A UTILIZAÇÃO DO COACHING COMO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO DE NÍVEL SUPERIOR

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A UTILIZAÇÃO DO COACHING COMO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO DE NÍVEL SUPERIOR"

Transcrição

1 A UTILIZAÇÃO DO COACHING COMO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO DE NÍVEL SUPERIOR Ivo Giordano Portela Correia 1 Resumo Diante das dificuldades diárias dos pedagogos e os desafios que mudam a cada instante nos ambientes acadêmicos e no o papel do docente em sala de aula, este artigo têm por finalidade apresentar como o processo de coaching e suas ferramentas apoiam o docente na atuação como coach de seus alunos em também como aplicar o processo em sala de aula nas instituições de ensino superior. Abordando o conceito de aprendizagem e seus teóricos, o processo de coaching, suas ferramentas e a postura do docente enquanto coach de seus alunos. Palavras-chave: aprendizagem, coaching, professor, ferramentas, ensino Abstract Beyond daily difficulties of teacher and academic challenges that changes all the moment at academic environment and within teacher role at classroom, this article intend to show an overview of coaching process and its tools that should help teachers to act as a coach of his students and also how to apply coaching process at classroom and university institutions. Approaching a learning concept and its mentors, coaching process, its tools and teachers role as a coach of its students. Keyword: learning, coaching, teacher, tools, teaching INTRODUÇÃO Os docentes de entidades de ensino superior enfrentam diariamente o desafio de proporcionar ao aprendizado ao alunos só que com a evolução das tecnologias de comunicação, os elementos de distração no ambiente de aprendizado e o acesso a informações tem tornado cada vez mais desafiador o alcance dos objetivos de aprendizado desejados. Assim o professor encontra desafios cada vez maiores no exercício de apoio no processo de ensino e aprendizado. Paralelo a isto o aprendizado tem sido tema explorado nas organizações chegando a ser utilizado o termo de organizações que apreendem. Isso vem proporcionando novos enfoques ao processo de aprendizado e a preocupação em como alcançar resultados de aprendizado dentro das organizações. 1 Pós-graduado Latu Sensu em Magistério Superior pelo Centro de Ensino Universitário do Maranhão, bacharel em Ciências da Computação pela Universidade Federal do Maranhão, bacharel em Administração pela Faculdade Atenas Maranhense e cursa MBA em Gestão de Projetos na Fundação Getúlio Vargas. Têm formação como Master Coach pelo Instituto Brasileiro de Coaching com certificações Internacionais pelo Metaforum International, European Coaching Association e Global Coaching Comunity.

2 2 Em busca de soluções e métodos para auxilio das organizações e desenvolvimento de seus lideres surge no contexto um processo denominado de Coaching, tal processo constitui em técnicas e ferramentas que auxiliam as empresas a alcançarem seus objetivos sempre com foco no estado desejado ou estado futuro, fazendo com que os reveses ou falhas durante o processo se transformem em aprendizado sem que isso seja entrave para alcance do objetivo estipulado. Este estudo entende os desafios dos docentes no processo de ensino e aprendizado e diante da nova temática do processo coaching estabelece um entendimento de como as ferramentas utilizada no processo citado podem fornecer apoio aos docentes diante dos desafios diários da sala de aula em instituições de ensino superior e de como tais ferramentas ao serem aplicadas podem surtir grande efeito, desde o entendimento dos comportamentos dos alunos, as necessidades básicas a serem atendidas e seus perfis de aprendizados como perfis visuais, auditivos, sinestésicos e digitais. Considera-se que a temática sobre aprendizado e os desafio do pedagogo sejam uma temática atual e a proposta de buscar ferramentas dentro de um processo de coaching para acelerar os resultados do processo de aprendizado e fornecer apoio ao docente sendo considerado fator de relevante importância cientifica. 1. APRENDIZADO O processo de aprendizado é caracterizado como a forma ou modo que os seres adquirem novos conhecimento, modificam seus comportamentos, desenvolvem e aprimoram seus conhecimentos. A aprendizagem vem sendo sistematizada e aprimorada ao longo do tempo desde as mais remotas épocas. Algumas correntes definem a aprendizagem como um processo integrado que provoca mudança de forma qualitativa na estrutura mental de quem aprende. Isso pode ocasionar mudança na postura e conduta do individuo de forma que pode-se abordar a aprendizagem a partir de três perspectivas sendo elas: a Cognitiva, a Comportamental e a Humanística. O termo aprendizagem é uma expressão cientifica baseada em observações de comportamento em situações repetidas. Se observarmos atletas no inicio de sua carreira e, novamente, anos depois, notaremos uma diferença no desempenho e inferiremos que a diferença é devida à aprendizagem. (PETERSON, 1981, p. 6)

3 3 Entre essas perspectivas, certos teóricos e pesquisadores são destaques em cada uma delas. Assim nas perspectivas cognitivas destacam-se: Piaget, Vygosky, Bruner. Na perspectiva comportamental tem-se Pavlov e Skinner e na humanista Rogers. A aprendizagem Cognitiva tem Piaget como destaque considerando o uso de estruturas cognitivas. Considerando que a aprendizagem se conduz através de troca levando sua teoria a ser conhecida como construtivista. Piaget considera que o comportamento humano não é inato, nem resultado de condicionamento. Mas sim que a interação do sujeito como objeto proporciona o desenvolver e até remodelagem das estruturas cognitivas. Piaget delineou uma teoria do desenvolvimento cognitivo na qual os indivíduos progridem ao longo de uma sequência de estágios invariáveis, cada qual refletindo formas mais sofisticadas de pensamento, e salientou a interação entre o nível de amadurecimento de um individuo e o meio no qual este individuo constrói ativamente o conhecimento. BENTHAM (2006, p 35) Vygotsky considera que a construção do conhecimento tem haver com as relações entre o pensamento e a linguagem. A aprendizagem se desenvolve a partir de uma troca entre suas informações genéticas e o contato com atividade que o sujeito realiza. Isso proporciona a criação de estrutura formais da mente. Com Vygotsky o conhecimento tem a inclusão de um adulto no papel de especialista ou mesmo um mentor. Ele considera que além do uso da linguagem para o desenvolvimento os adultos mais experientes tem papel relevante no processo cognitivo de aprendizagem. Da forma como vejo, nenhuma teoria de aprendizagem é completa sem uma teoria de mecanismo uma elaboração detalhada do processo pelo qual a aprendizagem ocorre. Qualquer que seja o mecanismo proposto ele deve [...] se aplicar a uma ampla série de formas nas quais a aprendizagem ocorre[...]. Mizukami(2002 p. 159) apud Schoenfeld Outra perspectiva da aprendizagem é a behaviorista, nesta abordagem considerada uma das mais antigas abordagem cientifica relacionada a aprendizagem considera que o aprendizado pode ser observado por meio do comportamento. Esta teoria de aprendizagem considera a relação entre os estímulos e repostas oferecidas a eles. Entre teóricos dessa vertente está: Watson, Pavlov e Skinner. Pavlov através de pesquisa com animais identificou que de acordo com o estimulo oferecido havia uma reposta e que com o tempo era perceptível repostas idênticas aos mesmos estímulos. Skinner aprimorando ainda mais as pesquisas de Pavlov tratou o

4 4 aprendizado como um condicionamento e defendeu que de acordo com o reforço dado para cada resposta a uma reação a condiciona para que esta ocorra com maior frequência. Skinner acreditava que o comportamento é controlado por contingências ambientais ou seja, a probabilidade de que uma pessoa repita uma certa unidade de comportamento no futuro dependeria das consequências da manifestação desse comportamento no passo. O reforço aumentaria a probabilidade de repetição do comportamento, enquanto a punição diminuiria a probabilidade de repetição do comportamento. BENTHAM (2006, p 42) Outra abordagem para a aprendizagem é a humanista que tem Rogers como um de seus principais fundadores. Esta abordagem se diz totalmente contraria ao behaviorismo, pois enquanto este trata dos comportamentos humanos observáveis, aquele considera o individuo um ser único e leva em consideração as características internas que não podem ser observadas. Assim, Rogers recomenda mudar o foco do ensino para a facilitação da aprendizagem. Em outras palavras, não se preocupar tanto com que coisas o aluno precisa aprender, com o que vamos ensinar, com aquilo que deve cobrir um curso dado, etc. Mas, sim, com como, porque e quando aprendem os alunos, como se vive e se sente a aprendizagem, e quais as suas consequências sobre a vida do aluno. (BORDENAVE e PEREIRA, 1989, p 48) 1.1 O papel do docente na aprendizagem As tecnologias e a disseminação cada vez mais rápida de informações e conteúdos provoca o docente a aprimorar cada vez mais suas competências básicas para o exercício de seu papel no processo de ensino-aprendizagem. Aprender a ensinar é um processo que continua ao logo da carreira docente e que, não obstante a qualidade do que fizemos nos nossos programas de formação de professores, na melhor das hipóteses só poderemos preparar os professores a começar a ensinar. (Mizukami apud Zeichner, 2002, p22) Esses desafios ocorrem por vezes no ambiente acadêmico entre seus pares e do docente a expectativa é de que todas as habilidades que se adquire com o tempo nunca são satisfatórias. Assim MIZUKAMI (2002) apud TORRES afirma que dentre as características desejadas em novos docentes ou docente eficaz é que o mesmo seja polivalente, profissional competente, agente de mudança, prático reflexivo, professor investigador, intelectual critico ou intelectual transformador e que:

5 5 Provoque e facilite a aprendizagem, assumindo sua missão em fazer com que os alunos aprendam. Desenvolva uma pedagogia ativa baseada no dialogo e vinculação entre teoria e prática Detecte oportunamente problema de variadas dimensões em seus alunos e os auxilie a enfrenta-los buscando soluções para cada caso. Aceite-se como eternos aprendiz e seja o líder da aprendizagem estando sempre atualizado dentro da sua área de conhecimento. Seja percebido pelos alunos ao mesmo tempo como amigo e modelo de quem os escuta e os ajuda a desenvolverem. Estas entre outras características foram relacionadas por TORRES com base em autores e obras de debates educacionais. 2. O PROCESSO DE COACHING Os termos coach, coaching e coachee são neologismos, ou seja, suas traduções não correspondem ao que realmente significam. Assim a termo coach está relacionado a um profissional que acompanha, apoia e presta suporte as outras pessoas conduzindo este a uma percepção própria de si e de seus próprios resultados. Esta outra pessoa que tem o suporte do coach é chamada de coachee. E o termo coaching corresponde ao processo de atuação de um coach junto a um coachee. O coach é um processo de aceleração de metas e objetivos e ocorre por meio de uma parceria entre o coachee e o coach em busca de uma meta pré-estabelecida pelo coachee. Para TING e SCISCO ( 2006 p 43) O processo de Coaching, no final das contas, diz respeito à facilitação da aprendizagem, da mudança e do crescimento. Segundo THORNE (2004), o coach tem papeis de: Construir um ambiente positivo de interação; Fazer perguntas que conduza à análise das necessidades do coachee; Utilizar perguntas abertas para investigação Dar enfoque às necessidade do coachee; Oferecer sugestões que ampliem as visões expressas pelo coachee; Escutar ativamente; Procurar, estimular o surgimento de ideias e potencializá-las; Dar feedback; Acordar planos de ação para desenvolvimento do coachee; Monitorar o desempenho das ações planejadas

6 6 Dar apoio e suporte contínuo; Enfatizar a melhoria de desempenho na função atualmente exercida pelo coachee; Auxiliar o coachee a aumentar seu desempenho para alcance dos padrões requeridos; Enfatizar o presente. Di Steéfano (2005 p.156) apresenta o conceito de professor coach dentro do conceito de teaching organization ( organização que ensina) aplicado a o ponto de vista ensinável com objetivo de gerar alinhamento com novo lideres 2.1 Pilares do Coaching Para o Instituto Brasileiro de Coaching IBC são pilares do coaching: O ser humano, metodologias, técnicas e ferramentas e competências do profissional de coaching Ser Humano O ser humano é o principal envolvido em um processo de coaching, assim um Coach deve entender e se especializar continuamente em tudo que se refere a seres humanos e processos comportamentais de mudança. É função do coach também entender as interações corpo e mente posicionamentos psicológicos e perfis humanos com o intuito de obter o máximo de efetividade no exercer de sua função. E principalmente faz parte do grupo de seres humanos que busca constantemente por melhoria, evolução, aprendizagem, automotivação e auto transformação, se tornando um exemplo e modelo de excelência Metodologias Um processo de desenvolvimento e busca por resultados se baseia em metodologias conhecidas. A palavra Metodologia tem origem do grego e representa conhecimento do caminho isso quer dizer que o processo de coaching se baseia em experiências de sucesso já consagradas e isso permite efetivo no alcance dos objetivos propostos e surgimento também de novos métodos para solução de problemas. O coaching está baseado em metodologias, processos e pensamento sistêmico. O coaching é muito mais que efetivo se embasado em modelagem de pessoas de sucesso, modelos de excelência. (Instituto Brasileiro de Coaching, 2011)

7 Técnicas e Ferramentas O Coaching é suportado por técnicas e ferramentas que potencializem os resultados dos clientes de forma efetiva e profissional Um bom Coach procura está sempre atualizado através de treinamentos, leituras, trocas de experiências para alcance de resultados com as tecnologias disponíveis Competências Para que o sucesso de Coaching funcione, o profissional Coach deve desenvolver perfis, habilidades e competências como planejamento, comunicação, motivação, transformação, visão sistêmica, transformação ética e de caráter. As competências permite a diferenciação entre os diversos tipos de profissionais, muitos podem ter as mesmas técnicas e ferramentas, no entanto as competências e experiências de vida proporcionam a diversificação e diferenciação profissional entre os coaches. 2.2 Ferramentas coaching Para o Instituto Brasileiro de Coaching IBC o coaching tem como princípios: Ausência de Julgamento, Foco no futuro, Ação/Tarefas, Confidencialidade e Ética. Dentro do principio do não julgamento associado a relação docente-discente devemos verificar que o docente deve praticar o não julgamento quanto aos alunos sobre seus conhecimentos, bloqueios e vontade. Todos os seres humanos fazem parte de sistemas e acabam por adotar lentes que a partir do momento em estas são aplicadas sobre fatos e eventos realizado por pessoas podem gerar uma distração e falsa compreensão dos indivíduos por fazerem ser vistos através de associações a uma perspectiva própria do observador. Assim a proposição da utilização da ferramenta chamada rapport que representar pôr-se no lugar da pessoa observada e estabelecer empatia. O rapport é a criação de um relacionamento com os treinandos e entre eles. Sem isso, os treinandos poderiam ler sozinhos as apostilas. Simplificando, o rapport é a habilidade para influenciar, e a receptividade para ser influenciado, em muitos níveis diferentes. O CONNOR ( 1996, p 132) Este estabelecimento de empatia pode-se caracterizar ao espelhamento das atitudes da pessoa para conquista da sua confiança. Uma sala de aula agitada não pode

8 8 conseguir ter uma conexão com um discente apático nem uma turma apática e analista pode ter boa relação com um discente enérgico e positivo. Na verdade esta relação pode ocorrer de forma perfeitamente sinérgica, cabe ao docente exercer a maestria de conduzir os alunos após o estabelecimento deste rapport. O alinhamento do docente com a sensação do discente o permite ter mobilidade e confiança junto ao grupo, assim após estabelecimento de relação com sala de aula agitada é possível conduzir a sala a quietude para obter estado desejado propicio a assimilação de conteúdos. Nos experimentos nós observamos a lembrança de coisas que geralmente não são retidas na mente de uma pessoa normal, coisas das quais ela não é consciente, mas que existem e exercem um efeito (Lozanov, 1978, p. 12). A teoria de aprendizagem acelerada de Lozanov trata com clareza a condução e introdução de conhecimento em nível neurológico a partir da variação e ritmo de ensino. Em seu método o auxilio de estímulos auditivos permitia melhor assimilação do conteúdo. De acordo com Lozanov, a sugestão está presente em todas as áreas da vida, sendo um fator constante, consciente ou inconsciente, na comunicação. A aplicação da sugestopedia no ensino deu origem ao termo Aprendizagem Acelerada, pelo fato de permitir a absorção de grande quantidade de material de ensino em pequenos períodos de tempo.(junqueira E MARCONDES, 2012) O foco no futuro é o estado desejado pelo plano de aula e plano da disciplina. Qual o objetivo ao final da disciplina ou da aula. A definição clara e o acordo entre docente e discente quanto ao estado desejado pode auxiliar a clara intenção de cooperação entre as partes para atingir este objetivo. Muitas vezes o docente perde em distrações e assuntos atraentes não conseguindo manter o foco no objetivo e assim pode perder a conexão e confiança estabelecida em turma quanto ao estado desejado Feedback / Criticas Construtivas As críticas construtivas que tem o termo americanizado de Feedback que é utilizado no mundo empresarial e de negócios consistem no retorno ou resposta por uma comunicação que ocorreu anteriormente que será o estimulo para que ocorra o feedback. Criticar é parte integrante da comunicação efetiva, isto é, daquela que pressupõe um locutor e um interlocutor. A crítica é ligação entre as coisas que você faz e diz e a compreensão do impacto que as mesmas exercem sobre as outras pessoas. BEE (2000 p 9)

