IIA ENQUADRAMENTO INTERNACIONAL DE PRÁTICAS PROFISSIONAIS DE AUDITORIA INTERNA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "IIA ENQUADRAMENTO INTERNACIONAL DE PRÁTICAS PROFISSIONAIS DE AUDITORIA INTERNA"

Transcrição

1 IIA ENQUADRAMENTO INTERNACIONAL DE PRÁTICAS PROFISSIONAIS DE AUDITORIA INTERNA A. ORIENTAÇÕES OBRIGATÓRIAS A.1. Definição de Auditoria Interna A.2. Código de Ética A.3. Normas Internacionais para a Prática Profissional de Auditoria Interna (Standards) Normas de Atributos Objectivo, Autoridade, e Responsabilidade Reconhecimento da Definição de Auditoria Interna, do Código de Ética e das Normas no Estatuto da Auditoria Interna Independência e Objectividade Independência Organizacional Interacção Directa com o Conselho Objectividade Individual Impedimentos à Independência e Objectividade Proficiência e Adequado Cuidado Profissional Proficiência 1220 Cuidado Profissional Adequado Desenvolvimento Profissional Contínuo Programa de Garantia de Qualidade e Aperfeiçoamento Requisitos do Programa de Garantia de Qualidade e Aperfeiçoamento Avaliações Internas Avaliações Externas Reporte sobre o Programa de Garantia de Qualidade e Aperfeiçoamento Utilização da Expressão Em Conformidade com as Normas para a Prática Profissional de Auditoria Interna Reporte de Não Conformidade F. Melo Albino IPAI Out /6

2 Normas de Desempenho 2000 Gestão da Actividade de Auditoria Interna 2010 Planeamento 2020 Comunicação e Aprovação 2030 Gestão dos Recursos 2040 Políticas e Procedimentos 2050 Coordenação 2060 Reporte aos Gestores Superiores e ao Conselho 2070 External Service Provider and Organizational Responsibility for Internal Auditing 2100 Natureza do Trabalho 2110 Governação 2120 Gestão do Risco 2130 Controlo 2200 Planeamento do Compromisso de Auditoria 2201 Considerações sobre o Planeamento 2210 Objectivos do Compromisso 2220 Âmbito do Compromisso 2230 Alocação de Recursos ao Compromisso 2240 Programa de Trabalho do Compromisso 2300 Realização do Compromisso 2310 Identificação da Informação 2320 Análise e Avaliação 2330 Documentação da Informação 2340 Supervisão do Compromisso 2400 Comunicação dos Resultados 2410 Critérios para a Comunicação 2420 Qualidade das Comunicações 2421 Erros e Omissões 2430 Utilização da Expressão Conduzido em Conformidade com as Normas Internacionais para a Prática Profissional de Auditoria Interna 2431 Divulgação de Não Conformidade 2440 Divulgação dos Resultados 2450 Overall Opinions 2500 Monitorização do Progresso 2600 Resolução da Aceitação dos Riscos pelos Gestores Superiores Glossário F. Melo Albino IPAI Out /6

3 B. ORIENTAÇÕES FORTEMENTE RECOMENDADAS B.1. Documentos sobre Tomadas de Posição (Position Papers) The Role of IA in Enterprise wide Risk Management The Role of IA in Resourcing The IA Activity The Three Lines of Defense in Effective Risk Management and Control (Jan.2013) B.2. Recomendações de Práticas (Practice Advisories) Relativas a Normas de Atributos PR : Estatuto da Auditoria Interna PR : Independência Organizacional PR : Interacção com o Conselho PR : Objectividade Individual PR : Impedimentos à Independência e Objectividade PR 1130.A1-1: Avaliação de Operações Pelas Quais os Auditores Internos Eram Anteriormente Responsáveis PR 1130.A2-1: Responsabilidade da Auditoria Interna por Outras Funções (extra auditoria) PR : Proficiência e Adequado Cuidado Profissional PR : Proficiência PR 1210.A1-1: Obtenção de Serviços Externos para Apoio ou Complemento da Actividade de Auditoria Interna PR : Cuidado Profissional Adequado PR : Formação Profissional Contínua PR : Programa de Garantia de Qualidade e Aperfeiçoamento PR : Avaliação do Programa de Qualidade PR : Avaliações Internas PR : Avaliações Externas PR : Avaliações Externas: Auto-Avaliação com Validação Independente PA : Independence of External Assessment Team in the Private Sector PA : Independence of the External Assessment Team in the Public Sector PR : Utilização da Expressão Em conformidade com as Normas Internacionais para a Prática Profissional de Auditoria Interna Relativas a Normas de Desempenho PR : Relação do Plano de Auditoria com o Risco e Exposições PA : Using the Risk Management Process in Internal Audit Planning F. Melo Albino IPAI Out /6

4 PR : Comunicação e Aprovação PR : Gestão dos Recursos PR : Políticas e Procedimentos PR : Coordenação PA : Assurance Maps PA : Relying on the Work of Other Assurance Providers PR : Reporte aos Gestores Superiores e ao Conselho PA : Governance: Definition PA : Governance: Relationship With Risk and Control PA : Governance: Assessments PR : Avaliação da Adequação dos Processos de Gestão do Risco PA : Managing the Risk of Internal Audit Activity PA : Internal Audit Coverage of Risks to Achieve Strategic Objectives PR : Avaliação da Adequação dos Processos de Controlo PR 2130.A1-1: Fiabilidade e Integridade da Informação PR 2130.A1-2: Avaliação do Enquadramento de Privacidade de uma Organização PR : Planeamento do Compromisso PA : Using a Topdown Risk-based Approach to Identify the Controls to Be Assessed in an Internal Audit Engagement PR : Objectivos do Compromisso PR 2210.A1-1: Avaliação do Risco no Planeamento do Compromisso PR : Alocação de Recursos ao Compromisso PR : Programa do Trabalho do Compromisso PA : Use of Personal Information in Conducting Engagements PA : Analytical Procedures PA : Root Cause Analysis PA : Audit Sampling PA : Continuous Assurance PR : Documentação da Informação PR 2330.A1-1: Controlo de Acesso aos Arquivos do Compromisso PA 2330.A1-2: Granting Access to Engagement Records PR 2330.A2-1: Retenção dos Arquivos PR : Supervisão do Compromisso PA : Legal Considerations in Communicating Results PR : Critérios de Comunicação PR : Qualidade das Comunicações PR : Divulgação dos Resultados PA : Communicating Sensitive Information Within and Outside the Chain of Command PA 2440.A2-1: Communications Outside the Organization PR : Monitorização do Progresso PR 2500.A1-1: Processo de Follow-up F. Melo Albino IPAI Out /6

