Implantação da Solução Blue Coat para Filtragem de Conteúdo

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Implantação da Solução Blue Coat para Filtragem de Conteúdo"

Transcrição

1 Implantação da Solução Blue Coat para Filtragem de Conteúdo André Daniel da Costa Mainardes Curso de Especialização em Redes e Segurança de Sistemas Pontifícia Universidade Católica do Paraná Curitiba, novembro de Resumo A Internet é uma rica fonte de informação para as empresas, propiciando que estas estejam atualizadas nas constantes mudanças que ocorrem no mercado, oferecendo uma vantagem competitiva nas tomada de decisões. Porém, esta vantagem de possuir a informação no momento em que elas ocorrem, deixa as organizações expostas a várias ameaças, como roubo de informações ou aplicativos maliciosos. Por isso, é necessário ter uma preocupação em proteger os acessos dos seus colaboradores, minimizando os riscos de acesso a conteúdos que não estão dentro da política da empresa ou páginas que possuam alguma ameaça. O presente artigo descreve a solução Blue Coat, que prove filtros de acordo com a estratégia de acesso adota pela empresa para o uso da Internet. Também demonstrará como esta ferramenta foi implantada em uma empresa com cerca de usuários, protegendo os acessos dos colaboradores. 1 Introdução A aplicação de políticas relacionadas ao acesso à Internet dentro das empresas é fundamental para otimizar o links de Internet e diminuir a possibilidade de contaminações com pragas virtuais. Segundo a Panda Security, em relatório disponibilizado em Julho de 2010, 28% dos vírus que atacam as empresas brasileiras são provenientes de acessos à Internet, conforme gráfico na Figura 1. Figura 1 - Origens da Contaminação por Vírus [1]

2 Sendo assim, o navegador se tornou o ponto fraco da segurança da rede nas empresas, esta informação pode ser comprovada pela Symantec, onde cita que 40% dos ataques maliciosos são através dos navegadores. Além dos fatores relativos à segurança da informação, a empresa pode ser responsabilizada pelo uso indevido ou inadequado do acesso à Internet por seus empregados conforme prevê o Art. 932 paragrafo III do Código Civil Brasileiro [2]. São inúmeros os crimes que podem ser relacionados ao acesso à Internet. Segundo a Central Nacional de Denúncias de Crime Cibernéticos [3] as principais infrações são pornografia infantil, apologia e incitação a crimes contra a vida e homofobia. Um estudo realizado pelo Centro de Estudos sobre Tecnologias da Informação e da Comunicação no Brasil aponta que cerca de 60% das empresas brasileiras utilizam algum método de controle ao acesso dos profissionais à Internet. As principais restrições são para os sites de relacionamentos (48%), de comunicação (41%) e correios eletrônicos pessoais (30%) [4]. Outro ponto relevante é o uso abusivo do acesso à Internet, comprometendo a produtividade dos funcionarios. Segundo uma pesquisa realizada pela Vault.com, cerca de 90% dos funcionários utilizam a Internet para fins pessoais dentro da empresa. Destes, 15% utilizam mais de 2 horas diárias [5]. 2 A Ferramenta Blue Coat ProxySG (Security Gateway) Fundada em 1996, a Blue Coat Inc. fornece soluções a mais de clientes em todo o mundo, incluindo 81% da Fortune Global 500 [5]. Segundo o Gartner Group, consultoria fundada em 1979, a ferramenta oferecida pela Blue Coat Inc. foi eleita líder de mercado [6]. As ferramentas aplicadas no ambiente são: Proxy SG (Appliance) Proxy AV 810-A (Appliance) BCAAA (Software) Reporter 9 Standard (Software) 2.1 Topologia Lógica O ambiente que provê o acesso à Internet para todas as unidades está implantando no datacenter da IBM em Hortolândia SP. A Figura 2 demonstra esta topologia

3 Figura 2 - Topologia Lógica O acesso à Internet realizado pela empresa X é centralizado neste ambiente garantindo que apenas o tráfego autorizado e monitorado. Os equipamentos que entregam o serviço de acesso à Internet estão montados de forma redundante. Isto é, os equipamentos PROXYSG01 e PROXYSG02 estão interligados de maneira que, no caso de falha em um dos equipamentos, outro assuma o seu processamento. Esta configuração se repete nos servidores HOR138 e HOR139 que realizam a autenticação. 2.2 Categorizações Dinâmicas Como a empresa optou por oferecer acesso à Internet para os funcionários, bloquear todos os sites e liberar apenas os necessários geraria uma demanda considerável, o tempo para liberar cada site multiplicado pelo número de solicitações inviabilizaria a liberação deste recurso. Logo, é necessário que a ferramenta categorize dinamicamente os sites diminuindo o tempo de ação e melhorando a organização do acesso. A ferramenta Blue Coat ProxySG possui mecanismos de categorização dinâmica de conteúdos. Esta tecnologia chama-se Blue Coat Web Filter que consistem em um sistema on-line mantido pela fabricante que contém a avaliação de bilhões de websites. Os sites que não estão classificados nesta base são processados em tempo real através do serviço DRTR (Real-Time Rating). Na figura 3 é possível visualizar este processo.

4 Figura 3 - Funcionamento da Categorização Dinâmica [7] O acesso é definido pelas regras de acesso e bloqueio vigentes, porém, o sistema processa todas as solicitações de acesso utilizando o banco de dados local para realizar a categorização. Segundo a fabricante, aproximadamente 94 % das requisições do usuário são processadas localmente. O restante é processado nos servidores em nuvem de maneira transparente para o usuário. O resultado deste processo também alimenta o banco de dados local de todos os clientes que utilizam esta ferramenta. 3 Configuração das Ferramentas Esta seção demonstra as configurações básicas para a aplicação das politicas que serão utilizadas para prover o acesso seguro à Internet. 3.1 Configurações das Interfaces de Rede As configurações de rede dos equipamentos ProxySG foram realizadas na interface 0:0 em cada equipamento, respectivamente os IPs são: / /20 Estes endereços compreendem as interfaces físicas, utilizados basicamente para manutenção e administração dos equipamentos via o protocolo HTTPS. Conforme pode ser observada na Figura 4, a configuração do default gateway deverá ser definida para que a ferramenta tenha comunicação com o link Internet e com todos os equipamentos que irão utilizar este recurso. No caso, foram inseridas regras no firewall permitindo a saída de todo o tráfego à Internet proveniente dos endereços IPs da ferramenta.

