EDITAL Nº 01 MONITORIA VOLUNTÁRIA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA ATIVIDADE DE EXTENSÃO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EDITAL Nº 01 MONITORIA VOLUNTÁRIA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA ATIVIDADE DE EXTENSÃO"

Transcrição

1 EDITAL Nº 01 MONITORIA VOLUNTÁRIA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA ATIVIDADE DE EXTENSÃO Em consonância com o disposto nos Regulamentos de Monitorias das Faculdades Metropolinas Unidas (FMU), da Universidade Anhembi Morumbi (UAM), da Universidade de Salvador (UNIFACS) e da Universidade Potiguar (UNP), pertencentes ao grupo EAD Laureate, faz publicar em comum acordo edital para seleção de monitores voluntários, para os cursos de Graduação e Pós-Graduação ofertados por esta instituição, na modalidade de Educação a Distância. 1. JUSTIFICATIVA A monitoria voluntária é uma atividade de extensão que oferece aos estudantes a oportunidade de entrar em contato com as experiências de docência ainda durante a sua formação. Ademais, enriquece o processo educativo na medida em que se configura como oportunidade de troca de experiências entre estudantes; reconhece, portanto, a importância da instrução por pares, alinhando a formação teórica com prática. 2. OBJETIVOS 2.1. O presente Edital de Monitoria Voluntária, destinado a estudantes regularmente matriculados nos 4º. e 5º. Semestres dos cursos de Licenciatura em Pedagogia na modalidade de Educação a Distância, tem como objetivos: I- Estimular o desenvolvimento da vocação para o magistério e melhoria da performance profissional nos estudantes; II- Acompanhar o docente, coordenador do Polo e Tutor mediador no desenvolvimento das atividades teóricas e práticas preparatórias para o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (ENADE); III- Possibilitar aos estudantes a apropriação, interação e aprofundamento de conhecimentos teóricos e práticos; 1

2 IV- Possibilitar o desenvolvimento de atividades de extensão e, concomitantemente, o cumprimento de atividades complementares e/ou extracurriculares; V- Acompanhar o docente, o tutor presencial e os estudantes nas atividades práticas desenvolvidas na Brinquedoteca e previstas nos Encontros Presenciais de Integração (EPI). 3. ATRIBUIÇÕES DO MONITOR VOLUNTÁRIO I- Alinhar juntamente com o tutor mediador o planejamento e a dinâmica dos Encontros Presenciais de Integração (EPI). II- Preparar atividades de debate dos Encontros Virtuais de Monitoria. III- Realizar leituras Suplementares para auxiliar as atividades desenvolvidas. IV- Elaborar o Relatório Final de atividades de monitoria apresentando descrição dos encontros, lista de presença e apreciação. V- Participar das Webconferências de capacitação para os Encontros Presenciais de Integração (EPI). VI- Auxiliar o tutor Mediador no processo de comunicação e convite para o desenvolvimento dos Encontros Presenciais de Integração (EPI). VII- Atentar para as orientações de atividades pedagógicas realizadas pela Coordenação Pedagógica de Polos (CPP). VIII- Elaborar relatório de atividades ao final da realização da monitoria. 4. VETO À PARTICIPAÇÃO É vedado ao estudante participante da monitoria voluntária: I- Executar funções administrativas; II- Elaborar ou corrigir provas e exames; III- Ter acesso a documentos e senhas pessoais da coordenação, dos docentes e dos estudantes, assim como documentos confidenciais da IES ou do Polo; IV- Divulgação de documentos e informações sigilosas da IES, dos docentes dos demais estudantes. 2

3 5. ATRIBUIÇÕES DA COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA DE POLOS (CPP) I- Elaborar em conjunto com a coordenação de curso o plano de atividades de monitoria. II- Capacitar em conjunto com a coordenação de curso os estudantes aprovados no processo seletivo de monitores voluntários. III- Orientar o estudante monitor nas distintas fases do trabalho a ser desenvolvido. IV- Avaliar o Relatório de Atividades desenvolvidas. V- Orientar o estudante monitor na elaboração do relatório final tendo como base a capacitação e os encontros realizados. VI- Propor alterações nas atividades da monitoria mediante aprovação da coordenação de curso. VII- Substituir, quando houver desligamento do estudante monitor, estudante classificado na seleção. VIII- Realizar capacitação dos Encontros Presenciais de Integração. IX- Elaborar o Relatório Final de atividades de Monitoria Voluntária. 6. REQUISITOS PARA INSCRIÇÃO I- Ser estudante regularmente matriculado nos cursos de licenciatura da Pedagogia ou Letras do 4º. ou 5º. semestre na modalidade a distância da FMU, da UAM, da UNIFACS e da UNP. II- Análise do histórico e trajetória acadêmica. III- Não ter sofrido qualquer sanção disciplinar. IV- Não estar REPROVADO em nenhuma disciplina dos semestres anteriores. V- Ter disponibilidade de no mínimo 5h semanais para a atividade de monitoria. 6.1 O estudante que não comparecer ao processo de seleção proposto pela comissão avaliadora composta por Tutor Mediador, Coordenação Pedagógica de Polos e Coordenação de Curso está automaticamente desclassificado. 6.2 À comissão avaliadora fica a responsabilidade de definir os critérios de desempate, se houver. 3

4 6.3 À Coordenação Pedagógica de Polos fica a responsabilidade de definir cronograma de seleção. 7. DA INSCRIÇÃO As inscrições acontecerão via formulário virtual entre os dias 03 e 09 de abril de O link para preenchimento do formulário será disponibilizado na Comunidade de Curso. 8. SELEÇÃO E CLASSIFICAÇÃO Nos dias 10 e 11 de abril de 2017 será realizada a primeira fase de seleção dos inscritos. Os estudantes aprovados para a segunda fase de seleção serão comunicados por meio da Comunidade de Curso. A segunda fase será composta por entrevistas realizadas via Collaborate entre nos dias 12 e 13 de abril de RESULTADOS A relação de indicados para monitoria será divulgada na comunidade de curso no dia 17 de abril de DURAÇÃO DA MONITORIA VOLUNTÁRIA A duração da Monitoria voluntária é de dois meses. A carga horária da monitoria voluntária totaliza 40 horas de atividades complementares para o estudante. 11. CAPACITAÇÃO 11.1 O estudante aprovado para monitoria deverá participar da capacitação ministrada Coordenação Pedagógica de Polos de acordo com data divulgada no Edital de Inscrição. A capacitação se dará via web, mas caso o estudante necessite de orientações, o tutor mediador de Polo estará capacitado para fornecer quaisquer informações. 4

