) de Pagamento indevido por motivo de erro de leitura, erro de cadastro, serviço/financiamento indevido, faturamento indevido e cobrança indevida de esgoto. Constatada a irregularidade da cobrança, cadastrar a O.S com o código de seviço.8 - Análise de devolução, anexar as documentações (O.S. - Verificação de cobrança indevida, comprovantes de pagamentos, as contas de água e esgoto carimbadas, memorando justificando a devolução, valor a ser restituido e encaminhar à Regional. OBSERVAÇÃO: Cobrança Indevida de Esgoto: 1.- A não existência de ramal de esgoto, abrir O.S para execução de implantação da ligação, sem custo para o cliente. Após executar, lavrar notificação para o cliente tomar ciência que deverá efetuar a conexão do imóvel à rede no prazo de até 30 (trinta) dias. 2.- Na existência do ramal sem caixa de inspeção, abrir O.S para execução de implantação da ligação, sem custo para o cliente. Informar ao cliente que deverá ser efetuada a conexão do imóvel à rede no prazo de até 30 (trinta) dias, e decorrido esse prazo retornará a cobrança da taxa de esgoto estando ou não conectado a rede. Não sendo constatada nenhuma impossibilidade técnica para a conexão informar ao cliente que não cabe devolução e que deve providenciar a ligação do seu imóvel até a caixa de inspeção disponibilizada pela SANESUL. UNIDADE Cadastrar Ordem de Serviço (O.S.) de Pagamento em Duplicidade. OBSERVAÇÕES: - Quando se tratar de pagamento como: - consumo final (morador ja não mais reside no imóvel) e - pagamento de serviço (cliente desistiu do serviço. Ex. impl. Lig Água); Nesses casos a restituição será feita por meio de cheque. As demais situações as devoluções serão feitas em conta. Acessar o Sistema e efetuar a análise Prévia da situação. Após a análise, cadastrar O.S. (Ordem de Serviços), código.8 - Análise de devolução, anexar a documentação (O.S. Verificação da cobrança indevida, comprovantes de pagamentos, contas de água e esgoto carimbadas e memorando justificando a devolução), valor a ser restituído e encaminhar à Regional. OBSERVAÇÕES: 1- Quando se tratar de pagamento como: - consumo final (morador ja não mais reside no imóvel) e - pagamento de serviço (cliente desistiu do serviço. Ex. impl. Lig Água); Nesses casos a restituição será feita por meio de cheque. As demais situações as devoluções serão feitas em conta.

3 UNIDADE Carimbar as contas Carimbar (ANEXO II) no verso do comprovante e conta original, anotando o nº da O.S., data de solicitação, nome da atendente, nome do supervisor, assinar, devolver os comprovantes e documentos originais ao cliente. UNIDADE Encaminhar documentação das solicitações. Anexar a O.S. (Ordem de Serviços) Verificação de cobrança indevida executada, e cópia da O.S. de verificação (código.8), as cópias dos comprovantes de pagamento e das contas carimbadas e encaminhar para a Regional para que o efetue a análise final e emissão do laudo técnico e aprovação. REGIONAL Analisar a documentação Analisar a documentação recebida da Unidade, e verificar se todos os documentos estão corretos. DECISÃO: A documentação esta correta? SE SIM: Elaborar memorando e enviar toda a documentação para ARR/GECO. SE NÃO: Devolver a Unidade para correção da documentação. ARR/GECO Receber Solicitação de Restituição de Numerário por pagamento indevido Receber a documentação da Regional efetuar a análise da solicitação. DECISÃO: É pagamento indevido de esgoto e/ou erro de cadastro do tipo ou quantidade de economia? SE SIM: Abrir Administrativo, juntar toda documentação que veio da Regional, elaborar Memorando enviar para ser digitalizado e encaminhar a GEJUL. SE NÃO: Analisar a solicitação. DECISÃO: Restituição de Numerário DEFERIDA? SE SIM: Acessar o Sistema, na aba "", opção "Devolução", "Registro Pagamentos Indevidos", selecionar a opção "matrícula", digitar a matrícula, clicar no botão "Consultar". Digitar o valor a ser restituido no campo "Valor a Devolver" e clicar no botão "Incluir Devolução" SE NÃO: Elaborar memorando à Regional, informando que a solicitação não é devida e portanto INDEFERIDA; Gestor de

4 ARR/GECO Receber Solicitação de Restituição de Numerário por pagamento em duplicidade Receber a documentação da Unidade efetuar a análise da solicitação. 1- Solicitação recebida da Regional: DECISÃO: Documentação confere? SE SIM: Acessar o Sistema, na aba "", opção "Devolução", "Registro Pagamentos Indevidos", selecionar a opção "matrícula", digitar a matrícula, clicar no botão Consultar. Digitar o valor a ser restituído no campo "Valor a Devolver" e clicar no botão "Incluir Devolução" SE NÃO: Devolver à Regional para que sejam anexadas as documentações necessárias; 2- Solicitação recebida na GECO: DECISÃO: Documentação confere? SE SIM: Acessar o Sistema, na aba "", opção "Devolução", "Registro Pagamentos Indevidos", selecionar a opção "matrícula", digitar a matrícula, clicar no botão Consultar. Digitar o valor a ser restituído no campo "Valor a Devolver" e clicar no botão "Incluir Devolução". SE NÃO: Informar o cliente para providenciar a documentação que está faltando. Gestor de ARR/GECO Conceder Restituição de Numerário Acessar o Sistema, na aba "", opção "Concede", digitar a matrícula, clicar no botão "Consultar". Selecionar o valor a ser concedido, confirmar o valor e clicar no botão "Devolução Conta Água Esgoto" Gestor de ARR/GECO Solicitar abertura de Administrativo Analisar as documentações recebidas, elaborar memorando solicitando abertura de processo administrativo enviar para ser digitalizado e depois despachar processo para GEJUL dar parecer, sobre a solicitação de restituição de numerário por cobrança indevida de esgoto ou tipo ou quantidade de economia. GESU/PROTOCOLO Abrir Administrativo Abrir Administrativo conforme IT GESU/PROTOCOLO Solicitação para abertura de Administrativo Gerente /Gestor de houver demanda GEJUL Dar parecer Administrativo Receber Administrativo da ARR/GECO, analisar solicitação de restituição de numerário por "cobrança indevida de esgoto" ou "pagamento indevido por erro de cadastro do tipo ou quantidade de economia", solicitar o aval do Diretor Presidente, elaborar parecer e devolver o Administrativo para ARR/GECO. Gerente Jurídico