5 Figura 4 - Default Gateway O equipamento consulta o servidor DNS interno do ambiente, este possui consulta recursiva para as demais zonas não-autoritativas. A Figura 5 demonstra a configuração dos servidores DNS na ferramenta. Figura 5 - Configuração do DNS O motivo de usar os servidores de DNS internos foi o fato de o ambiente possuir o nome do domínio interno (estrutura Microsoft Active Directory) idêntico ao domínio válido na Internet. Esta configuração falha é conhecida como Slipt-brain syndrome, assim, o Proxy irá resolver os nomes da zona interna que correspondem a aplicativos internos como intranet e outros aplicativos baseados em webservices. O ambiente foi desenhado para ser resistente a falhas. Para tanto, foram criados dois Failover Groups, um com os seguintes endereços virtuais: / /20 Os endereços de multicast: O equipamento nomeado PROXYSG01 foi definido com Master do grupo /20 e Slave do grupo /20 conforme demonstra a Figura 6. Figura 6 - Configuração Failover PROXYSG01 O equipamento nomeado PROXYSG02 foi definido como Master do grupo /20 e Slave do grupo /20 ilustrado na Figura 7.

6 Figura 7 - Configuração Failover PROXYSG02 Duas entradas no DNS interno do tipo A chamadas proxy apontam para estes IPs virtuais. O balanceamento dos acessos dos usuários entre os appliances foi utilizando Round Robin que resolve o nome em IP a cada consulta do usuário ao Proxy. Figura 8 - Configuração DNS Interno Após as configurações básicas, é possível criar os filtros e as configurações específicas que controla o acesso à Internet. 3.2 Configuração do Filtro de Conteúdo Os equipamentos foram configurados para utilizar os filtros de conteúdo IWF (Internet Watch Foundation), que combate a pornografia infantil na Internet e o BCWF (Blue Coat WebFilter). Figura 9 - Content Filtering

7 Para o filtro IWF foi marcada a opção Automactilly check for updates que atualiza a base constantemente. Credenciais não são necessárias para este filtro devido trata-se de um filtro aberto; Figura 10 - Internet Watch Foundation Para o filtro BCWF, a opção de atualização automática também é habilitada e adicionado credencias apara efetuar a atualização da base. Figura 11 - Blue Coat WebFilter Estas configurações são a parte mais significativa da ferramenta que é a categorização dos sites. 3.3 Autenticação Integrada A autenticação do serviço Proxy é integrada com o Microsoft Active Directory. Para esta funcionalidade foi implantado o serviço BCAAA (Blue Coat Authentication and Authorization Agent) em dois servidores membros do domínio interno para ativar a funcionalidade IWA (Integrated Windows Authentication). Este recurso deixa transparente a autenticação dos usuários ao acessar a Internet e definem o nível de acesso baseado em grupos de segurança. Figura 12 Servidores IWA

8 Os servidores membros que executam este serviço executam o sistema operacional Microsoft Windows 2003 Standard respondendo pelos endereços IPs /20 e /20. O agente BCAAA foi configurado para receber conexões na porta TCP/16101 e para ser executado pelo usuário dominio\awpbc. A Figura 12 mostra o resultado desta configuração. 3.4 Servidor de Relatórios de Acesso à Internet A funcionalidade Access Logging armazena os logs de acesso dos usuários e enviam para o servidor Bluecoat Reporter 9 a cada cinco minutos via protocolo FTP conforme demonstra a Figura 13. Este servidor executa o sistema operacional Microsoft Windows 2003 Standard configurado com o IP /20. Figura 13 - Configurações do FTP Os logs são gerados nos próprios appliances PROXYSG01 e PROXYSG02 e são encaminhados para este servidor. O serviço Blue Coat Reporter consolidam as informações para que sejam disponibilizadas nos relatórios. 3.5 Serviços Externos - Antivirus Os arquivos que são baixados pelo usuário passam adicionalmente pela varredura do equipamento PROXYAV configurado com o endereço IP /20. O gerenciamento do sistema é via protocolo HTTPS na porta TCP/8082, conforme destaca a Figura 14.

9 Figura 14 - Configuração do PROXYAV A comunicação entre o ProxySG e o ProxyAV ocorre através do protocolo ICAP (Internet Content Adaption Protocol) que permite que o conteúdo seja identificado e analisado pelo sistema de varredura de antivírus. Figura 15 - ICAP Services no ProxySG Se o arquivo que está sendo carregado ainda não foi verificado pelo ProxyAV, ou seja, não está em cache, o usuário terá uma pequena lentidão no download. O ProxyAV utiliza o sistema de antivírus da Sophos, porém suporta diversos fabricantes de antivírus. Este sistema de antivírus tem como objetivo inibir que conteúdos viróticos ou mal intencionados cheguem à rede interna. Isto cria uma barreira anterior ao antivírus instalado na estação de trabalho. Por este motivo, o fabricante do antivírus desta camada é diferente do fabricante da proteção front-end. 4 Grupos de Segurança e Regras Dentro do domínio interno baseado no Microsoft Active Directory, foram criados quatro grupos de segurança para liberação do acesso à Internet para os usuários: Usuários Internet VIP: 1% dos usuários Usuários Internet Aplicativos: 2% dos usuários Usuários Internet TI: 1% dos usuários Usuários Internet: 96% dos usuários Estes grupos de segurança estão definidos no ProxySG e possuem a seguinte configuração/liberação das categorias. Por padrão, a última regra bloqueia qualquer site que não esteja categorizado pelo sistema ou liberado explicitamente. Esta configuração é demonstrada na Figura 16.

10 Figura 16 - Regras por Grupos AD Dentre as 80 regras disponíveis pela ferramenta, apenas 35 foram disponibilizadas para o ambiente juntamente com 1 categoria personalizada que contém os endereços liberados explicitamente. A Figura 17 ilustra a relação dos grupos de segurança do Active Directory com as categorias: Figura 17 - Categoria X Grupos As 45 categorias restantes foram bloqueadas para todos os grupos juntamente com 1 categoria personalizada que possuem endereços adicionados explicitamente. Na Figura 17, são exibidas as categorias banidas. Figura 18 - Categorias Banidas Estes grupos foram banidos por segurança, no caso da categoria Phishing ou por não serem de interesse da empresa como Nudity e Abortion. 5 Configuração do Navegador As configurações do Proxy foram adicionadas na ferramenta via GPO (Group Policy Objects) configuradas no domínio conforme ilustra a Figura 19. Todo usuário possui definido

11 no navegador padrão Microsoft Internet Explorer esta configuração e não tem privilégios para modifica-la. Figura 19 - Politica de Configuração Apenas a autenticação integrada com o Active Directory permite que os usuários que são membros de algum grupo disponível tenha acesso à Internet. Por motivos de segurança, não foram liberados outras formas de autenticação para os equipamentos membros do domínio. 6 Testando o Acesso à Internet Ao efetuar logon com um usuário membro do grupo Usuários Acesso Internet e tentar acessar um site com sua categoria não permitida, exemplo Social Network o ProxySG redireciona o acesso à uma página desenvolvida para esta finalidade. Conforme foi visualizado na Figura 20, o acesso foi bloqueado para este usuário. Figura 20 - Categoria Bloqueada para o Grupo "Usuários Internet" Ao efetuar o logon no equipamento com um usuário membro do grupo Usuarios Internet VIP, o acesso é concedido conforme observado na Figura 21.