5 12. DESLIGAMENTO 12.1 O desligamento do estudante-monitor dar-se-á por: I- Solicitação do estudante-monitor a qualquer tempo; II- Solicitação do Tutor Mediador, da Coordenação Pedagógica de Polos e da Coordenação de Curso, mediante justificativa; III- Sanção disciplinar que lhe seja aplicada 12.2 O desligamento da monitoria, por qualquer razão, implicará na redução da atribuição de horas validadas para o cumprimento de Atividades Complementares e/ou Extracurriculares, que deverão ser consideradas proporcionalmente ao tempo de monitoria cumprida pelo estudante Após o desligamento, será convocado pela Coordenação Pedagógica de Polos, o próximo estudante classificado, devendo este estudante passar por capacitação com a Coordenação Pedagógica de Polos e Coordenação de Curso. 13. CERTIFICADO I- Ao final do semestre letivo, mediante a entrega do relatório de atividades será conferido certificado de monitoria aos estudantes que apresentarem relatórios de atividades aprovados pela Coordenação Pedagógica de Polos e Coordenação de Curso. II- O Certificado de monitoria voluntária difere dos certificados de cada encontro. Os Certificados de Encontro Presencial de Integração (EPI) são emitidos pelo polo, por meio da plataforma Sympla, e devem constar no relatório final como comprovante de presença. 14. DISPOSIÇÕES FINAIS I- A carga horária de monitoria poderá ser validada como Atividades Complementares e/ou Extracurriculares. 5

6 II- O Programa de Monitoria Voluntária não gera qualquer tipo de remuneração ao estudante e ressarcimento de custos. III- Quaisquer ações não previstas neste edital deverão ser tratadas com a Coordenação Pedagógica de Polos e Coordenação de Curso. 15. CRONOGRAMA ATIVIDADE DATA RESPONSÁVEL PERÍODO DE INSCRIÇÃO 03/04 a 09/04 Estudantes PRIMEIRA FASE DE SELEÇÃO DAS INSCRIÇÕES (SELEÇÃO DOS 10/04 e 11/04 Comissão avaliadora FORMULÁRIOS) SEGUNDA FASE DE SELEÇÃO DAS INSCRIÇÕES (ENTREVISTA 12/04 e 13/04 Comissão avaliadora BLACKBOARD COLLABORATE) DIVULGAÇÃO DE RESULTADO 17/04 / Comissão Avaliadora. CAPACITAÇÃO DOS ESTUDANTES 18/04 a 20/04 CPP / Coordenação de Curso 1º. ENCONTRO DE MONITORIA 24/04 a 28/04 2º. ENCONTRO DE MONITORIA 08/05 a 12/05 3º. ENCONTRO DE MONITORIA 22/05 a 26/05 4º. ENCONTRO DE MONITORIA 05/06 a 09/06 6

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DO PROGRAMA DE MONITORIA. CAPÍTULO I Do Conceito de Monitoria

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DO PROGRAMA DE MONITORIA. CAPÍTULO I Do Conceito de Monitoria REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DO PROGRAMA DE MONITORIA CAPÍTULO I Do Conceito de Monitoria Art. 1º - Entende-se por Monitoria, uma modalidade de ensino e aprendizagem que contribui para a formação integrada

Leia mais

EDITAL Nº 002/2016 SELEÇÃO DE LICENCIANDOS PARA O PROGRAMA DE MONITORIA DE SUPORTE DE APRENDIZAGEM

EDITAL Nº 002/2016 SELEÇÃO DE LICENCIANDOS PARA O PROGRAMA DE MONITORIA DE SUPORTE DE APRENDIZAGEM INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALAGOAS CAMPUS MACEIÓ DIRETORIA DE ENSINO DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE FORMAÇÃO GERAL EDITAL Nº 002/2016 SELEÇÃO DE LICENCIANDOS PARA O PROGRAMA DE MONITORIA

Leia mais

PROGRAMA DE MONITORIA UNIP. A UNIP oferece ao aluno a oportunidade de iniciar-se na função docente através do exercício de Monitorias.

PROGRAMA DE MONITORIA UNIP. A UNIP oferece ao aluno a oportunidade de iniciar-se na função docente através do exercício de Monitorias. PROGRAMA DE MONITORIA UNIP A UNIP oferece ao aluno a oportunidade de iniciar-se na função docente através do exercício de Monitorias. 1. Regulamento do Programa de Monitoria 1.1 O que é Monitoria A UNIP

Leia mais

b) possuir carga horária disponível para a realização das atividades do Programa; c) ser professor da disciplina no período vigente das monitorias.

b) possuir carga horária disponível para a realização das atividades do Programa; c) ser professor da disciplina no período vigente das monitorias. EDITAL Nº 03/2016 - CONSEPE A Direção da Faculdade Herrero torna públicos os procedimentos e normas para inscrição e seleção de Monitores 2016/2. Este Edital está em conformidade com a RESOLUÇÃO Nº 11/2010

Leia mais

Faculdade Adventista da Bahia. Regulamento de Monitoria Acadêmica Fisioterapia

Faculdade Adventista da Bahia. Regulamento de Monitoria Acadêmica Fisioterapia Faculdade Adventista da Bahia Regulamento de Monitoria Acadêmica Fisioterapia Cachoeira BA Abril de 2011 Capítulo I DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente regulamento disciplina o Programa de Monitoria

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MONITORIA DE ENSINO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO CAPÍTULO I DA NATUREZA E FINALIDADES

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MONITORIA DE ENSINO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO CAPÍTULO I DA NATUREZA E FINALIDADES SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MONITORIA DE ENSINO

Leia mais

Faculdade Processus REGULAMENTO DO PROJETO DAS ATIVIDADES DE MONITORIA DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE PROCESSUS

Faculdade Processus REGULAMENTO DO PROJETO DAS ATIVIDADES DE MONITORIA DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE PROCESSUS REGULAMENTO DO PROJETO DAS ATIVIDADES DE MONITORIA DO CURSO DE DIREITO DA FACULDADE PROCESSUS Dispõe sobre a oferta de atividades de Monitoria no curso de graduação da Faculdade Processus e dá outras providências.

Leia mais

DeVry Faculdade Ruy Barbosa - Paralela

DeVry Faculdade Ruy Barbosa - Paralela DeVry Faculdade Ruy Barbosa - Paralela PROGRAMA DE MONITORIA 2017.2 EDITAL Nº 02/2017 DE 12 DE MAIO DE 2017 A Coordenação Geral de Graduação juntamente com a Coordenadoria de Apoio e Suporte ao Aluno (CASA)

Leia mais

SELEÇÃO MONITORIA EDITAL Nº 04/2017

SELEÇÃO MONITORIA EDITAL Nº 04/2017 SELEÇÃO MONITORIA EDITAL Nº 04/2017 O Curso de Fisioterapia comunica que estão abertas as inscrições para Seleção de Monitores, para o ano de 2017 do módulo de Saúde, Processo e Assistência (SPA); Indivíduo,

Leia mais

2º A monitoria remunerada por bolsa não gera nenhum vínculo empregatício entre o IFPE e o estudante.