9 9 O Feedback é uma técnica de prover o agente, a pessoa que toma a atitude a entender o resultado de tal atitude de outros pontos de vista que não apenas do dele. Dentro do aspecto pedagógico um docente ao preparar um plano de aula e reunir os alunos no ambiente de aprendizado que pode ser uma sala de aula, passa a ter todos os ingredientes para o sucesso de seu plano que deve ser transferir conhecimento e provocar o aprendizado no outro lado da relação. No entanto somente ter os ingredientes e as atitudes não garantem o bom desempenho do professor e nem dos alunos. Desta forma o estabelecimento de uma técnica de feedback pode ser útil para ambos participes no processo de ensino-aprendizado. O feedback pode ser do tipo positivo e negativo todo feedback deveria partir do pressuposto que toda ação deveria ter a intenção boa, positiva. No entanto um feedback negativo sobre algo que não ocorreu ou que os resultados foram contrários ao esperado de acordo com a forma com que é comunicado pode ser desastroso. Da mesma forma como a ausência de um feedback positivo para que uma atitude ou comportamento persista também se faz necessário. Muitas avaliações de estudo não atendem as funções avaliativas reais dos alunos ou do aprendizado destes uma vez que um conjunto de fatores influenciam no resultado além de limitar a perspectiva de analise do rendimento do aluno pelo docente. Por outro lado quando o docente apenas se limita a pontuar uma avaliação sem fornecer feedback habilidoso sobre aquele resultado deixa de utilizar uma grande oportunidade de agir construtivamente dentro de seu papel de educador. Assim no processo de coaching todo feedback deve ser precedido com algum elogio verdadeiro reconhecendo o comportamento do educando isso favorece a receptividade para uma critica negativa que deve ser apresentada e por fim um novo elogio reconhecendo o caráter da pessoa em ser positiva em relação aos seus resultados. Este pequeno roteiro é uma das melhores forma de criar um bom feedback e uma critica construtiva baseada em um feedback negativo Patrocínio positivo O processo coach é também um processo de empoderamento do ser humano através de técnicas de feedback positivo e incentivo a aprendizagem através da experimentação.

10 10 No processo ocorre a definição de atividades e missões combinadas entre os participantes do processo com a intensão de atingir um objetivo ou parte dele. Nas sessões que seguem ocorre o acompanhamento da atividade definida anteriormente e é objetivo o resultado do que pode ter sido relacionado ao sucesso ou fracasso da iniciativa. Neste papel de incentivo o docente pode assumir a postura de não punir já característica da avaliação da forma como é vista do ponto de vista do discente. Ao contrário o docente deve partir como motivador e se mostrar como alguém que acredita no potencial dos alunos evitando a todo custo a censura do aluno de forma que consiga conquistar a turma através de um convite a criação colaborativa uma vez que a universidade é o ambiente do desenvolvimento científico este convite é ideal ao desenvolver de novas teorias e produção de ciência. O empoderamento do aluno pode ocorrer em vários momentos durante a aula podendo ocorrer quando o docente sugere aos alunos o tanto que eles são sobredotados de qualidades e o quão importante é o papel deles no ambiente acadêmico e no desempenho da aula. Isso lhes eleva a autoestima e favorece um ambiente mais calmo e propicio ao desenvolvimento e continuidade da aprendizagem. O tema tem ligação profunda com a psicologia positiva que tem interesse na apreciação do potencial, motivação e capacidades humanas e que por fim tem como alvo o alcance da felicidade humana. Essa postura do docente em geral tem por objetivo o controle da audiência em sala de aula e a atração da atenção de aluno neste Sistemas representativos O docente com alto conhecimento da turma pode ter melhor aceitação e trabalhar de forma mais adequada a cada situação. Dentro dos sistemas podemos encontrar quatro perfis, são eles: Digital, Auditivo, Visual e Sinestésico. Lembrando que a pessoa apresenta os 4 (quatro) perfis, no entanto o mais predominante se destaca obedecendo uma sequencia de participação que varia de pessoa para pessoa. Para O CONNOR (1996, p 152) as pessoas preferem receber informações por meio de diferentes canais sensoriais. Algumas gostam de ver a matéria e podem ser satisfeitas com demonstrações folhetos, vídeos, filmes, etc. Outras são mais auditivas e

11 11 gostam de ouvir o conteúdo, sendo adequadas a estas o discurso com perguntas e respostas. O sistema do tipo digital preserva e valoriza o dialogo interno, uma conversa consigo mesmo. Ele interioriza o conhecimento através da mentalização de um dialogo com ele mesmo. O sistema do tipo Visual é focado em imagens representações e gráficos que são facilmente capturados e fotografados facilitando a percepção. O auditivo preserva a comunicação oral tem facilidade em escutar e a recepção de informações é maior através da audição. O sinestésico trabalha bem com emoções tem forte intenção tátil de toque e apego, facilmente tem interesse em tocar objetos e assimilação pelo concreto, as emoções e demonstrações destas auxiliam no seu processo de percepção. No aspecto de trabalho com pessoas de percepção sinestésica pode ser considerada a técnica de oratória de inflexão da voz que permite a transmissão de emoções ao falar. As pessoas sinestésicas precisam fazer exercícios e desempenhar papeis. Elas aprendem fazendo e, talvez, se movimentem bastante. (O CONNOR 1996, p 152) Recapitulação A comunicação em sala de aula e a postura do docente quanto a relação dele com os alunos permite que haja uma reciproca troca de perguntas e informações. A técnica de recapitulação permite o avançar em profundidade no conteúdo e na real necessidade de aprendizado do aluno ao realizar a pergunta. Neste aspecto ela tem o papel de estabelecer uma comunicação eficiente, gerar receptividade e dar feedback, a certeza de estar sendo ouvido e de ter importância na participação do aprendizado coletivo. A recapitulação é fundamental também para encerrar o ciclo de aprendizado proposta pelo plano de aula trabalhando com ciclo duplo de aprendizado. Um bom encerramento recapitulará a matéria, ajudando os treinandos a separar as informações mais importantes (O CONNOR, 1996 p 190) Quando tratamos da recapitulação em termos de encerrar ciclo não impede que a mesma seja aplicada repetidamente na abertura de uma nova aula trazendo a clareza do

12 12 conteúdo abordado anteriormente e proporcionando ligação/continuidade no processo e avançar dos conteúdos propostos para a disciplina Tarefas Aprendizado esta relacionado com a informação que é assimilada e provoca transformação de comportamento. Desta forma o que pode haver de mais concreto para a realização da aprendizagem é a definição de tarefas para que possa ocorrer a fixação dos conteúdos. O termo tarefa por si, trás consigo uma ideia de trabalho e pode se utilizar a nomenclatura de atividade que permite maior aceitação por parte dos alunos. Ao professor é importante dar ao aluno certo poder de decisão dentro de um grupo de opções de atividade para que ele possa transitar entre elas e executar a que achar mais simbólica para ele. Isso mostra que o discente participa das decisões e que ele possa fazer escolhas que considerem melhor. Uma tarefa é uma atribuição que visa auxiliar uma pessoa a atingir seu objetivo e proporcionar uma nova aprendizagem. Naturalmente, qualquer pessoa pode recusar-se a realizar uma tarefa. A tarefa pode ser realizada fora da sala de treinamento. O CONNOR ( 1996, p 84) Assim como devem ser oferecidas opções também deve haver clareza e especificidade no que deve ser o produto da atividade proposta para não haver desentendimento. Como a oferta de varias opções se o grupo for coeso dentro da escolha de uma tarefa pode ser utilizada uma escala de comprometimento do aluno junto a tarefa escolhida para selar um compromisso consigo mesmo. 3. CONCLUSÃO O presente estudo abordou o surgimento das corrente teóricas que tratam do processo de aprendizagem e junto a elas propõe a utilização de uma moderna tecnologia como o processo de coach. Em seu desenvolver é apresentado conceitos sobre o processo de coaching, assim como ferramentas que podem ser de grande utilidade para os docentes aprimorarem suas habilidades junto a condução dos discentes por um processo de aprendizado. A proposta é que os docentes possam apoiar seus alunos assumindo um papel de coach no auxilio a construção de conhecimento e aprendizado.