12 7 Relatórios Figura 21 - Categoria Liberada para o Grupo "Usuários Internet VIP" A ferramenta Blue Coat Reporter 9 possibilita a geração de relatórios e estatísticas que auxiliam na gestão do ambiente de acesso à Internet. Abaixo na Figura 22 estão alguns dos principais indicadores. Figura 22 - Indicadores do Blue Coat Reporter 9 A ferramenta permite a geração de relatórios mais detalhados como acessos por usuários, período, IP e outros modelos que podem ser customizados conforme a necessidade.

13 8 Conclusão O desafio de oferecer aos usuários corporativos um acesso controlado e seguro à Internet cresce exponencialmente. Milhões de sites e ameaças, desenvolvidas nas mais diversas tecnologias, oferecem riscos imensuráveis à empresa. Possuir politicas e normas internas que doutrinem os usuários para a correta utilização deste recurso, aliado às tecnologias que ofereçam indicadores gerenciais, visibilidade acompanhando o crescimento da Internet é fundamental para que seja possível equilibrar a segurança da informação negócio. Neste artigo, foi demonstrado como a ferramenta oferecida pela Blue Coat auxilia a empresa a alcançar estes objetivos, facilitando a organização e melhorando o desempenho do acesso à Internet. Bibliografia [1] Panda Security Acessado em 01/11/ Barometer.pdf [2] Índice Fundamental do Direto Acessado em 02/11/ [3] Safenet Acessado em 01/11/ [4] Administrador Acessado em 04/11/ [5] Blue Coat, Inc. Acessado em 10/11/ [6] Gartner, Inc. Acessado em 16/02/ [7] Blue Coat, Inc. Acessado em 10/11/2010.

Kaspersky Security Center 10 SP1 (KSC 10 SP1) Como criar Exclusões

Kaspersky Security Center 10 SP1 (KSC 10 SP1) Como criar Exclusões Kaspersky Security Center 10 SP1 (KSC 10 SP1) Como criar Exclusões Regras de exclusão são grupos de condições que o Kaspersky Endpoint Security utiliza para omitir um objeto durante uma varredura (scan)

Leia mais

Um White Paper da Websense Web Security Gateway: A Web 2.0 Protegida e Simplificada

Um White Paper da Websense Web Security Gateway: A Web 2.0 Protegida e Simplificada Um White Paper da Websense Web Security Gateway: A Web 2.0 Protegida e Simplificada Visão Geral do Mercado Embora o uso dos produtos da Web 2.0 esteja crescendo rapidamente, seu impacto integral sobre

Leia mais

Winconnection 6. Internet Gateway

Winconnection 6. Internet Gateway Winconnection 6 Internet Gateway Descrição Geral O Winconnection 6 é um gateway de acesso à internet desenvolvido dentro da filosofia UTM (Unified Threat Management). Assim centraliza as configurações

Leia mais

reputação da empresa.

reputação da empresa. Segurança premiada da mensageria para proteção no recebimento e controle no envio de mensagens Visão geral O oferece segurança para mensagens enviadas e recebidas em sistemas de e-mail e mensagens instantâneas,

Leia mais

RESPOSTA QUESTIONAMENTOS

RESPOSTA QUESTIONAMENTOS RESPOSTA QUESTIONAMENTOS REF.: PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 02-2015 CONSULT JPC GERENCIAMENTO E TREINAMENTO LTDA ME, já devidamente qualificada nos autos do pregão acima, vem com o devido acatamento apresentar

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL 2 0 1 5 EMPRESA A Connection está presente no mercado desde 1993 atuando nas áreas de Segurança da Informação e Gestão da Tecnologia da Informação com atuação nos três estados

Leia mais

Fortaleza Digital. Aker FIREWALL UTM. Sua empresa mais forte com uma solução completa de segurança digital.

Fortaleza Digital. Aker FIREWALL UTM. Sua empresa mais forte com uma solução completa de segurança digital. Aker FIREWALL UTM Fortaleza Digital Sua empresa mais forte com uma solução completa de segurança digital. Ideal para o ambiente corporativo, com o Aker Firewall UTM você tem o controle total das informações

Leia mais

1 de 5 Firewall-Proxy-V4 :: MANTENDO O FOCO NO SEU NEGÓCIO ::

1 de 5 Firewall-Proxy-V4 :: MANTENDO O FOCO NO SEU NEGÓCIO :: 1 de 5 Firewall-Proxy-V4 D O C U M E N T A Ç Ã O C O M E R C I A L FIREWALL, PROXY, MSN :: MANTENDO O FOCO NO SEU NEGÓCIO :: Se o foco do seu negócio não é tecnologia, instalar e manter por conta própria

Leia mais

Segurança na Rede Local Redes de Computadores

Segurança na Rede Local Redes de Computadores Ciência da Computação Segurança na Rede Local Redes de Computadores Disciplina de Desenvolvimento de Sotware para Web Professor: Danilo Vido Leonardo Siqueira 20130474 São Paulo 2011 Sumário 1.Introdução...3

Leia mais

Migração do appliances Bluecoat 8000-10 para 9000-5 Ariel Cassins

Migração do appliances Bluecoat 8000-10 para 9000-5 Ariel Cassins Migração do appliances Bluecoat 8000-10 para 9000-5 Ariel Cassins Pós Graduação em Redes e Segurança de Sistemas Pontifícia Universidade Católica do Paraná Curitiba, novembro de 2010. Resumo O objetivo

Leia mais

O que temos pra hoje?

O que temos pra hoje? O que temos pra hoje? Temas de Hoje: Firewall Conceito Firewall de Software Firewall de Softwares Pagos Firewall de Softwares Grátis Firewall de Hardware Sistemas para Appliances Grátis UTM: Conceito Mão

Leia mais

A gestão e monitoria é feita via interfaceweb no estilo Dashboard com idioma em português e inglês. Um solução da VAMIZI, LDA.

A gestão e monitoria é feita via interfaceweb no estilo Dashboard com idioma em português e inglês. Um solução da VAMIZI, LDA. INTRODUÇÃO O Vamizi Firewall é uma plataforma baseada em Linux especializada na proteção e monitoria de rede que possui uma interface WEB de gestão, agregando diversos serviços em um pacote integrado de

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO BRASQUID

MANUAL DO USUÁRIO BRASQUID MANUAL DO USUÁRIO BRASQUID Saulo Marques FATEC FACULDADE DE TECNOLOGIA DE CARAPICUIBA Sumário 1 Instalação... 4 2 Configuração inicial... 6 2.1 Scripts e Arquivos Auxiliares... 10 2.2 O Squid e suas configurações...