2º A monitoria remunerada por bolsa não gera nenhum vínculo empregatício entre o IFPE e o estudante. 2º A monitoria remunerada por bolsa não gera nenhum vínculo empregatício entre o IFPE e o estudante. 3º O estudante-monitor deverá assinar um Termo de Compromisso específico à atividade de monitoria. Art.4º

Leia mais

LABORATÓRIO RÁDIO EDITAL N. º 008/2013. (alunos a partir do 2º período de jornalismo)

LABORATÓRIO RÁDIO EDITAL N. º 008/2013. (alunos a partir do 2º período de jornalismo) CONCURSO DE MONITORIA LABORATÓRIO RÁDIO EDITAL N. º 008/2013 (alunos a partir do 2º período de jornalismo) I. DAS VAGAS, BOLSA DE MONITORIA, REGIME JURÍDICO E CARGA HORÁRIA. 1- Número de vagas: 02(duas)

Leia mais

FAQ - MONITORIA ACADÊMICA EAD

FAQ - MONITORIA ACADÊMICA EAD FAQ - MONITORIA ACADÊMICA EAD 1. O que é o Programa de Monitoria? O Programa de Monitoria Acadêmica da UFRGS foi aprovado pela Instrução Normativa nº 02/2011 PROGRAD. A Instrução Normativa, através do

Leia mais

EDITAL TSI - 01/2016 MONITORIA VOLUNTÁRIA CURSO DE GRADUAÇÃO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET

EDITAL TSI - 01/2016 MONITORIA VOLUNTÁRIA CURSO DE GRADUAÇÃO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET EDITAL TSI - 01/2016 MONITORIA VOLUNTÁRIA CURSO DE GRADUAÇÃO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET O Diretor da Faculdade Murialdo, no uso de suas atribuições estatutárias e regimentais, conforme

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS- CCL Coordenação do Curso de Letras

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS- CCL Coordenação do Curso de Letras REGULAMENTO DE MONITORIA TÍTULO I DA DEFINIÇÃO E DOS OBJETIVOS CAPÍTULO I DA DEFINIÇÃO Art. 1 o A Monitoria no Centro de Comunicação e Letras (CCL) será regida por este regulamento e corresponderá ao conjunto

Leia mais

Faculdade Boa Viagem

Faculdade Boa Viagem Faculdade Boa Viagem CENTRO DE EMPREENDEDORISMO E INTERNACIONALIZAÇÃO EDITAL Nº 02/2017 DE 01 DE AGOSTO DE 2017 O Centro de Empreendedorismo e Internacionalização (CEI) juntamente com a Coordenadoria de

Leia mais

SELEÇÃO MONITORIA EDITAL Nº 13/2017

SELEÇÃO MONITORIA EDITAL Nº 13/2017 SELEÇÃO MONITORIA EDITAL Nº 13/2017 O Curso de Fisioterapia comunica que estão abertas as inscrições para Seleção de Monitores do curso de Fisioterapia, para os semestres 2017/1 e 2017/2 dos Módulos Clínica

Leia mais

PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL EDITAL Nº 023/2016, DE 24 DE AGOSTO DE 2016

PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL EDITAL Nº 023/2016, DE 24 DE AGOSTO DE 2016 PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL EDITAL Nº 023/2016, DE 24 DE AGOSTO DE 2016 BOLSA TUTORIA/CURSO SUPERIOR - LICENCIATURA EM MATEMÁTICA IFMG O DIRETOR GERAL DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E

Leia mais

Usinagem geral. frente ao laboratório 15.

Usinagem geral. frente ao laboratório 15. Edital Simplificado de Seleção de Monitoria 2017.2 e 2018.1 Edital nº003/2017 A Direção Geral do IFRJ/, comunica, pelo presente Edital, que estarão abertas as inscrições para a Seleção de Monitores para

Leia mais

Faculdade DeVry Martha Falcão

Faculdade DeVry Martha Falcão Faculdade DeVry Martha Falcão PROGRAMA DE MONITORIA 2017.2 EDITAL Nº 02/2017 DE 12 DE MAIO DE 2017 A Coordenação Geral Acadêmica juntamente com a Coordenadoria de Apoio e Suporte ao Aluno (CASA) torna

Leia mais

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA N O 06/2013 CONCURSO PARA INGRESSO DE MONITOR

CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA N O 06/2013 CONCURSO PARA INGRESSO DE MONITOR 1 CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA N O 06/2013 A Coordenação do Curso de Sistemas de Informação, da Unidade de Ensino Superior Dom Bosco, no uso de suas atribuições

Leia mais

PROGRAMA DE MONITORIA - ENGLISHPRO EDITAL Nº 01/2016 DE 25 DE ABRIL DE 2016

PROGRAMA DE MONITORIA - ENGLISHPRO EDITAL Nº 01/2016 DE 25 DE ABRIL DE 2016 PROGRAMA DE MONITORIA - ENGLISHPRO 2016.1 EDITAL Nº 01/2016 DE 25 DE ABRIL DE 2016 A Coordenação Geral Acadêmica juntamente com a Coordenadoria de Apoio e Suporte ao Aluno (CASA) torna público que, no

Leia mais

REDAÇÃO MODELO EDITAL N. º 066/2011. ( Somente alunos a partir do 3º ao 7º períodos do Curso de Jornalismo)

REDAÇÃO MODELO EDITAL N. º 066/2011. ( Somente alunos a partir do 3º ao 7º períodos do Curso de Jornalismo) CONCURSO DE MONITORIA REDAÇÃO MODELO EDITAL N. º 066/2011 ( Somente alunos a partir do 3º ao 7º períodos do Curso de Jornalismo) I. DAS VAGAS, BOLSA DE MONITORIA, REGIME JURÍDICO E CARGA HORÁRIA. 1- Número

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE MONITORIA VOLUNTÁRIA

PROCESSO SELETIVO DE MONITORIA VOLUNTÁRIA PROCESSO SELETIVO DE MONITORIA VOLUNTÁRIA A Faculdade Metropolitana de Manaus FAMETRO, através da Unidade 1 e 2, torna público que no período de 28/08/2017 a 04/09/2017, estarão abertas as inscrições para

Leia mais

EDITAL Nº 23, DE 21 DE MARÇO DE SELEÇÃO DE ALUNOS BOLSISTAS PARA O PIBID

EDITAL Nº 23, DE 21 DE MARÇO DE SELEÇÃO DE ALUNOS BOLSISTAS PARA O PIBID EDITAL Nº 23, DE 21 DE MARÇO DE 2017. SELEÇÃO DE ALUNOS BOLSISTAS PARA O PIBID O DIRETOR-GERAL do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, no uso de suas atribuições legais

Leia mais

EDITAL Nº 01/ CLFD

EDITAL Nº 01/ CLFD UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS INSTITUTO DE FILOSOFIA, SOCIOLOGIA E POLÍTICA CURSO DE LICENCIATURA EM FILOSOFIA NA MODALIDADE EAD EDITAL Nº 01/2016 - CLFD A Universidade Federal de Pelotas (UFPEL) torna

Leia mais

Art. 1º APROVAR o Programa de Bolsas de Extensão do IFFluminense, constante no Anexo I desta Resolução.