5 ARR/GECO Receber parecer da GEJUL Receber Administrativo e analisar parecer. Gestor de DECISÃO: Parecer FAVORÁVEL para restituição? SE SIM: Registrar no sistema a devolução para sair na conta do cliente, ou se for em cheque, deixar em aberto para a devolução. Após encaminhar processo para a regional SE NÃO: Despachar Administrativo para a Regional, que deverá informar ao cliente e dar baixa na O.S. com código de serviço.801 -Devolução de Numerário INDEFERIDA. REGIONAL Acessar o sistema Receber o processo da ARR/GECO dando parecer favorável, Acessar o sistema em caso de devolução em cheque, na aba Devolução/Concede/devolução em cheque e preencher todos os dados no campo, e dar a solução. O sistema irá emitir automaticamente a ordem de serviço ( devolução valor pago). A regional deverá dar baixa nesta ordem de serviço com o mesmo codigo da emissão (3800 e 38). Depois da baixa devera acessar o sistema comercial modulo arrecadação e cadastrar o cheque e emitir o recibo. REGIONAL Solicitar repasse pelo Fundo Fixo Solicitar a GEFI, toda sexta-feira por meio de memorando ou (ANEXO I), o valor a ser pago para o cliente referente a restituição de numerário por pagamento indevido ou duplicidade de pagamento, para os casos em que a restituição será por meio de cheque. GEFI Providenciar repasse pelo fundo fixo. Receber solicitação da Regionais, e providenciar o repasse pelo Fundo Fixo. Gestor REGIONAL Encaminhar cheque para a Unidade Receber o credito na conta fundo fixo, emitir o cheque de devolução e encaminhar o cheque e o recibo para a Unidade providenciar a entrega do mesmo e colher assinatura do cliente. UNIDADE Receber cheque e o recibo Receber o cheque e o recibo, entrar em contato com o cliente para o mesmo comparecer ao escritório para efetivar o recebimento da restituição de numerário. UNIDADE Efetivar o pagamento da restituição Entregar o cheque para o cliente, coletar a assinatura do mesmo no recebido. UNIDADE Encaminhar recibo assinado Encaminhar o recibo assinado, para o Administrativo Financeiro. REGIONAL Receber recido assinado e Registrar recebimento no Sistema Receber o recibo assinado pelo cliente das Unidades. Efetuar a baixa da restituição no Sistema. Acessar o Sistema, na aba "", opção "Concede", digitar a matrícula, clicar no botão "Consultar". Selecionar o valor a ser concedido, confirmar o valor e clicar no botão "Devolução em Cheque" REGIONAL Encaminha o processo indeferido para a Unidade. Enviar o processo a unidade para dar ciencia ao cliente.

6 UNIDADE Recebe o processo da Regional indeferido. Dar baixa na O.S. com código de serviço 3.8 (Devolução de Numerário INDEFERIDA), e contatar o cliente para informa-lo do resultado da solicitação. Após encaminhar o proceso a Regional para arquivo. REGIONAL Recebe processo de volta da Unidade. Proceder a baixa como encerrado no SICOP, com a observação arquivado na regional. Assistente Administrativo TOTAL DATA: 01/09/2012 Entrevistado: Walmir Santos Lino Preenchido por: Cristina Nogueira Porto

REGISTRO DE ATIVIDADES DO PROCESSO - RAP

REGISTRO DE ATIVIDADES DO PROCESSO - RAP .4.a 6.2.4.a.1 Receber NOME: CONTROLE DE S NA ADMINISTRAÇÃO CENTRAL Receber analisar, definir o início do fornecimento, tirar cópia dos documentos necessários para controle e enviar o à SUP/GESU para emitir

Leia mais

Região Metropolitana de Campinas

Região Metropolitana de Campinas MA-GRC-001 Versão: 01 Vigência: 2015 Página: 1 / 11 Região Metropolitana de Campinas 1 MA-GRC-001 Versão: 01 Vigência: 2015 Página: 2 / 11 ÍNDICE 1. Objetivo... 3 2. Direito de obtenção e utilização...

Leia mais

INSTRUÇÕES BÁSICAS. Locatário Pessoa Física:

INSTRUÇÕES BÁSICAS. Locatário Pessoa Física: INSTRUÇÕES BÁSICAS O que é necessário para alugar um imóvel na Bandeirantes Imóveis? Para alugar quaisquer dos imóveis disponíveis na carteira de locação da Bandeirantes Imóveis siga os seguintes passos:

Leia mais

Nº 2.0 Nº 2.2 Nº 2.2.1 Atividade Como desenvolve a atividade Cargo Periodicidade

Nº 2.0 Nº 2.2 Nº 2.2.1 Atividade Como desenvolve a atividade Cargo Periodicidade Macroprocesso Processo Sub-processo Gerência Código Atividade Nº 2.0 Nº 2.2 Nº 2.2.1 Atividade Como desenvolve a atividade Cargo Periodicidade GECO/VENDAS 2.2.1.1 Dar apoio as Unidades e Regionais Receber

Leia mais

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Prestação de Contas (ABRIL 2009)

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Prestação de Contas (ABRIL 2009) Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Prestação de Contas (ABRIL 2009) Índice 1. Prestação de Contas...3 1.1. Devolução de Valores...7 1.2. Ajustar PCDP...10 1. Prestação

Leia mais

ATENDIMENTO AO CLIENTE

ATENDIMENTO AO CLIENTE M DIGITALIZAÇÃO DE DOCUMENTOS NO A MANUAL DE OPERACIONALIZAÇÃO ATENDIMENTO AO CLIENTE VEN/GECO 3/2015 Revisão 0 Página 1 de 13 Sumário INTRODUÇÃO... 3 DIGITALIZAÇÃO DE DOCUMENTOS NA IMPRESSORA KYOCERA

Leia mais

Sistema de Devolução Web

Sistema de Devolução Web Manual Sistema de Devolução Web Usuário Cliente ÍNDICE Sumário 1. Prazos...3 2. Solicitação de Devolução... 4 3. Autorização de Devolução... 4 4. Coleta de Mercadoria... 4 5. Acompanhamento da Devolução...

Leia mais

SERVIDOR CORRESPONDENTE

SERVIDOR CORRESPONDENTE CONVÊNIO EMDEC CNPJ: 44.602.720/0001-00 UF: SP. PÚBLICO ALVO Efetivos/Concursados, Ativos, Inativos e Pensionistas. CÁLCULO DE MARGEM Margem = Assumir a informação do site. PERCENTUAL DE MARGEM 100% QUANTIDADE

Leia mais

Copyright 2004/2015 - VLC

Copyright 2004/2015 - VLC Nota Fiscal Eletrônica de Serviços Perguntas Frequentes Versão 8.1 Atualizado em 26/08/2015 Copyright 2004/2015 - VLC As informações contidas neste caderno de Perguntas e Respostas são de propriedade da

Leia mais

Manual de utilização do Relatório de Viagens

Manual de utilização do Relatório de Viagens Manual de utilização do Relatório de Viagens Os Módulos do Sistema de Relatório de Viagens foram criados tendo com base a Regulamentação de Viagem da MGS - Minas Gerais Administração e Serviços S/A (RG/AD/02/10ª).

Leia mais

MANUAL BÁSICO DE NORMAR E ROTINAS DEPARTAMENTO FINANCEIRO. Contamos com o comprometimento e colaboração de todos.

