Lição 4 A universalidade do evangelho

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Lição 4 A universalidade do evangelho"

Transcrição

1 Lição 4 A universalidade do evangelho Texto bíblico: Gálatas Texto áureo: Mateus As últimas instruções do Cristo ressurreto aos discípulos, antes de ascender aos céus, sugere à missão cristã um projeto de alcance ousado: da Judeia (centro judaico), passando por Samaria (território hostil) até os confins da terra (mundo gentílico), todos deveriam ouvir o evangelho e receber uma oportunidade de salvação (At 1.8). Para a igreja cristã, entretanto, nascida num berço judaico, esse não foi um caminho fácil de ser percorrido. A mentalidade exclusivista dos judeus (At 10.28) e o apego à lei de Moisés (At 15.1) faziam com que os primeiros cristãos corressem o risco de se tornarem um novo tipo de judeus. Atento a tudo isso, Deus dirigiu a história da igreja para realizar a missão em toda a sua plenitude (Rm 2.11; 3.29). Assim, ele garantiu a universalidade do evangelho, fazendo com que o nome de Jesus fosse anunciado por todo o Império Romano. Estava montada a plataforma para a tarefa evangelística mundial. Quais as condições para a universalidade do evangelho? Quais os principais resultados da primeira reunião apostolar? Esse caráter global do evangelho significa que todos serão salvos? O alcance mundial da proclamação do evangelho depende, entre outros fatores, das seguintes condições: 1ª condição: pessoas experientes na fé As ruas eram menos perigosas há 30 anos, na cidade onde cresci. Eu e as crianças do bairro nos reuníamos durante o horário das novelas, para nos

2 socializarmos. A minha predileção era o 3 x 3. As atividades eram variadas, mas, ali, face a face, medíamos forças, debatíamos assuntos cotidianos, competíamos. Quanto mais competentes eram os participantes, melhor era o resultado final. A lembrança remete ao 3 x 3 ocorrido em Jerusalém, naquela conferência informal, mas, também, urgente para a evangelização do mundo. De um lado, três dos apóstolos de Cristo: Pedro, Tiago e João. Do outro, três notáveis evangelistas: Paulo, Barnabé e Tito. Havia catorze anos que Paulo cumpria sua missão de pregar o evangelho entre os gentios. Em momento algum do seu ministério, até essa ocasião, ele foi convocado ou chamado a explicar-se perante os doze apóstolos. Paulo tomou a iniciativa do encontro, em obediência à orientação de Deus (Gl 2.2). Paulo descreve os apóstolos que o antecederam como colunas da igreja (Gl 2.9a), pessoas de autoridade, principalmente, no campo da exposição do evangelho da salvação (At 8.4). Apesar disso, Paulo não considerava sua compreensão do evangelho em nada inferior à dos primeiros apóstolos (Gl 2.6). Nessa conferência amigável, Paulo foi acompanhado por Barnabé e Tito, dois de seus mais importantes colaboradores. Barnabé (sobrenome que significa filho da consolação ) é um indivíduo de valor no campo intelectual e que possuía boa formação bíblica (At ). Ele chamava-se José, era da descendência da tribo de Levi e natural da ilha de Chipre. Lucas retrata-o como alguém despojado (At 4.36,37), com visão espiritual aguçada (At 9.27) e grandemente respeitado no círculo cristão de Jerusalém (At ). Tito, certamente, um cristão gentílico (Gl 2.3), é um dos filhos na fé de Paulo e seu grande colaborador (Tt 1.4; 2Co 8.23). Para aquela reunião, Tito representava a prova viva do poder do evangelho entre os não judeus.

3 Os primeiros apóstolos reconheceram a autoridade apostolar de Paulo e Barnabé para expor o evangelho, ao oferecer-lhes a destra da comunhão (Gl 2.9b). Desse modo, tornaram-se instrumentais à universalidade do evangelho. Hoje, a igreja do Deus vivo continua convocada para realizar a tarefa missionária em escala mundial. Sua nobre condição de coluna e firmeza da verdade (1Tm 3.15) revela, entre outros, os procedimentos seguintes: a conversão a Cristo é o ponto de partida da missão (Jo 15.16; Tg 1.18); a Palavra de Deus compõe o instrumento preciso para a tarefa missionária (At 12.24; 13.48; 15.35); à igreja compete respeitar e honrar aqueles que, em caráter ministerial, dedicam-se com amor à palavra e ao ensino do evangelho (1Tm 5.17). O caráter apoteótico dos shows evangélicos mostra-se muito atraente aos cristãos. O mesmo não se pode dizer, pelo menos quantitativamente, dos cultos doutrinários e dos estudos bíblicos dominicais na EBD. O que isso revela em relação às futuras gerações cristãs? 2ª condição: uma estratégia missionária Em Gálatas 2.7-9, pode-se perceber a inicial ordenação geográfica do testemunho evangélico. Pedro recebeu o encargo do evangelho da circuncisão, isto é, de pregar aos compatriotas judeus. Já a graça de Deus na vida e na vocação de Paulo, reconhecida pelos apóstolos, abriu-lhe as portas para o apostolado dos gentios (o evangelho da incircuncisão). Da reunião de Paulo com os apóstolos, resultou um consenso: o mesmo evangelho deveria ser pregado tanto aos judeus como aos gentios, baseado nas mesmas condições, ainda que houvesse diferentes esferas de serviço. 1 Esses termos refletem o que denominamos universalidade do evangelho. 1 ROSS, Alexander (in: O Novo Comentário da Bíblia. São Paulo: Vida Nova, 1979, vol. 3, p. 1238).

4 Alguns acontecimentos dirigidos por Deus permitiram a concordância mútua, dentre os quais, destacamos: 1) O encontro entre Pedro e o gentio Cornélio. Nessa ocasião, por meio de uma visão, Deus revelou ao apóstolo que devia quebrar a barreira étnica e anunciar o evangelho (At 10); 2) A aprovação pelos demais apóstolos da atitude de Pedro em relação a Cornélio, que os levou a glorificar a Deus por sua graça concedida aos gentios (At 11.1,18); 3) O surgimento da primeira igreja gentílica, em Antioquia da Síria, onde os discípulos foram pela primeira vez chamados cristãos. Para averiguar a mistura religiosa entre judeus e gentios, a igreja de Jerusalém enviou Barnabé, que muito se alegrou (At ); 4) A reunião de Barnabé e Paulo em Antioquia. Durante um ano inteiro trabalharam ali, fortalecendo a fé daqueles irmãos e, assim, fazendo daquela igreja um centro avançado de apoio missionário (At ). É o intento divino salvar todo aquele que crê, sem distinção de etnia, cor ou origem (Rm 10.12). Para tal, Deus agiu e ainda age estratégica e eficazmente (Gl 2.8; 1Ts 2.3b). A igreja precisa acatar as orientações do Senhor e lançar mão das oportunidades que ele oferece. Em nível local, algumas estratégias usadas por Deus para capacitar seus filhos são as conferências, os congressos e os encontros de caráter missionário. Em escala mundial, a soma de forças pelas igrejas, em prol de uma Junta Missionária, possibilita o melhor avanço do cristianismo. O despreparo na Palavra de Deus afeta diretamente a missão evangelística. Como mudar esse quadro negativo?