Leia mais

www.aker.com.br parcerias de sucesso 200 maiores Construindo top Sobre a Aker Curiosidades Aker Security Solutions A Aker está entre as

www.aker.com.br parcerias de sucesso 200 maiores Construindo top Sobre a Aker Curiosidades Aker Security Solutions A Aker está entre as Sobre a Aker Investir em tecnologia de ponta é garantir a segurança dos dados de sua empresa, aumentando a produtividade de seus funcionários e a rentabilidade do seu negócio. A Aker Security Solutions,

Leia mais

O PROXY SQUID E SUAS MELHORIAS NO DESEMPENHO DAS REDES CORPORATIVAS

O PROXY SQUID E SUAS MELHORIAS NO DESEMPENHO DAS REDES CORPORATIVAS O PROXY SQUID E SUAS MELHORIAS NO DESEMPENHO DAS REDES CORPORATIVAS MOREIRA, Davisson Ronaldo (1); DAVID, Felipe Ferraz (1); OLIVEIRA, Ramon Gonçalves de (1); SOUZA, Reinaldo Alessandro de (1); AGOSTINHO,

Leia mais

Firewall. Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviços de Redes. Campus Cachoeiro Curso Técnico em Informática

Firewall. Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviços de Redes. Campus Cachoeiro Curso Técnico em Informática Firewall Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Disciplina: Serviços de Redes Campus Cachoeiro Curso Técnico em Informática Firewall (definições) Por que do nome firewall? Antigamente, quando as casas

Leia mais

LANDesk Security Suite

LANDesk Security Suite LANDesk Security Suite Proporcione aos seus ativos proteção integrada a partir de uma console única e intuitiva que integra múltiplas camadas de segurança. Aplique políticas de segurança à usuários e dispositivos

Leia mais

FIREWALL (HARDWARE) Módulo para Segurança e Filtragem Web

FIREWALL (HARDWARE) Módulo para Segurança e Filtragem Web FIREWALL (HARDWARE) Módulo para Segurança e Filtragem Web Modo de licenciamento por hardware. O Appliance deve operar com todas as funcionalidades durante todo o período de suporte. Após o término do período

Leia mais

Conteúdo do pacote de 03 cursos hands-on

Conteúdo do pacote de 03 cursos hands-on Conteúdo do pacote de 03 cursos hands-on Windows Server 2012 Virtualização Hyper-v Firewall Pfsense C o n t e ú d o d o c u r s o H a n d s - on 2 Sumário 1 Conteúdo Windows 2012... 3 2 Conteúdo Virtualização...

Leia mais

Documento: Treinamentos pfsense Versão do documento: 2014. Treinamentos pfsense. Página 1 de 10

Documento: Treinamentos pfsense Versão do documento: 2014. Treinamentos pfsense. Página 1 de 10 Treinamentos pfsense Página 1 de 10 Definições, Acrônimos e Abreviações Abreviação / Sigla WAN LAN UTM pfsense BGP Descrição Wide Area Network - Rede de longa distância (interface de rede para links de

Leia mais

Aker Security Solutions

Aker Security Solutions Portfólio de Soluções Cybernet Computadores e Sistemas Ltda Agenda Um pouco sobre a Aker Aker Security Suite Aker Firewall Aker Secure Mail Gateway Aker Web Gateway Aker Monitoring Service Sobre a empresa

Leia mais

Configurações Básicas para ativar e configurar o WebProtection

Configurações Básicas para ativar e configurar o WebProtection Configurações Básicas para ativar e configurar o WebProtection - Descrição: Este manual descreve os procedimentos necessários para realizar uma configuração básica do Web Protection. - O que fazer? 1.

Leia mais

Symantec AntiVirus Enterprise Edition

Symantec AntiVirus Enterprise Edition Symantec AntiVirus Enterprise Edition Proteção abrangente contra ameaças para todas as partes da rede, incluindo proteção contra spyware no cliente, em um único conjunto de produtos Visão geral O Symantec

Leia mais

www.projetoderedes.com.br Gestão da Segurança da Informação Professor: Maurício AULA 09 Firewall

www.projetoderedes.com.br Gestão da Segurança da Informação Professor: Maurício AULA 09 Firewall www.projetoderedes.com.br Gestão da Segurança da Informação Professor: Maurício O que é Firewall Um Firewall é um sistema para controlar o aceso às redes de computadores, desenvolvido para evitar acessos

Leia mais

Senha Admin. Nessa tela, você poderá trocar a senha do administrador para obter acesso ao NSControl. Inicialização

Senha Admin. Nessa tela, você poderá trocar a senha do administrador para obter acesso ao NSControl. Inicialização Manual do Nscontrol Principal Senha Admin Nessa tela, você poderá trocar a senha do administrador para obter acesso ao NSControl. Inicialização Aqui, você poderá selecionar quais programas você quer que

Leia mais

Soluções em Segurança

Soluções em Segurança Desafios das empresas no que se refere a segurança da infraestrutura de TI Dificuldade de entender os riscos aos quais a empresa está exposta na internet Risco de problemas gerados por ameaças externas

Leia mais

Apresentação - Winconnection 7

Apresentação - Winconnection 7 Apresentação - Winconnection 7 Conteúdo: Principais Novidades Produtos Recursos Plugins Requisitos Comparativo Dicas de Configuração Principais Novidades Principais Novidades: Novo Administrador Web Sistema

Leia mais

Administração de Sistemas Operacionais

Administração de Sistemas Operacionais Diretoria de Educação e Tecnologia da Informação Análise e Desenvolvimento de Sistemas INSTITUTO FEDERAL RIO GRANDE DO NORTE Administração de Sistemas Operacionais Serviço Proxy - SQUID Prof. Bruno Pereira

Leia mais

PRIMEIROS PASSOS NO CRACKIT MEDIUM VERSION

PRIMEIROS PASSOS NO CRACKIT MEDIUM VERSION PRIMEIROS PASSOS NO CRACKIT MEDIUM VERSION Parabéns por instalar o CRACKIT MV! Agora chegou a hora de configurá-lo e administrá-lo. Todo o ambiente de administração do CRACKIT MV é web, ou seja via Browser

Leia mais

AS CONSULTORIA & TREINAMENTOS. Pacote VIP. Linux Básico Linux Intermediário Samba 4 Firewall pfsense

AS CONSULTORIA & TREINAMENTOS. Pacote VIP. Linux Básico Linux Intermediário Samba 4 Firewall pfsense Pacote VIP Linux Básico Linux Intermediário Samba 4 Firewall pfsense C o n t e ú d o d o c u r s o H a n d s - on L i n u x 2 Sumário 1 Linux Básico... 3 2 Conteúdo Samba 4 (Servidor de arquivos / Controlador

Leia mais

A Empresa. Nettion Information Security

A Empresa. Nettion Information Security Nettion Information Security A Empresa A Nettion Information Security é uma empresa de Tecnologia com foco em Segurança da Informação (SI). Tem como missão prevenir e combater as constantes ameaças oriundas

Leia mais

Firewalls. O que é um firewall?