13 13 BIBLIOGRAFIA BEE, Roland; BEE, Frances. Feedback. Tradução de Maria Cristina Fioratti Florez São Paulo: Nobel, BENTHAM, Susan. Psicologia e Educação. Tradução de Luciana Moreira Pudenzi. São Paulo: Loyola, 2006 BORDENAVE, Juan Díaz; PEREIRA, Adair Martins.Estratégias de Ensino- Aprendizagem. 11 edição. São Paulo: Editora Vozes, 1989 CORREIA, Ivo G. Portela. Ferramentas de um Master Coach. In: MATTEU, Douglas; SITA, Mauricio (Org.). Master Coach O segredo dos mestres. São Paulo: Editora Ser Mais, p DI STÉFANO, Rhandy. O líder-coach: Lideres criando líderes. Rio de janeiro: Ed. Qualitymark, FRANÇA, Sulivan, ROMA, Andréia (Org.). Leader Coach Um guia prático para gestão de pessoas. São Paulo: Editora França, 2011 GRINGS, Venice T. Principais teorias da Aprendizagem. Disponível em < Acesso em 16/09/2012. INSTITUTO BRASILEIRO DE COACHING (Brasil). Formação Professional and Self Coach. Goiânia, Formação Business and Executive Coach. Goiânia, Formação Master Coach. Goiânia, JUNQUEIRA, Luís; MARCONDES, Michelle. Aprendizagem e inovação no contexto educacional: a abordagem da Aprendizagem Acelerada do Dr. Georgi Lozanov. Disponível em < acesso em 23/10/2012 LOZANOV, G. Suggestology and Outlines of Suggestopedy. Philadelphia: Gordon and Breach Science Publishers, MIZUKAMI, Maria da Graça Nicoletti, et al. Escola e aprendizagem da docência: processos de investigação e formação. São Carlos: Edufscar, MOREIRA, Marco Antônio. Teorias de Aprendizagem. São Paulo: EPU, O CONNOR, Joseph. Treinando com PNL: recursos para administradores, instrutores e comunicadores. São Paulo : Summulus, PETERSON, R Lloyd. Aprendizagem. São Paulo : Editora Cultrix, 1981 SITA, Mauricio ; MARQUES, José Roberto; MATTEU, Douglas (org). Master Coaching O segredo dos mestres. São Paulo: Editora Ser Mais, 2012.

14 14 SITA, Mauricio, PERSIA André (org). Manual do Coaching Grandes especialistas apresentam estudos e métodos para a excelência na prática de suas técnicas. São Paulo: Editora Ser Mais, 2011 TING, S. Scisco, P. The center for creative leadership handbook of coaching. San Francisco: Jossey-Bass, ZEFERINO, Angélica Maria Bicudo; DOMINGUES, Rosângela Curvo Leite; AMARAL, Eliana. Feedback como estratégia de aprendizado no ensino médico. (2007) disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=s > acesso em 19/01/2012

Blue Mind Desenvolvimento Humano

Blue Mind Desenvolvimento Humano Conhecendo o Coaching Por Fábio Ferreira Professional & Self Coach pelo Instituto Brasileiro de Coaching, com certificação internacional pela European Coaching Association e Global Coaching Community,

Leia mais

Perfil e Competências do Coach

Perfil e Competências do Coach Perfil e Competências do Coach CÉLULA DE TRABALHO Adriana Levy Isabel Cristina de Aquino Folli José Pascoal Muniz - Líder da Célula Marcia Madureira Ricardino Wilson Gonzales Gambirazi 1. Formação Acadêmica

Leia mais

09/10/2013. Ser Humano. Transformação Pessoal. Sonhos. A Jornada é mais importante que o Destino. Decisão. Onde Vamos Viver?

09/10/2013. Ser Humano. Transformação Pessoal. Sonhos. A Jornada é mais importante que o Destino. Decisão. Onde Vamos Viver? Ser Humano Transformação Pessoal Sonhos A Jornada é mais importante que o Destino Decisão Onde Vamos Viver? 1 PAPO DE Superação Para escalar rumo a alta performance é necessário rever a bagagem: equipamentos,

Leia mais

O Coaching proporciona ao profissional ampliar sua visão estratégica de pessoas e organizações.

O Coaching proporciona ao profissional ampliar sua visão estratégica de pessoas e organizações. PARCEIRO EDUCACIONAL O Coaching proporciona ao profissional ampliar sua visão estratégica de pessoas e organizações. José Roberto Marques JRM Módulo Internacional na Universidade SOBRE O MBA O Instituto

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Desenvolvimento Humano de Gestores

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Desenvolvimento Humano de Gestores NÚCLEO AVANÇADO DE PÓS-GRADUAÇÃO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Desenvolvimento Humano de Gestores De acordo com a Resolução n o 1 de 08/06/2007 da CES do CNE do MEC Coordenação

Leia mais

Personal and Professional Coaching

Personal and Professional Coaching Personal and Professional Coaching Seu salto para a excelência pessoal e profissional 1 O novo caminho para o sucesso e a realização pessoal! Todos sabem que para ser médico, advogado, dentista ou engenheiro

Leia mais

RECONHECIDO INTERNACIONALMENTE

RECONHECIDO INTERNACIONALMENTE RECONHECIDO INTERNACIONALMENTE COACHING EDUCATION By José Roberto Marques Diretor Presidente - Instituto Brasileiro de Coaching Denominamos de Coaching Education a explicação, orientação e aproximação

Leia mais

LÍDER COACH Obtenha excelência em sua vida pessoal e profissional

LÍDER COACH Obtenha excelência em sua vida pessoal e profissional LÍDER COACH Obtenha excelência em sua vida pessoal e profissional Ao investir em pessoas o seu resultado é garantido! Tenha ganhos significativos em sua gestão pessoal e profissional com o treinamento

Leia mais

Coaching Executivo: Coaching como instrumento fundamental do Líder

Coaching Executivo: Coaching como instrumento fundamental do Líder Coaching Executivo: Coaching como instrumento fundamental do Líder I Simpósio Coaching - Arte e Ciência CRA-SP 28 de maio de 2013 1 COACH Sentido original da palavra: veículo para transporte de pessoas.

Leia mais

Assessoria e Desenvolvimento Organizacional. Informações sobre a Formação internacional em Professional e Dynamic Coaching PDC

Assessoria e Desenvolvimento Organizacional. Informações sobre a Formação internacional em Professional e Dynamic Coaching PDC Assessoria e Desenvolvimento Organizacional Informações sobre a Formação internacional em Professional e Dynamic Coaching PDC A ACADEMIA BRASILEIRA DE COACHING A Formação em Coaching da Academia Brasileira

Leia mais

Permita-se ir além e descubra uma nova possibilidade, um conjunto de ideias e inovação, construído por você.

Permita-se ir além e descubra uma nova possibilidade, um conjunto de ideias e inovação, construído por você. Somos uma empresa inovadora, que através de uma metodologia vencedora proporciona a nossos clientes um ambiente favorável ao desenvolvimento de capacidades, para que seus profissionais alcancem o melhor

Leia mais

COACHING: UMA NOVA FERRAMENTA PARA O SUCESSO E QUALIDADE DE VIDA.

COACHING: UMA NOVA FERRAMENTA PARA O SUCESSO E QUALIDADE DE VIDA. COACHING: UMA NOVA FERRAMENTA PARA O SUCESSO E QUALIDADE DE VIDA. Prof. Dr. Edson Marques Oliveira, Doutor em Serviço Social pela Unesp-Franca-SP, mestre em Serviço Social pela PUC-SP e bacharel em Serviço

Leia mais

PNL? o que é. Dossie. Veronica Ahrens Diretora de T&D, Trainer e Coach da SBPNL Inspirar pessoas a criarem um mundo melhor. veronica@pnl.com.

PNL? o que é. Dossie. Veronica Ahrens Diretora de T&D, Trainer e Coach da SBPNL Inspirar pessoas a criarem um mundo melhor. veronica@pnl.com. 1 Dossie Veronica Ahrens Diretora de T&D, Trainer e Coach da SBPNL Inspirar pessoas a criarem um mundo melhor. veronica@pnl.com.br o que é PNL? Nos últimos anos, a PNL (Programação Neurolinguística) vem

Leia mais

O IBC. Criando oportunidades de vivenciar um novo ciclo de vida, com recursos abundantes, crescentes e contínuos para acelerar o alcance de objetivos.

O IBC. Criando oportunidades de vivenciar um novo ciclo de vida, com recursos abundantes, crescentes e contínuos para acelerar o alcance de objetivos. O IBC O Instituto Brasileiro de Coaching - IBC é a melhor e maior instituição de formação em Coaching do Brasil. Em mais de 5 anos de existência, já formou mais de 3 mil Coaches. Alunos de mais de 10 países

Leia mais

Coaching como metodologia de desenvolvimento de lideranças

Coaching como metodologia de desenvolvimento de lideranças Coaching como metodologia de desenvolvimento de lideranças Lilian Langer Cleiane Weinmann 1 LILIAN LANGER lilian@vielmolanger.com.br Executive Coach e Consultora Organizacional. Especialização em Administração

Leia mais

Coaching em Vendas. É o processo de Coaching, suas técnicas, pilares, métodos e ferramentas, aplicadas ao universo de vendas.

Coaching em Vendas. É o processo de Coaching, suas técnicas, pilares, métodos e ferramentas, aplicadas ao universo de vendas. Coaching em Vendas É o processo de Coaching, suas técnicas, pilares, métodos e ferramentas, aplicadas ao universo de vendas. JRM José Roberto Marques, Presidente IBC Seja Bem-Vindo ao Instituto Brasileiro

Leia mais

O Coach Formação & Carreira

O Coach Formação & Carreira O Coach Formação & Carreira Eu aprendí que as pessoas poderão esquecer o que você disse mas jamais esquecerão o que você as fez sentir. Voce não pode ensinar nada a uma pessoa; pode apenas ajudá-la a encontrar

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MBA EM GESTÃO DE PESSOAS, LIDERANÇA E COACHING

ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MBA EM GESTÃO DE PESSOAS, LIDERANÇA E COACHING ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MBA EM GESTÃO DE PESSOAS, LIDERANÇA E COACHING CENÁRIO E TENDÊNCIAS DOS NEGÓCIOS 8 h As mudanças do mundo econômico e as tendências da sociedade contemporânea.