5 B.3. Guias de Práticas (Practice Guides) B.3.1. Practice Guides - General Internal Auditing and Fraud Auditing Business External Relationships Formulating and Expressing Internal Audit Opinions Evaluating Corporate Social Responsibility/Sustainable Development Auditing Executive Compensation and Benefits CAE Appointment, Performance Evaluation, and Termination Measuring Internal Audit Effectiveness and Efficiency Assessing the Adequacy of Risk Management Using ISO Assisting Small Internal Audit Activities in Implementing the International Standards for the Professional Practice of Internal Auditing Auditing the Control Environment Interaction with the Board Independence and Objectivity Reliance by Internal Audit on Other Assurance Providers Coordinating Risk Management and Assurance Quality Assurance and Improvement Program Evaluating Ethics-related Programs and Activities Integrated Auditing Auditing Privacy Risks (2 nd ed) Developing the Internal Audit Strategic Plan Assessing Organizational Governance in the Private Sector Selecting, Using and Creating Maturity Models: a Tool for Assurance and Consulting Engagements (Jul.13) Auditing Anti-bribery and Anti-corruption Programs (Jun.14) Business Continuity Management (Ago.14) B.3.2. Practice Guides - Public Sector Assessing Organizational Governance in the Public Sector (Out.14) How to Build a Strategic Competency Plan in the Public Sector (coming soon) B.3.3. Practice Guides GTAG (Global Technology Audit Guides) GTAG 1 Information Technology Risk and Controls (2 nd edition) GTAG 2 - Change and Patch Management Controls: Critical for Organizational Success (2 nd edition) GTAG 3 - Continuous Auditing Implications for Assurance, Monitoring, and Risk Assessment GTAG 4 - Management of IT Auditing (2nd edition) GTAG 5 - Auditing Privacy Risks (2 nd edition) GTAG 6 - Managing and Auditing IT Vulnerabilities (deleted Jan.2013) GTAG 7 - Information Technology Outsourcing F. Melo Albino IPAI Out /6

6 GTAG 8 - Auditing Application Controls GATG 9 - Identity and Access Management GTAG 10 - Business Continuity Management GTAG 11 - Developing the IT Audit Plan GTAG 12 - Auditing IT Projects GTAG 13 - Fraud Prevention and Detection in an Automated World GTAG 14 - Auditing User-developed Applications GTAG 15 Information Security Governance GTAG 16 Data Analysis Technologies GTAG 17 Auditing IT Governance B.3.4. Practice Guides GAIT (Guide to the Assessment of IT Risk) GAIT Methodology GAIT for IT General Control Deficiency Assessment GAIT for Business and IT Risk o Case Studies in Using GAIT for Business and IT Risk to Scope PCI Compliance F. Melo Albino IPAI Out /6

Síntese do Relatório Anual de Auditoria Interna Serviço de Auditoria Interna 25/03/2016

Síntese do Relatório Anual de Auditoria Interna Serviço de Auditoria Interna 25/03/2016 Síntese do Relatório Anual de Auditoria Interna 2015 Serviço de Auditoria Interna 25/03/2016 Agenda 1. Enquadramento 2. Abordagem Operacional 3. Execução do Plano 2015 4. Plano de Auditoria Interna 2016

Leia mais

A Auditoria Interna da Governança Corporativa

A Auditoria Interna da Governança Corporativa A Auditoria Interna da Governança Corporativa São Paulo Setembro, 2015 0 Agenda I. Governança Corporativa e as diretivas de Solvência II II. III. IV. Pilar 2 e os elementos da Governança Papel da Auditoria

Leia mais

ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações

ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações Raquel Silva 02 Outubro 2014 ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 PUBLICAÇÃO DIS: - Draft International Standard

Leia mais

Certified Business Analysis Professional (CBAP )

Certified Business Analysis Professional (CBAP ) Certified Business Analysis Professional (CBAP ) Formato do curso: Presencial Localidade: Porto Com certificação: Certified Business Analysis Professional (CBAP ) Data: 13 Fev. 2017 a 17 Fev. 2017 Preço:

Leia mais

TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO

TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO A AUDITORIA INTERNA E AS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO Business Assurance com ACL Embaixada do Canadá em Lisboa, 5 de Maio de 2010 FMAlbino - IPAI - 5.5.10 1 Auditoria Interna A Auditoria Interna é uma actividade

Leia mais

CORPORATE GOVERNANCE E O PAPEL DAS AUDITORIAS. Dr. Rui Leão Martinho Bastonário Ordem dos Economistas

CORPORATE GOVERNANCE E O PAPEL DAS AUDITORIAS. Dr. Rui Leão Martinho Bastonário Ordem dos Economistas CORPORATE GOVERNANCE E O PAPEL DAS AUDITORIAS Dr. Rui Leão Martinho Bastonário Ordem dos Economistas CORPORATE GOVERNANCE Conjunto de mecanismos, processos e relações através dos quais as diferentes empresas

Leia mais

Lisboa, 18 e 19 de Outubro

Lisboa, 18 e 19 de Outubro Formação Profissional Implementar um programa de Gestão do risco operacional e resiliência de negó ócio Lisboa, 18 e 19 de Outubro Assessoria de Gestão, Lda Gestão do risco operacional e resilência de

Leia mais

BBfsms Behavior-Based food safety management system

BBfsms Behavior-Based food safety management system BBfsms Behavior-Based food safety management system Autores Ana Cicolin (Idealizadora e Autora) Gerente da América Latina Food Business Intertek Karine Mafra (Autora) Diretora Executiva Firmare Nádia Azevedo

Leia mais

PLATAFORMA GLOBAL DE DEFESA DA PROFISSÃO

PLATAFORMA GLOBAL DE DEFESA DA PROFISSÃO PLATAFORMA GLOBAL DE DEFESA DA PROFISSÃO SOBRE O INSTITUTO DE AUDITORES INTERNOS The Institute of Internal Auditors (IIA) é a voz global da profissão de auditoria interna, autoridade reconhecida e principal