Firewalls. O que é um firewall? Tópico 13 Firewall Ferramentas de defesa - Firewall. Princípios de projeto de firewall. Sistemas confiáveis. Critérios comuns para avaliação de segurança da tecnologia da informação. 2 Firewalls O que

Leia mais

Segurança de Redes. Firewall. Filipe Raulino filipe.raulino@ifrn.edu.br

Segurança de Redes. Firewall. Filipe Raulino filipe.raulino@ifrn.edu.br Segurança de Redes Firewall Filipe Raulino filipe.raulino@ifrn.edu.br Introdução! O firewall é uma combinação de hardware e software que isola a rede local de uma organização da internet; Com ele é possível

Leia mais

FIREWALL, PROXY & VPN

FIREWALL, PROXY & VPN 1 de 5 Firewall-Proxy D O C U M E N T A Ç Ã O C O M E R C I A L FIREWALL, PROXY & VPN :: MANTENDO O FOCO NO SEU NEGÓCIO :: Se o foco do seu negócio não é tecnologia, instalar e manter por conta própria

Leia mais

Controlando o tráfego de saída no firewall Netdeep

Controlando o tráfego de saída no firewall Netdeep Controlando o tráfego de saída no firewall Netdeep 1. Introdução Firewall é um quesito de segurança com cada vez mais importância no mundo da computação. À medida que o uso de informações e sistemas é

Leia mais

KINDERGATE PARENTAL CONTROL. Internet Parental Control e Estatísticas

KINDERGATE PARENTAL CONTROL. Internet Parental Control e Estatísticas KINDERGATE PARENTAL CONTROL Internet Parental Control e Estatísticas FUNÇÕES DO PARENTAL CONTROL KinderGate Parental Control é uma ferramenta que permite que usuários domésticos controlem os recursos da

Leia mais

Suporte e Consultoria

Suporte e Consultoria Suporte e Consultoria São Paulo: (11) 2122 4211 - Campo Grande: (67) 4062 0039 - http://kuboit.com Nossos Serviços A KuboIT utiliza seus conhecimentos para fazer com que os sistemas da sua empresa estejam

Leia mais

Workshop. Gerenciando Serviço de Infraestrutura de TI com UniCenter Server. Soluções que geram produtividade

Workshop. Gerenciando Serviço de Infraestrutura de TI com UniCenter Server. Soluções que geram produtividade Workshop Gerenciando Serviço de Infraestrutura de TI com UniCenter Server Soluções que geram produtividade O Papel do Gerente de TI Soluções que geram produtividade O que são serviços de TI Infraestrutura

Leia mais

Firewalls. Firewalls

Firewalls. Firewalls Firewalls Firewalls Paredes Corta-Fogo Regula o Fluxo de Tráfego entre as redes Pacote1 INTERNET Pacote2 INTERNET Pacote3 Firewalls Firewalls Barreira de Comunicação entre duas redes Host, roteador, PC

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DE FIREWALL S PARA AMBIENTES CORPORATIVOS

A IMPORTÂNCIA DE FIREWALL S PARA AMBIENTES CORPORATIVOS A IMPORTÂNCIA DE FIREWALL S PARA AMBIENTES CORPORATIVOS Rafael Mariano Rodrigues Silva¹, Júlio Cesar Pereira¹ Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil rafaelmarianors@gmail.com, juliocesarp@unipar.br

Leia mais

Firewall. Alunos: Hélio Cândido Andersson Sales

Firewall. Alunos: Hélio Cândido Andersson Sales Firewall Alunos: Hélio Cândido Andersson Sales O que é Firewall? Firewall pode ser definido como uma barreira de proteção, que controla o tráfego de dados entre seu computador e a Internet (ou entre a

Leia mais

Nettion Security & Net View. Mais que um software, gestão em Internet.

Nettion Security & Net View. Mais que um software, gestão em Internet. Nettion Security & Net View Mais que um software, gestão em Internet. Net View & Nettion Security Mais que um software, gestão em Internet. A Net View e a Nettion Security Software se uniram para suprir

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL 2 0 1 5 EMPRESA A Connection está presente no mercado desde 1993 atuando nas áreas de Segurança da Informação e Gestão da Tecnologia da Informação com atuação nos três estados

Leia mais

gladiador INTERNET CONTROLADA

gladiador INTERNET CONTROLADA gladiador INTERNET CONTROLADA funcionalidades do sistema gladiador sistema Gerenciamento de usuários, gerenciamento de discos, data e hora do sistema, backup gladiador. Estações de Trabalho Mapeamento

Leia mais

FIREWALL (HARDWARE) Módulo para segurança de Email com suporte e subscrição

FIREWALL (HARDWARE) Módulo para segurança de Email com suporte e subscrição FIREWALL (HARDWARE) Módulo para segurança de Email com suporte e subscrição Modo de licenciamento por hardware. O appliance deve operar com todas as funcionalidades durante todo o período de suporte, independente

Leia mais

PARA EMPRESAS COM MAIS DE 25 EQUIPAMENTOS

PARA EMPRESAS COM MAIS DE 25 EQUIPAMENTOS PARA EMPRESAS COM MAIS DE 25 EQUIPAMENTOS ESET Business Solutions 1/7 Vamos supor que você tenha iniciado uma empresa ou que já tenha uma empresa bem estabelecida, há certas coisas que deveria esperar

Leia mais

MANUAL DO ADMINISTRADOR

MANUAL DO ADMINISTRADOR WinShare Proxy admin MANUAL DO ADMINISTRADOR Instalação do WinShare Índice 1. Instalação 2. Licenciamento 3. Atribuindo uma senha de acesso ao sistema. 4. Configurações de rede 5. Configurações do SMTP

Leia mais

Transferindo a carga da autenticação remota dos servidores

Transferindo a carga da autenticação remota dos servidores Transferindo a carga da autenticação remota dos servidores Visão Geral Há três etapas usadas pela maioria dos computadores para proteger o acesso a operações, aplicativos e dados sensíveis: A identificação

Leia mais

Componentes de um sistema de firewall - I

Componentes de um sistema de firewall - I Componentes de um sistema de firewall - I O que são Firewalls? Os firewalls são sistemas de segurança que podem ser baseados em: um único elemento de hardware; um único elemento de software instalado num

Leia mais

CONSULTORIA E SERVIÇOS DE INFORMÁTICA

CONSULTORIA E SERVIÇOS DE INFORMÁTICA CONSULTORIA E SERVIÇOS DE INFORMÁTICA Quem Somos A Vital T.I surgiu com apenas um propósito: atender com dedicação nossos clientes. Para nós, cada cliente é especial e procuramos entender toda a dinâmica

Leia mais

SolarWinds Kiwi Syslog Server

SolarWinds Kiwi Syslog Server SolarWinds Kiwi Syslog Server Monitoramento de syslog fácil de usar e econômico O Kiwi Syslog Server oferece aos administradores de TI o software de gerenciamento mais econômico do setor. Fácil de instalar

Leia mais

Visão geral híbrida de Serviços Corporativos de Conectividade do SharePoint 2013

Visão geral híbrida de Serviços Corporativos de Conectividade do SharePoint 2013 Visão geral híbrida de Serviços Corporativos de Conectividade do SharePoint 2013 Christopher J Fox Microsoft Corporation Novembro de 2012 Aplica-se a: SharePoint 2013, SharePoint Online Resumo: Um ambiente

Leia mais

Webinar. 11 Funções Essenciais que Seu Firewall Deveria Fazer

Webinar. 11 Funções Essenciais que Seu Firewall Deveria Fazer Webinar 11 Funções Essenciais que Seu Firewall Deveria Fazer Agenda Apresentação das Soluções da Bravo Tecnologia O Firewall Tradicional já não é Suficiente O que faz e como funciona o Controle e Inteligência

Leia mais

PROAPPS Security Data Sheet Professional Appliance / Apresentação

PROAPPS Security Data Sheet Professional Appliance / Apresentação O ProApps Security O ProApps Security é um componente da suíte de Professional Appliance focada na segurança de sua empresa ou rede. A solução pode atuar como gateway e como solução IDS/IPS no ambiente.