5 3ª condição: persistência diante das dificuldades de percurso É comum o mesmo perfume apresentar cheiros diferentes quando aplicado em pessoas diferentes. Isso acontece porque os odores corporais são únicos e resultam de vários fatores, como a alimentação, as características pessoais, os lipídios e ácidos graxos que a pele exala. Essa verdade aplica-se ao bom perfume de Cristo, que revela em todo o mundo a declaração de intenções para salvar, da parte de Deus (1Tm 2.4). A fragrância do conhecimento de Deus reage diferentemente de pessoa para pessoa. Ainda que o evangelho manifeste em todo o mundo essa fragrância, muitos optam por não acolher essa proposta amorosa e, por isso, não podem ser salvos (2Ts 2.10). Aquele que se propõe evangelizar não pode frustrar-se a cada ato de resistência. Isso representará perda de foco e, com o tempo, trará para o pregador um desânimo perigoso. Para isso, é preciso uma postura humilde, a atitude de quem está apto para entender a honra de ser o instrumento das insondáveis riquezas de Cristo, pela pregação (Ef 3.8). O que podemos depreender da leitura de 1Coríntios 3.6,7, no que se refere à eficácia da pregação do evangelho? Conselhos úteis O fato de o evangelho dirigir-se a todas as pessoas não significa que todas as pessoas serão salvas. A razão disso é simples: o pecado também tem alcance universal (Rm ). Nem todos os pecadores reagem conforme o esperado arrependimento e fé trazendo para si a condenação (1Co 1.18; 2Co 4.3). Mas isso em nada diminui a necessidade da pregação do evangelho, a tempo e fora de tempo (Cl 4.5).

6 Graças a Deus homens e mulheres atenderam à convocação apostólica no passado e, por isso, empreendem suas energias e esforços para evangelizar o mundo. Esses valorosos cristãos nos legaram o evangelho da salvação. Que eles nos sirvam como o melhor exemplo de conduta diante do desafio da evangelização mundial. Que eles nos inspirem a sermos, também, colunas da igreja do nosso Senhor Jesus Cristo.

7 Lição 4 A universalidade do evangelho Leituras diárias Segunda Mateus Terça 1Tessalonicenses Quarta 2Pedro Quinta Atos Sexta João Sábado 2Timóteo Domingo Gálatas

Lição 3 O testemunho apostólico

Lição 3 O testemunho apostólico Lição 3 O testemunho apostólico Texto bíblico: Gálatas 1.11-24 Texto áureo: 2Timóteo 1.8 Neste estudo, abordaremos um depoimento pessoal de Paulo, o apóstolo dos gentios (Ef 3.8; 1Tm 2.7). Interessa-nos,

Leia mais

LIÇÃO 9 A MISSÃO ENSINADORA DA IGREJA. Prof. Lucas Neto

LIÇÃO 9 A MISSÃO ENSINADORA DA IGREJA. Prof. Lucas Neto LIÇÃO 9 A MISSÃO ENSINADORA DA IGREJA Prof. A GLÓRIA É DE DEUS INTRODUÇÃO O MINISTÉRIO TRÍPLICE DE JESUS Jesus Cristo em seu ministério tríplice pregou, curou e ensinou, mas o ensino foi a atividade mais

Leia mais

LIÇÃO 13 A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA

LIÇÃO 13 A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA INTRODUÇÃO - Concluindo o estudo deste trimestre sobre evangelização, estudaremos a necessária integralidade desta atividade mais importante, da razão de ser da igreja. - A evangelização tem de ser integral.

Leia mais

LIÇÃO de junho a 01 de julho

LIÇÃO de junho a 01 de julho Paulo: apóstolo dos gentios 01 VERSO PARA MEMORIZAR: "Ouvindo isso, não apresentaram mais objeções e louvaram a Deus, dizendo: 'Então, Deus concedeu arrependimento para a vida até mesmo aos gentios!'"

Leia mais

LIÇÃO 13 UM CHAMADO PARA EVANGELIZAR. Prof. Lucas Neto

LIÇÃO 13 UM CHAMADO PARA EVANGELIZAR. Prof. Lucas Neto LIÇÃO 13 UM CHAMADO PARA EVANGELIZAR Prof. Lucas Neto A GLÓRIA É DE DEUS INTRODUÇÃO A MISSÃO DE EVANGELIZAR O discípulo de Cristo tem a nobre missão de evangelizar o mundo proclamando a Palavra de Deus

Leia mais

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI)

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) Teologia Bíblica da Missão de Deus RELEMBRAR A MISSÃO NOS EVANGELHOS 1. Jesus Cristo homem é o exemplo padrão para o exercício da Missão de Deus (intimidade

Leia mais

Ao verem a intrepidez de Pedro e João, sabendo que eram homens iletrados e incultos, admiraram-se; e reconheceram que haviam eles estado com Jesus

Ao verem a intrepidez de Pedro e João, sabendo que eram homens iletrados e incultos, admiraram-se; e reconheceram que haviam eles estado com Jesus Ao verem a intrepidez de Pedro e João, sabendo que eram homens iletrados e incultos, admiraram-se; e reconheceram que haviam eles estado com Jesus (At 4:13). 1. Que venhamos a conhecer a história e as

Leia mais

A GRANDE COMISSÃO: ANÁLISE DAS CINCO DIMENSÕES

A GRANDE COMISSÃO: ANÁLISE DAS CINCO DIMENSÕES A MISSÃO NO SÉCULO XXI A GRANDE COMISSÃO: ANÁLISE DAS CINCO DIMENSÕES Dr. ERICO T. XAVIER Os cinco textos da Grande Comissão. Mateus 28:18-20 Marcos 16:14-20 Lucas 24:44-53 João 20:19-23 Atos 1:8 Repetiu

Leia mais

INTRODUÇÃO AO TRIMESTRE - Trimestre temático O desafio da evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura.