MANUAL BÁSICO DE NORMAR E ROTINAS DEPARTAMENTO FINANCEIRO. Contamos com o comprometimento e colaboração de todos. MANUAL BÁSICO DE NORMAR E ROTINAS DEPARTAMENTO FINANCEIRO DISPOSIÇÕES INICIAIS O manual trás um resumo de algumas normas e rotinas que devem ser seguidas para o bom desempenho das tarefas necessárias para

Leia mais

Processo de Compras GENS

Processo de Compras GENS Processo de Compras GENS Manual do Colaborador Versão 2.0 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO... 3 1.1 Objetivos... 3 1.1.1 Objetivo da definição do Processo de Compras... 3 1.1.2 Objetivo deste Manual... 3 2. PROCESSO

Leia mais

REGISTRO DE ATIVIDADES DO PROCESSO NOME: CADASTRO NOME: CADASTRAMENTO DE SERVIÇO DE TERCEIROS - COBRANÇA DE TAXAS DOS SERVIÇOS DE LIXO

REGISTRO DE ATIVIDADES DO PROCESSO NOME: CADASTRO NOME: CADASTRAMENTO DE SERVIÇO DE TERCEIROS - COBRANÇA DE TAXAS DOS SERVIÇOS DE LIXO Macroprocesso Processo Sub-processo Nº 2.0.0 Nº 2.2.0 Nº 2.2.9 REGISTRO DE ATIVIDADES DO PROCESSO NOME: GESTÃO DE CLIENTES NOME: CADASTRO NOME: CADASTRAMENTO DE SERVIÇO DE TERCEIROS - COBRANÇA DE TAXAS

Leia mais

1. OBJETIVO Prestar atendimento ao cidadão de maneira rápida, eficiente e eficaz, de acordo com os requisitos especificados pelo cliente.

1. OBJETIVO Prestar atendimento ao cidadão de maneira rápida, eficiente e eficaz, de acordo com os requisitos especificados pelo cliente. Sistema de Gestão da Qualidade SUPERINTENDÊNCIA DE VAPT VUPT E ATENDIMENTO AO PÚBLICO INSTRUÇÃO DE TRABALHO DE ATENDIMENTO AO CIDADÃO - DEPARTAMENTO DE ÁGUA E ESGOTO DE CALDAS NOVAS - DEMAE Responsável:

Leia mais

ROTEIRO DE REQUERIMENTO COM E-PROCESSO (NA IRF/SPO A PARTIR DE 02/05/2011)

ROTEIRO DE REQUERIMENTO COM E-PROCESSO (NA IRF/SPO A PARTIR DE 02/05/2011) ROTEIRO DE REQUERIMENTO COM E-PROCESSO (NA IRF/SPO A PARTIR DE 02/05/2011) Este roteiro orienta a como preparar os documentos referentes à IN SRF 650/2006 e à IN RFB 1098/2010, na IRF/SP, de acordo com

Leia mais

Cobrança Itaú. Conheça como funciona o serviço de protesto de títulos.

Cobrança Itaú. Conheça como funciona o serviço de protesto de títulos. Cobrança Itaú Conheça como funciona o serviço de protesto de títulos. Para garantir uma gestão de Cobrança ainda mais eficiente, é preciso que você saiba como funciona o serviço de protesto de títulos

Leia mais

MANUAL DE USO FACGTO AUTORIZADOR ONLINE DE ODONTOLOGIA

MANUAL DE USO FACGTO AUTORIZADOR ONLINE DE ODONTOLOGIA MANUAL DE USO FACGTO AUTORIZADOR ONLINE DE ODONTOLOGIA 1 Acessar o endereço www.unafiscosaude.org.br, no menu Credenciados>Prestadores odontológicos>se deseja acessar o Sistema Facgto clique aqui. 1.2

Leia mais

MA-GCF-002 Versão: 01 Vigência: 2013 Página: 1 / 14

MA-GCF-002 Versão: 01 Vigência: 2013 Página: 1 / 14 MA-GCF-002 Versão: 01 Vigência: 2013 Página: 1 / 14 MA-GCF-002 Versão: 01 Vigência: 2013 Página: 2 / 14 ÍNDICE 1. Objetivo... 3 2. Direito de obtenção e utilização... 4 3. Sem direito ao benefício do passe

Leia mais

INDICE 1. CADASTRO DE CATEGORIAS...5 2. CADASTRO DE BANCO... 3. CONTAS A RECEBER... 3.1. LANÇAMENTO AUTOMÁTICO DE CONTAS A RECEBER...

INDICE 1. CADASTRO DE CATEGORIAS...5 2. CADASTRO DE BANCO... 3. CONTAS A RECEBER... 3.1. LANÇAMENTO AUTOMÁTICO DE CONTAS A RECEBER... 1 2 INDICE 1. CADASTRO DE CATEGORIAS...5 2. CADASTRO DE BANCO......6 3. CONTAS A RECEBER......6 3.1. LANÇAMENTO AUTOMÁTICO DE CONTAS A RECEBER...6 3.2. LANÇAMENTO MANUAL DE CONTAS A RECEBER...7 3.3. GERAÇÃO

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS CRA

PERGUNTAS E RESPOSTAS CRA PERGUNTAS E RESPOSTAS CRA 1. O que é a CRA? A CRA é a Central de Relacionamento com o Aluno. Um departamento criado para atender às solicitações acadêmicas e financeiras, através de diversificados canais

Leia mais

INFORMATIVO EDUCAR PROCEDIMENTOS PARA NOVOS CONTRATOS E ADITAMENTOS

INFORMATIVO EDUCAR PROCEDIMENTOS PARA NOVOS CONTRATOS E ADITAMENTOS INFORMATIVO EDUCAR PROCEDIMENTOS PARA NOVOS CONTRATOS E ADITAMENTOS Programação 1. Depois de efetuada a matrícula, a Faculdade informará ao Instituto Educar, a relação dos alunos novos que fizeram adesão

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL - CONSIGNADO SETOR PÚBLICO EXECUTIVO FEDERAL SIAPE

ROTEIRO OPERACIONAL - CONSIGNADO SETOR PÚBLICO EXECUTIVO FEDERAL SIAPE 1. OPERACIONALIZAÇÃO DAS CONTRATAÇÕES E SUPORTE Filial BV Financeira Matriz São Paulo - Fone: (11) 3252-7050. 2. PÚBLICO ALVO CONFORME LEGISLAÇÃO Servidores Ativos/Inativos; Aposentados; Cedidos; Pensionistas

Leia mais

Portal do Servidor Publico. Cartilha de Orientação Acesso ao PORTAL

Portal do Servidor Publico. Cartilha de Orientação Acesso ao PORTAL Portal do Servidor Publico Cartilha de Orientação Acesso ao PORTAL 1 Indice Apresentação do Portal... 03 Acesso ao Portal do Servidor Publico... 04 Solicitar Senha... 04 Disponibilidade do Portal... 06