Art. 1º APROVAR o Programa de Bolsas de Extensão do IFFluminense, constante no Anexo I desta Resolução. RESOLUÇÃO Nº 036/2016 Campos dos Goytacazes, 11 de março de 2016 O Presidente do Conselho Superior do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia Fluminense, no uso das atribuições que lhe foram

Leia mais

REGULAMENTO DO CENTRO DE PESQUISA (CEPES) DA ESCOLA DE DIREITO DE BRASÍLIA EDB/IDP

REGULAMENTO DO CENTRO DE PESQUISA (CEPES) DA ESCOLA DE DIREITO DE BRASÍLIA EDB/IDP REGULAMENTO DO CENTRO DE PESQUISA (CEPES) DA ESCOLA DE DIREITO DE BRASÍLIA EDB/IDP TEXTO COMPILADO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1 O presente Regulamento tem por finalidade normatizar as

Leia mais

REGULAMENTO DE MONITORIA NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FESPPR CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS

REGULAMENTO DE MONITORIA NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FESPPR CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS REGULAMENTO DE MONITORIA NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FESPPR CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES GERAIS Art. 1º Este regulamento normaliza as Atividades de Monitoria nos Cursos de Graduação da FESPPR. Para efeito do

Leia mais

EDITAL DE MONITORIA AGÊNCIA ESCOLA

EDITAL DE MONITORIA AGÊNCIA ESCOLA EDITAL DE MONITORIA AGÊNCIA ESCOLA 2017.1 A Universidade Potiguar UnP, através da Pró-Reitoria Acadêmica ProAcad, torna público o presente Edital e convida o seu corpo discente a participar da seleção

Leia mais

RESOLUÇÃO - CEPEC Nº 1190

RESOLUÇÃO - CEPEC Nº 1190 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS RESOLUÇÃO - CEPEC Nº 1190 Cria o Programa de Monitoria da UFG, fixa os objetivos e estabelece as estruturas de funcionamento da Monitoria na UFG, e

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA SELEÇÃO DE TUTORES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E DE PÓS-GRADUAÇÃO NA MODALIDADE A DISTÂNCIA EDITAL Nº 01/2016

PRÓ-REITORIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA SELEÇÃO DE TUTORES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E DE PÓS-GRADUAÇÃO NA MODALIDADE A DISTÂNCIA EDITAL Nº 01/2016 PRÓ-REITORIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA SELEÇÃO DE TUTORES PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO E DE PÓS-GRADUAÇÃO NA MODALIDADE A DISTÂNCIA EDITAL Nº 01/2016 A Cruzeiro do Sul S/A, por meio da Pró-Reitoria de Educação

Leia mais

EDITAL PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE EXTENSÃO - PIBEX

EDITAL PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE EXTENSÃO - PIBEX EDITAL PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE EXTENSÃO - PIBEX 2016 2 PIBEX O Programa Institucional de Bolsas de Extensão (PIBEX) concede aos alunos participantes deste programa uma bolsa de até RS 400.00

Leia mais

SOCIEDADE UNIVERSITÁRIA REDENTOR DE ITAPERUNA CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA

SOCIEDADE UNIVERSITÁRIA REDENTOR DE ITAPERUNA CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA SOCIEDADE UNIVERSITÁRIA REDENTOR DE ITAPERUNA CURSO DE GRADUAÇÃO EM MEDICINA EDITAL PARA VAGAS DE MONITORIAS MEDICINA 2017/1 Pelo presente edital ficam estabelecidas as regras para as vaga de monitorias,

Leia mais

PROGRAMA DE MONITORIA DO ISEPRO

PROGRAMA DE MONITORIA DO ISEPRO PROGRAMA DE MONITORIA DO ISEPRO EDITAL /25 A Direção Geral do Instituto Superior de Educação Programus ISEPRO, através da Coordenação do SAP, no uso de suas atribuições regimentais e regulamentares, tornam

Leia mais

EDITAL N 03 SAP 21 DE MARÇO DE 2017

EDITAL N 03 SAP 21 DE MARÇO DE 2017 EDITAL N 03 SAP 21 DE MARÇO DE 2017 O DIRETOR GERAL DO CAMPUS SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA DO IFFLUMINENSE, no uso de suas atribuições, por meio da Direção de Ensino e Políticas Estudantis, torna pública as

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA GESTÃO DA ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA ESPECIALIZAÇÃO A DISTÂNCIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA GESTÃO DA ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA ESPECIALIZAÇÃO A DISTÂNCIA EDITAL N 07/2010 PROCESSO SELETIVO DE TUTORES PARA O PÓLO SALVADOR DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DA ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA EAD: UMA PROPOSTA EM REDE PARA A QUALIFICAÇÃO DA ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE MONITORIA VOLUNTÁRIA

PROCESSO SELETIVO DE MONITORIA VOLUNTÁRIA PROCESSO SELETIVO DE MONITORIA VOLUNTÁRIA A Faculdade Metropolitana de Manaus FAMETRO, através da Unidade de Saúde, torna público que no período de 28/08/17 a 01/09/17, estarão abertas as inscrições para

Leia mais

FACER FACULDADES FACULDADE DE JARAGUÁ PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA

FACER FACULDADES FACULDADE DE JARAGUÁ PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA FACER FACULDADES FACULDADE DE JARAGUÁ PROGRAMA DE MONITORIA VOLUNTÁRIA INTRODUÇÃO O exercício da Monitoria constitui-se em uma atividade de grande relevância, especialmente, por estimular no aluno de graduação

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 03/2016. O CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO, no uso de suas atribuições legais e estatutárias;

RESOLUÇÃO Nº 03/2016. O CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO, no uso de suas atribuições legais e estatutárias; RESOLUÇÃO Nº 03/2016 Revoga a Resolução nº 05/2014- CONUNI e estabelece normas para o Programa Integrado de Desenvolvimento e capacitação Estudantil da Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF).