INTRODUÇÃO AO TRIMESTRE - Trimestre temático O desafio da evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura. INTRODUÇÃO AO TRIMESTRE - Trimestre temático O desafio da evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura. - A Igreja foi criada para dar seguimento ao ministério

Leia mais

Planejamento. 1. Introdução 2. Painel Histórico 3. Painel dos Livros 4. Painel Geográfico 5. Painel Temático

Planejamento. 1. Introdução 2. Painel Histórico 3. Painel dos Livros 4. Painel Geográfico 5. Painel Temático NOVO TESTAMENTO Planejamento 1. Introdução 2. Painel Histórico 3. Painel dos Livros 4. Painel Geográfico 5. Painel Temático Introdução Fatores que favoreceram ao Ministério de Jesus Língua e cultura globalizadas

Leia mais

Como Engajar Em Missões

Como Engajar Em Missões Como Engajar Em Missões Projeto Timóteo 1 Apostila do Aluno Como Engajar em Missões Projeto Timóteo Coordenador do Projeto Dr. John Barry Dyer Equipe Pedagógica Marivete Zanoni Kunz Tereza Jesus Medeiros

Leia mais

PASSOS PARA A SALVAÇÃO I - OUVIR A PALAVRA DE DEUS - (Rm 10.17)

PASSOS PARA A SALVAÇÃO I - OUVIR A PALAVRA DE DEUS - (Rm 10.17) PASSOS PARA A SALVAÇÃO I - OUVIR A PALAVRA DE DEUS - (Rm 10.17) Para que você possa crer em Jesus você precisa primeiramente ouvir a sua palavra. A própria palavra de Deus é a verdade (Jo 17:17) e esta

Leia mais

Igreja Batista Nacional da Palavra EBD - Escola Bíblica Dominical

Igreja Batista Nacional da Palavra EBD - Escola Bíblica Dominical Igreja Batista Nacional da Palavra EBD - Escola Bíblica Dominical Grade Curricular História da Igreja Formação do Estado de Israel e suas guerras Bibliologia Teologia Sistemática Básica - Doutrinas Bíblicas

Leia mais

evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura.

evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura. O Trimestre temático O desafio da evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura. O A Igreja foi criada para dar seguimento ao ministério terreno do Nosso Senhor

Leia mais

evangelho de Jesus Cristo revelado na carta aos Romanos

evangelho de Jesus Cristo revelado na carta aos Romanos O Tema do trimestre: Maravilhosa graça O evangelho de Jesus Cristo revelado na carta aos Romanos O Estudo da epístola de Paulo aos Romanos, um dos livros mais analisados na história da Igreja (Agostinho,

Leia mais

- A principal tarefa da Igreja é a evangelização, ou seja, a pregação do Evangelho a judeus e a gentios.

- A principal tarefa da Igreja é a evangelização, ou seja, a pregação do Evangelho a judeus e a gentios. INTRODUÇÃO LIÇÃO 3 IGREJA, AGÊNCIA EVANGELIZADORA - A principal tarefa da Igreja é a evangelização, ou seja, a pregação do Evangelho a judeus e a gentios. - A igreja existe para dizer ao mundo que Jesus

Leia mais

LIÇÃO 9 NA IGREJA A FAMÍLIA ESPIRITUAL. Prof. Lucas Neto

LIÇÃO 9 NA IGREJA A FAMÍLIA ESPIRITUAL. Prof. Lucas Neto LIÇÃO 9 NA IGREJA A FAMÍLIA ESPIRITUAL Prof. A GLÓRIA É DE DEUS INTRODUÇÃO UM ORGANISMO VIVO A igreja é um organismo vivo e divino que prega a salvação em Jesus Cristo de modo a levar os salvos para a

Leia mais

História da Igreja. Prof. Dener I Aula 1 I 19/03/2017

História da Igreja. Prof. Dener I Aula 1 I 19/03/2017 História da Igreja Prof. Dener I Aula 1 I 19/03/2017 1. O que é a Igreja? É um edifício construído com pedras vivas. Também vós mesmos, como pedras que vivem, sois edificados casa espiritual para serdes

Leia mais

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI)

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) Teologia Bíblica da Missão de Deus Tema missiológico comum: Reino de Deus Mais de 70 vezes é referido por Jesus nos Evangelhos O tema destaca-se do começo ao

Leia mais

LIÇÃO 1 Por que liderança masculina? Atos 14.23; Tito 1.5-9

LIÇÃO 1 Por que liderança masculina? Atos 14.23; Tito 1.5-9 LIÇÃO 1 Por que liderança masculina? Atos 14.23; Tito 1.5-9 1. Considerando as grandes mudanças ocorridas na sociedade, como a igreja deve responder a elas à luz do ensino do NT? A resposta é se adequar

Leia mais

Esboço n 013 A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA

Esboço n 013 A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA INTRODUÇÃO Escola Bíblica Dominical Igreja Apostólica Verdade e Vida Esboço n 013 A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA Na lição passada foi encerrado o 3 e penúltimo bloco desse trimestre que tratou

Leia mais

Romanos, Paulo diz qual a motivação que o levou a escrever a epístola à igreja em Roma. visando evangelizar o ocidente do Império Romano.

Romanos, Paulo diz qual a motivação que o levou a escrever a epístola à igreja em Roma. visando evangelizar o ocidente do Império Romano. O No capítulo 15 da carta aos Romanos, Paulo diz qual a motivação que o levou a escrever a epístola à igreja em Roma. O Paulo escreve a carta aos Romanos visando evangelizar o ocidente do Império Romano.

Leia mais

LIÇÃO de setembro a 7 de outubro

LIÇÃO de setembro a 7 de outubro O apóstolo Paulo em Roma 01 VERSO PARA MEMORIZAR: Primeiramente, dou graças a meu Deus, mediante Jesus Cristo, no tocante a todos vós, porque, em todo o mundo, é proclamada a vossa fá (Rm 1:8) 30 de setembro

Leia mais

EV. PAULO MELO REALIZAÇÃO:

EV. PAULO MELO REALIZAÇÃO: EV. PAULO MELO REALIZAÇÃO: Entender que a tarefa de evangelizar exige tanto esforços pessoais como de grupos organizados, no sentido de ganhar convertidos para Cristo; Desenvolver uma cooperação mais de

Leia mais

O Novo Testamento reivindica inspiração divina

O Novo Testamento reivindica inspiração divina O Novo Testamento reivindica inspiração divina Temos 2 fatores que comprovam a inspiração divina do Novo Testamento: A promessa de Jesus de que o Espírito Santo guiaria os discípulos a toda verdade; Cumprimento

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE

CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE AULA 6: SOTERIOLOGIA Baseado em Jeremias 9: 24, a Igreja Pentecostal Deus é Amor oferece a você, obreiro, a oportunidade aprofundar seu conhecimento na palavra de Deus

Leia mais

Há quatro pontos importantes nesse livro: o primeiro anúncio, a catequese, a vida das comunidade e a missão