Leia mais

Painel Um caminho para o modelo brasileiro realizações desde a fundação do GEC em 2007

Painel Um caminho para o modelo brasileiro realizações desde a fundação do GEC em 2007 Painel Um caminho para o modelo brasileiro realizações desde a fundação do GEC em 2007 Projetos Perfil e Competências do Coach Entidades Formadoras e Certificadoras Perfil e Competências do Coach Adriana

Leia mais

O PROCESSO DE COACHING EXECUTIVO E EMPRESARIAL: PERCEPÇÕES DE GESTORES DE RECURSOS HUMANOS PSICÓLOGOS E DE OUTRAS FORMAÇÕES

O PROCESSO DE COACHING EXECUTIVO E EMPRESARIAL: PERCEPÇÕES DE GESTORES DE RECURSOS HUMANOS PSICÓLOGOS E DE OUTRAS FORMAÇÕES 26 a 29 de outubro de 2010 ISBN 978-85-61091-69-9 O PROCESSO DE COACHING EXECUTIVO E EMPRESARIAL: PERCEPÇÕES DE GESTORES DE RECURSOS HUMANOS PSICÓLOGOS E DE OUTRAS FORMAÇÕES Dione Nunes Franciscato 1 ;

Leia mais

SUMÁRIO O QUE É COACH? 2

SUMÁRIO O QUE É COACH? 2 1 SUMÁRIO INTRODUÇÃO...3 O COACHING...4 ORIGENS...5 DEFINIÇÕES DE COACHING...6 TERMOS ESPECÍFICOS E SUAS DEFINIÇÕES...7 O QUE FAZ UM COACH?...8 NICHOS DE ATUAÇÃO DO COACHING...9 OBJETIVOS DO COACHING...10

Leia mais

Seminário CCSA/UFRN. Potencialize sua carreira com o Coaching

Seminário CCSA/UFRN. Potencialize sua carreira com o Coaching Seminário CCSA/UFRN Potencialize sua carreira com o Coaching Objetivos O que é Coaching? Como funciona e para que serve? Como surgiu? Como está hoje? Como usar na minha profissão? Como será no futuro?

Leia mais

EDIÇÃO ESPECIAL 2009

EDIÇÃO ESPECIAL 2009 EDIÇÃO ESPECIAL 2009 BUSINESS COACHING Curso Profissional de Formação de Coach Certificação Internacional em Coaching MORE E ECA (Para Reconhecimento pela ICI contactar-nos.) Entidade: MORE Institut, Ltd

Leia mais

Desenvolvendo líderes que se importam com pessoas e resultados

Desenvolvendo líderes que se importam com pessoas e resultados Desenvolvendo líderes que se importam com pessoas e resultados A Academia da Liderança A Academia da Liderança é um programa de desenvolvimento de liderança, de 12 módulos, em modelo de imersão total com

Leia mais

Position Paper. As Melhores Práticas Globais no Desenvolvimento de Trainees e Jovens Talentos. Edição Nº1. www.ipledu.com +55 11 2364 9355

Position Paper. As Melhores Práticas Globais no Desenvolvimento de Trainees e Jovens Talentos. Edição Nº1. www.ipledu.com +55 11 2364 9355 Position Paper Edição Nº As Melhores Práticas Globais no Desenvolvimento de Trainees e Jovens Talentos www.ipledu.com +55 64 955 O ipl Institute of Performance and Leadership é uma empresa especializada

Leia mais

PRO PERFORMANCE EMPRESAS

PRO PERFORMANCE EMPRESAS Uma proposta cultural única aprimore o seu potencial Crie um versão melhor de is mesmo Conheça, pratique, supere-se, aprimore-se PRO PERFORMANCE EMPRESAS Programa de Excelência e Alta Performance para

Leia mais

WORKSHOP DE COACHING PARA GESTORES. www.diogohudson.com.br

WORKSHOP DE COACHING PARA GESTORES. www.diogohudson.com.br WORKSHOP DE COACHING PARA GESTORES www.diogohudson.com.br APRESENTAÇÃO & EXPECTATIVAS Se apresentem e discutam: O que você esperadeste workshop? COACHING PARA GESTORES 7 papéis de um gestor Como o coaching

Leia mais

Competências avaliadas pela ICF

Competências avaliadas pela ICF Competências avaliadas pela ICF ð Estabelecendo a Base: 1. Atendendo as Orientações Éticas e aos Padrões Profissionais Compreensão da ética e dos padrões do Coaching e capacidade de aplicá- los adequadamente

Leia mais

Unidade 4: Contextualização de Objetos de Aprendizagem

Unidade 4: Contextualização de Objetos de Aprendizagem Coordenação: Juliana Cristina Braga Autoria: Rita Ponchio Você aprendeu na unidade anterior a importância da adoção de uma metodologia para a construção de OA., e também uma descrição geral da metodologia

Leia mais

EDIÇÃO ESPECIAL 2009

EDIÇÃO ESPECIAL 2009 EDIÇÃO ESPECIAL 2009 LIFE COACHING Curso Profissional de Formação de Coach Certificação Internacional em Coaching MORE E ECA (Para Reconhecimento pela ICI contactar-nos.) Entidade: MORE Institut, Ltd Actualmente

Leia mais

Curso de Formação Pedagógica para Docentes da FEI. Coordenação Prof. Dr. Marcos T. Masetto

Curso de Formação Pedagógica para Docentes da FEI. Coordenação Prof. Dr. Marcos T. Masetto Curso de Formação Pedagógica para Docentes da FEI Coordenação Prof. Dr. Marcos T. Masetto 1 Curso de Formação Pedagógica para Docentes da FEI Professor Doutor Marcos T. Masetto Objetivos Desenvolver competências

Leia mais

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014 Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Histórico de elaboração Julho 2014 Motivações Boa prática de gestão Orientação para objetivos da Direção Executiva Adaptação à mudança de cenários na sociedade

Leia mais

Palavras-chave: Formação de professores; Justificativas biológicas; Dificuldades de escolarização

Palavras-chave: Formação de professores; Justificativas biológicas; Dificuldades de escolarização OS MECANISMOS DE ATUALIZAÇÃO DAS EXPLICAÇÕES BIOLÓGICAS PARA JUSTIFICAR AS DIFICULDADES NO PROCESSO DE ESCOLARIZAÇÃO: ANÁLISE DO PROGRAMA DE ALFABETIZAÇÃO LETRA E VIDA Cristiane Monteiro da Silva 1 ; Aline

Leia mais

Título de apresentação principal em Calibri tamanho 18

Título de apresentação principal em Calibri tamanho 18 COACHING Título de apresentação principal em Calibri tamanho 18 O novo caminho para o sucesso e a realização pessoal! Todos sabem que para ser médico, advogado, dentista ou engenheiro são necessários anos

Leia mais

Prover conhecimento, aprimorar habilidades e inspirar novas atitudes de pessoas ou empresas através de diagnóstico comportamental e da aplicação

Prover conhecimento, aprimorar habilidades e inspirar novas atitudes de pessoas ou empresas através de diagnóstico comportamental e da aplicação Prover conhecimento, aprimorar habilidades e inspirar novas atitudes de pessoas ou empresas através de diagnóstico comportamental e da aplicação contínua de treinamentos e palestras Eduardo Amati em Treinamentos

Leia mais

Competências Essenciais de Coaching. Nick Cheong 张 炳 栋 Sócio - Diretor Berners Coaching 2010 BERNERSCONSULTING

Competências Essenciais de Coaching. Nick Cheong 张 炳 栋 Sócio - Diretor Berners Coaching 2010 BERNERSCONSULTING Competências Essenciais de Coaching Nick Cheong 张 炳 栋 Sócio - Diretor Berners Coaching 2010 BERNERSCONSULTING Por que estamos aqui? Estamos aqui para: Conhecer quais são as competências essências do um

Leia mais

Quem Contratar como Coach?

Quem Contratar como Coach? Quem Contratar como Coach? por Rodrigo Aranha, PCC & CMC Por diversas razões, você tomou a decisão de buscar auxílio, através de um Coach profissional, para tratar uma ou mais questões, sejam elas de caráter

Leia mais

EXERCÍCIOS DE COACHING. www.evoraferraz.com.br

EXERCÍCIOS DE COACHING. www.evoraferraz.com.br EXERCÍCIOS DE COACHING www.evoraferraz.com.br Quem somos Leader Coach Trainer, Especialista em Self & Professional Coaching e Analista de Perfil Comportamental Assessment pelo Instituto Brasileiro de Coaching

Leia mais

VENDA MAIS UTILIZANDO TÉCNICAS DE PNL

VENDA MAIS UTILIZANDO TÉCNICAS DE PNL VENDA MAIS UTILIZANDO TÉCNICAS DE PNL Todos nossos cursos são preparados por profissionais certificados e reconhecidos no mercado. Os cursos são ministrados em português, sendo o material em português.