Leia mais

PROJECTO ÂNCORA QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO NO SECTOR DAS TICE. Qualificação e Certificação em Gestão de Serviços de TI

PROJECTO ÂNCORA QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO NO SECTOR DAS TICE. Qualificação e Certificação em Gestão de Serviços de TI Pólo de Competitividade das Tecnologias de Informação, Comunicação e Electrónica TICE.PT PROJECTO ÂNCORA QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO NO SECTOR DAS TICE Qualificação e Certificação em Gestão de Serviços

Leia mais

Software Testing with Visual Studio 2013 (20497)

Software Testing with Visual Studio 2013 (20497) Software Testing with Visual Studio 2013 (20497) Formato do curso: Presencial Preço: 800 Nível: Intermédio Duração: 12 horas Este curso, mostra a Programadores e Testers como utilizar as ferramentas do

Leia mais

Auditoria em Empresa Internacionalizada Prioridades, linha de reporte e ação: a AUDITORIA INTERNA NO CONBRAI 2009.

Auditoria em Empresa Internacionalizada Prioridades, linha de reporte e ação: a AUDITORIA INTERNA NO CONBRAI 2009. Auditoria em Empresa Internacionalizada Prioridades, linha de reporte e ação: a Caso FIAT AUDITORIA INTERNA NO CONBRAI 2009. DAVIDE NICASTRO FIAT REVI / Grupo FIAT Caso FIAT Modelo de controle interno

Leia mais

O Estado de Arte da Auditoria Interna em Portugal

O Estado de Arte da Auditoria Interna em Portugal O Estado de Arte da Auditoria Interna em Portugal Situação e Perspectivas da Auditoria Interna em Portugal Marta Carreiro Abril de 2008 INDICE 1 Sumário...3 2 Introdução...8 2.1 Considerações Gerais...8

Leia mais

Assembleia do IPAI. Lisboa, 31 de Janeiro de Avaliação da Qualidade da Auditoria Interna. Domingos M. Sequeira de Almeida, CIA, CCSA

Assembleia do IPAI. Lisboa, 31 de Janeiro de Avaliação da Qualidade da Auditoria Interna. Domingos M. Sequeira de Almeida, CIA, CCSA Assembleia do IPAI Lisboa, 31 de Janeiro de 2007 Domingos M. Sequeira de Almeida, CIA, CCSA Lisboa, 31 de Janeiro de 2007 1 O Valor da Auditoria Interna Avaliar Determinar a valia ou valor de; apreciar

Leia mais

Gestão de Projetos. Introdução ao PMBOK. Hermano Perrelli de Moura hermano@cin.ufpe.br

Gestão de Projetos. Introdução ao PMBOK. Hermano Perrelli de Moura hermano@cin.ufpe.br Gestão de Projetos Introdução ao PMBOK Hermano Perrelli de Moura hermano@cin.ufpe.br Objetivos Apresentar o modelo de gerência de projetos definido pelo PMBOK. PMBOK 2 Ao final desta aula você será capaz

Leia mais

EXAME DE ADMISSÃO À CERTIFICAÇÃO CIA

EXAME DE ADMISSÃO À CERTIFICAÇÃO CIA Curso de Preparação para o EXAME DE ADMISSÃO À CERTIFICAÇÃO CIA Certified Internal Auditor pelo IIA Institute of Internal Auditors Pós-Laboral RAZÃO DE SER O IIA conta com 67 000 CIAs Certified Internal

Leia mais

Glossário BiSL. Bert Pranger / Michelle Hofland 28 Maio 2012 Versão 1.0-1 -

Glossário BiSL. Bert Pranger / Michelle Hofland 28 Maio 2012 Versão 1.0-1 - Glossário BiSL Bert Pranger / Michelle Hofland 28 Maio 2012 Versão 1.0-1 - 1. Glossário de Terminologia Terminologia em Inglês Terminologia em Português BiSL processes Processos de BiSL Business data management

Leia mais

Julho a Dezembro Formações ITEN

Julho a Dezembro Formações ITEN Julho a Dezembro 2017 Formações ITEN IAPP - INTERNATIONAL ASSOCIATION OF PRIVACY PROFESSIONALS CIPP/E CIPM CIPT Certified Information Privacy Professional/Europe + exame + 1 ano membro IAPP Certified Information

Leia mais

Auditoria Contínua Uma visão do IIA Global. Oswaldo Basile, CIA, CCSA, QAR. CEO Trusty Consultores Presidente IIA Brasil

Auditoria Contínua Uma visão do IIA Global. Oswaldo Basile, CIA, CCSA, QAR. CEO Trusty Consultores Presidente IIA Brasil Auditoria Contínua Uma visão do IIA Global Oswaldo Basile, CIA, CCSA, QAR. CEO Trusty Consultores Presidente IIA Brasil Normas Internacionais para a Prática Profissional - NIPP Elementos - NIPP Definição

Leia mais

Asseguração de Relatórios de Sustentabilidade Denise Saboya 23 de setembro de 2009

Asseguração de Relatórios de Sustentabilidade Denise Saboya 23 de setembro de 2009 Asseguração de Relatórios de Sustentabilidade Denise Saboya 23 de setembro de 2009 Relembrando conceitos de sustentabilidade Desenvolvimento Econômico Responsabilidade Social Maximização do retorno do

Leia mais

Principais alterações ISO 14001:2015

Principais alterações ISO 14001:2015 Principais alterações ISO 14001:2015 André Ramos Diretor de Marketing Agenda Comissão Técnica O processo de revisão da ISO 14001 Orientações para Revisão Inquérito aos utilizadores Calendário Alterações

Leia mais

Gestão do Risco Operacional

Gestão do Risco Operacional www.pwc.pt/academia Gestão do Risco Operacional 2ª Edição Lisboa, 13 e 14 de março de 2013 Academia da PwC Considerando que existe um conjunto de factores na questão da gestão de risco operacional, é importante

Leia mais

Esta é a primeira carreira de um conjunto de três, que compõem a carreira mais longa, a Cyber Security.