Há quatro pontos importantes nesse livro: o primeiro anúncio, a catequese, a vida das comunidade e a missão O livro dos Atos dos Apóstolos é a 2ªparte do Evangelho de São Lucas. Neste livro o autor apresenta a atividade dos apóstolos como uma grande viagem que vai de Jerusalém até Roma, o centro do mundo daquela

Leia mais

Evangelhos e atos. Observações

Evangelhos e atos. Observações NOVO TESTAMENTO Muitas vezes e de diversos modos outrora falou Deus aos nossos pais pelos profetas. Ultimamente nos falou por seu Filho (Hebreus 1,1-2) EVANGELHOS E ATOS Evangelhos e atos Os melhores recursos

Leia mais

Importância da Ressurreição de Cristo

Importância da Ressurreição de Cristo Introdução à 22/08/2011 A doutrina de Cristo segundo as escrituras Importância da Ressurreição de Cristo O que as escrituras afirmam sobre a ressurreição de Cristo? 1. Doutrina fundamental do Cristianismo:

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO [ORGANIZAÇÃO]

ADMINISTRAÇÃO [ORGANIZAÇÃO] OS DONS ESPIRITUAIS ADMINISTRAÇÃO [ORGANIZAÇÃO] Êx 18.13-27; At 27.11; 1Co 12.28, Entender os objetivos a curto e a longo prazo de uma determinada parte do trabalho da igreja e elaborar planos eficientes

Leia mais

Paulo é um dos grandes homens do cristianismo e um exemplo para todos nós: Sede meus imitadores, como também eu sou de Cristo (1 Co 11:1)

Paulo é um dos grandes homens do cristianismo e um exemplo para todos nós: Sede meus imitadores, como também eu sou de Cristo (1 Co 11:1) APÓSTOLO PAULO Paulo é um dos grandes homens do cristianismo e um exemplo para todos nós: Sede meus imitadores, como também eu sou de Cristo (1 Co 11:1) Mas o Senhor lhe disse: Vai, porque este é para

Leia mais

Ano Litúrgico Ano C

Ano Litúrgico Ano C Ano Litúrgico 2009-2010 Ano C TEMPO DO ADVENTO 29/11 1º Domingo do Advento A redenção está próxima. Jeremias 33,14-16; Salmo 25(24); 1 Tessalonicenses 3,12-4,2; Lucas 21,25-28. 34-36 6/12 2º Domingo do

Leia mais

O começo da igreja. Jörg Garbers Ms. de Teologia

O começo da igreja. Jörg Garbers Ms. de Teologia O começo da igreja Jörg Garbers Ms. de Teologia O começo da igreja primitiva (33-62 A.D.) Datas importantes 30 48 50-64 70 55-90 ~135 A morte de Jesus Concílio de Jerusalém Cartas de Paulo Destruição de

Leia mais

O AUTOR ROMANOS. Contextos e Particularidades AULA 1 INTRODUÇÃO. Objetivos do Curso PAULO. O Apóstolo Paulo. Fortalecimento da Fé (2Pe 1:1-10)

O AUTOR ROMANOS. Contextos e Particularidades AULA 1 INTRODUÇÃO. Objetivos do Curso PAULO. O Apóstolo Paulo. Fortalecimento da Fé (2Pe 1:1-10) ROMANOS AULA 1 A REVELAÇÃO E A APLICAÇÃO DA JUSTIÇA DE DEUS Professor: Vlademir Hernandes vlademir@ibcu.org.br 1 2 Objetivos do Curso Fortalecimento da Fé (2Pe 1:1-10) Conhecimento frutífero Capacitação

Leia mais

LIÇÃO 1 A LEI E A ALIANÇA Êxodo 19

LIÇÃO 1 A LEI E A ALIANÇA Êxodo 19 LIÇÃO 1 A LEI E A ALIANÇA Êxodo 19 1. Antes de entregar a lei, Deus já havia feito uma aliança com o povo. Em Êxodo 19.1-4, Deus lembra o povo do seu pacto, confirmado demonstrado em um fato. Qual é o

Leia mais

Slide 2

Slide 2 ( ) 8. Na Igreja, que é o corpo de Cristo, coluna e firmeza da verdade, uma, santa e universal assembleia dos fiéis remidos de todas as eras e todos os lugares, chamados do mundo pelo Espírito Santo para

Leia mais

INTRODUÇÃO - A salvação do homem por Cristo Jesus era um mistério que só foi plenamente revelado com a encarnação do Verbo.

INTRODUÇÃO - A salvação do homem por Cristo Jesus era um mistério que só foi plenamente revelado com a encarnação do Verbo. INTRODUÇÃO - A salvação do homem por Cristo Jesus era um mistério que só foi plenamente revelado com a encarnação do Verbo. - O primeiro a pregar o evangelho ao homem foi o próprio Deus no Éden. I O PROTOEVANGELHO

Leia mais

A igreja perseguida. A igreja perseguida l 5

A igreja perseguida. A igreja perseguida l 5 A igreja perseguida Quero contar para vocês a história do cristianismo. Creio que esta é uma prática do povo de Deus: ao longo dos anos, rememorar os grandes feitos de Deus. Alguém já disse apropriadamente

Leia mais

Reivindicações específicas para a inspiração do Novo Testamento

Reivindicações específicas para a inspiração do Novo Testamento Reivindicações específicas para a inspiração do Novo Testamento Orientação no ensino Não foram só aos apóstolos foi prometida a orientação do Espírito Santo em sua pregação sobre Jesus, mas eles também

Leia mais

DECLARAÇÃO DE FÉ. CONPLEI Conselho Nacional de Pastores e Líderes Evangélicos Indígenas

DECLARAÇÃO DE FÉ. CONPLEI Conselho Nacional de Pastores e Líderes Evangélicos Indígenas DECLARAÇÃO DE FÉ CONPLEI Conselho Nacional de Pastores e Líderes Evangélicos Indígenas DAI-AMTB Departamento de Assuntos Indígenas, Associação de Missões Transculturais Brasileiras Campo Grande, MS: 2016

Leia mais

Os Outros Seis Dias. Aula 05/07/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira

Os Outros Seis Dias. Aula 05/07/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira Os Outros Seis Dias Aula 05/07/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira Recapitulando Nas aulas passadas vimos que muitas vezes a fé tem horário e local específico, na Igreja, no domingo, e no horário

Leia mais

27/02/2017. CUIDADO Algumas pessoas não conseguem entender o que significa fé. O que é fé e por que ela é importante? O QUE AS PESSOAS DIZEM

27/02/2017. CUIDADO Algumas pessoas não conseguem entender o que significa fé. O que é fé e por que ela é importante? O QUE AS PESSOAS DIZEM FÉ: Primeiro você coloca o pé, depois Deus coloca o chão. CUIDADO Algumas pessoas não conseguem entender o que significa fé. O que é fé e por que ela é importante? O QUE AS PESSOAS DIZEM Para muitos, a

Leia mais

INTRODUÇÃO - O ganhador de almas tem de preencher alguns requisitos para realizar seu trabalho de evangelização.