Leia mais

ROTEIRO OPERACIONAL DO CARTÃO BI CARD CONSIGNADO GOV. ACRE

ROTEIRO OPERACIONAL DO CARTÃO BI CARD CONSIGNADO GOV. ACRE 1. PUBLICO ALVO O publico alvo é constituído por servidores ativos e inativos do Governo do Estado do Acre com o objetivo de concessão do Cartão BI CARD possibilitando saque antecipado, saques eletrônicos,

Leia mais

Servidores pensionistas do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais - IPSEMG

Servidores pensionistas do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais - IPSEMG PUBLICO ALVO Servidores pensionistas do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais - IPSEMG Para os casos de analfabetos e deficientes visuais, devemos seguir a regra abaixo: Até

Leia mais

PLATAFORMA DE DESENVOLVIMENTO PINHÃO PARANÁ. PROCESSO REGISTRAR MARCAS NO INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial)

PLATAFORMA DE DESENVOLVIMENTO PINHÃO PARANÁ. PROCESSO REGISTRAR MARCAS NO INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial) PLATAFORMA DE DESENVOLVIMENTO PINHÃO PARANÁ PROCESSO REGISTRAR MARCAS NO INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial) Dezembro 2008 Sumário de Informações do Documento Tipo do Documento: Guia Título

Leia mais

Sistema de Protocolo. Manual do Usuário

Sistema de Protocolo. Manual do Usuário Sistema de Protocolo Manual do Usuário Atualizado em 05/06/2010 2 Apresentação Módulo Protocolo Está disponível de forma integrada com todos os órgãos para registrar e acompanhar, de modo atualizado e

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.12

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.12 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.12 Pagueban...2 Bancos...2 Configurando Contas...5 Aba Conta Banco...5 Fornecedores Referências Bancárias...7 Duplicatas a Pagar...9 Aba Geral...10 Aba PagueBan...11 Rastreamento

Leia mais

Ministério da Educação - MEC Universidade Federal de Santa Maria UFSM Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa PRPGP

Ministério da Educação - MEC Universidade Federal de Santa Maria UFSM Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa PRPGP Ministério da Educação - MEC Universidade Federal de Santa Maria UFSM Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa PRPGP Tutorial de Solicitação de Defesa de MDT Monografia Dissertação Tese AGOSTO DE 2013

Leia mais

Introdução. Vantagens. Utilização

Introdução. Vantagens. Utilização Introdução O Sistema de Transferência de Propriedade online permite ao Proprietário transferir a Propriedade de um animal de forma alienada ou não, sem a necessidade de encaminhamento da Guia de Transferência

Leia mais

1- Objetivo: Informar aos usuários como realizar a inclusão da ocorrência de devolução via workflow.

1- Objetivo: Informar aos usuários como realizar a inclusão da ocorrência de devolução via workflow. 1- Objetivo: Informar aos usuários como realizar a inclusão da ocorrência de devolução via workflow. 2- Abrangência: Depto. Comercial, fiscal, cobrança e contas a receber 3- Fluxo 1 Tela login Mesmo usuário

Leia mais

Contato/Suporte = Para dúvidas ao efetuar o cadastro ou para acessar.

Contato/Suporte = Para dúvidas ao efetuar o cadastro ou para acessar. 1 Central Eletrônica de Integração e Informações (CEI) dos Atos Notariais e Registrais dos Cartórios Extrajudiciais do Estado de Mato Grosso Manual de Utilização da Central, Anoreg-MT Versão 1.2 Descrição

Leia mais

SISTEMA DE GARANTIAS PÚBLICAS MPME MANUAL DE USUÁRIO INSTITUIÇÃO FINANCEIRA,

SISTEMA DE GARANTIAS PÚBLICAS MPME MANUAL DE USUÁRIO INSTITUIÇÃO FINANCEIRA, MANUAL DE USUÁRIO INSTITUIÇÃO FINANCEIRA, EXCETO BANCO DO BRASIL 1. ACESSO AO SISTEMA DE GARANTIAS PÚBLICAS (SGP/MPME) O acesso ao Sistema de Garantias Públicas SGP/MPME é feito através do site da ABGF

Leia mais

MANUAL AUTORIZADOR ON-LINE

MANUAL AUTORIZADOR ON-LINE MANUAL AUTORIZADOR ON-LINE ANS nº 34.600-4 AUTORIZADOR ON-LINE Para ter acesso ao autorizador on-line da Uniodonto Piracicaba siga os passos abaixo: 1 Acesse www.uniodontopiracicaba.com.br e clique em

Leia mais

Cartilha Entrega de Chaves

Cartilha Entrega de Chaves Cartilha Entrega de Chaves Plano Associativo Você que optou pelo Plano de Financiamento Associativo irá percorrer o seguinte caminho até receber suas chaves: Aquisição do Imóvel com o Banco Pagamento de

Leia mais

CARTILHA INSCRIÇÃO MUNICIPAL E REDESIM

CARTILHA INSCRIÇÃO MUNICIPAL E REDESIM CARTILHA INSCRIÇÃO MUNICIPAL E REDESIM 1- ATRAVÉS DA REDESIM PORTAL REGIN 1.1 -SOLICITAÇÃO DE INSCRIÇÃO MUNICIPAL ( EMPRESA SEM REGISTRO NA JUCEB) PASSO 1: PEDIDO DE VIABILIDADE DE INSCRIÇÃO A empresa

Leia mais

CNPJ: 46.634.507/0001-06 UF: SP. SERVIDOR CORRESPONDENTE

CNPJ: 46.634.507/0001-06 UF: SP. SERVIDOR CORRESPONDENTE CONVÊNIO PREFEITURA MUNICIPAL DE SALTO CNPJ: 46.634.507/0001-06 UF: SP. PÚBLICO ALVO CLT Cargo Efetivo Ativo e CLT Cargo Efetivo Comissionado - Ativo. Observação: Para os casos de (CLT Cargo Efetivo Comissionado

Leia mais

PROCESSOS PARA VERIFICAÇÃO DE REGULARIZAÇÃO DE ILÍCITO. Acobertamento/Receituário agronômico.