Esta é a primeira carreira de um conjunto de três, que compõem a carreira mais longa, a Cyber Security. Técnico de Segurança Microsoft Com certificação Localidade: Lisboa Data: 21 Nov 2016 Preço: 1850 ( Os valores apresentados não incluem IVA. Oferta de IVA a particulares e estudantes. ) Horário: Pós-Laboral

Leia mais

ISO 27001:2013 Quais os impactos e O que muda para as organizações?

ISO 27001:2013 Quais os impactos e O que muda para as organizações? Iluminando mentes, capacitando profissionais e protegendo negócios. AGENDA A DARYUS O que é a CONSUMERIZAÇÃO de TI? ISO 27001:2013 Quais os impactos e O que muda para as organizações? benefícios das atualizações

Leia mais

Segregação de Funções Processo de Auditoria Contínua Novembro 2016

Segregação de Funções Processo de Auditoria Contínua Novembro 2016 www.pwc.com Processo de Auditoria Contínua Agenda Auditoria Interna e I. Auditoria Contínua II. III. Implementação de Auditoria Contínua no âmbito da 2 Auditoria Contínua 3 Ciclo de Auditoria Projeto Auditoria

Leia mais

Quality Assurance: Opção ou Imposição

Quality Assurance: Opção ou Imposição Quality Assurance: Opção ou Imposição Osvaldo Roberto Nieto 8 de maio de 2012 Quality Assurance 3 Grandes abordagens na avaliação da Qualidade Interna Cujos resultados deveriam ser reportados ao Comitê

Leia mais

Do i-government ao c-government. O Papel do Governo na Promoção da Inovação Tecnológica e nas Redes de Cooperação. 21 de Fevereiro de 2008

Do i-government ao c-government. O Papel do Governo na Promoção da Inovação Tecnológica e nas Redes de Cooperação. 21 de Fevereiro de 2008 Do i-government ao c-government O Papel do Governo na Promoção da Inovação Tecnológica e nas Redes de Cooperação 21 de Fevereiro de 2008 Resumo da Apresentação Caso Prático: Projecto CERDIGSEG Huelva,

Leia mais

Margarida Isabel A Auditoria Tributária e a Deteção. Melo de Oliveira de Comportamento Evasivo

Margarida Isabel A Auditoria Tributária e a Deteção. Melo de Oliveira de Comportamento Evasivo Universidade de Aveiro Instituto Superior de Contabilidade e Administração 2012 Margarida Isabel A Auditoria Tributária e a Deteção Melo de Oliveira de Comportamento Evasivo 1 Universidade de Aveiro Instituto

Leia mais

PLATAFORMA DE PROMOÇÃO GLOBAL

PLATAFORMA DE PROMOÇÃO GLOBAL PLATAFORMA DE PROMOÇÃO GLOBAL 2 INTRODUÇÃO A Plataforma Global de Promoção foi desenvolvida para apoiar os esforços de promoção dos institutos, filiais, voluntários e membros do IIA, e de outros praticantes

Leia mais

SPICE e ISO 15504. Jorge H C Fernandes 2004

SPICE e ISO 15504. Jorge H C Fernandes 2004 SPICE e ISO 15504 Jorge H C Fernandes 2004 SPICE: Um Framework para a Avaliação Integrada de Processos de Software [SPICE 1] Process Identifies changes to Is examined by Process Assessment Identifies capability

Leia mais

Norma 2110 Governança

Norma 2110 Governança Norma 2110 Governança A atividade de auditoria interna deve avaliar e propor recomendações apropriadas para a melhoria do processo de governança no seu cumprimento dos seguintes objetivos: Promover a ética

Leia mais

Gestão da Continuidade de Negócios

Gestão da Continuidade de Negócios Gestão da Continuidade de Negócios Fernando José Karl, AMBCI, CISSP, CISM fernando.karl@gmail.com 12/08/11 UNISINOS 2011-2 1 Competências da Disciplina Elaborar projetos e estratégias de continuidade de

Leia mais

Sector das TI s em Portugal e Projectos de

Sector das TI s em Portugal e Projectos de Sector das TI s em Portugal e Projectos de Financiamento Seminário Modelos de Gestão em Tecnologias de Informação: Gestão de Serviços, da Segurança e da Inovação 18 Nov 2010 Escola de Engenharia da Universidade

Leia mais

Project Management Activities

Project Management Activities Id Name Duração Início Término Predecessoras 1 Project Management Activities 36 dias Sex 05/10/12 Sex 23/11/12 2 Plan the Project 36 dias Sex 05/10/12 Sex 23/11/12 3 Define the work 15 dias Sex 05/10/12

Leia mais

PYLCROW CORPORATE AND TRAINING SERVICES INNOVATIVE LEARNING SOLUTIONS

PYLCROW CORPORATE AND TRAINING SERVICES INNOVATIVE LEARNING SOLUTIONS PYLCROW CORPORATE AND TRAINING SERVICES INNOVATIVE LEARNING SOLUTIONS A PYLCROW é um empresa portuguesa que actua a nível internacional nas áreas de Formação presencial intra e inter empresas, Formação

Leia mais

GTI Governança de TI

GTI Governança de TI GTI Governança de TI Modelos de Melhores Práticas e o Modelo de Governança de TI Governança de TI FERNANDES & ABREU, cap. 4 1 COBIT Control Objectives for Information and Related Technology. Abrangente

Leia mais

Workshop Construir valor com a gestão de sistemas integrados. ISO/IEC 20000 IT Service Management

Workshop Construir valor com a gestão de sistemas integrados. ISO/IEC 20000 IT Service Management Workshop Construir valor com a gestão de sistemas integrados ISO/IEC 20000 IT Service Management Agenda ISO/IEC 20000 ISO/IEC 20000 ISO/IEC 20000 Âmbito ISO/IEC 20000 vs ITIL ITSM Motivação Benefícios

Leia mais

OBJETIVO PÚBLICO-ALVO PROGRAMA

OBJETIVO PÚBLICO-ALVO PROGRAMA Curso de Auditoria Interna, Controle Interno e Gestão de Riscos carga-horária: 16 horas OBJETIVO Fornecer aos participantes o conhecimento básico e bases técnicas e práticas fundamentais para que possam

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular Ano letivo 2014/15

Ficha de Unidade Curricular Ano letivo 2014/15 Ficha de Unidade Curricular Ano letivo 2014/15 Unidade curricular: Curricular Unit: Docente responsável e respectivas horas de contacto na unidade curricular (preencher o nome completo): Responsible academic