Leia mais

REGULAMENTO DE MONITORIA. CAPÍTULO I Das Considerações Preliminares

REGULAMENTO DE MONITORIA. CAPÍTULO I Das Considerações Preliminares F a c u l d a d e d e R e a b i l i t a ç ã o d a A S C E - F R A S C E REGULAMENTO DE MONITORIA CAPÍTULO I Das Considerações Preliminares Art.1º A Monitoria constitui-se em mais um espaço de aprendizagem

Leia mais

PROGRAMA DE MONITORIA DA FACULDADE DE MEDICINA DE ITAJUBÁ

PROGRAMA DE MONITORIA DA FACULDADE DE MEDICINA DE ITAJUBÁ PROGRAMA DE MONITORIA DA FACULDADE DE MEDICINA DE ITAJUBÁ TÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS CAPÍTULO I CARACTERÍSTICAS DO PROGRAMA Artigo 1º - O Programa de Monitoria, mantido pela Faculdade de Medicina de Itajubá,

Leia mais

EDITAL Nº 01/ SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA

EDITAL Nº 01/ SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL-RIO-GRANDENSE CÂMPUS VENÂNCIO AIRES EDITAL Nº 01/2016 - SELEÇÃO PARA O PROGRAMA

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS DESEMBARGADOR SÁVIO BRANDÃO - FAUSB MANUAL DE MONITORIA DO CURSO DE DIREITO

FACULDADES INTEGRADAS DESEMBARGADOR SÁVIO BRANDÃO - FAUSB MANUAL DE MONITORIA DO CURSO DE DIREITO FACULDADES INTEGRADAS DESEMBARGADOR SÁVIO BRANDÃO - FAUSB MANUAL DE MONITORIA DO CURSO DE DIREITO VÁRZEA GRANDE - 2015 MANUAL DE MONITORIA DO CURSO DE DIREITO - FAUSB, Elaborada pela Coordenadora em exercício

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS UFAL Secretaria Executiva dos Conselhos Superiores SECS/UFAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS UFAL Secretaria Executiva dos Conselhos Superiores SECS/UFAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS UFAL Secretaria Executiva dos Conselhos Superiores SECS/UFAL RESOLUÇÃO Nº 55/2008-CONSUNI/UFAL, de 10 de novembro de 2008. APROVA NORMAS QUE DISCIPLINAM O PROGRAMA DE MONITORIA

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal do Rio Grande do Sul Secretaria de Educação a Distância

Ministério da Educação Universidade Federal do Rio Grande do Sul Secretaria de Educação a Distância Ministério da Educação Universidade Federal do Rio Grande do Sul Secretaria de Educação a Distância CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA MODALIDADE A DISTÂNCIA EDITAL PARA SELEÇÃO DE TUTORES A DISTÂNCIA

Leia mais

EDITAL PIBID No05 /2014

EDITAL PIBID No05 /2014 EDITAL PIBID No05 /2014 O Centro Universitário Serra dos Órgãos UNIFESO, por intermédio da Pró-Reitoria Acadêmica - PROAC, torna pública a abertura de inscrições e estabelece as normas para o processo

Leia mais

VOTO CONSU de 26/04/2012 REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MONITORIA

VOTO CONSU de 26/04/2012 REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MONITORIA VOTO CONSU 2012-04 de 26/04/2012 REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MONITORIA 2012 CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º O Programa de Monitoria do Centro Universitário Adventista de São Paulo UNASP é um programa

Leia mais

FACULDADE SANTA MARIA - FSM

FACULDADE SANTA MARIA - FSM FACULDADE SANTA MARIA - FSM BR 230, Km 504 CX. POSTAL 30 CEP: 58900-000 Fone: (83) 3531-1349 Fax: (83) 3531-1365 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE MONITORIA EDITAL Nº 02/2017 EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PARA ESTUDANTES PET COMPUTAÇÃO-

EDITAL DE SELEÇÃO PARA ESTUDANTES PET COMPUTAÇÃO- 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL Pró-Reitoria de Graduação EDITAL DE SELEÇÃO PARA ESTUDANTES PET COMPUTAÇÃO- Aos alunos do Curso de Ciência da Computação e Engenharia da Computação desta Universidade:

Leia mais

EDITAL Nº 01, DE 09 DE MAIO DE 2012

EDITAL Nº 01, DE 09 DE MAIO DE 2012 COORDENAÇÕES DO CST EM SISTEMAS DE TELECOMUNICAÇÕES E BACHARELADO EM ENGENHARIA ELÉTRICA EDITAL Nº, DE 09 DE MAIO DE 22 APRESENTAÇÃO O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB)

Leia mais

CURSO DE ENFERMAGEM MANUAL DE MONITORIA DO CURSO DE ENFERMAGEM - FAUC/AUM. Cuiabá 2010/02

CURSO DE ENFERMAGEM MANUAL DE MONITORIA DO CURSO DE ENFERMAGEM - FAUC/AUM. Cuiabá 2010/02 CURSO DE ENFERMAGEM MANUAL DE MONITORIA DO CURSO DE ENFERMAGEM - FAUC/AUM Cuiabá 2010/02 CURSO DE ENFERMAGEM MANUAL DE MONITORIA DO CURSO ENFERMAGEM - FAUC/AUM, Elaborada pela Coordenadora em exercício

Leia mais

SELEÇÃO DE TUTORES PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO INCLUSIVA EM CONTEXTOS ESCOLARES

SELEÇÃO DE TUTORES PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO INCLUSIVA EM CONTEXTOS ESCOLARES SELEÇÃO DE TUTORES PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO INCLUSIVA EM CONTEXTOS ESCOLARES A Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) por meio do Centro de Educação a Distância (CEAD), torna público

Leia mais

CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA N O 02/2017 CONCURSO PARA INGRESSO DE MONITOR

CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA N O 02/2017 CONCURSO PARA INGRESSO DE MONITOR 1 CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA N O 02/2017 A Coordenação do Curso de ARQUITETURA E URBANISMO, da Unidade de Ensino Superior Dom Bosco, no uso de suas atribuições

Leia mais

Regimento do Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional

Regimento do Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional Regimento do Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional Capítulo I Natureza e Objetivos Artigo 1 - O Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional (PROFMAT) tem como objetivo proporcionar

Leia mais

EDITAL Nº 17 DE 24 DE JANEIRO DE 2017.

EDITAL Nº 17 DE 24 DE JANEIRO DE 2017. Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal do Norte de Minas Gerais Diretoria de Educação a Distância EDITAL Nº 17 DE 24 DE JANEIRO DE 2017. SELEÇÃO SIMPLIFICADA

Leia mais

VAGA REMANESCENTE DO PROGRAMA DE MONITORIA REMUNERADA DA UTFPR EDITAL 05/2016-DIRGRAD

VAGA REMANESCENTE DO PROGRAMA DE MONITORIA REMUNERADA DA UTFPR EDITAL 05/2016-DIRGRAD Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Câmpus Guarapuava Diretoria de Graduação e Educação Profissional VAGA REMANESCENTE DO PROGRAMA DE MONITORIA REMUNERADA DA UTFPR EDITAL

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA ESCOLA AGROTÉCNICA COORDERNAÇÃO GERAL DE ENSINO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA ESCOLA AGROTÉCNICA COORDERNAÇÃO GERAL DE ENSINO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA ESCOLA AGROTÉCNICA COORDERNAÇÃO GERAL DE ENSINO EDITAL Nº 35/2017 CGE/EAGRO/UFRR BOA VISTA RR, 19 de junho de 2017. Seleção de alunos para preenchimento