Leia mais

CURSO COACHING. Life & Professional

CURSO COACHING. Life & Professional CURSO COACHING Life & Professional Por que devo fazer este curso? Muitas pessoas levam anos para conquistar seus objetivos. Nessa trajetória essas pessoas sofrem por não saberem traçar o caminho para sua

Leia mais

EXERCÍCIOS DE COACHING Método SMART. www.evoraferraz.com.br

EXERCÍCIOS DE COACHING Método SMART. www.evoraferraz.com.br EXERCÍCIOS DE COACHING Método SMART www.evoraferraz.com.br Quem somos Leader Coach Trainer, Especialista em Self & Professional Coaching e Analista de Perfil Comportamental Assessment pelo Instituto Brasileiro

Leia mais

NOSSO OLHAR QUEM SOMOS NOSSA ATUAÇÃO RESULTADOS OBTIDOS NOSSA ABORDAGEM APRESENTAÇÃO CLIENTES E PARCEIROS

NOSSO OLHAR QUEM SOMOS NOSSA ATUAÇÃO RESULTADOS OBTIDOS NOSSA ABORDAGEM APRESENTAÇÃO CLIENTES E PARCEIROS QUEM SOMOS NOSSO OLHAR NOSSA ATUAÇÃO NOSSA ABORDAGEM RESULTADOS OBTIDOS CLIENTES E PARCEIROS APRESENTAÇÃO QUEM SOMOS O trabalho daassssssso consiste em atuar no desenvolvimento de grupos e indivíduos,

Leia mais

PORTFÓLIO DE CURSOS E COACHING

PORTFÓLIO DE CURSOS E COACHING 11 PORTFÓLIO DE CURSOS E COACHING W W W. C O M U N I C A C A O E M F O C O. C O M. BR SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO QUEM SOMOS... 3 2. CURSOS IN COMPANY 2.1. ORATÓRIA E TÉCNICAS DE APRESENTAÇÃO EM PÚBLICO...

Leia mais

P R O P O S TA C O M E R C I A L

P R O P O S TA C O M E R C I A L P R O P O S TA C O M E R C I A L Joinville, 03 de setembro de 2014. Proposta para: treinamento líder coach Prezado, Temos o prazer de enviar a proposta do Treinamento Líder Coach, para sua análise e apreciação.

Leia mais

Curso de Desenvolvimento Pessoal - PERCEPÇÃO EM METAMORFOSE -

Curso de Desenvolvimento Pessoal - PERCEPÇÃO EM METAMORFOSE - Curso de Desenvolvimento Pessoal - PERCEPÇÃO EM METAMORFOSE - OBJECTIVOS GERAIS - Promover a reciclagem, a actualização ou o aperfeiçoamento pessoal através do desenvolvimento das suas competências técnicas,

Leia mais

www.coachnetwork.com.br

www.coachnetwork.com.br www.coachnetwork.com.br (55) 3333-3033 Seja um mestre na arte de liderar pessoas e inspirá-las rumo ao sucesso. OBJETIVOS Oferecer uma ampla gama de conhecimentos para estruturar metodologias de sucesso

Leia mais

LÍDERES DO SECULO XXI RESUMO

LÍDERES DO SECULO XXI RESUMO 1 LÍDERES DO SECULO XXI André Oliveira Angela Brasil (Docente Esp. das Faculdades Integradas de Três Lagoas-AEMS) Flávio Lopes Halex Mercante Kleber Alcantara Thiago Souza RESUMO A liderança é um processo

Leia mais

SEJAM BEM-VINDOS! GESTÃO DE MUDANÇAS EM 3 ESTRATÉGIAS DE COACHING

SEJAM BEM-VINDOS! GESTÃO DE MUDANÇAS EM 3 ESTRATÉGIAS DE COACHING SEJAM BEM-VINDOS! GESTÃO DE MUDANÇAS EM 3 ESTRATÉGIAS DE COACHING OBJETIVOS DESTE WORKSHOP Experimentar o processo de coaching e aplicar as técnicas em seu cotidiano. ASSUNTOS 1. Por que é difícil mudar?

Leia mais

Como motivar e liderar uma equipe de alta performance no agronegócio?

Como motivar e liderar uma equipe de alta performance no agronegócio? Como motivar e liderar uma equipe de alta performance no agronegócio? Matheus Kfouri Marino Camila Dias de Sá* A competitividade do agronegócio brasileiro é incontestável e resulta em taxas expressivas

Leia mais

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Formação dos grupos de trabalho e Detalhamento das estratégias do Plano de Ação Julho 2014

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Formação dos grupos de trabalho e Detalhamento das estratégias do Plano de Ação Julho 2014 Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Formação dos grupos de trabalho e Detalhamento das estratégias do Plano de Ação Julho 2014 Grupos de trabalho: formação Objetivo: elaborar atividades e

Leia mais

www.startercomunicacao.com startercomunic@gmail.com

www.startercomunicacao.com startercomunic@gmail.com 7 DICAS IMPERDÍVEIS QUE TODO COACH DEVE SABER PARA CONQUISTAR MAIS CLIENTES www.startercomunicacao.com startercomunic@gmail.com As 7 dicas imperdíveis 1 2 3 Identificando seu público Abordagem adequada

Leia mais

CONTRIBUIÇÕES TEÓRICAS DE LEV VYGOTSKY (1896-1934) 1

CONTRIBUIÇÕES TEÓRICAS DE LEV VYGOTSKY (1896-1934) 1 . PREFEITURA MUNICIPAL DO SALVADOR Secretaria Municipal de Educação e Cultura SMEC Coordenadoria de Ensino e Apoio Pedagógico CENAP CONTRIBUIÇÕES TEÓRICAS DE LEV VYGOTSKY (1896-1934) 1 Angela Freire 2

Leia mais

COACHING Executivo Equipe Liderança

COACHING Executivo Equipe Liderança COACHING Executivo Equipe Liderança O Coaching é uma nova forma de se pensar, sentir e agir que potencializa substancialmente os resultados nas vidas das pessoas. É uma jornada instigante para transformar

Leia mais

PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA A VIA RÁPIDA PARA O DESENVOLVIMENTO PESSOAL E PROFISSIONAL DA COMUNICAÇÃO DE EXCELÊNCIA.

PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA A VIA RÁPIDA PARA O DESENVOLVIMENTO PESSOAL E PROFISSIONAL DA COMUNICAÇÃO DE EXCELÊNCIA. PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA A VIA RÁPIDA PARA O DESENVOLVIMENTO PESSOAL E PROFISSIONAL DA COMUNICAÇÃO DE EXCELÊNCIA. A PNL, é uma área da psicologia que se reveste de um de carácter muito prático e eficaz,

Leia mais

DETALHAMENTO DA FORMAÇÃO EM COACHING EM RESILIÊNCIA

DETALHAMENTO DA FORMAÇÃO EM COACHING EM RESILIÊNCIA DETALHAMENTO DA FORMAÇÃO EM COACHING EM RESILIÊNCIA FILOSOFIA DO TREINAMENTO, MODELO E ABORDAGEM O Coaching em Resiliência é uma formação de coaching exclusiva licenciada pela SOBRARE e única especializada

Leia mais

Esta Formação é Chancelada pelas Faculdades Monteiro Lobato FATO

Esta Formação é Chancelada pelas Faculdades Monteiro Lobato FATO Esta Formação é Chancelada pelas Faculdades Monteiro Lobato FATO A união entre a excelência em Coaching do IBC com a credibilidade da Sociedade Educacional Monteiro Lobato chancelam e certificam essa formação

Leia mais

FACULDADE DE CUIABÁ FAUC CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PSICOPEDAGOGIA CLÍNICA E INSTITUCIONAL. João Rodrigues de Souza

FACULDADE DE CUIABÁ FAUC CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PSICOPEDAGOGIA CLÍNICA E INSTITUCIONAL. João Rodrigues de Souza FACULDADE DE CUIABÁ FAUC CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PSICOPEDAGOGIA CLÍNICA E INSTITUCIONAL João Rodrigues de Souza A PSICOPEDAGOGIA E A INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL CUIABÁ- MT JULHO 2015 2 RESUMO

Leia mais

CONCEPÇÕES MATEMÁTICA APRESENTADAS POR PROFESSORES DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA

CONCEPÇÕES MATEMÁTICA APRESENTADAS POR PROFESSORES DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA CONCEPÇÕES MATEMÁTICA APRESENTADAS POR PROFESSORES DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA Jacqueline Oliveira de Melo Gomes Faculdade de Formação de Professores da Mata Sul / FAMASUL-PE jacomgomes@yahoo.com.br

Leia mais

NÚCLEO DE APOIO DIDÁTICO E METODOLÓGICO (NADIME)

NÚCLEO DE APOIO DIDÁTICO E METODOLÓGICO (NADIME) NÚCLEO DE APOIO DIDÁTICO E METODOLÓGICO (NADIME) Palmas 2010 1. Apresentação O Núcleo de Apoio Didático e Metodológico NADIME é o órgão da Faculdade Católica do Tocantins responsável pela efetivação da

Leia mais

Apresentação. Formação, especialização e treinamento em Coaching. Desenvolvimento de Líderes Extraordinários - Líder Coach

Apresentação. Formação, especialização e treinamento em Coaching. Desenvolvimento de Líderes Extraordinários - Líder Coach I. Pinheiro Apresentação O Instituto Brasileiro de Coaching (IBC) é o resultado da experiência comprovada em desenvolver pessoas. Possuímos um sólido Background e amplo know-how em Desenvolvimento Humano.