Leia mais

MBA Gestão da Tecnologia de Informação

MBA Gestão da Tecnologia de Informação MBA Gestão da Tecnologia de Informação Informações: Dias e horários das aulas: Segundas e Terças-feiras das 18h00 às 22h00 aulas semanais; Sábados das 08h00 às 12h00 aulas quinzenais. Carga horária: 600

Leia mais

NORMA REGULAMENTAR N.º 8/2009-R, DE 4 DE JUNHO MECANISMOS DE GOVERNAÇÃO NO ÂMBITO DOS FUNDOS DE PENSÕES GESTÃO DE RISCOS E CONTROLO INTERNO

NORMA REGULAMENTAR N.º 8/2009-R, DE 4 DE JUNHO MECANISMOS DE GOVERNAÇÃO NO ÂMBITO DOS FUNDOS DE PENSÕES GESTÃO DE RISCOS E CONTROLO INTERNO NORMA REGULAMENTAR N.º 8/2009-R, DE 4 DE JUNHO MECANISMOS DE GOVERNAÇÃO NO ÂMBITO DOS FUNDOS DE PENSÕES GESTÃO DE RISCOS E CONTROLO INTERNO 1. OBJECTIVOS DA NORMA REGULAMENTAR O que se pretende com a introdução

Leia mais

OSRC001 - Segurança em Redes de Computadores Módulo 03: Fundamentos e Normas. Prof. Charles Christian Miers. e-mail: charles.miers@udesc.

OSRC001 - Segurança em Redes de Computadores Módulo 03: Fundamentos e Normas. Prof. Charles Christian Miers. e-mail: charles.miers@udesc. OSRC001 - Segurança em Redes de Computadores Módulo 03: Fundamentos e Normas Prof. Charles Christian Miers e-mail: charles.miers@udesc.br Normas A fim da segurança não tornar-se algo empírico, foram definidas

Leia mais

O valor da Auditoria Interna e imperativos para o sucesso.

O valor da Auditoria Interna e imperativos para o sucesso. O valor da Auditoria Interna e imperativos para o sucesso. 29 de julho de 2011 Como Mensurar o Trabalho da Auditoria Interna e Demonstrar o Quanto a Área Agrega Valor para a Empresa Walter Batlouni Jr

Leia mais

Labor and Employment. Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados. All rights reserved.

Labor and Employment. Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados. All rights reserved. Labor and Employment Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados. All rights reserved. Our services Best Law Firm in Latin America by Chambers & Partners Awards 2015 Mattos Filho Labor and

Leia mais

EXECUTIVE EDUCATION POWERFUL MINDS

EXECUTIVE EDUCATION POWERFUL MINDS EXECUTIVE EDUCATION POWERFUL MINDS 2017 Gestão & Estratégia Curso Geral de Gestão 1 semana/mês 6 mar a 7 jul '17 16 out 17 a 22 mar 18 9.700 Programa de Gestão Aplicada Filipa Castanheira seg+qua 18h30/22h45

Leia mais

Modelo de Maturidade em Gerenciamento de Projetos, Programas e Portfólio

Modelo de Maturidade em Gerenciamento de Projetos, Programas e Portfólio Modelo de Maturidade em Gerenciamento de Projetos, Programas e Portfólio Engº Paulo F. W. Keglevich de Buzin, MsC,CSM,ITILv3,CGEIT,PMP PBA, COBIT 5, MSP, P3O e PRINCE2 TM Practitioner APMG INTERNATIONAL

Leia mais

IT Governance e ISO/IEC 20000. Susana Velez

IT Governance e ISO/IEC 20000. Susana Velez IT Governance e ISO/IEC 20000 Susana Velez Desafios de TI Manter TI disponível Entregar valor aos clientes Gerir os custos de TI Gerir a complexidade Alinhar TI com o negócio Garantir conformidade com

Leia mais

Auditoria Interna Séc. XXI

Auditoria Interna Séc. XXI Auditoria Interna Séc. XXI Instrumento de gestão e/ou do accionista Maio 2009 pwc Agenda Exemplos de incidentes Reporte da Auditoria Interna Principais funções e responsabilidades Desafios à gestão e aos

Leia mais

Universidade*Nove*de*Julho*1*UNINOVE* Programa*de*Mestrado*Profissional*em*Administração* *Gestão*em*Sistemas*de*Saúde*

Universidade*Nove*de*Julho*1*UNINOVE* Programa*de*Mestrado*Profissional*em*Administração* *Gestão*em*Sistemas*de*Saúde* UniversidadeNovedeJulho1UNINOVE ProgramadeMestradoProfissionalemAdministração GestãoemSistemasdeSaúde Disciplina ProjetosComplexoseEstratégicosAplicadosàSaúde Códigodadisciplina GSEL04 Linhadepesquisa

Leia mais

Auditoria interna Especialização PwC

Auditoria interna Especialização PwC www.pwc.pt/academy Especialização PwC PwC s Academy Formação de profissionais para profissionais Especialização PwC Este curso com uma forte componente prática, procura dotar os recursos afetos à função

Leia mais

IBM Software Group Transformando as Capabilities de Software em Vendas

IBM Software Group Transformando as Capabilities de Software em Vendas IBM Software Group Transformando as Capabilities de Software em Vendas Em um Planeta Mais Inteligente, todos estão conectados a tudo. O resultado? Transações isoladas Milhões de PCs Dados estruturados

Leia mais

Impactos da Supervisão Baseada em Riscos nas Entidades Fechadas de Previdência

Impactos da Supervisão Baseada em Riscos nas Entidades Fechadas de Previdência Impactos da Supervisão Baseada em Riscos nas Entidades Fechadas de Previdência 8º Congresso Brasileiro & Pan-Americano de Atuária Carlos Eduardo Teixeira, MIBA, MSc. Agosto/2010 O que é Supervisão Baseada

Leia mais

Governança em TI e os objetivos estratégicos da organização

Governança em TI e os objetivos estratégicos da organização Governança em TI e os objetivos estratégicos da organização A otimização dos investimentos em TI, a importância do uso do modelo CobiT, adotado mundialmente em IT Governance Um painel sobre as certificações