PROCESSOS PARA VERIFICAÇÃO DE REGULARIZAÇÃO DE ILÍCITO. Acobertamento/Receituário agronômico. Parte 1. Exceções (processos que não são passíveis de regularização) Processo cuja data de recebimento do auto de infração tenha ocorrido há mais de 5 (cinco) anos.. Processos paralisados há mais de 3

Leia mais

Consignação Manual do Correspondente Consignação

Consignação Manual do Correspondente Consignação Manual do Correspondente Consignação Banestes S.A. - Banco do Estado do Espírito Santo GCONS - Gerência de Consignação SUMÁRIO 1. Conceito...3 2. Apresentação...3 3. Informações Gerais...3 3.1. Condições

Leia mais

Prestação de contas de viagem

Prestação de contas de viagem - Digitar TRIP no campo Campo de comandos e pressionar a tecla Enter, será exibida a tela principal do gerenciador de viagens. 2 2 - Para iniciar a prestação de contas referente à viagem em aberto, clicar

Leia mais

ROTEIRO DE REQUERIMENTO COM E-PROCESSO 1- PREPARAÇÃO DA DOCUMENTAÇÃO E DO(S) ARQUIVO(S)

ROTEIRO DE REQUERIMENTO COM E-PROCESSO 1- PREPARAÇÃO DA DOCUMENTAÇÃO E DO(S) ARQUIVO(S) ROTEIRO DE REQUERIMENTO COM E-PROCESSO Este roteiro orienta a como preparar os documentos para formalização de eprocessos na IRF/SP. Os pedidos que devem ser preparados desta maneira são: Habilitações

Leia mais

Movimento. Financeiro. Bancário. Contas a Pagar. Lançamento de Contas a Pagar (simples) Contas a Receber. Lançamento de Contas a Receber (simples)

Movimento. Financeiro. Bancário. Contas a Pagar. Lançamento de Contas a Pagar (simples) Contas a Receber. Lançamento de Contas a Receber (simples) Movimento Financeiro Contas a Pagar Lançamento de Contas a Pagar (simples) Contas a Receber Lançamento de Contas a Receber (simples) Movimento de Caixa Fechamento Caixa Bancos Apropriações de Centros de

Leia mais

Saúde Online. Serviços Médicos / Faturamento

Saúde Online. Serviços Médicos / Faturamento Saúde Online Serviços Médicos / Faturamento Página 1 INDICE 1 Introdução Página 03 2 Acesso Página 03 3 Faturamento Eletrônico Página 03 4 Guia de Consulta Página 05 5 Guia SP/SADT Página 07 6 Guia de

Leia mais

Portal dos Convênios - SICONV. Prestação de Contas - Convenente. Manual do Usuário. Versão 2-26/11/2010

Portal dos Convênios - SICONV. Prestação de Contas - Convenente. Manual do Usuário. Versão 2-26/11/2010 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios - SICONV Prestação de Contas - Convenente

Leia mais

1. OBJETIVO Prestar atendimento ao cidadão de maneira rápida, eficiente e eficaz, de acordo com os requisitos especificados pelo cliente.

1. OBJETIVO Prestar atendimento ao cidadão de maneira rápida, eficiente e eficaz, de acordo com os requisitos especificados pelo cliente. Sistema de Gestão do Programa Vapt Vupt SUPERINTENDÊNCIA DE VAPT VUPT E ATENDIMENTO AO PÚBLICO INSTRUÇÃO DE TRABALHO VAPT VUPT EMPRESARIAL PREFEITURA DE GOIANIA Responsável: Rosana Mérola Martins Cópia

Leia mais

Manual Cartão Pesquisa /CNPq. Atualizado em 25/08/2014

Manual Cartão Pesquisa /CNPq. Atualizado em 25/08/2014 Manual Cartão Pesquisa /CNPq Atualizado em 25/08/2014 Sumário Introdução... 3 Cartão BB Pesquisa... 4 Passo a Passo... 8 Perguntas e Respostas.... 14 Cartão BB Pesquisa O Cartão BB Pesquisa éresultado

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE IT Instrução de Trabalho

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE IT Instrução de Trabalho CONVÊNIO COM ENTIDADES DE CLASSE IT. 23 05 1/5 1. OBJETIVO Estabelecer diretrizes para a celebração de convênios com Entidades de Classe para a concessão de recursos, pelo Sistema Confea/Crea, para medidas

Leia mais

Portal dos Convênios - SICONV. Prestação de Contas - Convenente. Manual do Usuário. Versão 1-12/07/2010

Portal dos Convênios - SICONV. Prestação de Contas - Convenente. Manual do Usuário. Versão 1-12/07/2010 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios - SICONV Prestação de Contas - Convenente

Leia mais

Ambiente de Pagamentos

Ambiente de Pagamentos GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA FAZENDA COORDENADORIA DA ADMINISTRAÇÃOTRIBUTÁRIA DIRETORIA DE INFORMAÇÕES Ambiente de Pagamentos Manual do Contribuinte Versão 26/09/2011 Índice Analítico 1.

Leia mais

Parabéns! Agora que a sua cota já está contemplada e você já recebeu sua CARTA DE CRÉDITO, você poderá concretizar o seu projeto.

Parabéns! Agora que a sua cota já está contemplada e você já recebeu sua CARTA DE CRÉDITO, você poderá concretizar o seu projeto. Orientações para aquisição de Bens Móveis Parabéns! Agora que a sua cota já está contemplada e você já recebeu sua CARTA DE CRÉDITO, você poderá concretizar o seu projeto. Lembrando que a análise do seu

Leia mais

DIRETORIA DE GESTÃO DE ALUNOS - DGA

DIRETORIA DE GESTÃO DE ALUNOS - DGA DIRETORIA DE GESTÃO DE ALUNOS - DGA SETOR DE REGISTRO DIPLOMAS - SRD MANUAL DE ENVIO DE PROCESSOS MÓDULO SOLICITANTE - SICP Versão 2 CUIABÁ-MT Setembro / 2014 1 ÍNDICE GERAL APRESENTAÇÃO...03 INSTRUÇÕES

Leia mais

MANUAL FATURAMENTO SERVIÇOS MÉDICOS/CONTAS MÉDICAS

MANUAL FATURAMENTO SERVIÇOS MÉDICOS/CONTAS MÉDICAS MANUAL FATURAMENTO SERVIÇOS MÉDICOS/CONTAS MÉDICAS ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO...3 2. INFORMAÇÕES REGULAMENTARES:...3 3. ACESSO AO SISTEMA...3 4. INCLUSÃO DE USUÁRIOS...4 5. FATURAMENTO ELETRÔNICO...5 6. GUIA

Leia mais

Relatórios. Financeiro... 3. Detalhes financeiros da classe... 3. Detalhes financeiros do plano... 4. Detalhes financeiros dos alunos...