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS DA BAHIA FATEC/BA COORDENAÇÃO DE PESQUISA, EXTENSÃO E PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS DA BAHIA FATEC/BA COORDENAÇÃO DE PESQUISA, EXTENSÃO E PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA 0 FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS DA BAHIA FATEC/BA COORDENAÇÃO DE PESQUISA, EXTENSÃO E PÓS-GRADUAÇÃO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FATEC/BA ALAGOINHAS 2014 1 SUMÁRIO DO PROGRAMA E

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI NÚCLEO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DECRETO 5.800/2006 Res.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI NÚCLEO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DECRETO 5.800/2006 Res. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI NÚCLEO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA DECRETO 5.800/2006 Res. 012/2008 CONSU PROCESSO DE SELEÇÃO DE ALUNOS PARA PROVIMENTO DAS VAGAS EXISTENTES

Leia mais

ANATOMIA HUMANA EDITAL N. º 011/2015. I. DAS VAGAS, REMUNERAÇÃO, REGIME JURÍDICO E CARGA HORÁRIA.

ANATOMIA HUMANA EDITAL N. º 011/2015. I. DAS VAGAS, REMUNERAÇÃO, REGIME JURÍDICO E CARGA HORÁRIA. CONCURSO DE MONITORIA ANATOMIA HUMANA EDITAL N. º 011/2015. I. DAS VAGAS, REMUNERAÇÃO, REGIME JURÍDICO E CARGA HORÁRIA. 1- Número de vagas: 01 vaga 2- O aluno no exercício da função de monitor receberá

Leia mais

PRÓ-REITORIA ACADÊMICA EDITAL DE MONITORIA Nº 05

PRÓ-REITORIA ACADÊMICA EDITAL DE MONITORIA Nº 05 PRÓ-REITORIA ACADÊMICA COORDENAÇÃO DOS CURSOS DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO E CIVIL EDITAL DE MONITORIA Nº 05 A Direção Geral e de Graduação torna público o presente Edital de Concurso Público composto de

Leia mais

REGULAMENTO DA MONITORIA. para o exercício da Monitoria nos Cursos de Graduação da Universidade Iguaçu. discentes; magistério superior.

REGULAMENTO DA MONITORIA. para o exercício da Monitoria nos Cursos de Graduação da Universidade Iguaçu. discentes; magistério superior. i.e PRÓ-REITORIA ACADÊMICA REGULAMENTO DA MONITORIA Art. 1º. O presente regulamento estabelece as regras para o exercício da Monitoria nos Cursos de Graduação da Universidade Iguaçu UNIG, por meio de programas

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO SÃO JUDAS TADEU ISESJT. RESOLUÇÃO CONSUP Nº 03/2014 Floriano, 10 de janeiro de 2014.

INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO SÃO JUDAS TADEU ISESJT. RESOLUÇÃO CONSUP Nº 03/2014 Floriano, 10 de janeiro de 2014. INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO SÃO JUDAS TADEU ISESJT RESOLUÇÃO CONSUP Nº 03/2014 Floriano, 10 de janeiro de 2014. Fixa normas para o Programa de Iniciação Científica, no Instituto Superior de Educação

Leia mais

2.2 São obrigações do monitor: a) executar integralmente o programa proposto pelo orientador; b) ler bibliografia específica do módulo;

2.2 São obrigações do monitor: a) executar integralmente o programa proposto pelo orientador; b) ler bibliografia específica do módulo; EDITAL Nº001 /2016 - COORD. DE MEDICINA/UFRR Boa Vista, 16 de Maio de 2016 Dispõe sobre Processo de Seleção para vagas de monitores do curso de Medicina da UFRR. A Coordenação do Curso de Bacharelado em

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAZONAS - CIESA COORDENAÇÃO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GASTRONOMIA

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAZONAS - CIESA COORDENAÇÃO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GASTRONOMIA CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAZONAS - CIESA COORDENAÇÃO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GASTRONOMIA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE MONITORIA ACADÊMICA NO CURSO DE GASTRONOMIA Manaus -

Leia mais

IBMEC BH PROGRAMA DE MONITORIA EDITAL Nº 03/2017 DE 26 DE JUNHO DE 2017

IBMEC BH PROGRAMA DE MONITORIA EDITAL Nº 03/2017 DE 26 DE JUNHO DE 2017 IBMEC BH PROGRAMA DE MONITORIA - 2017.2 EDITAL Nº 03/2017 DE 26 DE JUNHO DE 2017 A Coordenação Geral Acadêmica, juntamente com a Coordenadoria de Apoio e Suporte ao Aluno (CASA) tornam público que, no

Leia mais

ANEXO I FORMAÇÃO REQUERIDA

ANEXO I FORMAÇÃO REQUERIDA ANEXO I FORMAÇÃO REQUERIDA Professor Formador e Professor Mediador a Distância DISCIPLINA 1. Ambientação em Educação a Distância FORMAÇÃO REQUERIDA Bacharelado, Licenciatura ou Tecnólogo na área de computação;

Leia mais

EDITAL Nº 06/2017 CLMD/IFM/UFPel/UAB

EDITAL Nº 06/2017 CLMD/IFM/UFPel/UAB EDITAL Nº 06/2017 CLMD/IFM/UFPel/UAB A Universidade Federal de Pelotas (UFPEL) torna pública, a abertura das inscrições e as normas que regerão o processo seletivo para preenchimento de vaga para BOLSISTA

Leia mais

EDITAL DE MONITORIA AGÊNCIA ESCOLA

EDITAL DE MONITORIA AGÊNCIA ESCOLA EDITAL DE MONITORIA AGÊNCIA ESCOLA 2017.2 A Universidade Potiguar UnP, através da Pró-Reitoria Acadêmica ProAcad, torna público o presente Edital e convida o seu corpo discente a participar da seleção

Leia mais

Faculdade Boa Viagem

Faculdade Boa Viagem Faculdade Boa Viagem CENTRO DE EMPREENDEDORISMO E INTERNACIONALIZAÇÃO EDITAL Nº 01/2017 DE 01 DE FEVEREIRO DE 2017 O Centro de Empreendedorismo e Internacionalização (CEI) juntamente com a Coordenadoria

Leia mais

FACULDADE MORAES JÚNIOR MACKENZIE RIO REGULAMENTO DE MONITORIA TÍTULO I CAPÍTULO I DA FINALIDADE

FACULDADE MORAES JÚNIOR MACKENZIE RIO REGULAMENTO DE MONITORIA TÍTULO I CAPÍTULO I DA FINALIDADE FACULDADE MORAES JÚNIOR MACKENZIE RIO REGULAMENTO DE MONITORIA TÍTULO I CAPÍTULO I DA FINALIDADE Art. 1º. A Monitoria deve cumprir suas finalidades consoante os princípios norteadores de sua criação legal

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MONITORIA UNIVERSIDADE DA AMAZONIA

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MONITORIA UNIVERSIDADE DA AMAZONIA 29/02/26 REGULAMENTO DO PROGRAMA DE AMAZONIA Belém 26 29/02/26 Dispõe sobre normas de Monitoria da Universidade da Amazônia. CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS Art. 1º Adotar e estimular a Monitoria Acadêmica, que

Leia mais

RESOLUÇÃO CEPE N o 014, DE 25 DE ABRIL DE Aprova Regulamento de Monitoria para os Cursos de Graduação a Distância, da UEPG.