Leia mais

WP1- MAPPING COMPETENCIES

WP1- MAPPING COMPETENCIES WP1- MAPPING COMPETENCIES Competências Tempus competencies Para Spencer e Spencer (1993), competência é uma característica pessoal subjacente, estável e profunda, da personalidade de uma pessoa, que está

Leia mais

Governança de TI através do COBIT

Governança de TI através do COBIT 4.0 COBIT III Congresso de Gestão de TI Governança de TI através do COBIT GOVERNANÇA CORPORATIVA Mercado e Empresa - Relacionamentos SOCIEDADE AGENTES FINANCEIROS PROFISSIONAIS MEIO AMBIENTE GOVERNO CLIENTES

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular

Ficha da Unidade Curricular ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Engenharia Informática U.C. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Ficha da Unidade Curricular Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo 2010 / 2011

Leia mais

Monitoramento de Métricas de Segurança da Informação

Monitoramento de Métricas de Segurança da Informação Monitoramento de Métricas de Segurança da Informação Rafael Seidi Shigueoka¹, Bruno Bogaz Zarpelão¹ 1 Departamento de Computação Universidade Estadual de Londrina (UEL) Caixa Postal 10.011 CEP 86057-970

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS Curricular Unit Plan ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA E GESTÃO DE FELGUEIRAS CURSO Licenciatura em Engenharia Informática U.C. GESTÃO DE PROJECTOS INFORMÁTICOS Horas presenciais / Ano 56 Ano Lectivo 2010

Leia mais

Governação Novo Código e Exigências da Função Auditoria

Governação Novo Código e Exigências da Função Auditoria Novo Código e Exigências da Função Auditoria Fórum de Auditoria Interna - IPAI 19 de Junho de 2014 Direito societário e auditoria interna fontes legais 1. CSC artigo 420,º, n.º 1, i) - fiscalizar a eficácia

Leia mais

MODELOS DE MELHORES GOVERNANÇA DE T.I. PRÁTICAS DA. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza

MODELOS DE MELHORES GOVERNANÇA DE T.I. PRÁTICAS DA. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza MODELOS DE MELHORES PRÁTICAS DA GOVERNANÇA DE T.I. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza MELHORES PRÁTICAS PARA T.I. MODELO DE MELHORES PRÁTICAS COBIT Control Objectives for Information

Leia mais

A Auditoria Interna e a Gestão de Risco Empresarial na UNICER

A Auditoria Interna e a Gestão de Risco Empresarial na UNICER A Auditoria Interna e a Gestão de Risco Empresarial na UNICER 11/20/2015 1 19 Novembro 2015 Armando Lopes Agenda ENQUADRAMENTO O Grupo Unicer A Direção de Auditoria Interna e o COMITÉ DE AUDITORIA A AUDITORIA

Leia mais

PMBOK Guide Construction Extension

PMBOK Guide Construction Extension PMBOK Guide Construction Extension Alonso Mazini Soler amsol@j2da.com.br Twitter: @alonsosoler Avenida Valdemar Ferreira, 463-05.501-000 São Paulo, SP Fone/Fax: (11) 3032-0662 1 ALONSO MAZINI SOLER é sócio

Leia mais

Inválido para efeitos de certificação

Inválido para efeitos de certificação UNIDADE CURRICULAR: Distribuição e Vendas (d) CURRICULAR UNIT: Distribution and Sales Ficha de Unidade Curricular DOCENTE RESPONSÁVEL E RESPETIVAS HORAS DE CONTATO NA UNIDADE CURRICULAR (PREENCHER O NOME

Leia mais

RESEARCH UNIT NECE. Covilhã 22/05/2009

RESEARCH UNIT NECE. Covilhã 22/05/2009 RESEARCH UNIT NECE Mário Raposo UBI Scientific Coordinator of NECE Covilhã 22/5/29 PRESENTATION NECE Research Unit in Science Business is a departmental unit that gathers the scientific research activities

Leia mais

Real Estate. Serviços especializados para a Indústria Imobiliária. Specialized services for the Real State Industry.

Real Estate. Serviços especializados para a Indústria Imobiliária. Specialized services for the Real State Industry. Auditoria Impostos Consultoria Riscos Smart decisions. Lasting value. TM Real Estate Serviços especializados para a Indústria Imobiliária. Specialized services for the Real State Industry. Pináculo: Pinnacle:

Leia mais

Uma Abordagem para a Avaliação de Processos de Desenvolvimento de Software Baseada em Risco e Conformidade

Uma Abordagem para a Avaliação de Processos de Desenvolvimento de Software Baseada em Risco e Conformidade Rafael de Souza Lima Espinha Uma Abordagem para a Avaliação de Processos de Desenvolvimento de Software Baseada em Risco e Conformidade Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial

Leia mais

Implementando CMMi utilizando uma combinação de Métodos Ágeis. Implementing CMMi using a Combination of Agile Method

Implementando CMMi utilizando uma combinação de Métodos Ágeis. Implementing CMMi using a Combination of Agile Method Implementando CMMi utilizando uma combinação de Métodos Ágeis Implementing CMMi using a Combination of Agile Method Rhavy Maia Guedes IN1149 Qualidade, Processo e Gestão de Software Agenda 2 Introdução

Leia mais

Monitoring, Understanding and Assessing the Impact of the Agenda for Competitiveness and SD

Monitoring, Understanding and Assessing the Impact of the Agenda for Competitiveness and SD Monitoring, Understanding and Assessing the Impact of the Agenda for Competitiveness and SD Instituto Superior de Estatística e Gestão da Informação - Universidade Nova de Lisboa (ISEGI-NOVA) JORGE MIGUEL

Leia mais

Inteligência Tributária DEVOLVENDO A VOCÊ O QUE É SEU

Inteligência Tributária DEVOLVENDO A VOCÊ O QUE É SEU Inteligência Tributária DEVOLVENDO A VOCÊ O QUE É SEU Quem Somos Cronograma de Trabalho Cases de Sucesso Nossos Diferenciais A Concorrência Como Funciona o Sistema? Trusty: Uma Sociedade Documentos Necessários

Leia mais

Maria Segurado Fátima, 25 de Fevereiro de 2008

Maria Segurado Fátima, 25 de Fevereiro de 2008 Alterações da norma OHSAS 18001:2007 Ricardo Teixeira Gestor de Cliente Coordenador Revisão da norma Objectivos da revisão danorma: Esclarecimento da 1.ª edição; Alinhamento com a ISO 14001; Melhoria da