INTRODUÇÃO - O ganhador de almas tem de preencher alguns requisitos para realizar seu trabalho de evangelização. INTRODUÇÃO - O ganhador de almas tem de preencher alguns requisitos para realizar seu trabalho de evangelização. - O trabalho de ganhar almas é de iniciativa divina e somente quem tem comunhão com o Senhor

Leia mais

RELEMBRANDO : a restauração do indivíduo 2.10: fomos criados em Cristo Jesus para a prática de boas obras

RELEMBRANDO : a restauração do indivíduo 2.10: fomos criados em Cristo Jesus para a prática de boas obras RELEMBRANDO... 2.1-10: a restauração do indivíduo 2.10: fomos criados em Cristo Jesus para a prática de boas obras O ARGUMENTO SEGUINTE... 2.11-22: A humanidade como um todo. Judeus e gentios unidos em

Leia mais

O Plano de Salvação Encontro

O Plano de Salvação Encontro O Plano de Salvação Encontro 17 1. Competência a ser construída: Evangelizar usando a Bíblia. Já vimos que o testemunho é a primeira e mais fácil ferramenta de evangelização que podemos usar. Agora queremos

Leia mais

E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É me dado todo o poder no céu e na terra.

E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É me dado todo o poder no céu e na terra. Casas Abertas Estudos Diversos Batismo O batismo cristão é uma de duas ordenanças que Jesus instituiu para a igreja: E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É me dado todo o poder no céu e na terra.

Leia mais

OS DONS DO ESPÍRITO SANTO O CAMINHO DOS DOS ESPIRITUAIS

OS DONS DO ESPÍRITO SANTO O CAMINHO DOS DOS ESPIRITUAIS OS DONS DO ESPÍRITO SANTO O CAMINHO DOS DOS ESPIRITUAIS O DOM ESPIRITUAL E A EDIFICAÇÃO DA IGREJA Temos diferentes dons, de acordo com a graça que nos foi dada. Romanos 12,6 A cada um, porém, é dada a

Leia mais

ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORA: uma nova mentalidade

ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORA: uma nova mentalidade ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORA: uma nova mentalidade Tanto o Documento de Aparecida (248) como a Exortação Apostólica Verbum Domini (73) se referem à uma nova linguagem e a um novo passo na questão bíblica:

Leia mais

EBD CONSOLIDAÇÃO O Ano da Comunhão

EBD CONSOLIDAÇÃO O Ano da Comunhão EBD CONSOLIDAÇÃO 2016 O Ano da Comunhão AULA 3 A igreja em Jerusalém Atos 3-6 ATOS DOS APÓSTOLOS O modelo bíblico de igreja cristã Presb. José Cordeiro Neto»Diác. Luciano Tronconso MAPA DE JERUSALÉM ANTIGA

Leia mais

Lição 5 ATOS 1. Atos destinado a Teófilo período 63 d.c apóstolo Pedro apóstolo Paulo Atos do Espírito Santo que Jesus operou por meio da igreja

Lição 5 ATOS 1. Atos destinado a Teófilo período 63 d.c apóstolo Pedro apóstolo Paulo Atos do Espírito Santo que Jesus operou por meio da igreja Lição 5 ATOS 1. Atos O livro de Atos foi o segundo escrito por Lucas, também destinado a Teófilo. Acredita-se que originalmente não tivesse título, sendo inserido Atos ou Atos dos Apóstolos nos manuscritos

Leia mais

Lição 8: A igreja sob os olhares externos

Lição 8: A igreja sob os olhares externos Lição 8: A igreja sob os olhares externos Texto bíblico: 1Tessalonicenses 2.10-12 De um modo ou de outro, estamos sempre sob os olhares do mundo externo. Nem sempre nos damos conta desse estado de vigilância

Leia mais

EVANGELISMO. Por Evaristo Filho. SEMINÁRIO TEOLÓGICO EVANGÉLICO BÍBLICO SETEB Global

EVANGELISMO. Por Evaristo Filho. SEMINÁRIO TEOLÓGICO EVANGÉLICO BÍBLICO SETEB Global EVANGELISMO Por Evaristo Filho SEMINÁRIO TEOLÓGICO EVANGÉLICO BÍBLICO SETEB Global http://seminarioevangelico.com.br setebonline@gmail.com 2 Apresentação da Disciplina Informações Gerais Pré-Tarefas Antes

Leia mais

1 Tessalonicenses 5.9. Pr. Fernando Fernandes. PIB em Penápolis, 20/02/2011

1 Tessalonicenses 5.9. Pr. Fernando Fernandes. PIB em Penápolis, 20/02/2011 1 Tessalonicenses 5.9 Pr. Fernando Fernandes PIB em Penápolis, 20/02/2011 2 Destino é tudo que é determinado pela providência ou pelas leis naturais, que ainda pode vir a acontecer, no futuro, com o objetivo

Leia mais

OA salvação do homem por Cristo Jesus era um mistério que só foi plenamente revelado com a encarnação do Verbo.

OA salvação do homem por Cristo Jesus era um mistério que só foi plenamente revelado com a encarnação do Verbo. OA salvação do homem por Cristo Jesus era um mistério que só foi plenamente revelado com a encarnação do Verbo. OO primeiro a pregar o evangelho ao homem foi o próprio Deus no Éden. www.portalebd.org.br

Leia mais

Lição 5 Conflitos sociais no cristianismo

Lição 5 Conflitos sociais no cristianismo Lição 5 Conflitos sociais no cristianismo Texto bíblico: Gálatas 2.11-14 Texto áureo: Os anos que se seguiram à ressurreição de Jesus não foram nada fáceis para os cristãos. Foi um período de pressões

Leia mais

Era o ano 58 dc. Paulo estava em Corinto, pensando em sua próxima jornada missionária. Agora sua mente se concentraria em Jerusalém, Roma e Espanha.