Leia mais

6 PLANEJAMENTO DE SI 6.1 Planejamento de Segurança da Informação O planejamento em S.I é algo crucial para que haja o bom funcionamento de uma

6 PLANEJAMENTO DE SI 6.1 Planejamento de Segurança da Informação O planejamento em S.I é algo crucial para que haja o bom funcionamento de uma 6 PLANEJAMENTO DE SI 6.1 Planejamento de Segurança da Informação O planejamento em S.I é algo crucial para que haja o bom funcionamento de uma empresa. Diferente do senso comum o planejamento não se limita

Leia mais

Via Prática Firewall Box Gateway O acesso à Internet

Via Prática Firewall Box Gateway O acesso à Internet FIREWALL BOX Via Prática Firewall Box Gateway O acesso à Internet Via Prática Firewall Box Gateway pode tornar sua rede mais confiável, otimizar sua largura de banda e ajudar você a controlar o que está

Leia mais

Proteção no Ciberespaço da Rede UFBA. CPD - Divisão de Suporte Yuri Alexandro yuri.alexandro@ufba.br

Proteção no Ciberespaço da Rede UFBA. CPD - Divisão de Suporte Yuri Alexandro yuri.alexandro@ufba.br Proteção no Ciberespaço da Rede UFBA CPD - Divisão de Suporte Yuri Alexandro yuri.alexandro@ufba.br Agenda Segurança o que é? Informação o que é? E Segurança da Informação? Segurança da Informação na UFBA

Leia mais

3. ( ) Para evitar a contaminação de um arquivo por vírus, é suficiente salvá-lo com a opção de compactação.

3. ( ) Para evitar a contaminação de um arquivo por vírus, é suficiente salvá-lo com a opção de compactação. 1. Com relação a segurança da informação, assinale a opção correta. a) O princípio da privacidade diz respeito à garantia de que um agente não consiga negar falsamente um ato ou documento de sua autoria.

Leia mais

Servidor, Proxy e Firewall. Professor Victor Sotero

Servidor, Proxy e Firewall. Professor Victor Sotero Servidor, Proxy e Firewall Professor Victor Sotero 1 Servidor: Conceito Um servidor é um sistema de computação centralizada que fornece serviços a uma rede de computadores; Os computadores que acessam

Leia mais

Líder em Soluções Samba 4 no Brasil

Líder em Soluções Samba 4 no Brasil Apresentação Líder em Soluções Samba 4 no Brasil A Vantage TI conta uma estrutura completa para atender empresas de todos os segmentos e portes, nacionais e internacionais. Nossos profissionais dedicam-se

Leia mais

http://aurelio.net/vim/vim-basico.txt Entrar neste site/arquivo e estudar esse aplicativo Prof. Ricardo César de Carvalho

http://aurelio.net/vim/vim-basico.txt Entrar neste site/arquivo e estudar esse aplicativo Prof. Ricardo César de Carvalho vi http://aurelio.net/vim/vim-basico.txt Entrar neste site/arquivo e estudar esse aplicativo Administração de Redes de Computadores Resumo de Serviços em Rede Linux Controlador de Domínio Servidor DNS

Leia mais

SEGURANÇA DIGITAL. Soluções Avançadas para Comunicação Empresarial

SEGURANÇA DIGITAL. Soluções Avançadas para Comunicação Empresarial SEGURANÇA DIGITAL A Compugraf oferece soluções de segurança baseadas nos fabricantes, F5 Networks, Websense, RSA Security, Blue Coat, Algosec, BRToken e Access Layers, que são os principais fornecedores

Leia mais

Cisco ASA Firewall Guia Prático

Cisco ASA Firewall Guia Prático Cisco ASA Firewall Guia Prático 2014 v1.0 Renato Pesca 1 Sumário 2 Topologia... 3 3 Preparação do Appliance... 3 3.1 Configurações de Rede... 7 3.2 Configurações de Rotas... 8 3.3 Root Básico... 9 3.4

Leia mais

UTILIZAÇÃO DO SQUID E DANSGUARDIAN COMO SERVIÇOS DE PROXY E FILTRO DE CONTEÚDO EM UM SERVIDOR DE SAÍDA

UTILIZAÇÃO DO SQUID E DANSGUARDIAN COMO SERVIÇOS DE PROXY E FILTRO DE CONTEÚDO EM UM SERVIDOR DE SAÍDA Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 23 a 26 de outubro de 2007 UTILIZAÇÃO DO SQUID E DANSGUARDIAN COMO SERVIÇOS DE PROXY E FILTRO DE CONTEÚDO EM UM SERVIDOR DE SAÍDA Cláudio Leones Bazzi

Leia mais

ISP Redundancy e IPS Utilizando Check Point Security Gateway. Resumo

ISP Redundancy e IPS Utilizando Check Point Security Gateway. Resumo ISP Redundancy e IPS Utilizando Check Point Security Gateway Radamés Bett Curso de Especialização em Redes e Segurança de Sistemas Pontifícia Universidade Católica do Paraná Curitiba, outubro de 2010 Resumo

Leia mais

MINICURSO WINDOWS SERVER 2008 UTILIZANDO O VMWARE PLAYER

MINICURSO WINDOWS SERVER 2008 UTILIZANDO O VMWARE PLAYER MINICURSO WINDOWS SERVER 2008 UTILIZANDO O VMWARE PLAYER TÁSSIO JOSÉ GONÇALVES GOMES tassiogoncalvesg@gmail.com MINICURSO WINDOWS SERVER 2008 TÁSSIO GONÇALVES - TASSIOGONCALVESG@GMAIL.COM 1 CONTEÚDO Arquitetura

Leia mais

Manual de Instalação

Manual de Instalação Manual de Instalação Produto: n-server Versão: 4.5 Versão do Doc.: 1.0 Autor: César Dehmer Trevisol Data: 13/12/2010 Aplica-se à: Clientes e Revendas Alterado por: Release Note: Detalhamento de Alteração

Leia mais

Windows 2008 Server. Windows 2008 Server IFSP Boituva Prof. Sérgio Augusto Godoy. www.profsergiogodoy.com sergiogutogodoy@hotmail.