Relatórios. Financeiro... 3. Detalhes financeiros da classe... 3. Detalhes financeiros do plano... 4. Detalhes financeiros dos alunos... Relatórios Financeiro... 3 Detalhes financeiros da classe... 3 Detalhes financeiros do plano... 4 Detalhes financeiros dos alunos... 5 Vencimento diferenciado... 6 Não emitir boleto... 7 Diferenças entre

Leia mais

Renovação - ProUni - para o 1º semestre de 2016 UNIFIEO - Centro Universitário FIEO

Renovação - ProUni - para o 1º semestre de 2016 UNIFIEO - Centro Universitário FIEO Renovação - ProUni - para o 1º semestre de 2016 UNIFIEO - Centro Universitário FIEO Renovação - ProUni - para o 1º semestre de 2016 UNIFIEO - Centro Universitário FIEO Renovação - ProUni - para o 1º semestre

Leia mais

Perguntas frequentes

Perguntas frequentes Perguntas frequentes 1. MEUS PEDIDOS Consigo rastrear o minha Compra? Sim. As informações mais atualizadas sobre sua Compra e a situação de entrega de sua Compra podem ser adquiridas a qualquer momento

Leia mais

RO Roteiro Operacional. Prefeitura de Campinas - SP Área responsável: Gerência de Produtos Consignados

RO Roteiro Operacional. Prefeitura de Campinas - SP Área responsável: Gerência de Produtos Consignados RO Roteiro Operacional Pref. Campinas - SP RO.05.145 Versão: 01 Excluso para Uso Interno Prefeitura de Campinas - SP Área responsável: Gerência de Produtos Consignados 1. PÚBLICO ALVO E REGRAS BÁSICAS

Leia mais

1. OBJETIVO Prestar atendimento ao cidadão, de maneira rápida, eficiente e eficaz, de acordo com os requisitos especificados pelo cliente.

1. OBJETIVO Prestar atendimento ao cidadão, de maneira rápida, eficiente e eficaz, de acordo com os requisitos especificados pelo cliente. Sistema de Gestão da Qualidade SUPERINTENDÊNCIA DE VAPT VUPT E ATENDIMENTO AO PÚBLICO INSTRUÇÃO DE TRABALHO DE ATENDIMENTO AO CIDADÃO - SANEAGO Responsável: Stella Márcia O. Modes Lino Cópia Controlada

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE CAT ON-LINE. Solicitação de CAT N-LINE CREA-SP PASSO-A-PASSO

SOLICITAÇÃO DE CAT ON-LINE. Solicitação de CAT N-LINE CREA-SP PASSO-A-PASSO SOLICITAÇÃO DE CAT ON-LINE CAT Solicitação de CREA-SP N-LINE PASSO-A-PASSO 1 2 CREA-SP SOLICITAÇÃO DE CAT ON-LINE: A QUALQUER HORA, EM QUALQUER LUGAR! O QUE É ACERVO TÉCNICO? É o conjunto das atividades

Leia mais

MANUAL CONTRATAÇÃO DE EVENTOS PRÉ EVENTO A) ELABORAÇÃO DA ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA E TRÂMITES PARA CONTRATAÇÃO DA EMPRESA

MANUAL CONTRATAÇÃO DE EVENTOS PRÉ EVENTO A) ELABORAÇÃO DA ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA E TRÂMITES PARA CONTRATAÇÃO DA EMPRESA MANUAL CONTRATAÇÃO DE EVENTOS PRÉ EVENTO A) ELABORAÇÃO DA ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA E TRÂMITES PARA CONTRATAÇÃO DA EMPRESA 1) Reunião Prévia (Responsável: Secretaria Demandante) Solicitação de Contratação,

Leia mais

Procedimento Quanto a Solicitação e Emissão de Cheque Avulso

Procedimento Quanto a Solicitação e Emissão de Cheque Avulso I - FINALIDADE: Informatizar o processo de solicitação e emissão de cheques avulsos, além de proporcionar maior segurança e sigilo das informações. II - ÂMBITO DE APLICAÇÃO: Este procedimento se aplica

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA TRIBUTAÇÃO 1ª UNIDADE REGIONAL DE TRIBUTAÇÃO

GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA TRIBUTAÇÃO 1ª UNIDADE REGIONAL DE TRIBUTAÇÃO GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA TRIBUTAÇÃO 1ª UNIDADE REGIONAL DE TRIBUTAÇÃO REQUERIMENTO DE ALTERAÇÃO/EXCLUSÃO DE TADF 1 ELETRÔNICO Empresa: Inscrição: Sr. Diretor, Pelo

Leia mais

Módulo Vendas Balcão. Roteiro passo a passo. Sistema Gestor New

Módulo Vendas Balcão. Roteiro passo a passo. Sistema Gestor New 1 Roteiro passo a passo Módulo Vendas Balcão Sistema Gestor New Instruções para configuração e utilização do módulo Vendas balcão com uso de Impressora fiscal (ECF) 2 ÍNDICE 1. Cadastro da empresa......3

Leia mais

Manual do Processo de Faturamento

Manual do Processo de Faturamento Manual do Processo de Faturamento Apresentação MV Sumário Processo de Faturamento 6 Leia-me primeiro... 6 Faturamento de... Convênios e Particular 8 Faturamento de Convênios... 8 Protocolar Documentação...

Leia mais

15. Prestação de Contas operados por OBTV

15. Prestação de Contas operados por OBTV 15. Prestação de Contas operados por OBTV A inclusão da Prestação de Contas deverá ser feito no sistema SICONV pelo usuário que tem o perfil de Cadastrador de Prestação de Contas, e o envio para análise

Leia mais

A folha de pagamento é paga pelo BANCO DO BRASIL S.A sendo que os servidores recebem até o 5º dia útil de cada mês.

A folha de pagamento é paga pelo BANCO DO BRASIL S.A sendo que os servidores recebem até o 5º dia útil de cada mês. PUBLICO ALVO Servidores efetivos do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais. ATENÇÂO para os cargos atípicos ao seguimento militar, como professor, assistente administrativo entre outros, se fará necessário

Leia mais

PORTAL EMPRESA SIMPLES Registro e Licenciamento de Empresas MANUAL RLE

PORTAL EMPRESA SIMPLES Registro e Licenciamento de Empresas MANUAL RLE PORTAL EMPRESA SIMPLES Registro e MANUAL RLE 2 Sumário 1 Como preparar o computador para uso do certificado digital...04 2 Primeiro acesso: cadastro do cidadão...10 3 Consulta de Classificação de Risco...13

Leia mais

2.1 O Diretor Presidente é responsável pela aprovação dos processos de reembolso liberados para pagamento.

2.1 O Diretor Presidente é responsável pela aprovação dos processos de reembolso liberados para pagamento. PÁGINA: 1 de 6 1 1.0 OBJETIVO: Analisar e controlar as solicitações de reembolso dos bilhetes aéreos não utilizados quando de sua contratação e providenciar o reembolso devido ao cliente, desde que, observadas

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE AQUIRAZ Secretaria de Finanças e Execução Orçamentária

PREFEITURA MUNICIPAL DE AQUIRAZ Secretaria de Finanças e Execução Orçamentária INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 003/ 2013 Dispõe sobre a criação e funcionamento da comissão de avaliação de imóveis para fins de calculo do Imposto sobre transmissão inter-vivos de bens imóveis, e dá outras providências.