Era o ano 58 dc. Paulo estava em Corinto, pensando em sua próxima jornada missionária. Agora sua mente se concentraria em Jerusalém, Roma e Espanha. Era o ano 58 dc. Paulo estava em Corinto, pensando em sua próxima jornada missionária. Agora sua mente se concentraria em Jerusalém, Roma e Espanha. A comunidade cristã de Roma era composta de conversos

Leia mais

Sejam todos bem vindos! Que estejamos sempre em oração para que Deus esteja presente em todo momento durante nossa Aula

Sejam todos bem vindos! Que estejamos sempre em oração para que Deus esteja presente em todo momento durante nossa Aula Sejam todos bem vindos! Que estejamos sempre em oração para que Deus esteja presente em todo momento durante nossa Aula Amizades, dentro e fora da igreja... E aí? Salmos 1:1-3 Bem-aventurado o homem que

Leia mais

Apêndice 2. A Atuação do Homem na Conversão

Apêndice 2. A Atuação do Homem na Conversão 191 Apêndice 2 A Atuação do Homem na Conversão Todos concordam que é necessária uma resposta por parte do homem para que ele receba a graça de Deus. Alguns discordam de que seja necessária uma reposta.

Leia mais

A AUTORIDADE E O EVANGELHO DE PAULO

A AUTORIDADE E O EVANGELHO DE PAULO A AUTORIDADE E O EVANGELHO DE PAULO Lição 2 para 8 de julho de 2017 Embora as cartas de Paulo fossem tidas como inspiradas por Deus, nem todos estavam de acordo com isto. Alguns irmãos na região de Galácia

Leia mais

Lição 1 RESGATANDO A VISÃO MISSIONÁRIA

Lição 1 RESGATANDO A VISÃO MISSIONÁRIA Lição 1 RESGATANDO A VISÃO MISSIONÁRIA Texto Bíblico: Atos 1.1-14. Quando a Igreja perde de vista o seu chamado de ser a portadora do Evangelho para o mundo, ela vira um clube religioso como outro qualquer,

Leia mais

Abraão Moisés Davi. Jesus

Abraão Moisés Davi. Jesus A natureza missionária da igreja Derivada da promessa de Deus de criar um Povo para Si dada para cada uma das três principais figuras : Abraão Moisés Davi Cumprida e exemplificada na pessoa de Jesus CTC

Leia mais

7ª LIÇÃO O SERMÃO DO MONTE

7ª LIÇÃO O SERMÃO DO MONTE Sermão 7 1 7ª LIÇÃO O SERMÃO DO MONTE F. O JEJUM (Mateus 6:16-18) 1. Jejuar = abster-se de comida e bebida. 2. A frequência do jejum pelos judeus: a. Sob a lei mosaica se exigia o jejum UMA VEZ por ano

Leia mais

Ser testemunha de Jesus em fraternidade

Ser testemunha de Jesus em fraternidade Ser testemunha de Jesus em fraternidade Escuta do evangelho do domingo Jo 10,1-10; Eu Sou a Porta das ovelhas Estamos sempre à meditar sobre a nossa identidade No nosso voto, nos comprometemos à aprofundar

Leia mais

Doutrina. a c e r c a d a : Breve Exposição das Principais Doutrinas Cristã - Introdução. Vidanova I G R E J A B A T I S T A

Doutrina. a c e r c a d a : Breve Exposição das Principais Doutrinas Cristã - Introdução. Vidanova I G R E J A B A T I S T A Doutrina a c e r c a d a : ola criptura : Definição: Revelação é, em termos teológicos, o processo pelo qual Deus desvenda ao o Seu caráter e Sua vontade. : a. Revelação Geral b. Revelação Especial : a.

Leia mais

IGREJA. Sua Natureza

IGREJA. Sua Natureza IGREJA Sua Natureza A igreja é a comunidade de todos os cristãos de todos os tempos. Wayne Grudem A igreja é o novo Israel de Deus que revela nesse tempo Sua glória Thiessen A igreja é a a assembléia dos

Leia mais

Quem foi LUCAS? Era gentio de nascimento, médico de profissão. Buscando aperfeiçoamento na arte de curar, mudou-se para Alexandria, Athenas e

Quem foi LUCAS? Era gentio de nascimento, médico de profissão. Buscando aperfeiçoamento na arte de curar, mudou-se para Alexandria, Athenas e Atenção O Catequista, coordenador, responsável pela reunião ou encontro, quando usar esse material, tem toda liberdade de organizar sua exposição e uso do mesmo. Poderá interromper e dialogar com o grupo;

Leia mais

Lição 12 As autoridades e a posição do crente Texto Bíblico: Romanos

Lição 12 As autoridades e a posição do crente Texto Bíblico: Romanos Lição 12 As autoridades e a posição do crente Texto Bíblico: Romanos 13.1-7 A sociedade organizada pressupõe uma liderança que possa conduzi-los. Nos tempos mais remotos da civilização, os povos já possuíam

Leia mais

BREVE CATECISMO DE WESTMINSTER PERGUNTA 35

BREVE CATECISMO DE WESTMINSTER PERGUNTA 35 BREVE CATECISMO DE WESTMINSTER PERGUNTA 35 PERGUNTA 35: Que é regeneração? RESPOSTA: É a obra da livre graça de Deus, pela qual somos conservados pelo Espírito Santo na perseverança da fé em Cristo, adquirindo,

Leia mais

LIÇÃO 1 ESCATOLOGIA, O ESTUDO DAS ÚLTIMAS COISAS. Prof. Lucas Neto

LIÇÃO 1 ESCATOLOGIA, O ESTUDO DAS ÚLTIMAS COISAS. Prof. Lucas Neto LIÇÃO 1 ESCATOLOGIA, O ESTUDO DAS ÚLTIMAS COISAS Prof. Lucas Neto INTRODUÇÃO O FIM DA HUMANIDADE O fim da humanidade na terra será marcada pela gloriosa volta de Jesus e nos desdobramentos dos acontecimentos,

Leia mais

Escola Bíblica Dominical. Lição 01. Introdução à carta. Pb. Rodrigo da Silva Gomes 22/03/2015

Escola Bíblica Dominical. Lição 01. Introdução à carta. Pb. Rodrigo da Silva Gomes 22/03/2015 Escola Bíblica Dominical Lição 01 Introdução à carta Pb. Rodrigo da Silva Gomes 22/03/2015 Roteiro da Aula Introdução; O autor Local e data; Os destinatários; Propósitos; Roteiro da Aula Características

Leia mais

EBD ADU Aulas sobre o Espírito Santo e você. Prefácio

EBD ADU Aulas sobre o Espírito Santo e você. Prefácio Aulas sobre o Espírito Santo e você. EBD ADU 2011 Prefácio 1. Quem é o Espírito Santo? 2. Os símbolos do Espírito Santo 3. O Espírito Santo e as Escrituras 4. Da criação até o nascimento de Jesus 5. Do

Leia mais

POR QUE EVANGELIZAR? O amor de Deus A ordem de Jesus. O Dom do Espírito Santo. O clímax da história. A responsabilidade da Igreja.