Leia mais

Contribuição da metodologia de pesquisa na Educação Tutorial: A formação dos petianos do PET Pedagogia da UFOP

Contribuição da metodologia de pesquisa na Educação Tutorial: A formação dos petianos do PET Pedagogia da UFOP Contribuição da metodologia de pesquisa na Educação Tutorial: A formação dos petianos do PET Pedagogia da UFOP ALVES, Crislaine 1; CARVALHO, Daiane 1; CRUZ, Júlia 1, FÉLIX, Michelle 1; FERREIRA, Juliane

Leia mais

Como transformar a sua empresa numa organização que aprende

Como transformar a sua empresa numa organização que aprende Como transformar a sua empresa numa organização que aprende É muito interessante quando se fala hoje com profissionais de Recursos Humanos sobre organizações que aprendem. Todos querem trabalhar em organizações

Leia mais

Daniela Albano 1 ; Larissa Leite 1 ; Antônio José Pereira 2

Daniela Albano 1 ; Larissa Leite 1 ; Antônio José Pereira 2 A CONTRIBUIÇÃO DO USO CONSCIENTE DOS MOVIMENTOS OCULARES LATERAIS PARA A MELHORIA DO RENDIMENTO ESCOLAR DE ALUNOS DO ENSINO MÉDIO INTEGRADO AO ENSINO PROFISSIONALIZANTE Daniela Albano 1 ; Larissa Leite

Leia mais

FORMAÇÃO EM PRACTITIONER INTEGRATIVO - PNL

FORMAÇÃO EM PRACTITIONER INTEGRATIVO - PNL FORMAÇÃO EM PRACTITIONER INTEGRATIVO - PNL O QUÊ? A PNL é considerada a Arte da Excelência Humana, um manual de como usar o cérebro para obter o melhor de si em qualquer campo de interesse. Fazer o curso

Leia mais

COACHING. Imagem Evolução do Coaching por Coach Douglas Ferreira. Veja um pouco de sua evolução.

COACHING. Imagem Evolução do Coaching por Coach Douglas Ferreira. Veja um pouco de sua evolução. Faculdade Tecnologia Senac. Goiania,29 de maio de 2014. Nome: Thiago Pereira Profº Itair Pereira da Silva GTI 1 - Matutino COACHING O Coaching é um processo, com início, meio e fim, definido em comum acordo

Leia mais

SEJAM BEM-VINDOS! WORKSHOP DE COACHING PROFISSIONAIS DE RH

SEJAM BEM-VINDOS! WORKSHOP DE COACHING PROFISSIONAIS DE RH SEJAM BEM-VINDOS! WORKSHOP DE COACHING PROFISSIONAIS DE RH APRESENTAÇÃO & EXPECTATIVAS Quais os desafios do profissional de RH? OBJETIVOS DESTE WORKSHOP Experimentar o processo de coaching e aplicar as

Leia mais

TEOREMA CONSULTORIA Rua Roma, 620 Sala 81-B,Lapa Capital- SP CEP: 05050-090 www.teoremaconsult.com.br

TEOREMA CONSULTORIA Rua Roma, 620 Sala 81-B,Lapa Capital- SP CEP: 05050-090 www.teoremaconsult.com.br Cursos para Melhoria do desempenho & Gestão de RH TEOREMA CONSULTORIA Rua Roma, 620 Sala 81-B,Lapa Capital- SP CEP: 05050-090 www.teoremaconsult.com.br Administração do Tempo Ampliar a compreensão da importância

Leia mais

CollaborativeBook. número 4. Feedback

CollaborativeBook. número 4. Feedback CollaborativeBook número 4 Feedback Feedback 2 www.apoenarh.com.br Nesta nova publicação abordaremos o tema feedback, usando com o objetivo de instrumentalizar o indivíduo para ação e desenvolvimento.

Leia mais

RELATÓRIO PARCIAL DA AUTO-AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2010/02 CURSO DE BACHARELADO EM NUTRIÇÃO

RELATÓRIO PARCIAL DA AUTO-AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2010/02 CURSO DE BACHARELADO EM NUTRIÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO DO ESTADO DO PARÁ COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO PARCIAL DA AUTO-AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL 2010/02 CURSO DE BACHARELADO EM NUTRIÇÃO CATEGORIAS & DIMENSÕES AVALIADAS: DISCENTES:

Leia mais

UNIVERSIDADE DO CONTESTADO UnC CAMPUS MAFRA/RIO NEGRINHO/PAPANDUVA NÚCLEO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE E MEIO AMBIENTE

UNIVERSIDADE DO CONTESTADO UnC CAMPUS MAFRA/RIO NEGRINHO/PAPANDUVA NÚCLEO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE E MEIO AMBIENTE UNIVERSIDADE DO CONTESTADO UnC CAMPUS MAFRA/RIO NEGRINHO/PAPANDUVA NÚCLEO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE E MEIO AMBIENTE PROJETO AVALIAÇÃO INTEGRAL DA CRIANÇA MAFRA 2009 Núcleo de Ciências da Saúde e Meio Ambiente

Leia mais

SEMIPRESENCIAL 2013.1

SEMIPRESENCIAL 2013.1 SEMIPRESENCIAL 2013.1 MATERIAL COMPLEMENTAR II DISCIPLINA: GESTÃO DE CARREIRA PROFESSORA: MONICA ROCHA LIDERANÇA E MOTIVAÇÃO Liderança e Motivação são fundamentais para qualquer empresa que deseja vencer

Leia mais

Pare de apresentar soluções!

Pare de apresentar soluções! Com a Palavra Pare de apresentar soluções! Paulo Gerhardt sempre foi um O gaúcho apaixonado por vendas e por desenvolvimento de pessoas. Apesar disso, quando jovem, escolheu graduar-se em engenharia elétrica.

Leia mais

Sugestões de como trabalhar (ensinar) a turma toda Cinara Rizzi Cecchin Uma das primeiras certezas que o professor deve ter é que as crianças sempre

Sugestões de como trabalhar (ensinar) a turma toda Cinara Rizzi Cecchin Uma das primeiras certezas que o professor deve ter é que as crianças sempre Sugestões de como trabalhar (ensinar) a turma toda Cinara Rizzi Cecchin Uma das primeiras certezas que o professor deve ter é que as crianças sempre sabem alguma coisa, todo educando pode aprender, mas

Leia mais

REFLEXÃO. (Warren Bennis)

REFLEXÃO. (Warren Bennis) RÉSUMÉ Consultora nas áreas de Desenvolvimento Organizacional e Gestão de Pessoas; Docente de Pós- Graduação; Coaching Experiência de mais de 31 anos na iniciativa privada e pública; Doutorado em Administração;

Leia mais

Projeto: Mudando para Mudar

Projeto: Mudando para Mudar Projeto: Mudando para Mudar Capacitação em ação: Projeto Mudando para Mudar O projeto MUDANDO PARA MUDAR é fruto das reflexões sobre os motivos e causas que levam muitos dos professores permanecerem com

Leia mais

XI Encontro de Iniciação à Docência

XI Encontro de Iniciação à Docência 4CCHSADCSAMT04 A MONITORIA COMO SUBSÍDIO AO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM: O CASO DA DISCIPLINA ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA NO CCHSA-UFPB Moisés de Assis Alves Soares (1) ; Kadidja Ferreira Santos (3) ;

Leia mais

WORKSHOP DE COACHING PARA PSICÓLOGOS E TERAPEUTAS. www.diogohudson.com.br

WORKSHOP DE COACHING PARA PSICÓLOGOS E TERAPEUTAS. www.diogohudson.com.br WORKSHOP DE COACHING PARA PSICÓLOGOS E TERAPEUTAS www.diogohudson.com.br APRESENTAÇÃO & EXPECTATIVAS Por favor, se apresentem e discutam: O que você espera deste workshop? ASSUNTOS O que é coaching Quais

Leia mais

Fulano de Tal. Relatório Combinado Extended DISC : Análise Comportamental x Feedback 360 FINXS 09.12.2014