Leia mais

CONTESTAÇÃO DA ANTECIPAÇÃO TRIBUTÁRIA

CONTESTAÇÃO DA ANTECIPAÇÃO TRIBUTÁRIA atualizado em 19/10/2015 acrescentados os itens 6.3 e 6.4 2 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO...4 2. MODALIDADES DA CONTESTAÇÃO...5 3. PRAZOS PARA A CONTESTAÇÃO...5 4. REQUISITOS GERAIS PARA ACESSO AO SISTEMA e-fisco/cmt...7

Leia mais

2.1. Serão distribuídas 15 vagas, válidas para o 1º semestre letivo de 2014, conforme o quadro abaixo:

2.1. Serão distribuídas 15 vagas, válidas para o 1º semestre letivo de 2014, conforme o quadro abaixo: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TOCANTINS CAMPUS ARAGUATINS Pov. Santa Tereza, Km 05 Zona Rural Cep. 77950.000-Araguatins-TO

Leia mais

Portabilidade de Crédito Conceitos Gerais e Processos Guia Rápido Correspondentes

Portabilidade de Crédito Conceitos Gerais e Processos Guia Rápido Correspondentes Diretoria de Cartões e Consignado Superintendência Executiva de Crédito Consignado Conceitos Gerais e Processos Guia Rápido Correspondentes São Paulo, Maio de 2014. Índice 1. Glossário 2. Definições 3.

Leia mais

E-Process para solicitar restituição de indébito do ICMS

E-Process para solicitar restituição de indébito do ICMS E-Process para solicitar restituição de indébito do ICMS O trâmite do processo de Restituição do ICMS é normatizado pelo Regulamento do ICMS-MT (Decreto 2.212/14) em sua Parte Processual Título II, Capítulo

Leia mais

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Fevereiro de 2008 (Módulo Prestação de Contas)

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Fevereiro de 2008 (Módulo Prestação de Contas) Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Fevereiro de 2008 (Módulo Prestação de Contas) Índice 1. Prestação de Contas Página 3 1.1. Prestação de Contas Página 3 1.2. Devolução

Leia mais

FACILITADORES DE NEGÓCIOS DIGITALIZAÇÃO DE DOCUMENTOS. Gerência Regional de Apoio ao Comércio ExteriorGECEX São Paulo III

FACILITADORES DE NEGÓCIOS DIGITALIZAÇÃO DE DOCUMENTOS. Gerência Regional de Apoio ao Comércio ExteriorGECEX São Paulo III FACILITADORES DE NEGÓCIOS DIGITALIZAÇÃO DE DOCUMENTOS Gerência Regional de Apoio ao Comércio ExteriorGECEX São Paulo III 1 DIGITALIZAÇÃO DE DOCUMENTOS Habilitando e concedendo acesso Envio de documentos

Leia mais

MANUAL DO MÓDULO PROTOCOLO

MANUAL DO MÓDULO PROTOCOLO MANUAL DO MÓDULO PROTOCOLO Florianópolis, março de 2005 SINGU SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO UNIVERSITÁRIA INDICE 1. CADASTRAR PROTOCOLO...3 2. VINCULAR DOCUMENTO A PROCESSO...5 3. VINCULAR INTERESSADO A

Leia mais

Apostila nº 32 Contas a Pagar e a Receber; Como localizar, Incluir, Alterar, Eliminar, Baixar, reabrir e imprimir

Apostila nº 32 Contas a Pagar e a Receber; Como localizar, Incluir, Alterar, Eliminar, Baixar, reabrir e imprimir Apostila nº 32 Contas a Pagar e a Receber; Como localizar, Incluir, Alterar, Eliminar, Baixar, reabrir e imprimir Sumário Contas á Receber...3 Como atualizar a pesquisa no contas á receber?...3 Como efetuar

Leia mais

SUA SENHA É SIGILOSA, PESSOAL E INTRANSFERÍVEL.

SUA SENHA É SIGILOSA, PESSOAL E INTRANSFERÍVEL. DÚVIDAS MAIS FREQUENTES - DO CLIENTE 1. Qual o procedimento para se cadastrar na Guia Eletrônica? - Rolar a página e procure pelo item Novo Cliente? - Escolher o perfil: Próprio Interessado: Pessoa Física

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS MPR/SGP-104-R00 FÉRIAS DOS SERVIDORES

MANUAL DE PROCEDIMENTOS MPR/SGP-104-R00 FÉRIAS DOS SERVIDORES MANUAL DE PROCEDIMENTOS MPR/SGP-104-R00 FÉRIAS DOS SERVIDORES 10/2015 PÁGINA INTENCIONALMENTE EM BRANCO 2 02 de outubro de 2015. Aprovado, Antonia Valeria Martins Maciel 3 PÁGINA INTENCIONALMENTE EM BRANCO

Leia mais

Manual de Procedimentos do Sistema BPM

Manual de Procedimentos do Sistema BPM Manual de Procedimentos do Sistema BPM (Versão 02 - Setembro/2014) 1 ÍNDICE SISTEMA BPM - BUSINESS PROCESS MANAGEMENT... 3 INTRODUÇÃO... 3 ACESSO AO SISTEMA... 3 Caixa de Entrada... 3 Cadastro da Solicitação...

Leia mais

Treinamento de. Linx Pos

Treinamento de. Linx Pos Treinamento de caixa Linx Pos Será instalados no terminal da loja, o ícone, conforme imagem abaixo: Linx POS ÍNDICE Abertura de caixa e leitura X Lançamentos Cancelamento de itens Consulta preços no ato

Leia mais

CARTILHA DO PRODUTO. Débito Direto Autorizado. www.unicredcentralsc.com.br. Versão. 01-07/2012

CARTILHA DO PRODUTO. Débito Direto Autorizado. www.unicredcentralsc.com.br. Versão. 01-07/2012 CARTILHA DO PRODUTO Débito Direto Autorizado Versão. 01-07/2012 www.unicredcentralsc.com.br ÍNDICE APRESENTAÇÃO Apresentação...02 Como funciona o DDA...03 DDA Unicred...04 DDA Módulos Internet Banking...06

Leia mais

PROGRAMA IMOBILIG - MANUAL DE ORIENTAÇÃO E PROCEDIMENTOS

PROGRAMA IMOBILIG - MANUAL DE ORIENTAÇÃO E PROCEDIMENTOS PROGRAMA IMOBILIG - MANUAL DE ORIENTAÇÃO E PROCEDIMENTOS Sumário 1. Objetivo... 3 2. Premissas básicas... 3 3. Compromissos da CEEE-D... 3 4. Compromissos da Imobiliária... 3 5. Serviços disponíveis através

Leia mais

Cadastro de Pessoa Jurídica

Cadastro de Pessoa Jurídica Fundação de Apoio à Universidade de São Paulo Cadastro de Pessoa Jurídica CADASTRAMENTO NO NOVO SISTEMA Novembro/2012 2 Índice 1 Introdução 03 2 Entrando no sistema de cadastro 03 3 Cadastramento eletrônico

Leia mais

MANUAL DE MOVIMENTAÇÃO WEB POR FORMULÁRIO

MANUAL DE MOVIMENTAÇÃO WEB POR FORMULÁRIO Este manual tem o objetivo de orientar o preenchimento do formulário de Movimentação Web disponibilizado na área de Movimentação de beneficiários por formulário que fica na área restrita da empresa no