RESOLUÇÃO CEPE N o 014, DE 25 DE ABRIL DE Aprova Regulamento de Monitoria para os Cursos de Graduação a Distância, da UEPG. RESOLUÇÃO CEPE N o 014, DE 25 DE ABRIL DE 2017. Aprova Regulamento de Monitoria para os Cursos de Graduação a Distância, da UEPG. O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO, no uso de suas atribuições legais

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL. Pró-Reitoria de Graduação Programa de Educação Tutorial PET Educação Física Edital 03/2017

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL. Pró-Reitoria de Graduação Programa de Educação Tutorial PET Educação Física Edital 03/2017 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL Pró-Reitoria de Graduação Programa de Educação Tutorial PET Educação Física Edital 03/2017 A Pró-Reitoria de Graduação da Universidade Federal do Rio Grande do

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 40/2010, DE 21 DE DEZEMBRO DE 2010, DO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO (CEPE) DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS - UNIFAL-MG

RESOLUÇÃO Nº 40/2010, DE 21 DE DEZEMBRO DE 2010, DO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO (CEPE) DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS - UNIFAL-MG MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas - UNIFAL-MG Rua Gabriel Monteiro da Silva, 700 37130-00 Alfenas - MG RESOLUÇÃO Nº 40/2010, DE 21 DE DEZEMBRO DE 2010, DO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA

Leia mais

Art. 1º - Aprovar as alterações na Norma de Monitoria da Universidade Vale do Rio Doce UNIVALE.

Art. 1º - Aprovar as alterações na Norma de Monitoria da Universidade Vale do Rio Doce UNIVALE. 1 Resolução CONSUNI: Nº. 014/2016 Aprova as alterações na Norma de Monitoria da Universidade Vale do Rio Doce - UNIVALE. O Conselho Universitário - CONSUNI, da Universidade Vale do Rio Doce UNIVALE, em

Leia mais

Edital FUNIARP / MONITORIA nº 032/2017

Edital FUNIARP / MONITORIA nº 032/2017 Edital FUNIARP / MONITORIA nº 032/2017 Dispõe sobre a abertura das inscrições do Programa de Monitoria do Escritório Modelo do Curso de Arquitetura e Urbanismo da UNIARP A REITORIA DA UNIVERSIDADE DO ALTO

Leia mais

SELEÇÃO PÚBLICA DE TUTORES(AS) PARA CURSOS DE GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO (LATO SENSU) NA MODALIDADE À DISTÂNCIA DA USU.

SELEÇÃO PÚBLICA DE TUTORES(AS) PARA CURSOS DE GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO (LATO SENSU) NA MODALIDADE À DISTÂNCIA DA USU. UNIVERSIDADE SANTA URSULA - USU PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO E ASSUNTOS ACADÊMICOS - PRGA NÚCLEO DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA NEAD EDITAL N.1/2017 SELEÇÃO PÚBLICA DE TUTORES(AS) PARA CURSOS DE GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO

Leia mais

SELEÇÃO DE TUTORES PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO PARA O ENSINO BÁSICO (TICEB)

SELEÇÃO DE TUTORES PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO PARA O ENSINO BÁSICO (TICEB) SELEÇÃO DE TUTORES PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO PARA O ENSINO BÁSICO (TICEB) A Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) por meio do Centro de Educação a

Leia mais

CHAMAMENTO PÚBLICO PARA CURSO DE TUTORIA À DISTÃNCIA N.3

CHAMAMENTO PÚBLICO PARA CURSO DE TUTORIA À DISTÃNCIA N.3 CHAMAMENTO PÚBLICO PARA CURSO DE TUTORIA À DISTÃNCIA N.3 O Curso de Especialização em Saúde da Família, modalidade à distância, da Faculdade de Medicina/Instituto de Ciências da Saúde, da Universidade

Leia mais

Faculdade DeVry Martha Falcão

Faculdade DeVry Martha Falcão Faculdade DeVry Martha Falcão PROGRAMA DE MONITORIA 208. EDITAL Nº 0/208 DE 30 DE NOVEMBRO DE 207 A Coordenação Geral de Graduação juntamente com a Coordenadoria de Apoio e Suporte ao Aluno (CASA) torna

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA PRÓ-REITORIA DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS E INTERNACIONAIS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA PRÓ-REITORIA DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS E INTERNACIONAIS Edital 30/2016 PROINT-UNILA PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA BOLSISTA DO NÚCLEO DE LÍNGUAS DO PROGRAMA IDIOMAS SEM FRONTEIRAS (IsF Espanhol) O Coordenador Geral do Programa IsF da Universidade Federal

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORES PARA A XV SEMANA CIENTÍFICA DA FACULDADE SANTO AGOSTINHO SEC 2017

EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORES PARA A XV SEMANA CIENTÍFICA DA FACULDADE SANTO AGOSTINHO SEC 2017 ASSOCIAÇÃO TERESINENSE DE ENSINO S/C LTDA ATE FACULDADE SANTO AGOSTINHO FSA DIREÇÃO DE ENSINO COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO - CPGPEX EDITAL DE SELEÇÃO DE MONITORES PARA A XV SEMANA

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO AO ENSINO

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO AO ENSINO EDITAL DE MONITORIA 2017 A Universidade Potiguar UnP, através da Pró-Reitoria Acadêmica ProAcad, por meio do Núcleo de Acessibilidade e apoio Psicopedagógico NAPe, torna público o presente Edital e convida

Leia mais

Faculdade Iteana de Botucatu

Faculdade Iteana de Botucatu Faculdade Iteana de Botucatu REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MONITORIA CAPÍTULO I DO PROGRAMA E DOS OBJETIVOS Artigo 1º. Monitoria Acadêmica é uma atividade auxiliar a docência e exercida por discentes regularmente

Leia mais

EDITAL 01/2016 ABERTURA DE SELEÇÃO INTERNA PARA MONITOR-BOLSISTA DE GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (GTI) I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

EDITAL 01/2016 ABERTURA DE SELEÇÃO INTERNA PARA MONITOR-BOLSISTA DE GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (GTI) I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES EDITAL 01/2016 ABERTURA DE SELEÇÃO INTERNA PARA MONITOR-BOLSISTA DE GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (GTI) I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES A FAI Faculdades de Itapiranga/SC, no uso de suas atribuições