Fulano de Tal. Relatório Combinado Extended DISC : Análise Comportamental x Feedback 360 FINXS 09.12.2014 Relatório Combinado Extended DISC : Análise Comportamental x Feedback 360 Este relatório baseia-se nas respostas apresentadas no Inventário de Análise Pessoal comportamentos observados através questionário

Leia mais

Palestras e Cursos da Área Pedagógica

Palestras e Cursos da Área Pedagógica Portfólio Palestras e Cursos da Área Pedagógica Pedagogia dos Projetos Construir um cenário para demonstrar que os projetos podem ser uma solução e não um serviço a mais para o professor. Enfatizar a necessidade

Leia mais

Equipe de Alta Performance

Equipe de Alta Performance Equipe de Alta Performance Como chegar a ser uma EAP? Intelectual Razão Cognição Meta Estratégia EQUIPE EAP (Time) BANDO GRUPO Emocional Motivação Relação Ajuda O que é uma Equipe? Éumgrupodepessoas: com

Leia mais

REGULAMENTO NÚCLEO DE APOIO PEDAGÓGICO/PSICOPEDAGÓGICO NAP/NAPP. Do Núcleo de Apoio Pedagógico/Psicopedagógico

REGULAMENTO NÚCLEO DE APOIO PEDAGÓGICO/PSICOPEDAGÓGICO NAP/NAPP. Do Núcleo de Apoio Pedagógico/Psicopedagógico REGULAMENTO NÚCLEO DE APOIO PEDAGÓGICO/PSICOPEDAGÓGICO NAP/NAPP Capítulo I Do Núcleo de Apoio Pedagógico/Psicopedagógico Art. 1º O Núcleo de Apoio Pedagógico/Psicopedagógico- NAP/NAPP do Centro de Ensino

Leia mais

COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS QUALIDADE

COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS QUALIDADE COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS QUALIDADE DESCRIÇÕES DOS NÍVEIS APRENDIZ SABER Aprende para adquirir conhecimento básico. É capaz de pôr este conhecimento em prática sob circunstâncias normais, buscando assistência

Leia mais

h u m a n i t y. c o m. b r A vida acontece quando você realiza os seus sonhos

h u m a n i t y. c o m. b r A vida acontece quando você realiza os seus sonhos h u m a n i t y. c o m. b r A vida acontece quando você realiza os seus sonhos Desenvolva sua capacidade de Liderança. Seja um LÍDER DE ELITE! A vida é feita de momentos e são esses momentos que fazem

Leia mais

Liderança Pessoal para alunos do ensino superior: novos paradigmas para ensino, aprendizagem e carreira.

Liderança Pessoal para alunos do ensino superior: novos paradigmas para ensino, aprendizagem e carreira. Liderança Pessoal para alunos do ensino superior: novos paradigmas para ensino, aprendizagem e carreira. Escrito por: Maria de Lurdes Zamora Damião e Isabel Macarenco Cenário: jovens recém-formados que

Leia mais

(27) 99244-6441 (27) 98114-7058 (27) 98863-2295

(27) 99244-6441 (27) 98114-7058 (27) 98863-2295 Fortaleça o líder que há em você! Ser líder coach, não significa comprometer-se apenas com os resultados, mas com o indivíduo como um todo, com sua realização e o seu desenvolvimento mental, sico, emocional

Leia mais

Capacitação e Desenvolvimento de Pessoas FGV

Capacitação e Desenvolvimento de Pessoas FGV Capacitação e Desenvolvimento de Pessoas FGV Apresentação Novos desafios para empresas Planejar Competências a desenvolver Desenvolver Competências Coletivamente Desenvolver Competências Individualmente

Leia mais

O Vendedor Quântico! Sejam Bem-vindos!

O Vendedor Quântico! Sejam Bem-vindos! O Vendedor Quântico! Sejam Bem-vindos! Edvaldo Almeida! É Diretor Executivo da Alpha Leader Desenvolvimento Humano, Alto Desempenho e Finanças, empresa de Treinamento, Coaching, Consultoria e Educação

Leia mais

CHA RESULTADOS FOCO + AÇÃO = COACHING 22/05/2013. Melhor metodologia para potencializar a conquista de grandes resultados pessoais e profissionais.

CHA RESULTADOS FOCO + AÇÃO = COACHING 22/05/2013. Melhor metodologia para potencializar a conquista de grandes resultados pessoais e profissionais. COACHING DE VENDAS Sonhos Transformação Pessoal Foco no Futuro COMPORTAMENTOS DE ALTA PERFORMANCE Imprevisibilidade Dificuldade para estratégias de longo prazo. Variáveis do momento não existiam no passado.

Leia mais

Como se tornar um líder de Sucesso!

Como se tornar um líder de Sucesso! Como se tornar um líder de Sucesso! Os 10 mandamentos do Como se tornar um líder de Sucesso! O líder é responsável pelo sucesso ou fracasso de uma organização. A liderança exige de qualquer pessoa, paciência,

Leia mais

PROGRAMA COMPLIANCE VC

PROGRAMA COMPLIANCE VC Seguir as leis e regulamentos é ótimo para você e para todos. Caro Colega, É com satisfação que compartilho esta cartilha do Programa Compliance VC. Elaborado com base no nosso Código de Conduta, Valores

Leia mais

PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DE LÍDERES

PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DE LÍDERES PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DE LÍDERES Sobre o curso: O programa fornece conhecimentos técnicos e de gestão, bem como, ferramentas práticas que auxiliem os participantes na condução das suas equipes. Para

Leia mais

PROJETO A SER DESENVOLVIDO PELA ACADÊMICA DO CURSO DE CAPACITAÇÃO ATENA CURSOS-SC. MARA REGINA MACHADO

PROJETO A SER DESENVOLVIDO PELA ACADÊMICA DO CURSO DE CAPACITAÇÃO ATENA CURSOS-SC. MARA REGINA MACHADO 1 PROJETO A SER DESENVOLVIDO PELA ACADÊMICA DO CURSO DE CAPACITAÇÃO ATENA CURSOS-SC. MARA REGINA MACHADO TRANSTORNOS NA APRENDIZAGEM. Passo Fundo, dezembro 2014. 2 TRANSTORNOS NA APRENDIZAGEM Professora:

Leia mais

PNL Tecnologia, Metodologia e Atitude

PNL Tecnologia, Metodologia e Atitude 1 Dossiê Gilberto C. Cury Presidente da SBPNL - Sociedade Brasileira de Programação Neurolinguística Responsável por trazer a PNL ao Brasil, em 1981 gilberto@pnl.com.br PNL Tecnologia, Metodologia e Atitude

Leia mais

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br PREZADO (A) SENHOR (A) Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso

Leia mais

khala@khalanet.com AVS Training tem por objetivo a excelência em processos de treinamento e desenvolvimento corporativos.

khala@khalanet.com AVS Training tem por objetivo a excelência em processos de treinamento e desenvolvimento corporativos. Apresentação AVS Training Telefone: 11 3637 3139 Web site: Emails: http:// avst@khalanet.com khala@khalanet.com CNPJ: 12.808.691/0001-33 AVS Training tem por objetivo a excelência em processos de treinamento

Leia mais

Educação Corporativa. Liderança Estratégia Gestão. KM Partners Educação Corporativa

Educação Corporativa. Liderança Estratégia Gestão. KM Partners Educação Corporativa Educação Corporativa Liderança Estratégia Gestão O que é Educação corporativa? Educação corporativa pode ser definida como uma prática coordenada de gestão de pessoas e de gestão do conhecimento tendo

Leia mais

O que é Coaching? É um processo que visa aumentar o

O que é Coaching? É um processo que visa aumentar o O que é Coaching? É um processo que visa aumentar o desempenho de um indivíduo, grupo ou empresa, possibilitando o alcance de resultados planejados, através de metodologias, ferramentas e técnicas, conduzidas

Leia mais

Evento técnico mensal

Evento técnico mensal Evento técnico mensal GERENCIAMENTO DE CARREIRA PARA O SUCESSO DO GESTOR DE PROJETOS Fernanda Schröder Gonçalves Organização Apoio 1 de xx APRESENTAÇÃO Fernanda Schröder Gonçalves Coordenadora do Ibmec

Leia mais

Desenvolvendo Capacidades de PDSA

Desenvolvendo Capacidades de PDSA Desenvolvendo Capacidades de PDSA Karen Martin Como com qualquer habilidade, desenvolver as capacidades do PDSA (planejar fazer estudar agir) tem tudo a ver com a prática. Para conquistar a disciplina

Leia mais

WORKSHOP DE COACHING PARA PROFISSIONAIS DE RH. www.diogohudson.com.br

WORKSHOP DE COACHING PARA PROFISSIONAIS DE RH. www.diogohudson.com.br WORKSHOP DE COACHING PARA PROFISSIONAIS DE RH www.diogohudson.com.br APRESENTAÇÃO & EXPECTATIVAS Se apresentem e discutam: O que você esperadeste workshop? ASSUNTOS Dia 1 O RH e a relação com o coaching

Leia mais