Windows 2008 Server. Windows 2008 Server IFSP Boituva Prof. Sérgio Augusto Godoy. www.profsergiogodoy.com sergiogutogodoy@hotmail. Windows 2008 Server IFSP Boituva Prof. Sérgio Augusto Godoy www.profsergiogodoy.com sergiogutogodoy@hotmail.com Serviços DHCP Server: O DHCP ("Dynamic Host Configuration Protocol" ou "protocolo de configuração

Leia mais

Product Architecture. Product Architecture. Aranda 360 ENDPOINT SECURITY. Conteúdos STANDARD & ENTERPRISE EDITION

Product Architecture. Product Architecture. Aranda 360 ENDPOINT SECURITY. Conteúdos STANDARD & ENTERPRISE EDITION Conteúdos Product Architecture Product Architecture Introdução Ambiente RedesdeTrabalho Configurações Políticas Servidores Componentes Agente Servidor Base de Dados Console Comunicação Console Servidor

Leia mais

Net View & Panda ManagedOfficeProtection Mais que antivírus, solução em segurança.

Net View & Panda ManagedOfficeProtection Mais que antivírus, solução em segurança. Net View & Panda ManagedOfficeProtection Mais que antivírus, solução em segurança. Net View & Panda Managed Office Protection É fato, tanto pequenas e médias e grandes empresas enfrentam os mesmos riscos

Leia mais

Tradução para o Português

Tradução para o Português Teste: Alt N Technologies SecurityGateway Os administradores de servidores de e mail usam uma boa parte de seu tempo tentando eliminar mensagens indesejadas. Vírus, Phishing e Spoofing são também ameaças.

Leia mais

SERVIDORES REDES E SR1

SERVIDORES REDES E SR1 SERVIDORES REDES E SR1 Rio de Janeiro - RJ HARDWARE Você pode instalar um sistema operacional para servidores em qualquer computador, ao menos na teoria tudo irá funcionar sem grandes dificuldades. Só

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica do Paraná PUCPR. Curso de Especialização Redes e Segurança de Sistemas

Pontifícia Universidade Católica do Paraná PUCPR. Curso de Especialização Redes e Segurança de Sistemas Pontifícia Universidade Católica do Paraná PUCPR Curso de Especialização Redes e Segurança de Sistemas Desenvolvimento de um Sistema Web para Gerenciamento de Usuários de uma LAN Rafael da Silva Espíndola

Leia mais

NOME: MATHEUS RECUERO T2 ANTIVIRUS PANDA

NOME: MATHEUS RECUERO T2 ANTIVIRUS PANDA NOME: MATHEUS RECUERO T2 ANTIVIRUS PANDA Os requisitos mínimos para possuir o software é memoria de 64 MB, disco rígido de 20 MB processador a partir do Pentium 2 em diante e navegador internet Explorer

Leia mais

Procedimento para instalação do OMNE-Smartweb em Raio-X

Procedimento para instalação do OMNE-Smartweb em Raio-X Procedimento para instalação do OMNE-Smartweb em Raio-X A primeira coisa a analisarmos é onde ficará posicionado o servidor de Raio-x na rede do cliente, abaixo será colocado três situações básicas e comuns

Leia mais

1 Introdução. O sistema permite:

1 Introdução. O sistema permite: A intenção deste documento é demonstrar as possibilidades de aplicação da solução INCA Insite Controle de Acesso - para controle de conexões dia-up ou banda larga à Internet e redes corporativas de forma

Leia mais

Treinamento Nettion Administração. Humberto Caetano humberto@alliance3.com.br

Treinamento Nettion Administração. Humberto Caetano humberto@alliance3.com.br Treinamento Nettion Administração Humberto Caetano humberto@alliance3.com.br O Nettion Instalação Hardware Recomendado Processador Pentium Core 2 Duo 2GB de Memória HD Sata II (Para servidores de Email

Leia mais

Uma combinação de hardware e software que protege redes mediante a análise do tráfego de entrada e saída

Uma combinação de hardware e software que protege redes mediante a análise do tráfego de entrada e saída Sistemas de Firewall Luiz Henrique Barbosa luiz@oluiz.com Firewalls Um Firewall é um método de proteger hosts e redes conectados a outros computadores e redes contra ataques como: tentativas de obter acesso

Leia mais

CSAU 10.0. Guia: Manual do CSAU 10.0 como implementar e utilizar.

CSAU 10.0. Guia: Manual do CSAU 10.0 como implementar e utilizar. CSAU 10.0 Guia: Manual do CSAU 10.0 como implementar e utilizar. Data do Documento: Janeiro de 2012 Sumário 1. Sobre o manual do CSAU... 3 2. Interface do CSAU 10.0... 4 2.1. Início... 4 2.2. Update...

Leia mais

Informe técnico: Segurança de endpoints Symantec Protection Suite Enterprise Edition Proteção confiável para ambientes de endpoints e mensageria

Informe técnico: Segurança de endpoints Symantec Protection Suite Enterprise Edition Proteção confiável para ambientes de endpoints e mensageria Proteção confiável para ambientes de endpoints e mensageria Visão geral O Symantec Protection Suite Enterprise Edition cria um ambiente de endpoints e mensageria protegido contra as complexas ameaças atuais,

Leia mais

GLADIADOR INTERNET CONTROLADA v.1.2.3.9

GLADIADOR INTERNET CONTROLADA v.1.2.3.9 GLADIADOR INTERNET CONTROLADA v.1.2.3.9 Pela grande necessidade de controlar a internet de diversos clientes, a NSC Soluções em Informática desenvolveu um novo produto capaz de gerenciar todos os recursos

Leia mais

CA Protection Suites Proteção Total de Dados

CA Protection Suites Proteção Total de Dados CA Protection Suites Proteção Total de Dados CA. Líder mundial em software para Gestão Integrada de TI. CA Protection Suites Antivírus Anti-spyware Backup Migração de dados Os CA Protection Suites oferecem

Leia mais

Sumário 1. INTRODUÇÃO... 5 2. INSTALAÇÃO... 8 3. ASSISTENTE DE CONFIGURAÇÃO... 10 4. ADMINISTRADOR DO WINCONNECTION 6... 18

Sumário 1. INTRODUÇÃO... 5 2. INSTALAÇÃO... 8 3. ASSISTENTE DE CONFIGURAÇÃO... 10 4. ADMINISTRADOR DO WINCONNECTION 6... 18 Sumário 1. INTRODUÇÃO... 5 1.1. CARACTERÍSTICAS DO WINCONNECTION 6?... 5 2. INSTALAÇÃO... 8 2.1. REQUISITOS DE SOFTWARE... 8 2.2. REQUISITOS DE HARDWARE... 8 2.3. ANTES DE INSTALAR... 8 2.4. INSTALANDO

Leia mais

Novidades do AVG 2013

Novidades do AVG 2013 Novidades do AVG 2013 Conteúdo Licenciamento Instalação Verificação Componentes Outras características Treinamento AVG 2 Licenciamento Instalação Verificação Componentes do AVG Outras características Treinamento

Leia mais

Auditoria e Segurança da Informação GSI536. Prof. Rodrigo Sanches Miani FACOM/UFU