Leia mais

Metrocamp PROGRAMA DE MONITORIA EDITAL Nº 01/2017 DE 16 DE JANEIRO DE 2017

Metrocamp PROGRAMA DE MONITORIA EDITAL Nº 01/2017 DE 16 DE JANEIRO DE 2017 Metrocamp PROGRAMA DE MONITORIA 2017.1 EDITAL Nº 01/2017 DE 16 DE JANEIRO DE 2017 A Coordenação Geral Acadêmica juntamente com a Coordenadoria de Apoio e Suporte ao Aluno (CASA) torna público que, no período

Leia mais

EDITAL Nº 01/2017 EDITAL PARA SELEÇÃO DE MONITORES NÃO REMUNERADOS

EDITAL Nº 01/2017 EDITAL PARA SELEÇÃO DE MONITORES NÃO REMUNERADOS EDITAL Nº 01/2017 EDITAL PARA SELEÇÃO DE MONITORES NÃO REMUNERADOS A Comissão Organizadora do Congresso Internacional Saúde e : caminhos para um projeto societário, no uso de suas atribuições torna público

Leia mais

EDITAL MONITORIA 2017/2

EDITAL MONITORIA 2017/2 EDITAL MONITORIA 2017/2 Edital de Seleção para o Programa de Monitoria Acadêmica do Curso de Serviço Social da Faculdade Metropolitana de Manaus- FAMETRO Nº. 7 de 2017/1. A Direção Geral da Faculdade Metropolitana

Leia mais

EDITAL N 14/2017 ATIVIDADES DESENVOLVIDAS

EDITAL N 14/2017 ATIVIDADES DESENVOLVIDAS EDITAL N 14/2017 0 DIRETOR-GERAL DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MATO GROSSO - CAMPUS JUÍNA, no uso de suas atribuições legais, conferidas pela Portaria IFMT N 864, de 19/04/2017,

Leia mais

EDITAL Nº 34/2017 PROGRAD/UAB/CIPEAD

EDITAL Nº 34/2017 PROGRAD/UAB/CIPEAD EDITAL Nº 34/2017 PROGRAD/UAB/CIPEAD CHAMADA PARA SELEÇÃO DE TUTORES PARA ATUAR NO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GENÉTICA PARA PROFESSORES DO ENSINO MÉDIO NA MODALIDADE A DISTÂNCIA A Universidade Federal

Leia mais

EDITAL Nº 11/2017 SELEÇÃO DE ALUNOS PARA MONITORIA DE CLÍNICA FISIOTERAPÊUTICA EM CÁDIO-PNEUMO E FISIOTERAPIA EM SITUAÇÕES ESPECIAIS

EDITAL Nº 11/2017 SELEÇÃO DE ALUNOS PARA MONITORIA DE CLÍNICA FISIOTERAPÊUTICA EM CÁDIO-PNEUMO E FISIOTERAPIA EM SITUAÇÕES ESPECIAIS EDITAL Nº 11/2017 SELEÇÃO DE ALUNOS PARA MONITORIA DE CLÍNICA FISIOTERAPÊUTICA EM CÁDIO-PNEUMO E FISIOTERAPIA EM SITUAÇÕES ESPECIAIS O Curso de Fisioterapia comunica que estão abertas as inscrições para

Leia mais

ANEXO IV DA RESOLUÇÃO Nº 01/2014/CONSUP

ANEXO IV DA RESOLUÇÃO Nº 01/2014/CONSUP ANEXO IV DA RESOLUÇÃO Nº 01/2014/CONSUP Dispõe sobre a regulamentação do Programa de Aprendizagem Cooperativa em Células Estudantis (PACCE) no âmbito da Universidade Federal do Cariri. A PRESIDENTE DO

Leia mais

EDITAL Nº 054/2017 SELEÇÃO PARA CADASTRO DE RESERVA DE TUTORES VIRTUAIS CURSOS DE LICENCIATURA A DISTANCIA (PARFOR): PEDAGOGIA E COMPUTAÇÃO

EDITAL Nº 054/2017 SELEÇÃO PARA CADASTRO DE RESERVA DE TUTORES VIRTUAIS CURSOS DE LICENCIATURA A DISTANCIA (PARFOR): PEDAGOGIA E COMPUTAÇÃO UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA UESB Recredenciada pelo Decreto Estadual N 16.825, de 04.07.2016 Educação a Distância EAD / UESB Fone: (77) 3425-9308 uesbvirtual@uesb.edu EDITAL Nº 054/2017

Leia mais

Regimento do Mestrado Profissional em Matemeatica em Rede Nacional

Regimento do Mestrado Profissional em Matemeatica em Rede Nacional Regimento do Mestrado Profissional em Matemeatica em Rede Nacional Capítulo I Objetivos Artigo 1º - O Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional (PROFMAT) tem como objetivo proporcionar formação

Leia mais

COORDENAÇÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO CONEX PROGRAMA DE MONITORIA ACADÊMICA TERMO DE COMPROMISSO MONITOR VOLUNTÁRIO

COORDENAÇÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO CONEX PROGRAMA DE MONITORIA ACADÊMICA TERMO DE COMPROMISSO MONITOR VOLUNTÁRIO COORDENAÇÃO DE PESQUISA E EXTENSÃO CONEX PROGRAMA DE MONITORIA ACADÊMICA TERMO DE COMPROMISSO MONITOR VOLUNTÁRIO CONSIDERANDO que a monitoria acadêmica consiste em propiciar condições para a iniciação

Leia mais

EDITAL Nº 133 DE 05 DE MAIO DE 2017.

EDITAL Nº 133 DE 05 DE MAIO DE 2017. Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal do Norte de Minas Gerais Diretoria de Educação a Distância EDITAL Nº 133 DE 05 DE MAIO DE 2017. SELEÇÃO SIMPLIFICADA

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE LICENCIATURA EM FÍSICA CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE LICENCIATURA EM FÍSICA CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE LICENCIATURA EM FÍSICA CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º O presente instrumento dispõe sobre as normas e procedimentos a serem observados

Leia mais

CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA N º 01 /2016

CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA N º 01 /2016 1 CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA N º 01 /2016 A Coordenação do Curso de Arquitetura e Urbanismo, da Unidade de Ensino Superior Dom Bosco, no uso de suas

Leia mais

Considerando a necessidade de acompanhar, orientar e preparar melhor os acadêmicos no

Considerando a necessidade de acompanhar, orientar e preparar melhor os acadêmicos no Of Circular /2011 FAPAC - Faculdade Presidente Antônio Carlos. ITPAC-INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS PORTO LTDA. Rua 02 Qd. 07 - Jardim dos Ypês Porto Nacional TO CEP 77.500-000 Fone:

Leia mais