Leia mais

PMBoK 2000 x PMBoK 2004

PMBoK 2000 x PMBoK 2004 PMBoK 2000 x PMBoK 2004 23 de Novembro de 2004 André Barcaui, MSc, PMP 1 Introdução de 5 novos processos (total de 44); Introdução aos conceitos de subprojeto, portfólio e Gerência de Portfólio; Incrementada

Leia mais

Administering Microsoft Exchange Server 2016 ( )

Administering Microsoft Exchange Server 2016 ( ) Administering Microsoft Exchange Server 2016 (20345-1) Formato do curso: Presencial Localidade: Porto Data: 13 Nov. 2017 a 17 Nov. 2017 Preço: 1520 Horário: Laboral - das 09:30 às 17:00 Nível: Intermédio

Leia mais

Avaliando e Implementando um Programa de Qualidade e Melhoria da Auditoria. Mesa de Debates SP 05/04/2013

Avaliando e Implementando um Programa de Qualidade e Melhoria da Auditoria. Mesa de Debates SP 05/04/2013 Avaliando e Implementando um Programa de Qualidade e Melhoria da Auditoria. Mesa de Debates SP 05/04/2013 Sumário A. Introdução. B. Implementando o QAIP C. Avaliação da Qualidade Introdução - QAIP- Programa

Leia mais

O Desenvolvimento do Corporate Governance em Portugal

O Desenvolvimento do Corporate Governance em Portugal 10 ANOS DO IPCG O GOVERNO SOCIETÁRIO EM PORTUGAL O Desenvolvimento do Corporate Governance em Portugal Lisboa, 09 de Julho de 2013 SUMÁRIO 1. Acontecimentos empresariais e governance 2. Fatores normativos

Leia mais

Plano Nacional de Saúde Caminho Percorrido. Grupo Técnico do Plano Nacional de Saúde

Plano Nacional de Saúde Caminho Percorrido. Grupo Técnico do Plano Nacional de Saúde Plano Nacional de Saúde Caminho Percorrido Grupo Técnico do Plano Nacional de Saúde Summary 1. The NHP 2012-2014 2. Governance body 3. Implementing the NHP 4. Evaluating the NHP WHO Europe 5. Cross-Sectional

Leia mais

Outsourcing Delivery Center (ODC)

Outsourcing Delivery Center (ODC) GBS - Application Services Outsourcing Delivery Center (ODC) Governança e Gestão de Demandas de Serviços para as Contas de AMS através do uso de produtos Rational. Christian Liberato GBS/AS Technology

Leia mais

Virtualization & Datacenter Efficiency Forum

Virtualization & Datacenter Efficiency Forum Virtualization & Datacenter Efficiency Forum O contributo das boas práticas para o ciclo de vida do Datacenter Paulo Neves itsmf Portugal (www.itsmf.pt) 28 de Fevereiro de 2013 Apresentação da itsmf Portugal

Leia mais

English version at the end of this document

English version at the end of this document English version at the end of this document Ano Letivo 2016-17 Unidade Curricular SEGURANÇA EM SISTEMAS INFORMÁTICOS Cursos TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO (1.º ciclo) Unidade Orgânica Instituto

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO DE GESTÃO DE PROJETOS

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO DE GESTÃO DE PROJETOS CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO DE GESTÃO DE PROJETOS COORDENADOR ENG.º JOSÉ MIGUEL RODRIGUES GASPAR Índice Designação do Curso... Erro! Marcador não definido. Duração Total... 2 Destinatários... 2 Perfil de saída...

Leia mais

SME Instrument Perspectivas de um Avaliador

SME Instrument Perspectivas de um Avaliador SME Instrument Perspectivas de um Avaliador Pedro Portela Seminário Horizonte 2020 :Oportunidades para a Indústria, AIMMAP, 14/10/2014 Conteúdo Nota biográfica O que é SME Instrument SME Instrument é para

Leia mais

Por Constantino W. Nassel

Por Constantino W. Nassel NORMA ISO 9000 SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE ISO 9001:2000 REQUISITOS E LINHAS DE ORIENTAÇÃO PARA IMPLEMENTAÇÃO Por Constantino W. Nassel CONTEÚDOS O que é a ISO? O que é a ISO 9000? Histórico Normas

Leia mais

interacção entre redes organizacionais locais

interacção entre redes organizacionais locais interacção entre redes organizacionais locais Vasco Eiriz Natália Barbosa resumo: abstract: 23 interacção entre redes organizacionais locais 1. introdução et al. 25 estudos regionais nº 16 2. revisão

Leia mais

Gerenciamento e Administração de Redes

Gerenciamento e Administração de Redes Gerenciamento e Administração de Redes ITIL 1 O que é ITIL? Information Technology Infrastructure Library (ITIL) é uma biblioteca de boas práticas (do inglês best practices), de domínio público, desenvolvida

Leia mais

PYLCROW CORPORATE AND TRAINING SERVICES INNOVATIVE LEARNING SOLUTIONS

PYLCROW CORPORATE AND TRAINING SERVICES INNOVATIVE LEARNING SOLUTIONS PYLCROW CORPORATE AND TRAINING SERVICES INNOVATIVE LEARNING SOLUTIONS A PYLCROW é um empresa portuguesa que actua a nível internacional nas áreas de Formação presencial intra e inter empresas, Formação

Leia mais

Controlo Interno e Auditoria Interna Lisboa, 24 e 25 de Maio

Controlo Interno e Auditoria Interna Lisboa, 24 e 25 de Maio Formação Profissional Controlo Interno e Auditoria Interna Lisboa, 24 e 25 de Maio Assessoria de Gestão, Lda Controlo Interno e Auditoria Interna No actual contexto de crise, em que as organizações estão

Leia mais

The Secure Cloud. Gerir o risco e entregar valor num mundo virtual. C l o u d C o m p u t i n g F ó r u m 2 0 11 S e t e m b r o 2 0 11

The Secure Cloud. Gerir o risco e entregar valor num mundo virtual. C l o u d C o m p u t i n g F ó r u m 2 0 11 S e t e m b r o 2 0 11 The Secure Cloud Gerir o risco e entregar valor num mundo virtual C l o u d C o m p u t i n g F ó r u m 2 0 11 S e t e m b r o 2 0 11 Agenda Novas dimensões de governo e gestão do SI Entender e endereçar