POR QUE EVANGELIZAR? O amor de Deus A ordem de Jesus. O Dom do Espírito Santo. O clímax da história. A responsabilidade da Igreja. POR QUE EVANGELIZAR? Existem oito razões para incomodar as pessoas com a pregação do evangelho: 1. O amor de Deus. Evangelismo é um ato de amor (João 3:16, Mt. 5:45-44). 2. A ordem de Jesus. Evangelizar

Leia mais

Noções Gerais sobre a Bíblia Parte 2 Novo Testamento. Curso Aprendizes do Evangelho Aula 3

Noções Gerais sobre a Bíblia Parte 2 Novo Testamento. Curso Aprendizes do Evangelho Aula 3 Noções Gerais sobre a Bíblia Parte 2 Novo Testamento Curso Aprendizes do Evangelho Aula 3 O Novo Testamento (NT) é o conjunto dos textos escritos após a vida publica e a morte de Jesus. Expõe a história

Leia mais

HAMARTIOLOGIA: DOUTRINA DO PECADO

HAMARTIOLOGIA: DOUTRINA DO PECADO HAMARTIOLOGIA: DOUTRINA DO PECADO I - A ORIGEM DO PECADO 1. Em relação a Deus. Em Seu plano permitiu que suas criaturas (anjos e homens) tivessem a liberdade (livre arbítrio) de viver em amor e obediência

Leia mais

1º-Introdução 2º-Perguntas de Diagnóstico 3º-Plano da Salvação 4º- Descisão/Compromisso 5º-Acompanhamento imediato

1º-Introdução 2º-Perguntas de Diagnóstico 3º-Plano da Salvação 4º- Descisão/Compromisso 5º-Acompanhamento imediato 1º-Introdução 2º-Perguntas de Diagnóstico 3º-Plano da Salvação 4º- Descisão/Compromisso 5º-Acompanhamento imediato 1º-Introdução a) Conversar sobre a vida secular dele(a); b) Conversar sobre as experiencias

Leia mais

Buscando o Modelo de Igreja que Deus quer PARTE 1

Buscando o Modelo de Igreja que Deus quer PARTE 1 2 Buscando o Modelo de Igreja que Deus quer PARTE 1 Precisamos ver a igreja dentro do modelo de Deus 1 Co 14:26-32 Hc 3:1-2 Jl 2:28-29 Hc 1:5 Que fazer pois quando vos reunis? A pergunta é feita a todos

Leia mais

- A maior parte da população mundial está nas cidades e, portanto, a evangelização urbana é indispensável para a realização da Grande Comissão.

- A maior parte da população mundial está nas cidades e, portanto, a evangelização urbana é indispensável para a realização da Grande Comissão. INTRODUÇÃO - A maior parte da população mundial está nas cidades e, portanto, a evangelização urbana é indispensável para a realização da Grande Comissão. - A Igreja precisa enfrentar os desafios da vida

Leia mais

LIÇÃO 12 UM CHAMADO PARA SER DISCÍPULO. Prof. Lucas Neto

LIÇÃO 12 UM CHAMADO PARA SER DISCÍPULO. Prof. Lucas Neto LIÇÃO 12 UM CHAMADO PARA SER DISCÍPULO Prof. Lucas Neto A GLÓRIA É DE DEUS INTRODUÇÃO A NATUREZA DIVINA DO DISCÍPULO DE CRISTO O discípulo de Cristo deve ter em mente a condição de consolidar em seu ser

Leia mais

Lição nº 3 VERDADE SOBRE A UNÇÃO ESPIRITUAL. 18 jan Pr. Adriano Diniz

Lição nº 3 VERDADE SOBRE A UNÇÃO ESPIRITUAL. 18 jan Pr. Adriano Diniz Lição nº 3 VERDADE SOBRE A UNÇÃO ESPIRITUAL Pr. Adriano Diniz 18 jan 2015 TEXTO ÁUREO O Espírito do Senhor está sobre mim, porque ele me ungiu para pregar boas novas aos pobres. Ele me enviou para proclamar

Leia mais

LIÇÃO 8 - A IGREJA DE CRISTO. Prof. Lucas Neto

LIÇÃO 8 - A IGREJA DE CRISTO. Prof. Lucas Neto LIÇÃO 8 - A IGREJA DE CRISTO Prof. Lucas Neto A GLÓRIA É DE DEUS INTRODUÇÃO UM ORGANISMO VIVO A igreja é um organismo vivo e divino que prega a salvação em Jesus Cristo de modo a levar os salvos para a

Leia mais

Lição 11 Cuidados com os fracos na fé Texto Bíblico: Romanos

Lição 11 Cuidados com os fracos na fé Texto Bíblico: Romanos Lição 11 Cuidados com os fracos na fé Texto Bíblico: Romanos 14.1-12 O nível espiritual é diferenciado em qualquer comunidade cristã. Na Igreja em Roma certamente acontecia a mesma experiência. Nos planos

Leia mais

LIÇÃO 5 Os Livros Do Novo Testamento

LIÇÃO 5 Os Livros Do Novo Testamento LIÇÃO 5 Os Livros Do Novo Testamento Quando o Novo Testamento começou a ser escrito, o panorama do Velho Testamento tinha mudado bastante. Os dias dos profetas tinham passado e grande parte do povo mostrava-se

Leia mais

LIÇÃO 8 PARCEIROS DE DEUS. Deus convida você a envolver-se com ele em sua obra. (Henry T. Ckaby & Claude V. King)

LIÇÃO 8 PARCEIROS DE DEUS. Deus convida você a envolver-se com ele em sua obra. (Henry T. Ckaby & Claude V. King) LIÇÃO 8 PARCEIROS DE DEUS Texto Bíblico: Atos 9.32-11.30 Deus convida você a envolver-se com ele em sua obra. (Henry T. Ckaby & Claude V. King) INTRODUÇÃO: A missão confiada à Igreja deve ser realizada

Leia mais

2ª LIÇÃO A AUTORIDADE NA IGREJA

2ª LIÇÃO A AUTORIDADE NA IGREJA O que é a Igreja de Cristo? 2ª Lição 1 2ª LIÇÃO A AUTORIDADE NA IGREJA I. JESUS CRISTO TEM TODA A AUTORIDADE. A. É-ME DADA TODA AUTORIDADE NO CÉU E NA TERRA. (Mateus 28:18). B. ESCUTAI-O (Mateus 17:1-5).

Leia mais

Wagner Fonseca

Wagner Fonseca 16.06.13 Wagner Fonseca Elementos da Maturidade Introdução Medidor de Maturidade!?! Roupas Linguajar Face Tempo de Igreja Tempo na Igreja 9 E também faço esta oração: que o vosso amor aumente mais e mais

Leia mais

Lição 10 A liberdade em Cristo

Lição 10 A liberdade em Cristo Lição 10 A liberdade em Cristo Texto bíblico: Gálatas 4.1-11; 5.1-15 Nesta lição, desvendaremos o segredo para viver livres, a norma e o propósito da liberdade alcançada em Cristo. A partir dos capítulos

Leia mais

A vontade de Deus agora é que esse mesmo Reino que entrou na sua vida alcance todos os homens.