Auditoria e Segurança da Informação GSI536. Prof. Rodrigo Sanches Miani FACOM/UFU Auditoria e Segurança da Informação GSI536 Prof. Rodrigo Sanches Miani FACOM/UFU Tópicos Motivação Utilização cada vez maior da Internet e a criação de ambientes cooperativos, levam a uma crescente preocupação

Leia mais

Ferramentas para Desenvolvimento Web

Ferramentas para Desenvolvimento Web Ferramentas para Desenvolvimento Web Profa. Dra. Joyce Martins Mendes Battaglia Mini Currículo Bel. em Ciência da Computação - Unib Mestre e doutora em Eng. Elétrica USP Professora /Coordenadora Pesquisadora

Leia mais

GUIA DE AUXÍLIO PARA UTILIZAÇÃO DA REDE DE DADOS DO IAU GUIA DE AUXÍLIO PARA UTILIZAÇÃO DA REDE DE DADOS DO INSTITUTO DE ARQUITETURA E URBANISMO (IAU)

GUIA DE AUXÍLIO PARA UTILIZAÇÃO DA REDE DE DADOS DO IAU GUIA DE AUXÍLIO PARA UTILIZAÇÃO DA REDE DE DADOS DO INSTITUTO DE ARQUITETURA E URBANISMO (IAU) GUIA DE AUXÍLIO PARA UTILIZAÇÃO DA REDE DE DADOS DO INSTITUTO DE ARQUITETURA E URBANISMO (IAU) O presente guia tem como objetivo auxiliar os usuários da rede de dados do Instituto de Arquitetura e Urbanismo

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA DE OURINHOS SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. Felipe Luiz Quenca Douglas Henrique Samuel Apolo Ferreira Lourenço Samuel dos Reis Davi

FACULDADE DE TECNOLOGIA DE OURINHOS SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO. Felipe Luiz Quenca Douglas Henrique Samuel Apolo Ferreira Lourenço Samuel dos Reis Davi FACULDADE DE TECNOLOGIA DE OURINHOS SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Felipe Luiz Quenca Douglas Henrique Samuel Apolo Ferreira Lourenço Samuel dos Reis Davi ENDIAN FIREWALL COMMUNITY 2.5.1 OURINHOS-SP 2012 HOW-TO

Leia mais

Alan Menk Santos alanmenk@hotmail.com www.sistemasul.com.br/menk. Redes de Computadores e Telecomunicações. Camada de Aplicação. Camada de Aplicação

Alan Menk Santos alanmenk@hotmail.com www.sistemasul.com.br/menk. Redes de Computadores e Telecomunicações. Camada de Aplicação. Camada de Aplicação Alan Menk Santos alanmenk@hotmail.com www.sistemasul.com.br/menk Redes de Computadores e Telecomunicações. A camada da aplicação serve como a janela na qual os utilizadores e processos da aplicação podem

Leia mais

Guia passo a passo de introdução ao Microsoft Windows Server Update Services

Guia passo a passo de introdução ao Microsoft Windows Server Update Services Guia passo a passo de introdução ao Microsoft Windows Server Update Services Microsoft Corporation Publicação: 14 de março de 2005 Autor: Tim Elhajj Editor: Sean Bentley Resumo Este documento fornece instruções

Leia mais

GUIA DE CONFIGURAÇÃO FILTRO DE URL

GUIA DE CONFIGURAÇÃO FILTRO DE URL GUIA DE CONFIGURAÇÃO FILTRO DE URL GUIA DE CONFIGURAÇÃO FILTRO DE URL O módulo Filtro URL estende a funcionalidade do Netdeep Secure com a capacidade de bloquear o acesso a conteúdo web indesejado, filtrando

Leia mais

Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini E-mail: prof.andre.luis.belini@gmail.com /

Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini E-mail: prof.andre.luis.belini@gmail.com / Campus Capivari Análise e Desenvolvimento de Sistemas (ADS) Prof. André Luís Belini E-mail: prof.andre.luis.belini@gmail.com / andre.belini@ifsp.edu.br MATÉRIA: SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Aula N : 09 Tema:

Leia mais

Kaspersky Anti-Virus 2013 Kaspersky Internet Security 2013 Lista de novos recursos

Kaspersky Anti-Virus 2013 Kaspersky Internet Security 2013 Lista de novos recursos Kaspersky Anti-Virus 2013 Kaspersky Internet Security 2013 Lista de novos recursos Sumário Visão geral de novos recursos 2 Instalação, ativação, licenciamento 2 Internet Security 3 Proteção Avançada 4

Leia mais

Conteúdo. Compatibilidade da plataforma. Notas de Versão do SonicOS Enhanced 5.0.2.0-17o+ SonicOS

Conteúdo. Compatibilidade da plataforma. Notas de Versão do SonicOS Enhanced 5.0.2.0-17o+ SonicOS SonicOS Conteúdo Conteúdo... 1 Compatibilidade da plataforma... 1 Como alterar o idioma da interface gráfica do usuário... 2 Recursos importantes... 2 Problemas conhecidos... 4 Fazendo upgrade dos procedimentos

Leia mais

Como posso permitir um acesso conveniente e seguro ao Microsoft SharePoint?

Como posso permitir um acesso conveniente e seguro ao Microsoft SharePoint? RESUMO DA SOLUÇÃO Solução de segurança do SharePoint da CA Technologies Como posso permitir um acesso conveniente e seguro ao Microsoft SharePoint? agility made possible A solução de segurança do SharePoint

Leia mais

Enfrente os atuais desafios de BYOD

Enfrente os atuais desafios de BYOD Folheto Enfrente os atuais desafios de BYOD HP Intelligent Management Center para BYOD Quem é você? Seu dispositivo está em conformidade? Atribuído para redes de aplicativos virtuais de identidade Usuário

Leia mais

Protegendo o seu negócio com servidores DNS que se protegem

Protegendo o seu negócio com servidores DNS que se protegem Resumo do produto: A Solução de DNS seguro da Infoblox reduz os ataques aos servidores DNS através do reconhecimento inteligente de vários tipos de ataque e atuando no tráfego de ataque enquanto continua

Leia mais

Introdução ao Active Directory AD

Introdução ao Active Directory AD Introdução ao Active Directory AD Curso Técnico em Redes de Computadores SENAC - DF Professor Airton Ribeiro O Active Directory, ou simplesmente AD como é usualmente conhecido, é um serviço de diretórios

Leia mais

Winco Edge Security Instant Messaging Filter Manual do Usuário

Winco Edge Security Instant Messaging Filter Manual do Usuário Winco Edge Security Instant Messaging Filter Manual do Usuário Sumário I. Introdução...3 I.1. Principais características...3 I.2. Exemplos de Uso...4 II. Instalação...6 II.1. Pré-Requisitos...6 II.2. Requisitos

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE RECURSOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO - TIC

UTILIZAÇÃO DE RECURSOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO - TIC Código: NO01 Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região Comitê de Segurança da Informação Secretaria de Tecnologia da Informação Núcleo de Segurança da Informação Revisão: 00 Vigência:20/04/2012 Classificação:

Leia mais