Leia mais

ACEF/1213/03432 Decisão de apresentação de pronúncia

ACEF/1213/03432 Decisão de apresentação de pronúncia ACEF/1213/03432 Decisão de apresentação de pronúncia ACEF/1213/03432 Decisão de apresentação de pronúncia Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da Comissão de Avaliação Externa 1. Tendo recebido

Leia mais

Digital Cartographic Generalization for Database of Cadastral Maps

Digital Cartographic Generalization for Database of Cadastral Maps Mariane Alves Dal Santo marianedalsanto@udesc.br Francisco Henrique de Oliveira chicoliver@yahoo.com.br Carlos Loch cloch@ecv.ufsc.br Laboratório de Geoprocessamento GeoLab Universidade do Estado de Santa

Leia mais

ISACA Capítulo São Paulo

ISACA Capítulo São Paulo Tendências e Certificações Profissionais da ISACA ISACA Capítulo São Paulo Fabio Penna Curto, CGEIT, CISM, Diretor Cristiano Borges, Diretor ISACA SP Carmen Ozores, Vice presidente ISACA SP Contato: info@isaca.org.br

Leia mais

Palavras-chaves: Auditoria. Controle Interno. Sarbanes Oxley. Planejamento Estratégico. Gestão de Riscos Corporativos. Processo de Negócio.

Palavras-chaves: Auditoria. Controle Interno. Sarbanes Oxley. Planejamento Estratégico. Gestão de Riscos Corporativos. Processo de Negócio. GESTÃO DE PROCESSOS DE NEGÓCIO: a participação dos controles internos na gestão estratégica corporativa Nome: Ricardo Alexandre Gonçalves de Moura (Auditor especialista em revisão de controles internos

Leia mais

Uma Abordagem para Gerência Estratégica de Portfólio com Foco na Seleção de Projetos

Uma Abordagem para Gerência Estratégica de Portfólio com Foco na Seleção de Projetos Uma Abordagem para Gerência Estratégica de Portfólio com Foco na Seleção de Projetos Adler Diniz de Souza 1,2, Ana Regina Rocha 1, Gleison Santos 1, Tiago Vinícius Paiva do Carmo 2, Douglas Batista Alexandre

Leia mais

Gestão de Controles Internos COSO e as 3 Linhas de Defesa

Gestão de Controles Internos COSO e as 3 Linhas de Defesa Gestão de Controles Internos COSO e as 3 Linhas de Defesa Rodrigo Fontenelle, CGAP,CCSA,CRMA CGE TOP Agenda Base Normativa. Por quê precisamos falar sobre isso? COSO O Modelo das 3 Linhas de Defesa Enfoque

Leia mais

Strategic PMO Prepare seu PMO para suportar a estratégia da organização. Alexandre Sörensen Ghisolfi PhD MBA PMP PRINCE2 APMC

Strategic PMO Prepare seu PMO para suportar a estratégia da organização. Alexandre Sörensen Ghisolfi PhD MBA PMP PRINCE2 APMC Strategic PMO Prepare seu PMO para suportar a estratégia da organização Alexandre Sörensen Ghisolfi PhD MBA PMP PRINCE2 APMC Agenda A Distância entre Estratégia e Execução Gestão de Projetos x Planejamento

Leia mais

O Sistema de Gestão da Qualidade da Universidade do Porto. José António Sarsfield Cabral

O Sistema de Gestão da Qualidade da Universidade do Porto. José António Sarsfield Cabral O Sistema de Gestão da Qualidade da Universidade do Porto José António Sarsfield Cabral 14.03.2008 1 Estrutura da apresentação A Universidade do Porto Introdução Contexto Dificuldades na Gestão da Qualidade

Leia mais

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO NBR ISO/IEC 27002: 2005 (antiga NBR ISO/IEC 17799) NBR ISO/IEC 27002:2005 (Antiga NBR ISO/IEC 17799); 27002:2013. Metodologias e Melhores Práticas em SI CobiT; Prof. Me. Marcel

Leia mais

Implementing a Data Warehouse with Microsoft SQL Server 2014 (20463)

Implementing a Data Warehouse with Microsoft SQL Server 2014 (20463) Implementing a Data Warehouse with Microsoft SQL Server 2014 (20463) Formato do curso: Presencial Localidade: Porto Com certificação: MCSA: SQL Server Data: 16 Jan. 2017 a 20 Jan. 2017 Preço: 1550 Horário:

Leia mais

Designing Solutions for Microsoft SQL Server 2014 (20465)

Designing Solutions for Microsoft SQL Server 2014 (20465) Designing Solutions for Microsoft SQL Server 2014 (20465) Formato do curso: Presencial Com certificação: MCSE: Data Platform Preço: 1090 Nível: Avançado Duração: 18 horas Este curso de 3 dias, destina-se

Leia mais

Figura 1 - "Quem feio ama, bonito lhe parece"?

Figura 1 - Quem feio ama, bonito lhe parece? Mission Code: APO11 - O COBIT5 e a Gestão da Qualidade (Artigo baseado na apresentação realizada durante o evento 8th International Conference on the Quality of Information and Communications Technology.

Leia mais

Business Technology Optimization. Milton Cruz

Business Technology Optimization. Milton Cruz Business Technology Optimization Milton Cruz SUCESU/RJ - Agenda Com o aumento da complexidade da demanda por soluções de TI nas Organizações, é cada vez mais evidente que há necessidade de capacitação

Leia mais

PRINCE2 FOUNDATION AND PRACTITIONER INNOVATIVE LEARNING SOLUTIONS WWW.PYLCROW.COM PORTUGAL - BRAZIL - MOZAMBIQUE

PRINCE2 FOUNDATION AND PRACTITIONER INNOVATIVE LEARNING SOLUTIONS WWW.PYLCROW.COM PORTUGAL - BRAZIL - MOZAMBIQUE PYLCROW Portugal LISBOA Email: info.pt@pylcrow.com Telefone: +351 21 247 46 00 http://www.pylcrow.com/portugal WWW.PYLCROW.COM PORTUGAL - BRAZIL - MOZAMBIQUE FOUNDATION AND PRACTITIONER INNOVATIVE LEARNING

Leia mais