Leia mais

Manual do Processo de Controladoria

Manual do Processo de Controladoria Manual do Processo de Controladoria Apresentação MV Sumário Processo de Controladoria 5 Leia-me primeiro... 5 Contas a Pagar -... Provisionamento 7 Validar Dados da Nota Fiscal... 11 Registro no Contas

Leia mais

Manual de Garantia de Cheque

Manual de Garantia de Cheque Este documento não deve ser reproduzido sem autorização da FCDL/SC Aprovação: Representante da Direção Ademir Ruschel Elaboração: Supervisor da Qualidade Sílvia Regina Pelicioli PASSO-A-PASSO PARA GARANTIR

Leia mais

TERMO DE USO TERMOS DE USO DO CLIENTE

TERMO DE USO TERMOS DE USO DO CLIENTE TERMO DE USO TERMOS DE USO DO CLIENTE A) APLICABILIDADE 1. Os presentes termos de uso são aplicáveis aos Usuários da INTERNET POOL COMÉRCIO ELETRONICO LTDA, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 09.491.113/0001-01,

Leia mais

1.7 O valor do cheque acolhido pelo BANCO e eventualmente não honrado, será debitado na conta de livre movimentação da COPASA MG, mantida no BANCO.

1.7 O valor do cheque acolhido pelo BANCO e eventualmente não honrado, será debitado na conta de livre movimentação da COPASA MG, mantida no BANCO. NORMA DE CREDENCIAMENTO DE AGENTES ARRECADADORES PARA A COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS - COPASA MG OBJETO - Constitui objeto deste instrumento a prestação de serviço destinada ao recebimento e

Leia mais

Passo a passo Aditamento a contrato de financiamento/empréstimo pessoal cessão de direitos e obrigações.

Passo a passo Aditamento a contrato de financiamento/empréstimo pessoal cessão de direitos e obrigações. Passo a passo Aditamento a contrato de financiamento/empréstimo pessoal cessão de direitos e obrigações. Para dar início ao processo de transferência do contrato primeiramente é necessário preencher a

Leia mais

ATENDIMENTO AO CLIENTE

ATENDIMENTO AO CLIENTE M DIGITALIZAÇÃO DE DOCUMENTOS NO A MANUAL DE OPERACIONALIZAÇÃO ATENDIMENTO AO CLIENTE VEN/GECO 7/2015 Revisão 2 Página 1 de 9 Sumário ORIENTAÇÕES... 3 DIGITALIZAÇÃO DE DOCUMENTOS NA IMPRESSORA KYOCERA

Leia mais

RESCISÃO DE LOCAÇÃO. A Rescisão poderá ser feita estando o contrato sendo regido pelo prazo determinado ou indeterminado.

RESCISÃO DE LOCAÇÃO. A Rescisão poderá ser feita estando o contrato sendo regido pelo prazo determinado ou indeterminado. RESCISÃO DE LOCAÇÃO 1 OBJETIVO Descrever o processo de rescisão do inquilino, desde o comunicado de desocupação até a entrega efetiva das chaves e o acerto final. 2 PROCEDIMENTO A palavra Rescisão é utilizada

Leia mais

Utilizando o SISPC para efetuar Registros

Utilizando o SISPC para efetuar Registros Utilizando o SISPC para efetuar Registros 1. Registros O b j e t i v o Através do módulo de registros do sistema serão executadas as operações de inclusão de pessoas inadimplentes na base de dados do SPC.

Leia mais

Padronizar o processo de cobrança de exames, conforme PCMSO ou guia de atendimento para liberação de ASO.

Padronizar o processo de cobrança de exames, conforme PCMSO ou guia de atendimento para liberação de ASO. PO-CL-AT- 1/6 1. OBJETIVO Padronizar o processo de cobrança de exames, conforme PCMSO ou guia de atendimento para liberação de ASO. 2. DEFINIÇÃO E CONCEITO PCMSO: Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional

Leia mais

SISAUT/FC Sistema de Controle de Transporte Fretado Contínuo de Passageiros

SISAUT/FC Sistema de Controle de Transporte Fretado Contínuo de Passageiros SISAUT/FC Sistema de Controle de Transporte Fretado Contínuo de Passageiros O que é o SISAUT/FC? MANUAL DO USUÁRIO O SISAUT/FC é o sistema por meio do qual são feitos os requerimentos para as autorizações

Leia mais

treinamento REMATRÍCULA

treinamento REMATRÍCULA treinamento REMATRÍCULA SISTEMA SGE (SMART) Financeiro - FTC EAD PRÉ-REQUISITOS Computador conectado a INTERNET Acesso ao SGE (Smart) login e senha ativos. IMPRESSORA, cartucho, papel, envelope, cola,

Leia mais

REGISTRO DE ATIVIDADES DO PROCESSO - RAP

REGISTRO DE ATIVIDADES DO PROCESSO - RAP GESTOR CONTRATO 6.2.1.e.1 Elaborar Especificação Procedimento de Elaborar Especificação Técnica dos Materiais e Produtos, conforme IT - Técnica 6.2.19. 6.2.1.e.2 Alteração/Inclusão de GESTOR CONTRATO materiais/produtos

Leia mais

Orientações para transferência de cota Não Contemplada Bem Móvel e Imóvel

Orientações para transferência de cota Não Contemplada Bem Móvel e Imóvel Orientações para transferência de cota Não Contemplada Bem Móvel e Imóvel Nesse documento você encontra todas as orientações para efetuar a transferência de sua cota de maneira ágil e fácil. Esse processo

Leia mais

Disciplina a concessão de auxílio-transporte às Prefeituras Municipais para garantir aos alunos acesso à escola pública estadual

Disciplina a concessão de auxílio-transporte às Prefeituras Municipais para garantir aos alunos acesso à escola pública estadual 32 São Paulo, 121 (89) Diário Ofi cial Poder Executivo - Seção I sexta-feira, 13 de maio de 2011 Resolução SE-28, de 12-5-2011 Disciplina a concessão de auxílio-transporte às Prefeituras Municipais para

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Organização: Evanildo Vieira dos Santos Bibliotecário CRB7-4861

MANUAL DO USUÁRIO. Organização: Evanildo Vieira dos Santos Bibliotecário CRB7-4861 MANUAL DO USUÁRIO Organização: Evanildo Vieira dos Santos Bibliotecário CRB7-4861 Rio de Janeiro INPI/CEDIN 2014 BIBLIOTECA DO INPI Vinculada ao Centro de Disseminação da Informação Tecnológica (CEDIN),

Leia mais

Guia para Comprovação de Investimentos

Guia para Comprovação de Investimentos Guia para Comprovação de Investimentos 1 2 4 5 Introdução Acompanhamento na Fase de Análise ETAPA 1 Comprovação Financeira ETAPA 2 Comprovação Física ETAPA Comprovação Jurídica ETAPA 4 Liberação Penalidades

Leia mais