A vontade de Deus agora é que esse mesmo Reino que entrou na sua vida alcance todos os homens. Lição 05 A VISÃO DA IGREJA Introdução Você já entrou no. Satanás e seu domínio foram derrotados pela morte e ressurreição de Jesus. Os seus pecados foram perdoados, pois você os confessou e o Senhor Jesus

Leia mais

NOVO TESTAMENTO! Nome: Mateus! O livro de Mateus mostra como Jesus é o santo Rei-Messias através das profecias cumpridas.!

NOVO TESTAMENTO! Nome: Mateus! O livro de Mateus mostra como Jesus é o santo Rei-Messias através das profecias cumpridas.! NOVO TESTAMENTO Nome: Mateus Autor: Mateus, cobrador de impostos antes de ser discípulo Audiência: Judeus O livro de Mateus mostra como Jesus é o santo Rei-Messias através das profecias cumpridas. Esboço:

Leia mais

INTRODUÇÃO AO LIVRO ATOS DOS VISÃO GERAL DA IGREJA PRIMITIVA APÓSTOLOS. Jörg Garbers Ms. de Teologia

INTRODUÇÃO AO LIVRO ATOS DOS VISÃO GERAL DA IGREJA PRIMITIVA APÓSTOLOS. Jörg Garbers Ms. de Teologia INTRODUÇÃO AO LIVRO ATOS DOS APÓSTOLOS VISÃO GERAL DA IGREJA PRIMITIVA Jörg Garbers Ms. de Teologia CONTEXTO POLÍTICO Império romano A organização era muito eficaz. Roma era a capital e o centro. Todo

Leia mais

O Espírito Santo. Ontem e Hoje

O Espírito Santo. Ontem e Hoje O Espírito Santo Ontem e Hoje E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, a fim de que esteja para sempre convosco, o Espírito da verdade, que o mundo não pode receber, porque não no vê, nem

Leia mais

EBD ADU Aulas sobre o Espírito Santo e você. Prefácio

EBD ADU Aulas sobre o Espírito Santo e você. Prefácio Aulas sobre o Espírito Santo e você. EBD ADU 2011 Prefácio 1. Quem é o Espírito Santo? 2. Os símbolos do Espírito Santo 3. O Espírito Santo e as Escrituras 4. Da criação até o nascimento de Jesus 5. Do

Leia mais

AULA -1 IGREJA: UMA INSTITUIÇÃO DIVINO-HUMANA IGREJA E CULTO. Por que me importar? Presb. José Cordeiro Neto» Presb. Lúcio Mafra Teixeira

AULA -1 IGREJA: UMA INSTITUIÇÃO DIVINO-HUMANA IGREJA E CULTO. Por que me importar? Presb. José Cordeiro Neto» Presb. Lúcio Mafra Teixeira AULA -1 IGREJA: UMA INSTITUIÇÃO DIVINO-HUMANA IGREJA E CULTO Por que me importar? Presb. José Cordeiro Neto» Presb. Lúcio Mafra Teixeira CONSOLIDAÇÃO 2015, O ANO DA ADORAÇÃO A Bíblia retrata a igreja como

Leia mais

IGREJA E CULTO. Por que me importar? Presb. José Cordeiro Neto» Presb. Lúcio Mafra Teixeira

IGREJA E CULTO. Por que me importar? Presb. José Cordeiro Neto» Presb. Lúcio Mafra Teixeira AULA 7 CULTO: CRESCENDO JUNTOS NA ALEGRIA, NA COMUNHÃO E NA ADORAÇÃO A DEUS IGREJA E CULTO Por que me importar? Presb. José Cordeiro Neto» Presb. Lúcio Mafra Teixeira EBD CONSOLIDAÇÃO 2015 O Ano da Adoração

Leia mais

ORIGEM - DENOMINAÇÃO QUADRANGULAR

ORIGEM - DENOMINAÇÃO QUADRANGULAR ORIGEM - DENOMINAÇÃO QUADRANGULAR Quadrangular é um termo bíblico usado para o Tabernáculo, no livro de Êxodo; para o Templo do Senhor, em Ezequiel 40:47; e para o Céu, no livro de Apocalipse. O termo

Leia mais

Qual é o Evangelho Completo?

Qual é o Evangelho Completo? Qual é o Evangelho Completo? "Evangelho" significa boa notícia! Cristo é a Boa Nova de Deus para o homem. Assim, Cristo é o Evangelho. O anúncio de Cristo plenamente com todas as Suas bênçãos é mensagem

Leia mais

Plano cronológico do Cristianismo. Primeiro Século

Plano cronológico do Cristianismo. Primeiro Século Mandato de PAULO E ESTEVÃO Ano 5 a.c. - João disse-lhe o Mestre -, lembras-te do meu aparecimento na Terra? Recordo-me, Senhor. Foi no ano 749 da era romana, apesar da arbitrariedade de Frei Dionísio,

Leia mais

X Domingo TC Solenidade da StªTrindade -ANO A

X Domingo TC Solenidade da StªTrindade -ANO A A Solenidade que hoje celebramos não é um convite a decifrar o mistério que se esconde por detrás de um Deus em três pessoas ; mas é um convite a contemplar o Deus que é amor, que é família, que é comunidade

Leia mais

GRUPO DE ORAÇÃO. Formação Missionária Diocese de Osasco

GRUPO DE ORAÇÃO. Formação Missionária Diocese de Osasco GRUPO DE ORAÇÃO Formação Missionária Diocese de Osasco Conceito Comunidade carismática presente em um lugar (...) que cultiva a oração, a partilha e todos os outros aspectos da vivência do Evangelho, a

Leia mais

Guia orientador de meditação bíblica diária Epístola aos Romanos (2)

Guia orientador de meditação bíblica diária Epístola aos Romanos (2) Pág. 1 Pessoal, ainda lembram o meu nome? Sou o Rômulo, membro da igreja em Roma e estou contando sobre uma carta que recebemos de um Sr. Paulo. Já mencionei que a recepção desta carta gerou o maior alvoroço

Leia mais

O poder transformador da Palavra de Deus

O poder transformador da Palavra de Deus Introdução Transformado pelo evangelho, o poder de Deus, passando de irrepreensível quanto à justiça que há na lei (Fp 3.6) a ser o principal dos pecadores (1Tm 1.15), Paulo ao desenvolver o seu ministério

Leia mais